Você está na página 1de 5

CORREIO FILOSÓFICO

Periódico dos Corpos Subordinados a Obediências Filosóficas reconhecidas pelo Grande Oriente da Paraíba
Rua Eurico Uchôa, 104 - Brisamar - João Pessoa - PB - CEP: 58031-150 - Fone: (83) 3243-7129
E-mail: correiofilosofico@bol.com.br - Fundadores: Almir de Araújo Oliveira e Hermano Cavalcanti Leite - Edição: Março - 2011

MAÇONARIA FILOSÓFICA
Almir de Araújo Oliveira

U m Mestre Maçom para dar


continuidade aos seus
estudos deve procurar seu Venerável
do dia16 de junho de 2007. Os Irmãos
modernista podem ser iniciados no
Grau 4, Eleito Secreto, em uma
Mestre e solicitar instruções visando atingir Câmara Intermediária do referido
este fim. Sublime Capíutlo
Os Irmãos que praticam o Rito O GOPB assinou no dia 17
Adonhiramita, complementam seus de abril de 2010 um tratado com o
estudos iniciando no Grau 4, Mestre Supremo Grande Capítulo de Maçons
Perfeito, em um Capítulo jurisdicionado ao do Real Arco do Brasil, jurisdicionado
Sublime Grande Capítulo Adonhiramita do ao The General Grand Chapter of
Brasil, que mantém tratado com o Grande Royal Arch Masons Internacional,
Oriente da Paraíba – GOPB, desde 17 de podendo Irmãos que trabalhem em qualquer Rito maçônico ser
junho de 1995. adiantado ao Grau de Mestre de Marca.
No Rito Brasileiro os trabalhos nos Altos Graus são Para que o Irmão seja admitido nos Altos Graus, é
iniciados no Grau 4, Mestre da Discrição, em um Capítulo necessário que ele cumpra alguns requisitos como: ser membro
subordinado ao Supremo Conclave Autônomo para o Rito efetivo de uma Loja Simbólica; está colado grau de Mestre Maçom e
Brasileiro, que mantém tratado de Reconhecimento e Amizade ter freqüência mínima ente 25 e 50% das sessões.
Maçônica com o GOPB em 31 de março de 1996. Recomenda-se o ingresso em uma Potência Filosófica que
No Rito Escocês pratique o mesmo Rito que o interessado trabalhe no Simbolismo,
Antigo e Aceito os estudos porém, não há impedimento legal para que o eventual candidato
filosóficos são iniciados no possa mudar de Rito nos Graus Superiores, devendo apenas atender
Grau 4, Mestre Secreto, em algumas exigências pontais.
uma Loja de Perfeição. O Os trabalhos de uma Corporação Filosófica são realizados
Grande Oriente da Paraíba mensalmente, sendo rígido o controle da freqüência e dos
mantém tratados com o interstícios exigidos para ascensão em cada Grau.
Supremo Conselho do Um Supremo Conselho ou Sublime Capítulo deve prover
Estado do Rio Grande do os Corpos Subordinados com instruções pertinentes aos Graus
Norte do Grau 33 para o Rito respectivos, bem como viabilizar simpósios, seminários e
Escocês Antigo e Aceito congressos com o fito de divulgar com lisura todos os
assinado em 29 de agosto de conhecimentos disponíveis ao engrandecimento dos Mestres
1997; Supremo Conselho Maçons.
dos Graus 4 a 33 de Pernambuco homologado em 21 de abril de O ingresso nos Graus Superiores não é obrigatório para o
2003 e Supremo Conselho do Grau 33 da Paraíba ratificado em 06 Mestre Maçom, porém, com o passar dos anos, o Irmão sentirá a
de agosto de 2004. necessidade de ser iniciado nesta Maçonaria que oferece meios para
O Muito Poderoso e Grande Capítulo do Rito Moderno um aprofundamento espiritual e intelectual visando contribuir para
para o Brasil - Oficina Chefe do Rito tem tratado com o GOPB desde que sua vida se torne mais harmoniosa.

