Você está na página 1de 39

Classificação e

Epidemiologia
das Doenças
Periodontais
Copyright Disclamer!

Estes slides são de autoria de


Arriba Dentista. O uso é livre,
desde que os devidos créditos
sejam dados.

Para mais conteúdo como este,


acesse: https://bit.ly/2mngkOC

2
Inscreva-se!!!
Pra ficar ligado em mais
aulas como essa, se
inscreva no canal do
youtube e me siga no
Instagram!

3
Acompanhe Também:

Acesso no Link: https://apoia.se/arribadentistapremium


Material Complementar!
Clique no link da
descrição e baixe os
slides e o resumo
para acompanhar
esta aula!

5
Referências
✗CORREIRA, Francisco et al. GENGIVITE DESCAMATIVA POR CORPO ESTRANHO - UM
CASO CLÍNICO ATÍPICO, Braz J Periodontol - March 2016 - volume 26 - issue 01 - 26(1):57-61

✗VIEIRA, Mara et al. HIPERPLASIA GENGIVAL MEDICAMENTOSA: ASPECTO CLÍNICO,


ASPECTO HISTOLÓGICO E TRATAMENTO - REVISÃO DE LITERAURA. SOBRAPE, Revista
de Periodontia, 2001.

✗SCOPEL, Márcio. CLASSIFICAÇÃO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS. Monografia,


Universidade Federal de Santa Catarina, 2003.

✗VIEIRA, Thaís; CASTRO, Adriana; FILHO, Luciano. Alterações periodontais associadas às


doenças sistêmicas em crianças e adolescentes. Rev Paul Pediatr 2010;28(2):237-43.

✗ SOUZA, Bárbara. Manifestações clínicas orais da sífilis. RFO, Passo Fundo, v. 22, n. 1, p. 82-85, jan./abr. 2017

✗CASTRO, Terezita et al. MANIFESTAÇÕES ORAIS ASSOCIADAS AO PAPILOMA VÍRUS


HUMANO (HPV). Revista brasileira de otorrinolaringologia. 70 (4), 2014.

6
Referências 2
✗GUSMÃO, Estela et al. Diagnóstico e tratamento do aumento gengival induzido por
drogas. Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-fac., Camaragibe v.9, n.1, p. 59 - 66, jan./mar.2009

✗CARRANZA. Livro Periodontia Clínica, Edição 11.

7
Epidemiologia das Doenças
Periodontais
✗ Aula 1: Tipos de Doenças Gengivais
✗ Aula 2: Classificação da Doença Periodontal
✗ Aula 3: Questões de Concurso Público

8
Aula de Hoje
 Tipos de Doenças Gengivais
• Doenças Gengivais Induzidas Por Placa
• Doenças Gengivais Não Induzidas Por Placa

9
Doenças
Gengivais
Induzidas Por
Placa
Doenças Gengivais Induzidas
Por Placa Bacteriana
 Não causam perda de inserção
 Sua forma mais comum é a gengivite
 Ocorre através de uma associação entre as
bactérias da placa, com as células inflamatórias
do hospedeiro
 Podem aparecer somente pela ação da placa
bacteriana ou através de uma associação da
placa com outros fatores

11
Doenças Gengivais Induzidas
Por Placa Bacteriana
 Pode ser induzida somente por placa, ou
associada a outros fatores determinantes

 Estes fatores determinantes são:


• Fatores sistêmicos
• Medicação
• Desnutrição

12
Doenças Gengivais Induzidas
Apenas Por Placa
 Se manifesta mais frequentemente como
gengivite ou fibromatose gengival
 Gengivite: Inflamação gengival, sem perda
de inserção
 Fibromatose Gengival: Crescimento gengival
exacerbado

13
Gengivite Comum

Fibromatose + Placa

14
Doenças Gengivais Induzidas
Por Placa e Fatores Sistêmicos
 Fatores hormonais: Puberdade, gravidez,
ciclo menstrual, diabetes, leucemia
 Diabetes altera o jeito que o corpo age
diante da inflamação
 Gravidez: A alteração pode aparecer na
forma de granuloma piogênico
 Leucemia: Altera a função imunológica

