P. 1
Gayo IX.pdf

Gayo IX.pdf

|Views: 2.711|Likes:
Publicado porRootulias

More info:

Published by: Rootulias on Apr 14, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/01/2014

pdf

text

original

QUADRADOS, DE BORBA §1 N 1 CATARINA QUADRADO filha de ..................................................

casou com Fernão Rodrigues Sande 2 Diogo Quadrado 2 Guiomar Quadrado casou em 1512 com João Álvares fº. de B.el Luís Álvares e Catarina Sanches ela morreu em 1549 s.m.n. 2 Isabel Quadrado c.c. Gracia Mendes morreu com testamento em 1589 s.m.n. N 2 DIOGO QUADRADO fº. de Catarina Quadrado N 1 casou na Matriz de Borba em 1562 com Inês Álvares filha de João Vaz e Catarina Martins 3 Isabel Quadrado c.c. Álvaro Lopes Franco fº. de Gonçalo Franco no ttº. de Francos § 2 §2 N 1 MANUEL QUADRADO fº. de ........................................... casou com Maria Lopes 2 Manuel Quadrado 2 Gaspar Rodrigues Quadrado § 3 N 2 MANUEL QUADRADO fº. de Manuel Quadrado N 1 casou em 1678 com Catarina Panasco filha de António Rodrigues Panasco e Catarina Rodrigues no ttº. de Panascos § 1 N 3 3 Padre Lourenço Panasco 3 Padre Manuel Quadrado morreu em 1792 3 Padre António Quadrado morreu em 1759 3 Leonor Panasco c.c. José da Silva já viúvo de Joana Leonor Valadares s.m.n. 3 Maria Panasco §3 N 2 GASPAR RODRIGUES QUADRADO fº. de Manuel Quadrado N 1 do § 2. Casou em 1688 com Francisca Silveira filha de Domingos Rodrigues e Maria Silveira 3 António Quadrado 3 João Quadrado §4 N 1 INÊS QUADRADO filha de ..................................................... casou com Brás Carvalho ou Carneiro 2 António Quadrado casou em 1574 com Isabel Afonso filha de Manuel Afonso e Inês Francisca s.m.n. 2 Maria Quadrado N 2 MARIA QUADRADO filha de Inês Quadrado N 1 casou em 1564 com André Rodrigues fº. de Lopo Fernandes e Guiomar Afonso 3 Guiomar Quadrado c.c. Manuel Rodrigues em 1591 fº. de António Gaspar e de Maria Dias s.m.n.

QUADROS N 1 ALONSO DE QUADROS descendente de Pedro Ilhão que se achou na tomada de Toledo donde vem os Duques de Alva, o qual Pedro Ilhão era casado com Urraca Pires de Quadros. Foi o dito Alonso de Quadros Fidalgo Ilustre que passou a este Reino por um homizio no tempo que governava o Infante D. Pedro, sendo Alcaide Mor de Sevilha, a 24 da dita terra; outros dizem passara a este Reino pelo querer matar o Rei D. Pedro Cruel, assim como fez a outros Fidalgos que eram parciais de seu irmão 1. 2 Aires Gomes de Quadros 2 Brites de Quadros mulher de Nuno Gil Barreto teve 3 Leonor Gomes de Quadros mulher de João Nunes Cardoso no ttº. de Gouveias § 50 N 7 o que é erro 2 Catarina Gomes de Quadros mulher de Diogo Henriques no ttº. de Henriques § 11 N 1 N 2 AIRES GOMES DE QUADROS fº. de Alonso de Quadros N 1 foi Fidalgo da Casa do Infante D. Pedro Escrivão dos Contos de Aveiro e Vedor da Fazenda do Rei D. Afonso V. Casou com Brites Gil Barreto filha de André Gil Barreto e sua mulher D. Antónia de Melo no ttº. de Barretos § 2 N 11 3 Aires Gomes de Quadros 3 Fernão Gomes de Quadros § 12 3 Fr. Tomás de Quadros, Domenico 3 Teresa Gomes de Quadros § 2 3 Catarina Gomes de Quadros mulher de Diogo Henriques que acima fazemos irmã de seu pai o que é mais certo 3 Leonor Gomes mulher de João Nunes Cardoso que acima fazemos filha de sua tia o que é mais certo no ttº. de Gouveias § 50 N 7 c.g. N 3 AIRES GOMES DE QUADROS fº. de Aires Gomes N 2 foi Juíz dos Órfãos de Aveiro onde o matou um escrivão no ano de 1485 por lhe dar uma bofetada. Casou com Maria Henriques filha de Henrique Dias Flamengo e morador em Aveiro, e sua mulher Maria Juzarte, que era irmã de Diogo Henrique acima e ttº. de Henriques § 11 4 André de Quadros 4 Aires Gomes de Quadros morto por um seu irmão 4 Diogo Gomes de Quadros 4 António Fernandes de Quadros casado com Genebra de Azevedo filha de Lopo Fernandes de Azevedo e sua mulher Brites Afonso segundo alguns no ttº. de Gouveias § 55 N 9 c.g. o que não seguimos N 4 ANDRÉ DE QUADROS fº. de Aires Gomes N 3 foi Juíz dos Órfãos de Aveiro no ano de 1523 e Juíz de Fora de Viseu, e depois Provedor das Lezírias no ano de 1515, aforou André de Quadros ao Duque de Aveiro D. Jorge uma Lezíria chamada a Ilha de Monte Farinha que é quase uma légua cercada de Água Salgada; foi André de Quadros Fidalgo da Casa Real e casou com Isabel Pereira ou Joana Pereira 5 Simão de Quadros 5 D. Manuel de Quadros Bispo da Guarda reformador da Universidade Inquisidor Geral o 1º que fez auto de fé 5 Jerónimo ou João de Quadros § 13 5 António de Quadros Padre da Companhia passou a Índia onde foi Provincial 14 anos; El Rei D. João III mandou voltasse ao Reino digo votasse em todos os negócios de Estado. 5 D. Catarina, sem estado 5 Filhas Freiras N 5 SIMÃO DE QUADROS fº. de André de Quadros foi Provedor das Lezírias e casou em Ceuta com D. Joana Pereira 6 Manuel de Quadros morreu com el Rei D. Sebastião 6 André de Quadros

Dizem que estando o Rei D. Fernando que ganhou Sevilha em Conselho com grandes do seu Reino foi chamado um destes para saber dele certas coisas, e ardiz para a guerra o qual falou diante do Rei tão bem e deu tais razões que o Rei disse muito lhe quadrava essa razão = disto lhe começaram a chamar Quadros e lhe deu o Rei Armas conformes com o apelido.

1

N 6 ANDRÉ DE QUADROS fº. de Simão de Quadros N 5 foi Provedor das Lezírias de Santarém foi cativo na de Alcácer vendeu a Leziria da Ilha do Monte Farinha a Rui Lopes de Magalhães no ano de 1616 História Genealógica Tomo 12 pag. 58 N 18. Casou com D. Maria filha de Manuel Correia Baharem, e sua mulher D. Joana de Tavora no ttº. de ............................................. 7 Simão de Quadros s.g. 7 Miguel de Quadros N 7 MIGUEL DE QUADROS fº. de André de Quadros N 6 casou com D. Maria filha de António Pereira Capitão de Tânger, e sua mulher D. Mariana de Portugal 8 António de Quadros s.g. 8 André de Quadros s.g. 8 Manuel de Quadros s.g. 8 D. Luísa de Portugal N 8 D. LUÍSA DE PORTUGAL filha de Miguel de Quadros N 7 sucedeu a seu pai Miguel de Quadros. Vendeu o ofício de Provedor das Lezírias e casou com D. Pedro de Almeida fº. de D. António de Almeida Comendador de São Martinho de Soalheira (Ver História Genealógica Tomo 10 pag. 894) 9 D. Cecília Maria de Portugal mulher de Roque da Costa Barreto fº. de Nuno Álvares da Costa no ttº. de Barretos § 20 N 22.

FIQUEI AQUI NAS CORRECÇÕES
§2
VÍNCULO DOS SANTOS MARTIRES DE AVEIRO

N 3 TERESA GOMES DE QUADROS filha de Aires Gomes de Quadros N 2 do § 1 casou com Vasco Henriques Esteves da Veiga fº. de Henrique Esteves da Veiga, e sua mulher D. Felipa Nunes Cardoso no ttº. de Esteves da Veiga § 1 N 4 4 Francisco Henriques de Quadros 4 Manuel Henriques Barreto, s.g. 4 D. Maria Henriques freira nas Donas de Santarém N 4 FRANCISCO HENRIQUES DE QUADROS fº. de Teresa Gomes de Quadros N 3 foi Dezembargador no Porto e casou com D. Catarina Correia filha 1ª de Vicente Correia Montenegro Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Maria Pais Cardoso filha de João Fernandes Cardoso e D. Isabel de Figueiredo no ttº. de Monteiros § 19 por cujo casamento foi Francisco Henriques Sr. de um Prazo que pelos anos de 1750 possuía seu descendentes Miguel Patrício no § .... 5 D. Brites Henriques Correia N 5 D. BRITES HENRIQUES CORREIA filha de Francisco Henriques N 4 casou 2 vezes a 1ª com Manuel da Silveira de Sá s.g. casou 2ª vez com André Ribeiro Fidalgo da Casa Real fº. de Manuel Ribeiro e sua mulher D. Maria Annes, e neto de João Álvares Ribeiro, e sua mulher D. Isabel Pais filha de Gomes Pais de Barros Juíz da Alfândega do Porto e 2º neto de Fernão Ribeiro ttº. de Carneiros § 61 N 13 ttº. de Pintos § 258 N 14 no ttº. de Pericões § 2 N 2 6 D. Catarina Correia da Veiga N 6 D. CATARINA CORREIA DA VEIGA filha de D. Brites Henriques N 5 sucedeu na Casa de seu pai e casou em 1588 com seu primo em 2º grau António Rangel Juíz da Alfândega de Aveiro e foram dispensados por Xisto 5º em 1588 fº. de Miguel André Rangel, e sua mulher D. Maria Pericão esta irmã de Miguel Pires Pericão casado com D. Isabel, ou Catarina Miguéis Rangel filha de Miguel Fernandes Rangel, e D. Antónia Pires c.g. filhos ambos de Pedro Annes Pericão ttº. de Rangeis § 42 N 3 (V.e este ttº. § 7 N 8 na margem) 7 João Correia de Quadros 7 Miguel Correia de Quadros 7 Francisco Henriques de Quadros § 7 7 Manuel Henriques de Quadros s.g. 7 João Henriques de Quadros Padre da Companhia 7 D. Brites Henriques mulher de Miguel Rangel o brico s.g.

N 7 MIGUEL CORREIA DE QUADROS fº. de D. Catarina da Veiga N 6 sucedeu em parte da Casa de seus pais e no Ofício de Juíz da Alfândega de Aveiro. Casou com D. Luísa de Almeida filha de Manuel Jorge da Costa, e D. Jerónima da Costa de Almeida 8 António Rangel de Quadros 8 Francisco Correia de Quadros Clérigo 8 Gregório casou duas vezes s.g. 8 D. Maria da Costa § 6 8 D. Jerónima da Costa Srª. da quinta de S. Gregório casou duas vezes s.g. N 8 ANTÓNIO RANGEL DE QUADROS fº. de Miguel Correia de Quadros N 7 casou no ano de 1659 com dote de 7$50 cruzados com D. Ana da Veiga Cardoso filha H. de Manuel Soeiro Cardoso Sr. da quinta da Arada, e D. Antónia da Veiga neta paterna de João Gomes da Silveira, e D. Jacinta Coelho Cardoso 9 Miguel Rangel de Quadros 9 D. Catarina Correia Rangel § 3 9 D. Antónia da Veiga § 4 9 D. Brites Rangel de Quadros mulher de Francisco Cardoso Coelho Sr. de um Morgado em Vagos s.g. 9 D. Maria Custódia § 5 N 9 MIGUEL RANGEL DE QUADROS fº. de António Rangel de Quadros N 8 nasceu em 1685, sucedeu na Casa de seu pai e casou com D. Mariana Pereira Varela filha de Manuel Varela Pacheco, e D. Bárbara Pereira filha de Manuel dos Reis Vidas, e D. Antónia Pereira 10 João António Rangel Varela casado com sua prima D. Brites Maria de Castanheda filha de Manuel de Castanheda Cabral, e sua mulher D. Custódia no § 5 N 9 s.g. 10 D. Brites Isabel Varela de Quadros nasceu em 1693 N 10 D. BRITES ISABEL VARELA DE QUADROS filha que veio a ser H. de Miguel Rangel de Quadros N 9 deste § 2 casou com seu primo Simão Pedro da Costa e Tavora (foi Simão Pedro da Costa Sr. do Morgado dos Santos Mártires de Aveiro, e da Capela de S. José da cidade de Évora), fº. de Manuel Jorge da Costa e sua 2ª mulher D. Joana de Tavora de Azevedo filha de Miguel da Silva Chamorro, e sua mulher D. Mariana de Tavora Veloso 11 António Veríssimo da Costa e Tavora 11 João António da Costa e Tavora frade Bernardo nasceu em 1732 11 Miguel Rangel de Quadros nasceu em 1736 morreu novo 11 José de Tavora de Quadros nasceu em 1739 11 D. Mariana Joaquina casou com Miguel Patrício Cabral Rangel c.g. neste ttº. § 8 N 10 11 D. Catarina Joana de Tavora freira em Sá de Aveiro 11 D. Joana Inês de Tavora casou com António Rangel de Quadros neste ttº. § 11 N 10 11 D. Ana Antónia de Tavora nasceu em 1722 11 D. Teresa Margarida nasceu em 1729 11 D. Brites Isabel nasceu em 1734 N 11 ANTÓNIO VERISSIMO DA COSTA E TAVORA fº. de D. Brites Isabel N 10 nasceu em 1727 (Sr, dos ditos Morgados). Casou com D. Inês Coronel de Vasconcelos e Almeida filha de Romualdo de Almeida da Silveira Matoso Sr. do Morgado da Oliveirinha junto de Aveiro, e D. Joana Inácia Coronel (ver Costado fl. 178 Tomo 4º) 12 Miguel Rangel nasceu em 1761 N 12 MIGUEL RANGEL fº. de António Veríssimo N 11 (Sr. dos ditos Morgados e Capitão Mor das Ordenanças de Aveiro). Casou com D. Maria Bárbara Rangel de Quadros filha de João Rangel de Quadros e sua mulher D. Margarida Flavia de Queirós neste ttº § 7 N 11 13 António Máximo da Costa Monteiro 13 José 13 Diogo N 13 ANTÓNIO MÁXIMO DA COSTA MONTEIRO RANGEL DE QUADROS fº. de Miguel Rangel de Quadros é imediato sucessor ao Morgado dos Santos Mártires de Aveiro e da Capela de S. José da cidade de Évora Major do Regimento de Melicias de Oliveira de Azeméis. Casou em Janeiro de 1813

com sua 2ª prima D. Maria Amália de Vasconcelos Fragoso natural de Famalicão filha de Manuel João Nunes Fragoso Capitão Mor de Sangalhos e sua mulher D. Joana Rita de Vasconcelos.

§3 N 9 D. CATARINA CORREIA RANGEL DE QUADROS filha de António Rangel de Quadros N 8 do § 2 casou a 1ª vez com Diogo de Oliveira Rangel fº. H. de Francisco de Oliveira Rangel e D. Sebastiana Pestrelo natural de Alenquer filha de Domingos da Fonseca, e D. Isabel Pestrelo ttº. de Rangeis § 43 N 5 (ver § 7 N 8) 10 D. Inês Pestrelo Rangel mulher de seu primo Luís Francisco Rangel fº. de Miguel Rangel de Quadros no § 7 N 9 Casou 2ª vez com seu primo Carlos Ribeiro da Maia da Gama fº. de Pedro Ribeiro de Oliveira, e D. Luísa da Gama no § 6 N 9; foi Carelos Ribeiro Juíz da Alfândega de Aveiro 10 Luís da Gama Ribeiro Rangel 10 D. Luísa Jerónima Gama casada com seu parente João Pedro da Costa e Tavora fº. de Manuel Jorge da Costa, e D. Joana de Tavora, s.g. N 10 LUÍS DA GAMA RIBEIRO RANGEL fº. de D. Catarina Correia Rangel N 9 foi Fidalgo da Casa Real e Capitão Mor de Aveiro e Juíz da Alfândega da dita vila Superintende das Caudelarias. Não casou e teve B. 11 D. Luísa Inês Antónia da Gama e Quadros casou mal s.g. 11 D. Antónia recolhida em Celas. §4
MORGADO DA ARADA

N 9 D. ANTÓNIA DA VEIGA E QUADROS filha de António Rangel de Quadros N 8 do § 2. Casou em Anção com António Barbosa de Novais Capitão Mor da dita vila fº. de Agostinho Barbosa de Novais, e D. Helena de Morais Rego 10 D. Catarina Bernarda de Barbosa N 10 D. CATARINA BERNARDA DE BARBOSA E QUADROS filha de D. Antónia da Veiga N 9 sucedeu na Casa de seu pai e casou na quinta da Arada de que fora Sr. seu avô Manuel Soeiro Cardoso c.c. Mateus da Silveira fº. de João Gomes da Silveira e D. Jacinta Coelho Cardoso 11 João Agostinho da Silveira Barbosa e Quadros s.g. 11 Francisco Barbosa da Silveira Cardoso de Meneses 11 D. Antónia Barbosa de Quadros nasceu em 1729 N 11 FRANCISCO BARBOSA DA SILVEIRA fº. de D. Catarina Bernarda N 10 (Sr. do Morgado da Arada e Anção e Carril ve. § 2 N 8). Casou com sua prima D. Maria Isabel Rangel de Quadros filha de António Rangel e D. Joana neste ttº. § 11 N 10 12 Agostinho Barbosa de Novais Pimentel 12 João Agostinho Barbosa Cardoso de Meneses 12 D. Maria N 12 JOÃO AGOSTINHO BARBOSA DA SILVEIRA CARDOSO DE MENESES fº. de Francisco Barbosa da Silveira N 11 nasceu em Fevereiro de 1788 é formado na Universidade, Sr. das Casas da Arda e Ancão. Está solteiro em 1814. Casou com D. Joana Leopoldina de Meireles Leite Mascarenhas e Gundar filha de Francisco de Meireles Leite Fidalgo Cavaleiro e Sr. da Casa de Santo Antoninho em Basto no ttº. de Ribeiros § ... N ... §5
SR.ES DO PRAZO DE S. SILVESTRE

N 9 D. MARIA CUSTÓDIA DE QUADROS filha de António Rangel de Quadros N 8 do § 2 casou com Manuel de Castanheda Cabral Belo de Moura e Horta Sargento Mor da Comarca de Coimbra Cavº. da Ordem de Cristo Sr. do Prazo de S. Silvestre e seu Padroado por compra que fez ao Marquês de Marialva fº. de Francisco Cabral Belo Capitão de Mar e Guerra, e D. Maria de Castanheda e Moura e Horta 10 Francisco Caetano Cabral 10 José da Veiga Cabral Prior de S. Silvestre

10 António Rangel de Quadros § 11 10 Miguel Patrício Cabral § 8 10 D. Ana, freira em Jesus de Aveiro 10 D. Ursula, o mesmo 10 D. Brites Margarida de Castanheda casada com João António Rangel Varela neste ttº. § 2 N 9 s.g. N 10 FRANCISCO CAETANO CABRAL DE MOURA E HORTA fº. de D. Maria Custódia N 9 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo Sr. do Prazo de S. Silvestre e seu Padroado. Casou em Penadono com D. Antónia Luísa Pereira Coutinho filha de Luís Pereira Coutinho Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Feleciana de Vilhena Pereira Coutinho no ttº. de Pereiras § 77 N 5 c.g. 11 Francisco Manuel Cabral N 11 FRANCISCO MANUEL CABRAL fº. de Francisco Caetano N 10 é M.e de Campo de auxiliares e casou com D. Antónia de Nápoles, de Viseu filha de Francisco Xavier de Nápoles Sr. da Casa de Penacova e sua mulher D. Francisca de Nápoles e Lemos no ttº. de Napoles § 6 N 10 (ver Tomo 1º. De Costados fl. 91) 12 Manuel António Cabral de Napoles 12 D. N. ..................................... mulher de Francisco Barreto Perdigão Vilasboas de Goes Prº. do Prº. dos Pereiras 12 Luís Xavier de Napoles Cónego na Sé de Coimbra 12 João de Napoles Prior da Igreja de S. Silvestre 12 João Bernardo Provedor actual de Coimbra. §6 N 8 D. MARIA DA COSTA DE QUADROS fº. de Miguel Correia de Quadros N 7 do § 2 levou em dote o Ofício de Juíz da Alfândega de Aveiro. Casou com João da Gama da Maia 9 D. Luísa da Gama N 9 D. LUÍSA DA GAMA filha de D. Maria da Costa N 8 casou com Pedro Ribeiro de Oliveira 10 Carelos Ribeiro da Maia que foi Juíz da Alfândega de Aveiro casado com sua prima D. Catarina Correia Rangel de quem foi 2º marido neste ttº. § 3 N 9 c.g. que lá corre. §7
RANGEIS DE AVEIRO

N 7 FRANCISCO HENRIQUES DE QUADROS fº. de Catarina Correia da Veiga N 6 do § 2 casou com D. Madalena Viegas de Macedo filha de António Rabelo Queimado e D. Felipa de Macedo Viegas no ttº. de Pinhos 8 Miguel Rangel de Quadros 8 D. António da Encarnação Cónego Regular 8 Fr. Francisco Frade Bernardo 8 D. Felipa Rangel mulher de Henrique Pereira de Magalhães s.g. N 8 MIGUEL RANGEL DE QUADROS fº. de Francisco Henriques N 7 foi 2º Administrador do Morgado dos Rangeis de Aveiro por não ter seu cunhado Henrique Pereira filhos; foi Miguel Rangel Procurador pela vila de Aveiro nas Cortes que se fizeram em Lisboa em 1697 em que se jurou Príncipe e depois Rei D. João V. Casou com sua prima D. Inês Pestrelo de Oliveira Rangel filha de Francisco de Oliveira Rangel 2 e D. Sebastiana Pestrelo natural de Alenquer filha esta de Domingos da Fonseca e sua mulher D. Isabel Pestrelo filha de Jerónimo Pedroso ttº. de Rangeis § 43 N 5 (ver § 3 N 9). 9 Luís Francisco Rangel Pestrelo de Quadros N 9 LUÍS FRANCISCO RANGEL PESTRELO DE QUADROS fº. de Miguel Rangel de Quadros N 8 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, 3º Administrador do Morgado dos Rangeis de Aveiro. Casou com sua prima D. Inês Pestrelo Rangel filha única de Diogo de Oliveira Rangel 1º marido de D. Catarina Correia Rangel neste ttº. § 3 N 9 10 Diogo Luís Rangel
Francisco de Oliveira Rangel acima Sub N 8 era filho de Diogo de Oliveira Rangel e sua prima D. Catarina Rangel filha de António Pires Pericão ver neste ttº. § 2 N 6.
2

10 Francisco Luís Pestrelo § 10 10 Miguel Rangel de Quadros, morreu novo 10 D. Joana, freira em Sá de Aveiro 10 D. Luísa, o mesmo N 10 DIOGO LUÍS ANGEL PESTRELO DE QUADROS fº. de Luís Francisco Rangel N 9 nasceu no ano de 1700 e sucedeu na Casa de seu pai, e Morgado dos Rangeis. Casou em 1722 em Torres Novas com D. Catarina Maria Inácia Mascarenhas Pereira da Silva filha de João de Mesquita da Silva Moço Fidalgo da Casa Real Comendador das Gontijas e Valada na Ordem de Cristo, e sua mulher D. Joana Luísa Maria Mascarenhas Pereira natural de Vila Viçosa filha de Pedro Mascarenhas da Gama e Brito Pereira Moço Fidalgo da Casa Real e D. Maria Teresa Teles Landim no ttº. de Mascarenhas § 22 N 16 11 João Luís Rangel Pestrelo 11 Luís Francisco Rangel 11 João de Mesquita de Quadros 11 D. Ana Rita Quitéria 11 D. Teresa Josefa Joaquina 11 D. Inês Antónia Mascarenhas § 9 N 11 JOSÉ LUÍS RANGEL PESTRELO DE QUADROS fº. de Diogo Luís Rangel N 10 sucedeu na Casa de seu pai (Sr. da Casa dos Rangeis de Aveiro, e da dos Queirozes de Mesãofrio por sua mulher). Casou em Mesãofrio com D. Margarida Favia de Faria Andrade e Queirós filha de João de Queirós Cerqueira de Azevedo e Vasconcelos, e sua mulher D. Josefa Jacinta Monteiro de Mesãofrio 12 José Maria Rangel de Quadros 12 João Rangel 12 D. Maria Bárbara mulher de Miguel Rangel neste ttº. § 2 N 12 c.g. 12 D. N. ............................................ 12 N. ....................................., frade Bernardo 12 N. ....................................., frade Franciscano N 12 JOSÉ MARIA RANGEL DE QUADROS MASCARENHAS fº. de José Luís Rangel N 11 é Sr. do Morgado dos Rangeis de Aveiro e dos Queirozes de Mesãofrio, está reformado em Major de Cavalaria tem o Foro de Fidalgo Cavaleiro por Alvará de 29 de Novembro de 1802, e o do hábito de Cristo. Casou em 1801 com D. Antónia Ermelinda de Alpoim e Meneses filha de Francisco Xavier de Alpoim Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Jerónima Teresa de Carvalho e Meneses no ttº. de Costas § 13 N 12 e ttº. de Felgueiras § .... 13 D. Maria Augusta c.c. Aires Guedes Coutinho Garrido Pprocurador em Cortes em 1828 e teve 14 José Guedes de Alpoim Garrido 14 António Guedes de Alpoim Garrido 13 José Luís Rangel 13 Francisco Rangel 13 Diogo de Alpoim Capitão dos Voluntários Realistas de Aveiro 13 D. Maria Amália 13 D. Maria Hermínia N 13 JOSÉ LUÍS RANGEL DE QUADROS DE ALPOIM fº. de José Maria Rangel N 12 é Fidalgo Cavaleiro da Casa Real, com carta supletaria de serviço no Paço Comendador da Ordem de Cristo Tenente Coronel dos Realistas de Aveiro e Sr. da Casa do Carmo. §8 N 10 MIGUEL PATRÍCIO CABRAL RANGEL DE QUADROS fº. de D. Maria Custódia de Quadros N 9 do § 5. Casou com D. Mariana Joaquina de Tavora que nasceu em 1717 filha de Simão Pedro da Costa e Tavora e sua prima D. Brites Isabel Varela N 10 do § 2 11 Inácio Manuel 11 Francisco Manuel Cabral, bêbado 11 Manuel de Castanheda Cabral, solteiro 11 Miguel Rangel, Clérigo

N 11 INÁCIO MANUEL CABRAL RANGEL fº. de Miguel Patrício N 10 casou com sua prima D. Teresa Inês Rangel filha de Francisco Luís Pestrelo e sua mulher D. Joana filha esta de António Freire neste ttº. § 10 N 10 por ora s.g. §9 N 11 D. INÊS ANTÓNIA MASCARENHAS filha de Diogo Rangel N 10 do § 7 nasceu em 1758 casou em Oliveira de Azeméis com Domingos Manuel Soares de Alvergaria dos Reis Vasconcelos (Domingos Manuel Soares foi Capitão Mor da Vila da Feira) fº. H. de Salvador José dos reis e Vasconcelos 3 Cavaleiro da Ordem de Cristo e Familiar do S. Ofício Capitão Mor da Terra da Feira, e sua mulher D. Isabel Teresa Maria Soares de Alvergaria filha de Mateus Afonso Soares Dezembargador do Porto, e Corregedor do Cível e sua mulher D. Brígida Josefa Gomes da Costa filha esta do L.do António Gomes; e o Dezembargador Mateus Afonso era fº. do L.do Mateus Afonso e sua mulher Maria Soares filha esta de António Soares Homem 12 D. ......................................... 12 Domingos Soares 12 D. Isabel 12 D. Francisca Rangel de Quadros casou em Basto com Francisco de Meireles Pereira Leite Sr. da Casa de S. Antoninho no ttº. de Ribeiros § 14 N 8. § 10 N 10 FRANCISCO LUÍS RANGEL PESTRELO DE QUADROS fº. de Luís Francisco Rangel Pestrelo N 9 do § 7 nasceu em 1706 casou com D. Joana Luísa Freire de Andrade, filha de António de Freire de Andrade e sua mulher D. Luísa Inês Leitão 11 D. Teresa Inês c.c. Inácio Manuel Cabral neste ttº. § 8 N 11 11 D. Catarina e 11 D. Ana, gémeas 11 D. ................................... § 11 N 10 ANTÓNIO RANGEL DE QUADROS fº. de D. Maria Custódia de Quadros N 9 do § 5 nasceu em 1750 (foi Juíz de Fora de Pombal e Ouvidor em Alenquer) casou com sua sobrinha D. Joana Inês de Tavora filha de D. Brites Isabel Varela e seu marido Simão Pedro da Costa e Tavora neste ttº. § 2 N 10 11 António Rangel, solteiro 11 D. João Cruzio 11 D. Maria Isabel Rangel de Quadros mulher de Francisco Barbosa da Silveira neste ttº. § 4 N 11 11 ................................................. N 11 ANTÓNIO RANGEL DE QUADROS CABRAL E MOURA fº. de António Rangel de Quadros N 10 é do Prazo do Furadouro que é do Almoxarifado de Aveiro de que ele é recebedor e é também Capitão Mor de Aveiro tem B.B. legitimados B. 12 D. Maria Guilhermina Rangel de Quadros B. 12 D. ....................................... B. 12 D. ....................................... B. 12 D. ....................................... N 12 D. MARIA GUILHERMINA RANGEL DE QUADROS filha B. mas legitimada de António Rangel N 11 casou a 14 de Junho de 1811 com António de Abranches Lobo natural do Carvalhal de Mouras que acabou de servir de Juíz de Fora de Eixo fº. de Bento Lobo de Abranches que foi Juíz do Crime em Coimbra e sua mulher D. Ana Angélica da Câmara Figueiredo. § 12
DE TAVAREDE

Salvador José era filho de Outro Salvador dos Reis Capitão das Ordenanças e sua mulher Isabel Soares neto paterno de Domingos Dias dos Reis Capitão das Ordenanças e Inocência Gomes filha esta de Domingos Gomes Brandão e neto materno de Manuel Álvares Soares, e Isabel Fernandes filha esta de Manuel Fernandes ver costado Tomo 3 fl. 217 vº.

3

N 3 FERNÃO GOMES DE QUADROS fº. de Aires Gomes de Quadros N 2 do § 1 casou com D. Brites Álvares Rangel filha de Pedro Álvares Rangel e sua mulher Inês Álvares Sanches de Macedo no ttº. de Rangeis § 1 N 5 4 António Fernandes de Quadros que foi Adail Mor de Azamor Comendador da Ordem de Cristo e Padroeiro de S. António da Figueira casado com Genebra de Azevedo filha de Lopo Fernandes de Azevedo, e sua mulher D. Brites Afonso Coutinho c.g. no ttº. de Gouveias § 66 N 10. § 13 N 6 JERÓNIMO ou JOSÉ que é o mais certo ou MIGUEL DE QUADROS fº. de André de Quadros N 5 do § 1 passou a Índia casou em Ormuz com D. Luísa de La Penha filha de Gracia de La Penha, feitor de Ormuz 7 Jerónimo de Quadros 7 António de Quadros de La Penha Capitão em Goa despachado com a Capitania de Rachol por seis anos casou em Chachim com D. Maria Solis filha de Damião Solis teve 8 Manuel de Quadros La Penha despachado para Baçaim 4 8 D. Joana de Solis mulher de Cristóvão ou Bartolomeu Pereira fº. de Pedro Homem Pereira 7 André de Quadros de La Penha Capitão da Fortaleza de Camarão que vendeu aos Mouros, e viveu homiziado casado duas vezes s.g. N 7 JERÓNIMO DE QUADROS LA PENHA fº. de Jerónimo ou Miguel de Quadros N 6 foi Capitão Mor do Estreito de Ormuz, e da Fortaleza de Camarão casou duas vezes, a 1ª com D. Ana do Avelar irmã de João de Prado 8 João de Quadros 8 D. Luísa de Quadros mulher de Luís Fernandes de Ataíde 8 D. Isabel de Quadros § 14 8 Bartolomeu de Quadros Casou 2ª vez Jerónimo de Quadros com D. Ana de Mendonça filha de D. Jorge de Castelo Branco e D. Luísa de Castelo Branco digo de Mendonça 8 Bartolomeu de Quadros Capitão de navios na Índia casado com D. Isabel Launda filha de Manuel de Launda pª. de que teve 9 Sebastião de Quadros s.g. 8 Luís de Quadros casado com D. Francisca teve filhos s.g. 8 Manuel de Quadros Pereira 8 António de Quadros casado com D. Catarina de Prado Cabral teve 9 D. Teresa de Quadros 8 D. Maria Launda mulher de Manuel Furtado de Mendonça fº. de Tristão de Mendonça 8 D. Lucrécia de Quadros 2ª mulher de Tomás Neto Pereira por 2ª mulher a dita D. Lucrécia de Quadros de António de Melo da Gama N 8 JOÃO DE QUADROS SÁ PINHO fº. da 1ª mulher de Jerónimo de Quadros N 7 foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou duas vezes, a 1ª com D. Maria Fagundes filha de Gaspar Fagundes homem honrado da vila de Viana, e sua mulher D. Ana da Fonseca s.g. Casou 2ª vez com D. Inês Ferreira filha de Pedro Ferreira homem nobre de nome e sua mulher D. Maria Lobato. § 14 N 5 D. ISABEL DE QUADROS filha de Jerónimo de Quadros N 7 do § 13 casou com D. Diogo Pereira filho B. de D. Rodrigo Pereira frade Loio Inquisidor Geral e nomeado Bispo de Angola que não aceitou, fº. de D. Manuel Pereira 3º Conde da Feira e sua mulher D. Isabel de Castro 6 D. Rodrigo Pereira casado na Índia com D. Emília de Lencastre filha de D. Luís de Lencastre 6 D. Joana Pereira mulher de D. Jorge de Castelo Branco Capitão do Norte e Malavar que na batalha de Cantão venceu 20 mil Mouros 6 D. Francisca Pereira mulher de Francisco de Meneses Comendador de Ranhados.

4

António de Quadros casou com D. Catarina Solis filha de Fernão Solis e teve 8 Manuel de Quadros Capitão de Becaim

QUEIMADOS A Família dos Queimados é antigo neste Reino porque no tempo do Rei D. João I havia já Queimados pois Vasco Queimado seguiu a voz do Mestre, alguns dizem ser casado com Isabel de Vila Lobos porém de um letreiro que está na Capela Maior de S. Francisco de Setúbal consta ser casado com Maria Annes de Escobar filha de João Gonçalves de Escobar Vedor da Fazendo do Rei D. Fernando (este Vasco Queimado N 1 c.c. Maria Annes de Escobar era fº. de Rui Queimado e neto de Pedro Martins Queimado como consta das Inquirições de El Rei D. Diniz que era homem Fidalgo). 2 Vasco Queimado N 2 VASCO QUEIMADO fº. de Vasco Queimado N 1 3 Vasco Queimado 3 Leonor Queimado N 3 VASCO QUEIMADO fº. de Vasco Queimado N 2 casou com Isabel de Vila Lobos filha de Vicente Gil de Vila Boas 4 Vasco Queimado de Vila Lobos N 4 VASCO QUEIMADO fº. de Vasco Queimado N 3 foi muito bom Cavalheiro e Guarda Mor do Infante D. Pedro fº. do Rei D. João I e com ele se achou na Batalha de Alfarrobeira donde pelejando a par dele muito honradamente foi preso e depois solto por mandado do Rei D. Afonso V e não querendo estar no Reino onde fora tão mal tratado o Infante seu Sr. como cavalheiro generoso quis buscar sua ventura pelo Mundo passou a Inglaterra onde então floresciam as armas pelas guerras de Henrique 4º com Carlos 7º de França como consta da recomendação da Rainha D. Isabel mulher do Rei D. Afonso V ao dito Rei de Inglaterra em recomendação de Vasco Queimado; alguns alegando uma legitimação de Vasco Queimado que dizem ser o abaixo dizem que os filhos que teve eram B.B.; teve ou B. ou legítimos de Helena Fernandes 5 Vasco Queimado 5 João Queimado § 2 5 D. Maria Queimado mulher de Simão de Miranda c.g. no ttº. de Mirandas (acho também esta Maria Queimado casada também com Estevão Coleho c.g. nos Coelhos § 28 N 20) 5 Isabel Queimado mulher de Nuno da Mina N 5 VASCO QUEIMADO fº. de Vasco Queimado N 5 alguns dizem ser B. alegando uma legitimação que se acha nos registos do Rei D. Afonso V de Vasco Queimado fº. de outro Vasco Queimado; foi Guarda Mor da Casa da Índia casou com Maria Jaques filha de Pedro Jaques Comendador de Boucas no ttº. de ......................... serviu Vasco Queimado uma Comenda com Arzila 6 Vicente Queimado 6 Pedro Jaques de Vila Lobos na Índia s.g. 6 Leonor Queimado mulher de António da Silva de Soure c.g. 6 D. Helena Queimado mulher de João Gracez fº. de Afonso Gracez c.g. 6 Isabel de Vila Lobos mulher de Pedro de Sá de Santarém fº. de Francisco de Sá teve 7 Vasco de Sá 6 D. Joana de Vila Lobos mulher de Francisco de Sá o dos óculos 6 D. Maria Queimado mulher de Simão de Mirana foi Copeiro Mor do Cardeal Infante N 6 VICENTE QUEIMADO fº. de Vasco Queimado N 5 serviu na Ásia casou com D. Maria de Freitas filha de Luís Gonçalves de Freitas filha de Luís Gonçalves Adail de Azamor 7 Vasco Queimado morto na de Alcácer 7 D. Joana de Vila Lobos casada com Rui Barreto Mascarenhas Sr. do Morgado do Sodo ttº. de Barretos § 24 N 2 casou 2ª vez com Gonçalo Tavares ttº. de Tavares § 5 N 18 N 7 VASCO QUEIMADO fº. de Vicente Queimado N 6 passou com o Rei D. Sebastião a África e morreu na Batalha de Alcácer.

§2
N 3 JOÃO QUEIMADO fº. B. ou legítimo de Vasco Queimado N 2 do § 1 foi Guarda Mor do Infante D. Pedro onde serviu muito bem foi no Reino Provedor das 4 feitorias que El Rei D. Manuel mandou dos 4

lugares de África a saber Arzila, Ceuta, Tânger e Alcácer, foi à Índia por Capitão da sua nau em 1556 entrando na tomada das cidades de Mombaça e da fortaleza de Sacotora e dizem foi também Juíz de Lisboa; casou com Violante Correia de Lacerda fº. de Francisco Pacheco Tesoureiro Mor da Casa da Índia 4 Martim Queimado Lobo 4 Vasco Queimado 4 Frei Vicente P.te à Ordem de S. Francisco 4 Isabel Queimado N 4 MARTIM QUEIMADO LOBO fº. de João Queimado N 3 casou com D. Francisca de Meneses filha de Tristão Gomes da Mina no ttº. de Minas § 2 N 2 5 António Queimado de Meneses 5 D. Antónia freira em ............................... 5 D. Leonor de Meneses N 5 ANTÓNIO QUEIMADO DE MENESES fº. de Martim Queimado N 4 casou com D. Violante de Vasconcelos filha de Lopo Rodrigues Camelo Escrivão da Câmara de El Rei D. Maria Rodrigues de Vasconcelos 6 Martim Queimado morreu na Índia s.g. 6 D. Francisca de Meneses mulher de seu primo Luís Camelo Pereira escrivão da Câmara de Lisboa fº. de Afonso Camelo Pereira Ouvidor Geral da Índia irmão de D. Violante c.g. Casou 2ª vez António Queimado com D. Luísa Coutinho que depois foi 2ª mulher de Vasco Gomes de Melo fº. de Luís Pires Crespo natural de Azambuja fº. de Fernão Ortiz Vilhegas e D. Maria de Tavora no ttº. de Ortiz Vilhegas § 2 N 2 6 D. Felipa de Meneses mulher de Nuno da Cunha fº. de António da Cunha de Palhavão 6 D. Isabel de Meneses mulher de Henrique Pereira fº. de Francisco de Castro casou 2ª vez D. Isabel com Francisco de Noronha no ttº. de Betancur §; casou 3ª vez com Nicolau da Silva sendo de 80 anos N 6 D. FELIPA DE MENESES filha da 2ª mulher de António Queimado de Meneses N 5 casou como digo com Álvaro da Cunha fº. de António da Cunha de Palhavão e sua mulher D. Justa Pinto no ttº. de Cunhas § 28 N 9 7 D. Antónia da Cunha que foi H. casada com D. Manuel Pereira Coutinho o Catrim fº. de Lopo de Sousa c.g. no ttº. de Coutinhos § 20 N 14 c.g.

QUEIROGAS N 1 MEM RODRIGUES DE QUEIROGA é o primeiro em que principia o Conde D. Pedro esta família a fl. 401. Casou com D. Sancha Pais filha de D. Paio Soares de Valadares, e D. Elvira Vasqnes de Soverosa fl. 149 N 2 Nota C. 2 Rui Mendes 2 N ............................... Abadessa de Alvelos N 2 RUI MENDES fº. de Mem Rodrigues de Queiroga N 1, teve 3 Mem Rodrigues de Queiroga N 3 MEM RODRIGUES DE QUEIROGA fº. de Rui Mendes N 2 foi Sandeo. Casou com Maria Vasques filha de Vasco Fernandes de Ambia, e Maria Mendes Candareus, s.n.

QUENTAIS LOBOS 5 N 1 PEDRO LOPES DO QUENTAL Fidalgo da Casa Real Alcaide Mor de Mourão filho de .................... Casou com D. Leonor de Thoar Dama da Rainha D. Leonor mulher de El Rei D. Duarte, filha de João de Thoar quarto Senhor de Seviço, e das vilas de Carrança, e outras, Progenitor dos Marqueses de Berlanga, e outros, e teve 2 João de Thoar do Quental 2 D. Isabel do Quental N 2 D. ISABEL DO QUENTAL filha de Pedro Lopes do Quental era natural de Elvas, casou com Vasco Lourenço Lobo de que alguns ignoraram a filiação, e entenderam ser parente de sua mulher, e da Família dos Quentais; porém contra esta opinião temos as Armas de que usam seus descendentes esquartelando as dos Quentais com as dos Lobos, e pondo estas em primeiro lugar sinal certo de serem de sua varonia, só com uma diferença de uma flor de liz preta, era o dito Vasco Lourenço Lobo fº. de Lourenço Afonso Lobo, viveu nos reinados dos Reis D. Duarte e D. Afonso V, e sua mulher D. Mor Rodrigues Lobo no ttº. de Lobos § ... N ... a filiação que seus descendentes lhe dão se prova de uma sentença alcançada por seu neto João do Quental em 1528 e teve 3 Pedro Lopes do Quental 3 Diogo do Quental 3 D. Maria do Quental casada com Pedro Portocarreiro s.g. ela fez testamento em 1512 em que manda fazer Capela do Santíssimo de Alcaçovas de Elvas com missa quotidiana deixa por Administrador a seu sobrinho Sebastião do Quental, e seu fº. primogénito, e na falta escolheria um varão da sua família. N 3 PEDRO LOPES DO QUENTAL fº. de D. Isabel do Quental e Vasco Lourenço Lobo N 2. Foi Alcaide Mor de Alter do Chão, Fidalgo da Casa de Bragança, e o Duque D. Fernando lhe deu Alvará de seu casamento, e porque logo senão satisfez lhe deu o Duque 4.800 réis de tença, que era outro tanto que tinha de moradia. El Rei D. João II lhe deu outra de 10.000 em 1486 somas então muito consideráveis = o Duque D. Jaime depois de restituído aos seus Estados por El Rei D. Manuel lhe deu 4.000 réis de tença = Casou com D. Leonor Pires Peral filha de Pedro Vaz Peral natural de Lisboa, e de Catarina Fernandes natural de Viseu que tinha direitos ao Morgado da tenda concelho de Besteiros, que em 1360 instituiu Gonçalo Viegas Abade de Santa Maria de Dardavas, e sobre ele teve demanda esta Casa com António da Cunha Sr. de Santar e teve 4 Vasco Lourenço Lobo s.g. 4 João do Quental Lobo s.g. 4 Sebastião Lobo § 2 4 D. Guiomar Vaz Peral casada com Pedro Godinho ambos instituíram vínculos de suas terças em 1519 para seus filhos ele na herdade de Vale de Figueira, ela na de Coelheira termo de Elvas confirmados em 1535 por El Rei D. João III em Évora c.g. no ttº. de Godinhos, e foi sua neta D. Antónia Godinho c.c. Pedro Lopes do Quental seu tio, e foi seu 4º neto Fernão de Mesquita Pimentel morador em Estremoz s.g. N 4 JOÃO DO QUENTAL LOBO fº. deste Pedro Lopes do Quental N 3 nasceu em Elvas pelos anos de 1480 pouco mais ou menos, tomou ordens menores em Évora em 1501, mas falecendo seu irmão se casou com Catarina Vaz Mosqueira já viúva de Nuno Gonçalves de Barbudo filho de Pedro de Lisboa e de N ................ de Abreu filha de Rui Vaz de Abreu o ................. e com ela estava já casado em 1514, porque no dito ano obteve uma tença a seu favor em que declara isto mesmo = No ano de 1528 foi eleito Almotace de Elvas por pessoas que precisavam desluzilo, mas recorrendo por agravo à Relação se sentenciou em 23 de Setembro, que fora agravado, por mostrar ser estilo naquela cidade servirem o dito cargo Cavaleiros, Escudeiros e homens bons, e não fidalgos conhecidos como ele o era por ser fº. e neto dos referidos, e geração dos Lobos, que eram fidalgos muito honrados, e por tais conhecidos e que seu avô Vasco Lourenço era primo irmão de Fernão Rodrigues Lobo Comendador do Torrão, e de Diogo Gonçalves Lobo Vedor da Rainha D. Leonor, e que sua avó D. Isabel do Quental era mulher muito fidalga, e foram juízes na referida causa do Dezºs. António Sanches Brandão, e Domingos Lopes de Carvalho. Tinha morto no ano de 1530 destro de Castela onde andava ausentado, havia 6 anos a António Pegado fº. doutro, e seu parente por cuja causa ele, e seu filho Bastardo Pedro Lopes do Quental andaram
5

Nota dos Editores – Este ttº. não é de letra de Felgueiras Gayo.

homiziados muitos anos, em Castela, e na cidade de Bragança donde havia Couto, e nesta estava em 1539, depois esteve preso no Limoeiro de Lisboa remetido a Évora, e sentenciado 3 anos para África em 1540 e cumpriu o dito degredo. – No ano de 1543 se livrou do crime de haver injuriado o Meirinho Pantalião Luís, e corrido contra ele às cutiladas na Praça de Elvas. E vindo por Vereador em 1547 com Simão de Brito, Gracia Sanches Badajoz, e Fernão Lobo, Simão de Brito se assentou no 1º lugar à direita da Juíz, e ninguém lhe contestou por ser ..................... e devia ser mais velho, e Gracia Sanches ocupou o 1º lugar à mão esquerda porém João do Quental que era mais velho, que Gracia Sanches, vendo o lugar ocupado se não quis sentar dizendo que tocava a ele, e porque o Juíz o quis obrigar impondo-lhe a pena de 200 cruzados, e de dois anos de degredo, agravou da Câmara para o Corregedor, o qual sem decidir o agravo deu conta a El Rei, que mandou conhecer do caso, e se deu a sentença a favor de João Quental tomando-se por fundamento o ser Fidalgo de Geração, e mais velho que devia preferir a Gracia Sanches ainda que Fidalgo da Casa Real dada no ano de 1544. Casou duas vezes a 1ª como já se disse no princípio e s.g. e a 2ª vez com D. Maria Pegado Cabral filha herdeira de António Pegado dos Búzios Sr. do Morgado do Lago, e porque lhe faleciam os filhos todos meninos foi com ela em Romaria a uma imagem milagrosa de Jaen. Ele morreu em 24 de Janeiro de 1564 com 80 anos de idade e jaz na Capela de Alcaçovas de Elvas, e teve 5 Lopo Dias que morreu menino 5 Nuno Fernandes, o mesmo 5 Manuel do Quental Lobo, segue E em D. Francisca de Portocarreiro parente de D. Pedro Porto Carreiro marido de sua tia D. Maria filha de Gaspar Porto Carreiro Corregedor de Badajoz, teve 5 B. Pedro Lopes do Quental 5 B. Sebastião Lobo que vivia em 1530 N 5 MANUEL DO QUENTAL LOBO fº. de João do Quental N 4 nasceu no 1º de Julho de 1536, e sucedeu na Casa de seu pai, e no ano de 1554 tomou ordens menores, e parece que a fim de se livrar da morte feita a Fernão Pinto da Silva em que foi culpado. No ano de 1562 não obstante estar já casado foi condenado pelo Alcaide Mor António de Melo por não querer aceitar ser Capitão de Ordenança de Elvas, pelo que passou a Ceuta aonde serviu, e por este serviço pediu o Foro, e se lhe deu o de Moço Fidalgo com 1.000 réis de moradia. No ano de 1570 se escusou de ser Vereador e no de 1580 foi Procurador em Cortes por Elvas, e nela ficou no número dos 20 que foram mandados ficar, e lhe mandaram pagar todo o tempo por ordem, que veio ao Procurador a Comarca como consta do Tombo da Câmara fl. 216, e a dita Câmara lhe escrevia de Ill.mo Senhor como se vê do original das mesmas cartas. No ano de 1595 receando-se que houvesse alguma invasão neste Reino em favor do Sr. D. António, El Rei Felipe lhe escreveu a 26 de Julho do dito ano, agradecendo-lhe o bem, que se dispusera a servi-lo, e que estivesse prestes ao 1º aviso. Morreu em 1610, e jaz no Capítulo dos Capuchos de Elvas. Casou a 1ª vez em 1560 vivendo seu pai, com D. Teresa Álvares Ferrão filha de Álvaro Lopes Carro, e de Brites Lopes Ferrão filha de Diogo Lopes Ferrão, e desta teve 6 João do Quental nasceu em 1566 e morreu em 1585 teve uma filha bastarda chamada 7 D. Brites que foi freira 6 D. Maria do Quental nasceu em 1562 casou a 1ª vez com Aires de Mendonça Furtado Comendador de Borba, e 2ª vez com Jorge de Sousa filho de Gonçalo Rodrigues de Sousa e de D. Guiomar Monteiro s.g. ficando viúva fez a Capela do Santíssimo da Sé de Elvas contratando com o Cabido em 1619, fez testamento em 1634 deixa por Administradora a sua sobrinha D. Teresa de Vilhena mulher de D. Rodrigo Henriques Sr. da Roliça filha de seu sobrinho Ascêncio de Siqueira 6 D. Brites de Tovar nasceu em 1565 e casou com Gaspar de Siqueira e Vasconcelos fº. de Ascêncio de Siqueira hoje casado com D. Maria das Necessidades no ttº. de Siqueiras § .... Por morte desta mulher se contratou a casar com D. Mécia de Brito filha de Afonso de Brito de Aboim e de D. Luísa de Abreu Vasconcelos e estando as escrituras assinadas em 30 de Fevereiro de 1599 se desfez o casamento e passou ela a casar com André de Azevedo de Vasconcelos o Fole como se vê no ttº. de Juzartes parte 1ª § 8. Ele se enamorou depois de Violante Farausto filha de Manuel Luís Farausto e de Leonor Gil Galvoa, e se receberam em 7 de Novembro de 1610 pelo obrigar a consciência como o representou ao Bispo e consta de assento do dito casamento, e dela ja tinha 3 filhos, e fez o seu testamento em 11 do dito mês, e ano aprovado pelo Tab.am Filipe Rodrigues, e teve desta 6 Pedro Lopes do Quental que teve várias demandas sobre o Morgado do Lago e partilhas dos bens de seu pai com seu sobrinho Ascencio de Siqueira, morreu a 23 de Novembro de 1618 s.g. 6 Gaspar do Quental s.g. 6 Manuel do Quental, s.g. 6 João do Quental Lobo, segue

E fora do casamento, de uma Maria Soares teve 6 B. António Lobo do Quental que se passou a Flandres por se achar com Gaspar de Siqueira na morte do Corcovado .......................... Rodrigues de Vasconcelos, era Sargento de Infantaria s.m.n. 6 B. D. Brites de Quental a quem seu pai deixou quatro moios de trigo de renda recolheu-se no Convento de S. Domingos de Elvas depois foi freira em S. Clara de Portalegre donde a meteu o Bispo D. Lopo de Siqueira irmão de seu cunhado N 6 JOÃO DO QUENTAL LOBO fº. da 2ª mulher deste Manuel do Quental N 5 nasceu em 1610, sucedeu na Casa depois de prolixas medidas com os Siqueiras. Viveu em Mugem homiziado por se achar na morte do Couto a quem matou António Pegado a 11 de Março de 1630. Foi Vereador em Elvas, e 4 vezes Procurador em Cortes nos anos de 1645, 47 e 48 e morreu em 27 de Novembro de 1667 jaz na Alcaçova na sepultura de seus avós. Casou com D. Maria de Abreu filha de João Lobato de Abreu Corregedor em Elvas e de sua 2ª mulher D. Cecília s.g. casou 2ª vez com D. Maria Pegado da Ponte filha de Paulo Pegado da Ponte, e de Violante Sardinha e teve 7 Manuel do Quental Lobo segue 7 D. Maria, morreu menina 7 D. Mariana que nasceu em Muge em Dezembro em 1636, e morreu em Elvas em 1668 sem estado N 7 MANUEL DO QUENTAL LOBO fº. de João do Quental Lobo N 6 foi baptizado na Matriz de Mugem em 8 de Janeiro de 1634 por seu tio o Padre Manuel Pegado da Ponte, que era ali Prior, e foi padrinho Paulo Pegado seu avô materno. Sucedeu na Casa, e viveu sempre homiziado por ter morto numa comédia em Elvas a Fernão da Silva e Sousa Cavaleiro honrado de Estremoz da família dos Oliveiras. Soube muito bem latim, matemáticas; e foi bom Genealógico, e de seus manuscritos se aproveitou muito Diogo Gomes de Figueiredo General de Artilharia. Casou a 27 de Julho de 1666 com sua prima 3ª D. Catarina Freire Godinho filha de Luís Borralho Godinho, e de Margarida Freire natural de Fronteira e teve 8 João do Quental Lobo segue 8 Luís do Quental frade Cartuxo em Évora 8 Pedro Lopes do Quental morreu moço N 8 JOÃO DO QUENTAL LOBO fº. deste Manuel do Quental N 7 nasceu em Elvas no 1º de Junho de 1667 foi baptizado na Sé por seu tio Álvaro Miz Freire. Foi Procurador em Cortes em 1698, e pos Companhia de cavalos na Guerra da Liga, e foi Comissário Geral de Cavalaria, e com este posto se achou nas tomadas de Valença, Alcântara, Albuquerque, e Badajoz e em 1706 foi até Madrid, e de lá ao Reino de Valença, e se achou na Batalha de Almança governando o lado direito da primeira ala e se retirou para este Reino em 1708, e foi Coronel para o Minho, que trocou com o Conde de Alvor que era em Elvas, e neste posto serviu até 1715, e na paz geral ficou reformado, e por estes serviços se lhe deu o foro de Fidalgo. Em 4 de Janeiro de 1702 assistiu a factura das escrituras nupciais de sua tia D. Luísa Serafina Antónia da Gama Lobo, e foi padrinho de seu recebimento celebrado na vila de Fronteira em 27 de Janeiro do dito ano, com Pedro Barradas Juzarte de quem foi 3ª mulher, natural de Monforte, e morador em Campo Maior, e foi outro Padrinho António Juzarte Barradas Capitão Mor de Monforte irmão do noivo este avô paterno de D. Inês Antónia Juzarte mulher de André Lobo Tenazes o do ............. N ...... o que consta da escritura lavrada em Monforte na Nota do Tab.am Domingos Cortez da Costa que o dito João do Quental assinou como procurador da dita sua tia, que supomos seria da família de sua mãe, e tia e dos Godinhos de Fronteira. Foi muito entregue aos estudos genealógicos de que deixou muitos escritos, e se enformava do modo possível da qualidade, e origem das famílias de que formou títulos, o que se vê de uma carta que em 4 de Agosto de 1737, ele escreveu ao Tenente Coronel André Barradas Juzarte enteado de sua tia D. Luísa Serafina pedindo-lhe memórias das famílias dos Juzartes, e Barradas para corrigir as que tinha pertencentes àqueles ramos. Compôs muitos títulos de sua família, e os mandou vender pelos cegos em Lisboa, tudo a fim de se fazer mais conhecido. Casou duas vezes a 1ª com D. Maria Antónia Juzarte da Silva natural de Monforte filha de António Juzarte Raudono da Silva, e de sua 3ª mulher D. Catarina Barreto de Simas filha de Manuel Barreto de Simas natural de Cabeço de Vide e de Maria Caleira natural de Tolosa neta paterna de Cristóvão Juzarte da Silva, e D. Maria Luísa de Vide ttº. de Juzartes parte 2 § 36 e teve desta 9 Dois filhos varões 9 D. Catarina 9 D. Isabel 9 D. Margarida Morreram todos meninos

9 D. Catarina Antónia que nasceu em Elvas a 29 de Outubro de 1704 e foi mulher de Lourenço de Mizurado de Alter do Chão, teve vários filhos que morreram meninos Casou 2ª vez em 1713 com D. Isabel Emerenciana Antónia Pala natural de Santarém filha H. de Manuel Gonçalves Veio e de D. Francisca Teresa de Almeida filha de Belchior Torres Negrão Corregedor de Santarém, e neta paterna de Manuel Gonçalves Veio, e de D. Isabel de Freitas no ttº. de Costas § ... e ttº. de Perdigões § .... 9 Manuel do Quental que segue 9 José do Quental nasceu a 30 de Agosto de 1715 Deputado de Mesa da Consciência 9 Luís do Quental nasceu em 1721 9 Belchior do Quental nasceu em 1719 9 Pedro do Quental nasceu em 1723 9 Francisco do Quental nasceu em 1725 9 Álvaro do Quental Capitão de Cavalos em Olivença 9 D. Francisca nasceu em 1716 e morreu em 1717 9 D. Francisca Isabel nasceu em 1718 e casou com Lourenço de Mizurado de Vasconcelos e só restou 10 D. Isabel do Quental que vivia em 1798 sem estado, na vila de Alter do Chão com 50 anos N 9 MANUEL DO QUENTAL LOBO fº. deste João do Quental N 8. Nasceu em 26 de Maio de 1714 foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo, e casou na vila de Fronteira com D. Mariana Joaquina de Meneses filha de Henrique de Melo de Azambuja e de D. Eugénia Josefa de Meneses filha de D. Francisco Furtado de Mendonça Sr. da Casa de Argemil na vila da Barca e de D. Mariana Luísa de Valadares ttº. de Meneses § ... e ttº. de Jacomes § ... e teve 10 João do Quental morreu menino 10 José do Quental 10 Joaquim do Quental 10 D. N. .................................... 10 D. N. .................................... §2 N 4 SEBASTIÃO LOBO DO QUENTAL fº. de Pedro Lopes do Quental e de D. Leonor Pires Peral o do § 1 N 3. Foi Herdeiro e testamenteiro de sua tia D. Maria do Quental e possuiu a Capela que a mesma instituiu como se disse no N 2 sub N 3 do § 1 e deu conta de seus encargos na Provedoria de Elvas em 1541. Casou com D. Joana da Silva filha de João da Silva Alcaide Mor de Elvas e D. Genebra de Abreu filha de João Rodrigues Pessanha, e a noiva foi dotada em 1521 por um Rui de Abreu Alcaide Mor de Elvas primo de D. Genebra de Abreu s.g. E fora do casamento em Brites Gomes filha de Gomes Anes o Mal Leza de alcunha teve 5 B. Vasco Lourenço Lobo, segue 5 B. D. Maria Lobo § 3 N 5 VASCO LOURENÇO LOBO fº. B. deste Sebastião Lobo N 4 foi dispensado por sua tia D. Maria do Quental para suceder no Morgado, e casou com Isabel Nunes e teve 6 Sebastião Lobo do Quental que sucedeu na Casa, e casou mal com uma N .............. Tensa cujo nome, e filiação se ignora, e teve 7 Vasco Lobo possuía a Casa s.g. 7 D. Maria Lobo sem estado dotou a seu sobrinho Pedro do Quental o do § 3 §3 N 5 D. MARIA LOBO DO QUENTAL filha B. de Sebastião Lobo do Quental e de Brites Gomes Fialla os do N 4 do § 2 casou com ......................................... e teve 6 D. Catarina Lobo N 6 D. CATARINA LOBO que casou com Estevão Gonçalves que parece que foi irmão de Leonor Gonçalves Ferausta mãe de Violante Farausta mulher de Manuel do Quental o do § 1 N 5 e teve 7 Pedro Lobo do Quental, que segue

N 7 PEDRO LOBO DO QUENTAL que tomou ordens menores em 1602 possuiu o Morgado de Monte Longo e a Capela do S.mo por doação de sua tia D. Maria do Quental q do § 2 N 7 sub N 5 feita em 1741. Casou em Fronteira com D. Francisca de Brito Sotomaior filha de Afonso Martins de Brita e de D. Bárbara Mendes Sotomaior e teve 8 Rui Mendes Lobo, que segue 8 Afonso de Brito Lobo s.g. 8 D. Leonor de Brito, sem estado 8 D. Catarina de Brito, sem estado N 8 RUI MENDES DE BRITO fº. deste Pedro Lobo do Quental N 7 serviu pela guerra da Aclamação na Beira em Tenente de Couraças, e casou em Proença-a-Velha Comarca da Castelo Branco com D. Brites Lopes Preto filha de André Lopes Salvado, e de Maria Nunes Preto irmã do Capitão Mor Afonso Fernanes Preto, e teve 9 Matias Lobo do Quental, segue N 9 MATIAS LOBO DO QUENTAL que sucedeu na Casa e casou com D. Catarina Supico de Morais Sarmento filha do Doutor Supico de Morais Juíz de Fora de Alpedringa, e S. Vicente da Beira, e de D. Felipa Nunes Serafina, e teve 10 António Lobo do Quental 10 Pedro Lobo do Quental

QUEZADOS N 1 Os Quezados descendem de Pedro Dias Carrilho que era de Toledo fº. de Diogo Palomeque e sua mulher D. Teresa Barroso e neto de Gomes Pires Palomeque e sua mulher D. Leonor Carrilho o qual Pedro Dias Carrilho foi esforçado cavalheiro e que sendo adiantado de Sevilha ganhou a Vila de Quezado aos Mouros e o socorro com nove carretos de trigo que foi buscar à terra dos inimigos estando o Rei D. Afonso IV para levantar o cerco da dita Vila por falta de mantimentos e por estes serviços lhe foi dado grandes mercês e lhe deu Armas e Apelido de Quezado. Casou 1ª vez com D. Teresa Rodrigues de Biedma filha de Rodrigo Ignigo de Biedma e sua mulher D. Joana Dias de Fienes filha de D. Dias Sanches de Fienes Adiantado Mor de Granada. 2 Dias Sanches Quezado N 2 DIAS SANCHES QUEZADO fº. de Pedro Dias N 1 serviu ao Rei D. Afonso 11 contra os Mouros e foi Sr. Garciez casou 1ª vez com D. Toda Peres Sotomaior s.g. casou 2ª vez com ........................................ 3 Pedro Dias Quezado 3 Ponce Dias Quezado N 3 PONCE DIAS QUEZADO fº. de Dias Sanches serviu a Henrique o bastardo e ao Rei D. João contra Portugal foi Sr. Garciez e da terra de S. Tomé veja-se Afonso Lopes de Haro fl. 553-554-555. Casou com D. Teresa de Gusmão filha de Gilvaz Davila e D. Inês de Gusmão 4 Pedro Dias Quezado 4 Dias Sanches Quezado passou a Aragão 4 Martim Dias Quezado 4 Lopo Dias Quezado 4 Mendo Dias N 4 LOPO DIAS QUEZADO fº. de Ponce Dias N 3 foi aprº. que passou a Portugal no tempo do Rei D. Afonso IV e viveu na cidade do Porto 5 Martim Dias Quezado N 5 MARTIM DIAS QUEZADO fº. de Lopo Dias N 4 outros o fizeram filho de Ponce Dias que leva por avô outros de Mendo Dias que leva por seu tio casou com ........................................... 6 João Quezado N 6 JOÃO QUEZADO fº. de Martim Dias Quezado N 5 veio para Viana e foi chamado o velho e instituiu o Morgado de S. Tiago (parece quem instituiu o Morgado de S. Tiago foi o neto deste) casou com D. Maria Gomes Madriz filha de D. Gomes Madriz comendador de S. Romão de Neiva 7 Martim Quezado 7 Gil Quezado Capitão na Índia e dele fala João de Barros Dec. 3 Cap. 2 e Cap. 7 e no livro 1º Cap. 4 Manuel de Faria Ásia Portuguesa Tomo 1º Parte 2ª Cap. 2º fl. 78 e do livro velho das mercês consta ser Moço Fidalgo com moradia de 850; casou com D. Luísa Aia da Rainha D. Maria mulher do Rei D. Manuel s.g. 7 D. Branca Quezado c.c. Gil Pires Tourinho ttº. de Tourinhos § 1 N 1 7 Inês Quezado mulher de José Afonso Peixoto c.g. nos Vilarinhos § 15 N 5 7 Brites Quezado 7 Justa Quezado N 7 MARTIM QUEZADO fº. de José Quezado N 6 casou com Catarina Annes Maciel filha de Domingos Maciel no ttº. de Macieis § 36 N 1 8 João Quezado chamado o novo 8 António Quezado Maciel § 10 8 Afonso Quezado Maciel § 11 8 Pedro Quezado Maciel 8 Diogo Quezado que se achou na batalha de Pavia e foi o 1º que pos a Bandeira no Castelo de S. Angelo. Casou em Veneza c.g.s.n. 8 D.................................. 8 D. ................................ 8 D. ................................

N 8 JOÃO QUEZADO fº. de Martim Quezado N 7 foi chamado o novo por diferença de seu avô, foi Sr. do Morgado de S. Tiago em Viana como seu pai foi grande Capitão no tempo do Rei D. Manuel e achouse na tomada de Azamor no ano de 1505 onde serviu com valor sendo Capitão D. Vasco da Gama passou depois à Índia digo achou-se na tomada de Azamor no ano de 1505 como diz o Cronista Damião de Gois sendo Capitão D. Vasco Coutinho e depois passou à Índia com D. vasco da Gama, na última vez que lá foi onde serviu com uma nau à sua custa. Faz dele honrada memória o Historiador Diogo Couto na sua Decada 5 Cap. 5 achou-se quando este Reino foi a Suez D. Estevão da Gama por quem foi armado cavaleiro no monte Sinai e se achou no cerco de Diu no ano de 1531. Casou com Inês Vicente Instituidora do Morgado dos Quezados de Viana (tem este Morgado a Capela de S. Tiago na Matriz de Viana) fº. de João Vicente e de sua mulher Brites Fernandes Velinho 9 Martim Quezado Maciel 9 António Quezado c.c. Apolónia da Rocha s.g. 9 Francisco Quezado § 9 9 João Quezado 9 D. Inês Quezado Maciel mulher de Manuel Álvares de Carvalho Embaixador de El Rei D. Sebastião a El Rei Henrique de Inglaterra Comendador de Merelim com geração em Lisboa no ttº. de Carvalhos § 55 N 7 9 Catarina Quezado § 3 N 9 MARTIM QUEZADO MACIEL fº. de João Quezado N 8 (sucedeu na Capela de S. Tiago na Matriz e foi um dos Padroeiros do Mosteiro de S. Bento de Viana). Foi Sr. dos Morgados dos Quezados, casou com Leonor Lopes Jacome filha única de João Lopes Jacome Alcaide Mor do Couto de Ervededo e de sua mulher Catarina Vaz Pimenta como se vê no ttº. de Jacomes § 3 N 4 10 João Quezado Jacome 10 Diogo Quezado casou 1ª vez com Catarina Velho Barreto filha de António Esteves e Isabel Velho Barreto s.g. e 2ª vez com sua parente Genebra Jacome s.g. 10 Francisco Quezado Jacome § 7 10 Leonor Lopes Jacome mulher de Francisco Rodrigues da Rocha no ttº. de Vilarinhos § 20 N 5 N 10 JOÃO QUEZADO JACOME fº. de Martim Quezado Maciel N 9 foi Sr. do Morgado dos Quezados casou com D. Maria do Rego Vias Boas filha de Jacome de Vilas Boas Reimonde no ttº. de Vilas Boas § 9 N 11 onde também corre esta descendência 11 Dr. Jacome de Vilas Boas Quezado 11 Dr. Marçal Quezado Lente de Prima em Leis Dezembargador do Paço eleito Bispo de Elvas casado com filhos sem geração 11 João Quezado Jacome Capitão de Mar e Guerra s.g. 11 Leonor freira em S. Bento 11 Inácia de S. Agostinho freira em S. Bento 11 Maria de S. João Freira em S. Bento N 11 DR. JACOME DE VILAS BOAS QUEZADO fº. de João Quezado N 10 foi Sr. do Morgado dos Quezados Ouvidor em Braga e o maior Cronista do seu tempo e foi Abade de Ancora Altezares Comissário do S. Offº. teve de duas mulheres B.B. 12 B. Martim Quezado Jacome 12 B. João Quezado Jacome § 8 N 12 MARTIM QUEZADO JACOME fº. B. do Dr. Jacome Vilas Boas N 11 foi Sr. do Morgado de Quezados (sucedeu no Morgado que seu pai instituiu) e casa de seu pai foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, Fidalgo da Casa Real talvez pelos serviços de seu tio. Casou com Maria do Rego filha do Dr. Bento da Cunha Rego dos bons Cunhas de Viana e sua mulher D. Ana de Antas dos Antas de Coura no ttº. de Regos § 52 N 8 13 Marçal Quezado Jacome 13 Dr. Jacome de Vasconcelos Quezado Dezembargador em Braga e Abade de Rio Caldo 13 D. Ana e outras, freiras em S. Ana de Viana N 13 MARÇAL QUEZADO JACOME fº. de Martim Quezado N 12 foi Sr. do Morgado dos Quezados Fidalgo da Casa de Sua Majestade. Casou com D. Maria Correia Felgueira filha de João Rodrigues Correia e sua mulher Teodora Felgueira 14 Martim Quezado Jacome 14 Manuel Quezado no Brasil c.s.g. e outros

14 Fr. João Quezado frade Bento 14 D. Maria de S. Bento freira em S. Bento de Viana N 14 MARTIM QUEZADO JACOME fº. de Marçal Quezado Jacome N 13 foi Sr. do Morgado dos Quezados Fidalgo da Casa de Sua Majestade casou com ......................................................... 15 Marçal Quezado Jacome 15 José Quezado Jacome 15 D. Joana Quezado mulher de seu parente José Barreto Perdigão Capitão Mor da Vila de Gois junto a Coimbra vai no ttº. de Vilas Boas § 20 e ttº. de Barretos Velhos § 30 N 11 15 D. Maria Rosenda casada com seu parente Fernando Leite Lobo em Caminha vai no ttº. de Vilas Boas § 4 N 16 15 D. Catarina mulher de ................................... 15 D. Joana 15 D. Inácia 15 D. Luísa N 15 MARÇAL QUEZADO JACOME fº. de Martim Quezado N 14 deste § 1 foi Sr. do Morgado dos Quezados foi Fidalgo da Casa de Sua Majestade. Casou com D. Maria Rosa Correia filha de Francisco Xavier Correia Folgueira e sua mulher D. Teresa Maria de Lima 16 D. Maria Rosenda Urselina 16 Martinho Quezado Jacome 16 Fr. Marçal Frade Bernardo 16 José Quezado casado com D. Antónia filha de Belchior Pinto do Rego ttº. de Felgueiras § 18 16 D. Margarida Urselina 16 D. Teresa 16 D. Ana casada no ttº. de Barretos § 123 16 Manuel Quezado.

§2
N 7 BRITES QUEZADO filho de José Quezado Velho N 6 do § 1 casou com António Rodrigues da Guerra Trabu ou casou com António Rodrigues Gama 8 António Quezado Trabu § 13 8 Catarina Fernandes Trabu 8 Gonçalo Annes Trabu § 14 8 Maria Pinto c.c. Francisco Ribeiro Cirne c.g. no § 13 N 8 N 8 CATARINA FERNANDES TRABU filha de Brites Quezado N 7 deste § 2 casou com Diogo Gonçalves Vilas Boas fº. de João Pais de Faria e sua mulher Maria Gonçalves Vilas Boas no ttº. de Vilas Boas § N 9 onde corre esta descendência.

§3
N 9 CATARINA QUEZADO filha de João Quezado N 8 do § 1 casou com Simão Velho Barreto fº. de Simão Velho Barreto e sua mulher Margarida Pires segundo a resposta de Marçal Quezado de Viana segundo a resposta dos Sr.es de Calheiros era filha de Álvaro Velho Barreto (vão nos Velhos Barretos de Viana no § 100) e sua mulher Senhorinha de Macedo Ribeiro e neto de João Velho o velho de Viana ttº. de Barretos § 1 N 2 10 Simão Velho Barreto 10 Rui Gomes Barreto c.c. Ana Nunes Boto filha de Pedro Afonso Peixoto Corº. de Lamego e sua mulher Maria Nunes Boto s.g. 10 Isabel Velho Barreto § 4 N 10 SIMÃO VELHO BARRETO fº. de Catarina Quezado e seu marido N 9 deste § 3 casou com Paula da Cunha filha de Diogo da Cunha e sua mulher Beatriz da Rocha 11 Catarina Velho Barreto 11 Leonarda de Sampaio freira em S. Bento de Viana

N 11 CATARINA VELHO BARRETO filha de Simão Velho N 10 deste § 3 casou com Gaspar de Azevedo e Costa Chanceler da Comissão de Viana fº. de Ana Fernandes da Costa e seu marido Sebastião Álvares de Azevedo no ttº. de Costas § 71 N 6 onde corre esta descendência.

§4
N 10 ISABEL VELHO BARRETO filha de Catarina Quezado e seu marido Simão Velho Barreto N 9 do § 3 casou em Ponte de Lima com Gomes Madriz fº. de ................................................... 11 Manuel Madriz casou em Ponte de Lima 11 Simão Velho Barreto 11 Leonor Gomes Barreto § 5 11 Inês Madriz 11 Gracia Velho morreu sem estado 11 Briolanja Velho § 6 11 Maria Madriz s. estado 11 Paula s. estado N 11 SIMÃO VELHO BARRETO fº. de Isabel Velho Barreto N 10 deste § 4 casou em Ponte de Lima com ................................... filha de ......................................... 12 António Madriz Pinheiro 12 Mariana Velho N 12 MARIANA VELHO filha de Simão Velho Barreto e sua mulher N 11 deste § 4 foi casada em Ponte de Lima com Mateus da Costa fº. de Leonor Gomes Barreto.

§5
N 11 LEONOR GOMES BARRETO filha de Isabel Velho Barreto N 10 do § 4 casou em Ponte de Lima com Lopo Rebelo fº. de aliás casou com Brás Rebelo fº. de Lopo Rebelo 12 Rodrigo Velho 12 Manuel Velho 12 Maria Madriz.

§6
N 11 BRIOLANJA VELHO filha de Isabel Velho Barreto N 10 do § 4 casou em Ponte de Lima com Brás Rebelo fº. de Lopo Rebelo.

§7
N 10 FRANCISCO QUEZADO JACOME fº. de Martim Quezado Jacome N 9 do § 1 casou 1ª vez com Maria de Vilas Boas Ferreira filha de Fernão de Vilas Boas e sua mulher Camila Ferreira no ttº. de Vilas Boas § 5 N 11 11 Bento Quezado Vilas Boas 11 Isabel Ferreira s.g. Casou 2ª vez com Isabel da Fonseca filha de Pedro Lopes da Fonseca Corregedor que foi de Viana e Isabel Dias Gramacho no ttº. de Coutinhos § 89 N 11 11 Pedro Lopes da Fonseca em Duonquerque 11 Manuel Pimenta Jacome, Clérigo 11 Bárbara da Fonseca 11 Ana Jacome e duas solteiras 11 Joana Jacome casou e teve uma filha N 11 BENTO QUEZADO VILAS BOAS fº. do 1º casamento de Francisco Quezado N 10 casou 1ª vez com Francisca Barbosa filha de Francisco da Costa e sua mulher Ana Gomes 12 Ana de Santo António freira em S. Bento de Viana Casou 2ª vez com Catarina Pereira filha de Gaspar Pereira do Lago e sua mulher Briolanja Tomás 12 Francisco Quezado Jacome 12 Maria de Vilas Boas s.g. 12 Angela do Nascimento freira em S. Bento de Viana

12 B. Bento Quezado Jacome Dezembargador no Porto N 12 FRANCISCO QUEZADO JACOME fº. do 1º casamento de Bento Quezado N 11 casou com Perpétua Lobo filha de Bento Rabelo e sua mulher Inês Lopes 13 Bento Quezado Jacome s.g. 13 Justa Quezado casada com Tomás de Vide s.g.

§8
N 12 JOÃO QUEZADO JACOME fº. B. de Jacome de Vilas Boas Quezado N 11 do § 1 casou 3 vezes, a 1ª com Leonor Barreto 13 João de Vilas Boas Quezado Dezembargador no Porto Casou 2ª vez com Angela Pedrosa s.g. casou 3ª vez com Mariana da Rocha filha de Manuel Pinto Pais e Ana da Rocha c.g. 13 D. Mariana da Rocha casou em Viana com Gaspar Rubim Ribeiro de Alcamim fº. de Guilherme Rubim Ferreira e D. Páscoa Teresa ttº. de Rubins § 1 N 4 14 D. ..................................... 14 D. .....................................

§9
N 9 FRANCISCO QUEZADO MACIEL fº. de João Quezado Maciel N 8 do § 1 (outros dizem era este João seu irmão) casou com Vitoria da Cunha filha de Brites da Rocha e Diogo da Cunha no ttº. de Rochas § 15 N 6 10 Bento Quezado da Cunha Teve de uma mulher nobre da Ilha de S. Miguel da cidade de Ponta Delgada 10 B. João Quezado Maciel 10 B. Francisco Rodrigues Barbosa que casou com Maria Barbosa e teve 11 Maria Correia Barbosa c.c. Francisco de Passos da Rocha no ttº. de Rochas § 7 N 5 N 10 BENTO QUEZADO DA CUNHA fº. de Francisco Quezado N 9 sucedeu na Casa de seu pai casou em Viana com Guiomar da Rocha de Oliveira filha de Baltazar da Rocha de Oliveira e Violante Nunes Bezerra 11 Francisca Quezada da Rocha casada s.g. 11 Luísa da Rocha 11 Francisco da Cunha N 11 LUÍSA DA ROCHA filha de Bento Quezado da Cunha N 10 casou em Ponte de Lima com Baltazar Veloso fº. de Álvaro Dias Veloso e sua mulher Susana Jorge; assistiram no Pico de Regalados 12 Guiomar da Rocha casada em Ponte de Lima com António Falcão Marinho fº. de Pedro Falcão Marinho e Isabel Ferraz c.g. no ttº. de Barretos § 86 N 8.

§ 10
N 8 ANTÓNIO QUEZADO fº. de Martim Quezado N 7 do § 1 casou com Ana de Seixas 9 Martim Quezado casado com Camila Maciel filha de Rodrigo Álvares digo Annes Maciel 6 e teve 10 Manuel Maciel Clérigo e outros que morreram novos 9 António Quezado casado duas vezes s.g. teve B. 10 Catarina Quezado s.n. 9 João Quezado casado com Inácia Lopes filha de Pedro Lopes e Ana da Mota e teve entre outros s.g. 10 António Quezado c.c. Catarina Antunes de Barros teve 11 Gaspar Quezado morreu solteiro 11 João, morreu solteiro 11 Catarina de Sena, freira 11 Juliana, freira 10 Gil Quezado s.g.
6

Filha de Rodrigo Álvares e Maria Annes Maciel e teve etc. .......................................

10 Pedro Quezado s.g. 9 Catarina Quezado 9 Isabel casada com Simão Vicente s.g. 9 António Quezado de Seixas c.c. Margarida Malheiro no ttº. de Malheiros § 7 N 7 pode ser filho deste António Quezado N 8 e sua mulher Ana de Seixas. N 9 CATARINA QUEZADO filha de António Quezado N 8 casou com João Dias Castelo filho de Gaspar Dias Castelo e sua mulher Catarina Vaz Quezado 10 António Quezado morreu solteiro 10 Isabel Quezado N 10 ISABEL QUEZADO filha de Catarina Quezado N 9 casou com António Maciel Marinho fº. de Fernão Afonso e sua mulher .............................. Marinho 11 Fernando Afonso 11 João Dias, Clérigo 11 Francisco, morreu menino 11 Ana Quezado c.c. Pedro Quezado e teve 12 Inês Quezado c.c. Francisco da Rocha Mesquita fº. de Francisco da Rocha Afonso de Meixedo e Maria Antunes 12 Maria, freira 12 Isabel, freira 12 Joana, freira 11 Inês Quezado N 11 INÊS QUEZADO filha de Isabel Quezado N 10 casou com Baltazar Cicio Cogominho fº. de António Cicio Cogominho e Maria Pais 12 João Dias Reitor de Coruche 12 Fr. Baltazar Capucho 12 Maria Barbosa c.c. Álvaro Correia Feijó fº. de Baltazar Correia c.g. no ttº. de Correias § 86 N 7 (ver ttº. de Macieis § 13 N 9).

§ 11
N 8 AFONSO QUEZADO MACIEL fº. de Martim Quezado N 7 do § 1 casou em Ponte de Lima com Ana de Meireles 9 Diogo Quezado morreu solteiro 9 Vicente Quezado casou em Vila do Conde com Maria Fernandes s.g. 9 Gaspar Quezado casado na Ilha Terceira 9 Catarina Quezado c.c. Martim Pires teve - : Isabel, morreu solteira 9 Inês Quezado 9 Isabel Quezado N 9 INÊS QUEZADO filha de Afonso Quezado N 8 casou com Rodrigo Álvares fº. de Álvaro Lopes e sua mulher Justa Dias 10 Álvaro Lopes c.c. Maria Fagundes c.g. que não existe Casou 2ª vez com João Annes Castelo fº. de outro e sua mulher Catarina Pires 10 Francisco Quezado que foi para o Perú 10 Leonor Quezado N 10 LEONOR QUEZADO filha de Inês Quezado N 9 casou com ...................................................... 11 Marcos Quezado c.c. Ana Rodrigues e teve Marcos morreu novo. Casado 2ª vez Marcos Quezado com Catarina Dias da Silva filha de João Dias da Silva e Catarina Pires e teve entre outros que morreram solteiros 12 Francisco Quezado casado com Lucrécia da Rocha filha de António Luís e Maria da Rocha e teve 13 Isabel 11 Marcos morreu solteiro 11 Catarina Quezado N 11 CATARINA QUEZADO filha de Leonor Quezado N 10 casou com Duarte Álvares

12 Francisco Quezado, morreu solteiro 12 Luís Álvares por alcunha o canicai c.c. Ana Antónia 12 Manuel Álvares casou em Viana 12 Ana de Jesus.

§ 12
N 5 BRANCA QUEZADO filha de José Quezado N 4 do § 1 casou com Gil Pires Tourinho 6 Gil Pires Tourinho 6 Estevão Gil Tourinho 6 Pedro do Campo Tourinho 6 Gonçalo Gil Tourinho ver mais no ttº. de Tourinhos de Viana.

§ 13
N 8 ANTÓNIO QUEZADO TRABU fº. de Brites Quezado N 7 do § 2 casou ................................. 9 Maria Quezado N 9 MARIA QUEZADO filha de António Quezado Trabu N 8 casou com Bento Rodrigues Antão ttº. de Antões § 10 N 1 digo ttº. de Antoins 10 D. Leonor Pinto N 10 LEONOR PINTO filha de Maria Quezado N 9 casou com Francisco Ribeiro Cirne fº. de João Ribeiro e sua mulher Helena Cirne c.g. no ttº. de Cirnes § 10 N 5 (ve § 5 Sub N 6).

§ 14
N 8 GONÇALO ANNES QUEZADO ou TRABU fº. de Brites Quezado N 7 do § 2 casou com Inácia Vaz Peixoto natural de Guimarães 9 Francisco Quezado, solteiro 9 Maria Quezado 9 Inês Quezado c.c. João da Rocha fº. de Valentim da Rocha e sua mulher c.g. no ttº. de Rochas § 11 N 5 N 9 MARIA QUEZADO filha de Gonçalo Annes Quezado N 8 casou com Afonso Gonçalves Fagundes fº. de João Fernandes Fagundes fº. digo de Catarina Fagundes e seu marido Manuel Vicente Paris no ttº. de Fagundes § 1 N 3 7 10 Francisco Fagundes casado com Genebra da Rocha ou Maria da Rocha filha de D. Genebra Jacome e Afonso da Rocha Porto Carreiro seu marido c.g. no ttº. de Jacomes § 18 N 7 10 Catarina Fagundes § 16 10 Gracia Vaz Fagundes § 15 10 Gaspar Fagundes N 10 GASPAR FAGUNDES fº. de Maria Quezado N 9 casou com Isabel da Rocha de Meneses sua parente pelos Fagundes filha de D. Violante Fagundes no ttº. de Magalhães § 23 N 9 (D. Violante Fagundes de Meneses era filha B. de Cosme de Sousa no ttº. de Magalhães § 23 N 9 e neta de João de Sousa e sua mulher D. Violante Álvares de Fagundes filha de N. Fagundes Capitão da Ilha do Bacalhau e sua mulher D. Leonor Dias no ttº. de Fagundes § 1 N 2) 11 Gaspar da Rocha Fagundes s.g. 11 Catarina da Rocha Fagundes casada com Valentim da Rocha Vilas Boas fº. de Bartolomeu de Vilas Boas c.g. no ttº. de Vilas Boas § 4 N 13 11 D. Maria Fagundes c.c. o Dr. Pita da Ortigueira 2ª com António Pereira Pinto s.g. 11 João da Rocha Fagundes que serviu na Armada da Restauração da Bahia Cavº. da Ordem de Cristo e Procurador em Cortes por Viana que se celebraram em Lisboa em 1641 e nas de 1642 e morreu em 1656 sem geração legítima.

7

Acham-se notícias de Afonso Gonçalves Fagundes em Viana pelos anos de 1567 e 1576 nos livros da Câmara e Misericórdia.

§ 15
N 8 GRACIA VAZ FAGUNDES fº. de Maria Quezado N 7 do § 14 casou com Afonso Fernandes Varela 9 Sebastião Fagundes 9 Gonçalo Fagundes N 9 GONÇALO FAGUNDES fº. de Gracia Vaz N 8 casou com Leonor Velho filha de Afonso de Castro e sua mulher Maria Nunes 10 António Fagundes c.c. D. Mariana da Rocha filha de Fernão da Rocha e Ana Lobo no ttº. de Velhos Barretos § 1 N 4 c.g. extinta ver no § 13 de Barretos 11 Fernão da Rocha Clérigo 11 D. Luís Cruzio 11 Gonçalo Fagundes s.n. 11 Miguel Lobo Barreto s.n. 11 João Lobo Fagundes s.n. 11 D. Leonor Barreto c.c. António de Castro de Albuquerque natural da Beira filho de Proteiro do Rego e Castro e sua mulher D. Inês de Albuquerque e teve 12 D. Maria de Albuquerque mulher de Luís de Melo de Ponte de Lima no ttº. de Araújos § 16 viúvo de Genebra Jacome.

§ 16
N 8 CATARINA FAGUNDES filha de Maria Quezado N 7 do § 11 casou com Belchior Martins Jacome fº. de Martim Annes e sua mulher Ana Jacome ttº. de Jacomes § 16 N 6 9 António Fagundes Clérigo 9 Afonso da Rocha Clérigo 9 Francisco Fagundes no Brasil casado na Bahia 9 Simão Fagundes casou s.m.n. 9 Gracia Jacome c.c. Manuel Jacome Peixoto s.g. (Vai o 1º casamento desta Catarina Fagundes no ttº. de Jacomes § 39 casou 2ª vez Catarina Fagundes com Francisco da Rocha e teve 9 Maria Fagundes c.c. Miguel do Rego Barbosa fº. de Bento do Rego Barbosa e Guiomar Jacome c.g. no ttº. de Regos § 16 N 7) N 9 ANTÓNIO FAGUNDES fº. de Catarina Fagundes N 8 foi Clérigo teve B. 10 Paulo Fagundes Jacome N 10 PAULO FAGUNDES JACOME fº. de António Fagundes N 9 casou com Joana de Barros 11 António Fagundes, morreu solteiro 11 Isabel Fagundes Jacome 11 Doroteia.

RAMALHOS §1 N 1 PEDRO GONÇALVES RAMALHO fº. de ..................................... casou com Joana Martins da Silva irmã de Cristóvão da Silva pai de outros Pedro da Silva 2 Vasco Ramalho 2 Margarida Vaz § 2 N 2 VASCO RAMALHO fº. de Pedro Gonçalves Ramalho N 1 casou em 1577 com Maria Rodrigues filha de Francisco Dias e Inês Gomes foi o dito Vasco Ramalho Juíz de Borba 3 Padre Francisco Dias da Silva Instituiu Capela 3 Maria da Silva casou com Bento Dias Painho no ttº. de Painhos 3 Joana Martins a quem o Padre Francisco Dias seu irmão deixou 200$000 para seu casamento s.m.n. Casou 2ª vez com Ana Lopes filha de Francisco Rodrigues Cardoso e Guiomar Rodrigues estes pais tinham casado em 1562 ele fº. de Gaspar Rodrigues Córdova e Mécia Lopes e ela filha de Lourenço Rodrigues e Ana Lopes 3 Padre Luís Ramalho da Silva. §2 N 2 MARGARIDA VAZ filha de Pedro Gonçalves Ramalho N 1 do § 1 casou com Rui Gomes Gatão ela morreu em 1608 3 Maria Martins N 3 MARIA MARTINS filha de Margarida Vaz N 2 do § 2 casou com Luís Mendes Pipeiro ttº. de Pipeiros § 3 4 João Gomes 4 Maria Gomes c.c. João Pipeiro de quem nasceu 5 Luís Mendes c.c. Catarina de Oliveira Franco no ttº. de Velhos 4 António Mendes Pipeiro nasceu em S. António da Torrage em 1625 casou em 1640 com Isabel Freire de S. Tiago do Rio de Moinhos de que teve 5 D. Maria Freire c.c. Belchior Cordeiro no ttº. de Lameiras N 4 JOÃO GOMES PIPEIRO fº. de Maria Álvares N 3 casou com Constança Caiola 5 Luís Mendes da Silva que fez uma justificação em 7 de Março de 1680 jura nela o Padre Luís Ramalho irmão do Instituidor no § 1 sub N 2 Francisco Dias Pericoto e Luís Álvares Pericoto de Vila Viçosa de que foi Escrivão Manuel Mendes Coelho como se diz no ttº. de Pericotos.

RAMIRES N 1 GOMES RAMIRES DA COSTA fº. ............................................., foi Fidalgo da Casa Real casou com Maria Simões de Sequeira e viveram da quinta de Penaboa, e possuíram o assento do Mosteiro de Arnozo, com o Padroado da mesma Igreja por Prazo que lhe fez D. Gomes Comendatário do Mosteiro de Pombeiro a 20 de Julho de 1424 ao qual Mosteiro estava unido este de Arnozo, e depois passou para o de Belém que hoje é direito Sr. deste Prazo 2 Leonor Ramires da Costa que casou com Martim de Sá e teve: 3 Gonçalo Correia de Sá casou 1ª vez com D. Felipa de Sá e teve: 4 Salvador Correia de que vem o Visconde de Asseca 2 Antónia Ramires da Costa casada com Brás Correia da Costa fº. de Duarte Vaz Correia Sr. das quintas de Crasto, e Penaboa c.g. no ttº. de Correias § 3 N 12 2 Margarida Simões de Sequeira N 2 MARGARIDA GOMES SIMÕES filha de Gomes Ramires da Costa N 1 foi Srª. do Prazo de Arnozo. Casou com Fernão Soares Fidalgo da Casa Real fº. de Pedro Soares este fº. de Álvaro Soares filho de Fernão Soares Sr. de Prado 3 Aires de Sequeira casado 1ª vez com Branca Aranha s.g., e casada 2ª vez com Margarida de Lemos e teve: 4 Maria de Lemos freira em Bairão 4 Francisca Soares de Sequeira mulher de Simão Pinheiro Sr. da Casa de Pindela s.g.

RAPOSOS

§1
DA ILHA DA MADEIRA

N 1 GONÇALO ANNES RAPOSO fº. de ................................. foi um dos principais povoadores da Ilha da Madeira casou com Helena Lopes Correia filha de João Afonso Correia e sua mulher Isabel Lopes no ttº. de Correias § 115 N 1 2 João Adão Raposo N 2 JOÃO ADÃO RAPOSO fº. de Gonçalo Annes Raposo N 1 casou com Felipa Correia filha de Pedro Correia 3 Margarida Correia c.c. Baltazar Antunes Barbosa c.g. nos Barbosas § 244 §2 N 1 CATARINA GOMES RAPOSO não sabemos de quem era filha ......................... casou com Rui Vaz Gago homem muito rico moravam em Beja 2 Brites Rodrigues Raposo N 2 BRITES RODRIGUES RAPOSO filha de Catarina Raposo N 1 foi para as ilhas viver com seu marido Jacome Dias Correia cidadão honrado da cidade do Porto irmão de Gonçalo Dias Correia Corregedor da Corte (ver Prg. de Mayorat Tomo 2 Cap. 10 fl. 414) 3 Jordão Jacome Raposo c.g. nos Jácomes § 46 3 Barão Jacome Raposo nos mesmos § 52 3 Isabel Correia mulher de João da Silva do Couto c.g. nos Coutos § 7 N 3 3 Aldonça Jacome c.c. Agostinho Imperial 3 Catarina Gomes Raposo c.c. Manuel Vaz Pacheco c.g. 3 B. Cristº. .................................................................. Vão todos no ttº. de Jacomes § 46 e seguintes §3 N 1 JOÃO RAPOSO fº. de .................................... foi Fidalgo da Casa Real casou com Brites Nicolau Varela 2 Maria de Matos Raposo c.c. Pedro Pestana fº. de Lourenço Fernandes dos Guimarães no ttº. de Guimarães § 25 N 5 3 Lourenço Raposo Pestana c.g. nos Guimarães § 26 N 6 §4 N 1 BARTOLOMEU RAPOSO fº. de ............................... casou com D. Branca Freire (Cost. 40 Tomo 3) 2 Gil Vaz Lobo §5 N 1 GIL LOBO RAPOSO fº. parece de Manuel Lobo Raposo acima § 4 (Cost. 192 Tom. 3) 2 Bartolomeu Lobo Raposo de Melo c.c. D. Leonor Henriques §6 N 1 D. BÁRBARA RAPOSO DE ALMDª. filha de ............................................, casou com Francisco Ferreira de Brito (Cost. 3 vº. Tomo 2) 2 Manuel Ferreira de Brito §7 N 1 PEDRO RAPOSO .................................................. casado com Maria de Matos (Cost. 31 vº. Tom. 3) 2 Lourenço Raposo c.c. Catarina de Macedo 2 Maria de Barros c.c. Martim de Tavora

§8 N 1 BRITES GONÇALVES RAPOSO filha de Pedro Fernandes ................................... c.c. Manuel Pires Pegas (Cost. 54 Tom. 3). §9 N 1 LOURENÇO RAPOSO PRETO fº. de ................................... c.c. Catarina de Macedo (Cost. 61 vº. Tom. 3) 2 Luís Raposo 2 Luísa de Macedo c.c. Roque Mergulhão § 10 N 1 CATARINA GOMES RAPOSO filha de .................................... c.c. Francisco Fogaça de Melo (Cost. 178 vº. Tom. 3). § 11 N 1 JACOME MENDES RAPOSO fº. de ..................................... c.c. D. Antónia Nunes da Costa (Cost. ............. Tomo 2) 2 D. Brites ............................c.c. Felipe. § 12 N 1 MANUEL RODRIGUES RAPOSO fº. de ................................... c.c. Maria Monteiro (Cost. 143 Tom. 2). § 13 N 1 JORGE RAPOSO fº. de .......................................... c.c. D. Antónia Soares de Andrade (Cost. 77 Tom. 2 e 42 vº.) 2 D. Benta de Andrade N 2 D. BENTA DE ANDRADE filha de Jorge Raposo N 1 c.c. André Martins de Brito 3 D. Vicência de Andrade c.c. o Dr. Francisco Freire. § 14 N 1 MIGUEL JORGE RAPOSO fº. de ............................ c.c. .................................... (Cost. 223 Tom. 2 Cost. 12 vº.) 2 D. Maria de Andrade N 2 D. MARIA DE ANDRADE filha de Miguel Jorge N 1 c.c. Jorge Fernandes 3 Luís Alexandre de Andrade. § 15 N 1 CATARINA GOMES RAPOSO filha de Barros ................................... c.c. Francisco Pousada de Sousa (fl. 11 do Tomo 4º). § 16 N 2 DIOGO RAPOSO DA FONSECA fº. de .................................... c.c. D. Violante Mascarenhas filha de Lopo Martins Uchoa (Ve Cost. 3 Tom. 4) 3 Bernardo Castanhede de Moura. § 17 N 1 MANUEL JOÃO RAPOSO natural de Torres Vedras .................................. c.c. (Cost. 29 Tomo 4)

2 Bernardo de Castanheda de Moura. § 18 N 1 LOURENÇO RAPOSO PESTANA fº. de ..................................... c.c. D. Catarina de Macedo (Cost. 107 Tom. 4) 2 D. Maria de Matos c.c. Bernardo da França e Faro fº. de Martinho de França Moço da Câmara. § 19 N 1 JORGE ESTEVES RAPOSO fº. de ............................................, c.c. Catarina de Gois (Cost. 117 Tom. 4). § 20 N 1 ANDRÉ FERNANDES RAPOSO fº. de ...................................... c.c. Catarina Fernandes de Andrade (cost. 131 vº. Tomo 4) 2 D. Isabel de Andrade c.c. Manuel Crivelo Faleiro.

REBOREDOS §1 N 1 BRÁS MARTINS DE REBOREDO era natural de Beça casou na Matriz de Borba em 1559 com Inês Ligeira filha de Pedro Gonçalves e Catarina Gonçalves ele já era falecido em 1578 porque neste ano casou 2ª vez a dita Inês Ligeira com Manuel de Além fº. de Simão Pires e Inês Velha 2 Manuel Martins de Reboredo N 2 MANUEL MARTINS DE REBOREDO fº. de Brás Martins N 1 foi chamado o Velho por diferença de seu fº. Casou em 1600 com Maria Dias filha de Manuel Dias e Catarina Dias 3 Manuel Martins de Reboredo 3 António Antunes de Reboredo que foi Cavº. Fidalgo como consta dos livros da Casa da Índia do ano de 1666 em que diz que ele fora para a Índia na nau S. Teresa em que foi o Vice Rei João Nunes da Cunha a ttº. de criado de El Rei a fl. 20 diz António Nunes de Reboredo fº. de Manuel Martins de Reboredo natural de Borba de 16 anos de idade Laparinho da cara olhos pardos escuros Cavº. Fidalgo fiador B.al Vogado s.m.n. 3 Sebastião Dias Reboredo casou em 1638 na Matriz de Borba com Maria Pereira filha de André Pires morreu com tttº. em 1667 teve 4 Luís Velho que foi servir à Índia julgado morto em 1676 3 D. Maria Dias Reboredo c.c. António Pires Curvo que teve 4 Maria Pires Curvo que morreu em 1684 s.m.n. N 3 MANUEL MARTINS REBOREDO fº. de Manuel Martins N 2 foi chamado o novo casou 1ª vez com Margarida Gomes filha de Antónia Gomes que morreu em 1656 com tttº. diz ser sogra de Reboredo 4 Francisco Gomes de Reboredo s.m.n. morreu solteiro 4 João Rodrigues Cortez s.m.n. Foi o dito Manuel Martins de Reboredo Fidalgo da Casa Real Sr. da Vara da Correição de Coimbra por Provisão de 5 de Outubro de 1667 passou a viver em Vila Viçosa e nesta vila morreu e sua 2ª mulher D. Isabel Pinheiro por cuja morte se fez inventário a 27 de Dezembro de 1684 ele morreu em Vila Viçosa com tttº. aprovado pelo T.am Jerónimo Raposo a 24 de Fevereiro de 1685 nele diz obtivera licença do Príncipe para nomear o ofício de Coimbra que lhe fora concedido a 7 de Janeiro de 1681 em sua filha; ou com quem ela casasse, casou 2ª vez com a dita D. Isabel Pinheiro e se receberam em S. António de Estremoz a 21 de Janeiro de 1646 natural de Estremoz filha de Domingos Lopes Pinheiro irmão do Capitão Manuel Rodrigues Souto que fez um Morgado como se vê do seu tttº. feito a 20 de Junho de 1674 de que foi T.am Francisco de Abreu Bernardes de Estremoz e sua mulher Maria Francisca Borralho que morreu em 1626 filha de André Francisco Borralho e de Domingas Dias 4 Padre Bartolomeu Martins de Reboredo que requereu a Sua Majestade a 29 de Outubro de 1688 dizendo que ele tinha um primo irmão chamado Luís Velho ausente na Índia havia 30 anos sem haver dele notícia e que a ele tocava sua herança e como seus bens andavam desbaratados pedia a graça de ser tutor deles como o fora o pai do sup.te por Provisão de 9 de Setembro de 1663 4 D. Maria Reboredo Borralho que veio a ser H. de toda a Casa baptizada em S. Bartolomeu de Borba a 9 de Fevereiro de 1659 foi 3ª mulher de Francisco Lobo Pinheiro de Lacerda no ttº. de Pinheiros e de Tenazes. §2 N 1 AFONSO DIAS DE REBOREDO fº. de .................................................. casou com D. Brites da Broa Brito 2 António de Reboredo N 2 ANTÓNIO REBOREDO fº. de Afonso Dias de Reboredo N 1 foi Cavº. Fidalgo casou com D. Luísa Barradas filha de Rui Barradas que viveu no Torrão no Alentejo Cavaleiro Fidalgo e sua mulher Guiomar Rodrigues de Carvalho no ttº. de Barradas § 82 N 1 3 D. Antónia Barradas casada com seu primo Felipe Reboredo Capitão de Infantaria Fidalgo da Casa Real fº. de Fernão Reboredo Moço Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Ambrósia da Rosa Pousadas c.g. no ttº. de Carvalhos § 82 N 14 que corre nos Figueiredos § 39 N 14.

REFOIOS A nobilíssima Família de Refoios é mais antiga que o princípio do Reino, pois Gaspar Álvares Louzada numa certidão certifica que por escrituras consta serem os pais, e avós de Afonso Mendes chefe desta Família Padroeiros da Igreja de Nossa Senhora de Refoios antes que se erigisse em Convento, e foi em tempo de El Rei D. Afonso Henriques, donde se infere ser esta família oriunda deste mesmo Reino, pois antes que ele fosse Reino tinham eles este Padroado; o motivo de tomarem este apelido foi o Senhorio deste território em que se estabeleceram o seu Solar quando depois da fundação do Convento os Cónegos Regrados El Rei D. Afonso Henriques lhe fez Couto, e lhe deu o título de Condado por doação, cujo original se conserva no Arquivo dos tais religiosos e o 1º que tomou este apelido de Refoios foi D. Afonso Mendes a quem se fez esta mercê. Este nome Refoios diz Lousada haver-se derivado do vocábulo latino Refugium em Portugal Refúgio invocação aplicada à Virgem Santíssima a quem se havia dedicado aquele Templo e da palavra no plural – Refúgios se produziu, e corrompeu em Refoios; veja-se Monte Belo nas Notas ao Conde D. Pedro Plana 331 fica este território na Província de Entre Douro e Minho, uma légua distante de Ponte de Lima para a parte do Norte, e nela tinham Solar e Torre os Cavalheiros deste apelido que por motivo que ainda se não sabe passou aos Marinhos Malheiros. São suas Armas em Campo de prata quatro palas de vermelho. Timbre duas pernas vermelhas de Águia com as garras para cima, com as unhas de prata, e as ditas pernas postas em Aspa, e entre elas um bastão. §1 N 1 AFONSO MENDES a quem outros chamam Asemondes foi um Fidalgo honrado que vivia perto, uma légua acima de Ponte de Lima onde tinha o seu Solar chamado Refoios aonde se recolheu no ano de 1112 depois de morto o Conde D. Henrique de Portugal, a quem sempre havia servido, e acompanhado nas guerras, também se acha dele memórias no tempo do Rei D. Afonso Henriques, foi Padroeiro como seus passados na Igreja de Santa Maria de Refoios antes de ser erecta em Convento, como consta de uma escritura de Doação que celebrou com os Religiosos Regrantes de S. Agostinho feita no ano de 1154 a qual se conserva no Arquivo do dito Convento, a maior parte dela se vê numa certidão passada por Louzada em que mostra era o dito Padroado dos avós deste Afonso Mendes. Casou este com ................................................... 2 D. Mendo Afonso de Refoios 2 Afonso Mendes 2 Galvira Afonso § 4 2 D. Maria Afonso 2 Pedro Mendes Arcediago da Sé de Tui na Galiza foi o 1º Prior de Santa Maria de Refoios, Convento que edificou seu pai em 1120 como diz D. Nicolau de Santa Maria Part. 1ª livro 6º cp. 8 pag. 304 na Crónica dos Regrantes de S. Agostinho N 2 D. MENDO AFONSO DE REFOIOS fº. de Afonso Mendes N 1 foi o que usou do apelido de Refoios, sucedeu na Casa de seu pai serviu nas guerras do seu tempo foi Rico Homem, e como tal confirmou algumas Doações, como na do Couto de S. Comba em 1137, e na do direito Real de Tarouquela ao Mosteiro de Grijó em Julho de 1142. Fala dela o Conde D. Pedro dizendo que El Rei D. Afonso Henriques o cegara, com ele principia o ttº. de Refoios. Casou duas vezes a 1ª com D. Gotinha Pais da Silva já viúva de Pedro Soares de Belmir Sr. do Couto de Belmir, e filha de D. Paio Guterres da Silva no ttº. de Silvas 3 Gracia Mendes da Refoios 3 D. Maior Mendes mulher de Salvador Gonçalves de Gois Sr. do Morgado de Goes fº. de Gonçalo Dias de Gois, e sua mulher D. Elvira Forjaz no ttº. de Goes § 1 N 3 Casou 2ª vez D. Mendo Afonso de Refoios com D. Sancha Gonçalves como consta de uma escritura de Doação que lhe fez D. Afonso Henriques sendo ainda Infante no ano de 1124 8 com o ttº. de condado de Couto de Refoios. Cujo Couto deu depois ao Convento com aprovação do mesmo Infante sendo já Rei no ano de 1140 cujo Couto possui o Convento de Refoios, mas sem Jurisdição Civil por lha ter usurpado a Vila de Ponte de Lima, também por Doação ao dito Convento de seus Passos; Jaz sepultado na sua Igreja com este epitáfio: Hoc comitis Mendi requiescunt ossa sepulchor qui templo huic omnes ipse dicavit opes obit Anno Domini 1142.

8

Brandão Monarch. Lusitana Parte 3 Livro 9 Cap. 4; D. Nicolau de Santa Maria Part. 1 Livro 6 Cap. 8 pag. 306.

Porém esta conta deve estar errada porque diz D. Nicolau de Santa Maria que se prova por uma escritura que ele vivia no ano de 1152; deste segundo casamento não teve filhos. N 3 GRACIA MENDES DE REFOIOS fº. da 1ª mulher de D. Mendo Afonso de Refoios N 2 parece ser o que foi Alferes Mor do Rei D. Afonso Henriques na Batalha de Campo de Ourique de quem Brandão Par. 3ª livro 10 cap. 4 diz que não soubera nunca de que linhagem era. Casou com ............................................. 4 Martim Gracia de Parada N 4 MARTIM GRACIA DE PARADA fº. de Gracia Mendes de Refoios N 3 de quem diz o Marquês de Monte Belo por viver em Parada perto da Portela das Cabras, porém José Freire de Montarroyo se acomoda a vir-lhe este apelido por sua mãe, e que ele daria o nome ao tal lugar por viver nele 5 Durão Martins Parada N 5 DURÃO MARTINS PARADA fº. de Martim Gracia N 4 foi Pagem do Rei D. Diniz sendo Infante, e sendo Rei o fez Tenente do seu Mordomo Mor como escreve Brandão Monarquia Lusitana part. 5 fls. 5354 e 125 o qual diz que fora este Durão Martins o 1º que tomara o apelido de Parada por viver, ou ter algum Senhorio em Parada; como diz o Conde D. Pedro ttº. 25 Plana 154 § 4. Casou com D. Maria Domingues natural de Lisboa irmã de João Domingues dos Coutos filha de Domingos Viegas 6 D. Joana Martins Parada mulher de Martim Pires Botelho c.g. no ttº. de Botelhos. §2 N 1 VICENTE ANNES DE CASTELO BRANCO de quem diz o Barão da Ilha Grande que descende dos Refoios antigos e que conforme os tempos seria neto, ou bisneto de Martim Gracia de Parada dito no § 1 N 4 e o mesmo sente Cabedo 2 Vasco Annes de Refoios 2 Fernão Annes de Refoios que se achou na Batalha do Salado, e foi feito Cavaleiro da Ordem da Banda por El Rei D. Afonso 11 Rei de Castela (Gandara Armas e Triunfos de Galiza Cap. 26 N 3 pag. 274) teve 3 D. Beringeira Fernandes mulher de Lourenço Ferraz Sr. de Paço Covo a quem passou o Padroado de S. Cristóvão de Refoios c.g. N 2 VASCO ANNES DE REFOIOS fº. de Vicente Annes N 1 viveu no Reinado de D. Afonso IV, e com ele s achou na Batalha do Salado. Foi Fidalgo muito honrado como dizem todos os Nobiliários deste Reino. Casou com D. Maria Annes de Briteiros a quem o Pº. Pedro Peixoto no Livro 8º da Nobreza Lusitana chama D. Olalha filha de Pedro Esteves da Maia e trouxe em dote o Morgado do Ladoeiro no termo da Vila de S. Vicente da Beira concelho de Castelo Branco o qual institui seu tio Martim Esteves da Maia irmão de seu pai Pedro Esteves com obrigação de sustentar um Hospital com os rendimentos do dito Morgado e por isso passaram os Refoios a estabelecer-se naquela Comarca 3 Álvaro Vasques Refoios s.g. 3 Rui Vasques Refoios 3 Ana Vasques Refoios casada com João Afonso de Passos N 3 RUI VASQUES REFOIOS fº. de Vasco Annes N 2 sucedeu no Morgado do Ladoeiro. Casou com ....................................................... 4 Rui Vasques de Refoios 4 Álvaro Vasques de Refoios § 3 N 4 RUI VASQUES DE REFOIOS fº. de Rui Vasques de Refoios N 3. Sucedeu no Morgado do Ladoeiro que lhe foi confirmado por El Rei D. João I no ano de 1431 o que seria por seu irmão se haver passado a Castela seguindo a parcialidade da Rainha D. Brites, e por esta razão parece que é porque o dito Rei lhe fez muitas mercês por que lhe deu a título de Vassalo e os direitos Reais da Vila da Covilhã, e depois por se achar no cerco de Chaves lhe deu todas as vinhas, casais e herdades da dita vila de juro herdade para ele e seus descendentes e estando sobre Cidade Rodrigo em 9 de Junho lhe deu de juro e herdade a vila de Almeida com sua Jurisdição, a qual ele trocou ao dito Rei em 1407 pelas vilas de Sarzedas e Sovereira Formosa, e no ano de 1445 a 12 de Maio lhe deu o dito Rei 500 libras de renda de dinheiro. Casou duas vezes a 1ª com D. .......................................... 5 Mem Rodrigues Refoios foi Sr. de Serzedas Sovereira Formoso e Pereiro ou Resgada no termo de Castelo Rodrigo 4º Sr. do Morgado de Ladoeiro. Casou com D. Leonor Lopes de Sousa filha do M.e D. Lopo Dias de Sousa c.g. no ttº. de Sousas § 23 N 18 aqui vai no § 5

5 D. Leonor Rodrigues de Refoios Casou 2ª vez Rui Vasques de Refoios com D. Leonor Álvares que alguns dizem ser filha de D. Álvaro Gonçalves Pereira Prior do Crato e se isto é certo foi a dita D. Leonor casada duas vezes pois se acha uma casada com Lourenço Mendes de Vasconcelos no ttº. de Vasconcelos. N 5 D. LEONOR RODRIGUES DE REFOIOS filha da 1ª mulher de Rui Vasques de Refoios N 4 casou 1ª vez com Álvaro Viegas. Casou 2ª vez D. Leonor Rodrigues de Refoios com Álvaro Pereira fº. de D. Álvaro Gonçalves Pereira Prior do Crato nos Pereiras que sendo certa a filiação que querem dar a sua mãe veio a casar com seu tio. §3 N 4 ÁLVARO VASQUES DE REFOIOS fº. de Rui Vasques N 3 do § 2 casou com ................................. 5 António Moniz de Refoios N 5 ANTÓNIO MONIZ DE REFOIOS fº. de Álvaro Vasques N 4 casou com Francisca Gonçalves natural de Marialva chamada Rica Dona como diz Bernardo de Brito 6 Margarida Antónia de Refoios N 6 MARGARIDA ANTÓNIA DE REFOIOS filha de António Moniz de Refoios N 5 casou com João Afonso Gracez Vassalo do Rei D. João II e D. Manuel. §4 N 2 GALVIRA AFONSO filha de Afonso Mendes § 1 N 1 3 Mendo Galvires 3 Diogo Galvires 3 Nuno Galvires. §5 N 5 MEM RODRIGUES DE REFOIOS fº. de Rui Vasques de Refoios N 4 do § 2 (História Genealógica da Casa Real Tomo 12 pag. 309). Casou com D. Leonor Lopes de Sousa (foi casada 3 vezes a 3ª com este Mem Rodrigues) filha do Mestre da Ordem de Cristo D. Lopo Dias de Sousa havida em Catarina Teles mulher solteira e legitimada pelo Rei D. João I sendo já casada em 1394 6 Luís Mendes de Refoios 6 Branca de Sousa mulher de Pedro Gonçalves Corrutelo Sr. do Guardão no ttº. de ............................ aqui no § 11 N 6 LUÍS MENDES DE REFOIOS fº. de Mem Rodrigues Refoios N 5 (História Genealógica Tomo 12 fls. 310) herdou a Casa de seu pai foi Sr. de Serzedas e Sovereira Formosa e outras terras por confirmação do Rei D. Duarte em 1435, foi Alcaide Mor de Monsanto e Pagem da Lança do Infante D. Henrique a quem acompanhou a África. Casou com Brites Ferreira 7 Mem Rodrigues de Refoios Sr. de Serzedas etc. casado com sua prima D. Guiomar de Sousa filha de Pedro Gonçalves Curutelo Sr. de Guardão s.g. pelo que vagaram as terras para a Coroa e se deram a Fernão da Silveira no ttº. de Silveiras § ... N ... 7 Rui Vasques de Refoios N 7 RUI VASQUES DE REFOIOS fº. de Luís Mendes N 6 foi Sr. somente do Morgado do Ladoeiro casou com D. Maior de Sande filha de Fernão Lopes de Sande de Vila Lobos no ttº. de Sandes § 1 N 6 outros dizem ser filha de Rui de Sande, o que não seguimos. 8 Simão de Sousa Refoios 6 António de Refoios § 6 8 Martim Lopes de Sousa § 9 8 D. Isabel freira no Salvador de Lisboa 8 ......................................., Dama da Rainha D. Leonor mor. no Paço s. estado N 8 SIMÃO DE SOUSA REFOIOS fº. de Rui Vasques de Refoios N 7 sucedeu na Casa de seu pai e 8º Sr. do Morgado do Ladoeiro ou Landeira que é Morgado dos Refoios, viveu em Castelo Branco, foi Fidalgo da Casa Real, e foi testemunha num Instrumento de genere de Fernão Camelo Pereira seu 3º

primo em 1520 a 7 de Novembro. Casou com D. Catarina Mendes Gracez filha de Afonso Annes Gracez – o Rico – e sua mulher Maria Gracia filha de Pedro Gracia o Rico – O rico de Almeida (História Genealógica da Casa Real, Tomo 12 pag. 311) 9 Jacome de Sousa Refoios 9 D. Jerónima de Sousa, § 10 9 D. Brianda de Sousa § 8 9 D. Maria de Refoios § 7 9 D. Paula de S. António, freira em S. Vicente da Beira 9 D. Antónia da Trindade, o mesmo (Alguns dizem que D. Brianda e D. Jerónima eram bastardas porém seguimos Achioli que diz são legítimas e só os aduladores do Condede. SÃO Vicente o negam). (D. António Caetano não nomeia os mais irmãos de Jacome de Sousa só diz e outros). N 9 JÁCOME DE SOUSA REFOIOS fº. de Simão de Sousa N 8 foi 9º Sr. do Morgado da Landeira viveu na vila de S. Vicente onde tinha casas nobres. Casou com sua prima irmã D. Maria de Refoios filha de seu tio António Refoios neste ttº. 10 Simão de Sousa morreu em Alcácer s.g. 10 D. Leonor de Sousa Refoios H. desta Casa casada com Nuno da Cunha fº. de João Nunes da Cunha e sua mulher D. Maria digo D. Felipa de Mendonça c.g. no ttº. de Cunhas § 2 N 16 c.g. 10 B. D. Ana de Refoios que outros dizem ser legítima casada com André Tavares de Sousa no ttº. §6 N 8 ANTÓNIO DE REFOIOS fº. de Rui Vasques de Refoios N 7 do § 5 casou com D. .............................. 9 D. Maria de Refoios mulher de seu primo Jacome de Sousa Refoios neste ttº. § 5 N c.g. §7 N 9 D. MARIA DE REFOIOS filha de Simão de Sousa de Refoios N 8 do § 5 casou com João de Figueiredo 10 D. Brianda de Sousa N 10 D. BRIANDA DE SOUSA filha de D. Maria de Refoios N 9 casou com Manuel de Vasconcelos Saraiva fº. de Álvaro Saraiva de Vasconcelos e sua mulher Leonor da Costa 11 D. Maria de Refoios casou com António Caldeira de Sequeira, segue N 11 D. MARIA DE REFOIOS fº. de D. Brianda de Sousa N 10 casou com António Caldeira de Sequeira fº. de Diogo Rodrigues Caldeira e D. Joana de Sequeira 2ª mulher (Ver Tomo 1º de Cost. N 192). §8 N 9 D. BRIANDA DE SOUSA filha de Simão de Sousa Refoios N 8 do § 5 casou com Paulo Pires da Fonseca 10 Pedro de Sousa Refoios N 10 PEDRO DE SOUSA REFOIOS fº. de D. Brianda de Sousa N 9 instituiu um Morgado de seus bens e dos que herdou de seu sogro com o nome de S. Jacinto com Capela do mesmo Santo na Matriz da Vila da Idanha foi Instituído em Lisboa nas Casas de D. Carelos de Noronha no ano de 1614. Casou com D. Brites Branca filha de Pedro Branco de Proença e Maria Giraldes filha de Simão Giraldes Capitão e Juíz dos Órfãos da Vila de Idanha 11 António de Sousa Refoios. §9 N 8 MARTIM LOPES DE SOUSA fº. de Rui Vasques de Refoios N 7 do § 5 foi Fidalgo da Casa Real e seu cortesão assim se intitula num instrumento de genere de Fernão Camelo em Lisboa de 7 de Novembro de 1528; era morador em Castelo Branco. Casou duas vezes a 1ª com D. Genebra de Brito s.g. Casou 2ª vez com D. Cecília de Melo filha de António de Melo e sua mulher D. Francisca 9 Aleixo de Sousa Coutinho 9 Sebastião de Sousa que mataram os Mouros na Índia

9 D. Catarina Lopes mulher de Francisco Soares de Albergaria no ttº. de Soares de Albergaria N 9 ALEIXO DE SOUSA COUTINHO fº. de Martim Lopes de Sousa N 8 foi Sr. da Casa de seu pai casou com D. Catarina da Silva filha de Gaspar Dias de Oliveira e D. Felipa da Silva naturais da Ilha da Madeira 10 Martim Afonso de Sousa 10 D. Felipa da Silva casou por amores com João Cisnel Cavº. Flamengo muito nobre

§ 10
N 9 D. JERÓNIMA DE SOUSA filha de Simão de Sousa de Refoios N 8 do § 5 casou com Silvestre Proença 10 António de Proença Padre da Companhia de Jesus 10 D. Leonor Tavares mulher de Pedro da Costa Cabral s.g. 10 D. Ana da Assunção freira em S. Vicente da B.ª 10 D. Guiomar de Sousa N 10 D. GUIOMAR DE SOUSA filha de D. Jerónima de Sousa N 9 casou com o Dr. Álvaro Pinto que foi Procurador de Castelo Branco 11 D. Maria de Sousa N 11 D. MARIA DE SOUSA filha de D. Guiomar de Sousa N 10 casou com Pedro da Costa Cabral Sr. de Ninho do Azor fº. de Gaspar da Costa c.g. no ttº. de Costas § 217 N 7.