INICIAÇÃO PARA O CAPÍTULO PORTAL


DA LUZ DO NORDESTE Nº 5
No dia 08 de abril de 2011, o Capítulo Portal da Luz do Nordeste nº 5, com sede à Rua José do Patrocínio nº
33, em Cabedelo, Grande João Pessoa/PB, realizará Iniciações para o Grau de Mestre de Marca (MdM), estando
aberta as inscrições para os Mestres Maçons de todos os Ritos e pertencentes as Potências Maçônicas Regulares.
Os Irmãos interessados em ingressar no Real Arco e, conseqüentemente, no Capítulo Portal da Luz do
Nordeste nº 5, podem entrar em contatos telefônicos com os Irmãos: Evaristo José Braga Cavalcanti – Telefone:
9315 1948; Misael Martins Marinho – Telefone: 9978 0103 ou Onildo Silva Almeida Filho – Telefone: 9924 9079.
IGREJA E MAÇONARIA
EXPLICAÇÃO
Ambrósio Peters *

INICIAÇÕES NO CONSELHO DE M eus caros Irmãos,

Contrariamente ao que muitos


MAÇONS CRÍPTICOS FILIPÉIA DE irmãos pensam, nada mudou no
NOSSA SENHORA DAS NEVES Nº 11 tratamento que a Igreja vem dispensando
O Conselho de Maçons Crípticos “Filipéia de a Maçonaria desde a bula do Papa Clemente XII de
Nossa Senhora das Neves” nº 11, com sede na cidade de 1738.
Cabedelo, Grande João Pessoa/PB e jurisdicionado ao Os bispos e os padres estão proibidos pela Santa
Grande Conselho de Maçons Crípticos do Brasil o qual Sé de se pronunciarem sobre o assunto, e o artigo
é reconhecido pelo General Grand Council Cryptic publicado pelo Cardeal Dom Eugênio Sales foi feito em
Masons International, realizou no dia 26 de março de nome da CNBB, pois os termos do documento repetem
2011, às 09h00min, sob a direção do Ilustre Mestre ipsis literis o conteúdo parcial do livrete da CNBB -
Geraldo Nicolau Baptista de Mello e a equipe de Estudos nº 66 Sob o titulo
ritualística daquele Conselho, Iniciação para o Grau de CONCILIÁVEIS OU
Mestre Real (MR), tendo comparecido a esta solenidade INCONCILIÁVEIS? Este
e também para colar grau, o Sereníssimo Grão-Mestre livrete nada tem a ver com
da Grande Loja Maçônica do Estado da Paraíba aquela obra dos Padres
(GLMPB), Marcos Antonio de Araújo Leite, e o Sumo Benimeli e Caprile do qual o
Sacerdote do Capítulo Tropeiros da Borborema nº 42 , Pe, Albertom fez apenas um
Waldir Santana da Silva, assim como, os prefácio.
Companheiros da cidade de Campina Grande/PB, Tudo que está escrito nesta obra dos
