Você está na página 1de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS – UNILESTE/MG

DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO I


Prof.: Edson Carlos de Araujo; Email: edson.unileste@gmail.com

Aula 12 – 02/05/2011

Lista de Exercícios : Aglomerante (cimento) e Agregados

1 - Qual a importância de se determinar a finura do cimento Portland? Quais as vantagens do cimento


em grãos mais finos?

2 - Conceitue o tempo de início e fim de pega.

3 - Qual a importância da determinação da massa específica do cimento portland?

4 - Qual a diferença entre o CPII-E-32, CPIII-32, CPIII-32RS?

5 - Qual a importância da determinação da expansibilidade da pasta de cimento?

7 - O que se entende pelos seguintes termos:


Alita, Belita, Clinquer.

8 – Explique qual tipo de cimento você usaria para:


a) Construção em clima frio;
b) Construção de uma barragem;
c) Fabricação de tubos de esgotos em concreto armado.

9 – Discuta as principais diferenças na composição química e física entre um cimento Portland comum
(Tipo I) e um de alta resistência inicial (ARI).

10 – Porque a gipsita é adicionada ao clinquer de cimento? Qual é a quantidade de gipsita normalmente


adicionada?

11 – Onde os agregados são utilizados? Cite e descreva cada um.

12 – Defina :
Pó de pedra;
Areia de Brita;
Fíler;
Bica corrida;
Rachão;
Restolho;

13 – Defina , Agregado Natural , exemplifique;

14 – Quais as características principais da areia.

15 – O que é modulo de finura de um agregado? Porque é importante determiná-lo em uma análise


granulométrica?

16 – Defina: massa específica de um agregado, massa específica aparente de um agregado.

17 – A distribuição granulométrica tem influencia na trabalhabilidade do concreto fresco? Explique.

18 – No item “Propriedades do concreto ligaadas ao Agregado” descreva sobre:


- Resistência a compressão;
- Retração;
- Durabilidade;
- Trabalhabilidade;
- Permeabilidade;
- Higroscopia.

Referencias

Falcão Bauer, L.A. Materiais de Construção. Ed. Livros Técnicos e Científicos Ltda.

MEHTA, P. K.; MONTEIRO, P.J.M. Concreto, Microestrutura, Propriedades e Materiais. São Paulo, IBRACON, 2008.