§ 11
N 6 D. BRANCA DE SOUSA filha de Mem Rodrigues de Refoios N 5 do § 5 casou com Pedro Gonçalves Curutelo Cavaleiro da Casa do Infante D. Henrique que foi 1º Sr. de Guardão 7 Heitor de Sousa Sr. de Guardão s.g. 7 Rui de Sousa Curutelo 7 D. Leonor de Sousa, sem estado 7 D. Guiomar de Sousa mulher de seu primo Mem Rodrigues de Refoios neste ttº. § 5 sub. N 6 s.g. N 7 RUI DE SOUSA CURUTELO fº. de D. Branca de Sousa N 6 foi 3º Sr. de Gusmão casou com D. Joana Rodrigues de Castro 8 João de Sousa Curutelo N 8 JOÃO DE SOUSA CURUTELO fº. de Rui de Sousa N 7 foi 4º Sr. de Guardão casou com D. Margarida Coelho filha de Estevão Coelho Sr. da Ilha de Maio e sua mulher Maria Queimado no ttº. de Coelhos § 28 N 20 9 Rui de Sousa Curutelo 9 Manuel de Sousa, sem estado 9 Pedro de Sousa, sem estado 9 Ana de Sousa mulher de António Vaz de Castelo Branco fº. de Diogo Soares de Castelo Branco neste ttº. Castelos Brancos § 7 N 12 c.g. 9 Francisca de Sousa mulher de Jorge de Sousa Evangelho no ttº. de Evangelhos § 2 N 5 c.g. N 9 RUI DE SOUSA CURUTELO fº. de João de Sousa N 8 foi Sr. de Guardão e alguns tempos contador de Leiria casou duas vezes (a 1ª com D. Brianda Soares s.g.). a 2ª com D. Brites da Fonseca irmã de D. Jerónimo Osório Bispo do Algarve fº. de João Osório da Fonseca Ouvidor Geral da Índia e Francisca Gil de Gouveia ttº. de Coutinhos § 50 N 9 10 Álvaro de Sousa 10 João 10 Luís, sem estado 10 D. Joana de Sousa mulher de João Pereira Pestana s.g. 10 D. Ana de Sousa mulher de Pedro Rodrigues Pereira s.g. 10 D. Isabel de Ressureição freira em Celas 10 D. Maria do Espírito Santo em S. Clara da Guarda

N 10 ÁLVARO DE SOUSA fº. de Rui de Sousa N 9 foi 6º Sr. de Guardão casou com sua prima irmã D. Antónia de Sousa filha de António Vaz de Castelo Branco e D. Ana de Sousa ttº. de Castelos Brancos § 7 N 12 11 Rui 11 João 11 Sebastião, todos sem estado 11 D. Brites de Sousa N 11 D. BRITES DE SOUSA filha de Álvaro de Sousa N 10 foi 7ª Srª. de Guardão foi 2ª mulher de Jorge da Silva da Costa Guarda Mor dos Pinhais de Azambuja digo Pinhais de El Rei (veja-se a História Genealógica da Casa Real Tomo 12 pag. 314) 12 Felix da Silva que foi Sr. de Guardão casado com D. Joana de Valadares filha de António Vaz de Castelo Branco e sua mulher D. Maria Rebelo no ttº. de Castelos Brancos § .... 12 Jerónimo da Silva Sr. de Guardão por morte de seu irmão casado com D. Estefânia Pereira de Melo filha de Tomé da Silva Pereira Sr. da quinta de Caldelas s.g.

REGADAS N 1 o Primeiro em quem o Padre Fr. Reimondo dá principio a esta Família é D. Estevão Regadas o qual foi casado com D. Teresa Pimentel 2 Pedro Annes Barriga Regadas N 2 PEDRO ANNES BARRIGA REGADAS fº. de D. Estevão Regadas N 1 por morte de seu pai se enamorou de uma padeira com quem casou do que sua mãe tomou tanto desgosto que o deserdou e fez doação dos bens de sua Casa a várias Confrarias s.g. casou o dito Pedro Annes 2ª vez com Leonor Álvares do Souto filha de Brites Alvares e seu marido ............................. neta de João Álvares de Vinhal de Fervença o qual andou anos na Índia de Espanha donde veio rico e comprou em Fervença a quinta do Vinhal onde morou e diz Fr. Reimondo que ia às guerras de Castela com cavalos encobertos a 16 homens de besta à sua custa 3 João Regadas 3 Catarina Regadas mulher de João Colaço Machado ttº. de Machados § 79 N 2 N 3 JOÃO REGADAS fº. de Pedro Annes Barriga N 2. Casou com Francisca de Macedo filha de Branca de Abreu e seu marido Francisco de Macedo no ttº. de Abreus de Regalados § 31 N 10 onde corre.

REIMONDO Esta Família é patronímico de Reymão, e Reymão patronímico de Reimondo, e é a razão porque usam das mesmas Armas com divisas de cores das Árvores; O Conde D. Pedro os deduz de D. Pedro Coronel que se achou com o Conde D. Henrique na conquista de Portugal o qual foi casado com D. Justa Pais filha de D. Paio Guterres e sua mulher D. Usenda Hermigues Alboazar cujo neto foi Reimondo Viegas de Sequeira (veja-se ttº. de Coronéis) que se achou na conquista de Sevilha e foi casado com D. Marianes natural de Santarém que não foi bem assisada e dela teve Estevão Reimonde e D. Maria Reimonde mulher de Afonso Pires Ribeiro no ttº. de Ribeiros no ttº. 43 e 44 dá o Conde mais Reimondes (no ttº. 44 fl. 274 trata o Conde D. Pedro de Vasco Reimonde c.c. D. Teresa Martins filha de Lourenço Martins de Avelal e Brites Annes teve – D. Maria Vasques mulher de Fernão Fernandes de Almeida no ttº. de Almeidas) Frei Leão de S. Tomás no trat. 1º parte 4 fl. 271 diz que os Reimondos descendem de El Rei D. Ramiro 2º de Leão por seu 4º neto D. Egas Moniz Aio do Rei D. Afonso Henriques casado com D. Maior Pais da Silva e segunda vez com D. Teresa Afonso filha do Conde das Asturias de cujo segundo casamento teve entre outros D. Dordia Viegas ou D. Doroteia de que diz vêm os Coelhos, Ataídes, Alvarengas Soverozas, Almeidas, Resendes e Reimondes, não temos notícia destas ascendências nem podemos prender o abaixo nos que relata o Conde D. Pedro (tem seu Solar no concelho e honra de Gondumar onde foi a Honra de Soeiro Reimondo Tronco deste apelido). O primeiro de que temos notícia nesta Província é §1 N 1 GONÇALO AFONSO REIMONDO Cavaleiro Africano e natural da Vila de Tomar que por crimes veio viver a Viana do Minho quando era Couto o qual jaz enterrado na dita vila na Igreja da Matriz dela junto ao altar de S. Nicolau onde se vê sobre a sua sepultura as Armas dos Reimondes como também nas Casas de seu neto Simão de Vilas Boas de Azevedo; poderia ser o dito Gonçalo Afonso Reimondo irmão de D. Violante Reimonde casada com Fernão Jacome de que vêm os Jacomes de Tomar ttº. de Jacomes § 13 9. Casou com ................................................, morou Gonçalo Afonso Reimonde nas suas Casas da Rua da Bandeira, teve 2 Margarida Gonçalves Reimonde N 2 MARGARIDA GONÇALVES REIMONDE filha de Gonçalo Afonso Reimonde N 1. Casou duas vezes a 1ª com Gonçalo Martins Caldeira 3 Álvaro Gonçalves Reimonde, segue 3 Maria Gonçalves Reimonde casada com Álvaro Annes Vilas Boas fº. de João Gonçalves Vilas Boas c.g. no ttº. de Vilas Boas § 2 N 10 Casou 2ª vez Margarida Gonçalves Reimonde com Fernão Gonçalves Bezerra Cavaleiro Galego fº. de Heitor Nunes Bezerra c.g. no ttº. de Bezerras § 2 N 2 3 O Dr. Gonçalo Bezerra Dezembargador da Suplicação 3 D. Brites Bezerra mulher de João Jacome de Braga N 3 ÁLVARO GONÇALVES REIMONDE fº. de Margarida Reimonde N 2 casou em Viana com Margarida Fagundes filha de Simão Fagundes e sua mulher .......................... no ttº. de Fagundes § 4 4 Simão Fagundes 4 ............................... mulher de Jerónimo de Amorim Serrão 4 ............................... mulher de Martins Miranda foi para a Índia N 4 SIMÃO FAGUNDES fº. de Álvaro Gonçalves Reimonde N 3 (foi Capitão das Ordenanças e Provedor da Misericórdia de Viana 1576). Casou em Viana com Susana Pereira da Silva filha de Gonçalo Barbosa Pereira e Leonor Gomes da Silva no ttº. de Araújos § 433 N 20 e ttº. de Lagos. §2 N 1 MANUEL REIMONDE chamado o velho era de Viana do Minho e fº. de ........................... casou com D. Francisca Palha de Almeida c.g. no ttº. de Palhas § 12 N 2 e segt.
D. Teresa Taveira Reimonde mãe do Glorioso S. António de Lisboa era irmã da terceira avó deste Gonçalo Afonso Reimonde. Venceu este Gonçalo Afonso Reimonde em África em desafio dois valentes mouros cujas cabeças mandou pintar no seu escudo metendo no meio do escudo as duas cabeças e no meio a espada com que foram cortadas as duas cabeças.
9

2 Miguel Reimonde que teve 3 Margarida Reimonde c.c. Manuel de Sande c.g. no ttº. de Sandes § 17 N 11 2 Gaspar Reimonde c.c. sua sobrinha D. Antónia de Sande filha de Margarida Reimonde e Manuel de Sandes nos Sandes

REYXAS DE PORTALEGRE, E ALTER 10 §1 N 1 PEDRO GONÇALVES NUNES casado com Maria da Costa Reyxa 2 Francisco Reyxa N 2 FRANCISCO REYXA fº. de Pedro Gonçalves Nunes N 1 casou com D. Madalena dos Reis filha de Gaspar dos Reis, e Maria Gonçalves 3 Pedro Reyxa 3 Simão Reyxa nasceu a 9 de Abril de 1697 3 D. Faustina Reyxa da Costa § 2 3 D. Antónia Reyxa nasceu a 3 de Janeiro de 1696 3 Rodrigo Reyxa N 3 RODRIGO REYXA DA COSTA fº. de Francisco Reyxa N 2 nasceu a 19 de Abril de 1692 casou com D. Mariana Josefa Pires Pirão filha do Capitão Domingos Pires Pirão e D. Isabel Nunes Cabaço 4 Francisco Reyxa 4 D. Madalena nasceu a 2 de Setembro de 1725 4 D. Maria nasceu em Novembro de 1730 4 D. Antónia Maria Reyxa nasceu em Fevereiro de 1737 mulher de Francisco Tomás da Costa Fragoso de Alter 4 D. Catarina nasceu em 1735 4 António Reyxa N 4 FRANCISCO REYXA DA COSTA fº. de Rodrigo Reyxa N 2 casou em Espanha com D. Maria Cândida Barrantes Maldonado filha de D. Pedro Barrantes Maldonado, e D. Joana de Mosquera naturais de Valencia 5 D. Isabel nasceu em 6 de Dezembro de 1752 5 D. Madalena nasceu a 12 de Março de 1755 5 D. Joana nasceu a 11 de maio de 1759 5 Rodrigo Reyxa 5 Pedro Reyxa nasceu a 28 de Dezembro de 1756 N 5 RODRIGO REYXA BARRANTES MALDONADO fº. de Francisco Reyxa N 4 casou com ........................................ 6 D. Pedro Reyxa 6 D. Pedro Barrantes Cadete de Cavalaria N 6 D. PEDRO REYXA BARRANTES MALDONADO fº. de Rodrigo Reyxa N 5 casou em Espanha com D. Vera (?) de ............................. c.g. §2 N 3 D. FAUSTINA REYXA DA COSTA filha de Francisco Reyxa da Costa e D. Madalena dos Reis N 2 do § 1. Casou com Francisco Xavier Aranha fº. de Felipe Rosado e D. Mariana Xavier Aranha aos 17 de Dezembro de 1713 4 Estevão Pedro 4 Francisco Reyxa nasceu a 12 de Agosto de 1732 4 D. Mariana nasce a 29 de Abril de 1736 4 D. Teodósia nasce a 9 de Junho de 1730 N 4 ESTEVÃO PEDRO DO CAMPO CARDOSO fº. de D. Faustina N 3 casou com D. Jerónima Aurélia Maria Rosa de Oliveira 5 António Inácio

Diz o ª que me deu estas memórias de Reyxas as extraíra de Inventários, escrituras, testamento, Assentos de Baptismo e casamentos.

10

N 5 ANTÓNIO INÁCIO REYXA DA COSTA fº. de Estevão Pedro N 4 casou com D. Luísa Eugénia Mendes filha do Coronel Joaquim Apolinário Mendes Governador de Portalegre e D. Ana Maria Rosa Joaquina de Lima 6 Diogo Fausto Reyxa nasceu a 19 de Dezembro de 1780, solteiro 6 Joaquim Pedro 6 João Vitorino Reyxa da Costa nasceu a 3 de Outubro de 1785 6 Estevão Reyxa nasceu a 11 de Abril de 1787 Capitão de Infantaria N 8 N 6 JOAQUIM PEDRO REYXA DA COSTA fº. de António Inácio N 5 é Escrivão da Câmara de Portalegre nasceu a 12 de Julho de 1782 e casou com D. Maria do Vale filha de ......................... do Vale Cor.or de Portalegre.

RESENDES §1
LINHAS DE RESENDES

N 1 BERNARDO DE RESENDE fº. de Lopo de Almeida e D. Isabel da Fonseca casou com D. Helena Cardoso de Melo filha de João Barbedo 5º Morgado de Velude no ttº. de Pintos § 203 N 14 (continua ve Tomo 2 de Cost. fl. 118 e Tom. 4 fl. 46). §2 N 1 D. CONSTANÇA VIEIRA DE RESENDE filha de .......................................... casou com Rui Gonçalves da Fonseca Fidalgo da Casa Real Sargento Mor de Meineda (Tom. 2 fl. 76) 2 D. Antónia Vieira de Resende N 2 D. ANTÓNIA VIEIRA DE RESENDE filha de D. Constança N 1 c.c. Duarte Simões Pegado Fidalgo da Casa Real fº. de António Pegado Rebelo Cavº. da Casa Real e D. Brites Simões Banho 3 Luís Pegado de Resende 3 D. Brites Pegado de Resende c.g. no tom. 2 fl. 76 N 3 LUÍS PEGADO DE RESENDE fº. de D. Antónia Vieira N 2 c.c. D. Isabel Fragoso Nogueira 4 João Pegado de Resende c.g. do cost. Tom. 2 fl. 76 c.c. D. Mariana Pegado c.g. no Cost. Tom. Fl. 83 e Tom. 4 fl 163 vº.

§3
N 1 RODRIGO DE RESENDE fº. de ............................................. 2 D. Catarina de Resende c.c. Jorge Nogueira c.g. Tom. 2 cost. fl. 123 vº. (Ve § 10).

§4
N 1 JOÃO DE RESENDE fº. de ..................................... casado com Paula Borges Pereira (Tomo 4 fl 82).

§5
N 1 D. INÊS OU INOCÊNCIA DE PINHO DE RESENDE filha de ............................. casou com António Soares Homem 2 Maria Soares c.c. o Dr. Mateus Afonso c.g. no Tomo 4º de Cost. fl. 88.

§6
SR.ES DE FREIRIZ E PENAGATE

N 1 PEDRO HOMEM DE RESENDE fº. de .................................... c.c. D. Maria de Almeida 2 Jerónima Corte Real de Resende c.c. Sebastião de Sá de Miranda c.g. nos Cost. Tomo 3º. Fl. 76. Vêm os Senhores de Freiriz e Penagate.

§7
N 1 MANUEL DE RESENDE fº. de ............................... c.c. Ana Pereira c.g. (Tomo 4 fl. 134).

§8
N 1 MARTA DE RESENDE filha de .................................... c.c. António Pereira de Castro fº. de Rui Gomes Pereira e Inês Rodrigues Pita (c.g. no Tomo 4º de Costados fl. 148 vº.).

§9

N 1 DOMINGOS DE RESENDE fº. de ................................... c.c. D. Antónia de Paiva c.g. (Tomo 4 fl. 175 vº.).

§ 10
N 1 GASPAR DE CARVALHO RESENDE NOGUEIRA ver § 3 foi Capitão de Infantaria era fº. de ........................... e casou com D. Teodósia Pereira Aranha (ver § 3) 2 Rodrigo de Resende c.g. no Tomo 3 fl. 140 vº.

REYMOENS §1 N 1 Os Reymoens são antigos o Conde D. Pedro ttº 47 fls. 289 N 1 Nota A fala de Fernão Reymão de Canhedo casado com D. Alada Álvares Botelho no ttº. de Botelhos § 3 N 6 de que diz teve D. Urraca Fernandes c.g. nos Botelhos – Martim Fernandes – N ......... mulher de João Esteves Botelho da Maia nós não podemos entroncar estes Reymoens em Pedro Annes Reymão chamado o de S. Cruz por viver na sua quinta de S. Cruz de Riba Douro que é Privilegiada e se diz ser honrada nas devassas do Rei D. Diniz quinta que possuem seus descendentes; dizem ser este Pedro Annes Reymão descendente de D. João Reymão Francês Ilustre, e Juíz do Mar e Alfândegas do Porto donde se lhe colhe serem estes Reymoens diferentes dos que trata o Conde D. Pedro 2 João Reymão 2 Gonçalo Reymão § 2 (outros fazem estes dois filhos do Francês D. João Reymão) N 2 JOÃO REIMÃO fº. de Pedro Annes Reymão N 1 outros o fazem filhos de D. João Reimão Francês Ilustre teve 3 Brás Reimão 3 Belchior Reimão da Pedra N 3 BRÁS REYMÃO fº. de João Reymão N 2 casou com Isabel da Costa Cirne filha de Ana da Rua Cirne e seu marido Lopo ou Gonçalo da Costa criado do Infante D. Luís ttº. de Cirnes § 7 N 4 4 Miguel Reymão Cirne 4 Joana da Costa mulher de seu tio Miguel de Sousa Cirne no ttº. de Cirnes § 6 N 5 c.g. 4 Catarina da Costa § 4 N 4 MIGUEL REYMÃO CIRNE fº. de Brás Reymão N 3. Casou com D. Antónia Pinheiro irmã de ......................................... e sobrinha do Bispo de Miranda e de Leiria D. António Pinheiro no ttº. de Pinheiros.

§2
N 2 GONÇALO REYMÃO fº. de Pedro Annes Reymão N 1 do § 1 outros o fazem fº. do Ilustre Francês D. João Reymão, casou com D. Leonor Toscano filha de Martim Toscano Fidalgo Ilustre de Tomar 3 Manuel Reymão 3 Catarina Reymão mulher de Diogo de Azevedo fº. de Gonçalo Gomes de Azevedo parece ttº. de Azevedos §8 N 15 N 3 MANUEL REYMÃO fº. de Gonçalo Reimão N 2 foi escrivão dos feitos da moeda da cidade do Porto onde viveu e casou com D. Felipa de Magalhães filha de André Afonso e sua mulher Genebra de Magalhães no ttº. de Magalhães § 60 N 9 4 Fr. André da Conceição Graciano 4 Francisca de Magalhães N 4 FRANCISCA DE MAGALHÃES filha de Manuel Reymão N 3 casou com Pantalião dos Santos fº. de João dos Santos e sua mulher Maria de Magalhães Toscano irmã do Padre Toscano frade Agostinho que se fez Clérigo e foi grande letrado e Provedor na cidade do Porto e teve muitos benefícios e sua mulher ........................... Foi Pantalião dos Santos Fidalgo da Infanta D. Maria 5 D. Maria Toscano H. mulher de Manuel de Castro Pinheiro filha de Lourenço de Castro Sr. da Casa do Faial c.g. no ttº. de Alcaforados § 1 N 5 c.g. no ttº. de Azevedos e Pinheiros.

§3
N 1 GONÇALO GONÇALVES REYMÃO fº. de ...................................................... 2 Domingas Gonçalves Reymão N 2 DOMINGAS GONÇALVES REYMÃO filha de Gonçalo Gonçalves Reymão N 1. Casou com Gonçalo Pires de Araújo

3 António Gonçalves Reymão N 3 ANTÓNIO GONÇALVES REYMÃO fº. de Domingas Gonçalves Reymão N 2 casou com Isabel Rodrigues Malheiro filha de Francisca Malheiro e seu marido António Rodrigues de Araújo no ttº. de Malheiros § 6 N 7 c.g. donde vêm os Malheiros Reymoens de Viana e outros.

§4
N 4 CATARINA DA COSTA filha de Brás Reymão N 3 do § 1 casou com Rodrigo Aranha de Vasconcelos fº. de João Aranha de Vasconcelos irmão de Francisco Mendes de Vasconcelos Capitão de Ormuz e outras fortalezas na Índia 5 Brás Reymão de Vasconcelos casado com sua prima D. Brites da Rua Magriço 5 Francisco de Vasconcelos Padre da Companhia 5 Fr. João Domenico 5 Joana Mendes de Vasconcelos solteira 5 D. Marta de Vasconcelos mulher de João Vicente de Carneiro do Porto c.g. 5 Isabel de S. Francisco 5 Maria de S. Jerónimo freira no Convento de Corpus Christi do Porto 5 Alexandre de Vasconcelos N 5 ALEXANDRE DE VASCONCELOS CIRNE fº. de Catarina da Costa N 4 herdou a Casa de seu pai casou com D. Paula Osório filha de António de Goes e sua mulher Isabel Caminha filha de Pedro Vaz Caminha Osório 6 Rui Mendes de Vasconcelos 6 D. Catarina 6 D. Isabel 6 D. Francisca mulher de Francisco Tavares

§5
N 1 AFONSO ANTÃO REYMÃO DE ALMENDRA ignoramos de quem fosse fº., só se diz ser natural de Almofala e ser Alcaide Mor da mesma terra casou com Isabel de .............................. Mesquita filha de Lopo Esteves de Mesquita no ttº. de Mesquitas § 6 N 2 2 Maria Reymão c.c. João Fernandes o Cavº. Fidalgo Ilustre do Concelho de Anciães c.g. nos Pintos § 312 N 1.

RIBA FRIA §1 N 1 GASPAR GONÇALVES RIBAFRIA era natural de Ribafria um lugar junto a Sintra (era de pobres parentes e lhe deu por Solar Ribafria donde era natural, era fº. Gaspar Gonçalves de Gonçalo Annes), foi Porteiro da Câmara do Rei D. João III e seu válido e Alcaide Mor de Sintra que comprou a Francisco de Azevedo Sr. de Ponte de Sôr casou com D. Luísa de Sá filha de Gaspar de Sá 2 André Gonçalves Ribafria 2 Jerónimo de Sá morreu solteiro andava solteiro na Índia em 1559 2 D. Antónia mulher de Mem de Brito fº. de Leonel de Brito 2 Luís Gonçalves Ribafria Clérigo Inquisidor em Lisboa N 2 ANDRÉ GONÇALVES RIBAFRIA fº. de Gaspar Gonçalves Ribafria N 1 foi Alcaide Mor de Sintra casou com D. Luísa de Albuquerque filha de D. Luís de Albuquerque e sua mulher D. Inês de Noronha filha do grande D. João de Castro Vice Rei na Índia 3 Gaspar Gonçalves de Albuquerque 3 Fr. André de Albuquerque frade trino 3 D. Felipa de Castro mulher de Febos Moniz N 3 GASPAR GONÇALVES DE ALBUQUERQUE fº. de André Gonçalves Ribafria N 2 foi Alcaide Mor de Sintra casou com D. Maria de Alarcão ou Catarina de Alarcão filha de D. Lopo de Alarcão s.g. casou 2ª vez com D. Angela de Noronha filha de D. Pedro Lobo e sua mulher D. Brites da Silveira 4 André Gonçalves Albuquerque Riba Fria 4 Pedro de Albuquerque na Índia § 2 4 ....................................... N 4 ANDRÉ DE ALBUQUERQUE RIBA FRIA fº. de Gaspar Gonçalves de Albuquerque N 3 foi Alcaide Mor de Sintra serviu no Brasil e Alentejo onde foi Governador de Cavª. e Mestre de Campo Geral morreu solteiro nas Linhas de Elvas, teve 5 D. Angela Maria de Albuquerque 1ª mulher de D. António de Meneses a quem ela deixou por herdeiro e por isso foi Alcaide Mor de Sintra. §2 N 4 PEDRO DE ALBUQUERQUE RIBA FRIA fº. de Gaspar Gonçalves N 3 do § 1 casou com D. Luísa Lobo filha de Diogo Lobo de Abreu de Pombal e de sua mulher D. Maria de Morais natural de Goa 5 D. Maria Teresa de Albuquerque N 5 D. MARIA TERESA DE ALBUQUERQUE filha de Pedro de Albuquerque N 4 casou com Manuel de Saldanha de Tavora Comendador de Pinhel Capitão Mor das naus da Índia fº. de Rui Lourenço de Tavora 6 António de Saldanha de Mesquita Lobo Capitão de Mar e Guerra Brigadeiro e Governador de Angola Comendador da Ordem de Cristo Sr. do Morgado de Riba Fria casou e teve 7 Pedro de Saldanha 7 André de Saldanha

RICALDES Na Província de Guipuscoa Senhorio de Biscaia perto da Vila de Aspeitia está a mui nobre vila de Ascoitia situada num vale à beira do Rio Ayala e terá 300 vizinhos e alguns meses do ano nela assiste o Corregedor; El Rei D. Afonso 12 a mandou povoar sobre as antigas ruínas concedendo-lhe grandes honras e privilégios e na jurisdição desta Vila está a Casa de Ricaldes Solar desta Família e tem jazigo na Capela Maior da dita Vila que tem tido por Senhores e possuidores grandes Cavalheiros que o gozavam por título de Morgado imemorial; O mais antigo de que há notícia foi João Lopes Ricalde Cavº. do hábito de S. Tiago Provedor Geral de Espanha fº. de Lopo Sanches de Ricalde e sua mulher D. Maria de Viscarguia Srª. desta Casa na jurisdição da dita Vila casou o dito João Lopes Ricaldes com D. Lourença de Idiacans filha do Sr. da Casa de Idiacais na dita Vila e teve – Lopo Sanches da Ricalde – D. Maria da Ricalde – D. Leonor da Ricalde – D. Francisca da Ricalde – D. Isabel da Ricalde todos casaram s.m.n. §1 N 1 MARTIM SANCHES DA RICALDE Cavalheiro Biscainho era natural de Vila de Aspeitia e casado na dita vila era da Casa de Ricalde 2 João Martins de Ricalde 2 D. Joana Martins Ricalde § 3 3 D. Maria Martins de Ricalde § 4 o que não seguimos N 2 JOÃO MARTINS DE RICALDE fº. de Martim Sanches N 1 se inclinou a sua prima D. Elvira Palomar e Angulo que era casada e residia seu marido na Corte de Madrid o que dava mais lugar a cultivarem seus amores e dele emprenhou e pariu o filho abaixo pelo que foi obrigado a fugir com as pessoas e cabedais que puderam embarcados com seu fº. e fizeram assento na Vila de Viana do Minho onde foi Juíz Vereador pelos anos de 1512 como consta do Foral da Câmara da dita Vila fl. 169 e adquiriu metade do Padroado de Lanhezes no termo da dita vila ,era D. Elvira Palomar filha de Fernão Rodrigues Palomar e Catarina de Angulo Sr.es das Casas e Solares destes apelidos no lugar de Balmaceda (este lugar de Balmaceda é na Vila de Ascoita na Província de Guipascoa) 3 João Martins de Ricalde, o moço 3 Maria Martins Ricalde § 4 3 Joana Martins Ricalde § 3 morta a sua dita amiga e prima casou com Ana da Rocha filha de Martim da Rocha Fidalgo Cavaleiro e de Maria Dias Jacome no ttº. de Jacomes § 23 N 3 N 3 JOÃO MARTINS DE RICALDE fº. de João Martins Ricalde N 2 o Velho foi chamado o moço por diferença de seu pai serviu os cargos nobres de Viana e casou com Guiomar de Abreu filha de Rui de Abreu e sua mulher Senhorinha Gomes de Brito 4 Rodrigo de Abreu de Ricalde 4 João Martins de Ricalde § 2 4 Joana de Abreu de Ricalde mulher de António de Castro Vilarinho s.g. 4 Catarina de Abreu mulher de António Quezado s.g. N 4 RODRIGO DE ABREU DE RICALDE fº. de João Martins N 3. Casou com Maria da Costa Vilarinho filha de Diogo da Costa e sua mulher Maria Dias Vilarinho no ttº. de Vilarinhos § 3 N 4 5 Francisco de Abreu Pereira que foi Governador de Paraiva casado com Ana Barbosa de Almeida filha de António Barbosa de Almeida e sua mulher Susana de Almeida c.g. no ttº. de Barbosas § 62 N 25 5 João Martins Ricalde Abade de Lanhezes §2 N 4 JOÃO MARTINS DE RICALDE fº. de João Martins de Ricalde o moço N 3 do § 1 casou com Briolanja Barbosa filha de António Barbosa Sr. da Casa de Aborim c.g. no ttº. de Barbosas § 6 N 23.

§3 N 2 JOANA MARTINS DE RICALDE filha de Martim Sanches de Ricalde N 1 do § 1 (outros a querem fazer filha do que era por irmão João Martins Ricalde o que nos parece mais conforme) casou com Afonso Annes de Vila Nova viveram pelos anos de 144.... 3 João de Vila Nova casado em Viana com Isabel Caminha c.g. no ttº. de Caminhas § 1 N 3. §4 N 2 MARIA MARTINS RICALDE filha de João Martins Ricalde N 1 do § 1 (outros a fizeram filha de seu avô Martim Sanches de Ricalde que leva por avô). Casou com Luís do Rego fº. de Fernão Annes do Rego Comendatário de Rendufe c.g. no ttº. de Regos § 16 N 3.

RIOS §1 N 1 FERNÃO AIRES DO RIO foi um Galego honrado natural do Rio que veio a este Reino no Reinado do Rei D. Afonso V (outros dizem ser natural de Riba de Avia e seguiu as partes da Excelente Senhora contra Aragão dizem ser neto de Fernão Aires Saavedra Alcaide Mor de Canhete progenitor dos Condes de Castelar e Escalante, Marqueses de Racanoleu), casou em Évora 2 Diogo Mendes do Rio N 2 DIOGO MENDES DO RIO fº. de Fernão Aires do Rio N 1 (outros chamam a este Diogo Mendes Gregório Mendes e dizem ser o que passou a Portugal com seus filhos). Casou em Évora 3 Lopo Mendes do Rio 3 João Mendes do Rio § 2 N 3 LOPO MENDES DO RIO fº. de Diogo Mendes do Rio N 2 (este Lopo Mendes foi um dos 3 que El Rei D. João II escolheu para estarem com ele em Palmela quando matou o Duque D. Diogo seu primo). Foi Sr. dos lugares de Unhos e Frielas que vendeu a D. Henrique de Sousa; casou com Leonor Dias; foi Lopo Mendes cidadão de Lisboa, instituiu um Morgado cuja cabeça é o capítulo de S. Domingos de Benfica em 1501 cuja instituição existe no Cartório dos Padres de S. Domingos de Benfica, consta da Instituição que era Fidalgo da Casa Real 4 António Mendes do Rio 4 Fernão Aires do Rio 4 Manuel Mendes do Rio 4 D. Guiomar do Rio casada com Francisco de Lemos fº. de João Gomes de Lemos Sr. da Trofa ttº. de Lemos § 6 c.g. N 4 ANTÓNIO MENDES DO RIO fº. de Lopo Mendes do Rio N 3 casou com .......................................... 5 Gregório Mendes do Rio c.c. Catarina Cabral filha de Manuel Cabral da Veiga e Antónia de Lemos 5 D. Leonor Cabral mulher de Fernão ou António de Saldanha Sr. da Chamusca s.g.

§2
N 3 JOÃO MENDES DO RIO fº. de Diogo Mendes do Rio N 2 do § 1 casou com Constança de Brito natural de Elvas filha de Pedro Vaz de Sequeira e sua 2ª mulher D. Isabel de Brito ttº. de Sequeiras § 3 N 4 (Constança de Brito diz uma memória que me veio de Lisboa ser filha de Francisca Caldeira e que depois de viúva casara com Tomás Tavares de Sousa) 4 Diogo de Brito 4 Lopo Mendes do Rio c.g. extinta 4 D. Isabel do Rio mulher de Rui Juzarte fº. de Pedro Juzarte no ttº. de Juzartes § ... N ... da ª parte s.g. 4 D. Beatriz de Brito mulher de Sebastião Tavares da Grão no ttº. de Grans § 2 N 5 4 D. Brites de Brito casou 1ª vez com Rui Gomes de Azevedo de Elvas e foi seu 1º marido c.g. no ttº. de Azevedos e segunda vez com Sebastião Tavares ttº. de Grans § 2 N 5 4 D. Isabel de Brito mulher de Pedro Vaz de Sequeira Sr. de Palma ttº. de Sequeiras § 3 N 4 o que parece erro visto o ttº. de Sequeiras N 4 DIOGO DE BRITO fº. de João Mendes do Rio N 3 casou com Violante Borges filha de Pedro Borges da Casa de Sr.es de Carvalhais e Verde Milho 5 João de Brito 5 Diogo de Brito c.c. D. Felipa de Azevedo filha de André de Azevedo de Vasconcelos e D. Maria da Gama no ttº. de Vasconcelos § 136 N 17 c.g. 5 Luís de Brito Balio de Leça 5 D. Maria de Brito mulher de D. Manuel Teles de Meneses 5 D. Constança de Brito mulher de João da Gama Sutil ou de Azevedo 5 Isabel de Brito mulher de Lourenço Caldeira de Elvas 5 Margarida de Vila Lobos mulher de seu primo Joane Mendes do Rio c.g. extinta

N 5 JOÃO DE BRITO DO RIO fº. de Diogo de Brito N 4 casou com Felipa Caldeira filha de Gomes Caldeira 6 Diogo de Brito 6 Gomes de Brito, Maltez 6 D. Joana de Brito, freira em Elvas N 6 DIOGO DE BRITO fº. de João de Brito N 5 foi casado com D. Aldonça filha de Luís Gomes Angel s.g. casou 2ª vez com D. Joana Coutinho filha de D. Jerónimo Lobo e sua mulher D. Ana Rozeima filha de Diogo Rozeima 7 João de Brito 7 D. Mariana Coutinho mulher de seu tio D. Felipe Lobo e por sua morte casou 2ª vez com um voluntário que foi degradado para a Índia e teve uma filha que levou consigo N 7 JOÃO DE BRITO fº. de Diogo de Brito N 6. Foi Trinchante do Rei D. João IV. Casou com D. Isabel Moreira filha de Luís de Sousa e Vasconcelos Alcaide Mor de Pombal e sua mulher D. Maria de Moura 8 Diogo de Brito Casou 2ª vez por morte desta mulher com D. Mariana Coutinho mulher que tinha sido de Francisco de Sampaio e fº. de Cosme Damião médico X.N. e filha de Agostinho de S. Maria homem natural de Vara e de .............................. Figueiredo N 8 DIOGO DE BRITO DO RIO fº. de João de Brito do Rio N 7 foi Trinchante Mor de El Rei, Comendador da Ordem de Cristo M.e de Campo de Infantaria Geral de Artilharia e M.e de Campo Geral da Província do Minho. Casou com D. Ana de Sousa e Lima filha H. de Fradique Lopes de Sousa Sr. do Morgado de Linhares e sua mulher D. Felipa de Lima 9 D. Isabel de Sousa de Lima Brito H. mulher de seu parente Manuel de Vasconcelos e Sousa c.g.

§3
CASTROS DO RIO

N 1 ANTÓNIO VAZ DE CASTRO fº. de ........................................ casado com D. Brites de castro 2 Diogo de Castro do Rio 2 Luísa de Castro do Rio tomou o hábito em 9 de Junho de 1586 N 2 DIOGO DE CASTRO DO RIO fº. de António Vaz de Castro N 1 vivia no tempo do Rei D. João III foi Sr. de Barbacena que comprou a D. Fernando de Faro Sr. de Vimieiro foi muito rico e um dos maiores homens do seu tempo deu ajuda para o Cerco de Mazagão fez uma nobre quinta em Sacavém que possuem seus descendentes teve bons talentos que se conhecem pela instituição do seu Morgado (Diogo de Castro Rio por ter uma quinta em Sacavém se chamou do Rio e entre as seis aruelas dos Castros pôs quatro rios azuis e a dita quinta é Solar dos Castros do Rio). Casou com D. Brites Vaz filha de Diogo ou Duarte Tristão; D. Brites Vaz fez seu tttº. na quinta de S. Silvestre a 2 de Outubro de 1580 e Diogo ou Duarte Tristão supõem o Conde da Ericeira ser Flamengo 3 Martim de Castro do Rio 2º Sr. de Barbacena c.c. D. Margarida de Noronha filha de Jorge Furtado de Mendonça Comendador das Estradas e Represas e sua mulher D. Mécia Henriques c.g. no ttº. de Mendonças § 1 N 16 3 Fr. Gaspar frade Trino 3 Duarte Castro do Rio c.c. D. Joana de Vilhena e teve 4 Diogo Castro do Rio 3 D. Brites do Rio mulher de D. Jorge de Meneses da Casa de Cantanhede no ttº. de Meneses § 31 N 15 3 D. Maria do Rio mulher de D. Francisco de Moura Estribeiro Mor do Sr. D. Duarte 3 Luís de Castro do Rio § 4 3 D. Isabel do Rio mulher de Aires Teles de Meneses Alcaide Mor da Covilhã 3 Manuel de Castro Rio c.c. ............................... filha de Paulo do Quental de Albuquerque de Alenquer.

§4
N 3 LUÍS DE CASTRO DO RIO fº. de Diogo de Castro N 2 do § 3 casou com D. Brites de Sousa 4 Tomé de Castro do Rio

N 4 TOMÉ DE CASTRO DO RIO fº. de Luís de Castro N 3 casou com D. Brites de Sousa filha de João Rodrigues e D. Joana de Torres 2ª mulher teve 5 D. Ana de Castro do Rio que foi H. casada com Damião Dias de Meneses Cavº. da Ordem de Cristo Sr. do Morgado da Meca fº. de Rui Dias de Meneses c.g. no ttº. de Farias § 115 N 10.

RODRIGUES DE VILA DO CONDE §1 N 1 GUILHERME RODRIGUES foi um Fidalgo Flamengo que casou em Vila do Conde com Gracia Dias Cardoso filha de António Cardoso natural da Ilha Terceira, e sua mulher Francisca de Freitas Betancur ttº. de Betancur § 33 N 1 2 Catarina Rodrigues Cardoso mulher de Diogo de Teive ou Diogo Vaz de Teive fº. de Diogo Vaz de Teive e sua mulher Ana Machado c.g. no ttº. de Teives § 1 N 1 2 Sebastião Rodrigues 2 Isabel Rodrigues § 3 2 Felipa Rodrigues mulher de Vasco de Resende em Vila do Conde 1º Provedor da Misericórdia daquela Vila 2 Maria Rodrigues mulher de Nuno de Lugo e depois mulher de Cristóvão Mendes de Vasconcelos 2 Jerónimo Rodrigues casado com Gracia Dias e teve segundo alguns 3 Sebastião Rodrigues abaixo N 2 do § 4 N 2 SEBASTIÃO RODRIGUES fº. de Guilherme Rodrigues N 1 casou com Maria Dias; outros fazem este Sebastião Rodrigues fº. de Jerónimo Rodrigues, e sua mulher Gracia Dias acima, e neto dos que leve por pais 3 Francisco Rodrigues § 2 3 Jerónimo Rodrigues (vai adiante no § 4; na causa que houve sobre o Morgado de Vale de Galegos se provou que este Jerónimo Rodrigues era filho do N 1 Guilherme Rodrigues e era seu neto Francisco de Barros de Almeida Peg. de Mayor. Tomo 2 pag. 285) 3 Jerónima Rodrigues casada com Alexandre Ramires Correia fº. de Brás Correia c.g. no ttº. de Correias § 3 N 13. §2 N 3 FRANCISCA RODRIGUES filha de Sebastião Rodrigues N 2 do § 1 casou com Gaspar de Estrada Sotomaior Fidalgo da Casa Real 4 Madalena de Sotomaior N 4 MADALENA DE SOTOMAIOR filha de Francisca Rodrigues N 3 casou com António da Fonseca Soares s.m.n. §3 N 2 ISABEL RODRIGUES filha de Guilherme Rodrigues N 1 do § 1. Casou com Álvaro de Lugo 3 D. Constança de Lugo casada com Diogo de Faria fº. de Brás de Faria Sr. da Casa de Pedregal, e sua mulher Catarina Afonso Coelho c.g. no ttº. de Farias § 122 N 8 de que vêm os Gaios de Barcelos. §4 N 2 JERÓNIMO RODRIGUES fº. de Guilherme Rodrigues N 1 do § 1 . Casou com Gracia Dias Betancur (na causa que houve sobre o Morgado de Vale de Galegos se provou que este Jerónimo era filho de Guilherme Rodrigues e seu neto Francisco de Barros. Peg. de Mayoratus Tomo 2 pag. 285). 3 Manuel Rodrigues 3 Sebastião Rodrigues casado com D. Maria de Almeida de Lisboa, teve 4 Francisco de Barros de Almeida c.c. Mariana Ferreira Castelo Branco s.m.n. N 3 MANUEL RODRIGUES filho de Jerónimo Rodrigues N 2 casou com D. Isabel de Noronha filha de João Rodrigues de Noronha Capitão de Ormuz 4 Ana Noronha casada com Gonçalo Vaz Vilas Boas filha de Giraldo Vaz c.g. no ttº. de Araújos § 250 N 26.

§5 N 1 TOMÁS RODRIGUES natural de Vila do Conde ignoramos se era destes. Casou com Maria Dias da Maia que dizem as memórias de seus descendentes eram das pessoas principais da dita Vila e da Governança dela, e Cristãos Velhos como se vê das Inquirições que eles fizeram 2 Manuel Tomás que teve de Senhorinha solteira do lugar de Paredes da freguesia de Salvador de Cepeda que diziam era estalajadeira e o dito Manuel Tomás Mercador de panos de linho, e que por pousar em Casa da mesma a emprenhara e teve 3 António Tomás que casou com Maria de Sousa de Castelões de Cepeda e teve 4 António de Sousa casado com Maria de Meireles c.g. no ttº. de Meireles § 17 N 5 de que vem os Sr.es da Casa de Cete e outros.

ROMBOS DE PORTALEGRE §1 N 1 GONÇALO ROMBO é o 1º de que tenho notícia, casou com Brites Afonso Tavares 2 Álvaro Rodrigues Rombo N 2 ÁLVARO FERNANDES ROMBO fº. de Gonçalo Rombo N 1 casou ............................ 3 Simão Rombo 3 Fernão Álvares Rombo (pai de Beatriz Tavares mulher de seu sobrinho Domingos abaixo) 3 Guiomar Tavares Rombo N 3 SIMÃO ROMBO fº. de Álvaro Fernandes Rombo N 2 foi Juíz dos Órfãos em Portalegre fez seu testamento em 1558; casou com Guiomar Fernandes 4 Domingos Rombo 4 Manuel Rombo nasceu em 8 de Janeiro de 1552 N 4 DOMINGOS ROMBO fº. de Simão Rombo N 3 casou com sua prima Beatriz Tavares filha de Fernão Álvares Rombo acima 5 Pedro Rombo 5 Fernão Álvares Rombo nasceu a 17 de Maio de 1573 5 Mécia Rombo nasceu a 28 de Dezembro de 1560 5 Catarina Rombo nasceu a 14 de Abril de 1577 5 Guiomar Tavares mulher de Simão da Silva Oliveira 5 Maria Tavares N 5 PEDRO ROMBO TAVARES fº. de Domingos Rombo N 4 foi Cavaleiro Fidalgo; casou em Portalegre com D. Catarina Gonçalves de Basto filha de Rui Gonçalves de Basto, e sua mulher Isabel Martins 6 Domingos Rombo 6 Nicolau Tavares 6 D. Maria Tavares, freira N 6 DOMINGOS ROMBO TAVARES fº. de Pedro Rombo N 5. Casou em Nisa com D. Violante Dias Galhiana filha do Dr. Domingos Rodrigues Temudo e D. Ana Dias Aceitado (Cost. 114 vº. do Tomo 2) 7 Pedro Rombo 7 Simão Rabelo Tavares s.g. 7 D. Ana Tavares mulher de Francisco de Sousa Juzarte N 7 PERO ROMBO TAVARES fº. de Domingos Rombo N 6, casou com D. Isabel Rosa filha de Manuel da Rosa, e Maria Gonçalves 8 Domingos Rombo 8 O Padre Manuel Rombo 8 D. Teresa, freira N 8 DOMINGOS ROMBO fº. de Pedro Rombo N 7 casou com D. Catarina Maria da Fonseca filha de Bartolomeu Garcia do Carvalhal e D. Isabel de Sá Taborda 9 Pedro Rombo, morreu menino 9 Pedro Rombo 9 D. Maria Taborda mulher de Diogo Galvão Pegado c.g. no Cost. 9 D. Rosa, freira 9 Paulo de Morais 9 Lourenço Diniz de Morais 9 D. Angela, morreu menina 9 D. Eugénia, o mesmo 9 D. Helena, o mesmo

N 9 PEDRO ROMBO TAVARES fº. de Domingos Rombo Tavares N 8 casou com D. Vicência Josefa Henriques de Sousa e Mendonça filha de D. João Henriques de Mendonça Governador da Ilha Terceira, e D. Maria de Sousa e Vasconcelos filha de Martim Tavares de Castelo Branco 10 D. João Domingos Rombo Tavares 10 D. Domingos, morreu menino 10 D. Vicente, o mesmo 10 D. Álvaro José de Sousa Rombo 10 D. Maria Jacinta de Sousa e Vasconcelos mulher de Diogo de Ataíde e Castro de Abrantes Tomo 2º. do Cost. fls. 114 Casou 2ª vez Pedro Rombo com D. Helena Maria Pereira de Morais sua prima filha de Fernão Pereira de Morais de Campo Maior, e D. Antónia Maria Froes de Gomide 10 Manuel Caetano Rombo Tavares 10 Francisco de Morais Tavares Rombo 10 D. Luísa Teresa 10 Gregório Rombo morreu novo s.g. N 10 D. JOÃO DOMINGOS ROMBO TAVARES HENRIQUES fº. de Pedro Rombo e sua mulher N 9. Foi Fidalgo da Casa Real. Casou com D. N ....................................... 11 D. Manuel Henriques Rombo N 11 D. MANUEL HENRIQUES ROMBO fº. de D. João Domingos N 10 é Fidalgo da Casa Real, Coronel Reformado de Melicias de Portalegre c.c. sua prima D. Maria Vicência de Sousa filha de Diogo de Ataíde e Castro e sua mulher D. Maria Jacinta acima – vivem em separados. (Diz o A desta memória que foi por ele tirada e extraída de Inventários, Testamento, escrituras assentos de Baptismos e casamentos).

ROSAS DE MONFORTE DE RIO LIVRE §1 N 1 GASPAR TEIXEIRA é o primeiro de que tenho notícia casou com Antónia da Rosa 2 Belchior da Rosa N 2 BELCHIOR DA ROSA fº. de Gaspar Teixeira N 1 foi morador na Castanheira casou com Violante da Roda filha de Manuel de Araújo da Roda e sua mulher Ana Lobão moradores no Mosteiro da Castanheira dos melhores de Monforte (de que vêm os Passanhas da Casa de Vilartão) 3 Manuel de Araújo Rosa 3 António de Lemos casado com Maria de Sousa 3 Padre Gaspar Rosa que na sua habilitação em 1648 provou seus pais e avós e serem dos melhores de Monforte N 3 MANUEL DE ARAÚJO DA ROSA fº. de Belchior da Rosa N 2 casou com Ana Monteiro de Andrade filha de Leonardo Vaz Teixeira moradores em Fornos e sua mulher Ursula de Andrade de Vilharandelo gente limpa de que vem o Conde de Linhares (deste vem os Lobões de Fere e Monte Alvão) 4 Leonardo Teixeira de Andrade 4 António de Andrade de Sá e Melo § 2 4 D. Ana Rosa, § 3 N 4 LEONARDO TEIXEIRA DE ANDRADE fº. de Manuel de Araújo Rosa N 3 casou com Ana de Sá filha de José Leitão natural de Sanim e sua mulher Maria Teixeira natural do Mosteiro da Castanheira 5 Miguel Bernardo de Sá e Melo 5 D. Maria Xavier c.c. João de Macedo Sarmento Governador de Vinhais c.g. (destes são netos Valentim Manuel de Forno e o Capitão Mor de Sonim) 5 Padre Paulo de Lemos de cujas habilitações se mostram os pais e avós N 5 MIGUEL BERNARDO DE SÁ E MELO fº. de Leonardo Teixeira N 6 casou em Águas Frias com Clara de Resende irmã de D. Josefa de Resende mulher de António Pereira de Melo de Águas Frias filhas do Alferes Felipe Teixeira Pinto e sua mulher Maria Pessanha neta paterna de Felipa Teixeira Pinto e Jerónima Camelo Alcoforado e materna de Diogo de Resende e Leonor Loureiro 6 José António de Resende cadete de Cavalaria em Chaves Sargento Mor de Monforte de Rio Livre c.c. sua prima D. Feleciana Pinto Correia filha de Belchior da Rosa e sua mulher D. Teodora de Sampaio neste ttº. § 2 N 6 c.g.. §2 N 4 ANTÓNIO DE ANDRADE DE SÁ E MELO fº. de Manuel de Araújo Rosa N 3 do § 1 casou com Maria de Morais natural de Ferradoza filha de Felipe Vaz natural de Ferradoza e Ana de Morais 5 Belchior da Rosa Pinto de Andrade N 5 BELCHIOR DA ROSA PINTO DE ANDRADE fº. de António de Andrade de Sá e Melo N 4 (Capitão Mor de D. Chama). Casou com D. Teodora de Sampaio filha de Antónia Teixeira e seu marido Domingos Teixeira de Sampaio no ttº. de Teixeiras § 69 N 21 c.g. 6 D. Feleciana Pinto Correia 6 D. Caetana Teresa de Sampaio § 4 N 6 D. FELECIANA PINTO CORREIA filha de Belchior da Rosa N 5 casou com José António de Resende de Melo (Cadete de Cavalaria em Chaves) natural de Águas Frias Sargento Mor de Monforte filho de Miguel Bernardo de Resende do lugar de Águas Frias de Monforte do Rio Livre e D. Clara de Resende neste ttº. § 1 N 5 7 D. Caetana Josefa Margarida c.c. Manuel de Castro Correia de Lacerda Tenente Coronel de Cavalaria do Ajudante Geral do Exército fº. de António Figueira Correia de Lacerda c.g. nos Rabelos § 32 N 9.

§3 N 4 D. ANA ROSA filha de Manuel de Araújo Rosa N 3 do § 1 casou com Agostinho de Lobão com quem casou em 1688 e fº. de Francisco de Morais Coelho e sua mulher D. Maria de Faria da Costa; Francisco de Morais Coelho era Capitão Mor natural de Vilares (ver ttº. de Figueiredos § 49 sub N 16 – destes eram netos o Tenente Coronel Bento José de Lobão e António Manuel de Lobão). §4 N 6 D. CAETANA TERESA DE SAMPAIO filha de Belchior da Rosa N 5 do § 2 casou com José de Morais Pereira do Lago Sr. do Morgado de S. Francisco no Convento de Monforte fº. de António de Sá Pereira do Lago Sr. do dito Morgado Capitão Mor de Monforte Familiar do S. Offº. e sua mulher D. Francisca de Morais neto paterno de Rodrigo de Sá Soares Sr. do dito Morgado e D. Maria Pereira do Lago e neto materno de António de Morais de Castro Juíz dos Órfãos de Monforte e D. Maria de Sá Vilares 7 D. Francisca Maria Rita de Morais Pereira do Lago c.c. António Xavier de Frias Sarmento fº. de Álvaro de Morais Soares Capitão Mor de Monforte e sua mulher D. Maria Rosa de Frias no ttº. de Ferreiras § 45 N 23.

RUAS O Apelido de Ruas é muito antigo os anotadores do Conde D. Pedro tratando dos filhos de Rui Pires de Vasconcelos fº. de Pedro Annes de Vasconcelos dizem que tivera uma filha que casara com um filho de Lopo Gonçalves da Rua, isto pouco mais ou menos pelos anos de 1260 reinando o Rei D. Diniz em Portugal; sobre o seu Solar diz Afonso Lopes de Haro no seu Nobiliário que é em Oviedo de Leão onde gozam honras de filhos de Algo e diz que D. João Ponce de Leão fº. de Pedro Ponce de Leão tivera um fº. de Catarina Gonçalves de Oviedo que era filha de Pedro Gonçalves de Oviedo do Solar da Rua muitos filhos que legitimou fazendo menção de Teresa da Rua casada com Gomes Fernandes Ester do Conselho do Rei D. Henrique 4º de Castela. Diz João Salgado de Araújo Abade de Perre Comissário do S. Ofício grande investigador de antiguidades que o seu Solar é 3 léguas de Reberro nas Montanhas de Galiza junto as Asturias num lugar que chamam Rua e deste Solar vêm os Ruas de Salamanca; Gil Gonçalves de Avilhanos dá notícia desta apelido na História Eclesiástica de Oviedo a fl. 2 dizendo que naquela cidade há um hospital de incuráveis feito pelo mui nobre e virtuoso D. Henrique da Rua Cónego que foi de Oviedo; pode ser que destes Ruas venham os de Portugal, porém isto não nos consta; só nos livros das Devassas do Rei D. Diniz a fl. 25 se acha este assento – Item há aí uma quinta que chamam da Rua que foi de Aires Moniz é provado que é honrada de que se acordam as testemunhas – o qual privilégio foi aprovado pelo mesmo Rei; cuja quinta fica em Riba Douro a par do Tâmega onde também há um lugar que se chama Rua de que ou a dita quinta tomou o nome ou a mesma quinta o deu ao lugar que fica junto da Senhora da Lapa; por isso o Solar desta família neste Reino é a dita quinta segundo nos parece e é certo os podiam cá haver sem serem da Galiza ao que nos inclinamos enquanto se não mostrar o contrário. §1
MARQUÊS DE CASTELO RODRIGO

N 1 AFONSO ANNES DA RUA filho de Álvaro Annes da Gama e sua mulher D. Maria Esteves Barreto do Algarve e neto paterno de João Álvares da Gama (fº. este de Álvaro Annes da Gama que viveu no tempo do Rei D. Afonso IV no ano de 1345) e sua mulher Guiomar Cogominho no ttº. de Gamas; foi o dito Afonso Annes da Rua o primeiro que usou deste apelido supõe-se por ser Sr. da quinta da Rua, ainda que outros dizem por casar com uma Senhora Castelhana da Família de Ruas; foi Afonso Annes da Rua homem esforçado, serviu ao Rei D. João I nas guerras contra Castela na era de 1389 e foi algum tempo Alferes do Condestável D. Nuno Álvares Pereira e outros disseram fora Estribeiro Mor do Sr. Infante D. Fernando e o acompanhou quando foi cativo em Fez e que os Mouros lhe chamavam – Cheque Rua – que dizem quer dizer na sua língua – Cheque – Maioral e Rua – Cavalhariça – vindo a chamar-lhe Estribeiro Mor e que disto lhe ficara o apelido de Rua que passou a seus descendentes – estas as opiniões e notícias que achamos desta família. Casou Afonso Annes da Rua com ............................................................ 2 Gomes Annes da Rua 2 João Annes da Rua s.g. 2 D. Eria da Rua c.c. Gil Álvaro Carvalhal que parece ser filho ou neto de Martim Gonçalves Carvalhal pois era m.to parente de D. Nuno Álvares Pereira, s.m.n. N 2 GOMES ANNES DA RUA fº. de Afonso Annes N 1 casou com Isabel Mendes 3 Afonso Annes da Rua N 3 AFONSO ANNES DA RUA fº. de Gomes Annes da Rua N 2. Casou com ........................................... 4 João Gomes da Rua N 4 JOÃO GOMES DA RUA fº. de Afonso Annes da Rua N 3 é em quem muitos dos Genealógicos principiam esta família, foi muito honrado e é natural do Algarve. Viveu no Porto onde uns dizem que casou outros já vinha casado do Algarve não se nomeia com quem e deste fala o livro novo das Linhagens que está na Torre do Tombo no ttº. de Atouguias e Correias fl. 65 está enterrado na Ilha da Madeira em Nossa Senhora do Calhau onde tem esculpidas suas Armas sobre a sepultura 5 Álvaro Annes da Rua 5 Brites Annes da Rua 5 Maria Annes da Rua, a formosa § 2 N 5 ÁLVARO ANNES DA RUA fº. de João Gomes da Rua N 4 foi Escudeiro do Infante D. Fernando pai do Rei D. Manuel que era o mesmo que Fidalgo da sua Casa, viveu na Ilha da Madeira onde foi

Chanceler do mesmo Infante e seu 1º Tesoureiro como consta do letreiro que tem na sua sepultura na Igreja de S. Sebastião daquela Ilha cuja Capela ele fez e administrou pelos anos de 1589 e L.do António de Lemos de Coimbra – António de Castilho Guarda Mor da Torre do Tombo e o Cronista João Baptista Lavanha num Nobiliário de Letra que tinha sido do Marquês de Gouveia dizem casara este Álvaro Annes da Rua com Guiomar ou Maria Moniz 6 Inês Álvares da Rua 6 D. Senhorinha da Rua lhe acho casada com Simão da Mota e teve 7 Maria Fernandes c.c. Gonçalo Álvares Alvo c.g. nos Alvos § 1 N 3 Outros dizem casara o dito Álvaro da Rua com Isabel Lourenço que parece filha de João Lourenço que acompanhou El Rei D. Afonso III nas guerras de Castela e lhe deu por Armas em escudo azul 3 estrelas de ouro com um chefe de ouro como consta dos livros do seu registo fl. 64 e lhe dão a mesma Inês Álvares da Rua desta mulher talvez casaria duas vezes, nós seguimos ser a dita Inês Álvares da Rua filha da dita Guiomar ou Maria Moniz acima e desta se é que foi sua mulher não temos mais notícia. N 6 INÊS ÁLVARES DA RUA filha de Álvaro Annes da Rua N 5 e sua 1ª mulher segundo nos parece casou com Luís de Atouguia Tesoureiro Mor do Rei D. Manuel, sendo Duque, irmão de Rº. Afonso de Atouguia Sr. de Belas progenitor dos Atouguias ttº. de Atouguias § 2 N 2 filhos de Luís Afonso de Atouguia no ttº. de Atouguias § 2 N 2 7 Lopo de Atouguia 7 D. Isabel de Atouguia 7 Manuel de Atouguia 7 Branca de Atouguia mulher de Francisco Álvares da Costa Provedor da Ilha da madeira c.g. nos Costas § 237 N 3 c.g. N 7 D. ISABEL DE ATOUGUIA filha de Inês Álvares da Rua N 6 casou com D. João de Moura Caçador Mor do Rei D. Manuel e do seu conselho, fº. de D. Rolim de Moura 8 D. Luís de Moura N 8 D. LUÍSDE MOURA filho de D. Isabel de Atouguia N 7. Foi Alcaide Mor de Castelo Rodrigo. Estribeiro Mor do Infante D. Luís 9 Cristóvão de Moura N 9 CRISTÓVÃO DE MOURA fº. de D. Luís de Moura N 8 foi Marquês de Castelo Rodrigo, Comendador de Alcantra e Grande de Espanha. §2 N 5 MARIA ANNES DA RUA a formosa filha de João Gomes da Rua N 4 do § 1 casou 1ª vez com João Cirne fº. de João Cirne e sua mulher D. Maria Fernandes c.g. no ttº. de Cirnes § 1 N 2 onde vai esta geração. Casou 2ª vez com João Domingues Moniz um cidadão honrado do Porto o qual num letreiro que mandou por à porta do Mosteiro de S. Francisco da mesma cidade se chama João Domingues da Rua e instituíram ambos o Morgado de Valadares junto à cidade do Porto 6 Francisco da Rua 6 António da Rua 6 Gonçalo Álvares da Rua § 5 6 Branca da Rua § 3 6 Catarina Annes da Rua 6 Isabel Annes da Rua 6 Brites Annes da Rua 6 Bernarda da Rua N 6 FRANCISCO DA RUA fº. do 2º marido de Maria Annes da Rua N 5 sucedeu no Morgado de Valadares foi homem muito honrado e sábio e serviu o cargo de feitor da especiaria em Flandres com tanto desempenho da Fazenda Real que o Imperador Carlos 5º e sua irmã a Rainha D. Maria que então governavam o honraram com Brasão de Armas que foram em campo azul seis rosas vermelhas e uma flor de liz azul cuido em chefe as quais armas lhe confirmou o Rei D. João III n ano de 1530. Casou com Isabel Carneiro filha de Vasco Carneiro e sua mulher Brites Figueiroa no ttº. de Madureiras § 6 N 1 e Carneiros § 6 N 9 7 António da Rua Carneiro

7 Manuel de Madureira, morreu novo 7 Francisco da Rua andou na Índia 7 D. Felipa freira em Vila Nova do Porto 7 D. Margarida, freira em Vila Nova do Porto 7 D. Maria Madalena, o mesmo 7 D. Patornilha, freira em Arouca 7 D. Ana, em Vayrão 7 D. Vitória Carneiro § 4 N 7 ANTÓNIO CARNEIRO DA RUA fº. de Francisco da Rua N 6. Herdou a Casa de seu pai casou com D. Agueda Correia irmã de Martim Correia Abade de S. Sidrão 8 Manuel da Rua Carneiro Casou 2ª vez com Isabel Madureira filha de Henrique de Couros e neta de Álvaro Rodrigues de Couros 8 Pedro Carneiro s.g. 8 D. Francisca, freira N 8 MANUEL DA RUA CARNEIRO fº. de António Carneiro da Rua N 7 herdou o Morgado de seu pai. Casou com Maria de Magalhães Madureira filha de Simão Correia da cidade do Porto e sua mulher Isabel de Magalhães filha de Rui de Magalhães e sua mulher Isabel Baião filha de Fernão Álvares Baião e irmã de D. João Prior de Ancede e Simão Correia era fº. de Martinho Correia Deão do Porto, Cónego em Évora e Abade de muitas Igrejas, irmão de Simão Correia que foi Provedor da Casa da Infanta D. Brites filha do Rei D. Manuel como se diz na sua Crónica Parte 4 Cap. 7 ttº. de Magalhães § 60 N 11 9 António da Rua Carneiro Sr. da Casa de Valadares e mais de seus pais morreu s.g. passou a Casa aos descendentes de D. Vitoria Carneiro § 4 9 ........................................... casado em Montemor, creio s.g. aliás levaria o vínculo 9 ..........................................., freira em Vila Nova do Porto 9 ..........................................., o mesmo 9 D. Agueda de Magalhães freira em S. Domingos de Viana 9 Simão Correia creio s.g. por passar a Casa aos do § 4 §3 N 6 BRANCA DA RUA filha do 2º marido de Maria Annes da Rua N 5 do § 1 casou com Pedro Afonso Magriço 7 Gaspar da Rua Magriço N 7 GASPAR DA RUA MAGRIÇO fº. de Branca da Rua N 6 morou em Morfazem termo de Almada e fez um vínculo que deixou a seu sobrinho Lourenço Peixoto Cirne no ttº. de Vilarinhos. §4 N 7 D. VITORIA CARNEIRO filha de Francisco da Rua N 6 do § 2 casou com Luís de Valadares que serviu Comenda em Ceuta onde o mataram os Mouros fº. de João de Valadares e sua mulher ................... ttº. de Valadares § 4 N 2 8 D. Ana Carneiro que herdou o Morgado de Valadares casou com Francisco de Sousa de Almeida Sr. da Casa de Cavalaria c.g. no ttº. de Almeidas onde vai. §5 N 6 GONÇALO ÁLVARES DA RUA fº. de Maria Annes da Rua e seu segundo marido N 5 do § 2 parece casou com .................................. de Lacerda 7 João da Rua ou Martim N 7 JOÃO DA RUA ou MARTIM fº. de Gonçalo Álvares da Rua N 6 outros lhe chamaram Martim da Rua foi Abade de Retorta junto de Vila do Conde e lhe chamaram João ou Martim Abade foi nomeado para as Cortes do Rei D. João I com Vasco Fernandes Ferraz; foi casado antes de ser Abade com ....................................... 8 Álvaro Gomes da Rua

N 8 ÁLVARO GOMES DA RUA fº. segundo parece de João ou Martin da Rua N 7 (a mesma filiação se lhe dá de Lisboa) 9 Dr. Gonçalo Fernandes da Rua 9 Tomé Fernandes da Rua c.c. N ............................ Barbosa s.n. 9 D.Cecília Fernandes da Rua § 22 N 9 O DR. GONÇALO FERNANDES DA RUA fº. de Álvaro Gomes da Rua N 8 outros o fizeram fº. de seu avô João da Rua Abade de Retorta porém nós vimos um prazo que tem José da Costa de mendanha desta vila feito na era de 1559 no qual se acha uma procuração do dito Gonçalo Fernandes da Rua onde declara ser seu avô Álvaro Gomes e assim fica fora de toda a dúvida esta filiação e talvez o fariam filho do que era seu avô como supomos visto todos o fazerem descendente do dito Abade nem segundo a Cronologia dos tempos podia ser mais que neto pois ainda o que se lhe dá por pai as Cortes do Rei D. João I não é natural fosse vivo seu filho na dita era de 1559 em que fez a dita procuração; foi o dito Dr. Gonçalo Fernandes da Rua Dr. em Leis Cavº. Fidalgo e pessoa de muita autoridade e talento e muito rico. Casou 1ª vez em Barcelos com Felipa de Faria filha de Pedro de Faria e sua mulher Felipa de Mariz no ttº. de Farias § 12 10 Heitor de Faria 10 Manuel de Faria § 6 10 António de Faria, § 7 10 Paulo de Faria § 10 10 D. Catarina de Faria mulher de António Barbosa Sr. da Casa de Aborim c.g. no ttº. de Barbosas § 1 N 24 Casou 2ª vez o dito Dr. Gonçalo Fernandes da Rua com Catarina Pinheiro a qual se fez prazo do Casal de Fragoso e Casal do Nique que possui o dito José da Costa de Mendanha que se fez a 7 de Setembro de 1559 em que vivia Fr. Bartolomeu dos Mártires do que consta a filiação do dito seu marido e o ser a dita Catarina Pinheiro filha de Belchior Leitão Pinheiro e sua mulher Leonor Gomes c.g. no ttº. de Pinheiros § 55 N 11 onde vai. N 10 HEITOR DE FARIA fº. do Dr. Gonçalo Fernandes da Rua N 9 foi Dezembargador da R.am do Porto Cavº. Fidalgo prova-se a sua filiação por uma escritura na Nota de Varela de 25 de Junho de 1585 casou com D. Maria Barbosa filha de Bartolomeu Barbosa Sr. da Casa de Aborim e sua mulher Maria Barbosa Correia no ttº. de Barbosas § 1 N 23 11 D. Maria de Faria mulher de seu primo Bartolomeu Barbosa Sr. da Casa de Aborim fº. de António Barbosa e sua mulher D. Catarina de Faria c.g. no ttº. de Barbosas § 1 N 25 11 Felipa de Faria Abade de S. Lucrécia apresentação da Casa de Aborim 11 O Padre Paulo, Loio 11 D. Catarina 11 D. Madalena, s.g.

§6
N 10 MANUEL DE FARIA fº. do Dr. Gonçalo Fernandes da Rua N 9 do § 5. Casou com Ana Barbosa filha de António Barbosa Morgado de Aborim e sua mulher Guiomar da Rocha c.g. no ttº. de Barbosas § 69 N 23 onde vai esta geração. Casou 2ª vez com Brites Cicio filha de António Barcelos Cogominho e sua mulher Maria de Barros no ttº. de Barcelos § 1 N 5 11 João Barbosa, na Índia 11 Heitor de Faria, na Índia 11 Ana Cicio que teve de Gonçalo Barbosa Abade de S. Lucrécia , seu primo fº. de António Barbosa e sua mulher Catarina de Faria geração que vai no ttº. de Barbosas § 4 N 25.

§7
N 10 ANTÓNIO DE FARIA fº. do Dr. Gonçalo Fernandes da Rua N 9 do § 5 serviu aos Duques de Bragança D. João e D- Teodósio 2º. Casou com Helena Cirne filha de Gaspar da Rocha Peixoto e sua mulher Maria Ribeiro Cirne no ttº. de Vilarinhos § 4 N 5 11 Miguel Cirne de Faria 11 António Cirne que foi muito aceite do Duque D. Teodósio e seu ouvidor em Vila Viçosa teve B. 12 Francisca da Rocha casada em Bragança como quis 11 Crecencia da Rocha § 8

teve de Isabel Antónia B. 11 B. Belchior de Faria § 9 N 11 MIGUEL CIRNE DE FARIA fº. de António de Faria N 10 foi Provedor Geral dos Defuntos e ausentes no Brasil Ouvidor Geral na Índia no tempo do Rei D. João IV onde foi também Procurador da Coroa e Dezembargador naquela R.am com posse na R.am do Porto. Casou em Lisboa com D. Catarina da Silva filha de Gião Loureiro e sua mulher D. Isabel da Silva, Gião Loureiro era irmão de Jerónimo de Azambuja Cavº. da Ordem de Cristo 12 António Cirne da Silva que foi para a Índia que teve B. 13 Francisca da Rocha casada com quem quis em Bragança 12 Manuel Peixoto da Silva embarcou 12 Júlio Cirne foi para a Índia 12 D. Helena Josefa da Silva 12 D. Eugénia Cirne casada com Gregório de Castro de Melgaço 13 Gregório de Castro s.m.n. N 12 D. HELENA ou ISABEL JOSEFA DA SILVA filha de Miguel Cirne N 11 casou com Domingos Pestana Sr. da Ilha de S. João no Brasil.

§8
N 11 CRECENCIA DA ROCHA filha de António de Faria N 10 do § 7 casou com Gregório de Castro de Melgaço 12 Gregório de Castro Casou 2ª vez com Sebastião Pereira de quem se apartou por divórcio s.g.

§9
N 11 BELCHIOR DE FARIA fº. B. de António de Faria N 10 do § 7 casou em Lisboa com Antónia filha de Francisca Francisco Pires 12 Agostinho de Faria 12 António de Faria N 12 AGOSTINHO DE FARIA fº. de Belchior de Faria N 11 casou com Serafina de Oliveira filha de Maria de Oliveira e seu marido 13 Manuel de Faria Mariz 13 Fr. Agostinho, Carmelita

§ 10
N 10 PAULO DE FARIA MARIZ fº. do Dr. Gonçalo Fernandes da Rua N 9 do § 5 casou com Violante Furtado (irmã de Amador Fernandes Pais de Silvestre Furtado c.c. Paula de Vilas Boas no ttº. de Araújos § 420 N 2 ve ttº. x.n.) moraram na quinta de Pousada ela era de Guimarães e filha de Jorge Fernandes Furtado e Catarina Álvares x.n. foi Paulo de Faria T.am em Barcelos 11 André de Maria Reitor do Rio Mau § 13 11 Francisco de Faria que foi para Roma como prova a Nota de Vilas Boas de 1620 11 Ângela de Faria Mariz N 11 ANGELA DE FARIA MARIZ filha de Paulo de Faria Mariz N 10 casou por escritura de Dote na Nota de Vilas Boas na era de 1626 onde declaram os pais da dita Angela de Faria. Casou com André Leitão de Abreu que foi Tab.am em Barcelos fº. de Belchior Nunes criado do Duque de Bragança era Belchior Nunes Guarda Roupa do Sr. D. João III (e era irmão inteiro de Ambrósio Nunes Leitão c.c. Francisca de Vilas Boas § 17 N 12 e Leitões § 114 N 2) e sua mulher Violante de Braga e neto de Henrique Leitão. Uma escritura que vi na Nota de Clemente de Faria de 1650 declara os pais e avós e netos destes Angela de Faria e seu marido André Leitão (Violante de Braga era irmã de João de Braga Moço da Câmara do Duque). Casou 2ª vez André Leitão com Maria de Oliveira Jacome filha de Pedro Velho Travassos no ttº. de Jacome § 23 s.m.n. teve a dita Angela de Faria do dito seu marido André Leitão 12 Violante de Faria de Abreu

N 12 VIOLANTE DE FARIA DE ABREU filha de Angela de Faria N 11 (veja-se a Nota de José António de Vilas Boas de 1606) casou por escritura de dote na Nota de Vilas Boas de 1642 onde declaram os pais com Álvaro Pita Calheiros fº. de António Pita Pedroso e sua mulher Ana Rodrigues Souto de Vila Franca no ttº. de Pitas § 23 N 5 13 André Leitão Pita 13 Angela de Faria casada com António Soares c.g. fº. de António do Vale N 13 ANDRÉ LEITÃO PITA fº. de Violante de Faria N 12 casou 1ª vez como consta dos livros dos casados de Barcelos de 1663 onde declaram os pais com Ana da Costa Correia filha de Bartolomeu da Costa Correia e sua mulher Catarina Belo no ttº. de Correias § 7 N 15 14 André da Costa de Faria § 11 14 Manuel da Costa Correia s.g. Casou 2ª vez com D. Marta Pita sua prima filha de Francisco da Rocha Araújo e sua mulher D. Angela Pita no ttº. de Pitas § 24 N 7 14 João Salgado de Araújo 14 António José Pita 14 D. Inês Pita mulher de Manuel Nunes Leitão Sr. do Prazo de Cambezes que deixou a esta sua mulher e esta a seu irmão s.g. N 14 JOÃO SALGADO DE ARAÚJO DE ABREU LEITÃO PITA fº. de André Leitão N 13 foi Sr. da Casa de seu pai e Sr. do Prazo de Cambezes que lhe deixou sua irmã casou na Galiza com D. Josefa Salgado s.g. deixou o Prazo de Cambezes a sua mulher e outros e esta o nomeou em Manuel Cardoso Estribeiro do Arcebispo de Braga D. Gaspar sobre o qual Prazo tem havido fortes demandas com os netos deste João Salgado e depois de terem decaído se revogou por entg.as a sentença na Suplicação e ultimamente se compuseram dando dinheiro aos netos deste João Salgado que teve B. de ....................... 15 D. Maria Salgado de Araújo N 15 D. MARIA SALGADO DE ARAÚJO filha B. de João Salgado de Araújo N 14 deixou-lhe seu pai vários bens reconhecendo-a por sua filha pos a demanda sobre o Prazo do Couto e se compôs com os herdeiros de Manuel Cardoso casou com o Dr. Francisco Dias Garrido fº. de ..................................... 16 João Luís Salgado de Araújo Sargento Mor do concelho de Barcelos 16 André Salgado de Araújo serviu de Vereador em Barcelos 16 D. ........................ 16 D. ........................

§ 11
N 14 ANDRÉ DA COSTA DE FARIA fº. de André Leitão Pita N 13 do § 10 foi para o Brasil casou com D. Catarina de Brito 15 Manuel da Costa de Faria N 15 MANUEL DA COSTA DE FARIA fº. de André da Costa N 14 foi chamado o Morgado de S. João viveu em Barcelos, casou com Francisca Teresa Ribeiro filha de Simão António Ribeiro que serviu um ofº. de escrivão da ouvidoria de Barcelos e sua mulher 16 Gregório José 16 ........................

§ 12
N 9 D. CECÍLIA FERNANDES DA RUA filha de Álvaro Gomes da Rua N 8 do § 5 casou 10 Gaspar Manuel N 10 GASPAR MANUEL fº. de D. Cecília Fernandes da Rua N 9 casou em Vila do Conde com Bárbara Ferreira de Almeida irmã de Patrício Carneiro e filha de João de Benevides e Guiomar Barbosa c.g. mas isto é erro pois era filha de José Ferreira Carneiro e sua mulher Leonor de Almeida ttº. de Carneiros § 36 N 3 c.g.

§ 13

N 12 ANDRÉ DE FARIA MARIZ fº. de Paulo de Faria N 11 do § 10 foi Reitor de S. Cristóvão de Rio Mau teve B. em Ana Dias viúva filha B. de Francisco Jorge e Domingas Fernandes viúva de Bagunte, dos Carneiros 13 B. André de Mariz de faria 13 B. ....................... casou em Landim c.g. N 13 ANDRÉ DE MARIZ DE FARIA fº. B. de André de Faria N 12 casou com Clara Rodrigues que foi para Cuama 14 ............................ que levou consigo s.g. 14 D. Angela de Mariz de Faria 14 D. Maria de ............................... mulher do irmão de seu cunhado N 14 D. ANGELA DE MARIZ DE FARIA filha de André de Mariz N 13 casou com João Ribeiro Pontes da Vila da Póvoa filha de Gaspar Monteiro e sua mulher Gracia Ribeiro viveram na quinta de Figueiro em Bagunte que foi de seu pai André de Mariz que a tinha havido de seu avô Francisco Jorge. 15 Patrício

RUBINS §1 N 1 GUILHERME RUBIM fº. de Guilherme Rubim e de Atida Ransulem naturais de Ambres na Holanda, e Católicos Romanos com o Oratório em casa onde os Católicos Romanos iam ouvir missa ocultamente, passou a viver em Viana, e tratar de negócio conforme o uso daquela nação. Casou na dita vila com Ana de Lima mulher humilde; adquiriram muitos mil cruzados. Ana de Lima era filha de Gonçalo Álvares de Lima e Catarina Fernandes da Silva 2 Baltazar Rubim casado em Viana com D. Joana de Barros Caminha filha de Barnabé Veloso Barreto e D. Ana Caminha no ttº. de Barretos § 11 N 8 digo Barretos Velhos c.g. 2 Belchior Rubim Lima Cónego em Braga 2 Manuel Rubim Lima Arcediago de Fonte Arcada 2 Guilherme Rubim Lima casado com D. Vitoria da Cunha filha de Francisco Lopes Calheiros, e sua mulher D. Mariana Fajardo c.g. no ttº. de Jacomes § 7 N 9 2 Maria Rubim Lima mulher de António do Porto Pedroso § 2 N 2 GASPAR RUBIM LIMA fº. de Guilherme Rubim N 1 casou em Viana com D. Maria Alquemim filha de André da Costa Alquemim, e sua mulher D. Ana de Antas 3 Guilherme Rubim Ferreira 3 Gaspar Rubim de Lima foi para a Índia s.n. N 3 GUILHERME RUBIM FERREIRA fº. de Gaspar Rubim N 2 casou em Viana com D. Páscoa filha de Bartolomeu Ribeiro Correia 4 Gaspar Rubim c.c. D. Mariana da Rocha filha de João Quezado Jacome e sua 3ª mulher Mariana da Rocha no ttº. de Quezados § 8 N 10 c.g. 5 D. .................................. 5 D. .................................. §2 N 2 MARIA RUBIM filha de Guilherme Rubim N 1 do § 1 casou com António do Porto Pedroso ttº. de Pedrosos 3 Francisco do Porto Pedroso N 3 FRANCISCO DO PORTO PEDROSO fº. de Maria Rubim N 2 casou com ........................ filha de Francisco Ferreira de Andrade Cavº. da Ordem de Cristo Capitão de Infantaria e sua mulher D. Isabel Barbosa Sodre filha de Baltazar Barbosa e sua mulher (Tomo 2 de Cost. fl. 205) 4 António Luís Pedroso casado s.g. 4 Felix Alexandre Pedroso casado c.g. 4 ............................................., freiras em S. Bento de Viana (Vai nos Pedrosos)

SALDANHAS §1 Os Saldanhas descendem de D. Sancho Dias de Saldanha, Conde de Saldanha, que viveu pelos anos de 850 e sua mulher D. Ximena filha do Rei D. Frula de Leão mas por ora não achamos notícias para nele os prender. N 1 BERNARDO DEL CARPIO que foi famoso nas histórias, casou com Madama Galinda de Lara filha do Conde Alardos 2 Galim Galindos N 2 GALIM GALINDOS fº. de Bernardo del Carpio N 1 foi Rico Homem casou com uma Senhora francesa muito ilustre talvez descendente de D. Sancho Dias de Saldanha, pois seus filhos tomaram este apelido 3 Diogo Munhos de Saldanha outros N 3 DIOGO MUNHOS DE SALDANHA fº. de Galim Galindos N 2 foi Rico Homem 4 Gomes Dias de Saldanha N 4 GOMES DIAS DE SALDANHA fº. de Diogo Munhos N 3 foi Rico Homem Conde de Carrião e Saldanha casou com D. Ostroza Srª. de Onha onde fundou um celebrado Convento 5 Diogo Gomes de Saldanha N 5 DIOGO GOMES DE SALDANHA fº. de Gomes Dias N 4 foi Rico Homem casou com ...................... 6 Fernão Gonçalves de Saldanha N 6 FERNÃO GONÇALVES DE SALDANHA fº. de Diogo Gomes N 5 foi Rico Homem Embaixador ao Rei Mouro de Sevilha casou com ........................................................... 7 Telo Fernandes de Saldanha N 7 TELO FERNANDES DE SALDANHA fº. de Fernão Gonçalves N 6 foi Rico Homem do Rei D. Afonso o Imperador e casou com ................................................... 8 Guter Fernandes de Saldanha N 8 GUTER FERNANDES DE SALDANHA fº. de Telo Fernandes de Saldanha N 7 foi Rico Homem Sr. de Saldanha no tempo do Rei D. Afonso 3º de Castela, casou com .......................................... 9 Fernão Rodrigues de Saldanha N 9 FERNÃO RODRIGUES DE SALDANHA fº. de Guter Fernandes de Saldanha N 8 foi Rico Homem casou com D. Joana de Cisneiros filha de D. Rui Gonçalves de Cevalos 10 Rodrigo Rodrigues de Saldanha N 10 RODRIGO RODRIGUES DE SALDANHA fº. de Fernão Rodrigues N 9 foi Rico Homem 11 Fernão Rodrigues de Saldanha N 11 FERNÃO RODRIGUES DE SALDANHA fº. de Rodrigo Rodrigues de Saldanha N 10 foi Rico Homem 12 Rodrigo Gonçalves de Saldanha N 12 RODRIGO GONÇALVES DE SALDANHA fº. de Fernão Rodrigues N 11 foi Rico Homem no tempo do Rei D. Afonso 6º. de Castela 13 Lopo de Saldanha N 13 LOPO DE SALDANHA fº. de Rodrigo Gonçalves N 12 foi Rico Homem 14 Nuno Lopes de Saldanha

N 14 NUNO LOPES DE SALDANHA fº. de Lopo de Saldanha N 13 viveu no tempo do Rei D. João 1º. e D. Henrique de Castela 15 Fernão Lopes de Saldanha N 15 FERNÃO LOPES DE SALDANHA fº. de Nuno Lopes N 14 foi Camareiro Mor e Contador Mor do Rei D. João 2º de Castela teve de sua 1ª mulher 16 Fernão Lopes de Saldanha N 16 FERNÃO LOPES DE SALDANHA fº. de Fernão Lopes de Saldanha N 15 foi Sr. de Miranda e Castanhar e Contador do mesmo Rei D. João 2º, casou com ............................................. 17 Diogo de Saldanha 17 D. Joana c.c. D. Fernando de Eça fº. de D. Fernando de Eça c.g. no ttº. de Eças § 1 N 3 N 17 DIOGO DE SALDANHA fº. de Fernão Lopes de Saldanha N 16 foi em Castela Sr. de Miranda e Castanhar serviu ao Rei D. Henrique 4º foi seu Embaixador a Roma como diz Mariana Livro 24 Cap. 16 passou este Fidalgo a Portugal com a Excelente Senhora D. Joana mulher do Rei D. Afonso V servindo de seu Mordomo Mor, foi Embaixador deste Rei a Roma, e Secretário da dita Rainha. Casou com D. Maria Bobadilha filha de Tibério Rodrigues Bobadilha Fidalgo de Guadelaxara 18 João de Saldanha 18 António de Saldanha § 2 18 Afonso Bobadilha § 9 18 Cristóvão Bobadilha Prior do Milagre de Santarém Capitão Mor do Rei D. Manuel N 18 JOÃO DE SALDANHA fº. de Diogo de Saldanha N 17 foi Vedor da Rainha D. Maria mulher do Rei D. Manuel Comendador de S. João da Pesqueira e outros na Ordem de Cristo. casou com D. Joana de Lima filha de D. Álvaro de Lima e sua mulher D. Maria de Ataíde 19 António de Saldanha o Gaco § 8 19 Luís de Saldanha 19 Afonso da Silva Pagem da Imperatriz s.g. 19 D. Violante mulher de Gonçalo ou Jerónimo Moniz Reposteiro Mor do Rei D. Manuel 19 D. Maria mulher de Pedro Gonçalves de Mendonça Fidalgo Castelhano Mordomo Mor do Imperador Carlos 5º Casou 2ª vez com D. Leonor de Melo filha de Vasco Martins de Melo ttº. de Melos s.g. N 19 LUÍS DE SALDANHA fº. de João de Saldanha N 18 foi Comendador de Salvaterra e Alcains na Ordem de Cristo casou com D. Madalena de Almada filha de Rui Fernandes de Almada Embaixador do Rei D. João III e Flandres e de Catarina de Anvres 20 João de Saldanha 20 Jerónimo, morreu menino N 20 JOÃO DE SALDANHA fº. de Luís de Saldanha N 19 foi Comendador das Comendas de seu pai. Casou com D. Leonor de Meneses filha de D. Rodrigo de Meneses Comendador de Grandela e sua mulher D. Antónia de Torres 21 Luís de Saldanha 21 Manuel Saldanha Reitor da Universidade de Coimbra 21 Jerónimo de Saldanha morreu indo por Capitão de naus da Índia 21 Rodrigo, morreu em Flandres 21 Fr. Bartolomeu Agostinho 21 Fr. António Jerónimo 21 B. Rui Fernandes de Saldanha Inquisidor em Lisboa N 21 LUÍS DE SALDANHA fº. de João de Saldanha N 20 foi Sr. da Casa de seu pai casou 1ª vez com D. Maria da Silva filha de António da Gama Comendador dos Açougues na Ordem de Cristo e sua mulher D. Maria de Meneses 22 João de Saldanha da Gama 22 D. Isabel da Silva mulher de Aires de Saldanha neste ttº. § 2 N 22 22 António de Saldanha prisioneiro no Montijo 22 Manuel de Saldanha 22 Rodrigo de Saldanha Cónego em Lisboa e Semilher do Príncipe D. Pedro 22 D. Leonor de Meneses

Casou 2ª vez com D. Violante Henriques de Mendonça filha de Aires de Sousa Comendador de Cazavel e sua mulher D. Leonor Henriques 22 Aires de Saldanha § 6 22 Fr. Jerónimo, frade Bernardo 22 Fr. José, Capucho 22 D. Joana Henriques mulher de Pedro Álvares Cabral de Lacerda c.g. no ttº. de Correias § 5 N 16 N 22 JOÃO DE SALDANHA DA GAMA fº. de Luís de Saldanha N 21 foi Capitão de Cavalos e morreu na batalha do Montijo. Casou com D. Margarida de Vilhena filha de António de Saldanha o Cativo Comendador de S. Martinho de Lagares e de Savacheira na Ordem de Cristo e D. Joana de Vilhena 23 Luís de Saldanha da Gama 23 António de Saldanha Cónego em Lisboa Bispo de Portalegre e depois da Guarda 23 D. Joana Dama da Rainha 1ª mulher de Lourenço de Sousa Aposentador Mor 23 D. Maria, freira na Anunciada 23 D. Inês 23 D. Catarina, no Calvário
SR.ES DE ASSEQUINS

N 23 LUÍS DE SALDANHA DA GAMA fº. de João de Saldanha N 22. Foi Comendador das Comendas de seus avós Sr. da Vila de Asequins de juro e herdade por mercê do Rei D. João IV. Ocupou vários postos na guerra com grande valor foi Governador de Mazagão. Casou com D. Madalena Josefa de Mendonça filha de Francisco de Melo de Torres 1º. Marquês de Sande e D. Leonor Manrique 24 João de Saldanha da Gama 24 José de Saldanha M.e Escola na Sé do Porto 24 D. Leonor Dama do Paço s.g. 24 D. Inês, freira na Anunciada em Lisboa 24 D. Antónia, o mesmo 24 D. Guiomar de Mendonça c.c. João de Alcaçova Carneiro c.g. no ttº. de Carneiros § 165 N 15 e Costas § 165 Casou 2ª vez Luís de Saldanha com D. Inês de Castro viúva de José Gomes da Silva N 24 JOÃO DE SALDANHA fº. da 1ª mulher de Luís de Saldanha N 23 (foi Vice-Rei na Índia) foi herdeiro da Casa de seu pai casou com D. Joana Bernarda de Noronha filha de Luís César de Meneses Alferes Mor do Reino e Governador da Bahia no ttº. de Castros § 79 N 26 25 Luís de Saldanha 25 António Francisco de Saldanha Prelado na Patriarcal 25 José de Saldanha serviu na Índia onde casou s.g. 25 Francisco de Saldanha foi Cardeal Patriarca 25 Manuel de Saldanha casou na Bahia com D. Joana Guedes s.g. ela lhe fez doação de tudo e casou ele 2ª vez com a herdeira de seu cunhado Conde da Ponte D. Francisca Joana Josefa da Câmara viúva do Visconde da Aseca filha de Lourenço Gonçalves da Câmara Almotace Mor c.g. no § 18 25 D. ............................................. mulher de José Joaquim de Miranda s.g. 25 D. Margarida freira na Anunciada 25 D. Ana Joaquina mulher de António José de Melo Conde da Ponte s.g. e foi 3ª mulher de seu cunhado José Joaquim de Miranda Henriques c.g. 25 D. Maria Bárbara de Lencastre 25 D. Mariana de Lencastre mulher de Martim Correia de Sá Visconde da Aseca N 25 LUÍS DE SALDANHA DA GAMA fº. de João de Saldanha N 24 4º Conde da Ponte, casou com D. Ana de Meneses filha do Conde de S. Tiago .............................. ttº. de Silvas § 9 N 16 26 D. Leonor de Saldanha mulher de António de Saldanha fº. de José Bento de Saldanha neste ttº. de Saldanhas § 6 N 26 s.g.

§2
CONDES DA EGA

N 18 ANTÓNIO DE SALDANHA fº. de Diogo de Saldanha N 17 do § 1 foi Veador da Rainha D. Maria mulher do Rei D. Manuel. Comendador de Vaqueiros na Ordem de Cristo Geral da Armada do Infante D. Luís e um dos grandes Capitães do seu tempo. Casou 1ª vez com D. Margarida Freire filha de Nuno

Fernandes Freire s.g. casou 2ª vez com D. Brites de Melo filha de Henrique da Silveira s.g. casou 3ª vez com D. Joana de Mendonça filha de Aires de Sousa Comendador de Alcanede e de Santa Maria de Alcaçovas de Santarém e sua mulher D. Maria ou Violante de Mendonça 19 Aires de Mendonça 16 João de Saldanha, § 3 19 Diogo de Saldanha, § 5 19 Manuel de Saldanha casado com D. Maria filha de Diogo Pereira s.g. 19 D. Maria, mulher de D. Diogo de Almeida 19 Vicente, s.g. 19 Cristóvão, s.g. 19 Gracia, s.g. 19 D. Violante, freira 19 Dr. António, Capucho N 19 AIRES DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 18 foi Capitão em Tânger Comendador da Savacheira na Ordem de Cristo Capitão de Malaca e Vice Rei na Índia instituiu o Morgado da Junqueira. Casou com D. Joana de Albuquerque filha de D. Joana de Albuquerque filha de D. Manuel de Moura Sr. do Morgado de S. João da Praça e sua mulher D. Isabel de Albuquerque no ttº. de Mouras § 4 N 9 20 António de Saldanha 20 Diogo de Saldanha casado com D. Jerónima Lobo filha de Manuel de Mesquita no ttº. de Carvalhos § 122 N 11 20 D. Isabel mulher de Simão Gonçalves de Ataíde ou Câmara o grilo, fº. de Luís Gonçalves de Ataíde N 20 ANTÓNIO DE SALDANHA fº. de Aires de Saldanha N 19 foi cativo em Fez e por isso se chamou o Cativo, foi Comendador de S. Martinho de Lagares e de Savacheira, casou com D. Joana de Vilhena filha de D. António da Costa e sua mulher D. Margarida de Castro 21 Aires de Saldanha 21 D. Margarida mulher de João de Saldanha neste ttº. § 1 N 22 21 Bernardino de Saldanha morreu num desastre 21 João de Saldanha mataram os Turcos em Malta N 21 AIRES DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 20 foi Comendador das Comendas de seu pai serviu em Tânger foi M.e de Campo no Alentejo e morreu na batalha de Montijo com grande valor. Casou com D. Isabel da Silva filha de Luís de Saldanha Comendador de Alcains e D. Maria da Silva no § 1 N 22 22 António Francisco de Saldanha s.g. 22 Luís de Saldanha, s.g. 22 João de Saldanha e Albuquerque 22 D. Maria, freira na Madalena 22 D. Joana, o mesmo N 22 JOÃO DE SALDANHA E ALBUQUERQUE fº. de Aires de Saldanha N 21 foi Governador de Mazagão vedor da Casa Real Comendador de S. Martinho de Lugares e Savacheira e Governador da Ilha da Madeira, Presidente da Câmara. Casou com D. Catarina da Silva filha de D. Pedro Coutinho Sr. de Almeirol e D. Mariana de Noronha no ttº. de Castros § 11 N 25 23 Aires de Saldanha 23 D. Mariana Teresa c.c. João Pedro de Saldanha neste ttº. § 3 N 24 s.g. 23 D. Isabel Josefa da Silva (estas duas Damas no Paço) N 23 AIRES DE SALANHA fº. de João de Saldanha N 22 foi Sr. da Casa de seu pai Comendador de Santa Maria de Castro de Laboreiro. Casou com D. Maria Leonor de Moscozo filha de D. João Mascarenhas 5º Conde de S. Cruz, e D. Teresa de Moscozo no ttº. de Mascarenhas § 1 N 15 24 António de Saldanha Sr. da Casa, Gentil Homem da Câmara do Infante D. Manuel nasceu a 27 de Dezembro de 1703 (Mem. dos Grandes fl. 108) c.c. D. Maria Porta de Lencastre filha única de Cristóvão da Gama s.g. 24 Manuel de Saldanha 24 D. Francisco Saldanha, Cruzio e reformador da Universidade 24 Gaspar de Saldanha Prelado na Patriarcal

24 D. Ana Teresa de Moscozo nasceu a 24 de Janeiro de 17.. c.c. D. João Manuel da Costa no ttº. de Costas § 155 N 11 24 D. Teresa, freira 24 D. Maria, freira N 24 MANUEL DE SALDANHA fº. de Aires de Saldanha N 23 foi 1º Conde de Ega Vice Rei na Índia. Casou em 1754 com D. Ana Ludovina de Portugal filha de D. Luís de Almada Sr. de Pombalinho e sua 2ª mulher e prima D. Violante c.g. 25 Aires de Saldanha de Albuquerque 25 Joaquim de Saldanha N 25 AIRES DE SALDANHA E ALBUQUERQUE fº. de Manuel de Saldanha N 24 foi Camarista e Conde de Ega. Casou com D. Maria de Almada sua prima filha de D. Antão de Almada Sr. de Lagares de El Rei, M.e Sala, e sua mulher D. Violante Henriques de Almada sua prima 26 Antão José Joaquim de Saldanha Albuquerque, Conde de Ega.

§3
MORGADOS DE OLIVEIRA – CONDES DE RIO MAIOR

N 19 JOÃO DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 18 do § 2. Foi Capitão Mor das naus da Índia. Casou com D. Maria de Noronha filha de Fernão Teles de Meneses Sr. de Unhão e sua mulher D. Maria de Castro no ttº. de Silvas § 6 N 13 20 Fernão de Saldanha 20 António de Saldanha do Conselho de Guerra Governador da Torre de Belém instituiu o Morgado de Cadafaes a 30 de Julho de 1653 20 D. Maria de Noronha mulher de Álvaro de Castro Sr. de Boquilobo N 20 FERNÃO DE SALDANHA fº. de João de Saldanha N 19 foi Comendador de S. Martinho de Santarém, Governador da Ilha da Madeira. Casou com D. Joana de Noronha filha H. de D. Manuel de Sousa Comendador de Nossa Senhora de África, e D. Leonor de Castro no ttº. de Juzartes § 1 N 9 21 João de Saldanha 21 D. Leonor de Noronha Dama da Rainha D. Luísa mulher de D. Fernando de Meneses 2º Conde da Ericeira no ttº. de Meneses § 33 N 16 c.g. 21 António de Saldanha Capitão de Cavalos no Alentejo 21 Manuel de Saldanha, Bispo de Viseu N 21 JOÃO DE SALDANHA fº. de Fernão de Saldanha N 20. Foi Sr. das Comendas da Casa de seu pai, Governador das Armas de Setúbal e M.e de Campo do 3º daquela vila. Casou com D. Inês Antónia de Tavora filha H. de Luís Francisco de Oliveira e Miranda Sr. do Morgado de Oliveira e sua mulher D. Luísa de Tavora no ttº. de Mendanhas § 66 N 7 (Peg. de Mayor. Tomo 2 fl. 66 e seg. idem Peg. Tomo 2 fl. 104) 22 António de Saldanha e Oliveira 22 D. Luísa Inês de Tavora mulher de Aires de Saldanha § 6 N 22 22 D. Joana Luísa mulher de Manuel de Sampaio no ttº. de Sampaios § 2 N 9 c.g. 22 B. Fr. Diogo de Saldanha, Domenico N 22 ANTÓNIO DE SALDANHA E OLIVEIRA fº. de João de Saldanha N 21. Foi Sr. do Morgado de Oliveira. Casou com sua prima irmã D. Luísa Antónia de Tavora Dama da Rainha D. Maria de Saboia filha de D. Diogo de Meneses e D. Maria de Oliveira no ttº. de Meneses § 66 N 8 23 João Pedro de Saldanha e Oliveira 23 Diogo Nicolau Miguel de Saldanha § 4 N 23 JOÃO PEDRO DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 22 foi Sr. do Morgado de Oliveira. Casou com D. Mariana de Noronha Dama do Paço filha de João de Saldanha de Albuquerque e D. Catarina Coutinho neste ttº. § 2 N 23 s.g. Casou 2ª vez com D. Inês Antónia da Silva filha de Bernardo de Vasconcelos e Sousa e D. Maria Margarida de Portugal no ttº. de Vasconcelos § 52 N 23 e no § 53 N 24. D. Inês nasceu em 1619 com a qual casou em 1715 24 António de Saldanha 24 Bernardino, morreu novo

24 Domingos, o mesmo 24 D. Inês Maria de Saldanha nasceu em 1723, Dama do Paço § 13 24 D. Luísa de Saldanha nasceu em 1724 § 14 24 D. Domingas de Saldanha nasceu em 1726 § 15 24 D. Francisca de Assis de Saldanha nasceu em 1727 Casou 3ª vez com D. Maria Antónia Henriques filha de André Lopes do Lavre Sr. de Reguengo da Carvoeira e D. Briolanja Henriques no ttº. N 24 ANTÓNIO DE SALDANHA E OLIVEIRA fº. de João Pedro de Saldanha N 23 nasceu em 1716, mudo, porém com muita viveza sucedeu na Casa e Morgado de Oliveira. Casou com sua prima D. Constança de Portugal filha de D. Luís de Portugal Comendador de Fronteira na Ordem de Aviz, G.al de Batalhas e D. Inácia de Rohan ttº. de Vasconcelos § 53 N 24 25 João de Saldanha 25 D. Inácia de Saldanha nasceu em 1744 25 D. Luísa Maria de Portugal D. Prior de Guimarães N 25 JOÃO DE SALDANHA E OLIVEIRA fº. de António de Saldanha N 24 (1º. Conde de Rio Maior). Foi 16º. Sr. do Morgado de Oliveira e Sr. da Casa de seu pai , Comendador da Ordem de Cristo. Camarista do Príncipe do Brasil. Casou com D. Maria Amália Daun Carvalho e Melo filha do grande e 1º. Marquês de Pombal Sebastião José de Carvalho e Melo, e D. Leonor Ernestina Daun no ttº. de Carvalhos § 72 N 13 26 António de Saldanha 26 D. Maria Leonor ou Constança de Saldanha c.c. João de Saldanha da Gama 5º Conde da Ponte neste ttº. § 18 N 27 N 26 ANTÓNIO DE SALDANHA DE OLIVEIRA fº. de João de Saldanha N 26. É Conde de Rio Maior. Casou com D. Maria Leonor Daun filha de José Francisco Daun de Carvalho 3º Marquês de Pombal e D. Francisca do Popolo 27 João de Saldanha de Oliveira Daun.

§4
MORGADO DE CADAFAES

N 23 DIOGO NICOLAU MIGUEL DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 22 do § 3, foi Sr. do Morgado de Cadafaes que instituiu seu bisavô no § 3. Casou com D. Josefa Maria Madalena Pereira, filha de Gaspar de Abreu de Freitas Pagem do Infante Cardeal D. Fernando da Áustria e D. Joana Maria Pereira Torres de Aguiar ttº. de Costas § 172 sub. N 5 ttº. de Rangeis § 16 N 12 foi Gaspar de Abreu Dezembargador da Suplicação do Conselho de Sua Majestade e de sua Fazenda, Comendador da Ordem de Cristo enviado a Roma e à Holanda (Hist. Genealógica Tomo 11 pag. 243) foi Gaspar de Abreu Embaixador a Inglaterra 24 António de Saldanha Oliveira e Sousa N 24 ANTÓNIO DE SALDANHA OLIVEIRA E SOUSA fº. de Diogo de Saldanha N 23 nasceu em 1716 sucedeu na Casa de seu pai Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo. Casou em Évora no 1º de Maio de 1730 com D. Francisca António de Azeredo Pestana Corte Real filha H. de Manuel Correia de Azeredo, depois de viúvo Deão da Sé de Évora e sua mulher D. Maria Pestana da Fonseca no ttº. de Golias § 9 sub N 7 25 D. Maria de Saldanha 25 D. Ana de Saldanha § 17 25 D. Josefa de Saldanha § 16 N 25 D. MARIA DE SALDANHA filha de António de Saldanha N 24 casou com D. José Pedro da Câmara Governador da Índia e G.al de Viana do Minho. Casou em 30 de Junho de 1751 fº. de D. Francisco da Câmara Coronel em Castela e Marechal de Campo e sua mulher D. Francisca de Castro no ttº. de Correias § 12 N 17 26 D. Maria Rosa da Câmara N 26 D. MARIA ROSA DA CÂMARA filha de D. Maria de Saldanha N 25 casou com D. Luís de Lencastre 2º Conde de Louzão fº. de D. José de Lencastre Vice Rei na Índia 1º Conde de Louzão e sua mulher D. Mariana de Basto no ttº. de Aranhas § 37 N 15

27 D. ..........................................

§5
SALDANHA RIBAFRIA

N 19 DIOGO DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 18 do § 2 foi Comendador de Cazavel. Casou com D. Inês de Tavora filha de Rui Lourenço de Tavora Vice Rei na Índia e D. Joana da Cunha no ttº. de Tavoras § 3 N 16 20 António de Saldanha 20 D. Joana, freira Domenica N 20 ANTÓNIO DE SALDANHA fº. de Diogo de Saldanha N 19 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Isabel de Noronha filha H. de Pedro Leitão de Noronha Comendador de S. Paio de Fráguas e D. Joana de Castro filha do grande D. João de Castro Vice Rei na Índia e D. Leonor Coutinho no ttº. de Leitões § 55 N 8 21 Diogo de Saldanha, § 7 21 Rui Lourenço de Tavora 21 Diogo de Saldanha 21 D. Sebastiana, § 10 21 Aires de Saldanha, morreu na Índia 21 Pedro de Saldanha, o mesmo 21 Francisco de Saldanha, Padre da Companhia 21 João de Saldanha, Maltês 21 D. Joana, freira em Odivelas 21 D. Inês, freira Domenica em Santarém 21 D. Maria, o mesmo N 21 RUI LOURENÇO DE TAVORA fº. de António de Saldanha N 20 serviu na Índia onde casou com D. Mariana Ribeiro filha de Manuel Ribeiro e D. Maria Tibéria 22 António Saldanha, s.g. 22 Manuel de Saldanha 22 D. Isabel de Noronha mulher de D. Fernando de Castelo Branco N 22 MANUEL DE SALDANHA fº. de Rui Lourenço de Tavora N 21 foi Capitão Mor das naus da Índia. Casou 1ª. vez com D. Maria Teresa de Albuquerque filha de Pedro de Albuquerque Lobo irmão de André de Albuquerque Capitão Geral de Cavalaria do Alentejo que mataram nas Linhas de Elvas, e sua mulher D. Luísa Lobo no ttº. de Cunhas § 76 N 17 23 António de Saldanha 23 D. Isabel, mulher de Luís Gracez Palha s.g. Casou 2ª vez. N 23 ANTÓNIO DE SALDANHA fº. de Manuel de Saldanha N 22 foi Sr. do Morgado de D. João de Castro e das quintas de Riba Fria em Sintra e Penaverde, e em Beja Sr. do Morgado de Rui Freire de Andrade, e em Elvas do Morgado do Balio Pedro de Mesquita que este instituiu, foi Geral de Artilharia na Companhia do Rei D. Sebastião e a 1ª pessoa que morreu na batalha; casou por amores com D. Maria Moreira filha de João Tomás e Maria Moreira 24 Pedro de Saldanha morreu s. estado em 1731 24 André de Albuquerque s. estado em 1744 em que morreu 24 António de Saldanha Albuquerque 24 D. Angélica, freira no Calvário em Lisboa N 24 ANTÓNIO DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 23 sucedeu a seus irmãos na Casa. Foi duas vezes à Índia por Capitão de Mar e Guerra das naus da Coroa; casou com Tomásia filha do seu caseiro de Sintra 25 António de Saldanha 25 ...................................

§6
CONDES DA PONTE

N 22 AIRES DE SALDANHA fº. de Luís de Saldanha e sua 2ª mulher N 21 do § 1. Foi Mestre de Campo no Alentejo Governador de Moura e da Ilha da Madeira e de Angola e do Algarve. Casou com D. Luísa Inês de Tavora filha de João de Saldanha de Sousa Sr. do Morgado de Oliveira Comendador de S. Martinho de Santarém Governador de Setúbal e D. Inês Antónia de Tavora no § 3 N 22 23 José de Saldanha e Meneses 23 D. Inês Joana de Tavora mulher de D. Pedro de Lencastre e Almeida c.g. 23 Luís de Saldanha N 23 JOSÉ DE SALDANHA E MENESES fº. de Aires de Saldanha N 22 foi Comendador de S. Eusébio de Aguiar da Beira, Sr. das quintas de Mortanes, Manteigas, Aciprestes e outras e Sr. de um grande Prazo em Salvaterra de Magos e da quinta das Laranjeiras na estrada de Nossa Senhora da Luz termo de Lisboa da quinta da Páscoa na freguesia de Belas casou com D. Vitória Eufémia de Lencastre filha de D. Bernardo de Noronha e D. Maria Antónia de Almada no ttº. de Almadas § 8 N 14 24 Aires de Saldanha de Meneses N 24 AIRES DE SALDANHA DE MENESES fº. de José de Saldanha N 23 do § 6 casou com D. Maria Herculana Mascarenhas filha de D. Felipe Mascarenhas Conde de Coculim e D. Catarina Ursula de Lencastre no ttº. de Pinheiros § 159 N 31 25 José António Bento de Saldanha que foi Coronel do Regimento da Armada 5º Conde da Ponte por casar com D. Leonor Saldanha da Gama filha H. de Luís de Saldanha 4º Conde da Ponte no ttº. de Saldanhas § 1 N 26 s.g.

§7
SALDANHAS

N 21 DIOGO DE SALDANHA DE SANDE fº. de António de Saldanha N 20 do § 5 tomou o apelido de Sande pelo Morgado de Punhete de seu 3º avô D. Rui de Sande ou D. Rodrigo de Sande. Foi Herdeiro da Casa e Comenda de seu pai e Governador da Torre de Belém. Casou com D. Catarina Pereira Srª. do Morgado da Taipa filha de D. Manuel Pereira Sr. do dito Morgado e sua mulher D. Maria de Tavora 22 Manuel de Saldanha morreu em 1686 sem casar 22 José Francisco de Saldanha morto em Alcantra em 1646 (História Genealógica Tomo 12 pag. 801 part. 2) 22 D. Isabel de Noronha que veio a ser H. casada com Luís Gonçalves da Câmara Coutinho Sr. da Ilha Deserta e de Regalados Alcaide Mor de Torres Vedras fº. de Francisco Gonçalves de Ataíde e D. Felipa Coutinho no ttº. de Ataídes § 5 N 14 22 D. Felipa, freira Domenica em Santarém 22 D. Violante, o mesmo

§8
N 19 ANTÓNIO DE SALDANHA o Gaio fº. de João de Saldanha N 18 do § 1 teve as Comendas de seu pai Embaixador à Alemanha no tempo do Rei D. João III. Casou com D. Catarina da Silva filha de Francisco da Silva Sr. da Chamusca 20 João de Saldanha que teve as Comendas de seu pai casou com D. Lourença de Tavora filha de Rui Lourenço de Tavora no ttº. de Tavoras § ... s.g. 20 Afonso de Saldanha 20 D. Diogo da Silva morreu em Cecília s.g. 20 D. Joana mulher de D. João de Meneses Capitão de Tânger 20 D. Maria, freira em Monchique do Porto 20 D. Francisca, o mesmo N 20 AFONSO DE SALDANHA fº. de António de Saldanha N 19 casou com D. Maria de Meneses filha de António da Silva de Meneses de Campo Maior s.g. casou 2ª vez com D. Guiomar de Castro filha de D. Pedro de Noronha Sr. de Vila Verde 21 António de Saldanha casado com D. Joana da Silva filha de D. Jorge de Meneses no ttº. de Meneses § ... s.g.

21 D. Catarina da Silva casada com António de Matos de Noronha fº. de Rui de Matos de Noronha ttº. de Matos § 4 N 3 21 D. Mariana, freira em S. Clara de Santarém Casou 3ª vez Afonso de Saldanha com D. Leonor Cabral filha de Gregório Mendes s.g.

§9
N 18 AFONSO BOBADILHA fº. de Diogo Saldanha N 17 do § 1 foi Comendador da Lagoa na Ordem de S. Tiago, foi casado com D. Leonor de Figueiredo filha de Henrique de Figueiredo escrivão da Fazenda do Rei D. Afonso V 19 D. Maria que foi 2ª mulher de D. Bernardo Manuel Camareiro de El Rei D. Manuel Alcaide Mor de Santarém.

§ 10
N 22 D. SEBASTIANA DE NORONHA filha de António Saldanha N 21 do § 5 casou com Martim Lopes Lobo fº. de Luís Lopes Lobo e D. Inês de Sousa filha de António de Carvalho e D. Maria de Sousa 2ª mulher no ttº. de Carvalhos § 148 N 7 há dúvida na varonia destes Lobos tem sua dúvida pelo que se diz no ttº. de Carvalhos do dito § 148 sub N 6 o Conde da Ponte dizia publicamente que não conhecia na sua árvore a esta D. Sebastiana de Noronha mas a tínhamos neste ttº. e supomos ser bazófia de Fidalgo ttº. de Lobos § 8 N 12 23 Luís Lopes Lobo s.g. 23 António Lobo de Saldanha N 23 ANTÓNIO LOBO DE SALDANHA fº. de D. Sebastiana de Noronha N 22 casou com D. Joana de Alcaçovas filha de Jerónimo Correia Baharem (este foi Sr. do Morgado da Marinha e Comendador da Ordem de Cristo e era fº. de António Correia Baharem e neto de Manuel Correia Baharem e sua mulher D. Joana Tavares filha de Francisco Tavares Sr. de Mira) e D. Maria de Alcaçovas no ttº. de Correias § 93 N 14 foi António Lobo Governador de Évora e Estremoz 24 Martim Lopes Lobo Saldanha 24 D. Sebastiana de Noronha mulher de Fernão Jaques da Silva pai de Henrique Jaques s.g. 24 D. Mariana Josefa mulher de José de Sousa Pereira Fidalgo da Casa Real do Conselho da Fazenda e teve 25 Martinho de Sousa s.g. Teve de Margarida da Silva B. 25 B. D. Sebastiana de Noronha mulher de Manuel Pestana de Brito c.g. no ttº. de Oliveiras § 25 N 9. Casou 2ª vez D. Sebastiana com Domingos Pereira Juíz de Fora de Estremoz e teve 26 José Pereira de Saldanha que viveu em Elvas s.g. e deles se faz uma ridícula figura na Exopaida feita pelo Dr. António Diniz 26 Miguel Pereira, não casou deixou seus bens a sua sobrinha D. Teresa Rita N 24 MARTIM LOPES LOBO DE SALDANHA fº. de António Lobo de Saldanha N 23 foi Moço Fidalgo da Casa Real casou com D. Mariana Henriques filha de Luís de Mesquita Pimentel e D. Maria Henriques ttº. de Gouveias § 131 N 13 25 Jerónimo Lobo de Saldanha 25 António Lobo, s.g. 25 D. Isabel Inês de Saldanha § 11 N 25 JERÓNIMO LOBO DE SALDANHA fº. de Martim Lopes N 24 foi Moço Fidalgo da Casa Real, casou em Estremoz com D. Francisca Luísa Madalena da Silva filha de Cristóvão Francisco de Magalhães e D. Guiomar da Silva no ttº. de Vasconcelos § 138 N 21 e 139 N 22 26 Martim Lopes Lobo de Saldanha 26 Cristóvão António Governador do Forte de S. Luzia em Elvas 26 D. Maria ........................., Carmelita descalça em Évora 26 D. Mariana nas Maltesas de Estremoz N 26 MARTIM LOPES LOBO DE SALDANHA fº. de Jerónimo Lobo N 25 sucedeu na Casa de seu pai é Moço Fidalgo da Casa Real Coronel de Infantaria e ultimamente Governador e Capitão Geral de S. Paulo na América. Casou em Elvas com sua prima D. Bernarda de Masarete de Magalhães de Fresneda

filha H. de Francisco de Magalhães da Silva Moço Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Maria Caetana de Fresneda no ttº. de Vasconcelos § 138 N 22 pela qual trouxe mais de 16.000 cruzados de renda 27 António Lobo de Saldanha 27 José Lobo, Cadete de Cavalaria, morreu novo 27 D. ........................................ 27 Joaquim Lobo, Cadete de Cavalaria, morreu novo 27 D. ..................................., recolhida em S. Cruz de Vila Viçosa 27 D. ..................................., o mesmo.

§ 11
N 25 D. ISABEL INÊS DE SALDANHA filha de Martim Lopes Lobo de Saldanha N 24 do § 10 casou com José Salema Fidalgo da Casa Real Padroeiro de S. Romão de Alverca fº. de Miguel Salema Cabral Fidalgo da Casa Real e D. Maria Coutinho no ttº. de Carvalhos § 154 N 10 Tomo 3 do Costado fl. 139 e fl. 25 vº. fl. 225 ver Tomo 2 de Cost. fl. 25 26 Miguel José Salema 26 João de Saldanha Governador de Mazagão digo Governador de Macão 26 Digo de Salema Governador da dita Praça 26 Fr. Martinho, frade Trino 26 Fr. António, o mesmo 26 Joaquim Salema, Maltez 26 D. Inês de Saldanha § 12 26 D. Joana de Saldanha mulher de João de Sousa e teve 27 António de Sousa que foi servir ao Império em 1789 e não a aceitaram lá, está em França 27 D. Francisca Leonor mulher de seu primo António Salema abaixo N 26 MIGUEL JOSÉ SALEMA fº. de D. Isabel Inês N 25 casou com D. Joaquina de Sousa Freire filha de Alexandre de Sousa Freire e D. Leonor de Castro no ttº. de Freires de Andrade § 6 N 12 27 António Salema 27 D. Ana de Saldanha mulher de Sebastião Xavier da Gama Lobo (Tomo 3 do Costado fl. 139) 27 D. Maria Rita mulher de Fernão Pereira Leite no ttº. de Leites § 31 N 6 c.g. 27 José Salema Tenente de Cavalaria de Olivença N 27 ANTÓNIO SALEMA fº. de Miguel José Salema N 26 (ver Tomo 2 de Cost. fl. 25) casou com sua prima D. Francisca Leonor filha de D. Joana de Saldanha e seu marido João de Sousa acima ditos s.g. até aqui.

§ 12
N 26 D. INÊS DE SALDANHA filha de D. Isabel Inês de Saldanha N 25 do § 11 casou em Évora com André Cardoso Moniz de Castelo Branco Fidalgo da Casa Real fº. de Carelos Cardoso Moniz de Castelo Branco, e de D. Bernarda Francisca de Sousa filha H. de Sebastião Soares de Sousa Evangelho no ttº. dos Evangelhos § 1 N 12 no ttº. de Garcias Monizes § 3 N 11 27 Carelos Cardoso Moniz 27 José Salema Alferes de Cavalos em Évora que tinha servido em Goa 27 Sebastião Soares Cónego na Sé de Évora 27 Fr. Martinho, Monge do Espinheiro 27 D. Bernarda mulher de João de Mesquita Pimentel no ttº. 27 D. Maria que foi para Goa a fim de lá casar com um enteado de seu tio materno que lá tinha casado com uma Senhora muito rica 27 D. Ana de Jesus, freira em S. Mónica de Évora.

