Você está na página 1de 2

1

FUNÇÃO EXPONENCIAL
Professor Cláudio Kaneko
Dúvidas - E-mail: claudiokaneko@hotmail.com
Definição
EQUAÇÃO EXPONENCIAL Chama-se função exponencial de base a, a função
x
f(x) = a , onde a é um número real positivo e diferente de um
Chama-se Equação Exponencial, a toda equação, onde (1 ≠ a > 0), definida para todo x real.
a variável encontra-se localizada no expoente.
Exemplos:
Exemplo: x
a) y = 2 → função exponencial de base 2.
x x+1 x
a) 2 = 8 b) 2 + 2 = 16 x
b) f(x) = (1/2) → função exponencial de base 1/2.
Classificação De Uma Equação Exponencial Representação Gráfica
Uma Equação Exponencial poderá ser classificada
como: Equação Exponencial Simples (um termo em cada
membro) e Equação Exponencial Por Artifício (mais de um
termo em um de seus membros).

Exemplo:
x
a) 2 = 8 (Equação Exponencial Simples)
x+1 x
b) 2 + 2 = 16 (Equação Exponencial Por Artifício)

Resolução De Uma Equação Exponencial Simples


Para resolvermos uma Equação Exponencial Simples,
torna-se obrigatório igualarmos as bases dessa equação.
Pois em toda exponencial, bases iguais geram expoentes
também iguais.
INEQUAÇÃO EXPONENCIAL
Resolução De Uma Equação Exponencial Por Artifício Para resolvermos uma inequação exponencial, devemos
Para resolvermos uma Equação Exponencial Por escrevê-la em potências de mesma base ou em potências de
Artifício, pode-se transformá-la em uma Equação Exponencial mesmo expoente, procedendo da seguinte maneira:
Simples, para assim, igualarmos as bases dessa equação. 1) Quando as bases são maiores que 1, a relação de
desigualdade se mantém para os expoentes.
Aplicações Diretas 2) Quando as bases estão compreendidas entre 0 e 1, a
relação de desigualdade se inverte para os expoentes.
01. Resolva as equações:
x x x–9 x+1
a) 2 = 8 c) 3 = 81 f) 8 = (1/2) Aplicações Diretas
x+2 x–1 3x+1
b) 2 = 16 d) 4 = 1/2 g) (2/3) =1
3 05. Determine o conjunto verdade das inequações,
32 x
02. Encontre o valor de “x” na equação: 83 x = admitindo-se U = IR:
4 x −1 x
a) 3 > 27
x
c) (1/3) > 1/9
03. Resolva os seguintes sistemas: x
b) 2 < 16
x
d) (1/4) ≤ 1/16
2 x + 3 y = 11 5 x + y = 1
 APLICAÇÕES DA FUNÇÃO EXPONENCIAL
a)  b)  x y 1
2 x − 3 y = 5 3 ⋅ 9 = O crescimento exponencial é característico de
 9 certos fenômenos naturais. No entanto, de modo geral não
x
04. Resolva as seguintes equações. se apresenta na forma a , mas sim modificado por
x+1 2x x
a) 3 . 4 = 96 c) 2 – 9 . 2 + 8 = 0 constantes características do fenômeno, como em:
x+2 x–1
b) 2 + 2 = 18 kx
f(x) = C . a

