Você está na página 1de 19

reas de

Figuras Planas
rea de uma superfcie limitada um nmero real positivo
associado superfcie de tal forma que:
Dois polgonos so chamados equivalentes se e somente se,
forem somas de igual nmero de polgonos dois a dois congruentes
entre si.
s superfcies equivalentes
esto associadas reas
iguais e reciprocamente.
A uma soma de superfcies est
associada a uma rea ( nmero)
que a soma das reas das
superfcies parcelas.
Sistema mtrico
km
2
hm
2
dam
2
m
2
dm
2
cm
2
mm
2
Uma unidade de rea definida como sendo a
superfcie de uma regio quadrada de lado
unitrio.
1. rea do Retngulo:
b
h
Um retngulo de base b e altura h
pode se dividido em b . h quadrados
de lados iguais a 1 unidade.
A = b . h
2. rea do Quadrado:
l
l
A = l
3. rea do Paralelogramo:
b
h
A = b . h
4. rea do Trapzio:
b
B
M
Q
h
N P
Traando uma das diagonais do trapzio,
ele fica dividido em dois tringulos.
A
MNPQ
= A
MNQ
+ A
NPQ

2 2
b . h B . h
A + =
2
d
2
. ) ( h b B
A
+
=
5- rea do Losango:
M
Q
N
P
2
d
D
A
MNPQ
= 2 . A
MNP

2 .
2
2
.
d
D
A =
2
. d D
A =
6. rea do Tringulo:
b
h
2
. h b
A =
a
h
C sen =

6.2. Em funo das medidas de dois lados e do ngulo formado por eles.
b
h
a
B
A
C
c
H
C sen a h

. =
b
2
. h b
A =
2

. . C sen a b
A=
6.1. Em funo das medidas da base e da
altura relativa a essa base.
6.3. Em funo das medidas dos lados.
b
a
B
A
C
c
) )( )( ( c p b p a p p A =
2

. b . C sen a
A=
2
:
c b a
p onde
+ +
=
p = semipermetro
6.4. rea do Tringulo Equiltero.
l
l
60
Empregando a frmula
2
2
3
. l . l
A =
4
3
2
l
A =
6.5-Circunferncia circunscrita ao tringulo
Pelo teorema dos
senos
2

. . C sen a b
A=
a.b.c
A
4R
=
a
2R
sen c
=
a 1
A b.c. .
2R 2
=
C
A
B
R
R
.
b
a
c
a
a
a
a
a
a
7. Hexgono Regular:
r r
r r
r r
60
60
60
Traando as diagonais
diametralmente opostas de um
hexgono regular, este fica
dividido em seis tringulos
eqilteros.
TRINGULO HEXGONO
A A . 6 =
4
3
. 6
2
a
A
HEX
=
2
3 3
2
a
A
HEX
=
60
60
60
a
a a
2
3.r 3
A
2
=
8. Polgono Regular:
Traando as diagonais diametralmente
opostas de um polgono regular, este fica
dividido em n tringulos issceles.
TRINGULO POLGONO
A n A . =
m . p A
POL
=
a
a
a
a
a
a
a
a
r
r
r
r
r
r
r
2
.
.
h a
n A
POL
=
p = semipermetro
m = aptema
r
h
a
9.Tringulo Equiltero inscrito
1
2
3
30
0
3
3
/ 2 1
cos30 3
R 2
= = =
l
l
2 2
3 3 3
A . R
4 4
A
= = l
0
a3 1 R
sen30 a3
R 2 2
= = =
10. Tringulo Equiltero circunscrito
.
I
A
B C
o
0
30 o =
3
0
R
L /2
tg30 =
3
L 2 3 R =
2
L 3
A
4
=
2
A 3 3R =
11. Quadrado inscrito
3
2
1
4
R 2 = l
4
R 2
a
2
=
2
4
A = l
2
A 2.R =
12. Quadrado circunscrito
4
L 2R =
2
4
A 4R =
14. rea do Crculo:
r
O
2
. r A t
14.1 Coroa Circular:
Chama-se coroa circular a regio do plano compreendida
entre dois crculos concntricos.
r
O
R
2 2
. . r R A t t
) ( .
2 2
r R A t
14.2. Setor Circular:
O
R
R
360
tR
u
A
360
2
R
A
ut
=
u dado em graus

u dado em radianos
2
2
R
A
u
=
u = 180
2
2
R
A
t
=
u = 120
3
2
R
A
t
=
u = 90
4
2
R
A
t
=
u = 60
6
2
R
A
t
=
u = 45
8
2
R
A
t
=
u = 30
12
2
R
A
t
=
u
14.3. Segmento Circular:
R
R
A
B
u
A = A
SETOR
- A
TRINGULO

A = A
SETOR
+ A
TRINGULO

u < 180
u > 180
O
u