Você está na página 1de 6

MODULO 02 CAPITULO 05 TEXTOS PARA DISCUSSÃO A discriminação racial está espalhada pelo Brasil, muito antes que qualquer

outro tipo de preconceito. Tanto é que o trabalho escravo foi executado por negros por serem incluídos a uma classe inferior e por natureza, são escravos. As praticas de racismo são diversas e se apresenta de diferentes formas; por meio das estatísticas sobre escolaridade, mercado de trabalho, criminalidade, presença nas artes e outros se pode perceber o problema na prática. Tratando-se especificamente do mercado de trabalho, inúmeras são as atitudes racistas que acabam dificultando a inserção do negro em áreas que exigem maior especialização. A exigência da “boa aparência” o assédio à mulher, a ocupação de cargos inferiores, são exemplos do problema. Para qualquer estatística que se olhe, o cenário é idêntico; o racismo ainda é a forma mais clara de discriminação na sociedade brasileira, aprazar de não admitir o brasileiro seu preconceito. Obviamente que a baixa condição sócio-econômica em que vive grande parte dos negros é à base da reprodução desta mesma situação, mas sem dúvida alguma o atributo cor torna mais difícil romper este limite de vida marginal do negro. Somente através da integração (biológica, social e cultural) o negro poderia se incorporar ao corpo da nação brasileira. AMPLIANDO A DISCUSSÃO Como deve ser o papel de uma escola para se alcançar uma altentica democracia racial Como qualquer assunto que se trabalha na escola, a questão racial pede mais que boa vontade requer conhecimento. Para discutimos matemática com os alunos temos que dominar o assunto. Agora quando vamos falar de racismo falta conhecimento sobre o assunto isto impede que o professor faça o trabalho que deve ser feito contra o preconceito racial, graças a este curso temos oportunidade de conhecer um pouco mais sobre um assunto que tantos falam, mas muito pouco trabalhado nas escolas mesmo por não ter muito conhecimento do assunto. Quando trabalhamos a questão racial não podemos esquecer que estamos falando de pessoas que estão vivas em nossas salas e que possui sua historia e que já contribuíram, de acordo essas mesmas historias e com as relações postas na sociedade, os seus conceitos sobre o que é ser negro, branco, japonês ou índio. É necessário, portanto que os professores tenham uma formação para discutir esse tema e saber trabalhar com os conhecimentos que o aluno traz que é imposto pela sociedade.Para isso primeiro temos que fazer uma viagem com eles de volta a historia e estudar como e porque surgiu a escravidão e quais os critérios que usaram para dominar outro ser humano porque utilizaram a cor da pele, para dizer que uma raça é inferior a outra.

mas da o respeito que eles merecem e subestimam a importância que tem para a nossa cultura. O trabalho não pode ocorrer isolado é necessário envolver o maior numero de professores possível e uma reflexão sobre o tema e adequar a série a qual esta trabalhando para que realmente alcance o objetivo. Somente com um trabalho sério nas escolas poderemos alcançar uma democracia racial justa para todos. não teve uma política para colocá-los dentro da sociedade. que lhes da se condições de tratamento igual tanto para brancos como para negros. e condições reais para poderem superar os maus tratos que tiveram quando eram mantidos como escravos. para que eles envolvam na discussão. onde tenham os mesmos direitos e oportunidades. 6º capitulo texto para discussão diferenças raciais no Brasil No Brasil mesmo depois da abolição dos negros.Este trabalho deve ter inicio nas series iniciais porque as crianças já trazem este preconceito de casa. A cultura brasileira tem grande influencia da raça negra. Trabalhar em forma de problematização a discriminação racial. já que sabemos que a raça negra é tanto capaz quanto a raça branca para qualquer serviço.Se puder trabalhar desde das series iniciais a questão racial podemos mudar a sociedade preconceitosa em que vivemos e prejudica milhares de brasileiros que são tão capazes como qualquer outro. O que os negros querem não é vantagens social mas que sejam tratados como uma raça que esta presente formando a população brasileira. Para que vejam que este preconceito não justifica nos dias atuais. mas nunca tiveram ajuda de ninguém e os poucos negros que venceram e conseguiriam alguma coisa foram com seu próprio esforço. pela cor da pele. Ampliando a discussão . suas culturas tradições não passaram de folclore. na sociedade sempre foram desvalorizados e marginalizados. mas é excluído socialmente.

Então o governo da época introduziu a lei de imigração para ver se mudava a cara do Brasil africano para isso ocorreu grande imigração de povos europeus. . que apesar de seres pessoas livres eram negros e continuavam sendo tratados como uma raça inferior. A rota do ouro Grande parte da riqueza do Brasil que os portugueses levaram acabou parando na mão dos ingleses. e a população sentiram como fosse mudar a nacionalidade devido a grande entrada de imigrantes europeus que ocorreu na época no Brasil. 7º capítulo Textos para discussão A produção dos negros durante o escravismo Os negros trabalhavam muito na época do escravismo na produção do açúcar e do ouro. Então tentaram o cruzamento inter-racial para resolver com o problema dos negros e mestiços.A teoria do branqueamento. devido ao tratado de Methuen Portugal ficou devendo muito aos ingleses e todo ouro do Brasil que era levado por Portugal acabou com os ingleses como forma de pagamento. foi uma tentativa de preservar a discriminação contra os efeitos colaterais que a abolição trouxe. Esta tentativa do branqueamento não passou de uma forma de tentar “esconder” a discriminação que continuava mesmo depois da abolição. tinham que mudar a cor do povo brasileiro não podiam deixar a grande parte da população de cor negra. para deixar toda esta riqueza nas mãos dos portugueses que não souberam aproveitar esta riqueza que acabou nas mãos dos ingleses devido a grande divida que os portugueses tinham com eles. Além do ouro e do açúcar os negros trabalharam muito em outras atividades como por exemplo nas roças de café. e depois da abolição foram excluído não tendo oportunidade de trabalho é como eles fosse um problema para os dias atuais. Apesar de tudo que eles contribuíram nunca tiveram um tratamento digno e o respeito que merecem da sociedade. parecia um pais que sempre predominou a cultura européia e a cultura negra nunca foi realmente valorizada pelo povo brasileiro. Portugal foi quem explorou o Brasil mas acabou transferindo todo ouro para a Inglaterra . e esquecem que o trabalho deles como escravos foi de grande importância para o Brasil.

