Você está na página 1de 4

LOUVAR O SENHOR

Subsídio litúrgico - Ano B


Diocese de Mogi das Cruzes

15.08.2021 – Solenidade da Assunção de Nossa Senhora – Branco – Ano XI – Nº 653

-Das tuas mãos nos vieram prodí- Deus Pai Todo-Poderoso,/ Nós vos
gios! / Ave Maria! / És o refúgio louvamos!/ Nós vos bendizemos!/
do Povo de Deus! / Ave Maria! Nós vos adoramos!/ Nós vos glo-
-O que fizeste agradou ao Senhor! rificamos!/ Nós vos damos graças
/ Ave Maria! / Bendita sejas por por vossa imensa glória!/ Senhor
Deus poderoso! / Ave Maria! Jesus Cristo, Filho Unigênito, Se-
-Povos da terra, louvai a Maria! / nhor Deus,/ Cordeiro de Deus,/
Ave, Maria! / Eternamente aclamai Filho de Deus Pai!/ Vós que tirais
o Seu nome! / Ave Maria! o pecado do mundo,/ tende pie-
dade de nós! Vós que tirais o pe-
ritos iniciais cado do mundo,/ acolhei a nossa
súplica!/ Vós que estais à direita
S. Em nome do Pai e do Filho e do do Pai, tende piedade de nós!/ Só
Espírito Santo. vós sois o Santo,/ só vós o Senhor,/
T. Amém. só vós o Altíssimo,/ Jesus Cristo,/
S. A graça e a paz de Deus, nosso com o Espírito Santo, na glória
Pai, e de Jesus Cristo, nosso Se- de Deus Pai! Amém!
nhor, estejam convosco.
T. Bendito seja Deus que nos reu- 4. ORAÇÃO DO DIA
niu no amor de Cristo. S. Oremos.
Deus eterno e todo-poderoso, que
Com. inicial: Hoje a Igreja 2. Ato Penitencial elevastes à glória do céu em corpo
se reúne para celebrar a festa S. No início desta celebração eu- e alma a imaculada Virgem Maria,
mais importante da Virgem Ma- carística, peçamos a conversão do Mãe do vosso Filho, dai-nos viver
ria – a sua assunção. A liturgia coração, fonte de reconciliação e atentos às coisas do alto, a fim de
da Palavra apresentará Maria comunhão com Deus e com os ir- participarmos da sua glória. Por nos-
como a Arca da Aliança, mu- mãos e irmãs. (silêncio...) so Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
lher vestida de Sol e imagem na unidade do Espírito Santo.
da Igreja. Em seu Magnificat, S. Senhor, que oferecestes o vosso T. Amém.
Maria proclama as grandezas perdão a Pedro arrependido, tende
de Deus e nos ensina toda a his- piedade de nós. liturgia da palavra
tória da salvação, que encontra T. Senhor, tende piedade de nós.