filiados ao referido Capítulo, todos com o objetivo de Pe(s).Benimeli e Caprile tem perante a hierarquia da
dar prosseguimento aos seus estudos sobre os Graus Igreja Católica o mero valor de uma curiosidade, e não
Filosóficos do Rito de York na Paraíba. serve de orientação para o que a Igreja pensa e decide
Foram admitidos no Conselho de Maçons sobre a Maçonaria.
Crípticos os Companheiros: A Igreja, apesar de nunca ter deixado de
- Dorgival Cândido de Albuquerque (Capítulo combater a Maçonaria, sempre acena com a
Tropeiros da Borborema nº 42) possibilidade de diálogo e de entendimento, e isso não
- Francisco de Assis Vale Cavalcante Filho passa de mera cortina de fumaça, pois ela nunca mudará
(Capítulo Portal da Luz do Nordeste nº 5) sua opinião a nosso respeito.
- Gilson de Souza Galvão (Capítulo Portal da Seria muito fácil começar um diálogo Igreja e
Luz do Nordeste nº 5) Maçonaria, desde que ambas as partes se apresentassem
- José Maximino Pinto Barbosa (Capítulo de coração aberto. Por exemplo, bastaria à Igreja fazer
Tropeiros da Borborema nº 42) uma coisa muito simples para começar o diálogo, abolir
- Marcos Antonio de Araújo Leite (Capítulo a excomunhão contra nós. Mas podem ter certeza isso
Portal da Luz do Nordeste nº 5) não se fará.
- Mário Diniz Agra (Capítulo Tropeiros da Durante longo tempo troquei correspondência
Borborema nº 42) com um Padre, que todos dizem ser um grande
- Paulo Augusto Sampaio Rosa Filho (Capítulo maçonólogo, no intuito sincero de aclararmos o que
Portal da Luz do Nordeste nº 5) e fosse possível. Tive que encerrar a correspondência pois
- Sebastião Edson Vilela (Capítulo Portal da Luz percebi que ele estava usando minhas cartas para colher
do Nordeste nº 5). informações sobre a Maçonaria e escrever seus artigos.
Os cumprimentos dos editores deste Mas as Igrejas não mudam, pois a imobilidade
informativo e pleno sucesso nos estudos filosóficos do cultural é a sua força.
Rito de York em nosso Estado. Fonte:
Disponível <http://www.samauma.biz/site/> Acesso
em 28/FEV/2011.
* Maçom, escritor, historiador e filósofo. Foi Diretor Executivo e Presidente da
Comissão Editorial da revista O PRUMO editada pelo Grande Oriente de Santa
anos Catarina/COMAB. Partiu para o Oriente Eterno na data de 08 de julho de 2003.
Ferramentas é com:

José Cláudio R. A. Figueiredo


Proprietário
O NORDESTE COMPRA AQUI
Av. Carneiro da Cunha, 84 - Torre - João Pessoa - PB
Agora também na estrada de Cabedelo Fones: (83) 3222-6877 / 8840-7936
O RITO MODERNO, OS LIVRES Filosofia”, verbete librepensadores) e entre os livres-
pensadores encontramos figuras como Bayle, Hobbdes,
PENSADORES E OS MAÇONS, Voltaire e Locke, autor da monumental obra “An essay
EXCESSIVAMENTE RELIGIOSOS concerning toleration”, de 1677, e autor da máxima de
que “o povo tudo pode”.
Se atentarmos para o fato
Josafá Alves de Lima*
de que a Constituição de Anderson
de 1723 era claramente DEÍSTA, o
sentido atribuído ao termo
O
pensamento.
Rito Moderno é o
exemplo do livre
Os livres-
libertino jamais poderia ser o da
critica aos movimentos
iluministas, deístas, livres-
pensadores são os seus mais pensadores ou libertinos eruditos.
sinceros membros. Caso contrário, estaremos
Ao tempo de Anderson, o afirmando que a Maçonaria na sua
indivíduo incrédulo era considerado um libertino. Isto James Anderson fase moderna comunga o
porque o artigo primeiro, modificado em 1738, dizia dogmatismo, a intolerância; nega o valor do movimento
que um Maçom nunca seria um ateu estúpido ou um dos Iluministas; condena o empirismo de LOCKE,
irreligioso libertino. Aqui a expressão quer significar etc....
um comportamento vicioso e desenfreado e não uma Para o Rito Moderno, os livres-pensadores são
crítica da nascente MAÇONARIA MODERNA ao os idealizadores da proposta dirigida para que a nossa
movimento filosófico do mesmo nome, que serve para Arte fosse o centro da união e o meio de conciliar, por
designar, igualmente, os LIVRES-PENSADORES, amizade sincera, pessoas que estariam perpetuamente
DEÍSTAS, etc.... separadas e impedidas de buscarem, livremente,
É possível que o uso incessantemente, a verdade.
das expressões libertino e O Rito Moderno defende o ponto de vista de que
libertinagem, ao o meio ambiente em que vive e respira o cidadão, deve
começarem a ser manter-se rigorosamente neutro, sem hostilizar nem
empregadas, assim o favorecer religião alguma.
fossem para designar uma Advogamos um total indiferentismo religioso,
atitude moral lassa, frouxa. que aceita de modo igual todas as religiões, que para o
Com efeito, os inimigos dos “libertinos” tinham um RITO, todas elas são igualmente boas.
bom argumento para atacá-los, manifestando que eles Todas as confissões e, evidentemente, os
eram, realmente, devassos. A libertinagem, entretanto, Maçons excessivamente apegados a uma determinada
era entendida pelos próprios libertinos de modo muito religião, têm direitos exatamente idênticos, dentro da
diferente, ou seja, como uma atitude hostil a toda liberdade de consciência proposta pelo Rito.
coação religiosa ou moral e, por conseguinte, como uma Mas que a Maçonaria fique como ela deve ser,
afirmação de LIBERDADE. quer dizer, uma Instituição aberta a todos os progressos,
Seria cansativo demonstrar nesta resposta todo a todas as idéias morais e elevadas a todas as grandes
um momento filosófico representado pelos “libertinos”, aspirações grandiosas de liberais.
sejam o LIBERTIN D'ESPRIT (Bayle) ou os Libertinos A Assembléia considerando que a Franco-
Eruditos defendidos pelos humanistas, entre outros, Maçonaria não é uma religião que ela não pode
porém o fundamental é dar conhecimento aos leitores conseqüentemente afirmar na sua Constituição
que quando os inimigos dos livres-pensadores e deístas doutrinas ou dogmas, adota o voto nº IX. (Assembléia
pretendiam atacá-los com mais empenho, não Geral de 1817 que aprova as sucessões)
hesitavam em declará-los libertinos, não apenas em Em vista do exposto e da constatação de que o
espírito, mais, igualmente, por um suposto RITO FRANCÊS-MODERNO, embasado com a
comportamento vicioso e desenfreado. aprovação do voto nº IX, adotou o adogmatismo, nada
Sem dúvida, especialmente durante o século mais lógico que a sua atitude de retirar dos trabalhos a
XVII, os sucessores dos libertinos eruditos receberam Bíblia e as invocações dogmáticas impostas. Esta
outros nomes, como LIVRE-PENSADORES. atitude do Grande Oriente da França em 1877, deve ser
Do que foi exposto, precisamos encontrar duas compreendida como a razão de ser da história das lutas
justificativas para a inserção do nome “libertino” na da Maçonaria francesa.
Constituição de Anderson: o cuidado para evitar,
definitivamente, o ingresso de pessoas sexualmente Bibliografia:
viciosas ou a impossibilidade de admitir-se um livre- COSTA, Frederico Guilherme e CASTELLANI, José.
pensador na Maçonaria!!! O RITO MODERNO. A verdade revelada. 3ª Ed. “A
Ora, o nome livre-pensador é sinônimo de Trolha”. Londrina. 2005. 232 p.
libertino (vide José Ferrater Mora, “Diccionario de
*Sapientíssimo do Sublime Capítulo Cícero Berto da Silva
COSTUME DE CASA VAI À RUA
Irmão Antônio do Carmo Ferreira *

