Você está na página 1de 23

Funções complementares de automatismo

Sumário capítulo 8

Contatores auxiliares Referências página 8/3

Aditivos páginas 8/4 a 8/5

Características dos contatores auxiliares páginas 8/6 e 8/7

Características dos aditivos páginas 8/8 e 8/9

Guia de escolha dos relés temporizados eletrônicos páginas 8/10 e 8/11

Relés temporizados Funções páginas 8/12 e 8/13

Relés temporizados ao trabalho páginas 8/14 e 8/15

Relés temporizados ao repouso páginas 8/16 e 8/17

Relé multifunção páginas 8/18 e 8/19

Guia de escolha dos relés de medição e de controle páginas 8/20 e 8/21

Fontes para circuitos de controle em corrente contínua páginas 8/22 e 8/23

Schneider Electric 8/1


LAD-N

LAD-N, LAD-C

LAD-8N

LA1-DX, DZ

LA1-DY

LAD-T, LAD-S
LAD-R

LA6-DK
ou
LAD-6K

Ver na página da direita as possibilidades de montagem


segundo o tipo e o calibre do contator

8/2 Schneider Electric


Referências Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d e aditivos
Circuito de comando em corrente alternada, contínua
ou de baixo consumo

Contatores auxiliares com ligação por parafuso


Tipo Número Composição Referência de base Peso
de a completar pelo
contatos código da tensão (1)
Tensões usuais
c a BC(2) kg

Instantâneo 5 5 – CAD-50ii B7 M7 BD BL 0,580

3 2 CAD-32ii B7 M7 BD BL 0,580

CAD-50ii Contatores auxiliares com conexão por mola

Instantâneo 5 5 – CAD-503ii B7 M7 BD BL 0,580

3 2 CAD-323ii B7 M7 BD BL 0,580

Blocos de contatos auxiliares instantâneos com ligação por parafuso


Número Número máximo por produto Composição Referência Peso
de Montagem por encaixe
contatos frontal lateral
kg
CAD-32ii
Utilização recomendada para aplicações normais

2 1 – 1 1 LAD-N11 0,030
– 1 à esquerda 1 1 LAD-8N11 0,030
1 – 2 – LAD-N20 0,030
– 1 à esquerda 2 – LAD-8N20 0,030
1 – – 2 LAD-N02 0,030
– 1 à esquerda – 2 LAD-8N02 0,030
4 (5) 1 – 2 2 LAD-N22 0,050
1 3 LAD-N13 0,050
4 – LAD-N40 0,050
– 4 LAD-N04 0,050
3 1 LAD-N31 0,050
4 (5) 1 – 2 2 LAD-C22 0,050
Sendo 1 “NA” e 1 “NF” com retardo na ação.
CAD-503ii
Com contatos estanques, utilização recomendada em ambientes industriais especialmente severos
Número Número máximo Composição Referência Peso
de por produto (1)
contatos Montagem frontal

estanque (3) kg

2 1 2 – – – – LA1-DX20 0,040
– 2 – – – LA1-DX02 0,040
2 – 2 – – LA1-DY20 0,040
4 (5) 1 2 – – 2 – LA1-DZ40 0,050
2 – – 1 1 LA1-DZ31 0,050

CAD-323ii Blocos de contatos auxiliares instantâneos com conexão por mola


Este tipo de ligação não é possível para os blocos de contatos LAD-8 e os blocos com contatos estanques.
Para todos os outros blocos de contatos auxilares instantâneos, acrescentar 3 no final da referência escolhida acima.
Exemplo: LAD-N11 torna-se LAD-N113.
(1) Tensões do circuito de comando existentes (prazo variável, consultar nosso Departamento Comercial).

Corrente alternada
Volts c 24 42 48 110 115 220 230 240 380 400 415 440
50/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7

Corrente contínua (bobinas antiparasitas de fábrica)


Volts a 12 24 36 48 60 72 110 125 220 250 440
U de 0,7 a 1,25 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD

Baixo consumo (bobinas antiparasitas de fábrica)


Volts a 5 24 48 72
Código AL BL EL SL
(2) BC: baixo consumo.
(3) Produto munido de 4 bornes de continuidade das massas de blindagem.
(4) Os blocos de 4 contatos auxilliares não são utilizáveis nos contatores auxiliares de baixo consumo.

Características: Dimensões: Esquemas:


páginas 8/6 e 8/7 página 9/48 página 9/49
Schneider Electric 8/3
Referências Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d
Aditivos

Blocos de contatos auxiliares temporizados com ligação por parafuso


Número Número máximo Temporização Referência Peso
e tipo por produto Tipo Faixa
de contatos Montagem frontal kg

1 “NA” e 1 “NF” 1 Trabalho 0,1…3 s (1) LAD-T0 0,060

0,1…30 s LAD-T2 0,060

10…180 s LAD-T4 0,060

1…30 s (2) LAD-S2 0,060

Repouso 0,1…3 s (1) LAD-R0 0,060


LAD-T
0,1…30 s LAD-R2 0,060

(Tampa de lacre: ver página 4/23) 10…180 s LAD-R4 0,060

Blocos de contatos auxiliares temporizados com conexão por mola

Acrescentar 3 no final da referência escolhida acima. Exemplo: LAD-T0 torna-se LAD-T03.

Blocos de retenção mecânica (3)


Comando Número máximo Referência Peso
do por produto de base a Tensões
desligamento Montagem frontal completar (4) usuais kg

Manual ou 1 LA6-DK10i B E F M Q 0,070


elétrico ou LAD-6K10i B E F M Q 0,070

Módulos antiparasitas
São montados na parte superior dos contatores auxiliares por encaixe, estabelecendo o contato elétrico instantanea-
mente. A montagem de um módulo de entrada permanece possível.

Circuitos RC (Resistência-Capacitor)
LA6-DK
i Proteção eficaz dos circuitos muito sensíveis aos parasitas de “alta freqüência”.
i Limitação da sobretensão na 3 Uc máximo e limitação da freqüência oscilatória em 400 Hz máximo.
i Ligeira temporização no desligamento (1,2 a 2 vezes o tempo normal).
Montagem Tensão Referência Peso
em de emprego kg

CAD c c 24…48 V LAD-4RCE 0,012


c 110…240 V LAD-4RCU 0,012

Varistâncias

i Proteção por limitação do valor da sobretensão transitória em 2 Uc máximo.


i Redução máxima dos picos de tensão transitórios.
i Ligeira temporização no desligamento (1,1 a 1,5 vezes o tempo normal).

