Você está na página 1de 5

ELETRICIDADE E REFRIGERAÇÃO AUTOMOTIVA Edição nº 007

Refrigeração
automotiva

Conceitos básicos

S et e m br o de 20 1 7

PESQUISA POR MÁRIO XAVIER ( DISPONÍVEL INTERNET) NESTA EDIÇÃO

Arrefecimento energia de uma forma para outra ou de um lugar para Radiante: a luz, as ondas de rádio e as microondas
Abaixamento da temperatura de um corpo até a outro. transportam energia radiante. A energia emitida pelo sol
temperatura ambiente. A energia elétrica, por exemplo, realiza o trabalho de recebida aqui na Terra e forma de energia radiante.
aquecer a água de um chuveiro, transformando-se em
Resfriamento energia térmica. Calor : Calor é o termo associado à transferência de
Abaixamento da temperatura de um corpo da temperatura A energia química armazenada no gás de cozinha energia térmica de um sistema a outro - ou entre partes de
ambiente até a temperatura de congelamento. transforma-se em energia térmica. Parte dessa energia um mesmo sistema - exclusivamente em virtude da
realiza o trabalho de cozinhar os alimentos. No caso do uso diferença de temperaturas entre eles. Designa também a
Congelamento de uma panela de pressão, transforma-se também em quantidade de energia térmica transferida em tal processo.
Baixar a temperatura de um corpo aquém da sua energia cinética (mecânica) movendo a válvula de pressão. Calor não é uma propriedade dos sistemas
temperatura de congelamento. termodinâmicos, e por tal não é correto afirmar que um
Abaixo seguem algumas formas com que a energia se corpo possui mais calor que outro, e tampouco é correto
Temperatura de congelamento apresenta: afirmar que um corpo "possui" calor.
Temperatura na qual a maior parte da água contida no
produto é transformada em gelo. Transferência de calor
Em geral considera-se como a temperatura de Potencial: a energia que os corpos têm devido a sua
Uma das leis fundamentais da Física é que o calor sempre
congelamento da água, pois os corpos são constituídos posição. Ela não tão obvia quanto as demais formas, mas
como uma forma de energia pode se transformar em outra, flui do local que possui temperatura mais alta para o de
basicamente de água.
Como o arrefecimento pode dar-se naturalmente podemos percebê-la pelos seus efeitos - um corpo situado temperatura mais baixa, de modo que elas se igualem. Ou
(transferência de calor entre um corpo quente e um corpo a uma certa altura e abandonado até se chocar com o chão: seja, os corpos quentes cederão calor aos mais frios.
frio), reservamos o termo refrigeração para os processos de a energia potencial que ele tinha por estar situado a uma
O controle do fluxo de calor por radiação, condução e
retirada de calor dos corpos com dispêndio de energia. certa altura se transforma, durante a queda, em energia
cinética, que acaba sendo percebida pelo estrago da convecção pode ser controlado. A transferência de calor
Refrigeração processos de retirada de calor dos corpos pancada; por cada um deles pode ser diminuída ou aumentada de
com dispêndio de energia. acordo com a necessidade.
Cinética: a energia de movimento dos corpos - um martelo,
Potência frigorífica (ou carga térmica de refrigeração): é a movimentado com velocidade, possui energia cinética que “O fluxo de calor também é controlado (afetado) pela
quantidade de calor a ser retirada pode fazer um prego entrar na madeira; diferença de temperatura. Quanto maior a diferença de
do sistema a refrigerar por unidade de tempo.
Como unidades de potência frigorífica são comumente temperatura, maior o fluxo de calor”.
utilizados: kcal/h, Btu/h ou kW. Elétrica: a energia associada ao movimento de cargas
elétricas, podendo produzir efeitos térmicos e luminosos Esse processo pode ocorrer de 3 formas diferentes,
Tonelada de refrigeração (lâmpada), químicos (bateria), etc.
explicadas abaixo:
TR é quantidade de calor a ser retirada da água a 0°C para
formar uma tonelada de gelo a 0°C, em 24 horas.
Térmica: a energia associada a agitação (movimento) Condução
Dependendo do valor da tonelada adotado (907,184 k g ou
desordenada das partículas (átomos e moléculas) que E a transferência de calor nos materiais sólidos. O calor
2000 lb), temos: 1 TR = 12.000 Btu/h = 3023,95 kcal/h ≈
constituem a matéria. Todos os corpos possuem energia
3,516 kW passa de molécula para molécula da matéria, até o extremo
térmica e esta medida é pela temperatura;
oposto, espalhando gradativamente calor pelo corpo
Energia
inteiro.
A ideia de energia sempre é associada a execução de algum
trabalho, que é realizado com as transformações da
ELETRICIDADE E REFRIGERAÇÃO AUTOMOTIVA | Edição Nº007 2

As diversas substancias existentes não conduzem mesma temperatura e deixados à sombra, o corpo preto latente entram nos espaços e tornam-se uma carga de
igualmente o calor e, sob esse aspecto, podem ser esfriará mais depressa do que o branco, pois é melhor resfriamento que deve ser removida pelo equipamento de
classificadas em bons condutores se há propagação quase emissor térmico. refrigeração.
integral de toda quantidade de calor através de sua massa;
maus condutores ou isolantes se permitem a propagação A transferência de calor pode ser muito afetada pelos É importante perceber que a quantidade de calor para
difícil e lentamente. materiais escolhidos na construção de prédios e dos transformar o estado de uma substância (calor latente) em
equipamentos de transferência de calor. A condução, a geral é muito maior do que para elevar a temperatura dela.
Os metais são bons condutores de calor enquanto que os convecção e radiação são todas elas afetadas pelos
gases, líquidos e alguns sólidos como o vidro, madeira, lã materiais. O calor latente e a refrigeração
de vidro, cortiça, papel, etc., são isolantes. Na refrigeração a física envolvendo o calor latente é muito
Na refrigeração a condução é a forma de transferência de importante. Aplicações desse princípio é que tornam
calor que mais influencia na carga térmica e na capacidade possível atingir a temperatura desejada.
Em refrigeradores essa diferença de condução de calor dos
dos equipamentos necessários para remover o calor.
objetos e aproveitada para sua construção. A lã de vidro e Calor sensível e latente
Quando uma substância passa de líquido a vapor sua
o ar estacionário são muito maus condutores de calor e por
 sensível;
capacidade de absorver calor é muito grande. Essa
isso são usados para o isolamento das paredes dos
refrigeradores.
 latente. característica é utilizada na refrigeração mecânica.