seu grande desfecho com a En- S. Cristo, que prometestes o para- 5. PRIMEIRA LEITURA
carnação do Verbo, sem desviar íso ao bom ladrão, tende piedade (Ap 11,9a; 12,1.3-6a. 10ab)
o olhar para o Amor misericor- de nós. L. Leitura do Livro do Apocalipse
dioso de Deus, que olha para T. Cristo, tende piedade de nós. de São João. - Abriu-se o Templo
todos e eleva os pequenos. Hoje S. Senhor, que acolheis toda pes- de Deus que está no céu e apareceu
também celebramos as vocações soa que confia na vossa misericór- no Templo a Arca da Aliança. Então
religiosas de especial consagra- dia, tende piedade de nós. apareceu no céu um grande sinal:
ção, pelos votos do celibato, po- T. Senhor, tende piedade de nós. uma mulher vestida de sol, tendo a
breza e obediência. S. Deus todo-poderoso tenha com- lua debaixo dos pés e sobre a cabe-
paixão de nós, perdoe os nossos pe- ça uma coroa de doze estrelas. En-
1. CANTO INICIAL cados e nos conduza à vida eterna. tão apareceu outro sinal no céu: um
-Tu és a glória de Jerusalém! / Ave, T. Amém. grande Dragão, cor de fogo. Tinha
Maria! / És a alegria do Povo de sete cabeças e dez chifres e, sobre
Deus! / Ave, Maria! 3. HINO DE LOUVOR as cabeças, sete coroas. Com a cau-
-Tu és a honra da humanidade! / Glória a Deus nas alturas!/ E paz da, varria a terça parte das estrelas
Ave, Maria! / És a ditosa por Deus na terra aos homens por Ele ama- do céu, atirando-as sobre a terra. O
escolhida! / Ave Maria! dos!/ Senhor Deus, Rei dos céus, Dragão parou diante da Mulher que
PÁG 
estava para dar à luz, pronto para de- 8. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO em Jesus Cristo, seu único Filho,
vorar o seu filho, logo que nascesse. T. Aleluia, Aleluia, Aleluia. nosso Senhor, (todos se inclinam às pa-
E ela deu à luz um filho homem, que - Maria é elevada ao céu, alegram- lavras seguintes até da Virgem Maria) que
veio para governar todas as nações se os coros dos anjos. foi concebido pelo poder do Espí-
com cetro de ferro. Mas o filho foi rito Santo; nasceu da Virgem Ma-
levado para junto de Deus e do seu 9. EVANGELHO (Lc 1, 39-56) ria; padeceu sob Pôncio Pilatos,
trono. A mulher fugiu para o deserto, S. O Senhor esteja convosco! foi crucificado, morto e sepulta-
onde Deus lhe tinha preparado um T. Ele está no meio de nós. do. Desceu à mansão dos mortos;
lugar. Ouvi então a voz forte do céu, S. Proclamação do Evangelho de ressuscitou ao terceiro dia, subiu
proclamando: “Agora realizou-se a Jesus Cristo, segundo Lucas. aos céus; está sentado à direita
salvação, a força e a realeza do nosso T. Glória a vós, Senhor. de Deus Pai todo-poderoso, don-
Deus, e o poder do seu Cristo”. Naqueles dias, Maria partiu para a re- de há de vir a julgar os vivos e os
Palavra do Senhor. gião montanhosa, dirigindo-se, apres- mortos. Creio no Espírito Santo;
T. Graças a Deus. sadamente, a uma cidade da Judéia. na Santa Igreja católica; na co-
Entrou na casa de Zacarias e cumpri- munhão dos santos; na remissão
6. SALMO RESPONSORIAL mentou Isabel. Quando Isabel ouviu a dos pecados; na ressurreição da
(Sl 44) saudação de Maria, a criança pulou no carne; na vida eterna. Amém.
T. À vossa direita se encontra a seu ventre e Isabel ficou cheia do Es-
rainha, com veste esplendente de pírito Santo. Com um grande grito, ex- 11. Oração dos Fiéis
ouro de ofir. clamou: “Bendita és tu entre as mulhe- S. Enquanto celebramos a As-
- As filhas de reis vêm ao vosso en- res e bendito é o fruto do teu ventre!” sunção da Virgem Maria, mãe de
contro, e à vossa direita se encontra Como posso merecer que a mãe do Deus, elevemos a Ele nossa prece,
a rainha com veste esplendente de meu Senhor me venha visitar? Logo para que um dia estejamos também
ouro de ofir. que a tua saudação chegou aos meus em sua glória.
- Escutai, minha filha, olhai ouvi ouvidos, a criança pulou de alegria no T. Senhor, escutai a nossa prece!
isto: “Esquecei vosso povo e a casa meu ventre. Bem-aventurada aquela - Por toda a Igreja, para que enxergue
paterna! Que o Rei se encante com que acreditou, porque será cumprido em Maria a humildade, obediência e
a vossa beleza! Prestai-lhe home- o que o Senhor lhe prometeu”.Então ousadia necessárias para colaborar
nagem: é vosso Senhor! Maria disse: “A minha alma engrande- com a missão salvadora de Nosso
- Entre cantos de festa e com gran- ce o Senhor, e o meu espírito se alegra Senhor e deseje e espere viver como
de alegria, ingressam, então, no pa- em Deus, meu Salvador, porque olhou ela viveu, rezemos ao Senhor.
lácio real”. para a humildade de sua serva. Dora- - Por todos os cristãos, para que se-
vante todas as gerações me chamarão jam fiéis a Cristo em todos os mo-
7. SEGUNDA LEITURA bem-aventurada, porque o Todo-pode- mentos de suas vidas, nas alegrias
(1Cor 15,20-27a) roso fez grandes coisas em meu favor. e nas dores, rezemos ao Senhor.
