1 – INTRODUÇÃO Uma coisa muito comum na vida de todos nós, pelo menos na vida da grande maioria da população brasileira

, são as tão onipresentes prestações, visto que nem sempre possuímos a quantia necessária para realizarmos a compra à vista daquele bem tão imprescindível e principalmente por não termos a cultura de acumular mês a mês um certo valor, até totalizarmos o valor necessário. Quando não há na operação de compra, pelo menos de forma declarada, a cobrança de juros, basta que dividamos o valor da mercadoria pelo número de parcelas, para obtermos o valor de cada prestação, mas e no caso de haver incidência de juros, é necessária a utilização do chamado coeficiente financeiro que auxiliará de forma decisiva, tanto para o vendedor como para o comprador de um determinado produto, no cálculo dos valores reais de prestações, dos juros bem como do valor do valor de venda a prazo de produtos. 2 - CONCEITO E UTILIZAÇÃO DO COEFICIENTE FINANCEIRO O coeficiente de financiamento é um fator financeiro que multiplicando o valor presente de um financiamento apura o valor de cada prestação. O cálculo do coeficiente de financiamento tem como variáveis tanto a taxa de juros, quanto o número de períodos da operação. Ele é calculado através da seguinte fórmula:

A variável CF representa o próprio coeficiente de financiamento, já as variáveis i e n representam respectivamente a taxa de juros cobrada pelo financiamento e o período ou número de parcelas mensais, já que quase invariavelmente as prestações são mensais. Assim como nos cálculos envolvendo juros simples e juros compostos, no caso do cálculo de prestações tanto a taxa de financiamento, quanto o período, devem estar na mesma unidade de tempo, ou seja, como geralmente as prestações são mensais, a taxa de juros também deverá ser expressa ao mês para evitar erros na configuração do coeficiente financeiro.

Após encontrar o resultado do coeficiente financeiro é necessário identificar o valor das parcelas que é identificado pela variável PMT utilizando.00 x 0.70% a. e n = 60 meses de R$ 940.02671694.96.00.(valor de cada prestação durante sessenta meses) .017 )60]} CF = 0.990. vidro e travas elétricos e alarme sem entrada: PV = R$ 30.00.00.990. Aline o veículos estão com as seguintes identificações de venda: a) Celta 4(quatro portas) com ar-condicionado. revendedora de veículos da Chevrolet. Segue abaixo a análise realizada com base nas informações mencionadas nos itens “a)” e “b)” Referente à letra “a)” temos: CF = i / { 1 – [ 1 / ( 1 + i )n]} CF = 0. i = 1. Sra.70% a. e os demais PV e CF representam respectivamente o valor presente do produto sem os juros e o coeficiente financeiro. o valor do presente do produto na fórmula mencionada abaixo: A variável PMT representa o valor da prestação. é claro. Segundo informações da vendedora. 4 – APLICAÇÕES A equipe responsável por este projeto realizou uma pesquisa junto à empresa Cauê Veículos.00.(coeficiente financeiro) PMT = PV x CF PMT = R$ 30.m.017 / { 1 – [ 1 / ( 1 + 0.m. b) Corsa Classic 4(quatro portas) com ar-condicionado sem entrada: PV = R$ 29. e n = 60 meses de R$ 912. referente aos preços de venda com e sem entrada dos veículos dos modelos Celta e Corsa Classic. i = 1.02671694 PMT = 827.990.

990.00 x 0. Sra.02671694 PMT = 801.017 / { 1 – [ 1 / ( 1 + 0.(coeficiente financeiro) PMT = PV x CF PMT = R$ 29.(valor de cada prestação durante sessenta meses) Concluí-se que o valor repassado pela revendedora. . Aline referente aos itens “a)” e “b” estão diferentes do valores reais que são baseados nas fórmulas das variáveis CF e PMT mencionadas na parte teórica deste projeto.24. Referente à letra “b)” temos: CF = i / { 1 – [ 1 / ( 1 + i )n]} CF = 0.017 )60]} CF = 0. Aline referente ao item “a)” está diferente o valor real que é baseado nas fórmulas das variáveis CF e PMT. Sra.02671694.Concluí-se que o valor repassado pela revendedora.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful