Você está na página 1de 2

GABARITO REPRODUÇÃO

1ª SÉRIE AB – SSA
1. B - A obstrução do canal deferente na vasectomia apenas impede a passagem dos espermatozóides até as
vias ejaculadoras. O líquido espermático e dodas as funções penianas são mantidas.

2. a) porque a pílula atua no ciclo hormonal feminino impedindo o crescimento e rompimento do folículo do
ovário. Cessada sua ingestão, o organismo volta a funcionar normalmente.

b) porque está interrompida a ligação entre ovário e útero, impedindo o encontro do espermatozóide com o
óvulo.

3. C – Ocitocina  estimula as contrações no parto e a produção de leite antes do nascimento.


Prolactina  mantém a produção de leite após o parto.
F S H (Hormônio Folículo Estimulante)  estimula o ovário a amadurecer um óvulo.
Adrenalina  ajuda a estimular o parto e na produção de leite.

4. A – As células de Leydig situam-se entre as células dos testículos que geram os espermatozóides e sua
função é produzir o hormônio masculino.

5. a) A (canal deferente), C (vesícula seminal), E (próstata) e F (testículo). – Os demais órgãos servem


também à excreção.

b) B – bexiga
D – reto
E – próstata
G – uretra

6. Os hormônios sintéticos inibem a ovulação e promovem o crescimento do endométrio(parede interna) do


útero. A interrupção da pílula provoca a queda da taxa sanguínea desses hormônios, o que acarreta a
menstruação. Se o uso for contínuo, sem interrupções, não ocorre a menstruação.

7. V-V-F-V-F-V – No 3º parênteses é bom lembrar que as hidras e as esponjas que fazem brotamento são
pluricelulares assim como as planárias e as estrelas do mar que fazem regeneração.
No 5º parênteses as células ovo humanas têm uma pequena quantidade de material nutritivo pois a nutrição
do embrião é assegurada pela placenta da mãe.

8. A – É bom lembrar que o epidídimo armazena temporariamente os espermatozóides e, caso eles não seja
usados, morrerão e serão absorvidos peãs suas paredes.

9. C – Uma vez que os hormônios da hipófise são estimulantes, entre outras glândulas, dos ovários.

10.B – Como já foi citado na questão 1, este processo apenas impede os espermatozóides de se unirem as
líquidos seminais.

11.D – Lembramos que há partenogêneses onde são gerados apenas machos como nas abelhas, apenas
fêmeas como nessa espécie de lagarto e nas artemias e machos ou fêmeas como nos escorpiões.

12. Em primeiro lugar, a produção de espermatozóides é constante, e, em segundo lugar, qualquer


abordagem química visando a supressão do gameta masculino deveria ser total, pois cada ejaculação contém
milhões de espermatozóides e basta a existência de um espermatozóide viável para que ocorra fecundação.

13. 1 + 2 + 4 + 8 = 15 – A frese 16 deveria se referir ao testículo assinalado em 1 pois tanto ele como os
ovários são as gônadas (glândulas produtoras de células reprodutoras – gametas) humanas.

14.D -
GABARITO REPRODUÇÃO
1ª SÉRIE AB – SSA
15.A – Dobrar o numero de indivíduos a cada reprodução e característica da divisão binária ou bipartição ou
cissiparidade.

16. 04+08=12 – 01 o clitóris pertence ao aparelho feminino, mas na parte externa.
02 a uretra só pertence ao aparelho reprodutor nos homens, onde urina e esperma
compartilham o mesmo trajeto, mas nunca ao mesmo tempo.
16 este é o armazenador temporário de espermatozóides, no homem.

17.B – II  O âmnio (bolsa repleta de liquido) e a casca dos ovos foram os anexos que resolveram esse
problema.