Você está na página 1de 1

Inicialmente, mesmo com o aumento do número

Biologia de células, não há aumento do volume total. A


esse período, chamamos segmentação ou
clivagem.
Professor JONAS Zaranza

Aula 90

Embriologia I
Parte da Biologia que estuda as modificações de
A fase seguinte é a gastrulação. Nessa fase, o
um desenvolvimento embrionário (ontogenia)
aumento do número de células é acompanhado
1. Estudo do óvulo do aumento do volume total. Formam-se, ainda 01. Na água do manguezal, é comum encon-
O óvulo é uma célula normalmente imóvel e muito nessa fase, os folhetos germinativos ou embrio- trar ovos com envoltório gelatinoso, extre-
maior que o espermatozóide, conseqüência de nários, que darão origem a todos os tecidos do mamente ricos em vitelo nutritivo e apre-
uma intensa síntese de proteínas no período de indivíduo,formação do blastóporo e arquêntero. sentando segmentação parcial discoidal.
crescimento da ovogênese. Como toda célula,
O estágio seguinte é a neurulação ou organogê- Esses dados indicam tratar-se de ovos
apresenta membrana, citoplasma e núcleo.
nese, em que ocorre a diferenciação (formação)
É no citoplasma do óvulo que se encontra o vitelo a) isolécitos. b) centrolécitos.
dos órgãos.
ou deutoplasma, substância que serve de ali- c) heterolécitos. d) telolécitos.
Períodos do desenvolvimento embrionário e) alécitos.
mento ao embrião.
após a fecundação
A quantidade de vitelo é variável nos diferentes 02. (Fuvest) Qual a diferença, no desenvolvi-
óvulos, varia também a localização do vitelo em Segmentação ou Clivagem: aumento do número
de células sem aumento do volume total. mento embrionário, entre animais com
relação ao citoplasma e ao núcleo. Esses dois
Gastrulação: aumento do número de células com ovos oligolécitos e animais com ovos telo-
caracteres permitem classificar os óvulos em di-
versos tipos, não esquecendo que a segmen- aumento do volume total e organização dos lécitos?
tação ou clivagem é inversamente proporcional à folhetos germinativos, formação do blastóporo e a) Número de folhetos embrionários formados.
quantidade de vitelo, como podemos observar a arquêntero. b) Presença ou ausência de celoma.
seguir: Neurulação ou Organogênese: formação do tu- c) Presença ou ausência de notocorda.
Isolécito ou Oligolécito bo neural, celoma e notocorda e a diferenciação d) Tipo de segmentação do ovo.
Possui pouco vitelo, homogênea ou quase ho- dos folhetos embrionários em órgãos. e) Modo de formação do tubo neural.
mogenearmente distribuído pelo citoplasma. Ex.: Tipos de segmentação
anfioxo, mamíferos. 03. Em ovos oligolécitos, a fase da embriogê-
As divisões que ocorrem durante a segmentação nese caracterizada por um maciço de cé-
denominam-se clivagens, e as células que se for-
lulas formado por sucessivas clivagens,
mam são chamadas blastômeros.
aproximadamente com o mesmo volume
No reino animal, a diferença na quantidade e na do ovo inicial, denomina-se
distribuição do vitelo no ovo determina diferenças
a) mórula. b) blástula. c) gástrula.
Heterolécito na segmentação, pois a quantidade de vitelo influi
na velocidade de divisão da célula: quanto maior a d) arquêntero. e) blastômero
Muito vitelo. Distinção entre pólo animal, que
contém o núcleo, e pólo vegetativo, que contém quantidade de vitelo, menor a velocidade de divi- 04. (Puccamp) Um pesquisador, ao examinar
o vitelo. Ex:anfíbios. são. Em função disso, podemos considerar dois ti- ovos em desenvolvimento, observou que
pos básicos de segmentação:
apresentavam as seguintes características:
• Holoblástica ou total – ocorre no ovo todo;
– grande quantidade de vitelo
• Meroblástica ou parcial – ocorre só em parte
– clivagem parcial discoidal
do ovo.
Segmentação holoblástica ou total – presença de âmnio, alantóide e cório
– somitos mesodérmicos
– tubo neural dorsal
Telolécito De acordo com esses dados, conclui-se
Óvulos grandes, com muito vitelo, no pólo vege- que os ovos
tativo. Nítida separação entre o citoplasma e o vi- Segmentação meroblástica ou parcial a) não eram de aves;
telo, no pólo animal. Ex.: peixes (alguns), répteis
b) não eram de répteis;
e aves.
c) eram de anfíbios ou de répteis;
d) eram de anfíbios ou de aves;
e) eram de répteis ou de aves.
Segmentação holoblástica
A segmentação holoblástica ocorre nos ovos alé- 05. UEA “A obtenção de células-tronco tem si-
citos, isolécitos e heterolécitos e pode ser subdi- do feita a partir de embriões com 5 e 6
vidida em três tipos, com base no tamanho das dias de vida e que já apresentam cerca de
Centrolécito células que se formam a partir da terceira cliva- 100 células. Recentemente foi possível
Vitelo ocupa praticamente toda a célula e não se gem (quando muda o plano de divisão celular): obter células-tronco a partir de embriões
mistura ao citoplasma, que é reduzido a uma pe- • Holoblástica igual – formam-se, com a tercei- com 3 e 4 dias de vida e que apresenta-
quena região na periferia da célula e junto ao nú- ra clivagem, oito blastômeros iguais. Ocorre vam de 8 a 10 células.”
cleo. Ex.: insetos. nos ovos alécitos e isolécitos: (Ciência hoje, 212 Vol. 36; jan/fev 2005)
Embriões com 3 a 4 dias de vida e com
cerca de 8 a 10 células e embriões com 5 a
6 dias de vida e com cerca de 100 células
correspondem, respectivamente, às fases:
• Holoblástica desigual – formam-se, com a ter- a) mórula inicial e mórula avançada;
TIPOS DE OVOS b) mórula e blástula;
ceira clivagem, blastômeros de tamanhos dife-
Após a fecundação, o ovo sofre sucessivas divi-
rentes: quatro menores (micrômeros) e quatro c) blástula inicial e blástula avançada;
sões mitóticas, dando origem a várias células,
maiores (macrômeros). Ocorre em ovos hete- d) blástula e gástrula;
que permanecem unidas. É o início do desenvol-
vimento do embrião. rolécitos: e) gástrula inicial e gástrula avançada.

13