A - Exercícios resolvidos 1 ± E.E.

Lins/1968 Dados os vértices P(1,1) , Q(3,- 4) e R(- 5,2) de um triângulo, o comprimento da mediana que tem extremidade no vértice Q é: a) 12,32 b) 10,16 c) 15,08 d) 7,43 e) 4,65 Solução: Seja o triângulo PQR abaixo: Sendo M o ponto médio do lado PR, o segmento de reta QM será a mediana relativa ao lado PR. Sendo os pontos P(1,1) e R(-5,2), o ponto médio M será: M(-2, 3/2). Observe que: -2 = [1 + (- 5)]/2 e 3/2 = (1 + 2)/2. Em caso de dúvida, reveja Geometria Analítica clicando AQUI. O comprimento da mediana procurado, será obtido calculando-se a distancia entre os pontos Q e M. Usando a fórmula da distancia entre dois pontos, vem:

Portanto, a alternativa correta é a letra D. 2 ± EPUSP/1966 Os pontos do plano cartesiano que satisfazem à equação sen(x ± y) = 0 constituem: a) uma reta b) uma senóide c) uma elipse

.. Logo: sen(x ........y) = 0   x ± y = kT Daí.x + kT @ y = x .. vem: ................T ... deveremos ter necessariamente: x + y = 0 ou x ± y + 1 = 0 . ... podemos escrever: (x ± y)(x + y) + (x + y) = 0......... obteremos um número infinito de retas de mesmo coeficiente angular m = 1 e.. fica: (x + y) (x ± y + 1) = 0 Para que o produto acima seja nulo..... .... ...... ....... 3 ± A equação x2 ± y2 + x + y = 0 representa no sistema de coordenadas cartesianas: a) uma hipérbole b) uma elipse c) uma circunferência d) uma parábola e) duas retas Solução: Temos: x 2 ± y2 + x + y = 0 . 3T ...... onde k é um número inteiro....1 reta: y = x + T k = 0 reta: y = x k = 1 reta: y = x .. T .... e assim sucessivamente... Observe que (x-y)(x+y)= x 2 ... Portanto. paralelas....... k = .....y = .. Logo.d) um feixe de retas paralelas e) nenhuma das respostas anteriores Solução: O seno é nulo para os arcos expressos em radianos: 0................. ou seja: .. Fazendo k variar no conjunto Z........... a alternativa correta é a letra D (um feixe de retas paralelas). 2T ...kT . 4T........... k  Z.... . portanto... kT ....y2 Fatorando....

2 ± EPUSP/1963 ± Dado o ponto A(1. sendo M(-1. Resposta: P(4/3. Em caso de dúvida. situados respectivamente sobre as retas y = x e y = 4x. Resposta: y = 2x + 2 . Em caso de dúvida.y = .reveja circunferência.Exercícios propostos 1 ± FAUUSP/1968 ± Determine a área do triângulo ABC onde A. determine as coordenadas de dois pontos P e Q. os pontos médios dos segmentos MN.4/3) e Q(2/3.x ou y = x + 1.2). N(1. o que nos leva à alternativa E. respectivamente. -5). reveja equação da reta. B .3) e P(7.8/3) 3 ± FAUUSP/1968 ± Determine a equação da reta que passa pelo centro da circunferência de equação 2x 2 + 2y2 + 4x + 1 = 0 e é perpendicular à reta de equação x + 2y . de tal modo que A seja o ponto médio do segmento PQ. Em caso de dúvida. -5). NP e PM. B e C são. que são as equações de duas retas. reveja ponto médio de um segmento e cálculo de área de um triângulo. Resposta: 8 u.a (8 unidades de área).1 = 0.

então dAB = portanto. ² Considerando os vértices de um triângulo ABC.7) é 6? ² A área de um triângulo pode ser calculado pela metade do módulo do determinante formado pelas coordenadas dos três vértices. S = 1/2. d AC = 5 e daí o triângulo tem dois lados iguais AB = BC logo. B e C são vértices de um triângulo. onde A(1. para calcular os valores dos lados. para calcular basta utilizar a fórmula d BM2 = (7/2 ± 3)2 + (9/2 ± 5)2 = (1/2)2 + (±1/2)2 = 1/4 + 1/4 = 1/2. ² Para obter uma mediana é necessário encontrar o ponto médio do lado oposto ao vértice que se tem. A distância entre o vértice B e o ponto médio M de AC é a mediana pedida. o triângulo é obtusângulo. basta encontrar as distâncias entre esses vértices dois a dois. .5) e C(7. Como o maior lado ao quadrado é maior que a soma do quadrados dos outros dois.5) e C(6.Exercícios Resolvidos ² Sendo A(1. o ponto médio de BC é MAC(7/2.7) vértices de um triângulo.2). B(3.2). ±2k ± 6 e como a área deve ser 6 temos 6 = 1/2. é dado por x M = (xA + xC) / 2 = (1 + 6) / 2 = 7 / 2 e yM = (yA + yC) / 2 = (2 + 7) / 2 = 9 / 2 então. a distância entre dois vértices é um lado. B(3. Calculando o determinante temos. ² Para que valor de k a área do triângulo de vértices A(k. ou seja. O ponto médio a encontra é o do segmento AC e portanto. classifique esse triângulo.9/2). neste caso o vértice B. d BC = a distância entre B e C é dBC2 = (6 ± 3)2 + (7 ± 5)2 = 9 + 4 e e a distância entre A e C é dAC2 = (6 ± 1)2 + (7 ± 2)2 = 25 + 25 e daí.(±2k ± 6) ou 12 = ±2k ± 6 ou 2k = ±6 ±12 ou k = ±9. dAB2 = (3 ± 1)2 + (5 ± 2)2 = 4 + 9. B(3.5) e C(6. ² Como os pontos A.2). em relação aos lados ele é isósceles (pelo menos dois lados iguais) e em relação aos ângulos: pegamos o maior lado e elevamos ao quadrado d AC2= 50 e a soma dos outros dois lados ao quadrado é d AB2 + dBC2 = 13 + 13 = 26. d BM = /2.7) encontre a mediana BM.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful