Você está na página 1de 23

A HISTÓRIA DA ROBÓTICA

E DA AUTOMAÇÃO
Linha do tempo
 XVII - bonecas mecânicas
 1801- tear Jacquard e Pianola
 1880 - Taylorismo e T-FORD
 1921 - Karel Çapek (Capek)
 1936 - Sir. Charles Chaplin
 1937 - JAWA “ROBOT
 1939 -Isaac Asimov
 Fim da década de 40 - Dr Grey Walter
 1946 - George Devol, dispositivo controlador registrava
sinais elétricos magneticamente reproduzindo a
operação em máquinas mecânicas
 1951 - Manipulação remota (materiais radioativos)
 1952 - Protótipo CN - MIT, projeto patrocinado pela
Força Aérea dos Estados Unidos
 1954 - Devol, Patente do 1o robô industrial
1959 - 1o robô comercial (Planet Corporation).
Controlado por chaves e cames
 1961 - Instalação robô UNIMATE na General Motor
Company. Usava comando numérico programável.
 A família Jetsons
 1963 - 1o sistema de visão de robôs
 1963 - O seriado “Lost in Space”
 1966 - 1o robô de pintura - Tralfa (Itália)
 1968 - Surgimento dos robôs móveis
 1968 - “2001: Uma odisséia no espaço” - HAL computador
altamente inteligente
 1971 - Stanford, braços acionados eletricamente
 1973 - 1a linguagem de programação WAVE
 1974 - ASEA IRB6 - acionamento totalmente elétrico.
 1976 - Robô T3 da Cincinnati Milacron controlado por PC
 1977 - O filme “Guerra nas estrelas”
 1978 - robô PUMA introduzido para montagem
 1979 - robô SCARA
 1981 - Surgimento do Direct Drive
 1982 - Robô RS-1 da IBM programado em linguagem AML
 2000 -Robôs para propagandas comerciais
Bonecas Mecânicas

Karakuri Ningyou
Eram bonecos mecânicos, da era
feudal, muito populares. Possuíam
sistemas de acionamento por linhas
ou cordas, muito avançados para a
época (sec. XVII a XIX).
Joseph Marie Jacquard

No final do século XVII o


trabalho de crianças era comum
nas industrias têxteis.

Em 1801 Jacquard
patenteou seu tear
automatizado.
a
1 Linha de Produção
Frederick Taylor
introduziu um método
científico de
estruturação do trabalho
numa fábrica.
Henry Ford adotou a idéia
de Taylor e implementou
na sua linha de produção
do modelo T-FORD.
A mudança na estrutura
da linha de produção
contribuiu para a redução
do custo do modelo T-
FORD de U$ 850 em
1908 para U$ 260 em
1925.
Karel Çapeck- 1921

O termo robô foi extraído da


tradução de um conto de ficção
escrito por Karel Çapeck em sua
peça de teatro “Rossum’s Universal
Robots”.
Na língua tcheca a palavra “robota”
significa trabalho escravo, monótono.
O dilema da Automação

No clássico filme “Tempos Modernos” Charles Chaplin contribui


para acrescentar mais polêmica ao debate.

Neste filme Chaplin pretendia mostrar o lado negro da automação


pesada.
1937 JAWA 100cc - ROBOT
Cilindrada:.......................98,9cc
Diâmetro e curso: ...........47 x 57mm
Hp:..................................2,7hp a 3.700rpm
Compressão:..................5,4:1
Peso:...............................49kg
Velocidade máxima:........65km/h
Isaac Asimov - A palavra robô ganhou popularidade a
1939 partir do livro “I Robot”, de Asimov onde
se estabelece as três leis da Robótica

Leis da Robótica
1. Um robô jamais deve
causar dano a um ser
humano nem, através de
omissão, permitir que
isto aconteça.
2. Um robô deve sempre
obedecer o ser humano,
a menos que isto entre
em conflito com a
primeira lei.
3. Um robô deve
proteger-se de danos, a
menos que isto entre em
conflito com a primeira e
segunda lei.
Dr. Gray Walter
Fim da década de 40
Projetou e construiu o primeiro robô móvel e autômato no “Burden
neurological Institute” como parte de sua pesquisa sobre as funções
do cérebro. Ele queria estudar os reflexos e testar sua teoria com
interconecções neurológicas. Ele construiu 3 robôs “tortoises”,
"Elsie" e "Elmer" parecidos com tartarugas. Recentemente, projetos
originais do Dr. Walter foram descobertos pelo Dr. Owen Holland, da
University of West of England. Desde 1995 ele está construindo uma
segunda geração de robôs idealizados pelo Dr. Walter.
Origem dos Robôs

Pode-se dizer que os robôs são originários


das máquinas de montagem hidráulicas
(1950) e das máquinas CN (1951).
Robô UNIMATE - 1961
Devol e Engelberger
1a Patente de Robô Industrial
a Família Jetsons - 1962
ROSIE - A empregada
doméstica robô. É um modelo
já fora de linha, mas os
Jetsons adoram Rosie e nunca
irão trocá-la por um modelo
mais novo. Rosie está sempre
pronta a atender às
necessidades da família, e
algumas vezes expressa sua
opinião dando ares de que um
ser humano está por trás de
sua armadura de lata.
Seriado “Lost In Space” - 1964

ROBOT - Uma máquina


autônoma que seguia a
família Robson através
do espaço em suas
aventuras.
o
1 Robô para Pintura - 1966

O robô tinha que


ser treinado. A
trajetória era
armazenada.

AINDA EXISTE
ATÉ HOJE!!!!
1977 - o filme
“Guerra nas Estrelas”

Robôs humanóides

R2D2 e C3PO
ROBÔ PUMA 560
PUMA -
Pragrammable
Universal
Machine for
Assembly
Projeto
inicialmente
desenvolvido pela
GM e depois
comercializado
pela Unimation,
Inc
Ano 2000 - Robôs para Propaganda
Comercial

Um "animatronic" possui sistema de programação


que possibilita movimentos semelhantes aos de um
ser humano. Altura 1,75 m. Fala, escuta e interage
com o público.
Da ficção à
realidade dos nossos
dias
Atualmente a complexidade dos robôs e
suas aplicações requer

Elétrica Computação

Eletrônica Análise

integração
Engenharia ROBÓTICA
Controle Sensores
e
Digital
Atuadores
Industrial
Mecânica
Definição oficial de Robô

“Um robô industrial é um manipulador programável,


multifuncional, projetado para mover materiais, peças,
ferramentas ou dispositivos especiais em movimentos
variáveis programados para a realização de uma
variedade de tarefas.” (Dicionário Aurélio)

de acordo com o “RIA” - Robot


Institute of America