Você está na página 1de 12

Elas podem ser classificadas de acordo com sua forma.

• Bactérias aeróbias – utilizam o gás oxigênio para


obter energia dos alimentos. Exemplo: Clostridium
botulinum.
• Bactérias anaeróbias – liberam energia do
alimento através da fermentação. Podem ser:
anaeróbias facultativas, como por exemplo o os
lactobacilos, ou anaeróbias obrigatórias, como
bacilo do tétano.
• A maioria das bactérias é • Mas existem também
heterotrófica, isto é, bactérias autotróficas,
alimenta-se de isto é, bactérias
substâncias orgânicas capazes de produzir,
por si mesmas, as
que obtêm do alimento. substâncias orgânicas
Como aquelas que de que necessitam,
azedam o vinho, e utilizando substâncias
daquelas que causam o minerais do ambiente,
botulismo ou o tétano. são as cianobactérias,
cianofíceas ou algas
azuis
Na maioria das vezes, as
bactérias se multiplicam
por reprodução
assexuada, através de
uma divisão simples da
célula em duas.

Ás vezes, algumas
bactérias passam parte de
seu material genético
para outras. Surgem
assim novas variedades de
bactérias. Esse processo
chama-se conjugação.
Os seres vivos que absorvem substâncias orgânicas de
organismos mortos ou resíduos desses organismos são
chamados sapróbios, saprófagos e saprófitos.

Reciclagem da matéria na natureza


Os sistemas de refrigeração
são utilizados principalmente para
armazenar alimentos a baixas
temperaturas inibindo assim a ação
de bactérias, fermentação e o
aparecimento do bolor bem como
manter uma temperatura estável
em máquinas e equipamentos em
geral para melhorar o rendimento
dos mesmos.
O congelamento é uma técnica
muito usada para conservar os
alimentos até que cheguem ao
consumidor.

A pasteurização é uma técnica


em que usa o calor intenso para
matar os microorganismos.
A desidratação também ajuda a conservar os
alimentos: sem água muitos microorganismos
morrem. Do mesmo modo, altas
concentrações de sal retiram água dos germes,
impedindo sua sobrevivência ou reprodução:
é a técnica de salgamento.