FUNÇÃO EXPONENCIAL
 TESTES DE VESTIBULARES
Exemplo Introdutório
Certo tipo de vegetação dobra sua área mensalmente. 1ª QUESTÃO – FMJ/SP
2
Estando com uma área inicial de 1m , vamos determinar a
2
expressão analítica que exprime a área y (dada em m ) em O número de bactérias de uma cultura, t horas após o
função do tempo x (dado em meses). início de certo experimento, é dada pela expressão
0,4t
Área inicial: 1m
2 N(t) = 1200 . 2 .Nessas condições, quanto tempo após o
Área após 1 mês: 2m
2 início do experimento a cultura terá 38 400 bactérias?
2
Área após 2 meses: 4m = 2 m2
2 a) 12h05’ c) 12h50’
2
Área após 3 meses: 8m = 2 m
3 2 b) 12h d) 12h30’ e) 12,5’
2 4 2
Área após 4 meses: 16m = 2 m
⋮ 2ª QUESTÃO – Mack/SP
x 2
Área após x meses: 2 m Inicia-se a criação de certa espécie de peixe em um lago.
x
Estudos indicam que o número N de peixes, decorrido m
Então a expressão procurada é y = 2 3
meses, é dado pela fórmula: N = 5.10 – 5.10 .2
2 0,1m
.
Funções desse tipo são chamadas EXPONENCIAIS. Assim, encontre m, para que nesse lago, haja
aproximadamente 4000 peixes.
Sistema de Ensino Nazaré
Av. Nazaré, 1307 1
3ª QUESTÃO – Mogi/SP 10ª QUESTÃO – UFRJ
O número N de decibéis e a potência I de um som Um empregado está executando a sua tarefa com mais
-0,5t
medida em watts por centímetro quadrado estão relacionados eficiência a cada dia. Suponha que N = 640 (1 – 2 ) seja o
N número de unidades fabricadas por dia por esse empregado,
pela fórmula I = 10-16. 10 10 . O número de decibéis após t dias do início do processo de fabricação. Se, para t =
correspondente ao som provocado por tráfego pesado de t1 e N = 635, determine t1.
-8
veículos, cuja potência é estimada em 10 watts por
centímetro quadrado, é igual a: 11ª QUESTÃO – FGV/SP
a) 40 c) 120
O crescimento de uma determinada população após t
b) 80 d) 160 e) 200
anos a partir de um instante t = 0 é dado por
0,25t
P(t) = P(0) . 3 , onde P(t) indica a população no instante t.
4ª QUESTÃO – U. Amazonas/AM Após quanto tempo a população triplicará?
Em pesquisa realizada, constatou-se que a população
(P) de determinada bactéria cresce segundo a expressão 12ª QUESTÃO – Adaptada
t
P(t) = 25 . 2 , onde t representa o tempo em horas. Para
A radioatividade é um fenômeno que ocorre em núcleos
atingir uma população de 400 bactérias, será necessário um
de átomos instáveis por emitirem partículas e radiações.
tempo de:
Núcleos instáveis em geral são grandes e, por isso, emitem
a) 4h c) 2h30’
partículas e radiação para tornarem-se estáveis. A medida de
b) 3h d) 2h e) 1h
tempo na qual metade da quantidade do material radioativo
se desintegra é denominada meia-vida ou período de
5ª QUESTÃO – Cefet/PA semidesintegração (P). O valor da meia-vida é sempre
No período de eleição, os canais de televisão constante para o mesmo elemento químico radioativo. Assim,
disponibilizam um horário de propaganda gratuito. Admita a cada período de tempo P a quantidade de material
que um certo candidato apareça diariamente num certo radioativo reduziu-se à metade da anterior, sendo possível
horário e “n” dias após o início da aparição o número “P” de relacionar a quantidade de material radioativo a qualquer
pessoas que ficam conhecendo o candidato é dado pela tempo com a quantidade inicial por meio da função
n t
expressão P = 5 + 5 . (25) . Se 3 130 pessoas já viram o
candidato no horário de propaganda na televisão, então “n” é  1 P
N(t) = N0 .   , em que N0 é a quantidade inicial do material
igual a: 2
a) 3 c) 4 radioativo, t é tempo decorrido e P é o valor da meia-vida do
b) 2 d) 1 e) 5 material radioativo considerado. Usando essas informações
resolva o problema:
6ª QUESTÃO – USF A PET (Positron Emission Tomography) é uma das
melhores técnicas de tomografia para obtenção de imagens
Em uma cultura de bactérias, o número aproximado de
do corpo humano, permitindo melhores definições de imagem
indivíduos em função do tempo t (em horas) é dado por
0,2t usando menos radiação do que outras técnicas. Os isótopos
f(t) = 100. 3 . Após quantas horas essa cultura terá 2 700
mais usados nos radiofármacos injetados nos pacientes
indivíduos?
submetidos ao processo PET são o carbono-11, o nitrogênio-
13, o oxigênio-15 e o flúor-18, cujas meias-vidas são
7ª QUESTÃO – IMS respectivamente de 20, 10, 2 e 110 minutos. Como os
Uma máquina, ao sair da fábrica, sofre uma isótopos usados têm meia-vida muito curta, assim que um
desvalorização constante pelo seu uso, representada pela desses isótopos é obtido, restam poucos minutos para
t
função P(t) = 50 + 5 , onde P é o preço da máquina (em sintetizar o radiofármaco e injeta-lo no paciente. Desta forma,
reais) e t o tempo de uso (em anos). Determine, o tempo para em quanto tempo uma amostra de carbono-11 se reduz a
que essa máquina passe a custar R$ 75,00. 25% do que era quando foi obtida?

8ª QUESTÃO – UFGO 13ª QUESTÃO – Vunesp/SP


Uma casa popular na periferia de uma certa cidade Uma substância se decompõe aproximada - mente segundo
-0,5t
brasileira vale atualmente R$ 20 000,00, porém o abandono a lei Q(t) = K . 2 , na qual K é uma constante, t indica o
sofrido pelo imóvel e a ação do tempo, tem feito com que o tempo (em minutos) e Q(t) indica a quantidade de substância
mesmo se desvalorize 10% a cada ano sem nenhuma (em grama) no instante t.
reforma. A expressão V(t) que dá o valor do imóvel após t Considerando-se os dados desse processo de
t
anos é dada por: V(t) = 20 000. (0,9) . Desta forma, após decomposição mostrados no gráfico, determine os valores de
quanto tempo o imóvel valerá R$ 16 200,00? K e a.
Q
9ª QUESTÃO – UFPA
Uma das práticas mais prazerosas da relação humana – 2048 • GABARITO – Testes De Vestibulares
o beijo – pode ser, paradoxalmente, um dos maiores meios 01. D / 02. 10 / 03. B / 04. A / 05. B / 06. 15 h /
de transmissão de bactérias. Supondo que o número de 07. 2 anos / 08. 2 anos 09. A / 10. 14 dias /
bactérias (N) por beijo (b) é determinado pela expressão 11. 4 anos / 12. 40 min / 13. K = 2048 e a = 4
b
N(b) = 500 . 2 , para que o número de bactérias seja 32 000
você terá de dar:
a) 6 beijos c) 8 beijos 512 •
b) 5 beijos d) 7 beijos e) 4 beijos
a t
0

Sistema de Ensino Nazaré


Av. Nazaré, 1307 2