Você está na página 1de 1

16 INTRODUÇÃO

evidentes, outras paradoxais ou d i f e r e n t e s c a m p o s do p e n s a m e n t o do filosofia, m a n e i r a s de pensar e


d e s a f i a d o r a s do s e n s o c o m u m . E m e s m o filósofo. O u t r a s e m e r g e m d a organizar nossos pensamentos.
t a m b é m há a q u e l a s q u e p a r e c e m s o b análise o u crítica d a obra d e outro Convém l e m b r a r q u e e s s a s i d e i a s são
m e d i d a p a r a a t e s t a r a sentença filósofo. T a i s i d e i a s p o d e m i n t e g r a r a p e n a s u m a p e q u e n a p a r t e do
irreverente de B e r t r a n d R u s s e l l , de q u e u m a l i n h a d e raciocínio q u e s e p e n s a m e n t o d e c a d a filósofo - e m
" a questão p r i n c i p a l d a filosofia é e s t e n d e ao longo d e várias gerações g e r a l , a conclusão d e u m a l o n g a l i n h a
começar c o m algo tão s i m p l e s q u e dê o u m e s m o séculos - ou, a i n d a , de raciocínio.
a impressão d e não v a l e r a p e n a s e r constituir o conceito central de u m a
e n u n c i a d o e t e r m i n a r c o m a l g o tão " e s c o l a " filosófica específica. Ciência e sociedade
p a r a d o x a l e m q u e n i n g u é m irá Muitos dos grandes filósofos E s s a s ideias s e m i n a i s também
a c r e d i t a r " . M a s por q u e e s s a s i d e i a s o r g a n i z a r a m " s i s t e m a s " integrados de e s p a l h a r a m s u a mfluênoia além d a
são tão i m p o r t a n t e s ? filosofia c o m i d e i a s ínterconectadas. filosofia. Algumas geraram
S u a s opiniões s o b r e c o m o a d q u i r i m o s m o v i m e n t o s científicos, políticos o u
Sistemas de pensamento c o n h e c i m e n t o , por e x e m p l o , p o d e m t e r artísticos. M u i t a s v e z e s , a relação
E m alguns casos, as teorias l e v a d o a u m a visão metafísica e n t r e ciência e filosofia é de
apresentadas neste livro foram as p a r t i c u l a r s o b r e o u n i v e r s o e a a l m a do intercâmbio, c o m i d e i a s de u m lado
p r i m e i r a s d e s e u género n a história do h o m e m . I s s o , por s u a v e z , g u a r d a i n f o r m a n d o o outro. D e fato, há todo
pensamento. Embora certas implicações sobre o t i p o d e v i d a q u e o u m c a m p o n a filosofia q u e e s t u d a o
conclusões p o s s a m hoje p a r e c e r filósofo a c r e d i t a q u e d e v e m o s l e v a r e p e n s a m e n t o por trás d o s métodos e
óbvias, e m r e t r o s p e c t o f o r a m que tipo de sociedade seria ideal. E , práticas científioas. O
surpreendentemente novas e m s u a por s u a v e z , e s s e s i s t e m a i n t e i r o d e d e s e n v o l v i m e n t o do p e n s a m e n t o
época e, a p e s a r d e s u a a p a r e n t e ideias apresenta-se como o ponto lógico i n f l u e n c i o u o m o d o c o m o a
simplicidade, podem nos servir para i n i c i a l p a r a filósofos s u b s e q u e n t e s .
reexaminar coisas que admitimos Devemos lembrar também que
c o m o c e r t a s . A s t e o r i a s a b o r d a d a s no essas ideias quase nunca se tornam
livro q u e p a r e c e m s e r p a r a d o x a i s e
contrárias ao s e n s o c o m u m são a s
ideias que realmente questionam
datadas. E l a s a i n d a têm muito a nos
dizer, m e s m o q u a n d o filósofos e
cientistas subsequentes provaram que
éé
n o s s a s suposições s o b r e nós m e s m o s s u a s conclusões e s t a v a m e r r a d a s . D e o ceticismo é o primeiro
e o mundo - e elas também nos fazem fato, m u i t a s i d e i a s r e j e i t a d a s d u r a n t e passo em direção à verdade.
pensar e m novas maneiras de ver as séculos p r o v a r a m s e r D e n i s Diderot
c o i s a s . Há várias i d e i a s a q u i surpreendentemente prescientes,
c o n c e r n e n t e s a questões s o b r e a s
q u a i s o s filósofos a i n d a estão
ponderando. A l g u m a s s e r e l a c i o n a m a
como a s teorias dos antigos atomistas
gregos, per exemplo. D e m a n e i r a
notável, t a i s p e n s a d o r e s
ff
outros p e n s a m e n t o s e a t e o r i a s e m e s t a b e l e c e r a m os processos d a