U ltimamente, tem sido freqüente


a veiculação de notícias a
respeito de agressões, sofridas por
conviver e competir pelas posições ocupacionais, não somente no
campo político, mas também e sobretudo no profissional. Assim é
preciso examinar se esse Plano conduz à colimação desses anseios,
professores, praticadas por alunos, no recinto considerando que a educação tem a ver com esse processo de
das escolas. Também de aluno contra aluno transformação, em que a escola é um instrumento.
num flagrante desrespeito ao ambiente escolar Não vai ser fácil o implantar desses novos padrões
que deveria ser levado na mais alta conta por educacionais (melhoria da qualidade da educação), porque
todos, até como um ambiente sagrado, diante precisamos aprender os novos conhecimentos na velocidade em
dos fins a que se destina. que eles surgem, e, ao mesmo tempo, encontrar a melhor didática
Daí, para muitos analistas, ser complexo o processo da de transmiti-los. Quer dizer, valorizar o magistério, estimulando as
educação. Pois esta não se exaure na ação do governo, oferecendo a vocações com a remuneração condigna e o respeito que o mestre
escola e estabelecendo o elenco de disciplinas que estruturam os deve merecer. E da parte do alunado, não apenas ensejando a
cursos. escola, mas também o despertando para sua importância na
A educação tem amplitude que excede a escola. construção do amanhã e de sua própria sobrevivência a nível de
Reparando bem, antecede a escola. Antes de ir à escola, a pessoa já bem estar, e envolvendo os pais (até punindo quando for o caso)
recebe educação. Portanto no processo educacional, torna-se quanto à sua obrigação de contribuir para a educação dos filhos que
necessário o envolvimento das organizações, da sociedade, da colocaram no mundo sem que eles pedissem para que isto viesse a
família ou dos pais. E não só do governo. acontecer.
Aliás já está passando do tempo de a gente sepultar esse É tempo de uma reflexão sobre a cantiga do “deixa a vida
miserável costume de colonizado, de ser dependente. Que vem de me levar” que o governo toma conta. Não esperemos nisto, porque
muito longe. De tudo depender do governo. o governo já despertou. Agora mesmo se ensaia o lançamento do
Aqui mesmo, entre nós, temos um exemplo: não PAC da “erradicação da pobreza extrema”, onde se inclui um item
sustentamos o êxito do movimento da Independência condicionante, isto é, o dinheiro vem, mas vinculado à “exigência
desencadeado em 6 de março de 1817. E a Revolução Republicana que as pessoas que já fazem três refeições eduquem seus filhos para
era do povo que, com tanto sacrifício, construía uma pátria para os não dependerem do programa bolsa família”. A realidade está no
brasileiros. Mas, pouco tempo depois – 5 anos – os brasileiros “orai” de todos, para que tudo dê certo, e no “vigiai”, também de
concordavam com a mesma decisão, bastando um “grito” do todos, para que nada deixe de ser feito absolutamente correto.
“Príncipe”, como se o “poder” fosse uma propriedade do rei e não Os maçons estão convencidos de que a tarefa é complexa e
“emanasse do povo”. difícil, que , por isto mesmo, requer o maior envolvimento de todos,
Então não vamos desprezar a iniciativa governamental de mas que se inicia no lar, no seio da família, sob o cuidado dos pais,
enviar ao congresso um Plano Nacional de Educação, como já foi como ensinam as sabedorias erudita e popular – se “a pátria é a
enviado. Contudo é necessário o envolvimento de todos nas família amplificada”, “a rua tem o costume que vem de casa”.
discussões desse Projeto. É preciso ver se ele corresponde a nossos
anseios. Aos anseios de uma Nação que convive com outras nações Fonte: Informabim nº 278, edição de 15 de janeiro de 2011.
num mundo globalizado, correndo ao impulso de uma tecnologia *Grão Mestre do Grande Oriente Independente de Pernambuco e Presidente da
muito veloz que não espera. Em que a nossa juventude vai Associação Brasileira de Imprensa Maçônica – ABIM