§ 13
N 25 D. INÊS DE SALDANHA filha de João Pedro de Saldanha e sua 2ª mulher N 24 do § 3 foi Dama do Paço casou e foi 2ª mulher do Almotace Mor 26 D. Inês Antónia mulher de D. João de Almeida fº. de D. Fernando de Almeida s.m.n.

§ 14

N 25 D. LUÍSA DE SALDANHA filha de João Pedro de Saldanha e sua 2ª mulher N 24 do § 3 casou com D. Jorge Machado Sr. de Entre Homem e Cávado, fº. de Luís Carlos Machado e sua mulher no ttº. de Araújos § 126 N 28 c.g.

§ 15
N 25 D. DOMINGAS DE SALDANHA E PORTUGAL filha da 1ª mulher de João Pedro de Saldanha N 24 do § 3 (ver árvore N 95 Tomo 2). Casou com João Pedro de Mendonça Corte Real fº. de Diogo de Mendonça Corte Real Secretário de Estado e sua mulher D. Teresa de Borbon ttº. de Mendonças § 25 N 9 c.g.

§ 16
N 25 D. JOSEFA DE SALDANHA filha de António de Saldanha N 24 do § 4 casou em Vila Viçosa com José de Sousa de Meneses Fidalgo da Casa Real, Alcaide Mor de Borba Comendador de Aviz fº. de Tomé José de Sousa Fidalgo da Casa Real Sr. da dita Comenda e Alcaidaria e sua mulher D. Maria Próspera de Meneses no ttº. de Machados § 64 N 26.

§ 17
N 25 D. ANA SALDANHA filha de António de Saldanha N 24 do § 4 casou com seu cunhado e compadre D. José Pedro da Câmara viúvo de sua irmã D. Mariana de Saldanha e fº. de D. Francisco da Câmara Coronel de Cavalaria e sua mulher D. Francisca Xavier de Castro ttº. de Correias § 12 N 17 26 D. Francisco da Câmara Cavº. de Malta Capitão de Cavalos em Elvas, morreu em 1786 s.g. 26 D. António, teria 11 anos em 1788 26 D. Joaquim

§ 18
CONDES DA PONTE

N 26 MANUEL DE SALDANHA DA GAMA fº. de João de Saldanha da Gama N 25 do § 1 (nasceu a 21 de Fevereiro de 1715) foi Sr. de Assequins do Conselho do Ultramar. Casou com D. Francisca Josefa Joana da Câmara, Dama do Paço, que nasceu a 22 de Setembro de 174 filha de Luís da Câmara Coutinho, Almotace Mor e sua mulher D. Leonor Josefa de Tavora recebidos a 9 de Fevereiro de 1739 neta paterna de João Gonçalves da Câmara Coutinho Almotace Mor do Reino casado em 19 de Maio de 1698 e sua mulher D. Luísa de Meneses 27 João de Saldanha da Gama N 27 JOÃO DE SALDANHA DA GAMA fº. de Manuel Saldanha N 26 é 5º Conde da Ponte Sr. de Assequins e Morgado dos Gamas. Casou com D. Maria Constança de Saldanha e Oliveira filha de João de Saldanha e Oliveira 16º. Morgado de Oliveira e sua mulher D. Maria Amália Daun neste ttº. § 3 N 27 28 Manuel de Saldanha da Gama 28 D. Maria Amália de Saldanha c.c. Manuel Francisco de Barros e Sousa Leitão Carvalhosa, 2º Visconde de Santarém ttº. de Barros § 113 N 15 28 Francisco de Saldanha da Gama casou a 24 de Fevereiro de 1829 com D. Maria Carlota Mariatt filha de Guilherme Mariatt Capitão de Mar e Guerra Cavaleiro da Ordem de Aviz e Torre Espada inglês ao serviço de Portugal e D. Luísa Cândida filha de José Apolinário Diniz e Rosa Maria da Encarnação a qual D. Luísa era irmã de Maria Vitória criada de João Carlos Feio e se receberam na freguesia de Santa Engrácia de Lisboa 28 António de Saldanha da Gama § 19 N 28 MANUEL DE SALDANHA DA GAMA fº. de João de Saldanha N 27 foi Gentil Homem da Câmara de El Rei e Ministro junto à corte de França, Conde da Ponte. Casou com D. Joaquina de Castelo Branco filha de José Luís de Vasconcelos 1º Marquês de Belas e D. Maria Rita de Castelo Branco 29 João de Saldanha da Gama Torres.

§ 19
CONDES DE PORTO SANTO

N 28 ANTÓNIO DE SALDANHA DA GAMA fº. de João de Saldanha da Gama N 27 do § 18 foi 1º Conde de Porto Santo, Grão Cruz da Ordem de Carlos 3º em Espanha, Chefe de Divisão da Armada Real Mº. Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros Governador e Capitão Geral do Maranhão e Angola, casou com D. Antónia Basília de Brito Herédia Betancurt, Dama da Ordem de Maria Luísa em Espanha filha de D. José de Brito Herédia e D. Antónia Margarida de Betancurt, sua prima.

SALEMAS §1 N 1 MEM GONÇALVES SALEMA era natural de Alcácer do Sal e não sabemos de quem era filho. Casou com Inês Correia filha de Vasco Correia 2 Diogo Gonçalves Salema 2 Vasco Correia Salema Comendador de Vilaroupim tirou Brasão de Armas em 1534 2 Maria Correia Salema § 6 N 2 DIOGO GONÇALVES SALEMA fº. de Mem Gonçalves N 1 casou com Leonor Gil filha de ......................................... 3 Brás Salema 3 António Salema § 2 3 Gonçalo Salema § 4 3 Catarina Gonçalves Salema 3 Maria Salema mulher de Manuel Rodrigues Castela de que vem os Salemas Carvalhos de Fera 3 Isabel Salema freira em Beja N 3 BRÁS SALEMA fº. de Diogo Gonçalves N 2 casou com Inês Figueira 4 Diogo Salema casou com Catarina Botelho. §2 N 3 ANTÓNIO SALEMA fº. de Diogo Gonçalves Salema N 2 do § 1 casou com ....................................... 4 Diogo Salema 4 Cristóvão Salema § 3 4 Tomé Salema instituiu um Morgado com obrigação de sustentar em Coimbra dois seus parentes Salemas e o Administrador tivesse a 5ª parte N 4 DIOGO SALEMA fº. de António Salema casou com sua prima Catarina Salema filha de Gonçalo Salema no § 4 N 3 5 António Salema Dezembargador dos Agravos c.c. D. Luísa Sequeira s.g. 5 D. Leonor Salema N 5 D. LEONOR SALEMA filha de Diogo Salema N 4 casou com Álvaro Lopes Lobo 6 António Lopes Lobo sucedeu no Morgado. §3 N 4 CRISTÓVÃO SALEMA fº. de António Salema N 3 do § 2 casou com Branca Rodrigues 5 Diogo Salema 5 António Salema c.c. Jerónima Salema filha B. de Vasco Correia s.g. 5 Cristóvão Salema que teve B.B. s.g. N 5 DIOGO SALEMA fº. de Cristóvão Salema N 4 Dezembargador dos Agravos e Capitão de S. Tomé instituiu um Morgado casou com D. Maria Salema 6 Cristóvão Salema sucedeu no Morgado s.g. 6 B. André Salema serviu na Índia e lá casou teve 7 Cristóvão Salema. §4 N 3 GONÇALO SALEMA fº. de Diogo Gonçalves Salema N 2 do § 1 casou e teve 4 Catarina Salema mulher de seu primo Diogo Salema no § 2 N 4 4 Maria Salema N 4 MARIA SALEMA filha de Gonçalo Salema N 3 casou e teve

5 D. Catarina Sotomaior mulher de Rui Salema e não tendo filhos fizeram um Hospital em Alcácer e o Mosteiro de Aracoli reservando um lugar perpétuo para os Padroeiros. Era Administrador Fernando de Miranda Henriques. §5 N 1 JOÃO SALEMA CORREIA LUCAS fº. de ................................ foi Moço Fidalgo da Casa Real. Casou com D. Isabel de Abreu filha de António de Abreu 2 António Salema de Abreu Fidalgo da Casa Real casado com D. Violante da Silva filha de Pedro Carneiro da Silva e sua mulher D. Clara de Figueiredo c.g. no ttº. de Figueiredos § 39 N 13. §6 N 2 MARIA CORREIA SALEMA filha de Mem Gonçalves Salema § 1 N 1 casou com Álvaro Barreto 3 Duarte ou Diogo de Figueiredo Salema N 3 DIOGO DE FIGUEIREDO SALEMA fº. de Maria Correia Salema N 2 casou com Brites de Abreu 4 Álvaro Barreto Salema 4 António Barreto s.g. 4 Jorge da Silva c.c. Catarina Figueira e teve 5 Maria Correia c.c. Bernardino de Sousa 4 Francisco de Figueiredo Salema § 7 4 Leonor Barreto N 4 ÁLVARO BARRETO SALEMA fº. de Diogo de Figueiredo N 3 casou com Aldonça Caminha teve 5 Duarte Correia 5 Estevão Monteiro 5 António Machado 5 Maria Correia mulher de Estevão Salema 5 Pedro Godinho, todos s.g. §7 N 4 FRANCISCO DE FIGUEIREDO SALEMA fº. de Duarte de Figueiredo N 3 do § 6 casou com Violante de Abreu 5 Álvaro Barreto c.c. Maria Salema s.g. 5 Duarte de Figueiredo Salema 5 Francisco de Figueiredo Salema 5 André Pegado Salema c.c. Catarina Salema 5 Clara de Figueiredo mulher de Paulo de Carvalho 6 António Carvalho Salema 6 Francisco Carvalho 6 D. Violante mulher de António de Salema Abreu N 5 FRANCISCO DE FIGUEIREDO SALEMA fº. de Francisco de Figueiredo N 4 casou com Maria do Vale 6 Francisco de Figueiredo 6 Violante de Abreu 6 Catarina Ribeiro §8
SALEMAS DE ALCÁCER

N 1 GIL MARTINS ALEIXO VELHO viveu em Alcácer do Sal e ai mesmo jaz enterrado na Matriz do Castelo da dita vila. Casou com Alda Loureiro ou Louzeiro 2 Brites Gil N 2 BRITES GIL filha de Gil Martins N 1 casou com Pedro Fernandes Menagem (ver ttº. de Cardins) 3 João Pires N 3 JOÃO PIRES fº. de Brites Gil N 2 foi Comendador de Alcácer. Casou com Felipa Rosa de Sande

4 Inês Rosa de Sande N 4 INÊS ROSA DE SANDE filha de João Pires N 3 casou com Francisco Dias Zagalo Dezembargador do Paço do Conselho de El Rei Cavº. da Ordem de Cristo que jaz enterrado na Igreja da Matriz do Castelo de Alcácer com suas Armas na sepultura 5 Felipa Rosa de Sande N 5 FELIPA ROSA DE SANDE filha de Inês Rosa N 4 casou com Pedro Rodrigues Gramacho Fidalgo da Casa Real Cavaleiro de S. Tiago 6 Isabel de Sande Salema N 6 ISABEL DE SANDE SALEMA filha de Felipa Rosa de Sande N 5 casou com Manuel Gomes Neto 7 Pedro de Sande Salema N 7 PEDRO DE SANDE SALEMA fº. de Isabel de Sande Salema N 6 foi Cavaleiro de S. Tiago casou com D. Felipa Pais de Faria Lobo 8 Manuel de Sande Salema N 8 MANUEL DE SANDE SALEMA fº. de Pedro de Sande Salema N 7 foi Cavaleiro de S. Tiago casou com D. Joana Maria Cardim de Vila Lobos 9 Pedro de Sande Salema N 9 PEDRO DE SANDE SALEMA fº. de Manuel de Sande N 8 foi Capitão do Torrão e nela e sua Comarca Superintendente das caudelarias; casou com D. Maria Borralho Matoso de La Corona 10 Alexandre José de Sande Salema N 10 ALEXANDRE JOSÉ DE SANDE SALEMA fº. de Pedro de Sande Salema N 9 foi Capitão Mor do Torrão e Superintendente das caudelarias casou com D. Catarina Borges de Vasconcelos da vila de Grândola 11 Manuel de Sande Salema 11 D. Ana Madalena do Carmo de Sande Salema c.c. António Baião Parreira Guarda Mor e Monteiro Mor do Torrão e teve 12 D. Catarina Baião de Sande Salema c.c. Joaquim de Magalhães Mexia Provedor que foi de Viana no ttº. de Magalhães c.g. 11 José de Sande Salema, morreu novo 11 D. Maria Bárbara de Sande vive em Grândola N 11 MANUEL DE SANDE SALEMA fº. de Alexandre de Sande N 10 casou com D. Maria Tomásia do Cabo de Selones 12 José Alexandre de Sande Salema 12 Alexandre 12 D. Maria ............................... c.c. um Morgado em Grândola chamado Francisco Joaquim Guerreiro de Abreu Barradas que morreu em 1819 afogado no Tejo indo para a Mouta c.g. N 12 JOSÉ ALEXANDRE DE SANDE SALEMA fº. de Manuel de Sande N 11 13 Manuel de Sande Salema Sr. de um bom Morgado. §9 N 1 DIOGO SALEMA fº. de Brás Salema N 3 do § 1 (vão no ttº. de Carvalhos § 154) dos Salemas de Alcácer do Sal casou com D. Catarina Botelho filha de Gonçalo Pires de Carvalho de que vem os Carvalhos Patalins e sua mulher Mécia Gago no ttº. de Carvalhos § 92 N 3 e § 154 2 D. Inês Figueira que casou com Gonçalo Fernandes Sobrinho viúvo de Catarina de Paiva c.g. no ttº. de Carvalhos § 154 N 5 2 André Salema

N 2 ANDRÉ SALEMA fº. de Diogo Salema N 1 casou com D. Francisca de Paiva filha de Gonçalo Fernandes Sobrinho e sua 1ª mulher D. Catarina de Paiva 11 filha de Pedro Gonçalves Tavaco e D. Maria de Paiva e Gonçalo Fernandes Sobrinho era fº. de Diogo Fernandes Sobrinho 3 D. Catarina Salema N 3 D. CATARINA SALEMA filha de André Salema N 2 casou com D. António de Almeida o cão morto, fº. de D. Diniz de Almeida Contador Mor e D. Joana da Silveira no ttº. de Almeidas § 51 N 13.

11

Gonçalo Fernandes Sobrinho e sua mulher D. Catarina de Paiva tiveram mais 2 Pedro Paiva que foi Escrivão da Fazenda e instituidor do Morgado de Alfarrobeira c.c. D. Maria Soares filha de João Soares da Cotovia e D. Isabel de Brito e tiveram 3 D. Mariana de Paiva mulher de D. António de Melo fº. de D. Jorge de Melo e sua mulher D. Maria de Barros c.g. no ttº. de Almeidas § 51 N 14.

SALGADOS N 1 D. VASCO SALGADO Sr. da Casa de Rozela na Galiza 2 Isabel Salgado N 2 ISABEL SALGADO filha de D. Vasco Salgado N 1 casou com D. Benito Colmenero Capitão de Cavalos e Cavaleiro de S. Tiago 3 Paio Colmenero c.g. nos Colmeneros ou Colmieiros § 1. §1 N 1 ROQUE SALGADO natural da Galiza (Roque Salgado era fº. de Fernando de S.ta Vaia e D. Brites Salgado de Araújo neto paterno de João de Santa Vaia e sua mulher Maria de Santa Vaia que por tttº. de 11 de Fevereiro de 1559 instituíram a Capela de Nossa Senhora da Quinta Angustia na Vila de Redondela Bispado de Orense; D. Brites Salgado de Araújo parece filha de Nuno Soutelo de Araújo e sua mulher Brites Salgado filha de Pedro Salgado Sr. da Vila de Moreira, Araújos § 269). Casou com Maria Salazar de Araújo natural do mesmo Reino filha de João Boo natural de Baiona. 2 Feleciano Salgado N 2 FELECIANO SALGADO fº. de Roque Salgado N 1 passou a Portugal no tempo da Aclamação do Sr. D. João IV foi Cavaleiro da Ordem de Aviz com 100$ de pensão na Comenda de S. Tiago de Biduido Governador de Setúbal e Peniche e da cidade do Espírito Santo da Bahia e Sargento Mor de Batalhas no Algarve. Casou com D. Luísa Sarrano natural de Lisboa filha do Sargento Mor Francisco Sarrano natural de Murcia e sua mulher D. Gracia Bravo natural de Lisboa 3 D. João Manuel Salgado 3 D. Francisco Salgado Cavº. da Ordem de Cristo M.e sala do Cardeal Lencastre casado com D. Isabel Tarrasco s.g. casou 2ª vez com .................................... 4 João Salgado Freire de Palmela 4 António Salgado Freire no mesmo 4 Padre Feleciano Padre da Companhia 4 D. ........................................, mulher de Luís de Moura Palha natural de Palmela fº. de Miguel Botelho de Moura e Leonor Barrozas teve 5 Francisco de Moura Palha Salgado (vão no § 2) 3 D. António Salgado 3 D. Constança Eugénia de Araújo § 3 3 D. Maria Antónia Salgado mulher de Manuel Machado de Azevedo s.g. casou 2ª vez com Ambrósio Pereira Cardoso e teve 4 Luís António Salgado Cavº. da Orem de Cristo, s.g. N 3 D. JOÃO MANUEL SALGADO fº. de Feleciano Salgado N 2 foi Cavaleiro da Ordem de Aviz Sargento Mor de Castelo de Vide casou com D. Sebastiana de Oliveira sua criada filha de um oficial de Ferreiro 4 Gaspar Salgado N 4 GASPAR SALGADO fº. de D. João Manuel N 3 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo Secretário da Junta dos Três Estados. Casou 1ª vez s.g. casou 2ª vez com D. Águeda Maria Cardoso de Vargas filha de Francisco Xavier de Vargas e D. Ana Leopoldina Alemã Açafata da Srª. Dª. Maria Sofia no ttº. de Vargas §2N7 5 D. Antónia Mariana N 5 D. ANTÓNIA MARIANA TERESA SALGADO filha H. de Gaspar Salgado N 4 casou com António Vamprat homem de negócio rico fº. de Jacome Vamprat e D. Micaela da Silva 6 João António Vamprat, cego 6 António Manuel Salgado 6 Joaquim Manuel Vamprat nasceu em 1743 6 D. Micaela freira em Carnide 6 D. Mariana nas francesas 6 D. Mariana morreu nova

6 D. Maria, freira na Luz N 6 ANTÓNIO MANUEL SALGADO VAMPRAT fº. de D. Antónia Mariana N 5 (serviu no Regimento de Infantaria da Corte e foi Cadete) casou com D. Mariana Tomásia Felizarda Fonseca de Oliveira da Mata filha de António de Oliveira de Matos homem de negócio e sua mulher D. Clemência Antónia filha de Domingos Nunes ou Pires Bandeira irmão de José Rodrigues Bandeira e sua mulher Tomásia Maria 7 D. Efigénia Rosa Salgado Vampraet N 7 D. EFIGÉNIA ROSA SALGADO VAMPRAET filha de António Manuel Salgado Van Praet N 6 casou com João Pedro Barruncho Cavº. da Ordem de Cristo Estribeiro Mor da Imperatriz 8 João Vicente Barruncho N 8 JOÃO VICENTE BARRUNCHO fº. de D. Efigénia Rosa N 7 casou com D. Lina Rosa Ferreira 9 João Pedro Salgado Van Praet Ferreira Barruncho terá um ano em 1830. §2
CORREIA GARÇÃO

N 3 D. FRANCISCO SALGADO fº. de Feleciano Salgado N 2 do § 1 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo Governador de Cabo Verde e da Província de Chaves digo Cavº. da Ordem de Cristo Mestre Sala do Cardeal Lencastro. Casou 1ª vez com D. Isabel Travassos s.g. casou 2ª vez com ............................... 4 José Salgado freire de Palmela 4 António Salgado, o mesmo 4 Padre Feliciano Padre da Companhia 4 D. ................................. mulher de Luís de Moura Palha natural de Palmela fº. de Miguel Botelho de Moura e Leonor Barrozas e teve 5 Francisco de Moura Palha Salgado 4 D. Joana de Araújo N 4 D. JOANA DE ARAÚJO filha de D. Francisco Salgado N 3 casou com João Froes de Azevedo 5 Manuel Froes de Azevedo 5 Padre Francisco Froes Padre da Companhia 5 António Froes N 5 MANUEL FROES DE AZEVEDO fº. de D. Joana de Araújo N 4 foi Cavalheiro da Ordem de Cristo Escrivão do Consulado da Casa da Índia casou com D. Antónia Mascarenhas filha ou neta do Dezembargador Crispim Mascarenhas 6 D. Maria Ana Xavier Froes de Sande N 6 D. MARIA ANA XAVIER FROES DE SANDE SALEMA filha de Manuel Froes de Azevedo N 5 foi sua H. casou 1ª vez com Carlos Leiro fº. mais velho de João Leiro Oficial Maior da Secretaria de Estado, s.g. casou 2ª vez com Pedro António Joaquim Correia Garção Cavº. da Ordem de Cristo fº. de Felipe Correia da Silva Oficial Maior da Secretaria de estado e D. Luísa de Orgier filha de Rui Garção Tesoureiro Mor do Reino (ver § 3 N 7 adiante) 7 José Maria Garção Escrivão do Consulado em 1773. §3
CANTOS MASCARENHAS

N 3 D. CONSTANÇA EUGÉNIA DE ARAÚJO filha de Feleciano Salgado N 2 do § 1 casou com Belchior do Canto Escrivão da Chancelaria da Ordem de Cristo fº. de Francisco do Canto Escrivão da mesma Chancelaria e D. Jerónima de Azevedo 4 Manuel do Canto Velho N 4 MANUEL DO CANTO VELHO fº. de D. Constança N 3 foi Escrivão da Chancelaria da Ordem de Cristo casou com D. Maria de Lemos de Figueiredo filha de Baltazar de Lemos de Castro Mascarenhas Fidalgo da Casa Real Alferes Mor de Estremoz e D. Luísa de Brito 5 António do Canto Velho 5 Francisco de Canto

N 5 ANTÓNIO DO CANTO VELHO DE MASCARENHAS fº. de Manuel do Canto N 4 foi Escrivão da Chancelaria da Ordem de Cristo. Casou com D. Luísa Estácia do Amaral natural da Ameixieira 6 Francisco José do Canto N 6 FRANCISCO JOSÉ DO CANTO CASTRO MASCARENHAS fº. de António do Canto N 5 foi Familiar do Santo Ofício. Casou com D. Teodora Casimira de Quebedo filha de Manuel Correia de Quebedo, Porteiro da Câmara da Rainha e D. Teresa da Silva Mariz 7 António do Canto Quebedo N 7 ANTÓNIO DO CANTO DE QUEBEDO fº. de Francisco José do canto N 6 c.c. D. Francisca de Orgier Garção filha de José Garção Cavaleiro da Ordem de Cristo e fº. de Rui Garção Tesoureiro Mor do Reino (ver § 2 retro N 6).

SANCHES §1 N 1 GIL ÁLVARES SANCHES (era fº. de Pedro Álvares Sanches que viveu em Alenquer e neto de João Rodrigues Valejo e Isabel Álvares Sanches) foi um Cavalheiro da Ordem de S. Tiago muito nobre natural de Albuquerque que poderia ser dos Sanches que adiante trato no § 4; este Gil Álvares Sanches por um homizio de consideração, que fez se foi amparar do Duque de Bragança D. Jaime, e com o mesmo passou a África, e está enterrado em Santa Maria do Castelo de Vila Viçosa; Casou com D. Guiomar de Landim (Moça da Câmara da Duquesa) filha de Fernão Rodrigues de Landim de Estremoz (ttº. de Valejos § 2) 2 Diogo Álvares Sanches 2 Pedro Sanches frade Agostinho foi ao Concelho Tredentino 2 Guiomar Sanches freira em S. Marta de Lisboa 2 Catarina Álvares Sanches casada em Évora § 10 N 2 DIOGO ÁLVARES SANCHES fº. de Gil Álvares Sanches N 1 foi Cavaleiro da Ordem de S. Tiago. Casou com D. Maria de Lemos irmã do Couteiro Mor Diogo Rodrigues Velho, Couteiro Mor da Casa de Bragança 3 Gil Álvares s.g. 3 Pedro Álvares Sanches 3 D. Inês freira em Vila Viçosa 3 D. Guiomar Álvares Sanches § 10 N 3 PEDRO ÁLVARES SANCHES fº. de Diogo Álvares Sanches N 2 seguiu as Letras foi Dezembargador dos Agravos e Vereador da Câmara de Lisboa. Casou segunda vez por da 1ª não ter filhos com D. Maria Baena Barbudo filha única de Fernão Baena natural de Sevilha, e de Leonor Barbudo filha de Rui Felipe de Barbudo Comendador de Predouços ttº. de Baenas § 1 N 1 4 Diogo Álvares Sanches s.g. 4 João Sanches Baena 4 Vicente 4 Francisco s.g. 4 Bento Baena Sanches casado com D. Maria Machado filha de Rui Machado e D. Guiomar da Costa abaixo N 5 teve 5 D. Luísa Baena c.c. Pedro Sanches Farinha c.g. no ttº. de Gois § 6 N 17 Casou 3ª vez Pedro Álvares Sanches com D. Inês Carneiro filha de Gaspar Carneiro Governador e Capitão Mor da cidade de Paraiva. N 4 JOÃO SANCHES BAENA fº. de Pedro Álvares Sanches N 3 foi Dezembargador do Paço muitos anos. Casou com D. Guiomar Carneiro de Sousa filha de Manuel Quaresma de Sousa e D. Inês Carneiro sua madrasta filha de Gaspar Carneiro Governador e Capitão Mor de Paraiva, e sua mulher D. Guiomar de Landim; e Manuel Quaresma era Comendador de S. Miguel na Ordem de Cristo e fº. de João Quaresma e D. Joana Freire 5 Pedro Álvares casado com D. Paula Pacheco s.g. 5 Luís Sanches Baena 5 Francisco Sanches Baena § 2 5 D. Guiomar Francisca Carneiro Freire § 3 5 D. Isabel s.g. 5 Gaspar Sanches M.e Escola da Sé de Lisboa 5 D. Inês, freira na Anunciada de Lisboa 5 D. Maria, o mesmo N 5 LUÍS SANCHES BAENA fº. de João Sanches N 4 sucedeu na Casa por morte de seu irmão. Casou com D. Maria Francisca de Almada filha de Pedro Sanches Farinha Secretário das mercês, e D. Luísa Baena filha esta de Bento Baena Sanches e D. Maria Machado, e neta de Pedro Álvares Sanches acima N 3; Pedro Sanches Farinha era filho de António Sanches Farinha Secretário das Justiças, e D. Antónia de Almada filha de Gonçalo Castelo ttº. de Gois § 6 N 17 6 João Sanches Baena 6 Pedro Sanches Cónego na Sé de Lisboa e Dezembargador da Suplicação

6 António Sanches, Maltez N 6 JOÃO SANCHES BAENA fº. de Luís Sanches N 5 foi Comendador de S. Maria de Vouzela e Sr. da Casa de seu pai Governador do Castelo de S. Felipe de Setúbal. Casou com D. Violante Henriques filha de D. Luís de Almeida e sua mulher D. Maria Corte Real; filha dos Condes de Galveias Diniz de Melo e Castro e D. Angela da Silveira 7 Luís Francisco Sanches 7 D. José de Almeida Prelado na S. Igreja Patriarcal 7 D. Maria Teresa de Portugal nasceu a 10 de Março de 1708 casada com Jerónimo Leite Pacheco c.g. no ttº. de Gaios § 21 N 11. §2 N 5 FRANCISCO SANCHES DE BAENA fº. de João Sanches de Baena N 4 do § 1 (Moço Fidalgo acrescentado a Escudeiro e Cavº. por Alvará de 13 de Março de 1660 e de 20 de Maio de 1662). Foi Comendador de Santa Maria de Vouzela da Ordem de Cristo. Casou com D. Mariana de Resende filha de Luís Vaz de Resende Fidalgo da Casa d’ El Rei D. João IV Cavaleiro da Ordem de Aviz, e sua mulher D. Isabel de Leão, e Luís Vaz de Resende se lhe deu o foro a 23 de Abril de 1633 por ter dado 80 mil cruzados para a Armada que foi a restauração de Pernambuco indo ele nela por Capitão. (Luís Vaz de Resende era fº. de António Vaz de Resende e Isabel Rodrigues, e neto paterno de Luís Vaz de Resende Moço da Câmara do Rei D. João III e sua mulher Margarida Henriques, e materno de António Rodrigues e Isabel Rodrigues; D. Isabel de Leão era filha de Duarte Lopes de Leão Licenciado e sua mulher Maria Dias de Aguiar neta paterna de Duarte Leão e Maria Lopes e materna de André Dias Botafogo) 6 Luís Sanches de Baena 6 D. Isabel Guiomar s.g. N 6 LUÍS SANCHES DE BAENA fº. de Francisco Sanches N 5 (Fidalgo da Casa Real por Alvará de 12 de Abril de 1655 acrescentado a Cavº. por outro de 23 de Dezembro de 1662 foi Comendador de Santa Maria de Vouzela e Tesoureiro Mor do Reino) casou com D. Geralda Francisca Henriques de Noronha filha de D. Francisco Henriques e D. Bernardina de Noronha ttº. de Henriques § 5 N 9 7 Francisco Sanches de Baena Capitão de Infantaria do terço da Armada 7 D. Manuel Henriques seu Alferes 7 D. José Henriques 7 D. Mariana Bernardina 7 D. Inês Micaela, freira 7 D. Violante Micaela N 7 FRANCISCO SANCHES DE BAENA HENRIQUES fº. de Luís Sanches N 6 Fidalgo da Casa Real (Fidalgo por Alvará de 22 de Abril de 1681 acrescentado por outro de 30 de Julho de 1690) casou com D. Joana Francisca de Meneses filha de Bernardo de Vasconcelos Fidalgo da Casa Real da Ilha da Madeira e D. Clara Maria de Brito Arrábida neta paterna de Manuel de Vasconcelos da Silva Moço Fidalgo (Manuel de Vasconcelos da Silva era fº. de Inácio de Vasconcelos da Costa, e D. Antónia Berengeira) e D. Joana de Meneses filha de Manuel de Amil de Vasconcelos e D. Leonor de Meneses; e D. Clara Maria era filha de Mendo de Brito de Oliveira Moço Fidalgo e D. Leonor Betancurt; ttº. de Achiolis § 4 na margem ao nº. 7 8 D. Luís António Sanches Baena N 8 D. LUÍS ANTÓNIO SANCHES BAENA fº. de Francisco Sanches N 7 foi Fidalgo da Casa Real (por Alvará de 4 de Novembro de 1734). Casou com D. Francisca Margarida de Pazi Oldembergo filha de Martim Velho da Rocha Oldemberge Fidalgo Cavaleiro da Casa Real na Ordem de Cristo, Instituidor do Morgado de Vale de Flores e Barão de Aldemberg por Carta de Francisco I Imperador da Alemanha em Viena a 29 de Março de 1753, e D. Leonarda Ursula Teresa de Sá Lobo (ver Costado 12 Tomo 4) 9 D. Maria da Piedade Baena Henriques que foi H. casou com José Aleixo Falcão de Melo Vanzeller fº. de D. Maria de Melo Lima Falcão, e Lourenço Rodolfo Vanzeller c.g. no ttº. de Leitões § 56 N 10 9 B. Joaquim António Sanches de Baena Major de Cavalaria reformado que teve B. §3

N 5 D. GUIOMAR FRANCISCA CARNEIRO FREIRE filha de João Sanches de Baena N 4 do § 1. Casou com António de Sousa e Meneses filho de Luís de Sousa de Meneses irmão de Martim de Sousa de Meneses Copeiro Mor de El Rei D. Afonso VI o qual António de Sousa matou sua mulher inocente, e aleivosamente. §4
SANCHES OUTROS

Os Sanches de que vamos tratar são da Estremadura de Castela que tem por sue particular Solar a vila de Broças da qual se honrou tanto aquele insigne humanista Francisco Sanches que em todas as suas obras não tomou para si outro título mais que o de Brocense; aqui e na cidade de Fragello há muitas casas desta família que aparentam com outras distintas como Paredes, Verdugos e Romos como se vê da vida do famoso Diogo Gracia de Paredes. São as Armas destes o Escudo partido em Pala ao 1º em campo azul sete estrelas de ouro, e no 2º em campo azul uma banda vermelha com prefilos de ouro entre duas flores de liz de ouro; passaram a Portugal no tempo do Rei D. João III os 3 irmãos abaixo. N 1 SALVADOR DIAS BRASQUES casou com Isabel Sanches e tiveram 2 Rodrigo Sanches 2 Pedro Sanches § 5 2 Salvador Sanches § 6 N 2 RODRIGO SANCHES veio para este Reino com a Rainha D. Catarina mulher do Rei D. João III que o fez Mestre da Princesa D. Maria 1ª mulher de Felipe 1º de Castela e seu esmoler mor da Infanta D. Maria irmã do dito Rei D. João III foi varão doutíssimo e grande Latino e poeta latino muito virtuoso morreu em Óbidos onde está sepultado na Igreja de Santa Maria onde era Prior. §5 N 2 PEDRO SANCHES irmão de Rodrigo Sanches no § 4 N 2 veio para Portugal com a Princesa D. Joana mãe do Rei D. Sebastião foi neste Reino Secretário das Justiças e Comendador da Ordem de Cristo. Casou com D. Maria dos Rozales castelhana natural de Arenlado que veio com a mesma Princesa 3 Luís Sanches, Frade Trino 3 João Sanches, s.g. 3 Rodrigo Sanches 3 Maria Rozales casada com André Farinha Comendador de Esgueira na Ordem de Cristo que morreu na Batalha de Alcácer no ttº. de Farinhas § 2 N 2 N 3 RODRIGO SANCHES fº. de Pedro Sanches N 2 foi herdeiro da Casa de seu pai e Secretário das Justiças Comendador de Viana na Ordem de Cristo. Casou duas vezes a 1ª com D. Luísa da Fonseca filha H. de João Pires da Fonseca fº. de outro João Pires e neto de Diogo da Fonseca Alcaide Mor de Almeida no ttº. de Coutinhos Fonsecas § 88 N 10 4 Pedro Sanches da Fonseca serviu na Índia 4 D. Leonor ou D. Joana da Fonseca 2ª mulher de Francisco de faria Severim Executor Mor no ttº. de Severins § 1 N 6 4 D. Arcangela da Fonseca, freira em Cos Casou 2ª vez Rodrigo Sanches com D. Francisca Ermes 4 Fr. Jacinto, Frade Trino 4 João Sanches da Companhia 4 Fr. António, Jerónimo 4 D. Maria §6 N 2 SALVADOR SANCHES irmão de Rodrigo Sanches N 2 do § 4 veio para Portugal com a Princesa D. Joana. Casou com ..................................... 3 Rodrigo Sanches 3 Pedro Sanches, Clérigo 3 Salvador Sanches 3 D. Isabel Sanches, mulher de Belchior Tavares de Sousa 3 D. .................................., freira em Cos

§7
OUTROS

N 1 MANUEL MENDES SANCHES fº. de ............................................ foi Provedor dos Armazéns no tempo de Felipe 2º 2 Nuno Dias Sanches N 2 NUNO DIAS SANCHES fº. de Manuel Mendes Sanches N 1 casou com D. Brites Mendes de Brito filha H. de Diogo Mendes e neta de Simão Pires Solis 3 Francisco Sanches de Brito N 3 FRANCISCO SANCHES DE BRITO fº. de Nuno Dias Sanches N 2 casou com D. Maria da Silva Peixoto filha de Diogo da Silva Peixoto 4 Álvaro Sanches de Brito N 4 ÁLVARO SANCHES E BRITO fº. de Francisco Sanches de Brito N 3 foi Coronel do Regimento da Junta do Comércio em 1720 teve B. 5 João da Costa de Brito N 5 JOÃO DA COSTA DE BRITO fº. B. de Álvaro Sanches N 4 foi Capitão de Mar e Guerra, teve B. 6 José Sanches de Brito N 6 JOSÉ SANCHES DE BRITO fº. B. de João da Costa de Brito N 5 foi Almirante da Armada Real Fidalgo da Casa Real e Comendador da Ordem de Cristo. Casou com D. ............................. filha de Cristiano Frederico Weinhol Brigadeiro de Artilharia 7 José da Costa Sanches de Brito Fidalgo da Casa Real Comendador da Ordem de Cristo Tenente da Marinha 7 D. .......................................... que casou com José Joaquim de Brito de Abreu Lima (era dos Britos da Abobreira de Ponte de Lima, vid. Abreus § 69) que foi Auditor de um Regimento de Cavalaria em Lisboa e degredado para o Maranhão por se ingerir e fazer um Foro de Fidalgo falso, que era fº. de Domingos Nogueira Brasileiro e Cavº. da Ordem de Cristo morador em Cedofeita no Porto que creio veio a ser herdeiro da Casa de José Sanches e creio teve 8 António José de Brito

§8
DE BORBA

N 1 PEDRO ÁLVARES SANCHES fº. de ................................. casou com Catarina Franco esta morreu com tttº. em 1654 que está no cartório de Tarrinho; era tia de Guiomar de Matos, irmã do Padre Diogo Rodrigues 2 Manuel Álvares Sanches 2 Francisco Fernandes Sanches que teve 3 Bento Fernandes Sanches s.m.n. 2 Pedro Álvares Sanches c.c. Brites Franco s.m.n. 2 O Padre Bento Fernandes Sanches foi muito douto, fez um Morgado 2 D. Maria Franco, § 9 N 2 MANUEL ÁLVARES SANCHES fº. de Pedro Álvares Sanches N 1 casou com Ana Carva que morreu em 1670 e se receberam na Matriz de Borba em 1634 a fl. 32 do Livro 3 Manuel baptizado em 2 de Março de 1643 em Borba 3 D. Brites baptizada em 8 de Junho de 1645 3 D. Inês baptizada a 29 de Outubro de 1648 faleceu com tttº. na vila do Redondo de que foi escrivão Francisco Nuno Carapito fez uma Capela 3 D. Maria Franco 3 D. Catarina, morreu donzela N 3 D. MARIA FRANCO filha de Manuel Álvares Sanches N 2 casou na Matriz de Borba em 1659 em 5 de Agosto com Rodrigo da Silveira fº. de Domingos Rodrigues Coelho e sua mulher D. Ana de Carvalho pessoas de grande nobreza da vila do Redondo 4 Domingos Rodrigues Coelho

Casou 2ª vez D. Maria Franco com D. José de Noronha e Meneses N 4 DOMINGOS RODRIGUES COELHO fº. de D. Maria Franco N 3. Viveu na Vila do redondo casou com ................................... 5 D. Maria Ana Helena da Silveira N 5 D. MARIA ANA HELENA COELHO DA SILVEIRA filha de Domingos Rodrigues Coelho N 4 foi H. da Casa de seu pai. Casou com António Velez Pimenta Capitão de Cavalos Cavº. da Ordem de Cristo fº. de Francisco Barradas da Silveira e D. Francisca Velez Pimenta filha de António Velez e D. Ana Fernandes Pimenta no ttº. de Barradas 6 D. Felipa Teodora Coelho N 6 D. FELIPA TEODORA COELHO DA SILVEIRA filha H. de D. Maria Ana Helena N 5 casou com José Francisco Barradas Juzarte Sargento Mor das Ordenanças de Monforte que tirou Brasão dos Barradas e Juzartes em 1756 fº. de António Pereira Sourão, e de Isabel Juzarte irmã do Padre Manuel Barradas Juzarte Instituidor de um Morgado ttº. de Juzartes 7 Francisco Barradas Juzarte N 7 FRANCISCO BARRADAS JUZARTE COELHO DA SILVEIRA fº. de D. Felipa N 6 sucedeu na Casa de seu pai. Casou com D. Joana Margarida de Sande Corte Real filha de Diogo de Sande Corte Real Capitão Mor de Borba Cavaleiro da Ordem de Cristo e sua mulher e sobrinha D. Catarina Galhardo no ttº. 8 José Vitorino Juzarte 8 D. Maria Catarina 8 D. Felipa 8 D. Luísa 8 D. Catarina 8 D. Maria Joana N 8 JOSÉ VITORINO JUZARTE BARRADAS COELHO DA SILVEIRA fº. de Francisco Barradas N 7 casou em Loulé no Algarve com D. Maria Joana Mascarenhas Pessanha Lobo filha de Manuel José da Gama Pessanha Lobo Sargento Mor de Loulé Fidalgo da Casa Real.

§9
N 2 D. MARIA FRANCO filha de Pedro Álvares Sanches N 1 do § 8. Foi Baptizada em Borba a 29 de Setembro de 1604 dotada em 1626 para casar com Gomes Annes Sutil fº. de António Lourenço Rei e Inês Fernandes e se receberam em S. Bartolomeu de Borba como se vê do Livro que findou em ................. a fl. 100 vº.; ele era filho de Lourenço Rei e Inês Fernandes e ela filha de Álvaro Pires Sutil e Inês Pais; o dito Lourenço Rei casou na Matriz de Borba em 1554 com Inês Fernandes, ele fº. de João Rei e Brites Fernandes e ela filha de Gonçalo Rodrigues e Isabel Fernandes 3 António Lourenço Franco Capitão de Infantaria Cavº. de Aviz casado com D. Margarida da Silveira da Cunha fizeram tttº. de mão comum em 1692 deixa a Capela de Bento Fernandes Sanches a seu sobrinho Ambrósio Franco, s.g. 3 O Padre Bento Fernandes Sanches morreu em 1664 fez uma Capela 3 D. Brites Franco 3 Soror Isabel do Sacramento freira nas Servas de Borba 3 D. Catarina Franco casada com João Franco da Silva o Velho no ttº. de Francos

§ 10
N 3 D. GUIOMAR ÁLVARES SANCHES filha de Domingos Sanches § 1 N 2 casou com António Pires das Antas filho de Henrique Chainho; outros disseram ser esta Guiomar Álvares Sanches filha de Gil Álvares N 1 do § 1 4 António Álvares Sanches N 4 ANTÓNIO ÁLVARES SANCHES fº. de Guiomar Álvares Sanches N 3 deste § (foi Corregedor do Crime da Corte e Casa, Familiar do Santo Ofício) casou com D. Jerónima Barbosa ou D. Catarina Pereira filha do Dezembargador ......................... Salema 5 Bernardo Sanches Pereira

N 5 BERNARDO SANCHES PEREIRA fº. de António Álvares Sanches N 4 (Dezembargador da Casa da Sup.am) teve B. 6 B. D. Brites Sanches Pereira N 6 D. BRITES SANCHES PEREIRA filha B. de Bernardo Sanches N 5 casou com Belchior Teixeira de Gouveia Dezembargador da Casa da Suplicação fº. de Luís Fernandes Ferreira Teixeira Juíz de Évora e D. Ana de Sousa ou D. Máxima de Gouveia (c.g. no Cost. 102 do Tomo 3 e no Cost. 156 vº do Tomo 2 e Tomo 4) 7 Bernardo Sanches Pereira 7 António Sanches Pereira § 11 N 7 BERNARDO SANCHES PEREIRA fº. de D. Brites Sanches Pereira N 6 foi Alcaide Mor da vila do Barreiro. Casou com D. Aldonça José de Gusmão e Vasconcelos filha de Manuel Lopes Pinto de Vasconcelos e D. Brites de Vasconcelos Pacheco neta paterna de André Lopes Pinto de Vasconcelos Dezembargador da Sup.am e sua mulher D. Aldonça de Gusmão filha esta B. dizem de D. Gaspar de Gusmão Duque de Medina Sidonia e D. Ana Telo Dama da Duquesa filha de D. Francisco Telo de Leão e neta materna de Francisco de Figueiroa e D. Maria Botelho (ver Costado fl. 190 Tomo 4) 8 Francisco Sanches Pereira Cavº. da Ordem de Cristo c.c. D. .......................... Barques teve 9 D. Teresa Sanches de Gusmão que foi H. c.c. Luís Feio de Castelo Branco c.g. no Cost. fl. 190 Tomo 4

§ 11
SANCHES DE CHATILON

N 7 ANTÓNIO SANCHES PEREIRA fº. de D. Brites Sanches N 6 do § 10 foi Fidalgo Cavaleiro e Professo na Ordem de Cristo Dezembargador do Conselho da fazenda e Juíz das Justificações. Casou com D. Maria Inácia de Almeida filha de Pedro de Almeida do Amaral Fidalgo da casa Real e Juíz da Coroa e sua mulher D. Margarida de Oliveira (ver Costado fl. 156 vº. do Tomo 2) 8 Luís Sanches Pereira 8 D. Ana Margarida Sanches de Almeida c.c. António Luís Sinel de Cordes § 12 N 8 LUÍS SANCHES PEREIRA DE ALMEIDA fº. de António Sanches Pereira N 7 foi Fidalgo da Casa Real Dezembargador da Sup.am. Casou com D. Maria Maurícia Huenriqueta de Vasconcelos filha de Manuel Loureiro de Vasconcelos, Cavº. da Ordem de Cristo, e sua mulher D. Ana Mafalda de Castro e Meneses (ver Costado fl. 156 vº e 48 do Tomo 2) 9 António Sanches Pereira 9 D. Maria Antónia Sanches c.c. seu primo Baltazar António Sinel de Cordes § 12 N 9 N 9 ANTÓNIO SANCHES PEREIRA fº. de Luís Sanches N 8 foi Fidalgo da Casa Real com exercício Comendador da Ordem de Cristo Juíz de Fora de Setúbal. Casou com D. Maria Carolina de Castro Vieira Pinto Aumont filha de Carlos Luís Aumont Chatilon Coronel reformado do Regimento de Setúbal que era alemão e sua mulher D. Ana Joaquina de Castro Vieira Pinto 10 Luís Carlos Sanches de Almeida 10 D. Ana Luísa 10 D. Maria José N 10 LUÍS CARLOS SANCHES DE ALMEIDA DO AMARAL DE CASTRO PINTO VIEIRA CHATILON fº. de António Sanches N 9 é Fidalgo da Casa Real com exercício Comendador da Ordem de Cristo Tenente Coronel de Melicias c.c. D. Maria Severina Pereira Caldas filha de João Pereira Caldas e D. Catarina Jorge.

§ 12
SINEL DE CORDES

N 8 D. ANA MARGARIDA SANCHES DE ALMEIDA filha de António Sanches Pereira N 7 do § 11 casou com António Luís Sinel de Cordes Fidalgo da Casa Real cavaleiro da Ordem de Cristo Secretário do Dzº. do Paço, fº. de Baltazar Peles Sinel de Cordes Escrivão da Câmara de Sua Majestade, Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo, e sua mulher D. Marta Prudência de Medeiros Manso (Cost. Tomo 3 fl. 102) 9 Baltazar António Sinel de Cordes

N 9 BALTAZAR ANTÓNIO SINEL DE CORDES fº. de D. Ana Margarida N 8. É Fidalgo da Casa Real, Secretário do Dzº. do Paço. Casou com sua prima D. Maria Antónia Sanches filha de Luís Sanches Pereira Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Luísa Maurícia neste ttº. § 11 N 9 10 José Maria Sinel de Cordes 10 ..........................................., recolhida na Encarnação N 10 JOSÉ MARIA SINEL DE CORDES fº. de Baltazar António N 9 é Fidalgo da casa Real, Comendador. Casou com D. Francisca Guião filha de Francisco José da Rosa Guião e D. Joana Perpétua Feio Sanches (ver Cost. fl. 190 Tomo 4).

SANDOVAL §1 N 1 Argote e Aponte dizem ser o 1º desta Família D. Guterre de Sandoval que viveu no ano de 1100 Reinando D. Afonso 6 o que ganhou Toledo e que teve casa e assento em Trevino, porém deste nada mais dizem; fazem igualmente menção de FERNÃO DIAS SANDOVAL que viveu no tempo da Rainha D. Urraca em 1124 do qual dizem nasceu 2 Rui Fenandes Sandoval N 2 RUI FERNANDES SANDOVAL fº. de Fernão Dias Sandoval N 1 foi Alferes do pendão do Imperador D. Afonso, o qual teve 3 Fernão Rodrigues Sandoval 3 D. Elvira Rodrigues N 3 FERNÃO RODRIGUES SANDOVAL fº. de Rui Fernandes Sandoval N 2 serviu ao dito Imperador o qual o fez Conde de Valladolid. Casou em Navarra com D. Sancha 4 Rui Gutierres Sandoval N 4 RUI GUTIERRES SANDOVAL fº. de Fernão Rodrigues N 3 serviu aos Reis D. Afonso e D. Henrique 1º. e foi seu Camareiro Mor 5 Gomes Rodrigues de Sandoval N 5 GOMES RODRIGUES DE SANDOVAL fº. de Rui Gutierres N 4 6 Diogo Gomes Sandoval N 6 DIOGO GOMES SANDOVAL fº. de Gomes Rodrigues N 5 é o primeiro com quem o Conde principia esta família no ttº. 30 fl. 171 serviu ao Rei D. Fernando o Santo na conquista da Andaluzia. Casou com D. Maria Pires de Vides filha de Pero Viegas no Conde fl. 164 N 7 7 Gutierres Dias Sandoval 7 Pedro Gomes Sandoval N 7 GUTIERRES DIAS SANDOVAL fº. de Diogo Gomes Sandoval N 6. Casou com D. Inês de Guevara filha de D. Vella Ladron de Guevara Sr. de Onate; foi Gutierre Dias, Rico Homem 8 Rui Gutierres Sandoval e outros N 8 RUI GUTIERRES SANDOVAL fº. de Gutierres Dias N 7 foi com o Infante D. João além mar e quando o Infante de lá tornou depois da morte do Rei D. Sancho chamou-se o Infante Rei de Leão e foi este Rui Guterres seu Alferes, e foi bom cavaleiro e tinha casa em Riba de Pisorga, que tinha o nome Vila de Sares. Casou com D. Joana de La Veja filha de D. Pedro Laso de La Veja, Almirante de Castela 9 Gutierres Dias Sandoval 9 João Rodrigues Sandoval casado com D. Joana de Castanheda no Conde fl. 101 Nota A s.n. 9 Afonso Rodrigues de quem descendem os Sr.es de Ventosa N 9 GUTIERRES DIAS SANDOVAL fº. de Rui Gutierres N 8 morreu na Veiga da Guarda ante o Infante D. João cujo Vassalo era. Casou com D. Gontrode de Valasco filha de Sancho Sanches de Valasco, Adiantado Mor da Galiza, e D. Sancha Osório (destes vêm por varonia os Marqueses de Denia e outros Grandes).

SARAIVAS Trazem por Armas o escudo partido em Facha a mais alta de Beiras Azuis, e de ouro a inferior de ondas do mar e uma bordadura vermelha com quatro flores de Liz de ouro postas à maneira de cruz; Timbre meio peixe de sua cor que sai do Elmo com dentes de prata; consta de um Brasão que o Rei D. Pedro Cruel de Castela deu a um Fidalgo deste apelido que andava por capitão de uma nau de guerra na Costa de Biscaia e pelejou com umas de França que traziam Monsieur de S. Paulo Almirante daquele Reino e depois de uma rija batalha o rendeu e trouxe ao Porto de S. Sebastião de Biscaia onde o Rei acaso estava, e em memória deste sucesso lhe deu as Armas acima ditas significando as ondas do mar a vitória marítima os veiros os Franceses com as flores de Liz em suas bandeiras assentes em campo vermelho pelo sangue que custou aquela acção. O Solar desta família é a vila de Saraiva nas Montanhas de Biscaia onde os seus progenitores a fundaram de nação Grega muito antes da vinda de Cristo e lhe puseram o seu próprio nome que na Língua Espanhola denomina . Granica – derivada de Grando Gradinis que na Portuguesa se diz Saraiva, e nela se defenderam dos Mouros no tempo da invasão de Espanha e no tempo do último Rei Godo D. Ramiro assim como outros Fidalgos Ilustres que nas ditas Montanhas de Biscaia edificaram Castelos para se defenderem dos Mouros, e depois de 7 anos se uniram todos os Fidalgos com o Infante D. Palayo e formando um pé de exército deram aos Mouros a milagrosa batalha de Cavadonga em que os venceram e com o sucesso desta batalha se animaram e continuaram a persegui-los até os lançarem de todo fora das terras de Espanha vide Rodrigo Mendes da Silva na Poblacion de Espanha Cap. 81 Gutierres liv. 3 cap. 16 N 54 e segt. Da antiguidade desta família se deve fazer grande consideração, pois já no tempo que os discípulos de S. Tiago conduziam o seu corpo para Compostela assistiram os desta família às festas do Regulo de Caya que fazia nas praias da Maia celebrando os desposórios que tinha feito com a filha do Regulo de Gaia como trás Manuel Severim de Faria Notícias de Portugal cap. 23 fl. 190 onde trata neste tempo dos desta Família. Por morte do Rei D. Palayo depois de vencer infinitas batalhas contra os Mouros continuaram os Reis seus sucessores a conquista até o Rei D. Fernando de Leão passar a Portugal onde tomaram os Mouros a maior parte da Província da Beira até chegar a Coimbra e tendo tomado Trancoso nesta fizeram assento muitos Fidalgos e Cavaleiros Ilustres entre eles foram os da Família de Saraivas; nós não temos notícia mais do que pomos abaixo e do qual se pode deduzir melhor esta família neste Reino. §1 N 1 VASCO FERNANDES SARAIVA FOI Fidalgo muito conhecido em Trancoso e era descendente dos deste apelido, alguns querem dizer era Fidalgo Castelhano mas isto parece falso por antes dele haverem Saraivas em Portugal. Foi Vassalo do Rei D. João I casou com Leonor Vasques da Fonseca filha de Afonso Vasques da Fonseca Alcaide Mor de Marialva, Moreira e Sabugal e sua mulher Mécia Lopes Pacheco nós temos esta descendência no ttº. de Coutinhos 42 N 7 e seguinte.

SARMENTOS §1 N 1 GRACIA FERNANDES é o primeiro deste apelido pois criando-se na Câmara do Rei D. Sancho IV, e vendo-o inclinando as Armas, e de boa disposição = lhe disse = Que buen Sarmento se cria para La Guerra dos Mouros = e disto deixando o apelido de Vilamaior da sua família, tomou o de Sarmento, era filho de D. Pedro Fernandes de Vila Maior rico homem, e neto de Gracia Fernandes de Vila Maior e D. Teresa filha do Infante D. Henrique, 2º neto de João Gracia Sr. de Vila Maior, e D. Urraca Fernandes de Castro, 3º neto de Gracia Fernandes Sr. de Vila Maior e D. Maria Arias, 4º neto de Fernão Gracia e D. Sancha Rodrigues de Salvadores, 5º neto de D. Gracia Ordonhes e D. Maria Almenara, 6º neto de D. Ordonho Gracia e D. Maria Gracia, 7º neto de D. Gracia Ordonhes e D. Urraca Infanta de Navarra, 8º neto de D. Ordonho Ordonhes e D. Urraca Gracia, 9º neto de D. Ordonho o Cego e da Infanta D. Cristina, 10º neto do Rei D. Ramiro 2º e da Rainha D. Teresa de Leão; foi casado Gracia Fernandes Sarmento com D. Leonor de Haro filha de D. Fernando de Haro e D. Maria Álvares de Portugal 2 Pedro Sarmento N 2 PEDRO SARMENTO fº. de Gracia Fernandes Sarmento N 1 viveu Reinando D. Afonso 11 3 Diogo Pires Sarmento N 3 DIOGO PIRES SARMENTO fº. de Pedro Sarmento N 2 serviu ao Rei D. Pedro, foi Rico Homem e Adiantado de Castela. Casou com D. Maria filha de Fernão Sanches de Valasco 4 Pedro Rodrigues Sarmento 4 Diogo Gomes Sarmento 4 João Rodrigues N 4 PEDRO RODRIGUES SARMENTO fº. de Diogo Pires Sarmento N 3 foi Adiantado de Galiza digo de Castela e 1º Mariscal, foi Sr. de Riba de Avia, casou com D. Joana de Gusmão filha de D. Pedro Nunes de Gusmão 5 Gracia Fernandes Sarmento N 5 GRACIA FERNANDES SARMENTO fº. de Pedro Rodrigues Sarmento N 4 foi Sr. de Sabroso Adiantado de Galiza Alferes Mor de Castela Sr. de Riba de Avia, casou com D. Elvira Manrique 6 D. Gracia Fernanes Sarmento Sr. de Saberoso casado com D. Catarina ou Teresa de Sotomaior filha de Paio Soredia Sotomaior Sr. de Saberosa e Salvaterra e sua mulher D. Maria de Andrade c.g. no ttº. de Sotomaiores § 23 N 8 e seguintes.

SARRAÇAS §1 N 1 D. SOEIRO AIRES é o primeiro em que principia o Conde ttº. 25 fl. 148. Casou com D. Maria Afonso filha de D. Afonso de Leão e D. Teresa Gil Saborosa no Conde fl. 9 N 7 2 D. Pedro Soares Sarraça 2 D. Afonso Soares casado com D. Tarajanes Deca e teve 3 Fernando Afonso casado s.g. 3 D. Mor Afonso casada com D. Gomes Henriques de Pobraons no Conde fl. 398 N 1 N 2 D. PEDRO SOARES SARRAÇA fº. de D. Soeiro Aires N 1 casou com D. Elvira Nunes Maldoada filha de Nuno Pires Maldoado e D. Aldara Fernandes Turrichão no Conde fl. 386 N 2 3 D. Vasco Pires 3 D. Gomes Pires casado 1ª vez com D. Maria Sanches s.g. casado 2ª vez com D. Constança Gomes Gotinhata fl. 400 Nota B s.g. mas teve B. 4 D. Mécia Gomes Sarraça mulher de Diogo Gomes Deca no Conde fl. 399 N 5 3 D. Teresa ou Mor Pires Sarraça casada com Afonso Pires de Cerveira no Conde fl. 202 N 3 3 D. Iria Pires 3 D. Teresa Pires 3 D. Maria Pires casada com João Fernandes Varela no ttº. de Varelas § ... N .... N 3 D. VASCO PIRES SARRAÇA fº. de D. Pedro Soares Sarraça N 2 casou com D. ....................... filha de João Pires de Névoa no Conde fl. 98 4 D. João Vasques 4 D. Sancha Vasques mulher de D. Pedro Annes Marinho no Conde fl. 381 N 5 4 D. Teresa Annes mulher de Gracia Rodrigues de Valcacer o primeiro em que principia o Conde o ttº. de Valcacer que tomaram o apelido do lugar de Valcacer de Galiza no Conde fl. 398 N 1 5 D. Maria Gracia casada com Paio Varela no Conde fl. 397 N 7 ttº. de Varelas § ... N ... N 4 D. JOÃO VASQUES SARRAÇA fº. de D. Vasco Pires N 3 casou com D. Teresa Afonso filha de Afonso Gomes Deca no Conde fl. 399 N 3 s.g., casou 2ª vez com D. Beatriz Afonso filha de Gança e do Infante D. João filho de D. Pedro Rei de Portugal, e D. Inês de Castro no Conde fl. 35 Nota B. 5 Vasco Pires 5 ................................................... outros s.n.

SEABRAS Esta linhagem de Seabras é muito antiga em Castela, porque dela há notícias antes de El Rei D. Rodrigo perder a Espanha, pois indo os Mouros com grosso exército invadindo toda a Castela passando pelas serras de Galiza junto da Póvoa onde se chamava Senabria, lhe saiu ao encontro um Cavalheiro o qual na entrada da Serra num boqueirão por onde só podiam entrar os Mouros para destruírem os que ali se encontravam, umas cadeias atravessadas com uns cadeados, e uma letra que dizia = No se abra = e de uma parte desta cadeia se pos o dito Cavalheiro, e seus filhos e gente que os seguiu, e defendeu o passo aos inimigos, e os desbaratou, e ficando vitoriosos disseram cheios de alegria todos = que se abra a cadeia = o que se repetiu muitas vezes, e por isso lhe ficou o apelido de = Seabra = chamava-se este Cavalheiro até li Fernão Pires, e depois Fernão Pires de Seabra cujo apelido continuou nos seus descendentes, os quais usaram das armas que hoje usam os Seabras que são – Em campo roxo dois leões de sua cor batalhantes = em memória dos combatentes que pelejavam pelo Reino de Galiza = cobertos os Leões com uma Coroa Real de ouro, e por orla em campo vermelho uma cadeia de ouro fichada com um cadeado do mesmo = em memória da que pos aquele Cavº. no boqueirão = e por timbre um leão rompente; outros trazem por orla em campo de prata uma cadeia de ferro com um cadeado do mesmo. Naquele lugar fundou Fernão Pires de Seabra um lugar a que deu o seu nome de Seabra; foi Sr. dele e de la Poebla e outros muitos lugares em Galiza, onde foi muito respeitado pelo seu grande poder, e qualidade, e foi ascendente de Mem Rodrigues de Seabra que foi Mordomo Mor do Rei D. Pedro de castela e o 1º que passou a Portugal com sua mulher e filhos, porém não passaram todos os Seabras a Portugal porque ficaram em Castela dois; e o mais velho chamado João de Seabra que morou na cidade de Samora a Velha de que vem muitos Cavalheiros que vieram para a vila de Alcantra. Trata o dito Mem Rodrigues de Seabra a Crónica do Rei D. Fernando no Cap. 23 dizendo que ficara cercado por El Rei D. Pedro de Castela no Castelo de Montel, e no Cap. 26 diz que morto o dito Rei D. Pedro seu amo, se passara a servir o Rei D. Fernando de Portugal, e com 80 escudeiros seus, e outras gentes fora sobre Monte Rei como diz no Cap. 37, e que o tomara. Trata dele Manuel de Faria e Sousa no seu Epitome, e Europa Tomo 2 fl 196, e 192, dizendo que o Rei D. Fernando lhe dera o Senhorio de Monte Alegre, Feira, Cavanaes, Câmara e Barqueiros. Trata dele o Padre Vitoria nos Triunfos de Galiza fl 344 dizendo ser o dito Mem Rodrigues de Seabra aquele a quem o Conde D. Pedro no seu Nobiliário chama Fernão, ou João Garcia de Seabra, mas que lhe parecia que pelo cômputo dos anos o Conde se enganara, e no mesmo Livro diz: que João Pedro de Alcantra era desta família por ser filho de D. Maria Vilela de Senabria e neto de João de Senabria o Velho, e sua mulher D. Urraca Gil Maldonado sem que faça dúvida o chamarlhe aquele Autor Sinabria por ser na língua Castelhana, e se corromper Sinabria, em Seabra. Tratam dele Mem Rodrigues o Arcebispo de Braga D. Rodrigo da Cunha e o Chantre Manuel de Faria Severim dizendo ele perdera o Senhorio de La Poebla e de Senabria por seguir e se passar a Portugal, e que em Castela descendem dele os Marqueses de Palácios; e lhe pôs o dito Manuel de Faria nas notas ao Conde D. Pedro este quarteto que devia tirá-lo de Molina nas oitavas que fez às famílias de Galiza Vivam los Senabrias De quem sua Vallia Esta por Castilha Com Castas notables Cristóvão Lourenço no seu Livro dos Reis Novos de Toledo fl. 173 faz menção de Mem Rodrigues de Seabra, e a fl. 238 do Livro 2 Cap. 11 onde fala da sua qualidade e postos honrados que teve, e acções etc., Jorge Cardoso no seu Elogio Lusitano faz menção de um Mem Rodrigues de Seabra valido do Rei D. João III que fundou a Religião dos Paulistas. Este é o que acho do Princípio e acções dos desta família vamos agora à sua dedução do dito Mem Rodrigues de Seabra descendente daquele valoroso Cavº. Fernão Pires de Seabra, visto que não temos notícias para o prender com ele (O Conde D. Pedro trata de João ou Fernão Gracia de Seabra casado com D. Mor Fernandes filha de Fernão Rodrigues de Bema e D. Marinha no Conde fl. 394 e diz teve D. Elvira casada com Pedro Annes de Névoa no Conde fl. 98 N 10 – D. Teresa Fernandes de Seabra casada com Martim Dade de que foi 3ª mulher no ttº. de Dades). §1 N 1 MEM RODRIGUES DE SEABRA foi Mordomo Mor do Rei D. Pedro de Castela e por sua morte se passou a Portugal a servir El Rei D. Fernando com outros Fidalgos Castelhanos que o dito Rei fez no seu

Serviço Capitão de todos; era casado com D. Maior Fernandes Biesma e suponho e todos se persuadem teve 2 Mem de Seabra s.m.n. 2 Diogo de Seabra N 2 DIOGO DE SEABRA fº. de Mem Rodrigues de Seabra N 1 achou-se com seu irmão na tomada de Ceuta onde foram armados Cavaleiros pelo Príncipe D. Duarte como consta da Crónica de El Rei D. João I que está no Tombo, e o afirma Manuel de Faria e Sousa no fim das Notas do Conde D. Pedro, e na Ásia Portuguesa Cap. 2 fl. 26 diz que Diogo de Seabra na tomada de Ceuta fora Alferes Mor do Infante D. Pedro, e no Cap. 20 e 39 diz dele, e de seu irmão que ficaram Fronteiros de Ceuta; dizem que fora casado com D. Mécia Rodrigues de Vasconcelos ou D. Mécia Mendes de Vasconcelos mas há dúvida nisto 3 Estevão de Seabra 3 Diogo António de Seabra 3 ................................ mulher de Martim Cota Falcão N 3 ESTEVÃO DE SEABRA fº. de Diogo de Seabra N 2 foi Sr. da Casa de seu pai não se diz com quem casou só que tivera 4 Gonçalo Esteves de Seabra e Sousa N 4 GONÇALO ESTEVES DE SEABRA E SOUSA fº. de Estevão de Seabra N 3 viveu na Sobreira porquanto Rui de Sousa Seabra seu primo filhos de dois legítimos irmãos que foi Deão do Porto, e que era anexa à Igreja de Sobreira lhe deixou comer os rendimentos dela em sua vida; foi Gonçalo Esteves Cavº. de Esporas douradas por servir bem a El Rei D. Afonso V achou-se na tomada de Arzila, e foi Alcaide Mor e Fronteiro do Castelo do Outeiro casou com Isabel Fernandes 5 Catarina Gonçalves de Seabra N 5 CATARINA GONÇALVES DE SEABRA filha de Gonçalo Esteves de Seabra N 4 casou na freguesia de Sobreira com João Gonçalves fº. de Gonçalo Annes e sua mulher Catarina Annes 6 Gonçalo Annes de Seabra N 6 GONÇALO DE SEABRA fº. de Catarina de Gonçalves de Seabra N 5 foi cidadão da cidade do Porto (Assistiu numas Casas Torres aos Açougues da cidade do Porto) casou com Catarina Gonçalves de Avidas parente de Jorge Correia Montenegro Comendador do Barro filha de uma sua prima 7 Francisco de Seabra 7 D. Manuel de Seabra, Bispo de Miranda 7 ................................., filhas freiras N 7 FRANCISCO DE SEABRA fº. de Gonçalo de Seabra N 6 foi Sr. da Casa de seu pai casou na cidade do Porto com Isabel de Figueiroa filha de Pantalião Pires de Figueiroa e sua mulher Inês Figueiroa 8 Pantalião de Seabra e Sousa N 8 PANTALIÃO DE SEABRA E SOUSA fº. de Francisco de Seabra N 7 foi Vereador no Porto cinco vezes nos anos de 1604-1608-1617-1621-1628 como se vê nos Livros da Câmara Secular, foi Sr. da Casa de seu pai Fidalgo da Casa Real com Foro de Fidalgo Cavaleiro e Cavaleiro da Ordem de Cristo, serviu nas guerras de Portugal com sua pessoa e gente à sua custa principalmente quando se receava que a Armada Inglesa lançasse gente em terra, e foi excelente poeta latino. Casou em Lisboa com D. Eufrásia de Mesquita filha de André Franco Cavaleiro Galego natural de Viveiros, e sua mulher Antónia Lopes de Mesquita 9 Mendo de Seabra, morreu solteiro 9 Fr. João de Seabra, Trino 9 D. Faustino, Cruzio 9 Mateus de Seabra, na Índia 9 D. Isabel de Seabra c.c. Manuel Franco s.g. 9 D. Catarina, freira 9 Auta de Seabra 9 Fr. Gonçalo de Seabra, Bernardo 9 Manuel de Seabra Arcediago da Régua N 9 AUTA DE SEABRA filha de Pantalião de Seabra N 8 foi H. da Casa de seu pai casou na cidade do Porto com Bento de Aguiar Caleira fº. de João André Pentiado e sua mulher Inês de Aguiar, e neto de

André Pentiado Cavº. do hábito de Cristo (ver ttº. de Alcaforados § 5 N 6 – Bento de Aguiar foi quatro vezes Vereador no Porto nos anos de 1626-1643-1650-1658). 10 João de Seabra e Sousa 10 D. Helena de Seabra casada em Guimarães com Rui de Sousa da Silva fº. de João de Sousa Alcaforado Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Maria de Almada no ttº. de Alcaforados § 5 N6 10 D. Eufrásia, freira N 10 JOÃO DE SEABRA E SOUSA fº. de D. Auta de Seabra N 9 foi Sr. da Casa de seu pai, Fidalgo da Casa Real e Vereador na cidade do Porto em 1661-1669; casou na Galiza com D. Helena Teresa de Sotomaior filha de D. Rodrigo Trancoso de Sotomaior Sr. de Lira Cavaleiro da Ordem de S. Tiago, e sua mulher Helena Pereira de Mesquita no ttº. 11 Pantalião de Seabra e Sousa 11 D. Joana de Seabra Sotomaior casada em Lamego com Pedro da Fonseca e Castro fº. de Gonçalo da Fonseca e Castro e sua mulher D. Maria de Sousa 11 Manuel de Seabra N 11 PANTALIÃO DE SEABRA E SOUSA fº. de João de Seabra N 10 foi Fidalgo da Casa Real, Sr. da Casa de seu pai; casou duas vezes a 1ª em Lamego com D. Clara de Castro irmã de seu cunhado Pedro da Fonseca de que teve uma menina que morreu nova; casou 2 ª. vez em Ponte de Lima com D. Francisca de ............................ filha de Luís de Meireles de Lima Cavaleiro da Ordem de Cristo, e sua mulher D. Maria de Barros 12 Alberto de Seabra e Sousa Fidalgo da Casa Real casado com D. Mariana de Meneses filha de Manuel Barreto de Meneses Sr. da quinta do Sol e sua mulher D. Maria Barreto de Meneses s.g. casou 2ª vez com D. Mariana de .................................. da Casa da Tapada, s.g.

SEIXAS 12 N 1 O Padre Reimundo principia esta família em FERNÃO DE SEIXAS que diz era de Fonte Arcada e pessoa muito distinta sem dizer a sua ascendência. Casou com. segundo o que se diz no ttº. de Gouveias § 17 N 11, D. Sancha Vermudes Srª. de Fonte Arcada como consta de um livro de mão que se acha na Câmara daquela vila e filha dos Sr.es de Monte Rei de Gª. (no ttº. de Gouveias § 17 N 11 falando do casamento de Isabel de Seixas com Belchior de Gouveia se diz ser filha de Pedro de Seixas e neta de D. Sancha Vermudes filha dos Condes de Monte Rei em Galiza a qual fora Srª. de Fonte Arcada na Beira como se vê de um livro de mão que se conserva no Arquivo da Câmara de Fonte Arcada) 2 Pedro de Seixas 2 Baltazar ou Belchior de Seixas § 3 N 2 PEDRO DE SEIXAS fº. de Fernão de Seixas N 1 foi Sr. da Casa de seu pai e casou na de Balsemão com D. Joana Pinto filha de Luís Pinto da Fonseca Sr. da Casa de Balsemão e sua mulher Brites Annes Osório no ttº. de Pintos § 18 N 8 viveram os ditos no assento de Vila Gracia; este Pedro de Seixas com seu irmão por crimes que fizeram na sua terra vieram para casa do Abade de S. Salvador de Vila Gracia termo de vila de Basto o qual indo para Roma para assistir ao Concílio Tredentino que nesse tempo se celebrou alcançou breve para emprazar e aforar o passal, que ainda hoje se chama a quinta do Assento, dizem viveram para ali por dúvidas que tiveram com os Senhores de Marialva, e por isso foram presos no Castelo de Lamego, donde seu sogro Luís Pinto os tirou violentamente e por isso é que vieram para a quinta de vila Gracia onde hoje vive seu descendente Manuel da Fonseca Pinto 3 Gonçalo Pinto da Fonseca 3 Belchior Pinto da Fonseca § 2 3 Isabel de Seixas mulher de Belchior de Gouveia Coutinho fº. de Francisco de Gouveia c.g. no ttº. de Gouveias § 17 N 11 3 Agostinho Pinto de Seixas § 9 3 Baltazar Seixas segundo alguns § 3 N 3 GONÇALO PINTO DA FONSECA fº. de Pedro de Seixas N 2 foi casar à quinta de Alintem na freguesia de Aveleda concelho de Unhão com Juliana Teixeira Vieira filha H. de João Teixeira de Seixas e sua mulher Catarina Ribeiro da dita Casa no ttº. de Ribeiros § 46 N 2 4 João Pinto da Fonseca Ribeiro 4 Manuel Pinto da Fonseca s.n. 4 D. Maria Pinto da Fonseca mulher de Manuel da Silva Teles fº. B. do Sr. de Unhão c.g. na Casa da Azenha de Guimarães no ttº. de Pinheiros § 32 N 12 bem que lá se lhe dá a geração de outra mulher 4 Inês de Seixas mulher de Gregório de Magalhães c.g. no ttº. de Magalhães c.g. no ttº. de Ribeiros § 47 N ... 4 Catarina Pinto da Fonseca 4 Joana Teixeira da Fonseca s.m.n. que deixou a seu irmão João da Fonseca Ribeiro e Manuel por seus testamenteiros como consta de seu testamento feito a 27 de Março de 1624 que diz Faria de Andrade ter em seu poder 4 António Pinto da Fonseca c.g. no ttº. de Ribeiros § 48 N 4 N 4 JOÃO PINTO DA FONSECA fº. de Gonçalo Pinto da Fonseca N 3. Foi Sr. da Casa de Alentem. Casou com D. Jerónima Machado de Miranda filha de Giraldo Machado de Miranda e sua mulher Brites de Carvalho no ttº. de Machados § 12 N 22 onde corre. §2 N 3 BELCHIOR PINTO fº. de Pedro de Seixas N 2 do § 1 casou com Maria Vieira Teixeira da quinta de Alintem filha de João Teixeira Vieira Sr. da quinta de Alintem e sua mulher Catarina Ribeiro como consta do Instrumento de geração que fez seu neto Gonçalo Pinto que está no Arquivo da Casa de Vila Gracia 4 Pedro de Seixas § 4 4 João Pinto de Seixas
São Galegos descendem de um que cidade de Aceixas defendeu uma porta mui valorosamente por onde a cidade não foi tomada, matando três valentes Mouros e por isso tomou o apelido da porta da cidade de Aceixas e corrupto Seixas.
12

4 Baltazar de Seixas que alguns lhe dão a descendência de Baltazar no § 3 N 2 4 Maria de Seixas 4 D. Guiomar de Seixas mulher de Henrique Fernandes Ferreira teve 5 João Pinto da Fonseca, que teve 6 Dr. João da Fonseca 4 Isabel Osório mulher de Gonçalo Ribeiro já viúvo e foram pais de 5 Marta Ribeiro mulher de José Bernardes de Barros c.g. 4 D. Inês de Seixas mulher de Manuel Pinto de Amarante e teve 5 D. Joana de Brito da Fonseca N 4 MARIA DE SEIXAS filha de Belchior Pinto N 3 foi Srª. da Casa de Assento de Vila Gracia. Casou com Paulo Pinto Ribeiro fº. de Lançarote Pinto e sua 2ª mulher Violante de Freitas Ribeiro ttº. de Vasconcelos § 65 N 19 5 Gonçalo Pinto Ribeiro casado com Isabel de Vasconcelos filha de Isabel de Vasconcelos e seu marido Felipe da Silva da cidade do Porto c.g. no ttº. de Vasconcelos § 21 N 19. §3 N 2 BALTAZAR DE SEIXAS fº. de Fernão de Seixas N 1 do § 1 (outros seguem ser Baltazar de Seixas deste N 2 fº. de Pedro de Seixas e sua mulher § 1 N 2) que outros querem fazer fº. de Baltazar Pinto e sua mulher Maria Vieira Teixeira N 3 do § 2 casou com Francisca Gonçalves filha de Pedro Annes Ribeiro e sua mulher Isabel ou Francisca de Queiro mas como vai no texto é mais certo ttº. de Vasconcelos 3 Gaspar de Seixas casado com Isabel de Queirós filha de Ana de Queirós e seu marido Gonçalo Ribeiro c.g. no ttº. de Queirozes § 23 N 17 3 Felipa de Seixas 3 Pedro de Seixas Casou 2ª vez Baltazar de Seixas com Isabel Rebelo filha de João Rebelo e sua mulher ................... de Horta 3 Inês de Seixas mulher de Domingos Borges c.g. no ttº. de Mansilhas § 3 N 4 N 3 FELIPA DE SEIXAS filha de Baltazar de Seixas N 2 casou com Estácio Rebelo Pinto de Mesãofrio fº. de João Rebelo e sua mulher .................. de Horta irmã de Isabel Rebelo 2ª mulher de seu pai 4 Diogo de Seixas 4 Baltazar de Seixas § 6 4 João rebelo § 7 4 Silvério Pinto casou com Maria Meireles s.g. 4 Baltazar de Seixas casado com Margarida de Matos c.g. 4 Inês de Seixas § 8 N 4 DIOGO DE SEIXAS fº. de Felipa de Seixas N 3 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou em Telhão concelho de Penaguião com Bernardina Monteiro filha de António Monteiro 5 Estevão Rebelo que morreu homiziado pela morte de seu tio João rebelo. 5 ..................................................... §4 N 4 PEDRO DE SEIXAS fº. de Belchior Pinto N 3 do § 2 casou com Helena Veloso filha de Pedro Gonçalves e sua mulher Ana Fernandes ttº. de Odreiros 5 Belchior Pinto da Fonseca que andou na Alemanha com o ofício do Conde de Basto e depois foi Abade de Barqueiros 5 Helena Veloso § 5 5 O Dr. Gaspar Pinto N 5 O DR. GASPAR PINTO fº. de Pedro de Seixas N 4 foi grande estudante Colegial de S. Paulo Lente em Leis na Universidade de Coimbra, Dezembargador na Suplicação casou em Évora com Maria de Sequeira da mesma cidade e filha de Francisco Rodrigues de Sequeira e de Margarida Juzarte 6 D. Maria Pinto que foi sua H. casada com seu parente Luís Pinto da Fonseca Morgado de Balsemão fº. de Luís Pinto de Sousa Sr. de Balsemão c.g. no ttº. de Pintos § 17 N 12. §5

N 5 HELENA VELOSO filha de Pedro de Seixas N 4 do § 4 enamorou-se de um criado de seu irmão Gaspar Pinto, chamado João Pinto Soares o qual fugiu com ela para Castela onde morreram e se receberam a 6 de Junho de 1631 na Igreja de S. Romão de Mouriz do Bispado do Porto onde ele nascera. Era filho de Domingos Pinto e sua mulher Maria Soares neto paterno de Baltazar Gonçalves e sua mulher Brites Vaz da mesma freguesia e materno de Fernão Soares e sua mulher Catarina Antónia de S. Miguel de Urro, e pelos Soares são descendentes de Henrique Teixeira e sua mulher Genebra Soares da quinta do Porco concelho de Penafiel que foi Porteiro da Câmara do Infante D. Duarte Fidalgo da sua Casa e do Rei D. João III o que tudo consta de uma justificação de nobreza que fizeram seus descendentes Sr.es da Casa do Outeiro da freguesia de Toloins termo de Basto 6 Belchior da Fonseca 6 Maria de Seixas da Fonseca N 6 MARIA DE SEIXAS DA FONSECA filha de Helena Veloso N 5 por morte de seu pai veio de Castela para casa de seu tio Abade de Barqueiros que a dotou com Marçal Vieira fº. de Ambrósio Vieira e sua mulher Maria da Silva moradores no lugar do Outeiro da freguesia acima dita neto paterno de Brás Gonçalves e sua mulher Isabel Ribeiro moradores no lugar do Casal que tem seus descendentes 7 Francisco de Seixas que não casou 7 Ana de Seixas Vieira 7 N ........................... de quem João Ribeiro músico de Amarante teve 8 Ana de Seixas c.g. N 7 ANA DE SEIXAS VIEIRA filha de Maria de Seixas N 6 casou com António Monteiro Álvares morador no Casal do Boco da freguesia de Fervença termo de vila de Basto fº. de Francisco Monteiro morador no mesmo Casal e de sua mulher ............................, Francisco Monteiro dizem que era fº. de Manuel Monteiro dos da quinta de Vinhal da mesma freguesia de Fervença e sua mulher Margarida Francisca, neto paterno de António Álvares Monteiro e sua mulher Isabel Álvares Sr.es da mesma quinta do Vinhal, 2º neto de Manuel Monteiro e sua mulher ................ de Moura , 3º neto de Álvaro Annes e sua mulher Maria Monteiro, 4º neto de João Álvares Sr. da dita quinta do Vinhal que foi de todos seus descendentes até a venderam, e sua mulher Brites Álvares Bravo 8 António de Seixas Pinto N 8 ANTÓNIO DE SEIXAS PINTO fº. de Ana de Seixas N 7 foi Sr. da Casa de seu pai fez justificação da sua nobreza em 1750 e tirou Brasão de Armas donde consta o acima dito e foi para o Brasil por conta de muitas dívidas, viveu no Casal do Outeiro. Casou com Maria Josefa dos Anjos filha de Pedro Álvares Nogueira e de sua mulher ................................ moradores na freguesia de Pena Casa do Cabo do Lugar de Pena termo de Vila Real 9 João Manuel de Seixas 9 Urbano Henriques 9 Raimundo, todos sem estado em 1762. §6 N 4 BALTAZAR DE SEIXAS fº. de Felipe de Seixas N 3 do § 3 casou com Brites Ramalho parente dos Ramalhos de ovelha filha de ................................. 5 Gaspar de Seixas N 5 GASPAR DE SEIXAS fº. de Baltazar de Seixas N 4 diz Fr. Reimundo que casou com Ana de Mariz filha de Simão de Araújo e sua mulher ............................ neta de ..................... Borges de Canavezes mas o Faia chama à mulher de Gaspar de Seixas Damásia de Araújo e diz tem descendência no ttº. de Borges do Douro de que não temos por ora notícia. §7 N 4 JOÃO REBELO fº. de Felipa de Seixas N 3 do § 3 casou com Brites Ferreira já viúva filha de ................................... 5 Brites Ferreira mulher de ........................ Correia de Canelas s.m.n. §8

N 4 INÊS DE SEIXAS filha de Felipa de Seixas N 3 do § 3 casou com Domingos Borges fº. de ................................. 5 Baltazar Borges 5 Diogo Borges casado com Felicita Cerqueira s.m.n. 5 Anastácia de Seixas casada com Manuel Rodrigues s.m.n. N 5 BALTAZAR BORGES DE SEIXAS fº. de Inês de Seixas N 4 casou com Brites Ramalho que tinha sido casada com Baltazar de Seixas no § 6 N 4 s.m.n. §9 N 3 AGOSTINHO PINTO DE SEIXAS fº. de Pedro de Seixas N 2 do § 1 foi Dezembargador da Relação de Lisboa, Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com D. Mariana da Silva filha de Tristão de Abreu da Silva Chanceler Mor da Índia em 1509 até 1512 4 D. Vicência da Silva 4 D. Paula da Fonseca N 4 D. VICÊNCIA DA SILVA filha de Agostinho Pinto de Seixas N 3 casou com Afonso Criado Vieira de Almeida moço da Câmara do Rei D. sebastião Cavº. Fidalgo da Sua Casa Capitão de Infantaria de Cascais fº. de João Vieira Criado Cavaleiro Fidalgo da Casa Real e seu Moço da Câmara que passou a Guarda Roupa por Alvará de 25 de Março de 1575 e tirou brasão de Vieiras a 11 de Junho de 1571 e de sua 1ª mulher D. Antónia de Almeida natural de Santarém filha de Gaspar Vaz Leite Moço da Câmara do dito Rei e sua mulher D. Antónia de Almeida ttº. de Leites § 18 N 10 ver ttº. de Machados § 100 sub N 23 de Vieiras § 149 N 10 5 D. Maria Vieira Criado de Almeida mulher de Matias Freire da Fonseca c.g. no ttº. de Machados § 100 sub N 23. § 10
SEIXAS DE BIDUIDO EM ESGUEIRA

N 1 FERNANDO DE SEIXAS fº. de ......................................... (era dos Seixas Cabrais de Viseu), não sabemos de quem era filho, militou no tempo do Rei D. João II, viveu na cidade de Coimbra no terreiro de Sansão; casou com Inês de Morais; era Fernando de Seixas parente do Bispo D. João de Seixas 2 Henrique de Seixas N 2 HENRIQUE DE SEIXAS fº. de Fernando de Seixas N 1 foi Mamposteiro Mor dos Cativos da Comarca de Coimbra; casou com Leonor Nunes filha de João de Couros e D. Isabel Nunes no ttº. de Gouveias § 124 N 9 3 Simão de Seixas 3 ................................. a quem se passou Brasão de Armas por onde se mostra sua nobreza. N 3 SIMÃO DE SEIXAS fº. de Henrique de Seixas N 2 (Cavaleiro da Ordem de Cristo) foi Mamposteiro Mor de Coimbra. Casou com Antónia ou Ana Moreira Castelo Branco 4 Manuel de Seixas Castelo Branco 4 D. Leonor de Seixas mulher de B.el Pedro de Mendanha Figueiroa abaixo Dr. em Leis c.g. abaixo sub N 4 N 4 MANUEL DE SEIXAS CASTELO BRANCO fº. de Simão de Seixas N 3 casou com D. Maria de Almeida de Mendanha Figueiroa filha de Pedro de Mendanha de Figueiroa Mamposteiro Mor dos Cativos de Coimbra seu cunhado Dr. em Leis e viveram em Coimbra e sua 2ª mulher Leonor Moreira, outros dizem ser D. Maria de Almeida de mendanha filha B. do dito Pedro de Mendanha ttº. de Mendanhas § 75 N4 5 João de Seixas Castelo Branco N 5 JOÃO DE SEIXAS CASTELO BRANCO fº. de Manuel de Seixas N 4 viveu em Coimbra foi Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com D. Paula de Vasconcelos natural de Lisboa filha de Paulo ou António Madureira Trigo natural de Trás-os-Montes M.e de Campo da Praça de Cascais e D. Maria de Vasconcelos 6 Francisco de Seixas Castelo Branco 6 D. Mariana de Seixas c.c. Manuel de Magalhães no Pedrógão ttº. de Magalhães § 72 N 12 c.g.

N 6 FRANCISCO DE SEIXAS CASTELO BRANCO fº. de João de Seixas N 5 (baptizado ma freguesia de Santa Cruz de Coimbra). Foi Cavaleiro da Ordem de Cristo e baptizado na freguesia de Santa Cruz de Coimbra, morou na freguesia de S.. Tiago de Beduido termo de Aveiro e depois em Cedofeita no Porto por casar com D. Francisca Barreto Coelho natural de Cedofeita filha de António Rodrigues Marques natural do Porto, Cavº. da Ordem de Cristo, procurador em Cortes pela R.am do Porto em 1680 e Padroeiro da Capela de S. Gonçalo em S. Eloi no Porto Almoxarife na dita cidade e vereador nela nos anos de 1679 – 1685 – 1689- 1693 e D. Luísa Barreto Coelho neta paterna do Capitão Gonçalo Rodrigues Marques Instituidor da Capela da Cabeça Santa em S. Eloi ou de S. Gonçalo onde tem sepultura e Tesoureiro da Câmara e Margarida Marques filha esta de Marcos Gonçalves e Maria Fernandes e o dito Gonçalo Rodrigues Marques fº. de Pedro Marques e Maria Rodrigues – D. Francisca Barreto Coelho acima era filha de João Barreto Coelho natural de Alenquer executor do Almoxarifado do Porto em 1635 e Maria Cortez neta paterna de André Barreto Coelho Cavº. Fidalgo Executor do Almoxarifado do Porto em 1626 e Luísa Teles natural de Alenquer e neta materna de António Lopes Cortez da cidade do Porto e Ana Lopes filha de Isabel Lopes Morena e seu 1º marido Silvestre João ttº. de Coelhos § 68 N 3 (ver ttº. de Castros § 81 Sub. N 4 - Costados no Tomo 2 fl. 180 vº) 7 António Carlos de Seixas Castelo Branco que foi Fidalgo da Casa Real por casar com D. Luísa Bernarda de Vasconcelos filha de Manuel de Lemos Pereira de Lacerda Moço Fidalgo da Casa Real, e sua mulher D. Maria Micaela de Macedo c.g. no ttº. de Lemos § 36 N 8. § 11 ( Este § está em branco no original) § 12 N 1 DIOGO DE SEIXAS o Velho fº. de ........................ foi Comendador de S André de Pinhel. Casou com Isabel Barreiros de Andrade (ver ttº. de Gouveias § 36 e Cardosos § 40) 2 Rui Barreiros de Seixas N 2 RUI BARREIROS DE SEIXAS fº. de Diogo de Seixas o Velho N 1 casou com Maria de Barros filha de Lopo de Barros no ttº. de Barros § 101 N 6 3 António Barreiros de Seixas Dezembargador no Porto Cavº. da Ordem de Cristo casado com D. Lucrécia de Azevedo filha de Manuel de Azevedo Cardoso c.g. no ttº. de Gouveias § 56 N 10 (ver Cost. 43 do Tomo 2) 3 Gaspar Barreiros Cónego de Évora 3 Lopo de Barros Cónego de Évora por renúncia de seu irmão Abade de Chavaens e Deão de Leiria em que o proveu o Bispo D. Brás de Barros Pereira de sua mãe 3 D. Francisca de Barros c.c. António Godinho e teve 4 D. Isabel Barreiros 4 D. Helena Barreiros mulher de Manuel Passanha (D. Francisca fazem alguns filha de Rui Barreiros e sua 1ª ou 2ª mulher D. Maria Lopes de Castelo Branco no ttº. de Abreus § 82 sub N 10). § 13 (Este § está em branco no original) § 14 N 1 DIOGO DE SEIXAS CASTELO BRANCO fº. de ................................ casou com Isabel Barroso irmã de Cristóvão Barroso (ver § 12 retro) 2 Felipa de Seixas casada com João Ferrão de Castelo Branco c.g. no ttº. de Cardosos § 40 N 6 § 15 (Este § está em branco no original) § 16 N ....... VASCO DE SEIXAS fº. de Vasco de Seixas ............................ casou com Luísa Ferreira Leitão filha de Pedro Simão Ferreira no ttº. de Amados § 33.

§ 17 N 1 GALISTEU DE SEIXAS foi chamado o velho, era fº. de ....................................., foi Cavaleiro da Ordem de S. Tiago e era natural de Selores 2 ..................................... 2 D. Helena de Sousa § 18 N 2 ................................ filha de Galisteu Seixas N 1 casou com Rui Martins Cavaleiro Fidalgo pelos serviços que fez em África a El Rei D. Manuel e D. João III fº. de Rui Martins e este foi o que em 1501 defendeu a El Rei de Fez e a seu irmão a entrada de Tânger com a espada na mão sustentado à porta da cidade todo o peso do conflito (veja-se Mariz no seu Diálogo dos Reis de Portugal) 3 D. Helena de Sousa c.c. Francisco de Magalhães fº. de Rui Tristão de Magalhães e sua mulher Bárbara de Mesquita c.g. no ttº. de Mesquitas § 5 N 6 3 D. Juliana de Sousa c.c. Francisco Gonçalves Vassalo fº. de André Gonçalves c.g. no ttº. de Gonçalves de Anciaens § 1 N 3. § 18 N 2 D. HELENA DE SOUSA filha de Galisteu de Seixas N 1 do § 17 casou com Pedro Esteves Pereira o novo Moço Fidalgo fº. de Pedro Esteves Pereira o velho homem rico e poderoso de Mourão e D. Maria Pereira natural de Vale de Torno 3 Baltazar de Seixas N 3 BALTAZAR DE SEIXAS fº. de D. Helena de Sousa N 2 era natural de Mourão casou com D. Brites de Almeida que dizem ser dos Almeidas de Abrantes 4 D. Marta de Almeida.

§ 19
SEIXAS DE VILA FLOR

N 1 JORGE GONÇALVES fº. de ........................... de Carvalho da Vila de Amarante casou com Catarina Nunes. Foi Jorge Gonçalves Juíz do Crime Cível e Órfãos no concelho e honra de Ovelha 2 Gaspar Jorge de Seixas N 2 GASPAR JORGE DE SEIXAS fº. de Jorge Gonçalves N 1 casou com Isabel Dias Salgado moradores no concelho e honra de Ovelha onde serviu o dito Gaspar Jorge de Juíz e Vereador 3 António Jorge de Seixas 3 Manuel Dias Salgado casado na Veiga com Antónia Gonçalves § 20 N 3 ANTÓNIO JORGE DE SEIXAS fº. de Gaspar Jorge N 2 13 casou em Vila Flor com Marinha de Seixas filha de Cristóvão de Seixas e sua mulher D. Isabel de Morais neste ttº. § 23 N 5 Marinha de Seixas era H. do Morgado de S. Domingos e Vale de Castelões 4 Domingos Jorge de Seixas, que instituiu N 4 DOMINGOS JORGE DE SEIXAS fº. de António Jorge N 3 instituiu o Morgado de Candozo e na falta de sua descendência chamou para Administradores os descendentes de seu tio Manuel Dias Salgado da Veiga; casou com Isabel de Almeida filha de António Gomes e Maria de Almeida no ttº. de Pintos § 336 N 14 5 D. Mariana de Almeida Meireles que casou com João de Seixas Cabral de Lemos fº. de Diogo Montes de Lemos e D. Francisca Cabral c.g. no ttº. de Madureiras § 31 N 6 neste ttº. § 34 N 6 c.g.

§ 20

António Jorge de Seixas dizem vindo da Comieira outros dizem de Bobadela outros o fazem fº. ao dito António Jorge de Manuel Jorge de Seixas e Vasconcelos e D. Luísa de Queirós Botelho neto de António Vicente de Vasconcelos Capitão de Infantaria no concelho de Amarante no tempo dos Felipes que era descendente de Gaspar Jorge fº. de Jorge Gonçalves N 1.

13

N 3 MANUEL DIAS SALGADO fº. de Gaspar Jorge de Seixas N 2 do § 19 foi casar a Veiga com Antónia Gonçalves em 1613 fez justificação de sua nobreza a qual ainda se conserva em que justificou ser fº. de pais e avós que se dizem, e que estes serviram de Juízes e vereadores no concelho e honra de Ovelha e cristãos velhos (vista esta justificação parece erro ou engano o que se diz na Nota acima foi feita esta justificação em 30 de Dezembro de 1613 na honra de Ovelha) 4 D. Antónia Dias Salgado foi H. N 4 D. ANTÓNIA DIAS SALGADO filha H. de Manuel Dias Salgado N 3 casou com Gonçalo Gonçalves Pereira 5 Manuel Dias Salgado fez tttº. em 1694 § 21 5 Cecília Martins Salgado 5 Francisco Álvares Salgado Vigário de Ovelha 5 Fr. João Cristo Beneditino Abade de S. Tirso N 5 CECÍLIA MARTINS filha de D. Antónia Dias Salgado N 4 e neta de Manuel Dias Salgado N 4 (esta Cecília Álvares era consorte no Prazo que os Frades de Travanca fizeram a Manuel Dias Salgado § 21 N 5 donde consta eram irmãos) casou com António Álvares Pereira da Veiga como consta dos Prazos de Travanca e deum Prazo consta que ela irmão de Manuel Dias Salgado é nomeada num Prazo Dona viúva do dito António Álvares Pereira, este fº. de André Álvares Pereira e sua mulher Catarina Pinto que veio da Casa da Estrada em Sanhoane, neto paterno de Lourenço Álvares Pereira Sr. da Casa da Estrada que era fº. de Amador Gonçalves Sr. da Casa do Casal Grande da Veiga 6 Manuel João Álvares Pereira N 6 MANUEL JOÃO ÁLVARES PEREIRA fº. de Cecília Martins N 5 foi Sr. da Casa do Casal Grande da Veiga, concelho de Penaguião casou com Catarina Álvares de Mesquita da Casa da Portelinha filha de Pedro de Mesquita o velho; não acho em Mesquitas 7 Luís Pereira Álvares de Mesquita 7 Maria Pereira de Mesquita § 22 N 7 LUÍS PEREIRA ÁLVARES DE MESQUITA fº. de Manuel João Álvares Pereira N 6 foi Sr. da Casa do Casal Grande. Casou com D. Ana Maria de Queirós filha de António Moreira Sr. da quinta da Gandra freguesia de Galdafe e sua mulher Maria de Queirós 8 Henrique Vicente Pereira de Mesquita Sr. da Casa c.c. D. Brites de Sousa Sanhudo filha de André Soares e sua mulher . Brites Luís no ttº. de Ferrazes § 32 N 14 s.g. 8 Joaquim José Álvares Pereira da Silveira Sr. da Casa do Casal Grande no concelho de Penaguião casado com D. Ana Maria Pereira de Vasconcelos filha de D. Josefa Luísa de Sousa e Jerónimo da Fonseca Carneiro c.g. no ttº. de Ferrazes § 33 N 15.

§ 21
N 5 MANUEL DIAS SALGADO fº. de D. Antónia Dias Salgado N 4 do § 20 (morreu na Veiga em que fez tttº. no ano de 1694) viveu na Veiga casou com D. Maria Guedes 6 Manuel Guedes Salgado s.n. 6 Fr. Damião Beneditino e Pprocurador G.al da Ordem 6 Fr. João da Conceição visitador Geral da mesma Ordem 6 D. Escolástica Guedes Salgado N 6 D. ESCOLÁSTICA GUEDES SALGADO filha de Manuel Dias Salgado N 5 foi H. Casou com Manuel Guedes Pinto Sr. da quinta da Portela em Lourº. De Penaguião que antigamente foi muito grande e hoje se acha dividida. 7 D. .............................. 7 D. .............................., sem estado 7 José Manuel Guedes Pinto da Fonseca 7 Dr. Fr. António de S. José Guedes Beneditino Lente na Universidade N 7 JOSÉ MANUEL GUEDES PINTO fº. de D. escolástica Guedes N 6 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo casou na Vila de Lordelo com D. Maria Vitoria de Azevedo Vasconcelos filha de João Monteiro de Vasconcelos Fidalgo da Casa Real e D. Clara Rosa de Magalhães Pinto de Moura ttº. de Vasconcelos § 132 N 23 (moradores na sua quinta da Quintão de Gondim termo de Penaguião) 8 Francisco Baptista Guedes Pinto de Vasconcelos Monteiro.

§ 22
N 7 MARIA PEREIRA DE MESQUITA filha de Manuel João Álvares Pereira N 6 do § 20 casou no lugar da Veiga com Manuel Álvares Rebelo fº. de Baltazar Rebelo 8 D. Joana Maria Pereira Rebelo N 8 D. JOANA MARIA PEREIRA REBELO filha única de Maria Pereira de Mesquita N 7 casou com Manuel Teixeira Pereira, fº. de André Teixeira Pereira e viveram na Casa de Portelinha da Veiga 9 Francisco Xavier Teixeira Pereira, formado 9 Joaquim Manuel Teixeira N 9 JOAQUIM MANUEL TEIXEIRA PEREIRA fº. de D. Joana N 8 (Joaquim Manuel foi formado e leu no Dzº. do Paço mas não quis depois servir, e vieram na Portela da Veiga) casou com D. Maria Engrácia de Queirós filha H. de José Álvares Mourão e sua mulher D. Engrácia Maria Teixeira de Azevedo 10 D. Joana, morreu nova 10 Luís, o mesmo 10 D. Florinda Rita Teixeira de Queirós que foi H. casada com seu parente António de Moura Coutinho c.g. no ttº.

§ 23
N 3 CALISTO DE SEIXAS fº. de ................................... que era neto ou segundo neto de Galisteu de Seixas § 17 N 1 c.c. ........................................ 4 António de Seixas N 4 ANTÓNIO DE SEIXAS fº. de Calisto de Seixas N 3 casou com D. Maria de Almendra 5 Cristóvão de Seixas N 5 CRISTÓVÃO DE SEIXAS fº. de António de Seixas N 4 casou com D. Isabel de Morais filha de Lopo Borges (vai nos Pintos § 325) 6 João Borges de Morais Capitão Mor de Vila Flor c.c. D. Isabel de Morais c.g. 6 D. Mariana de Seixas que alguns dizem ser B. casada com António Jorge de Seixas neste ttº. § 19 N 3

§ 24
N 1 VASCO DE SEIXAS CABRAL fº. de ........................................ casou com D. Rosa de Moura 2 D. Maria Cabral N 2 D. MARIA CABRAL filha de Vasco de Seixas N 1 casou com Belchior Pinto Juíz dos Órfãos de S. João da Pesqueira 3 Vasco Seixas Cabral N 3 VASCO DE SEIXAS CABRAL fº. de D. Maria Cabral N 2 foi Juíz dos Órfãos de S. João da Pesqueira, casou com D. Ana Teixeira de Sousa 4 João de Seixas Cabral N 4 JOÃO DE SEIXAS CABRAL fº. de Vasco de Seixas N 3 foi casar a Vila Flor com D. Joana Pinto de Azevedo Srª. do Morgado de S. João filha de Catarina Pinto e seu marido Agostinho Machado no ttº. de Pintos § 340 N 13 5 D. Francisca Cabral de Macedo c.c. Diogo Montes e Lemos fº. de Paulo de Montes Madureira c.g. no ttº. de Madureiras § 31 N 5 de que teve 6 João de Seixas Cabral c.c. D. Mariana Pinto filha de Domingos Jorge de Seixas neste ttº. § 19 N 4.

SEQUEIRAS N 1 JOÃO PIRES REDONDO fº. 1º de Pedro Soares Escaldado casou 1ª vez com D. Gotinha Soares de Melre filha de Soeiro Reimundo de Riba de Vizela e D. Urraca Viegas Conde D. Pedro fl. 276 N 7 ttº. de Melos § ... no Conde D. Pedro fl. 230 N 53 2 D. Maria Annes casou 1ª vez com Mem Pires Coronel e casou 2ª vez com Gomes Correia 2 D. Teresa Annes mulher de Pedro Homem Pereira 2 D. Brites Annes que casou com Pedro Soares Coelho e casou 2ª vez com Rui Moniz de Nomaes 2 D. Guiomar Annes 2 D. Urraca Annes Casou 2ª vez João Pires com D. Mor Pires filha de Pedro Rodrigues de Pereira e D. Maria Pires Gravel Conde D. Pedro fl. 56 N 14 2 Gonçalo Annes Redondo 2 Pedro Annes redondo c.g. § 17 2 Rodrigo Annes Redondo c.g. § 18 2 Martim Annes Redondo c.g. § 19 2 Joane Annes Redondo c.g. § 20 2 D. Constança Annes casada com João Doraens e casada 2ª vez com Rui Garcia de Panha 2 D. Froile Annes Casou 3ª vez com D. Maria Annes filha de João Reimondo Porto Carreiro s.g. N 2 GONÇALO ANNES REDONDO fº. da 2ª mulher de João Pires Redondo N 1 casou 1ª vez com D. Teresa Esteves de Freitas filha de Martim de Freitas s.g. casou 2ª vez com D. Urraca Fernandes de Andrade filha de Fernando Pires de Andrade 3 Martim redondo de Sequeira 3 Nuno Redondo 3 Álvaro Gonçalves Redondo casado com D. Brites Fernandes filha de Fernão Afonso de Cambra, teve 4 Inês Gonçalves de Sequeira mulher de Gonçalo Vasques de Moura fº. de Gonçalo Vasques de Moura ttº. de Mouras § 1 N 3 3 D. Mor Gonçalves mulher de Afonso Rodrigues de Espinho § 21 3 D. Joana Gonçalves, freira 3 D. Maria, freira N 3 MARTIM REDONDO DE SEQUEIRA fº. de Gonçalo Annes Redondo N 2 tomou o apelido de Sequeira. Casou com D. Leonor Rodrigues filha de Rui Mendes de Melo, e neta de Mem Soares de Melo ttº. de Melos § 50 N 6 4 Martim Redondo morou na Beira 4 D. senhorinha Martins mulher de João Gomes da Silva c.g. no ttº de Silvas § 5 N 6 4 D. Sancha Martins mulher de Aires Gomes da Silva c.g. no ttº de Silvas 1 N 7 Destes Sequeiras antigos se supõem vierem os que se seguem visto os seguintes trazerem as mesmas Armas que estes. O Conde D. Pedro trata de outros Sequeiras descendentes do dito D. Pedro Coronel. §2
SR.ES DO MORGADO DE S. BRÁS

N 1 D. FERNANDO RODRIGUES DE SEQUEIRA foi Comendador Mor de Aviz e depois M.e e sucessor ao Rei D. João I o qual Rei lhe fez mercê ................................ que os Reis tinham em S. Vicente da Beira jaz sepultado no Convento da Igreja de Aviz e foram seus irmãos Álvaro Gonçalves de Sequeira Alcaide Mor de Lisboa por mercê de El Rei D. Pedro e D. Isabel Gonçalves de Sequeira progenitora dos Sr.es da Palma no § 3; teve o dito Mestre de Aviz 2 D. Nuno Fernandes de Sequeira s.g. instituidor do Morgado dos Sequeiras da vila de Moura em 1436 2 D. Garcia Rodrigues de Sequeira 2 D. Antónia Rodrigues de Sequeira N 2 D. GARCIA RODRIGUES DE SEQUEIRA fº. B. de D. Fernando Rodrigues de Sequeira N 1 herdou o Morgado de S. Brás de Moura, que fundou seu irmão mais velho D. Nuno; e foi Comendador e Mestre de Aviz, e do Conselho de El Rei D. Duarte

3 Rui Fernandes de Sequeira N 3 RUI FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de D. Garcia Rodrigues de Sequeira N 2 foi Sr. do Morgado de S. Brás. Casou com D. Maria de Bicos filha de Lopo Vaz de Castelo Branco Alcaide Mor de Moura, e Almotace, e Monteiro Mor 4 Nuno Fernandes de Sequeira N 4 NUNO FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de Rui Fernandes de Sequeira N 3 casou com D. Beatriz Vieira 5 Rui Fernandes de Sequeira N 5 RUI FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de Nuno Fernandes de Sequeira N 4 herdou o Morgado de S. Brás. Casou com D. Francisca Fardelhoa filha de ........................... outros fazem fº. este Rui Fernandes de Sequeira do que leva por avô N 3 6 D. Leonor de Sequeira N 6 D. LEONOR DE SEQUEIRA filha de Rui Fernandes de Sequeira N 5 herdou o Morgado de S. Brás. Casou com Simão Pereira fº. de João Fernandes Pereira, e sua mulher D. Constança de Abreu neto de Fernão Pereira da Casa da Taipa, e sua mulher D. Catarina Lobo filha de Diogo Lopes Lobo, Sr. de Alvito e sua mulher D. Isabel de Sousa filha do Mestre de Cristo no ttº. de Pereiras § 106 N 4 onde se vê ser Francisco Pereira casado com D. Catarina Lobo, pois o era com D. Helena de Brito 7 Fernão Rodrigues de Sequeira N 7 FERNÃO RODRIGUES DE SEQUEIRA fº. de D. Leonor de Sequeira N 6 herdou o Morgado de S. Brás. Casou com D. Joana da Fonseca Dama da Princesa D. Joana mãe de El rei D. Sebastião filha de Afonso Fernandes Correia Chanceler Mor de El Rei D. Manuel, e seu Embaixador a França, e sua mulher D. Isabel Cardoso da Fonseca filha de Luís Pinto da Fonseca Morgado de Balsemão no ttº. de Pintos § 17 N 8 ttº. de Pintos § 235 N 9 8 Rui Fernandes de Sequeira N 8 RUI FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de Fernão Rodrigues de Sequeira N 7 foi Sr. do Morgado de S. Brás Moço Fidalgo em Aviz junto ao Mestre. Casou 1ª vez com D. Asensa de Moura filha de João Dias Mendes irmão de Lopo Rodrigues Mendes Tesoureiro da Alfândega de Lisboa 9 Luís de Sequeira Pereira Casou 2ª vez com D. Inês de Moscozo Osório filha de D. Paio Sorede de Monte Negro Sr. de Maurente em Galiza, e viúva de Pedro de Mendonça Furtado 9 D. Mariana de Moscozo 2ª mulher de D. João de Frias Salazar § 15 9 D. Luís de Moscozo Sequeira casado com D. Catarina de Abreu filha de Jerónimo Pimenta de Abreu Colegial de S. Pedro e sua mulher D. Ana de Sousa N 9 LUÍS DE SEQUEIRA PEREIRA fº. da 1ª mulher de Rui Fernandes de Sequeira N 8 foi Sr. do Morgado de S. Brás. Casou com D. Felipa de Castro filha de Lopo Álvares de Moura, e de D. Maria de Castro 10 Rui Fernandes de Sequeira N 10 RUI FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de Luís de Sequeira N 9 foi Sr. da Casa de Sequeira casou com D. Francisca de Abreu filha de António de Abreu de Sousa, e D. Joana de Meneses no ttº. de Abreus § 80 N 9 11 Luís António de Sequeira casado duas vezes s.g. 11 António Pereira de Sequeira, frade 11 D. Felipa, freira 11 D. Luísa, freira 11 D. Leonor de Sequeira N 11 D. LEONOR DE SEQUEIRA filha de Rui Fernandes de Sequeira N 10 sucedeu no Morgado de Sequeiras da Vila de Moura a que está vinculado o dar de gentar a El rei quando fosse a S. Vicente. Casou com Simão Pereira de Brito fº. de ................................. c.g. §3
SR.ES DA TORRE DA PALMA

N 1 . ISABEL GONÇALVES DE SEQUEIRA irmã do Mestre de Aviz D. Fernando Rodrigues de Sequeira N 1 do § 2. Casou com ................................. de Cerveira 2 Fernão Vaz de Sequeira N 2 FERNÃO VAZ DE SEQUEIRA fº. de D. Isabel Gonçalves de Sequeira N 1 (foi Fernão Vaz de Sequeira Fidalgo muito autorizado que fez grandes serviços ao Sr. Rei D. João I que lhe deu a Torre da Palma no § 4 se diz que Rui de Gil de Sequeira trocara a Torre de Palma com este seu primo Fernão Vaz de Sequeira). Foi Sr. da Torre da Palma. Casou com ....................................... 3 Pedro Vaz de Sequeira 3 Álvaro Mendes Cerveira que teve duas outras Comendas. Casou com Maria de Sousa filha de Gonçalo Rodrigues de Sousa Capitão de Ginetes 3 Rui de Sequeira § 9 N 3 PEDRO VAZ DE SEQUEIRA fº. de Fernão Vaz de Sequeira N 2 foi Sr. da Torre da Palma. Casou 1ª vez com D. Felipa filha de Fernão Falcão e neta de João Falcão a qual matou ttº. de Falcões § 1 N 4 4 D. Joana de Sequeira mulher de D. Afonso Monroy M.e de Alcantra s.g. no ttº. de Monroys § 1 N1 Casou 2ª vez com D. Isabel Monroy filha de seu genro D. Afonso Monroy no ttº. de Monroys § 1 N 1 4 Pedro Vaz de Sequeira N 4 PEDRO VAZ DE SEQUEIRA fº. de Pedro Vaz e sua 2ª mulher N 3 casou 1ª vez com D. Eyria filha de João Palha Alcaide Mor da fronteira; foi Pedro Vaz de Sequeira Fidalgo da Casa Real ttº. de Palhas § 2 5 Fernão Vaz de Sequeira 5 João Palha de Sequeira § 7 5 Heitor de Sequeira 5 D. Isabel de sequeira casada com Diogo Fernandes de Monroy ttº. de Monroys § 4 N 2 Casou 2ª vez com D. Isabel de Brito viúva de Simão de Monroy e filha de Diogo de Brito de Elvas no ttº. de Britos 5 Gonçalo de Sequeira § 8 6 Constança de Brito c.c. João Mendes do Rio c.g. no ttº. de Rios § 2 N 3 N 5 FERNÃO VAZ DE SEQUEIRA fº. da 1ª mulher de Pedro Vaz de sequeira N 4 casou com D. Constança filha de Simão de Monteroy ou Monroy ttº. de Monteroyos § 5 N 10 6 Lopo Vaz d Sequeira 6 Afonso de Monroy § 6 6 Francisco de Brito de Sequeira § 5 N 6 LOPO VAZ DE SEQUEIRA fº. de Fernão Vaz de Sequeira N 5 morreu em África por cavo de um 3º casou com D. Ana de Gouveia filha de António de Gouveia Secretário do Duque de Bragança 7 Fernão Vaz de Sequeira s.g. 7 Luís de Monroy de Sequeira 7 Pedro Vaz de Sequeira c.c. D. Leonor da Silva s.g. 7 D. Bárbara freira em Monforte N 7 LUÍS DE MONROY DE SEQUEIRA fº. de Lopo Vaz de Sequeira N 6 casou com D. Mécia Pereira filha de Asenso de Sequeira de Elvas neste ttº § 4 N 5 e sua mulher D. Isabel Pereira 8 Lopo Vaz de Sequeira 8 Afonso de Sequeira Monroy § 10 8 Fernão Vaz de Sequeira N 8 LOPO VAZ DE SEQUEIRA filho de Luís Monroy N 6 foi Sr. da Torre de Palma casou com D. Brites de Vilhena filha de Asenso de Sequeira e sua mulher D. Joana de Vilhena neste ttº. § 4 eram primos 9 Luís Vaz de Sequeira morreu s.g. 9 D. Joana mulher de seu parente Asenso de Sequeira s.g. vagou a Torre da Palma para a Coroa.

§4
SIQUEIRAS FREIRES

N 1 RUI GIL SIQUEIRA foi sobrinho de Fernando Rodrigues de Siqueira § 2 N 1 Mestre da Ordem de Aviz que sucedeu a El Rei D. João I tendo sido antes Comendador Mor da dita Ordem como o foram quatro Comendadores Mores dos deste apelido como Fr. Lopo Siqueira o segundo que foi progenitor dos Siqueiras Alcaides Mores do Alandroal dos quais foi Diogo Lopes Siqueira 4º Governador da Índia, foi também Fr. Diogo Álvares Siqueira; e Fr. Gracia Álvares Siqueira de todos estas há descendência; foi o dito Rui Gil Siqueira Alcaide Mor de Elvas lugar em que sucedeu a seu avô materno Gil Fernandes o Bom foi o 1º Sr. do Couto e defesa de Palma no termo da vila de Monforte que trocou com seu primo irmão Fernão Vasques Siqueira sobrinho do dito M.e filho de sua irmã D. Isabel Gonçalves de Siqueira em cuja casa se continuou até Lopo Vaz de Siqueira em que vagou para a Coroa; foi Rui de Siqueira casado com Milícia Gomes da Silva que se entende ser filha ou neta de Aires Gomes da Silva 2 Estevão de Siqueira e outros N 2 ESTEVÃO DE SIQUEIRA fº. de Rui de Siqueira N 1 passou a Castela com a Raínha D. Joana a qual lhe deu a Alcaidaria Mor da Vila de Maganha que defendeu à sua custa no tempo das alterações e por esta causa passou a Portugal viveu na vila de Arronches casou com Isabel Ferreira 3 Maria Sequeira N 3 MARIA DE SIQUEIRA filha de Estevão de Siqueira N 2 casou a 1ª vez com Afonso Álvares Pestana Cavaleiro Vassalo de El Rei D. João II o qual era fº. de Fernão Gracia pessoa principal de Elvas e sua mulher Constança Álvares Siqueira filha do Comendador Mor de Aviz Diogo Álvares Siqueira ttº. de Garcia Monizes § 23 N 2 4 Gaspar Siqueira e outros 4 Estevão de Siqueira Casou 2ª vez Maria de Siqueira com Diogo da Gama dos Gamas principais de Elvas fº. de Diogo da Gama e D. ................... Sutil no ttº. de Gamas § 3 N 8 4 Francisco da Gama Siqueira de quem descende José de Sousa da Silva – José Gomes da Silva e Fernão de Mesquita de Évora corre no ttº. de Gamas § 3 N 4 GASPAR DE SIQUIERA fº. de Maria de Siqueira N 3 14 e seu primeiro marido, serviu a Infanta D. Brites Duquesa de Saboia com seu irmão Estevão de Siqueira como consta da Crónica de El Rei D. Manuel. Casou com D. Catarina Borges Coutinho filha de Henrique de Macedo Sr. da Vila de S. Seriz e outras terras e Moço Fidalgo e sua mulher D. Guiomar Borges Coutinho 5 Assenço Siqueira de Macedo N 5 ASSENÇO SIQUEIRA DE MACEDO fº único de Gaspar de Siqueira N 4 casou com D. Isabel Pereira filha de Lopo Sardinha da Gama Fidalgo principal de Elvas, e de Mécia Pereira de Vasconcelos que era filha de Gonçalo Pereira neta de Rui Pereira e bisneta de Gonçalo Rodrigues de Abreu Sr. de Castelo de Vide e de Senhorinha Pereira irmã do Condestável D. Nuno Álvares Pereira 6 Gaspar de Siqueira e Vasconcelos 6 Lopo Siqueira Bº de Portalegre e Bº da Guarda Prelado de Virtudes e letras 6 D. Mécia Pereira mulher de Luís de Monroy de Siqueira neste ttº. § 3 N 7 N 6 GASPAR DE SIQUEIRA fº. de Assenço de Siqueira N 5 passou ao Brasil por sua sentença de degredo e lá serviu foi Capitão de uma fortaleza, casou com D. Brites de Tovar filha de Manuel do Quintal Lobo e de D. Teresa Álvares Ferroa filha de Álvaro Lopes Ferrão 7 Assenço de Siqueira de Vasconcelos N 7 ASSENÇO SIQUEIRA DE VASCONCELOS fº. único de Gaspar de Siqueira N 6 serviu nas Armadas da Costa e foi Capitão de Mar e Guerra. Casou com D. Joana de Vilhena filha de D. Rodrigo Manuel irmão de D. Francisco Manuel bisavô de D. Cristóvão Manuel segundo Conde de Vila Flor e sua segunda mulher D. Felipa de Castro da Casa dos Condes de Mesquitela 8 Gaspar de Siqueira Manuel o 1º Capitão de Cavalos nas Guerras de Castela morreu com valor no choque de Moimoa 8 Rui Vaz de Siqueira N 8 RUI VAZ DE SIQUEIRA fº. 2º de Assenço de Siqueira N 7 achava-se em Coimbra no ano da Aclamação e foi um dos aclamadores; por morte de seu irmão serviu na Beira foi Governador do
Em outro vi ser este Gaspar de Siqueira deste N 4 fº. de Gonçalo de Siqueira, e neto de Rui de Siqueira Alcaide Mor de Monforte que dizia presumia ser criado da Casa de Bragança.
14

Maranhão e Comendador de S. Vicente na Ordem de Cristo. Casou com D. Francisca Freire de Andrade Srª. do Morgado de Crestelo termo de Viseu filha de D. Martinho de Melo e D. Joana Freire sua primeira mulher Srª. do dito Morgado, neta paterna de D. Luís de Melo e sua mulher D. Catarina de Azevedo e neta materna de Álvaro Freire de Andrade e sua mulher D. Francisca de Campos 9 Assenço de Siqueira Freire N 9 ASSENÇO DE SIQUEIRA FREIRE fº. de Rui Vaz de Siqueira N 8 casou segunda vez por da 1ª não ter descendência com D. Joana de Sousa Chichorro filha herdeira de Vasco Martins de Sousa Chichorro Sr. do Morgado do Rayro termo da vila de Alenquer 5º neto por varonia de Vasco Martins de Sousa Chichorro Capitão de Ginetes de El Rei D. Afonso V que passou armado o Douro por avisar o Príncipe D. João filho do dito Rei da traição da Ponte (como diz Resende) e sua mulher D. Leonor de Tavora neta paterna a dita D. Joana de Jerónimo de Sousa Chichorro e sua mulher D. Maria da Silva H. e neta materna de Diogo Lopes Pereira Sr. de Quebrantoins e sua mulher D. Helena de Tavora nos Vasconcelos 10 Rui Vaz de Siqueira Freire de Sousa Chichorro 10 Vasco Martins de Siqueira 10 Lopo Vaz de Siqueira 10 João Baptista de Siqueira 10 D. Leonor Francisca de Sousa Chichorro N 10 VASCO MARTINS DE SOUSA DE SIQUEIRA fº. de Assenço de Siqueira N 9 foi Comendador de S. Vicente de Abrantes desistiu nele a Casa seu irmão mais velho; casou com D. Maria Claúdia de Noronha filha de António de Magalhães Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Catarina Luísa Cardoso no ttº. de Magalhães § 2 N 14.