15
Granuloma Piogênico

Edema associado à Leucemia

16
Inflamação exagerada,
associada a hormônios

17
Doenças Gengivais Induzidas
Por Placa e Medicamentos
 Medicação + Placa = Inflamação e
crescimento gengival
 Comum com o uso de anticonvulsionantes,
imunossupressores, anticoncepcionais e
bloqueadores dos canais de cálcio
 Os sintomas variam de acordo com cada
paciente

18
19
Doenças Gengivais Induzidas
Por Placa e Desnutrição
 Forma mais comum ocorre pela falta de
vitamina C, conhecida como escorbuto
 Se apresenta na forma de uma gengiva
brilhosa, edemaciada e sangrante
 Afeta a capacidade do corpo de se
defender da ação dos microorganismos

20
Escorbuto

21
Doenças
Gengivais Não
Induzidas Por
Placa
Doenças Gengivais Não
Induzidas Por Placa
 Doenças comuns que se manifestam na
gengiva em forma de lesões
 A placa não é um fator determinante no seu
aparecimento
 São mais raras do que as doenças induzidas
por placa
 Mais frequentes em indivíduos como baixo
poder socioeconômico

23
Doenças Gengivais Não
Induzidas Por Placa
 Podem ser causadas por:
• Vírus
• Bactérias
• Fungos
• Fatores Genéticos
• Alergias
• Traumas
• Corpos Estranhos

24
Doenças Gengivais Bacterianas
 Incomuns e de difícil diagnóstico
 Comuns em casos de gonorréia e sífilis
 Podem ocorrer por infecção sistêmica ou
infecção direta
 As lesões se manifestam em forma de:
• Úlceras
• Placas Fibrosas
• Nódulos

25
Manifestações orais da sífilis. A- Placa Fibrosa; B- Nódulo
C- Erosão tecidual; D- Úlcera

26
Doenças Gengivais Viróticas
 Podem ser causadas por vírus com RNA ou
DNA na sua composição
 Tem a herpes como forma mais comum
 Vírus da herpes pode se manifestar de
várias formas, sendo as bolhas
esbranquiçadas a manifestação mais comum

27
Herpes Gengival

28
Doenças Gengivais Fungícas
 São mais frequentes em indivíduos
imunossuprimidos
 A infecção fungíca mais comum é a
candidíase
 A candidíase é frequente em pessoas com
pouca salivação e que fazem uso de
próteses totais
 A cândida se manifesta na forma de placas
brancas

29
Candidíase Oral

30
Doenças Gengivais Genéticas
 Ocorrem associadas a sindromes
 Manifestação mais comum é a fibromatose
gengival hereditária
 Pode ser localizada ou generalizada
 Tecido com aspecto rosado, firme, indolor e
sem sangramento
 Crescimento lento e difuso

31
Fibromatose Gengival Hereditária

32
Doenças Gengivais Sistêmicas
 Ocorrem através de reações alérgicas que
desencadeiam inflamações gengivais
 São incomuns
 Podem ocorrer pela ação de irritantes
presentes em alimentos

33
Reação alérgica gengival causada por
aditivo em goma de mascar

34
Doenças Gengivais Traumáticas
 Ocorrem pelo contato do fator agressor
com o tecido gengival
 O fator agressor pode ser químico, térmico
ou mecânico
 Comum em casos de piercings e de
escovação com força excessiva

35
Recessão causada por piercing

36
Doenças Gengivais Induzidas
Por Corpos Estranhos
 Acontece quando um corpo estranho
invade o tecido conjuntivo gengival
 Os corpos estranhos causam inflamação ou
crescimento tecidual
 Pode ocorrer pelo excesso de restaurações
de resina

37
Material retro-obturador de apicectomia
Inserido no tecido gengival

38
Obrigado!
Se inscreva no canal
e não esqueça de
baixar o material
complementar!

39