XVI Encontro Nacional da Cultura Maçônica EXPEDIENTE


Fundadores: Almir de Araújo Oliveira e Hermano
Cavalcanti Leite.
Conselho Editorial: Almir de Araújo Oliveira,
Hermano Cavalcanti Leite e Misael Martins
Marinho. Registrado no Toscano de Brito Serviço
Notarial e Registral sob o nº. 561.708 do livro B-3192
em 14 de janeiro de 2011.
Projeto gráfico e diagramação: Gráfica Atual: (83)
3262.0728.
Convidamos os Irmãos para se fazerem presentes ao Distribuído via Internet para Irmãos espalhados pelo
XVI Encontro Nacional da Cultura Maçônica, que será
realizado em São Paulo/SP no período de 7 a 9 de abril próximo.
Brasil.
O evento contará com a presença de pesquisadores, Contato: correiofilosofico@bol.com.br - (83)
historiadores, escritores, Imortais acadêmicos e jornalistas 9981.7907.
maçônicos.
No dia 9 de abril, a Editora Maçônica A Trolha lançará Irmão GENILDO ALVES DE ARAÚJO
o livro EDUCAÇÃO & MAÇONARIA, de autoria do Vendedor de Consórcio
Respeitabilíssimo Irmão Antônio do Carmo Ferreira, Grão-
Mestre do Grande Oriente Independente de Pernambuco e Telefones: (83) 9984-8743 - 3231-5710
Presidente da Associação Brasileira de Imprensa Maçônica. CENTRAL DE ARTE EM MÁRMORES E QUIOSQUES LTDA
M a i o r e s i n f o r m a ç õ e s n o s i t e : Avenida Expressa Tancredo Neves nº. 178, loja “A”
http://www.atrolha.com.br/asp/default.asp. Tel.: (83) 3224.4599
COMPAREÇA, VALORIZE A CULTURA MAÇÔNICA. Irmão Dix-Sept Bonifácio
CONSIDERAÇÕES SOBRE ATITUDES disse: - Você foi muito brilhante para um primeiro. Isso é
imperdoável!”.
O Brilhante do Primeiro Discurso Imperdoável não é ser inteligente. Imperdoável é ser
Irmão José Maurício Guimarães*
Circula na internet, com sádica insistência, um texto mentiroso, é mascarar o pensamento ou o sentimento com o intuito
intitulado "MEDO CAUSADO PELA INTELIGÊNCIA" de ser bem aceito, bem eleito ou bem nomeado. Imperdoável é
descrevendo um episódio (real ou imaginário) da vida de Sir prometer e não cumprir; é driblar a lei para conseguir alguma
Winston Leonard Spencer-Churchill - Churchill para os íntimos. mamata. Imperdoável é falar do que não se sabe e de má-fé.
Em resumo, é o seguinte: Churchill, ainda jovem, acabara de Imperdoável é ensinar errado, é ostentar um conhecimento falso.
pronunciar seu primeiro discurso na Câmara dos Comuns, quando Imperdoável é a picaretagem e a maracutaia.
foi abordado por um velho parlamentar que fez esta admoestação: Se prevalecesse a vã filosofia de gaguejar nas primeiras
- "Meu jovem, você cometeu um grande erro. Foi muito vezes, tropeçar e ficar encolhido na sombra, não existiriam Cícero,
brilhante para um primeiro discurso. Isso é imperdoável! Devia ter nem Mozart, Pascal, Rui Barbosa, Stephen Hawking, Garry
começado mais na sombra, devia ter gaguejado... a inteligência Kasparov, Bill Gates e outros tantos. Teríamos só macacos
que você demonstrou hoje deve ter atraído, no mínimo, uns trinta ensinados.
inimigos contra sua pessoa. O talento assusta!" Não nasci ontem, nem venho de anteontem. Quando
Não gosto dessa historinha, principalmente porque vem Winston Churchill morreu, eu tinha 19 anos e, logo depois, na
acompanhada de débeis comentários considerando a lição do velho Universidade, mergulhado com meus colegas na fartura daquela
como algo edificante. Não é. No desenvolvimento do texto, que a biblioteca líamos, em inglês, a autobiografia de Churchill My Early
cada versão aparece modificado para pior, o ancião reconhece que a Life; e não me lembro de ter topado com a história jocosa do
Câmara dos Comuns era uma “assembléia de vedetes políticas” - famigerado parlamentar e seus desconselhos... Seria uma nota de
seria também ele uma dessas vedetes? ou apenas um inoportuno pé de página? Mas, há um ponto que merece ser ressaltado: a
amigo do pai de Winston? Um grandessíssimo amigo-da-onça, isso inteligência assusta e o talento atrai inimigos. Isso é verdade. Os
sim! que têm inteligência não podem ser admitidos nas assembléias das
De forma melosa, a narrativa tenta conquistar a simpatia vedetes porque a burrice precisa de espaço para nadar de braçada.