L. Leitura da Primeira Carta de São O seu nome é santo, e sua misericórdia - Por todos os irmãos consagrados
Paulo aos Coríntios. - Irmãos: Cristo se estende, de geração em geração, a e religiosos pelos votos de celi-
ressuscitou dos mortos como primí- todos os que o respeitam. Ele mostrou bato, pobreza e obediência, para
cias dos que morreram. Com efeito, a força de seu braço: dispersou os so- que sejam verdadeiros proclama-
por um homem veio a morte e é tam- berbos de coração. Derrubou do trono dores do Evangelho, assim como
bém por um homem que vem a res- os poderosos e elevou os humildes. a Virgem Maria foi em sua vida,
surreição dos mortos. Como em Adão Encheu de bens os famintos, e despe- servindo com alegria a Deus, re-
todos morrem, assim também em diu os ricos de mãos vazias. Socorreu zemos ao Senhor.
Cristo todos reviverão. Porém, cada Israel, seu servo, lembrando-se de sua - Por todos os que desejam dedi-
qual segundo uma ordem determina- misericórdia, conforme prometera aos car-se ao Reino na vida consagrada
da: Em primeiro lugar, Cristo, como nossos pais, em favor de Abraão e de e religiosa, para que não lhes falte
primícias; depois, os que pertencem sua descendência, para sempre”. Ma- os dons da fé e da perseverança, re-
a Cristo, por ocasião da sua vinda. A ria ficou três meses com Isabel; depois zemos ao Senhor.
seguir, será o fim, quando ele entregar voltou para casa. - Por todos os fiéis falecidos de
a realeza de Deus-Pai, depois de des- Palavra da Salvação. nossa comunidade, para que pos-
truir todo principado e todo poder e T. Glória a vós, Senhor. sam participar da glória de Cristo
força. Pois é preciso que ele reine até junto à Virgem Maria, assunta aos
que todos os seus inimigos estejam Homilia... céus, rezemos ao Senhor.
debaixo de seus pés. O último inimigo S. Acolhei, Senhor, a oração de vos-
a ser destruído é a morte. Com efeito, 10. Profissão de fé sos filhos e filhas e os ajude a canta-
“Deus pôs tudo debaixo de seus pés”. (Símbolo Apostólico) rem com suas vidas o seu Magnifi-
Palavra do Senhor. T. Creio em Deus, Pai todo-pode- cat. Por Cristo nosso Senhor.
T. Graças a Deus. roso, criador do céu e da terra. E T. Amém!
PÁG 
todos os santos, vos aclamamos, ju- sacrifício de vida e santidade.
liturgia eucarística bilosos, cantando a uma só voz:  T. Recebei, ó Senhor, a nossa
T. Santo, Santo, Santo, Senhor, oferta!
PREPARAÇÃO DAS OFERENDAS Deus do universo! O céu e a ter- S. Olhai com bondade a oferenda
12. CANTO ra proclamam a vossa glória. Ho- da vossa Igreja, reconhecei o sacri-
- Sobe a Jerusalém, Virgem oferente sana nas alturas! Bendito o que fício que nos reconcilia convosco
sem igual./ Vai, apresenta ao Pai, teu vem em nome do Senhor! Hosa- e concedei que, alimentando-nos
menino, luz que chegou no Natal./ E, na nas alturas. com o Corpo e o Sangue do vosso
junto à sua cruz, quando Deus morrer, S. Na verdade, vós sois santo, ó Filho, sejamos repletos do Espíri-
fica de pé./ Sim, Ele te salvou, mas O Deus do universo, e tudo o que to Santo e nos tornemos em Cristo
ofereceste por nós com toda fé. criastes proclama o vosso louvor, um só corpo e um só espírito.
