Você está na página 1de 38

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA (EST)

CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA

CIRCUITOS MAGNÉTICOS

PROFESSOR ENG. DR. CLÁUDIO GONÇALVES

MANAUS
AGOSTO
2020
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
São arranjos de condutores sobre um núcleo magnético ou não
magnético, com alimentação por uma fonte de força magneto
motriz (fmm), a qual fornece um fluxo magnético contínuo (Φ).
Alguns equipamentos com circuitos magnéticos: Geradores e
motores elétricos, transformadores e telefones. Na figura abaixo
mostra-se dois arranjo magnéticos, toróide e solenóide.
Fluxo Fios
magnético condutores
Nespiras
Φ
Núcleo

Arranjos magnéticos: Toróide e solenóide


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
EQUAÇÕES GERAIS
- Força magneto motriz (fmm):
 Hdl  NI (Ae) (1) Corrente em caminho fechado
- Material magnético (i) e gap (entreferro) (g):

 Hdl   H dl   H
iron
i
gap
g dl  H i li  H g l g  NI (Ae) (2)

- Fluxo magnético (Φ):


i   Bi da  Bi Ai e  g   Bg da  Bg Ag (Wb) (3)
Considerando Ai = Ag  Φi = Φg = Φ
- Intensidade de campo magnético (H):
Bi e Bg
Hi  Hg  (A/m) (4)
i 0
Sendo μi e μ0 = permeabilidades absoluta e no meio livre
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
EQUAÇÕES GERAIS

- Fluxo magnético a partir de (2) e (4):

NI
Hi  (Wb) (5)
 li   l g 
    
 
 i Ai    0 Ag 

- Relutância:

l lg
Ri  i e Rg  (Ae/Wb) (6)
 i Ai 0 Ag
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
EQUAÇÕES GERAIS
- Fluxo concatenado no enrolamento (bobina) (λ):
  N (Wb) (7)

- Indutância do enrolamento (bobina):

N N NI N 2
L    (H) (8)
I I I Rt Rt

N: número de espiras; Rₜ: Relutância total do circuito


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
CURVA B – H (1)
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
CURVA B – H (2)
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Circuitos Magnéticos com Gap (entreferro) no Núcleo

Dispersão do Fluxo no Gap:


A dispersão das linhas de campo magnético ocorre quando
atravessam o gap (g), reduzindo a indução magnética no gap em
relação a indução no núcleo, conforme mostra a figura abaixo.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série:
1) Eletroimã com núcleo de aço laminado e um enrolamento com 50 espiras. O
arranjo magnético atrai uma barra de ferro fundido. Pede-se calcular:
a) A densidade de fluxo magnético e a intensidade de campo magnético, sendo o
fluxo magnético de 3,5 x 10-4 Wb;
b) A corrente necessária para estabelecer o fluxo magnético;
c) As permeabilidades absoluta e relativa dos materiais;
d) A relutância dos núcleos.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série:
Sol.: Circuito magnético:

Ral
F=NI Halxℓal

Rff
Hffxℓff
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série:
Sol.: Circuito magnético:

Ral
F=NI Halxℓal

Rff
Hffxℓff

-Comprimentos: núcleo em aço laminado - ℓnal = 0,2794 m;


Barra em ferro fundido - ℓnff = 0,127m.
-Área aço lam = área ferro fund. = 6,45x10-4 m2. N espiras = 50
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série:

Ral
F=NI Halxℓal

Rff
Hffxℓff

a) B=Φ/A = 3,5 x 10-4 / 6,45 x 10-4; B = 0,54 T. Curva B – H: 


Int. Campo aço lam.: Hal = 70 A/m; ferro fund.: Hff=1850 A/m.
b) ΔFMM: ΔFal = Hal x ℓnal = 19,56 A.m
ΔFf = Hffxℓnff = 234,95 A.m; ΔFt = 19,56+234,95 = 254,51A.m
-Corrente: ΔFt = N x I  I = ΔFt/N = 254,51/50  I = 5,09A.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série:
Sol.: Circuito magnético:
Φ

Ral
F=NI Halxℓal

Rff
Hffxℓff

c) μal=B/Hal=0,543/70  μal = 7,75x10-3Wb/A.m


μral=μal/μ0=6.167,27; μff=B/Hff =0,543/1850=2,93x10-4
Wb/A.m. μrff = μff/μ0 = 233,36.
d) Relutâncias: Rnal=ℓnal/(μalxAal)=0,2794/(7,75x10-3x6,45x10-4)
Rnal=5,59x104(Ae/Wb). Rnff= ℓnff/(μffxAff) = 6,71x105(Ae/Wb)
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série:
2) O arranjo magnético abaixo tem o núcleo em aço laminado e
seção transversal de 2,50x10-3m2. Os enrolamentos N1 e N2 têm
500 e 250 espiras, respectivamente. No enrolamento 1 circula
corrente de 5 A. Pede-se calcular:
a) A densidade de fluxo magnético e intensidade de campo
magnético, sendo o fluxo magnético resultante de 15 x 10-4 Wb,
no sentido horário;
b) A corrente que circula no enrolamento 2;
c) As permeabilidades absoluta e relativa para o material nessa
condição;
d) A relutância do núcleo.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série:

Arranjo magnético exercício 2 – circuito magnético série


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série:
Sol.: Circuito magnético:

Halxℓal
Ral
Φr
Φ1 Φ2
F1=N1I1 F2=N2I2

-Comprimento núcleo aço laminado - ℓnal = 0,42m.


-Seção transversal núcleo - A = 2,5x10-3 m2. N1 = 500; N2 = 250.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série:

Halxℓal
Ral
Φr
Φ1 Φ2
F1=N1I1 F2=N2I2

a) Fluxo: Φr = 1,5x10-3 Wb. B = 1,5x10-3/2,5x10-3  B=0,60T.


B  curva B- H aço laminado  Hal = 75 A/m. I1 = 5A.
b) ΔFnal: Hnxℓn = N1xI1 (F1)-N2xI2 (F2); I2 = F1-Hnxℓn/N2.
F1 = 500x5 = 2500Ae; Δfnal = 75x0,42 =31,50Ae.
- Corrente enrolamento 2: I2 = 2500-31,50/250  I2 = 9,87A
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série:
Sol.: Circuito magnético:
Halxℓal
Ral
Φr
Φ1 Φ2
F1=N1I1 F2=N2I2

c) Permeabilidade: μal=B/Hal=0,60/75  μal=8,0x10-3 Wb/A.m;


μral = μal/μ0 = 6.366,20.
d) Relutância: Rnal = ℓnal/(μalxAal) = 0,42/(8,0x10-3 x 2,5x10-3)
Rnal=2,10x104 (Ae/Wb).
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série com Gap:
1) Arranjo magnético abaixo tem núcleo em aço fundido com gap
de 10mm e comprimento médio de 0,15m. Calcular:
a) densidade de fluxo e intensidade campo magnético com fluxo de
4x10-4 Wb;
b) a corrente necessária para estabelecer o fluxo magnético;
c) as permeabilidades absoluta e relativa do material;
d) As relutâncias.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série com Gap:
Sol.: Circuito magnético:

Ral
F=NI Hafxℓaf

Rg
Hgxℓg

- Compr. Núcleo aço fund.:ℓnaf=0,16m; ℓg=0,01m; ℓn=0,15m


- Área: An = Ag = 2,0x10-3 m2; N = 400 esp; Φ = 4x10-4 Wb
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série com Gap:

Ral
F=NI Hafxℓaf

Rg
Hgxℓg

a) Dens. B=Φ/A=4,0x10-4/2,0x10-4  Bn=0,20 T=Bg  curva aço


fund. Haf=170 A/m; Hg=Bg/μ0=0,20/4π10-7  Hg=1,59x105 A/m.
b) ΔFMM: ΔFn=Hnxℓn=170x0,15  ΔFn = 25,50 A.m.
ΔFg = Hgxℓg = 1591,55 A.m; ΔFt=ΔFn+ΔFg=1617,05 A.m
NxI = ΔFt  Corrente – I = 1617,05/400  I = 4,04A.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série com Gap:
Sol.: Circuito magnético:
Φ

Ral
F=NI Hafxℓaf

Rg
Hgxℓg

c) Permeab.: μaf=B/Haf = 0,20/170  μaf=1,176x10-3 Wb/A.m;


μraf = 936,21
d) Relutâncias: Rn= ℓn/(μafxAn) = 0,15/(1,176x10-3 x 2,0x10-3)
Rn=6,38x104 Ae/Wb. Rg=ℓg/(μ0xAg)  Rg=3,98x106 Ae/Wb;
Rt = 4,04x106 Ae/Wb.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série com Gap:
2) O arranjo magnético abaixo é de um eletroimã com núcleo em
aço fundido e entreferro de 5mm. Pede-se calcular:
a) A densidade de fluxo e intensidade campo magnético com fluxo
de 0,9x10-4 Wb;
b) A corrente necessária para estabelecer o fluxo magnético;
c) As permeabilidades absoluta e relativa do material nessas
condições
d) As relutâncias.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série com Gap:

Arranjo exercício 2 – circuito magnético série com gap


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série com Gap:
Sol.:

-Comprimento núcleo em ferro fund.: ℓnaf 1,0x10-1m;


ℓg = 5mm = 0,005m; ℓn = 1x10-1m
- S. Transv.: An=Ag=1,5x10-4 m2; N=200 esp.; Φ=0,9x10-4 Wb
a) Densid.: B = Φ/A = 0,9x10-4 / 1,5 x 10-4  Bn=0,60 T = Bg;
Curva B-H aço fund.: Haf=340 A/m;
- Hg = Bg/μ0 = 0,60/4π10-7  Hg=4,77x105 A/m.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 2 – Circuito Magnético Série com Gap:

b) ΔFMM: ΔFn = Hn x ℓn = 340x1,0x10-1  ΔFn=34,00 A.m


ΔFg = Hg x ℓg = 4,77x105 x 0,005  ΔFg = 2.387,32 A.m
ΔFt = ΔFn + ΔFg = 2.421,32 A.m
- Corrente: N x I = ΔFt; I=2421,32/200  I = 12,11 A.

c) Permeabilidades: μaf = Bn / Haf = 0,60 / 340


 μaf = 1,765x10-3 Wb/A.m  μraf = 1.404,31
d) Relutâncias: Rn=ℓn/(μafxAn) = 1x10-1/(1,765x10-3 x 1,5x10-4)
- Rn = 3,78x105 Ae/Wb.
- Rg = ℓg/(μ0xAg)  Rg=2,65x107 Ae/Wb;
- Rt = 2,69x107 Ae/Wb.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

1) O arranjo magnético abaixo tem o núcleo composto por aço


laminado e seção transversal de 6,0 x 10-4 m2. O enrolamento
tem 50 espiras. Pede-se calcular:
a) As densidades de fluxo magnético e as intensidades de campo
magnético, sendo o fluxo magnético Φ2 = 1,8 x 10-4 Wb, sentido
horário, na seção 2;
b) A corrente necessária para gerar o fluxo magnético;
c) As permeabilidades absoluta e relativa para o material nessa
condição;
d) As relutâncias.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

Arranjo exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

Sol.: Circuito magnético:


CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:
Sol.: Circuito magnético Série-Paralelo:

- Compr. Núcleo, aço laminado: ℓn1(ℓabef)=ℓn2(ℓbcde)=0,20m;


ℓnc(ℓbe)=0,05m (seção central);
- Seção transv. Núcleo: An = 6,0x10-4 m2; Espiras: N = 50 esp.
- Fluxo: Φ2 = 1,80x10-4 Wb (seção 2).
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:
Sol.: Circuito magnético Série-Paralelo:

a) Densidade: Bn2 = Φ2/An = 1,80x10-4 / 6,0x10-4;


Bn2 = 0,30 T  Curva aço laminado  Hn2 = 54 A/m.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

Malhas FMM  M1: NI - Hn1xℓn1 - Hncxℓc = 0.


Malha M2: Hnc x ℓnc - Hn2xℓn2 = 0; Hnc = Hn2 x ℓn2 / ℓnc
 Hnc=216 A/m. Hnc na curva B – H  Bnc = 1,05 T
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

- Fluxo Φ1 (central): Φ1 = Bnc x An  Φ1 = 6,30x10-4 Wb


- Fluxo total: ΦT = Φ1 + Φ2 = 8,10x10-4 Wb.
- Dens. Bn1 = ΦT/An  Bn1 = 1,35 T. Bn1  Hn1 = 800 A/m
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício 1 – Circuito Magnético Série-Paralelo:

b) Corrente: M1: NI-Hn1xℓn1-Hncxℓc=0  Ft-ΔFn1-ΔFnc=0


ΔFn1=Hn1xℓn1  ΔFn1=160,00 A.m; ΔFnc=10,80 A.m.
Ft = 170,80. Corrente: I = Ft /N = 170,80/50  I = 3,42 A.
c) Permeabilidades:
-Perna 1: μn1 = Bn1/Hn1  μn1 = 1,688x10-3 Wb/A.m.
μrn1 = 1.342,87
-Centro: μnc = 4,86x10-3 Wb/A.m; μrnc = 3.868,35
-Perna 2: μn2 = 5,56x10-3 Wb/A.m; μrn2 = 4.420,97
d) Relutâncias: Rn1 = 1,98x105 A/Wb. Rnc = 1,71x104 A/Wb
Rn2 = 6,00x104 A/Wb.
-Relutância total: Rt = 2,109x105 A/Wb
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício Proposto:
1) Considere o arranjo magnético série com gap do exercício 1.
Pede-se calcular:
a) O fluxo concatenado λ no enrolamento;
b) A indutância L do enrolamento;
c) A corrente que circula no enrolamento, considerando uma
redução 10% no comprimento do gap.
d) A relutância do gap e total, considerando a alteração realizada
no item c.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício Proposto:
2) Considere o arranjo magnético série com gap do exercício 2.
Pede-se calcular:
a) O fluxo concatenado λ no enrolamento;
b) A indutância L do enrolamento;
c) A corrente que circula no enrolamento, considerando uma
redução 20% no comprimento do gap.
d) A relutância do gap e total, considerando a alteração realizada
no item c.
CIRCUITOS MAGNÉTICOS
Exercício Proposto:
3) Considere o arranjo magnético série-paralelo do exercício 1.
Pede-se calcular:
a) O fluxo concatenado λ no enrolamento;
b) A indutância L do enrolamento;
c) Recalcular os demais itens do exercício, considerando o
enrolamento com 500 espiras.