CAD c c 24…48 V LAD-4VE 0,012


LAD-4 c 50…127 V LAD-4VG 0,012
c 110…250 V LAD-4VU 0,012

Diodo ceifador bidirecional

i Proteção por limitação do valor da tensão transitória em 2 Uc máximo.


i Redução máxima dos picos de tensão transitórios.

CAD-N c c 24 V LAD-4TB 0,012


c 72 V LAD-4TS 0,012
(1) Com escala dilatada de 0,1 a 0,6 s.
(2) Com tempo de comutação de 40 ms ± 15 ms entre a abertura do contato “NF” e o fechamento do contato “NA”.
(3) A energização simultânea ou mantida do bloco de retenção mecânica e do CAD é proibida. A duração da impulsão
de comando do bloco de retenção mecânica e do CAD deve ser ≥ 100 ms.
(4) Tensões do circuito de comando existentes (prazo variável, consultar nosso Departamento Comercial).
Volts c e a 24 32/36 42/48 60/72 100 110/127 220/240 256/277 380/415
Código B C E EN K F M U Q

Características: Ilustrações: Dimensões: Esquemas:


páginas 8/6 e 8/7 página 8/2 página 9/48 página 9/49
8/4 Schneider Electric
Referências Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d
Acessórios e elementos de reposição

Acessórios (fornecimento separado)

Para a ligação
Descrição Montagem Referência Peso
em unitária kg

Conector 4 pólos para a CAD LA9-D1260 0,030


ligação de cabos de 10 mm2

Para a identificação

Embalagem com 64 etiquetas CAD, LAD (4 contatos), LAD-21 0,020


neutras autocolantes 8 x 33 LA6-DK

Embalagem com 112 etiquetas LAD (2 contatos), LAD-22 0,020


neutras autocolantes 8 x 12 LAD-T
LA9-D1260
Plaquetas de identificação adesivas
para impressão em plotter Todos os produtos LAD-24 0,200
(grades de 4 hastes c/ 5 plaquetas)

Softwares de criação de etiquetas Versão multiidioma XBY-1U 0,060


“SIS Label” para etiquetas francês, inglês, alemão
LAD-21 e 22

Para a proteção

Tampa de lacre LAD-T, LAD-R LA9-D901 0,005


LA9-D901
Tampa de segurança que impede o
acesso ao suporte de contato móvel CAD LAD-9ET1 0,004

Elementos de reposição: bobinas

Especificações

i Consumo médio em 20°C:


- na chamda (cos ϕ = 0,75) 50/60 Hz: 70 VA a 50 Hz,
LAD-9ET1 - na retenção (cos ϕ = 0,3) 50/60 Hz: 8 VA a 60 Hz.
i Gama de funcionamento (θ < 60°C): 0,85 a 1,1 Uc
Tensão de Resistência Indutância Referência (1) Peso
comando média circuito
Uc em 20°C ± 10% fechado 50/60 Hz
V Ω H kg

12 6,3 0,26 LXD-1J7 0,070


21 (2) 5,6 0,24 LXD-1Z7 0,070
24 6,19 0,26 LXD-1B7 0,070
32 12,3 0,48 LXD-1C7 0,070
36 – – LXD-1CC7 0,070
42 19,15 0,77 LXD-1D7 0,070
48 25 1 LXD-1E7 0,070
60 – – LXD-1EE7 0,070
LXD-1 100 – – LXD-1K7 0,070
110 130 5,5 LXD-1F7 0,070
115 – – LXD-1FE7 0,070
120 159 6,7 LXD-1G7 0,070
127 192,5 7,5 LXD-1FC7 0,070
200 – – LXD-1L7 0,070
208 417 16 LXD-1LL7 0,070
220/230 539 22 LXD-1M7 (3) 0,070
230 595 21 LXD-1P7 0,070
230/240 645 25 LXD-1U7 (4) 0,070
277 781 30 LXD-1W7 0,070
380/400 1580 60 LXD-1Q7 0,070
400 1810 64 LXD-1V7 0,070
415 1938 74 LXD-1N7 0,070
440 2242 79 LXD-1R7 0,070
480 2300 85 LXD-1T7 0,070
600 3600 135 LXD-1X7 0,070
690 5600 190 LXD-1Y7 0,070
(1) Os 2 últimos códigos da referência correspondem ao código da tensão.
(2) Tensão para bobinas específicas alimentadas em 24 V, que equipam contatores auxiliares munidos de módulos
temporizadores “série”.
(3) Esta bobina pode ser utilizada em 240 V a 60 Hz.
(4) Esta bobina pode ser utilizada em 230/240 V a 50 Hz e em 240 V somente a 60 Hz.
Características: Dimensões: Esquemas:
páginas 8/6 e 8/7 página 9/48 página 9/49
Schneider Electric 8/5
Características Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d

Tipo de contatores auxiliares CAD c CAD a CAD


baixo consumo

Generalidades

Tensão nominal de isolação (Ui) Segundo IEC 947-5-1 V 690 690 690
Categoria de sobretensão III
e grau de poluição 3

Segundo UL, CSA V 600 600 600

Tensão nominal de
suportabilidade aos choques (Uimp) Segundo IEC 947 kV 6 6 6

Separação dos circuitos elétricos Segundo IEC 536 e VDE 0106 Isolação reforçada até 400 V

Conformidade às normas IEC 947-5-1, N-F C 63-140, VDE 0660, BS 4794,


EN 60947-5-15

Certificações dos produtos UL, CSA

Tratamento de proteção Segundo IEC 68 “TH”

Grau de proteção Segundo VDE 0106 Face frontal protegida contra o toque IP 2X Proteção contra
o toque

Temperatura ambiente Para estocagem °C - 60…+ 80 - 60…+ 80 - 60…+ 80


nas proximidades do produto

Para funcionamento, segundo °C - 5…+ 60 - 5…+ 60 - 5…+ 60


IEC 255 (0,8…1,1 UC)

Para funcionamento na Uc °C - 40…+ 70 - 40…+ 70 - 40…+ 70

Altitude máxima de utilização Sem desclassificação m 3000 3000 3000

Posições de funcionamento Sem desclassificação 30 °


nas seguintes
posições
180 °

180 °

1 80 °
°
30

90
°

° 0 °
90

°
0
9

Suportabilidade aos choques (1) Contator auxiliar aberto 10 gn 10 gn 10 gn


onda 1/2 senóide durante 11 ms
Contator auxiliar fechado 15 gn 15 gn 15 gn

Suportabilidade às vibrações (1) Contator auxiliar aberto 2 gn 2 gn 2 gn


5…300 Hz
Contator auxiliar fechado 4 gn 4 gn 4 gn

Ligação por parafuso Condutor flexível 1 condutor mm2 1…4 1…4 1…4
sem terminal
2 condutores mm2 1…4 1…4 1…4

Condutor flexível 1 condutor mm2 1…4 1…4 1…4


com terminal
2 condutores mm2 1…2,5 1…2,5 1…2,5

Condutor rígido 1 condutor mm2 1…4 1…4 1…4


sem terminal
2 condutores mm2 1…4 1…4 1…4

Torque de aperto N.m 1,7 1,7 1,7

Ligação por conexão por mola 1 ou 2 condutores flexíveis mm2 1…2,5 1…2,5 1…2,5
ou rígidos sem terminal
(1) Sem modificação do estado dos contatos no sentido mais desfavorável, bobina alimentada na Uc.
Referências: Dimensões: Esquemas:
páginas 8/3 a 8/5 página 9/48 página 9/49

8/6 Schneider Electric


Características Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d

Tipo de contatores auxiliares CAD c CAD a CAD


baixo consumo

Características do circuito de comando

Tensão nominal de comando (Uc) V 12…690 12…440 a 5…72

Limites da tensão de comando


De funcionamento Com bobina 50/60 Hz 0,8…1,1 Uc em 50 Hz – –

0,85…1,1 Uc em 60 Hz – –

normal de – 0,7…1,25 Uc 0,7…1,25 Uc


faixa larga

De queda 0,3…0,6 Uc 0,1…0,25 Uc 0,1…0,25 Uc

Consumo médio a 20°C c 50/60 Hz (a 50 Hz) VA Chamada: 70 – –


e na Uc
Retenção: 8 – –

Com bobina normal W – Chamada ou retenção: Chamada ou retenção:


5,4 2,4

Tempo de funcionamento Entre excitação da bobina e


(com tensão nominal de comando - abertura dos contatos “NF” ms 4…19 35…45 45
e a 20°C)

- fechamento dos contatos “NA” ms 12…22 50…55 60…70

Entre desexcitação da bobina e


- abertura dos contatos “NA” ms 4…12 6…14 10…15

- fechamento dos contatos “NF” ms 6…17 20 25

Fuga de tensão Tempo máx. que não afeta


a retenção do produto ms 2 2 2

Cadência máxima de funcionamento Em ciclos de manobras


por segundo 3 3 3

Vida mecânica
Em milhões de ciclos de manobras Com bobina 50/60 Hz (a 50 Hz) 30 – –

normal a – 30 30
de faixa larga

Constante de tempo L/R ms – 28 40

Referências: Dimensões: Esquemas:


páginas 8/3 a 8/5 página 9/48 página 9/49

Schneider Electric 8/7


Características Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d

Características dos contatos instantâneos integrados ao contator auxiliar

Número de contatos 5

Tensão nominal de emprego (Ue) Até V 690

Tensão nominal de isolação (Ui) Segundo IEC 947-5-1 V 690

Segundo UL, CSA V 600

Corrente térmica convencional (Ith) Para temperatura ambiente ≤ 40°C A 10

Freqüência da corrente de emprego Hz 25...400

Poder de comutação mínimo U mín. V 17

I mín. mA 5

Proteção contra curtos-circuitos Segundo IEC 947-5-1 Fusível gG: 10 A

Poder nominal de fechamento Segundo IEC 947-5-1 I eficaz c: 140, a: 250

Corrente de sobrecarga Admissível durante 1s A 100

500 ms A 120

100 ms A 140

Resistência de isolação MΩ > 10

Tempo de não-sobreposição Garantido entre contatos “NA” e “NF” ms 1,5 (no fechamento e no desligamento)

Torque de aperto Chave de fenda Phillips nº 2 e ∅ 6 N.m 1,2

Distância de não-sobreposição Contatos ligados em associação com os contatos


auxiliares LAD-N

Contatos ligados Segundo projeto da norma IEC 947-4-5 Os 3 contatos “NA” e os 2 contatos “NF” do CAD-32 são
ligados mecanicamente num mesmo suporte de contatos
móvel.

Referências: Dimensões: Esquemas:


páginas 8/3 a 8/5 página 9/48 página 9/49

8/8 Schneider Electric


Características Contatores auxiliares TeSys
Contatores auxiliares série d

Potência de emprego dos contatos (segundo IEC 947-5-1)

Corrente alternada categoria AC-14 e AC-15

Vida elétrica (válida até 3600 ciclos de man/h) com carga indutiva, tal como bobina de eletroímã:
potência estabelecida (cos ϕ 0,7) = 10 vezes a potência interrompida (cos ϕ 0,4).

V 24 48 115 230 400 440 600


1 milhão de ciclos de manobras VA 60 120 280 560 960 1050 1440
3 milhões de ciclos de manobras VA 16 32 80 160 280 300 420
10 milhões de ciclos de manobras VA 4 8 20 40 70 80 100
1
Milhões de ciclos de manobras

8
7
6
5
4
3

1
0,8
0,7
0,6
0,5
0,4
0,3

0,2

0,1
0,1 0,2 0,3 0,4 0,6 0,8 1 2 3 4 6 8 10
0,5 0,7 0,9 5 7 9
Corrente interrompida em A

Corrente contínua categoria DC-13

Vida elétrica (válida até 1200 ciclos de man/h) com carga indutiva, tal como bobina de eletroímã, sem
redução de consumo, cuja constante de tempo aumenta com a potência.

V 24 48 125 250 440


1 milhão de ciclos de manobras W 120 90 75 68 61
3 milhões de ciclos de manobras W 70 50 38 33 28
10 milhões de ciclos de manobras W 25 18 14 12 10
1
Milhões de ciclos de manobras

8
7 24 V
6
5 48 V
4 125 V
3

2 250 V

1 440 V
0,8
0,7
0,6
0,5
0,4
0,3

0,2

0,1
0,1 0,2 0,3 0,4 0,6 0,8 1 2 3 4 6 8 10
0,5 0,7 0,9 5 7 9
Corrente interrompida em A

Referências: Dimensões: Esquemas:


páginas 8/3 a 8/5 página 9/48 página 9/49

Schneider Electric 8/9


Guia de escolha Relés temporizados eletrônicos

Aplicações Permitem realizar ciclos de automatismo simples em lógica a relé.


Podem igualmente ser utilizados como complemento de controladores programáveis industriais.

Os relés com saída estática permitem realizar economia de fiação (ligação em série).
A vida destes relés é independente do número de manobras.

Caixa tipo Modular 17,5 mm DIN, largura 22,5 mm

Temporização
Número de escalas 1 1 2

Valores extremos Segundo o modelo: Segundo o modelo: 0,1…10 s


0,1…3 s 0,1…10 s 3…300 s
1…30 s 0,3…30 s
10…300 s 3…300 s
2…60 min 40 s…60 min

Circuito de saída

Tensão do circuito a 24…240 V a 24…240 V


de alimentação c 24…240 V c 24…240 V
segundo os modelos

Tipo de relés
RE1 RE9

Páginas 8/12 e 8/13

8/10 Schneider Electric


As saídas a relé permitem uma isolação completa entre o circuito de alimentação e a saída.
Diversos circuitos de saídas são possíveis.

Universais: multitensão multifunção, Standard


7 ou 10 escalas de tempo somente 1 escala de tempo

7 10 1

0,05…1 s 0,05…1 s Segundo o modelo:


0,15…3 s 0,15…3 s 0,05…0,5 s
0,5…10 s 0,5…10 s 0,05…15 s
1,5…30 s 1,5…30 s 0,1…3 s
5…100 s 5…100 s 0,1…10 s
15…300 s 15…300 s 0,3…30 s
1,5…10 min 1,5 …30 min 3…300 s
15…300 min 20 s…30 min
1,5…30 h
15…300 h

ou ou +

a ou c 24 V, 42…48 V, 24…240 V a 24 V
c 110…240 V c 24 V, 110…130 V, 220…240 V, 380…415 V

RE7 RE8

8/12 e 8/13

Schneider Electric 8/11


Funções e escolha Relés temporizados Zelio Time

Funções

Diagrama Funcionamento

Ao trabalho
Comando ou
alimentação A energização do relé inicia a temporização. Quando o tempo (t) for atingido, o contato de saída irá comutar. A dese-
Contato “NANF” nergização do relé recoloca o contato em sua posição inicial. O contato de saída não comutará, se a duração da
ordem de comando for inferior ao tempo de temporização.
t O início da temporização pode também ser feito pela abertura de um contato de comando (modelos com comando
externo).

Ao repouso
Comando ou
alimentação A energização do relé ou o fechamento do contato de comando (modelos com comando externo) provoca instanta-
Contato “NANF” neamente a comutação do relé de saída. A desenergização do relé ou a abertura do contato de comando inicia a
temporização. Quando o tempo (t) for atingido, o contato retornará à sua posição inicial.
t
Se o tempo de energização ou de fechamento do contato de comando for inferior ao tempo mínimo especificado, a
temporização não será reiniciada.

Ao trabalho e ao repouso
Comando ou Simétrico
alimentação Esta função é a combinação das fun- Os tempos ao trabalho e ao repouso são iguais.
ções ao trabalho e ao repouso. O co-
Contato “NANF”
mando do ciclo de temporização é Assimétrico
ta tr feito obrigatoriamente por contato As temporizações ao trabalho e ao repouso são reguladas por 2 potenciô-
externo. metros diferentes.

Relé temporizado com contato de passagem e acionamento na energização


Alimentação
A energização do relé provoca instantaneamente a queda do contato de saída e o início da temporização. O contato
Contato “NANF” retomará sua posição inicial, quando o tempo (t) se esgotar ou se a alimentação for cortada antes do fim do tempo
de temporização.
t

Relé temporizado com contato de passagem e acionamento na desenergização ou na abertura de um contato de comando externo
Comando ou
alimentação A desenergização do relé ou a abertura do contato de comando externo (segundo o modelo) provoca instantanea-
Contato “NANF” mente a comutação do contato de saída e o início da temporização. Quando o tempo (t) for atingido, o contato
retornará à sua posição inicial.
t

Relé pisca-pisca
Relé pisca-pisca simétrico
Alimentação A energização do relé inicia a tem- As fases ao trabalho e ao repouso da intermitência são idênticas.
Contato “NANF” porização pisca-pisca e provoca a
comutação pisca-pisca do relé de Relé pisca-pisca assimétrico
ta tr saída. Na desenergização do relé, o As fases ao trabalho e ao repouso da intermitência são reguladas por
contato retorna à sua posição inicial. 2 potenciômetros diferentes (ta e tr).

Relé temporizado para partida “estrela-triângulo”

Alimentação A energização do relé provoca instantaneamente o fechamento do contator “estrela” e inicia a temporização. Quando
Estrela o tempo (t) for atingido, o contator “estrela” retornará à sua posição inicial e o contator “triângulo” fechará após um
Triângulo tempo de interrupção suficiente para a comutação.
t t3

Relé multifunção

Trabalho - Contato de passagem com acionamento na energização - Pisca-pisca simétrico


Mesmas funções que acima +
Repouso - Contato de passagem com acionamento com comando externo - Pisca-pisca simétrico

Mesmas funções que acima +


Partida “estrela-triângulo” (O comando externo da partida da temporização não é possível na função partida “estrela-triângulo”).

8/12 Schneider Electric


Funções complementares
Comando externo do acionamento: a abertura de um contato externo ligado ao relé inicia a temporização.O fechamento deste contato reinicia a
temporização.
Comando externo de parada parcial da temporização: o fechamento de um contato externo ligado ao relé permite suspender a temporização.
O tempo no ato da suspensão é memorizado. A temporização é retomada após a abertura do contato. Este comando permite realizar a função totalizador.
Regulagem externa da temporização: potenciômetro(s) externo(s) permite(m) a regulagem a distância ou das temporizações.