§5
N 6 FRANCISCO DE BRITO DE SEQUEIRA fº. de Fernão Vaz de Sequeira N 5 do § 3 casou na Índia com D. Maria Rangel filha de Diogo Corvo 7 Fernão Vaz de Sequeira N 7 FERNÃO VAZ DE SEQUEIRA fº. de Francisco de Brito de Sequeira N 6 foi Capitão de navios casou com D. Mariana de Melo filha de António Rodrigues Soares.

§6
N 6 AFONSO DE SEQUEIRA ou DE MONROY fº. de Fernão Vaz de Sequeira N 5 do § 3 casou com D. Clemência filha de Lourenço Ribeiro 7 Pedro Vaz de Sequeira 7 D. Luísa.

§7
N 5 JOÃO PALHA DE SEQUEIRA fº. de Pedro Vaz de Sequeira N 4 do § 3 casou em Monforte com D. Margarida filha de João Álvares Chanquino 6 Fernão Vaz de Sequeira casou em Cabo Verde com D. Felipa filha de António de Lila que ele matou 6 Sebastião Monroy 6 Gonçalo de Sequeira casado com D. Brites de Almada filha de Cristóvão Palha de Almada e teve 7 D. Margarida de Sequeira casada com Pedro Palha Pereira irmão de seu avô de que teve 8 Luís de Palha c.g.s.n. 6 D. Brites de Monroy mulher de Nicolau Juzarte fº. de Cristóvão Juzarte no ttº. de Juzartes parte 2ª § 11 N 6 SEBASTIÃO DE MONROY fº. de João Palha N 5 casou em Cabo Verde com D. Maria filha de Belchior Dias 7 João Vaz.

§8

N 5 GONÇALO DE SEQUEIRA fº. da 2ª mulher de Pedro Vaz de Sequeira N 4 do § 3 ou segundo outros da 1ª mulher, casou com D. Genebra de Noli que era Fidalga e rica 6 D. Margarida mulher de Pedro Vaz de Sequeira 6 D. Eiria de Sequeira mulher de D. João Manuel.

§9
N 3 RUI DE SEQUEIRA fº. de Fernão Vaz sequeira N 2 do § 3 casou com Guiomar de Sousa filha de Gonçalo Rodrigues de Sousa Capitão de Ginetes e Comendador de .............................. e Nisa ttº. de Sousas § 320 onde vão 4 Gonçalo de Sequeira 4 Diogo de Sequeira N 4 GONÇALO DE SEQUEIRA fº. de Rui de Sequeira N 3 casou com D. Brites de Sousa filha de Fernão de Sousa, e sua mulher D. Maria Rodrigues 5 João Rodrigues de Sequeira 5 Rui Gonçalves de Sequeira 5 Pedro Vaz de Sequeira 5 Domingos Fernandes de Sequeira 5 D. Isabel de Sequeira N 5 JOÃO RODRIGUES DE SEQUEIRA fº. de Gonçalo de Sequeira N 4 casou com D. Catarina Rebelo filha de ................................. 6 Nicolau Rodrigues de Sequeira 6 Rui Gonçalves de Sequeira Capitão de Maluco casado com D. Felipa de Castro filha de António de Castro 7 N ...................................., casada com Manuel Soares Barbosa 6 D. Maria de Sousa mulher de Sancho de Toar c.g. 6 D. Brites de Sousa mulher de Pedro de Mesquita c.g. no ttº. de Sousas § 321 6 Gonçalo de Sequeira morreu no Cerco de Goa 6 D. Brites mulher de Pedro de Mesquita N 6 NICOLAU RODRIGUES DE SEQUEIRA fº. de João Rodrigues de Sequeira N 5 casou com D. Felipa de Sousa filha de António de Sousa 7 João Rodrigues de Sequeira 7 Martim Afonso 7 Gaspar de Sousa 7 Gonçalo de Sequeira Comendador de Trancoso no Arcebispado de Braga 7 D. Maria de Sousa mulher de ................................ 7 D. Joana de Sousa.

§ 10
SR.ES DE PRADO

N 1 AFONSO DE SEQUEIRA fº. de Luís Monroy de Sequeira N 7 do § 3 foi Amo da Excelente Senhora e com ela veio a este Reino porque seu pai tinha ido para Castela com a Rainha D. Joana mulher de El rei D. Henrique 4º. Casou com D. Brites de Melo filha H. de Fernão Soares de Albergaria Sr. de Prado, e sua mulher D. Isabel de Melo no ttº. de Soares de Albergaria § 4 N 7 2 Baltazar de Sequeira 2 D. Maria Soares mulher de João Álvares da Cunha Sr. de Pombeiro no ttº. de Cunhas 2 Bernardo de Sequeira N 2 BALTAZAR DE SEQUEIRA fº. de Afonso de Sequeira N 1 casou 1ª vez com D. Felipa de Lima filha de Lopo Gomes de Abreu Sr. de Regalados s.g. casou 2ª vez com D. Leonor de Castro filha de Gonçalo Pinto Sr. de Ferreiros de Tendais no ttº. de Pintos § 1 N 8 3 Diogo Soares de Melo 3 Manuel de Melo 3 D. Maria de Ataíde 3 B.

N 3 DIOGO SOARES DE MELO fº. de Baltazar de Sequeira N 2 Capitão Mor do Rio de Pegu onde estava rico, e lá o mataram por tomar por força uma moça que estava para casar como conta Fernão Mendes Pinto; casou com D. Briolanja de Alvim filha de Simão Fernandes da Costa Comendatário de Rendufe, e de D. Felipa de Sousa de Alvim filha de Fernão Aires de Sousa 4 Baltazar Soares de Sequeira morreu na Índia 4 D. Catarina de Castro casada com Diogo Couto o Capato c.g. 4 B.

§ 11
N 2 JOÃO SOARES DE SEQUEIRA fº. de Afonso de Sequeira N 1 do § 10 casou com Felipa de Lima filha de Duarte da Cunha 3 Fernão Soares de Albergaria o do Olho Comendador de Almendra foi à Índia por Capitão de uma Armada 3 D. Guiomar da Silva mulher de D. António de Almeida Alcaide Mor de Abrantes c.g. 3 D. Maria de Lima freira em Santos de Lisboa.

§ 12
ALCAIDES MORES DO LANDROAL

N 1 AFONSO VAZ DE SEQUEIRA fº. de ..........................................., foi Comendador de Aviz, e Alcaide Mor de Coimbra 2 Branca de Sequeira u Violante Álvares de Sequeira como se diz no ttº. de Melos 2 Lopo de Sequeira do Alandroal N 2 BRANCA DE SEQUEIRA filha de Afonso Vaz de Sequeira N 1 casou com Fernão Annes de Torres de Coimbra Amo da Rainha D. Isabel mulher do Rei D. Afonso V, viúvo de Maria Correia filha de Fernão Afonso Correia Sr. de Farelains (ver ttº. de Correias § 93 N 8) 3 Lopo Vaz de Sequeira 3 João de Sequeira lhe dão alguns 2º marido de Isabel Pinto no ttº. de Pintos § 21 N 9 3 Rui Fernandes de Sequeira § 14 3 D. Isabel de Sequeira mulher de Rui de Sousa Sr. de Bringel de que foi 1ª mulher no ttº. de Sousas 3 D. Brites Correia mulher de Gonçalo Teixeira Almoxarife de Portalegre e Lisboa (este Gonçalo Teixeira era fº. de Vasco Gonçalves Teixeira e sua mulher Catarina Annes ttº. de Teixeiras § 1 N 11) 3 D. Leonor de Sequeira mulher de João de Melo Comendador de Cazavel no ttº. de Melos § 14 N 11 c.g. 3 D. Mécia de Sequeira mulher de Pedro Afonso de Aguiar c.g. 3 D. Maria de Sequeira morreu desposada de Artur de Brito Alcaide Mor de Beja 3 B. Lopo Vaz de Sequeira § 16 N 3 LOPO VAZ DE SEQUEIRA fº. de Branca ou Violante de Sequeira N 2 foi Alcaide Mor do Alandroal, casou a furto com D. Cecília de Meneses filha de D. Fernando de Meneses Sr. de Cantanhede ttº. de Meneses § 16 N 10 4 Diogo Lopes de Sequeira 4 João Lopes de Sequeira § 13 4 D. Maria mulher de Gonçalo Mendes da Silveira Dezembargador da Casa do Cível no § 30 N 4 DIOGO LOPES DE SEQUEIRA fº. de Lopo Vaz de Sequeira N 3 foi Alcaide Mor do Alandroal e Almotace Mor do Rei D. João III e Capitão de Alcácer e Governador da Índia. Casou duas vezes, a 1ª com D. Maria Freire filha de Nuno Fernandes Freire de Beja e sua 2ª mulher D. Isabel de Almada ttº. de Freires de Andrade 5 António Lopes de Sequeira Casou 2ª vez com D. Maria de Vilhena filha de Rui Barreto Alcaide Mor do Torrão, e D. Branca de Vilhena 5 Lopo Vaz de Sequeira s.g. 5 Diogo Lopes de Sequeira Alcaide Mor do Alandroal Coronel do Terso de Lisboa na jornada de África, e Geral das Galés em tempo de Felipe 2º, casado 1ª vez com D. Isabel filha H. de Francisco Cernige cidadão de Lisboa, e teve

6 D. Brites de Vilhena casada a furto com Diogo Pareja Castelhano Capitão da Torre de Belém 6 B.B. 5 D. Branca de Vilhena casada com Luís Fernandes de Vasconcelos fº. do Arcebispo de Lisboa D. Fernando de Meneses c.g. 5 D. Isabel de Sequeira mulher de Vasco Martins de Melo o Cascavel fº. de Vasco Martins de Melo e D. Isabel de Azevedo c.g. 5 B.B. N 5 ANTÓNIO LOPES DE SEQUEIRA fº. da 1ª mulher de Diogo Lopes N 4 morreu em vida de seu pai e casou à sua vontade com D. Inês Pacheco ou D. Genebra filha de Martim Vaz Pacheco um Cavº. honrado de Azamor 6 Diogo Lopes de Sequeira Comendador de Cristo que teve B. 6 António Lopes de Sequeira N 6 ANTÓNIO LOPES DE SEQUEIRA fº. de António Lopes de Sequeira N 5 casou com Ana de Gois viúva de João Fernandes de Vasconcelos filha de Francisco Faleiro Cavaleiro honrado de Évora 7 António Lopes de Sequeira 7 João Lopes c.c. Maria Gonçalves Leitão c.g. no ttº. de Leitões § 102 N 9 7 D. Maria.

§ 13
N 4 JOÃO LOPES DE SEQUEIRA fº. de Lopo Vaz de Sequeira N 3 do § 12 foi Trinchante do Rei D. Manuel e Mordomo Mor da Rainha de Saboia D. Brites. Casou com D. Brites de Leme filha de Fernão Gomes de Mina cidadão honrado de Lisboa no ttº. de Minas § 1 N 1 e sua mulher Catarina Leme 5 D. Cecília mulher de D. Diogo de Meneses Carveiro da Ordem de Cristo fº. de D. Fernando de Meneses o narizes, e sua mulher D. Isabel de Castro c.g. 5 D. Catarina mulher de António Pereira Marramaque Sr. de Cabeceiras de Basto fº. de João Rodrigues Pereira e sua mulher D. Maria da Silva c.g.

§ 14
N 3 RUI FERNANDES DE SEQUEIRA fº. de Branca ou Violante de Sequeira N 2 do § 12 casou com ................................... 4 D. Maria Fernandes de Sequeira 4 ..................................... Tesoureiro Mor da Sé do Porto 4 ...................................... N 4 D. MARIA FERNANDES DE SEQUEIRA filha de Rui Fernandes de sequeira N 3 veio com seu irmão para o Porto casou com Álvaro de Aguiar da Silveira (que era sobrinho de Pedro Afonso de Aguiar Sr. da quinta da Granja) viveram na quinta da Granja Couto de Escamarão concelho de S. Fins 5 D. Maria de Aguiar c.g. extinta 5 Francisca de Aguiar de Sequeira casou com Francisco Vieira de Altero 5 Isabel de Aguiar mulher de Pedro Vieira Lordelo no ttº. de Vieiras § 110 N 12 N 5 D. FRANCISCA DE AGUIAR filha de D. Maria Fernandes de Sequeira N 4 casou com Francisco Vieira de Altero Sargento Mor do concelho de S. Fins fº. de Teresa Vieira, e seu marido Martim Álvares Pamplona ttº. de Vieiras § 108 6 O L.do Cristóvão Vieira de Sequeira 6 Diogo Álvares Vieira Sargento Mor como seu pai 6 António de Aguiar Vieira N 6 ANTÓNIO DE AGUIAR VIEIRA fº. de Francisca de Aguiar N 5 casou com sua parente Verónica Pinto filha de Cristóvão Pinto Abade de Guelhufe e sua amada e prima Maria de Carvalhal Correia 7 Cristóvão Vieira Pinto viveu casado em Vilela 7 Manuel Vieira Pinto que casou com sua prima Maria Moreira filha de Sebastião Vieira da Fonseca e sua mulher Maria Moreira 7 Francisco Pinto da Fonseca casou 7 Matias Soares viveu em Nespereira 7 Susana Pinto mulher de Cristóvão Vieira Pedroso Capitão Mor do Concelho de Bemviver

7 Ursula Pinto mulher de António Pinto da Fonseca fº. de Sebastião Vieira da Fonseca e sua mulher Maria Moreira 7 Jerónima Pinto mulher de Francisco Pinto da Fonseca da quinta de Fornelos fº. de Sebastião Vieira da Fonseca e sua mulher Maria Vieira c.g.

§ 15
N 9 D. MARIANA DE MOSCOZO OSÓRIO filha da 2ª mulher de Rui Fernandes de Sequeira N 8 do § 2 casou com João de Frias Salazar fº. de Ventura de Frias Salazar e sua mulher D. Maria de Miranda descendente da Casa de Salazar das Montanhas de Burgos junto da cidade de Frias 10 Rodrigo de Salazar de Moscozo N 10 RODRIGO DE SALAZAR DE MOSCOZO fº. de D. Mariana N 9 casou com D. Maior de Gusmão Coutinho filha única de D. Luís Coutinho da Chave Dourada do Príncipe Felisberto e gentil homem da boca de Felipe 4º e sua mulher D. Maria da Cunha de Eça 11 D. Luís Salazar de Moscozo 11 D. Mariana Francisca de Gusmão

§ 16
N 3 LOPO VAZ DE SEQUEIRA fº. B. de Lopo Vaz de Sequeira N 2 do § 12 casou com ......................... de Faria filha de Pedro de Faria Capitão de Malaca c.g.

§ 17
N 2 PEDRO ANNES REDONDO fº. de João Pires Redondo N 1 do § 1. Casou com D. Inês Pires filha de Pedro Gracia Galego e D. Teresa Nunes Maldoada Conde D. Pedro fl. 388 N 2 3 João Redondo Quebrada 3 Maior Pires mulher de Álvaro Pires Valverde Conde D. Pedro fl. 179 N 1 e já viúva de Nuno Peres Maldonado e teve 3 D. Teresa Pires mulher de Alonso Martins Pantoja fl. 180 N 1 – a qual o Conde faz filha de sua irmã 3 Branca ou Berengela Pires freira em Arouca.

§ 18
N 2 RODRIGO ANNES REDONDO fº. de João Pires Redondo N 1 do § 1 casou com D. Mor Fernandes filha de Fernão Martins Curutelo, e D. Urraca Domingues de Santarém fl. 301 N 9 (ttº. de Corutelos § 1 N 4 sub N 3 ttº. de Barretos § 27 N 12) 3 Fernão Rodrigues c.c. D. Marinha filha de Pedro Afonso de Arganil s.g. 3 João Rodrigues Homem s.g. 3 D. Urraca Rodrigues casada com Paio Pires de Arganil Conde D. Pedro fl. 196 N 3 3 B. Pedro Rodrigues N 3 PEDRO RODRIGUES fº. de Rodrigo Annes N 2 foi casado com uma dona no Crato que chamavam Margarida Pires filha de D. Pedro Gracia 4 Álvaro Rodrigues, criado de D. Álvaro Gonçalves Pereira Prior do Hospital de que era parente 4 João Rodrigues, o mesmo.

§ 19
N 2 MARTIM ANNES REDONDO fº. de João Pires redondo N 1 do § 1. Casou com D. Maria Rodrigues filha de Rodrigo Afonso de Sola e D. Ouroana Martins Curutelo no Conde D. Pedro fl 353 N 7 ttº. de Curutelos § 1 N 6 sub N 4 3 Martim Martins Redondo de Freixemil 3 D. Mor Martins casada com Rui Pires de Vasconcelos 3 D. Maria Martins casada com Gonçalo Esteves Conde D. Pedro fl. 207 N 16 3 D. Alda Martins Abadessa de Vetorinho

3 D. Brites Martins Abadessa de Semide 3 D. Guiomar Martins casada com Lopo Afonso de Cernado fl. 180 N 2 do Conde s.m.n. 3 D. Joana Martins mulher de Soeiro Pais fº. de Paio Pires da Aldeia Nova 4 D. Maria Soares mulher de Vasco Pires de Cerveira no ttº. N 3 MARTIM MARTINS REDONDO DE FREIXEMIL fº. de Martim Annes N 2 casou com D. senhorinha Annes filha de João Fernandes de Sandim, e D. Leonor Rodrigues fl. 279 N 20 do Conde 4 João Redondo de Freixemil casado com ............................... filha de Pedro Esteves Carpinteiro, e D. Maria Pires Conde D. Pedro fl. 275 N 2.

§ 20
N 2 JOANE ANNES REDONDO fº. de João Pires Redondo N 1 do § 1. Casou com D. Guiomar Lourenço filha de Lourenço Soares, e D. Maria Rodrigues fl. 279 N 10 do Conde ttº. de Melos § 52 N 5 3 Lourenço Annes Redondo casado com D. Mor Lourenço filha de Lourenço Martins o Ganso e D. Maria Fernandes Chancinho s.g. Casou 2ª vez com D. Mécia Gomes filha de D. Gomes Lourenço da Cunha, e D. Teresa Gil Daroens fl. 312 N 5 do Conde s.g.

§ 21
N 3 D. MOR GONÇALVES filha de Gonçalo Annes Redondo N 2 do § 1. Casou com Afonso Rodrigues de Espinho o 1º de que trata o Conde D. Pedro ttº. 34 fl. 179 4 João Redondo morreu em Cidade Rodrigo s.g. 4 Afonso Redondo s.g. 4 Martim Redondo s.g. 4 D. Pedro Afonso Bispo de Astorga 4 D. Brites Afonso mulher de João Gonçalves Mourão no ttº. de Gatos e no de Turrichões.

§ 22
SEQUEIRAS DE SANTARÉM

N 1 BRÁS DE SEQUEIRA fº. de ........................................ e de sua mulher Leonor Luís passou do Reino do Algarve criminoso para a Vila de Santarém, foi Cavº. Fidalgo da Casa do Rei D. João III Aposentador dos Fidalgos com ordenado de 24$800 por ano, e dois moios de milho pago no Almoxarifado das Jogadas, El Rei D. Sebastião o teve por Aposentador com o mesmo soldo por Alvará de 12 de Julho de 1558. Instituiu uma Capela no Convento dos Agostinhos de Santarém com obrigação de missas, e jaz junto à Capela Colateral do mesmo Convento da parte do Evangelho numa sepultura que mandou fazer para si, e seus descendentes em que pôs as Armas dos Sequeiras e um letreiro que diz – esta sepultura é de Brás de Sequeira, e sua mulher Isabel Lopes, e seus herdeiros – Casou com Isabel Lopes e teve 2 Belchior de Sequeira 2 O L.do Luís Álvares de Sequeira § 24 N 2 BELCHIOR DE SEQUEIRA fº. de Brás de sequeira N 1 foi Moço da Câmara do Rei D. João III por Alvará passado a 28 de Fevereiro de 1554, e de Escudeiro e Cavaleiro Fidalgo por Alvará de 23 de Outubro de 1556; foi Armado Cavaleiro nas Galés, e Proprietário de um dos Ofícios de Tab.am de Santarém. Casou com Maria da Costa natural da Província da Beira 3 Estácio de Sequeira 3 Margarida da Costa mulher de Tristão Nunes Infante c.g. no ttº. de Infantes 3 Gaspar de Sequeira § 23 3 Matias de Sequeira § 25 3 Fr. Jerónimo frade Agostinho N 3 ESTÁCIO SEQUEIRA fº. de Belchior de Sequeira N 2 foi Alferes da Câmara de Santarém, casou 1ª vez com Brites Aires Sobrinho de Sousa filha de Simão Nunes Infante c.g. no ttº. de Infantes § 3 N 6 c.g. naquele título; casou 2ª vez com Felipa Nogueira filha de Tomás Nogueira Cavaleiro da Casa Real, e sua mulher Maria de Andrade 4 Jerónimo de Sequeira

N 4 JERÓNIMO DE SEQUEIRA fº. da 2ª mulher de Estácio de Sequeira N 3 foi baptizado no Santo Milagre em 30 de Setembro de 1602. Casou com Maria Nunes de Andrade filha do L.do Baltazar Nunes de Andrade, e Jerónima da Silva do castelo, a qual casou depois com João de Parada Homem. E Instituiu uma Capela em Nossa Senhora do Rosário de S. Domingos 5 D. Isabel de Sequeira 5 D. Helena 1ª mulher de António de Carvalho s.g. 5 D. Felipa Religiosa nas Donas de que faz memória a Crónica de S. Domingos P. 4 livro 2 Cap. 2 pela sua virtude 5 Tomás, morreu novo 5 D. Maria Nogueira, o mesmo 5 D. Mariana, freira nas Donas 5 Manuel, morreu menino 5 Silvestre, o mesmo N 5 D. ISABEL DE SEQUEIRA filha de Jerónimo de Sequeira N 4 nasceu em Santarém em 23 de Janeiro de 1605 foi baptizada no Santo Milagre. Casou com Manuel Botelho da Silveira fº. de António Botelho da Silveira e D. Ana Novais que teve filhos e netos de que não há geração.

§ 23
N 3 GASPAR DE SEQUEIRA fº. de Belchior de Sequeira N 2 do § 22 acompanhou ao Rei D. Sebastião a África, e foi seu Moço da Câmara, e Armado Cavaleiro em Mazagão. Casou com Guiomar Rebelo filha de Simão Nunes Infante, e de Francisca Furtado no ttº. de Infantes 4 Belchior de Sequeira Proprietário de um dos ofícios de escrivão dos órfãos que deixou a seu sobrinho Jerónimo fº. de Estácio de Sequeira no ttº. de Infantes.

§ 24
N 2 O L.DO LUÍS ÁLVARES DE SEQUEIRA fº. de Brás de Sequeira N 1 do § 22 foi Escudeiro Fidalgo acrescentado a Cavaleiro. Casou com D. Isabel Botelho Froes. Teve filhos e netos cuja geração se extinguiu.

§ 25
N 3 MATIAS DE SEQUEIRA fº. de Belchior de Sequeira N 3 do § 22 foi Moço da Câmara do Rei Felipe 1º acrescentado a Moço Fidalgo e o mesmo Rei criou um ofício de Tab.am em Santarém e lho deu. Casou com Maria Viegas filha de Manuel Leitão e teve filhos e netos cuja geração se extinguiu.

§ 26
SEQUEIRAS DE PROENÇA

(Este § está em branco no original)

§ 27
DE PROENÇA

N 1 FRANCISCO DE SEQUEIRA fº. de ......................................... foi Sr. do Morgado dos Sequeiras de Proença. Casou com Ana Mansa (Peg. de Mayor. Tomo 2 Cap. 9 fl. 120) 2 Gaspar de Sequeira s.g. 2 Sebastião de Sequeira 2 Baltazar de Sequeira meteu-se de posse do Morgado e teve 3 Francisco de Sequeira que possuiu o Morgado e teve 4 Manuel de Sequeira a quem se tirou o Morgado por Bartolomeu Roque abaixo N 4 N 2 SEBASTIÃO DE SEQUEIRA fº. de Francisco de Sequeira N 1 casou com .......................................... 3 Pedro de Sequeira N 3 PEDRO DE SEQUEIRA fº. de Sebastião de Sequeira N 2 casou com ................................................... 4 Maria Sequeira da Fonseca

N 4 MARIA SEQUEIRA DA FONSECA filha de Pero de Sequeira N 3 casou com Bartolomeu Roque da Costa 5 Diogo de Almeida de Sequeira Vid. Reg. De Mayorat Tomo 2 fl. 120

§ 28
N 2 BALTAZAR DE SEQUEIRA fº. de Francisco de Sequeira N 1 do § 27 3 Francisco de Sequeira N 3 FRANCISCO DE SEQUEIRA fº. de Baltazar de Sequeira N 2 4 Manuel de Sequeira

§ 29
DE ELVAS

N 1 JOÃO ANTÓNIO DE SEQUEIRA era natural de Castelo de Vide da ínfima plebe foi para Elvas por criado do Chantre; por uma loja de negócio juntou muito cabedal, e como era pagador das obras do Forte de Lipe fazia-se quebrado, e ia pagando com arroz, sapatos e botas, etc., e cresceu em riqueza que lhe faziam dois milhões Casou 1ª vez com .................................. 2 Vicente Ferrer que pelo seu rico casamento, e miséria é muito rico Casou 2ª vez com .................................... e teve 2 Manuel Vicente 2 Francisco de Paula que é Dezembargador 2 D. N. ................................ casada com o Chichorro de Monforte a quem o pai deu 70, ou 80 mil cruzados de dote em fazendas para ficarem vinculados. N 2 MANUEL VICENTE fº. de João António N 1 fez-lhe o pai outro Morgado mas de peta em que entram umas boas casas na Praça de Elvas, e duas quintas. Casou em Lisboa com uma Ilustre Srª., mas pobre, dos Britas Melos dos Olivais que morriam de fome 3 .............................. justa a casar com N......................... Ezequiel do Espírito Santo que tinha sido caixeiro de João António de Sequeira acima N 1 e era seu parente, e que com os negócios desta guerra tinha junto mais de 700$000 mil cruzados.

§ 30
N 4 D. MARIA DE MENESES filha de Lopo Vaz de Sequeira N 3 do § 12 casou com o Dr. Gonçalo Mendes da Silveira Dezembargador da Casa do Cível homem muito honrado no tempo do Rei D. João II, D. Manuel e D. João III, fº. de Pedro Mendes da Silveira e sua mulher Inês da Silveira sua prima irmã no ttº; era Gonçalo Mendes já viúvo de Branca Botelho filha de Diogo Botelho de que teve filhos s.g. teve desta 2ª mulher 5 Henrique de Meneses 5 Amador da Silveira de Meneses 5 D. Maria de Meneses foi para Saboia com a Infanta D. Brites, e vindo casou com Pedro Álvares Correia, s.g. (Casou 3ª vez Gonçalo Mendes da Silva com Leonor de Melo filha de Vasco Martins de Melo Alcaide Mor de Castelo de Vide s.g.) N 5 HENRIQUE DE MENESES fº. de D. Maria de Meneses N 4 andou na Índia em tempo de seu tio D. Diogo Lopes de Sequeira foi Capitão de Cahul. Casou com D. Maria de Goes filha do Dr. Cristóvão de Lucena 6 Gonçalo Mendes de Meneses 6 Pedro da Silveira 6 D. Cecília 1ª mulher de D. António de Almeida 6 João Mendes de Meneses § 31 N 6 GONÇALO MENDES DE MENESES fº. de Henrique de Meneses N 5 morreu com o Rei D. Sebastião c.c. D. Isabel de Paiva filha de Manuel Jorge Fidalgo que morreu na Índia 7 Henrique de Meneses

7 D. Maria mulher de Fernão de Miranda Henriques filha de Simão de Miranda ttº. de Mirandas § 9 N 8 c.g. e casou 2ª vez com Manuel Barreto 7 D. Isabel, freira no Salvador N 7 HENRIQUE DE MENESES fº. de Gonçalo Mendes N 6 c.c. D. Branca filha de Estevão Esparagosa s.g.

§ 31
N 6 JOÃO MENDES DE MENESES fº. de Henrique de Meneses N 5 do § 30 casou com D. Margarida de Mendonça filha de D. Martinho Soares s.g. teve B.B. 7 B. Henrique de Meneses ............................ c.c. .......................... filha de ............................. Escrivão da Casa da Índia s.g. 7 B. António de Meneses que herdou o Morgado de seu pai. Casou com D. Antónia de Melo filha de Tristão Vaz de Castro Dezembargador dos Agravos.

SEVERINS Floresceu esta família em Estale, e dizem descender do Imperador 7º Severo por seu neto Alexandre Severo, e outros deste apelido que passaram a Nápoles onde se conservam no Principado de Bezembanho que é uma das maiores Casas daquele Reino como se vê de Seipão Amirato que falando das famílias dele, diz passaram alguns a França, e do dito Reino passou a Portugal Pedro Severim que se diz ser Fidalgo honrado natural de Sãoliz no dito Reino de França onde tem muitas casas Ilustres como os Duques Maires e Condes de Sãoliz; são suas Armas o campo partido em Pala o 1º Campo de prata, e vermelho com uma bordadura composta do mesmo; o segundo de vermelho em duas palas de prata com três barras de vermelho; timbre um leão de prata com três fachas vermelhas; veja-se Nobliarch. Verbo Severins. N 1 O Primeiro que passou a este Reino foi PEDRO SEVERIM que era como de diz de França no tempo do Rei D. João I como diz Manuel Soeiro na sua História de Flandres quando trata da tomada de Ceuta por ocasião de uma embaixada que o dito Rei mandou ao Duque de Holanda; e ficou neste Reino pelo bom trato que aquele Rei fazia aos estrangeiros. Casou com Constança Pires de Camões filha de Vasco Pires de Camões Fidalgo Galego que seguiu as partes do Rei D. Fernando de Portugal na pretensão que teve a os Reinos da Galiza e Castela, que e veio a este Reino e foi nele Sr. das Vilas do Sardoal, Ponhete e Amendoa como se diz no ttº. de Camões § 1 N 1 2 Maria Annes Severim 2 Margarida de Camões c.c. o Dezembargador Álvaro Martins N 2 MARIA ANNES SEVERIM filha de Pedro Severim N 1 como consta dos livros dos Privilégios da Torre do Tombo no ano de 1531 fl. 26 e dos anos de 1562 fl. 22 foi Herdeira da Casa de seu pai. Casou com Gil Annes de Oliveira da Família dos Morgados de Oliveira e Vale de Sobrado, fº. de João Afonso de Oliveira 3 João Gil Severim 3 Assêncio Severim § 2 ou Afonso 3 Belchior Gonçalves Severim teve B. N 3 JOÃO GIL SEVERIM fº. de Maria Annes N 2. Casou com Isabel Gonçalves de Pina irmã de Rui de Pina Cronista Mor, e Guarda Mor da Torre do Tombo no ttº. de Pinas § 2 N 5 e filha de Lopo Fernandes de Pina 4 Gaspar Gil Severim que morreu solteiro na Índia indo em companhia de D. Cristóvão da Gama quando foi por Embaixador ao Preste João 4 António Gil Severim 4 D. Inês de Camões mulher de Manuel Pegado fº. de Vasco Vicente Pegado Capitão de Sofala. Casou 2ª vez com Lopo Vaz Machado. N 4 ANTÓNIO GIL SEVERIM fº. de João Gil Severim N 3 foi esforçado Capitão na Índia o qual fugindo a seu pai passou àquelas partes no ano de 1535 e se achou sempre com muitos honrados cargos em muitas empresas do seu tempo como no socorro de Diu que levou D. Gracia de Noronha em que ele defendeu o baluarte do mar governando Martim Afonso de Sousa e foi com ele na empresa de Baticala na qual depois e destruída e queimada a cidade, vindo do Pagode o Coulão com mais exército foi ferido de uma flecha ervada numa perna de que ficou aleijado; no 2º Cerco de Diu teve uma perigosa instância à sua conta, e lhe entregaram a mandar reparar os muros, e fazer todas as minas, e contra minas em que consistia a salvação da fortaleza, e se achou no dia da batalha de D. João de Castro, e no campo de Baroche governando Jorge Cabral e havendo novas de uma grande Armada de Turcos que vinha sobre a Índia e achando-se o Governador em grande aperto por ser no coração do Inverno, e não haver em Goa mantimentos nrºs. para sofrer o grande cerco que a esperava, e não haver quem se atrevesse a sair a barra, se ofereceu António Gil e com grande risco seu com um galeão foi a Bacalor e a Baticala donde o trouxe carregado de mantimentos antes que a Armada chegasse; achou-se no Cerco de Cochim que lhe pos o Rei da Pimenta e Camorim e se achou por Capitão de um galeão em todos os lugares que o Governador queimou e desbaratou; quando D. Pedro Mascarenhas passou a Ponda o mandou a ele por Capitão Mor de toda a gente que foi em guarda do Porto de Durabate no Rio de Racol onde sustentou com muito valor aquele passo enquanto D. Pedro esteve em Ponda, e fez outros muitos heróicos serviços que posto que não requereu paga deles sempre o fizeram Tesoureiro da Arca, e lhe deram uma Comenda da Ordem de Cristo e depois sendo tutor do Rei D. Sebastião o Cardeal Infante D. Henrique lhe deu o Ofício de

Executor Mor. Casou com D. Catarina Lopes de Sequeira filha de André Marinho e Madalena Lopes da Fonseca 5 Gaspar Gil Severim 5 Belchior Gil Severim 5 D. Angela de Sequeira 5 D. Catarina Lopes da Fonseca se lhe dá no ttº. de Machados § 100 sub. N 23 casada com Afonso Criado Vieira no ttº. de Vieiras § 149 N 9 N 5 GASPAR GIL SEVERIM fº. de António Gil Severim N 4 sucedeu na Casa de seu pai, e Ofício de Executor Mor, foi Comendador da Ordem de Cristo. Casou duas vezes a 1ª com Antónia de Faria e Vasconcelos filha H. de António Dias de Vasconcelos e D. Ana de faria no ttº. de Farias § 116 N 9 6 António Gil Severim s.g. 6 Francisco Severim de Faria 6 D. Micaela de Vasconcelos, s.g. Casou 2ª vez com sua prima D. Juliana de Faria filha H. de Duarte Frade de Faria, e Maria Severim no ttº. de Farias § 2 N 8 corre neste ttº. 6 Manuel Severim de Faria, Cónego e Chantre de Évora pessoa de Letras que compôs um livro chamado Antiguidades de Portugal 6 Fr. António de Lisboa frade Capucho 6 D. Joana de Faria mulher de D. Cristóvão Manuel de Vilhena Comendador de Macans fº. de D. Francisco Manuel Alcaide Mor de Portel Comendador da Ordem de Cristo e D. Brites de Meneses no ttº. de Rangeis § 22 N 11 N 6 FRANCISCO SEVERIM DE FARIA fº. da 1ª mulher de Gaspar Gil Severim N 5 sucedeu na Casa de seu pai foi Comendador na Ordem de Cristo, teve o ofício de Executor Mor, e foi Escrivão da fazenda do Rei Felipe 2º, e Tesoureiro da Arca. Casou duas vezes a 1ª com D. Maria da Câmara filha de Duarte da Câmara Sr. do Morgado da Torre em Aviz, e D. Isabel Lobo s.g. Casou 2ª vez com D. Joana da Fonseca filha de Rodrigo Sanches Secretário da Justiça Comendador de Viana na Ordem de Cristo, e D. Luísa da Fonseca sua 1ª mulher no ttº. de Sanches § 5 N 2 ttº. de Fonsecas Coutinhos § 88 N 10 7 Gaspar de Faria Severim 7 Rodrigo Sanches de faria Frade Capucho 7 Baltazar de Faria s.g. 7 Manuel de Faria Severim Chantre de Évora 7 Pedro de Faria s.g. 7 D. Luísa, morreu menina 7 D. Antónia, freira no Salvador em Lisboa 7 D. Margarida, o mesmo N 7 GASPAR DE FARIA SEVERIM fº. de Francisco Severim de Faria N 6 sucedeu na Casa de seu pai e ofício de Executor Mor foi mais Comendador de Moura na Ordem de Cristo. Casou com D. Maria de Noronha filha H. de D. Francisco de Noronha Comendador de S. Martinho de Frazão na Ordem de Cristo e D. Maria de Brito no ttº. de Barradas § 78 N 12 8 D. Maria de Meneses morreu menina 8 D. Joana de Noronha, morreu menina 8 Francisco de Faria Severim, morreu menino 8 Pedro Severim de Noronha 8 D. Ana de Noronha casada com seu primo D. Sancho Manuel 1º Conde de Vila Flor Governador das Armas da Província da Beira no ano de 1663 c.g. no ttº. de Rangeis § 22 N 12 8 D. Francisca de Noronha mulher de D. Diogo de Faro Conde de Vimieiro no ttº. de Faros § 2 N 8 N 8 PEDRO SEVERIM DE NORONHA fº. de Gaspar Gil Severim N 7 foi Secretário das mercês do Rei D. Afonso VI. Casou com D. Luísa de Tavora filha de D. Diogo de Lima 8º Visconde de Vila Nova s.g. acho no ttº. de Castros § 40 N 24 casado com D. Mariana Henriques filha de D. Neutel de Castro de que se não aponta a geração. §2 N 8 AFONSO SEVERIM fº. de Maria Annes Severim N 2 do § 1 foi pessoa de muita estima, e rico, mas não filhado como alguns querem. Casou com Catarina Prevel filha de António Afonso Preto ou André

Preto, e de Joana Prevel filha de ........................... Annes Prevel alemão que fez a Capela dos Alemães de Lisboa de S. Domingos 4 D. Maria Severim H. da Casa de seu pai casada com Duarte Frade de Faria fº. de António Frade de Faria Camareiro Mor do Infante D. Duarte no ttº. de Farias § 2 N .... onde vai esta geração 4 D. Inês de Camões c.c. ................................ Pegado.

SILVAS DE RIO COVO Ascendência de meu pai pela parte materna, e seus parentes §1 N 1 TOMÉ GONÇALVES DA SILVA de Rio Covo é o primeiro de que tenho notícia, foi Sr. da Casa de Passos de Santa Eulália de Rio Covo 2 Gonçalo Tomé da Silva 2 Pedro Tomé da Silva, § 12 2 Brás Tomé da Silva N 2 GONÇALO TOMÉ DA SILVA fº. de Tomé Gonçalves N 1 casou com Maria Gonçalves de Midoins 3 Isabel Gonçalves 3 Gonçalo Tomé que acho dotado para casar com Maria filha de Gonçalo Gonçalves da Cepa, e sua mulher Maria Gonçalves por escritura de dote Nota de Durão de 25 de Julho de 1678 em que declaram os pais N 3 ISABEL GONÇALVES filha de Gonçalo Tomé da Silva N 2 casou na Casa de Passos de Santa Eulália de Rio Covo com Manuel Afonso 4 João Tomé da Silva N 4 JOÃO TOMÉ DA SILVA fº. de Isabel Gonçalves N 3 15 casou com Helena Tomé moraram em Rio Covo, filha de Domingos Tomé da Fonseca no ttº. de Fonsecas de Chorente § 1 N 1 5 Francisco da Fonseca da Silva 5 Manuel da Silva § 3 5 Isabel da Fonseca, § 4 5 Fr. Gabriel frade Bento 5 Fr. Agostinho Provencial dos Capuchos e o 1º Mestre que tiveram chamado o M.e Rio Covo N 5 FRANCISCO DA FONSECA DA SILVA fº. de João Tomé N 4 foi Sr. da Casa de Paços. Casou com Jerónima da Fonseca Coutinho filha de Gonçalo da Fonseca Coutinho, e sua mulher Maria Bernardes, escritura de dote na Nota de Vilas Boas de 2 de Junho de 1678 6 Fr. João Baptista frade Bento, Abade duas vezes, e duas vezes Geral 6 O Padre Miguel da Silva Coutinho 6 Fr. Bento Capucho 6 O Capitão Carlos da Fonseca 6 Luísa da Fonseca 6 Maria Bernardes da Fonseca casada com Sebastião de Andrade Rego e levou a quinta de Paços de Rio Covo fº. de Maria de Faria e seu marido Simão de Andrade Rego no ttº. de Farias § 22 N 12 onde vai casou 2ª vez com José de Lomba de Viatodos vai no § 2 N 6 LUÍSA DA FONSECA filha de Francisco da Fonseca N 5 casou na Vila de Arrifana de Sousa, ou junto, com António Teixeira da freguesia de S. Cristina de Nogueira, concelho de Unhão c.g. §2 N 6 MARIA BERNARDES DA FONSECA filha de Francisco da Fonseca da Silva N 5 do § 1 casou 1ª vez com Sebastião de Andrade Rego fº. de Maria de faria e seu marido Simão de Andrade Rego no ttº. de Farias § 22 N 12 onde vai a sua geração; casou 2ª vez em Viatodos com José de Lomba 7 O Capitão António de Araújo Lomba casado em Vilar de Figos §3

15

Num requerimento que fez para tirar o brasão de armas dos Silvas, João Nepumoceno actual ouvidor desta vila cuja cópia autêntica está no Cartório de Francisco Martins Ribeiro, no Maço de Remelhe diz que João Tomé da Silva era fº. de Gonçalo Tomé da Silva N 2 mas como vai constava das minhas memórias antigas que dou por mais certo.

N 5 MANUEL DA SILVA fº. de João Tomé da Silva N 4 do § 1 serviu com honra nas guerras do Sr. Rei D. Pedro II e depois criou de novo uma Companhia de Auxiliares de que foi Capitão servindo nas fronteiras segundo diz o Dr. João Nepumoceno no requerimento que fez para tirar o brasão dos Silvas, cuja cópia se acha no cartório do Tab.am Francisco Martins Ribeiro no maço de Remelhe. Casou com Isabel de Mariz 6 Bernardo da Silva 6 Fr. Jerónimo frade Bento 6 O Padre José, Vigário de Remelhe 6 Jerónima da Fonseca § 5 6 Maria da Silva, § 6 6 Helena da Fonseca § 7 6 B. Miguel da Silva que o teve em Catarina Rodrigues no § 17 N 5 N 6 BERNARDO DA SILVA fº. de Manuel da Silva N 5 foi Sr. da Casa de Moldes e sua mulher Bernarda de Oliveira filha legítima de António de Oliveira Couto Sr. da quinta de Anta e sua mulher Margarida Veloso Pereira com irmã de Ana Veloso mulher de Adrião de Miranda no ttº. de Mirandas § 35 N 12 (Margarida Veloso era filha de ................................ e neta de Cosme Gonçalves e Margarida Veloso) 7 D. Josefa do Sacramento Silva e Oliveira N 7 D. JOSEFA DO SACRAMENTO filha de Bernardo da Silva N 6 casou com o Capitão José Pereira da Fonseca que foi Capitão de Auxiliares Cavaleiro da Ordem de Cristo que serviu de Vereador em Barcelos fº. do Capitão João Gonçalves Pereira da freguesia de Adaens e sua mulher Maria da Fonseca neste ttº. § 4 N 6 8 João Nepumoceno Pereira da Fonseca nasceu a 21 de Junho de 1750 8 José Valério Pereira da Fonseca N 8 JOÃO NEPUMOCENO PEREIRA DA FONSECA fº. de D. Josefa Maria do Sacramento da Silva e Oliveira N 7 foi Juíz de Fora de Messejana, e actual ouvidor de Barcelos, Sr. da Casa de Moldes requereu brasão de armas em que mostrou esta ascendência como vai, e alguns parentes cuja cópia para no Cartório de Francisco Martins Ribeiro no maço de Remelhe 16. Casou por amores a 3 de Julho de 1785 por procuração com D. Francisca Maria Isabel Cabral Limpo de Brito Guerreiro de Aboim, natural da vila de Aljustrel filha legítima de Afonso Eloi Guerreiro de Aboim 17 Fidalgo da Casa Real M.e de Campo da Comarca de Ourique, e sua mulher D. Ana Tibéria Limpo Cabral de Almeida e Brito moradores em Aljustrel termo de Beja, neta paterna de João Aboim Pereira Guerreiro M.e de Campo da Comarca de Campo de Ourique Professo na Ordem de Cristo Familiar do S. Offº., e materna de Francisco de Brito Lobo, da vila de Moura 9 N. ............................... nasceu ........................................ 9 N. ................................ nasceu a 24 ou 25 de Março de 1790 §4 N 5 ISABEL DA FONSECA filha de João Tomé, e de sua mulher N 4 do § 1 casou com Pedro Lourenço, Sr. da Casa de Real em Moure 6 Maria da Fonseca 6 Francisca da Fonseca, § 8 6 Helena da Fonseca, § 9 6 Jerónima da Fonseca § 10 6 Escolástica da Fonseca § 11

Nasceu em 21 de Julho de 1750 e foi morto pelas ordenanças por efeito de um nulo conselho de guerra que fez o General Botelho na ocasião em que entrou Sult. Neste Reino na vila dos Arcos apesar de se lhe expor a sua inocência, de se lhe atribuir partidário dos franceses, mas a causa de o matarem foi o ódio que lhe tinha o povo das vexações que ele tinha feito a respeito do que se devia à Fazenda Real fazendo pagar quer fossem quer não obrigados; era Dezembargador da Casa da Suplicação com exercício de Cor.or de Barcelos. 17 D. Afonso Eloi Guerreiro e sua mulher D. Ana Tibéria Limpo Cabral teve além de D. Francisca acima casada com João Nepumoceno 1 D. Luísa Tibéria Cabral c.c. Francisco Xavier Limpo Homem Rabasco 1 António Francisco Guerreiro de Aboim Sr. da Casa c.c. ........................................... em Aljustrel 1 José Ladislão Guerreiro de Aboim c.c. ............................................. em Beja

16

N 6 MARIA DA FONSECA filha de Isabel da Fonseca N 5 casou com o Capitão João Gonçalves Pereira da freguesia de Adaens fº. de João Gonçalves Pereira neto de Fernando Martins Pereira bisneto de outro Fernão Martins Pereira, 3º neto de Martim Fernandes Pereira e 4º neto de Fernando Martins Pereira o Velho 7 Fr. Miguel Abade nos Bentos 7 Manuel Pereira da Fonseca 7 O Padre João Pereira Vigário de S. Paio Dantas 7 Maria da Fonseca 7 Jerónimo da Fonseca 7 O Capitão José Pereira da Fonseca casado com D. Josefa Maria do Sacramento filha de Bernardo da Silva e sua mulher Bernarda de Oliveira neste ttº. § 3 N 7. N 7 MANUEL PEREIRA DA FONSECA fº. de Manuel da Fonseca N 6 ficou com a quinta de Real na freguesia de Moure, casou com Maria Angélica de Vilas Boas 8 O Dr. João José de Vilas Boas casado com D. Rosa do de s.g. 8 ...................................................., casada c.g.

§5
N 6 JERÓNIMA DA FONSECA filha de Manuel da Silva N 5 do § 3 casou com Domingos Gomes de Oliveira 7 O Padre José da Silva Vigário de Punho 7 Antónia da Silva 7 Maria da Silva N 7 ANTÓNIA DA SILVA filha de Jerónima da Fonseca N 6 casou com António de Faria das Carvalhas, lugar de Vermoso 8 José da Silva 8 Manuel 8 Joana 8 Domingos

§6
N 6 MARIA DA SILVA filha de Manuel da Silva N 5 do § 3. Casou na Costa freguesia de Chorente com Tomás Álvares 7 Margarida, casada com José de Barros Ferreira da m.ma s.g. 7 Maria da Silva, casada com Domingos Lopes Torres.

§7
N 6 HELENA DA FONSECA filha de Manuel da Silva N 5 do § 3 casou com Domingos Gomes de Oliveira, digo com Luís Borges fº. de João Pereira de Azevedo, e sua mulher Maria de Gouveia no ttº. de Pereiras § 6 N 22 7 O Padre Bento da Costa Vigário de Rebordoins 7 Francisco Pereira 7 Maria da Silva N 7 FRANCISCO PEREIRA fº. de Helena da Fonseca N 6 casou com ................................... 8 B. Maria Josefa.

§8
N 6 FRANCISCA DA FONSECA filha de Isabel da Fonseca N 5 do § 4 casou em Jezufrei com António Gomes Cruz 7 Vicência da Fonseca 7 Teodósia da Fonseca N 7 VICÊNCIA DA FONSECA filha de Francisca da Fonseca N 6 casou com João Barbosa 8 José

8 Teodósia N 8 TEODÓSIA DA FONSECA filha de Vicência da Fonseca N 7, casou com João de Araújo.

§9
N 6 HELENA DA FONSECA filha de Isabel da Fonseca N 5 do § 4 casou em Regainho de Moura com João da Silva 7 Manuel da Fonseca 7 Bernarda.

§ 10
N 6 JERÓNIMA DA FONSECA filha de Isabel da Fonseca N 5 do § 4 casou em Courel com o Capitão Gregório Gomes Eiria 7 O Padre Gabriel da Fonseca 7 Jerónimo de Sá.

§ 11
N 6 ESCOLÁSTICA DA FONSECA filha de Isabel da Fonseca N 5 do § 4 casou em Sequiade com Manuel de Sá.

§ 12
N 2 PEDRO TOMÉ DA SILVA fº. de Tomé Gonçalves da Silva N 1 do § 1. Casou na Casa da Igreja de Midoins com Francisca Dias da Fonseca de Sante Eulália de Rio Covo. 3 Maria Gonçalves da Fonseca N 3 MARIA GONÇALVES DA FONSECA filha de Pedro Tomé da Silva N 2. Foi Srª. da Casa da Igreja de Midoins. Casou com Pedro Pires ambos de Midoins fº. de Diogo Pires da Costa da freguesia de Midoins e sua mulher Isabel Dias 4 Gonçalo Tomé § 17 4 Paula Tomé da Fonseca casada com António Álvares de que foi 3ª mulher fº. de Pedro Álvares e sua mulher Isabel Rodrigues no ttº. de Regos § 49 N 5 e ttº. de Vales § 10 N 2 4 Maria Tomé N 4 MARIA TOMÉ filha de Maria Gonçalves N 3. Foi Srª. da Casa da Igreja de Midoins. Casou com Domingos de Vilas Boas de Santa Eulália de Rio Covo 5 Domingos Tomé N 5 DOMINGOS TOMÉ fº. de Maria Tomé N 4 foi Sr. da Casa da Igreja. Casou com Maria Manuel 6 O R.do Manuel Pereira Reitor de Silveiros 6 Maria Pereira 6 Aurélia Pereira, § 15 6 Isabel Pereira 6 Sebastiana Pereira, s.g. 6 António Pereira N 6 MARIA PEREIRA filha de Domingos Tomé N 5. Foi Srª. da Casa da Igreja. Casou com António Leitão 7 Ana Maria Pereira 7 Sebastiana Pereira § 13 7 Teresa Pereira § 14 N 7 ANA MARIA PEREIRA filha de Maria Pereira N 6. Foi Srª. da Casa da Igreja. Casou com Domingos Coelho de Moure 8 O Dr. António José Coelho, formado s.g. 8 João Coelho casado com Maria Josefa, c.g. 8 Maria Josefa casada com Manuel Carvalho c.g.

8 Manuel Coelho que ficou na Casa casado com Maria Pereira c.g.

§ 13
N 7 SEBASTIANA PEREIRA filha de Maria Pereira N 6 do § 12 ficou com parte da Casa da Igreja. Casou com Nicolau Francisco 8 António 8 Manuel Pereira 8 José 8 Ana Maria 8 João 8 Bernardo

§ 14
N 7 TERESA PEREIRA filha de Maria Pereira N 6 do § 12 casou em Grimancelos com Domingos de Oliveira 8 António 8 Ana 8 Gabriel 8 Risa 8 Maria N 8 ANTÓNIO PEREIRA fº. de Teresa Pereira N 7 casou em Moure com Maria Ferreira.

§ 15
N 6 AURÉLIA PEREIRA filha de Domingos Tomé N 5 do § 12 casou com Manuel Martins 7 O Padre Manuel de Vilas Boas Reitor de Silveiros 7 Benta Pereira § 16 7 Maria Pereira 7 Josefa Pereira solteira 7 Bernarda Pereira 7 António Pereira morreu no Brasil 7 José Pereira, no Brasil N 7 MARIA PEREIRA filha de Aurélia Pereira N 6 casou com Domingos Tome da dita freguesia de Midoins digo casou em Remelhe lugar de Moldes na Casa da Torres com Domingos Francisco de Barros 8 Manuel José 8 José 8 António 8 Maria Josefa 8 Ana Maria (solteiros em 1765).

§ 16
N 7 BENTA PEREIRA filha de Aurélia Pereira N 6 do § 15 casou com Manuel de Miranda de Cristelo 8 D. Maria Josefa Pereira N 8 D. MARIA JOSEFA PEREIRA filha de Benta Pereira N 7 casou com Miguel Pereira de Andrade Lemos Cavº. da Ordem de Cristo 9 Francisco 9 D. Maria Josefa 9 Miguel 9 D. Ana 9 D. Josefa.

§ 17

N 4 GONÇALO TOMÉ fº. de Maria Gonçalves e seu marido Pedro Pires N 3 do § 12 casou na freguesia de Santa Eulália de Rio Covo com Isabel Tomé 5 Gonçalo da Costa, casado em Palmela 5 Pedro da Costa, cassado em Rio Covo 5 Isabel Tomé 5 João da Costa, casado s.g. N 5 ISABEL TOMÉ filha de Gonçalo Tomé N 4 casou com Miguel da Silva fº. B. de Manuel da Silva da Fonseca de Remelhe, e de Catarina Rodrigues de Rio Covo, está a escritura de casamento destes na Nota de Neves da era de 1689 em que declaram os pais § 3 N 5 6 Josefa da Silva 6 Maria da Silva N 6 MARIA DA SILVA filha de Isabel Tomé N 5 casou com Manuel Fomes Moreira 7 O Padre Miguel da Silva Vigário das Carvalhas e Cónego Cura em Barcelos 7 Manuel da Silva, solteiro 7 Luísa da Silva 7 Bernarda da Silva, § 18 N 7 LUÍSA DA SILVA filha de Maria da Silva N 6 do § 17 casou com Inácio da Silva.

§ 18
N 8 BERNARDA DA SILVA filha de Maria da Silva N 7 do § 17 casou com Bento Francisco 9 (( Miguel Luís 9 José António da Silva da Fonseca, Vigário das Carvalhas )) - 18

18

Nota dos Editores – O texto dentro de parêntese duplo não é de letra de Felgueiras Gayo.

SILVEIRAS §1
CONDES DA SORTELHA

N 1 GONÇALO VASQUES DA SILVEIRA é o primeiro de que por ora tenho notícia foi um Fidalgo muito honrado que viveu no tempo do Rei D. Fernando, e foi Sr. da herdade e defesa de Silveira da qual devia tomar o apelido, a qual está no termo da vila do Redondo do qual foi Sr. pelos anos de 1378; foi casado com Alda Rodrigues de Aguiar filha de Rodrigo Afonso de Aguiar que era fº. de Afonso Rodrigues de Aguiar, e neto de Nuno Rodrigues de Aguiar bisneto de D. Rodrigo de Aguiar que viveu na cidade de Évora descendente de Pedro Mendes de Aguiar de que tratamos no ttº. de Alcaforados 2 Maria Gonçalves da Silveira N 2 MARIA GONÇALVES DA SILVEIRA filha de Gonçalo Vasques N 1 casou com Martim Gil Pestana Alferes Mor da cidade de Évora fº. de Gil Vaz Pestana Alferes Mor da cidade de Évora que naquele tempo era o mesmo que Alferes Mor, e sua mulher D. Alda Vicente filha de um cidadão de Lisboa e neto paterno de João Annes Pestana e sua mulher Maria Afonso Parada filha de João Parada Reposteiro Mor do Rei D. Afonso III; o qual João Annes Pestana era irmão de Diogo Annes Pestana ambos filhos de outro João Annes Pestana que viveu em Évora de que vêm os Pestanas e por este casamento foram Sr.es das herdades de Souzeis, Exarrama e Posega no ttº. de Pestanas § 3 (veja este ttº. § 13 sub N 2) 3 Nuno Martins da Silveira 3 Maria Martins casada com João Rodrigues de Castro. Casou 2ª vez com Gonçalo Gonçalves Camelo Dezembargador do Rei D. João I 3 Mécia Martins da Silveira c.c. Fernão Lopes da Costa Galvão c.g. § 18 N 3 NUNO MARTINS DA SILVEIRA fº. de Maria Gonçalves da Silveira N 2 foi Rico Homem Escrivão da Puridade do Rei D. João I e D. Duarte, Vedor das Obras do Reino Sr. de Terena. Casou com D. Leonor Falcão filha de Gonçalo Annes de Abreu Sr. de Castelo de Vide e sua mulher, filha de Lourenço Annes Falcão no ttº. de Falcões § 1 N 1 e ttº. de Abreus § 98 N 9 4 Diogo da Silveira 4 Fernão da Silveira § 7 4 Gonçalo da Silveira, solteiro 4 Vasco da Silveira, solteiro 4 D. Isabel mulher de João de Melo Copeiro Mor do Rei D. Afonso V Alcaide Mor de Serpa ttº. de Melos § 5 N 10 4 D. Guiomar da Silveira mulher de Vasco Martins de Melo Alcaide Mor de Évora e Castelo de Vide no ttº. de Melos § 8 N 10 4 D. Leonor casada com Vasco Martins da Cunha. Casou 2ª vez com D. Fradique de Castro 4 D. Violante casada com Gomes de Miranda fº. de Martim Afonso de Miranda N 4 DIOGO DA SILVEIRA fº. de Nuno Martins da Silveira N 3 teve a mercê de Dom que lhe deu o Rei D. João I foi Embaixador a Roma achou-se na Batalha de Benalafe foi Sr. do Morgado de Recardaens, Tendaens, Branhido e Riomildo, Escrivão da Puridade do Rei D. Afonso V e Sr. de Recardaens e Segadaens. Casou com D. Brites da Cunha de Gois filha de Fernão Gomes de Lemos Sr. de Gois e Oliveira do Conde, e outras terras que herdou por este casamento no ttº. de Lemos § 2 N 6 5 D. Nuno Martins da Silveira 5 Henrique da Silveira § 4 5 Martim da Silveira § 5 N 5 D. NUNO MARTINS DA SILVEIRA fº. de D. Diogo da Silveira N 4 deste § 1, foi Sr. da Casa de seu pai, Provedor dos Hospitais, Coudel Mor e Mordomo Mor da Rainha D. Catarina mulher do Rei D. João III, e Vedor Mor das Obras do Reino. Casou com D. Felipa da Silva filha de Fernão Teles no ttº. de Silvas § 6 N 10 6 D. Luís da Silveira 6 D. Simão da Silveira Capitão de Diu e Sofala e Ormuz. Casou com D. Maria de Vilhena filha de Sancho de Toar s.g. 6 D. João da Silveira, Sacerdote 6 D. Leonor mulher de D. Diogo Lobo 2º Barão de Alvito no ttº. de Lobos § 2 N 3

6 D. Isabel 2ª mulher de Nuno da Cunha Governador da Índia no ttº. de Cunhas § 1 N 6 6 D. António da Silveira § 3 N 6 LUÍS DA SILVEIRA fº. de D. Nuno Martins da Silveira N 5 foi Sr. da Casa de seu pai Guarda Mor do Rei D. João III Vedor das Obras do Reino Chanceler Mor, Embaixador a Castela e 1º Conde da Sortelha. Casou com D. Brites Coutinho filha de D. Fernando Coutinho Mariscal, e D. Maria de Noronha no ttº. de Coutinhos § 8 N 10 7 D. Diogo da Silveira 7 D. Simão da Silveira § 2 7 D. Álvaro da Silveira 7 D. Gonçalo Padre da Companhia morreu mártir como consta da sua vida impressa em Latim, e traduzida em Castelhano em 1614 7 D. Felipa mulher de Luís Álvares de Tavora Sr. do Mogadouro ttº. de Tavoras § 1 N 6 6 D. ........................... mulher de D. João Manuel 7 D. Isabel e outras freiras N 7 D. DIOGO DA SILVEIRA fº. de D. Luís da Silveira N 6 herdou a Casa de seu pai foi Alcaide Mor de Alenquer que seu pai comprou, Guarda Mor do Rei D. Sebastião, 2º Conde de Sortela. Casou com D. Maria de Meneses filha de João Rodrigues de Sá Alcaide Mor do Porto Sr. de Matosinhos, e Sever, Camareiro Mor do Rei D. João III, e D. Camila de Castelo Branco no ttº. de Sás 8 D. João da Silveira 8 D. Diogo da Silveira 8 D. Luís da Silveira 8 D. Martinho da Silveira s.g. 8 D. Álvaro da Silveira § 11 8 D. Felipa da Silveira mulher de D. Luís de Lencastre 8 D. Brites freira na Esperança de Lisboa N 8 D. JOÃO DA SILVEIRA fº. de D. Diogo da Silveira N 7 não sucedeu na Casa por morrer na Jornada do Rei D. Sebastião a África na vida de seu pai. Casou com D. Madalena de Lencastre filha de D. Luís de Lencastre Comendador Mor de Aviz e D. Madalena de Granada no ttº. de Lencastres § 3 N 3 9 D. Diogo da Silveira morreu s.g. 9 D. Luís da Silveira 9 D. Helena de Castro mulher de Martim Afonso de Oliveira Sr. do Morgado de Oliveira no ttº. de Meneses 9 D. Maria de Lencastre mulher de Simão Gonçalves da Câmara 3º Conde da Calheta s.g. N 9 D. LUÍS DA SILVEIRA fº. de D. João da Silveira N 8 foi 3º Conde da Sortelha. Casou 1ª vez com sua prima D. Isabel de Lencastre filha de João Gonçalves da Câmara 2º Conde de Calheta 10 D. Maria, morreu nova 10 D. Madalena, morreu nova Casou 2ª vez com D. Maria de Vilhena filha de D. Manuel de Castelo Branco segundo Conde de Vila Nova de Portimão, e D. Branca de Vilhena no ttº. de Castelo Brancos § 12 N 16 10 D. Madalena de Vilhena N 10 D. MADALENA DE VILHENA filha de D. Luís da Silveira N 9 foi H. da Casa da Sortelha e de Vila Nova de Portimão. Casou com D. Pedro de Lencastre Comendador Mor de Aviz 2º Conde de Figueiró, e por este casamento 4º Conde da Sortelha fº. de D. Francisco Luís de Lencastre 3º Comendador de Aviz e em Castela Conde de Alcanede, e D. Felipa de Mendonça no ttº. de Lencastres § 5 N 5 onde vai 11 D. José Luís de Lencastre 3º Conde de Figueiro casado com D. Felipa de Vilhena filha do Conde de Penaguião s.g. 11 D. Luís de Lencastre 4º Conde de Vila Nova de Portimão 11 D. Maria de Lencastre sem estado N 11 D. LUÍS DE LENCASTRE fº. de D. Madalena de Vilhena N 10 foi 4º Conde de Vila Nova de Portimão (corre nos Lencastres § 5 N 6). §2

N 7 D. SIMÃO DA SILVEIRA fº. de D. Luís da Silveira N 6 do § 1, morreu em 1575. Casou com D. Guiomar Henriques filha de Simão Freire de Andrade Sr. de Bobadela no ttº. de Freire de Andrade § 11 N 7 8 D. Luísa da Silveira mor. em Almeirim de um pique que lhe deram numa fonte por desgraça 8 D. Simão mor. na Índia s.g. 8 D. Diogo, mataram os Mouros 8 D. António, mataram os Mouros 8 D. Leonor Henriques que foi H. casada com seu primo Luís Álvares de Tavora c.g. no ttº. de Tavoras § 1 N 17. §3 N 6 D. ANTÓNIO DA SILVEIRA fº. de D. Nuno Martins da Silveira N 5 do § 1 foi Capitão de Diu na Índia no tempo em que a cercou o Sulimão Raxa a quem o Rei D. João III pelos seus serviços fez mercê da Capitania do Machico de juro, e herdade, que depois vendeu ao Conde de Vimioso. Casou com D. Mécia de Eça filha de Lopo Vaz de Sampaio Governador na Índia no ttº. de Sampaios s.g. Casou 2ª vez com D. Clara filha de Rui Fernandes feitor em Flandres Embaixador a França e muito honrado s.m.n. §4 N 5 HENRIQUE DA SILVEIRA fº. de Diogo da Silveira N 4 do § 1 casou com D. Isabel Pereira filha de Gracia de Melo Alcaide Mor de Serpa no ttº. de Melos § 5 N 11 6 António da Silveira 6 Manuel da Silveira 6 D. Beatriz mulher 2ª de António de Saldanha o Velho no ttº. de Saldanhas 6 D. Felipa 2ª mulher de D. Francisco de Lima 3º Visconde de Vila Nova de Cerveira no ttº. de Limas N 6 ANTÓNIO DA SILVEIRA fº. de Henrique da Silveira N 5 casou com D. Brites de Mendonça filha de António de Mendonça Comendador de Veiros, Serpa e Moura no ttº. de Mendonças § 5 N 8 7 Luís da Silveira 7 D. Isabel ou Margarida de Mendonça mulher de Jorge de Melo Comendador de Langoiva N 7 LUÍS DA SILVEIRA fº. de António da Silveira N 6 casou com sua prima irmã D. Branca de Mendonça filha de Fernando de Mendonça e sua mulher D. Ana de Eça no ttº. de Mendonças § 5 N 9 8 D. Ana de Mendonça mulher de João de Sousa Alcaide Mor de Tomar 8 D. Isabel de Mendonça mulher de Fernão Coutinho Mariscal do Reino s.g. §5 N 5 MARTIM DA SILVEIRA fº. de Diogo da Silveira N 4 do § 1 foi Sr. de Terena casou com D. Catarina de ................... filha de Diogo de Azambuja Comendador de ................................... 6 Manuel da Silveira 6 Diogo da Silveira Comendador de Castelo de Vide Almirante da Índia em 1523 Governador de Ormuz em 1543 casado com D. Margarida, ou Helena de Mendonça acho casado igualmente com D. Maria Furtado filha de Henrique de Sousa Sr. de Oliveira 6 D. Maria da Cunha mulher de Nuno da Cunha Governador da Índia 6 D. Brites da Silveira mulher de Manrique da Silva M.e Sala da Imperatriz D. Isabel mulher do Imperador Carelos 5 c.g. N 6 MANUEL DA SILVEIRA fº. de Martim da Silveira N 5 casou com D. Joana Henriques filha de Henrique Henriques 7 António da Silveira 7 Luís da Silveira 7 D. Catarina da Silveira 7 D. Maria da Silveira 7 D. Francisca da Silveira §6

(Este § está em branco no original)

§7
SR.ES DE SERZEDAS

N 4 FERNÃO DA SILVEIRA fº. de Nuno Marins da Silveira N 3 do § 1. Foi Regedor das Justiças Caudel Mor do Reino Embaixador a Roma. Casou com D. Isabel Henriques filha de Fernão Henriques Sr. de Alcaçovas no ttº. de ...................... foi Fernão da Silveira Sr. de Serzedas e Sobreira Formosa 5 Francisco da Silveira 5 Jorge da Silveira § 8 5 Diogo da Silveira § 9 5 D. Violante mulher de D. Fernão Martins Mascarenhas no ttº. de Mascarenhas § 1 N 8 5 D. Mécia Henriques mulher de D. Pedro de Sousa Conde do Prado no ttº. de Sousas 5 D. Maria Henriques mulher de Francisco de Mendanha Alcaide Mor de Castro Nuno filho de Pedro de Mendanha ttº. de Mendanhas N 5 FRANCISCO DA SILVEIRA fº. de Fernão da Silveira N 4 herdou a Casa de seu pai foi Caudel Mor do Reino; casou com D. Margarida de Noronha filha de D. João de Noronha o dentes 1º Marquês de Cascais, e D. Joana de castro no ttº. de Meneses § 3 N 11 6 Fernão da Silveira 6 D. Violante mulher de D. Pedro de Noronha Sr. de Vila Verde no ttº. de Noronhas § 2 N 6 6 Bernardino da Silveira casado com D. Inês de Almeida teve filhos e netos s.g. 6 Heitor da Silveira s.g. 6 Manuel da Silveira, cativo 6 D. Isabel, morreu nova 6 D. Cecília, o mesmo N 6 FERNÃO DA SILVEIRA fº. de Francisco da Silveira N 5 (foi Sr. de Serzedas e Sobreira Formosa) herdou a Casa de seu pai; casou com D. Germineza Mascarenhas filha de Pedro Ocem de Almeida, e D. Isabel Mascarenhas Sr.es do Morgado de Santarém 7 D. Maria da Silveira mulher de D. Rodrigo Lobo Sr. de Serzedas e Sobreira Formosa por este casamento fº. de D. Luís Lobo no ttº. de Lobos § 5 N 5. §8 N 5 JORGE DA SILVEIRA fº. de Fernão da Silveira N 4 do § 7 foi Alcaide Mor de Castelo Rodrigo Camareiro Mor do Infante D. Fernando; casou com D. Maria Furtado filha de Duarte de Mendonça Comendador do Torrão Anadel Mor de Besteiros 6 Vasco da Silveira casado 3 vezes s.g. 6 António da Silveira 6 Fernão da Silveira Mordomo Mor do Rei D. João III c.c. D. Guiomar da Cunha filha de Fernão da Cunha s.g. 6 D. Francisca mulher de Henrique de Sousa Sr. de Oliveira do Bairro no ttº. de Sousas § 7 N 21 Casou também Jorge da Silveira com D. Felipa de Lima filha de Álvaro de Lima Monteiro Mor do Rei D. Manuel 6 D. Guiomar de Lima 1ª mulher de Francisco de Miranda Alcaide Mor de Fronteira no ttº. de Mirandas outro diz casara D. Guiomar com Aires de Sousa fº. de Rui Dias de Sousa 6 D. Isabel, ou Joana de Lima 2ª mulher de Fernando de Toledo em Castela N 6 ANTÓNIO DA SILVEIRA fº. de Jorge da Silveira N 5 foi Comendador de Arguim; casou com D. Genebra de Brito filha de Jorge de Brito Copeiro Mor do Rei D. Manuel ttº. de Britos § 14 N 8 7 Jorge da Silveira morreu moço 7 D. Violante da Silveira 7 Vasco da Silveira 7 António da Silveira N 7 VASCO DA SILVEIRA fº. de António da Silveira N 6 foi Comendador de Arguim Coronel de um Regimento na de Alcácer, morreu cativo. Casou com D. Inês de Noronha filha de Felipa Lobo Governador de S. Jorge da Mina Trinchante do Rei D. João III ttº. de Lobos § 17 N 4

8 D. Mariana da Silveira sucedeu na Casa, casou com Rui Teles de Meneses 7º Sr. de Unhão fº. de Fernão Teles ttº. de Silvas. §9 N 5 DIOGO DA SILVEIRA fº. de Fernão da Silveira N 4 do § 7 casou com D. Maria de Tavora filha de Pedro Lourenço de Tavora Sr. de Mogadouro 6 D. Mécia de Tavora mulher de D. Álvaro de Noronha Governador de Azamor 6 D. Isabel de Tavora mulher de João da Silveira Cavaleiro da Ordem de Cristo ttº. de Vasconcelos § 200 N 19 c.g. 6 D. Leonor da Silveira mulher de D. Simão de Meneses Comendador de Grândola e de Cassela 6 B. Jorge da Silveira mor. na Índia no Combate de Adem. § 10 (Este § está em branco no original) § 11 N 8 D. ÁLVARO DA SILVEIRA fº. de D. Diogo da Silveira N 7 do § 1 (achou-se D. Álvaro com El Rei D. Sebastião na de Alcácer em 4 de Agosto de 1578 onde ficou cativo). Foi Fronteiro Mor de Tânger onde serviu Comenda. Casou com D. Brites Mexia filha de Jerónimo Mexia Vedor da Fazenda da Índia Sr. de um Morgado em Campo Maior e D. Francisca Tibão filha de Francisco Tibão ttº. de Mexias § 29 N 16 ttº. de Tibões § 1 N 2 9 D. Diogo da Silveira casado com D. Maria de Noronha s.g. 9 D. Luís da Silveira Colegial de S. Paulo em Coimbra 9 D. António, Clérigo 9 D. Martinho, Clérigo 9 D. Jerónimo da Silveira 9 D. Maria de Meneses mulher de D. Jorge Henriques Sr. de Alcaçovas no ttº. 9 D. Francisca da Silveira mulher de António Vaz de Camões no ttº. de Camões casou 2ª vez com Gaspar de Brito Freire Sr. do Morgado de S. Estevão e Nossa Senhora de Jesus ttº. de Britos § 14 N 2 (ver Correias § 50 N 16) 9 D. João, serviu na Índia, s.g. 9 D. Rodrigo, o mesmo 9 D. Gonçalo, o mesmo 9 D. Felipa, freira na Esperança de Lisboa 9 D. Leonor, o mesmo 9 D. Guiomar, o mesmo 9 D. Ana 9 D. Inês, freira em Santos 9 D. Brites recolhida no mesmo 9 D. Catarina.......................... casada com ..................... de Matos N 9 D. JERÓNIMO DA SILVEIRA fº. de D. Álvaro da Silveira N 8 serviu na Índia. Casou com D. Brites de Albuquerque filha de Jorge de Albuquerque G.al de Ceilão do Conselho Ultramarino, e D. Isabel de Sousa filha de Pedro de Sousa Capitão de Malaca Geral de Ceilão, e D. Brites de Ataíde filha de D. Diogo de Ataíde Capitão de Becaim em Goa. Era Jorge de Albuquerque fº. de Fernão de Albuquerque Governador da Índia, neto de Estevão de Brito Comendador e Alcaide Mor de Panoias, e sua mulher D. Guiomar de Castro filha de Jorge Barreto Comendador de Castro verde, e sua mulher D. Joana da Silva filha de Fernão de Albuquerque Sr. de Vila Verde (História Genealógica Tomo 12 pag. 89) 10 D. Luís da Silveira supomos s.g. por seu irmão ser Sr. da Casa 10 D. António da Silveira N 10 D. ANTÓNIO DA SILVEIRA fº. de D. Jerónimo da Silveira N 9 foi Comendador de Sortelha veio da Índia para o Reino foi Fidalgo muito entendido. Casou com D. Catarina de Lima filha de Álvaro Pires de Tavora Sr. do Morgado de Caparica e D. Maria de Lima no ttº. de Tavoras, ou de Rui Lourenço de Tavora da dita D. Maria de Lima 11 D. Álvaro da Silveira 11 D. Vitoria de Lima mulher de Cristóvão de Sousa Sr. de Baião no ttº. de Sousas § 4 N 11

11 D. Brites freira em Odivelas 11 Matias de Oliveira da Silveira e Abreu § 14 lhe dão seus descendentes. N 11 D. ÁLVARO DA SILVEIRA fº. de D. António da Silveira N 10 foi Comendador de Santa Maria de Sortelha na Ordem de Cristo M.e de Campo Maior e do Terso do Cais, Governador do Rio de Janeiro. Casou 1ª vez com D. Brites s.g. (esta D. Brites 1ª mulher de D. Álvaro da Silveira era filha de D. Diogo de Meneses Comendador de Valada, e D. Maria de Oliveira no ttº. de Mendanhas). Casou 2ª vez com D. Teresa de Borbon filha de D. António de Almeida Conde de Avintes e D. Maria Antónia de Borbon no ttº. de Almeidas § 2 N 16 a qual depois casou com Diogo de Mendonça Corte Real no ttº. de Mendonças § 25 N 8 12 D. António da Silveira 12 D. Brites de Borbon, Dama, ,mulher de D. Luís de Almeida seu primo irmão sobrinho do Cardeal D. Tomás de Almeida e teve uma filha que morreu nova e ela sobre o parto 12 D. Maria de Borbon casada com António de Miranda Henriques Sr. de Carapito Codeceiro, Alcaide Mor de Vilar Maior no ttº. de Freires de Andrade § 66 N 13 12 D. José Joaquim da Silveira, s.g. 12 D. Tomás da Silveira Coronel do Terso de Guarnição de Valença nasceu em 1713 foi Governador do Algarve em 1764 foi Sr. da Casa por morte de seu irmão N 12 D. ANTÓNIO DA SILVEIRA fº. de D. Álvaro da Silveira N 11 nasceu a 11 de Julho de 1696 sucedeu na Casa de seu pai e casou a 2 de Fevereiro de 1731 com D. Inês de Portugal filha de D. Luís Inocêncio de Castro Almirante de Portugal s.g. § 12 (Este § está em branco no original) § 13
SR.ES DE ALVITO

N 1 JOÃO ANNES PESTANA viveu no tempo do Rei Afonso III viveu em Évora 2 Diogo Annes Pestana 2 João Annes Pestana N 2 JOÃO ANNES PESTANA fº. de João Annes N 1 casou com Maria Afonso Parada filha de João Parada Reposteiro Mor do Rei D. Afonso III 3 D. Elvira Annes Parada casada com Pedro de Oliveira 3 Gilvaz Pestana que foi Alferes da cidade de Évora casado com D. Alda Vicente e teve 4 Martim Gil Pestana casado com Maria Gonçalves da Silveira neste ttº. § 1 N 2 3 Álvaro Vaz Pestana N 3 ÁLVARO VAZ PESTANA fº. de João Annes N 2 ou Afonso Vaz Pestana casou com Inês da Silveira 4 Fernão Afonso da Silveira N 4 FERNÃO AFONSO DA SILVEIRA fº. de Álvaro Vaz N 3 (foi Dezembargador do Paço) ou Afonso Vaz no ttº. de Vasconcelos seguindo D. António Caetano de Sousa lhe damos outra filiação veja-se o dito ttº. de Vasconcelos § 200 N 16; foi Embaixador a Castela. Casou com D. Catarina Teixeira filha de Estevão Pires de Torres Vedras e Maria Gonçalves Teixeira irmã de Pedro Teixeira Alcaide Mor de Óbidos (Catarina Teixeira era filha de um sapateiro de Torres Vedras e da fª de um Cerieiro Castelhano ver ttº. de Vasconcelos § 159 N 13) 5 O Dr. João Fernandes da Silveira casado duas vezes uma com D. Violante Pereira c.g. no ttº. de Vasconcelos § 200 N 18; casou 2ª vez com D . Maria de Sousa Lobo filha de D. Diogo Lobo Sr. de Alvito c.g. no ttº. de Lobos § 2 N 1.

§ 14 19
N 11 MATIAS DE OLIVEIRA SILVEIRA que seus descendentes dizem ser fº. de D. António da Silveira N 10 do § 11 o que dizem consta da certidão do seu baptismo; nós temos por falsa esta filiação,
19

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o número 14.

por que além de a não acharmos em Genealógico algum acresce para se supor falsa, o não se assinar de Dom por nome de seu pai, que ele deveria usar, e seus descendentes, pode ser fosse filho natural; dizem seus descendentes nascera em Soutelo Bispado de Coimbra, e que vivera em Coimbra sendo Sargento Mor das Ordenanças, e Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com D. Maria Gomes de Sá em Coimbra cujos pais se não dizem, só dizem teve 12 Manuel Gomes da Silveira N 12 MANUEL GOMES DA SILVEIRA fº. dizem de Matias de Oliveira da Silveira N 11 foi Vereador na cidade de Lamego no ano de 1683, e foi de todos estimado. Casou com D. Teresa de Jesus de Sousa Cardoso filha do Dr. Bartolomeu Rodrigues de Sousa Cardoso Sr. da quinta de S. Lázaro, e sua mulher D. Luísa Maria de Melo natural de Coimbra 13 Manuel Gomes da Silveira grande Teólogo e Filósofo Frade de Santo António dos Reformados qualificador do S. Ofício e Provencial da sua R.am, edificou o Colégio de Santo António da Estrela de Coimbra, e nomeado Bispo de Mariana que ele não aceitou, e foi a Roma votar no Capítulo Geral 13 Jorge Gomes da Silveira 13 João Gomes da Silveira frade Carmelita 13 António Gomes da Silveira Reitor de Almacave, e Abade de Sozelo 13 D. Maria da Silveira freira em S. Clara de Coimbra 13 Jacinto Gomes da Silveira cego de uma malina que dizem casara e tivera 14 José Caetano da Silveira que foi boticário na vila de Barcelos onde casou c.g. N 13 JORGE GOMES DA SILVEIRA fº. de Manuel Gomes da Silveira N 12 foi baptizado na Igreja de Almacave nasceu a 24 de Abril de 1672, foi Dr. em Leis casou com D. Joana Maria Pacheco filha de José Soares Pacheco Vereador em Lamego em 1686 e Correio Mor da dita cidade 14 José da Silveira Pacheco 14 Manuel Gomes da Silveira, frade Borra 14 D. Maria Lebiana da Silveira 14 D. Teresa 14 António Gomes da Silveira. Jesuíta 14 João Carelos, Clérigo 14 Agostinho, o mesmo 14 Diogo da Silveira, frade Capucho N 14 JOSÉ DA SILVEIRA PACHECO fº. de Jorge Gomes da Silveira N 13. Nasceu a 12 de Novembro de 1729 e foi baptizado em Almacave. Casou com D. Susana Salema de Sousa B. com quem se recebeu a 7 de Fevereiro de 1770 filha B. de Manuel Salema de Sousa Fidalgo da Casa Real, e D. Mariana Josefa da Conceição mulher solteira 15 Francisco da Silveira Salema e Sousa Cadete em Almeida 15 D. Vitoria da Silveira Salema 15 Manuel da Silveira Salema

§ 14 20
N 1 ÁLVARO DIAS DA SILVEIRA fº. de ........................................ não sabemos de quem era fº. só que viveu na Vila de Nomão no princípio da era de 1600. Casou com Catarina Pires Amado filha de Pedro Gonçalves Amado Doutor pela Universidade de Paris Corregedor da Beira chamado por antenomazia o Dr. de Truxinho onde viveu, e de sua 1ª mulher D. Maria Annes de Almeida e Mesquita no ttº. de Amados § 13 N 8 2 Baltazar Dias da Silveira N 2 BALTAZAR DIAS DA SILVEIRA fº. de Álvaro Dias N 1 sucedeu na Casa de seu pai, casou com D. Isabel de Aguilar filha de D. Isidoro de Aguilar, e D. Aldonça de Monroy Fidalgos Castelhanos que passaram a Portugal e viveram em Castelo Rodrigo 3 António Dias de Aguilar

20

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o número 14.

N 3 ANTÓNIO DIAS DE AGUILAR fº. de Baltazar Dias da Silveira N 2 sucedeu na Casa de seu pai. Casou com D. Antónia Rodrigues do Amaral filha de Rodrigo Lourenço do Amaral e D. Isabel Cardoso c.g. que corre no ttº. de Amarasi § 26 e segt.

§ 15
N 1 ........................................................................................................... 2 João da Silveira 2 Agostinho da Silveira morador em Ourém, e parece que este é ascendente de Leonor da Silveira mulher de André Mendes Lobo de que vem os Condes de Bobadela no ttº. de Mouros N 2 JOÃO DA SILVEIRA fº. de .........................................., foi meirinho do Paço do Duque de Bragança casou com Maria da Fonseca de Olivença 3 Estevão Mendes da Silveira N 3 ESTEVÃO MENDES DA SILVEIRA fº. de João da Silveira N 2 casou com D. Francisca Xavier Maio filha de Francisco Rodrigues Maio e Maria Álvares no ttº. de Maios e se receberam na Matriz de Borba em 1653; foi Estevão Mendes Capitão Mor de Borba, morreu em 1692 manda que de sua fazenda se tirem 500$000 para se agregarem à Capela de Manuel Rodrigues Maio cujo tttº. está no Cartório de Panasco; a dita D. Francisca Xavier morreu em 1679 com tttº. manda juntar 150$000 à mesma Capela 4 João da Silveira Vila Lobos 4 Fr. Amaro da Silveira 4 D. Luísa da Silveira c.c. João Galego Frade fº. de Francisco de Magalhães Frade, e D. Leonor Mendes Fradeça teve filhos que morreram s.g. 4 D. Isabel da Silveira N 4 JOSÉ DA SILVEIRA DE VILA LOBOS fº. de Estevão Mendes N 3 foi Capitão Mor de Borba; casou com D. Isabel Maria Baião que morreu em 1735 cujo tttº. está no Cartório de Tarrinho; nele chama seu avô Gonçalo Dias Baião e tio a Barnabé Dias Baião, avô a Luís Gomes, tio ao Padre Manuel Vidigal, e Sebastião Luís vinculou a tersa; e morreu João da Silveira em 1714 deixou muitos legados, sinal que Casa era grossa 5 João da Silveira de Vila Lobos 5 O Dr. Estevão Mendes da Silveira morreu em 1750 vinculou a Horta dos Asnos que uniu ao Morgado da quinta da Prata 5 D. Inês Francisca da Silveira § 17 N 5 JOÃO DA SILVEIRA DE VILA LOBOS fº. de João da Silveira N 4 sucedeu na Casa de seu pai. Casou em Vila Viçosa com D. Francisca Júlia de Meneses filha de Sebastião da Silveira e D. Luísa Júlia de Meneses Moscozo, e se receberam em S. Bartolomeu de Borba a fl. 79 do Livro que principia em 1698 6 João da Silveira de Vila Lobos casado com D. Isabel Antónia da Gama s.g. ele está viúvo 6 Fr. Sebastião frade Domenico 6 Afonso da Silveira 6 José da Silveira 6 D. Luísa Júlia § 16 6 D. Isabel recolhida nas servas de Borba.

§ 16
N 6 D. LUÍSA JÚLIA DA SILVEIRA DE MENESES filha de João da Silveira de Vila Lobos N 5 do § 15 casou para a vila do Alandroal com Amaro Matias Gansozo Capitão Mor da dita vila Cavaleiro Fidalgo fº. de António Vaz Gansozo, e D. Josefa Fragoso e neto de Jerónimo Vaz Gansozo, e D. Josefa Pessoa de Lemos 7 .......................... 7 .......................... 7 ..........................

§ 17
MACEDOS DE SEQUEIRA, DE ÉVORA

N 5 D. INÊS FRANCISCA DA SILVEIRA filha de João da Silveira N 4 do § 15 casou em S. Bartolomeu de Borba como se vê do livro que findou em 1758 com Diogo Guerreiro Camacho Aboim fº. de Manuel Guerreiro Camacho de Aboim e D. Bárbara Josefa Faleiro 6 D. Bárbara Josefa 6 D. Ana casada com Manuel Cordovil Lobo de Évora c.g.s.n. N 6 D. BÁRBARA JOSEFA filha H. de D. Inês Francisca N 5 casou com João de Macedo de Sequeira Reimão Fidalgo da Casa Real fº. de Francisco de Macedo de Sequeira Fidalgo da Casa Real e sua 1ª mulher D. Josefa de Sousa Reimão filha H. de Luís de Sousa Reimão Capitão Mor do Cano 7 Luís de Macedo 7 Jerónimo de Macedo 7 Manuel de Macedo 7 João de Macedo 7 D. Inês mulher de Custódio Jacome Reimonde da Vila de Tomar, teve 8 D. Maria do O 7 D. Josefa casada com António da Costa Tavares de Trancoso Fidalgo da Casa Real 7 D. Joana casada com D. José Tojo Fidalgo da Casa Real morador em Portel 7 D. ........................... 7 D. ...........................

§ 18
GALVÕES

N 2 MÉCIA GONÇALVES DA SILVEIRA filha de Maria Gonçalves da Silveira N 2 do § 1 casou com Fernão Lopes da Costa Galvão fº. de Luís Afonso da Costa Vassalo do Rei D. Fernando e de sua mulher ..................................... Galvão filha de João Galvão Cavº honrado do Algarve, e neta de Pedro Galvão M.e de Letras no tempo do Rei D. Diniz 3 João Fernandes Galvão N 3 JOÃO FERNANDES GALVÃO fº. de Mécia Gonçalves da Silveira N 2 chamaram-lhe por alcunha o perna de vinho foi Prior de Évora Secretário do Rei D. Afonso V, e Escrivão da Puridade do dito Rei, Embaixador a Castela 4 Rui Galvão c.g. no ttº. de Galvões § 1 N 1.

SOALHAENS §1 N 1 .......................................... DE SOALHAENS é o primeiro em que principia o Conde no ttº. 30 fl. 169 desta Família 2 João Martins de Soalhaens 2 Lourenço Martins de Soalhaens casado com D. ................................ Pires filha de Pero de Oliveira no Conde fl. 177 N 2 ttº. de Oliveiras § ... N ... teve 3 D. Maria Lourenço mulher de Estevão Soares o Moço Sr. da Albergaria de Paio Delgado no Conde fl. 370 N 5 N 2 JOÃO MARTINS DE SOALHAENS fº. de ........................................ N 1 foi Arcebispo de Braga sucessor do Arcebispo D. Martinho que tinha sido antes Bispo de Lisboa houve de Barregão 3 Martim Annes de Soalhaens 3 Rodrigo Annes de Soalhaens casado com D. Mor Esteves filha de Estevão Vasques de Moura fl. 335 N 2 do Conde 4 Estevão Rodrigues casado com D. Urraca Vasques Peixoto filha de Vasco Gomes Peixoto no Conde fl. 161 3 Vasques Annes § 2 3 .......................................................... Martins mulher de Martim Annes Dasmaons o 1º em que principia o Conde o ttº. de Dasmaons a fl. 180 e teve 4 João Martins casado com D. Guiomar Rodrigues filha de Giraldo Esteves Feijó e D. Teresa ou Guiomar Rodrigues no Conde fl. 197 N 3 s.m.n. 3 D. Inês mulher de Gonçalo Annes Correia no ttº. de Correias 3 D. Maria Annes mulher de Rui Lourenço de Portocarreiro no Conde fl. 361 N 30 N 3 MARTIM ANNES DE SOALHAENS fº. de João Martins N 2 teve 4 João Martins de Soalhaens casado com D. ................................... filha de Rui Pires de Vasconcelos no ttº. de Vasconcelos § ... 4 D. Guiomar Martins mulher de Vasco Martins de Resende no Conde fl. 184 N 9. §2 N 3 VASCO ANNES DE SOALHAENS fº. de João Martins de Soalhaens N 2 do § 1 casou com D. Estevainha Gonçalves filha de Gonçalo Pereira e D. Inês Lourenço no Conde fl. 57 N 15 s.g. casou 2ª vez com Leonor Rodrigues filha de Rodrigo Afonso Ribeiro e D. Maria Pires de Tavares no Conde fl. 252 N 2 fl. 252 N 2 4 Rui Vasques Ribeiro N 4 RUI VASQUES RIBEIRO fº. de Vasco Annes de Soalhaens N 3 casou com D. Marinha Gonçalves filha de Gonçalo Fernandes Chancinho e D. Teresa Martins da Cunha no Conde fl. 285 N 3 5 D. Catarina Rodrigues mulher de Fernão Lopes Pacheco no Conde fl. 298 N 10 Casou 2ª vez com D. Margarida Gonçalves filha de Gonçalo Annes de Briteiros, e D. Maria Afonso de Chicorra a fl. 131 N 9 do Conde s.m.n.

SODRÉS §1 N 1 dizem todos que os desta família são ingleses que vieram a este Reino em tempo do Rei D. João I, e tinha quantia na Casa deste Rei e vieram com a Rainha D. Felipa, e João Sodré parece que seria pai de 2 João Sodré N 2 JOÃO SODRÉ fº parece de João Sodré N 1 teve a Casa de seu pai. Casou com .................................... 3 Diogo Sodré N 3 DIOGO SODRÉ fº. de João Sodré N 2 sucedeu na Casa de seu pai. Casou com........................... que tinha quantia na Casa do Rei D. Afonso V 4 Fradique Sodré N 4 FRADIQUE SODRÉ fº. de Diogo Sodré N 3 sucedeu na Casa de seu pai, casou com .......................... 5 Duarte Sodré 5 Manuel Sodré s.g. 5 Maria Sodré, § 2 N 5 DUARTE SODRÉ fº. de Fradique Sodré N 4 parece ser o que de que diz D. Francisco de Meneses vira o testamento em que se apelidava Vedor da Fazenda, e Alcaide Mor de Tomar, e Ceia, pois segundo os tempos assim parece, e nele nomeia por sua mulher Catarina Nunes, e nomeia por filhos Francisco Sodré, Manuel Sodré que devia não ter geração, e nomeia por seu irmão Antão Sodré dos quais não há notícia, e deviam não ter geração; foi Sr. da Casa de seu pai. Casou como se diz com Maria Nunes ou Catarina Nunes da Cunha 6 Francisco Sodré Sr. da Casa de seu pai casado com Violante Pereira filha de João Pereira Sr. de Águas Belas e sua mulher Isabel freire c.g. no ttº. de Pereiras § 13 N 18 . §2 N 5 MARIA SODRÉ filha de Fradique Sodré N 4 do § 1 casou com João Resende Provedor das Valas de Santarém 6 Vicente Sodré que foi por Capitão de 5 naus ou navios em Companhia de seu sobrinho o 1º Conde da Vidigueira 6 Brás Sodré que foi na mesma viagem ambos se perderam s.g. 6 Isabel Sodré mulher de Estevão da Gama pai do 1º Conde da Vidigueira c.g. no ttº. de Ruas § 17 N 4.

SOROMENHOS §1 N 1 D. BRÁS DE ANHAIA GALEGO SOROMENHO que dizem ser descendente de D. Pedro Anhaia Maldonado Galego Soromenho Fidalgo Castelhano que se passou a este Reino no tempo do Sr. D. Afonso V por seguir as partes da Princesa D. Joana contra os Reis Católicos. Casou neste Reino com D. Maria Vabo Pimentel fº. de Pantalião Fogaça que morreu em Inglaterra por não querer declarar as particularidades da diligência a que o mandava o seu Soberano como enviado àquela Corte: assistiu D. Brás no Algarve (esta memória me foi dada por seus descendentes) 2 Manuel Soromenho Dias Galego Pimentel N 2 MANUEL SOROMENHO DIAS GALEGO PIMENTEL fº. de D. Brás Rodrigues N 1 foi Capitão Governador da Fortaleza do Boliche casou com ......................................... (consta do Brasão) 3 Luís Pimentel Soromenho N 3 LUÍS PIMENTEL SOROMENHO fº. de Manuel Soromenho N 2 foi Capitão Governador da Fortaleza do Boliche casou com .................................. (consta do Brasão) 4 Manuel Soromenho Dias Pimentel N 4 MANUEL SOROMENHO DIAS PIMENTEL DE VABO fº. de Luís Pimentel N 3 foi também Governador da Fortaleza de Boliche casou com .......................................... (consta do Brasão notado abaixo) 5 D. Leonor de Andrade Soromenho N 5 D. LEONOR DE ANDRADE SOROMENHO filha de Manuel Soromenho N 4 casou com Amaro Vaz Capitão e Governador da mesma Fortaleza de propriedade por mercê concedida a sua casa pelos serviços que todos seus avós tinham feito à Coroa de Portugal e pelos mesmos conservavam os foros de Fidalgos da Casa Real consta do Brasão notado 6 D. Brites de Andrade N 6 D. BRITES DE ANDRADE filha de D. Leonor de Andrade N 5 casou com João Galego Pimentel Soromenho Capitão e Governador da Fortaleza de Peva que era sua por ser edificada por seus avós à sua conta conservando nela uma casa de Armas para sua defesa dos assaltos dos Mouros fº. de Pedro Galego Soromenho e neto de João galego Soromenho que edificou a Fortaleza de Pera de que foi Sr. e seus descendentes consta do Brasão notado 7 João Galego Soromenho Pimentel Vabo que foi o último Governador da Fortaleza de Santo António de Pera, casou s.g. 7 D. Inês Maria Galego Soromenho s.g. 7 D. Maria Manuela Galego N 7 D. MARIA MANUELA GALEGO SOROMENHO filha de D. Brites de Andrade N 6 casou com António Mendes Correia Capitão Mor de Vila Nova de Portimão natural de Lagos fº. de Luís Mendes Esteves e sua mulher Bárbara Rodrigues filha esta de Felipe Rodrigues que foi Alferes e Domingas Dias consta do Brasão notado 8 Pedro António Galego Soromenho 8 José N 8 PEDRO ANTÓNIO GALEGO SOROMENHO fº. de D. Maria Manuela N 7 21 casou com D. Rosa Angélica Pereira Amado filha de Domingos Coelho Amado e D. Brites Mendes da Silva neta paterna de Francisco Lopes Pereira Amado e sua mulher D. Gracia Bernarda Barbude de Sequeira e materna de Silvestre Mendes da Silva graduado em Leis e Cavaleiro da Ordem de Cristo e sua mulher D. Micaela Rosa de Brito Zagalo; foi Pedro António Galego Soromenho Sargento Mor de Artilharia do Porto (ver Costado no Tomo 3º nº. 173 vº)

De um Brasão que se passou a Pedro Soromenho que se acha registado na Vila de Póvoa do Varzim no Cartório da Câmara aos 22 de Abril de 1784 e consta ser passado em Lisboa por Felipe Rodrigues de Campos e pelo principal Rei de Armas Luís Rodrigues Cardoso aos 21 de Janeiro de 1774 registada no Livro 1 fl. 218 de 24 de Janeiro do dito consta toda a ascendência como fica.

21

9 António Pedro Galego Soromenho Tenente Coronel do 1º Regimento de Infantaria de Elvas que casou em Valença com D. Maria Rosa Xavier de Castro filha de Francisco Pereira de Castro no ttº. de Soares Tangis § 41 N 13 e tem 10 José Pereira de Castro Pimentel 9 Francisco Pereira Soromenho 9 D. Rosália Rosa Soromenho 9 D. Maria Angélica Soromenho 9 D. Ana Francisca Soromenho ou D. Ana Francelina Pimentel Amado c.c. Francisco António Pereira de Eça c.g. no ttº. de ;ouras Coutinhos § 19 N 10.

SOVEROZAS §1 N 1 O CONDE D. GOMES DE SOBRADO é o primeiro em que principia o Conde este ttº. no ttº. 25 fl. 146 e diz que 2 Fernão Gomes o Cativo N 2 FERNÃO GOMES o Cativo fº. do Conde D. Gomes N 1, teve 3 D. Vasco Fernandes N 3 D. VASCO FERNANDES fº. de Fernão Gomes N 2 casou com D. Teresa Gonçalves de Sousa filha de Gonçalo Mendes de Sousa e D. Dordia Viegas a fl. 134 N 9 4 D. Gil Vasques Soveroza 4 D. Martim Vasques Soveroza que os Mouros mataram em Prazença 4 D. Elvira Vasques casada com D. Paio Soares de Valadares no ttº. de Valadares e em dias deste seu marido fez um filho em dardaria com Vasco Martins Mogudo de Sandim e depois casou com ele no ttº. de Botelhos 4 D. Aldara Vasques Monja em S. Tirso s.g. N 4 D. GIL VASQUES DE SOVEROZA fº. de D. Vasco Fernandes N 3 jaz em Pombeiro foi 3 vezes casado. A 1ª com D. Maria Aires de Fornelos filha de Aires Nunes de Fornelos no onde fl. 354 Noa A de quem El Rei D. Sancho de Portugal tivera antes seus filhos 5 D. Gil Vasques 5 D. Martim Gil 5 D. Teresa Gil que teve filhos do Rei D. Afonso de Leão que alguns dizem recebera por mulher no Conde fl. 9 N 7 c.g. Casou 2ª vez D. Gil Vasques com D. Sancha Gonçalves de Orvejana digo de Orvaneja filha de Gonçalo Gomes de Orvaneja 5 D. Vasco Gil § 2 5 D. Henrique ou Manrique Gil s.g. 5 D. Guiomar Gil Casou 3ª vez com D. Maria Girão filha de D. Gonçalo Rodrigues Girão e D. Marquesa sua 2ª mulher no Conde fl. 102 Nota C 5 D. João Gil, § 3 5 D. Fernão Gil 5 D. Gonçalo Gil s.g. 5 D. Sancha Gil casada em Castela s.g. 5 D. Dordia Gil, freira em Arouca N 5 D. MARTIM GIL fº. de D. Gil Vasques e sua 1ª mulher N 4 foi o que venceu a lide do Porto, foi casado com D. Inês Fernandes de Castro filha de D. Fernão Guterres de Castro e D. Milia Enegues de Mendonça no Conde fl. 88 N 11 6 D. Teresa Martins casada com D. Rodrigo Annes Telo no Conde fl. 126 N 10 6 D. Sancha Fernandes, donzela

§2
N 5 D. VASCO GIL DE SOVEROZA fº. da 2ª mulher de D. Gil Vasques N 4 do § 1 foi de Epistola e depois casou com D. Frolhe Fernandes filha de Fernão Annes Cheira e D. Elvira Mendes no Conde fl. 281 N 25 6 D. Gil Vasques 6 D. Elvira Vasques 6 D. Sancha Vasques mulher de Fernão Fernandes Pão Centeio no Conde fl. 95 N 6 no ttº. de Limas § ... N ... N 6 D. GIL VASQUES fº. de D. Vasco Gil N 5 morreu na Lide de Gouveia onde venceram os seus. Casou com D. Aldonça Annes filha de D. João Martins Abana da Maia e D. Teresa Pires de Bragança no Conde fl. 119 N 14

7 Martim Gil 7 D. Guiomar Gil casada com João Rodrigues de Briteiros no Conde fl. 130 N 5 7 D. Marquesa Gil mulher de Heitor Nunes de Chacim no Conde fl. 209 N 4

§3
N 5 D. JOÃO GIL DE SOVEROZA fº. da 3ª mulher de D. Gil Vasques N 4 § 1 casou com D. Constança Gil filha de Gil Martins de Riba de Vizela e D. Maria Annes no Conde fl. 283 N 32 6 Martim Annes s.g.

TAVARES §1 N 1 D. PEDRO VIEGAS que dizem ser fº. de D. Egas Gracia da Fonseca Rico Homem 2º Sr. do Couto de Leomil e D. Mor Pais filha de D. Paio Pires Romeu e D. Goda Soares, neto paterno de D. Gracia Rodrigues da Fonseca Rico Homem do Conde D. Henrique, e D. Dorida Gonçalves Viegas como dizemos no ttº. de Coutinhos Cap. 1º N 2 e N 3; foi D. Pedro Viegas Sr. da cidade da Guarda 2 Estevão Pires Tavares 2 D. Maria Pires mulher de Mem Gonçalves da Fonseca c.g. no ttº. de Fonsecas § 1 N 1 N 2 ESTEVÃO PIRES TAVARES fº. de D. Pedro Viegas N 1 é o primeiro que topamos do apelido de Tavares 22. Casou com D. Uroana Esteves filha de Estevão Annes cidadão honrado da Covilhã 23 e D. Teresa Afonso filha de Ermigo do Amaral; tomou Estevão Pires o apelido de Tavares da Terra de Tavares Bº. de Viseu 3 Pedro Esteves Tavares 3 João Esteves Tavares § 3 N 3 PEDRO ESTEVES TAVARES fº. de Estevão Pires N 2. Casou com D. Maria Esteves filha de Estevão Pires Moles e sua mulher D. Urraca Pires Correia; Conde D. Pedro fl. 320 N 5 4 Estevão Pires Tavares 4 D. Maria Pires mulher de Mem Gonçalves da Fonseca c.g. no ttº. de Fonsecas § 1 N 1 digo 2ª mulher de Rodrigo Afonso Ribeiro c.g. no ttº. de Ribeiros § 3 N 18 4 Gonçalo Esteves Tavares c.c. D. Maria Rodrigues de Vasconcelos no ttº. de Vasconcelos § 181 N 12 c.g. aqui § 2 N 4 ESTEVÃO PIRES TAVARES fº. de Pedro Esteves N 3 chama-lhe o Livro Antigo Estevão Lambas; achou-se com o Conde D. Rodrigo Forjaz na Batalha de Sevilha; casou com D. Maria Pires filha de Gil Pires Maldonado fl. 387 N 7 5 Pedro Esteves Tavares 5 Gonçalo Esteves Tavares, § 2 5 João Esteves Tavares s.g. N 5 PEDRO ESTEVES TAVARES fº. de Estevão Pires N 4 mataram-no em Fornos de Algodres os filhos de João Esteves Tavares. Casou com D. Maria Dade filha de D. Gonçalo Annes Brochado no § 1 de Brochados 6 Pedro Esteves Tavares 6 D. Beringeira Pires mulher de Martim Lourenço da Fonseca fº. de Lourenço Rodrigues e neto de Rui Vasques no ttº. de Fonsecas. §2 N 5 GONÇALO ESTEVES TAVARES fº. de Estevão Pires N 4 do § 1 casou 1ª vez com D. Maria Afonso filha de Afonso Pires Ribeiro no ttº. de Ribeiros § ... N ... s.g. casou 2ª vez com D. Leonor Rodrigues, ou D. Maria Mendes filha de Mem Rodrigues de Vasconcelos no ttº. de Vasconcelos § 1 N 11 não lhe aponta o Conde D. Pedro filhos mas dizem que teve 6 Martim Gonçalves Tavares no § 4 N 9 segundo alguns 6 D. João Tavares – o Bom 6 Diogo Gonçalves Tavares § 13 6 D. Pedro Tavares que morreu na tomada de Ceuta 6 D. Margarida Gonçalves Tavares mulher de Pedro Caldeira Alcaide Mor de Marvão; ver ttº. de Sousas § 542 N 21

O Conde D. Pedro ttº. 67 principia este ttº. neste D. Estevão Pires Tavares e sua irmã D. Maria Pires sem lhe dar os nomes dos pais - outros fazem Estevão Pires fº. de Gonçalo Tavares e sua mulher D. Maria Rol filha de D. Rolim mas nós seguimos o texto. Achouse D. Estevão Pires Tavares na conquista de Sevilha onde foi dos que mais se distinguiu. 23 Estevão Annes foi Alcaide Mor da Covilhã.

22

N 6 D. JOÃO TAVARES o bom, fº. de Gonçalo Esteves N 5 casou e teve 7 Pedro Esteves Tavares 7 D. Maria Esteves N 7 PEDRO ESTEVES TAVARES fº. de D. João Tavares N 6 casou e teve 8 Gonçalo Esteves Tavares que alguns querem seja o do § 4. §3 N 3 JOÃO ESTEVES TAVARES fº. de Estevão Pires Tavares N 2 do § 1. Casou com D. Sancha Fernandes filha de Fernando Afonso Gato no ttº. de Gatos 4 Gonçalo Annes Tavares 4 Estevão Annes Tavares 4 Pedro Annes Orvalhas (morreram, os três, na briga de seu primo Pedro Esteves Tavares no § 1 N 5) N 4 ESTEVÃO ANNES TAVARES fº. de João Esteves N 3. Casou com D. Teresa Rodrigues filha de Rodrigo Afonso Ribeiro no ttº. de Ribeiros § ... N ... s.g. § 4 24 N 8 GONÇALO ESTEVES TAVARES que alguns dizem ser fº. de Pedro Esteves Tavares N 7 do § 2 e neto de João Tavares, o bom, e bisneto de Gonçalo Esteves Tavares; foi Embaixador a Castela ao Rei D. Afonso 4º. Teve 9 Martim Gonçalves Tavares 9 Diogo Gonçalves Tavares, § 13 9 Pedro Tavares que morreu na tomada de Ceuta § 4 25
SR.ES DE MIRA

N 9 MARTIM GONÇALVES TAVARES fº. de Gonçalo Esteves Tavares do § 2 N 5 foi Alcaide Mor de Portalegre e Assumar coutou-lhe El Rei D. João I a sua Deveza de Azinal que agora chamam de Tavares 26 . Casou com D. Maria da Nóbrega natural de Galiza 10 Gonçalo Esteves Tavares 10 Vasco Martins Tavares § 10 10 Margarida Gonçalves Tavares § 12 N 10 GONÇALO ESTEVES TAVARES fº. de Martim Gonçalves Tavares N 9 foi Alcaide Mor de Portalegre; morreu no escalamento de Tânger. Casou com D. Ana Diniz Malafaya filha de Gonçalo Pires Malafaya no ttº. de Malafayas – morreu Gonçalo Esteves Tavares no Palanque de Tânger quando lá foram os Infantes 11 Pedro Tavares 11 Brites Tavares mulher de Rui Figueira no ttº. de Figueiras N 11 PEDRO ESTEVES TAVARES fº. de Gonçalo Esteves N 10 foi Alcaide Mor de Portalegre, Alegrete, Assumar que lhe tirou o Rei D. João II, Casou com D. Isabel de Sousa filha de Gonçalo Rodrigues de Sousa Capitão de Ginetes no ttº. de Sousas § 153 N 18 foi Pedro Tavares 1º Sr. de Mira 12 Gonçalo Tavares 12 Martim Tavares s.g. 12 João de Sousa morreu moço 12 Brites Tavares § 6 12 Joana de Sousa § 7
24 25

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 4. Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 4.

Este Martim Gonçalves Tavares fazem alguns fº. de Gonçalo Esteves no § 2 N 5 o que parece mais certo do que como aqui vai; na Casa de Tavares de Aveiro á um testamento de Martim Gonçalves Tavares que diz ser ele fº. de Gonçalo Esteves de Tavares neto de Estevão Peres Tavares e bisneto de Salvador Esteves 3º neto de Estevão Pires que é o que fica no § 1 N 2 mas o Conde não aponta esta descendência.