e da oportunidade de pessoas que sofrem por ter no mundo pessoas que se acham melhor que as outras por ser de cor branca. Não dizem? Muitas piadas de negros são preconceituosas isto é uma forma de encobrir a capacidade que os negros tem que é igual de outra pessoa.É na escola junto com os professores que podemos trabalhar com o preconceito . este tipo de atitude dos alunos devem ser trabalhados pelos professores para que eles não tenham este tipo de atitude que muitas vezes pode deixar alguns alunos discriminados e afastados da turma por este tipo de preconceito. Neste tratado os ingleses fabricaram panos com técnicas apuradas. será que ele não tem capacidade ou por que são descriminados e não tem oportunidade? Na televisão é fácil perceber os negros só aparecem quando é para fazer um papel subalterno de empregado. racismo tentando mostrar aos alunos que este tipo de atitude racista não vai ajudá-lo em nada mas que pode estar tirando grande parte da vida.A carta de um alemão Podemos perceber facilmente até hoje que todo trabalho subalterno encontra vários negros porque eles não têm uma oportunidade melhor de trabalho. aos poucos mataram a industria portuguesa de tecidos. Mas negro se interessa mesmo é por carnaval e futebol. Com este déficit de Portugal teve que gastar o ouro que retirava do Brasil. Existe também muito comentário maldoso sobre negro em rodinhas de amigos principalmente na escola . Ampliando a discussão Pesquisa sobre o tratado de Methuen O tratado de Methuen entre Portugal e Inglaterra determinava que a Inglaterra poderia vender seus tecidos sem pagar impostos alfandegários em o mesmo aconteceria com Portugal ao vender seu vinho para Inglaterra. muitas vezes eles têm muito mais capacidade de realizar um trabalho mas são excluídos pela cor da pele. Como tentar acelerar a luta contra o racismo A melhor forma de se lutar contra todo tipo de preconceito é combater este tipo de pensamento quanto antes melhor. devido a divida de Portugal com a Inglaterra que estava aumentando muito. por isso esse tratado também ficou conhecido como tratado dos panos e vinhos. e o acréscimo na exportação de vinhos não bastou para equilibrar a balança comercial entre ambos os países. O número de negros que ocupam papeis importante na sociedade é muito menor que de brancos. .

saúde. educação. Por que Portugal tinha colônia na África e traziam muitos negros da áfrica para o Brasil para trabalhar como escravo como fosse mais uma de suas mercadorias que Portugal explorava nas colônias. A situação do negro no Brasil hoje é de desvantagem e se expressa através dos indicadores sociais de renda. até mesmo a igreja era contra os negros . onde sobrevivem e dominam os espécimes fortes. portanto ai já se tem à idéia da existência de fortes e fracos. classificandoos em raças inferiores e raças superiores. pois ganhava uma comisão. Comentário sobre a abordagem do módulo 2 As teorias Raciais A questão do racismo já existe antes mesmo do ser humano entender a verdadeira teoria sobre origem das espécies. Muitos negros foram torturados. E todo trabalho de extração do ouro nas minas. nas condições de vida e trabalho da maioria da população brasileira. mortos. e com isso pode-se definir o que seja racismo: uma ideologia que defende a hierarquia entre grupos humanos. . no acesso aos serviços básicos. devido ao tratado de Methuen onde Portugal ficou muito endividado com a Inglaterra ficando com todo ouro e outros produtos que eram levados do Brasil.Quando o ouro do Brasil diminuiu Portugal começou a explorar outros produtos do Brasil como o pau-Brasil depois as lavouras de açúcar sempre quem acabava enriquecendo era a Inglaterra devido a divida de Portugal. Apesar de Portugal tem explorado muitos produtos brasileiros e o trabalho escravo dos negros pouco restou a ele desta riqueza. Os Papas Calinto III e Sixto IV afirmavam que o ouro e negros são produtos de Portugal devido o Brasil e a África serem colônia de Portugal e somente os portugueses podiam escravizar os negros. na qual a mais aceita é a seleção natural. intelectuais e econômicas passaram a ser atribuída a desigualdades inatas entre homens. políticas. transporte e embarque do pauBrasil e o trabalho de nas lavouras de cana de açúcar foi feito pelos negros que eram escravos no Brasil. onde fortes teriam herdado certas características que os tornaram superiores e os autorizaram a comandar e explorar outros povos. Desvantagens sociais. dentre outras que propiciam uma ampla visualização das significativas diferenças existentes para a apropriação das riquezas geradas. Tudo isso nada mais é que uma justificativa para a exploração de povos diferentes.

passou a ser associada a problemas de saúde pública.Comparando os imigrantes europeus que vieram ao país com os escravos. incluindo a possibilidade de deixar atividades rurais e ingressar no ramo comercial e industrial. a partir desse momento.a sociedade nova que muitos querem construir. . a eles estavam reservadas as novas oportunidades. O povo negro foi praticamente excluído da nova ordem que se instaurou. ela é sobretudo uma luta política em favor de uma sociedade. criminalidade entre outros. Lutar contra a discriminação racial é uma luta que vai além da luta em favor de um povo.