- Nós vamos renovar este sacrifício porque, por Jesus Cristo, vosso Fi- T. Fazei de nós um só corpo e um
de Jesus:/ Morte e ressurreição; Vida lho e Senhor nosso, e pela força do só espírito!
que brotou de sua oferta na Cruz./ Espírito Santo, dais vida e santida- S. Que ele faça de nós uma ofe-
Mãe, vem nos ensinar a fazer da vida de a todas as coisas e não cessais de renda perfeita para alcançarmos a
uma oblação:/ culto agradável a Deus reunir o vosso povo, para que vos vida eterna com os vossos santos: a
é fazer a oferta do próprio coração. ofereça em toda parte, do nascer ao Virgem Maria, Mãe de Deus, com
pôr-do-sol, um sacrifício perfeito. São José, seu Esposo, os vossos
S. Orai, irmãos e irmãs, para que
T. Santificai e reuni o vosso Apóstolos e Mártires (o santo do dia
o nosso sacrifício seja aceito por
povo! ou padroeiro), e todos os santos, que
Deus Pai todo-poderoso.
S. Por isso, nós vos suplicamos: não cessam de interceder por nós
T. Receba o Senhor por tuas
santificai pelo Espírito Santo as na vossa presença.
mãos este sacrifício, para a gló-
oferendas que vos apresentamos T. Fazei de nós uma perfeita
ria do seu nome, para nosso bem
para serem consagradas, a fim de oferenda!
e de toda a santa Igreja.
que se tornem o Corpo e † o San- S. E agora, nós vos suplicamos,
gue de Jesus Cristo, vosso Filho e ó Pai, que este sacrifício da nossa
13. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS Senhor nosso, que nos mandou ce- reconciliação estenda a paz e a sal-
S. Suba até vós, ó Deus, o nosso
lebrar este mistério. vação ao mundo inteiro. Confirmai
sacrifício e, pela intercessão da
T. Santificai nossa oferenda, ó na fé e na caridade a vossa Igreja,
Virgem Maria, elevada ao céu,
Senhor! enquanto caminha neste mundo: o
acendei em nossos corações o de-
S. Na noite em que ia ser entregue, vosso servo o papa Francisco, o nos-
sejo de chegar até vós. Por Cristo,
ele tomou o pão, deu graças, e o par- so bispo Pedro Luiz, com os bispos
nosso Senhor.
tiu e deu a seus discípulos, dizendo: do mundo inteiro, o clero e todo o
T. Amém.
TOMAI, TODOS, E COMEI: povo que conquistastes.
ISTO É O MEU CORPO, QUE T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa
14. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III  SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Igreja!
(Pref.: A glória de Maria – p. 639)
Do mesmo modo, ao fim da ceia, S. Atendei às preces da vossa famí-
S. O Senhor esteja convosco. ele tomou o cálice em suas mãos, lia, que está aqui, na vossa presen-
T. Ele está no meio de nós. deu graças novamente, e o deu a ça. Reuni em vós, Pai de misericór-
S. Corações ao alto. seus discípulos, dizendo: dia, todos os vossos filhos e filhas
T. O nosso coração está em Deus. TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE dispersos pelo mundo inteiro.
S. Demos graças ao Senhor, nosso Deus. É O CÁLICE DO MEU SAN- T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos
T. É nosso dever e nossa salvação. GUE, O SANGUE DA NOVA E filhos!
S. Na verdade, é justo e necessário, é ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ S. Acolhei com bondade no vosso
nosso dever e salvação dar-vos gra- DERRAMADO POR VÓS E POR reino os nossos irmãos e irmãs que
ças, sempre e em todo o lugar, Se- TODOS PARA REMISSÃO DOS partiram desta vida e todos os que
nhor, Pai santo, Deus eterno e todo- PECADOS. FAZEI ISTO EM ME- morreram na vossa amizade. Uni-
poderoso, por Cristo, Senhor nosso. MÓRIA DE MIM. dos a eles, esperamos também nós
Hoje, a Virgem Maria, Mãe de Deus, S. Eis o mistério da fé! saciar-nos eternamente da vossa
foi elevada à glória do céu. Aurora T. Anunciamos, Senhor, a vossa glória, por Cristo, Senhor nosso.
e esplendor da Igreja Triunfante, ela morte e proclamamos a vossa res- T. A todos saciai com vossa glória!