26

12 Constança de Sousa casada contra vontade de seu pai com João Mendes de Vasconcelos alguns filhos, s.g. 12 Aldonça de Sousa, freira 12 Catarina de Sousa, freira 12 Belchior de Sousa Tavares § 5 N 12 GONÇALO TAVARES fº. de Pedro Esteves Tavares N 11 foi 2ª Sr. de Mira que o Rei D. João II deu a seu pai com as dízimas novas dos pescados de Aveiro e Esgueira e a renda do Mordomado da cidade de Coimbra em satisfação das Alcaidarias mores que lhe tirara. Casou com D. Catarina de Castro filha de Diogo Lopes de Sousa Mordomo Mor do Rei D. Afonso V Alcaide Mor de Arronches no ttº. de Sousas 13 Simão de Sousa Tavares 13 Manuel de Sousa morreu vindo da Índia s.g. § 14 13 Belchior de Sousa Tavares § 5 13 Francisco de Sousa Tavares § 18 13 Tomé de Sousa Tavares § 19 13 D. Margarida, freira 13 D. Ana, freira 13 D. Maria, freira N 13 SIMÃO DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 12 foi 3º Sr. de Mira e Estribeiro Mor do Infante Cardeal D. Afonso. Casou com D. Isabel da Fonseca filha de João da Fonseca Escrivão de Chancelaria, Sr. das Ilhas de S. Antão, Corvo e Flores, e sua mulher D. Margarida de Alcaçovas; foi Simão Tavares depois de viúvo Capucho 14 Francisco Tavares 14 Nicolau Tavares s.g. 14 Pedro Tavares s.g. 14 Margarida, freira 14 Catarina, freira 14 Joana, freira 14 D. Helena Tavares c.c. Nicolau de Almeida Sr. da Cavª. ttº. de Almeidas § 18 N 1 N 14 FRANCISCO TAVARES fº. de Simão Tavares N 13 foi 4º Sr. de Mira e da mais Casa de seu pai. Casou duas vezes a 1ª com D. Joana da Silva filha de Fernão da Silva digo de Sá e D. Isabel da Silva 15 D. Joana de Tavora mulher de Manuel Correia Baharem c.g. no ttº. de Correias § 93 N 12 Casou 2ª vez com D. Joana de Tavora filha de Bernardim de Tavora e sua mulher D. Luísa Carneiro no ttº. de Tavoras § 5 N 7. §5 N 13 BELCHIOR DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 12 do § 4 (este Belchior é mais seguido ser fº. de Pedro Esteves no dito § 4 N 11). Foi Capitão de Ormuz Comendador da Ordem de Cristo. Casou com D. Guiomar da Silva filha de Gomes Freire de Andrade Sr. da Comenda de Sofa e D. Cecília da Silva 14 João de Sousa, morreu solteiro 14 Gonçalo de Sousa da Companhia de Jesus 14 D. Inês em quem João Freire teve 15 Alexandre de Sousa Freire 14 Jorge de Sousa, Trino 14 Manuel de Sousa, sem estado 14 Pedro Tavares, sem estado 14 André de Sousa, morreu num combate na Índia 14 D. Guiomar da Silva mulher de Vasco de Sousa pai do 1º Conde de Miranda 14 B. Manuel de Sousa, Domenico 14 B. Francisco de Sousa 14 B. Simão de Sousa N 14 FRANCISCO DE SOUSA fº. B. de Belchior de Sousa N 13. Casou na Índia com D. Maria de Andrade filha de Quintino Martins de Aragão Vedor da Fazenda da Índia e D. Isabel de Aragão

15 D. Guiomar de Castro casada 1ª vez com Manuel Freire fº. de João Freire Sr. de Soza. Casou 2ª vez com João Moniz da Silva fº. de Pedro Moniz c.g. §6 N 12 BRITES TAVARES filha de Pedro Tavares N 11 do § 4 diz D. António Caetano casara com Manuel Dias porém equivocou-se pois de uns autos que correram em Vila Viçosa João Pires Bobadilha com sua sogra e inquirições que se tiraram para Portalegre e Valença em 1578 que se acham em poder de Luís de Macedo Sousa Tavares consta ser marido dela Luís Dias Almoxarife de Portalegre 13 Aldonça de Sousa N 13 ALDONÇA DE SOUSA filha de Brites Tavares N 12 casou com Francisco Bobadilha 14 António de Sousa 14 João Pires Bobadilha N 14 JOÃO PIRES BOBADILHA filha de Aldonça de Sousa N 13 casou com D. Iria Carvalhal 15 D. Joana Bobadilha N 15 D. JOANA BOBADILHA filha de João Pires Bobadilha N 14 casou com Manuel Mendes Homem 16 Diogo de Sousa Tavares N 16 DIOGO DE SOUSA TAVARES fº. de D. Joana Bobadilha N 15 casou com D. Mariana de Macedo 17 João Pires de Macedo N 17 JOÃO PIRES DE MACEDO fº. de Diogo de Sousa Tavares N 16 casou com D. Francisca Frota 18 Luís de Macedo Sousa Tavares 18 D. Iria Engrácia § 17 N 18 LUÍS DE MACEDO SOUSA TAVARES fº. de João Pires de Macedo N 17 foi Capitão de Ordenança de Setúbal, Sr. da quinta de Rotura. Casou com D. Isabel de Moura de Azevedo (viúva de António de Sequeira ourives de Setúbal) filha de Urbano da Silva Marchante na dita vila, a qual tinha vivido como não devia, e dela em vida do dito marido teve os filhos abaixo 19 António 19 D. Antónia Margarida de Macedo (viviam em 1726). §7 N 12 JOANA DE SOUSA filha de Pedro Esteves Tavares N 11 do § 4. Casou à sua vontade com Gaspar Vaz do Peral homem honrado de Portalegre diz um 13 Nuno Vaz de Sousa 13 Jerónimo de Sousa § 8 13 Luís de Sousa s.g. 13 João Rodrigues de Sousa § 9 N 13 NUNO VAZ DE SOUSA fº. de Joana de Sousa N 12 casou com Francisca da Gram 14 André de Sousa Tavares N 14 ANDRÉ DE SOUSA TAVARES fº. de Nuno Vaz de Sousa N 13 casou com D. Francisca de Ataíde filha de Simão Palha do Crato no ttº. ..........................; foi André de Sousa Comendador da Ordem de Aviz e passou à Índia 15 D. Maria ou Margarida mulher de D. Pedro de Noronha c.g. no ttº. de Noronhas. §8 N 13 JERÓNIMO DE SOUSA fº. de Joana de Sousa N 12 do § 7 casou com Aldonça Godinho 14 Gaspar Vaz de Sousa 14 Ana de Sousa 14 Joana de Sousa mulher de Fernão da Mota Caldeira c.g. N 14 GASPAR VAZ DE SOUSA fº. de Jerónimo de Sousa N 13 casou com Guiomar de Oliveira

15 Brites de Sousa 15 Maria de Sousa §9 N 13 JOÃO RODRIGUES DE SOUSA fº. de Joana de Sousa N 12 do § 7 casou com D. Isabel Homem filha de Rodrigo Homem de Alcácer primo irmão de Vasco Homem 14 Gonçalo de Sousa Tavares N 14 GONÇALO DE SOUSA TAVARES fº. de João Rodrigues de Sousa N 13. Casou com D. Claúdia de Freitas filha de Sebastião de Aguiar, de Abrantes 15 Sebastião Tavares de Sousa 15 João Rodrigues de Sousa andou na Índia N 15 SEBASTIÃO DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo de Sousa N 14 foi no ano de 1621 Corregedor no Porto, e no ano de 1640 Vereador em Lisboa. Casou com D. ..................................... filha de António de Carvalho Dezembargador na Suplicação 16 António de Sousa Tavares que foi Vereador em Lisboa e Dezembargador do Paço casado com D. Clara de Meneses filha de Bento Pereira Leite e D. Agostinha da Gama. § 10 N 10 VASCO MARTINS TAVARES fº. de Martim Gonçalves Tavares N 9 do § 4 casou em Portalegre com Inês Caldeira. 11 Martim Tavares 11 Luís Tavares § 11 11 Violante Tavares mulher de Álvaro de Alvelos 11 Catarina Tavares 11 Inês Tavares N 11 MARTIM TAVARS fº. de Vasco Martins Tavares N 10 casou com Catarina Afonso 12 João ou Francisco Tavares 12 Gonçalo Tavares 12 Sancho Tavares casado em Estremoz § 20 12 Brites Tavares § 21 12 Isabel Tavares N 12 JOÂO ou FRANCISCO TAVARES fº. de Martim Tavares N 11 casou com Lucrécia Ferreira 13 Joana Tavares 13 Violante Tavares mulher de Sebastião Rodrigues da Ilha s.g. casou 2ª vez com o Dr. Luís Mendes c.g. N 13 JOANA TAVARES filha de João ou Francisco Tavares N 12 casou com o Dr. Jorge Penharanda 14 Francisco Penharanda 14 Sancho Tavares 14 Ana Tavares. § 11 N 11 LUÍS TAVARES fº. de Vasco Martins Tavares N 10 do § 10 casou em Portalegre com Brites Vaz Peral filha de João Vaz 12 Inês Tavares mulher de Duarte de Sousa 12 Catarina Tavares N 12 CATARINA TAVARES filha de Luís Tavares N 11 casou em Portalegre com Vasco da Silveira 13 Manuel da Silveira. § 12

N 10 MARGARIDA GONÇALVES TAVARES filha de Martim Gonçalves Tavares N 9 do § 4 casou com João Fernandes Vilez natural de Biscaia ou João Fernandes Ulhoa (ver ttº. de Avilez § 1 N 13) 11 João Tavares Vilez ou Velez 11 D. Maria ou Brites de Gois mulher de Joana Mendes de Vasconcelos (esta Maria de Gois era filha da 2ª mulher de João Fernandes Ulhoa Brites de Goes) N 11 JOÃO ou SIMÃO TAVARES fº. de Margarida Gonçalves N 10 casou com D. Catarina de Sousa filha de Gonçalo Rodrigues de Sousa Capitão de Ginetes 12 Tomás Tavares que deixou sua fazenda em Morgado a seu sobrinho 12 Isabel de Sousa 12 B. Martim Tavares § 25 N 12 ISABEL DE SOUSA filha de João Tavares N 11 casou com Pedro da Gram fº. de Sebastião Rodrigues da Gram, e D. Brites de Goes no ttº. de Grans § 2 N 5 13 Sebastião Tavares chamado ao vínculo de seu tio c.g. (vai nos Grans). § 13 N 9 DIOGO GONÇALVES TAVARES fº. de Gonçalo Esteves Tavares N 8 do § 4 (do § 2 N 5) foi Comendador de S. Vicente da Beira e outras Comendas teve B. 10 B. Lopo Dias Tavares N 10 LOPO DIAS TAVARES fº. B. de Diogo Gonçalves N 9 teve as Comendas de seu pai teve B. 11 João Tavares N 11 JOÃO TAVARES fº. B. de Lopo Dias Tavares N 10 teve as mesmas Comendas teve B.B. 12 António Tavares 12 Jorge Tavares 12 Xisto Tavares Cónego de Lisboa 12 ....................................... Tavares mulher de Francisco, ou Fernão Falcão 12 Branca Tavares mulher de João de Figueiredo N 12 ANTÓNIO TAVARES fº. B. de João Tavares N 11 teve as Comendas de seu pai foi Sr. da Aldeia Nova que vendeu. Casou com Joana Proença 13 Rui Dias Tavares casado na Índia c.g. 13 Lopo Dias Tavares casado na Índia c.g. 13 D. Briolanja Tavares mulher do Dr. Fernão Lopes Dezembargador da Suplicação. Casou 2ª vez com Manuel Tavares Coutinho Almoxarife dos Armazéns. § 14 N 13 MANUEL DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 12 do § 4 nos títulos que temos visto desta família se dizia servir na Índia, e não tivera geração. Seus descendentes dizem casara, e tivera 14 Francisco Tavares N 14 FRANCISCO TAVARES que seus descendentes fazem fº. de Manuel Tavares N 13 (era fº. de Isabel Soares Tavares ou Catarina Tavares, e João de Cabanas § 28 N 2 = outros dizem ser este Francisco Tavares fº. de João de Cabanas natural da Vila de Cambra, criado do Conde da Feira, casado na dita vila com Catarina Tavares ou Isabel Soares Tavares no § 28 deste ttº.). Foi natural de Cambra no condado da Feira (foi Francisco Tavares Instituidor do Morgado de Castelões). Casou com D. Maria Pereira legítima de Brás Pereira da quinta da Macada, que era primo do Conde da Feira D. Diogo Pereira como consta das Cartas do mesmo Conde, e outros documentos. Seus descendentes dizem que Francisco Tavares por alguns desgostos não servira a El Rei, e por isso se retirara para a sua quinta de Cambra onde instituíra o Morgado de Castelões e dizem mais que a dita D. Maria Pereira era filha de D. Manuel Pereira 3º Conde da Feira, e sua 2ª mulher D. Francisca Henriques porém isto é só dito dos que destes descendem, que todos os Genealógicos lhe dão a primeira filiação de Brás Pereira que o Conde tratava por parente 15 Aires Tavares que sucedeu na Casa § 26 15 Jerónimo Tavares 15 Francisco Tavares segundo outros N 16 que é a verdade

15 Manuel Tavares § 15 N 15 FRANCISCO TAVARES PINTO fº. de Francisco Tavares N 14 (de uma justificação que tem os Sr.es da Casa de Pereira consta que este Francisco Tavares era fº. de Francisco Tavares N 14). Casou no Porto com D. Margarida da Rocha sobrinha de Tomé da Rocha que instituiu o Morgado de Pejeiros, por cujo casamento teve este Morgado e a Apresentação e Padroado da dita Igreja de Pejeiro, e as Casas em que viveu na Ribeira do Porto que são deste Morgado 16 Manuel Tavares 16 Vicente Tavares § 16 16 Roque Pinto Lobato, frade Franciscano 16 Dr. André, Bento 16 D. Maria, freira 16 D. Marta, freira 16 B. Frei João, Abade de S. Tirso 16 B. O Padre Manuel Abade de Pegeiros N 16 MANUEL TAVARES fº. de Francisco Tavares N 15. Casou na Vila da Feira sendo Sr. da Casa de Pegeiros em Ovar, com D. Marta da Cunha filha de Jorge da Cunha e sua mulher D. Margarida Nogueira esta filha de Gonçalo Álvares Alvo, e sua mulher Francisca Nogueira neta paterna de Gonçalo Alvo, e materna de António Pires, cidadão no Porto (ver ttº. de Alvos § 3 N 5 – Gonçalo Álvares Alvo diz-se ser Fidalgo) 17 Francisco Tavares da Rocha casado com D. Maria Lobato filha de Manuel Godinho Homem, e D. Vitória Pinto no ttº. de Correias § 42 N 15 c.g. § 15 N 15 MANUEL TAVARES fº. de Francisco Tavares N 14 do § 14 foi Guarda Mor da Saúde do Porto, Escudeiro Fidalgo, e Vereador na cidade do Porto onde viveu, foi chamado o Galego. Casou com Ana Correia filha de António Correia e sua mulher e prima Inês Correia c.g. no ttº. de Correias § 15 N 12. § 16 N 17 VICENTE TAVARES fº. de Francisco Tavares N 16 do § 14 viveu na cidade do Porto. Casou com D. Briolanja Pinto 18 D. Antónia Soares casada com António Nunes Sr. do Morgado de Gafanhão c.g. no ttº. de Gouveias. § 17 N 18 IRIA INÁCIA filha de João Pires de Macedo N 17 do § 6. Casou com Estevão de Frias Frota Escrivão do Sal de Setúbal 19 Francisco Xavier de Frias Sousa Tavares s.g. 19 João Pires de Macedo c.c. D. Violante s.g. 19 Luís de Frias 19 D. Teresa 19 D. Francisca. § 18 N 13 FRANCISCO DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 12 do § 4. Casou com Maria da Silva filha de João de Melo e neta de António de Melo 14 Martim ou João Tavares 14 D. Margarida de Vilhena casada 1ª vez com D. João de Portugal filho 1º. De D. Manuel. Casou 2ª vez com Manuel de Sousa Coutinho teve 15 João Tavares s.g. 15 Simão Tavares s.g. N 14 MARTIM TAVARES DE SOUSA fº. de Francisco de Sousa N 13. Casou 1ª vez com D. Francisca de Calvos filha de João de Calvos Florentino e teve

15 António Tavares de Sousa Cavº. da Ordem de Cristo que casou com D. Maria Pereira filha de Rui Gomes Pereira, e teve 16 D. Catarina Tavares mulher de Brás Vougado Amado c.g. § 19 N 13 TOMÉ DE SOUSA TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 12 do § 4 foi Comendador da Ordem de Cristo. Casou com D. Guiomar da Silva 14 José de Sousa Tavares s.g. 14 D. Guiomar de Sousa da Silva H. mulher de Vasco de Sousa Outros fazem esta D. Guiomar filha de Belchior de Sousa Tavares, e sua mulher D. Guiomar da Silva neste ttº. § 5 N 13 e lhe chamam Maria. § 20 N 12 SANCHO TAVARES fº. de Martim Tavares N 11 do § 10. Casou em Estremoz com ..................... de Queirós 13 Fernão Sanches Tavares § 35 13 D. Maria Tavares mulher de João Rodrigues de Lucena 13 D. Francisca Tavares Colaço mulher de .................................. em Saboia para onde foi por ser Colaça da Infanta D. Brites com quem foi N 13 D. MARIA TAVARES filha de Sancho Tavares N 12 casou com João Rodrigues de Lucena 14 António de Lucena Tavares 14 Francisco Tavares 14 D. Brites mulher de Estevão de Brito 14 D. Francisca casada em Saboia. § 21 N 12 D. BRITES TAVARES filha de Martim Tavares N 11 do § 10. Casou com Diogo de Oliveira de Estremoz 13 D. Joana Tavares mulher de Cristóvão Correia da Silva o qual foi degolado pela matar sem causa. § 22 N 1 BALTAZAR TAVARES fº. de .............................................. foi Cavaleiro da Ordem de Cristo e Capitão em Tânger donde era natural. Casou com D. Isabel de Franca Tavares sua parente 2 Francisco Lopes Tavares 2 ........................................ Tavares § 34 N 2 FRANCISCO LOPES TAVARES fº. de Baltazar Lopes Tavares N 1 foi Capitão de Infantaria em Tânger Cavº. da Ordem de Cristo e ..................................... Casou com D. Maria Vaz Velez natural de Tânger filha de Francisco Velez de Meneses, casaram em Tânger , e D. Antónia Vaz ttº. de Velez § 1 N 1 3 Baltazar Lopes Tavares 3 Sebastião Lopes Tavares viveu em Tavira N 3 BALTAZAR LOPES TAVARES fº. de Francisco Lopes Tavares N 2 era natural de Tânger em África, pelo que se chamou o Tangerino, foi M.e de Campo veio para Trancoso (foi Baltazar Lopes Tavares Capitão de Cavalos em Tânger, e M.e de Campo pago do partido de Penamacor e cavº. da Ordem de Cristo) tinha sido casado em Tânger, e por isso seus descendentes se chamaram os Tangerinos 4 Francisco Lopes Tavares 4 B. Lourenço Pereira Tavares § 23 Casou 2ª vez com D. Jerónima da Costa natural da vila de Alpedrinha filha H. de Pedro Coreiro Mendes, Juíz dos Órfãos de Alpedrinha, e sua mulher D. Catarina da Costa Furtado no ttº. de Costas § 157 N 9 4 Jacinto Tavares § 24 4 Diogo Furtado da Costa Abade de Trancoso 4 Manuel de Araújo Abade de S. Tiago em Trancoso N 4 FRANCISCO LOPES TAVARES fº. de Baltazar Lopes N 3 teve o Foro de Fidalgo. Casou

5 António Lopes Tavares 5 Lourenço Pereira Tavares Abade de Vila Nova de Foz Côa N 5 ANTÓNIO LOPES TAVARES fº. de Francisco Lopes N 4 foi Capitão Mor de Trancoso Fidalgo da Casa Real. Morou na sua quinta de Carnicaes junto a Trancoso. Casou com sua prima D. Joana de Melo filha de Lourenço Pereira Tavares e sua mulher D. Joana de Melo Feio no § 23 N 4. § 23 N 4 LOURENÇO PEREIRA TAVARES fº. B. de Baltazar Lopes Tavares N 3 do § 22 casou com D. Joana de Melo Feio 5 Jacinto Lopes Tavares 5 ..................................... mulher de seu primo António Lopes Tavares Capitão Mor de Trancoso neste ttº. § 22 N 5 N 5 JACINTO LOPES TAVARES fº. de Lourenço Pereira N 4 foi Fidalgo da Casa Real. Morou em Vila Nova de Foz Côa, comarca de Pinhel. 6 António Tavares 6 B. Paula Jacinta Lopes a quem Luís Alberto Soares de Sá no ttº. de Gouveias § 12 N 19 furtou estando Juíz e Fora de Celorico e trouxe para Barcelos, e dela teve como dizem seus descendentes 7 B. José Joaquim Soares de Brito c.g. no dito ttº. de Gouveias § 12 N 20; este José Joaquim Soares me disse que sua mãe era filha de Jacinto Lopes Tavares, mas não me falou verdade, porque na Inquirição que fez para Ler no Dezembargador do Paço, como vi por letra dele, diz que a dita Paula Jacinta Lopes era natural da freguesia de S. Justa da cidade de Lisboa filha de Baltazar Jacinto Lopes que negociava na cidade de Lisboa vendendo atacado, e sua mulher Maria Rosa de Faria naturais da freguesia de S. Justa da cidade de Lisboa do que se conclui, que ou mentiu nesta inquirição o que não é de supor, mas sim na primeira notícia que me deu (A Inquirição que fez em Lisboa foi falsa, pois por evitar gastos fingiu sua mãe de Lisboa e juraram na Inquirição pessoas que isto me disseram, a verdade é que sua mãe era de Celorico e o mesmo José Joaquim Soares mo disse) N 6 ANTÓNIO TAVARES fº. de Jacinto Lopes Tavares N 5 casou com D. Maria Vitória filha de José Pinto de Queirós c.g. no ttº. de Pintos § 309 N 8. § 24
DE TRANCOSO

N 4 JACINTO LOPES TAVARES fº. de Baltazar Lopes Tavares N 3 do § 22 foi Brigadeiro, Fidalgo da Casa Real (foi Jacinto Lopes Tavares Governador das Armas na Beira, Cavº. da Ordem de Cristo, Sr. da Casa destes Tavares em Trancoso). Casou com D. Margarida da Fonseca Correia Tavares sua sobrinha filha de Francisco Lopes Tavares Cavº. da Ordem de Cristo, Comissário de Cavalaria na Guerra da Liga, e morreu das feridas que recebeu na Guerra de Idanha, e D. Emerenciana Osório da Fonseca neste ttº. § 34 N 4 (veja-se o Cost. nº 124 do Tomo 2, que creio falta uma geração) 5 Baltazar Lopes Tavares da Costa § 25 N 12 MARTIM TAVARES fº. B. de João ou Simão Tavares N 11 do § 12 casou com Soeira Annes Moniz 13 Martim Tavares N 13 MARTIM TAVARES fº. de Martim Tavares N 12 casou com ........................................... 14 Domingos Figueira Tavares N 14 DOMINGOS FIGUEIRA TAVARES fº. de Martim Tavares N 13 casou com D. Guiomar Palha Pestana filha H. de Francisco Palha, e Ana Mendes Freire ttº. de Palhas § 7 N 1 15 Martim Tavares Palha 15 D. Margarida Palha de Almeida c.g. no Tomo 1º de Costados nº. 214 N 15 MARTIM TAVARES PALHA fº. de Domingos Figueira N 14 casou com Ana Moniz

16 D. Guiomar Palha que foi H. casada com Luís Mendes de Vasconcelos Governador da Ilha de S. Miguel, Vedor da Fazenda da Índia c.g. no Tomo 2º de Costados nº. 125. § 26 N 15 AIRES TAVARES fº. de Francisco Tavares N 14 do § 14 sucedeu na Casa. Casou em Coimbra com Maria de Escovar 16 Bernardo Tavares 16 Simão Tavares c.c. Catarina de Leão filha de Domingos Soares e Felipa de Pinho 17 Estevão Soares grande soldado na Índia 17 D. Isabel Soares c.c. seu parente Pantalão Ferreira Pereira N 16 BERNARDO TAVARES fº. de Aires Tavares N 15 casou com Susana Carneiro filha de Simão Correia e Catarina Carneiro, neta paterna de Martim Correia Deão da Sé do Porto irmão de Simão Correia que foi a Saboia com a Infanta D. Brites 17 Simão Correia 17 Miguel Soares P,ª Clérigo do Conselho de Portugal em Madrid Agente em Roma donde trouxe a Canonização da Raínha Santa Isabel 17 Pantalião Pereira 17 João Soares, Maltez 17 Bernardo Soares, Maltês Comendador de Rio Mau teve B. 18 João Soares Pereira Arcediago de Neiva 17 D. Brites Soares mulher de Manuel de Sousa de Almeida Sr. da Casa da Cavalaria supomos s.g. N 17 SIMÃO CORREIA fº. de Bernardo Tavares N 16. Casou em Chaves com D. Eugénia Carneiro filha de Manuel Fontoura 18 Manuel Pereira Soares Cavº. de Malta, que teve de Maria Cardoso B.B. 19 Simão Pereira Soares 19 Bernarda Pereira Soares

§ 27
OUTROS

N 1 ÁLVARO ANNES TAVARES fº. de .................................. Casou com D. Maria Mendes de Vasconcelos que era neta de Gonçalo Mendes de Vasconcelos, Alcaide Mor de Chaves 2 Fernão Tavares N 2 FERNÃO TAVARES fº. de Álvaro Annes Tavares N 1 viveu en Nomão c.c. D. Angela de Almeida 3 Francisco Tavares N 3 FRANCISCO TAVARES fº. de Fernão Tavares N 2 4 Francisco Tavares N 4 FRANCISCO TAVARES fº. de Francisco Tavares N 3. Casou com D. Maria Gomes de Gouveia de Vasconcelos descendente de João Gomes o sete cabeças; foi o dito Francisco Tavares o 1º do seu apelido que veio estabelecer-se em Vilarinho da Castanheira e provou ser ele, e sua mulher das pessoas mais qualificadas da Província da Beira e Trás-os-Montes justificou em Vilarinho da Castanheira seu bisneto António de Castro e Sousa em 1694 5 D. Felipa Tavares 5 Manuel Tavares § 30 N 5 D. FELIPA TAVARES filha de Francisco Tavares N 4 casou com Domingos Gomes Vilas Boas 6 Simão Tavares N 6 SIMÃO TAVARES fº. de D. Felipa Tavares N 5 7 Gonçalo Tavares § 29.

§ 28
N 1 MARIA DE TAVARES filha de ...................... do § ... N ... casou com João Annes, ou Enes, Soares, Sr. da quinta do Outeiro em Castelões

2 Isabel Soares Tavares N 2 ISABEL SOARES TAVARES filha de Maria Soares N 1 casou com João de Cabanas natural de Cabanas freguesia da Junqueira concelho de Coimbra, e foi Sr. da quinta do Ramalhal no dito concelho na freguesia de Castelões, muito favorecido do Conde da Feira D. Diogo Pereira pelo valor com que se houve a favor dele na pendência que teve em Évora com o Conde de Marialva, e por desejar honrá-lo o casou com esta Srª. 3 Francisco Tavares de que vem por fêmea os Morgados da Taipa no Porto c.g. no § 14 retro N 14 3 Duarte Tavares casado com Briolanja Leite filha de Aldonça Leite e seu marido João Rodrigues do Amaral c.g. no ttº. de Leites § 23 N 8 3 ............................................., mulher de Simão Vaz de Camões 3 Maria Tavares mulher de João Fernandes de que vem muitos Tavares 3 Catarina Tavares N 3 CATARINA TAVARES filha de Isabel Tavares ou neta N 2 casou duas vezes a 1ª com ................... (deste 1º casamento descende Aleixo Borges da Costa). Casou 2ª vez com João Dias que veio das Canárias rico para onde foi de Baçar 4 Pedro Tavares N 4 PEDRO TAVARES fº. de Catarina Tavares e seu 2º marido N 3. Casou com Maria de Pinho, ou Felipa de Pinho filha de Tristão Vaz, e Felipa de Pinho 5 Catarina de Pinho casada com António Coelho c.g. 5 Sebastião Tavares casado em Vila Boa do Bispo 5 Gonçalo de Pinho casado em Bemviver 5 Francisco Tavares casado no Couto de Esteves N 5 SEBASTIÃO TAVARES fº. de Pedro Tavares N 4 casou em Vila Boa do Bispo dizem seus descendentes com Tibéria de Abreu filha de Pedro Martins, e D. Isabel Caldeira, da Terra da Feira 6 Antónia de Pinho Tavares casada com Francisco Ribeiro Cavaleiro da Ordem de Cristo c.g. no ttº. de Leites § 35 N 13 6 Manuel de Pinho Soares c.c. D. Antónia de Almeida filha de Guiomar da Mota e seu marido Cristóvão de Almeida no ttº. de Motas § 20 N 3.

§ 29
N 6 GONÇALO TAVARES fº. de Simão Tavares N 5 do § 27 morou em Talhariz casou com D. Ana Rosa 7 Manuel Tavares de Vilasboas N 7 MANUEL TAVARES VILASBOAS fº. de Gonçalo Tavares N 6 casou com D. Helena da Silva Sampaio filha de João da Silva Sampaio natural de Linhares, e D. Maria Mendes da Veiga Veloso natural de S. João da Pesqueira neta de João da Silva Sampaio natural de Linhares, e D. Helena de Sousa filha de Amador Pinto seu primo carnal, e sua mulher D. Catarina de Morais no ttº. de Sampaios § 18 N 1 8 Luís Manuel Sampaio e Silva N 8 LUÍS MANUEL SAMPAIO E SILVA fº. de Manuel Tavares N 7 casou com D. Feleciana de Morais de Almeida de Fonte Longa, filha de André de Morais de Mesquita natural de Fonte Longa e sua mulher D. Rosa Maria de Almeida neste ttº. § 30 N 7 9 Luís António de Sampaio teve B. 10 B. Luís Joaquim de Sampaio a quem seu pai deixou os tersos 10 B. D. Flora Marcelina de Sampaio c.c. Miguel Francisco Soares Borges Maciel sobrinho do Arcebispo de Braga, D. fr. Miguel, e teve 11 Miguel.

§ 30
N 5 MANUEL TAVARES fº. de Francisco Tavares N 14 do § 27 casou com D. Maria Pimentel Monteiro filha de António de Castro de Mesquita, e D. Leonor Pimentel da Costa neta paterna de Jorge de Castro e D. Isabel de Mesquita, e neta materna de Diogo Monteiro o Velho Morgado de Aveleiras em Moncorvo, e

D. Isabel da Costa Pimentel filha esta de Francisco da Costa e D. Leonor Pimentel, e o dito Francisco da Costa fº. de João da Costa Alcaide Mor de Penadono ttº. de Castros § 67 N 5 (ver Mesquitas § 31 N 8) 6 Bento Tavares Monteiro 6 António de Castro Pimentel § 31 N 6 BENTO TAVARES MONTEIRO fº. de Manuel Tavares N 5. Casou com D. Isabel de Azevedo da Casa do Morgado de Vilarelhos 7 Simão Tavares Monteiro N 7 SIMÃO TAVARES MONTEIRO fº. de Bento Tavares N 6 (assistia em Fonte Longa) casou com D. Isabel de Morais de Mesquita filha de André Rodrigues de Mesquita e D. Maria de Morais no ttº. de Mesquitas § 31 N 8 8 António Tavares Monteiro § 32 8 André de Morais de Mesquita 8 D. Maria Raquel de Morais § 33 N 8 ANDRÉ DE MORAIS DE MESQUITA fº. de Simão Tavares N 7 c.c. D. Rosa Maria de Almeida filha de João de Almeida de Mesquita e Castro natural de Vilarinho da Castanheira e D. Isabel de Figueiredo filha esta de Francisco Dias de Figueiredo e D. Isabel Rodrigues ttº. de Castros § 133 N 9 (assistia em Fonte Longa) 9 D. Feleciana de Morais de Almeida c.c. Luís Manuel de Sampaio e Silva neste ttº. § 29 N 8 e ttº. de Sampaios § 18 N 12 (D. Feleciana de Morais casou 1ª vez com João Manuel de Sampaio da Silva fº. de João da Silva Sampaio c.g. no ttº. de Sampaios § 19 N 10 e casou 2ª vez com Luís Manuel de Sampaio no mesmo ttº. de Sampaios § 18 N 12 c.g.).

§ 31
N 6 ANTÓNIO DE CASTRO PIMENTEL fº. de Manuel Tavares N 5 do § 30 supra c.c. Luísa Fernandes 7 Manuel Pimentel Tavares N 7 MANUEL PIMENTEL TAVARES fº. de António de Castro N 6 c.c. D. Mariana de Mesquita 8 Frutuoso Pimentel de Castro N 8 FRUTUOSO PIMENTEL DE CASTRO fº. de Manuel Pimentel N 7 casou com D. Leonor Teresa 9 Manuel António Pimentel de Castro 9 Cipriano Dezembargador dos Agravos s.g. N 9 MANUEL ANTÓNIO PIMENTEL DE CASTRO fº. de Frutuoso Pimentel N 8 c.c. D. Maria de Magalhães 10 Manuel António de Castro Pimentel Capitão Mor de Vilarinho de Castanheira, solteiro.

§ 32
MORGADO DE AMEDO

N 7 ANTÓNIO TAVARES MONTEIRO fº. de Simão Tavares Monteiro N 6 do § 30 casou com D. Maria da Cunha filha de António de Carvalho Sampaio da Silva e D. Luísa Taveira de Castro no ttº. de Mesquitas § 32 N 11 8 Luís Bernardo de Sampaio Tavares 8 D. N. ................................... casada em Conde do Concelho de Murça c.g. 8 D. ..................................... casada em S. Mamede de Riba Tuia c.g. 8 D. ......................................, o mesmo 8 D. ......................................, casada em Vale Bem feito concelho de Bragança c.g. (todas estas não casaram bem) N 8 LUÍS BERNARDO DE SAMPAIO TAVARES fº. de António Tavares Monteiro N 7 natural de Fonte Longa casou em Amedo com D. Mariana de Carvalho filha de Diogo Nunes de Carvalho Taveira e D. Isabel de Carvalho e Silva 9 Luís de Sampaio

N 9 LUÍS ANTÓNIO DE SAMPAIO fº. de Luís Bernardo N 8 casou com D. Angélica Josefa de Mariz Sarmento Morgada de Aguariz filha de José António de Mariz Sarmento e D. Rosa de ......................... no ttº. de Figueiredos § 49 N 17 10 Frederico César Augusto de Morais Sarmento 10 ................................. 10 ................................. 10 ................................. 10 .................................

§ 33
N 7 D. MARIA RQAUEL DE MORAIS filha de Simão Tavares Monteiro N 6 do § 30 casou com Manuel Teixeira de Faria Figueiredo 8 Francisco Xavier de Figueiredo N 8 FRANCISCO XAVIER DE FIGUEIREDO fº. de D. Maria Raquel N 7 casou com D. Francisca de ............................. filha de Domingos Gonçalves 9 Manuel Teixeira de Faria N 9 MANUEL TEIXEIRA DE FARIA fº. de Francisco Xavier de Figueiredo casou com D. Joana de ........................... natural de Alagoa termo de Bragança filha de José Feliz Machado e D. Maria de Morais Pavão 10 Manuel Teixeira.

§ 34
N 2 D. ................................ TAVARES filha de Baltazar Lopes Tavares N 1 do § 22 casou com Manuel Mendes Velez morador em Tânger fº. de Francisco Velez de Meneses Capitão em Tânger, e D. Antónia Vaz ttº. de Velez § 1 N 1 (ver § 22 sub. N 2) 3 Sebastião Lopes Tavares N 3 SEBASTIÃO LOPES TAVARES fº. de ....................................... Tavares N 2 foi Cavaleiro Fidalgo, Cavaleiro da Ordem de Cristo e era natural de Tânger. Casou com D. Margarida Correia 4 Francisco Lopes Tavares N 4 FRANCISCO LOPES TAVARES fº. de Sebastião Lopes Tavares N 3 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, Comissário de Cavalaria na Guerra da Liga, e morreu das feridas que recebeu na Idanha. Casou com D. Emerenciana Osório filha de Gaspar da Fonseca Osório e D. Isabel Monteiro neta paterna de Francisco da Fonseca Osório (fº. de Jacome da Fonseca e D. Emerenciana da Fonseca) e sua mulher D. Isabel Monteiro filha de Manuel Monteiro e Isabel Fernandes Caxalva 5 D. Margarida da Fonseca Correia Tavares casada com seu primo Jacinto Lopes Tavares fº. de Baltazar Lopes Tavares e sua mulher D. Jerónima da Costa neste ttº. § 24 N 3 .

§ 35
N 13 FERNÃO SANCHES TAVARES fº. de Sancho Tavares N 12 do § 20 casou em Basto com Margarida Vieira filha de Lopo Vieira, e sua mulher Guiomar Nunes de Meireles 14 Lopo Fernandes Tavares N 14 LOPO FERNANDES TAVARES fº. de Fernão Sanches N 13 casou com Aldonça Esteves Soares filha de Estevão Soares 15 Gonçalo Fernandes Tavares N 15 GONÇALO FERNANDES TAVARES fº. de Lopo Fernandes Tavares N 14 casou com Constança Esteves de Carvalhido 16 João Fernandes Tavares N 16 JOÃO FERNANDES TAVARES fº. de Gonçalo Fernandes N 15 passou a Galiza onde casou com Benta Nunes filha de .................................. Sr. do Posso de Lavandeira Couto de Castrelos que Instituiu em Morgado

17 Gonçalo Fernandes Tavares N 17 GONÇALO FERNANDES TAVARES fº. de João Fernandes N 16 casou e teve 18 Gabriel Fernandes Tavares 18 Benita Tavares mulher do Capitão Sebastião de Castro N 18 GABRIEL FERNANDES TAVARES fº. de Gonçalo Tavares N 17 foi Sr. do Morgado da Lavandeira, casou com D. Cassilda de Valasco filha de João de Vilharim e Sancada, e sua mulher D. Maria de Valasco 19 D. Felix Tavares N 19 D. FELIX TAVARES fº. de Gabriel Fernandes Tavares N 18 casou com sua prima D. Catarina de Castro filha do Capitão Sebastião de Castro Sr. da Casa de Apim, e sua mulher Benita Tavares acima dita 20 D. Benito Tavares N 20 D. BENITO TAVARES fº. de D. Felix Tavares N 19 casou com D. Ana Osores Sotomaior filha de D. Fernando Osores e sua mulher D. Isabel de Lamas Sr.es da Casa de Sobrada e neta de Vasco Osores Sr. de Feaens e D. ........................ Sotomaior filha de D. Pedro Sotomaior Conde de Caminha 21 D. António Felix Tavares Osores N 21 D. ANTÓNIO FELIX TAVARES OSORES SOTOMAIOR fº. de D. Benito Tavares N 20 foi Sr. do Morgado em Galiza. Casou com D. Mariana de Mendonça Oca filha de D. António Gago de Mendonça, e sua mulher D. Joana de Oca filha de D. Diogo de Oca Sarmento 22 D. Benito Tavares Osores Sotomaior.

TAVEIRAS §1 N 1 PAIO SOARES ROMEU fº. de D. Soeiro Pires de Paiva e sua mulher D. Urraca Mendes de que tratamos no ttº. de Castelos Brancos § 1 N 5 e trata o Conde D. Pedro ttº. 40 N 10 a fls. 244. Casou com D. Sancha Henriques de Portocarreiro filha de Henrique Fernando Magro e D. Ouroana Reimondo de Portocarreiro no Conde D. Pedro fl. 25 N 2 2 Gonçalo Pais Taveira 2 Rui Pais Taveira que matou o Conde D. Henrique de Lara 2 D. Mor Pais casada com Gomes Mendes Gedeão Conde D. Pedro fl. 162 N 3 2 B. Afonso Pais § 3 N 2 GONÇALO PAIS TAVEIRA fº. de Paio Soares Romeu N 1. Casou com D. Maria Rodrigues filha de Rui Capom no Conde D. Pedro fl. 249 N 1. O Livro antigo diz era filha de Rui Fernandes Capom fº. de Rui Capom e de uma Srª. rica de Lisboa 3 Lourenço Gonçalo Taveira 3 Rui Gonçalves Taveira § 2 3 D. Elvira Gonçalves Taveira casada com João Correia Conde D. Pedro fl. 350 N 8 3 D. Sancha Gonçalves casada com D. Ourigo de Moura Conde D. Pedro no Conde D. Pedro fl. 336 N 6 N 3 LOURENÇO GONÇALVES TAVEIRA fº. de Gonçalo Pais Taveira N 2 casou com D. Maria Annes filha de João Pires Ervilhudo 4 Gomes Lourenço Taveira 4 D. Constança Lourenço casada com João Lopes de Ulhó Conde D. Pedro fl. 99 N 3 4 D. Inês Lourenço mulher de Rui Pires Folhete fl. 176 N 2 do Conde N 4 GOMES LOURENÇO TAVEIRA fº. de Lourenço Gonçalves N 3 casou com D. Catarina Annes filha de Martim Annes irmão do Chanceler D. Estevão Annes 5 D. Martim Gomes Taveira casado com D. Maria Lourenço de Alenquer s.g. 5 D. Maria Gomes mulher de Lopo Fernandes Pacheco no ttº. de Pachecos § 1 N 7 c.g. 5 B. Lourenço Gomes Taveira N 5 LOURENÇO GOMES TAVEIRA fº. de Gomes Lourenço N 4 casou com ........................................... 6 Martim Taveira 6 D. Guiomar Lourenço mulher de Martim Velho de S. Lucrécia e teve 7 Beatriz Velha c.c. João Rodrigues da Cunha c.g. no ttº. de Cunhas N 7 MARTIM TAVEIRA fº. de Lourenço Gomes N 5 não faz menção dele o Conde D. Pedro. Casou com .......................................... 7 Gil Taveira, foi para Castela 7 Vasco Taveira, o mesmo §2 N 3 RUI GONÇALVES TAVEIRA fº. de Gonçalo Pais Taveira N 2 do § 1 casou .................................. filha do Alcaide de Lourinhão 4 Vicente Rodrigues casado com D. Sancha Correia N 4 VICENTE RODRIGUES TAVEIRA fº. de Rui Gonçalves Taveira N 3 casou com D. Sancha Correia 5 D. Rodrigo Taveira N 5 D. RODRIGO TAVEIRA fº. de Vicente Rodrigues Taveira N 4 foi Comendador de S. Salvador de Barbaens e Sr. da Casa e quinta do Paço na freguesia de Lavradas, e Capitão Mor do Couto de Barbaens, e era de Vila Real. Casou com ............................................................ 6 D. Brites Taveira que casou com Lopo da Costa no ttº. de Costas § 1 N 1 em que damos princípio aos Costas da Barca.

§3 N 2 AFONSO PAIS TAVEIRA fº. B. de Paio Soares Romeu N 1 do § 1 foi Deão de Braga 3 D. Pedro Afonso Barroso N 3 D. PEDRO AFONSO BARROSO fº. de Afonso Pais Taveira N 2 casou com D. Teresa Hermigues Teixeira filha de Hermigo Mendes Teixeira B. no Conde a fl. 214 N 20 ttº. de Teixeiras 4 R. Rui Pires Rebolim N 4 D. RUI PIRES REBOLIM fº. de D. Pedro Afonso N 3 casou com D. Maria Martins de Chacim filha de Martim Pires de Chacim, e D. Froile Nunes, Conde D. Pedro fl. 208 N 1 5 D. Mem Rodrigues Rebolim casado com D. Estevainha Pires filha de Pedro Pais Curvo de Alvarenga, teve 6 Martim Mendes Rebolim casado com D. Maria Annes filha de João Pires de Névoa sem geração 5 D. Aldonça Rodrigues casada com João Pires de Louregos Casou 2ª vez com D. Maria Martins filha de Martim Condeixa, e D. Maria Rodrigues Pacheco a fl. 248 N 1 o 1º de que trata o Conde D. Pedro ttº. de Pachecos § 1 N 5 5 João Rodrigues Rebolim 5 Martim Rodrigues Rebolim s.g. 5 D. Maria Rodrigues Rebolim casada com Fernão Branco da Terra de Santa Maria fl. 377 N 8 do Conde N 5 JOÃO RODRIGUES REBOLIM fº. de D. Rui Pires N 4 teve B. de D. Mor Annes que depois recebeu por mulher 6 Martim Annes casado com ......................................... filha de João Nunes Homem 6 João Annes casado §4 N 1 INÊS GONÇALVES TAVEIRA segundo as memórias do Padre Fr. Reimundo casou com Diogo Jorge ou Francisco Ribeiro 2 Felipa Taveira 2 Maria Dias 2 Inês Gonçalves N 2 MARIA DIAS filha de Inês Taveira N 1 casou com Francisco Gonçalves Guedes chamado o cambado 3 Felicita Taveira 3 Maria Taveira mulher de Miguel da Costa de Carvalho fº. de Lucrécia de Carvalho e seu marido António da Costa Vilas Boas no ttº. de Carvalhos § 17 N 13 3 Simão Pinto Taveira § 5 N 3 FELICITA TAVEIRA filha de Maria Dias N 2 casou no Lavadouro além de Amarante no concelho de Gestaço com o L.do Salvador Pinto fº. de João Antunes dos do Lavadouro e sua mulher Isabel Francisca filha de Francisco Gonçalves Balazar e sua mulher Maria Dias filha de João Dias chamado o Canado, e sua mulher Isabel Esteves; o qual João Dias Canado era fº. de Diogo Gonçalves Abade de Sandomil ttº. de Balazares da Lixa § 3 N 5 sub. N 4 4 O L.do Valentim Pinto sem estado 4 Pedro Taveira Pinto 4 Faustina Pinto casada com Luís de Magalhães, s.g. N 4 PEDRO TAVEIRA PINTO fº. de Felicita Taveira N 3 casou nas Caldas concelho de Baião com D. Joana Coutinho filha de Jorge Osório Coutinho e sua mulher D. Guiomar de Gouveia no ttº. de Azevedos § 70 N 24 c.g. que lá vai. §5 N 3 SIMÃO PINTO TAVEIRA fº. de Maria Dias Taveira N 2 do § 4 não casou mas de sua manceba teve 4 Maria Francisca

N 4 MARIA FRANCISCA filha B. de Simão Pinto N 3 amancebou-se com Salvador de Queirós no ttº. de Queirozes 5 António Marinho de Figueiredo que foi Sr. da Casa de seu pai no ttº. de Esteves Rebelos Casou Maria Francisca depois de manceba do dito Salvador de Queirós com António Pinto chamado o Pisco 5 Baltazar Pinto 5 Manuel Pinto soldado, casado N ........................... natural de Monção filha de ..............................., viveu em Ponte de Lima, c.g. 5 Domingos Pinto que foi brasileiro. Casou com Sebastiana Mendes filha de Nicolau Francisco, e sua mulher Maria Mendes, teve 6 Manuel 5 Marta Pinto casada com Pedro de Barros natural das partes de Soalhaens c.g. N 5 BALTAZAR PINTO fº. de Maria Francisca e seu marido N 4 casou por amores com Angela da Silva filha de Pedro da Silva, e sua mulher Maria Pinto, da Feitoria 6 Francisco Pinto da Silva

TAVORAS §1 N 1 EL REI D. RAMIRO 2º DE LEÃO casado 3ª vez com D. Artiga chamada antes Zara irmã de Alboazar Albacadão Sr. de Gaia de que tratamos nos títulos de Coelhos e Araújos, teve 2 Alvoazar Ramires, e outros nos ditos títulos N 2 D. ALBOAZAR RAMIRES fº. do Rei D. Ramiro N 1 casou com D. Helena Godins filha de D. Godinho das Asturias de que tratamos nos ditos títulos 3 D. Trastamiro Alvoazar de que vêm outras famílias 3 D. Ermigo Alvoazar e outros nos ditos títulos N 3 D. ERMIGO ALBOAZAR fº. de Alboazar Ramires N 2 casou com D. Dordia Osores 4 D. Rosendo Ermigues 4 D. Egas Hermingues o Bravo c.c. D. Gontinha nos Amarais N 4 D. ROZENDO ERMIGUES fº. de D. Ermigo Alvoazar N 3 foi o 1º Povoador e Sr. de Behetriz de Tavora e muito famoso por suas acções (é seu Solar o Castelo de Tavora na Província de Entre Douro e Minho). Casou com D. Urraca 5 D. Thedon Rozendo 5 D. Pedro Rozendo 5 D. Elvira Rozendo N 5 D. THEDON ROZENDO fº. de D. Rozendo Ermigues N 4 foi 2º Sr. de Tavora. Casou com D. Sancha Mendes 6 D. Ramiro Pinhones N 6 D. RAMIRO PINHONES fº. de D. Thedon Rozendo N 5 foi 3º Sr. de Tavora 7 Pedro Ramires 7 D. João Ramires N 7 PEDRO RAMIRES fº. de D. Ramiro Pinhones N 6 foi 4º Sr. de Tavora e fundador do Convento de S. Pedro das Águias. Casou com D. Sancha 8 D. Ramiro Pires N 8 D. RAMIRO PIRES fº. de Pedro Ramires N 7 foi 5º Sr. de Tavora. Casou com D. Lourença Esteves 9 Pedro Ramires N 9 PEDRO RAMIRES fº. de D. Ramiro Pires N 8 foi 6º Sr. de Tavora 10 Lourenço Pires de Tavora N 10 LOURENÇO PIRES DE TAVORA fº. de Pedro Ramires N 9 casou com D. Guiomar Rodrigues da Fonseca filha de Rui Pais Gracez e sua mulher D. Mor Esteves da Fonseca ttº. de Fonsecas § 2 11 Lourenço Pires de Tavora 11 Lourenço Pires o Corvo, casado 11 D. Lourença de Tavora casada com Martim Gonçalves de Morais 5º Padroeiro de S. Francisco de Bragança c.g. nos Morais § 1 N 5 N 11 LOURENÇO PIRES DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 10 concorreu em tempo do Rei D. Fernando de Portugal. Casou com D. Alda Gonçalves de Morais 27 filha de Gonçalo Rodrigues de Morais no ttº. de Morais § 1 N 13 sub N 12 foi Lourenço Pires Sr. de Tavora, Paredes e Sr. de Penela e Ovadeira em Lamego por carta feita em 1367 era Alda Gonçalves de Morais filha de Gonçalo Rodrigues de Morais 4º Administrador da Capela de Santa Catarina no ttº. de Morais § 1 N 12 12 Pedro Lourenço de Tavora
27

No ttº. de Morais se acha Alda Gonçalves de Morais filha de Gonçalo Rodrigues de Morais casada com Lourenço Pires de Tavora Sr. de Mogadouro – ttº. de Morais § 1 N 13 sub N 12 – veja-se o que diz Lavanha ao Conde D. Pedro N B. e N.A. Plana 363.

12 Rui Lourenço de Tavora se meteu frade de S. Francisco 28 12 Estevão Mendes de Tavora, § 10 12 Martim Lourenço de Tavora 12 Fernão Lourenço se lhe dá nos Veigas apontando um documento da Torre do Tombo c.c. ............................... da Veiga ttº. de Veigas § 7 N 3 N 12 PEDRO LOURENÇO DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 11 foi Reposteiro Mor do Rei D. João I Sr. do Mogadouro e das mais terras desta Casa. Casou com D. Brites Annes de Albergaria Aia de El rei D. Afonso V filha de João Esteves de Azambuja e sua mulher D. Violante Lopes de Alvergaria no ttº. de Azambujas § 1 N 5 13 Álvaro Pires de Tavora 13 Martim de Tavora § 2 13 Lourenço Pires de Tavora 13 D. Violante Lopes mulher de Martim Afonso de Sousa no ttº. de Sousas § 332 N 17 13 D. Teresa de Tavora mulher de Rui Vaz Pereira s.g. 13 D. Catarina de Morais de Tavora c.c. seu primo Luís Álvares de Madureira neste ttº. § 10 N 14 N 13 ÁLVARO PIRES DE TAVORA fº. de Pedro Lourenço de Tavora N 12 foi Sr. do Mogadouro e das mais vilas da Casa de seu pai. Casou 1ª vez com D. Inês da Guerra filha B. de D. Pedro da Guerra este fº. B. do Infante D. João 14 Pedro Pires de Tavora 14 D. Isabel da Guerra mulher de Gonçalo Vaz Coutinho Sr. de Basto c.g. no ttº. de Cunhas § 40 N 13 ttº. de Coutinhos § 165 N 8 Casou 2ª vez Álvaro Pires com D. Leonor da Cunha filha de Álvaro da Cunha Sr. de Pombeiro no ttº. de Cunhas § 15 N 9 14 Martim de Tavora M.e Sala da Rainha D. Isabel casado com D. Leonor Correia filha de Gonçalo Correia s.g. 14 Lourenço Pires de Tavora casado com D. Maria Teles Coutinho filha de D. Gonçalo Coutinho § 7 14 D. Teresa mulher de D. Pedro Álvares Sotomaior Fidalgo Galego Conde de Caminha ttº. de Sotomaiores §1 N 10 N 14 PEDRO LOURENÇO DE TAVORA fº. da 1ª mulher de Álvaro Pires de Tavora N 13 foi Sr. do Mogadouro e da Casa de seu pai. Casou com D. Inês de Sousa filha de Fernão de Sousa Camelo, Sr. de Roças 15 Álvaro Pires de Tavora 15 Francisco Pires de Tavora casado 2 vezes s.g. 15 Rui Pires de Tavora, Sacerdote 15 António de Tavora § 11 15 D. Maria de Tavora 2ª mulher de Diogo da Silveira fº. do Regedor Fernão da Silveira c.g. no ttº. de Silveiras 15 D. Leonor de Tavora mulher de Fernão Vaz de Sampaio Sr. de Vila Flor no ttº. de Sampaios 15 D. Isabel de Tavora mulher de Bernardim do Campo Fidalgo Castelhano de Samora c.g. no ttº. de Campos § 7 N 4 N 15 ÁLVARO PIRES DE TAVORA fº. de Pedro Lourenço de Tavora N 14 foi Sr. do Mogadouro e S. João da Pesqueira, Alcaide Mor de Miranda, Comendador da Comenda Grande de Santa Maria de Castelo Branco na Ordem de Cristo. Casou com D. Joana da Silva filha de D. Afonso de Vasconcelos 1º Conde de Penela no ttº. de Vasconcelos § 4 N 16 16 Luís Álvares de Tavora 16 Martim de Tavora, sem estado 16 Rui Lourenço de Tavora § 3 16 Bernardim de Tavora § 4 16 D. Isabel da Silva mulher de Francisco de Sá fº. de João Rodrigues de Sá no ttº. de Sás § 43 N 6 16 D. Ana de Tavora mulher do 1º. Conde da Castanheira D. António de Ataíde no ttº. de Pinheiros § 89 N 25
Fez-se frade de S. Francisco Rui Lourenço porque sendo Alcaide Mor de Miranda do Douro onde o tinham cercado os Castelhanos, e estando em aperto se contratou que se El Rei o não socorre-se em certo tempo a entregaria e os Castelhanos e Portugueses que com ele andavam falsificaram as cartas, e puseram nelas que El Rei mandava se entregasse e conhecia a falsidade se recolhe a frade por mais que El Rei se deu por satisfeito.
28

16 D. Maria de Tavora Abadessa de Celas 16 D. Joana da Silva lhe acho nos Bejas c.c. João Domingos de Beja fº. de Gonçalo Annes de Beja c.g. no ttº. de Bejas § 1 N 5 N 16 LUÍS ÁLVARES DE TAVORA fº. de Álvaro Pires de Tavora N 15 Sr. de Mogadouro e mais Casa de seu pai e Comendador de Castelo Branco, do Conselho do Rei D. João III. Casou com D. Felipa de Vilhena filha de D. Luís da Silveira 1º Conde de Sortelha e sua mulher D. Brites de Noronha no ttº. de Silveiras § 1 17 Luís Álvares de Tavora 17 D. Joana de Tavora 1ª mulher de D. Luís de Ataíde 5º Conde de Atouguia s.g. 17 D. Brites de Tavora mulher de Joane Mendes de Oliveira Sr. do Morgado de Oliveira 17 D. Maria, morreu no Paço sem casar 17 D. Ana de Tavora casou duas vezes a 1ª com Manuel de Sousa Aposentador Mor de que foi 3ª mulher fº. de Lourenço de Sousa Aposentador Mor do Rei D. João III e D. Isabel de Eça no ttº. de Eças § 7 N 6. Casou 2ª vez D. Ana com D. Gabriel Ninho Fidalgo Galego M.e de Campo em Portugal Governador do Castelo de S. Gião de Lisboa N 17 LUÍS ÁLVARES DE TAVORA fº. de Luís Álvares de Tavora N 16 foi Alcaide Mor de Miranda Sr. de Mogadouro e do Conselho do Rei D. sebastião com o qual morreu na batalha de Alcácer. Casou com sua prima D. Leonor Henriques filha H. de D. Simão da Silveira e sua mulher D. Guiomar Henriques ttº. de Silveiras § 2 N 6 18 Luís Álvares de Tavora, único N 18 LUÍS ÁLVARES DE TAVORA fº. único de Luís Álvares de Tavora N 17 foi Sr. da Casa de seu pai, 1º Conde de S. João. Casou com D. Marta de Vilhena filha de Joane Mendes de Oliveira Sr. dos Morgados de Oliveira e Patameira, e sua mulher D. Brites de Tavora filha esta de Luís Álvares de Tavora acima N 16 19 António Luís de Tavora, 2º Conde de S. João Sr. de Mogadouro e Pesqueira casado com D. Arcangela Maria de Portugal filha de D. Miguel de Noronha 4º Conde de Linhares c.g. no ttº. de Mendanhas § 43 N 7 19 Joane Mendes de Tavora Bispo de Portalegre, Coimbra e nomeado Arcebispo de Lisboa 19 Álvaro Pires de Tavora frade Agostinho 19 D. Leonor de Tavora mulher de Diogo Luís de Tavora s.g. 19 D. Felipa freira na Esperança de Lisboa 19 D. Maria de Tavora mulher de D. António Mascarenhas Conde de Palma no ttº. de Mascarenhas s.g. §2
REPOSTEIROS MORES

N 13 MARTIM DE TAVORA fº. de Pedro Lourenço de Tavora N 12 do § 1 foi Reposteiro Mor do Rei D. Afonso V. Casou com D. Brites de Ataíde filha de Nuno Gonçalves de Ataíde Governador da Casa do Infante D. Fernando que morreu em Fez 14 D. Catarina de Tavora N 14 D. CATARINA DE TAVORA filha H. de Martim de Tavora N 13 casou com D. Pedro de Noronha Sr. de Cadaval Mordomo Mor do Rei D. João II c.g. no ttº. de Noronhas § 1 N 4. §3 N 16 RUI LOURENÇO DE TAVORA fº. de Álvaro Pires de Tavora N 15 do § 1. Foi Comendador da Ordem de Cristo; Trinchante do Rei D. João III depois de velho mandado pelo Rei D. Sebastião por ViceRei da Índia; morreu no mar sem lá chegar. Casou com D. Joana da Cunha filha de D. Jaime Ferer Fidalgo Valenciano Governador de Valença de Aragão e neto de Mosem Ferer (História Genealógica Tomo 12 Livro 13 pag. 80 e 81) 17 Álvaro Pires de Tavora 17 D. Catarina de Tavora mulher de Lourenço Pires de Tavora neste ttº. § 7 N 16 17 D. Maria de Tavora mulher de Agostinho Lafetá Trinchante do Rei D. João III = no § 8 17 D. Inês de Tavora mulher de Diogo de Saldanha no ttº. de Saldanhas § 5 N 20 17 D. Madalena, freira em Celas 17 D. Luísa, o mesmo

17 D. Ana, o mesmo 17 D. Lourença de Tavora mulher de João Saldanha o Gato s.g. §4
REPOSTEIROS – MORES

N 16 BERNARDIM DE TAVORA fº. de Álvaro Pires de Tavora N 15 do § 1 foi Reposteiro Mor do Rei D. João III. Casou com D. Luísa de Alcaçovas Carneiro filha de António Carneiro Secretário do Rei D. Manuel muito honrado, e sua mulher D. Brites de Alcaçovas no ttº. de Carneiros 17 António de Tavora, morreu solteiro 17 Pedro Lourenço de Tavora Clérigo Dr. em Teologia, Cónego em Mafra 17 Álvaro Pires de Tavora casado com D. Isabel de Melo e teve 18 D. Maria mulher de D. Afonso de Lencastre s.g. 17 Luís Álvares de Tavora morreu na Sicilia s.g. 17 Rui Lourenço de Tavora morreu menino 17 Rui Pires de Tavora 17 Francisco de Tavora casado com D. Ana de Mendonça s.g. 17 Cristóvão de Tavora, morreu menino 17 D. Brites de Tavora mulher de Gonçalo de Sousa Sr. das Ilhas das Flores, e Pico s.g. 17 D. Joana de Tavora § 5 17 D. Margarida, freira em Celas 17 D. Felipa, o mesmo 17 D. Maria, o mesmo 17 Manuel de Tavora, morreu menino 17 Martim de Tavora, teve B. 18 D. Ambrósia freira em Celas N 17 RUI PIRES DE TAVORA fº. de Bernardim de Tavora N 16. Sucedeu na Casa de seu pai, e Comendador da Ordem de S. Tiago, Reposteiro Mor dos reis D. Felipa 2º e 3º achou-se na Índia no cerco de Chaul em 1571. Casou com D. Felipa de Vilhena filha de João Mendes de Oliveira Morgado de Oliveira e D. Brites de Vilhena sua prima filha de Luís Álvares de Tavora Sr. de Mogadouro (História Genealógica Tomo 12 Livro 13 pag. 94) 18 Bernardim de Tavora e Sousa 18 Cristóvão de Tavora Prior da Madalena de Lisboa Esmole Mor do Rei D. João IV 18 Pedro Lourenço de Tavora morreu em Flandres s.g. 18 Joana Mendes, s.g. 18 Francisco, s.g. 18 Álvaro, s.g. 18 D. Madalena de Tavora mulher de D. João de Meneses Comendador de Valada c.g. no ttº. de Meneses § 7 N 14 N 18 BERNARDIM DE TAVORA E SOUSA fº. de Rui Pires de Tavora N 17. Foi Sr. das Ilhas do Fogo e S. Antão que lhe deixou sua tia com obrigação do apelido de Sousa, foi Comendador da Ordem de S. Tiago, Reposteiro Mor dos Reis D. Felipe 3º e 4º e D. João IV. Casou com D. Leonor Mascarenhas de Faro filha de D. Estevão de faro 1º Conde de Faro no Alentejo (História Genealógica Tomo 9 pag. 699) 19 D. Guiomar de Faro 19 D. Felipa Martins de Tavora mulher de Luís de Melo 3º Conde de S. Lourenço 19 D. Madalena Luísa mulher de D. Francisco de Castelo Branco, Conde de Redondo N 19 D. GUIOMAR DE FARO filha H. de Bernardim de Tavora N 18 casou duas vezes a 1ª com D. Jorge de Ataíde 3º. Conde de Castro d’Aire. Casou 2ª vez com D. Luís de Castelo Branco digo D. Luís de Vasconcelos 3º Conde de Castelo melhor no ttº. de Vasconcelos § ... N ...

§5
SR.ES MIRA

N 17 D. JOANA DE TAVORA filha de Bernardim de Tavora N 16 do § 4. Casou com Francisco Tavares 4º Sr. de Mira fº. de Simão Tavares 3º Sr. de Mira no termo de Aveiro, e sua mulher D. Isabel da Fonseca no ttº. de Tavares § 4 N 13 18 Pedro Tavares casado com D. Adriana de Sousa filha de Francisco da Costa de Sousa Corte Real, teve 19 D. Leonor Tavares mulher de seu primo António Tavares s.g.; casou 2ª vez com D. Jorge de Meneses 19 D. Joana Tavares morreu moça 18 António Tavares Cónego em Mafra e na Sé de Lisboa 18 Martim Gonçalves Tavares morreu na de Alcácer 18 Gonçalo Tavares 18 Estevão Tavares, Maltez 18 Bernardim de Tavora § 6 18 D. Luísa de Tavora casou com Pedro Guedes 8º Sr. de Murça c.g. no ttº. de Guedes § 3 N 9 18 D. Catarina, freira 18 D. Margarida, o mesmo 18 D. Brites, freira N 18 GONÇALO TAVARES fº. de D. Joana de Tavora N 17. Casou com D. Joana de Vila Lobos filha de Vicente Queimado ttº. de Queimados § 1 N 4 (História Genealógica Tomo 9 pag. 607) 19 Simão Tavares s.g. 19 D. Francisca de Tavora H. casou com D. João de Meneses Comendador de Santarém. §6 N 18 BERNARDIM DE TAVORA fº. de D. Joana de Tavora N 17 do § 1 foi Comendador da Ordem de Cristo. Casou com D. Mécia Mascarenhas filha de sua cunhada, e seu 1º marido Nuno Barreto (História Genealógica Tomo 11 pag. 505) 19 António Tavares c.c. D. Leonarda filha de seu tio Pedro Tavares s.g. 19 Gonçalo Tavares c.c. D. Isabel de Castro s.g. 19 D. Joana de Tavora H. casada com Luís Freire Comendador de Alfaiates na Ordem de Cristo e foi sua 2ª mulher 19 Cristóvão Tavares Cónego na Sé de Lisboa 19 Pedro de Tavora 19 Francisco Tavares s.g. 19 D. Maria freira em S. Marta 19 D. Francisca, morreu nova §7
MORGADO DA CAPARICA

N 14 LOURENÇO PIRES DE TAVORA fº. de Álvaro Pires de Tavora N 13 do § 1 foi Sr. do Morgado da Caparica. Casou com D. Maria Teles Coutinho filha de D. Gonçalo Coutinho 2º Conde de Marialva, e sua mulher D. Brites de Melo no ttº. de Coutinhos § 2 N 8 teve mercê de 3$000 coroas para seu casamento (História Genealógica Tomo 12 Livro 14 pag. 337 N 12) 15 Cristóvão de Tavora 15 João Teles de Tavora § 9 15 Lourenço Pires, s.g. 15 João, s.g. 15 André, s.g. 15 D. Leonor Coutinho mulher de D. João Pereira filho B. de D. Rui Pereira c.g. no ttº. de Pereiras § 4 N 18 N 15 CRISTÓVÃO DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 14 foi Sr. da Torre de Caparica e da vila de Ranhados por renúncia de seu irmão João Teles a quem seu pai a tinha dado, e depois vendeu a Diogo de Sampaio, foi Comendador e Conselheiro do Rei D. Manuel em 1521 depois do Rei D. João III. Casou com D. Francisca de Sousa filha de Fernão de Sousa o da Botelha, e D. Mécia de Brito (id. pag. 338) 16 Álvaro Pires de Tavora morto em Arzila a 29 de Maio de 1526 s.g. 16 Lourenço Pires de Tavora 16 Fernando de Sousa de Tavora morto na Índia em 1551 s.g.

16 D. Brites de Tavora mulher de D. Luís de Moura fº. de D. João de Moura e sua mulher D. Isabel de Atouguia no ttº. de Mouras § 2 N 9 N 16 LOURENÇO PIRES DE TAVORA fº. de Cristóvão de Tavora N 15 foi Sr. do Morgado de Caparica, casou com D. Catarina de Tavora filha de Rui Lourenço de Tavora e sua mulher D. Joana da Cunha neste ttº. § 3 N 16. Foi Luís Pires de Tavora Alcaide Mor da Torre de Caparica em que instituiu novo Morgado e Comendador de Riquião; teve muitos empregos: História Genealógica Tomo 12 pag. 82 N 16 17 Cristóvão de Tavora morreu em África s.g. 17 Álvaro Pires de Tavora foi morto em África em 1578 s.g. 17 António de Tavora Pagem de Lança do Rei D. Sebastião, morreu em África s.g. 17 Rui Lourenço de Tavora 17 D. Joana de Tavora mulher de Luís da Silva s.g. 17 D. Antónia de Tavora mulher de Luís de Alcaçovas Semilher da Cortina do Rei D. sebastião ttº. de Carneiros § 65 N 15 c.g. 17 D. Francisca de Tavora mulher de D. Lourenço de Almada 17 D. Maria de Tavora mulher de D. Diogo de Castro 2º Conde de Basto fº. H. de D. Fernando de Castro Alcaide Mor de Évora c.g. 17 D. Paula da Silva mulher de D. João de Lencastre Comendador (História Genealógica Tomo 12 Livro 13 pag. 84). N 17 RUI LOURENÇO DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 16 nasceu em 1550 sucedeu no Morgado de Caparica, Comendador na Ordem de Cristo, foi Governador do Reino do Algarve, Vice-Rei na Índia no ano de 1609 até 1612 morreu em 1616. Casou com D. Mariana Coutinho filha H. de D. Diogo de Almeida e sua mulher D. Leonor Coutinho no ttº. de Mendanhas § 32 N 4 (correm no ttº. de Mendanhas § 32 N 4) 18 Álvaro Pires de Tavora 18 Cristóvão de Tavora morreu na Índia 18 D. Leonor Coutinho casada com D. Francisco da Gama 4º Conde da Vidigueira N 18 ÁLVARO PIRES DE TAVORA fº. de Rui Lourenço de Tavora N 17 foi Sr. do Morgado de Caparica, Comendador de duas Comendas na Ordem de Cristo, e das Entradas na Ordem de S. Tiago, morreu em 1640; foi casado com D. Maria de Lima filha de D. Lourenço de Lima 7º Visconde de Vila Nova de Cerveira, e sua mulher D. Luísa de Tavora 19 Rui Lourenço de Tavora casado duas vezes, s.g. 19 D. Luísa de Tavora (e os mais correm no ttº. de Mendanhas § 32 e segt.) §8
LAFETÁS

N 17 D. MARIA DE TAVORA filha de Rui Lourenço de Tavora N 16 do § 3 casou com Agostinho Lafetá fº. de João Ferreira Lafetá um grande homem muito honrado Carmonez que veio a este Reino ttº. de Lafetás N 1 N 1 (História Genealógica Tomo 12 pag. 96 N 16) 18 João Francisco Lafetá 18 Cosme Lafetá passou a servir na Índia 18 Cristóvão Lafetá morreu na Índia 18 D. Margarida de Tavora mulher de Jorge da Silva 18 D. Madalena, freira em Celas de Coimbra 18 D. Joana, o mesmo N 18 JOÃO FRANCISCO LAFETÁ fº. de D. Maria de Tavora N 17 foi Comendador da Comenda pequena de Mogadouro, achou-se na batalha de Alcácer que ficou cativo. Casou com D. Antónia da Silva filha de Rui Gomes de Azevedo Capitão da Mina Alcaide Mor de Alenquer e sua mulher D. Jerónima Carnigue ttº. de Azevedos § 10 N 20 19 Agostinho Lafetá 19 D. Maria, freira em Celas de Coimbra 19 D. Margarida, o mesmo Casou 2ª vez João Francisco Lafetá com D. Luísa de Tavora filha de Luís Pires Crespo s.g.

N 19 AGOSTINHO LAFETÁ fº. de João Francisco Lafetá N 18 sucedeu no Morgado, casou com D. Maria de Vilhena filha de Henrique Jaques de Magalhães e D. Violante de Vilhena no ttº. de ..................... 20 João Francisco Lafetá, morreu menino 20 D. Cristóvão Lafetá 20 D. Violante Maria de Vilhena mulher de Lourenço Gracez Palha c.g. no ttº. N 20 D. CRISTÓVÃO LAFETÁ fº. de Agostinho Lafetá N 19 sucedeu no Morgado de seu pai. Casou com D. Brites da Silva filha de Pedro Jaques de Magalhães 1º Visconde de Fonte Arcada e D. Luísa da Silva 21 Pedro Veríssimo Lafetá, morreu moço 21 José Lafetá morreu sem estado 21 Bernardo Lafetá sucedeu na Casa, casado com D. Joana Micaela de Meneses s.g. filha de Lourenço Gracez Palha no ttº. de Gracezes § 2 N 7 21 D. Violante Ferreira da Silva Srª. da Casa, sem estado 21 D. Maria da Silva, freira na Madre de Deus 21 D. Margarida da Silva, o mesmo. §9 N 15 JOÃO TELES DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 14 do § 7 foi Sr. da Vila de Ranhados por sucessão do seu pai que largou a seu irmão Cristóvão de Tavora. Casou com D. Joana Pacheco filha de Afonso Rodrigues de Castelo Branco Veador da Moeda de Lisboa 16 D. Maria de Tavora mulher de Fernão de Ortiz Vilhegas Porteiro Mor do Infante D. Afonso no ttº. de Ortiz Vilhegas § 2 N 3. § 10 N 12 ESTEVÃO MENDES DE TAVORA fº. de Lourenço Pires de Tavora N 11 do § 1 foi Sr. de Vimioso 13 Isabel Mendes de Tavora N 13 ISABEL MENDES DE TAVORA filha de Estevão Mendes de Tavora N 12. Casou com Gonçalo Vaz Madureira do rego Alcaide Mor do Vimioso (ver Regos § 67) 14 Luís Álvares Madureira N 14 LUÍS ÁLVARES MADUREIRA fº. de Isabel Mendes de Tavora N 13. Casou com sua prima D. Catarina de Morais de Tavora filha de Pedro Lourenço de Tavora Reposteiro Mor do Rei D. João I e D. Brites Annes de Albergaria neste ttº. § 1 N 12 15 Leonor de Morais de Tavora c.c. Rodrigo Martins de Morais Alcaide Mor de Bragança c.g. no ttº. de Morais § 1 N 15. § 11 N 15 ANTÓNIO DE TAVORA fº. de Pedro Lourenço de Tavora N 14 do § 1 foi Comendador da Ordem de Cristo 16 Gonçalo Pires de Tavora N 16 GONÇALO PIRES DE TAVORA fº. de António e Tavora N 15 teve B. 17 D. Leonor Gonçalves de Tavora c.c. Fernão Álvares de Azevedo fº. de Francisco de Sousa de Azevedo c.g. no ttº. de Azevedos § 27 N 20 17 D. Brites Gonçalves de Tavora c.c. Rui Martins Boto fº. de Rui Martins Boto e sua mulher Felipa de Sousa no ttº. de Botos.

TEIVES §1 N 1 VASCO PIRES DE TEMES 29 é o primeiro de que temos notícia foi Fidalgo honrado da cidade do Porto, tomou o apelido de Teive da sua quinta de Teive que está perto da cidade do Porto numa Granja antiga que está na terra da Maia que ficou como Solar desta Família. Casou com D. Aldonça Lopes de Valboa filha de Lopo Rodrigues de Valboa de que fala o Conde D. Pedro ttº. 76 Plana 400 N 1 30 2 Vasco Pires de Teive, o moço 2 D. Teresa Vasques de Teive c.c. Diogo Gomes Deça de que foi 2ª mulher e teve 3 Afonso Soares 3 Diogo Gomes s.m.n. N 2 VASCO PIRES DE TEIVE o moço, fº. de Vasco Pires de Teive B 1 casou com ................................... 3 D. Florença de Teive N 3 D. FLORENÇA DE TEIVE filha de Vasco Pires de Teive N 2 foi Sr. da Casa de Teive como seu pai e avô. Casou com D. Ricarte (fº. B. de D. João Rei de Inglaterra viera a Portugal no tempo do Sr. Rei D. Pedro I) que no ttº. de Maias se dizia ser Fidalgo francês porém o mais seguido é que era fº. B. de D. João, Rei de Inglaterra 4 D. Ricarte de Teive N 4 D. RICARTE DE TEIVE fº. de D. Florença de Teive N 3. Foi Sr. da Casa de Teive casou com D. Florença de Lanços filha de D. Afonso de Lanços, Governador da Galiza 5 Álvaro Afonso de S. Tiago 5 D. Ana Afonso de Teive § 2 adiante N 5 ÁLVARO AFONSO DE S. TIAGO fº. de D. Ricarte de Teive N 4. Foi Sr. da Casa de Teive casou com ................................................................... 6 Lopo Afonso de Teive Sr. da Casa de Teive casado com D. Leonor Ferreira filha de Martim Ferreira o velho c.g. no ttº. de Ferreiras § 59 6 Gonçalo Lopo de Teive, Clérigo, e teve 7 Branca de Teive casada com João Pacheco fº. de outro João Pacheco. §2
SR.ES DA TROFA

N 5 D. ANA AFONSO DE TEIVE filha de D. Ricarte de Teive N 4 do § 1 retro, casou com Martim da Maia Vedor da Fazenda do Rei D. João I (e Sr. da Trofa) no ttº. de Maias 6 Álvaro Gonçalves da Maia N 6 ÁLVARO GONÇALVES DA MAIA fº. de D. Ana de Teive N 5 foi Vedor da fazenda igualmente do Rei D. João I, e seu Embaixador a Aragão ao Rei D. Fernando com a notícia da tomada de Ceuta (Sr. de Trofa – jaz Álvaro Gonçalves Vedor da Fazenda no Porto na Igreja de S. Francisco) casou 7 Fernão Gonçalves da Maia 7 Diogo Álvares da Maia jaz em S. Domingos do Porto e teve 8 Maria Dias da Maia c.c. João Gomes Gaio ttº. de Gaios § 1 N 5 N 7 FERNÃO GONÇALVES DA MAIA fº. de Álvaro Gonçalves da Maia N 6 foi Sr. da Trofa, e terra de Aguiar, seguiu as partes do Infante D. Pedro Duque de Coimbra, e morreu com ele na Batalha de Alfarrobeira pelo que o dito Rei D. Afonso V lhe tirou a Trofa, e terra de Aguiar. Casou com D. Guiomar de Sá filha de Gonçalo de Sá Sr. de Aguiar e Pena e neta de João Rodrigues de Sá Sr. de Sever, Matosinhos, Alcaide Mor do Porto 8 Álvaro Gonçalves da Maia casado com sua prima D. Joana de Teive filha de João de Teive Sr. da Casa de Teive e sua mulher D. Leonor Ferreira no § retro no qual damos princípio a este ttº. de Teives por seguirem seus descendentes este apelido adiante § 3 N 1.
29 30

Mudou o apelido de Temes em Teive por ser Sr. da quinta de Teive. Os Temes e Valboas são da Galiza e o Solar de Temes é junto do lugar de Chantada. Ver Lavanha ao Conde D. Pedro a Plana 400.

§3 N 1 ÁLVARO GONÇALVES DA MAIA fº. de Fernão Gonçalves da Maia Sr. da Trofa e terra de Aguiar N 7 do § 2 que seguiu as partes do Infante D. Pedro, Duque de Coimbra, e morreu com ele na Batalha de Alfarrobeira, pelo que o Rei D. Afonso V lhe tirou a Trofa, e terra de Aguiar, o qual era casado com D. Guiomar de Sá; e neto de Álvaro Gonçalves da Maia Vedor da Fazenda do rei D. João I, Embaixador a Aragão a El rei D. Fernando com a notícia da tomada de Ceuta, e bisneto de Martim da Maia Vedor da fazenda do Rei D. João I e sua mulher D. Ana Afonso filha esta de D. Ricarte de Teive e sua mulher D. Florença de Lanços, neta paterna do Infante D. Ricarte (e neto de D. João, Rei de Inglaterra) e sua mulher D. Florença de Teive filha de Vasco Pires de Teve e D. Aldonça Lopes de Balboa de que tratamos no ttº. de Maias § 4 N 13; foi o dito Álvaro Gonçalves Vedor da Fazenda do Porto como seus avós, segundo o Registo da Torre do Tombo do ano de 1532. Casou com Joana de Teve filha de Lopo Afonso de Teve e D. Leonor Ferreira no ttº. de Ferreiras § 59 N 10 e sua prima, teve 2 Diogo Vaz de Teve 2 Fernão Álvares de teve § 8 N 2 DIOGO VAZ DE TEVE fº. de Álvaro Gonçalves da Maia N 1 e seu irmão vista a paixão que o Rei D. Afonso contra seu avô seguir a voz do Infante D. Pedro como se vê da Provisão por onde lhe tirou as terras, e fez delas mercê a Gomes Martins de Lemos deixaram o apelido de Maias, e tomaram o de Teve que lhe vinha por sua mãe, ou por sua 3ª avó. Casou com Ana Machado filha de Diogo Machado e sua mulher Margarida Cabral e neta de Pedro Machado Sr. de Entre Homem e Cávado, ttº. de Machados § 127 N 17 3 Diogo Vaz de Teve 3 Fernão de Teve N 3 DIGO VAZ DE TEVE fº. de Diogo Vaz de Teve N 2. Casou com Catarina Rodrigues Cardoso filha de Guilherme Rodrigues Flamengo (Guilherme Rodrigues diz outra memória era Biscainho) casado na Ilha da Madeira com Gracia Dias Cardoso era a dita Catarina Rodrigues Cardoso irmã de Jerónimo Rodrigues Biscainho que fora casado em Vila do Conde com Gracia Dias Cardoso e além da dita filha teve mais Sebastião Rodrigues sogro de Alexandre Ramires Correia = Isabel Rodrigues mulher de Álvaro Lugo = Felipa Rodrigues mulher de Vasco Resende = teve Diogo Vaz de Teive desta mulher com a qual viveu na Ilha da Madeira; era Gracia Dias Cardoso mulher de Guilherme Rodrigues filha de António Cardoso natural da Ilha Terceira e de sua mulher de Francisca de Freitas Belchior Betancur da Ilha da madeira ttº. de Rodrigues de Vila do Conde § 1 N 1 4 António de Teive § 4 4 Bernardo de Teive, grande letrado 4 Sebastião de Teive 4 Baltazar de Teive, § 6 4 D. Antónia ou D. Francisca de Teive mulher de Francisco de Sousa Sr. de Vinho que fez o Mosteiro desta terra s.g. 4 D. Maria ou D. Isabel de Teive mulher de Francisco Betancur c.g. no ttº. de Betancures § 24 N 5 4 D. Maria de Teive mulher de Aires de Ornelas 4 D. Leonor de Teive mulher de Francisco de Eça N 4 GASPAR DE TEIVE fº. de Diogo de Teive N 3 foi Estribeiro Mor da Infanta D. Maria filha do Rei D. João III em Castela, e vindo para Portugal com a Princesa D. Joana, e por morte do Príncipe D. João foi 2ª vez a Castela com o dito ofício foi Comendador da Chouparia. Casou com D. Ana ou Antónia de Brito da Ilha da Madeira filha de Aleixo de Abreu, e D. Maria de Brito no ttº. de Barbas § 9 N 6 (ver Cabrais § 8 N 2 sub N 1) 5 Belchior Teive 5 Pantalião Gentil Homem de Felipe Prudente 5 Aleixo muito válido do Príncipe 5 D. Gaspar Gentil Homem do Imperador Rodolfo 5 D. Diogo de Teive 5 D. Baltazar de Teive § 5 5 D. Catarina de Brito, Dama da Princesa D. Joana, e da Rainha D. ................................. 5 D. Ana casada em Burgos com D. Pedro Maluenda

N 5 D. DIOGO DE TEIVE fº. de Gaspar de Teive N 4. Casou em Castela com D. Isabel Manrique de La Vega filha de Manuel Manrique Sr. de Bonazona 6 D. Gaspar de Teive 6 D. Diogo de Teive c.c. D. Maria de Lara filha de D. Francisco Henriques de Lara 6 D. Maria Henriques mulher de D. Agostinho de Herrera de Roxas 6 D. .................................... 6 D. .................................... N 6 D. GASPAR DE TEIVE fº. de D. Diogo de Teive N 5 foi Comendador da Chouparia. Casou com D. Maria Henriques Sr. de Vila Verde e Lobemela 7 D. Diogo de Teive Henriques. §4 N 4 ANTÓNIO DE TEIVE fº. de Diogo Vaz de Teive N 3 do § 3 foi Vedor da Rainha D. Catarina foi à Índia por Tesoureiro, e vindo instituiu o Morgado de Vale de Galegos (instituiu o Morgado de Galegos – foi esta instituição aos 20 de Novembro de 1666 – Peg. de Mayorat. Tomo 2º pag. 284, entrou nesta instituição que fez para casar seu filho Jerónimo com D. Joana de Sousa, Jerónimo de Coimbra tio da dita D. Joana – Corografia Portuguesa Parte 3 pag. 22. Casou com D. Melícia de Gois criada da dita Rainha filha de João Figueiroa, e D. Joana de Gois 5 José de Teive 5 Diogo de Teive Cónego em Lisboa 5 Fr. Bento, Frade Jerónimo em Belém 5 Dr. António da Graça 5 D. Maria de Teive mulher de Fernão Martins de Sousa Sr. de Baião c.g. no ttº. de Sousas § 548 N 23 5 D. Joana mulher de Manuel Furtado de Mendonça N 5 JOSÉ DE TEIVE fº. de António de Teive N 4 foi Contador Mor do Reino do Rei D. Felipe 2º que lhe deu o Foro por ter a varonia de Ricos Homens como provou. Casou com D. Joana de Sousa filha de António de Coimbra (este António de Coimbra teve mais – Maria Henriques mulher de Manuel da Cunha e teve – Jerónimo da Cunha Coimbra a que se julgou o vínculo de Coimbras) 6 António de Teive s.g. casado com D. Isabel Coutinho s.g. 6 Francisco de Sousa 6 Manuel da Cunha 6 Jerónimo de Teive 6 João de Teive, Cónego em Lisboa. §5 N 5 D. BALTAZAR ou BELCHIOR DE TEIVE fº. de Gaspar de Teive N 4 do § 3 foi Conselheiro da Fazenda de Lisboa e em Madrid Alcaide da Corte. Casou na Covilhã com D. Maria Teles de Gusmão filha de D. Pedro Teles de Gusmão 6 D. Gaspar de Teive, Marquês de Fonte na Itália 6 D. Pedro. §6
DE BRAGA

N 4 BALTAZAR DE TEIVE fº. de Diogo Vaz de Teive N 3 do § 3 foi Dezembargador em Braga onde casou com sua parente D. Maria de Teive filha de Sebastião Gonçalves Rendeiro do Cabido, e sua mulher Isabel Fernandes de Teive neste ttº. § 9 5 Gaspar de Teive 5 Fernão de Teive casado com Maria da Costa filha de Gregório da Costa Abade de Parada, teve 6 Gregório da Costa s.g. 5 Ana de Teive mulher de Mateus Fernandes Farto § 7 N 5 GASPAR DE TEIVE fº. de Baltazar de Teive N 4 casou em Braga com D. Ana de Brito Pereira filha de Giraldo de Brito e Vasconcelos, e Francisca Pereira do Lago filha de Pedro Lopes ttº. de Lagos § 45 6 Giraldo de Brito Pereira de Teive

N 6 GIRALDO DE BRITO PEREIRA DE TEIVE fº. de Gaspar de Teive N 5 casou no Porto com D. Mariana Soares de Albergaria filha de António Vaz de Castro, e sua mulher D. Isabel 7 António Pereira de Brito e Teive 7 D. Maria de Brito freira em S. Bento do Porto N 7 ANTÓNIO DE BRITO E TEIVE fº. de Giraldo de Brito N 6. Casou em Braga com D. Joana da Cunha Sotomaior filha de Adriano de Teive e D. Catarina da Cunha neste ttº, § 7 N 3 8 Giraldo de Brito Sotomaior 8 António Pereira 8 Luís de Brito, morreu novo 8 Gaspar de Teive, o mesmo 8 Baltazar de Brito e Teive 8 D. Ana Maria da Cunha mulher de Lourenço da Cunha Sotomaior c.g. no ttº. de Cunhas digo ttº. de Farias § 17 N 12 8 D. Maria de Brito 8 D. Luísa 8 D. Antónia §7
DE BRAGA

N 5 ANA DE TEIVE filha de Baltazar de Teive N 4 do § 6 casou com o L.do Mateus Fernandes Farto Juíz e Vereador em Braga em 1587 e 1590 6 Helena de Almeida mulher 1ª do Dr. Marcos Francisco Coelho, teve 7 Ana, morreu nova 6 Ana de Teive N 6 ANA DE TEIVE filha de Ana de Teive N 5. Casou com João Baptista Conti genovês o 1º Correio Mor de Braga, Trinchante do Arcebispo D. Fr. Agostinho de Jesus natural de Pádua 7 Adriano de Teive 7 Luís de Teive Abade de Escariz N 7 ADRIANO DE TEIVE fº. de Ana de Teive N 6 foi Correio Mor de Braga (e Juíz em Braga em 1644). Casou com D. Catarina da Cunha filha de Jerónimo da Cunha Sotomaior no ttº. de Cunhas § 45 N 15 (vão nos Cunhas § 46) 8 Pedro da Cunha casado com D. Antónia Caldeirão c.g. no ttº. de Cunhas § 46 8 Constantino da Cunha 8 Adriano da Cunha, o Picado 8 João de Teive 8 Jerónimo da Cunha 8 D. Eugénia 8 D. Francisca 8 D. Isabel, casada em Basto 8 D. Ana 8 D. Joana da Cunha mulher de António Pereira de Brito fº. de Giraldo de Brito neste ttº. § 6 N 7 c.g. 8 D. Luísa mulher de Pedro Pinto da Silva c.g. no ttº. de Cunhas § 56 N 8 JERÓNIMO DA CUNHA fº. de Adriano de Teive N 7 (foi chamado o Turco) casou em Guimarães com D. Serafina da Silva filha de António Francisco, e Leonor Soares Sr.es da quinta das Fontes em S. Cosme de Lobeiro no termo de Guimarães 9 João 9 António 9 Micaela 9 Luísa 9 Josefa 9 Constantino 9 Pedro 9 Jerónimo 9 D. Francisca

§8 N 2 FERNÃO ÁLVARES DE TEIVE fº. de Álvaro Gonçalves da Maia § 3 N 1 casou e teve de sua mulher 3 Diogo de Teive 3 Isabel Fernandes de Teive § 9 N 3 DIOGO DE TEIVE fº. de Fernão Álvares de Teive N 2 casou com Isabel Machado 4 Diogo de Freitas de Teive 4 Brites de Teive mulher de António de Freitas N 4 DIOGO DE TEIVE fº. de Diogo de Teive N 4 viveu na Ilha da madeira, onde casou com ................................................................ 5 Fr. Vicente Provincial de S. Francisco 5 Francisca de Teive, freira em Vinhó 5 Manuel de Teive §9 N 3 ISABEL FERNANDES DE TEIVE filha de Fernão Álvares de Teive N 2 do § 8. Casou em Braga com Sebastião Gonçalves da Pax 4 Diogo de Teive D.or em Paris, Cónego em Lisboa e Miranda dos primeiros Lentes de Direito da Universidade de Coimbra, grande poeta, e escritor 4 D. Maria de Teive mulher de seu parente o Dr. Baltazar de Teive neste ttº. § 6 N 4.

TENAZES Entre vários Fidalgos que serviram com valor ao Senhor Rei D. João I na Província do Alentejo, houve um Cavalheiro da Família dos Tinocos que o mesmo Rei fez Alcaide Mor de Juromenha onde resistiu com extremado valor, e nunca vista tenacidade a um apertado cerco que os Castelhanos lhe puseram, em cujo conflito ele, e os de sua família não obstante verem-se reduzidos à última necessidade, foram Tenazes em se não entregarem ao inimigo, por cujo acontecimento em memória deste grande feito deixaram o seu apelido de Tinocos, e tomaram o de Tenazes, que seus descendentes têm sempre prezado em demasia, tendo-o preferido a outros muitos de que se podiam exaltar como se pode ver nas alianças de seus descendentes pois se aliançaram com as primeiras famílias deste Reino. O mesmo Senhor Rei D. João I fez Doação àquele Fidalgo (de que não sabemos o nome, até hoje) de certas terras no termo de Juromenha, onde este Cavalheiro, dizem as memórias desta família, edificava um Solar edificando nestas terras uma casa forte com suas torres e ameias que tomou o nome de Tenazes. Fica este solar uma légua distante de Juromenha, e junto aonde estava a torre edificada passa a estrada que para esta vila vai, de Vila Viçosa, e ao Norte daquela primeira vila, e no cume de um pequeno Outeiro, onde hoje somente está o monte da herdade, que neste tempo se chama a herdade de Pedro Lobo que desfruta larga campina até Juromenha e pelas faldas do dito monte passa a Ribeira do Fabalão. Não se sabe a razão da desmembração deste Solar, só há tradição que um dos seus possuidores obtivera licença de D. Felipe o prudente para o empenhar ou vender a fim de se resgatarem do cativeiro de África quando para lá foram com El Rei D. Sebastião. O certo é que ele já não existia em 1600 como tal, porque nesta era entrou em partilhas entre os filhos do que então o possuía, ficando com a sua porção cada um da Devesa, e Torre de Tenazes, e entre estas porções de uma delas, se fez uma boa herdade, em que entrou o território em que estava a casa forte que no dito ano de 1600 era possuída por Pedro Lobo Tenazes, pelo que tomou o nome deste novo Senhor, chamando-se para a distinguir do resto do Solar dos Tenazes = a Torre de Pedro Lobo nome que ainda conserva neste ano de 1793 = esta Torre foi depois vendida por seus herdeiros e passou a pessoas estranhas, e parte deste terreno era possuído pela Coroa. Nas Guerras do Senhor D. Afonso V contra Castela fez nela notável figura Afonso Lopes Tenazes, fº. de Lopo Pires Tenazes, Sr. do Solar e Torre de Tenazes a quem o mesmo Senhor fez mercê da Alcaidaria Mor de Moncorvo, e é provável os Tenazes que na dita vila há, e Província de Trás-os-Montes, descendam deste. §1 N 1 LOPO PIRES TENAZES da família dos Tinocos o que se prova pelo escudo de Armas que se deram a Pedro Lopo Tenazes abaixo N 6 deste § que foram as dos Tinocos, foi Sr. do Solar dos Tenazes 2 Pedro Lopes Tenazes N 2 PEDRO LOPES TENAZES fº. de Lopo Pires N 1 foi Sr. do Solar dos Tenazes 3 João Lopes Tenazes N 3 JOÃO LOPES TENAZES fº. de Pedro Lopes Tenazes N 2 foi Sr. do Solar dos Tenazes 4 Pedro Lopes Tenazes N 4 PEDRO LOPES TENAZES fº. de João Lopes Tenazes N 3 (Fidalgo da Casa Real) viveu no tempo dos Reis D. João III, D. Sebastião, acompanhou o Sr. D. Sebastião a África, e ficou cativo na de Alcácer Quibir para cujo resgate se alcançou licença para vender, ou empenhar o Solar dos Tenazes. Casou duas vezes a 1ª com D. Catarina Martins Lobo natural de Vila Viçosa filha de João Álvares Pericoto Sr. da Torre Solar dos Pericotos, e D. Teresa Dias Lobo no ttº. de Pericotos 5 João Lopes Tenazes Lobo Casou 2ª vez com D. Constança da Guerra 5 António Lopes Tenazes que ficou cativo com seu pai na Batalha de Alcácer Quibir casado em 1576 com D. Brites Bispo filha de Manuel Fernandes e de ............................................ Bispo como se vê no ttº. de Bispos § .... N 5 JOÃO LOPES TENAZES LOBO fº. da 1ª mulher de Pedro Lopes Tenazes N 4 deste § 1 foi Fidalgo da Casa Real como seu pai e serviu a Casa de Bragança, e casou com D. Violante Lobo Cão Pinheiro de Lacerda Dama da Duquesa de Bragança, filha de Manuel Cão, e D. Helena Lobo Pinheiro, neta de Diogo Cão descobridor do Reino do Congo, Fidalgo da Casa Real a quem El Rei D. João II deu novo escudo de armas em memória das suas façanhas em 1486, e neta materna de João Jacome de Luna e Melo, Fidalgo da Casa Real no ttº. de Pinheiros (correm no ttº. de Pinheiros).

6 Pedro Lobo Tenazes de Lacerda Foi casado o dito João Lopes Tenazes ou 1ª ou 2ª vez com D. Brites de Abreu filha de João Jorge de Abreu, e D. Catarina Caldeira como consta do assento na Matriz de Borba, feito em 1585 s.m.n. N 6 PEDRO LOBO TENAZES DE LACERDA fº. de João Lopes Tenazes N 5 foi Fidalgo da Casa Real o que consta da escritura do dote para casar, e por outra escritura feita em 1625 que era a quitação de ter recebido o seu dote de seus sogros que está no Cartório de João da Silveira Panasco de Borba, e Fidalgo de Solar conhecido como consta do Brasão que se lhe deu em 1633, no qual se acham as filiações de seus pais e avós dado aos 7 de Dezembro do ano de 1633, e Sr. daquela porção de terra do Solar de Tenazes, onde esteve a Casa Forte do dito Solar que deste tempo em diante se ficou chamando a Torre de Pedro Lobo, tirou o dito Pedro Lobo Brasão de Armas que se lhe deu a 7 de Dezembro de 1633 como fica dito com o escudo esquartelado numa as Armas dos Lobos, noutra dos Tinocos e nos dois um dos Cães, e noutro dos Pinheiros. Casou na Matriz de Borba a 6 de Janeiro de 1622 com D. Isabel Belo de Andrade Dama da Duquesa de Bragança baptizada na mesma Matriz a 20 de Janeiro de 1596 filha de Mateus Pais de Andrade e D. Maria Gil no ttº. de Andrades (neste Brasão se mostraram seus ascendentes até seu 4º avô).

TENÓRIOS § N 1 D. PEDRO RODRIGUES TENÓRIO é o 1º em que principia o Conde D. Pedro esta família no ttº. 75 fl. 394, e é seu solar na Galiza légua e meia de Ponte Vedra; era D. Pedro Rodrigues Tenório fº. de Rui Tenório que serviu ao Rei D. Fernando na conquista da Andaluzia. Casou D. Pedro Rodrigues com D. Teresa Pais filha de Paio Mendes Sorede e D. Ermezenda Nunes Maldonado no Conde fl. 389 N 1 2 Gonçalo Pires Tenório de que foi neto D. Afonso Jofre Tenório cuja filha H. D. Maria Tenório casou com Martim Fernandes Portocarreiro no Conde D. Pedro fl. 260 N 23 e foram seus netos D. Pedro Tenório Arcebispo de Toledo e D. Urraca Tenório mulher de Aires Gomes da Silva no ttº. de Silvas 2 Rui Pires Tenório, casado e teve 3 D. Inês Rodrigues Tenório 2 Mem Pires Tenório 2 Mem Rodrigues Tenório 2 D. Inês Pires Tenório mulher de Afonso Godiz no Conde fl. 155 N 3 no ttº. de Godis 2 D. Teresa Pires s.g. N 2 MEM RODRIGUES TENÓRIO fº. de D. Pedro Rodrigues Tenório N 1. casou com ............................ 3 D. Inês Rodrigues Tenório.

TENREIROS §1 N 1 AFONSO VAZ TENREIRO não sabemos de quem era filho só sabemos foi Ouvidor das terras do Sr. D. Duarte, e Moço Fidalgo de sua Casa, Cavaleiro da Ordem de Cristo e serviu de Corregedor da Corte na pretensão deste Reino deu voto pela Srª. D. Catarina pelo que não foi bem visto de Felipe 2º. Dele faz Jorge Cabedo breve elogio na Dec. 201 Cap. 6 da sua 1ª parte. Casou primeira vez com D. Leonor de Andrade da Costa filha de Manuel da Costa de Andrade 2 Manuel Tenreiro de Andrade 2 João Tenreiro de Andrade que morreu na de Alcácer sendo Moço Fidalgo da Casa do Sr. D. Duarte como consta do treslado de seu testamento que se acha na Casa de Bragança, e do registo das mercês 2 D. Catarina de Andrade mulher de Francisco Pedrosa Rebelo 2 D. Ana, solteira 2 D. Joana, solteira Casou 2ª vez com D. Vitória da Costa que depois foi mulher de Vasco Gomes de melo morador numa quinta no Tojal s.g. N 2 MANUEL TENREIRO DE ANDRADE fº. de Afonso Vaz Tenreiro N 1 foi Provedor de Viana, Viseu, Lamego e Leiria. Casou com D. Joana da Silva filha de Pedro Lourenço de Oliveira e sua mulher D. Brites da Cunha no ttº. de Abreus de Regalados § 77 N 7 3 João Tenreiro da Silva, e por não conseguir o lugar de Provedor dos defuntos e ausentes a que se opôs não quis seguir os lugares de letras foi Capitão e serviu na guerra, e depois deixando o serviço viveu na sua quinta de Luzinde casado com D. Maria de Melo filha de Sebastião de Figueiredo Castelo Branco, e D. Joana de Melo no ttº. de Melos § 59 N 15 morreu em Setembro de 1693 e justificou em 1691 ser descendente por linha materna dos Abreus de Regalados, dos Eças e Cunhas cuja justificação está em Viseu no Cartório do Tab.am Manuel Monteiro 3 Fr. Manuel de Assunção frade Agostinho M.e de Teologia não quis ser Bispo sendo nomeado pelo Rei D. João IV 3 D. Brites, freira em Beja 4 D. Joana, o mesmo §2 N 1 PEDRO LOURENÇO TENREIRO fº. de ...................................................., foi chamado o velho. Casou com Catarina Rodrigues Cardoso filha de Domingos Rodrigues Cardoso c.g. nos Cardosos § 74 N 4.

TIBÃO §1 N 1 AFONSO MARTINS TIBÃO era estrangeiro 2 Francisco Tibão 2 D. Maria Tibão mulher de D. Jerónimo de Eça filho de D. Gracia de Eça N 2 FRANCISCO TIBÃO fº. de Afonso Martins Tibão N 1. Casou com Leonor Gonçalves Maracote filha de Rui Gonçalves Maracote Comendador de Loures 3 D. Francisca Tibão mulher de Jerónimo Mexia de que teve no ttº. de Mexias § 29 N 7 4 D. Brites mulher de D. Álvaro da Silveira no ttº. de Silveiras § 11 N 7.

TOLEDOS §1 N 1 AFONSO MENDES DE TOLEDO é o primeiro de que fala o Conde D. Pedro ttº. 30 fl. 172 diz casara com D. Teresa Pires filha de D. Pedro Gomes Barroso, e D. Chamoa Gomes de Azevedo no ttº. de Barrosos 2 Afonso Mendes 2 D. Urraca Gonçalves mulher de Afonso Martins Teixeira no ttº. de Teixeiras N 2 AFONSO MENDES DE TOLEDO fº. de Afonso Mendes N 1. Casou com D. Teresa Afonso de Toledo 3 Gonçalo Mendes
OUTROS TOLEDOS

§2 N 1 FERNÃO GOMES DE TOLEDO dele não diz o Conde de quem era filho foi Camareiro Mor de El Rei D. Fernando 4º e Notário Mor do Reino de Toledo. Lavanha diz era fº. de Gomes Peres d Toledo Alguazil Maior de Toledo, e neto de Pedro Fernandes de Toledo que se achou na Batalha das Navas, e bisneto de Fernão Peres Cavalheiro Principal de Toledo, e de D. Luna filha de Estevão Illan que entregou ao Rei D. Afonso 9º Toledo; casou Fernão Gomes com ................................................................................ 2 D. Joana mulher de Rui Pais de Bema no Conde fl. 394 N 3 (deste Fernão Gomes descendem os Soares de Toledo, e outros) §3 N ....................................................................................................... 5 Diogo Gracia de Toledo 5 D. Maria Gracia mulher de João Ramires de Gusmão fl. 105 N 9 N 5 DIOGO GRACIA DE TOLEDO dele trata o Conde a fl. 173 serviu ao Rei D. Afonso 10º e D. Sancho seu filho; foi casado com D. Frolhe Martins filha de Vasco Martins Corutelo e D. Estevainha de Novais no Conde fl. 300 N 7 (destes descenderam por varonia os Gracias de Toledo Sr.es de Mejorada até D. Maria de Toledo Srª. desta Casa casada com D. João da Silva e Ribera 1º Marquês de Montemayor).

TORRES §1 N 1 MARTIM ou DIOGO DE TORRES de Córdova 2 Fernão de Torres
31

foi natural de Toledo ali casou com uma mulher nobre Joana

N 2 FERNÃO DE TORRES fº. de Martim, ou Diogo de Torres N 1 viveu em Toledo, e ali casou com Isabel Fernandes 3 João de Torres 3 Gaspar de Torres c.c. D. Maria de Castilho natural de Burgos e teve 4 D. Francisca mulher de Francisco de Naya 4 D. Luísa mulher de D. Diogo de Naya 3 Diogo de Torres, § 3 3 Afonso de Torres, § 5 3 João de Torres, Arcebispo de Salerno N 3 JOÃO DE TORRES fº. de Fernão Torres N 2 foi Comendador da Ordem de ............... e Regedor de Málaga em Carmona, e Fidalgo Principal daquele tempo. Casou com ................................ filha de um Fidalgo Principal de Carmona 4 Diogo de Torres 4 D. Luís de Torres, Arcebispo de Monreal 4 D. Afonso Torres, Deão de Málaga 4 D. Francisco de Torres, Arcebispo de Salerno como seu tio 4 D. Fernando de Torres, Comendador de S. Tiago, Embaixador a Roma pelo Imperador Carlos 5º onde casou e teve = vide § 2 5 D. Luís de Torres, Arcebispo de Monreal e Cardeal 5 D. Afonso de Torres, Maltês 4 D. Margarida de Torres mulher de D. Inês Furtado de Mendonça N 4 DIOGO DE TORRES fº. de João de Torres N 2 casou com ................................................, sobrinha do Duque de Arcos 5 D. Luís de Torres, e outros que viveram em Nogala. §2 N 4 D. FERNANDO DE TORRES fº. de João de Torres N 3 passou a Portugal foi Comendador da Ordem de S. Tiago Embaixador a Roma pelo Imperador Carelos 5º teve de sua mulher Inês Fernandes 4 D. Luís de Torres, Arcebispo de Monreal 4 D. Afonso de Torres, Maltês, Comendador de Malta. §3 N 3 DIOGO DE TORRES fº. de Fernão de Torres N 2 do § 1 eu tinha que era filho de Fernão de Torres que se achou na tomada de Malaca, e sua mulher Inês Fernandes e neto de Diogo de Torres e sua mulher Joana Córdova (Diogo de Torres deste N 3 não era filho de Martim de Torres mas dos que tinha = Fernão de Torres) passou Diogo de Torres a Portugal com seu irmão Afonso Torres no tempo do Rei D. João III no ano de 1528, e pelos muitos serviços que lhe fez, e sua qualidade o fez este Rei Fidalgo da sua Casa, teve muita fazenda. Casou com Brites del Castilho filha de Herando del Castilho natural de Burgos, e Ana Allariz 4 Afonso de Torres 4 D. Ana mulher de D. Pedro ou D. Rodrigo de Meneses fº. de D. Simão de Meneses 4 D. Elvira mulher de António de Manselos c.g. 4 D. Inês mulher de Francisco Medina de Salazar Castilho
31

Na cidade de Jaen a principal Casa é dos Torres dizem que por seu grande valor ganharam aos Mouros cinco Torres, ou Castelos, e por isso as trazem por Armas.

N 4 AFONSO DE TORRES fº. de Diogo de Torres N 3 foi chamado o moço , foi Comendador da Ordem de Cristo, instituiu um Morgado que lhe confirmou o Rei D. João III. Casou com D. Violante de Melo filha de João de Melo Alcaide Mor de Castelo de Vide e D. Felipa de Abreu ttº. de Melos § 81 N 13 5 João Rodrigues de Torres 5 António Gonçalves de Torres Comendador de Malta 5 Lourenço de Torres 5 Gracia de Melo e Torres, § 4 5 D. Felipa de Melo mulher de D. Jorge de Meneses o Tabora N 5 JOÃO RODRIGUES DE TORRES fº. de Afonso de Torres N 4 foi Vedor da Fazenda da Índia (Comendador de Montemor-o-Novo). Casou com D. Guiomar de Vilhena filha de Rui Teles Alcaide Mor da Covilhã e D. Leonor Manrique 6 Afonso de Torres N 6 AFONSO DE TORRES fº. de João Rodrigues Torres N 5 teve a Comenda e fazenda de seu pai, casou com uma Srª. Flamenga s.g. casou 2ª vez com D. Violante filha de Aires de Sousa 7 D. Leonor Manrique mulher de Francisco de Melo e Torres neste ttº. § 4 N 6 7 D. Mariana mulher de Pedro da Fonseca Coutinho 7 B. Rui Teles, Cónego em Lisboa. §4
CONDES DA PONTE

N 5 GRACIA DE MELO E TORRES fº. de Afonso de Torres N 4 do § 3 foi Capitão de Sofala, do Conselho do Rei Felipe 2º, Vedor da Fazenda da Índia. Casou 1ª vez com D. Margarida de Meneses filha B. de D. Gonçalo de Meneses s.g. casou 2ª vez com D. Margarida de Castro filha de Henrique Correia da Silva Alcaide Mor de Tavira Governador do Algarve do Conselho de Estado e sua mulher D. Maria de Meneses 6 Francisco de Melo e Torres 6 D. Maria, morreu nova 6 D. Margarida, freira 6 D. N ......................, freira N 6 FRANCISCO DE MELO E TORRES fº. de Gracia de Melo N 5 serviu nas guerras do Montijo onde foi M.e de Campo e Geral de Artilharia, Embaixador a Inglaterra para o casamento do Rei D. Afonso VI, foi grande matemático, o Rei D. Afonso VI o fez Conde da Ponte e Marquês de Sande. Casou com D. Leonor Manrique filha de Afonso de Torres e sua mulher D. Violante neste ttº. § 3 N 6 7 Gracia de Melo e Torres 7 D. Maria de Melo 7 D. Madalena mulher de Luís de Saldanha c.g. N 7 GRACIA DE MELO E TORRES fº. de Francisco de Melo N 6 foi 2º Conde da Ponte e Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Maria Caetana de Meneses filha de D. Vasco da Gama 1º Marquês de Nisa e D. Inês de Noronha 8 António José de Melo e Torres 8 D. Leonor freira nos Cardiais de Lisboa 8 D. Teresa no Sacramento 8 D. Joana 8 Francisco de Melo e Torres 8 João de Melo e Torres N 8 ANTÓNIO JOSÉ DE MELO E TORRES fº. de Gracia de Melo N 7 foi 3º. Conde da Ponte, casou com D. Ana Maria de Noronha filha dos segundos Marqueses de Cascais, D. Luís Álvares de Ataíde e D. Maria Coutinho. §5 N 3 AFONSO DE TORRES fº. de Fernão de Torres N 2 do § 1 passou a Portugal com seu irmão Diogo de Torres. Casou em Burgos com D. Elvira de Castilho irmã de sua cunhada filha de Fernão de Castilho e de D. Ana de Alhariz 4 João Torres morreu Fronteiro em Tânger

4 Gaspar de Torres 4 Francisco de Torres, § 6 4 Ana de Torres mulher de Cristóvão de Magalhães escrivão da Câmara de Lisboa teve 5 Nuno Fernandes de Magalhães 5 Afonso Torres de Magalhães 5 D. N. .................................., mulher de Luís de ...................................... Pereira N 4 GASPAR DE TORRES fº. de Afonso de Torres N 3 casou com D. Leonor de Alarcão filha de Diogo de Alarcão, Fidalgo Castelhano 5 Martim de Torres morreu com El Rei D. Sebastião 5 Luís Torres, Capucho 5 D. Luísa ou Elvira de Torres mulher de Sebastião da Silva fº. de Fernando da Silva e seu H. s.g. Casou 2ª vez com Jerónimo Moniz fº. de Febos Moniz e sua mulher D. Felipa Coutinho c.g. §6 N 4 FRANCISCO DE TORRES fº. de Afonso de Torres N 3 do § 5 (foi Francisco de Torres Comendador da Ordem de Cristo). Casou com D. Maria Henriques filha de D. João de Lima e D. Briolanja Henriques 5 Afonso de Torres, doido, solteiro 5 Luís de Torres 5 Fr. Francisco, Domenico 5 Diogo de Miranda 5 D. Briolanja Henriques N 5 LUÍS DE TORRES fº. de Francisco de Torres N 4 casou com D. Mariana filha de Gonçalo Moniz teve B. de .................................. filha de um criado de Pedro de Alcaçovas 6 Francisca de Vilhena, que perfilhou . §7
OUTROS

N 1 O CAPITÃO FRANCISCO DE TORRES fº. de ............................................... foi casar a Leça com Margarida Jacome pessoa particular e nas casas tinham brasão de armas e jazigo na Igreja de S. Miguel em Leça da Palmeira 2 Inácio de Torres 2 Maria de Torres Pancas casada com António Lopes Ferrão Capitão de Mar e Guerra c.g. extinta N 2 INÁCIO DE TORRES fº. do Capitão Francisco de Torres N 1 foi Tenente e Governador da Fortaleza de Matosinhos, casou com Maria Jacome 3 D. Maria Jacome N 3 D. MARIA JACOME filha de Inácio de Torres N 2 casou com o Capitão Francisco Álvares de Araújo que vivia na cidade do Porto fº. de Francisco de Araújo de Antas neto legítimo de Miguel de Araújo e Antas Sr. da quinta de Santa Leucádia na freguesia de Brotaes termo da Vila da Barca 4 Inácio de Torres Cavº. da Ordem de Cristo casado com D. Gracia de Queirós e Vasconcelos filha de João Teixeira de Vasconcelos e D. Clara de Carvalho c.g. no ttº. de Vasconcelos § 34 N 22. §8
TORRES DO ALENTEJO

N 1 ANTÓNIO GOMES TORRES fº. de ........................................, casou com Brites Lopes 2 Fr. Gomes de Torres beneficiado na Matriz de Borba 2 Manuel Fernandes de Torres 2 Lourenço de Torres § 11 2 Isabel Lopes de Torres casada 1ª vez com Manuel Mendes Canhão. Casada 2ª vez com Manuel Fernandes de Campos s.g. teve do 1º marido 3 Maria Mendes freira nas Servas de Borba e Abadessa 2 Maria Gomes de Torres § 9

N 2 MANUEL FERNANDES DE TORRES fº. de António Gomes de Torres N 1 casou na Matriz de Borba em 1629 com Ana Mendes da Silveira filha de António Mendes; também dizem casara com Leonor Fernanes de uma teve 3 O Dr. Manuel de Torres N 3 O DR. MANUEL DE TORRES fº. de Manuel Fernandes de Torres N 2 casou com Isabel da Guerra Pessanha 4 O Dr. Sebastião Pessanha Deão de Portalegre 4 O Padre João Caeiro 4 O Dr. Manuel da Guerra Cavaleiro da Ordem de Cristo, s.g. 4 A Madre Soror de S. José §9 N 2 MARIA GOMES DE TORRES filha de António Gomes de Torres N 1 do § 8 casou com António Fernandes Esmerado natural de Alter fº. de Amador Gonçalves e Catarina Fernandes 3 Manuel Rodrigues de Torres 3 Catarina Rodrigues de Torres § 10 N 3 MANUEL RODRIGUES DE TORRES fº. de Maria Gomes N 2 casou na Matriz de Borba em 1651 com Catarina Rodrigues filha de João Rodrigues e Margarida Lourenço 4 Manuel Rodrigues de Torres N 4 MANUEL RODRIGUES DE TORRES fº. de Manuel Rodrigues de Torres N 3 casou na Matriz de Borba em 1679 com D. Maria da Costa filha de Jerónimo Fernandes Manguilongo e Maria Lopes neta paterna de outro Jerónimo Fernandes Manguilongo e Brites da Costa filha de Domingos da Costa e Brígida Costa, bisneta de Manuel Fernandes Manguilongo 5 Álvaro Rodrigues da Costa N 5 ÁLVARO RODRIGUES DA COSTA fº. de Manuel Rodrigues de Torres N 4 casou em 1700 com sua prima D. Dionísia de Morais de Campos filha de António de Sande Machado e D. Catarina Rodrigues de Torres esta irmã de Manuel Rodrigues de Torres N 3 neste ttº. § 10 N 3 6 O Dr. Jerónimo da Costa 6 João Baptista de Sande, solteiro 6 Catarina da Costa 6 Francisca Teresa. § 10 N 3 D. CATARINA RODRIGUES DE TORRES filha de Maria Gomes de Torres N 2 do § 9, casou com António de Sande machado fº. de Francisco de Campos de Morais e D. Guiomar Machado de Sande 4 O Padre Gomes de Torres 4 D. Guiomar Machado 4 D. Dionísia de Morais casada com seu primo Álvaro Rodrigues da Costa neste ttº. § 9 N 5 4 D. Brites de Sande 4 D. Isabel da Fonseca Sande § 11 N 2 LOURENÇO DE TORRES fº. de António Gomes de Torres N 1 do § 8 não se diz com quem casou, só que teve 3 D. Ana Correia 3 Soror Joana Baptista, freira nas Servas de Borba N 3 D. ANA CORREIA filha de Lourenço de Torres N 2, casou com Pedro Penalvo 4 Lourenço de Torres casado com Francisca Antónia, tiveram 5 Fernando 5 José 5 Miguel 5 António

4 António Penalvo casado com Helena de Matos, teve 5 O Padre Fr. Valério 5 Lourenço de Matos 5 Inácio de Sousa 5 Josefa de Matos casada com Francisco de Campos s.g. 4 Maria Correia de Torres

TOSCANOS §1 N 1 GIRALDO RODRIGUES TOSCANO fº. de ............................................. casou com Aldonça Martins Pestana filha de Martim Annes Pestana. Foi Gonçalo Rodrigues do tempo do Rei D. Afonso IV 2 Rui Martins Toscano 2 Pedro Martins Toscano § 2 N 2 RUI MARTINS TOSCANO fº. de Giraldo Rodrigues Toscano N 1 foi Vassalo do Rei D. Pedro I e Alcaide Mor de Portel (deu-lhe El Rei D. Fernando rendas da Mouraria de Évora a 25 de Outubro de 1373). Casou com Teresa Gonçalves Viana; era Rui Martins Toscano Fidalgo Galego 3 D. Leonor Rodrigues Toscano 3 Catarina Rodrigues Toscano Comendadeira de Santos que teve filhos de João Rodrigues de Azevedo c.g. 3 Aldonça Rodrigues Toscano mulher de Diogo Lopes Lobo de que vêm os Barões de Alvito 3 Constança Rodrigues Toscano § 8 N 3 D. LEONOR RODRIGUES TOSCANO filha de Rui Martins Toscano N 2 era natural do Alentejo. Casou com João Rodrigues Fidalgo Galego 4 D. Leonor Martins Toscano, ou Margarida 4 Gomes Martins Toscano Comendador de Martim na Ordem de Cristo c.c. .................................. filha de Lourenço Mendes Cónego de Évora c.g. 4 Catarina Annes Toscano § 7 N 4 D. LEONOR ou MARGARIDA MARTINS TOSCANO filha de D. Leonor Rodrigues Toscano N 3 (o Padre Marcelino Pereira faz esta D. Leonor Martins Toscano filha de Gomes Martins Toscano e sua mulher D. Leonor Annes Baena filha de João Rodrigues Baena). Casou com Rodrigo Annes Gravel ou Gravão 5 Brás Annes Toscano 5 João Rodrigues Toscano 5 D. Isabel Toscano Raposo casada com Duarte Gil Bouro de Abreu fº. de Gil Fernandes de Abreu e sua mulher Isabel Annes de Bouro c.g. no ttº. de Abreus § 40 N 6 N 5 BRÁS ANNES TOSCANO fº. de D. Leonor ou Margarida Martins Toscano N 4 casou com ............... 6 Catarina Annes Toscano de quem vem Diogo Dias Rangel. §2 N 2 PEDRO MARTINS TOSCANO fº. de Giraldo Rodrigues Toscano N 1 do § 1 viveu no tempo do Rei D. Pedro e foi Prior de .................................., teve natural 3 Martim Toscano N 3 MARTIM TOSCANO fº. de Pedro Martins Toscano N 2 viveu em Évora onde casou com Brites Gonçalves filha de Gonçalo Dias Chantre de Évora 4 Gonçalo Toscano N 4 GONÇALO TOSCANO fº. de Martim Toscano N 3 casou com ..................................... filha de Guilherme Pinto de Arraiolos 5 Guilherme Toscano N 5 GUILHERME TOSCANO fº. de Gonçalo Toscano N 4 sucedeu no Morgado que instituiu seu avô Martim Toscano. Casou em Évora com .................................................................... 6 Gonçalo Toscano § 4 6 .......................................

