Você está na página 1de 16
GESNER GRATO DE OLIVEIRA JUNIOR RUTHIANE CAMPOS DE CARVALHO LUCIENE DOS SANTOS PAIS

GESNER GRATO DE OLIVEIRA JUNIOR RUTHIANE CAMPOS DE CARVALHO LUCIENE DOS SANTOS PAIS

OBJETIVOS

Educação Ambiental como abordagem fundamental

para a formação e conscientização relativas:

  • Ao Mundo

  • e ao Lugar em que vivem.

OBJETIVOS

  • Este projeto surgiu, então, com a finalidade de mostrar aos alunos a realidade ambiental da cidade de Ladário/MS e buscar soluções, alternativas que nós, como formadores de opinião, possamos realizar para contribuir com o ambiente através da CONSCIENTIZAÇÃO.

OBJETIVOS

  • Levar os alunos a se posicionar de maneira responsável, construtiva e crítica, zelando pela coletividade, mantendo um ambiente limpo, bem cuidado e saudável na escola, em casa e na comunidade.

  • Transmitir conhecimento para outras pessoas além dos muros da escola é uma outra proposta do ensino voltado à Educação Ambiental,

  • Contribuir com o material desta pesquisa para outros professores que buscam novas formas de ensinar e mudar a sociedade consumista através da conscientização.

OBJETIVOS

  • Propor uma metodologia de ensino a cerca da Educação Ambiental, observado como esta pode ser trabalhada pelos professores em sala de aula, sobretudo nas escolas publicas, buscando refletir sobre como as questões ambientais vem sendo tratada nas mesmas.

Conceitos e embasamento teórico

Contexto Histórico

  • O ensino foi caracterizado por alunos que apenas recebiam informações sem contextualização, sem aplicação. Fundamentado apenas nos manuais didáticos e na experiência do professor.

  • Nessas condições de ensino, pouco ou nada era relacionado com a realidade com a qual o aluno passava, ou, mesmo a sociedade.

Conceitos e embasamento teórico

Educação no Brasil década de 80

  • começa a passar por grandes mudanças no campo pedagógico “ ...

tendo como referência o acompanhamento do

desenvolvimento humano e maior autonomia escolar.

Altera-se, assim, a ênfase dos objetivos pedagógicos: do

resultado final, tendo como referência um padrão ideal de

aluno, para o processo de aprendizagem, diferenciado de

aluno para aluno”. (Rudá RICCI, 2003)

  • Nesse sentido, a individualidade de cada aluno no que tange a aprendizagem deve ser respeitado.

Conceitos e embasamento teórico

Educação Ambiental - década de 70 e 80

  • “O meio ambiente não é constituído apenas do meio físico e biológico, mas sim também do meio social e cultura e suas relações com o modelo de desenvolvimento adotado pelo homem.

  • Muitos autores consideram o meio ambiente como sendo uma teia de inúmeras inter-relações, pois seria utópico acreditarmos que ao mexermos no clima não afetaríamos a flora, e ao mexermos na flora não afetaríamos a fauna e assim sucessivamente”.

  • Adalberto Mohai SZABÓ JUNIOR. Educação Ambiental e Gestão de resíduos (2010 p.56)

Conceitos e embasamento teórico

Educação Ambiental - Definições

  • Conjunto de ações de caráter educacional que potencializa de maneira significativa a conscientização ambiental dos educandos”.

  • Adalberto Mohai. SZABÓ JUNIOR. Educação Ambiental e Gestão

de resíduos (2010 p.56)

Conceitos e embasamento teórico

Concepções sobre o ensino

  • “na universidade pública, bacharelado e licenciatura têm-se constituído, no decurso da história, como cursos separados, com pouca ou nenhuma relação entre si.

  • Nesse caso, a licenciatura aparece numa situação de inferioridade, ou seja, o curso técnico-científico ganha maior importância, enquanto a licenciatura como um curso complementar e secundário”

(PONTUSCHKA, PAGANNELLI, CACETE, 2009). Para ensinar e aprender Geografia

Ações e a sociedade de consumo

Sociedade consumo e a geração de resíduos

  • aumento da produção industrial esta relacionado ao desenvolvimento da sociedade no que diz respeito ao número de habitantes e o poder de compra;

  • educação ambiental, tem o objetivo de educar a população a consumir de forma sustentável, assim como promover a separação dos produtos inutilizados.

Ações e a sociedade de consumo

Ações cotidianas concretas e voluntárias de consumo

consciente permitem qualquer pessoa contribuir para a preservação e melhoria no meio ambiente.

  • Como realizar esta transformação?

Ações e a sociedade de consumo

  • Para que a aprendizagem seja plenamente alcançada, os professores, educadores, tutores, instrutores devem compreender que:

  • “A proposta pedagógica de ensino se dá em relação ao que se quer que o aluno aprenda e não em função daquilo que se ensina.

  • Ao escolher o percurso pedagógico, o professor facilitará a decisão sobre o método e os recursos didáticos, mas não se deve transformar esse percurso em uma “camisa de força” ou cair em um formalismo devido ao risco de artificialismo”. (CASTELLAR e VILHENA, 2010 p.9

Ações e a sociedade de consumo

  • Proposta pedagógica: Transformando propostas em ações para conscientização.

  • 1ª fase - Levantamento de dados utilizando o laboratório de informática, biblioteca, documentos, publicações entre

outros.

  • 2ª e 3ª fase Coleta e separação

  • 4ª fase Exposição/Apresentação

  • 5ª fase Apresentação e Divulgação

Ações e a sociedade de consumo

Conclusão

Esse trabalho partiu da premissa de que é mudando os

hábitos e adquirindo novos bons hábitos é que as coisas

irão mudar

Questões da atualidade relativas à Educação Ambiental

escola e ensino como promotores da conscientização

coletiva.

Educação Ambiental é pouco desenvolvida com o objetivo

de conscientizar e formar cidadãos responsáveis.

Na maioria das vezes, voltada para realizar uma prova do

Enem ou um concurso.

Ações e a sociedade de consumo

Educação Ambiental é realizada nas escolas,

através de projeto especial, extracurricular, sem continuidade, descontextualizado, fragmentado e desarticulado. Acontece apenas em datas que se comemora dia da árvore, semana do meio

ambiente.

Concluímos, no entanto, que é através da educação

que o mundo pode mudar. Assim sendo, partindo

da conscientização.