Saída Relé monofunção

Estática RE9-TA
1 “NANF” RE7-TL ou RE8-TA
2 “NANF” RE7-TP
1 “NANF” RE7-TM

Estática RE9-RA
1 “NANF” RE7-RB11 ou RE8-RB
2 “NANF” RE7-RL
2 “NANF” RE7-RB13
1 “NANF” RE8-RA
1 “NANF” RE7-RA e RE7-RM

2 “NANF” RE7-MA13
1 “NANF” RE7-MA11

1 “NANF” RE7-MV

1 “NANF” RE7-PE ou RE8-PE


2 “NANF” RE7-PP

1 “NANF” RE8-PT
2 “NANF” RE7-PD
1 “NANF” RE7-PM
1 “NANF” RE8-PD

1 “NANF” RE7-CL ou RE8-CL


2 “NANF” RE7-CP

1 “NANF” RE7-CV

1 “NANF” RE8-YG
2 “NANF” RE7-YA e RE7-YR
1 “NA” + “NF” RE8-YA

Saída Relé multifunção

Estática RE9-MS

1 “NANF” RE7-ML

2 “NANF” RE7-MY13MW
2 “NANF” RE7-MY13BU

Schneider Electric 8/13


Funções, referências Relés temporizados Zelio Time
Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relés temporizados ao trabalho

Relés temporizados ao trabalho

Temporização regulável de 0,05 s a 300 h em 10 escalas (ver colocação em funcionamento na página seguinte).
Relé temporizado ao trabalho Comando externo do Comando externo da parada
Início na início da temporização parcial da temporização
energização RE7-TM (utilização como totalizador)
RE7-TL, TM, TP RE7-TM
Alimentação Alimentação Alimentação
desenergizado
energizado “NANF” Início Parada parcial
15/18 (25/28) (Y1Z2) (X1Z2)
aberto 15/16 (25/26)
fechado t1 t3
t “NANF” 15/18
t2
t : temporização ao Trabalho 15/16
regulável “NANF” 15/18
t 15/16

t t = t1 + t2 + t3
Transformação do segundo relé temporizado em relé instantâneo por comutador R2
RE7-TP13BU
R2 R2
Atraso Inst Atraso Inst

Alimentação Alimentação

“NANF” 25/28 “NANF” 21/24


25/26 21/22

Funções Tensões de Saída Referência Peso


(ver diagramas acima) alimentação a relé kg
810933

Relé temporizado ao trabalho a ou c 24 V 1 “NANF” RE7-TL11BU 0,150


c 110…240 V

Relé temporizado ao trabalho a ou c 24 V 1 “NANF” RE7-TM11BU 0,150


Comando externo possível a ou c 42…48 V
- do início da temporização c 110…240 V
RE7- T - da parada parcial da temporização
- da regulagem da temporização (1)

Relé temporizado ao trabalho a ou c 24 V 2 “NANF” (2) RE7-TP13BU 0,150


Comando a distância possível a ou c 42…48 V
- da regulagem da temporização (1) c 110…240 V

(1) Por potenciômetro externo, não fornecido. Neste caso, o potenciômetro interno é automaticamente desconectado.
(2) Um comutador, situado na face frontal do produto, permite transformar o segundo relé temporizado em relé
instantâneo.

Colocação em funcio-
namento: página 8/15

8/14 Schneider Electric


Esquemas, Relés temporizados Zelio Time
colocação em Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relés temporizados ao trabalho
funcionamento

Esquemas
Borneiras
RE7-TL11BU RE7-TP13BU RE7-TM11BU

A1 15 B1 A1 15 B1 A1 15 B1
Z1 25 (21) B2 Z1 B2

(21)
B1

A1

B1
B2
A1
15

15

25

B1
B2
A1

15
A2

A2

(24)
(22)
18

18

28
16

16

26

A2

18
16
28 (24) 26 (22) Z2 X1 Y1 Z2
18 16 A2 18 16 A2 18 16 A2

Esquemas de aplicação sugeridos


Partida na energização Início por comando externo Comando externo da parada parcial

B1 B2 A1 B1 B2 A1 Y1 B1 B2 A1 X1
A2 Z2 A2 Z2
A2

Conexão do potenciômetro Precauções de ligação


Alimentação

Z1
A2 Z2 X1 ou Y1 ou Z1

A2 Z2

Sem isolação galvânica entre os bornes de alimentação A1, A2, B1, B2 e as entradas de comando X1, Y1, Z1, Z2.

Colocação em funcionamento

1 Potenciômetro de regulagem no fim da temporização graduada em % do máx. de escala 2.

2 Comutador de escala de temporização de 10 posições:


0,05…1 s 0,5…10 s 5…100 s 1,5…30 min 1,5…30 h
0,15…3 s 1,5…30 s 15…300 s 15…300 min 15…300 h

3 Comutador para transformação do segundo relé “NANF” temporizado em relé “NANF” instantâneo
(para RE7-TP13BU).

4 LEDs, segundo os modelos:


- LED U/T verde: piscante durante a temporização, fixo sem temporização,
- LED R1 amarelo: aceso, quando o 1º relé estiver excitado,
- LED R2 amarelo: aceso, quando o 2º relé estiver excitado.

1 40 Regulagem da duração da temporização

- Escolher o valor da escala de temporização imediatamente superior ao tempo desejado com ajuda do
comutador 2.
2 30 s x. %
Exemplo: tempo desejado 12 s; escala a escolher 30 s.

- Com ajuda do potenciômetro 1 regular o valor de tempo requerido em % do valor 2.


t x 100 12 x 100
1 = –––––– seja ––––––– = 40
2 30

Referências:
página 8/14

Schneider Electric 8/15


Funções, referências Relés temporizados Zelio Time
Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relés temporizados ao repouso

Relés temporizados ao repouso


Relé temporizado ao repouso Comando externo do Comando a distância da
RE7-RB início da temporização parada parcial da temporização

> 1 s (1) RE7-RA, RM RE7-RA, RM

desenergizado Alimentação Alimentação Início Y1Z2


energizado
aberto “NANF” 15/18 (25/28) Início Parada parcial X1Z2
fechado 15/16 (25/26)

t: temporização ao repouso regulável t “NANF” 15/18 “NANF” 15/18


15/16
t = t1 + t2 15/16

ts: tempo de parada parcial t t1 ts t2

Transformação do segundo relé temporizado em relé instantâneo por comutador R2


RE7-RL13BU
R2 R2
Atraso Inst Atraso Inst

Alimentação Alimentação

Início “NANF” 21/24


21/22

“NANF”
25/28
25/26

tr

Funções Tensões de Saída Referência Peso


(ver diagramas acima) alimentação a relé kg
810950

Na interrupção da alimentação, reguláveis de 0,05 s a 10 min em 7 escalas


(ver colocação em funcionamento na página ao lado).

