Você está na página 1de 3

Os Primeiros Jornais no Brasil – o começo.

Por causa da censura e da proibição de tipografias na colônia, impostas pela Coroa


Portuguesa, o Brasil tardou a conhecer a imprensa.

Somente em 1808 é que surgem os dois primeiros jornais brasileiros. Em junho, o Correio
Braziliense, editado e impresso em Londres pelo exilado Hipólito da Costa e em setembro
do mesmo ano, a Gazeta do Rio de Janeiro.

A ironia da história é que, nem o Correio Braziliense é propriamente brasileiro e nem a


Gazeta do Rio de Janeiro é propriamente imprensa.

O Correio Braziliense foi fundado em Londres, e ali editado durante todos os 14 anos de
sua existência, pelo brasileiro exilado Hipólito da Costa, que fazia praticamente sozinho
uma publicação de até 150 páginas. Através desse veículo, remetido clandestinamente para
o Brasil, Hipólito defendia idéias liberais como o fim da escravidão, dando ampla cobertura
à Revolução Pernambucana de 1817 e aos acontecimentos de 1821 e de 1822 que
originaram a Independência do Brasil.

A Gazeta do Rio de Janeiro era um jornal oficial, dedicado aos comunicados de governo e
aos louvores à família real. Dos equipamentos que serviu para criar a Imprensa Régia,
primeira editora plantada em terras brasileiras, saiu depois a Gazeta.

O Farol Paulistano foi o primeiro jornal impresso na então Província de São Paulo, era seu
editor José da Costa Carvalho. De linha editorial liberal, foi fundado em 7 de fevereiro de
1827.

No nordeste, em maio de 1811, a província da Bahia passou também a produzir seu


periódico, o Idade D’Ouro do Brazil, impresso na Tipografia de Manoel Antônio da Silva
Serva. A partir dos anos 1920 surgiram publicações como o Diário do Governo do Ceará
(abril de 1824), e em setembro de 1832 o primeiro número de O Natalense, o primeiro
jornal do Rio Grande do Norte, que era impresso no Maranhão, Pernambuco ou Ceará,
porque não havia prelo na província.

Na área de jornais específicos, por exemplo, O Patriota, redigido por Manuel Ferreira
Araújo Guimarães, na capital, foi o primeiro periódico brasileiro a publicar artigos
literários, políticos e mercantis. O sexo feminino foi um dos primeiros periódicos a advogar
pelo sufrágio feminino.
Os meios de comunicação nos dias de hoje.

Muita coisa mudou na indústria da comunicação nos últimos dez anos. Devido as
constantes instabilidades econômicas houve queda na circulação de jornais e revistas e a
retração do mercado publicitário, com isso as empresas acumularam prejuízos no início dos
anos 2000. Após um intenso processo de reestruturação, que incluiu a venda de patrimônio,
a redução de custos, a revisão de processos e mudanças nos modelos de gestão, os grupos
de mídia voltaram a gerar caixa e a lucrar.

Em 2010 os principais grupos de comunicação do País faturaram 20% a mais, em


comparação ao ano anterior, com receita superior a R$18 bilhões. Isso aconteceu devido ao
bom momento vivido pela economia, com aumento de nível de emprego e da renda dos
brasileiros. Com as finanças em ordem, as empresas de comunicação centraram forças e
investimentos no meio digital, na busca de novas fontes de receita e no ganho de
produtividade.

Alguns números:

As Organizações Globo, que detém 60% do mercado publicitário do País, é a empresa com
o maior faturamento de mídia do Brasil e faturou, em 2010, R$10,4 bilhões. No mesmo
período, o Grupo Abril registrou faturamento superior a R$3 bilhões. Na terceira posição
aparece o Grupo Folha com receita de R$2,7 bilhões.

Jornais impressos:

Atualmente, existem 652 jornais diários no Brasil.

São impressos mais de 08 milhões de exemplares por dia.

Em 2010, os cinco maiores jornais foram:

1) O TEMPO – BELO HORIZONTE-MG – 295 MIL EXEMPLARES

2) FOLHA DE SÃO PAULO – 294 MIL EXEMPLARES

3) O GLOBO – RIO DE JANEIRO – 265 MIL EXEMPLARES

4) EXTRA – RIO DE JANEIRO – 242 MIL EXEMPLARES

5) O ESTADO DE SÃO PAULO – 240 MIL EXEMPLARES


Fonte: ANJ, ABRE, ADJORI/SC, ADJORI/RS, ADI/Brasil e Mídia Dados

RONQUILLO, Ulysses. Os primeiros jornais do Brasil. [S.l] Imagens e Letras, [2011?]. Disponível
em:<http://olavosaldanha.wordpress.com/2011/04/15/os-primeiros-jornais-do-brasil/>. Acesso: 19
maio 2011.