Um corpo contém uma determinada quantidade de calor,


Convecção A temperatura que uma substância troca seu estado físico
que pode existir de duas formas:
E a transferência de calor nos fluidos (líquidos e gases). Ela depende da pressão. Quanto mais alta for ela, maior a
consiste numa troca de átomos e moléculas decorrentes de temperatura necessária para ocorrer a mudança. O oposto
Calor sensível
variações de densidade. também é verdade. Se a pressão é diminuída, a
Quando o calor é adicionado ou extraído de uma
temperatura na qual ocorre a mudança de estado também
substância sem que haja mudança de estado físico, a
Em uma panela com água, por exemplo, aquecida na parte baixa.
temperatura aumenta ou diminui.
inferior, as moléculas em contato direto com o fundo, que
está recebendo o calor, se dilatam. Em consequência dessa O calor latente e a refrigeração
O calor assim adicionado ou extraído é conhecido como
dilatação, a densidade diminui e elas sobem até a Um líquido sobre baixa pressão ferve a uma baixa
calor sensível, uma vez que a transferência de calor pode
superfície. Como as partículas superiores estão mais frias e temperatura. Se o vapor resultante for comprimido, ele se
ser sentida ou medida por um termômetro.
com densidade maior, descem ao fundo do recipiente, condensará de novo como líquido a uma temperatura mais
formando correntes de convecção. Este processo continua alta.
Exemplos deste fato são comuns na vida cotidiana. Se 1 kg
e o calor é transferido a todas as partes do recipiente pelo
de água a 60°C é aquecida a 90°C, a mudança de
movimento da água. Nos modernos equipamentos de refrigeração como
temperatura pode ser medida com um termômetro ou
refrigeradores, freezers e ares-condicionados, o
sentida pela mão. Neste exemplo 30 Kcal foram
Na refrigeração usa-se a convecção em refrigeradores. Os refrigerante líquido é bombeado sobre pressão para o
adicionadas e a diferença resultante em temperatura pode
evaporadores são colocados na parte superior para evaporador. No evaporador ocorre uma grande queda de
ser sentida.
aproveitar as correntes de convecção naturais. pressão e o refrigerante vaporiza-se, absorvendo calor do
evaporador. Isso produz uma baixa temperatura e esfria o
Isso representa uma mudança no calor sensível.
Irradiação evaporador.
E o tipo de transmissão de calor que ocorre através de
Calor latente
ondas eletromagnéticas, especialmente as radiações Calor específico
Como vimos anteriormente, calor sensível é a adição ou
infravermelhas, também denominadas "ondas de calor". É
extração de calor em uma determinada substância sem que É a quantidade de calor que deve ser fornecida para que 1 g
o único processo de transmissão que pode ocorrer no de substância tenha a sua temperatura elevada em 1°C.
haja mudança de estado, mas que pode ser medida.
vácuo, pois as ondas eletromagnéticas, além de se Cada substância possui um determinado valor de calor
Quando adicionamos ou extraímos calor de uma
propagarem em meios materiais transparentes a elas, específico, que é geralmente expresso em cal/g.°C.
substância e ocorre mudança de estado, sem aumento ou
também se propagam no vácuo. Quanto maior for o calor específico de uma substância,
diminuição de temperatura, damos o nome de calor maior será a quantidade de calor que deverá ser fornecida
latente. ou retirada dela para que ocorram variações de
É por irradiação que a Terra é aquecida pelo Sol. temperatura. A água, quando comparada com várias
Algumas formas de calor latente: outras substâncias, possui o maior calor específico, que
A energia radiante não aquece o meio pela qual se propaga, corresponde a 1 cal/g.ºC
mas apenas o meio pelo qual absorvida, deixando então de
ser radiante para se tornar térmica. Um bom exemplo é que
 calor latente de solidificação: e a quantidade
de calor que e necessário retirar de um corpo
a temperatura do ar, nas altas camadas da atmosfera é e Pressão
para fazê-lo passar do estado líquido para o
baixíssima, pois apenas uma pequena fração da energia do sólido, sem baixar a sua temperatura;
sol é e absorvida.  calor latente de fusão: e a quantidade de
O funcionamento de um sistema de refrigeração depende
calor que e necessário ceder a um corpo, para principalmente das diferenças de pressão dentro do
A absorção das radiações é mais acentuada em superfícies fazê-lo passar do estado sólido para o líquido, sistema. Por isso é fundamental ter um bom entendimento
sem elevar a sua temperatura; desse conceito físico.
escuras. Isso facilmente é percebido quando usamos uma
camisa preta num dia ensolarado; uma camisa clara  calor latente de vaporização: é o calor usado
para transformar 1kg de água em vapor sem Pressão é a forca exercida sobre uma determinada área.
absorve muito menos e reflete (devolve para o ambiente)
que haja mudança de temperatura. Isto é o
muito mais as radiações que nela incidem. que acontece no condensador do refrigerador.
O gás refrigerante cede o seu calor latente pressão = Forca/ área
É importante lembrar do ponto acima quando for visto o de vaporização ao meio ambiente.
tópico carga térmica. A própria atmosfera, constituída de gases cujas moléculas
se agitam termicamente, exerce uma pressão. Ela foi
O calor latente é a energia da disposição e separação das
Por fim é conhecido também que um bom absorvente medida pela primeira vez pelo cientista italiano Evanglista
moléculas. Ele não pode ser medido com um termômetro.
térmico também é um bom emissor de calor. Um corpo Torricelli.
preto absorve mais radiação que um branco, durante o O calor total de uma substância é igual a soma de seus
mesmo tempo, ficando mais quente. Mas, estando na 1 atm = 76 cm Hg = 760 mm Hg
calores latente e sensível. Tanto o calor sensível quanto o
ELETRICIDADE E REFRIGERAÇÃO AUTOMOTIVA | Edição Nº007 3