Relé temporizado ao repouso a ou c 24…240 V 1 “NANF” RE7-RB11MW (1) 0,150

Relé temporizado ao repouso a ou c 24…240 V 2 “NANF” RE7-RB13MW (1) 0,150


Comando a distância possível
- da regulagem da temporização (2)
RE7-R

Na abertura do contato de comando externo, reguláveis de 0,05 s a 300 h em 10 escalas


(ver colocação em funcionamento na página ao lado).

Relé temporizado ao repouso a ou c 24 V 1 “NANF” RE7-RA11BU 0,150


Comando externo possível a ou c 42…48 V
- da parada parcial da temporização c 110…240 V
- da regulagem da temporização (2)

Na abertura do contato de nível baixo do comando externo, reguláveis de 0,05 s a 300 h em 10 escalas
(ver colocação em funcionamento na página ao lado).

Relé temporizado ao repouso a ou c 24 V 1 “NANF” RE7-RM11BU 0,150


Comando externo possível a ou c 42…48 V
- da parada parcial da temporização c 110…240 V
- da regulagem da temporização (2)

Relé temporizado ao repouso a ou c 24 V 2 “NANF” (3) RE7-RL13BU 0,150


a ou c 42…48 V
c 110…240 V

(1) Quando o produto é estocado desenergizado por mais de um mês, é necessário energizá-lo durante 15 segundos
aproximadamente para ativá-lo. Em seguida, após um tempo > 1 s é suficiente para comandar a temporização.
Se este tempo não for respeitado, o relé permanece ativado indefinidamente.
(2) Por potenciômetro externo, não fornecido. Neste caso, o potenciômetro interno é automaticamente desconectado.
(3) Um comutador, situado na face frontal do produto, permite transformar o segundo relé temporizado em relé
instantâneo.
Colocação em funciona-
mento: página 8/17
8/16 Schneider Electric
Esquemas, Relés temporizados Zelio Time
colocação em Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relés temporizados ao repouso
funcionamento

Esquemas
Borneiras
RE7-RL13BU RE7-RB11MW RE7-RB13MW RE7-RM11BU e RE7-RA11BU
A1 15 B1 A1 15 A1 15 A1 15 B1
Y1 25 (21) B2 Z1 25 Z1 B2
(21)

B1
B2
A1
A1

15
B1
B2
A1

A1

15

25
15

25

15

A2
A2

18
16
A2

A2
(24)
(22)

18

28
16

26
18

28

18
16

26

16

28 (24) 26 (22) Z2 28 26 Z2 X1 Y1 Z2
18 16 A2 18 16 A2 18 16 A2 18 16 A2

Esquemas de aplicação sugeridos


Início na interrupção da Início por comando externo Comando a distância da Ligação do potenciômetro
alimentação de nível baixo parada parcial
RE7-RB RE7-RM e RL RE7-RA e RM

Z1
A1 B1 B2 A1 Y1 B1 B2 A1 X1
A2 Z2
A2 A2 Z2 A2 Z2

Início por comando externo Precauções de ligação


RE7-RA RE7-RM e RL
+ +

Alimentação
A1 Y1 B2 Y1 B1 Y1

A2 A2 A2 A2 Z2

– –
Sem isolação galvânica entre os bornes de alimentação A1, A2, B1, B2 e as entradas de comando X1, Y1, Z1, Z2.

Colocação em funcionamento

1 Potenciômetro de regulagem do fim da temporização, graduado em % do máx. de escala 2.

2 Comutador com escalas de temporização:


1 - de 10 posições (RE7-RA, RM, RL) 0,05…1 s 0,5…10 s 5…100 s 1,5…30 min 1,5…30 h
4
0,15…3, s 1,5…30 s 15…300 s 15…300 min 15…300 h
2 - de 7 posições (RE7-RB) 0,05…1 s 0,5…10 s 5…100 s 1,5…10 min
0,15…3 s 1,5…30 s 15…300 s
3
3 Comutador para transformação do segundo relé temporizado em relé instantâneo (RE7-REL13BU).

4 LEDs, segundo os modelos:


- LED U/T verde: piscante durante a temporização, fixo sem temporização,
- LED R1 amarelo: aceso, quando o 1º relé estiver excitado,
- LED R2 amarelo: aceso, quando o 2º relé estiver excitado,
- RE7-RBiiMW: o LED verde não pisca durante a temporização e não há LED amarelo (R).

Regulagem da duração da temporização


1 40
- Escolher o valor de escala de temporização imediatamente superior ao tempo escolhido com ajuda do
comutador 2.
2 30 s x. % Exemplo: tempo desejado 12 s; escala a escolher 30 s.

- Com ajuda do potenciômetro 1 regular o valor do tempo requerido em % do valor 2.


t x 100 12 x 100
1= seja = 40
2 30

Referências:
página 8/16
Schneider Electric 8/17
Funções, referências Relés temporizados Zelio Time
Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relé multifunção

Relé multifunção

Temporização regulável de 0,05 s a 300 h em 10 escalas (ver colocação em funcionamento na página ao lado).
Relé temporizado ao trabalho Relé com contato de Relé pisca-pisca com
RE7-ML, MY passagem com início início de fase ao trabalho
na energização 1 RE7-ML, MY
RE7-ML, MY
desenergizado Alimentação Alimentação Alimentação
energizado
aberto
“NANF” 15/18 (25/28) “NANF” 15/18 (25/28) “NANF” 15/18 (25/28)
fechado 15/16 (25/26) 15/16 (25/26) 15/16 (25/26)

t: temporização regulável t t t t
t = t1 + t2 + t3
ts : tempo de parada parcial
Relé pisca-pisca com Relé temporizado ao repouso Relé com contato de passagem com
início de fase ao repouso RE7-ML, MY início após a abertura do contato
RE7-ML, MY de comando externo 1
RE7-ML, MY

Alimentação Alimentação Alimentação


Início Y1Z2 Início Y1Z2
“NANF” 15/18 (25/28)
15/16 (25/26) “NANF” 15/18 (25/28) “NANF” 15/18 (25/28)
15/16 (25/26) 15/16 (25/26)
t t
t t

Relé para ligação “estrela-triângulo” com: Comando externo do Comando externo da


dupla temporização ao trabalho contato de passagem em estrela início da temporização parada parcial da temporização
RE7-MY RE7-MY 1 (ex. com função ao trabalho) (1) (ex. com relé com contato de
RE7-ML, MY passagem) (1)
RE7-ML, MY

