Você está na página 1de 1

Voz Activa / Voz Passiva

Voz Activa- designa que o sujeito pratica a acção significada pelo verbo:
O homem lavra a terra.

Voz Passiva – designa que o sujeito recebe ou sofre a acção praticada por
outro (agente da passiva):
A terra é lavrada pelo homem.

A voz Passiva forma-se com os tempos simples e compostos do verbo auxiliar


ser e o adjectivo verbal do verbo que se quer conjugar.
Sou amado; fui amado; tenho sido amado

O agente da passiva é um complemento específico das frases com a


forma passiva.
Nessas frases o sujeito não pratica a acção — sofre a acção —, por isso, é
necessário um complemento especial que indique o ser responsável pela acção
sofrida pelo sujeito.
O rato foi comido pelo gato.
O que distingue a forma activa da forma passiva é a perspectiva adoptada:
num caso, encara-se o sujeito como o agente responsável pela acção expressa
pelo verbo (forma activa); no outro, o sujeito é aquele que sofre a acção expressa
pelo verbo (forma passiva).
O gato comeu o rato. (forma activa)
O rato foi comido pelo gato. (forma passiva)

Isto é, a frase passiva resulta de uma transformação da frase activa, pela qual o
sujeito se transforma em agente da passiva e o complemento directo em sujeito;
paralelamente, o verbo passa a ser conjugado na voz passiva.

O gato comeu o rato.


Sujeito V (voz activa) Compl. directo
     
O rato foi comido pelo gato.
Sujeito V (voz passiva) Agente da passiva

Nota: O agente da passiva é geralmente introduzido pela preposição por ou, mais
raramente, pela preposição de.