Para operar no sistema inglês, comumente usado na Exemplo: 1 N/m2 = 1PA Fusão e solidificação
refrigeração, basta transformar kgf para libra ("Pound") e Fusão: passagem do estado sólido para o líquido.
cm2 para polegada quadrada ("square inch"), obtendo-se No brasil e o quilograma força (kgf), e a unidade de área e A medida que fornecemos calor a um sólido, a amplitude
14,22 lb/pol2. Note que em inglês a unidade de medida será o (m2). A unidade de pressão nesse sistema e o kgf/m2. das oscilações de seus átomos e moléculas aumenta e,
pounds/square inch, o conhecido psi: portanto, também sua temperatura.
Ainda, nesse sistema, se tivermos 1 kgf/cm2 essa unidade
1 atm = 76 cm Hg = 760 mm Hg = 1,033 kgf/ cm2 = 14,22 recebe o nome de atmosfera técnica absoluta (ATA). Atingida uma determinada temperatura, as moléculas
psi passam não mais vibrar em torno de posições definidas,
rompendo o reticulo cristalino, começando o processo de
Pressão manométrica Superaquecimento e subresfriamento fusão.
Usando um manômetro obteremos a pressão
manométrica, que pode ser positiva, quando mede Com uma pressão constante, a temperatura permanece
pressões maiores que a atmosférica, ou negativa, quando Temperatura de Saturação constante durante esse processo. Isso ocorre porque o
mede pressões menores do que a atmosférica. Ao se elevar a temperatura de um líquido a um ponto tal calor fornecido implica um aumento da distância média
Normalmente quando nos referimos a pressão em que qualquer calor adicional, que nele se aplique fará com entre os átomos e moléculas, sem aumentar a velocidade
refrigeração estamos falando da manométrica que parte do mesmo se transforme em vapor, diz-se que o de vibração delas - a temperatura. Ela só voltara a subir
líquido está saturado. depois que todo sólido já tiver passado para o estado
Pressão absoluta líquido e mais calor continuar sendo fornecido.
É importante perceber que ela não corresponde a pressão A temperatura do líquido nessa condição denominada
total (também chamada de pressão absoluta), pois o temperatura de saturação. O fato da temperatura permanecer constante durante a
manômetro marca valor zero quando a pressão é igual a mudança de estado dá origem ao dois tipos de calor,
atmosférica. Para obter-se a pressão absoluta é necessário Vapor Saturado
sensível e latente.
somar a pressão manométrica com a pressão atmosférica. Vapor saturado é o vapor produzido por um líquido em
vaporização, desde que se encontre nas mesmas condições Solidificação
Pressão estática de pressão e temperatura do líquido saturado do qual Passagem do estado líquido para o sólido. À medida que
É a pressão que um fluído em movimento exerce sobre uma provém. Pode-se definir vapor saturado também como retiramos calor de um líquido reduzimos a energia térmica
superfície que o contém. O ar dutado, por exemplo, exerce vapor temperatura tal que qualquer resfriamento faça com de seus átomos e moléculas e, com isso, sua temperatura
pressão estática sobre a parede dos dutos. que o mesmo se condense e torne a estrutura molecular do diminui. Atingida uma determinada temperatura, a
estado líquido. agitação torna-se devagar o suficiente para permitir a
Pressão dinâmica
aproximação entre os átomos e moléculas e reconstituir o
É a pressão que ocorre devido a um movimento de um Vapor Superaquecido
retículo cristalino. Inicia-se então a solidificação.
fluído e é igual ao produto da massa volumar do fluído pela Vapor superaquecido um vapor que se encontre à qualquer