Alimentação Alimentação Alimentação Alimentação

“NANF1” “NANF1” 17/18


15/18
Início Parada parcial
15/16 (Y1Z2) X1Z2
“NANF2” 17/28
25/28
25/26 “estrela” “NANF” 15/18
“NANF” 15/18
15/16 15/16
“estrela” "triângulo” t1 ts t2 ts t3
t
"triângulo” t 50 ms
t
t 50 ms

1
Relé com 6 funções , , ,1 , ,
Funções Tensões de Saída Referência Peso
(ver diagramas acima) alimentação a relé kg
810985

Relé temporizado ao trabalho a ou c 24 V 1 “NANF” RE7-ML11BU 0,150


Relé temporizado ao repouso a ou c 42…48 V
Relé com contato de passagem c 110…240 V
- início na energização
- início na abertura do contato
de comando a distância
Relé pisca-pisca com início de fase ao repouso
Relé pisca-pisca com início de fase ao trabalho
Comando externo possível
- do início da temporização
- da parada parcial da temporização
- da regulagem da temporização (2)
RE7-MY

Relé com 8 funções , , 1 , 1 , , , , 1

Idem ao relé com 6 funções (3) + a ou c 24 V 2 “NANF” RE7-MY13BU 0,150


Relé para início c 110 …240 V (4)
“estrela-triângulo”
- com dupla temporização ao trabalho
- com contato de passagem em estrela a ou c 24…240 V 2 “NANF” RE7-MY13MW 0,150
(4)

(1) Para utilização em outras funções, consultar os diagramas dos relé monofunção.
(2) Por potenciômetro externo, não fornecido. Neste caso, o potenciômetro interno é automaticamente desconectado.
(3) Exceto comando externo da parada parcial da temporização para RE7-MY13BU.
(4) Um comutador, situado na face frontal do produto, permite transformar o segundo relé temporizado em relé
instantâneo.
Colocação em funciona-
mento: página 8/19
8/18 Schneider Electric
Esquemas, Relés temporizados Zelio Time
colocação em Com saída a relé, largura 22,5 mm, universais
Relé multifunção
funcionamento

Esquemas
Borneiras
RE7-ML11BU RE7-MY13BU RE7-MY13MW

A1 15 B1 A1 15 B1 A1 15 Y1
Z1 B2 Z1 25 (21) Y1 Z1 25 (21) X1

(21)
(21)

A1
B1

A1

B1

A1

15

25
15

15

25

(24)
(22)
(24)
(22)

A2
A2

A2

18

28
16

26
18
16

18

28
16

26
X1 Y1 Z2 28 (24) 26 (22) Z2 28 (24) 26 (22) Z2
18 16 A2 18 16 A2 18 16 A2

Esquemas de aplicação sugeridos


Início na energização Início por comando externo Comando externo da parada parcial
(1)

(1)
(1)

B1 B2 A1 B1 B2 A1 Y1 B1 B2 A1 X1
(2)

(2)
(2)

(3)
(3)

(3)

A2 A2 Z2 A2 Z2

Ligação do potenciômetro Precauções de ligação

Z1
Alimentação

A2 Z2
A2 Z2

Sem isolação galvânica entre os bornes de alimentação A1, A2, B1, B2 e as entradas de comando X1, Y1, Z1, Z2.
(1) c 110…240 V: RE7-ML11BU ou RE7-MY13BU, c ou a 24…240 V: RE7-MY13MW.
(2) c ou a 42…48 V: RE7-ML11BU.
(3) c ou a 24 V: RE7-ML11BU ou RE7-MY13BU.

Colocação em funcionamento

1 Potenciômetro de regulagem do fim da temporização, graduado e, % do máx. de escala 2.

2 Comutador de escala de temporização de 10 posições:


0,05…1 s 5…100 s 15…300 min
0,15…3 s 15…300 s 1,5…30 h
1 0,5…10 s 1,5…30 min 15…300 h
5
1,5…30 s
2
4 3 Comutador de seleção de funções de 10 posições (as posições inutilizadas não possuem marcação, o(s)
3 relé(s) de saída permanece(m) na posição ao repouso, quaisquer que sejam as ordens de comando).

4 Comutador para transformação do segundo relé temporizado em relé instantâneo (segundo o modelo).

5 LEDs, segundo os modelos:


- LED verde: piscante durante a temporização (exceto as 2 primeiras escalas de tempos), fixo sem
temporização,
- LED 1 amarelo: aceso, que o 1º relé estiver excitado,
- LED 2 amarelo: aceso, que o 2º relé estiver excitado.

Regulagem da duração da temporização


1 40 - Escolher o valor de escala de temporização imediatamente superior ao tempo desejado com ajuda do
comutador 2.

Exemplo: tempo desejado 12 s; escala a escolher 30 s.


2 30 s x. %
- Com ajuda do potenciômetro 1 regular o valor do tempo requerido em % do valor 2.
t x 100
1= seja 12 x 100 = 40
2 30

Referências:
página 8/20
Schneider Electric 8/19
Guia de escolha Relés de medição e de controle
Zelio Control

Aplicações Medição de corrente a e c Medição de tensão a e c Controle Controle


de redes de redes
monofásicas trifásicas

Máxima Mínima ou Sobretensão Subtensão ou Subtensão e


corrente máxima corrente sobretensão sobretensão
(2 níveis
controlados)

Medição ou controle Nível regulável Níveis reguláveis Níveis reguláveis Níveis reguláveis Controle:
0,003…1 A 0,003…1 A 0,05…5 V subtensão: seqüência de
ou 0,3…15 A ou 1…100 V 80…120 V ou fases e falta
segundo os modelos ou 30…500 V 160…220 V de fase
segundo os modelos sobretensão: 200…500 V
160…220 V ou
220…330 V
segundo os
modelos

Tensão de alimentação c 24 V z 24…240 V c 24 V z 24…240 V Relés auto-alimentados


c 110…130 V c 110…130 V c 110…130 V c 110…130 V
c 220…240 V c 220…240 V c 220…240 V c 220…240 V
c 380…415 V c 380…415 V

Número de contatos 1 “NANF” 2 “NANF” 1 “NANF” 2 “NANF”


do relé de saída

Estado do Fechado quando o valor da regulagem é ultrapassado. Fechado durante o funcionamento


relé de saída sem defeito.
Desligado na presença de defeito.

