Você está na página 1de 8

27 a 31.

01 | 2020 #55

#55
CADERNO DE ATIVAÇÃO
27 a 31.01 | 2020

TEMPO DE LEITURA: 15 MIN

VIVA A VIDA
NA PRIMEIRA PESSOA

DR. ITALO MARSILI


27 a 31.01 | 2020 #55

PALAVRA DO ITALO
NINGUÉM CONTA COM O MARUJO
Viver é mortalmente sério. Na pressa do dia a dia, poucos encontram momentos
para meditar sobre o nosso destino último, que nos aguarda a todos. Aqui no
Guerrilha Way, eu sempre reforço a importância de encontrar esses momentos
— você não pode viver esquecido de para onde está se encaminhando. E a ver-
dade é que todos estamos caminhando para a morte.

O problema não é esse. O problema é que, chegando lá, muitos são pegos de
surpresa: olham para trás, para a vida que passou, e não se reconhecem. Não
se vêem como agentes da própria vida. E então relatam o arrependimento mais
comum no leito de morte: ter faltado com a verdade da vida.

Acredite: não há angústia maior do que essa. Perceber-se coadjuvante da pró-


pria vida, quando não há mais tempo. Você não deve viver como marujo, quando
somos chamados a ser capitães do navio que é a nossa vida.

Por isso, neste CA, você vai descobrir:

• O que é viver com veracidade, e por que essa é a única maneira de evitar
um dos maiores arrependimentos que existem;

• Quais são os ralos que estão impedindo você de levar uma vida veraz;

• Como não permitir que a delicadeza com a fraqueza dos outros enfraque-
ça você.

Toda segunda-feira, o seu Caderno de Ativação traz sugestões de atividades ou


reflexões baseadas em um dos temas abordados nas lives da semana anterior.
Se você está chegando agora, não se preocupe: o Guerrilha Way não é uma
maratona em que você tenha de alcançar quem chegou antes, mas um barco
que o recolhe onde você está e o impulsiona para frente. Atrasar o GW não dá
juros. Aliás: não se atrasa o GW. A hora certa para se fazê-lo é a hora que se faz
ele. A quantidade ideal é a quantidade feita.
27 a 31.01 | 2020 #55

Live Especial

VIVA A VIDA
NA PRIMEIRA PESSOA

Você já parou pra pensar em qual é o arrependimento mais comum das


pessoas que se encontram no leito de morte? Eu conto pra você. Quando
confrontadas com o seu destino último, a maioria das pessoas se arrepende
de ter faltado com a verdade da vida. Por assim dizer, é como se a pessoa ti-
vesse vivido no automático, sem preencher a vida com a substância da sua
pessoa, e, chegado o momento final, ela não reconhece aquela vida como
tendo sido sua.

Como evitar esse terrível arrependimento, quando já é muito tarde para mu-
dar? O que significa viver uma vida veraz? Certamente, não é sair falando
tudo que lhe passa pela cabeça, nem fazendo todas as besteiras que lhe
ocorrem. Viver com veracidade é abraçar a realidade em sua totalidade,
não fugindo ao chamado da circunstância concreta, e aí mesmo cumprir
com o dever — sendo pai e mãe, se essa for a sua circunstância; trabalhando
direito, servindo aos outros e sendo útil, sem reclamar; instalando-se com
os dois pés na concretude da vida, sem escapar para o mundo mental da
vida que se gostaria de ter, deixando escoar a vida que se tem.

Em última análise, viver com veracidade é viver a partir da parte mais alta
do seu ser, construindo ativamente a sua personalidade. Isso é o oposto
de viver a partir das suas fraquezas, dos seus defeitos e imperfeições, que
jamais lhe dirão verdadeiramente quem você é. Estamos na vida como capi-
tão do navio, e não como marujo. Deixar de sê-lo por covardia, por preguiça,
por fuga da responsabilidade, é a grande tragédia da vida humana.

Acesse o Portal GW para conferir os áudios e vídeos das lives da semana passada.
27 a 31.01 | 2020 #55

1
ANTES DE SE PREOCUPAR
COM SEUS PECADOS,
PREOCUPE-SE COM QUEM
OS ESTÁ COMETENDO.
Se você trapaceou, traiu, defraudou ou ofendeu alguém, deve arrepender-se
e emendar-se.

Mas todas as boas ações do mundo não lhe garantirão uma vida com senti-
do, se você não tiver clareza sobre QUEM as está praticando.

E isso você só saberá quando entender o que significa viver a partir do seu
verdadeiro CENTRO.

DUAS VERSÕES DE UMA PERGUNTA FUNDAMENTAL

Existe apenas uma pergunta que você deve saber responder para viver uma
vida preenchida de sentido, e há duas maneiras de formulá-la:

1 - As escolhas que eu fiz, QUEM as fez?


2 - A vida que estou vivendo, QUEM a está vivendo?

Faça um teste rápido.

1 - Em minhas tomadas de decisão, procuro esclarecer quais critérios


estão me orientando? Procuro escolher o que é bom, o que é o melhor
a se fazer, ou ajo às cegas?

2 - Costumo agir motivado pelo desejo de agradar, de causar impressão


ou de satisfazer aos meus desejos mais baixos?

3 - Estou sempre arranjando uma desculpa para justificar não ter feito
o que eu deveria fazer? Vivo como se os outros sempre me devessem
algo?
27 a 31.01 | 2020 #55

2
EU ESTOU VIVENDO A MINHA VIDA?

Só vive em primeira pessoa quem vive com VERACIDADE. Mas como se faz
isso?