metade do quadrado da velocidade. Conhecida também temperatura acima da saturação. Se, após a vaporização
Com pressão externa constante, a temperatura permanece
como pressão de impacto. Para proporcionar ao ar aquece-se o vapor, de maneira que a sua temperatura seja
constante durante essa reconstituição.
movimento necessário para sua circulação deve-se, devido acima da temperatura do líquido em vaporização, diz-se
a sua inércia, exercer sobre ele uma determinada força ou que o vapor está superaquecido.
Novamente isso ocorre porque o calor retirado
pressão que é a dinâmica.
corresponde apenas aquele que mantinha os átomos e
moléculas afastados, não o envolvido na agitação delas. A
Pressão total Mudança de estado físico temperatura só voltara a diminuir depois que todo o líquido
Soma das pressões estática e dinâmica. Em nosso dia a dia encontramos as substâncias em três tiver passado para o estado sólido e mais calor continuar
modos diferentes, denominados estados: sólido, líquido e sendo retirado.
Para todos os fluídos, uma pressão maior significa uma gasoso.
temperatura de ebulição mais alta, enquanto uma pressão
Pontos importantes:
menor leva a um ponto menor de ebulição. O refrigerante No estado sólido, os átomos e moléculas de um corpo
R-22 ferve a -40,5o.C na pressão atmosférica normal (0 estão fortemente unidos, com pouca mobilidade.
PSIG). A uma temperatura ambiente de 24o.C nenhuma O movimento vibratório ocorre em torno de posições  para uma mesma substância e uma mesma
chama é necessária para gerar a ebulição pois existe calor pressão externa, a temperatura de fusão é
definidas, como se os átomos e moléculas estivessem
igual a de solidificação;
suficiente no ar para nisso. ligados por molas (a essas posições definidas dá-se o nome
de reticulo cristalino). Como consequência, os sólidos
 não havendo alteração de pressão externa, a
temperatura da substância se mantem
Para que o R-22 evapore na temperatura prática necessária possuem forma e volume definido. constante durante a sua fusão ou solidificação
para resfriar o ar em um sistema de conforto, ele deve ter (ver tópico calor latente);
sua pressão aumentada. Num aparelho condicionador de No estado líquido, as interações entre átomos e moléculas  a temperatura de fusão (ou solidificação), na
ar uma temperatura de saturação no evaporador (ponto ainda são suficientemente fortes para dificultar sua pressão de 1 atm, chama-se ponto de fusão
em que o R-22 evapora) é de aproximadamente 4,4o.C. separação, o que garante ao líquido um volume definido. (ou solidificação).
Para isso o refrigerante precisa estar aproximadamente a
68,5 PSIG. No estado gasoso, a separação entre os átomos e Influência da pressão na temperatura de fusão
moléculas é grande o suficiente para que se possam Quase todas as substâncias aumentam de volume quando
A pressão no sistema é que determinará a temperatura de movimentar desorganizadamente e com grande liberdade, passam do estado sólido para o líquido.
saturação do refrigerante, ou seja o ponto em que ele entra buscando expandir-se por todo o volume disponível. Por
em ebulição e evapora. isso é que um cheiro rapidamente se espalha por todo um
ambiente.
Unidades de pressão
Segundo o sistema internacional de medidas (S.I.) a
Fazendo uma substância ganhar ou perder calor, podemos
unidade de força é o NEWTON (N) e a unidade de área é o
promover as seguintes mudanças em seu estado:
metro quadrado (m2).

Como pressão é a força exercida P= F/A segundo o S.I. é


N/m2 que recebe o nome de Pascal (PA).
ELETRICIDADE E REFRIGERAÇÃO AUTOMOTIVA | Edição Nº007 4

Esse aumento de volume é dificultado pela pressão Através de cálculos matemáticos foi determinado que a
externa. Assim, quanto maior for a pressão externa, maior pressão de um gás é igual a zero quando a temperatura
será a temperatura necessária para o sólido fundir-se. marcasse -273,15 oC. Esse e o valor denominado "zero
A tabela abaixo mostra a influência da pressão na absoluto".
temperatura de fusão do enxofre:
Embora o Brasil adote o Sistema Internacional de medidas
a realidade da refrigeração é o emprego de medidas do A escala absoluta mais conhecida é a Kelvin, proposta por
sistema inglês. William Thompson, Lord Kelvin, que viveu entre o século
Com isso, com alguma frquência é necessário converter XIX e o inicio do século XX.
unidades de um sistema para o outro.
O conjunto de números associados às temperaturas Nessa escala, a unidade de temperatura é o kelvin, cujo
Tabela que vai lhe facilitar a converter rapidamente as
medidas de um sistema para o outro. chama-se escala termométrica. Para construirmos uma, símbolo e K. Ela foi construída de modo que a variação de 1
Para converter de: Para: Multiplique por: precisamos de duas temperaturas de referência, unidade nessa escala corresponde a variação de uma
denominadas pontos fixos. unidade na escala Celsius.
W BTU/h 3,412
Kcal KJ 4,186
Tais pontos fixos são: Conversão de escalas termométricas
Kcal BTU 4
Algumas vezes pode ser necessário converter graus Celsius
KcaJ Kgm 427 para Fahrenheit ou vice-versa. Isso e um processo fácil
Kcal/kg BTU/lb 1,8  a temperatura do gelo derretido;
usando as seguintes formulas:
Kwh BTU 3,413  a temperatura de ebulição da água.
Kwh Kcal 860 graus oF = 32 + (1,8 x graus oC)
Kw HP 1,341 As temperaturas acima precisam estar a 1 atmosfera ou ao
CV HP 0,9863 nível do mar. graus oC = (graus oF - 32) : 1,8
CV Kw 0,7355
Mundialmente são conhecidas as duas escalas
Kgm BTU 9,294 x 10E-3
termométricas, que veremos a seguir.
Kgm J 9,807
TR BTU/h 12000 Escala Celsius
TR Kcal/h 3.024 O físico sueco Andres Celsius, que viveu no século XVIII,
usou como pontos fixos a temperatura do gelo derretendo
Temperatura:
e do vapor de água em ebulição, tudo à pressão normal,
Temperatura é uma grandeza física que mensura a energia isto e, 1 atm.
cinética média de cada grau de liberdade de cada uma das
partículas de um sistema em equilíbrio térmico. A essa pressão, a temperatura do gelo derretendo foi
denominada ponto de gelo e a do vapor da água em
Escalas termométricas
ebulição, ponto de vapor. Arbitrariamente ele atribuiu o
número 0 ao ponto do gelo e o número 100 ao ponto do
 escala Celsius; vapor. A centésima parte desse intervalo de 0 a 100 chama-
 escala Fahrenheit; se graus Celsius, cujo símbolo oC.
 a escala absoluta;
Escala Fahrenheit
 conversão de escalas.
O físico alemão Daniel Fahrenheit, que viveu entre o século
XVII e XVIII, usou como pontos fixos duas temperaturas
A temperatura está associada ao grau de agitação médio inadequadas: a de uma mistura de água, gelo picado e
das moléculas ou átomos que compõe um corpo. Não Por exemplo se a temperatura de uma sala e de 20o. C, a
cloreto de amônio - a qual atribuiu o valor 0 - e a do sangue
podemos, porém, usar esse valor médio como sendo o humano, a qual atribuiu o valor 100. temperatura na escala Fahrenheit e obtida da seguinte
valor da temperatura, pois é impossível medir a energia de forma:
agitação das moléculas ou átomos e obter o valor médio. Nessa escala, os pontos de gelo e do vapor são dados por
32 oF e 212 oF onde oF é o símbolo do grau Fahrenheit. graus F = 32 + (1,8 x 20o. C) = 68o. F
A temperatura é medida com um termômetro.
Normalmente é um equipamento onde ocorre a expansão A escala absoluta ..Umidade
uniforme de um líquido em um tubo selado de vidro. Existe Como a temperatura esta associada a agitação molecular,
um bulbo na ponta do tubo com uma quantidade de o "zero" da temperatura deveria corresponder ao estado O ar puro é uma mistura de 78% de nitrogênio, 21% de
mercúrio ou álcool dentro. em que essa agitação fosse a mínima admissível. oxigênio e cerca de 1% de argônio, hélio, xenônio e outros
Entretanto no 0 oC e no 0 oF, a agitação ainda é muito gases inertes. Já o ar atmosférico é uma mistura de ar puro,
O vidro não se expande ou contrai tanto quanto o líquido intensa. De fato existem, existem estados térmicos que vapor de água, poeira, bactérias, dióxido de carbono,
quando a temperatura muda. Dessa forma, o líquido sobe essa agitação é muito menor, ou seja, existem, existem fumaça e outras impurezas.
e desce dentro do tubo a medida que a temperatura muda. temperaturas muito abaixo de 0 oC e de 0 oF. Esses "zeros"
O tubo é calibrado, ou seja, tem marcações de graus com a foram adotados de modo totalmente arbitrário e, por isso, A quantidade de dióxido de carbono (CO2) que será
escala de temperatura desejada. as escalas são denominadas relativas. encontrada no ar, depende da localidade e usualmente
varia de 0,03 a 0,3%. A quantidade de vapor de água
A descrição acima é a genérica de um termômetro comum. Numa escala absoluta, ao contrário do que ocorre nas dependerá da temperatura e para o ar atmosférico, oscilará
Na refrigeração e ar-condicionado termômetros bem mais relativas, o "zero" corresponde de fato ao estado da de menos de 1% a 4% do peso total.
sofisticados podem ser utilizados, em alguns casos. mínima agitação molecular. Nesse estado, inatingível na
pratica, a pressão exercida por um gás seria igual a zero, Podemos notar o vapor de água contido no ar quando se
pois deixaria de haver agitação e colisões de suas coloca água fria dentro de um copo. Surgem gotas de água
moléculas com as paredes do recipiente. sobre a superfície externa do copo. Essas gotas são vapores
de água que estavam contidos no ar e que se condensaram.
ELETRICIDADE E REFRIGERAÇÃO AUTOMOTIVA | Edição Nº007 5

