Você está na página 1de 6

Lista área 1 - Fis.

III C

I. AULA 01 II. AULA 02

Problema 1 Problema 1

(a) Em 1964, a temperatura na aldeia de Oymyakon, Um termômetro de gás é feito de dois bulbos com gás
na Sibéria, chegou a −71o C. Qual o valor dessa temper- imersos em recipientes com água. A diferença de pressão
atura na escala Fahrenheit? (b) A maior temperatura entre os dois bulbos é medida por um manômetro de
registrada nos EUA foi 134o F, no vale da morte, mercúrio. O volume permanece constante nos bulbos.
Califórnia. Qual o valor dessa temperatura na escala Não há diferença de pressão quando os dois recipientes
Celsius? estão no PT da água. A diferença é de 120 torr quando
um recipiente está no PT e o outro está no ponto de
Resposta: ebulição da água e 90 torr quando um está no PT e o
outro em uma temperatura a ser medida. Qual essa
(a) TF = −95, 8oC (b) TC = 56, 6o C temperatura?

Problema 2 Resposta:

(a) Em qual temperatura a escala Fahrenheit é igual T = 348 K


a duas vezes a temperatura na escala Celsius? (b) E a
metade? Problema 2

Resposta: Um disco de alumı́nio tem 2, 725 cm de diâmetro a


0o C. Qual o diâmetro do disco quando a temperatura é
(a) TC = 160o C (b) TC = −24, 6oC aumentada para 100o C? (αAl = 23 × 10−6 /o C)

Problema 3 Resposta:

Em uma escala linear X de temperatura, a água df = 2, 731 cm


congela em −125oX e ferve em 375o X. Em uma escala
linear Y de temperatura, a água congela em −70o Y e Problema 3
ferve em −30o X. Qual é a temperatura 50o Y na escala X?
Um orifı́cio circular em um disco de alumı́nio tem
Resposta: 2, 725 cm de diâmetro em 0o C. Qual seu diâmetro
quando a temperatura da placa vai para 100oC?
TX = 1375o X
Resposta:
Problema 4
df = 2, 731 cm
A ampliação ou ganho de um amplificador pode depen-
der da temperatura. O ganho de um certo amplificador Problema 4
a 20o C é de 30 enquanto que a 55o C é 35, 2. Qual seria o
ganho a 30o C se dependesse linearmente da temperatura? Qual é o volume de uma bola de chumbo a 30o C se o
volume da bola em 60o C era 50 cm3 ?
Resposta:
Resposta:
G = 31, 48
V = 49, 87 cm3

Problema 5

Quando a temperatura de uma moeda de cobre


aumenta em 100o C, seu diâmetro aumenta 0, 18%. Dê
a porcentagem de aumento da (a) área da face, (b) da
espessura, (c) do volume, (d) a massa da moeda. (e)
Calcule o coeficiente de expansão linear do material da
2

moeda. III. AULA 03

Resposta: Problema 1

(a) 0, 36 % (b) 0, 18 % (c) 0, 54 % (d) 0 % (e) Um sistema isolado é formado por uma quanti-
α = 18 × 10−6 /o C dade de água à temperatura de 90o C. Adiciona-se ao
sistema um décimo da quantidade de água anterior à
Problema 6 temperatura de 1o C. Qual é a temperatura de equilı́brio?
Um copo de alumı́nio de volume 100 cm3 está comple- Resposta:
tamente cheio de glicerina a 22o C. Quanto de glicerina
vai vazar do copo se a temperatura do sistema aumentar 81, 9oC
para 28o C?
Problema 2
Resposta:
Um sistema isolado é formado por uma quantidade
0, 264 cm3 de água à temperatura de 90o C. Adiciona-se ao sistema
um décimo da quantidade de água anterior de gelo à
temperatura de 0o C. Qual é a temperatura de equilı́brio?

Resposta:

74, 6oC

Problema 3

Que massa de água permanece no estado lı́quido depois


que 50, 2 kJ são transferidos na forma de calor a partir
de 260 g de água inicialmente no ponto de congelamento?

Resposta:

110 g

Problema 4

Que massa de vapor a 100o C deve ser misturada


com 150 g de gelo no ponto de fusão, em um recipiente
isolado termicamente, para produzir água a 50o C ?

Resposta:

33 g

Problema 5

Qual a menor energia necessária para fundir 130 g de


prata inicialmente à 15o C.

Resposta:

42, 7 kJ

Problema 6

Uma garrafa térmica contém 130 cm3 de café a 80o C.


Um cubo de gelo de 12 g a temperatura de fusão é
utilizado para esfriar o café. De quantos graus o café
3

esfria depois que todo o gelo derrete e o equilı́brio IV. AULA 04


térmico é atingido? Trate o café como se fosse água pura
e despreze as perdas de energia para o ambiente. Problema 1
Resposta:
Duas barras retangulares idênticas são soldadas pelas
o faces de menor área. São mantidas a uma temperatura
13, 5 C
de 0o C do lado esquerdo e 100o C do lado direito. Em 2
minutos, 10 J são conduzidos do lado direito para o lado
esquerdo. Que tempo seria necessário para conduzir 10 J
se as placas fossem soldadas pelas faces de maior área?

Resposta:

30 s

Problema 2

Uma barra cilı́ndrica de cobre de 1, 2 m de compri-


mento e 4, 8 cm2 de secção reta é bem isolada e não
perde energia através da superfı́cie. A diferença de
temperatura entre as extremidades é 100o C, já que uma
está imersa em uma mistura de água e gelo e a outra
em uma mistura de água e vapor. (a) Com que taxa a
energia é conduzida pela barra? (b) Com que taxa o
gelo derrete na extremidade fria?