Temporização Sem Regulável de 0,05 a 30 s Sem Regulável de 0,05 a 30 s Sem


incorporada

Tipos de relés RM4-JA0 RM4-JA3 RM4-UA0 RM4-UA3 RM4-UB3 RM4-TG20

Páginas Consultar nosso Departamento Comercial

8/20 Schneider Electric


Controle de redes trifásicas Controle de níveis de líquido Controle Proteção de
de isolação contatos
sensíveis

Controle: Controle: Controle: Medição da resistência do Controle de Controle de


seqüência de seqüência de seqüência de líquido por sondas flutuantes circuitos de fechamento do
de fases, de fases, de fases, alimentação contato
falta de fase, falta de fase, falta de fase, em corrente
subtensão. subtensão, assimetria das alternada ou
200...500 V, sobretensão. fases contínua
nível regulável 200...500 V, 200…500 V,
níveis reguláveis
ou fixos

Relés auto-alimentados c 24 V z 24…240 V z 24…240 V c 24…240 V


c 110…130 V c 110…130 V
c 220…240 V c 220…240 V
c 380…415 V c 380…415 V

2 “NANF” 1 “NANF” 2 “NANF” 1 “NANF” 2 “NANF” 1 “NANF” 2 “NANF”

Ativado por funcionamento sem defeito, Função de esvaziamento: Ativado por –


Desativado pela presença de defeito Ativado: eletrodo superior imerso. presença ou
Desativado: eletrodo inferior não ausência de
imerso. defeito
Função de preenchimento:
Ativado: eletrodo inferior não
imerso.
Desativado: eletrodo superior imerso.

Sem Regulável de Fixa 0,5 s Regulável de Sem Regulável de Sem Sem ou


0,1 a 10 s 0,1 a 10 s 0,1 a 10 s regulável de
0,05 a 30 s

RM4-TU RM4-TR RM4-TA0 RM4-TA3 RM4-LG01 RM4-LA32 RM3-PA1 RM3-EA1

Consultar nosso Departamento Comercial

Schneider Electric 8/21


Referências Fontes e transformadores
Fontes para circuitos de controle em corrente contínua
Fontes chaveadas reguladas Phaseo

Fontes chaveadas reguladas trifásicas ABL-7RU


Tensão de Tensão Potência Corrente Rearme Conforme Referência Peso
alimentação de nominal nominal da auto- a norma
47...63 Hz saída proteção EN 61000-3-2
cV aV W A kg

400...500 24 240 10 auto sim ABL-7RU2410 2,900


trifásica
faixa larga
480 20 auto sim ABL-7RU2420 3,000

720 30 auto sim ABL-7RU2430 5,000

960 40 auto sim ABL-7RU2440 5,000

Fontes chaveadas reguladas monofásicas ABL-7RE


Tensão de Tensão Potência Corrente Rearme Conforme Referência Peso
alimentação de nominal nominal da auto- a norma
47...63 Hz saída proteção EN 61000-3-2
V aV W A kg

100…240 24 48 2 auto não ABL-7RE2402 0,520


monofásica
faixa larga
72 3 auto não ABL-7RE2403 0,520

120 5 auto não ABL-7RE2405 1,000


ABL-7RE2405
ABL-7RP2405
ABL-7RP4803 240 10 auto não ABL-7RE2410 2,200

Fontes chaveadas reguladas monofásicas ABL-7RP


Tensão de Tensão Potência Corrente Rearme Conforme Referência Peso
alimentação de nominal nominal da auto- a norma
47...63 Hz saída proteção EN 61000-3-2
V aV W A kg

c 100...240 12 60 5 auto/manu sim ABL-7RP1205 1,000


a 100...250
monofásica
faixa larga 24 72 3 auto/manu sim ABL-7RP2403 0,520

120 5 auto/manu sim ABL-7RP2405 1,000

240 10 auto/manu sim ABL-7RP2410 2,200

48 144 3 auto/manu sim ABL-7RP4803 1,000

8/22 Schneider Electric


Referências Fontes e transformadores
Fontes para circuitos de controle em corrente contínua
Fontes retificadas, filtradas

Fontes retificadas, filtradas, trifásicas (1)


Tensão de Tensão Potência Corrente Referência Peso
alimentação nominal nominal máxima
50/60 Hz de saída de saída
cV aV W A kg

380-400-420 24 240 10 ABL-6RT2410 6,200


(±10%)
trifásica
480 20 ABL-6RT2420 10,700

720 30 ABL-6RT2430 15,150

960 40 ABL-6RT2440 19,800

Fontes retificadas, filtradas, monofásicas (1)


Tensão de Tensão Potência Corrente Proteção Referência Peso
alimentação nominal nominal máxima por fusível
50/60 Hz de saída de saída cartucho 5 x 20
cV a V W A kg

215-230-245 24 24 1 Com ABL-6RF2401 (2) 1,300


(±10%)
ABL-6RTiiii 385-400-415 60 2,5 Com ABL-6RF2402 (2) 2,000
(±10%)
monofásica 120 5 Com ABL-6RF2405 (2) 3,100

240 10 Sem ABL-6RF2410 6,100

360 15 Sem ABL-6RF2415 8,450

480 20 Sem ABL-6RF2420 12,300

105-120-135 24 24 1 Com ABL-6RF2401G2 (2) 1,300


(±10%)
225-240-255 60 2,5 Com ABL-6RF2402G2 (2) 2,000
(±10%)
monofásica 120 5 Com ABL-6RF2405G2 (2) 3,100
ABL-6RFiiii

Acessórios de montagem
Descrição Para Referência Peso
alimentação kg

Placa de montagem (2) ABL-6RF2401i ABL-6AM01 0,050


em trilho simétrico
ou combinado de 35 mm ABL-6RF2402i ABL-6AM02 0,065

ABL-6RF2405i ABL-6AM04 0,085

Acessórios de identificação
Descrição Tamanho Referência Peso
mm kg

AR1-SB3 Porta-etiquetas adesivo 20 x 10 AR1-SB3 0,010

(1) Dispositivo de proteção e segurança separados: ver referências dos produtos recomendados na página 14055/2.
(2) É possível encomendar uma alimentação com sua placa de montagem correspondente. Neste caso, é necessário
acrescentar a letra P na referência da alimentação escolhida (exemplo: ABL-6RF2401P).

Schneider Electric 8/23