dos leitores descrevendo que o velho pôs a mão no ombro de Nessas assembléias a estultice chega sempre na frente e ocupa os
Churchill e disse, em tom paternal... Em verdade, tom invejoso, primeiros lugares. Mas é na inteligência que progresso se apóia.
paternal jamais! Que pai aconselharia o filho a gaguejar na sombra Nós, os mais velhos, no uso possível dos dons da
sabendo do seu preparo e inteligência? O pai de Winston era Lord moderação, da temperança e da sensatez temos o DEVER de
Randolph Henry Spencer-Churchill, membro do Parlamento e ex- indicar novos caminhos aos aprendizes da vida e recomendar-lhes o
aluno do centenário Eton College. Ele jamais colocaria a mão no seguinte: - que se preparem antes do primeiro discurso e continuem
ombro do filho para transmitir uma asneira desse quilate como estudando sempre antes de proferir qualquer outro discurso e pelo
herança. resto de suas vidas. Que falem e escrevam somente do que
Já o mau parlamentar tentou iniciar o jovem Churchill na souberem e for garantido pela Ciência, pela História, pela
arte da simulação e da mentira. Quis fazer dele mais um ator na Filosofia; e que, assim, não inventem nada por conta própria. (O
longa fila dos malandros e astuciosos, dos fingidos e hipócritas. mundo está repleto de pessoas que estudam e, quando menos
Velha raposa da Câmara, ele já sabia de antemão o número de esperamos, alguém mais credenciado lê o que escrevemos e ouve o
inimigos atraídos - "no mínimo uns trinta". A mão no ombro, que falamos do alto da tribuna.)
aparente intimidade e falsa carícia, equivale ao tapinha-nas-costas Nós, os mais velhos, temos o dever de recomendar aos
e ao beijo de Judas. jovens aprendizes um movimento amplo, largueza de espírito,
Felizmente, Winston Churchill não deu ouvidos ao extrema liberdade e que questionem sempre! mesmo que o livre
calhorda. Permaneceu verdadeiro, direto, corajoso e firme em suas pensamento custe algumas amizades, gere inimizades e perdas
posições e opiniões. Foi por esses degraus que ele se tornou aparentes. A gente só perde o que realmente nunca possuiu. E temos
escritor, historiador, e brilhante orador. O mundo reconhece e que ensinar por intermédio do exemplo essas verdades: que a
reverencia sua memória como grande estadista, oficial do Exército autoridade não pode ser colocada acima da verdade. E que a honra
Britânico, duas vezes primeiro-ministro, principal estrategista, para se ocupar posições entre os homens deve originar-se do voto
líder e articulador diplomático durante a Segunda Guerra. livre ou do mérito público e notório - jamais do tapinha-nas-costas.
Como artista, pintou vários quadros de valor e recebeu o Tudo isso Sir Winston Leonard Spencer-Churchill
Prêmio Nobel de Literatura. Foi o primeiro político europeu aprendeu sem dar ouvidos àquela pretensa "lição de abismo" que
agraciado como cidadão honorário dos Estados Unidos. Portanto, serviria, no máximo, para empurrá-lo em direção ao buraco.
Winston desmentiu a balela de que se deve começar na sombra e Fonte: e-mail encaminhado pelo autor.
gaguejando. * Primeiro Venerável Mestre e fundador da Loja Maçônica de Pesquisas Quatuor Coronati
O velho parlamentar é que permaneceu na obscuridade e Pedro Campos de Miranda. Membro Efetivo da Academia Mineira Maçônica de Letras.
acabou desaparecendo na areia movediça da História. Ninguém
sabe o nome daquele pífio conselheiro.
Há mais uma impropriedade nessa piada quando o homem
CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA
• INFORMABIM (Informativo da Associação Brasileira de
Imprensa Maçônica), edições 280 e 281.
NOTA DE FALECIMENTO • Pesquisador Maçônico nº 68.
• E-mails dos Irmãos Ivan Santos e Luiz Augusto Lima e Silva.

O Capítulo Luiz Antônio dos


Santos Lima nº
Maçons do Real Arco, sediado em
29 de Bar & Restaurante
Natal/RN, comunica o falecimento do
Companheiro IRAN DE SOUSA CAMPOS
ocorrido no último dia 30 de março, às 20:00
h o r a s , n a C a p i t a l p o t i g u a r. A o s
Companheiros norteriograndenses e Av. Dom Pedro II, 2153 - Torre - Fone: (83) 3243-8774
familiares do falecido nossos sentimentos.
Irmão Carlos Alberto - (83) 8898-8010