§3
DE BORBA

N 1 D. LEONOR TOSCANO filha de ............................................ casou com Fernão Mendes da Silva Fidalgo da Casa Real como se vê de uma escritura de venda que fez em 1574, no Cartório de Tarrinho de Borba 2 Fernão Mendes Toscano N 2 FERNÃO MENDES TOSCANO fº. de D. Leonor Toscano N 1 foi Fidalgo da Casa Real; casou na Matriz de Borba em 1593 com D. Isabel Cavalo filha de Belchior Madeira, e Vitoria Franco numa escritura que está no Cartório de Tarrinho feita em 1589 diz nela Belchior Madeira e a dita sua mulher que casando Manuel Lopes com Ana da Silva filha de Gonçalo Toscano de Montemor-o-Novo e sua mulher Luísa de Vasconcelos vindo o dito Manuel Lopes procurar o Inventário de sua sogra não aparecera nesta Vila Viçosa, e que tendo vendido um olival se achara depois que era seu, e que por isso desfaziam a venda 3 Fernão Mendes Toscano s.n. 3 António Mendes Toscano s.n. 3 D. Angélica Toscano casada na Matriz de Borba com Pedro da Silva era já viúva de Manuel da Silva 3 D. Ana Mendes da Silva c.c. Gregório Teles de Andrade em 1601 – nos Andrades 3 D. Maria Lourenço da Silva morreu com tttº. em 1673 deixa seus bens em Capela que eram muitos a sua sobrinha D. Joana Teles e diz que nunca Arcadio de Andrade vivendo com a filha de Felipe de Almeida às claras ou escondidas possuíra coisa alguma sua tal mulher nem coisa dela, e então poderão lançar mão de tudo seu sobrinho Manuel Freire de Andrade. §4 N 4 GONÇALO TOSCANO fº. de Guilherme Toscano N 3 do § 2 dos Toscanos Valadares, viveu em Évora e foi Sr. do Morgado dos Toscanos que instituiu seu 2º avô Martim Toscano casou com Brites de Valadares, irmã de André de Valadares e tia de António Duarte, e João Valadares Comendador de S. Tiago 5 O Dr. Francisco Toscano 5 Isabel Toscano casada com Duarte Curvo § 5 5 João Toscano § 6 N 5 O DR. FRANCISCO TOSCANO fº. de Gonçalo Toscano N 4 6 D. .......................................... c.c. D. Pedro de Castro fº. de D. Diogo de Castro Capitão Mor de Évora 6 Gil de Gois Capitão em Goa 6 António Valadares 6 Jorge Toscano §5 N 5 ISABEL TOSCANO filha de Gonçalo Toscano N 4 do § 4. Casou com Duarte Curvo fº. de Vasco Curvo e neto de Fernão Gil Curvo 6 Gonçalo Toscano N 6 GONÇALO TOSCANO fº. de Isabel Toscano N 5 morreu a 22 de Setembro de 1592 casou 2ª vez com D. Luísa de Vasconcelos da Silva 7 Leonor de Alvarega c.c. Vicente Olhão de Alcácer §6 N 5 JOÃO TOSCANO fº. de Gonçalo Toscano N 4 do § 4 passou a Índia onde casou 6 João Toscano Capitão de Cananor 6 Maria Toscano de Lacerda N 6 MARIA TOSCANO DE LACERDA filha de João Toscano N 5 casou com Diogo Pereira Fidalgo da Casa Real que viveu na Índia

7 D. Catarina Pereira mulher de Manuel de Saldanha de Santarém e de Afonso de Melo fº. de Jorge de Melo 7 D. Joana Pereira mulher de D. Pedro de Castro Capitão de Sofala fº. de D. Diogo de Castro a quem ele matou. §7 N 4 CATARINA ANNES TOSCANO filha de Leonor Rodrigues Toscano N 3 do § 1 casou com ............. 5 João Toscano 5 Maria Toscano que foi para a Galiza com D. Brites de Castro filha de D. Álvaro Pires de Castro a quem sucedeu a História que conta Fernão Lopes 2ª parte da Crónica do Rei D. João I N 5 JOÃO TOSCANO fº. de Catarina Annes N 4. casou com .......................................... 6 Estevão Toscano, Cavaleiro Fidalgo. §8 N 3 CONSTANÇA MARTINS TOSCANO filha de Rui Martins Toscano N 2 do § 1 casou com .................................................. 4 Leonor Gonçalves Toscano mulher de ........................................, teve 5 Aldonça Martins Toscano mulher de João Marsella s.g. 4 Maior Afonso Toscano mulher de Gomes Rodrigues Barbosa criado do Rei D. Pedro I 5 Diogo Gomes Barbosa

TOURINHO DE VIANA §1 N 1 GIL PIRES TOURINHO é o primeiro de que temos notícias, e ignoramos de quem era filho, só sabemos que casou com Branca Quezado filha de João Quezado o Velho, e sua mulher D. Maria Gomes Madriz no ttº. de Quezados § 1 N 4 (teve Branca Quezado metade do Prazo da ........................................ e sua irmã Inês Quezado outra metade) 2 Gil Pires Tourinho ou Gonçalo Gil Tourinho § 21 2 Estevão Gil Tourinho, segue 2 Pedro do Campo Tourinho § 2 2 Gonçalo Gil Tourinho § 3 2 Álvaro Gil Tourinho, § 7 2 Inês Gil Tourinho, § 8 2 Margarida Gil Tourinho, § 16 2 Catarina Gil Tourinho, § 18 2 Joana Gil Tourinho c.c. António Pires Negrão e teve 3 Branca Quezado 3 Maria Fernandes 3 António Pires, s.m.n. N 2 ESTEVÃO GIL TOURINHO fº. de Gil Pires Tourinho N 1 casou com Brites Fernandes Maciel filha de João Pires de Darque, e Maria Annes Maciel ttº. de Macieis § 48 3 Brás Tourinho Maciel 3 Maria Tourinho Maciel c.c. Gaspar da Rocha ttº. de Vilarinhos § 18 N 5 3 Ana Tourinho Maciel, § 19 3 Manuel Tourinho Maciel 3 Gaspar Tourinho, Clérigo N 3 BRÁS TOURINHO MACIEL fº. de Estevão Gil N 2 casou com Joana Maciel 4 Gaspar Tourinho casado no Brasil com Joana Carneira e teve 5 Domingos Tourinho 5 ................................ Tourinho, casada com João da Cunha Barbosa fº. de Rodrigo Maciel e Maria da Cunha, c.g. 4 Francisco Tourinho 4 Estevão Tourinho Maciel N 4 ESTEVÃO TOURINHO fº. de Brás Tourinho N 3. Casou com Inês da Silva filha de António da Silva Juíz da Alfândega de Viana s.g. teve B. 5 B. Baltazar Maciel Tourinho N 5 BALTAZAR MACIEL TOURINHO fº. B. de Estevão Tourinho N 4. Casou com Antónia Correia 6 Joana Maciel Tourinho 6 Brites Maciel Tourinho N 6 JOANA MACIEL TOURINHO filha de Baltazar Maciel N 5 casou com Pedro Soares Pereira fº. de André Soares Barbosa e sua mulher Catarina Gondim Madriz naturais da freguesia de Ganfem termo de Valença 7 Rosa Soares Pereira Maciel 7 Maria N 7 D. ROSA SOARES PEREIRA MACIEL filha de Joana Maciel Tourinho N 6 casou com Diogo Peixoto de Azevedo fº. de Trocato Peixoto de Azevedo e sua mulher Mariana Gião no ttº. de Freitas § 6 N 11. §2

N 2 PEDRO DO CAMPO TOURINHO fº. de Gonçalo Pires Tourinho N 1 do § 1 foi Capitão do Porto Seguro no Brasil. Casou com Catarina Pires 3 André do Campo 3 Fernão do Campo 3 Leonor Quezado do Campo. §3 N 2 GONÇALO GIL TOURINHO fº. de Gonçalo Pires N 1 do § 1. Casou com Catarina Pires 3 Pedro Gonçalves 3 Maria Gonçalves 3 Branca Quezado § 6 N 3 MARIA GONÇALVES filha de Gonçalo Gil N 2 casou com Brás Gonçalves 4 Catarina Quezado Tourinho 4 Maria Tourinho, § 4 4 Margarida Brás Tourinho, § 5 N 4 CATARINA QUEZADA TOURINHO filha de Maria Gonçalves N 3 casou com António Gonçalves 5 Maria Quezado Tourinho 5 Branca Quezado Tourinho 5 Isabel Quezado Tourinho. §4 N 4 MARIA TOURINHO filha de Maria Gonçalves N 3 casou com Pedro de Castro fº. de Marcos de Castro, e sua mulher Ana Fernandes 5 Maria de Castro N 5 MARIA DE CASTRO filha de Maria Tourinho N 4 casou com .......................................... 6 João Quezado. §5 N 4 MARGARIDA BRÁS TOURINHO filha de Maria Gonçalves N 3 casou com Belchior Pires 5 Belchior Pires Tourinho, morreu na Índia 5 Ana Tourinho, morreu solteira. §6 N 3 BRANCA QUEZADO TOURINHO filha de Gonçalo Gil Tourinho N 2 do § 3. Casou com Brás Esteves 4 Manuel Tourinho, morreu na Índia 4 Gonçalo Gil Tourinho 4 Manuel Quezado Tourinho, morreu solteiro 4 catarina Pires Tourinho N 4 CATARINA PIRES TOURINHO filha de Branca Quezado N 3. Casou com Baltazar Gonçalves 5 Francisco Gonçalves Tourinho, morreu solteiro 5 Manuel Quezado 5 Martim Quezado 5 Isabel Quezado, não casaram 5 Gabriel Quezado, casou e teve filhos s.g. 5 Maria Quezado N 5 MARIA QUEZADO TOURINHO filha de Catarina Pires N 4. Casou com Francisco Gonçalves 6 Ana Pinta N 6 ANA PINTA filha de Maria Quezado N 5 casou com .......................................................... 7 Catarina Tourinho casada com João Álvares e teve

8 Gonçalo Álvares Tourinho no Brasil. §7 N 2 ÁLVARO GIL TOURINHO fº. de Gil Pires Tourinho N 1 do § 1. Casou em Ponte de Lima com Isabel Álvares de Amorim 3 Manuel Tourinho, solteiro 3 Maria Gonçalves Tourinho N 3 MARIA GONÇALVES TOURINHO filha de Álvaro Gil Tourinho N 2. Casou com Gonçalo Álvares 4 Maria Tourinho, solteira 4 Guiomar Tourinho N 4 GUIOMAR TOURINHO filha de Maria Gonçalves N 3. Casou com Gaspar Gil 5 Gonçalo Álvares Tourinho, Vigário de Fontão Casou 2ª vez com Pedro Vaz Treinel fº. de Pedro Vaz Treinel e sua mulher Isabel Vaz (ve. § 14 N 3) 5 João 5 Águeda §8 N 2 INÊS TOURINHO filha de Gil Pires Tourinho N 1 do § 1 c.c. Afonso Fernandes Pinto (ver ttº. de Correias § 71) 3 Vasco Afonso Pinto c.c. Maria Velha filha de Pedro Velho e Catarina Gonçalves, e teve 4 Afonso 4 Francisco 4 Estevão 4 António, s.m.n. 3 João Quezado Pinto, segue 3 Maria Fernandes Tourinho, § 9 3 Catarina Fernandes Tourinho, § 10 3 Margarida Fernandes Tourinho Casou 2ª vez com Diogo Dias Dagoa 3 Fernão Dias casou no Brasil, c.g. 3 Jorge Dias, casou no Brasil, c.g. 3 Leonor Dias, § 13 3 Ana Dias, § 14 N 3 JOÃO QUEZADO PINTO fº. do primeiro marido de Inês Tourinho N 2. Casou com Catarina Falcão 4 Aires Pinto 4 Fernão Afonso Pinto 4 Afonso Pinto 4 Gaspar Pinto Prior de Torres Vedras 4 Pedro do Campo morreu nas Índias de Castela s.g. 4 Leonor Pinto casou com Oliveiros da Rocha s.g. (casou 2ª vez com Simão Pereira, s.g., casou 3ª vez com Francisco de Mesquita, s.g.) 4 Inês Pinto c.c. Martim da Rocha Jacome c.g. no ttº. de Vilarinhos § 20 N 6 N 4 FERNÃO AFONSO PINTO fº. de João Quezado N 3. Casou com Ana Barbosa filha de António de Amorim Serrão e Ana Barbosa Pereira no ttº. de Aranhas § 30 N 9 5 António de Amorim Serrão, não casou 5 Francisco Barbosa Pinto 5 Catarina Barbosa c.c. Francisco do Rego de que não há geração 5 Isabel Barbosa, solteira 5 Leonor Pinto c.c. Gaspar Maciel Antão c.g. no ttº. de Macieis § 24 N 2 N 5 FRANCISCO BARBOSA PINTO fº. de Fernando Afonso N 4. Casou com Ana Barbosa de Barros filha de João Ribeiro Cirne, e sua mulher Ana de Barros no ttº. de Cirnes § 9 N 5 o que é mais certo (vão nos Aranhas § 30) 6 Máximo Barbosa Pinto

6 Fr. Sebastião, Carmelita descalço 6 Cristóvão Barbosa, solteiro 6 Eufémia, freira 6 Ursula, freira 6 Angela, freira 6 Maria, freira N 6 MÁXIMO BARBOSA PINTO fº. de Francisco Barbosa N 5. Casou com Eugénia Felgueira, filha de Álvaro de Matos e sua mulher Marta Felgueira 7 D. Joana Barbosa 7 D. Benta de Barros c. 7 B. Diogo Barbosa Abade de Vila Chão 7 B. João Pinto Ribeiro c. 7 B. Maria Ribeiro c.s.g. 7 B. Maria de São João, Freira N 7 D. JOANA BARBOSA filha de Máximo Barbosa N 6. Casou com Gaspar Soares Borges fº. de Gaspar Soares Borges, e sua mulher Domingas de Araújo Mendes 8 D. Leonor Malheiro Barbosa. §9 N 3 MARIA FERNANDES TOURINHO filha de Inês Gil Tourinho N 2 do § 8 casou com Rodrigo Annes Vintarro, fº. de Álvaro Rodrigues Vintarro, e sua mulher Leonor Pires 4 Branca Rodrigues Tourinho 4 Leonor Pires Tourinho, § 15 N 4 BRANCA RODRIGUES TOURINHO filha de Maria Fernandes Tourinho N 3 casou com Pedro Annes Paris (Pedro Annes Paris foi Procurador de Cortes no ano de 140 com João Annes Vila Nova) fº. de João Annes Paris e sua mulher Catarina Annes Pires 5 Belchior Pinto N 5 BELCHIOR PINTO fº. de Branca Rodrigues Tourinho N 4 casou 1ª vez com Calaria Nunes, filha de Isabel de Barros e seu marido Diogo Jacome no ttº. de Regos § 21 N 6 s.g. Casou 2ª vez com Catarina Lobo Barreto filha de D. Catarina Lobo Barreto e seu marido Gomes Crú de Zeta c.g. no ttº. de Velhos Barretos de Viana § 111 N 4. § 10 N 3 CATARINA FERNANDES TOURINHO filha de Inês Tourinho N 2 do § 8 casou com Afonso Pires da Torre 4 Domingos Pires Tourinho 4 Francisco Pires Tourinho 4 Catarina Fernandes Tourinho, § 11 4 Isabel Afonso Tourinho, § 12 4 Margarida Fernandes Tourinho N 4 DOMINGOS PIRES TOURINHO fº. de Catarina Rodrigues N 3 casou com Inês Felgueira filha de João Gonçalves Rolan, e sua mulher Branca de Antas 5 Ana Pinto 5 Inês Felgueira c.c. Bento Barbosa teve filhas freiras N 5 ANA PINTO filha de Domingos Pires Tourinho casou com Afonso do Porto fº. de António Pires Maciel, e sua mulher ..................................... do Porto ttº. de Pedrosos § 1 N 6 5 Maria do Porto c.c. Gaspar Velho s.g. 6 Fr. Miguel frade Domenico 6 Luís Pinto Pedroso 6 Pedro Pinto Pedroso Cónego da Colegiada de Viana 6 João Afonso 6 Ana, freira

6 Isabel, freira. § 11 N 4 CATARINA FERNANDES TOURINHO filha de Catarina Fernandes Tourinho § 10 N 3 casou com Tiago Gonçalves 5 Margarida Quezado c.c. Diogo Lopes s.g. 5 Isabel Quezado c.c. Domingos Annes e teve 6 Manuel 6 Catarina 6 Maria 5 Maria Pinto c.c. Gaspar Rodrigues e teve 6 Maria. § 12 N 4 ISABEL AFONSO TOURINHO filha de Catarina Fernandes Tourinho N 3 do § 10. Casou com Gonçalo Annes Pinheiro 5 Manuel Pinto casado com Madalena de Barros filha de Heitor de Barros, e sua mulher Maria Pereira e teve 6 Angela de S. Mauro, freira em S. Bento de Viana. § 13 N 3 LEONOR DIAS filha de Inês Gil Tourinho N 2 do § 8 casou com António Pires Velho fº. de Pedro Velho e sua mulher Isabel Fernandes 4 Pedro Velho, morreu na Índia 4 Diogo Velho casado com Isabel de Noya s.g. 4 Inês Quezado casada com Leonardo Fidalgo fº. de António Fidalgo, e sua mulher Isabel Fernandes e teve 5 Sebastião Fidalgo 5 Leonor Velho casada com Domingos Vaz de Araújo de que teve 6 Francisco Velho de Araújo, Clérigo que teve B. Casou 2ª vez Leonor Velho com Tomé Barbosa e teve 6 Helena 4 Isabel Velho 4 Catarina Velho casada com Tomé Gonçalves fº. de Bartolomeu Álvares, e sua mulher Margarida Annes e teve 5 António Pinto Velho 5 Manuel Pinto Velho 5 Paulo Pinto Velho 5 João Velho Pinto 5 Bernardo Velho Pinto 5 Diogo Velho Pinto N 4 ISABEL VELHO filha de Leonor Dias N 3 casou com Gaspar Vicente fº. de Cristóvão Martins e sua mulher Isabel Afonso 5 Pedro Velho 5 Diogo Velho 5 Leonor Velho 5 Catarina Velho. § 14 N 3 ANA DIAS TOURINHO filha de Inês Tourinho N 2 do § 8 casou com Afonso Vaz Treinel 4 Maria Antunes N 4 MARIA ANTUNES filha de Ana Dias N 3 casou com Afonso Pires Minos fº. de Pedro Gonçalves, e sua mulher Violante Afonso 5 Ana Riqua

5 Gracia Dias c.c. Francisco Maciel 5 Maria Dias N 5 ANA RIQUA filha de Maria Antunes N 4 casou com Gonçalo Enes fº. de Afonso Pires e Gracia Dias 6 Afonso § 15 N 4 LEONOR PIRES filha de Maria Fernandes Tourinho N 3 do § 9. Casou com Gaspar Pires Velho fº. de Pedro Gonçalves Velho e Catarina Gonçalves 5 Fernão Velho Pinto c.c. Maria Rodrigues filha de Rº. Gomes Treinel de que não há geração 5 António Pires Velho 5 Gracia Velho 5 Isabel Velho c.c. Baltazar Gomes fº. de Gaspar Gomes da Rocha e Catarina Bezerra 5 Maria Velho c.c. Francisco Lopes c.g. que não existe N 5 GRACIA VELHO filha de Leonor Pires N 4 casou com Francisco Rodrigues Sardinha 6 Gaspar Pires Velho 6 Gracia Velho c.c. Baltazar de Barros Rego fº. de Afonso Caminha c.g. no ttº. de Regos § 35 N 8 N 6 GASPAR PIRES VELHO fº. de Gracia Velho N 5 casou com Ana Bezerra filha de Luís Brás e Maria Gonçalves Bezerra ttº. de Bezerras § 7 N 4 7 Luís Brás Casou 2ª vez com Isabel Maciel filha de António Pires Branco, e sua mulher Isabel Fernandes 7 Domingos 7 Brás 7 Gracia Velho Pinto N 7 GRACIA VELHO PINTO fº. de Gaspar Pires Velho N 6 casou com Rui Velho Pinto dizem as memórias da Casa de Baltazar Jacome teve 8 O Padre António Pinto Maciel que deixou seus bens em Capela a sua irmã Saturnina ver ttº. de Macieis § 52 8 Saturnina Pinto Maciel chamada ao vínculo de seu irmão casada com o Sargento Mor José de Lima e Castro s.g. instituiu também vínculo e chama para administradora D. Gracia Velho Pinto filha de sua prima D. Francisca de Barros e seu marido Inácio de Franca Bezerra no ttº. de Regos § 30 N 10. § 16 N 2 MARGARIDA GIL TOURINHO filha de Gil Pires Tourinho N 1 do § 1 casou com Pedro Álvares Negrão 3 António Pires Negrão 3 Álvaro Pires Negrão 3 Fr. João da Ordem da Observância N 3 ANTÓNIO PIRES NEGRÃO fº. de Margarida Gil N 2 casou na Ilha da Madeira com Maria Fernandes 4 Francisco Quezado morreu na Índia 4 Fr. Pedro da Ordem da Observância 4 António Pires c.c. Ana Francisca e teve 5 Roque, s.m.n. 4 Ana Quezado c.c. António Pires Melro e teve 5 Marta Pires, casada 4 Margarida Gil c.c. Francisco Martins N 4 MARGARIDA GIL filha de António Pires Negrão N 3 deste § 16 casou com Francisco Martins fº. de Martim Anes e sua mulher Maria Martins 5 Domingos, morreu sem casar 5 Maria Tourinho N 5 MARIA TOURINHO filha de Margarida Gil N 4 casou com Henrique Andres Flamengo

6 Manuel Henriques c.c. Leonor Velho c.g. extinta 6 Andres Henriques 6 Sebastião Henriques casou com Maria de Albuquerque da Gama c.g.s.m.n. 6 Margarida Tourinho § 17 N 6 ANDRÉ HENRQUES fº. de Maria Tourinho N 5 foi cavº. de S. Tiago. Casou com D. Helena Burgueira filha de António Álvares Pisco e sua mulher Gracia Burgueira (André Henriques Tourinho e sua mulher D. Helena instituíram vínculo do seu terso chamado da Regedoura e nomearam para administradora sua filha D. Teresa) ver ttº. de Tourinhos § 18 N 6 e ttº. de Regos § 50 N 7 e § 31 N 8 e Macieis § 45 7 Fr. André, frade Domenico 7 José Henriques 7 Catarina e Maria, freiras 7 D. Teresa casada com António Lobo da Cunha Cavº. da Ordem de Cristo fº. de Gaspar da Cunha de Abreu e sua mulher Catarina Lobo c.g. no ttº. de Regos § 56 N 7 e teve 8 António Lobo da Cunha c.g. § 17 N 6 MARGARIDA TOURINHO filha de Maria Tourinho N 5 do § 16. Casou com Manuel Quezado 7 Manuel Quezado Tourinho N 7 MANUEL QUEZADO TOURINHO fº. de Margarida Tourinho N 6. Casou em Vila Francisca com Catarina de Aguiar filha de Matias Álvares, e sua mulher Catarina Ribeiro (ttº. de Magalhães § 124) 8 Baltazar. § 18 N 2 CATARINA GIL TOURINHO filha de Gil Pires Tourinho N 1 do § 1. Casou com Rodrigo Annes 3 Gil Pires Tourinho 3 Estevão Quezado Tourinho casado com Ana da Mota e teve 4 Maria da Mota 4 Inês da Mota casou com Gaspar Gomes s.n. 4 Catarina Gomes 4 Gaspar Gomes 3 Maria Rodrigues c.c. Baltazar Dias, e teve 4 Gaspar Dias c.c. Maria Francisca N 3 GIL PIRES TOURINHO fº. de Catarina Gil Tourinho N 2 casou com Isabel Gonçalves filha de João Prestes e sua mulher Catarina Gonçalves 4 Gaspar Tourinho, morreu na Índia 4 João Quezado, casou na Índia 4 Leonor Tourinho 4 Guiomar Quezado c.c. João Álvares s.g. N 4 LEONOR TOURINHO filha de Gil Pires N 3 casou com Manuel Álvares fº. de João Álvares e de Catarina Álvares 5 Tomé Quezado N 5 TOMÉ QUEZADO fº. de Leonor Tourinho N 4 casou com Maria Gonçalves Maciel filha de António Gonçalves e Catarina Pires 6 Manuel Quezado Tourinho 6 Francisco Quezado Tourinho § 23 6 Inês Quezado mulher de José de Gouveia fº. de Belchior de Gouveia Sr. da Casa de Argasoza c.g. no ttº. de Gouveias § 17 N 13 N 6 MANUEL QUEZADO TOURINHO fº. de Tomé Quezado N 5 casou com Angela Bravo 7 Manuel Quezado Tourinho. § 19

N 3 ANA TOURINHO MACIEL filha de Estevão Gil Tourinho N 2 do § 1. Casou com Bento Rodrigues Maciel 4 Bento Maciel Tourinho 4 Ana Tourinho Maciel (c.c. João Pires Maciel fº. de ............................. Seixas e teve
5 Agostinho Maciel Tourinho

5 Bento Maciel Tourinho 5 ............................ Maciel Tourinho 5 ............................ Maciel Tourinho 4 João Tourinho Maciel, casou no Brasil 4 Pedro do Campo Tourinho casou em S. Vicente e foi Capitão Mor de Porto Seguro c.c. Inês Fernandes Pinto e teve 5 André do Campo Tourinho 5 Fernando de Campo Tourinho N 4 BENTO MACIEL TOURINHO fº. de Ana Tourinho N 3 casou com Ana Barbosa de Barros filha de Domingos Barbosa, e Maria da Rocha Fagundes ttº. de Fagundes § 5 e ttº. de Barbosas § 143 N 19 5 Ana Barbosa de Barros c.c. João Caminha Vilas Boas fº. de Diogo de Vilas Boas, e sua mulher Isabel caminha c.g. no ttº. de Vilas Boas § 23 N 13 Tinha casado primeiro com Maria Pedrosa filha de Álvaro do Porto Pedroso, e sua mulher Margarida Annes 5 Maria. § 20 N 3 MARGARIDA FERNANDES TOURINHO filha de Inês Tourinho N 2 do § 8 casou com Manuel Quezado 4 Manuel Quezado Tourinho N 4 MANUEL QUEZADO TOURINHO fº. de Margarida Fernandes Tourinho N 3 casou com Catarina de Aguiar filha de Matias Álvares, e sua mulher Catarina Ribeira 5 Baltazar Quezado Tourinho. § 21 N 2 GONÇALO GIL TOURINHO fº. de Branca Quezado e Gil Pires Tourinho N 1 do § 1 casou com Catarina Pires 3 Manuel Gonçalves Tourinho 3 Branca Quezado Tourinho, § 22 N 3 MARIA GONÇALVES TOURINHO filha de Gonçalo Gil Tourinho N 2 casou com Brás Gonçalves 4 Catarina Quezado c.c. António Gonçalves, e teve 5 Maria Quezado 5 Branca Quezado 5 Isabel Quezado 4 Maria Tourinho c.c. Pedro de Castro, e teve 5 Maria de Castro que casou com .............................., e teve 6 João Quezado 4 Margarida Brás c.c. Belchior Pires, e teve 5 Brás Pires 5 Gonçalo Gil 5 Ana, morreram solteiros. § 22 N 3 BRANCA QUEZADO filha de Gonçalo Gil N 2 do § 21 casou com Bartolomeu Esteves 4 Manuel Tourinho, morreu na Índia 4 Catarina Pires N 4 CATARINA PIRES filha de Branca Quezado N 3 deste § 22 casou com Baltazar Gonçalves 5 Martim Quezado

5 Isabel Tourinho 5 Gabriel Tourinho c.s.g. 5 Maria Tourinho N 5 MARIA TOURINHO filha de Catarina Pires N 4 c.c. Francisco Gonçalves 6 Ana Pires casou s.g. 6 Catarina Tourinho que casou com João Álvares, e teve 7 Gonçalo Álvares Tourinho casou no Brasil s.m.n. § 23 N 6 FRANCISCO QUEZADO TOURINHO fº. de Tomé Quezado N 5 do § 18. Casou com Bernarda Pereira Bezerra filha de Roque Pereira e Constança Bezerra 7 Roque Pereira Bezerra 7 Bento Pereira Bezerra casado em Lisboa 7 Fr. José, Domenico 7 Francisco, Clérigo 7 António Pereira Bezerra Capitão de Cavalos 7 Margarida Bezerra N 7 ROQUE PEREIRA BEZERRA fº. de Francisco Quezado Tourinho N 6. Casou com Maria Maciel Aranha, filha de Manuel Maciel Aranha e Maria Pereira 8 D. Teresa Pereira 8 D. Josefa Bezerra c.c. Manuel Vilela de Lima Capitão de Infantaria 8 D. Joana Pereira 8 D. Felipa Bezerra Pereira c.c. o Dr. Manuel da Fonseca de Albuquerque Corregedor da Comarca 8 Francisco, morreu menino 8 João, morreu menino.

TOVARES §1 N 1 MARTIM FERNANDES DE TOVAR é o primeiro em quem neste Reino se principia esta família, era de Castela, onde há famílias mui Ilustres deste apelido de grande solar e muita antiguidade descendentes de Fernão Sanches de Tovar Sr. da antiga Casa e Torre Solar de Tovar de quem descendeu Luís de Tovar Sr. de Brelanga e Astudilho e deste descendeu D. Maria de Tovar, Marquesa de Berlanga mulher de Ignigo Fernandes de Velasco Condestável de Castela e de que vêm os Duques de Frias que hoje possuem esta casa, veja-se a Genealogia da Casa Real Tomo 6 § 575 à margem – a Crónica Geral de Espanha e o Dr. Peres de Monte Alvano; igualmente eram descendentes dos Tovares os Sr.es da Torre de La Reina e em Valhadolid houve grandes a famosos cavaleiros deste apelido em Segóvia, Vila Castim, Sevilha Alcala la Real de Madrid e Flandres se acham muitos cavalheiros deste apelido e em Badajoz; os de Valhadolid gozam do Privilégio e decisão de procuradores de Cortes e outros mais ofício de Juro e herdade, veja-se Pedro Medina Grandezas e Casas Mem. de Espanha. Era Martim Fernandes de Tovar fº. de João de Tovar Sr. de Cevico e Carracena Guarda Mor do Rei D. Henrique 4º de Castela como consta das mercês e Privilégios dados até ao ano de 1484 e sua mulher D. Maria de Toledo irmã de D. Gracia Álvares de Toledo 1º Duque de Alva e Marquês de Soria, filhos ambos de D. Fernando Álvares de Toledo 1º Conde de Alva e D. Maria de Carrilho, e neto o dito Martim Fernandes de Tovar de outro João de Tovar Sr. das ditas Terras e Guarda Mor do Rei D. João II pelos anos de 1442 e sua mulher D. Catarina Manuel filha de D. Pedro Manuel Sr. de Montalegre Vassalo e Rico Homem do Rei D. Henrique 3º de Castela e sua mulher D. Joana Henrique de Lara e bisneto de Sancho de Tovar Sr. de Cevico e da Vila de Carracena e Guarda Mor do Rei D. João 2º de Castela e sua mulher D. Teresa de Toledo ou D. Elvira Rodrigues de Toledo Srª. ilustríssima; foi o dito Martim Fernandes de Tovar igualmente Sr. de Cevico e de La Torre de Carracena e nas guerras de Castela seguiu o partido do Rei D. Afonso V de Portugal e da Excelente Srª. D. Joana contra El Rei D. Fernando e passou a este Reino onde casou como logo diremos e tornando a Castela depois das pazes feitas foi degolado no ano de 1500 por mandado do dito Rei D. Fernando pela má vontade que lhe tinha por cuja razão Sancho de Tovar seu filho matou o Corregedor que fez a execução e veio para este Reino de Portugal. Casou o dito Martim Fernandes com D. Leonor de Vilhena filha de Martim Afonso de Melo Alcaide Mor de Olivença e Guarda Mor do Rei D. Afonso V de Portugal e D. Maria Coutinho de Vilhena 2 Francisco de Tovar que ficou em Castela e herdou somente Carracena e teve 3 Francisco de Tovar casada com D. Antónia de Vilhena filha de João Álvares Pereira Sr. de Fermedo e teve 4 D. Afonso de Tovar, Embaixador a Portugal por Felipe 1º 2 Sancho de Tovar 2 D. Margarida Manuel mulher de Inácio Lopes Carrilho e Mendonça Sr. de Meiloyo e Costa do Vale, Vice Rei e Capitão G.al de Sardenha que morreu no sítio de Granada em 1491 que era fº. 2º do Sr.es de Toralva de quem houve Gomes Carrilho Sr. de Ocentejo progenitor dos mais Sr.es deste apelido e D. Teresa Carrilho de Mendonça que casou com Gomes de Ávila 1º Marquês de Valada e Sr.es de S. Romão e são descendentes de ambos os Marqueses de Valada os Duques de Medina Celi e outras Grandes Casas. N 2 SANCHO DE TOVAR fº. de Martim Fenandes de Tovar N 1 foi Sr. de Cevico que perdeu pela morte do Corregedor que o fez matar e que este pondo cavalos foi pela porta de Valhadolid matar o mesmo Corregedor. Foi Capitão de Sofala; casou com D. Guiomar da Silva filha de Pedro da Silva o Rele no ttº. de Silvas § 42 N 10 3 Pedro de Tovar 3 D. Maria de Vilhena mulher de Cristóvão de Mendonça Capitão de Ormuz irmão da Duquesa D. Joana. Casou 2ª vez com Simão da Silveira Provedor das Obras do Reino 3 D. Leonor de Vilhena mulher de Antão de Faria fº. de Francisco de Faria Alcaide Mor de Palmela no ttº. de Farias § 1 N 8 segundo alguns mas o mais certo é ser fº. de Sancho abaixo N 4 N 3 PEDRO DE TOVAR fº. de Sancho de Tovar N 2 estabeleceu-se em Portugal 32. Casou com D. Brites da Silva de Miranda filha de Heitor de Oliveira e D. Violante de Miranda no ttº. de Melos § 71 N 12
32

Salazar de Castro História da C. de Silva Livro 9 § 15; Barros Decad. 1ª Liv. 5 fl. 55.

4 João de Tovar § 5 4 Sancho de Tovar 4 D. Antónia de Vilhena, § 4 N 4 SANCHO DE TOVAR fº. de Pedro de Tovar N 3 foi Copeiro Mor do Rei D. Sebastião e foi cativo na de Alcácer. Casou 3 vezes a 1ª com D. Maria de Sousa filha de João Rodrigues de Sequeira e da Banda de Além alguns dizem não tivera filhos desta Senhora, eu lhe achei 5 Pedro de Tovar que morreu novo 5 D. Guiomar de Vilhena freira na Rosa em Lisboa 5 D. Brites de Vilhena casada em Córdova com D. João Carcome c.g. Casou 2ª vez Sancho de Tovar com D. Maria de Veiga filha de Henrique Esteves da Veiga no ttº. de Esteves da Veiga § 4 N 6 5 Pedro de Tovar 5 D. Leonor de Vilhena mulher de Antão de faria fº. de Francisco de Faria Alcaide Mor de Palmela c.g. nos Farias § 1 N 8 que outros fizeram erradamente filha de seu avô 5 D. Violante de Vilhena mulher de Henrique Jaques de Magalhães c.g. no ttº. de Jaques § 1 N 6 Casou 3ª vez com D. Isabel de Castro filha de Cristóvão de Melo e sua mulher D. Catarina de Almeida no ttº. de Melos § 24 N 13 5 Sancho de Tovar § 3 N 5 PEDRO DE TOVAR fº. da 2ª mulher de Sancho de Tovar N 4 foi Sr. da Honra de Molelos, foi Vedor da Fazenda da Índia casado com D. Ana Manuel de Gusmão filha de Afonso Carcome e sua mulher D. Luísa de Vargas 6 Diogo de Tovar da Silva 6 Sancho de Tovar, Frade Capucho 6 Afonso de Tovar, morreu na guerra da Aclamação 6 João de Tovar, morreu novo 6 D. Maria Francisca mulher 3ª de Luís de Saldanha Vedor da Casa da Rainha D. Luísa, s.g. 6 D. Luísa Antónia de Gusmão, § 2 6 D. Maria de Sousa mulher de Henrique de Melo de Azambuja N 6 DIOGO DE TOVAR fº. de Pedro de Tovar N 6 foi Capitão de uma nau chamada a Oliveira que queimou por mandado expresso do Governador da Índia para não cair na mão dos Holandeses que se achavam com uma armada de 14 velas, foi Comendador de Santa Maria de Trave da Ordem de Cristo. Casou com D. Mécia de Sousa filha de Martim Afonso de Beja, digo filha de Lourenço Pantoja e sua 1ª mulher D. Mécia de Sousa ttº. de Pantojas § 5 N 5 e ttº. de Freires de Andrade § 62 N 19 (História Genealógica da Casa Real, Tomo 12 Part. 2 pag. 341) 7 D. Ana de Tovar 7 D. Maria Manuel de Gusmão mulher de Francisco Freire de Andrade s.g. N 7 D. ANA DE TOVAR filha H. de Diogo de Tovar N 6 foi Srª. da Honra de Molelos e mais Casa de seu pai. Casou com D. Martim de Tavora e Noronha Secretário de Estado do Rei D. Pedro II, fº. de Pedro Vieira da Silva Secretário de Estado do Rei D. João IV, que depois de viúvo foi Bispo de Leiria, e sua mulher D. Leonor de Noronha filha de Martim de Tavora e Noronha Sr. da quinta do Campo Belo no Porto no ttº. de Pretos § 4 N 7 8 D. Leonor de Tovar e Noronha 8 D. Maria freira em S. Mónica de Lisboa 8 D. Mariana 8 D. Joana, na Encarnação N 8 D. LEONOR DE TOVAR E NORONHA filha de D. Ana de Tovar N 7 foi Srª. da Honra de Molelos e Botulho. Casou com seu tio Jerónimo Vieira da Silva 9 Diogo Vieira da Silva de Tovar 9 D. Maria, freira em S. Mónica 9 D. Ana 9 D. Francisca, na Encarnação N 9 DIGO VIEIRA DA SILVA E TOVAR fº. de D. Leonor de Tovar N 8 nasceu em 1668 foi 8º Sr. da Honra de Molelos e Botulho, Comendador dos Préstimos de S. Martinho da Ermida e Baltar Sr. dos Morgados de Tovares, e da quinta de Manjoins, morreu na quinta de Molelos em 1742. Casou com D.

Catarina Maria Vicência da Silva filha de Manuel Gonçalves natural de Sacavém no termo de Lisboa (dizem casara à hora da morte) 10 Jerónimo Vieira da Silva de Tovar 10 D. Ana Eufrásia nasceu em 1726 10 D. Mariana 10 D. Maria 10 D. Teresa, freira em Celas de Coimbra 10 D. Leonor, o mesmo 10 D. Paula de Tovar, nasceu em 1726 10 D. Eufrásia Polónia nasceu em 1739 N 10 JERÓNIMO VIEIRA DA SILVA DE TOVAR fº. de Diogo Vieira N 9 nasceu na quinta de Molelos em 1737 foi Fidalgo da Casa Real , sucedeu na Casa de seu pai. Casou na Ladario com D. Margarida de Albuquerque filha de Francisco de Albuquerque de Castro Fidalgo da Casa Real e M.e de Campo de Auxiliares e sua mulher D. Isabel Antónia no ttº. de Albuquerques § 4 N 6 (Ve. Cost. Tomo 3 nº 128 vº.) 11 Francisco Vieira da Silva Tovar 11 António Vieira de Tovar de Albuquerque casado com sua sobrinha D. Maria Carlota Vieira abaixo § 12 c.g.
VISCONDES DE MOLELOS

N 11 FRANCISCO VIEIRA DA SILVA DE TOVAR fº. de Jerónimo Vieira N 10 é Fidalgo da Casa Real 1º Visconde de Molelos (Comendador de S. Tiago e Torre Espada, Brigadeiro dos Reais Exércitos). Casou com D. Maria Máxima de Magalhães Pinto filha H. de Inácio de Magalhães Pinto de Castelo Branco Sr. da Casa de Folhadoza, e D. Clara Maria Boto, neta paterna de Manuel Carlos de Magalhães e Sousa e Vasconcelos, Cavº. da Ordem de Cristo Sr. da Casa de Folhadoza, e S. Romão e sua mulher D. Isabel Antónia Peixoto, e neta materna de João Boto Machado e D. Maria Mendes Pinto, H. 12 D. Maria Carlota Vieira de Tovar N 12 D. MARIA CARLOTA VIEIRA DE TOVAR MAGALHÃES PINTO filha de Francisco Vieira N 11 é Viscondessa de Molelos, casou com seu tio António Vieira de Tovar Albuquerque Comendador da Ordem de S. Tiago, Dezembargador da Casa da Suplicação, Fidalgo da Casa Real e Visconde de Molelos pelo seu casamento, fº. de Jerónimo Vieira da Silva Tovar acima no N 10 13 Francisco de Paula Vieira de Tovar Magalhães Pinto.

§2
N 6 D. LUÍSA ANTÓNIA DE GUSMÃO filha de Pedro de Tovar N 5 do § 1 foi 1ª mulher de João Pereira Pestana, Fidalgo da Casa Real fº. de Martim Correia da Silva Sr. da Torre da Murta digo fº. de Ambrósio Pestana Fidalgo da Casa Real e sua mulher D. Joana da Silva filha de Luís Correia da Silva Sr. da Torre da Murta no ttº. de ........................................... 7 António Pestana Pereira N 7 ANTÓNIO PESTANA PEREIRA fº. de D. Luísa Antónia de Gusmão N 6 foi Fidalgo da Casa Real como seu pai. Casou com D. Luísa Maria de Cordes enteada de seu pai filha de Baltazar Peles de Cordes e D. Maria de Cordes (Tomo 3 do Cost. Arv. N 99 vº.) 8 João Pestana Pereira 8 António Pereira 8 Henrique Correia Pestana 8 Simão de Cordes 8 Martim Correia 8 D. Maria 8 D. Josefa 8 D. Luísa

§3
N 5 SANCHO DE TOVAR fº. de Sancho de Tovar e sua 3ª mulher N 4 do § 1 foi Capitão do Mar do Norte na Índia, e Governador da Ilha de S. Miguel, e Comendador de Manteigas. Casou com D. Brites de Sousa de Avelar filha de João Taveira de Avelar, e Maria de Sousa neta paterna de António Taveira e

Isabel de Meireles, filha esta de Diogo Fernandes de Meireles Porteiro da Câmara, e neta materna de Lourenço da Veiga Governador do Brasil, e D. Brites de Sousa filha de Fernão Vieira de Brito 6 D. Maria de Sousa mulher de Henrique de Melo de Azambuja Sr. do Morgado da Loureira fº. de Vasco Martins de Melo, e sua mulher D. Ana Moniz c.g. no ttº. de Juzartes § 39 N 10 6 D. Isabel de Sousa casada com Gregório Mascarenhas Homem Comendador da Ordem de Aviz, Dezembargador dos Agravos e Guarda Mor da Torre do Tombo, e teve no ttº. de Homens § 30 N4 7 D. Inês de Castro que foi H. casada com seu primo João Gomes da Silva e Brito Governador da Torre de Santo António da Barra de Lisboa, creio s.g.

§4
(Vai nos Carcomes)
CARCOMES

N 4 D. ANTÓNIA DE VILHENA filha de Pedro de Tovar, e sua mulher N 3 do § 1 foi Dama da Infanta D. Maria. Casou 1ª vez com D. Rodrigo Manuel s.g. Casou 2ª vez com D. Diogo Carcome Comendador da Ordem de Aviz Sr. da quinta da Barra fº. de D. Afonso de Carcome 5 D. João Carcome 5 D. Isabel de Vilhena, freira na Rosa de Lisboa 5 D. Rodrigo de Tovar, morreu moço 5 D. Fernando de Tovar N 5 D. JOÃO CARCOME fº. de D. Antónia de Vilhena N 4 foi Sr. da dita quinta. Casou 3ª vez com D. Maria de Meneses filha de Francisco de Sousa e Meneses Copeiro Mor do Cardeal Rei, e D. Angela Henriques 6 D. António Carcome N 6 D. ANTÓNIO CARCOME fº. de D. João Carcome N 5 foi Comendador de Santo António de Pinhel. Casou com D. Violante Lobo filha H. de António da Gama Lobo, e D. Helena Mascarenhas 7 D. João Carcome Lobo 7 D. Teresa de Meneses c.c. António de Sousa Falcão N 7 D. JOÃO CARCOME LOBO fº. de D. António Carcome N 6 foi Capitão Mor das naus da Índia. Casou com D. Felipa de Melo filha de Pedro de Melo Governador do Rio de Janeiro, do Conselho de Guerra do Rei D. Pedro II, e sua 2ª mulher D. Teresa de Mendonça 8 D. António Carcome Lobo.

§5
N 4 JOÃO DE TOVAR fº. de Pedro de Tovar N 3 do § 1. Casou com ........................................... 5 D. Maria de Tovar casada com Afonso Vaz de Caminha, Alcaide Mor de Vila Viçosa, e fº. de Vasco Fernandes da Caminha § 4 N 3.

TRANCOSOS N 1 ANTÓNIO TRANCOSO é o 1º de que tenho notícia foi Sr. dos Coutos de Trancoso e Aldeia de Paços. Casou com D. Maior Rodrigues Faxan filha H. de Rui Faxan Sr. de Castelães, Guilhade, Meirol e Chenlo (ver as Notas ao ttº. de Liras § 9) 2 Fernando Trancoso N 2 FERNANDO TRANCOSO fº. de António Trancoso N 1 foi Sr. de Rio Frio, Aldeia, Paços, Castelães, Guilhade, Meirol, Chenlo. Casou com D. Inês Rodrigues de Chenleno filha de Lopo Chanlo Sr. de Chanlo e Pontelhas 3 Rui Trancoso N 3 RUI TRANCOSO fº. de Fernando Trancoso N 2 foi Sr. de Trancoso, Rio Frio, Aldeia, Paços, Castelães, Guilhade, Meirol e Chenlo. Casou com D. Maria Janes de Zeta Srª. de Bincios e Vilarinho 4 Rui Trancoso ou Rodrigo Trancoso N 4 RUI TRANCOSO ou RODRIGO TRANCOSO fº. de Rui Trancoso N 3 foi Sr. de Trancoso, Rio Frio, Castelães, Guilhade, Meirol, Chenlo, Bincios e Vilarinho 33. Casou com D. Constança Álvares Sotomaior Srª. de Moreira e da Casa de Sotomaior da Pedreira filha de Álvaro Vasques Sotomaior e sua mulher Aldonça Fragoso Sr.es de Moreira de Pedreira Berdozido, Camos, Prieguo, Vilarinho, Pinheiro, Pas Cham de Brito no Vale do Minho. 5 António Trancoso casado e teve 6 Abel Trancoso Sr. de Camos s.g. 5 D. Mécia Gonçalves casada em Ribeira Minho com Álvaro Fernandes s.g. 5 D. Maria Álvares Trancoso Srª. de Moreira, Guilhade, Castelães, Camos, Castelo de Sotomaior da Pedreira casada com Diogo de Lima Bernardes Sr. de Lira fº. de ........................... 5 Tristão Trancoso

Um Instrumento pelo qual Rodrigo Trancoso com sua filha D. Maria Álvares casada com Diogo de Lira como herdeiro de Tristão Trancoso fº. do dito Rodrigo Trancoso e D. Constança Álvares feito na Nota de Vasco Pardo escrivão em Tui em 10 de Novembro de 1480.

33

TRIGOSOS DE TORRES VEDRAS N 1 FRANCISCO FERNANDES casou em Matacaens termo de Torres Vedras com Leonor Fernandes 2 Gaspar Francisco N 2 GASPAR FRANCISCO fº. de Francisco Fernandes N 1 viveu no Tojal com Maria Dias filha de Baltazar Pires e Catarina Francisca 3 Francisco Mendo Trigoso N 3 FRANCISCO MENDO TRIGOSO fº. de Gaspar Francisco N 2 foi Dr. em Medicina Colegial de S. Pedro, casou com .................................................... 4 Gaspar de Almeida Trigoso N 4 GASPAR DE ALMEIDA TRIGOSO fº. de Francisco Mendo N 3 casou em Matacaens com D. .................. filha de Sebastião Ferreira e Maria Bernardes 5 Francisco Mendo Trigoso 5 Sebastião Trigoso, Prior de Óbidos N 5 FRANCISCO MENDO TRIGOSO fº. de Gaspar de Almeida N 4 casou com ....................... filha do Dr. Pedro Ribeiro, Corregedor de Torres Vedras ................................................ fº. do Dr. Manuel Pais de Aragão (hoje é família assaz rica e de bastante representação e dela era o Vice Reitor da Universidade Manuel Pais de Aragão Trigoso).

TURRICHÃO OU TORREZÃO §1 N 1 D. PEDRO ARBEIRO natural de Sousa é o primeiro em que principia o Conde D. Pedro esta família no ttº. 74 N 1 fl. 385 diz Ladara com um recto Cavaleiro sobre a Casa de Ourence e que andava o Cavaleiro em demanda com o Bispo, e com o Cabido que se não pode decidir mais que pela briga de dois cavaleiros e por que era mui grande e estava em grande cavalo por isto lhe chamaram Turrichão ou Torre no chão; o dito D. Pedro Arbeiro teve depois razão em Ourence tamanha com cada um dos Cónegos; foi casado com D. Erro bem Filha de Algo 2 Fernão Peres Turrichão N 2 FERNÃO PERES TURRICHÃO fº. de D. Pedro Arbeiro N 1. Casou com D. Teresa Pires filha de Pedro Nunes Velho e D. Maria Annes no Conde fl. 136 N 46 3 Nuno Fernandes Turrichão 3 Gonçalo Fernandes Turrichão § 2 3 D. Mor Fernandes mulher de Paio Annes Marinho no ttº. de Marinhos no Conde fl. 380 N 8 3 D. Alda Fernandes Turrichão mulher de Nuno Pires Maldoado ou Maldonado no ttº. de Maldonados = no Conde fl. 386 N 2 N 3 NUNO FERNANDES TURRICHÃO fº. de Fernão Peres N 2 casou com D. Urraca Gil filha de Gil Fernandes Batissela e D. Teresa Pais no Conde fl. 96 N 2 4 Estevão Annes digo Nunes casado com D. Teresa Gracia de Campos e teve 5 João Nunes que mataram na prisão s.g. §2 N 3 GONÇALO FERNANDES TURRICHÃO fº. de Fernão Peres Turrichão N 2 do § 1. Casou com D. Sancha Annes irmã de D. Nuno Annes de Montenegro 4 Fernão Gonçalves Turrichão Casou 2ª vez o dito Gonçalo Fernandes Turrichão com D. Rica Fernandes filha de Fernão de S. Jaimes no Conde fl. 386 N 1 4 João Gonçalves Turrichão § 3 4 D. Soeiro Gonçalves, Arcediago Casou 3ª vez Gonçalo Fernandes com D. Sancha Fernandes de Dorselhon 4 ........................................... Torrichão s.g. 4 Mourão Gonçalves não teve geração lidima 4 quatro filhas casadas s.n. N 4 FERNÃO GONÇALVES TURRICHÃO fº. da 1ª mulher de Gonçalo Fernandes N 3 foi chamado Farroupim foi casado com D. Sancha Rodrigues filha de Rui Gonçalves de Segamonde, e D. Urraca Soares Galhinata no Conde fl. 386 N 2 a qual se criava em Segamondi moça pequena de seis anos, e afilhou Gonçalo Fernandes Turrichão, e a levou para Lourinhão, e a teve aí contra vontade de seu tio D. João Arias, e de toda a sua Linhagem, até que a casou com este seu filho 5 Pedro Fernandes Turrichão 5 D. Maria Fernandes mulher de Rui de Novais no ttº. de Novais. Casou 2ª vez com Gil Rodrigues de Pias no ttº. de Pias 5 D. Rica Fernandes Turrichão mulher de D. João Fernandes de Castro no ttº. de Castros 5 D. Teresa ou Constança Fernandes mulher de João Gonçalves, João Velho no Conde fl. 234 N 69 N 5 PEDRO FERNANDES TURRICHÃO fº. de Fernão Gonçalves N 4 mataram-no na Ponte de Cristelo foi casado com D. Mor Afonso filha de Afonso Gomes de Deca e D. Maria Fernandes de Bicos no Conde fl. 399 N 3 6 Gonçalo Pires Turrichão casado com D. Inês Pires filha de D. Pedro Álvares Sotomaior e D. Elvira Annes Marinho no Conde fl. 390 N 6 s.g. 6 Fernão Pires Turrichão N 6 FERNÃO PIRES TURRICHÃO fº. de Pedro Fernandes N 5. Casou com D. Maria Fernandes filha de Fernão Annes de Meira e D. Aldonça Rodrigues de Cerveira no Conde fl. 176 N 8

7 Pedro Fernandes Turrichão 7 Afonso Gomes Turrichão s.m.n.

§3
N 4 JOÃO GONÇALVES TURRICHÃO fº. da 2ª mulher de Gonçalo Fernandes Turrichão N 3 do § 2. Casou com D. Elvira de Riba de Vizela da Terra de Santa Maria 5 Pedro Annes Turrichão 5 D. Afonso Annes Turrichão N 5 D. AFONSO ANNES TURRICHÃO fº. de João Gonçalves N 4. Casou com D. Inês Deça filha de João Pires Deça e D. Teresa de Caldelas no Conde fl. 400 N 7 6 D. Maria Afonso mulher de Rui Fernandes de Lima no Cone fl. 95 N 9.

§4
N 4 MOURÃO GONÇALVES TURRICHÃO fº. da 3ª mulher de Gonçalo Fernandes Turrichão N 3 do § 2 (veja-se o Conde D. Pedro fl. 385 Nota A e fl. 236 Nota ..............) 5 Gonçalo Mourão que o Conde faz filho de Mourão Pires no ttº. de Velhos 5 João Gonçalves Mourão 5 D. Teresa Mourão N 5 JOÃO GONÇALVES MOURÃO fº. de Mourão Gonçalves N 4 faz o Conde fº. de Gonçalo Mourão seu irmão; casou com D. Beatriz Afonso filha de Afonso Rodrigues de Espinho, e D. Mor Gonçalves de Sequeira no Conde fl. 179 N 1 6 Álvaro Gonçalves 6 Maria Fernandes, freira de Arouca

§5
N 1 FELIPE TORREZÃO descendente de Fernão Pires Turrichão Fidalgo Galego que passou a este Reino seguindo o partido do Rei D. Fernando contra Henrique de Castela, e em Portugal se corrompeu o apelido de Torrichão em Torrezão e 4º neto de Fernão Peres Turrichão que foi Rico Homem, Alcaide Mor do Reino de Galiza no Reinado do Rei D. Fernando 2º fº. de D. Pedro o qual teve o apelido de Turrichão porque era grande na estatura, que montado sobre um cavalo grande parecia uma torre 2 Diogo Torrezão N 2 DIOGO TORREZÃO fº. de Felipe Torrezão N 1 3 Felipe Torrezão N 3 FELIPE TORREZÃO fº. de Diogo Torrezão N 2 4 Simão Torrezão N 4 SIMÃO TORREZÃO fº. de Felipe Torrezão N 3 morou na vila de Figueiró. Casou com Maria Vieira Coelho filha de Fernão Vieira, e de Joana Dias Coelho 5 Sebastião Coelho Torrezão N 5 SEBASTIÃO COELHO TORREZÃO fº. de Simão Torrezão N 4 foi Fidalgo da Casa Real cavaleiro da Ordem de Cristo por Alvará de 15 de Fevereiro de 1653 Contador do Mestrado de Cristo era natural de Tomar, casou com sua prima D. Maria Vieira filha de Aleixo Coelho Vieira seu tio Fidalgo da Casa Real que tirou Brasão dos Vieiras e Coelhos em 1545 e sua mulher Catarina Barradas 6 Nuno Coelho Torrezão Fidalgo Cavaleiro da Casa Real por Alvará de 15 de Fevereiro de 1653 Cavº. da Ordem de Cristo e Contador de seu Mestrado natural de Tomar c.c. D. Luísa de Sande filha de D. Francisco de Sande Alcaide Mor da Vila de Punhete no ttº. de Sandes § 58 N 8 c.g.

RABELOS §1 N 1 O Conde D. Pedro no ttº. 68 fls. 369 principia esta família em D. Paio Delgado que foi um dos mais qualificados Fidalgos do seu tempo, e viveu no tempo do Rei D. Afonso Henriques, e com ele se achou na tomada de Lisboa em 1177 e que fundou a Alvergaria de Paio Delgado. Casou com D. Jonis de que teve Martim Pais que sendo casado com D. Teresa Afonso Martins e Moela, filha de Afonso Moela, e sua m.er D. Teresa Esteves foram pais de Afonso Martins que foi do tempo dos Reis D. Sancho I e D. Afonso II, que sendo Sr. da quinta do Lovão e Sr. da quinta do Rabelo e teve Vasco Afonso. N 1 VASCO AFONSO fº. de Afonso Martins trata dele o Conde D. Pedro ttº. 42 (este Vasco Afonso N 1 dizem outros foi a quem o Rei D. Afonso II por ele ser muito gentil homem tanto nas Armas, como na pessoa, e se portar com denudado brio na tomada de Alcácer do Sal e nas Batalhas contra os Reis de Badajoz e Córdova e Sevilha lhe chamara o Belo, e Rabelo por corrupção e lhe ficara por isso este apelido e lhe acrescentara as Armas que eram uma facha entre linhas atravessadas de lado a lado; no escudo de ouro floretado tudo em campo azul). Casou com D. Maria Annes da terra de Santa Maria 2 Rui Vasques Rabelo N 2 RUI VASQUES RABELO fº. de Vasco Afonso N 1 foi Fidalgo Principal, e dizem fora o 1º que usara do apelido de Rabelo por ser Sr. do Couto, e Solar de Rabelo. Casou com D. Teresa Soares de Gusmão 3 Martim Rodrigues Rabelo N 3 MARTIM RODRIGUES RABELO fº. de Rui Vasques Rabelo N 2 (Conde D. Pedro ttº 42 fls. 251) é o primeiro que usou do apelido de Rabelo, serviu ao Rei D. Diniz. Casou 1ª vez com D. Marinha Annes Espinhel, Conde D. Pedro ttº. 47 e 83 filha de João Gracia Espinhel e D. Urraca Mendes 4 João Martins Rabelo casou com D. Mafalda Osores filha de Soeiro Pais de Riba de Bastança s.g. Casou 2ª vez com D. .................................. e teve 4 Gonçalo Martins Rabelo N 4 GONÇALO MARTINS RABELO fº. de Martim Rodrigues Rabelo N 3 cuja ascendência atestou Fr. Luís de Granada numa certidão da era de 1617 que eu vi sendo Guarda Mor da Torre do Tombo; casou o dito João ou Gonçalo Martins Rabelo com D. Guiomar Annes filha de Lourenço do Amaral e sua m.er D. Maria Fernandes de Barrantes no ttº. de Amarais § 1 N 6 (Conde D. Pedro ttº. 42 pag. 252) 34 5 Gil Gonçalves Rabelo 5 Isabel Gomes Rabelo m.er de João Gonçalves de Macedo c.g. no ttº. de Macedos § 5 N 10 N 5 GIL GONÇALVES RABELO fº. de Gonçalo Martins Rabelo N 4 viveu no tempo dos Reis D. Afonso IV e D. Pedro I. Casou com ...................................................... 6 Lopo Gil Rabelo N 6 LOPO GIL RABELO fº. de Gil Rabelo N 4 viveu no tempo do Rei D. Fernando. Casou com D. Inês Rodrigues de Carvalho filha B. legitimada por Carta de 29 de Setembro de 1421 de João Rodrigues de Carvalho no ttº. de Carvalhos § 83 N 7 7 Diogo Lopes Rabelo N 7 DIOGO LOPES RABELO fº. de Lopo Gonçalves Rabelo N 6 viveu na quinta do Ribeiro em Caria no tempo do Rei D. João I, foi Escudeiro Fidalgo. Casou com ........................................, outros lhe negam esta casamento, e dizem os filhos abaixo serem B.B. 8 Lopo Dias Rabelo 35 8 Martim Rabelo § 21 8 Álvaro Dias Rabelo abaixo N 9
34

Gonçalo Martins Rabelo N 4 segundo um Nobiliário de Turiz teve 5 Vasco Annes Rabelo Comendador de Souto, que teve 6 Diogo Vaz ou Rabelo e teve 7 Álvaro Dias Rabelo abaixo N 9 7 Lopo Dias Rabelo abaixo N 8 35 Este Lopo Dias e Álvaro Dias N 9 infra faz o Nobiliário de Turiz filhos de Diogo Vaz e netos de Vasco Annes, e 2ºs. netos de Gonçalo Martins Rabelo N 4 supra.

N 8 LOPO DIAS RABELO fº. de Diogo Lopes Rabelo N 7, foi Sr. da honra de Rabelo, Alcaide Mor de Santarém (morou em Alvelo junto de Lamego no tempo dos Reis D. Duarte e D. Afonso V e Coudel Mor da dita cidade pelos anos de 1442). Casou duas vezes, a 1ª com Isabel Vaz Cardoso filha de Azuil Cardoso Sr. da Casa de Cardoso, e sua m.er no ttº. de Cardosos § 1 N 6 9 Lopo Dias Rabelo § 55 9 Pedro Dias Rabelo § 49 9 Rui Lopes Rabelo (este dizem ser da 2ª m.er abaixo) casado com Branca Lourenço de Carvalho, filha de Afonso Lourenço de Carvalho c.g. no ttº. de Carvalhos § 15 N 8 9 Álvaro Dias Rabelo 9 D. Brites Cardoso m.er de Lourenço Afonso de Carvalho c.g. no ttº. de Carvalhos § 21 N 9 (mas a m.er de Lourenço Afonso de Carvalho segundo outras memórias era filha de Azuil Cardoso e sua prª. m.er D. Joana o que não seguimos) 9 Inês Dias Cardoso que outras dão por mulher do dito Lourenço Afonso e nós não seguimos 9 Catarina Dias Rabelo § 52 9 Nuno Rabelo § 47 9 Joana Rabelo m.er de Luís de Almeida de Vasconcelos Sr. de Moçamedes c.g. no ttº. de Almeidas § 20 N 12 9 Florença Cardoso m.er de João Gonçalves de Meira c.g. § 54 Casou 2ª vez Lopo Dias com Maria Afonso de Carvalho sua criada a qual outros dizem ser sua criada e recebera à hora da morte 9 Maria Afonso Rabelo § 51 9 Brites Rabelo casou com Francisco Rodrigues de Abreu c.g. no ttº. de Abreus de Regalados § 79 N5 9 ..................................................... 9 Jerónimo Afonso Rabelo N 9 ÁLVARO DIAS RABELO fº. de Lopo Dias Rabelo acima N 8 viveu em Lamego e por crime passou a Guimarães fez seu assento na freguesia de Golaens (Sr. do Con.lo de Caria que perdeu por uma morte que fez) casou com D. Inês Fernandes a Rica Dona de Golaens (um Nobiliário de Turiz faz este Álvaro Dias filho de Diogo Vasques Rabelo e neto paterno de Vasco Annes Rabelo e 2º neto de Gonçalo Martins Rabelo e sua m.er D. Guiomar Annes acima N 4) 10 João Álvares Rabelo 10 Aldonça Rabelo m.er de Duarte Rodrigues de Valadares § 79 N 10 JOÃO ÁLVARES RABELO fº. de Álvaro Dias Rabelo N 9 foi Sr. da quinta de Golaens e tinha apresentação na Igreja de Golaens, teve demanda sobre esta quinta, sobre que teve sentença contra D. Francisco de Sousa Comendatário de S. Tirso; foi às cortes de Torres Novas pela Câmara de Guimarães como consta de uma carta que escreveu D. Afonso V à Câmara daquela vila onde lhe chama o honrado João Álvares. Casou com Inês Fernandes de Macedo, sua prima filha de João Álvares de Macedo, e sua 2ª m.er Isabel Gomes Rabelo filha de Manuel Vaz Rabelo Sr. do Con.lo de Caria junto à Senhora da Lapa ttº. de Macedos § 5 N 10 que é o mais certo 11 Maria Rabelo m.er de Fernão Nunes de Meireles no § 19 11 Catarina Rabelo 11 Isabel Rabelo m.er de Álvaro Afonso Soares de Regalados Chanceler de Entre Douro e Minho § 59 11 Aldonça Rabelo casou na Ponte de Caldelas de quem dizem vem Manuel de Araújo da Rua Chão no Porto 11 Cecília Rabelo casada com António Pereira Barbosa um homem honrado como consta de um libelo entre partes Nicolau da Cunha no ano de 1622 onde se jurou que era Fidalgo de Geração dos Pereiras, Rabelos, Barbosas e Araújos, ver ttº. de Marinhos § 16 N 11 CATARINA RABELO filha de João Álvares Rabelo N 10 casou com Afonso Vieira de Sousa dos Sousas Chichorros no ttº. de Sousas § 244 N 1 (era Afonso Vieira de Sousa fº. como se diz de Francisco de Sousa Comendatário de S. Tirso e neto de João de Sousa e sua m.er D. Brites de Almeida, bisneto paterno de Gonçalo Annes de Sousa dos Sousas Chichorros ttº. de Sousas § 244 N 19). Foi Catarina Rabelo Srª. do Assento da Igreja de Golaens; o qual Afonso Vieira dizem alguns ser fº. de D. Francisco de Sousa Comendatário de S. Tirso, de que faz menção a Beneditina Lusitana entre os Ab.es de S. Tirso no ano de 1487 12 Álvaro Rabelo § 70

12 João Rabelo s.g. 12 Manuel Rabelo c.c. Inês Freitas filha de Sebastião Gonçalves de Freitas s.g. 12 Inês Rabelo m.er de Lopo Machado da Maia no ttº. de Machados § 43 N 20 12 Margarida Rabelo 12 Mécia Rabelo m.er de Pedro Brandão s.g. 12 Senhorinha Rabelo s.g. 12 Catarina Rabelo c.c. Pedro de Freitas, Tab.am, nos Freitas Peixotos N 12 MARGARIDA RABELO filha de Catarina Rabelo N 11 casou em Prado com Pedro Gonçalves Tição, sobrinho de Pedro Gonçalves Tição que se achou na tomada dos lugares de África e escalamento de Tânger em companhia do Infante D. Fernando, e nas guerras de Granada, este irmão de Diogo Gonçalves Capelão Mor da Rainha D. Leonor, dos Tições da Azinhaga como consta dos livros do Padroado – onde se acham várias apresentações muitas Igrejas no dito Diogo Gonçalves; cujos Tições são descendentes de D. Afonso Teles o Velho que povoou Albuquerque, e D. Teresa Sanches filha de El Rei D. Sancho de Portugal, de quem foi fº. D. Afonso Teles Tição o qual teve um fº. B. de D. Martim Afonso Tição de quem foi fº. D. Tição o que tudo se prova dos Livros das Linhagens do Conde D. Pedro ttº. 21; teve a dita Margarida Rabelo do dito Pedro Gonçalves Tição – (foi Margarida Rabelo e seu marido Pedro Gonçalves Tição Padroeiro do Mosteiro do Souto) – (Conde D. Pedro ttº. 21 Plana 127 e 128 N 17) 13 Gonçalo Rabelo de Azevedo 13 Mor Rabelo § ...... 13 Catarina Rabelo § 2 13 Margarida ou Ana Rabelo § 26 13 Maria Rabelo § 3 13 Sebastiana Rabelo c.c. Manuel Lopes c.g. 13 Antónia Rabelo § 27 13 Ana ou Maria Rabelo § 20 13 Inês Rabelo casada com António Fernandes s.g. 13 Paula Rabelo m.er de Gonçalo Gonçalves, Escrivão em Prado c.g. 13 Marta Rabelo § 72 N 13 GONÇALO RABELO DE AZEVEDO fº. de Margarida Rabelo N 12 viveu em Guimarães casou com Brites Sanches 14 Lucas Rabelo Abade de S. Comba de Regilde 14 Francisco Rabelo Cónego em Lisboa e Dezembargador no Paço 14 Fernando Rabelo Abade de Rande e Burgains 14 Padre António Jesuíta 14 Felipe Rabelo mataram na Índia 14 Cristóvão Rabelo Moço da Câmara do Rei D. Sebastião 14 Tomé Rabelo morreu casado na Índia s.g. 14 Diogo Rabelo N 14 DIOGO RABELO fº. de Gonçalo Rabelo N 13 casou em Guimarães s.g. teve B. 15 Gonçalo Rabelo casado na quinta de Guminhains que vendeu. §2 N 13 CATARINA RABELO filha de Margarida Rabelo N 12 do § 1 casou com Manuel Ramalho de Prado 14 Jerónimo Rabelo casado com D. Catarina de Castelo Branco filha de Cosme de Castelo Branco, natural de Portalegre, teve 15 D. Francisca Rabelo que teve 16 Jerónimo Rabelo s.m.n. 14 António Rabelo casado na quinta do Toyo em S. Cristina de Longos termo de Guimarães s.g. 14 Margarida Rabelo N 14 MARGARIDA RABELO filha de Catarina Rabelo N 13 casou com António Pereira do Lago filha de Gaspar Pereira do Lago, e D. Brites de Araújo e neto de Aldonça Pereira do Lago filha esta de João Gomes do Lago, e Germineza de Araújo no ttº. de Araújos § 173 N 21 sub N 19 15 Manuel Pereira do Lago 15 Maria de Araújo, m.er de Francisco Campelo Pacheco s.g. 15 Margarida Rabelo § 16 segundo alguns

N 15 MANUEL PEREIRA DO LAGO fº. de Margarida Rabelo N 14 casou com Plácida Fragoso Pereira filha de Luís Fragoso de Leça e sua m.er Isabel Pereira Machado filha de Manuel Pereira das Angustias e Catarina Francisca Machado 16 Alexandre Pereira do Lago N 16 ALEXANDRE PEREIRA DO LAGO fº. de Manuel Pereira do Lago N 15. Casou com Maria de Azevedo Veloso filha de Gregório Veloso Cerqueira e Branca Cardoso da Silva filha de Domingos Fernandes e Camila Fernandes de Andrade 17 Felix Pereira do Lago Abade de Cabanelas 17 Vicente Pereira do Lago Cap.am no Minho 17 Calisto Pereira do Lago Ouvidor em Prado Cavº. da Ordem de S. Tiago 17 António Pereira do Lago Escrivão da Câmara de Prado 17 D. Mariana Pereira do Lago N 17 D. MARIANA PEREIRA DO LAGO filha de Alexandre Pereira do Lago N 16 casou com Martim Teixeira fº. de Gaspar Teixeira e D. Maria da Silva 18 Alexandre Pereira do Lago. §3
QUINTA DO FAIAL EM PRADO

N 13 MARIA RABELO filha de Margarida Rabelo N 12 do § 1. Casou com Manuel Lopes Cerqueira de Prado Fidalgo da Casa Real fº. de Gregório Lopes Cerqueira e Leonor Fernandes no ttº. de Cerqueiras § 61 N 6 14 Gonçalo Rabelo 14 Gregório Rabelo § 4 14 Pedro Lopes Rabelo § 14 14 Margarida Cerqueira § 7 14 Maria Rabelo § 9 N 14 GONÇALO RABELO fº. de Maria Rabelo N 13 casou com Ana do Rego Correia em Prado irmã do Abade de Ferreiros, filhos de .........................................; era Gonçalo Rabelo Fidalgo da Casa de Sua Majestade 15 D. Eugénia do Rego Correia N 15 D. EUGÉNIA DO REGO CORREIA filha de Gonçalo Rabelo N 14 casou com António Jaques de Paiva General de Artilharia, Governador das Armas de Trás-os-Montes, e Província do Minho que morreu Frade de S. Domingos, e Cavº. da Ordem de Cristo natural do Algarve, sobrinho de Fr. António dos Santos Bispo de Nicomedia; fez este a quinta do Faial em Prado ttº. de Jaques § 5 N 7 16 Manuel Jaques de Paiva N 16 MANUEL JAQUES DE PAIVA fº. de D. Eugénia do Rego N 15 foi Fidalgo da Casa Real, Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com D. Cristina de Lacerda do Morgado do Barrio, filha de Manuel Correia Leite de Vasconcelos 17 António Jaques de Sousa Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo casado com D. Guiomar da Cunha filha de António da Cunha de Brito s.g. §4
TORRE DE SOUTELO E MORGADO DE S. BENTO, EM PRADO

N 14 GREGÓRIO RABELO fº. de Maria Rabelo N 13 do § 3 casou com Genebra de Magalhães e Faria filha de António de Magalhães e Faria, e sua m.er Paula de Faria no ttº. de Magalhães § 110 N 5 15 António de Magalhães Rabelo 15 Helena de Magalhães § 6 15 Maria Rabelo § 5 15 Catarina de Magalhães m.er de Fernão Lopes Vilas Boas, teve 16 Maria de Vilas Boas, freira N 15 ANTÓNIO DE MAGALHÃES RABELO fº. de Gregório Rabelo N 14 casou com Maria Antónia Ribeiro filha de Giraldo Gonçalves Ribeiro de Prado 16 O Cap.am Francisco de Magalhães s.g.

16 Gregório de Magalhães morreu numa peleja no Alentejo s.g. 16 Jerónimo de Magalhães, s.g. 16 Angela de Magalhães, s.g. 16 Maria de Magalhães s.g. 16 António de Magalhães N 16 ANTÓNIO DE MAGALHÃES fº. de António de Magalhães N 15 casou com Margarida de Alvim de Sousa em Soutelo, filha de Martim Rabelo Cerqueira, e sua m.er Isabel de Sousa de Alvim no ttº. de Cerqueiras § 69 N 8 ttº. de Araújos § 245 N 26. Foi Martim Ribeiro Sargento Mor de Vila Chã e Larim 17 Custódio de Magalhães N 17 CUSTÓDIO DE MAGALHÃES fº. de António de Magalhães N 16 foi Juíz de Fora de Vila Nova de Cerveira. Casou com D. Mariana Feio filha de João Feio de Azevedo neste ttº. § 11. Foi Custódio de Magalhães depois de viúvo, Clérigo 18 O Reverendo António José Abade de Junto de Valença do Minho em Fontoura 18 Francisco Xavier Abade de S. Fins 18 Alexandre Carlos, Cónego em Braga 18 D. Maria Josefa de Magalhães segue N 18 D. MARIA JOSEFA DE MAGALHÃES filha de Custódio de Magalhães N 17 casou com Manuel da Silva Ferreira, Fidalgo da Casa Real, Cap.am Mor de Apulia e Cavº. da Ordem de Cristo e irmão de João da Silva Ferreira, Vigário Geral em Braga filhos de Manuel da Silva Ferreira digo filhos de João da Silva, e Maria Ferreira que era dos Ferreiras da Casa de Portela na freguesia de Carvalhas 19 João Lourenço Feio casado com D. Isabel de Sousa Jacome da Casa do Avelar s.g. 19 D. Maria Joana Feio s.g. 19 José Custódio 19 D. Mariana Joaquina Feio casada com Vasco Brandão Barreto Sotomayor Fidalgo da Casa Real, Sr. do Paço de Geraz, Padroeiro insolidum da Abadia de S. João de Nogueira, Cap.am de Cavalos na guerra do ano de 1762, fº. de Pedro Pinto Lobo Fidalgo da Casa Real e D. Ana Maria Rosa neste ttº. § 55 N 13 ttº. de Brandões § 17 N 15 s.g. ela 19 José de Magalhães Feio de Azevedo beneficiado na Colegiada de Ferreira Bispado no Porto, Arcediago de Labruge na Sé de Braga N 19 JOSÉ DE MAGALHÃES FEIO DE AZEVEDO fº. de D. Maria Josefa de Magalhães N 18 (foi vereador em Braga Sr. da Casa da Torre em Soutelo e do Vínculo de S. Bento em Prado), foi Sr. das Casas, casou com D. Maria Justina filha de D. Maria Joana Coutinho e seu marido Felix Barreto no ttº. de Costas § 143 N 10 20 João Feio de Magalhães Coutinho Tenente Coronel de Melicias de Viana, Cavº. da Ordem de Cristo 20 D. Maria Guilhermina c.c. José Araújo de Azevedo na Loureira no ttº. de Costas § 52 N 12 20 António Feio de Magalhães Coutinho, Académico. §5 N 15 MARIA RABELO filha de Gregório Rabelo N 14 do § 4 casou com Francisco Tavares Cabral fº. B. de Henrique Cabral Tavares Abade da Loureira onde instituiu um Morgado que possuem seus descendentes (recebeu-se Maria Rabelo com Francisco Tavares, em Prado a 6 de Janeiro de 1621 pelo Abade de S. Lourenço chamando-lhe seu sobrinho) 16 Henrique s.g. 16 D. Frutuoso Prior do Convento de Refoios 16 D. Jerónima, s.g. 16 D. Joana, s.g. 16 Gregório Rabelo de Magalhães 16 Manuel Rabelo de Magalhães N 16 GREGÓRIO RABELO DE MAGALHÃES fº. de Maria Rabelo N 15 (Gregório Rabelo baptizado em Prado a 28 de Novembro de 1629). Casou com Isabel de Amorim de S. Julião de Freixo termo de Barcelos, Srª. da quinta da Deveza, filha de Ana de .......................................... 17 D. Teresa de Magalhães s.g. 17 Bernardino de Magalhães, s.g. 17 Henrique de Magalhães, s.g.

17 Carelos de Magalhães N 17 CARELOS DE MAGALHÃES fº. de Gregório Rabelo N 16 (Carlos de Magalhães baptizado em S. Julião de Freixo a 10 de Fevereiro de 1669). Casou em Braga com D. Teresa Josefa da Silva e Vasconcelos da freguesia de S. João do Souto em Braga filha de Baltazar da Silva e Vasconcelos natural de Pombeiro e sua m.er D. Maria de Basto e Moura, neta paterna de Aires da Silva de Vasconcelos recebido a 28 de Julho de 1625 com Felipa da Fonseca de Azevedo e neta materna de Francisco Fernandes de Basto e sua 2ª m.er Maria Moura 18 Gregório Carelos de Magalhães 18 José António 18 D. Maria Josefa N 18 GREGÓRIO CARELOS DE MAGALHÃES fº. de Carelos de Magalhães N 17 viveu na freguesia de S. Julião de Freixo. Casou com D. Mariana Jacome de Sousa filha de Francisco Jacome de Sousa Sr. da Casa do Avelar, e sua m.er D. Inácia Teresa Vilas Boas no ttº. de Jacomes § 2 N 10 19 D. Maria nasceu a 21 de Dezembro de 1765 c.g. 19 Carelos de Magalhães Meneses e Vasconcelos nasceu a 18 de Dezembro de 1768 19 António Xavier de Magalhães e Meneses segue nasceu a 22 de Fevereiro de 1772 19 Caetano de Magalhães e Meneses nasceu a 18 de Fevereiro de 1774 19 Fernando de Magalhães e Meneses, frade Bento 19 D. Maria 19 D. Joana recolhida no recolhimento de S. Domingos da cidade de Braga, nasceu a 24 de Agosto de 1767 19 D. Umbelina 19 D. Helena N 19 ANTÓNIO XAVIER DE MAGALHÃES E MENESES fº. de Carlos de Magalhães digo de Gregório Carlos Magalhães N 18 casou na freguesia de Vitorinho dos Peains com D. Antónia Pereira Pinto de Queirós filha de D. Ana Pinto e seu marido Gonçalo Fernandes Gondim da freguesia de Cerdal e neta materna de Quitéria Pereira de Araújo e seu marido Domingos Pinto da Costa de Queirós Sargento Mor que foi de Monção onde morreu era neta paterna a dita D. Antónia Pereira Pinto de João Fernandes e Custódia Álvares Gondim do lugar de Bade freguesia de Cerdal; esta Custódia Álvares Gondim era dos Gondins e Bacelares de Cerdal dizem seus descendentes, o dito João Fernandes acima era lavrador dos honrados da freguesia de Cerdal onde serviam os cargos honrados dela (D. Antónia Pereira Pinto de Queirós era filha legítima de Gonçalo Fernandes Gondim que foi ao Brasil donde veio rico e criou bem seus filhos e sua m.er D. Ana Joaquina Pereira Pinto de Araújo do lugar de Bade, freguesia de Cerdal termo de Valença, neta paterna de João Fernandes que era lavrador, e sua m.er Custódia Álvares Gondim neta materna de Domingos Pinto da Costa e Queirós natural de Amarante, e sua m.er D. Quitéria Pereira de Araújo esta filha de .............................. Tinoco da Vila de Valença, Formado; cedeu Carelos de Magalhães irmão mais velho deste António Xavier a Casa nele) 20 .................................. 20 .................................. 20 .................................. 20 .................................. 20 .................................. §6 N 15 HELENA DE MAGALHÃES filha de Gregório Rabelo N 14 do § 4 casou com Jerónimo Machado de Azevedo de Braga fº. de Gonçalo Machado de Azevedo, e sua m.er Lucrécia da Fonseca Coutinho 16 O Reverendo João da Fonseca 16 António de S. Jerónimo, frade Loio 16 Gaspar Machado, teve B. 17 Vicente Machado na Vila de Prado 16 D. Maria de Magalhães casada com Pedro Gomes Pimentel fº. de Ambrósio Pimentel neste ttº. § 15 N 16 c.g. §7

N 14 MARGARIDA CERQUEIRA filha de Maria Rabelo N 13 do § 3 casou com Feliciano de Andrade de Prado fº. de Basílio de Andrade, Abade de Fragosa 15 João de Andrade § 73 15 Feliciano de Andrade 15 D. Margarida N 15 FELICIANO DE ANDRADE fº. de Margarida Cerqueira N 14 viveu em S. Lucrécia de Adaufe casou com Antónia de Sá filha de Francisco de Faria, e Brites de Sá 16 D. Margarida 16 João de Andrade Rabelo Abade de Ferreiros § 74 N 16 D. MARGARIDA DE ANDRADE filha de Feliciano de Andrade N 15 casou com Francisco de Sousa Machado no ttº. de Machados § 121 N 24 17 D. Mariana de Sousa de Andrade 17 D. Brites Antónia de Sousa § 8 N 17 D. MARIANA DE SOUSA DE ANDRADE filha de D. Margarida N 16 casou com Rafael de Figueiroa Pinto Fidalgo da Casa Real, Contador Mor da cidade do Porto, fº. de D. Maria Carneiro e seu marido João de Figueiroa no ttº. de Carneiros § 2 N 7 c.g.

§8
MORGADO DE LEYROZ, EM BRAGA

N 17 D. BRITES ANTÓNIA DE SOUSA filha de D. Margarida de Andrade N 16 do § 7 casou com Estevão de Oliveira e Barros 18 D. Margarida Francisca m.er de Leopoldo Luís em Braga, Sr. do Morgado de Leyroz.

§9
MORGADO DE SEMELHE, EM BRAGA

N 14 MARIA RABELO filha de Maria Rabelo N 13 do § 3 recebeu-se em Prado a 3 de Novembro de 1596 com Sebastião da Rocha Pimentel fº. de Sebastião da Rocha Pimentel e sua m.er Maria da Costa de Macedo no ttº. de Rochas § 2 N 5 e Pimenteis § 2 N 8 15 O Dr. João Pimentel 15 O Reverendo Gonçalo da Rocha Pimentel § 13 15 Margarida da Rocha § 10 15 D. Joana Pimentel § 11 15 D. Maria Pimentel m.er de João Pimentel Sr. do Morgado de Semelhe no ttº. de Pimenteis § 1 N 9 s.g. 15 O Reverendo Sebastião da Rocha Abade de Paredes teve B. 16 B. Ana de Barros N 15 O DR. JOÃO PIMENTEL fº. de Maria Rabelo N 14 baptizou-se em Prado a 14 de Outubro de 1603 (foi Ouvidor em Braga e Dezembargador da Relação da mesma cidade, meteu-se de Posse do Morgado de Semelhe por cessão que dele lhe fez seu irmão Gonçalo da Rocha justificou em Braga a 4 de Março de 1643 ser fº. e neto 2º e 3º neto dos acima), casou com Ana Leite de S. Miguel de Travassos, em Braga, filha de Trocato de Andrade Leite e sua m.er Felipa de Areas de Ponte 16 Manuel da Rocha Pimentel 16 Sebastião da Rocha Pimentel 16 Trocato da Rocha Pimentel 16 D. Mariana 16 D. Josefa, as 2 freiras na Conceição N 16 MANUEL DA ROCHA PIMENTEL fº. do Dr. João Pimentel N 15 recebeu ordens menores a 28 de Março de 1664 livro 5 de Matrícula. Casou duas vezes a 1ª com D. Ursula filha de Francisco Vaz Tinoco Tab.am de Notas da cidade de Braga com a qual se recebeu a 10 de Setembro de 1647 feita na Nota Geral 17 Jerónimo da Rocha Sr. do Morgado de Semelhe casado com D. Angela Gamboa s.g. Casou 2ª vez Manuel da Rocha por escritura a 10 de Outubro de 1677 com D. Angela de Moura filha de João da Costa Coelho (Sr. da quinta de Matos junto a Braga), e sua m.er Maria Vieira de Moura filha de Domingos Vieira de Moura ttº. de Lopes de Braga § 1 N 4; foi Manuel da Rocha Pimentel Sr. do

Morgado de Semelhe por morte de seu tio Gonçalo Pimentel § 13 morreu morando no Campo da Vinha no 1º. de Fevereiro de 1684 17 D. Mariana da Rocha Pimentel 17 D. Serafina, freira 17 Trocato Pimentel que mataram numa bulha nos Remédios solteiro N 17 D. MARIANA DA ROCHA PIMENTEL filha de Manuel da Rocha N 16 foi Srª. do Morgado de Semelhe, casou com Dr. António Carneiro Álvares Tinoco, Dezembargador da Suplicação fº. de Francisco Álvares Tinoco, e sua m.er Assunção Carneiro de Meira no ttº. de Tinocos § 14 N 6 18 D. Antónia Tinoco da Rocha Pimentel G. casada com João Pereira do Lago na cidade de Braga c.g. no ttº. de Costas § 59 N 9 18 D. Ana solteira, freira no Salvador

§ 10
PINTOS PORTOCARREIROS, DE BRAGA

N 15 D. MARGARIDA DA ROCHA filha de Maria Rabelo N 14 do § 9 casou com Lucas Pinto Sotomayor de Braga fº. de Francisco Pinto, e sua m.er D. Maria Sotomayor no ttº. de Pintos § 61 N 13 16 António Pinto Portocarreiro 16 D. Maria Sotomayor § 12 16 D. Joana Pinto m.er de António Pinto da Cunha Morgado de Lagariça no ttº. de Pintos § 62 N 14 c.g. N 16 ANTÓNIO PINTO PORTOCARREIRO fº. de D. Margarida da Rocha N 15 casou com D. Lucrécia ou D. Susana Pinto filha B. de António Pinto Pimenta Padroeiro do Mosteiro da Conceição em Braga no ttº. de Pintos § 59 N 14 17 D. Maria Pinto Portocarreiro N 17 D. MARIA PINTO PORTOCARREIRO filha de António Pinto N 16 casou com seu primo António de Almada Machado fº. de António Machado de Almada, e sua m.er D. Maria de Sotomayor no ttº. de Pintos § 61 N 5 e neste ttº. § 12 N 7 18 André Pinto 18 António Pinto 18 José Pinto 18 D. Mariana Pinto 18 D. Joana casada em cima do Douro com Francisco de ........................................ c.g. 18 D. Teresa de Almada m.er de Vicente Oete Governador de Valença ttº. de Bacelares § 3 N 16 e teve 19 D. Luísa Maria Constança m.er de João de Vasconcelos Felgueiras Gayo Sr. da Casa de Fervença junto a Barcelos s.g.

§ 11
FEIOS AZEVEDOS DE PRADO

N 15 D. JOANA PIMENTEL filha de Maria Rabelo N 14 do § 9 casou com Pedro Feio de Azevedo fº. de Leonardo Lopes de Azevedo, e sua m.er Ana Pereira ttº. de Aranhas § 37 N 11 16 João Feio de Azevedo 16 D. Leonardo frade Cruzio 16 D. Joana freira nos Remédios N 16 JOÃO DE AZEVEDO fº. de D. Joana Pimentel N 15 foi Sargento Mor em Prado. Casou com D. Maria de Chaves Salgado filha de Francisco Fernandes Barbosa, e Paula Álvares de Chaves filha de Gaspar Álvares de Chaves Abade da Lage e de Maria de Oliva 17 Pedro Feio de Azevedo 17 D. Paula de Azevedo 17 D. Mariana de Azevedo casada com Custódio de Magalhães Rabelo neste ttº. § 4 N 17 17 D. Leonardo frade Cruzio Prior de Paderne, e Refoios 17 D. Joana do Céu freira nos Remédios

N 17 PEDRO FEIO DE AZEVEDO fº. de João Feio de Azevedo N 16 foi Sargento Mor em Prado e casou com D. Inês Maria Lobo de Viana filha de Francisco Lobo de Mesquita, e D. Isabel de Barros no ttº. de Velhos Barretos de Viana § 111 N 6 18 João Pedro Feio de Azevedo 18 Francisco Xavier, morreu novo 18 D. Isabel s.g. N 18 JOÃO PEDRO FEIO DE AZEVEDO fº. de Pedro Feio N 17 foi Sr. da Casa de seu pai, casou com D. Maria Antónia Pimentel filha de João Pereira de Miranda, e D. Inês Pimentel no ttº. de Costas § 35 N 8 19 Francisco Inácio Feio de Azevedo 19 João António Pereira Pimentel, Juíz de Fora de Valença em 1763.

§ 12
ALMADAS PORTOCARREIROS

N 16 D. MARIA SOTOMAYOR filha de D. Margarida da Rocha N 15 do § 10 casou com António Machado de Almada Cavaleiro da Ordem de Cristo Sr. do Morgado dos Almadas e Alfarrobeira fº. de António Machado Pereira e sua m.er D. Ana de Almada Lobo no ttº. de Almadas § 4 N 11 (ver Arvore N 198) 17 António de Almada Portocarreiro 17 D. Maria, freira nos Remédios N 17 ANTÓNIO DE ALMADA PORTOCARREIRO fº. de D. Maria Sotomayor N 16 casou 1ª vez com D. Maria Pinto Porto Carreiro sua prima, filha de António Pinto Portocarreiro e sua m.er D. Susana Pinto neste ttº. § 10 N 17 c.g. que lá vai; casou 2ª vez com D. Inês Antónia de Azevedo filha de Felipa de Agorreta Pereira, e D. Joana Baptista c.g. no ttº. de Costas § 44 N 10.

§ 13
MORGADO DE SEMELHE

N 15 GONÇALO DA ROCHA PIMENTEL fº. de Maria Rabelo N 14 do § 9 sucedeu no Morgado de Semelhe a João Pimentel de Brito no ttº. de Pimenteis § 1 N 9, e por sua morte lhe sucedeu Manuel da Rocha Pimentel seu sobrinho no § 9 N 16 teve B. 16 Constantino da Rocha N 16 CONSTANTINO DA ROCHA PIMENTEL fº. B. de Gonçalo da Rocha N 15 foi Escrivão dos Órfãos em Prado; casou na quinta de Costarisse na freguesia de Cervains com Maria da Costa 17 Manuel Rabelo s.g. 17 Felix da Rocha s.g. 17 Leonardo Rabelo, Alferes 17 Josefa Maria da Rocha 17 Angela casada com ........................................... N 17 JOSEFA MARIA DA ROCHA filha de Constantino da Rocha N 16 casou com o L.do Martinho Dias do Passo c.g.s.n.

§ 14
N 14 PEDRO LOPES RABELO fº. de Maria Rabelo N 13 do § 3 casou com Ana da Rocha Pimentel filha de Sebastião da Rocha Pimentel de Prado, e sua m.er Maria da Costa no ttº. de Pimenteis § 2 N 8 ttº. de Rochas § 2 N 5 15 Manuel da Rocha Cerqueira 15 Ambrósio da Rocha Pimentel § 15 15 Francisco da Rocha Pimentel, Abade de Geme N 15 MANUEL DA ROCHA CERQUEIRA fº. de Pedro Lopes N 14 foi escrivão dos órfãos em Prado, casou com Maria Machado 16 O Padre Fr. João Pimentel frade da Graça 16 Ana da Rocha 16 Francisco Rabelo, Abade de Geme

16 Ambrósio da Rocha s.g. N 16 ANA DA ROCHA PIMENTEL filha de Manuel da Rocha N 15 casou com Bento Ribeiro da Cunha da quinta da Mota em Lanhoso fº. de Pantalião Ribeiro da Cunha, e Ana da Cunha 17 Belizenda da Cunha N 17 BELIZENDA DA CUNHA filha de Ana da Rocha N 16 casou em Guimarães com o L.do Francisco Barbosa de Guimarães fº. de Domingos Antunes, e sua m.er Maria Ribeiro 18 Bento Barbosa 18 Paulo Barbosa 18 Francisco 18 Helena 18 Rosa 18 Luís.

§ 15
N 15 AMBRÓSIO BARBOSA fº. de Pedro Lopes Rabelo N 14 do § 14 casou por escritura na Nota de Francisco Veloso digo na Nota de Manuel Barbosa Lomba por Francisco Veloso a 23 de Julho de 1637 com Isabel Barbosa na quinta de Geme concelho de Regalados filha de Miguel Barbosa Lomba, e Catarina Gomes Tinoco 16 Pedro Gomes Pimentel 16 António da Rocha Pimentel § 75 16 Escolástica Gomes Pimentel casada com Manuel da Silva de Azevedo fº. de Manuel da Silva 16 Pascoal Pimentel casado com Maria de Barros s.g. 16 Ana da Rocha 16 Isabel Pimentel 16 Catarina Gomes N 16 PEDRO GOMES PIMENTEL fº. de Ambrósio Barbosa N 15 casou em Prado com D. Maria de Magalhães sua prima 2ª , filha de Jerónimo Machado, e Helena de Magalhães neste ttº. § 6 N 15 17 Pascoal Pimentel 17 Ambrósio Pimentel 17 Jerónimo Machado casado com D. Francisca N 17 PASCOAL PIMENTEL BARBOSA fº. de Pedro Gomes N 16 casou com D. Mariana Correia de Azevedo.

§ 16
N 15 MARGARIDA RABELO filha de Margarida Rabelo N 14 do § 2. Casou com Pedro Carneiro, Juíz dos Órfãos da Vila de Prado 16 Juliana Rabelo N 16 JULIANA RABELO filha de Margarida Rabelo N 15 casou com Pedro de Almeida Moço da Câmara de Sua Majestade 17 Ana Escolástica de Almeida, ou Ana Estácia 17 Maria Rabelo casada com Gaspar Gonçalves de Barros, teve 18 ............................................., casada com João Lopes Tinoco Dezembargador no Porto ver ttº. de Tinocos § 3 N 2 N 17 ANA ESTÁCIA DE ALMEIDA filha de Juliana Rabelo N 16 casou com Pedro Francisco de Prado 18 O Reverendo Bernardo Rabelo 18 João de Almeida 18 Joana Rabelo § 17 18 D. Mariana Rabelo § 18 N 18 JOÃO DE ALMEIDA fº. de Ana Estácio N 17 casou com Maria de Sousa de Fial 19 Inácio de Sousa casado em Lisboa 19 Bento de Sousa casado com ...................................

§ 17
N 18 JOANA RABELO filha de Ana Estácia do N 17 do § 16 casou com Inácio Cerqueira da Costa 19 Juliana Cerqueira Rabelo 19 Bernardo Rabelo Padre da Companhia 19 António Rabelo s.g. N 19 JULIANA CERQUEIRA RABELO filha de Joana Rabelo N 18 casou em Prado com Felix Pereira Macedo 20 Paula 20 Anastácia

§ 18
N 18 MARIA RABELO filha de Ana Estácia N 17 do § 16 casou com Francisco Pereira 19 ................................................., casada em Braga

§ 19
N 11 MARIA RABELO filha de João Álvares Rabelo N 10 do § 1 casou com Fernão Nunes de Meireles Cavaleiro da Ordem de Cristo da Vila de Guimarães fº. de Nuno de Meireles, e neto de João Rodrigues de Meireles c.g. no ttº . de Meireles § 1 N 4.

§ 20
CASA DE PIEDELA, NO COUTO DE AZEVEDO

N 13 MARIA ou ANA RABELO filha de Margarida Rabelo N 12 do § 1. Casou com António Tinoco de Sá em Prado (Ver § 59 N 26 deste ttº. – ver ttº. de Costas § 105) 14 Maria Tinoco Rabelo 14 Ana Rabelo s.g. 14 Francisco Tinoco s.g. 14 ............................................. que se ausentou para os Ciganos de que vem Angela Tinoco m.er do Azevedo e outros veja-se o § 24 N 14 MARIA TINOCO RABELO filha de Ana Rabelo N 13 casou com Martim Borges da Piedela da freguesia de S. Salvador da Lama Couto de Azevedo termo de Prado 15 Joana Rabelo 15 Gregório Borges § 25 15 António Tinoco § 24 15 Jerónima Borges casada com António Manuel N 15 JOANA RABELO filha de Maria Tinoco N 14 casou com António Martins 16 Maria Borges Rabelo N 16 MARIA BORGES RABELO filha de Joana Rabelo N 15 casou com Domingos Luís 17 O Reverendo Martim Borges 17 Gregório Borges § 22 17 Manuel Borges § 23 17 Paula Rabelo N 17 PAULA RABELO filha de Maria Borges N 16 casou na Casa da Piedela de seus pais com João Antunes 18 O Padre Manuel Antunes, Pregador, e Reitor de Galegos 18 Tomé Borges 18 Clara Luísa Borges § 71 N 18 TOMÉ BORGES fº. de Paula Borges N 17 deste § 20 casou na quinta do Hospital freguesia de S. Pedro de Goaens concelho de Penela com Maria Pereira de Magalhães 19 José Luís Pereira de Magalhães

19 Francisco António de Magalhães Rabelo formado, e casado nesta vila com D. Maria Rosa sobrinha do Dr. José Pereira da Rocha s.g. 19 Clara 19 Luísa s.g. 19 Teresa casada com José Luís da Rocha fº. de Francisco Machado e Maria da Rocha e teve 20 Josefa

§ 21
N 21 MARTIM RABELO fº. de Diogo Lopes Rabelo N 7 do § 1.

§ 22
N 17 GREGÓRIO BORGES fº. de Maria Borges N 16 do § 20 casou na freguesia de Martim com Antónia Francisca 18 Sebastião Borges, s.g. 18 Leonardo Borges, Clérigo 18 João Borges 18 José Borges casado com Maria Loureiro, de Martim, que acima fazemos filhos do sobrinho de seus pais 18 Diogo Borges s.g. 18 Maria Francisca Rabelo que acima fazemos filha do sobrinho de seu pai casada com José Fernandes 18 Páscoa Borges 18 Francisca Borges que todos acima se fazem filhos do sobrinho do que aqui leva por pai Tomé Borges § 20 N 18

§ 23
N 17 MANUEL BORGES fº. de Maria Borges N 16 do § 20 foi casar a S. Martinho de Esquaris termo de Penela com Mariana Machado Barbosa 18 Martim Borges Tinoco s.m.n.

§ 24
N 15 ANTÓNIO TINOCO fº. de Maria Tinoco N 14 do § 20 enamorou-se de uma cigana com quem andou amancebado (deste descende Angela Tinoco casada com o Azevedo de Prado s.m.n..

§ 25
N 15 GREGÓRIO BORGES fº. de Maria Tinoco Rabelo N 14 do § 20 casou com Maria da Costa em Quiraz termo de Barcelos 16 Manuel Tinoco N 16 MANUEL TINOCO fº. de Gregório Borges N 15 casou em Parada de Gatim 17 O reverendo Leonardo Borges 17 Manuel Borges Tinoco 17 Adrião Borges 17 Jerónima 17 Francisca.

§ 26
N 13 ANA ou MARGARIDA RABELO filha de Margarida Rabelo N 12 do § 1. Casou com Belchior Correia Leite da quinta dos Garros na freguesia de S. Martinho de Galegos, que era sobrinho de António Correia de Lacerda de Campo Sr. da quinta de Proence e fº. de João Correia e sua m.er Maria Leite filha de Francisco Vaz Pimenta, e Isabel Leite de Morais, e neto de Gomes ou Gonçalo Correia Sr. da quinta de Proence vindo a ser António Correia de Lacerda do Campo tio do dito Belchior Correia ttº. de Correias § 105 N 12 teve

14 Belchior Rabelo casado com Margarida Cerqueira filha de Gregório Lopes Cerqueira no ttº. de Cerqueiras § 69 N 7 14 Gaspar Rabelo s.g. 14 Ana Rabelo N 14 ANA RABELO filha de Margarida Rabelo N 13 casou com Salvador da Silva 15 Francisco da Silva 15 .................................... N 15 FRANCISCO DA SILVA fº. de Ana Rabelo N 14 casou na freguesia de Cervains no lugar das Devezas 16 ............................................. N 16 ......................................... filha de Francisco da Silva N 15 casou com Giraldo Domingues de Carvalho da mesma freguesia 17 ...................................................

§ 27
QUINTA DE PROENCE

N 13 ANTÓNIO RABELO fº. de Margarida Rabelo N 12 do § 1. Casou com o Cap.am António Correia de Lacerda do Campo Fidalgo da Casa Real e Sr. da quinta de Proence fº. de Gonçalo Correia Sr. da quinta de Proence no ttº. de Correias § 32 N 1; outros fazem o dito António Correia do Campo fº. de João Correia e sua m.er Maria Leite filha de Francisco Vaz Pimenta, e Isabel Leite de Morais (Leites § 24 N 9) de quem era igualmente filho Belchior Correia Leite casado no § 26 N 13 retros, e netos do dito Gonçalo Correia mas o mais certo é ser o dito António Correia de Campos tio do dito Belchior Correia Leite (vejase o que dizemos no ttº. de Correias § 82 por onde se vê é erro o fazer António Correia filho de outros pais mais que Gonçalo Correia e sua m.er Isabel Jacome) e irmão de seu pai João Correia; era o dito António Correia Campo viúvo de D. Inácia de Noronha com geração que temos no dito ttº. de Correias § 82 N 3 14 Gonçalo Correia Rabelo 14 Maria Rabelo § 34 14 Isabel Lopes Correia s.n. 14 Luísa Correia s.n. 14 Catarina Correia s.n. N 14 GONÇALO CORREIA RABELO fº. de Antónia Rabelo N 13 casou com Maria da Ponte Bezerra da Silva filha de Pedro das Areas Reposteiro Mor dos Reis D. João III, e D. Sebastião, e sua m.er Ana Fernandes; segundo outros era Maria da Ponte filha de Giraldo da Ponte Fidalgo da Casa Real ver ttº. de Pontes Ledos 15 António Correia Rabelo § 31 15 João Correia Rabelo § 30 15 Pedro Correia Rabelo s.g. 15 Lourenço Correia s.g. 15 Manuel Correia Rabelo s.g. 15 Gabriel Correia s.g. 15 Felipe Correia Rabelo 15 Ana Correia s.g. N 15 FELIPE CORREIA RABELO fº. de Gonçalo Correia N 14 (foi Escrivão em Barcelos) Moço da Câmara da Sereníssima Casa de Bragança; casou com Catarina Tinoco de Sá filha de António Tinoco de Sá 16 Valentim Correia Rabelo, ou Martim 16 Felipe Correia, Juíz dos Órfãos da Bemposta 16 Gregório Correia, na Índia 16 D. Teodora Correia de Lacerda casou com Gaspar Borges de Azevedo fº. de António Borges, e Maria de Azevedo no ttº. de Pereiras § 12 N 20 16 Maria 16 Angela 16 Potenciana 16 Margarida, solteiras

N 16 VALENTIM, ou MARTIM CORREIA RABELO fº. de Felipe Correia N 15 casou na quinta de Gege com D. Leonor Pereira de Sousa filha de Giraldo da Fonseca, e D. Maria Pereira no ttº. de Coutinhos § 156 N 5 na margem 17 Fernando Pereira s.g. 17 Manuel Correia s.g. 17 D. Maria da Silva 17 Apolónia de Sousa s.g. 17 D. Isabel de Sousa 17 Aleixo Correia s.g. 17 Felipe de Sousa Pereira s.g. 17 Giraldo de Sousa Pereira N 17 D. ISABEL DE SOUSA filha de Valentim Correia Rabelo N 16 casou com o Sargento Mor António Pereira Lima.

§ 28
(este § está em branco no original)

§ 29
(este § está em branco no original

§ 30
N 15 JOÃO CORREIA RABELO fº. de Gonçalo Correia Rabelo N 14 do § 27. Casou em Aveiro com Felipa Rodrigues Barreto 16 Paulo Correia M.e de Campo Governador de Almeida 16 João Correia 16 Gonçalo Correia Rabelo 16 Pedro Correia Rabelo foi para a Índia 16 D. Marta Correia Rabelo casou na Beira N 16 JOÃO CORREIA fº. de João Correia N 15 casou com D. Maria Fialho filha do M.e de Campo João Fialho e D. Maria do Campo.

§ 31
MORGADO DA PONTE DE SANTA MARGARIDA, EM VILA REAL

N 15 ANTÓNIO CORREIA RABELO fº. de Gonçalo Correia Rabelo N 14 do § 27 morou na cidade de Braga. Casou com D. Maria da Rocha filha B. de Sebastião da Rocha Abade de Negrelos, ou Negreiros, e sua amiga Ana Fernandes neta paterna de João Gomes da Rocha, e Margarida Pimentel, e materna de João Gonçalves de Vila Verde, e Margarida Fernandes filha de António Fernandes de Vilaça 16 Manuel Correia Rabelo 16 Luís Correia Rabelo Reitor de Rio Covo junto de Barcelos teve B. mas é mais certo ser o abaixo 17 Manuel Correia Rabelo que serviu de Juíz dos Órfãos em Barcelos casou com Maria Josefa de Carvalho e teve 18 .......................................... 16 Fr. Gabriel frade Agostinho 16 D. Francisca freira na Conceição N 16 MANUEL CORREIA RABELO fº. de António Correia Rabelo N 15 foi cidadão da cidade de Braga, casou por escritura na Nota Geral de Braga de 20 de Outubro de 1659 com D. Páscoa Tinoco de Araújo filha de Maria Tinoco de Freitas e seu marido Inácio Francisco no ttº. de Tinocos de Braga § 13 N 4; a este Manuel Correia Rabelo fez doação em 6 de Agosto de 1652 António da Ponte, e Ana de Ponte talvez seriam irmãos de seu avô. 17 D. Luís de Lacerda, frade Cruzio 17 Fr. António, Graciano

17 D. Catarina Correia de Lacerda m.er de Luís de Maia e Coimbra filha de Mariana de Barros, e seu marido João da Maia c.g. no ttº. de Barros § 3 N 12 17 Miguel Correia de Lacerda 17 Jacinto Correia de Lacerda casado com D. Maria de Alvim e Sousa filha de Fernão Pinto de Mesquita, e sua m.er D. Isabel de Sousa da quinta de Vilarinho de S. Romão de Vila Real muito contra vontade de seus parentes, e não sei a razão 17 D. Ana 17 D. Francisca, freiras nos Remédios 17 Luís Correia Rabelo Reitor no Rio Covo que teve B. 18 Manuel Correia Rabelo que serviu de Juíz dos Órfãos em Barcelos casado com Maria Josefa de Carvalho com geração extinta 17 Fr. Gabriel, frade da Graça N 17 MIGUEL CORREIA DE LACERDA fº. de Manuel Correia Rabelo N 16 foi Cap.am Mor dos Coutos de Braga, e Sr. da Casa de seu pai, e do Morgado da Ponte em Vila Real. Casou com D. Joana de Castro e Luna Monterroyo, filha H. de António Teixeira de Azevedo Moço Fidalgo da Casa Real Sr. do Morgado de Ponte em Vila Real, e sua m.er D. Maria de Castro e Silva neta paterna de Miguel Figueiroa Sr. da quinta da Telheira junto de Lisboa, Fidalgo da Casa Real, e sua m.er D. Ventura Eugénia Monterroyo filha esta do Dr. Francisco Monteiro Monterroyo, e sua m.er D. Margarida de Luna Sotomayor filha esta do Sr. da Casa de Lanhelas no ttº. de Bacelares § 42 N 19; 2ª neta de António de Figueiroa de Azevedo Coutinho Fidalgo da Casa Real, Comendador de Valongo, e sua m.er D. Felipa de Carvalho do Amaral filha esta de Lopo da Fonseca Sr. do Morgado de Sapinhos; e neta pela parte materna de João de Barros Beça Carneiro Sr. do Morgado da Ponte, e sua m.er D. Joana de Castro da Silva filha esta de Bartolomeu da Cunha e Castro Fidalgo da Casa Real (fº. de Francisco da Cunha e Castro Fidalgo da Casa Real) e sua m.er D. Maria de Faria da Silva filha esta de João de Faria e Maria da Silva; 2ª neta de João de Barros Sr. do Morgado da Ponte em Vila Real (ver Costado Tomo 2 fls. 33) e sua m.er D. Guiomar de Barros filha de Manuel de Beça ttº. de Jacomes § 11 N 10 ttº. de Gouveias § 110 N 15 ttº. de Bacelares § 42 N 19 18 Luís Manuel Correia de Lacerda, morreu sem estado 18 António Figueira Correia de Lacerda 18 Francisco de S. Teresa, Loio N 18 ANTÓNIO FIGUEIRA CORREIA DE LACERDA fº. de Miguel Correia de Lacerda N 17 foi Sr. da Casa de seu pai (ver Tomo 1º de Cost. fls. 157). Casou com D. Mónica Teresa de Passos Pimentel filha de Manuel António Carneiro do Avelar e sua m.er D. Inês de Barros Pimentel de Alijó, neta paterna de António Carneiro de Avilez (era fº. de Amaro Teixeira de Sampaio e sua m.er Maria de Avilez; descendem de Francisco Avilez Ramires Fidalgo Espanhol que passou a Portugal e casou no Casal de Vacas, e a 2ª vez em Águas Frias = ver Pequenos § 2 sub N 11) e sua m.er D. Maria Veloso e materna de Nuno Teixeira de Mesquita, e D. Maria de Barros Pimentel ttº. de Teixeiras § 90 N 22 19 José de Castro Correia de Lacerda, Tomo 1º do Cost. N 157 19 Luís Manuel de Castro morreu sendo Reitor de Alijó 19 Manuel de Castro Correia de Lacerda § 32 19 Francisco de Castro Correia de Lacerda, Padre Loio N 19 JOSÉ DE CASTRO CORREIA DE LACERDA fº. de António Figueira Correia de Lacerda N 18 (Fidalgo da Casa Real) é Sr. do Morgado da Ponte em Vila Real, casou com D. Ana de Mariz Sarmento filha de Francisco Manuel de Mariz Sarmento de Água Revez, Cap.am Mor e Ouvidor de Murça e sua m.er D. Teodora Teixeira de Lobão, neta paterna de Manuel de Mariz Sarmento de Água Revez e D. Bárbara Sampaio, e neta materna de José Caetano Teixeira Ouvidor em Murça no ttº. de Figueiredos § 49 e § 52 N 17 e Morais § 4 20 António de Castro Correia de Lacerda 20 Francisco de Castro 20 José de Castro 20 D. Maria Henriqueta 20 Angélica N 20 ANTÓNIO DE CASTRO CORREIA DE LACERDA fº. de José de Castro Correia de Lacerda N 19 (Fidalgo da Casa Real e Sr. do Morgado da Ponte em S. Margarida de Vila Real, Padroeiro da Capela de Nossa Senhora da Guia junto à mesma vila, e Sr. da Casa de Alijó) é Sr. do Morgado da Ponte e casou com sua prima D. Carlota Joaquina de Castro filha de Manuel de Castro Correia de Lacerda Tenente Coronel de Cavalaria, e sua m.er D. Caetana Josefa Margarida neste ttº. § 32 N 19

21 Teresa de Castro terá 2 anos em 1818 21 Inácia de Castro terá 6 meses em Abril de 1818 § 32 N 19 MANUEL DE CASTRO CORREIA DE LACERDA fº. de António Figueira Correia de Lacerda N 18 do § 31 seguiu a vida militar, é Tenente Coronel de Cavalaria do Ajudante Geral do exército. Casou com sua parente D. Caetana Josefa Margarida Pinto de Melo, filha H. de José António de Resende e Melo do lugar de Barreiros concelho de Monforte do Rio Livre, e de D. Feleciana Pinto Correia de Melo do lugar de Ferradoza concelho da Torre de D. Chama, neta paterna de Miguel Bernardo de Resende do lugar de Águas Frias de Monforte de Rio Livre, e sua m.er D. Clara de Resende do lugar de Barreiros, e neta materna de Belchior da Rosa Pinto de Andrade, e sua m.er D. Teodora de Sampaio do lugar da Veiga da Lila no ttº. de Rosas § 2 N 6 20 D. Carlota Joaquina de Castro casou com António de Castro Correia de Lacerda Fidalgo da Casa, seu primo fº . de José de Castro Correia de Lacerda e sua m.er D. Ana de Mariz neste ttº. § 31 N 10 20 D. Carolina Amália de Castro, solteira § 33 (este § está em branco no original) § 34
QUINTA DE PROENCE

N 14 MARIA RABELO filha de Antónia Rabelo N 13 do § 27 casou na mesma quinta de Proence com António Lopes Cerqueira fº. de Gregório Lopes Cerqueira, e sua m.er Leonor Fernandes de que tratamos no ttº. de Cerqueiras § 61 N 6 15 André Lopes Correia 15 Ana Correia Rabelo casou na quinta do Avelar em Braga com André Jacome de Sousa fº. de Felipe Jacome de Sousa Sr. da Casa do Avelar, e sua m.er Ana Bravo da Costa c.g. no ttº. de Jacomes § 1 N 7 15 Catarina Correia § 80 15 Luísa Correia § 45 15 Gregório Correia Rabelo § 41 15 Isabel Lopes Cerqueira § 42 15 Leutério Correia N 15 ANDRÉ LOPES CORREIA fº. de Maria Rabelo N 14 foi Sr. da quinta de Proence (a quem sua 2ª tia Ana Correia deixou a quinta de Proence). Casou com D. Ana Bezerra filha de Gaspar Pais 16 Gonçalo Correia 16 Leutério Correia Campo § 35 16 D. Maria Correia m.er de Francisco da Rocha de Viana (esta Maria se acha casada no ttº. de Cardosos § 49 N 2 com Álvaro Cardoso o que não sigo). N 16 GONÇALO CORREIA DO CAMPO fº. de André Lopes Correia N 15 casou , foi Ouvidor Geral da Índia, e morreu na mesma viagem teve B. 17 B. Gonçalo Rabelo N 17 GONÇALO RABELO fº. B. de Gonçalo Correia N 16 casou com Mariana Pires, ou Álvares natural de Santa Eulália de Gaifar 18 Leutério Correia de Sandiains c.g. 18 Gonçalo Correia s.g. 18 Ursula Correia s.g. 18 Esperança Correia casada com Manuel Pires c.g. 18 ....................................., casada com Paulo Francisco de S. Lourenço 18 António Rabelo casado na Alheira c.g. § 35
QUINTA DE PROENCE

N 16 LEUTÉRIO CORREIA CAMPO fº. de André Lopes Correia N 15 do § 34 foi Governador de Melgaço, teve filhos bastardos mas por tais reconhecidos a quem deixou a sua quinta de Proence, e depois André Jacome de Sousa se meteu nela por cento e cinquenta mil réis que lhe devia, e por isso lha rematou, valendo mais 20 mil Cruzados 17 B. Violante Correia de Lacerda 17 B. Maria do Rego § 40 17 B. Manuel Bezerra do Campo Cavaleiro da Ordem de Cristo casou com D. Antónia Correia filha de Francisco Pires, teve 18 Caetano Correia c.c. D. Maria Rabelo s.g. 18 Ventura Correia de Lacerda, casada N 17 VIOLANTE CORREIA DE LACERDA filha de Leutério Correia N 16 que a teve em Maria Álvares por alcunha a Galega filha do Cap.a, do Assento de Santa Eulália de Gaifar a qual perfilhou; casou com Domingos Silvestre de Passos da quinta de Proence e se mudaram por dúvidas com seu pai para a quinta do Faial na freguesia da Igreja Nova 18 Maria Correia 18 Ana Correia do Campo § 38 18 Teodósia 18 Faustina s.g. 18 Francisca Correia s.g. 18 Esperança s.g. 18 Lino Correia de Lacerda § 39 18 David Lopes s.g. N 18 MARIA CORREIA filha de Violante Correia de Lacerda N 17 casou com Francisco Barbosa de Almeida fº. B. de Teodósio Barbosa de Almeida da cidade de Braga morador ma Rua do Souto que era aí, veio de Viana que o teve de Madalena Gonçalves do Toural de Lanhelas 19 Leonardo Barbosa 19 Florência Barbosa § 36 19 Violante Correia § 37 N 19 LEONARDO BARBOSA DE ALMEIDA fº. de Maria Correia N 18 casou com Maria Pereira já viúva de seu primo carnal Ventura Correia de Lacerda 20 Dionísio Barbosa de Almeida 20 Leonardo Barbosa 20 José Pereira § 36 N 19 FLORÊNCIA BARBOSA filha de Maria Correia N 18 do § 35 casou em Gaifar com João Álvares do Assento 20 Maria Álvares Barbosa 20 Francisco Barbosa s.m.n. N 20 MARIA ÁLVARES BARBOSA filha de Florência Barbosa N 19 casou com João Álvares Barreto. § 37 N 19 VIOLANTE CORREIA filha de Maria Correia N 18 do § 35 casou na freguesia da Igreja Nova com João Fernandes 20 José Fernandes Correia 20 Maria Josefa Correia § 38 N 18 ANA CORREIA DO CAMPO filha de Violante Correia N 17 do § 35 casou com António Machado da Vila de Prado 19 Felipe, frade 19 Teresa Correia, casada com Francisco Vieira s.g. § 39

N 18 LINO CORREIA DE LACERDA fº. de Violante Correia N 17 do § 35 casou com Catarina Ribeiro filha do Abade de Covas de Barroso irmão de Teodósio Barbosa de Almeida prima carnal do dito Francisco Barbosa 19 Francisco Correia de Lacerda casado em Valença, teve 20....................................., frade 19 Lautério Correia de Lacerda s.g. 19 Violante Correia, s.g. 19 Luísa Antónia s.g. 19 Luís Barbosa N 19 LUÍS BARBOSA DO VALE fº. de Lino Correia de Lacerda N 18 casou em Viana com uma sua prima Josefa Ferreira filha do Tenente Martinho Ferreira Cerdete e sua m.er Maria Correia no § 40 N 19 20 Luís ........................................... § 40 N 17 MARIA DO REGO filha B. de Lautério Correia do Campo N 16 do § 35 teve do Vigário de Darque 18 Constantino Correia N 18 CONSTANTINO CORREIA fº. de Maria do Rego N 17 que estando desposado com sua prima Maria Correia a não recebeu por fazer uma morte, e lhe ser nrº. tomar ordens falsas, teve B. 19 Maria Correia N 19 MARIA CORREIA filha B. de Constantino Correia N 18 casou com o Tenente Martinho Ferreira Cardete de Viana 20 D. Josefa Ferreira casada com seu primo Luís Barbosa do Vale neste ttº. § 39 N 19 20 Rosa Correia N 20 ROSA CORREIA filha de Maria Correia N 19 casou em Darque com Manuel de Oliveira Tição. § 41 N 15 GREGÓRIO CORREIA RABELO fº. de Maria Rabelo N 14 do § 34 36. Foi casar à vila de Viana com D. Maria Lobo filha de Fernão da Rocha Lobo, e sua m.er D. Ana Lobo Barreto no ttº. de Barretos Velhos de Viana § 1 N 4 16 António Correia Rabelo 16 Gomes Correia Rabelo § 43 16 Fernando Correia Rabelo § 44 N 16 ANTÓNIO CORREIA RABELO fº. de Gregório Correia Rabelo N 15 foi Cap.am de Cavalos, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Escrivão da Alfândega de Viana; casou com D. Ursula da Silva da cidade de Braga, filha de Gregório Soares, e sua m.er Escolástica Gomes da Silva 17 D. Francisca Lopes Sotomayor casada com Fradique de Araújo Cerveira c.g. no ttº. de Araújos § 22 N 27 17 B. António Correia Rabelo 17 B. Antónia Correia vivia casada em 1703.

§ 42
N 15 ISABEL LOPES CORREIA filha de Maria Rabelo N 14 do § 34. Casou em Docaons com Salvador de Abreu filho de Jorge de Abreu Abade de Vilar, ou Jorge de Barros o Português Abade de Vilar 16 António de Abreu casado com Luísa de Brito filha de João Mendes de Faria, e neta de Rayo de Cossourado 16 Ana Correia 16 Paulo Correia de Andrade de Neiva
36

Passou-se-lhe o foro de Moço Fidalgo, do qual vi cópia em que se diz eram seus avós Fidalgos da Casa de Bragança de que se passou o Alvará com il réis de moradia por mês, e um alqueive de cevada em 29 de Julho de 1646 Registado no Cartório ou Escrivão da Câmara dos Arcos em 22 de Fevereiro de 1716, em que era Escrivão Baltazar Pereira Pinto a fls. 22 vº. e nos Livros da Câmara da Barca a fls. 22 vº. Acha-se registado no Livro nono de Registo da Câmara de Viana a fls. 137 vº

N 16 ANA CORREIA filha de Isabel Lopes Correia N 15 casou com Henrique Soares Barreto, ou Afonso Soares Barreto s.g.

§ 43
N 16 GOMES CORREIA RABELO fº. de Gregório Correia Rabelo N 15 do § 41 casou em Viana do Minho com D. Maria da Cunha filha de António da Cunha Barbosa e Bárbara da Silva Rangel ttº. de Regos § 50 N 8 17 Francisco da Rocha Lobo 17 D. Margarida Lobo § 46 17 António da Cunha, Clérigo 17 José Lobo, Clérigo (todos, apresentaram em 1719) N 17 FRANCISCO DA ROCHA LOBO fº. de Gomes Correia N 10 foi Juíz das Cizas de Viana do Minho, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou com D. Helena de Seixas filha de Domingos Martins Tourinho, e Maria de Seixas 18 Roque da Cunha Lobo 18 Manuel da Rocha Lobo 18 Francisco da Rocha Lobo 18 Fernando Lobo Sotomayor 18 D. Helena, vivos em 1727.

§ 44
N 16 FERNANDO CORREIA RABELO ou FERNANDO DA ROCHA LOBO fº. de Gregório Correia Rabelo N 15 do § 41 casou (em Friestelas) com Mariana da Cunha irmã de sua cunhada, e filhas de António da Cunha Barbosa, e sua m.er Bárbara da Silva Rangel ttº. de Regos § 50 N 8 17 Fernão Lobo Sotomayor 17 Fr. Gregório frade de S. Francisco 17 António Correia, Sacerdote 17 Francisco da Rocha, Clérigo 17 D. Paula (todos, apresentaram em 1719) N 17 FERNÃO LOBO SOTOMAYOR fº. de Fernão Correia N 16 casou em S. Jorge com D. Maria de Antas Cerqueira filha de António Cerqueira de Antas, e Catarina Dias Cerqueira no ttº. de Cerqueiras § 79 N 9 18 D. Ana Maria Sotomayor m.er de Pedro Pinto Lobo Sargento Mor de Infantaria no ttº. de Brandões § 17 N 14 e neste ttº. 18 D. Micaela 18 D. Paula, freiras em S. Ana de Viana.

§ 45
QUINTA DE SANDIAINS

N 15 LUÍSA CORREIA filha de Maria Rabelo N 14 do § 34 casou na vila da Barca com Pedro de Araújo Cerqueira escrivão dos Órfãos em Penela, fº. de Martim Gonçalves Cerqueira e sua m.er Maria Araújo 16 Pascoal de Araújo N 16 PASCOAL DE ARAÚJO fº. de Luísa Correia N 15 casou na quinta de Sandiains com Brígida da Costa s.g. teve B.B. 17 Fr. Vicente, Domenico 17 Luísa de Araújo Correia

N 17 LUÍSA DE ARAÚJO CORREIA filha B. de Pascoal de Araújo N 16, casou no Couto de Cabaços com João Ribeiro Fagundes, e viveram na quinta de Sandiains 18 Acácio Ribeiro s.g. 18 Gabriel Ribeiro Fagundes 18 Martinho Ribeiro s.g. 18 Paula 18 Maria N 18 GABRIEL RIBEIRO FAGUNDES fº. de Luísa de Araújo Correia N 17 foi casado com Bernarda Barbosa filha de Baltazar Fernandes Cardoso, e Catarina Martins 19 Baltazar Ribeiro Fagundes, Cap.am 19 Violante Correia Fagundes 19 Manuel José s.g. 19 Francisca Teresa 19 Francisca Fagundes Correia 19 Laura 19 Ana Maria .

§ 46
N 17 D. MARGARIDA LOBO filha de Gomes Correia Rabelo N 16 do § 43. Casou em Darque com Domingos Ferreira Coutinho fº. de Belchior de Barros e sua m.er Maria Ferreira Coutinho no ttº. de Jacomes § 3 N 8 (vai nos Jacomes § 19) 18 António da Cunha Coutinho 18 D. Mariana Josefa Sotomayor Coutinho 18 D. Teresa N 18 ANTÓNIO DA CUNHA COUTINHO fº. de D. Margarida Lobo N 17 casou em Darque com D. Ursula Correia Jacome filha de Domingos Martins Vieira Cap.am de Mar e Guerra, e sua m.er D. Maria Correia Jacome, e neta paterna de Manuel de Carvalho no ttº. de Lopes da Barca § 6 N 7 (D. Maria Correia Jacome era filha de Sebastião Correia do Lago, e sua m.er Leonor Jacome filha esta de Diogo Mendes Jacome, e sua m.er Madalena Barbosa, parece ttº. de Jacomes § 45 N 9 sub N 7; Sebastião Correia Jacome era filho de Gonçalo Romeu do Lago, e sua m.er Isabel Correia Sardinha e neto paterno de António Lopes e Marta Aranha no ttº. de Lopes da Barca § 6 N 7) 19 Manuel da Cunha 19 Jorge da Cunha 19 Francisco da Cunha 19 D. Maria Teresa Lobo Sotomayor m.er de Domingos Barbosa Duarte fº. de Manuel Domingos Barbosa e sua m.er Marta Francisca c.g. no ttº. de Barbosas § 206 N 28 N 19 MANUEL DA CUNHA fº. de António da Cunha N 18 foi Sr. da Casa de seu pai e casou com D. Rosa da Costa filha de D. Vitória de ........................... e seu marido ................................ da Casa do Bravio no Couto de Capareiros António da Cunha 20 Alexandre 20 D. Ursula 20 D. Antónia, todos novos.