é consolo e esperança para o vosso surreição. Vinde, Senhor Jesus! S. Por ele dais ao mundo todo bem
povo ainda em caminho, pois preser- S. Celebrando agora, ó Pai, a memó- e toda graça. 
vastes da corrupção da morte aquela ria do vosso Filho, da sua paixão que Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a
que gerou, de modo inefável, vosso nos salva, da sua gloriosa ressurreição vós, Deus Pai todo-poderoso, na uni-
próprio Filho, feito homem, autor e da sua ascensão ao céu; e enquanto dade do Espírito Santo, toda a honra
de toda vida. Enquanto esperamos esperamos a sua nova vinda, nós vos e toda a glória, agora e para sempre.
a glória eterna, com os anjos e com oferecemos em ação de graças este T. Amém!
PÁG 
15. RITO DA COMUNHÃO pediu de servir e sorrir./ Visitei com 20. REFLEXÃO
S. Rezemos, com amor e confian- meu Deus. Fui irmã!/ Mãe do Senhor, “Bendita és tu entre as mulhe-
ça, a oração que o Senhor Jesus nos nossa mãe,/ nós queremos contigo res, e bendito é o fruto do teu
ensinou: aprender/ desapego, bondade, teu ventre!” - Lc 1,42. A Igreja
T. Pai nosso que estais nos céus, “sim”,/ e acolher o teu Filho que diz: celebra hoje em Nossa Senhora,
santificado seja o vosso nome; - Povo de Deus, foi assim:/ meu me- a realização do Mistério Pascal.
venha a nós o vosso Reino, seja nino cresceu e entendeu,/ que a von- Sendo Maria a “cheia de graça”,
feita a vossa vontade, assim na tade do Pai conta mais,/ e a visita foi sem sombra alguma de pecado,
terra como no céu; o pão nosso Deus quem nos fez./ Mãe do Senhor, quis o Pai associá-la à ressurrei-
de cada dia nos dai hoje; perdo- nosso mãe,/ nós queremos contigo ção de Jesus. Ignoramos como e
ai-nos as nossas ofensas, assim aprender/ a justiça, a vontade do Pai,/ quando se deu a morte de Maria,
como nós perdoamos a quem nos e entender o teu Filho que diz: porém, desde muito cedo foi fes-
tem ofendido; e não nos deixeis - Povo de Deus, foi assim:/ da ver- tejada como “dormição”, e con-
cair em tentação, mas livrai-nos dade jamais se afastou./ Veio a mor- siderada como a festa principal
do mal. te e ficou nosso pão./ Visitou-nos e da Virgem. O dogma da Assun-
S. Livrai-nos de todos os males... espera por nós!/ Mãe do Senhor, ção foi definido no ano de 1950,
T. Vosso é o reino, o poder e a nossa mãe,/ nós queremos contigo durante o pontificado de Pio XII.
glória para sempre! aprender/ a verdade, a firmeza, o Neste sentido, a Constituição
S. Senhor Jesus Cristo, dissestes perdão,/ seguir o teu Filho que diz: Dogmática “Lumen Gentium”,
aos vossos Apóstolos... do Concílio Vaticano II, no nº 62,
T. Amém. 17. oração pós-comunhão quando enfatiza a pessoa de Ma-
S. Oremos. ria como serva do Senhor na obra
S. A paz do Senhor esteja sempre
Ó Deus, que nos alimentastes com da redenção e santificação, afir-
convosco.
o sacramento da salvação, conce- ma: “Esta maternidade de Maria
T. O amor de Cristo nos uniu.
dei-nos, pela intercessão da Vir- na economia da graça perdura,
Cordeiro de Deus, que tirais o peca-
gem Maria elevada ao céu, chegar ininterruptamente, a partir do
do do mundo, tende piedade de nós.
