P. 1
078 Ficha 2 Parabola Dos Sete Vimes

078 Ficha 2 Parabola Dos Sete Vimes

|Views: 296|Likes:
Publicado porRui Cravo

More info:

Published by: Rui Cravo on Feb 04, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/24/2013

pdf

text

original

2009/2010

Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco Colaço Língua Portuguesa – 8º Ano

á
Prof. Paulo Mota

Ficha de Interpretação

1º Período

Parábola dos sete vimes
Era uma vez um pai que tinha sete filhos. Quando estava para morrer, chamou-os todos sete e disse-lhes assim:  Filhos, já sei que não posso durar muito; mas, antes de morrer, quero que cada um de vós me vá buscar um vime1 seco e mo traga aqui.  Eu também?  perguntou o mais pequeno, que só tinha 4 anos. O mais velho tinha 25, e era um rapaz muito reforçado e o mais valente da freguesia.  Tu também  respondeu o pai ao mais pequeno. Saíram os sete filhos; e daí a pouco tornaram a voltar, trazendo cada um o seu vime seco. O pai pegou no vime que trouxe o filho mais velho, e entregou-o ao mais novinho, dizendo-lhe:  Parte esse vime. O pequeno partiu o vime, e não lhe custou nada a partir. Depois o pai entregou outro ao filho mais novo, e disse-lhe:  Agora, parte também esse. O pequeno partiu-o; e partiu, um a um, todos os outros, que o pai lhe foi entregando, e não lhe custou nada a parti-los todos. Partindo o último, o pai disse outra vez aos filhos:  Agora ide por outro vime e trazei-mo. Os filhos tornaram a sair, e dali a pouco estavam outra vez ao pé do pai, cada um com o seu vime.  Agora dai-mos cá  disse o pai. E dos vimes todos fez um feixe2, atando-os com um vincelho3. E voltando-se para o filho mais velho, disselhe assim:  Toma este feixe! Parte-o! O filho empregou quanta força tinha, mas não foi capaz de partir o feixe.  Não podes?  perguntou ele ao filho.  Não, meu pai, não posso.  E algum de vós é capaz de o partir? Experimentai. Não foi nenhum capaz de o partir, nem dois juntos, nem três, nem todos juntos. O pai disse-lhes então:

vime – vara tenra e flexível usada na fabricação dos cestos. vincelho – Atilho de vime 3 feixe – molho
1 2

2.4. nem vós. 5. 1. Identifique a personagem principal do texto.1. fostes capazes de partir o feixe. 1. e como não houve forças que os desunissem. Mas logo que vos separeis. recorrendo. Retire passagens do conto que comprovem essa indefinição do tempo e do espaço. porque viveram sempre em boa irmandade ajudando-se sempre uns aos outros. . ninguém zombará de vós. o que representa cada vime? E o feixe? 2. Meus filhos.” 1. Qual é o ensinamento que o pai pretende dar aos filhos? Como consegue prová-lo através das figuras do vime e do feixe? 3. como irmãos que sois. se possível. Que membros desta família são destacados no conto? Justifique esse destaque dado pelo texto a tais personagens. Transcreva do texto as informações que lhe são fornecidas sobre essas personagens.1.1. Consegue dizer. enquanto os partiu um a um. A união faz a força. Dos provérbios a seguir apresentados. facilmente sereis vencidos. também nunca houve forças que os vencessem. assinale com um  os que de uma forma ou outra se relacionam com o ensinamento moral da “Parábola dos sete vimes”. ou vencerá. Caracterize essa personagem de forma completa. 1. 2. Identifique os modos de apresentação da narrativa presentes no conto.3. ao texto. Batendo ferro é que se fica ferreiro. Pois bem. Justifique. e o mais velho de vós não pôde parti-los todos juntos. Segundo o conto. 4. lembrai-vos disto e do que vos vou dizer: enquanto vós todos estiverdes unidos. todos juntos. Dê um exemplo para cada um deles. “Era uma vez um pai que tinha sete filhos. 1. quando e onde se desenrola esta história? Porquê? 3. ou reine entre vós a desunião. exactamente. 6. nem vos fará mal. 1. o mais pequenino de vós partiu sem lhe custar nada todos os vimes. Acabou de dizer isto e morreu  e os filhos foram muito felizes.5. Classifique o narrador quanto à sua presença. A pressa é inimiga da perfeição.

Errar é humano. . Guarda te do homem que não fala e do cão que não ladra. De boi manso me guarde Deus.Cobra que não anda não apanha sapo. que de bravo me guardo eu. Falar sem pensar é atirar sem apontar.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->