21 22 23 24

§ 47
N 9 NUNO RABELO fº. de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou com ........................................................... 10 Gil Rabelo Cardoso N 10 GIL RABELO CARDOSO fº. de Nuno Rabelo N 9 tirou Brasão de Armas em 1536. Casou com Isabel Rodrigues do Amaral filha de João Rodrigues do Amaral, ou Pedro Rodrigues do Amaral Conde Palatino e que teve muitos privilégios no ttº. de Amarais § 14 N 1 11 Gonçalo Rabelo 11 Nuno Rabelo Cardoso § 48

N 11 GONÇALO RABELO fº. de Gil Rabelo N 10 casou com sua parente Joana Dias Cardoso filha de Pedro Dias Rabelo, e sua m.er D. Felipa de Meneses neste ttº. § 49 N 9 = era Gonçalo Rabelo Administrador dos Banhos de S. Pedro do Sul 12 Nuno Rabelo Cardoso 12 D. Melícia Cardoso § 50 12 Domingos Cardoso § ... 12 Francisco Rabelo § 65 12 António Rabelo de Bouzela 12 Mécia Cardoso c.c. Jorge de Vasconcelos que morreu nos Coutos de Baixo N 12 NUNO RABELO fº. de Gonçalo Rabelo N 11 viveu em Bouzela foi Dezembargador casou em Viseu, com D. Ana de Figueiredo Castelo Branco filha de Francisco Lopes Castelo Branco, e sua m.er Águeda de Figueiredo filha de Luís Loureiro de Figueiredo, Fidalgo da Casa Real, Sr. do Morgado de Boa Aldeia, e neto de Luís Loureiro, 2ª neta de Luís Annes Loureiro fundador da Igreja de Silgueiros no ttº. de Abreus § 88 N 11 13 Miguel Rabelo Castelo Branco 13 D. Maria Rabelo m.er de Diogo de Sousa de Viseu c.g. § 78 13 D. Joana Rabelo m.er de André Leitão c.g. que teve a possessão de Medronhoza o qual depois de viúvo foi M.e Escola de Viseu 13 D. Águeda de Figueiredo casou em Penalva com Miguel de Almeida que teve a possessão da Póvoa de Sobrinhos c.g. 13 D. Brites Rabelo m.er de Diogo de Miranda Vilhegas c.g. no ttº. de Vilhegas § 1 N 9 N 13 MIGUEL RABELO DE CASTELO BRANCO fº. de Nuno Rabelo N 12. Foi Provedor de Lamego, e depois Corregedor no Porto no ano de 1615. Casou 1ª vez com D. Marta Rosa, do Barreiro, além de Lisboa 14 Nuno Rabelo 14 ...................................., Abade de Prado 14 D. Francisca freira em S. Bento do Porto 14 André Rebelo casou em Toins com Domingas Cardoso filha de António Cardoso, e Felipa Cardoso N 14 NUNO RABELO fº. de Miguel Rabelo N 13 casou no Peso da Régua com ...................... filha de Jerónimo Diniz Pinto.

§ 48
N 11 NUNO RABELO CARDOSO fº. de Gil Rabelo N 10 do § 47 casou com D. Ana de Figueiredo Castelo Branco 12 D. Joana Rabelo N 12 D. JOANA RABELO filha de Nuno Rabelo N 11 casou com André Leitão (Cavaleiro da Orem de Cristo, Dezembargador e depois de viúvo Juíz Geral das 3 Ordens Militares e M.e Escola da Sé de Viseu), fº. de António Lopes Leitão Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo e sua m.er D. Branca de Andrade ttº. de Leitões § 102 N 10. 13 Nuno Leitão Pereira 13 O Dr. Manuel Leitão M.e Escola de Viseu por renúncia de seu pai 13 D. Maria m.er de seu parente Belchior de Figueiredo s.g. 13 D. Branca Pereira que casou em Vouzela s.g. N 13 NUNO LEITÃO PEREIRA fº. de D. Joana Rabelo N 12 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, casou com D. Ana Soares de Alvergaria filha H. de António Soares de Alvergaria e sua m.er D. Mécia Vaz do Amaral ttº. de Soares de Albergaria § 14 N 16 ttº. de Almeidas § 56 N 20 14 Manuel Leitão Pereira que foi 2º marido de D. Francisca de Almeida filha de D. Brites de Almeida, e de Inácio Ferreira Lemos Sr. do Morgado do Tojal c.g. no ttº. de Coelhos § 6 N 27 14 D. Eufémia Pereira m.er de Rui Lopes de Sousa, ou Diogo Lopes de Sousa Sr. de Bordonhos 14 D. Joana Rabelo m.er de seu parente Manuel de Abreu Castelo Branco 14 António Leitão, Cónego da Sé de Viseu.

§ 49
N 9 PEDRO DIAS RABELO fº. de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou com D. Felipa Minou de Gouveia filha de Gil Afonso de Gouveia e sua m.er Maria Minou no ttº. de Gouveias § 68 N 12 10 Gil Rabelo de Gouveia 10 Domingos Cardoso de Gouveia § 53 10 Joana Dias Rabelo casada com seu parente Gonçalo Rabelo fº. de Gil Rabelo no § 47 N 11 N 10 GIL RABELO CARDOSO DE GOUVEIA fº. de Pedro Dias Rabelo N 9 casou com D. Isabel Rodrigues do Amaral filha de João Rodrigues do Amaral no ttº. de Amarais § 14 N 1 11 Lopo Rabelo Cardoso 11 João Rabelo Cónego em Lamego 11 D. Joana ou Isabel Rabelo m.er de Martim de Tavora fº. de Jerónimo de Tavora c.g. no ttº. de Campos Tavoras § 8 N 3.

§ 50
N 12 MELÍCIA CARDOSO filha de Gonçalo Rabelo N 11 do § 47 casou com Jorge Mendes de Vasconcelos que morou nos Coutos de Baixo junto de Viseu, fº. de Antónia Figueiredo, e seu marido António Correia de Vasconcelos no ttº. de Figueiredos § 55 N 10 (vão os mais nos Figueiredos § 55) 13 António de Vasconcelos Cardoso N 13 ANTÓNIO DE VASCONCELOS CARDOSO fº. de Melícia Cardoso N 12 casou com Isabel Moreira Cardoso filha de Manuel Rodrigues Cardoso, e sua m.er Isabel Moreira no ttº. de Cardosos § 72 N 1 14 D. Melícia Cardoso que casou com António Rodrigues Loureiro de Castelo Branco fº. de António Rodrigues Loureiro, e sua m.er Ana Cardoso de Abreu c.g. no ttº. de Loureiros § 29 N ...; foi António Rodrigues Loureiro Padroeiro de S. João Baptistas da Vila do Souto.

§ 51
CASA DA ANTA

N 9 MARIA AFONSO RABELO filha da 2ª m.er de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou com Gastão Teixeira Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa da Anta (ver Teixeiras § 67 veja-se o ttº. de Leites § 22 e ttº. de Mesquitas § 21 N 5 veja Costado Tomo 1º fls. 222) 10 D. Maria Cardoso Teixeira 10 D. Joana ou D. Catarina Teixeira casou com António Fernandes Leite fº. de Ana Fernandes Leite c.g. no ttº. de Leites § 22 N 3 levou o Prazo de Anta 10 Cecília Teixeira § 85 N 10 D. MARIA CARDOSO TEIXEIRA filha de Maria Afonso Rabelo N 9 casou com Rui Gonçalves de Carvalho fº. de D. Maria Rodrigues de Carvalho, e seu marido Gonçalo de Barros de Araújo no ttº. de Carvalhos § 125 N 10.

§ 52
MORGADO DAS CALDAS

N 9 CATARINA DIAS RABELO filha da 1ª m.er de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou no Porto com Álvaro Dias da Torre que morava na Banharia numas casas grandes em 1478 10 Lopo Rabelo que foi Sr. da Casa de seu pai e muito rico e instituiu o Morgado das Caldas. Casou com Isabel Carneiro filha de Vasco Carneiro o Velho, e sua m.er no ttº. de Carneiros § 80 N 9 c.g. teve Lopo Rabelo fº. B.B. Casou 1ª vez Lopo Rabelo com Leonor Dias Correia s.g. Lopo Rabelo casou 2ª vez com Isabel Dias sobrinha de Leonor Dias Correia e teve 11 Ana Rabelo casada em Vila do Conde com João Álvares Mariz nos Marizes § ... N ... 11 ............................... Rabelo, na Índia 11 ............................... Rabelo, sem estado

§ 53
N 10 DOMINGOS CARDOSO fº. de Pedro Dias Cardoso N 9 do § 49 casou duas vezes a 1ª com ..................................... 11 António Cardoso de Bertiande N 11 ANTÓNIO CARDOSO fº. de Domingos Cardoso N 10 casou 12 Maria Cardoso Rabelo N 12 MARIA CARDOSO RABELO filha de António Cardoso N 11 casou com Jorge de Andrade 13 António Cardoso 13 Sebastião de Andrade, solteiro teve B.B.

§ 54
N 9 FLORENÇA CARDOSO filha de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou com João Gonçalves de Meira fº. de Fernão Gonçalves de Meira, e sua m.er D. Branca Sr.es da Ribeira por morte de D. Fernando ttº. de Meiras § 1 N 6 (corre no ttº. de Meiras) 10 Domingos Fernandes Cardoso 10 Jerónimo Cardoso de Meira 10 D. Isabel Rabelo m.er de Gonçalo Nunes Barreto c.g. 10 D. Felipa freira em Vila Nova do Porto N 10 DOMINGOS FERNANDES CARDOSO fº. de Florença Cardoso N 9 (corre no ttº. de Meiras § 3 N 8) casou duas vezes a 1ª com D. Leonor Leite filha de Bernardo Gil de Araújo e sua m.er D. Camila Leite Pereira ttº. de Araújos § 106 N 22 c.g. no ttº. de Meiras; casou 2ª vez com Margarida Rabelo Leite filha de João Leite Pereira Sr. da quinta de S. Antoninho, e sua m.er Violante Nunes de Meireles no ttº. de Leites § 27 N 10 c.g. que ali vai.

§ 55
RABELOS, DE CEVADIM

N 9 LOPO DIAS RABELO fº. de Lopo Dias Rabelo N 8 do § 1 casou com .................................................. 10 Inês Dias Rabelo 10 João Rabelo foi a quem o Imperador Carelos 5º acrescentou as Armas dos Rabelos por Provisão passada a 28 de Novembro de 1545 firmada por sua própria mão; na dita Provisão se lhe concederam outras honras, e o fez Cavaleiro da Ordem Militar chamando-lhe o Magnífico, e muito amado, e familiar da Sua Casa, e de seu irmão D. João, dizendo que o dito João Rabelo vinha de bom sangue, e que tinha muitos dons, e virtudes; consta por tradição fora enviado à China cujos negócios a que foi mandado acabou. N 10 INÊS DIAS RABELO filha de Lopo Dias Rabelo N 9 casou com Pedro Lopes Rabelo 11 Felipe Rabelo 11 Francisco Rabelo Vigário da Igreja da Conceição de Lisboa, e depois Abade de Cevadim, tirou Brasão de Armas dos Rabelos em 13 de Abril de 1538 no qual provou vir sem infecção e bastardia desta família. N 11 FILIPE RABELO fº. de Inês Dias Rabelo N 10 tirou Brasão dos Teixeiras e Rabelos em 1604 casou com ............................................. 12 Francisco Rebelo N 12 FRANCISCO REBELO fº. de Felipe Rebelo N 11 foi Cap.am Mor da Vila de Cevadim onde morou. Casou com Felipa Gomes filha de Álvaro Pires, e sua m.er Ana Gomes Rabelo filha de Simão Gomes Rabelo, e Joana Martins; Simão Gomes Rabelo era fº. de João Gomes Rabelo Franco

13 D. Catarina Rabelo que casou e teve 14 D. Guiomar Rabelo segue N 14 D. GUIOMAR RABELO filha de D. Catarina Rabelo N 13 casou com Diogo Cardoso de Almeida fº. de Ana Cardoso e seu marido Afonso Rodrigues Guerra c.g. no ttº. de Cardosos § 25 N 10.

§ 56
OUTROS

N 1 MIGUEL RABELO DE ABREU fº. de .........................................., nasceu em Guimarães foi Moço Fidalgo da Casa Real, Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com Leonor Pacheco, de Ponte de Lima 2 José Rabelo 2 António Rabelo 2 D. Isabel Rabelo N 2 JOSÉ RABELO fº. de Miguel Rabelo N 1 teve o mesmo foro que seu pai foi Cavaleiro de Aviz, casou com D. Maria Bernardes 3 Rui Bernardes Rabelo 3 Francisco Rabelo 3 João Rabelo 3 D. Maria Rabelo 3 António Rabelo N 3 RUI BERNARDES RABELO fº. de José Rabelo N 2 teve o foro de seu pai, e hábito de Aviz, casou com D. Antónia de Bulhões 4 Lopo Rodrigues Rabelo N 4 LOPO RODRIGUES RABELO fº. de Rui Bernardes Rabelo N 3 foi Fidalgo da Casa Real como seus passados, viveu na sua quinta do Outeiro em Fonte Arcada no termo da cidade do Porto onde foi Vereador muitas vezes. Casou com D. Maria Lobo 5 Heitor Rodrigues Lobo N 5 HEITOR RODRIGUES LOBO fº. de Lopo Rodrigues Rabelo N 4 foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou com D. Joana de Azevedo 6 Francisco Rabelo 6 Manuel Rabelo 6 João de Azevedo 6 D. Ana de Azevedo 6 Silvestre Rabelo N 6 FRANCISCO RABELO fº. de Heitor Rodrigues Lobo N 5. Foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo, foi Cap.am Mor da Galé Real em que foi El Rei D. Sebastião a África, onde serviu com cavalos e armas e criados à sua custa, morreu na Batalha de Alcácer com o mesmo Rei. Casou com D. Helena Machado 7 Francisco Rabelo 7 Salvador Rabelo N 7 FRANCISCO RABELO fº. de Francisco Rabelo N 6 foi Fidalgo da Casa Real viveu na cidade do Porto onde foi muitas vezes Vereador; casou com D. Antónia Ferreira filha de António de Seabra, e sua m.er D. Maria Ferreira 8 Felipe Rabelo 8 Pantalião Rabelo 8 Manuel Ferreira Rabelo 8 Silvestre Rabelo N 8 FELIPE RABELO fº. de Francisco Rabelo N 7. Foi Fidalgo da Casa Real tirou o Brasão dos Rebelos; por crimes se ausentou para as Índias de Castela com seus irmãos. Casou com D. Joana de Paiva

9 José Rabelo 9 Francisco Rabelo = o Rabelinho = foi M.e de Campo na Bahia onde fez grandes proezas na guerra dos Holandeses N 9 JOSÉ RABELO fº. de Felipe Rabelo N 8 foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Jerónima de Araújo filha de Manuel Cortez digo filha de Manuel Gonçalves Cortez e D. Francisca de Araújo filha de Jorge Mendes Moço da Câmara de El Rei, e sua m.er D. Genebra de Araújo 10 D. Maria Rabelo de Araújo m.er de Manuel Soares de Carvalho fº. de António Teixeira de Carvalho e sua m.er D. Luísa Ribeiro no ttº. de Carvalhos § 127 15 c.g. 10 D. Leonor Rabelo, morreu nova 10 Rodrigo de Araújo Rabelo Cónego na Sé de Évora.

§ 57
N 5 VASCO ANNES RABELO fº. de João ou Gonçalo Martins Rabelo N 4 do § 1. Foi Comendador do Mosteiro do Souto, termo de Guimarães. 6 Diogo Vasques Rabelo N 6 DIOGO VASQUES RABELO fº. de Vasco Annes ........................................................ 7 Álvaro Dias Rabelo 7 Lopo Dias Rabelo que vai no § 1 N 8 casado com Isabel Vaz Cardoso N 5 casado com

N 7 ÁLVARO DIAS RABELO fº. de Diogo Vasques Rabelo N 6 casou com ............................................... 8 João Álvares Rabelo casado com Inês Fernandes de Macedo que pomos no § 1 N 10 8 Aldonça Rabelo m.er de Duarte Rodrigues de Valadares que dizemos no dito § 1 sub N 9.

§ 58
N 11 ISABEL RABELO filha de João Álvares Rabelo N 10 do § 1 casou com Álvaro Afonso Soares Chanceler da Correição do Minho (foi Álvaro Afonso Soares Sr. da quinta de Mascate no concelho de Regalados) que parece fº. de D. Inês de Eça e seu marido Afonso Soares, e neto materno de Pedro Marinho no ttº. de Marinhos § 2 N 13 12 Francisco Rabelo Soares § 59 12 Gregório Rabelo Soares § 60 12 Cecília Rabelo Soares § 61 12 Catarina Rabelo Soares N 12 CATARINA RABELO SOARES filha de Isabel Rabelo N 11 deste §. Casou com Pedro Nunes de Meireles (Pedro Nunes de Meireles foi Cap.am Mor de Unhão e Sr. da quinta de Mós em Regalados), fº. de Nuno de Meireles e sua m.er no ttº. de Meireles § 1 N 5 13 Camila Rabelo 13 Helena de Meireles 13 Mécia Rabelo N 13 CAMILA RABELO filha de Catarina Rabelo Soares N 12 casou com Gomes Borges fº. de Gonçalo Borges e sua m.er D. Maria Vieira de Sá Sr.es da quinta do Porto, e neto paterno de João de Biscaia Fidalgo Galego e Catarina Annes Borges (era neto Gomes Borges de outro Gonçalo Borges e Catarina Annes de Sá e 2º neto de João de Biscaia e D. Catarina Borges) no ttº. de Vasconcelos § 142 N 20 e ttº. de Borges § 36 14 Cristóvão Rabelo de Meireles Reitor dos Arcos, e Monção 14 Francisca Borges de Meireles § 62 14 Baltazar Borges Rabelo 14 D. Maria Borges de Azevedo § ... vai nos Freires de Andrade § 57 e devia ir aqui N 14 BALTAZAR BORGES RABELO fº. de Camila Rabelo N 12 casou em Besteiros com Maria Gonçalves 15 André Borges 15 Manuel Borges Rabelo, Clérigo

15 Gaspar Borges, Clérigo 15 Ana Vieira Rabelo casada com António Francisco c.g. N 15 ANDRÉ BORGES RABELO fº. de Baltazar Borges N 14 casou com Angela da Costa filha de Amaro da Costa e sua m.er 16 Manuel Borges Rabelo Clérigo teve B. 17 Inácio Borges que casou em Barcelos c.g. 16 António Rabelo Borges 16 Domingos Borges da Costa § 63 16 João da Costa Rebelo N 16 ANTÓNIO RABELO BORGES fº. de André Borges Rabelo N 15 serviu a Sua Majestade no posto de Alferes de Infantaria, e depois de Cap.am de Auxiliares. Casou com Ana de Carvalho filha de Sebastião Antunes Quinteiro e sua m.er Antónia de Carvalho. Sebastião Antunes era fº. de Sebastião o 1º Fidalgo da Casa Real (Sebastião Antunes Quinteiro era fº. de Sebastião Antunes e Maria Quinteiro), como consta de vários documentos em especial de um que está em poder de Manuel António de Sousa que é uma sentença entre partes A Aleixo Antunes de Cazinhado fregª. de p.res R.R. Manuel Pimenta de Brito de S. Veríssimo, e Sebastião Carvalho de Dornelas no ano de 1694 de que foi Escrivão Bento da Silva Tinoco 17 O Cap.am Vetoriano Rabelo Borges 17 Manuel Rabelo Borges 17 Fr. Hipólito Religioso Bento 17 Fr. Jerónimo de S. Miguel, frade Bento 17 D. Clara Ana Maria Borges de Castro casada com Belchior de Azevedo e Vasconcelos fº. de António de Magalhães de Azevedo e sua m.er D. Escolástica de Moura no ttº. de Azevedos § 13 N 26.

§ 59
VALES CAMPOS BARRETOS

N 22 FRANCISCO RABELO SOARES fº. de Isabel Borges N 21 do § 58 casou com Ana de Abreu de Regalados filha de ............................................. 23 Cristóvão Rabelo de Abreu 23 Manuel Rabelo de Abreu 23 António Rabelo de Abreu 23 Francisco Rabelo de Abreu c.c. D. Ana Borges Pacheco no ttº. de Pachecos § 20 N 16 c.g. N 23 CRISTÓVÃO RABELO DE ABREU fº. de Francisco Rabelo Soares N 22 viveu na sua quinta da Torre freguesia de S. Cristóvão 24 Dr. Gregório Rabelo de Abreu 24 Baltazar da Fonseca de Abreu § 66 24 Gaspar de Abreu Rabelo § 67 N 24 O DR. GREGÓRIO RABELO DE ABREU fº. de Cristóvão Rabelo N 23 foi Dezembargador em Braga, Abade de Santa Eulália de Sande (vi umas atestações juradas em como este Gregório de Abreu era dos Abreus de Regalados e os Senhores desta casa o tratavam por isso e a seu fº. Cristóvão) 25 Cristóvão Rabelo de Abreu N 25 CRISTÓVÃO RABELO DE ABREU fº. de Gregório Rabelo N 24 viveu na quinta da Torre em S. Cristóvão. Casou com Ana do Vale Salazar filha de João Salazar de Lemos que foi o que instituiu o Morgado de S. João da Veiga em Penela no ano de 1650, e sua m.er Maria de Sousa da Cunha filha de Gaspar de Sousa da Cunha e sua m.er Ana do Vale de Lemos de S. Martinho de Dume 26 Cristóvão Rabelo Salazar 26 Gregório Rabelo de Abreu 26 Francisco Rabelo de Abreu 26 Leonel Rabelo de Abreu, Clérigo

N 26 CRISTÓVÃO RABELO SALAZAR fº. de Cristóvão Rabelo de Abreu N 25. Casou com D. Mariana Tinoco de Macedo filha de Domingos Tinoco de Sá Cavº. da Ordem de Cristo, e sua m.er D. Custódia de Macedo parece Domingos Tinoco fº. dos postos neste ttº. § 20 N 13 27 Cipriano de Sousa 27 Valério de Abreu 27 Teotónio Salazar 27 D. Teresa 27 D. Joana 27 D. Perpétua 27 Severino N 27 TEOTÓNIO SALAZAR DE SOUSA fº. de Cristóvão Rabelo N 26 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou em Ponte de Lima com D. Ana Josefa de Araújo Pereira filha do Dr. Simão Fernandes de Oliveira, e sua m.er Emerenciana de Oliveira de Araújo, moradores na sua Casa das Pereiras em Ponte de Lima 28 D. Maria 28 D. Rosa casou com o Dr. António José Barbosa de Ponte de Lima s.g. 28 D. Mariana ...................................... § 81 N 28 D. MARIA DE SALAZAR filha de Teotónio de Salazar N 27 é Srª. da Casa de seu pai viveu na freguesia do Vale, e nasceu na freguesia de Rio Mau; casou com Bento Bernardo de Magalhães de Andrade da freguesia do Vale termo dos Arcos fº. de Leonarda de Magalhães Lencoens de Andrade e seu marido Valeriano de Faria da Cunha no ttº. de Araújos § 484 N 26 (Lopes da Barca § 11 N 11) 29 António Magalhães de Salazar Sousa e Abreu c.c. D. Francisca Bernarda de Sousa Lobo Srª. da Casa do Fojo no Cerdal c.g. no ttº. de Barbosas § 37 N 29 29 D. Ana Joaquina de Abreu casada com Caetano José Lourenço do Vale Juíz de Fora que foi em Barcelos e Corregedor de Penafiel, teve 30 José do Vale Campos Barreto de Magalhães e outros 29 D. Angela Rosa de Abreu Caldas casada em Basto com Rozendo de Abreu Sr. da Casa de Albacão no ttº. de Ribeiros § 29 N 7 29 D. Maria Rosa de Abreu 29 D. Inácia Josefa de Abreu Caldas § 84 N 29 D. ANA JOAQUINA DE ABREU CALDAS BACELAR filha de D. Maria Salazar N 28 casou com Caetano José Lourenço do Vale Correia e Freitas Juíz de Fora que foi em Barcelos e Corregedor de Penafiel fº. do Dr. José Lourenço do Vale que foi Juíz de Fora de Almada, e sua m.er Rosa Maria Engrácia de Campos Barreto (ver Costado Livro 4 fls. 200) 30 José do Vale de Campos Barreto § 87 30 Fr. Caetano dos Prazeres 30 Manuel do Vale Freire de Andrade Cap.am do Real Corpo da Brigada do Rio de Janeiro c.c. D. Octaviana filha do Governador das Ilhas das Cobras 30 António do Vale de Abreu Salazar Tenente de Infantaria N 15 30 D. Maria Amália do Vale.

§ 60
N 12 GREGÓRIO RABELO SOARES fº. de Isabel Rabelo de Macedo N 11 do § 58. Casou em Guimarães com Isabel Peixoto 13 Isabel Rabelo Peixoto N 13 ISABEL RABELO PEIXOTO filha de Gregório Rabelo N 12 casou em Guimarães com Manuel Afonso de Freitas 14 André Rabelo Peixoto 14 Gregório Rabelo Peixoto 14 O Dr. João Peixoto Rabelo Dezembargador em Braga 14 Trocato de Barros Peixoto 14 D. Maria Peixoto m.er de Baltazar Pinheiro N 14 ANDRÉ RABELO PEIXOTO fº. de Isabel Rabelo N 13 (o Reitor de Murufe faz este André Rabelo e os que leva por irmãos filhos de seu avô Gregório mas nós seguimos por ora o nosso texto).

Casou com D. Joana de Barros de Faria filha de Francisco de Barros de Faria de Guimarães, e sua m.er Isabel Nunes de Faria ttº. de Barros § 7 N 7 15 D. Maria Peixoto N 15 D. MARIA PEIXOTO filha de André Rabelo Peixoto N 14 casou com Gaspar Nunes de Carvalho Cap.am Mor de Guimarães Fidalgo da Casa Real fº. de Francisco Lopes de Carvalho no ttº. de Carvalhos § 40 N 14 16 D. Mariana Coutinho Ayala 16 D. Isabel 16 D. Brites.

§ 61
LAMOSO EM CALDELAS

N 12 CECÍLIA RABELO SOARES filha de Isabel Rabelo N 11 do § 58 casou com António Pereira Barbosa Rabelo, ou Álvaro Rabelo 13 Brás Rabelo N 13 BRÁS RABELO fº. de Cecília Rabelo Soares N 12. Foi Sr. da quinta de Lamoso e Ponte de Caldelas. Casou 1ª vez com Aldonça Vaz Pereira filha de Pedro Vaz Soares, e sua m.er Mécia Pereira no ttº. de Soares Tangis § 4 N 7 e § 61 14 Fernão Rabelo Pereira 14 Lopo Rabelo Pereira § 68 14 Álvaro Rabelo Pereira § 69 14 Maria Soares Pereira casada com Francisco Aranha, de Braga, teve 15 Isabel Soares c.c. ............................................. vivia em Telhado uma légua de Braga Casou Brás Rabelo 2ª vez com Maria Falcão filha de Joana Marinho e seu marido Lançarote Falcão c.g. no ttº. de Marinhos § 15 N 14. N 14 FERNÃO RABELO PEREIRA fº. de Brás Rabelo N 13 casou com Maria Vaz Barbosa filha de Baltazar Soares e sua m.er Inês Barbosa 15 António Pereira Rabelo 15 Manuel Pereira Rabelo pai do Padre Fernando Rabelo; este Manuel Pereira Rabelo c.c. Violante Madriz Pinheiro filha de Gonçalo Madriz e sua m.er Ana Soares teve 16 Gonçalo Madriz, s.g. 16 O Padre Fernando Rabelo 16 Margarida Rabelo 16 Brites Rabelo 16 Maria Barbosa N 15 ANTÓNIO PEREIRA RABELO fº. de Fernão Rabelo Pereira N 14 casou com Angela Brandão filha de Belchior Fernandes Cerqueira 16 Brás Pereira.

§ 62
N 14 FRANCISCA BORGES DE MEIRELES ou D. MARGARIDA filha de Camila Rabelo N 13 do § 58, casou com João Sanches de Moscozo, em Monção, fº. de Fernão Soares de Moscozo, e sua m.er Mécia de Lira Ulhoa ou Maria de Lira Sotomayor no ttº. de Araújos § 222 N 21; era João Sanches Sr. da Honra de Rodada e S. André de Meder no Reino da Galiza 15 Cristóvão Rabelo 15 Manuel de Lira Ulhoa 15 Helena de Meireles m.er de Marcos Malheiro Pereira Bacelar fº. de António Vaz Bacelar no ttº. de Bacelares § 1 N 14 15 Francisca de Moscozo m.er de D. António Soutelo Prego de Montaons c.g. no ttº. de Araújos § 269 N 27 N 15 MANUEL DE LIRA ULHOA fº. de Francisco Borges de Meireles N 14 casou 1ª vez com Angela Felgueira filha de Baltazar Felgueira e sua m.er Maria Correia s.g.

Casou 2ª vez com D. Ana Soutelo filha de Fernão Soutelo e sua m.er Maria Prego de Montaons ttº. de Araújos § 269 16 João Sanches de Moscozo 16 Bento 16 Simão 16 Fernando 16 Maria Antónia.

§ 63
N 16 DOMINGOS BORGES RABELO fº. de André Borges N 15 do § 58 casou em Refoios do Lima com D. Inês de Araújo filha de António de Araújo, e sua m.er Antónia Fernandes Pereira 17 Narciso Borges de Araújo Bacelar 17 D. Doroteia Borges § 76 17 Joaquim Borges s.g. 17 D. Teodora Borges de Almeida § 77 17 Asencio Maurício Borges s.g. 17 Carelos Malheiro de Araújo Bacelar Vigário da Lama 17 D. Rosa N 17 NARCISO BORGES DE ARAÚJO BACELAR fº. de Domingos Borges N 16 casou na Torre de Moncorvo com D. Antónia Josefa de Lacerda filha do Dr. Manuel Álvares Teixeira e sua m.er D. Isabel Joana de Magalhães de Lacerda filha de António Teixeira de Magalhães Governador que foi de Vila Real, e D. Antónia de Lacerda Lobo 18 D. Vicência Maria Inês 18 D. Ana Luísa 18 D. Josefa Maria Isabel Joana.

§ 64
N 12 FRANCISCO RABELO fº. de Gonçalo Rabelo N 11 do § 47 13 Belchior Rabelo de Esgueira.

§ 65
N 12 AGOSTINHO RABELO fº. de Gonçalo Rabelo N 11 do § 47 13 Brites Rabelo m.er de Diogo de Miranda, de Viseu.

§ 66
N 24 BELCHIOR DA FONSECA fº. de Cristóvão Rabelo N 23 do § 59 casou em Regalados, com Ana da Silva 25 Francisco da Fonseca de Abreu 25 Marta de Barros s.g. 25 Maria da Silva s.g. 25 Eria da Silva casada com António Felgueira de Abreu s.g. N 25 FRANCISCO DA FONSECA DE ABREU fº. de Belchior da Fonseca N 24 foi Escrivão no concelho de Regalados. Casou com Maria de Vilas Boas irmã do Cónego Vilas Boas 26 Belchior da Silva de Abreu, Prior de Águeda, e Cónego em Coimbra 26 Bartolomeu da Silva de Abreu 26 D. Maria da Silva m.er de Luís Pais Corte Real de Aveiro fº. de....................... c. ....................... N 26 BARTOLOMEU DA SILVA ABREU fº. de Francisco da Fonseca N 25 foi Cap.am de Infantaria e de Cavalos, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou na vila dos Arcos com D. Jerónima de Abreu filha de Gaspar de Abreu de Brito, e sua m.er Luísa Brandão s.g.

§ 67

N 24 GASPAR DE ABREU RABELO fº. de Cristóvão Rabelo N 23 do § 59 casou com Isabel Pinto 25 Pedro Pinto Rabelo casado em Ponte de Lima com Mariana Correia Pinto filha de Sebastião Pinto e sua m.er Ana de S. Miguel no ttº. de Correias § 78 N 7 c.g.

§ 68
N 14 LOPO RABELO fº. da primeira m.er de Brás Rebelo N 13 do § 61, casou em Ponte de Lima com Jerónima Barbosa da Gama filha de Pedro Barbosa de Aborim, e sua m.er Maria da Costa da Gama filha de Diogo Álvares no ttº. de Barbosas § 51 N 24 e § 50 N 23 15 Brás Rabelo da Gama Casou 2ª vez Lopo Rabelo com Leonor Gomes Velho filha de Gomes Madriz no ttº. de Barretos Velhos de Viana § 102 N 5 c.g. N 15 BRÁS RABELO DA GAMA fº. de Lopo Rabelo N 14 casou em Ponte de Lima com Inês Correia Barbosa filha de Francisco Correia e Leonor Barbosa de Araújo no ttº. de Aranhas § 2 N 5 16 Pedro Barbosa Pereira N 16 PEDRO BARBOSA PEREIRA fº. de Brás Rabelo N 15 casou 1ª vez com Maria Lobato Pereira filha de João Pimenta Pereira, e sua m.er Maria Lobato de Sousa ttº. de Felgueiras § 41 N 3 17 Helena da Conceição, freira em Braga Casou 2ª vez com D. Leonor de Sá Sotomayor filha de Francisco Rabelo de Sá e sua m.er Ana Pacheco no ttº. de Abreus da Grade § 3 N 5 corre toda esta geração no ttº. de Barbosas § 51 N 26, etc.

§ 69
QUINTA DO TOJAL, EM REGALADOS

N 14 ÁLVARO RABELO PEREIRA fº. de Brás Rabelo N 13 do § 61 casou em Regalados com Branca de Azevedo filha de Gaspar da Silva 15 Francisco Rabelo da Silva 15 Mécia da Silva casada com Francisco Soares nos Arcos 15 Maria da Silva Benevides N 15 FRANCISCO RABELO DA SILVA fº. de Álvaro Rebelo N 14. Foi Sr. da quinta do Tojal em Regalados, casou com Maria Figueira de Castro filha de Miguel de Barros Sr. da quinta de Linhares ttº. de Barros § 2 N 7 16 Álvaro Rabelo Reitor de ..................................... 16 João Rabelo Pereira, na Índia 16 António Pereira s.g. 16 D. Catarina da Silva casada com Francisco de Lima e Melo e teve 17 D. Branca de Lima casada com Matias de Sousa s.g.

§ 70
N 12 ÁLVARO RABELO fº. de Catarina Rabelo N 11 do § 1º casou com Maria Veloso filha de Felipe de Alvelos do Porto, e Mécia Veloso 13 Francisco Rabelo casado com Mécia de Abreu filha de Álvaro Vaz de Abreu Sr. da Torre da Grade, e sua m.er Guiomar Afonso ttº. de Abreus da Grade § 3 N 3 13 Isabel Rabelo Sampaio casada com Álvaro Vaz Mogueimas fº. de Catarina Mogueimas, e seu marido Gaspar de S. Miguel no ttº. de S. Migueis Mogueimas § 1 N 7 c.g. 13 Catarina Rabelo Veloso casada com Pedro de Freitas fº. B. de João de Freitas c.g. no ttº. de Freitas § 22 N 7.

§ 71

N 18 CLARA LUÍSA BORGES filha de Paula Rabelo N 17 do § 20 casou com Pascoal Maciel Aranha da freguesia de Darque de que se trata no ttº. de Macieis § 15 N 9 ou João Maciel Aranha fº. de Domingos Maciel Aranha, e Paula Pires Maciel 19 João Rabelo Maciel 19 Francisco, frade da Costa 19 Rodrigo José Maciel s.g. 19 Maria, morreu menina N 19 JOÃO RABELO MACIEL fº. de Clara Luísa Borges N 18 casou com D. Josefa Sebastiana Luísa da Cunha filha B. de Calisto da Cunha que governou o Maranhão sendo Cap.am de Infantaria 20 João Luís da Cunha s.g. 20 D. Clara s.g. 20 Francisco José da Cunha Rabelo Maciel s.g. teve B. 20 D. Maria, morreu solteira 20 António Diogo da Cunha Maciel, Clérigo 20 D. Antónia Clara da Cunha N 20 D. ANTÓNIA CLARA DA CUNHA filha de João Rabelo Maciel N 19 é Srª. da Casa de seu pai. Casou com José da Cunha Osório proprietário de um ofício do Geral de Barcelos, fº. de Caetano da Cunha Carneiro, e sua m.er D. Maria Josefa Carneiro do Couto de Padroeiro no ttº. de Carneiros § 153 N 22 21 Caetano 21 Francisco 21 Manuel 21 António 21 D. Maria 21 D. Rosa.

§ 72
N 13 D. MARTA RABELO filha de Margarida Rabelo N 12 do § 1 casou com António de Sepulveda natural de Castela 14 Damião de Sepulveda Rabelo

§ 73
N 15 JOÃO DE ANDRADE RABELO fº. de Margarida Cerqueira N 14 do § 7 foi Abade de Ferreiros teve B. 16 Angela de Andrade N 16 ANGELA DE ANDRADE filha B. de João de Andrade Rabelo N 15 casou com Maria Gonçalves da Veiga 17 Jerónimo de Andrade 17 João de Andrade que depois de estudar se casou na Bornaria e teve 18 Felícia de Andrade que teve de seu m.º Pº. 19 João António N 17 JERÓNIMO DE ANDRADE fº. de Angela de Andrade N 16 casou com Angela da Silva filha de Francisco Antunes, e Catarina da Silva Vieira, de Geraz 18 Alexandre de Andrade 18 Jerónimo de Andrade s.g. 18 Manuel de Andrade, morreu indo para o Brasil N18 ALEXANDRE DE ANDRADE fº. de Jerónimo de Andrade N 17 casou a 1ª vez com Domingas Antunes Lages do lugar de Vivenelos da freguesia de Ferreiros 19 Maria Joana 19 Alexandre de Andrade 19 Rosa Maria

Casou 2ª vez Alexandre de Andrade com Escolástica da Silva da Pica de Regalados s.g. N 19 ALEXANDRE DE ANDRADE fº. da 1ª m.er de Alexandre de Andrade N 18 casou com Rosa Maria da Silva filha de Francisco da Silva e sua m.er Benta da Silva da vila de Barcelos 20 Francisco Xavier 20 Francisca Teresa.

§ 74
N 16 JOÃO DE ANDRADE RABELO fº. de Feliciano de Andrade N 15 do § 7 foi Abade de Ferreiros 17 Alexandre de Andrade Rabelo N 17 ALEXANDRE DE ANDRADE RABELO fº. B. de João de Andrade N 16 casou em Lisboa 18 Fr. Miguel dos Sarafins frade Bento 18 João de Andrade Rabelo casado em Lisboa s.g. 18 Teresa de Andrade casada em Braga 18 Fr. Francisco frade Bento.

§ 75
N 16 ANTÓNIO DA ROCHA PIMENTEL fº. de Ambrósio Barbosa N 15 do § 15 casou em Baldreu com Ursula da Costa Barbosa filha de Sebastião Martins, e sua m.er Marinha da Costa, consta da escritura de dote feita na Nota do Tab.am Ambrósio Pimentel por Bento do Rego Barbosa, de 27 de Agosto de 1692 17 Francisca Serafina s.g. 17 Ambrósio Pimentel Barbosa 37 17 Jerónimo Pimentel Barbosa, Clérigo 17 Andreza Maria Pimentel casada com António Barbosa Cap.am Mor de Vila Chão e Larim c.g. no ttº. N 17 AMBRÓSIO PIMENTEL BARBOSA fº. de António da Rocha N 16 38, foi Cap.am Mor da Ordenança e proprietário do Público do Concelho de Regalados. Casou com Joana de Araújo irmã do Padre Agostinho de Araújo Álvares Vigário de Ataens filhos ambos de Bento Álvares Veloso, e sua m.er Luísa de Araújo, irmã de Agostinho de Araújo Abade de S. Estevão de Cantelaens de Vieira filhos de Francisco de Araújo e sua m.er Francisca Fernandes como se vê no ttº. 18 Ambrósio Pimentel Barbosa 18 Francisco Xavier N 18 AMBRÓSIO PIMENTEL BARBOSA fº. de Ambrósio Pimentel N 17 casou na Loureira com Mariana Rodrigues Nogueira filha de António Rodrigues, e Marta Nogueira 19 Marta Teresa 19 Ambrósio 19 Rosa Maria 19 Luísa 19 Andreza 19 Antónia 19 Francisco Xavier 19 Manuel José.

§ 76

Nobiliário de Toriz: N 17 AMBRÓSIO DA ROCHA PIMENTEL fº. de António da Rocha Pimentel N 16 casou com D. Luísa da Mota filha de Domingos Martins, e sua m.er Luísa da Mota 18 Ambrósio Pimentel Barbosa vai no N 17 acima 18 Jerónimo Pimentel, Clérigo 18 Andreza Maria Pimentel m.er de António Barbosa de Sousa Cap.am Mor de Vila Chão e Larim c.g. 38 Este Ambrósio Pimentel diz o Nobiliário de Toriz é filho de Ambrósio da Rocha da Nota anterior e neto de António da Rocha do N 16.

37

N 17 D. DOROTEIA BORGES filha de Domingos Borges N 16 do § 63 casou 1ª vez com Patrício Borges fº. de João da Costa Rabelo, e sua m.er Margarida Borges filha de André Borges Rabelo § 58 N 14 18 D. Maria Teresa Casou 2ª vez com o Cap.am Leonel de Sousa da Silva filho de Miguel de Sousa, e sua m.er Maria da Silva, viúva, de Vieira e ele de Pica 18 Manuel da Silva 18 Carlos José Malheiro 18 D. Teodora de Sousa N 18 CARLOS JOSÉ MALHEIRO fº. do 2º marido de D. Doroteia N 16. Casou com D. Josefa Maria filha de António ............................................, e sua m.er Ana Rodrigues 19 D. Luísa Malheiro.

§ 77
N 17 D. TEODORA BORGES DE ALMEIDA filha de Domingos Borges N 16 do § 63 casou em Trica na Casa do Passo com o Cap.am Bento de Barros de Azevedo fº. de Bento de Barros de Sá, e sua m.er Angela Antónia Vivas 18 Henrique Borges Malheiro 18 José António Rabelo de Meireles na Índia 18 D. Ana Maria s.g. 18 D. Josefa Luísa s.n. 18 Veríssimo de Barros Malheiro 18 D. Luísa Maria 18 Bento de Barros Malheiro N 18 HENRIQUE BORGES MALHEIRO fº. de D. Teodora Borges N 17 casou com D. Josefa Maria da Costa e Silva filha do Sargento Mor José Fernandes da Silva, e sua m.er Joana Rodrigues da Costa naturais da Vila de Monção 19 Henrique José Malheiro 19 D. Luísa Joana 19 D. Joana Maria s.g. 19 D. Rosa s.g. N 19 HENRIQUE JOSÉ MALHEIRO fº. de Henrique Borges N 18, casou com D. Teresa Maria de Azevedo, da Póvoa do Lanhoso filha de Felix de Araújo de Azevedo, e sua m.er Antónia Rodrigues do Vale.

§ 78
N 13 D. MARIA RABELO filha de Nuno Rabelo N 12 do § 47 casou com Diogo de Sousa, ou de Seixas de Viseu, teve 14 António Correia casou com D. ................................. filha do Dezembargador António Barreiros 15 Miguel Rabelo casou em Figueiró dos Vinhos c.g.

§ 79
N 10 ALDONÇA RABELO filha de Álvaro Dias Rabelo N 9 do § 1 casou com Duarte Rodrigues de Valadares 11 Simão Rabelo N 11 SIMÃO RABELO fº. de Aldonça Rabelo N 10 casou com Margarida da Silva 12 João de Valadares casado com Inês dos Guimarães fº. de Cristóvão de Guimarães com geração no ttº. de Guimarães § 1 N 4 12 Diogo Rabelo, solteiro.

§ 80

N 15 CATARINA CERQUEIRA RABELO filha de Maria Rabelo N 14 do § 34 casou com Francisco da Costa Veloso escrivão da Câmara da Vila da Barca filha de ................................................................ c.g. no ttº. de Costas § ... N ... onde vai esta descendência.

§ 81
N 28 D. MARIANA ................................... filha de Teotónio de Salazar N 27 do § 59 casou com seu primo Pedro António irmão de José Bento chamado o papa galinhas 29 ....................................... 29 ......................................., vivem pobres.

§ 82
(este § está em branco no original)

§ 83
N 1 AFONSO LOPES RABELO fº. de .......................................... foi Sr. do Couto de Vilharegas 2 D. Catarina Afonso Rabelo c.c. Rui Lopes de Almeida Amado fº. de Pedro Galafura Amado com geração no ttº. de Amados § 19 N 8.

§ 84
MARQUES DA COSTA

N 29 D. INÁCIA JOSEFA DE ABREU DE CALDAS filha de D. Maria Salazar N 28 do § 59 casou a seu gosto com Casimiro Marques da Costa duas vezes viúvo a 1ª de ...................... de Braga e a 2ª de D. Angélica de Ataíde filha de Miguel de Azevedo de Ataíde da Barca; Casimiro Marques era fº. do Cap.am Francisco Marques da Costa e de Ana Maria de S. José Srª. de um vínculo, filha de Teotónio Vaz Rabelo e sua m.er Antónia Teresa de Araújo Aranha filha de Francisco Cerqueira, e Perpétua de Araújo Aranha 30 D. Maria Augusta de Abreu Caldas c.c. seu primo José do Vale Campos neste ttº. § 87 N 30 c.g. 30 D. Ana Emília de Abreu Caldas.

§ 85
N 10 CECÍLIA TEIXEIRA filha de Maria Afonso Rabelo N 9 do § 51 casou com João da Fonseca natural de Baldigem 11 Pedro da Fonseca Teixeira N 11 PEDRO DA FONSECA TEIXEIRA fº. de Cecília Teixeira N 10 casou com sua parente Brites Teixeira 12 Pedro da Fonseca Teixeira s.g. no Costado fls. 222 do Too 1º.

§ 86
MORGADO DE TROVOENS

N 1 AFONSO RABELO filho de ..................................................., dizem seus descendentes fora Sr. do Castelo de Paiva, o que não seguimos porque era da Casa de Bragança. 2 Cristóvão Rabelo Sr. do dito Castelo 2 Ricardo Rabelo N 2 RICARDO RABELO fº. de Afonso Rabelo N 1. Casou com Catarina de Sousa filha H. de Manuel de Sousa de Ferreirim de Fonte Arcada, e sua m.er Ana Serafina 3 Felipe Rabelo de Sousa N 3 FELIPE RABELO DE SOUSA fº. de Ricardo Rabelo N 2. Casou com Ana Esteves filha de João Esteves o Velho de Trovoens, Cap.am de Auxiliares 4 Jacinto Rabelo Esteves N 4 JACINTO RABELO ESTEVES DE SOUSA fº. de Felipe Rabelo N 3. Foi Cavaleiro da Ordem de Cristo e Inspector das Coutadas Reais de Salvaterra, teve entre outros, não se diz se de sua m.er, se B.

5 Lourenço Rabelo Esteves N 5 LOURENÇO RABELO ESTEVES DE SOUSA fº. de Jacinto Rabelo N 4. Foi Cap.am de Fuzileiros e Governador de Rios de Sena, instituiu o Morgado de S. António de Trovoens em 1632. Casou com D. Eufémia Clara de Azevedo de Ervedoza do Douro filha de João António de Azevedo 6 Gaspar Rabelo de Sousa N 6 GASPAR RABELO DE SOUSA fº. de Lourenço Rabelo N 5. Foi Sargento Mor da Comarca de Trovoens, 2º Sr. do Morgado de S. António. Casou com D. Eugénia Serafina Guedes filha de Cristóvão Guedes e Maria Coutinho de Avelar de Barros 7 Domingos Rabelo Esteves de Sousa N 7 DOMINGOS RABELO ESTEVES DE SOUSA fº. de Gaspar Rabelo N 5. Foi Dezembargador dos Agravos, Comendador de S. Maria de Louras da Ordem de Cristo, 3º Sr. do Morgado de S. António. Casou com D. Catarina Pereira de Sampaio 8 Manuel Rabelo Esteves de Sousa N 8 MANUEL RABELO ESTEVES DE SOUSA fº. de Domingos Rabelo Esteves N 7. Foi Lente da Cadeira de Véspera de Leis, 4º Sr. do Morgado de S. António. Casou com sua prima D. Florência de Sousa 9 Caetano de Sousa Esteves Rabelo N 9 CAETANO DE SOUSA ESTEVES RABELO fº. de Manuel Rabelo N 8. Foi 5º Administrador do Morgado de S. António, Tenente Coronel Reformado em Coronel, Cavº. da Ordem de Aviz. Casou com D. Águeda de Magalhães 10 Manuel Esteves de Sousa N 10 MANUEL ESTEVES DE SOUSA RABELO fº. de Caetano de Sousa Esteves N 9 foi 6º Administrador do Morgado de S. António. Casou com D. Bernarda de Sousa Rabelo, sua parente 11 Francisco José de Sousa Rabelo, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Cap.am de S. João da Pesqueira. Casou com D. Sebastiana Luísa Teixeira Vahia filha de Francisco Teixeira Vahia de Miranda Cap.am Mor de Vila Pouca de Aguiar, e D. Felipa Mendes 2ª m.er c.g. nos Vahias § 2 N 10.

§ 87
VALES CAMPOS BARRETOS

N 30 JOSÉ DO VALE DE CAMPOS BARRETO DE ABREU BACELAR fº. de D. Ana Joaquina de Abreu Bacelar N 29 do § 59. Casou com sua prima D. Maria Augusta de Abreu e Caldas, filha de D. Inácia Josefa de Abreu e de seu marido Casimiro Marques da Costa neste ttº. § 84 N 29 31 Caetano José 31 Manuel Maria, gémeo do anterior 31 José, gémeo dos anteriores, nascidos em 1829.

§ 88
(este § está em branco no original)

§ 89
DE FERREIRIM

N 1 JOÃO RABELO fº. de ....................................................... foi Sr. do Morgado de Ferreirim, casou com Maria de Sousa 2 Manuel Rabelo de Sousa N 2 MANUEL RABELO DE SOUSA fº. de João Rabelo N 1 foi Sr. do Morgado de Ferreirim (era Moço da Câmara de El Rei), casou com Isabel de Sousa filha de António de Sousa e sua m.er Joana de Sousa 3 João Rabelo de Sousa

N 3 JOÃO RABELO DE SOUSA fº. de Manuel Rabelo de Sousa N 2 foi Sr. do Morgado de Ferreirim e da Capela de S. Brás em S. João da Pesqueira. Casou com Ana Sequeira, filha de Manuel de Sequeira Sr. do Morgado, e Capela da Póvoa, e Brites de Sequeira, ttº. de Cardosos § 94 N 8 4 João Rabelo de Sousa N 4 JOÃO REBELO DE SOUSA fº. de João Rabelo N 3. Foi Cavaleiro da Ordem de Aviz, Sr. do Morgado de Ferreirim; casou com D. Maria Mesquita natural de Vilarinho de Castanheira filha de António Botelho Sobrinho, e D. Joana de Mesquita no ttº. de Castros § 146 N 7 5 Miguel Rabelo de Sousa 5 D. Joana de Mesquita e Sousa c. c António Colmeiro de Morais ttº. de Colmeiros § 1 N 6 5 D. Isabel Luísa de Sousa c.c. João Ribeiro da Fonseca c.g. no Costado fls. 180 Tomo 3 N 5 MANUEL RABELO DE SOUSA fº. de João Rabelo N 4 casou com D. Maria Borges de Morais Vidigal filha de Manuel Vaz de Azevedo Vidigal, e sua m.er D. Mariana de Morais Pinto no ttº. de Pintos § 348 N 5 6 Tomás Borges Rabelo de Morais N 6 TOMÁS BORGES RABELO DE MORAIS fº. de Miguel Rabelo N 5 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, Sr. do Morgado de Ferreirim, e S. Cornélio de Lisboa; casou com D. Brites ............................, natural de Esgueira, filha de Tomé Moreira natural de Esgueira e sua m.er D. Josefa Jacinta Cardoso, neta paterna de Manuel Cerqueira Coutinho, e D. Angela do Rego, e materna de Bento Pacheco, e D. Josefa Jacinta 7 D. Maria.

RANGEIS §1 N 1 GONÇALO GONÇALVES é o primeiro de que há notícia viveu junto da cidade de Coimbra na quinta chamada então de Ronge e hoje Rangel 39 que é Solar desta Família e dizem que este Gonçalo Gonçalves e seu irmão Mem Gonçalves alcançaram uma vitória contra os Mouros no sítio da mesma quinta e pela alcançarem emboscando-se entre umas romeiras, tomaram por Armas as Romãs que trazem os desta família, este caso devia ser quando os Mouros cercam Coimbra em 1117. Foi Gonçalo Gonçalves dos mais valorosos cavaleiros do seu tempo e por essa razão se lhe encomendou a reedificação de Soure em 1125 quando o Rei D. Afonso Henriques tomou Santarém aos Mouros em cuja conquista o acompanhou e foi Cap.am dos que foram pela banda do Tejo à escala daquela vila em 1147, foi Armado Cavaleiro na Igreja de S. João de Almedina por mão do Rei D. Afonso Henriques como consta de um Alvará do ano de 1146 e lhe concedeu pudesse acrescentar às suas Armas uma Flor de Liz de Prata em Campo Azul e lhe concede vários privilégios para a dita quinta e solar; casou com ..................................... 2 Diogo Gonçalves N 2 DIOGO GONÇALVES fº. de Gonçalo Gonçalves N 1 sucedeu na dita quinta e mais Casa de seu pai foi do tempo do Rei D. Afonso Henriques e se acham memórias suas no Mosteiro de S. Cruz de Coimbra; casou com ........................................................... 3 Diogo Dias de Coimbra N 3 DIOGO DIAS DE COIMBRA fº. de Diogo Gonçalves N 2 (viveu na sua quinta de Rangel ou Ronge) faz dele menção o Conde D. Pedro digo o livro antigo das Linhagens e dele faz menção o Conde D. Pedro com Notas de Lavanha a fl. 402 N 11 sucedeu em toda a Casa de seu pai , e se chamou de Coimbra por viver junto daquela cidade, foi contemporâneo do Rei D. Sancho I e foi Cap.am e Tesoureiro da Casa da Moeda que então era em Coimbra e por isso lhe chamaram o Moedeiro. Casou com D. Enxamea Pires da Maia filha de D. Pedro Pais da Maia Alferes Mor do Rei D. Afonso Henriques no ttº. de Maias § 2 N 7 4 Vicente Dias de Coimbra N 4 VICENTE DIAS DE COIMBRA fº. de Diogo Dias N 3 faz dele menção o dito Conde D. Pedro a fl. 402 sucedeu na Casa de seu pai e foi Cap.am da Moeda foi muito rico e honrado e viveu pelo tempo do Rei D. Afonso II e D. Sancho Capelo casou com D. Boa Gonçalves Mexia filha de Diogo Gonçalves Mexia e sua m.er D. Elvira de Cambra no ttº. de Mexias § 7 N 6 5 D. Godinho de Coimbra de que não trata o Conde 5 D. Joana Dias de que faz menção o Conde D. Pedro casada com Fernando Rodrigues Cogominho no ttº. de Cogominhos N 5 D. GODINHO DE COIMBRA fº. de Vicente Dias N 4 (Conde D. Pedro ttº. 26 fl. 155). Não faz menção dele o Conde dito fl. 402 entre os filhos de Vicente Dias e só de sua irmã, porém a fl. 191 do ttº. 36 dele fala no casamento de sua filha m.er de Lourenço Gonçalves Magro sem dizer de quem era filho. Viveu no tempo do Rei D. Afonso III passou a Castela onde serviu ao Rei D. Afonso Sábio nas guerras que teve com seu filho e mereceu pelo seu juízo e valor a privança daquele Monarca de que foi válido. Casou com D. Maria Nunes de Gusmão; veja-se Argote de Molina Livro 2 fl. 188 vº. 6 Vicente Godins de Coimbra, que teve 7 D. Maria Vicente m.er de Martim Afonso Alcaforado c.g. 6 Afonso Godins 6 D. Urraca Godins m.er de Rodrigo Afonso Ribeiro c.g. 6 D. Branca Godins m.er de Lourenço Gonçalves Magro Aio do Rei D. Diniz donde vem os Magros

Está situada a quinta de Ronge e hoje chamada Rangel na ribeira que chamam Coselas pouco mais de uma quinta de légua para a parte Norte, tem uma Capela magnífica e tem uma tarja com um letreiro que diz – esta ermida foi feita por João Álvares Rangel Fidalgo da Casa de El Rei D. Afonso V deste nome no ano de 1463 com licença de D. Jorge de Almeida, Bispo que no dito ano era em Coimbra, e por estar arruinada do tempo foi feita toda de novo no ano de 1658 por Brás Rangel Pereira de Sá Fidalgo da Casa de El Rei nosso Sr. É a dita Capela da invocação e orago da Senhora da Conceição tinha esta quinta de Rangel muitos privilégios e entre eles o de se não poder prender nela criminoso algum.

39

N 6 AFONSO GODINS fº. de D. Godinho de Coimbra N 5 (Conde D. Pedro ttº. 26 fl. 155) passou com seu pai a Castela e morto o Rei D. Afonso o Sábio ficou no serviço de seu filho D. Sancho e foi válido do Infante D. Fernando e depois de Rei lhe confirmou o Senhorio da Vila de Celeruche em 19 de Setembro de 1291. Casou em Castela com D. Inês Pires Tenório filha de D. Pedro Rodrigues Tenório e sua m.er D. Teresa Pires Sotomaior 7 Martim Afonso Rangel 7 Estevão Afonso Rangel que defendeu o Castelo de Truzilo onde o socorreram os Corvos, levando-lhe pão para se sustentar e dele vêm os Rangeis de Castela e outros fazem fº de seu irmão abaixo 7 D. Teresa Afonso m.er de João Afonso de Benevides com filhos, s.g. 7 D. Maria Afonso m.er de Dias Sanches de Viedma e dela vêm os Condes de S. Estevão del Puerto e os Benevides em Espanha e quase todas as casas grandes daquele Reino. N 7 MARTIM AFONSO RANGEL fº. de Afonso Godins N 7 é o primeiro em que se principia os Rangeis de Portugal pois sucedeu em toda a Casa de seu pai em Portugal e viveu Reinando o Rei D. Diniz, e nas Inquirições que este Rei mandou tirar das honras, se acha que ele possuía três casais no lugar de Penco freguesia de S. Paio da Riba de Vizela. Fez grandes serviços ao dito Rei D. Diniz. Foi Sr. dos lugares de Ferreiros e Valdanha. Casou com ............................................ 8 Álvaro Martins Rangel 8 Estevão Rangel a quem aconteceu o caso do Cerco de Troxilo que nós fazemos fº. de seu avô que o socorreram os Corvos com pães nos bicos e em memória desta caso tomaram por Armas seis pescoços de corvos 8 Agueda Gonçalves Rangel Instituidora do Morgado dos Rangeis que nomeou em seu irmão e seus descendentes com obrigação do apelido de Rangel pelos anos de 1300 8 ....................................................... N 8 ÁLVARO MARTINS RANGEL fº. de Martim Afonso Rangel N 7 viveu na quinta de Rangel foi Cavaleiro esforçado e serviu a Casa Real no tempo do Rei D. Pedro I e D. Fernando. Foi Sr. de farinha Podre por sua m.er que é um julgado no termo de Pena Cova que largou por sentença que contra ele alcançaram. Casou com D. Brites de Gois filha de Martim Vasques de Gois Sr. de Gois e D. Violante Afonso fº. de Martim Afonso de Melo Rico Homem Sr. Cea Gouveia Celorico Linhares e D. Mécia Vasques filha de Vasco Martins Resende no ttº. de Melos § 1 N 8 9 Sancho Álvares Rangel 9 .............................. 9 .............................. Cónego em Guimarães onde se sepultou e aí se vêm as suas Armas N 9 SANCHO ÁLVARES RANGEL fº. de Álvaro Martins Rangel N 8. Foi Sr. da quinta de Rangel, serviu aos Reis D. Fernando e D. João I, foi de corpo agigantado e muito valente. Casou com D. Urraca Fafes de Gois filha de Álvaro Vasques de Gois, Sr. de Pedra Alcacada 10 Pedro Álvares Rangel, s.g. 10 Afonso Álvares Rangel 10 .............................. Rangel N 10 AFONSO ÁLVARES RANGEL fº. de Sancho Álvares Rangel N 9 foi Sr. da Casa de Rangel foi vassalo do Rei D. João I e por falta de sucessão da Casa de Gois, foi Sr. de Farinha Podre de que lhe fez mercê o dito Rei D. João I como se vê dos Registos da Torre do Tombo em cuja mercê faz menção dos serviços que este Fidalgo lhe fez nas guerras contra Castela. Casou com D. Isabel Henriques filha de D. Afonso Henriques fº. B. de D. Afonso Conde de Gijon fº. B. do Rei F. Henrique 2º de Castela 11 Pedro Álvares Rangel 11 D. Telo Henriques N 11 PEDRO ÁLVARES RANGEL fº. de Afonso Álvares Rangel N 10 (o Rei D. João II o mandou por Embaixador a Inglaterra para matar o Conde de Penamacor). Foi Sr. da Casa de Rangel Fidalgo da Casa Real correu vários Reinos com o Infante D. Pedro que dele fez muita estimação. Casou com D. Inês Sanches de Macedo ou D. Inês Álvares Sanches Camelo irmã do Bispo do Porto D. João Camelo 12 João Álvares Rangel 12 Luís Álvares Rangel § 5 12 D. Diogo Dias Rangel § 17 12 Simão Rangel § 22 12 Brites Álvares Rangel § 31

N 12 JOÃO ÁLVARES RANGEL fº. de Pedro Álvares Rangel N 11 foi Sr. da Casa de Rangel e Procurador Geral da Câmara de Coimbra no tempo do Rei D. Afonso V e mandado por Embaixador a Inglaterra do Rei D. João II para matar o Conde de Penamacor que se achava tratando coisas contra o seu Serviço pelo que lhe deu o dito Rei grandes Privilégios e lhe Coutou a sua quinta o Rei D. Manuel, e lhe deu Privilégios aos caseiros cujas mercês diz Sousa da Silva vira passadas a 23 de Abril de 1496. Casou com D. Ana Borges de Azevedo filha de António Borges Sr. de Carvalhais e sua m.er ........................ e era D. Ana Borges irmã de D. Maria Borges, Dama do Paço 13 D. Maria Rangel N 13 D. MARIA RANGEL filha H. de João Álvares Rangel N 12 foi Srª. da Casa de Rangel. Casou com Pedro Homem da Costa que serviu o Infante D. Luís na Jornada de Tunes e foi Tesoureiro da Rainha D. Leonor m.er do Rei D. João III fº. de Pedro da Costa e sua m.er Joana de Sequeira no ttº. de Homens § 49 N6 14 Jerónimo Rangel Homem 14 D. Maria de Sequeira Homem § 2 14 D. Miguel Rangel Bispo de Cabo Verde 14 Francisco Homem da Costa c.g. extinta 14 Catarina de Sequeira, solteira, fez vínculo e Morgado de seus bens que uniu ao que instituiu Agueda Gonçalves Rangel, acima 14 António da Costa N 14 JERÓNIMO RANGEL HOMEM fº. de D. Maria Rangel N 13 foi Sr. da Casa de Rangel Fidalgo da Casa Real esteve preso por vários crimes muitos anos. Casou com D. Ana Pereira com quem casou contra vontade de sue pai D. Cristóvão Pereira fº. do Conde da Feira (não era; era neto) 15 Lucas ou Luís Rangel Pereira 15 D. Maria m.er de Francisco Amado § 36 teve 16 Bernardo Amado casado em Setúbal, c.g. N 15 LUCAS RANGEL PEREIRA fº. de Jerónimo Rangel N 14 foi Sr. da Casa de Rangel Fidalgo da Casa Real. Casou com D. Isabel Lobo Sotomaior filha de Luís de Sá de Miranda e sua m.er D. Isabel Lobo no ttº. de Sás § 23 N 8 e § 24 N 9 16 Brás Rangel de Sá Pereira nasceu a 2 de Fevereiro de 1629 16 Luís de Sá de Miranda § 3 16 D. Angela de Sá Pereira § 33 N 16 BRÁS RANGEL DE SÁ PEREIRA fº. de Lucas Rangel Pereira N 15 foi Sr. da Casa de Rangel, Fidalgo da Casa Real, Familiar do Santo Ofício serviu na guerra da Aclamação com distinção e valor, foi Cap.am das Ordenanças de fora de Coimbra e depois dos auxiliares. Casou (casou em 1647) com D. Margarida de Aguiar 4ª Srª. do Morgado de S. Varão do Campo de Coimbra filha de Cristóvão Fernandes Saro e sua m.er D. Maria de Aguiar, neta paterna de Cristóvão Fernandes Saro Sr. do Morgado e Capela de S. Cristóvão e sua m.er Maria Jorge (a m.er de Cristóvão Fernandes Saro segundo se diz numa memória que me veio da Casa de S. Verão era filha de Afonso Jorge e sua m.er Isabel Brás do mesmo lugar de S. Verão) filha esta de Mateus Jorge e sua m.er Maria Ferreira e neta materna de Pedro de Aguiar e de Inês Borges filha esta de Manuel Borges e sua m.er Josefa Correia; era Pedro de Aguiar de Montemor-o-Novo e fº. de Manuel de Aguiar e sua m.er Maria Afonso no ttº. de Aguiares; Cristóvão Fernandes Saro acima era fº. de Mateus Fernandes Saro e sua m.er ............................ da Cunha dos Cunhas da Bera (Mateus Fernandes Saro ver memória de Saros) 17 Bernardo Rangel Pereira de Sá 17 Lucas Rangel, morreu novo 17 D. Isabel 17 D. Bernarda, freira em S. Clara 17 Estevão Rangel 17 D. Serafina 17 D. Mariana, s.g. 17 Fr. José ou Luís, Frade Grilo N 17 BERNARDO RANGEL PEREIRA DE SÁ fº. de Brás Rangel Pereira N 16 foi Fidalgo da Casa Real, Sr. da Casa dos Rangeis casou com D. Luísa Maria de Azevedo filha de Matias Velho da Fonseca Sr. da Casa de Marrancos e D. Ana Barbosa no ttº. de Machados § 19 N 22 e § 20 N 23

18 Calisto Rangel Pereira de Sá 18 D. Luísa freira em S. Clara de Coimbra 18 Bernardo Rangel, formado N 18 CALISTO RANGEL PEREIRA DE SÁ fº. de Bernardo Rangel N 17 foi Sr. da Casa dos Rangeis, Fidalgo da Casa Real casou com D. Maria de Vilhena da Cunha filha de Luís Vaz da Cunha Sr. da Casa de Antenhol, Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Isabel de Vilhena neste ttº. § 2 N 12 foi Calisto Rangel Governador de Moçambique (Calisto Rangel Pereira e sua m.er D. Maria de Vilhena fizeram união ao vínculo Morgado em que declara que é 4º neto de Mateus Fernandes Saro por escritura de 25 de Maio de 1747 na Nota de Brás Nogueira Guimarães Tab.am da cidade de Coimbra) 19 João Pedro Pereira de Sá s.g. 19 Francisco Rangel Pereira 19 António Rangel Pereira 19 José António Rangel 19 D. Isabel Teresa 19 D. Luísa Clara 19 D. Leocádia Rangel 19 D. Leonor 19 D. Caetana Maria Rangel Pereira casada com seu primo Luís Vaz da Cunha Fidalgo da Casa Real neste ttº. § 2 N 14 digo no ttº. de Sás § 19 N 14 N 19 ANTÓNIO RANGEL PEREIRA fº. de Calisto Rangel N 18 foi Maltez não professo sucedeu na Casa a seu irmão foi Fidalgo da Casa Real. §2 (Este § está em branco no original) §3 N 16 LUÍS DE SÁ DE MIRANDA fº. de Lucas Rangel Pereira N 15 do § 1 foi Fidalgo da Casa Real, Comendador de S. Lourenço de Taveira casou com D. Mariana de Sousa Tavares filha de António Madeira de Sousa e sua m.er Maria da Costa Freire (ver Cost. Tomo 2 fl. 144) 17 Francisco de Sá de Miranda 17 D. Maria Isabel Francisca Xavier § 4 17 José, morreu menino 17 Carelos Religioso de Cristo 17 Fernão de Sá Religioso de Cristo 17 D. Josefa freira em Semide N 17 FRANCISCO DE SÁ DE MIRANDA fº. de Luís de Sá de Miranda N 16 (assistiu no Pedrógão) foi Fidalgo da Casa Real Comendador de S. Lourenço de Taveira casou com D. Luísa Maria da Fonseca filha de Pedro da Fonseca digo de Pedro de Mendonça e sua m.er D. Mnª. da Fonseca que era de Cortizada 18 Luís de Sá de Miranda 18 Fr. Bernardo frade de Cristo que indo a Roma o dispençou o Papa para sair com o Hábito de S. Jorge Ordem Militar em Roma N 18 LUÍS DE SÁ DE MIRANDA fº. de Francisco de Sá de Miranda N 17 (ver Costado Tomo 2 fls. 144). Foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Maria de Brito de Portalegre filha H. de João de Lisboa Velez e D. Francisca de Brito 19 Francisco de Sá de Miranda s.g. 19 José de Sá de Miranda que morreu moço no mesmo dia que seu mano 19 Joaquim Felix de Sá de Miranda 19 D. Francisca Luísa Bernarda 19 D. José Antónia de Sá de Miranda N 19 JOAQUIM FELIX DE SÁ DE MIRANDA fº. de Luís de Sá N 18 foi Fidalgo da Casa Real é pretendente ao Morgado de Antiquera no Reino de Espanha que instituiu um seu parente de apelido de Sá.

§4 N 17 D. MARIA ISABEL FRANCISCA XAVIER DE SÁ fº. de Luís de Sá de Miranda N 16 do § 3 casou com João de Melo de Pina Fidalgo da Casa Real de Montemor-o-Novo fº. de Francisco de Pina e Melo e sua m.er D. Luísa Leite Pereira no ttº. de Pinas § 3 N 10 18 Francisco Caetano de Melo e Pina N 18 FRANCISCO CAETANO DE MELO E PINA fº. de D. Maria Isabel N 17 foi Fidalgo da Casa Real teve grande engenho e foi bom poeta e compôs alguns livros a variedade de seu génio o fez cuidar pouco na sua casa casou contra vontade de seu pai e parentes com D. Mariana Coelho de Faria filha H. de Diogo Coelho de Faria 19 Egídio de Pina e Melo 19 Joaquim de Pina e Melo 19 Guilherme de Pina, morreu moço §5
BEYRE

N 12 LUÍS ÁLVARES RANGEL fº. de Pedro Álvares Rangel N 11 do § 1 (casou em 1500) foi Fidalgo da Casa Real e Comendador de S. Salvador de Lavre casou com D. Leonor Carneiro filha de Afonso Carneiro Prior de Monte de Córdova no ttº. de Carneiros § 24 N 12 13 Duarte Carneiro Rangel 13 D. Maria Rangel m.er de Francisco de Sousa Alcaforado fº. de Gonçalo Vaz no ttº. de Alcaforados § 3 N ... c.g. 13 D. Leonor Carneiro N 13 DUARTE CARNEIRO RANGEL fº. de Luís Álvares Rangel N 12 (viveram na quinta da Vila Boa de Quires que deixou a sua filha D. Maria Rangel a parte que vincularam em 1575 e Duarte Carneiro vinculou a quinta do Paço de Pombal em Vila Boas de Quires este em 1525). Foi Dezembargador do Paço estudou em Salamanca e foi à Índia por presidente das Justiças por mandado do Rei D. João III e foi Ouvidor Geral da Índia morreu na viagem em 1571 foi Fidalgo da Casa Real casou com sua prima D. Brites Carneiro Pamplona filha H. de João Martins Pamplona Sr. do Morgado de Veire e Leonor Carneiro sua m.er no ttº de Carneiros § 30 N 13 e ttº. de Pamplonas § 1 N 4 14 António Pamplona Carneiro Rangel 14 Jerónimo Carneiro § 6 14 D. Maria Rangel § 7 14 D. Inês Rangel § 15 14 Duarte Carneiro Rangel c.c. D. Francisca de Sousa s.g. a quem seu pai deixou o Morgado de Pombal 14 D. Luísa 14 D. Inês, freiras em S. Clara do Porto N 14 ANTÓNIO PAMPLONA CARNEIRO RANGEL fº. de Duarte Carneiro N 13 (foi Sr. do Morgado de Pombal por morte de seu irmão Duarte e foi mais Cavaleiro da Ordem de Cristo, nasceu em Outubro de 1547) herdou o Morgado de seu pai e o Beire de sua mãe foi Fidalgo da Casa Real casou (casou em 1578) com D. Maria da Silva ou Margarida filha de António de Sousa Alcaforado Fidalgo da Casa Real no ttº. de Alcaforados § 3 N 4 e § 6 N 5 15 Manuel de Sousa da Silva Fidalgo da Casa Real (viveu na quinta de Leiros em S. Cruz de Riba Tâmega que lhe deixou sua mãe em Morgado) c.c. D. Joana de Noronha e teve entre outros s.g. a 16 António de Sousa Alcaforado Fidalgo da Casa Real c.c. sua prima D. Isabel da Silva, e tiveram 17 Manuel da Silva Alcaforado Fidalgo da Casa Real Cap.am Mor de S. Cruz c.c. D. Maria Teresa da Fonseca e teve 18 Leopoldo Luís Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa de Leiros c.c. D. Marquesa de Oliveira s.g. e todos foram Sr.es da Casa de Veire 15 João Álvares Pamplona 15 Francisco de Sousa s.g. 15 António de Sousa, morreu novo

N 15 JOÃO ÁLVARES PAMPLONA CARNEIRO RANGEL fº. de António Pamplona Carneiro N 14 (Sr. do Morgado de Beire e do de Pombal vereador no Porto em 1629) foi Fidalgo da Casa Real teve de Catarina da Silva sua criada que recebeu depois de Velho ainda que na causa que João Álvares correu com Pedro da Fonseca se não mostrou judicialmente que este João Álvares recebera esta mulher e por isso é provável não casara com ela, de que teve 16 Manuel Álvares Pamplona Carneiro Rangel 16 D. Maria, morreu solteira 16 D. Catarina m.er de Jerónimo de Almeida Pereira fº. de António Pereira de Abreu 16 D. Luísa casou à sua vontade com Manuel Ferreira escrivão eclesiástico do Porto Teve de outras mulheres B. 16 Fr. Jerónimo 16 Fr. António, os dois frades de S. Francisco 16 João Carneiro Abade de S. Jorge 16 António Carneiro s.n. 16 ................................., casou em Bustelo 16 D. Joana, freira em S. Clara do Porto N 16 MANUEL ÁLVARES PAMPLONA fº. de João Álvares Pamplona ou B. ou legítimo N 15 (foi vereador no Porto em 1685) foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Maria de Sousa filha B. de Pedro Vaz Cirne Cavaleiro de Malta no ttº. de Cirnes § 1 N 5 17 João Álvares Pamplona N 17 JOÃO ÁLVARES PAMPLONA fº. de Manuel Álvares Pamplona N 16 (nasceu em 1694) foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Maria Pimenta filha H. de Paulo de Carvalho e sua m.er D. Mariana Leite no ttº. de Carvalhos § 42 N 15 18 Manuel Mateus Pamplona Carneiro 18 Luís Lourenço de Carvalho, teve B. 18 Manuel de Sousa da Silva, morreu novo N 18 MANUEL MATEUS PAMPLONA CARNEIRO fº. de João Álvares N 17 (nasceu a 31 de Maio de 1684) foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo casou com D. Felipa Teresa Josefa Carneiro Figueiroa filha H. de Manuel Carneiro de Sá Dezembargador do Paço Fidalgo da Casa Real e D. Teresa Figueiroa no ttº. de Carneiros § 40 N 6 19 João Álvares Pamplona 19 Francisco, morreu novo 19 D. Teresa, freira em Vila do Conde 19 D. Mariana, o mesmo 19 D. Ana 19 Tomás 19 António 19 D. Quitéria, em S. Clara do Porto N 19 JOÃO ÁLVARES PAMPLONA CARNEIRO RANGEL fº. de Manuel Mateus Pamplona N 18 foi Fidalgo da Casa Real e Sr. da Casa de Beire casou com D. Maria Clara Baldaia de Tovar filha H. de D. Francisca Antónia Baldaia e de Manuel Tovar de Vasconcelos ttº. de Figueiredos § 32 N 6 20 João Álvares Pamplona Sr. da Casa 20 José de Pamplona Carneiro 20 Manuel Pamplona Abade de Sobrado 20 D. Felipa morreu nova 20 D. Teresa, o mesmo 20 D. Francisca 20 D. Maria 20 D. Isabel Joana de Pamplona m.er de João Pacheco Pereira Juíz da Alfândega do Porto Administrador do Altar de Nossa Senhora da Assunção c.g. no ttº. de Pachecos N 20 JOSÉ DE PAMPLONA CARNEIRO RANGEL fº. de João Álvares Pamplona N 19 foi Fidalgo da Casa Real e Maltez não professo e veio a ser herdeiro da Casa de seu pai. Casou a 6 de Novembro de 1768 na vila de Barcelos com D. Antónia Inácia Barreto de Miranda filha de Barnabé Veloso de Miranda Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Antónia Teresa Correia de Araújo no ttº. de Barretos Velhos 21 Manuel de Pamplona Carneiro

21 D. Maria Amália c.c. António da Silveira, Visconde de Canelas N 21 MANUEL DE PAMPLONA CARNEIRO RANGEL fº. de José de Pamplona N 20 foi Visconde de Beire, Comendador da Ordem de Cristo e Torre e Espada Tenente Geral dos Reais Exércitos. Casou com D. Maria Helena de Sousa Holstein filha de D. Alexandre de Sousa Holstein que sucedeu a seu irmão na Casa e sua 2ª m.er D. Balbina de Sousa Holsteins sua sobrinha filha B. e legitimada de D. Felipe de Sousa Holstein irmão de D. Alexandre de Sousa acima. §6 N 14 JERÓNIMO CARNEIRO fº. de Duarte Carneiro Rangel N 13 do § 5 andou na Índia onde foi frade de S. Francisco teve antes de o ser de Maria Esteves com quem dizem fora casado antes de frade 15 Estevão Carneiro N 15 ESTEVÃO CARNEIRO fº .de Jerónimo Carneiro N 14 foi Sr. da quinta de Vale de Suzo e outras fazendas na freguesia de Penamaior casou com Maria Neto filha de António Neto e Maria Antónia Srª. de Busto 16 Francisca Carneiro 16 ............................ 16 ............................ N 16 FRANCISCA CARNEIRO filha de Estevão Carneiro N 15 foi Srª. da quinta de Vale de Suzo que lhe coube em dote casou com Brás Dias Sr. do Prazo de Cruz filho de Baltazar Dias Sr. do dito Prazo e Maria Gonçalves filha de Gonçalo Dias Sr. da quinta da Ermida e se receberam em 4 de Abril de 1608 como consta dos livros de Penamaior fl. 153 vº. 17 Maria Carneiro c.c. João Neto Palhais o Velho que era seu parente no 4º grau § 39 17 Francisca Carneiro N 17 FRANCISCA CARNEIRO filha de Francisca Carneiro N 16 casou com João Neto fº. de Pedro João baptizado a 10 de Dezembro de 1605 e recebido a 15 de Janeiro de 1625 e sua m.er Senhorinha Antónia do lugar de Palhais neto paterno de Jerónimo Pires Sr. da quinta de Vila em Penamaior e sua m.er Maria Neto filha de João ou Jerónimo Neto baptizado em 1560 18 Manuel Neto c.c. Maria Antónia e teve 19 João Neto, Clérigo 19 .............................., viveram na quinta de Real, freguesia de Penamaior. §7
VILA BOA DE QUIRES

N 14 D. MARIA RANGEL filha de Duarte Carneiro Rangel N 13 do § 5 (nasceu em Outubro de 1545 e casou em 1575) casou com Mateus Mendes de Carvalho (este Mateus nasceu em 1533 foi Comendador da Comenda de S. Pº. Fins das Marinhas e também de S. Pedro de Gouveias na Ordem de Cristo) Fidalgo da Casa Real, Comendador da Ordem de Cristo fº. de João Mendes de Vasconcelos e sua m.er D. Cecília Figueiroa no ttº. de Carvalhos § 38 N 12 deixou a mãe da dita D. Maria Rangel vinculada a quinta de Vila Boa de Quires para esta sua filha (a esta D. Maria Rangel deu sua mãe a quinta de Vila Boa vinculada em 1575 e instituiu outro vínculo em 1626) 15 João Mendes de Carvalho Pagem da Lança do Rei D. Sebastião Comendador e Alcaide Mor de Ferreira s.g. 15 Duarte Carneiro Rangel 15 D. Maria que casou 1ª vez com António de Meneses Sr. de Mafra; casou 2ª vez com Pedro Afonso de Aguiar Comendador de Santa Maria de Beja N 15 DUARTE CARNEIRO RANGEL fº. de D. Maria Rangel N 14 (nasceu no ano de 1580 ou 1582 morreu a 14 de Novembro de 1616 ou em 1657). Foi Sr. da Casa de Vila Boa de Quires Fidalgo da Casa Real casou com D. Eugénia de Meneses (que nasceu na quinta de Geraz em 4 de Dezembro de 1596) filha de Manuel Araújo de Sousa Sr. de Entre Homem e Cávado e sua m.er D. Margarida Machado no ttº. de Araújos § 120 e ttº. de Machados § 5 N 21 16 Mateus Mendes de Carvalho nasceu em 1624 16 D. Maria da Silva § 10 16 D. Isabel m.er de António de Sousa Alcaforado c.g. 16 B. D. Violante Mendes § 37

16 B. João Carneiro 16 B. Felix Carneiro (Dizem seus descendentes que este Duarte Carneiro tivera de Ana da Mota
16 B. Vicente Mendes Carneiro de Carvalho que casado com D. Catarina do Campo H. tivera

17 D. Joana da Silva Carneiro que casando com Belchior Gaspar Pires Sr. da Casa do Foto, teve 18 Bernardo Mendes c.c. D. Maria Camelo de Sousa Sr. da quinta de Rui Val e teve 19 B.el Vetoriano José Mendes de Carvalho Sr. da Casa do Fofo que casou com D. Angélica Maria Guedes c.g. no ttº. de Guedes § 36 N 9 N 16 MATEUS MENDES DE CARVALHO fº. de Duarte Carneiro Rangel N 15 foi Sr. de Vila Boa de Quires Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo, Mestre de Campo de Auxiliares casou com D. Isabel Pereira Sotomaior filha de seu cunhado Rui Pereira Sotomaior Alcaide Mor de Caminha Sr. da Casa de Barbeita e sua 1ª m.er D. Joana de Avale no ttº. de Araújos § 340 N 25 17 Duarte Carneiro Rangel 17 B. D. Isabel da Silva § 32 N 17 DUARTE CARNEIRO RANGEL fº. de Mateus Mendes de Carvalho N 16 foi Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo Mestre de Campo de Auxiliares por mercê feita em 1705 casou 1ª vez com D. Maria de Valadares s.g. Casou 2ª vez com D. Clara Vilhena e Meneses filha de Luís Pinto de Sousa Sr. da Casa de Balsemão e sua m.er D. Maria de Vilhena no ttº. de Pintos § 17 N 13 18 Sebastião José de Vasconcelos 18 Luís Mendes de Carvalho, Maltez 18 D. Eugénia de Meneses § 8 18 D. Clara de Vilhena § 9 18 D. Luísa Maria Isabel c.c. Miguel Luís de Ataíde que se dá de sua irmã § 39 18 B. Roberto Mendes, Clérigo 18 B. D. Sebastiana 18 D. Clara de Carvalho N 18 SEBASTIÃO JOSÉ DE VASCONCELOS fº. de Duarte Carneiro de Carvalho Rangel N 17 foi Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa de Vila Boa de Quires casou com sua prima D. Maria Teresa da Fonseca filha de Luís Pinto de Sousa, Sr. do Morgado de Balsemão, e D. Luísa Maria Vasconcelos da Fonseca ttº. de Pintos § 17 N 14 19 António José de Vasconcelos 19 D. Luísa de Meneses m.er de Gonçalo André de Carvalho Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa de Ruivains no ttº. de Carvalhos § 40 N 17 19 Alexandre Luís de Vasconcelos Maltez não professo que casou com D. Ana Claúdia Correia Borges Bacelar e Meneses filha H. e Francisco Xavier Ladesma Sr. da Casa de Matos e sua m.er D. Sebastiana Maria de Sotomaior c.g. no ttº. de Machados § 69 N 26 vai no § 40 19 D. Eugénia casada no Porto com João Pacheco Pereira s.g. N 19 ANTÓNIO JOSÉ DE VASCONCELOS DE CARVALHO fº. de Sebastião José de Vasconcelos N 18 é Sr. da Casa de Vila Boa de Quires Fidalgo da Casa Real. Casou com D. Maria da Silva e Melo filha de Martim Afonso de Melo Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Jerónimo Joaquina de Sousa no ttº. de Gaios § 30 N 11 s.g. §8 N 18 D. EUGÉNIA DE MENESES filha de Duarte Carneiro de Carvalho Rangel N 17 do § 7 casou com Luís Barba Correia Alardo Fidalgo da Casa Real fº. de Rui Barba Alardo e sua m.er D. Joana Isabel de Aragão ttº. de Barbas § 1 N 11 19 Rodrigo Barba Correia Alardo 19 Gonçalo Barba Correia Alardo N 19 GONÇALO BARBA CORREIA ALARDO fº. de D. Eugénia N 18 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Ana Joaquina de Carvalho filha de Thedeu Luís Lopes de Carvalho e Camões e D. Francisca Rosa de Meneses 20 Rodrigo Barba Correia Alardo §9

N 18 D. CLARA (ou D. LUÍSA) LUÍSA DE MENESES filha de Duarte Carneiro de Carvalho N 17 do § 7 casou com Miguel Luís de Ataíde Fidalgo da Casa Real Guarda Mor dos Pinhais de Leiria fº. de Luís da Silva de Ataíde e sua m.er D. Joana Paula de Melo sua prima no ttº. de Macedos § 42 N 17 (ver Tomo 2 de Cost. N 148) 19 Luís da Silva de Ataíde 19 António da Silva e Ataíde Maltez 19 Francisco da Silva, Cónego na Basílica 19 José da Silva, o mesmo N 19 LUÍS DA SILVA ATAÍDE fº. de D. Clara Luísa N 18 (foi Guarda Mor dos Pinhais de El Rei) casou em Castela com D. Isabel Guterres Maraver filha de D. José Guterres de La Barreda e Tordia Sr. do Morgado de Vila Franca e sua m.er D. Maria Paula Maraver ver Costado Tom 2 fl. 148 20 Miguel Luís da Silva e Ataíde N 20 MIGUEL LUÍS DA SILVA E ATAÍDE fº. de Luís da Silva e Ataíde N 19 casou com D. Vitória Manuel Carneiro de Faria Pereira filha H. de Felipe Carneiro de Faria Pereira Manço Cap.am Mor de Ourém e sua m.er D. Ana Luísa de Alarcão no ttº. de Pintos § 231 N 12 21 Luís da Silva Ataíde Costa Carneiro Coronel de Melicias de Leiria 21 José Maria da Silva Ataíde 21 D. Isabel da Silva casou nas Ilhas com Francisco do Canto e Castro Fidalgo da Casa Real. § 10
CASA DE BARBEITA

N 16 D. MARIA DA SILVA filha de Duarte Carneiro Rangel N 15 do § 7 (nasceu em 10 de Fevereiro de 1617) casou com Rui Pereira de Sotomaior Alcaide Mor de Caminha fº. de Gonçalo Pereira Sotomaior e sua m.er D. Isabel Pita no ttº. de Araújos § 24 N 25 Sr.es do Morgado de Barbeita 17 Gonçalo Afonso Pereira 17 Bento Pereira da Silva § 13 17 D. Eugénia de Meneses § 14 N 17 GONÇALO AFONSO PEREIRA fº. de D. Maria da Silva N 16 (foi mais Comendador de Azere e Sr. dos Direitos Reais de Monção e Lapela). Foi Alcaide Mor de Caminha casou com D. Sebastiana de Valadares filha de Luís de Valadares Carneiro e sua m.er D. Ana do Amaral ttº. de Araújos § 340 N 26 e § 119 e ttº. de Machados § 25 18 D. Ana Maria Pereira de Sotomaior 18 D. Isabel Pereira de Sotomaior § 11 18 D. Maria Pereira de Sotomaior § 12 18 D. Arcangela freira em Vila do Conde N 18 D. ANA MARIA PEREIRA SOTOMAIOR filha de Gonçalo Afonso Pereira N 17 (nasceu em 28 de Maio de 1676) sucedeu na Casa de seu pai casou com Duarte de Melo Alcaide Mor de Caminha 19 Gonçalo Afonso Pereira Sotomaior Alcaide Mor de Caminha 19 D. Ana Maria de Melo m.er de Diogo Gomes de Tavora Fidalgo da Casa Real (ttº. de Machados § 24 N 25) § 11
SR. DO PRADO DE ANADIA

N 18 D. ISABEL PEREIRA DE SOTOMAIOR filha de Gonçalo Afonso de Melo N 17 do § 10 casou com António Luís de Melo Fidalgo da Casa Real 19 D. Sebastiana Inês de Melo 19 D. Isabel Maria de Meneses ou Antónia de Melo c.c. Francisco de Albuquerque Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa de Insua c.g. (ver Costado Tomo 1º fls. 127) N 19 D. SEBASTIANA INÊS DE MELO filha de D. Isabel Pereira de Sotomaior N 18 deste § casou com Aires de Sá Melo Fidalgo da Casa Real Sr. do Prado de Anadia. § 12
SR. DE COVAS

N 18 D. MARIA PEREIRA DE SOTOMAIOR fº. de Gonçalo Afonso Pereira N 17 do § 10 casou com Marcos Malheiro Pereira Bacelar 19 Manuel Carlos Bacelar N 19 MANUEL CARLOS BACELAR fº. de D. Maria Pereira N 18 casou com D. Luísa Caetana de Meneses. § 13
SR.ES DE ALVARENGA E QUINTA DA BOA VISTA

N 17 BENTO PEREIRA DA SILVA fº. de D. Maria da Silva N 16 do § 10 e seu marido Rui Pereira foi Fidalgo da Casa de sua Majestade (foi Alcaide Mor de Caminha) casou com D. Luísa de Vasconcelos Pereira filha de D. Isabel da Silva e seu marido João Correia de Sousa Montenegro no ttº. de Gaios § 22 N 9 18 António Caetano Montenegro Pereira Fidalgo da Casa Real, teve B. 18 D. Maria Clara Pereira de Silva m.er de Martinho José Pinto de Miranda Fidalgo da Casa Real corre no ttº. de Gaios § 22 N 11 18 B. Bento Pereira da Silva foi Tenente de Infantaria c.c. D. Rosa Maria Ferraz filha de Luís Ferraz da quinta do Carvalhal e sua m.er Maria Soares Pereira c.g. nos Ferrazes § 30 N 15. § 14 N 17 D. EUGÉNIA DE MENESES filha de D. Maria da Silva e seu marido Rui Pereira N 16 N 10 casou com João de Valadares Carneiro fº. de Luís de Valadares Carneiro e sua m.er D. Ana do Amaral, cuja descendência corre no ttº. de Machados § 26 N 24 (um Livro de Rangeis de Coimbra chama a m.er deste João de Valadares D. Maria da Silva mas nós seguimos o nosso texto). § 15
BASTOS BAHAREM

N 14 D. INÊS RANGEL fº. de Duarte Carneiro Rangel N 13 do § 5 casou com Sebastião Vaz Pereira 15 António Vaz Pereira N 15 ANTÓNIO VAZ PEREIRA fº. de D. Inês Rangel N 14 casou com D. Maria Gomes Pereira 16 D. Maria Gomes Pereira N 16 D. MARIA GOMES PEREIRA filha de António Vaz Pereira N 15 casou com Simão de Basto Doutor em Leis na Universidade e Ouvidor e Conservador na dita cidade fº. de António de Basto e sua m.er D. Maria Pestrelo neto paterno de Simão de Basto e sua m.er D. Joana Soares filha esta de Francisco Rodrigues Soares Sr. da terra de Ponte de Criz e D. Maria Pestrelo era filha de António Vaz Pestrelo no ttº. de Bastos § 5 N 2 17 Luís Gomes de Basto N 17 LUÍS GOMES DE BASTO fº. de D. Maria Gomes Pereira N 16 foi Dezembargador do Paço Deputado da Junta dos Três Estados e Juíz das Coutadas do Reino casou com D. Bernardina de Torres de Aguiar filha de Francisco Rodrigues Pereira Cap.am de Mar e Guerra e depois das naus da Índia e sua m.er D. Maria de Aguiar neta paterna de Gonçalo Rodrigues Pereira e Francisca Álvares Salgado sua m.er; e bisneta de Francisco de Araújo e sua m.er Antónia Pereira do Lago filha de Gonçalo Pereira do Lago; Francisca Álvares Salgado acima era filha de Francisco Gonçalves Zona natural de Salvaterra Reino da Galiza; D. Maria de Aguiar acima era filha de Rui Dias de Aguiar e D. Francisca de Torres neta paterna de Pedro Afonso de Aguiar Fidalgo Galego no ttº. de Aguiares e neta materna a dita D. Maria de Aguiar de Afonso de Torres e D. Mariana de Mesquita filha de Pedro de Mesquita 18 Dr. José de Basto deputado da Mesa da Consciência s.g. 18 António José de Basto Pereira 18 D. Joana Maria Pereira de Torres § 16 N 18 ANTÓNIO JOSÉ DE BASTO PEREIRA fº. de Luís Gomes de Basto N 17 do § 15 foi Fidalgo da Casa Real, Secretário da Rainha D. .................................. Chanceler da Casa da Suplicação com vezes de Regedor. Casou com D. Paula Maria de Alcaçovas Baharem filha de António Correia Baharem e D. Maria de Brito no ttº. de Aranhas § 37 N 13 (Ver Corografia Portuguesa Tomo 3 pag. 62) 19 Luís António de Basto Baharem

N 19 LUÍS ANTÓNIO DE BASTO BAHAREM fº. de António José de Basto N 18 foi Fidalgo da Casa Real, Comendador da Ordem de Cristo Alcaide Mor de Melgaço Sr. da Ilha da Praia casou com D. Violante Josefa de Portugal filha de D. João de Almeida e sua m.er D. Teresa Antónia de Castro filha H. de António Luís de Beja Cap.am de Cavalos de Cascais e sua m.er D. Isabel de Castro filha de Egas Coelho Sr. da Ilha de Maio e sua m.er D. Vicência da Silva no ttº. de Pinheiros 20 D. Mariana de Basto H. ............................. no ttº. de Aranhas § 37 N .... § 16 N 18 D. JOANA MARIA PEREIRA DE TORRES E AGUIAR filha de Luís Gomes de Basto Dezembargador do Paço N 17 do § 15 casou com Gaspar de Abreu de Freitas Embaixador a Inglaterra fº. de D. Maria de Miranda e seu marido Luís de Abreu de Freitas ttº. de Costas § 172 N 5 ttº. de Golias § 8 N6 19 Luís de Abreu de Freitas Dezembargador da Relação do Porto e Suplicação solteiro 19 D. Josefa Maria Madalena N 19 D. JOSEFA MARIA MADALENA PEREIRA filha de D. Joana Maria Pereira N 18 deste § casou com Diogo Nicolau de Saldanha de Oliveira de Sousa no ttº. de Saldanhas § 4 N 24 20 António de Saldanha de Oliveira N 20 ANTÓNIO DE SALDANHA DE OLIVEIRA fº. de D. Josefa Maria Madalena N 19 deste § foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Francisca Antónia de Azevedo Corte Real. § 17
RANGEL DE MACEDO

N 12 D. DIOGO DIAS RANGEL fº. 3º de Pedro Álvares Rangel N 11 do § 1. Foi Comendatário de Cete e Vilela Fidalgo da Casa Real teve de Catarina Annes filha de Brás Annes Toscano (Corog. Port. Tomo 3 pag. 654 faz este Diogo Dias Rangel fº. de Afonso Álvares Rangel que leva por avô) 13 Damião Dias Rangel 13 Jorge Álvares Rangel § 19 13 Belchior de Macedo Rangel § 21 13 António Rangel segundo outros no § 22 N 13 13 Alexandre Rangel que casou com Brazia Pinto c.g.s.n. (Brazia Pinto era dos Pintos de Ambroins irmã de Jorge Pinto) 14 Pantalião Pinto 14 António Pinto Abade de S. Isidoro N 13 DAMIÃO DIAS RANGEL fº. de D. Diogo Dias Rangel N 12 deste § foi Abade de S. Isidoro junto a Canavezes teve de Violante Bernardes filha de Pedro Bernardes e de Margueza de Barros ttº. de Pimenteis § 8 N 2 14 Cosme Rangel de Macedo N 14 COSME RANGEL DE MACEDO fº. de Damião Dias Rangel N 13 deste §. Foi Fidalgo da Casa de Sua Majestade e Dezembargador do Paço (casou 1ª vez com D. Joana filha de Felipe Cavalcante
15 Fr. Manuel frade Domenico

Casou 2ª vez com D. Susana de Lemos filha de Rui Gomes Carvalhosa e Maria Paiva de Lemos teve 15 Marcos Rangel s.g.) Casou com D. Margarida Serrão de Moura filha de Gaspar Serrão e D. Isabel de Moura e foi sua 3ª m.er e teve 15 Diogo Rangel de Macedo 15 Fr. João Rangel frade Bento N 15 DIOGO RANGEL DE MACEDO fº. de Cosme Rangel N 14 foi Moço Fidalgo da Casa Real Comendador de S. Marinha de Lisboa. Casou com D. Maria Lobo Salazar 3ª neta de D. Isabel Lobo e Francisco da Costa de Oliveira no ttº. de Lobos § 40 N 10 s.m.n. D. Maria Lobo m.er de Diogo Rangel era filha de Francisco Gomes Lobo e D. Helena Padilha filha de Lázaro Padilha e D. Maria Ribeiro Salazar 16 Cosme Rangel de Macedo

N 16 COSME RANGEL DE MACEDO fº. de Diogo Rangel N 15 foi Moço Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo casou com D. Maria Josefa Lobo filha do Dezembargador João Cordeiro Leitão e D. Joana Lobo da Gama filha de Diogo Fernandes Sampaio e D. Tomásia Lobo da Gama 17 Diogo Rangel de Macedo N 17 DIOGO RANGEL DE MACEDO fº. de Cosme Rangel N 15 (foi Provedor e Guarda Mor da saúde do Porto de Belém). Foi Fidalgo da Casa Real Comendador de S. Marinha de Lisboa na Ordem de Cristo. Casou com D. Angela Luísa Sequeira Lobo filha de António Marchão Temudo Dezembargador dos Agravos e Juíz dos Cavaleiros e D. Catarina Sequeira Lobo neta de Diogo Marchão Temudo e D. Luísa de Tolosa e materna de Manuel de Sequeira Peixoto e D. Angela Martins Borralho (esta Angela Martins Borralho era filha de João Martins Gatão e Catarina Borralho neta paterna de António Borralho e Gracia Fernandes ou Maria Angela e materna de Manuel Martins Gatão e Ana Martins; todos chamados os Peliqueiros e contratadores de lãs ver ttº. de Landins § 6 N 7 Golias § 9 N 9) 18 Diogo Rangel de Macedo 18 D. Luísa Josefa da Gama § 18 18 D. Angela Joaquina da Silveira Lobo N 18 DIOGO RANGEL DE MACEDO fº. de Diogo Rangel de Macedo N 16 do § 17 foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Antónia Catana de Castro (Tomo 2 de Cost. fl. 209). § 18
SR.ES DE BRITELO

N 17 D. LUÍSA JOSEFA DA GAMA filha de Diogo Rangel de Macedo N 17 do § 17 casou com Diogo de Sousa de Tavora Sr. e Alcaide Mor de Lindoso Fidalgo da Casa Real no ttº. de Farias s.g. § 19
CARNEIRO RANGEL

N 13 JORGE ÁLVARES RANGEL fº. de D. Diogo Dias Rangel de Macedo N 12 do § 17 teve de Margarida de Aguiar H. (o Livro dos Rangeis de Coimbra diz fora casado com esta Margarida de Aguiar) 14 Gaspar Rangel 14 Margarida Álvares Rangel § 20 N 14 GASPAR RANGEL fº. de Jorge Álvares Rangel N 13 foi Cap.am Mor em Vila do Conde casou com Francisca Neta Barbosa filha H. de Francisco Ribeiro Gaio de Vila do Conde e Catarina Neto Barbosa 15 Francisco Rangel Barbosa 15 D. Isabel Rangel c.c. Baltazar Fernandes de Araújo Barbosa no ttº. de Barbosas N 15 FRANCISCO RANGEL BARBOSA Fº. DE Gaspar Rangel N 14 Cap.am Mor de Vila do Conde casou com D. Isabel Carneiro da Costa filha H. de D. Isabel Fernandes Sanches e seu marido Jacome Carneiro no ttº. de Gaios § 37 N 6 e § 52 N 7 16 João Carneiro Rangel 16 Gaspar Rangel N 16 JOÃO CARNEIRO RANGEL fº. de Francisco Rangel Barbosa N 15 foi Cap.am Mor de Vila do Conde, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou com D. Maria Trancoso de Sotomaior filha de D. Felipa de Mariz e seu marido João Trancoso de Lancoens no ttº. de Farias § 30 N 11 17 Francisco Carneiro Rangel N 17 FRANCISCO CARNEIRO RANGEL DE SOTOMAIOR fº. de João Carneiro Rangel N 16 foi Cavaleiro de Cristo e Cap.am Mor de Vila do Conde. Casou com D. Joana Maria de Lancoens filha de D. Mariana de Sá e seu marido Damião de Lancoens no ttº. de Farias § 90 N 11 18 João Carneiro Rangel N 18 JOÃO CARNEIRO RANGEL SOTOMAIOR fº. de Francisco Carneiro Rangel N 17 teve B. 19 B. D. Maria Joana Carneiro Rangel

N 19 D. MARIA JOANA CARNEIRO RANGEL filha B. de João Carneiro Rangel N 18 foi sua H. casou com Luís Inácio Pereira Coutinho Governador do Castelo da dita Vila Fidalgo da Casa Real e Maltez não professo fº. de Luís Pereira Coutinho Fidalgo da Casa Real Cap.am Mor de Penadono e sua m.er e prima D. Feleciana Micaela Pereira Coutinho no ttº. de Pereiras § 67 N 4 e § 79 do dito ttº. de Pereiras onde corre. § 20 N 14 MARGARIDA ÁLVARES RANGEL filha de Jorge Álvares Rangel N 13 do § 19 casou com Gaspar da Rocha Peixoto 15 D. Maria da Rocha e Aguiar N 15 D. MARIA DA ROCHA E AGUIAR filha de Margarida Álvares Rangel N 14 foi H. da Casa de seu pai. Casou com Domingos Francisco Ferraz de Almeida 16 Domingos da Rocha de Aguiar Ferraz N 16 DOMINGOS DA ROCHA DE AGUIAR FERRAZ fº. de D. Maria da Rocha N 15 casou com D. Maria de Sousa S. Tiago 17 Domingos de Sousa S. Tiago Ferraz N 17 DOMINGOS DE SOUSA S. TIAGO FERRAZ fº. de Domingos da Rocha de Aguiar N 16 foi Deputado da Mesa da Consciência casou com D. Teresa Francisca de Vilhena e Castro 18 João de Sousa de Sequeira N 18 JOÃO DE SOUSA DE SEQUEIRA fº. de Domingos de Sousa S. Tiago N 17 é Fidalgo da Casa Real, Comendador de S. Maria de Tarrozo na Ordem de Cristo. § 21 N 13 BELCHIOR DE MACEDO RANGEL fº. de D. Diogo Dias Rangel de Macedo Comendatário de Cete N 12 do § 17 foi Comendador da Ordem de Cristo Fidalgo da Casa Real casou com D. Teresa de Albuquerque 14 Diogo de Macedo e Albuquerque 14 D. Margarida Rangel c.c. Heitor Barreto fº. de André Gil Barreto § 15 N 15 c.g. 14 Cosme Rangel de Macedo de que fala João de Brito e Lemos no seu Abecedário Militar fl. 16 N 14 DIOGO DE MACEDO E ALBUQUERQUE fº. de Belchior de Macedo N 13 foi Fidalgo da Casa Real Dezembargador do Porto casou com D. Isabel de Moura filha de João Gomes de Moura 15 D. Ana de Albuquerque 15 Belchior de Macedo Padre da Companhia N 15 D. ANA DE ALBUQUERQUE filha de Digo de Macedo N 14 casou com Manuel Álvares de Carvalho Dezembargador do Paço Fidalgo da Casa Real fº. de Francisco Quezado de Carvalho e D. Francisca d Lemos 16 João Álvares de Carvalho N 16 JOÃO ÁLVARES DE CARVALHO fº de D. Ana de Albuquerque N 15 foi Fidalgo da Casa Real, casou com D. Brites da Silveira 17 Manuel Álvares de Carvalho e Albuquerque N 17 MANUEL ÁLVARES DE CARVALHO E ALBUQUERQUE fº. de João Álvares de Carvalho N 16 foi Fidalgo da Casa Real casou com D. Ursula da Silveira 18 João Álvares de Carvalho e Albuquerque N 18 JOÃO ÁLVARES DE CARVALHO E ALBUQUERQUE fº. de Manuel Álvares Carvalho N 17 foi Fidalgo da Casa de Sua Majestade, Cavaleiro de Cristo casou com D. Teresa Rosa de Castro 19 Manuel António Álvares de Carvalho e Albuquerque Fidalgo da Casa de Sua Majestade.

§ 22 40 N 12 SIMÃO RANGEL fº. de Pedro Álvares Rangel N 11 do § 1 Sr. da Casa de Rangel foi Fidalgo da Casa de sua Majestade serviu na Índia e lá foi Embaixador ao Rei de Calecut. Casou com Felipa Vaz de Castelo Branco filha de Vasco Pais Castelo Branco teve (mas parece que estes pertencem aos Castelos Brancos) 13 Fernão Rodrigues Castelo Branco c.c. Brites Álvares Rangel filha de João Álvares Rangel no § 31 13 Brites Rodrigues de Castelo Branco casada em Coimbra 13 Isabel Rodrigues de Castelo Branco m.er de Pedro Vilhegas de Viseu 13 Ana Rodrigues de Castelo Branco m.er de João Nunes Coelho de Miranda § 22 41
CONDES DE VILA FLOR

N 13 ANTÓNIO RANGEL fº. de D. Diogo Dias Rangel N 12 do § 17 teve de Justa de Faria (ver Manuel Faria de Sousa Notas do Conde D. Pedro Ramo 4 fl. 36) 14 D. Leonor de Faria N 14 D. LEONOR DE FARIA filha H. de António Rangel N 13 casou com António Frade de Faria Camareiro do Infante D. Duarte fº. de Álvaro de Faria e sua m.er D................................ corre no ttº. de Farias § 3 N 6 15 Duarte Frade de Faria N 15 DUARTE FRADE DE FARIA fº. de D. Leonor de Faria N 14 casou com D. Maria Severim filha de Asensio Severim, e sua m.er Catarina Privel os quais são os postos no ttº. de Severins § 2 N 3 16 D. Juliana de Faria N 16 D. JULIANA DE FARIA filha de Duarte Frade de Faria N 15 casou com Gaspar Gil Severim Comendador da Ordem de Cristo fº. de António Severim, e sua m.er Catarina Lopes Sequeira no ttº. de Severins § 1 N 5 17 D. Joana de Faria N 17 D. JOANA DE FARIA filha de D. Juliana de Faria N 16 casou com D. Cristóvão Manuel de Vilhena Comendador de Macains fº. de D. Francisco Manuel Alcaide Mor de Portel e de Moreira Comendador da Ordem de Cristo e sua m.er Brites de Meneses neto paterno de D. Cristóvão Manuel Comendador de Moreira Alcaide Mor de Fontes e sua m.er D. Francisca de Castro filha de Rui Vaz Pinto Sr. de Ferreiros de Tendaes ttº. de Pintos § 1 N 9 ttº. de Manueis § 1 N 4 e seguintes 18 D. Sancho Manuel 18 D. António Manuel, s.g. 18 D. Rodrigo Manuel s.g. 18 D. António Manuel s.g. 18 D. Baltazar, solteiro, s.g. 18 D. Maria Manuel § 27 N 18 D. SANCHO MANUEL fº. de D. Joana de Faria N 17 foi Conde Vila Flor por mercê do Rei D. Afonso VI Comendador de S. Nicolau de Cabeceiras de Basto S. Paulo de Macaens S. Adrião de Pinhel e S. Pedro de Calvelos, S. Maria de Marmeleiro todas na Ordem de Cristo do Conselho de Estado casou 1ª vez com D. Ana de Noronha sua prima filha de Gaspar de Faria Ceverim do Conselho do Rei D. João IV e seu Secretário das Mercês, e D. Mariana de Noronha no ttº. de Severins § 1 N 7 (História Genealógica Tomo 12 Part. 2 fl. 828) 19 D. Cristóvão Manuel 19 D. Rodrigo Manuel estudante de Coimbra morreu em França com valor sem se dar a conhecer 19 D. António Manuel Gram Mestre de Malta vivia em 1731 19 D. Francisco Manuel que sendo frade carmelita anulou a profissão e serviu até Comº. Geral da Cavalaria 19 D. Mariana de Noronha § 23
40 41

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 22. Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 22.

19 D. Henrique Severim sucedeu no Morgado de seu avô materno s.g. 19 D. Gaspar Manuel Chantre de Évora Casou 2ª vez D. Sancho Manuel com sua sobrinha D. Joana de Vilhena filha de D. António Álvares da Cunha § 27 N 12 19 D. Manuel de Vilhena 19 D. Rodrigo de Vilhena (outros dizem não tivera geração desta 2ª m.er) N 19 D. CRISTÓVÃO MANUEL DE VILHENA fº. de D. Sancho Manuel N 18 foi 2º Conde de Vila Flor e mais Casa de seu pai. Casou com D. Joana Mascarenhas s.g. por morrer novo. Teve B. que deixou por seu herdeiro 20 D. Sancho Manuel 20 D. Pedro Manuel N 20 D. SANCHO MANUEL fº. B. de D. Cristóvão Manuel N 19 foi Coronel de Cavalaria (foi D. Sancho Comendador de Peoens, e de Póvoa, Sr. da Vila da Azambujeira, Alcaide Mor de Alegrete). Casou com D. Lourença Francisca de Melo Dama do Paço filha de D. Pedro Álvares da Cunha Sr. de Tábua no § 27 N 13 21 D. Cristóvão Manuel de Vilhena 21 D. Pedro Manuel nasceu em 1722 Cavº. de Malta 21 D. António Manuel nasceu em 1723, Cavº. de Malta 21 D. João Manuel nasceu em 1724, Cavº. de Malta 21 D. Henrique Manuel, Cavº. de Malta 21 D. Inês Manuel, s.g. N 21 D. CRISTÓVÃO MANUEL fº. de D. Sancho Manuel N 20 foi Sr. da Casa de seu pai casou com D. Maria Francisca Daun filha de Sebastião José de Carvalho e Melo Secretário de Estado 1º. Conde Oeiras e 1º Marquês de Pombal c.g. § 23
CONDES DE VILA FLOR

N 19 D. MARIANA DE NORONHA filha de D. Sancho Manuel N 18 do § 22 1º Conde de Vila Flor casou com Luís de Sousa e Meneses Copeiro Mor 20 Martim de Sousa de Meneses 20 D. Ana de Noronha § 26 N 20 MARTIM DE SOUSA DE MENESES fº. de D. Mariana de Noronha N 19 foi 3º Conde de Vila Flor. Casou 1ª vez com D. Maria Antónia de Melo filha de Martim Correia de Sá 1º Visconde de Aseca e D. Angela de Melo 21 Luís de Sousa de Meneses Casou 2ª vez com D. Luísa Maria de Mendonça filha de Tristão da Cunha Governador de Angola e D. Joana de Mendonça sua sobrinha neta de Pedro da Cunha Trinchante da Casa Real e D. Helena de Mendonça e materna de Pedro de Melo Governador do Rio de Janeiro e D. Teresa de Mendonça 21 D. Mariana de Mendonça § 24 21 D. Joana de Mendonça § 25 N 21 LUÍS DE SOUSA E MENESES fº. de Martim de Sousa e Meneses e sua 1ª m.er N 20 foi 4º Conde de Vila Flor Copeiro Mor casou com D. Antónia Henriques Dama do Paço filha de D. Jorge Henriques Sr. de Alcaçovas e D. Madalena de Borbon 22 António de Sousa e Meneses N 22 ANTÓNIO DE SOUSA E MENESES fº. de Luís de Sousa e Meneses N 21 casou com D. Maria Joana de Mendonça Dama do Paço sua tia filha de D. Martim de Sousa 3º Conde de Vila Flor e sua 2ª m.er D. Luísa Maria de Mendonça acima sub N 20 23 D. Joaquim Manuel de Sousa e Meneses nasceu a 27 de Maio de 1750 23 D. Maria Rita de Paula nasceu a 3 de Junho de 1751. § 24 N 21 D. MARIANA DE MENDONÇA filha de Martim de Sousa 3º Conde de Vila Flor N 20 do § 23 foi Dama do Paço casou com D. António Inácio da Silveira

22 D. Maria § 25 N 21 D. JOANA DE MENDONÇA filha de Martim de Sousa e sua 2ª m.er 3º Conde de Vila Flor N 20 do § 23 foi Dama do Paço. Casou com António de Sousa e Meneses seu sobrinho neste ttº. § 23 N 22. § 26
SR.ES DE VIEIRA

N 20 D. ANA DE NORONHA filha de D. Mariana de Noronha e seu marido Luís de Sousa 1º Conde de Vila Flor N 19 do § 22 casou com António Luís Vaz Pinto Coelho Sr. de Vieira, Fermedo e Felgueiras 21 João Pinto Coelho Pereira N 21 JOÃO PINTO COELHO PEREIRA fº. de D. Ana de Noronha N 20 foi Sr. de Vieira e Fermedo e Felgueiras. Casou com D. Josefa Caetana da Silveira e Noronha 22 Francisco António Pinto Coelho. § 27
SR. DE TÁBUA – CONDES DA CUNHA

N 18 D. MARIA MANUEL filha de D. Joana de Faria N 17 do § 22 casou com D. António Álvares da Cunha Sr. de Tábua Trinchante da Casa Real fº. de D. Lourenço da Cunha Sr. de Tábua e D. Isabel de Aragão ttº. de Cunhas § 1 N 15 19 D. Pedro Álvares da Cunha 19 D. Luís da Cunha casado s.g. Dezembargador em Lisboa enviado a Inglaterra e Embaixador a França 19 D. João Lourenço da Cunha s.g. 19 D. Joana de Vilhena m.er de seu tio D. Sancho Manuel neste ttº. § 22 N 18 19 D. Isabel freira em S. Clara de Lisboa 19 D. Catarina de Meneses N 19 D. PEDRO ÁLVARES DA CUNHA fº. de D. Maria Manuel N 18 foi Sr. da Casa de Tábua Trinchante do Rei D. Pedro Sr. de Ouguela Comendador da Ordem de Cristo Coronel do Regimento da Ordenança da Corte e depois M.e de Campo de um terso no Algarve. Casou 1ª vez com D. Inês de Melo filha de Cristóvão da Costa Freire Sr. de Pancas e sua m.er D. Francisca Teresa Sotomaior no ttº. de Costas § 162 N 16 20 D. António Álvares da Cunha c.c. D. Leonor Josefa Caetana filha de Luís Gonçalves da Câmara ttº. de Ataídes § 5 N 16 s.g. (ver Tomo 10 da História Genealógica da Casa Real fl. 821) 20 D. Luís da Cunha Secretário de Estado criou o Condado da Cunha para seu irmão D. António 20 D. Lourença Francisca de Melo m.er de seu primo D. Sancho Manuel § 22 N 20 20 D. Maria da Cunha Casou 2ª vez D. Pedro Álvares com D. Maria Madalena de Vilhena viúva de Sancho de Melo fº. de D. António de Meneses Alcaide Mor de Sintra e D. Antónia Madalena de Meneses no ttº. de Meneses § 47 N 18 20 D. Ana Joaquina de Meneses § 28 20 D. Teresa Lidora de Meneses § 29 20 D. Juliana Luísa de Meneses § 30 20 D. José Vasques da Cunha N 20 D. JOSÉ VASQUES DA CUNHA fº. de D. Pedro Álvares da Cunha e sua 2ª m.er N 19 é Conde da Cunha por morte de seu irmão D. António Álvares. Casou com D. Maria Antónia Xavier Sodre filha H. de António Sodre Pereira e sua m.er D. Teresa Lidora que se aponta neste ttº. § 29 N 20 que era sua sobrinha 21 D. António da Cunha solteiro, c.g. 21 D. Pedro da Cunha Conde da Cunha c.c. D. Francisca Correia de Lacerda Srª. de Farelaens s.g. ela casou com D. Gregório Ferreira de Eça Conde de Cavaleiros s.g. Casou 2ª vez com D. Maria ........................... de Meneses filha de D. ....................... irmã de D. Antónia de Portugal casada no Porto com Luís Brandão 21 D. José Vasques da Cunha 21 D. ..........................

21 D. .......................... 21 D. Antónia ................................. c.c. o Barão de Quintela N 21 D. JOSÉ VASQUES DA CUNHA fº. da 2ª m.er de D. José Vasques N 20 é Conde da Cunha. Casou com D. Maria Gertrudes de Quintela filha do Barão de Quintela com um grande dote de seiscentos mil cruzados de fundo instituídos em Morgado na escritura de Dote do dito D. José Vasques feita a 26 de Janeiro de 1814 filha de Joaquim Pedro Quintela 1º Barão de Quintela e sua m.er D. Maria Joaquina Xavier de Saldanha 22 D. Maria do Carmo da Cunha. § 28
SR. DO FAIAL

N 20 D. ANA JOAQUINA DE MENESES filha de D. Pedro Álvares da Cunha Sr. de Tábua e sua 2ª m.er N 19 do § 27 casou com D. António de Azevedo Sr. das honras de Barbosa e Casa do Faial fº. de D. António de Azevedo e Ataíde e sua m.er D. Teresa da Silva neto de D. Francisco de Azevedo Sr. da honra de Barbosa M.e de Campo Geral e sua m.er D. Maria de Brito assim o diz a História Genealógica da Casa Real Tomo 11 pag. 838 e ttº. de Azevedos § 23 N 24 21 D. Manuel de Azevedo e Ataíde nasceu em 1729 21 D. Maria Rosa de Ataíde nasceu em 1731 21 D. Bárbara Micaela nasceu em 1733 Comendadeira de Santos 21 D. Pedro Jaques de Ataíde nasceu em 1734 21 D. Luís António de Ataíde nasceu em 1735 21 D. Francisca Isabel de Ataíde nasceu em 1736 freira na Madre de Deus 21 D. Luísa Antónia nasceu em 1742 21 D. Francisca Teresa nasceu em 1740 21 D. Miguel de Ataíde nasceu em 1742 21 D. Gertrudes Felícia nasceu em 1744. § 29 N 20 D. TERESA LIDORA DE MENESES filha de D. Pedro Álvares da Cunha N 19 do § 27 casou com António Sudre Pereira Sr. de Belas fº. de Duarte Sudre Pereira Sr. de Belas e sua m.er D. Maria de Almeida no ttº. de Pereiras § 88 N 25. § 30
SR. DE MELO

N 20 D. JULIANA LUÍSA DE MENESES filha de D. Pedro Álvares da Cunha N 19 do § 27 casou com Luís de Melo e Sousa 17º. Sr. de Melo fº. de Estevão Soares de Melo Sr. de Melo e sua m.er D. Joana Maria de Castro no ttº. de Melos § 1 N 19 21 Estevão Soares de Melo vai nos Melos § 1 N 19 21 D. Teresa de Melo da Cunha Casou 2ª vez D. Juliana com Bernardo de Lemos de Carvalho Sr. da Trofa fº. de Luís Tomás de Lemos Sr. da Trofa e sua m.er D. Catarina Rita Bonancia de Rochas no ttº. de Carvalhos § 43 N 15. § 31 N 12 BRITES ÁLVARES RANGEL filha de Pedro Álvares Rangel N 11 do § 1 casou com Fernão Rodrigues de Castelo Branco Fidalgo da Casa Real fº. de Felipa Vaz Castelo Branco e seu marido Rodrigo Afonso no ttº. de Cardosos § 9 N 3; o Nobiliário de Fernão Álvares Freire faz Fernão Rodrigues de Castelo Branco fº. de Simão Rangel natural de Coimbra e de Felipa Vaz de Castelo Branco filha de Vasco Pais de Castelo Branco no § 22 42 13 Pedro Álvares de Castelo Branco 13 Simão Rangel de Castelo Branco § 41 13 António Rangel de Castelo Branco, Maltez 13 Fernão Rodrigues de Castelo Branco Vedor da Fazenda da Índia e Almotace Mor do Conselho do Rei D. João III um dos fundadores do Colégio de S. Paulo de Goa c.c. D. Maria de Mendonça filha de Henrique Moniz Barreto, teve
42

O mais certo é como vai no texto, aliás se diria eram primos o que se não diz em alguma memória.

