Você está na página 1de 1

maior o número de prótons, menor será o

Química tamanho.
F– → Z=9, 9p, 10e Ne → Z=10, 10p, 10e
Na+ → Z=11, 11p, 10e
Professor Pedro CAMPÊLO
Variação do tamanho atômico dentro dos
grupos:
Aula 32
Dentro de um grupo, o efeito dos níveis
eletrônicos intermediários (tendendo a aumentar
Propriedades periódicas
o raio) prepondera sobre o efeito de maior
São aquelas cujos valores crescem e decrescem carga nuclear (tendendo a diminuir o raio).
sucessivamente, aumentando o número atômico. Assim, à medida que aumenta o número
A maioria das propriedades dos elementos é pe- atômico, os átomos aumentam de tamanho. 01. (UDESC) Observe os elementos repre-
riódica, conforme veremos adiante. Z=3; Z=11; Z=19; Z=37; Z=55; Z=87 sentados na Tabela Periódica e julgue os
Exemplo:
Variação do tamanho atômico dentro dos itens (V = verdadeiro e F = falso), na
Periodicidade dos números de combinação
(valência) com os números atômicos.
períodos: ordem:
Número de combinação ou valência do elemento Em cada período, da esquerda para direita, o I. A eletronegatividade dos elementos
é o número de átomos de hidrogênio que se tamanho dos átomos diminui, pois há aumento boro (B) , carbono (C), nitrogênio (N),
combina com um átomo do elemento. A figura a da carga nuclear, enquanto o número quântico oxigênio (O) e flúor (F) diminui da direita
seguir dá os números de combinação em função principal permanece constante. para a esquerda.
do número atômico. Z=3; Z=4; Z=5; Z=6; Z=7; Z=8; Z=9 II. O elemento de menor eletropositividade
Resumo: o tamanho dos átomos cresce de
é o césio (Cs).
cima para baixo e da direita para esquerda, na
III. Dentre os elementos conhecidos, o
Tabela Periódica.
boro (B) é o único semimetal.
IV. A energia de ionização do criptônio (Kr)
é maior que a do potássio (K).
V. O raio atômico do magnésio (Mg) é
maior que o de sódio (Na) porque ele
possui um elétron a mais.
Assinale a alternativa que julga corretamen-
te os itens acima, na seqüência de I a V.
POTENCIAL DE IONIZAÇÃO OU ENERGIA DE
a) F, V, V, F, F
IONIZAÇÃO
b) F, V, F, F, V
Primeiro potencial de ionização de um átomo é
c) F, F, F, V, F
a energia necessária (absorvida) para retirar o
d) V, F, F, V, F
elétron mais fracamente ligado ao núcleo (e,
portanto, do mais alto nível energético) do e) V, V, F, F, V
átomo isolado de um elemento no estado 02. (UFSC) Sobre os elementos Na, Mg e Al,
gasoso.
podem ser feitas as afirmações:
A energia necessária para arrancar um segundo
elétron é o segundo potencial de ionização. E, I. Na+, Mg++ e Al+++possuem o mesmo
PROPRIEDADES APERIÓDICAS assim, define-se o terceiro, o quarto e os demais número de elétrons.
São aquelas que sempre crescem ou sempre potenciais de ionização. II. A ordem decrescente de
decrescem, à medida que aumenta o número Exemplo: a energia necessária para arrancar o eletronegatividade destes elementos é
atômico. elétron 3s de um átomo de sódio isolado é 5,14 Na, Mg e Al.
Exemplos: eV. A energia necessária para arrancar um III. Mg++ e Al+++ possuem o mesmo
Massa atômica (sempre cresce): elétron 2p do íon Na+ isolado é 47,3 eV. número de prótons.
Obs. eV=elétron-volt=1,6x10-19 joule. IV. A ordem crescente de reatividade com
O primeiro potencial de ionização o H2O é: Al, Mg e Na.
A energia de ionização é a energia necessária A opção que contém apenas afirmações
para remover um elétron de um átomo na fase corretas é:
gasosa. Para a primeira energia, I1, começa-se a) I e IV
pelo átomo neutro. A segunda energia de ioni- b) I e III
zação, I2 , de um elemento é a energia requeri- c) II e IV
da para envolver um elétron de um cátion mono-
Calor específico (sempre decresce) – pode ser d) III e IV
valente na fase gasosa. Os valores mais baixos
verificado pela lei de Dulong-Petit: e) II e III
ocorrem na parte inferior esquerda, ou seja, o
C.A ≈ 6,4 césio é o elemento que tem mais facilidade em 03. Na reação F(g) + e– (g) → F– (g) + 402
C ≈ 6,4 / A formar cátions. E os valores mais altos ocorrem kcal/mol, a medida de energia 402
Sendo: C – calor específico na parte superior direita da tabela, podemos
A – massa atômica quilocalorias por mol representa:
citar como exemplo o flúor e o hélio. Elementos
RAIO ATÔMICO OU TAMANHO DO ÁTOMO com uma baixa energia de ionização formam a) a eletronegatividade do flúor
cátions de maneira mais rápida, além de condu- b) a eletropositividade do flúor
Tamanho dos átomos – o tamanho dos átomos
zirem eletricidade em suas formas sólidas. c) o potencial de ionização do flúor
depende de dois fatores:
Elementos com alta energia de ionização não d) a eletroafinidade do flúor
a) Carga nuclear (número de prótons), que tende
formam cátions e não conduzem eletricidade. A e) a polaridade do flúor
a puxar os elétrons para perto do núcleo.
energia de ionização decresce com o aumento
b) Efeito de proteção dos elétrons internos, que
tende a evitar que os elétrons externos se
do grupo, pois o elétron mais periférico ocupa 05. A lei que diz que “as propriedades físicas e
aproximem do núcleo.
um orbital que é mais longe do núcleo e, conse- químicas dos elementos são funções
quentemente, é menos “preso”. A carga nuclear periódicas de seus pesos atômicos” foi
São dois fatores que atuam, produzindo
efetiva aumenta conforme vamos da direita para dada por
efeitos opostos, e o problema está em
a esquerda em um dado período. Como resul-
determinar qual dos dois é mais forte. a) Mendeleev
tado, o elétron mais afastado do núcleo é
O átomo é maior que o seu cátion, enquanto
puxado com mais força e a energia de ionização b) Moseley
o ânion é maior que o átomo correspondente.
geralmente aumenta. Algumas anomalias c) Lothar Meyer
Li → 3p, 3e Li+ → 3p, 2e
nessas regras podem ser facilmente creditadas d) Bohr
F → 9p, 9e F– → 9p, 10e
à repulsões entre elétrons que estão ocupando e) Dalton
Partículas isoeletrônicas são partículas que
o mesmo orbital.
têm o mesmo número de elétrons. Quanto