Você está na página 1de 1

LEI FEDERAL N° 9.

532, DE 10 DE DEZEMBRO DE 1997


................
Art. 62. A utilização, no recinto de atendimento ao público, de equipamento que possibilite o registro
ou o processamento de dados relativos a operações com mercadorias ou com a prestação de serviços somente
será admitida quando estiver autorizada, pela unidade da Secretaria de Estado da Fazenda, com jurisdição
sobre o domicílio fiscal da empresa, a integrar o ECF.
Parágrafo único. O EQUIPAMENTO em uso, sem a autorização a que se refere o caput
ou que não satisfaça os requisitos desta, PODERÁ SER APREENDIDO pela Secretaria da Receita
Federal ou PELA SECRETARIA DE FAZENDA DA UNIDADE FEDERADA E UTILIZADO COMO
PROVA de qualquer infração à legislação tributária, decorrente de seu uso.

REGULAMENTO DO ICMS
LEI 6.379, DE 2 DE DEZEMBRO DE 1996
ATUALIZADO ATÉ O DECRETO Nº 29.405, DE 30 DE JUNHO DE 08
Art. 670. As multas para as quais se adotará o critério referido no inciso I do art. 665, serão
as seguintes:

................
VII - de 1 (uma) a 200 (duzentas) UFR-PB, aos que cometerem as infrações abaixo
relacionadas relativas ao uso de Equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF ou equipamentos
similares (Lei nº 7.334/03):
................
c)
UTILIZAR no recinto de atendimento ao público, SEM AUTORIZAÇÃO FAZENDÁRIA,
EQUIPAMENTO QUE POSSIBILITE O REGISTRO OU O PROCESSAMENTO DE DADOS relativos às
operações com mercadorias ou prestações de serviços – 100 (cem) UFR-PB por equipamento, sem
prejuízo de sua apreensão e utilização como prova de infração à legislação tributária;
................
f) UTILIZAR PROGRAMAS APLICATIVOS QUE PERMITAM O REGISTRO DE VENDAS SEM A
IMPRESSÃO CONCOMITANTE DO CUPOM FISCAL ou a interferência nos valores registrados que
impossibilite sua acumulação no totalizador geral e nos totalizadores parciais, ou ainda, o registro de
vendas através de equipamento fiscal ou qualquer outro equipamento com possibilidade de emissão
que se assemelhe ou possa ser confundido com cupom fiscal – 200 (duzentas) UFR-PB por
equipamento, sem prejuízo da representação a ser encaminhada ao Ministério Público, nas hipóteses
de crime contra a ordem tributária definidas na Lei Federal nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990;
................
v) DEIXAR DE EXIBIR AO FISCO, quando solicitado, OU MANTER EM DESACORDO COM A
LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ARQUIVOS ELETRÔNICOS, cópias-demonstração de programas
APLICATIVOS, SENHA ou meio eletrônico que possibilite o acesso a equipamento, BANCO DE
DADOS, TELAS, FUNÇÕES E COMANDOS DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL , bem como a
realização de LEITURAS, CONSULTAS E GRAVAÇÃO DE CONTEÚDO DAS MEMÓRIAS DE ECF -
200 (duzentas) UFR-PB, por estabelecimento;
................