Ar perfeitamente seco seria aquele que não contém vapor Em compressores herméticos a umidade é a principal causa ciclo de refrigeração, bem como a refrigeração por
de água e nesse caso ele é composto principalmente de de danos no isolamento elétrico, causando curto circuitos absorção são inteiramente baseados na termodinâmica.
nitrogênio e oxigênio. Fica claro que não existe esse tipo de das ligações do compressor.
ar na natureza, uma vez que sempre existe evaporação de Calor é o termo associado à transferência de energia
água na superfície da terra. Embora seja praticamente impossível manter um sistema térmica de um sistema a outro - ou entre partes de um
de refrigeração sem umidade, deve ser feito o máximo mesmo sistema - exclusivamente em virtude da diferença
de temperaturas entre eles. Designa também a quantidade
A quantidade de vapor de água que um dado volume de ar possível para que o teor dela seja mantido abaixo do nível
de energia térmica transferida em tal processo. Calor não é
conterá depende não somente da temperatura mas que pode produzir danos. Este nível varia uma propriedade dos sistemas termodinâmicos, e por tal
também da pressão do ar. Diz-se que o ar está saturado consideravelmente dependendo: não é correto afirmar que um corpo possui mais calor que
com vapor de água quando ele contém a máxima outro, e tampouco é correto afirmar que um corpo "possui"
calor. Os corpos (ou sistemas) possuem energia interna,
quantidade possível do mesmo a uma dada temperatura e
 gás refrigerante; essa composta por duas parcelas, a energia térmica e a
pressão. Nesta condição o vapor de água estará em seu
ponto de condensação, de modo que a extração de calor do
 do tipo de óleo lubrificante; energia potencial (energia química). Os conceitos de
energia interna ou mesmo de energia térmica não devem
ar, sem qualquer mudança na pressão, produzirá  da temperatura de operação; jamais ser confundidos com o conceito de calor; que
condensação.  da temperatura de descarga do compressor. implica sempre energia térmica em trânsito ou transferida
devido a uma diferença de temperaturas.

