Você está na página 1de 10

Introdução

O actual trabalho, tem como objectivo abordar


sobre as medidas dos valores das actividades
económicas: através do Produto Interno Bruto
(PIB) e Produto Nacional Bruto (PNB).
Estas medidas, geralmente são usados para saber
qual é a renda produzida anualmente por internos
no pais (PIB) e pelos nacionais (PNB)
Produto Interno Bruto
É o valor de mercado de todos os bens finais e
serviços produzidos no pais num determinado
período de tempo (normalmente um ano).
O PIB mede o fluxo de dólares na economia. Esse
fluxo pode ser calculado de duas maneiras:
1. O PIB e o total da rendas provenientes da
economia: e
2. O P1B e o total dos gastos provenientes da
economia.
Regras para o calculo do PIB
Como somar mercadorias diferentes:
Na realidade o PIB combina o valor de bens e
serviços diferentes numa só medida sintética. Para
calcular o valor total dos bens e serviços
diferentes, usamos o seu preço de mercado como
medida de valor, porque este reflecte quanto as
pessoas estão dispostas a pagar por um
determinado bem ou serviço.
Exemplo do calculo do PIB.
Como somar mercadorias diferentes:
PIB Real e PIB Nominal
O PIB mede o valor total de todos os bens e
serviços finais de uma economia.

PIB Real – Consiste no valor de bens e serviços


medidos a preços constantes.

PIB Nominal – o valor de bens e serviços medidos


a preços correntes.
Produto Interno Bruto (PIB) Produto
Nacional Bruto (PNB)
O PIB mede a renda total da economia.
O PIB (Produto Interno Bruto) é a totalidade da
renda obtida internamente. Inclui renda ganha
pelos estrangeiros que moram no país, mas não
inclui a parcela ganha pelos nacionais que vivem
no exterior.
O PNB (Produto Nacional Bruto) é a renda total
recebida pelos nacionais, tanto no pais como no
exterior, mas não inclui o montante ganho pelos
estrangeiros que moram no país.
PIB Per Capita (Conceituação)
É o valor médio agregado por indivíduo, em
moeda corrente e a preços de mercado, dos bens e
serviços finais produzidos em determinado espaço
geográfico, no ano considerado.
Interpretação
 Mede a produção do conjunto dos sectores da
economia por habitante.
 Indica o nível de produção económica em um
território, em relação ao seu contingente
populacional. Valores muito baixos assinalam, em
geral, a existência de segmentos sociais com
precárias condições de vida.
Usos
 Analisar os diferenciais geográficos e temporais da
produção económica, identificando desníveis na
produção média da renda nacional.
 Contribuir para a análise da situação social,
identificando espaços cujo desempenho económico
pode demandar mais atenção para investimentos na
área social.
 Subsidiar processos de planeamento, gestão e
avaliação de políticas públicas de interesse social.
Considerações Finais
Neste ponto, conluie-se que o Produto Interno
Bruto (PIB), mede a renda total da economia, ou
seja a renda total obtida internamente e o Produto
Nacional Bruto (PNB) é a renda total recebida
pelos nacionais tanto os internos como os
residentes no exterior.
Também existem outras medidas de renda alem do
PIB e PNB, tais como o PNL (Produto Nacional
Liquido) e RL (Renda Nacional).
Referencias Bibliográficas

SALIÃO, António. Economia I. Pemba, Agosto 2016.