É simples: integrando na sua personalidade os seus deveres, os seus com-


promissos, de modo ATIVO. Assumindo as responsabilidades de cada dia.

Viver com veracidade é viver a partir do centro da sua própria voz: é viver a
vida que só você poderia viver, sem escapar para a vida sonhada.

A VIDA ESTÁ TE CHAMANDO (I):


MAPEIE SEUS COMPROMISSOS

Todos os dias, o despertador o convoca a ser pontual; sua cama espera ser
arrumada; os outros contam com a sua pontualidade e o seu serviço. Todos
os dias você é chamado a viver a sua vida. Por isso, mapeie os compromis-
sos que você assumiu com a totalidade da sua palavra:

Ex: honrar o meu casamento; cuidar dos meus filhos; estudar seriamente; de-
sempenhar o meu ofício com excelência.

* ____________________________________________________
* ____________________________________________________
* ____________________________________________________
* ____________________________________________________

A VIDA ESTÁ TE CHAMANDO (II):


MAPEIE SEUS RALOS

Tão importante quanto você saber quais são seus deveres é saber quais são
os gatilhos de FUGA. Mapeie-os abaixo. Como? É simples: olhe para a lista
de seus compromissos e pense no principal fator que está impedindo que
você os cumpra como deveria.
27 a 31.01 | 2020 #55

Vou ajudar você nessa. Sua listinha de ralos certamente deve incluir coisas
como…

Reclamação / Preguiça / Desorganização / Fofoca


Desleixo / Impaciência / Covardia

* ____________________________________________________
* ____________________________________________________
* ____________________________________________________
* ____________________________________________________

Depois de mapear seus ralos, você já sabe o que fazer. Enfrente-os. Não é
difícil: basta não ter preguiça. Você que é GW já está no caminho.

Conte comigo: estou aqui pra isso.

3
VIVA A SUA PARTE MAIS ALTA
Muitos vivem abaixo do que poderiam, entregam menos do que poderiam
e realizam pouco porque não têm a ousadia de falar com a própria voz, por
puro medo de se distinguir do entorno e “atrair inveja”.

Tem gente boa por aí que nunca se expressa a partir de seus desejos e
projetos mais altos, mas simula uma certa fraqueza para parecer igual aos
demais.

O problema é que isso também não é viver com veracidade.

Quando você escolhe falar e demonstrar-se a partir das suas fraquezas, das
suas limitações, do seu coitadismo, você só atrai porcaria para a sua vida.

Verdade da vida é articulação entre os seus ideais mais altos e as suas mi-
sérias. Você não é grande coisa, mas também não é só misérias. Entretanto,
pode viver com veracidade. Pode chegar ao leito de morte, olhar para a vida
que você teve e dizer:

“Mal ou bem, fui eu que vivi essa vida. Mal ou bem, fui eu que escolhi estar den-
27 a 31.01 | 2020 #55

tro dos compromissos. Mal ou bem, fui eu que quis estar aqui em cada lugar.
Mal ou bem, fui eu que não abandonei meu filho, não abandonei meu casamen-
to, fui eu que fiquei aqui e quis achar solução para os problemas passíveis de
solução”.

PARE COM A SÍNDROME DE MARUJO:


ESTAMOS NA VIDA COMO CAPITÃES DO NAVIO

Você é o sujeito que está sempre chorando suas misérias? Que quer sempre
parecer um coitadinho, para que os outros não o invejem, mas, pelo contrá-
rio, sintam pena de você?

1) Festa de família. Primos reunidos comentando as dificuldades econômi-


cas do país, como tudo está difícil. Mas você teve um ano ótimo — ganhou
mais dinheiro, está prestes a trocar de carro e tem planos de empreender.
De repente alguém lhe pergunta como estão as coisas. Você:

a) Embarca no pessimismo geral, para não ser indelicado com o fracas-


so dos outros.

b) Diz com naturalidade como foi o seu ano.

2) Roda de amigos. De repente, alguém começa a relatar aventuras extra-


conjugais. O papo rende, e todos começam a confessar suas pequenas vi-
lezas no casamento. Você, que tem um bom casamento, permanece calado.
Quando o provocam a falar alguma coisa, você:

a) Dá um sorrisinho de quem está escondendo o jogo e tenta mudar de


assunto.

b) Inventa na hora uma vileza qualquer, para não parecer certinho de-
mais.

c) Consegue marcar sua posição com força e sem medo de desagradar.

Aprenda a se expressar a partir daqueles seus desejos superiores, a partir


27 a 31.01 | 2020 #55

do seu intelecto que está sendo formado, a partir da sua moralidade. Isso
é fundamental para que você ganhe força, estrutura, para que você possa
atrair pessoas boas, positivas, e para que você possa também ser exemplo,
ser energia e dar energia para os outros.

Ninguém conta com o marujo. Não seja você o primeiro a abandonar o na-
vio da sua vida.

COMUNIQUE-SE HOJE!
A comunidade Guerrilha Way tem mais de 30.000 pessoas. Já parou para pensar
que vocês têm algo em comum? Comunique sua experiência GW postando vídeos,
fotos ou textos sobre as atividades da semana. Use a hashtag #GWsemana55.

Nosso dream team está à disposição para tornar sua experiência GW cada vez
melhor. Envie suas críticas, sugestões ou elogios para aluno@italomarsili.com.br.
Será um prazer ouvir você!