Por exemplo, se a atmosfera está a 40o. C e está saturada A umidade em um sistema de refrigeração pode ser
e, repentinamente a temperatura muda para 20o. C, isto O calor é uma das duas formas possíveis para se transferir
encontrada sobre a forma de água ou compondo uma energia de um sistema a outro; e expressa a quantidade de
causaria chuva ou neblina, de vez que o peso da água que solução com o refrigerante. Quando na forma de água, em energia transferida através da fronteira comum aos
pode ser retida em forma de vapor de água é menor a 20o. geral vai congelar no capilar (ou outro dispositivo de sistemas. Dá-se portanto sem a associação causal direta
C do que a 40o. C. expansão), impedindo a passagem do refrigerante. Com com eventuais variações nos volumes dos sistemas,
mesmo considerado que, em alguns casos, variações de
isso o sistema irá funcionar de forma intermitente.
Umidade volume acabem por secundariamente levar à existência de
calor, mediante a indução prévia de diferenças de
Umidade é a quantidade de vapor de água misturada com
O congelamento é um sinal evidente que a quantidade de temperaturas.
ar seco, na atmosfera.
água excede o máximo aceitável. No entanto, a não
ocorrência de congelamento não significa que o teor de Temperatura é uma grandeza física que mensura a energia
Umidade relativa do ar (UR)
água esteja abaixo do máximo aceitável, não causando cinética média de cada grau de liberdade de cada uma das
É a quantidade de água contida no ar, em relação a
corrosão. partículas de um sistema em equilíbrio térmico.
quantidade de água que o ar pode conter, a uma
determinada temperatura. energia cinética em um objeto é a energia que ele possui
Em sistemas de condicionamento de ar não ocorrem devido ao seu movimento. Isto é definido como o trabalho
congelamentos pelo fato da temperatura de necessário para acelerar um corpo de massa em repouso
A capacidade de retenção de água do ar frio é inferior ao do
funcionamento ser superior ao ponto de congelamento para que este adquira velocidade. Tendo ganho essa
ar quente. O ar com 10o. C suporta uma quantidade de energia durante a aceleração, o corpo mantem essa
da água. Novamente o não congelamento não significa
água menor do que o ar com uma temperatura de 30o. C, energia cinética a menos que sua velocidade mude. A
que não exista corrosão. Na verdade, os sistemas que mesma quantidade de trabalho é produzido por um corpo
para o mesmo volume de ar.
trabalham com "altas" temperaturas de evaporação muitas desacelerando da sua velocidade atual para um estado de
vezes estão mais sujeitos a corrosão devido a presença de repouso.
A UR e obtida por meio da divisão da quantidade real de
umidade - isso ocorre porque quantidades relativamente
água pela quantidade máxima de água que o ar poderia Graus de liberdade é, na física, um termo genérico
elevadas podem passar desapercebidas por períodos
conter. utilizado em referência à quantidade mínima de números
relativamente longos. reais necessários para determinar completamente o
estado físico de um dado sistema. Esse conceito é
Ex.: um determinado volume de ar com 10o. C suporta 3 kg
Termodinâmica empregado em mecânica clássica e termodinâmica.
de água. Se ao medir-se a massa de água obter-se 1,5 kg,
significa que existe 50% de UR: Equilíbrio térmico
A Termodinâmica é o ramo da Física que estuda os efeitos
da mudança em temperatura, pressão e volume em De acordo com a termodinâmica, todos os sistemas
1,5 kg/ 3,0 kg = 0,5 = 50%
sistemas físicos. A Refrigeração é estudada na tendem para o equilíbrio. De fato, o equilíbrio é por
termodinâmica. definição o último estado atingido por um sistema livre de
Representa a quantidade de água contida no ar, perturbações, mas é uma raridade universal. Um sistema
comparada ao ar seco. termodinâmico está em equilíbrio termodinâmico,
A grosso modo, calor significa "energia" em trânsito, e quando se está em equilíbrio térmico, equilíbrio mecânico,
dinâmica se relaciona com "movimento". Por isso, a equilíbrio radiativo, e equilíbrio químico. Nesse estado, não
O peso do vapor de água usualmente expresso em "grains"
Termodinâmica estuda o movimento da energia e como há fluxos de matéria ou de energia, não há mudanças de
(grain=0,0648 gramas) por pé cbico ou por libra de ar e é fase e não há potenciais desequilibrados (ou forças
ela pode criar movimento. Historicamente, a
chamado umidade absoluta motrizes), dentro do sistema.
Termodinâmica se desenvolveu pela necessidade de
Efeitos nocivos da umidade na refrigeração aumentar a eficiência das primeiras máquinas a vapor.
O compressor bombeia o refrigerante vaporizado para
A umidade pode combinar com a maioria dos refrigerantes fora do evaporador. Ele comprimi o refrigerante e envia-o
usados nos sistemas de refrigeração, causando a formação O típico sistema termodinâmico, mostra a entrada de uma
para o condensador onde o calor absorvido pelo
de compostos altamente corrosivos, normalmente ácidos, fonte de calor (caldeira) na esquerda e saída para um
evaporador é eliminado no ar atmosférico. Perdendo esse
que irã reagir com o óleo lubrificante e/ ou com outros redutor de calor (condensador) na direita. Trabalho é
calor o refrigerante torna-se líquido novamente e o
elementos do sistema, incluindo metais. extraído, neste caso, por uma série de pistões.
processo se reinicia – daí o nome de ciclo de refrigeração
mecânica.
Esta reação ocasionará a corrosão de válvulas, mancais, O ponto inicial para o estudo da termodinâmica são as Leis
vedações, camisas dos cilindros do compressor, etc. da Termodinâmica, que postulam que a energia pode ser Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/
Também pode causar a decomposição do óleo lubrificante, transferida de um sistema físico para outro como calor ou
com a formação de resíduos metálicos que entupirão as trabalho. Elas também
válvulas e passagens do óleo, reduzindo a vida útil do
equipamento. Para um perfeito entendimento da Refrigeração é
imprescindível ter uma boa base em termodinâmica. O