Resposta:

(a) 16, 04 W (b) 0, 048 g/s

Problema 3

Uma placa de gelo com 5 cm de espessura se formou


na superfı́cie de uma caixa de água em um dia frio de
inverno. O ar acima do gelo está a −10o C. Calcule a
taxa de formação da placa de gelo em cm/h. Suponha
cal
que a condutividade térmica do gelo é 0, 004 s cm o
C e
3
que a massa especı́fica é 0, 92 g/cm . Suponha também
que a transferência de energia através das paredes e do
fundo do tanque pode ser desprezada.

Resposta:

0, 393 cm/h
4

Problema 4 V. AULA 05

(a) Qual a perda de energia em W/m2 através de uma Problema 1


janela de vidro de 3 mm de espessura se a temperatura
externa é −20o F e a temperatura interna é 72o F? (b) Qual a massa do peso do experimento de Joule para
Uma janela para tempestades, feita com a mesma espes- que fosse observada a variação de 1o C em 100 mL de
sura de vidro, é instalada do lado de fora da primeira água, sendo que a altura de queda do peso é 1 m?
com um espaço de 7, 5 cm entre as duas janelas. Qual é
a nova taxa de perda de energia se a condução é o único Resposta:
meio de perda de energia?
42, 6 kg
Resposta:
Problema 2
(a) 1, 7 × 104 W (b) 18 W/m2
1 kg de água a 100o C é totalmente convertida em
vapor à pressão de 1 atm. Os volumes inicial e final são
Vi = 1 × 10−3 m3 e Vf = 1, 671 m3 . Note que não há al-
teração na temperatura do sistema. (a) Qual o trabalho
realizado pelo processo? (b) Qual é a quantidade de
calor gasta no processo? (c) Qual a variação de energia
interna?

Resposta:

(a) 1, 69 × 105 J (b) 2256 kJ (c) 2090 kJ

Problema 3

Um gás passa pelo ciclo acima. Vs = 4 m3 . Calcule a


energia adicionada ao sistema na forma de calor durante
um ciclo.

Resposta:

−30 J
5

VI. AULA 06 A: 120 J B: 75 J C: 30 J

Problema 1 Problema 4

Uma amostra de gás se expande de uma pressão Quando um sistema passa do estado i para o estado f
inicial de 10 Pa e um volume inicial de 1 m3 para um seguindo a trajetória iaf da figura, Q = 50 cal e W =
volume final de 2 m3 . Durante a expansão, a pressão e o 20 cal. Ao longo da trajetória ibf , Q = 36 cal. (a)
volume estão relacionados pela equação P = aV 2 , onde Quanto vale W ao longo de ibf ? (b) Se W = −13 cal na
a = 10 N/m8 . Determine o trabalho realizado pelo gás trajetória f i, quanto vale Q em f i? (c) Se Ui = 10 cal
durante a expansão. qual o valor de Uf ? (d) Se Ub = 22 cal, qual o valor de
Q ao longo de ib? (e) E de bf ?
Resposta:

23 J

Problema 2

Um sistema termodinâmico passa do estado A para o


B, do B para C e do C para A. Ps = 40 Pa e Vs = 4 m3 .
Resposta:
(a-g) Complete a tabela abaixo com o sinal positivo, neg-
ativo ou zero. (h) Qual o trabalho realizado no ciclo?
(a) 6 cal (b) −43 cal (c) 40 cal (d) 18 cal (e) 18 cal

Problema 5

Um gás passa pelo ciclo da figura. Determine a ener-


gia transferida pelo sistema na forma de calor durante
o processo CA se a energia adicionado como calor Q no
processo AB é 20 J, nenhuma energia é transferida como
calor durante o processo BC e o trabalho realizado du-
rante o ciclo é 15 J.

Resposta:

(b) W > 0 (a) Q > 0 (c) W = 0 (d) ∆U > 0 (f)


W < 0 (g) ∆U < 0 (e) Q < 0 (h) −20 J

Problema 3

Uma amostra de gás de expande de V0 até 4V0 en-


quanto a pressão diminui de P0 para P0 /4. Se V0 = 1 m3
e P0 = 40 Pa, qual o trabalho realizado pelo gás se a Resposta:
pressão varia com o volume de acordo com as trajetórias
A, B e C? −5 J

Problema 6

A figura mostra um ciclo fechado de um gás. A


variação de energia interna do gás ao passar de a para c
ao longo de abc é −200 J. Quando o gás passa de c para
d, recebe 180 J na forma de calor. Mais 80 J são rece-
bidos quando o gás passa de d para a. Qual o trabalho
realizado sobre o gás quando passa de c para d?

Resposta:

Resposta: 60 J
6

Resposta:

(b) −9, 3 J (a) 8 J

Problema 8

Um gás sofre uma transição de um estado inicial a


para um estado final b por três diferentes processos, como
mostra a figura, onde Vb = 5Vi . A energia transferida
Problema 7 como calor no processo 1 é 10Pi Vi . (a) Em termos de
Pi Vi , qual a energia transferida para o gás como calor no
processo 2? (b) Qual a variação da energia interna do
Uma amostra de gás passa pelo ciclo abca da figura. gás no processo 3?
O trabalho realizado é 1, 2 J. Ao longo de ab, a variação
de energia interna é 3 J e o valor absoluto do trabalho
realizado é 5 J. Ao longo de ca, a energia transferida
para o gás na forma de calor é 2, 5 J. (a) Qual é a energia
transferida na forma de calor ao longo de ab? (b) e de
bc?

Resposta:

(a) 11 Pi Vi (b) 6 Pi Vi