Você está na página 1de 12

MICORRIZAS

IMPORTÂNCIA ECOLÓGICA E
NA AGRICULTURA
 Micorriza: do Grego mykes,
“fungo”, e rhiza, “raiz”.
 Associação simbiótica
entre um fungo e uma
planta.
 Simbiontes obrigatórios.
 Papel importante na
nutrição da planta, na
biologia e química do solo.
 Aumentar a produção,
reduzir o uso de
fertilizantes químicos.
 Agricultura mais
sustentável Sem Micorriza Com Micorriza
HISTÓRICO
 Metade do século XIX:
simples registro.
 Franciszek Kamieński,
1879: descreveu a
simbiose.
 Albert Bernhard
Frank, 1885:
introduziu o termo
Micorriza.
 No Brasil o estudo se
iniciou a apenas 30 Franciszek Kamienski Albert Bernhard
anos. Frank
ORIGEM
 Filo Glomeromycota: 600 milhões de anos.
 Primeiras plantas terrestres: entre 460 e 500 milhões de anos.
 Ambiente inóspito para seu desenvolvimento, ressecado e
infértil.
 Raízes desprovidas de pelos radiculares ou ramificações.
 Presença de Micorrizas em plantas primitivas.
CLASSIFICAÇÃO
 As Micorrizas são divididas em dois grandes grupos:
 Ectomicorrizas: as hifas do fungo não penetram as células
da raiz da planta. Envolve as raízes, aumentando a sua
superfície de absorção.
 Endomicorrizas: colonizam as raízes da planta tanto
externamente quanto internamente, o que facilita a
passagem de nutrientes entre o fungo e a raiz da planta.
Esse tipo de associação mutualística ocorre em 85% de
todas as famílias de plantas.
EXPLORAÇÃO COMERCIAL
 As Micorrizas são
fungos com enormes
possibilidades para a
exploração
comercial, visando
aumentar a produção
de madeira, fibras e Micorriza em feijão

alimentos e, ainda,
reduzir os custos
financeiros e o
impacto dos sistemas
modernos de
produção sobre o
meio ambiente.
Micorriza em soja
TROCA DE NUTRIENTES
 A associação mutualística
das Micorrizas garante ao
fungo acesso constante e
direto a carboidratos, tais
como a glucose e a
sacarose, provenientes das
folhas da planta. Em troca,
a planta ganha a alta
capacidade de absorção de
minerais e nutrientes, em
parte por causa do aumento
da área de absorção provida
pelo fungo.
 Em algumas relações
mais complexas, os
fungos não apenas
coletam nutrientes
do solo, como
também conectam
as plantas entre si
através de uma rede
subterrânea de hifas
que transporta água,
carbono e nutrientes
entre elas.
RESISTÊNCIA A INSETOS
 Quando uma planta micorrízica é ela sinaliza sua condição
para outras plantas nos arredores. A planta atacada libera
compostos orgânicos voláteis que atraem os predadores de
insetos e, através desses sinais de alerta, as plantas
conectadas a ela também são propelidas a fazer o mesmo. Isso
protege preventivamente as plantas não infectadas.
RESISTÊNCIA A TOXICIDADE
 Pisolithus tinctorius
(bufa-de-velha).
 Atua na proteção das
raízes da planta em solos
com alta concentração de
contaminação por metais.
 Também é usado em
plantações de eucalipto
para proteção contra
doenças microbióticas.
Conclusão
 As Micorrizas são úteis para a natureza e para o homem,
pois exercem um papel muito importante para a
manutenção dos ecossistemas naturais e plantios, auxiliam
no desenvolvimento das plantas e contribuem para a
estruturação de comunidades vegetais interligadas.
 Apesar de seus mais de 130 anos de estudos, desde as
primeiras descrições e hipóteses formuladas sobre a
funcionalidade das associações micorrízicas, elas
continuam sendo uma formidável ferramenta ainda pouco
explorada no Brasil.