à glória da ressurreição. Por Cristo, consentimento que ela fielmente
Cordeiro de Deus, que tirais o peca-
nosso Senhor. prestou na Anunciação, que sob a
do do mundo, tende piedade de nós.
T. Amém. cruz resolutamente manteve, até
Cordeiro de Deus, que tirais o peca-
do do mundo, dai-nos a paz. a perpétua consumação de todos
ritos finais os eleitos. Assunta aos céus, não
S. Felizes os convidados para o abandonou este salvífico múnus,
Banquete nupcial do Cordeiro. 18. BÊNÇÃO mas por sua multíplice interces-
Eis o Cordeiro de Deus que tira o S. O Senhor esteja convosco. são, prossegue em granjear-nos
pecado do mundo. T. Ele está no meio de nós. os dons da salvação eterna. Por
T. Senhor, eu não sou digno (a) S. Abençoe-vos Deus todo-podero- sua maternal caridade cuida dos
de que entreis em minha mora- so, Pai e Filho † e Espírito Santo. irmãos de seu Filho, que ainda
da, mas dizei uma palavra e serei T. Amém. peregrinam rodeados de perigos
salvo (a). S. Ide em paz e o Senhor vos acom- e dificuldades, até que sejam con-
panhe. duzidos à feliz pátria. Por isso a
16. CANTO DA COMUNHÃO T. Graças a Deus! Bem -aventurada Virgem Maria é
- Povo de Deus foi assim:/ Deus invocada na Igreja sob os títulos
cumpriu a palavra que diz:/ “Uma 19. CANTO DE DESPEDIDA de Advogada, Auxiliadora, Ad-
virgem irá conceber”,/ e a visita de Maria, ó Mãe cheia de graça!/ jutriz, Medianeira. Isto, porém,
Deus me fez mãe!/ Mãe do Senhor, Maria, protege os filhos teus!/ se entende de tal modo que nada
nossa mãe,/ nós queremos contigo Maria, Maria/ Nós queremos con- derrogue, nada acrescente à dig-
aprender/ a humildade, a confiança tigo estar nos céus! nidade e eficácia de Cristo, o úni-
total,/ e escutar o teu Filho que diz: - Aqui servimos a Igreja de teu Fi- co Mediador”.
Senta comigo à minha mesa,/ nu- lho, sob o teu Imaculado Coração./
tre a esperança, reúne os irmãos!/ Dá-nos a bênção, e nós faremos/ da LEITURAS DA SEMANA: 2ª f.: Jz 2,11-19;
Sl 105; Mt 19,16-22 – 3º f.: Jz 6,11-24a; Sl 84;
Planta meu Reino, transforma nossa vida uma constante oração. Mt 19,23-30 – 4ª f.: Jz 9,6-15; Sl 20; Mt 20,1-
a terra./ Mais que coragem, tens - A nossa vida é feita de esperança, 16a– 5ª f.: Js 11,19-39a; Sl 39; Mt 22,1-14 – 6ª
minha mão! paz e flores nós queremos semear./ f.: Rt 1,1.3-6.14b-16.22; Sl 145; Mt 22,34-40;
– SÁBADO: Rt 2,1-3.8-11; 4,13-17; Sl 127; Mt
- Povo de Deus foi assim:/ nem mon- Felicidade, somente alcança,/ quem 23,1-12 – DOMINGO: Js 24,1-2a.15-17.18b; Sl
tanha ou distância qualquer/ me im- cada dia se dispõe a caminhar. 33; Ef 5,21-32; Jo 6,60-69.

RESPONSABILIDADE: Diocese de Mogi das Cruzes


DISTRIBUIÇÃO INTERNA
Rua Ipiranga, 1469 - Vila Santista - Mogi das Cruzes/SP - Telefone: (11) 4724-9734
PÁG 

Você também pode gostar