Você está na página 1de 12

1

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA


GUILHERME DE SOUZA GABRIEL

ELEMENTOS

Tubarão
2019
2

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA


GUILHERME DE SOUZA GABRIEL

ELEMENTOS

Projeto apresentado como requisito parcial


para obtenção de aprovação na disciplina
Universo Químico, no Curso de Química
Licenciatura, na Universidade do Sul de Santa
Catarina.

Profa. Dra. Jucilene Feltrin

Tubarão
2019
3

RESUMO

O emprego de temas estruturadores possui o intuito de contextualizar o ensino da


química com o cotidiano do aluno, é uma ferramenta essencial para o aprendizado
significativo no Ensino Médio.
Os elementos fazem parte do nosso dia a dia e muitas vezes não nos damos conta:
nosso celulares, a cadeira em que sentamos, o ar que respiramos. Estes elementos precisam
fazer parte do contexto da aula através das suas relações.

Palavras-chave: Meio Ambiente. Cotidiano. Transformações.


4

SUMÁRIO

1 APRESENTAÇÃO 6

2 CONTEXTO 7

3 PÚBLICO 8

4 JUSTIFICATIVA 9

5 OBJETIVOS 9
5.1 OBJETIVO GERAL 10
5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS 10

6 PLANO DE TRABALHO 11

6.1 MATERIAL, MÉTODOS 12


6.1.1 MATERIAL 12
6.1.2 MÉTODOS 12
REFERÊNCIAS 13
5

1 APRESENTAÇÃO

Este projeto tem como objetivo propor estratégias metodológicas diferenciadas


para a melhoria do ensino da química e a aprendizagem de conceitos relacionados aos
elementos da tabela, átomos, prótons, elétrons e outros assuntos abordados no segundo
trimestre do primeiro ano do Ensino Médio.
6

2 CONTEXTO

Os átomos são os compostos fundamentais da matéria. Eles são o ponto central da


química, no sentido de que quase todos os fenômenos químicos podem ser explicados em
termos das propriedades dos átomos.
O conhecimento das relações nas famílias dos elementos ajuda a compreender a
natureza da matéria e permite projetar novos materiais. Os elementos dos quatro primeiros
grupos principais incluem carbono, o elemento central da vida; o silício e o germânio, usados
para criar inteligência artificial; o cálcio, responsável pela rigidez dos nossos ossos e de
dentes; os metais da era espacial, alumínio e berílio; os metais alcalinos; e o hidrogênio, o
combustível das estrelas – e, talvez, a futura fonte de energia na Terra. Os elementos dos
quatro últimos grupos da tabela periódica incluem alguns que são essenciais à vida, como o
nitrogênio das proteínas, o oxigênio do ar e o fósforo de nossos ossos. Por isso o
conhecimento de suas propriedades nos ajuda a entender os sistemas vivos.
7

3 PÚBLICO

O projeto tem como público-alvo alunos do primeiro ano do Ensino Médio.


8

4 JUSTIFICATIVA

A crise no ensino de química tem se dado por vários motivos: a falta de


investimento na área de educação como um todo; a resistência dos professores de aderirem às
novas perspectivas de ensino; a má aplicação dos recursos didáticos e a grande dificuldade em
transpor o conhecimento científico para o conhecimento escolar de forma que leve o aluno a
participar como cidadão na sociedade, de forma ativa e crítica, pela tomada de decisões
(SCHNETZLER, 2002).
Somando a estes problemas, temos como resultados a formação de alunos
incapazes de aplicar o conhecimento científico/químico em situações do seu dia-a-dia, já que
todo o conteúdo que “aprende” na sala de aula é decorado para a realização de testes e provas,
visando unicamente a aprovação.
É cada vez mais necessário que sejam utilizados procedimentos pedagógicos
diferenciados para facilitar a aprendizagem. Os conceitos científicos devem ser trabalhados
numa abordagem contextualizada e experimental, de modo a incentivar o interesse pelo
estudo e investigação, com a integração dos conhecimentos teóricos com a ação prática.
9

5 OBJETIVOS

5.1 OBJETIVO GERAL

Fazer com que os alunos entendam os conceitos do átomo, e consigam relacionar


os elementos durante sua rotina.

5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a) Propiciar dinâmicas de grupo para a elaboração do projeto.


10

6 PLANO DE TRABALHO

Objetivos Prazo

Durante o primeiro trimestre


1 – Ensinar os conceitos átomo e os elementos da tabela.

2 – Informar os alunos sobre o trabalho a ser realizado 1 aula

3 – Realização da montagem dos elementos 1 aula

4 – Realizar a apresentação 2 aulas.

Fonte: O autor, 2019.


11

6.1 MATERIAL, MÉTODOS

6.1.1 MATERIAL

Os materiais utilizados durante todo o projeto ficarão a critério do aluno, sendo


que um dos trabalhos deverá ser entregue impresso para o professor, e a apresentação ficará a
critério da equipe, podendo ser utilizado, cartazes, PowerPoint, etc..

6.1.2 MÉTODOS

a) Os alunos serão divididos em equipes com quatro integrantes cada.


b) Cada equipe receberá um elemento da tabela que será informado pelo professor.
c) Os alunos deverão explicar o surgimento do elemento, quais suas principais aplicações, e
recriar o átomo do elemento, usando o material que for necessário, (bola de isopor, tinta,
arames), a representação do átomo vai depender da criatividade da equipe.
d) A forma de avaliação será:
- 25% no trabalho escrito;
- 25% na forma de apresentação;
- 50% domínio do conteúdo de cada membro da equipe.
12

REFERÊNCIAS

SANTOS, P.E; SILVA, B. C. S.; SILVA, G.B. A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO


FERRAMENTA DIDÁTICA NO ENSINO DE QUÍMICA. VI colóquio internacional
“Educação e Contenporaneidade. São Cristovão- SE/Brasil, 2012.

ATKINS, P; JONES, L. PRINCÍPIOS DA QUÍMICA QUESTIONANDO A VIDA MODERNA E O


MEIO AMBIENTE. 5º Edição, Quebec/Canadá, 2012.