14 João Rodrigues c.g. extinta 13 João Rodrigues de Castelo Branco, na Índia 13 D. Maria Casou 2ª vez Brites Álvares Rangel com Fernão Gomes de Quadros fº. de Aires Gomes de Quadros e sua m.er Brites Gonçalves Barreto no ttº. de Quadros. N 13 PEDRO ÁLVARES DE CASTELO BRANCO fº. de Brites Álvares Rangel N 12 (morou no Chão do Ameal). Foi Comendador de Santa Maria de Macans Fidalgo da Casa Real. Casou com D. Margarida ou Felipa de Pessoa dos Pessoas de Montemor-o-Velho e dos Costas Homens de Coimbra 14 Paulo Rangel de Castelo Branco 14 Simão Rangel Clérigo fez um Morgado com exclusão de B.B. de Sorte que tendo ele um o excluiu 14 Diogo Vaz de Castelo Branco 14 D. Joana Pessoa m.er de João de Olivença Dezembargador da Suplicação c.g. extinta N 14 PAULO RANGEL DE CASTELO BRANCO fº. de Pedro Álvares N 13 Cavaleiro da Ordem de Cristo e Fidalgo da Casa Real (serviu na Índia foi casado 1ª vez com D. Catarina de Sousa viúva de Álvaro Henriques de Gusmão s.g.) casou com D. Francisca Manuel filha de Manuel Paulo Mercador ou Manuel Paulo de Carvalho Cavaleiro da Ordem de Cristo e viúva de Heitor Mendes de Castelo Branco 15 Manuel Rangel de Castelo Branco N 15 MANUEL RANGEL DE CASTELO BRANCO fº. de Paulo Rangel N 14 (foi Fidalgo da Casa Real) foi Cap.am Mor das Naus da Índia Comendador de Santa Maria de Macans da Ordem de Cristo, Fidalgo da Casa Real casou com D. Maria Coutinho filha de Inácio Coutinho s.g. teve de Ana Freire B. 16 B. Diogo Rangel de Castelo Branco 16 B. Paulo Rangel N 16 DIOGO RANGEL DE CASTELO BRANCO fº. B. de Manuel Rangel N 15 (foi Fidalgo da Casa Real por nova mercê feita em 1706 foi Dezembargador na Bahia com seu irmão Paulo). Foi Dezembargador da Casa da Suplicação casou com D. Ana Fernandes s.g. teve bastardo o abaixo para o qual fez um Morgado 17 B. Manuel Coutinho de Castelo Branco N 17 MANUEL COUTINHO DE CASTELO BRANCO fº. B. de Diogo Rangel N 16 (foi Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo pelos serviços de seu cunhado Manuel de Almeida Carvalho Dezembargador do Paço) Cavaleiro de Cristo M.e de Campo de Auxiliares do termo de Lisboa Fidalgo da Casa de Sua Majestade casou com D. Mariana Teresa de Almeida filha do Dr. António de Almeida de Carvalho advogado em Lisboa natural de Coimbra que fez um Morgado para esta sua filha 18 Diogo Rangel Dezembargador da Suplicação e da Casa de Bragança Fidalgo da Casa Real c.c. D. Violante José Galvão c.g. (ver Costado Tomo 2 fl. 168 vº; ver Cardosos § 46 que devo escrever neste ttº.), teve 19 D. Maria Anastácia Rangel que foi H. c.c. António Álvares Cabral .g. no ttº. de Correias § 5 N 18 18 D. Luísa Teresa 18 D. Joaquina Clara Rangel 18 D. Joaquim Cruzio 18 António de Almeida, Cónego em Lisboa N 18 D. LUÍSA TERESA RANGEL DE CASTELO BRANCO filha de Manuel Coutinho N 17 casou com António Correia de Sotomaior Fidalgo da Casa Real Sr. da quinta de Barbas de Porco e Palhacana 19 Pedro Correia de Almeida e Meneses N 19 PEDRO CORREIA DE ALMEIDA E MENESES fº. de D. Luísa Teresa N 18 foi Fidalgo da Casa Real, Sr. da quinta de Barbas de Porco e Palhacana casou com D. Ana Felipa de Sousa Pinheiro filha de André de Sousa Pinheiro da Câmara e sua m.er D. Josefa Perestrelo no ttº. de Pinheiros § 11 N 14. § 32 N 17 D. ISABEL DA SILVA filha B. mas legitimada em 22 de Março de 1676 de Duarte Carneiro Rangel Sr. de Vila Boa de Quires N 16 do § 7 casou com Gaspar Lourenço de Sousa Sr. da Casa da Lage fº. de Álvaro de Sousa e sua m.er Francisca de Aguiar neto paterno de Gonçalo Lourenço de Sousa e sua

m.er Maria Anaia e neto materno de José Ferreira Camelo e sua m.er Teresa de Aguiar filha de Carlos de Aguiar 18 D. Jerónima da Silva N 18 D. JERÓNIMA DA SILVA filha de D. Isabel da Silva N 17 sucedeu na Casa de seu pai casou com Francisco Cerqueira de Magalhães Sr. da Casa Real fº. de Ana Cerqueira e seu marido António Vieira de Lemos no ttº. de Cerqueiras § 51 N 9 onde corre. § 33 N 16 D. ANGELA DE SÁ PEREIRA filha de Lucas Rangel Pereira N 15 do § 1 casou com Francisco Bahia Teixeira Dezembargador do Paço pessoa de grande autoridade e respeito depois de ser Lente de Prima de Leis no ttº. de Rangeis § 12 17 Manuel Bahia de Sá 17 António Bahia de Sá Fidalgo de muitas prendas que mataram 17 D. Luísa Maria Pereira de Sá § 34 N 17 MANUEL BAHIA DE SÁ fº. de D. Angela de Sá N 16 ajustou nos primeiros anos um casamento e por não concluído passou a Galiza e casou em Monção com D. Mariana Pereira de Castro Srª. distinta da Casa do Curro 18 Francisco Bahia de Sá que foi Cap.am de Infantaria na guerra da Liga s.g. Teve Manuel Bahia B.B. em Maria Garcia de Carvalho 18 B. Felix Francisco Bahia, morreu moço 18 B. D. Leucádia Maria Bahia Rangel Pereira de Sá. § 34
SOUSA VALDEZ

N 17 D. LUÍSA MARIA PEREIRA DE SÁ o que outros dizem se chamava D. Maria Pereira de Sá filha de D. Angela Pereira de Sá N 16 do § 33 casou com José Luís de Sousa Valdez ou Luís de Sousa Valdez Tesoureiro Mor do Reino descendente de um N.................. Valdez que veio de Castela e casou em Lisboa com uma filha de um negociante rico – tinha o dito José ou Luís de Sousa Valdez figura de muito rico (Luís de Sousa Valdez era fº. de António de Sousa Deputado da Junta do Comércio e D. Maria Cardoso irmã de Manuel Preto Valdez neto paterno de Gaspar de Sousa e D. Ana Duarte e materno de Gaspar Preto e D. Antónia Teixeira) 18 António de Sousa Valdez 18 Francisco Bahia Valdez s.g. N 18 ANTÓNIO DE SOUSA VALDEZ fº. de D. Luísa Maria Pereira de Sá N 17 do § 34. Foi Tenente de Infantaria de que dando baixa se formou e foi Juíz de Fora de Portalegre e em nenhum dos empregos fez a sua obrigação. Casou com D. Joana Neves de Oliveira Craveiro da vila de Pombal filha do Dr. Mateus das Neves Lampreia e D. Maria Luísa Craveiro da vila de Pedregão Grande, neta paterna do Cap.am Manuel Gonçalves da vila de Pombal e pela materna do Cap.am Agostinho da Rosa do Pedrógão; o dito Mateus das Neves foi Dr. de Capelo e Juíz de Fora de Pedregão Grande e dotou a sua dita filha com a Casa e Morgado de Pedrógão Grande e com o vínculo que tinha em Pombal. 19 D. Maria Micaela de Sousa Valdez § 35 19 D. Jerónima de Sousa Valdez c.c. seu primo o Dezembargador Luís Godinho Leitão c.g. 19 D. Joana Rosa das Neves c.c. Duarte Borges da Costa Escrivão da Alfândega de Elvas s.g. 19 Miguel António de Sousa Valdez 19 D. Bernarda Joaquina c.c. seu sobrinho § 35 N 20 N 19 MIGUEL ANTÓNIO DE SOUSA VALDEZ fº. de António de Sousa Valdez N 18 casou com sua prima D. Josefa Godinho das Neves de Oliveira Craveiro filha de Vicente Godinho Leitão Cap.am Mor da vila de Pombal e sua m.er D. Teresa Neves de Oliveira Craveiro neta paterna de Luís Godinho Leitão e de D. Bárbara Teixeira Feio e pela materna do Dr. Mateus das Neves Lampreia e sua m.er D. Maria Luísa Craveiro de que acima se fala 20 D. Margarida, morreu nova 20 António Xavier de Sousa Valdez N 20 ANTÓNIO XAVIER DE SOUSA VALDEZ fº. de Miguel António de Sousa N 19 sucedeu por morte de seu pai nas Casas de Pedregão e Pombal casou com D. Maria de Vasconcelos Parada de Sousa

filha de Manuel Coelho de Vasconcelos e D. Ana Joaquina de Valadares; (Manuel Coelho de Vasconcelos era filho de Manuel Coelho da Silva e D. Veríssima de Sousa e Vasconcelos neto paterno de José Coelho da Silva e D. Maria Mendes e neto materno de Manuel Esteves de Gois e D. Catarina de Sousa e Vasconcelos; D. Ana Joaquina de Valadares era filha de Pedro de Sousa Henriques de Foios e D. Teresa Lobo de Sousa H., neta paterna de António Lopes Henriques e D. Maria de Ávila e neta materna de Jorge Lobo Botelho e D. Teresa Correia da Maia) 21 D. Ana Leonor de Sousa Valdez N 21 D. ANA LENOR DE SOUSA VALDEZ filha de António Xavier de Sousa N 20 ficou por morte de seu pai administrada por sua mãe que a casou em segredo e contra vontade dos parentes com Manuel Caetano Mascarenhas Mancelos Fidalgo da Casa Real (Alcaide Mor da Vila do Crato Cap.am Mor de Pombal) fº. 2º. do Cap.am Mor José de Mascarenhas de Manselos e se fez o casamento no ano de 1787 com licença para se não lerem os proclamas de que resultou porém impedimentos ao dito casamento de que corria demanda no Juízo Eclesiástico; José de Mascarenhas Mancelos Cap.am Mor de Pombal Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Maria Teotónia Serrão do Avelar H. filha de Luís Rodrigues Saraiva Provedor de Moncorvo e D. Vicência Alexandrina Serrão de Avelar H. filha de António Serrão de Carvalho Instituidor do Morgado e D. Mariana Lourença de Avelar c.g. no ttº. de Mancelos § 2 N 10.

§ 35
SOUSA VALDEZ

N 19 D. MICAELA DE SOUSA VALDEZ filha de António de Sousa Valdez N 18 do § 34 casou com seu parente José de Sousa Valdez que era muito rico por trazer os primeiros diamantes que se descobriram na América que foi Ouvidor no Brasil e ajustou o casamento Inácio de Sousa Valdez que lhe dotou um grande Morgado que tinha de livre nomeação em Tomar e casas em Lisboa e quinta do Crasto junto de Almada pondo-se a declaração que a dita noiva perderia o Morgado se ele fosse administrado por seu sobrinho António de Sousa Valdez pai da dotada; era José de Sousa fº. de António de Sousa Valdez 20 Manuel Sebastião de Sousa Valdez 20 D. ............................ 20 D. ............................ Casou 2ª vez D. Maria Micaela com o Dezembargador Miguel António de Oliveira que morreu em Lisboa Ouvidor da Alfândega s.g. N 20 MANUEL SEBASTIÃO DE SOUSA VALDEZ fº. de D. Maria Micaela de Sousa N 19 é Sr. da Casa de seus pais assiste em Lisboa e na sua quinta de Crasto ao pé de Almada onde o conheci quando lá estive e tive com ele boa amizade. Casou com sua tia D. Bernarda Joaquina Valdez recolhida no Convento de S. Clara de Lisboa filha de António de Sousa Valdez e sua m.er D. Joana Neves de Oliveira neste ttº. § 34 N 19 21 D. .............................. 21 D. .............................. 21 N. ......................... fugiu da companhia de seu pai ajustou um casamento com uma filha de uma taberneira o que seu pai embaraçava.

§ 36
VERRIDE

N 15 D. MARIA PEREIRA RANGEL ou D. MARIANA filha de Jerónimo Rangel Homem N 14 do § 1 casou com Francisco Amado Varela de Macedo Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo familiar do S. Ofício fº. de António Amado Varela Juíz dos Direitos Reais de Santiago do Cacém e sua m.er D. Brites de Macedo filha de Luís Serrão Camelo e D. Luísa Nunes Cordovil no ttº. de Amados § 14 N 12 16 Bernardo Amado Pereira 16 António Amado Rangel, morreu na Índia 16 D. Catarina freira em S. Clara e outras freiras N 16 BERNARDO AMADO PEREIRA fº. de D. Maria Pereira Rangel N 15 foi Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou com D. Ana de Horta filha de Baltazar Horta de Carvalho fº. de Nuno Álvares de Horta e D. Ana de Carvalho sua prima filha do Dezembargador Diogo Ferreira de Carvalho e sua m.er D. Inês de Carvalho filha de António Liz Velho e D. Catarina da Fonseca filha de Alberto Jacome de Carvalho no ttº. de Coutinhos § 162 N 16

17 D. Isabel Maria de Horta Forjaz que foi H. c.c. Bernardo Coutinho Pereira Sr. do Morgado dos Coutinhos de Coimbra fº. de Manuel Pereira Coutinho Sr. do dito Morgado c.g. no ttº. de Coutinhos § 23 N 5 17 D. Bernarda Vitória N 17 D. BERNARDA VITORIA FORJAZ PEREIRA E HORTA filha de Bernardo Amado Pereira N 16. Casou em Verride com Roque de Macedo Pereira Fidalgo da Casa Real fº. do Dr. Corregedor do Crime do Porto António de Macedo Pereira Cor.or do Crime do Porto Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Sebastiana da Silva no ttº. de Macedos § 45 N 4 (ver Tomo 2 de Costados fl. 111 vº.) 18 Francisco Xavier de Macedo Pereira 18 Joaquim de Macedo Pereira 18 António José Pereira s.g. 18 Fr. José frade Varatojo 18 Fr. João frade Bernardo 18 D. Francisca ........................... m.er de Pedro Dias Leme Fidalgo da Casa Real Guarda Mor das Minas Comendador da Ordem de Cristo c.g. no Brasil 18 D. Ana, freira em S. Clara de Coimbra 18 D. Maria, o mesmo 18 D. Isabel 18 D. Teresa N 18 FRANCISCO XAVIER DE MACEDO PEREIRA fº. de D. Bernarda Vitoria N 17 (Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo) casou com D. Teresa Josefa Cavaco filha do Dezembargador José Henriques Cavaco Juíz do Tombo de Santarém e sua m.er D. Helena do Couto filha de Domingos Mendes Couto Governador de Mourão Fidalgo da Casa Real neta paterna do Cap.am Manuel Henriques Cavaco e sua m.er D. Margarida de Almeida; (o Cap.am Manuel Henriques Cavaco era filho de Domingos Gomes Cavaco e D. Catarina Henriques – D. Helena do Couto m.er do Dr. João ou José Henriques Cavaco era filha de Domingos Mendes do Couto Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo Coronel de Infantaria Governador de Mourão e sua m.er D. Isabel Pereira neta paterna de Pedro Martins Couto e materna de Domingos Lourenço Cabeçado ver Costado Tomo 2 fl. 111 vº e Tomo 3 fl 56) 19 Roque de Macedo Pereira 19 Joaquim de Macedo Pereira § 44 19 D. Ana 19 D. Helena N 19 ROQUE DE MACEDO PEREIRA fº. de Francisco Xavier de Macedo N 18 casou com sua prima D. Isabel Ana Joaquina de Sousa filha de Manuel de Horta Coutinho ttº. de Carvalhos § 78 N 14 20 Francisco de Macedo Horta Coutinho, morreu s.g. 20 Manuel Macedo Pereira Forjaz Coutinho 20 D. Mariana, freira em ........................... 20 José, morreu s.g. 20 D. Ana Felícia de Macedo casada em Tomar com Custódio Jacome no ttº. de Jacomes § 13 N 10 20 D. Maria freira em S. Clara de Coimbra N 20 MANUEL DE MACEDO HORTA fº. de Roque de Macedo N 19 (é Dezembargador da Casa da Suplicação) é Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Francisca de Seabra ........................... filha de Lucas de Seabra irmão do Secretário de Estado José de Seabra 43 21 António de Macedo Pereira 21 D. .............................. 21 D. .............................. (todos ainda novos em 1818)

§ 37
N 15 VICENTE MENDES fº. B. de Duarte Carneiro Rangel N 15 do § 7 casou nas Eiras freguesia de S. Martinho de Rozinhos com D. Catarina de Campos diz Fr. João da Madre de Deus 16 Mateus Mendes de Carvalho c.g.
43

Nota dos Editores – Destes descendem os Condes de Macedo.

16 D. Joana da Silva N 16 D. JOANA DA SILVA filha de Vicente Mendes N 15 casou com Belchior Moreira da Mota 17 Manuel Mendes Padrão 17 Bernardo Mendes 17 D. Esperança Mendes Casou 2ª vez em S. Marta na freguesia de S. Martinho de Rozinhos com Manuel Diniz 17 ..........................., Clérigo 17 ..........................., Clérigo N 17 BERNARDO MENDES fº. de D. Joana da Silva N 16 casou com D. Maria Camelo 18 O Dr. ................................ 18 Matias Mendes de Carvalho que vivia solteiro na sua quinta de Fofo de Rozinhos em 1764 18 O Padre ............................

§ 38 44
(Pertence ao ttº. de Cunhas vai no ttº. de Sás § 20)

§ 39
ANDRADE CORVO

N 17 MARIA CARNEIRO filha de Francisca Carneiro N 16 do § 6 casou com João Neto Sr. da quinta de Palhais seu parente no 4º grau fº. de António Neto Sr. da quinta de Palhais e sua m.er Maria Carneiro neto paterno de Francisco Neto Sr. da quinta de Palhais (fº. de António Neto e D. Clara Camelo) e Domingas Gonçalves sua parente em 4º grau fº. de Gonçalo Gonçalves e neto materno o dito João Neto de Gonçalo Carneiro (fº. de Gonçalo Carneiro o Velho) e sua m.er Maria Francisca Dias 18 João Neto 18 Pedro Neto Palhais c.c. sua sobrinha D. Maria Francisca abaixo N 19 s.g. N 18 JOÃO NETO fº. de Maria Carneiro N 17 foi Fidalgo da Casa Real Sr. da quinta de Palhais casou com D. Ana Maria Pacheco Marinho filha de Baltazar Ferreira de Melo Sr. da quinta do Carmo e sua m.er Maria Pacheco Marinho no ttº. de Pinheiros § 137 N 30 19 D. Maria Francisca Josefa Palhais Neto N 19 D. MARIA FRANCISCA JOSEFA PALHAIS NETO filha de João Neto N 18 Sr. de Palhais foi sua H. casou depois de viúva de seu tio Sebastião Neto Palhais ou Sebastião Neto Sr. da quinta de Palhais, com Sebastião de Andrade Corvo Fidalgo da Casa Real Cavaleiro da Ordem de Cristo fº. de Francisco de Andrade Corvo Cavaleiro da Ordem de Cristo Fidalgo da Casa Real e Guarda Roupa do Rei D. João V Sr. do Morgado de Santiago do Cacém e D. Micaela Maria Manso (ver Tomo 3º. de Costado N 116 vº). 20 Francisco Maria de Andrade Corvo N 20 FRANCISCO MARIA DE ANDRADE CORVO fº. de D. Maria Francisca Josefa Palhais N 19 foi Fidalgo da Casa Real e teve B. 21 B. Sebastião de Andrade Corvo Lente de Matemática em Coimbra Reitor do Colégio de S. Pº.

§ 40
VILA BOA DE QUIRES

N 19 ALEXANDRE LUZ MENDES DE VASCONCELOS fº. de Sebastião José de Vasconcelos Sr. da Casa de Vila Boa de Quires § 7 N 18 foi Fidalgo da Casa Real e Maltez não professo casou com D. Ana Claúdia Correia Borges filha H. de Francisco Xavier Ladesma e sua m.er no ttº. de Machados § 69 N 26 s.g. teve de Felícia Teresa Lopes que era da freguesia de Boelhe termo da cidade de Penafiel fº. de António Lopes lavrador pequeno e sua m.er ................................... que foram de Perozelo para a dita de Boelhe (António Lopes era irmão do Padre Domingos Rodrigues era fº. de Manuel Fernandes e sua m.er
44

Nota dos Editores – O texto deste § está trancado no original por não pertencer a este título.

Maria Rodrigues netos paternos de António Gaspar e sua m.er Maria Fernandes e maternos de Manuel Lopes e sua m.er Angela Rodrigues eram da freguesia de Santa Maria de Pernelo) 20 B. D. Ana Vitoria de Vasconcelos B. e H. N 20 D. ANA VITORIA DE VASCONCELOS filha B. e H. de Alexandre Luís Mendes de Vasconcelos N 19 (foi legitimada) lhe fez seu tio António de Vasconcelos doação da Casa de Vila Boa de Quires. Casou com António de Albuquerque do Amaral Cardoso Fidalgo da Casa Real fº. 2º de António José de Albuquerque do Amaral Cardoso Fidalgo da Casa Real e Sr. da Casa dos Coutos em Viseu e sua m.er D. Maria Josefa Loureiro de Vasconcelos filha de Manuel Loureiro de Vasconcelos M.e de Campo e Sr. da Casa de Touraes 21 António de Vasconcelos Carvalho de Meneses de Albuquerque 21 Luís de Albuquerque Alferes do Regimento N 3 21 Alexandre de Albuquerque do Regimento N 15 21 José 21 Lourenço 21 Sebastião 21 Afonso 21 Francisco 21 D. Maria 21 D. Maria Antónia.

§ 41
N 13 SIMÃO RANGEL DE CASTELO BRANCO fº. de Brites Álvares Rangel N 12 do § 31 casou com Isabel Pestrelo filha de João de Beja Pestrelo ttº. de Pestrelos § 3 N 3 (Manuel de Faria Ásia Portuguesa Tomo 1 Couto Decada 4 serviu na Índia onde foi Cap.am de Maluco e no socorro de Bacaim e no socorro de Diu) 14 Fernão Rodrigues de Castelo Branco 14 Diogo de Castelo Branco c.c. D. Branca de Silva filha de Rui Mendes de Vasconcelos 1º Conde de Castelo Melhor c.g. (casou Diogo de Castelo Branco 1ª vez com D. Maria de Melo filha de Martim Soares de Melo) 14 D. Maria 14 D. Joana 14 D. Isabel, freiras N 14 FERNÃO RODRIGUES DE CASTELO BRANCO fº. de Simão Rangel N 13 casou com D. Margarida de Noronha filha de D. Luís de Noronha no ttº. de ................................. e sua m.er Brites de Sousa filha do Dr. Cristóvão Esteves Esparagoza Dezembargador do Paço 15 D. Maria de Noronha 15 D. Isabel, freira 15 D. Margarida, morreu menina.

§ 42
DE AVEIRO

N 1 LEONOR ANNES RANGEL filha de Miguel Rangel (Miguel Rangel que dizem ser pessoa de distinção de Aveiro) casou com Felipe Rolão natural de Aveiro 2 Miguel Fernandes Rangel 2 Mateus Fernandes Rangel § 43 N 2 MIGUEL FERNANDES RANGEL fº. de Leonor Annes Rangel N 1 casou com António Fernandes 3 Miguel André Rangel N 3 MIGUEL ANDRÉ RANGEL fº. de Miguel Fernandes Rangel N 2 casou com Maria André Pericoa filha de Pedro Annes Pericão o Velho e sua m.er Antónia Jorge o qual Pedro Annes Pericão era irmão de Maria Annes Pericão casada com Miguel Ribeiro que tiveram André Ribeiro Juíz da Alfândega c.c. Brites Henriques no ttº. de Rangeis § 2 N 5 ttº. de Pericoins § 1 N 2 4 António Rangel que casou com D. Catarina Correia da Veiga filha H. de André Ribeiro Juíz da Alfândega de Aveiro e sua m.er D. Brites Henriques c.g. no ttº. de Quadros § 2 N 6 com o qual levou em dote o ofício de Juíz da Alfândega de Aveiro.

§ 43
N 2 MATEUS FERNANDES RANGEL fº. de Leonor Annes Rangel N 1 do § 42 casou com Antónia Dias 3 Isabel Migueis Rangel

N 3 ISABEL MIGUEIS RANGEL filha de Mateus Fernandes Rangel N 2 casou com Miguel Pires Pericão filho de Pedro Annes Pericão e Antónia Jorge sua m.er de que se faz menção acima no § 42 sub. N 3 ttº. de Pericoins § 1 N 2 4 Miguel Rangel que casou com Maria de Barros de que teve D. Maria Rangel que instituiu vínculo de sus bens do qual hoje está de posse a Casa dos Rangeis do Carmo falta de sucessão 4 D. Catarina Migueis Rangel N 4 D. CATARINA MIGUEIS RANGEL filha de Isabel Migueis N 3 casou com Diogo de Oliveira de Pinho, de que teve 5 Francisco de Oliveira Rangel N 5 FRANCISCO DE OLIVEIRA RANGEL fº. de Catarina Migueis Rangel N 4 foi chamado o Cego. Casou na vila de Alenquer com Sebastiana Pestrelo da Fonseca filha de Domingos da Fonseca e sua m.er Isabel Pestrelo neta paterna de André Álvares da Fonseca Moço do Guarda Roupa do Rei D. Sebastião e sua m.er Maria Fernandes sobrinha do Bispo de Bona e neta materna de Manuel Criado e sua m.er Maria Pestrelo filha esta de João de Matos de Noronha e sua m.er Joana Pestrelo da família dos Bejas Pestrelos ttº. de Fonsecas § 30 N 2 6 Diogo de Oliveira Rangel c.c. D. Catarina Correia Rangel de Quadros que era sua parente filha de António Rangel de Quadros e D. Ana da Veiga c.g. no ttº. de Quadros § 3 N 9 6 D. Inês Pestrelo Rangel c.c. seu parente Miguel Rangel de Quadros fº. de Francisco Henriques de Quadros c.g. no ttº. de Quadros § 7 N 8.

§ 44
N 19 JOAQUIM DE MACEDO PEREIRA fº. de Francisco Xavier de Macedo Pereira e Horta N 18 do § 36 (foi Fidalgo da Casa Real) casou com D. Maria Bernarda Tudela filha de D. Rita Tudela e Felix Tomé de Freitas Morato ttº. de Castilhos § 7 N 7 20 António Maria de Macedo Tudela N 20 ANTÓNIO MARIA DE MACEDO TUDELA fº. de Joaquim de Macedo Pereira N 19 (Fidalgo da Casa Real). Casou com sua prima D. Maria Manuel da Fonseca Tudela filha de José Caetano da Fonseca Fidalgo da Casa Real e D. Francisca Tudela no ttº. de Castilhos § 7 N 8 (Tomo 4) 21 José Maria de Macedo Pereira Forjaz.

REGOS Há dúvida no primitivo Solar desta família, uns dizem ser a honra do Rego no lugar de Lordelo do concelho de Lanhoso de que foram Senhores com Jurisdição, outros dizem ser a Terra de Regos na Província da Estremadura e nesta ambiguidade sem haver documentos nada se pode seguir, com certeza, só é certo que estes Fidalgos fundaram novo Solar na quinta de Mereces lugar de Calvelo digo freguesia de Calvelo do concelho de Penela nesta Província do Minho de cuja Casa procedem todos os Regos de que temos notícia. Origem deste apelido Alguns quiseram que o Apelido de Rego se derivasse de um Ilustre Fidalgo da família de Gundares que saltara de cavalo um grande Rego de água, imitando o Rei D. Afonso Henriques a quem acompanhava com outros cavaleiros em alcance dos Mouros, pelo que se ficara chamando o do Rego e querendo outro cavaleiro saltar do mesmo modo, caíra na água de quem se deduzira o apelido de Águas. Deste sucesso do Rego deduziram as suas Armas, que são em campo verde uma banda ondeada de prata e sobre ela três vieiras de ouro. Timbre dois penachos verdes guarnecidos de ouro e no meio uma concha ou vieira de seu próprio metal. Não nos parece isto muito verosímil pois não é natural que um Fidalgo quisesse tomar seu apelido de uma acção que se não pode numerar entre as façanhas militares, eu me inclino a que a banda ondeada seria posta em atenção ao Solar do Rego para se distinguir de outros Fidalgos para o que foram introduzidos os escudos de que não faltam exemplos como nos Costas – Cunha – Bacelares – e outros e as vieiras podiam ser acrescentadas ou por aliança desta família ou em honra de S. Tiago Patrão das Espanhas com quem os da família de Gundar sendo das Asturias teriam devoção em alguma batalha contra os Mouros invocando S. Tiago que era neste tempo o grito da guerra e por este motivo acrescentariam as suas Armas as vieiras ou conchas diga cada um o que lhe parecer melhor. Os Regos segundo diz o Conde D. Pedro Plana 341 ttº. 60 descendem de D. Egas Mendes Gundar casado com D. Maria Viegas o qual D. Egas Mendes era filho de D. Mem de Gundar natural das Asturias que veio com o Conde D. Henrique e deste vêm os Regos e outras famílias (veja-se Motas § 1). §1 N 1 LOURENÇO DO REGO Sr. da quinta das Rosas é o primeiro de que tenho notícia vivia no tempo dos Reis D. Afonso III, D. Sancho II (diz-se neto ou 2º neto de D. Egas Mendes Gundar, Conde D. Pedro ttº. 60 Plana 341), teve de sua m.er 2 Pedro do Rego 2 D. Mayor Lourenço m.er de João de Freitas no ttº. de Freitas § 2 N 5 N 2 PEDRO DO REGO fº. de Lourenço do Rego N 1 no tempo do Rei D. Diniz lhe foi honrada a sua quinta de S. Marta das Rosas e vivia em 1308 3 Martim do Rego que viveu no tempo de D. Afonso IV em cujos registos há memórias dele 3 Gracia do Rego § 2 3 Diogo Pires do Rego N 3 DIOGO PIRES DO REGO fº. de Pedro do Rego N 2 foi Sr. da quinta de S. Marta das Rosas e seu Padroado viveu no tempo de D. Afonso IV. Casou com .......................................... da Cunha da Família de Cunhas 4 Rui Dias do Rego N 4 RUI DIAS DO REGO fº. de Diogo Pires N 3 foi Sr. da quinta de S. Marta das Rosas e seu Padroado e parece o foi da Casa de Mereces foi Vassalo do Rei D. Fernando que lhe deu a terra de S. Martinho de Mouros e de Canedoins no Almoxarifado de Lamego como consta no livro 1º dos registos. Casou com ......................... Srª. da quinta do Pereiro 5 João Rodrigues do Rego § 9 5 Inês Dias do Rego 5 B. Diogo do Rego a quem seu pai deixou a quinta de Rosas e o Rei D. João I lha tirou por ser espúrio e a deu a Nuno Viegas o moço por ser casado com Inês Dias acima

Casou 2ª vez Rui Dias do Rego com Inês Annes de Curutelo viúva de Nuno Viegas o Velho e filha de Leonor Martins ttº. de Curutelos § 1 N 8 5 Branca Rodrigues de Curutelo casada com Lançarote Rodrigues do Lago c.g. nos Lagos § 2 N 4 N 5 INÊS DIAS DO REGO filha da 1ª m.er de Rui Dias do Rego N 4 casou a 1ª vez com Nuno Viegas o Moço Sr. de Aguiar e Neiva fº. de Nuno Viegas o Velho Sr. da quinta de Curutelo e sua m.er D. Inês de Curutelo filha H. de D. Leonor Srª. da quinta de Curutelo filha H. de Martim Viegas Curutelo Sr. do Castelo e quinta de Curutelo ttº. de Curutelos § 1 N 8 e Nuno Viegas o Velho era fº. de Egas Pais Turrucelos e D. Urraca Ramires filha de Ramiro Gonçalves Camelo da Cunha e D. Ouroana Nunes filha de Nuno Pais Vide – foi mais Nuno Viegas o moço Meirinho Mor de Trás-os-Montes Sr. de Calvos e Aldeia Nova, Cabeceiras de Basto, Regalados Arco de Baulhe, Rosas e Vila Boa de Roda (Conde D. Pedro ttº. 52 Plana 301 N 10) 6 Lopo Viegas § 4 6 Fernão Viegas do Rego 6 D. Leonor Viegas do Rego casada com Diogo Gomes de Abreu ttº. de Abreus § 2 N 3 6 D. Inês Dias do Rego casada com Lopo Vaz de Sampaio ttº. de Sampaios § 3 N 2 Casou 2ª vez D. Inês Dias do Rego com João Rodrigues do Lago no ttº. de Lagos § 1 N 1 N 6 FERNÃO VIEGAS DO REGO fº. do 1. marido de D. Inês Dias do Rego N 5 casou com D. Guiomar de ..................................................... 7 Rui Fernandes do Rego N 7 RUI FERNANDES DO REGO fº. de Fernão Viegas do Rego N 6 assistiu em Viana casou com Isabel Gonçalves 8 António Fernandes do Rego que o Padre Marcelino Pereira faz filho do que leva por avô o que não seguimos que foi Alcaide Mor em Ceuta casou com Isabel Martins da Costa filha de Fernão Martins da Costa e sua m.er Joana de Barros c.g. no ttº. de Costas § 228 N 5. §2 N 3 GRACIA DO REGO que parece fº. de Pedro do Rego § 1 N 2 viveu no tempo do Rei D. Afonso IV que lhe legitimou os abaixo concedendo-lhe as honras de Filhos de Algo. §3 N 5 GONÇALO VASQUES DO REGO fº. de ............................................ foi Vassalo do Rei D. Fernando que lhe deu uma quinta na Tabueira de Loures e a colheita de Arnela como consta do Livro 1º dos seus Registos. §4 N 6 LOPO VIEGAS fº. de D. Inês Dias do Rego § 1 N 5. Foi Senhor da Casa de seu pai casou com Isabel Fernandes Pinto 7 Fernão Annes Ribeiro N 7 FERNÃO ANNES RIBEIRO fº. de Lopo Viegas N 6 casou com sua prima Maria Lopes Viegas 8 Estevão Fernandes Viegas 8 Álvaro Fernandes do Rego parece no § 6 N 8 ESTEVÃO FERNANDES VIEGAS fº. de Fernão Annes N 7 casou com Inês Pacheco filha de Afonso Pacheco e sua m.er Leonor de Sande filha do grande Gil Pires de Sande 9 Rui Viegas Pacheco N 9 RUI VIEGAS PACHECO fº. de Estevão Fernandes Viegas N 8 casou com Maria Azures do Souto filha de João Azures do Souto e sua m.er Margarida Rodrigues 10 Belchior do Souto Viegas N 10 BELCHIOR DO SOUTO VIEGAS fº. de Rui Viegas Pacheco N 9 casou em Guimarães com Helena de Azevedo filha de Lançarote de Azevedo e de sua m.er 11 Maria de Azevedo c.c. Matias de Faria fº. de ................................ c.g. no ttº. de ...............

§5
N 3 ÁLVARO DO REGO fº. de Fernão Annes do Rego N 2 do § 9 (era este Álvaro do Rego primo de Fernão Annes do Rego do § 9 N 2) viveu no tempo do Rei D. João I e foi um dos que acompanhou o Condestável D. Nuno Álvares Pereira na fronteira do Alentejo e se achou com ele na Batalha dos Atoleiros e na de Aljubarrota onde o mesmo Rei o armou Cavaleiro como tudo de vê da sua Crónica Livro 1º Cap. 12 e 88 e 2ª parte Cap. 39 foi mandado para governar a Província do Alentejo donde vem os Regos do Alentejo e supomos fundou a quinta do Rego no termo de Azeitão.

§6
N 1 ÁLVARO FERNANDES DO REGO fº. parece de Fernão Annes do Rego § 4 N 7 parece vivia em Alenquer no tempo do dito Rei D. João I porque os moradores daquela vila lhe mandaram dizer por ele que se lhe queriam entregar como se vê da sua Crónica Livro 1º cap. 86 e o dito Rei lhe deu umas casas em Lisboa como consta aos Registos Livro 1º.

§7
N ..... AFONSO PIRES DO REGO fº. de ..................................... foi um dos que ajudaram ao Rei D. João I a defender o Reino como consta da sua Crónica Cap. 159.

§8
N .... GONÇALO VAZ DO REGO fº. de ..........................................., serviu em Ceuta no tempo do Conde D. Pedro de Meneses e ai foi Armado Cavaleiro numa escaramuça que os Mouros tiveram com os nossos.

§9
SR.ES DE MARECES

N 1 JOÃO RODRIGUES DO REGO que era filho de Rui Dias do Rego § 1 N 4 (fº. João Rodrigues do Rego de Rui Dias do Rego no § 1 N 4 descendente de D. Egas Mendes Gundar) de quem se fala no § 1 N 4 no princípio deste ttº. e Conde D. Pedro ttº. ............................ fls; viveu no tempo do Rei D. João I que lhe confirmou a quinta de Vale de Cunha no julgado de Neiva achou-se na batalha de Aljubarrota e na tomada se Ceuta segundo consta da instituição de Morgado de Mareces (é a Casa de Mareces Solar dos Regos como diz ª da Corog. Portuguesa Tomo 1 fl. 266). Foi armado Cavaleiro pelo Rei D. João I no mesmo dia da Batalha de Aljubarrota pelo que lhe confirmou os Senhorios 2 João do Rego foi Sr. com Jurisdição de Castelo de Penela que depois El Rei deu a D. João de Castro. Jaz no Convento de S. Francisco do Monte junto de Viana 2 Fernão Annes do Rego 2 João Vaz do Rego § 10 N 2 FERNÃO ANNES DO REGO fº. de João Rodrigues do Rego N 1 (viveu no tempo dos Reis D. João I e D. Duarte e alcançou D. Afonso V) foi Comendatário do Mosteiro de Rendufe teve de Maria Salgueiro da Passagem; achou-se Fernão Annes na Batalha Naval e na de Aljubarrota como seu pai foi Sr. da quinta de Mareces e Vila de Punhe 3 Pedro do Rego 3 António do Rego § 15 3 Luís do Rego § 16 3 João do Rego 3 Fernão do Rego de que vêm os Regos da Beira 3 D. Maria do Rego m.er de Rui Barbosa s.g. 3 Álvaro do Rego de que vêm os Regos do Alentejo fica no § 5 N 3 3 Maria do Rego lhe acho no ttº. de Ferrazes § 45 casada com Pedro Annes Ferraz N 3 PEDRO DO REGO fº. B. de Fernão Annes do Rego N 2 (achou-se na Batalha do Touro) foi escudeiro e Instituiu o Morgado de Mareces no ano de 1489 com sua m.er Catarina Esteves onde diz que

é filho de Fernão Annes e que se acharam na Batalha Naval seus avós e serviram ao Rei D. João na tomada de Ceuta e na dita Instituição nomeiam a seu filho João do Rego para 1º Administrador cuja instituição foi feita a 20 de Fevereiro de 1489 vincularam a quinta de Mareces e os casais de Barreiro dos Faiais e de Carvalhal com as herdades da Ribeira com todas as suas pertenças e honras e senhorios para sempre e fizeram um vínculo regular cuja instituição vi junta à causa de execução que fazia João Manuel de Alpoim a Francisco Xavier de Alpoim hoje Sr. desta Casa que corria no Cartório do Tab.am Francisco José de Faria Vieira na era de 1788 4 João do Rego nomeado na Instituição de seus pais s.g. por isso passou o vínculo de Mareces para a Linha de António do Rego seu tio no § 15 e é certo não teve este mais irmãos aliás os nomearia a dita Instituição.

§ 10
N 2 JOÃO VAZ DO REGO fº, segundo alguns, de João Rodrigues do Rego N 1 do § 9 foi Fidalgo muito honrado, viveu na cidade do Porto, teve 3 Gonçalo do Rego N 3 GONÇALO DO REGO fº. de João Vaz do Rego N 2 casou com Maria Baldaia 4 Gaspar do Rego Baldaia 4 Gonçalo do Rego Baldaia c.c. D. Brites Camelo filha de Gaspar Camelo c.g. no ttº. de Sousas § 569 Casou 2ª vez na Ilha de S. Miguel para onde foi viver depois da morte da 1ª m.er, com Isabel Pires viúva de Sebastião Gonçalves 4 Aires Pires do Rego casado com Brites de Sousa cuja geração acabou 4 Ana do Rego m.er de Manuel Pires de Almada, teve 5 Gonçalo do Rego que entrou na Companhia de Jesus em 1556 N 4 GASPAR DO REGO BALDAIA fº. de Gonçalo do Rego N 3 viveu nas Ilhas e nelas casou com Margarida Pires filha de sua madrasta Isabel Pires e de seu 1º marido Sebastião Gonçalves 5 João do Rego Beliagoa 5 Manuel do Rego § 14 5 Leonor Baldaia m.er de João Rodrigues Tavares 5 Maria Baldaia m.er de António de Ayala Castelhano Casou 2ª vez Gaspar do Rego Baldaia com D. Margarida de Sá filha de João Betancur de Sá 5 Francisco do Rego § 11 5 Belchior Baldaia § 12 5 Jorge do Rego morreu solteiro 5 Gonçalo do Rego § 13 N 5 JOÃO DO REGO BELIAGOA fº. de Gaspar do Rego Baldaia N 4 não casou teve B. (ver ttº. de Costas § 237 N 11) 6 Gaspar do Rego N 6 GASPAR DO REGO fº. B. de João do Rego N 5 casou com .................................... filha de Manuel Nunes Botelho contador das Ilhas.

§ 11
N 5 FRANCISCO DO REGO fº. de Gaspar do Rego Baldaia N 4 do § 10 viveu nas Ilhas onde fez muitos serviços à Coroa, chamavam-lhe o Gram Capitão. Casou com D. Roqueza filha de Jorge Nunes Botelho e Margarida Travassos s.g.

§ 12
N 5 BELCHIOR BALDAIA fº. de Gaspar do Rego Baldaia N 4 do § 10 casou nas Ilhas com Isabel Álvares filha de João Álvares do Olho e sua m.er 6 João Baldaia 6 Maria Baldaia m.er de Gaspar de Vibeiros Casou 2ª vez Belchior Baldaia com Isabel Raposo 6 Gaspar Baldaia

6 Manuel do Rego N 6 JOÃO BALDAIA fº. de Belchior Baldaia N 5 casou com ........................................ filha de Baltazar Raposo fº. de João Fernandes Raposo.

§ 13
N 5 GONÇALO DO REGO fº. de Gaspar do Rego N 4 do § 10 foi letrado. Casou com D. Brites filha de Gaspar Camelo dos Camelos da Ilha de S. Miguel 6 Gaspar Camelo 6 D. Maria.

§ 14
N 5 MANUEL DO REGO fº. de Gaspar do Rego Baldaia N 4 do § 10 casou com Maria Jerónima filha de Jerónimo Jorge e Brites de Viveiros 6 Gaspar do Rego 6 Brás do Rego casado com Jerónima de Sousa filha de Nuno de Sousa, da Ribeira Grande 6 Gonçalo do Rego N 6 GASPAR DO REGO fº. de Manuel do Rego N 5 casou com Briolanja Manuel filha de Gonçalo Manuel. Casou 2ª vez com Isabel de Faria.

§ 15
MARECES

N 3 ANTÓNIO DO REGO fº. de Fernão Annes do Rego N 2 do § 9 alguns dizem ser Comendatário dos três Mosteiros o que não seguimos, aliás não casaria. Sucedeu no Morgado de Mareces a seu sobrinho João do Rego; casou com Leonor Gomes Barreto filha de João Velho, o Velho da vila de Viana que fez a dita vila Realenga e sua m.er Leonor Gomes Barreto no ttº. de Velhos Barretos § 1 N 1 (vai toda esta descendência nos Velhos Barretos por isso a não escrevemos aqui só apontamos as principais linhas) 4 António do Rego 4 Luís do Rego 4 Pedro do Rego 4 Inácio do Rego 4 B. Pedro do Rego chamado o de Penela N 4 ANTÓNIO DO REGO fº. de António do Rego N 3 foi Almoxarife e Juíz dos Direitos Reais da vila de Barcelos onde casou com Maria Ferraz filha de Pedro Ferraz digo (outros chamam à m.er deste António do Rego Ana Ferraz) filha de Pedro Vaz e sua m.er D. Isabel Ferraz de Gois (Bernardo Carneiro diz Sr. Pedro Vaz de Barcelos), e todos seguem serem estes Ferrazes de Barcelos, eu não tenho achado memórias deles mais algumas e outros dizem que eram de Ponte de Lima; outros chamam a D. Isabel Ferraz de Gois e Maria Ferraz de Gois e dizem ser irmã de Duarte de Gois Fidalgo da Casa do Duque de Bragança e seu Monteiro Mor nada mais achamos culpável descuido dos antigos com o tempo deixaram sepultar tudo ttº. de Ferrazes § 33 N 2 5 Gaspar do Rego c.c. D. Maria Tavares c.g. no ttº. de Barretos Velhos § 35 N 6 5 João do Rego c.g. no ttº. de Barretos Velhos § 86 5 Inácio do Rego 5 Gracia Velho Barreto m.er de António da Rocha Peixoto c.g. nos Velhos Barretos § 36 5 Estácia do Rego c.c. António de Andrade da Gama c.g. no ttº. de Velhos Barretos § 37 5 Maria do Rego m.er de António Álvares Barroso fº. de Baltazar Álvares Barroso c.g. nos Velhos Barretos N 105 5 Isabel Ferraz 5 Mécia Ferraz c.c. Pedro Falcão Marinho c.g. no ttº. de Velhos Barretos § 38 N 5 ISABEL FERRAZ filha de António do Rego N 4 casou em Barcelos com Francisco de Gouveia Sampaio Fidalgo da Casa Real Instituidor do Morgado de Covelo fº. de Diogo Rodrigues Portela de Gouveia Juíz dos Órfãos de Barcelos e sua m.er e prima Catarina Dias de Gouveia dos legítimos Gouveias no seu ttº. § 7 N 12 6 Miguel Ferraz de Gouveia segue nos Gouveias e Velhos Barretos

6 Pedro de Gouveia Sampaio Outros no ttº. de Gouveias N 6 PEDRO DE GOUVEIA SAMPAIO fº. de Isabel Ferraz N 5 foi Fidalgo da Casa Real casou com Felipa de Benevides filha de João Monteiro Cavº. Fidalgo da Casa Real e sua m.er Inês Mendes de Mendanha no ttº. de Mendanhas § 10 N 3 7 Francisco de Gouveia Mendanha 7 Outros nos Gouveias N 7 FRANCISCO DE GOUVEIA MENDANHA fº. de Pedro de Gouveia N 6 casou com D. Maria de Azevedo filha de Álvaro de Vilas Boas Cavº. e Comendador na Ordem de S. Tiago e sua m.er Madalena das Neves de Azevedo no ttº. de Vilas Boas § ... N ... 8 André de Gouveia Mendanha N 8 ANDRÉ DE GOUVEIA MENDANHA fº. de Francisco de Gouveia mendanha N 7 seguiu os lugares de letras, foi Juíz de Fora de Guimarães, de Santarém, Provedor de Leiria e de Viana do Minho Casou com D. Antónia de Azevedo França filha de António de Azevedo escrivão proprietário das sete casas e paço da Madeira e dos 4 por cento da Casa da Índia morador às portas de S. Antão de Lisboa, e sua m.er D. Maria França 9 Francisco de Gouveia Mendanha N 9 FRANCISCO DE GOUVEIA MENDANHA fº. de André de Gouveia N 8 foi Sr. da Casa de seu pai e da principal nobreza de Barcelos onde serviu todos os cargos dela, teve de Maria Ferreira filha do Padre António de Vilas Boas vigário de Barcelinhos e sua amiga Ana Ferreira esta B. da Casa de Argemil no ttº. de Vilas Boas § 59 N 14 10 José de Gouveia Mendanha N 10 JOSÉ DE GOUVEIA MENDANHA fº. B. de Francisco de Gouveia N 9 foi legitimado por seu pai, serviu os cargos da principal nobreza de Barcelos e foi várias vezes Juíz pela ordenação casou com D. Francisca Felgueira de Valadares filha mais velha do Cap.am Carelos Ferreira de Macedo Sr. da Casa do Hospital da freguesia de Chorente e sua m.er D. Briolanja Felgueira Gayo no ttº. de Gayos § 4 N 11 e Felgueiras § 13 N 23 Farias § 10 N 12 11 D. Antónia Maria Felgueira Gayo N 11 D. ANTÓNIA MARIA FELGUEIRA GAYO filha de José de Gouveia mendanha N 10 é Srª. da Casa de seus pais, do Morgado de Felgueiras de Vila do Conde do dos Ferreiras de Chorente e sucedeu em outro dos Leitões de Vila do Conde. Casou com o B.el Nicolau da Costa Correia proprietário dos ofícios de Contador, Distribuidor e Inquiridor da Ouvidoria de Barcelos fº. de Manuel Álvares Tomé da Fonseca, proprietário dos ditos ofícios e sua m.er Benta Correia da Costa no ttº. de Fonsecas § ... N ... foi o dito Nicolau da Costa Juíz dos Órfãos na Vila de Barcelos neste ttº. § 49 N 5 12 Manuel José da Costa Felgueira Gayo que escreveu muitos volumes de Genealogias Sr. da Casa 12 Pedro de Gouveia Mendanha Faria e Gayo leu no Dezembargador do paço teve B. que reconheceu 12 André de Gouveia Mendanha.

§ 16
N 3 LUÍS DO REGO fº. de Fernão Annes do Rego N 2 do § 9 casou e viveu em Viana com Maria Martins Ricalde filha de Martim Sanches Ricalde da Vila de Viana no ttº. de Ricaldes § 1 N 1. Foi Luís do Rego Cavaleiro Fidalgo mas o mais certo é ser filho de João Martins Ricalde e neto do dito Martim Sanches Ricalde 4 Pedro do Rego 4 João do Rego § 18 4 Fernão do Rego casou na Ilha Terceira e foi seu neto Francisco do Rego Cap.am da Armada do Marquês de Santa Cruz em 1582 s.m.n. 4 Gonçalo do Rego § 20 4 Martim do Rego s.g. 4 Francisco do Rego § 21 4 Manuel do Rego § 27 4 Gracia do Rego s.n.

N 4 PEDRO DO REGO fº. de Luís do Rego N 3 casou com Inês Barbosa filha de Rui Vaz Aranha e sua m.er Isabel Barbosa no ttº. de Aranhas § 4 N 7 5 Miguel do Rego Barbosa 5 Maria Barbosa m.er de Francisco ou Fernão da Cunha § 50 N 5 MIGUEL DO REGO BARBOSA fº. de Pedro do Rego N 4 foi um dos fundadores do Mosteiro de S. Bento de Viana casou com Apolónia Fernandes Florim filha de Pedro Fernandes Florim comendatário de S. Romão de Neiva e Catarina Cardoso Homem (dizem ser esta Apolónia Fernandes Florim instituidora do Morgado de Cardoso o que ainda duvidamos, mas em vista da Instituição que vi e digo abaixo é isto erro) 6 Bento do Rego Barbosa 6 Pedro Fernandes Barbosa comendatário do mesmo Mosteiro s.g. 6 Genebra Barbosa m.er de seu tio Fernando Rego neste ttº. § 18 N 5 6 Joana freira em S. Bento de Viana N 6 BENTO DO REGO BARBOSA fº. de Miguel do Rego N 5 45 casou com Guiomar Jacome filha de João Rodrigues do Lago e sua m.er Isabel Jacome no ttº. de Jacomes § 4 N 6 7 Miguel do Rego Barbosa 7 Francisco Barbosa § 26 7 Maria do Rego § 17 N 7 MIGUEL DO REGO BARBOSA fº. de Bento do Rego Barbosa N 6 (foi Sr. do Morgado de Cardoso) foi chamado o moço por viver na vida de seu avô, casou com Maria Fagundes filha de Francisco Dias ou da Rocha e Catarina Fagundes no ttº. de Quezados § 16 N 8 8 O Cap.am Bento do Rego Cap.am de Infantaria nas Armadas de Portugal achou-se na Restauração da Bahia s.g. 8 Francisco do Rego 1º chamado para um dos vínculos de seu tio Francisco Barbosa no § 26 8 Maria do Rego H. casada com Belchior Pimenta da Silva Juíz da Alfândega de Viana c.g. no ttº. de Gayos § 14 N 8 8 B. Miguel de Morais N 8 MIGUEL DE MORAIS fº. B. de Miguel do Rego N 7 casou com .................................. Jacome 9 Jacinto de Morais Rego 9 Assêncio 9 ................................................., casado no Maranhão N 9 JACINTO DE MORAIS fº. de Miguel de Morais N 8 casou com Paula de Araújo 10 Mariana 10 Gregório do Rego Alferes nesta Província 10 Miguel do Rego Barbosa casado no Maranhão s.m.n.

§ 17
N 7 MARIA DO REGO filha de Bento do Rego N 6 do § 16 casou com João Barbosa Pereira fº. de Genebra Barbosa Pereira e Ana Nunes Boto no ttº. de Aranhas § 22 N 11 8 Manuel Pereira que mataram em Viana s.g. 8 Francisco Pereira 1º chamado para o vínculo de seu tio Francisco Barbosa no § 26 8 Teodósio Pereira 8 D. Ana Pereira m.er de João da Cunha Sotomayor s.g. 8 D. Guiomar s.g. N 8 TEODÓSIO PEREIRA fº. de Maria do Rego N 7 foi Cap.am de Infantaria na Aclamação teve de Maria Fernandes do castelo de Neiva 9 B. D. Maria Pereira m.er de Manuel Jacome fº. de João Jacome do Lago e sua m.er no ttº. de Jacomes § 4 N 9.

Diogo Barbosa Peixoto e Catarina Fernandes Florim por testamento e competente Doação entre vivos de 15 de Janeiro de 1577 instituíram o 1º Morgado de Cardoso chamando a seu sobrinho Bento do Rego Barbosa dando-lhe forma de sucessão de Morgado Regular porém em 16 de Julho de 1579 diante do Cor.or da Comarca com Provisão de Rectificação fizeram o dito Morgado de Nomeação – Declara Diogo Barbosa Peixoto na dita Instituição ser sua sobrinha Briolanja Barbosa filha de Pedro Barbosa Peixoto.

45

§ 18
N 4 JOÃO DO REGO fº. de Luís do Rego N 3 do § 16 casou com Genebra Barbosa Peixoto filha de Gonçalo Afonso Peixoto e Isabel Barbosa no ttº. de Barbosas § 48 N 22 5 Fernão do Rego 5 Maria do Rego m.er de Simão da Rocha fº. de João Gonçalves Barroso no ttº. de Vilarinhos § 16 N4 5 Brites do Rego m.er de Gastão Velho Barreto fº. de Vasco Velho Barreto c.g. no ttº. de Velhos Barretos § 112 N 3 5 Briolanja do Rego m.er do mesmo Gastão Velho sue cunhado fº. de Vasco Velho no ttº. de Velhos Barretos § 112 N 3 c.g. 5 B. Luís do Rego § 19 5 B. João do Rego N 5 FERNAÃO DO REGO fº. de João do Rego N 4 casou com sua sobrinha Genebra Barbosa filha de Miguel do Rego Barbosa neste ttº. § 16 N 5 6 Pedro do Rego Barbosa casou duas vezes, a 1ª com Ana da Cunha filha de Pedro Nunes Maciel s.g. a 2ª com Ana Ferreira filha de Baltazar Gonçalves Prego s.g. 6 Brás do Rego Barbosa s.g. 6 Maria do Rego m.er de Bento de Araújo fº. de Simão de Araújo s.g. 6 Ana Barbosa m.er de Diogo Jacome Bezerra neste ttº. § 48 N 7 6 Apolónia Barbosa m.er de Bento da Costa fº. de Pascoal da Costa c.g. no ttº. de Costas § 1 N 6 6 Catarina Barbosa m.er de António Alpoim c.g. no ttº. de Alpoins § 4 N 21 6 Isabel Barbosa m.er de António Velho Barreto fº. de João Velho Barreto e Ana Gago s.g. 6 Bárbara Barbosa sem estado N 6 PEDRO DO REGO BARBOSA fº. de Fernão do Rego N 5 casou 1ª vez com ........................... da Cunha filha de Pedro Annes Maciel s.g. casou 2ª vez com Ana Ferreira s.g.

§ 19
N 5 LUÍS DO REGO fº. B. de João do Rego N 4 do § 18 casou com Maria Martins, de Braga, filha do Abade ............................ 6 João do Rego 6 Gracia do Rego m.er de Gaspar Pimenta e teve 7 Baltazar Dias 6 Joana do Rego no § 58 6 Catarina do Rego, solteira N 6 JOÃO DO REGO fº. de Luís do Rego N 5 andou na Índia onde casou com ..................................... 7 Maria do Rego N 7 MARIA DO REGO filha de João do Rego N 6 casou com Francisco Rodrigues de Tavora filho de Álvaro Rodrigues de Tavora Comendador de Vila Verde na Ordem de Cristo e sua m.er Gracia Vaz Bravo ttº. de Bravos § 10 N 2.

§ 20
N 4 GONÇALO DO REGO fº. de Luís do Rego N 3 do § 16, casou com Ana Maciel. Foi Gonçalo do Rego Escudeiro Fidalgo 5 Maia do Rego N 5 MARIA DO REGO filha de Gonçalo do Rego N 4 casou com João Correia 6 Fernão Correia Rego casou com Leonor Barbosa filha de Gaspar Barbosa Aranha e sua m.er Inês Correia no ttº. de Aranhas § 31 N 10 c.g.

§ 21

N 4 FRANCISCO DO REGO fº. de Luís do Rego N 3 do § 16 outros lhe chamam Pedro. Morou em Barcelos casou com Isabel de Barros filha de Bernardo de Barros Sr. da quinta da Carcabeira (Isabel de Barros era filha de Bernardo de Barros o Portigueiro e neta paterna de Felipa de Barros e seu 1º marido ttº. de Barros § 20 N 118 – Bernardo Carneiro diz ser a 2ª m.er deste Francisco do Rego Vitória Ferraz que faz filha de António do Rego Morgado de Mareces e sua m.er Ana Ferraz o que não seguimos). Ver Costas § 140 N 8 5 Luís do Rego de Barros 5 Afonso de Barros Rego § 22 5 Gaspar do Rego § 28 5 Maria do Rego § 37 Casou 2ª vez Fernão do Rego com Isabel Ferraz (outros dizem ser Vitória Ferraz a 2ª m.er) que serviu a Srª. D. Isabel Valasco Duquesa de Bragança ou Ana Ferraz como dizem outros filha de Álvaro Pais Ferraz ttº. de Ferrazes § 34 N 1 5 Vitória do Rego m.er de Francisco Rabelo s.n. 5 Perpétua do Rego N 46 (Perpétua do Rego c.c. Diogo Pereira fº. de António Fernandes do Cais e sua m.er Ana Pereira e teve 6 Pedro Vaz Pereira Maltez 6 Francisco Pereira Colegial de S. Paulo Dezembargador dos Agravos da Suplicação c.c. Ana da Cunha s.g. teve B. que foi para a Índia ver § 46) 5 Joana ou Inês de Barros Ferraz c.c. António de Freitas do Amaral, Cardosos § 2 N 5 5 Pedro Vaz Pereira Comendador da Ordem de Malta 5 Francisco Pereira Rego Colegial de S. Paulo Lente de leis casado com D. Ana da Cunha filha do Dezembargador do Paço Jorge da Cunha N 5 LUÍS DO REGO fº. de Francisco do Rego N 4 (ou Pedro do Rego) casou com Maria Nunes Boto filha de António Nunes Boto ou António Dias Boto e sua m.er Maria Fagundes 6 Isabel de Barros N 6 ISABEL DE BARROS filha de Luís do Rego N 5 casou com Diogo Jacome Bezerra (Diogo Jacome vi num ser Cavº. da Ordem de Cristo e Fidalgo da Casa Real) fº. de João Jacome e sua m.er Brites Bezerra neto paterno de Vasco Jacome de Araújo Sr. da Casa do Avelar na cidade de Braga e sua m.er Mécia Gomes de Abreu e neto materno de Fernão Gonçalves Bezerra natural da Galiza que comprou aos frades de Oya a quinta de Paredes e sua m.er Margarida Rodrigues Reimonde viúva de Gonçalo Martins Cadeira no ttº. de Jacomes § 27 N 4 e ttº. de Bezerras § 1 N 5 7 António Jacome Bezerra 7 Miguel Jacome morreu em África 7 João Jacome, morreu com o Rei D. Sebastião na de Alcácer 7 Miguel, o mesmo 7 Gaspar Jacome § 45 7 Diogo Jacome § 48 7 Francisco Jacome Bezerra § 47 7 Lucas de Barros solteiro 7 Maria Nunes de Barros m.er de Belchior Pinto s.g. 7 D. Francisca m.er de António Bezerra Fajardo fº. de Gabriel Bezerra Fajardo no ttº. de Bezerras § 7N3 7 Águeda freira em S. bento de Viana 7 Gonçalo Bezerra Jacome c.c. Apolónia Caminha s.g. vai no § 33 N 7 ANTÓNIO JACOME DE BEZERRA fº. de D. Isabel de Barros N 6 foi Administrador do Morgado de Paredes em Geraz. Veja-se Peg. de Mayorat. Tomo 2º pag. 308 casou 1ª vez com Inês Barreto filha de Cristóvão Velho Barreto e sua m.er Isabel de Sá s.g. casou 2ª vez com Susana Bezerra filha de Fernão Bezerra e sua m.er Francisca de Barros ttº. de Bezerras § 3 N 3 sua prima 8 João Bezerra casado duas vezes a 1ª com Isabel Barbosa filha de Luís Barbosa s.g. casou 2ª vez com Jerónima Bezerra filha de Bernardo Fagundes e sua m.er Francisca Bezerra s.g. 8 Francisca de Barros Bezerra 8 Mariana Bezerra § 31 8 B. António Jacome foi para o Brasil onde casou.

N 8 FRANCISCA DE BARROS BEZERRA filha de António Jacome N 7 foi Srª. do Morgado de Paredes, casou com António Cardoso de Matos natural de Beja Sr. do Engenho de Capunhame na Bahia fº. B. de Domingos de Matos natural da cidade do Porto 9 Amaro Bezerra Jacome 9 Maria do Espírito Santo, freira em S. Bento Casou 2ª vez Francisca de Barros com Diogo da Cunha Rego Cavº. da Ordem de Cristo fº. de Miguel da Cunha e Catarina Burgueira 9 António, s.g. 9 Luísa, s.g. N 9 AMARO BEZERRA JACOME fº. de Francisca de Barros N 8 sucedeu no Morgado de Paredes por morte de seu tio. Casou com sua parente D. Ana de Barros filha de Baltazar de Barros Rego e D. Gracia Velho neste ttº. § 35 N 8 10 António Jacome Bezerra 10 D. Francisca de Barros § 30 10 Baltazar de Barros Rego s.g. 10 D. Gracia 10 D. Ana 10 D. Francisca, freiras no Vale N 10 ANTÓNIO JACOME BEZERRA fº. de Amaro Bezerra Jacome N 9 foi Sr. do Morgado de Paredes Cavº. da Ordem de Cristo trouxe demanda sobre o dito Morgado como se vê de Peg. de Mayorato Tomo 2 fl. 307 e 308 no ano de 1677 onde se mostra toda esta ascendência. Casou com sua parente D. Ana Josefa de Barros filha de Baltazar Rubim de Barros digo de Lima e sua m.er D. Joana de Barros no ttº. de Barretos § 11 N 8 11 D. Joana de Barros 11 D. Ana Maria N 11 D. JOANA DE BARROS filha de António Jacome N 10 sucedeu no Morgado de Paredes casou com Bartolomeu de França, seu primo, Fidalgo da Casa Real, fº. de Francisca de Barros e Inácio de França neste ttº. § 30 N 10. Foi Bartolomeu de França Tenente de Cavalos em Aveiro e depois Cap.am de Cavalos e Fidalgo da Casa Real e Cavº. da Ordem de Cristo 12 Francisco Manuel s.g. 12 João s.g. 12 D. Ana 12 D. Inácia, freiras no Vale 12 D. Teresa Jacome H. m.er de Francisco Jacome de Lago fº. de D. Gracia Pereira Ferraz e Baltazar Jacome do Lago c.g. no ttº. de Costas § 29 N 9 12 D. Vitória

§ 22
MORGADO DE DEUCRISTE

N 5 AFONSO DE BARROS DO REGO fº. de Francisco do Rego N 4 do § 21 foi um dos Fundadores do Mosteiro de S. Bento da vila de Viana e Instituidor com sua m.er do Morgado de Deucriste. Casou com Maria Nunes Barreto filha de João Velho Barreto e Violante Nunes Boto no ttº. de Velhos Barretos § 4 N 3 6 João Velho do Rego 6 Luís do Rego de Barros § 23 6 Francisco do Rego § 24 6 António de Barros Rego de que não há geração 6 Vitória do Rego § 34 6 Maria do Rego m.er de João Barbosa de Almeida Sargento Mor da Comarca de Viana Cavº. da Ordem de Cristo teve 7 Maria Nunes casada com Francisco de Sá Sotomayor fº. de Leonardo de Sá Sotomayor e Catarina de Vilas Boas, teve 8 João Barbosa de Almeida s.g. 8 Leonardo de Sá Sotomayor beneficiado na Ilha Terceira 6 Violante de Cristo, freira em S. Bento de Viana N 6 JOÃO VELHO DO REGO fº. de Afonso de Barros do Rego N 5 casou com Ana de Araújo filha de Francisco de Caldas e sua m.er Ana de Araújo 7 João Velho do Rego s.g.

7 Maria do Rego m.er de Pedro Lopes ou Lobo da Fonseca fº. de Sebastião Lopes da Fonseca s.g.

§ 23
N 6 LUÍS DO REGO DE BARROS fº. de Afonso de Barros N 5 do § 22 viveu no Brasil onde casou com D. Inês de Gois filha de Arnaldo de Holanda alemão dizem sobrinho do Papa Alexandre 6º, e sua m.er Brites Mendes de Vasconcelos (filha de Bartolomeu Rodrigues Camareiro Mor do Infante D. Luís) era D. Inês de Gois irmã, parece, de D. Brites de Vasconcelos m.er de António Cavalcanti no ttº. de Cavalcantis § 1 N 2 era fº. Arnaldo de Holanda de Henriques de Holanda Barão de Donebug, e sua m.er Margarida Florença irmã do Papa Adriano 7º. 7 Francisco do Rego de Barros 7 João Velho Barreto Colegial de S. Paulo na Universidade de Coimbra, Dezembargador do Paço Chanceler neste Reino casado em Viana com D. Antónia de Brito s.g. 7 Pedro Velho do Rego Abade de S. Cruz junto de Lamego e Provisor ou Prior de Santarém de Malta em Santarém 7 Arnaldo de Holanda § 25 7 Fr. Francisco, Capucho 7 D. Brites de Barros § 36 que outros fazem filha de seu irmão Arnaldo de Holanda, casou D. Brites 2ª vez com António Coelho tudo no § 36 7 D. Violante de Barros m.er de Francisco de Brito Pereira no Brasil 7 Bartolomeu do Rego, na Índia 7 Luís do Rego, na Índia N 7 FRANCISCO DO REGO DE BARROS fº. de Luís do Rego N 6 casou com D. Arcangela da Silveira de Morais filha do Dr. Domingos da Silveira e sua m.er D. Margarida Gomes da Silva 8 Luís do Rego de Barros Cavº. da Ordem de Cristo 8 Fr. Domingos da Anunciação, Capucho 8 João do Rego de Barros 8 Fr. Mateus 8 D. Maria da Silveira 8 D. Margarida de Brito N 8 JOÃO DO REGO DE BARROS fº. de Francisco do Rego de Barros N 7 serviu na guerra do Brasil e restauração de Pernambuco onde foi Provedor da Fazenda Real e Cap.am Mor de Paraiva, Cavº. da Ordem de Cristo. Casou com D. Catarina Camelo Valcacer filha de Francisco Camelo Valcacer e sua m.er D. Ana da Silveira filha do Dezembargador Domingos da Silveira 9 Francisco do Rego de Barros N 9 FRANCISCO DO REGO DE BARROS fº. de João do Rego N 8 casou com D. Mónica Pessoa sua prima filha de seu primo irmão Arnaldo de Holanda e sua m.er D. Luísa Pessoa neste ttº. § 25 N 7.

§ 24
N 6 FRANCISDO DO REGO fº. de Afonso de Barros N 5 do § 22 casou com Brites Barbosa filha de António Gonçalves Cabeças e de Genebra Barbosa 7 Gaspar do Rego, solteiro 7 Bento do Rego de Barros casado com Isabel Barbosa filha de João da Rocha e Catarina Barbosa s.g. 7 António de Barros, solteiro 7 Francisco do Rego casado com Isabel Barbosa s.g.

§ 25
N 7 ARNALDO DE HOLANDA fº. de Luís do Rego N 6 do § 23 casou no Brasil com D. Luísa Pessoa filha de Pedro Afonso Pessoa e Violante Nunes 8 Luís do Rego de Barros Cavaleiro da Ordem de Cristo 8 Cosme do Rego, morreu no Brasil

8 Arnaldo de Holanda Barreto 8 André de Barros Rego 8 Pedro Velho Barreto Cónego na Sé de Évora 8 D. Madalena de Gois m.er de João Correia Barbosa Cavº. da Ordem de Cristo Cap.am Mor de Pojuca 8 D. Joana de Gois m.er de João Velho Barreto Cavº. de Cristo (ver Gouveias § 55 sub N 15) 8 D. Maria Pessoa m.er de João Cavalcante de Albuquerque no ttº. de Cavalcante § 1 N 4 8 D. Mónica Pessoa m.er de Francisco do Rego de Barros neste ttº. § 23 N 9 8 D. Brites de Gois.

§ 26
N 7 FRANCISCO BARBOSA fº. de Bento do Rego Barbosa N 6 do § 16 instituiu dois vínculos para seus dois sobrinhos uma filha de sua irmã e outro de um seu irmão, foi Abade de ................................. 8 B. Maria do Rego Barbosa 8 B. ....................................... 8 B. ............................................ N 8 MARIA DO REGO BARBOSA filha B. de Francisco Barbosa N 7 supomos seu pai a não reconheceu aliás lhe deixaria os vínculos. Casou com Francisco Vaz Lobato de Ponte de Lima 9 Agostinho Barbosa Lobato 9 Guiomar Jacome casada com Manuel de Antas de Amorim e teve 10 Francisco de Antas Barbosa, Clérigo 9 Maria Barbosa m.er de Diogo ou Pedro de Araújo Aranha c.g. N 9 AGOSTINHO BARBOSA LOBATO fº. de Maria Barbosa Rego N 8 casou com Ana de Melo de Ponte de Lima filha de António de Melo Sampaio de Correlhão e Joana Pereira Pacheco ttº. de Pachecos § 43 N 17 10 Francisco Barbosa Lobato 10 Bento Barbosa 10 Fr. Bernardo frade Bernardo 10 .............................................. N 10 FRANCISCO BARBOSA LOBATO fº. de Agostinho Barbosa N 9 casou em Ardegão com D. Ana de Sousa filha de João Monteiro de Sousa Sargento Mor de Auxiliares de Cavalaria da Ordem de Cristo e Isabel de Amorim sua 2ª m.er e sua 1ª m.er D. Vitória da Costa no ttº. de Jacomes § 44 N 8 (Ver Costado Tomo 3º fls. 164 vão nos Jacomes § 56) 11 António José de Melo casado com D. Maria Lobo filha do Sargento Mor Pedro Pinto Lobo e sua m.er Ana Lobo c.g. no ttº. de Barretos § 111 N 5 s.m.n. (ver ttº. de Pachecos § 43) 11 Agostinho José, Clérigo 11 Francisco Xavier de Sousa, Clérigo 11 José Luís de Sousa Lobato.

§ 27
N 4 MANUEL DO REGO fº. de Luís do Rego N 3 do § 16 casou na Guarda com Isabel Pereira e viveram em Castelo Mendo 5 Daniel do Rego N 5 DANIEL DO REGO fº. de Manuel do Rego N 4 viveu na Guarda casou com D. Leonor da Fonseca filha de André Saraiva e sua m.er Isabel Prada da Fonseca 6 D. Gaspar do Rego, Bispo do Porto 6 Joana Teles m.er de Manuel da Costa Saraiva c.g.

§ 28
N 5 GASPAR DO REGO fº. de Francisco do Rego N 4 do § 21 foi letrado Dezembargador em Braga onde casou no ano de 1533 com Margarida de Lemos filha de Diogo Lopes de Lemos e neta de Lopo Dias de Lemos no ttº. de Lemos § 8 N 18 e com esta m.er houve metade de um Morgado em Braga 6 Miguel de Lemos foi para o Perú e foi Bispo da cidade do Porto 6 Francisco do Rego de Barros

N 6 FRANCISCO DO REGO DE BARROS fº. de Gaspar do Rego N 5 casou com Maria de Araújo 7 Gaspar do Rego de Barros N 7 GASPAR DO REGO DE BARROS fº. de Francisco do Rego N 6 (casaram por escritura na Nota Geral de 31 de Janeiro de 1609 e se receberam em S. Tiago a 15 de Fevereiro) casou com Maria Campelo filha de Baltazar Dias Campelo e Antónia Mendes no ttº. de Campelos § 8 N 1 8 Francisco do Rego de Barros 8 D. Duarte frade Cruzio 8 Antónia Ferreira Campelo baptizada a 19 de Setembro de 1614 8 Gaspar de Barros baptizado a 9 de Abril de 1619 8 Maria Baptista baptizada a 28 de Novembro de 1612 N 8 FRANCISCO DO REGO DE BARROS fº. de Gaspar do Rego N 7 casou com D. Cecília de Leão filha de Pedro Coelho e Maria de Leão s.g. por morte destes passou o Morgado a D. Luísa Pinheiro m.er de António Arrais de Mendonça no ttº. de Pinheiros.

§ 29
N 1 GONÇALO ANNES DO REGO fº. de ................................................, era dos legítimos Regos como provou seu neto Jorge do Rego no Brasão que se lhe passou em 1513 2 João do Rego N 2 JOÃO DO REGO fº. de Gonçalo Annes do Rego N 1 foi Lente de Prima de Medicina e estando em Lisboa instituiu um Morgado de todos os bens no ano de 1504 casou com Catarina Mendes Lobo filha de Maria Gomes Lobo e seu marido 3 Jorge do Rego Lobo N 3 JORGE DO REGO LOBO fº. de João do rego N 2 foi 1º Administrador do Morgado que seu pai instituiu tirou Brasão em 1513 onde provou a sua ascendência. Casou com Genebra Pereira filha de Rui Pereira de Berredo Sr. de Fermedo no ttº. de Pereiras § 29 N 17 4 João do Rego Pereira N 4 JOÃO DO REGO PEREIRA fº. de Jorge do Rego N 3 casou com D. Maria Cam filha de Gracia Fernandes de Placuela e sua m.er Briolanja Cam no ttº. de Placuelas § 1 N 2 5 Pedro do Rego Pereira 5 D. Madalena Pereira m.er de Pedro Teixeira Pinto no ttº. ........................... depois freira em Guimarães 5 D. Francisca Pereira m.er de Gregório Pinheiro fº. de Álvaro Fernandes Pinheiro no ttº. de Pinheiros § 7 N 9 s.g. N 5 PEDRO DO REGO PEREIRA fº. de João do Rego N 4 casou 1ª vez com D. Joana de Aragão filha do dito Álvaro Fernandes Pinheiro, e D. Maria de Aragão no ttº. de Pinheiros § 7 N 9 6 Jorge do Rego Pereira que dizem foi homem perdulário e se casou com uma irmã do fundidor da Artilharia João Pereira 6 Pedro do Rego Pereira 6 Feliciana do Rego Pereira 6 D. Maria Pereira casada em Estremoz com Gaspar da Fonseca. Casou 2ª vez com Paulo do Carvalhal Casou 2ª vez Pedro do Rego com D. Mariana Pereira filha de Diogo de Loronha ou Noronha Sr. da Ilha de Sampaio e sua m.er D. Aldonça de Mendonça 6 Valentim Pereira 6 D. Maria s.g. 6 D. Ana s.g. 6 Genebra Pereira sucedeu no Morgado e por não ter filhos o deixou a seu marido Salvador Pereira fº. de André Velho de Azevedo.

§ 30

N 10 D. FRANCISCA DE BARROS filha de Amaro Bezerra N 9 do § 21 casou com Inácio de França Barbosa Fidalgo da Casa Real, Cavº. da Ordem de Cristo M.e de Campo de Infantaria pago no Minho Governador de Cabo Verde e do Castelo de Viana fº. B. de Francisco de França Barbosa Cap.am de Cavalos na Província do Minho nas guerras de Castela, natural das Ilhas, M.e de Campo, Fidalgo da Casa Real que dizem ter o dito fº. de uma freira, neto paterno de Belchior Antas Barbosa e sua m.er Ana de Frias, digo Belchior Antunes Barbosa e sua m.er Ana de Frias no ttº. de Barbosas § 244 N 3 e 4 11 Francisco de França congregados 11 António 11 Manuel, foram para Cabo Verde 11 Fr. Sebastião 11 Fr. José, Domenicos 11 Bartolomeu de França c.c. sua prima D. Joana de Barros filha de António Jacome neste ttº. §21 N 11 (este Bartolomeu sucedeu na Capela de Saturnina Pinto Maciel abaixo mas não no do Padre António Pinto que passou para os descendentes de Madalena Gomes Maciel no ttº. de Macieis § 52) 11 Amaro Bezerra Jacome 11 Baltazar de Barros Rego Cap.am de Infantaria 11 João Bezerra França Cap.am de Auxiliares 11 D. Josefa 11 D. Gracia freiras em S. Ana (esta Gracia foi chamada ao vínculo que instituiu Saturnina Pinto Maciel irmã do Padre António Pinto Maciel no § 15 sub N 17 de Tourinhos) 11 D. Mariana do Vale.

§ 31
N 8 D. MARIANA BEZERRA filha de António Jacome Bezerra N 7 do § 21 casou com o Dr. Rafael Burgueira Aranha Lente de Leis em Coimbra fº. de Sebastião Burgueira Aranha e Maria Vilarinho filha esta de Gaspar da Costa e sua m.er Maria Vilarinho; Sebastião Burgueira era fº. de António Annes Burgueira e D. Isabel Fernandes Maciel 9 D. Susana Bezerra 9 D. Maria de Castro § 32 N 9 D. SUSANA BEZERRA filha de D. Mariana Bezerra N 8 casou com Amaro de Araújo Azevedo fº. de Gaspar de Araújo Azevedo e sua m.er Francisca Barbosa no ttº. de Araújos § 224 N 25 onde corre esta geração.

§ 32
N 9 D. MARIA DE CASTRO filha de D. Mariana Bezerra N 8 do § 31 casou com Domingos da Gama de Andrade Cavº. da Ordem de Cristo Cap.am de Infantaria, fº. de Gaspar de Araújo de Azevedo e sua m.er e prima Maria de Magalhães no ttº. de Araújos § 171 N 24 10 Gaspar de Araújo foi para o Brasil 10 D. Ana Maria de Castro 10 D. Jerónimo Cruzio 10 Rafael da Gama de Azevedo sacerdote c.g. no § ...... 10 D. Jerónima 10 D. Maria, freiras em S. Bento N 10 D. ANA MARIA DE CASTRO filha de D. Maria de Castro N 9 casou com seu parente Diogo Jacome Bezerra Proprietário do offº. da Alfândega de Viana fº. de Damião Barreto Pacheco e sua m.er Maria Barbosa Jacome no ttº. de Velhos Barretos § 114 N 6 11 Felix Barreto da Gama Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo Coronel de Cavalaria na Província do Minho casado com D. Sebastiana de Lima filha de D. Leonor Machado e seu marido c.g. no ttº. de Barros § 23 N 13 11 José Barreto da Gama casado em Barcelos com D. Maria de Miranda s.g. foi este o que fez reedificar a Capela de Nossa Senhora da Ponte da Vila de Barcelos 11 D. Vitória da Gama c.c. António do Rego Barreto fº. de Pedro do Rego Barreto c.g. no ttº. de Barretos § 36 N 10 11 D. Rosa Maria de Castro da Gama c.c. António Pimenta de Freitas c.g. no ttº. de Costas § 117 N 8 11 D. Josefa 11 D. Maria, freiras em S. Bento de Viana.

§ 33
N 7 GONÇALO BEZERRA JACOME fº. de Isabel de Barros Rego N 6 do § 21 casou com sua prima Apolónia Caminha filha de Baltazar da Rocha Vilarinho s.g. casou 2ª vez com D. Catarina de Alpoim de Freitas filha de Leonardo Alpoim de Freitas e D. Inês Caminha no ttº. de Alpoins § 2 N 20 8 Tomás Bezerra Jacome casado com D. Ana da Cunha do Amaral filha de João Velho Prego e Cecília da Costa Veloso c.g. no ttº. de Barretos Velhos § 99 N 5 vai no ttº. de Costas § 58 N 7 e seguinte.

§ 34
N 6 VITÓRIA DE BARROS REGO filha de Afonso de Barros Rego N 5 do § 22 casou com Belchior Caminha Vilas Boas fº. de Afonso Caminha de Vila Nova e sua m.er Inês de Vilas Boas Reimonde ttº. de Caminhas § 1 N 4 7 Afonso Caminha Rego 7 Maria Caminha Rego § 44 Casou 2ª vez Vitória de Barros com Gaspar Barbosa de Azevedo e teve 7 Leonor dos Anjos, freira 7 Maria do Rego, morreu solteira 7 Isabel de Azevedo, o mesmo N 7 AFONSO CAMINHA REGO fº. de Vitória de Barros Rego N 6 do § 34 (viveu pelos anos de 1527). Casou com D. Ana ou Maria Maciel da Guarda filha de Gaspar Maciel Antão e sua m.er Joana Dias Salgado no ttº. de Macieis § 24 N 2 8 Gaspar Caminha Rego 8 Belchior Caminha Rego teve B. 8 Joana Caminha c.c. ........................................... o frade de alcunha que morava atrás do Postigo junto ao Cais, teve 9 .................................................., passaram para o Brasil 9 .................................................., ttº. de Gayos 8 Roque de Barros Rego § 42 8 Afonso Caminha casado com Brites Barbosa s.g. 8 Baltazar de Barros Rego § 35 8 Joana de Barros Caminha c.c. Luís Homem Pereira no ttº. de Jacomes § 26 N 8 8 Vitória, freira em S. Ana de Viana N 8 GASPAR CAMINHA REGO fº. de Afonso Caminha Rego N 7 foi Moço Fidalgo da Casa Real, casou com Maria Maciel sua prima filha de Afonso Gonçalves Ramos e sua m.er Maria Dias Maciel no ttº. de Macieis § 24 N 1 filha de Gaspar Maciel Antão e sua m.er Leonor Pinto filha de Fernão Afonso Pinto e sua m.er Genebra Pereira. Foi Gaspar Caminha Secretário Ultramarino teve mercê de Comenda que se verificou em seu filho Afonso Caminha 9 Afonso de Barros Caminha Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo, Comendador de Palmela, casado em Lisboa c.g. § 39 9 António de Barros Rego Cavº. da Ordem de Cristo s.g. 9 Francisco do Rego Cónego em Lisboa 9 D. Ana Caminha m.er de Barnabé Veloso Barreto fº. de João Veloso de Miranda e sua m.er no ttº. de Barretos § 4 N 7 9 D. Maria do Rego § 40 N 9 AFONSO DE BARROS CAMINHA fº. de Gaspar Caminha N 8 (foi Secretário 1º do Ultramarino). Foi Fidalgo da Casa Real e Cavº. da Ordem de Cristo, Comendador de Palmela Secretário da Fazenda, teve B. 10 B. Bartolomeu de Barros Rego N 10 BARTOLOMEU DE BARROS REGO fº. B. de Afonso de Barros N 9 (foi Moço Fidalgo) foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, Comissário de Cavalaria no Alentejo, teve B.

11 B. Afonso de Barros Caminha, vivia em 1702, solteiro.

§ 35
N 8 BALTAZAR DE BARROS REGO fº. de Afonso Caminha N 7 do § 34 casou com Gracia Velho filha de Francisco Rodrigues Sardinha e Gracia Velho no ttº. de Tourinhos § 15 N 5 9 Baltazar de Barros s.g. 9 Bento de Barros s.g. 9 D. Ana de Barros casou 1ª vez com Bartolomeu de Vilas Boas de Azevedo fº. de Simão de Vilas Boas e Joana de Azevedo ttº. de Vilas Boas § 2 N 14 c.g. Casou 2ª vez com Amaro Bezerra Jacome fº. de D. Francisca de Barros e seu marido António Cardoso neste ttº. § 21 N 9.

§ 36
N 7 D. BRITES DE BARROS filha de Luís do Rego N 6 do § 23 outros a fazem filha de Arnaldo de Holanda no § 25. Casou 1ª vez com Francisco Barbosa Aranha fº. de Gaspar Aranha e sua m.er Inês Oliveira no ttº. de Aranhas § 85 N 2 8 Gaspar Aranha de Barros Casou 2ª vez com António Coelho de Carvalho Dezembargador do Paço fº. de António Coelho de Carvalho digo fº. de Feliciano Coelho de Carvalho Governador de Paraiva; foi António Coelho Embaixador a França ttº. de Coelhos § 11 N 25 8 D. Inês Coelho que casou com António de Albuquerque de Carvalho Fidalgo da Casa Real, Comendador da Ordem de Cristo Cap.am Geral do Maranhão fº. de D. Brites de Albuquerque e Francisco Coelho de Carvalho Governador de Paraiva (vai no ttº. de Cavalcantis § 3) teve 9 D. Brites Maria de Albuquerque m.er de Fernão Gomes de Quadros Sr. da Casa de Tavarede c.g. no ttº. de Gouveias § 55 N 15 9 António de Albuquerque Coelho Sr. do Couto de Otil c.g. no ttº. de Cavalcantis § 3 ver Arvore N 141 Tomo 2 N 8 GASPAR ARANHA DE BARROS fº. do 1º marido de D. Brites de Barros N 7 (ver Tomo 3 Arv. N 97) casou com D. Guiomar de Brito filha de Fernão Dias Mendes de Brito, e sua m.er D. Luísa de Elvas 9 Francisco Aranha de Brito N 9 FRANCISCO ARANHA DE BRITO fº. de Gaspar Aranha N 8 casou com D. Maria de Alencastre filha de D. Francisco Neger Governador de Abrantes e sua m.er D. Maria Coutinho 10 Gaspar Aranha de Brito s.g. 10 D. Antónia de Lencastre s.m.n.

§ 37
N 5 MARIA DO REGO DE BARROS filha de Francisco do Rego N 4 do § 21 casou com Sebastião Carmena de Castro fº. de Fernão Carmena, e sua m.er Teresa de Figueiredo 6 Fernão Carmena de Castro 6 Inês de Castro Carmena § 38 Casou 2ª vez Maria do Rego em Barcelos com Baltazar Barcelos Cogominho fº. de João de Barcelos e sua m.er Brites Annes Cicio ttº. de Barcelos § 1 N 2 6 Baltazar de Barros Rego casado com Catarina da Rocha Vilas Boas filha de António de Vilas Boas Reimonde e sua m.er Maria da Rocha c.g. no ttº. de Vilas Boas § 37 N 12 onde vai 6 Ana de Barros Rego c.c. Francisco Álvares Vilhegas c.g. no ttº. de Macieis § 19 6 Joana de Barros m.er de Domingos de Sá s.m.n. 6 Maria do Rego s.m.n. 6 Jacome de Barros Rego N 6 FERNÃO CARMENA DE CASTRO fº. de Maria do Rego N 5 casou com Ana de Antas filha de Rui Fernandes, e Violante de Antas 7 Sebastião Carmena de Castro

7 André Carmena de Castro casado com Ana Malheiro Calheiros c.g. no ttº. de Barbosas no § 109 N 25; casou 2ª vez com Inês Pereira Figueiroa c.g. no ttº. de Aranhas § 24 N 1 7 Francisco do Rego de Barros casado duas vezes de que não há geração 7 Brás Carmena 7 Gaspar de Barros Rego Cónego na Guarda 7 Catarina de Castro c.c. João da Rocha s.g. N 7 SEBASTIÃO CARMENA DE CASTRO fº. de Fernão Carmena N 8 (ver ttº. de Vilas Boas § 37 sub N 13) casou com Maria Álvares Prego filha de João Álvares Prego e Catarina Álvares 8 Fernão Carmena de Castro 8 D. Ângela casada com Rui de Lima de Abreu Fidalgo da Casa Real fº. de Domingos Gomes de Abreu, e sua m.er D. Catarina Malheiro, teve 9 Rui Gomes de Abreu abade de Bustelo 9 D. Natália m.er de Simão de Tavora Comendador de Vila Verde s.g. N 8 FERNÃO CARMENA DE CASTRO fº. de Sebastião Carmena N 8 casou com Justa Maciel filha de João Pires Maciel e Ana Tourinho.

§ 38
N 6 INÊS DE CASTRO filha de Maria do Rego N 5 do § 36 casou com Gaspar Dias Boto fº. de Gaspar Dias Boto, e sua m.er .................................... Fagundes 7 Leonor ou Catarina de Castro N 7 LEONOR ou CATARINA DE CASTRO filha de Inês de Castro N 6 casou com Gabriel Bezerra Fajardo fº. de Aires Nunes Bezerra, e sua m.er Patornilha de Matos ttº. de Bezerras § 9 N 1 8 Francisco de Castro Bezerra soldado em Itália s.g. 8 António Bezerra Fajardo casado com D. Francisca de Barros filha de Diogo Jacome Bezerra e Isabel de Barros c.g. neste ttº. § 21 N 6 s.g.

§ 39
N 9 AFONSO DE BARROS CAMINHA fº. de Gaspar Caminha Rego N 8 do § 34 (fica no § 34 N 9) foi Fidalgo da Casa Real, Comendador de Palmela e Secretário da Fazenda casou em Lisboa s.g. teve B. 10 Baltazar de Barros Rego N 10 BALTAZAR DE BARROS REGO fº. de Afonso de Barros N 9 (foi Fidalgo da Casa Real) foi perfilhado por seu pai, Cavº. da Ordem de Cristo Comissário de Cavalaria no Alentejo no tempo do Rei D. Afonso VI, não casou teve B. 11 B. Afonso Caminha Barros.

§ 40
N 9 D. MARIA DE BARROS REGO filha de Gaspar Caminha Rego N 8 do § 34 foi freira em S. Ana de Viana e depois de sete anos de professa casou em Viana com Manuel Álvares Gondim Moço Fidalgo da Casa Real fº. de Gonçalo Álvares Gondim, e sua m.er Ana Velho (ver ttº. de Felgueiras N 3 § 42) 10 Manuel Álvares Gondim 10 Dionísio do Rego Abade de Bagunte 10 D. Maria do Rego § 41 10 D. Gracia freira em S. Bento de Viana N 10 MANUEL ÁLVARES GONDIM fº. de D. Maria de Barros Rego N 9 foi Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou com sua sobrinha D. Inês de Melo filha de Pedro de Melo e Alvim Morgado da Carreira Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo, e D. Teresa Barreto, s.g.

§ 41
N 10 D. MARIA DO REGO filha de D. Maria de Barros N 9 do § 40 casou em Viana com Baltazar Fagundes da Fonseca M.e de Campo, Governador de S. Cruz da Guarda em Galiza Fidalgo da Casa Real fº. de Martim Velho da Fonseca e sua m.er Gracia da Rocha Fagundes no ttº. de Velhos § 8 N 18

11 D. Maria da Fonseca N 11 D. MARIA DA FONSECA filha de D. Maria do Rego N 10 casou contra vontade de seus pais com António Luís Bandeira Cavº. da Ordem de Cristo fº. de Manuel Fernandes Bandeira Cavº. da Ordem de Cristo Familiar do Santo Ofício e Vedor Geral da Província do Minho e sua m.er D. Joana Maria de Araújo. Foi António Luís Bandeira Coronel de Infantaria (ver ttº. de Costas § 40 N 80 e § 50 N 8) 12 Baltazar Fagundes da Fonseca 12 D. Joana 12 D. Ana 12 Francisco 12 João N 12 BALTAZAR FAGUNDES DA FONSECA fº. de D. Maria da Fonseca N 11 casou com D. Antónia Maria Quezado de Miranda filha de Paio Quezado de Araújo Oficial da Vedoria de Viana e sua m.er D. Engrácia Maria de Miranda filha de António Gonçalves Padez e sua m.er Isabel Miranda Gondave 13 António Luís Bandeira.

§ 42
N 8 ROQUE DE BARROS REGO fº. de Afonso Caminha Rego N 7 do § 34. Foi Fidalgo da Casa Real, Comendador de Vila Franca termo de Barcelos e Governador de Cabo Verde onde morreu, instituiu o Morgado de S. Estevão na quinta de Afonso Caminha. Casou em Viana com D. Isabel Maciel irmã de sua cunhada Maria Maciel e sua prima filhas de Gaspar Maciel Antão e sua m.er Joana Dias Salgado ttº. de Macieis § 24 N 3 ou filha como dizem outros de Afonso Gonçalves Ramos e Maria Dias Maciel que é o mais certo filha de Gaspar Maciel Antão ttº. de Macieis § 29 N 2 9 Bento de Barros Rego Fidalgo da Casa Real Comendador de Vila Franca casado com D. Bernardina Pereira s.g. 9 Manuel de Barros Rego s.g. 9 D. Maria de Barros N 9 D. MARIA DE BARROS filha de Roque de Barros N 8 sucedeu no Morgado de S. Estevão que seu pai instituiu, casou em Viana com Baltazar Jacome do Lago Sr. do Morgado da Piedade fº. de Francisco Jacome do Lago Instituidor do dito Morgado, e sua m.er D. Vitória Fajardo no ttº. de Jacomes § 6 N 7 10 Francisco Jacome do Lago vivia em 1702 10 Baltazar Jacome do Lago casado em Ponte de Lima com D. Gracia Pereira c.g. no ttº. de Costas § 29 N 9 10 Roque de Barros s.g. 10 D. Vitória freira em S. Banto 10 D. Bento frade Cruzio 10 D. Maria de Barros § 43 10 D. Francisca freira em S. Bento de Viana.

§ 43
N 10 D. MARIA DE BARROS ou D. MARIA DO REGO JACOME filha de D. Maria de Barros N 9 do § 42 casou com Miguel da Cunha Pedra filha de Diogo da Cunha Rego e sua m.er D. Genebra Correia Espina filha de D. Maria Correia Barbosa e seu marido Fernão de Espina Valasco Pedra Vedor Geral do Minho por ordem do Rei Felipe 2º este fº. de João de Espina Pedra – do Lugar de Limpios – uma légua da Vila de Laredo nas Montanhas de Bisais ttº. de Aranhas § 39 N 5 11 Diogo da Cunha Pedra 11 D. ......................................., morreu s.g. 11 D. Genebra da Cunha Pedra m.er de Manuel Arriscado de Lacerdo c.g. no ttº. de Farias § 57 N 13 11 Baltazar da Cunha Pedra N 11 BALTAZAR DA CUNHA PEDRA fº. de D. Maria de Barros N 10 casou com D. Joana Pimenta filha de António Pimenta de Freitas e D. Rosa Maria de Castro no ttº. de Costas § 117 N 8 12 Miguel da Cunha Pedra c.g. no Costado 51 do Tomo 1º 12 António Pimenta da Cunha c.c.g. 12 Luís Barreto da Gama

N 12 MANUEL DA CUNHA PEDRA PALAIOS fº. de Baltazar da Cunha N 11. Foi Sr. da quinta de Santo António, Sargento Mor da Comarca de Viana. Casou com sua parente D. Inês Josefa da Cunha Rego filha de Bento da Cunha natural de Nogueiras e sua m.er D. Margarida 13 Baltazar da Cunha Pedra Palaios Sargento Mor das Ordenanças de Viana 13 Fernando da Cunha 13 Fr. Diogo frade Bernardo.

§ 44
N 7 MARIA CAMINHA REGO filha de Vitória de Barros N 6 do § 34 casou em Viana com Gregório Lopes de Abreu Soares fº. de João de Abreu Soares e sua m.er Maria Lopes um dos Padroeiros de S. Bento de Viana como consta do epitáfio que tem no túmulo do dito Mosteiro 8 Miguel de Abreu Soares N 8 MIGUEL DE ABREU SOARES fº. de Maria Caminha Rego N 7 passou ao Brasil viveu no Rio de Janeiro onde casou com D. Branca Peixoto filha de Pedro Peixoto, e sua m.er D. Antónia de Azevedo Lemos 9 D. Maria Peixoto N 9 D. MARIA PEIXOTO filha de Miguel de Abreu N 8 casou no Rio de Janeiro com um cavalheiro castelhano chamado D. Luís Queixade 10 D. Catarina Peixoto N 10 D. CATARINA PEIXOTO filha de D. Maria Peixoto N 9 casou no Rio de Janeiro com Jerónimo Carneiro de Albuquerque fº. de Pantalião Carneiro da cidade do Porto que tinha ido para o Rio de Janeiro donde trouxe a sua m.er 1ª o Porto ttº. de Aranhas § 1 N 12 11 Plácido Carneiro de Albuquerque 11 D. Isabel 11 D. Ana.

§ 45
N 7 GASPAR JACOME BEZERRA filha de D. Isabel de Barros N 6 do § 21 casou com Águeda Bezerra filha de Fernão Bezerra e sua m.er Francisca de Barros s.g. ttº. de Barros § 3 N 3 teve B. 8 Diogo de Barros que foi Cap.am de Cavalos na Província do Alentejo, e dos de melhor opinião; casou em Barcelos com Maria Pereira filha de Gaspar de Mariz c.g. no ttº. de Farias § 46 N 10.

§ 46
N 5 PERPÉTUA DO REGO filha de Fernão do Rego N 4 do § 21 casou com Diogo Pereira fº. de António Pereira do Caes e sua m.er Ana Pereira do Lago no ttº. de Araújos § 434 N 21 (ver ttº. de Pereiras § 50 N 17) 6 Manuel Pereira de Melo casado com Apolónia dou Florência Vieira Monteiro filha de Lopo Álvares Monteiro c.g. no ttº. de Monteiros § 9 N 13 6 Francisco Pereira Rego Dezembargador dos Agravos Colegial de S. Paulo casado com Ana da Cunha s.g. teve 7 B. ............................................, que foi para a Índia 6 Pedro Vaz Pereira Comendador do Barro, e Fregim na Ordem de Malta.

§ 47
N 7 FRANCISCO JACOME BEZERRA fº. de D. Isabel de Barros Rego N 6 do § 21 casou com ..................................... filha de Fernão Annes Lamego 8 Diogo Jacome Bezerra o sarna casado s.g. 8 Maria de S. Francisco freira em S. Bento de Viana Casou 2ª vez com Maria Antunes filha de António Afonso o Bispo e sua m.er Maria Afonso 8 Agostinho Bezerra Jacome 8 Francisco Jacome Bezerra 8 Maria Jacome Bezerra

8 Ana Bezerra Jacome 8 Isabel Bezerra Jacome 8 Águeda Bezerra Jacome 8 B. .................................... 8 B. ....................................

§ 48
N 7 DIOGO JACOME BEZERRA fº. de Isabel de Barros Rego N 6 do § 21 casou com Ana Barbosa Rego filha de Fernão do Rego e sua m.er Genebra Barbosa neste ttº. § 18 N 5 8 Miguel do Rego Barbosa s.n. 8 Maria Barbosa casada com Damião Barreto Pacheco fº. de Francisco Borges Pacheco e sua m.er D. Maria ou D. Brites Barbosa ttº. de Velhos Barretos § 114 N 16 c.g. 8 Manuel Barbosa 8 D. Ventura Barbosa casada com Jorge da Rocha Peixoto fº. de Manuel da Rocha Peixoto, e sua m.er D. Catarina de Abreu Lima c.g. no ttº. de Vilarinhos § 4 N 7 Outros dizem casara Diogo Jacome com D. Maria Barbosa filha de Jerónimo de Abreu Ricalde, e sua m.er D. Marta Pedrosa 8 D. Ventura Barbosa casada com o dito Jorge da Rocha Peixoto no dito ttº. de Vilarinhos § 4 N 7 N 8 MANUEL BARBOSA fº. de Diogo Jacome Bezerra N 7 casou com Genebra Pereira Barbosa filha de Francisco Pereira do Lago e sua m.er Catarina Barbosa Rego c.g. no ttº. de Velhos Barretos § 112 N 6.

§ 49
REGOS DE BARCELOS DESENTRONCADOS

N 1 BALTAZAR DO REGO fº. de ......................................... não podemos descobrir até hoje de quem era filho, só sim que era dos legítimos e bons Regos; casou com Eufémia da Costa 2 Belchior do Rego de Andrade N 2 BELCHIOR DO REGO DE ANDRADE fº. de Baltazar do Rego N 1 foi Escrivão Proprietário de um offº. de G.al de Barcelos pelo que supomos cavalheiro de família dos Duques que pagavam os serviços da sua Casa e alguns com eles, o que se confirma por seus filhos serem do serviço da mesma Casa de que faziam muita estimação; casou com Justa do Rego que era igualmente dos Regos legítimos 3 João do Rego de Andrade casado com Ursula Cogominho em Barcelos filha de Manuel da Costa Botelho e sua m.er Ana Velho Tinoco c.g. no ttº. de Costas § 169 N 7 3 António Velho de Andrade 3 Domingos do Rego § 60 3 Matias do Rego 3 Felipa do Rego, solteira 3 Maria do Rego, solteira 3 Manuel do Rego que teve 4 Justa do Rego c.c. João Pedrosa 4 Maria do Rego 3 O Cónego Belchior de Andrade 3 Baltazar do Rego, Abade 3 Antónia da Ressureição 3 Ana dos Anjos, freiras no Convento do Salvador em Braga N 3 MATIAS DO REGO fº. de Belchior do Rego de Andrade N 2 teve de Francisca de Macedo de Vilar do Monte filha de Pedro Fernandes de S. Bento da Várzea, e sua m.er Isabel Francisca de Vilar do Monte neta de Baltazar Gonçalves e Maria Antónia 4 Ana da Costa Rego 4 Bárbara da Costa casada com Nicolau Fernandes Lamedo e teve 5 O Dr. Luís Manuel Lamedo que fez vínculo das suas Casas da Rua Direita de Barcelos e chamou para 1º Administrador ao fº. de seu primo Nicolau da Costa; Manuel José da Costa Felgueiras Gayo neste ttº. § 15 N 12 sub N 11

N 4 ANA DA COSTA REGO filha de Matias do Rego N 3 criou-se como tal com suas tias freiras em Braga donde a casaram com João Correia 46 (era irmão de Ana Correia c.c. João Barbosa de que teve Ambrósio Barbosa c.c. D. Josefa de Sousa e Meneses no ttº. de Farias § ... N ... c.g.) e se receberam em Braga na freguesia de S. Pedro de Maximianos a 16 de Julho de 1665 filha de Domingos Rodrigues de Sousa, e sua m.er Gracia Correia 47 neto paterna de outro Domingos Rodrigues e sua m.er Leonor de Sousa esta B. de uma Srª. da Casa de Pentieiros, e neto materno de Miguel Correia e sua m.er Ana Gonçalves Simões o qual Miguel Correia era filho de António de Faria e sua m.er Ana de Vilas Boas; o ser a dita Leonor de Sousa filha B. de Pentieiros dizem constar das Inquirições abaixo, que eu não vi, e só o escrevo por tradição 5 Benta Correia da Costa Rego 5 Fr. Manuel 5 O Padre António Correia nas inquirições do qual se mostrou a sua ascendência de Pentieiros N 5 BENTA CORREIA DA COSTA REGO filha de Ana da Costa Rego N 4 casou com Manuel Álvares da Fonseca Proprietário dos ofícios de Contador Distribuidor e Inquiridor do Juízo da Ouvidoria de Barcelos fº. de António Álvares do Vale, e sua 3ª m.er Paula Tomé da Fonseca e Silva neto paterno de Pedro Álvares do Vale Sr. da Casa da Torre na freguesia do Louro, e Isabel Rodrigues e neto materno de Pedro Pires da Costa e sua m.er Maria Gonçalves da Fonseca dos Fonsecas de Rio Covo no ttº. de Fonsecas digo de Vales § 10 N 3 6 Nicolau da Costa Correia Sr. da Casa casado com sua prima D. Antónia Maria Felgueira Gayo filha de José de Gouveia Mendanha, e sua m.er D. Francisca Felgueira de Valadares neste ttº. § 15 N 11 c.g.

§ 50
6 João Correia da Costa Rego formado, morreu no Brasil 6 Ana Maria da Costa Rego 6 Paula Teresa de Macedo 6 Pedro José do Rego e Andrade morreu tendo feito Bacharel 6 Águeda morreu nova, outros novos s.g. N 5 MARIA BARBOSA filha de Pedro do Rego e sua m.er Inês Barbosa N 4 do § 16. Casou com Francisco da Cunha fº. de Baltazar da Cunha (e neto de Vasco da Cunha) e sua m.er Margarida Gonçalves de Almeida (ou dizem casara com Tristão da Cunha neto de Vasco da Cunha) no ttº. de ........................... Era este Francisco da Cunha marido desta Maria Barbosa do concelho de Felgueiras termo de Guimarães (diz Bernardo Carneiro ser este Francisco da Cunha do concelho de Felgueiras termo de Guimarães – Bernardo Carneiro diz vira uma memória que confirma o que dizemos, de ser Baltazar da Cunha casado com a dita Margarida Gonçalves de Almeida pais de Francisco da Cunha casado com esta Maria Barbosa, e diz que Lourenço Mendes de Vasconcelos no ttº. de Barbosas diz só ser neto de Vasco da Cunha sem lhe nomear o pai) 6 Gaspar da Cunha Rego § 56 6 Brites da Cunha 6 ....................................................... do Rego, sem estado 6 Genebra Barbosa m.er de Francisco Rodrigues de Araújo c.g.

Este João Correia dizem seus descendentes tivera uma filha natural chamada Helena Correia que casou com João Álvares Imaginário de Lijó, como constava das habilitações para ordens de seus descendentes e tivera 2 Manuel Correia que casou com Maria de Jesus na vila de Tomar, e foi Manuel Correia Alcaide e Carcereiro na dita vila, teve 3 João Correia Boticário e morador em Chãos de Macas no concelho de Lisboa 3 ..................................... casada em Tomar com N. ..........................................., Escrivão teve 4 Roberto António Correia criado do Dezembargador Firmino de Magalhães 2 Benta Correia c.c. Manuel da Rocha da cidade de Braga fº. de João da Rocha Sr. da Fazenda de Rio Torto e sua m.er Mariana da Rocha, e teve 3 Paulo 3 Domingos Guarda da Raínha em Madrid 3 Maria c.c.g. 3 Antónia 3 Paula da Rocha Correia fº. de Benta, casou com Isabel Maria de S. José da Barca e teve 4 Maria 4 Ana 4 João 4 Teresa 4 Margarida 47 Gracia Correia m.er de Domingos Rodrigues acima era irmã de Ana Correia c.c. Francisco Gomes de que teve Maria Gomes c.c. Matias Fernandes Lopes de que teve D. Maria Gomes c.c. o Dr. João Lopes Loureiro c.g. nos Lopes de Barcelos § 1 N 3; Matias Fernandes Lopes casou 1ª vez com Francisca Pedrosa c.g. nos Pedrosas § 2 N 2.

46

N 6 BRITES DA CUNHA filha de Maria Barbosa N 5 casou com Pedro Annes Maciel fº. de João Pires Maciel, e sua m.er Maria Annes Vicente ver ttº. de Macieis § 26 N .... 7 Miguel da Cunha 7 Vitória do Rego m.er de Simão Barbosa s.m.n. § 65 ver ttº. de Jacomes § 9 N 8 na Nota à margem 7 N. .......................................... da Cunha m.er de Rodrigo Maciel c.g. 7 Bernardo da Cunha s.n. 7 N. .......................................... da Cunha m.er de .................................... de Moura s.m.n. 7 Brites da Cunha 7 Joana da Cunha N 7 MIGUEL DA CUNHA fº. de Brites da Cunha N 6 casou com Catarina Burgueira filha de Afonso Annes Burgueira e Isabel Gonçalves Maciel dos Macieis § 45 N 1 8 António da Cunha Rego 8 Bento da Cunha Rego § 52 8 Diogo da Cunha Rego § 54 8 Afonso da Cunha Rego § 51 8 Catarina Barbosa § 53 8 N. ................................................ da Cunha s. estado 8 Brites da Cunha m.er de João Gago Barreto s.g. N 8 ANTÓNIO DA CUNHA REGO fº. de Miguel da Cunha N 7 casou com Bárbara da Silva Rangel filha de Diogo Rangel de Aguiar, e sua m.er D. Margarida Cardoso de Adorno Sr.es do Engenho de Caponemana na Bahia 9 Miguel da Cunha s.g. 9 Manuel da Cunha Barbosa na Bahia casado s, n, (deste Manuel da Cunha descende, penso, a mulher de João Pedro de Faria Rego desta Vila) 9 D. Brites casada com Gaspar Pereira da Cana casou 2ª vez com Fernão da Rocha Lobo s.m.n. 9 D. Maria da Cunha N 9 D. MARIA DA CUNHA filha de António da Cunha Rego N 8 casou com Gomes Correia de Sotomayor fº. de Gregório Correia Rabelo e sua m.er Maria da Rocha no ttº. de Rabelos § 43 N 16 10 Francisco da Rocha Lobo 10 António Correia, Clérigo 10 D. Maria ou Margarida m.er de Domingos Ferreira Coutinho c.g. no ttº. de Jacomes § 19 N 9 N 10 FRANCISCO DA ROCHA LOBO fº. de D. Maria da Cunha N 9 foi Cavº. da Ordem de Cristo, Juíz das Cizas de Viana. Casou com D. Helena Tourinho filha de Domingos Martins Tourinho em 1708 11 Roque.

§ 51
N 8 AFONSO DA CUNHA REGO fº. de Miguel da Cunha N 7 do § 50 casou em Barcelos com Maria da Costa filha de Manuel da Costa de Carvalho Sr. do Morgado de S. Francisco e sua m.er Jerónima Pinheiro como consta de uma escritura que é a do seu dote onde declaram os pais feita na Nota do Tab.am João António das Neves de 6 de Maio de 1626 no ttº. de Costas § 168 N 6 9 Miguel da Cunha Pinheiro casado com Maria de Agorreta filha B. de João de Agorreta s.g. 9 Bartolomeu Barbosa Abade de Nogueira 9 Bento da Cunha Rego 9 Brites da Cunha Rego m.er de ................................ Cabral s.g. 9 Lourenço, sem estado 9 Fernão da Costa, Clérigo 9 Jerónima da Cunha § 55 9 António da Cunha, sem estado N 9 BENTO DA CUNHA REGO fº. de Afonso da Cunha N 8 casou com D. Mariana Barbosa filha de Inês Pereira Figueira e seu marido Gabriel Barbosa de Faria no ttº. de Aranhas § 24 N 12 (escritura de dote destes em que declaram os pais feita em Viana na Nota de Cristóvão Marinho de Brito aos 10 de Abril de 1673) 10 Afonso da Cunha Rego

10 D. Paula Pereira do Rego casada com Manuel de Sá Pacheco fº. de Bento Malheiro Pereira c.g. no ttº. de Costas § 34 N 9 10 D. Paula N 10 AFONSO DA CUNHA REGO fº. de Bento da Cunha N 9 casou com Micaela de Barros filha de Hilário de Barros e Maria de Araújo. Receberam-se na freguesia de S. Pedro de Maximinos da cidade de Braga no ano de 1699 – onde declaram os pais onde se diz ser Micaela de Barros da vila de Viana.

§ 52
N 8 BENTO DA CUNHA REGO fº. de Miguel da Cunha N 7 do § 50 casou com Ana de Antas filha de Gaspar d’Aclamação Francês e sua m.er Violante de Antas (esta Ana de Antas casou 2ª vez com André da Costa Alquemi c.g.) 9 D. Maria do Rego casada com Martim Quezado Jacome fº. B. do Dr. Jacome de Vilas Boas Quezado c.g. no ttº. de Quezados § 1 N 10 ttº. de Vilas Boas § 9 N 14; foi Martim Quezado Fidalgo da Casa Real e Cavº. da Ordem de Cristo.

§ 53
N 8 CATARINA BARBOSA filha de Miguel da Cunha N 7 do § 50 casou com Belchior de Barros Barbosa fº. de Gaspar Barbosa e sua m.er D. Isabel Jacome no ttº. de Jacomes § 3 N 7 9 Gaspar Barbosa, Clérigo.

§ 54
N 8 DIOGO DA CUNHA fº. de Miguel da Cunha N 7 do § 50 casou 1ª vez com D. Genebra Correia de Espina e Valasco filha de D. Maria Correia e seu marido Fernão de Espina Valasco Pedra, Cavº. Biscainho no ttº. de Aranhas § 29 N 12 c.g.

§ 55
N 9 JERÓNIMA DA CUNHA filha de Afonso da Cunha Rego N 8 do § 51 casou com João Pinheiro de Faria fº. de Belchior Pinheiro Leitão, e D. Felipa de Andrade de Faria como consta dos Livros Findos da cidade de Braga no ttº. de Pinheiros § 55 N 12 corre no ttº. de Pinheiros § 152 N 13 e seguintes.

§ 56
N 6 GASPAR DA CUNHA fº. de Maria Barbosa e seu marido Francisco da Cunha N 5 do § 50 casou com Catarina Lobo Barreto filha de D. Ana Lobo Barreto e seu marido Fernão da Rocha Lobo no ttº. de Barretos § 1 N 4 o que é conforme uma Árvore dos Estados de Perre (num vi casara este Gaspar da Cunha com Ana de Araújo filha de Pedro Annes Vicente e sua m.er Maria de Araújo de quem se diz era filha Sabina o que não seguimos) 7 Sabina do Rego, s.n. 7 D. Francisca Malheiro m.er de Manuel Malheiro de Araújo fº. de Maria de Araújo e seu marido João de Araújo Mendes no ttº. de Araújos § 112 N 26 = até os filhos deste nos Estados 7 D. Maria Lobo § 56 7 D. Ana Lobo m.er de Sebastião Malheiro Barbosa fº. de António de Freitas Barbosa e Maria Malheiro no ttº. de Malheiros § 8 N 6 e 7 7 António Lobo da Cunha 7 Gaspar Lobo Reitor de Vila Franca (todos apresentaram em 1719) N 7 ANTÓNIO LOBO DA CUNHA fº. de Gaspar da Cunha N 6 deste § foi Cavº. da Ordem de Cristo familiar do S. Ofício casou com D. Teresa Burgueira filha de André Homem Tourinho Cap.am de Navios e D. Helena Burgueira neta paterna de Henrique Hendres Flamengo e Maria Tourinho e materna de António Gonçalves e Gracia Burgueira no ttº. de Tourinhos § 16 N 6 Burgueiras ver este ttº. § 50 N 7 e § 31 N 8 e Macieis § 45 N 1 e ttº. de Abreus § 51 N 9 8 António Lobo da Cunha casado com D. Eugénia Felgueira de Magalhães filha de Gaspar Soares Bezerra Sr. da Casa das Pintas c.g. no ttº. de Araújos § 213 N 26

8 D. Maria Lobo da Cunha m.er de António Galé da Veiga fº. de Maria de Caldas e seu marido Francisco Gonçalves Galé no ttº. de Caldas § 27 N 9 8 Luís Lobo, Clérigo 8 José Lobo Arcediago de Leiria 8 Fr. Gaspar frade Bernardo 8 Fr. João Graciano 8 Fernão Lobo Cap.am de Cavalos 8 D. Catarina Lobo da Cunha casada com seu primo Tomás Malheiro fº. de D. Ana Lobo e seu marido Sebastião Malheiro no ttº. de Malheiros § 5 N 9 8 D. Rosa Teresa de Belém freira em S. Ana 8 D. Catarina da Nazaré 8 D. Teresa Sarmento freira em S. Ana (estes apresentaram em 1719).

§ 57
N 7 D. MARIA LOBO filha de Gaspar da Cunha N 6 do § 56 casou com Manuel de Caldas filho de João de Caldas e sua m.er D. Joana Pedrosa 8 Gaspar de Caldas Cap.am de Cavalos casado com D. Francisca Pita filha de Brás Pita s.g. 8 João de Caldas, s.g. 8 Jorge de Sousa e Caldas 8 José de Sousa, Clérigo 8 D. Mariana freira em S. Bento de Viana 8 D. Leonarda m.er de Manuel de Azevedo Barbosa s.g. (estes apresentaram em 1719 – até aqui nos Estados).

§ 58
N 6 JOANA DO REGO filha de Luís do Rego N 5 do § 19 casou 1ª vez com António Nunes Boto 7 Angela Nunes Boto Casou 2ª vez com Francisco Gonçalves de castro 7 Gracia do Rego Barbosa casada com Pedro Gonçalves Reboucas e teve 8 Rafael do Rego 8 Maria do Rego 8 Joana do Rego N 7 ANGELA NUNES BOTO filha de Joana do Rego N 6 casou com Domingos Fernandes Couto, ou do Canto fº. de João de Darque, e sua m.er 8 D. Antónia do Rego casada com Manuel Tinoco Barbosa fº. de Heitor Rodrigues Tinoco e sua m.er D. Antónia Barbosa de Miranda c.g. no ttº. de Tinocos § 22 N 4.

§ 59
N 1 GONÇALO NUNES DO REGO fº. de Inês Álvares e seu marido ............................... a qual Inês Álvares era filha B. de Manuel Vasco das Leis fº. de Álvaro Fernandes de Orsa 2 Gonçalo do Rego casado com D. Felipa de Almeida filha de Fernão de Almeida c.g. no ttº. de Pinheiros § 146 N 27.

§ 60
N 3 DOMINGOS DO REGO fº. de Belchior do Rego e Andrade N 2 do § 49 serviu os Duques de Bragança e por isso lhe deram o offº. de Escrivão dos Órfãos de Barcelos que deu em dote a sua filha B. havida em ...................................................... 4 B. Maria da Costa do Rego levou em dote o offº. de Escrivão dos Órfãos e casou com Baltazar Nogueira de Carvalho fº. de António de Almeida Nogueira e sua m.er Maria de Macedo c.g. no ttº. de Farias § 32 N 11.

§ 61

N 1 BELCHIOR DO REGO a quem no ttº. de Castros § ... N ... se chama Pedro do Rego fº. de ........................ casou com Maria ou Isabel Barbosa filha de Francisco Bezerra Maciel e sua m.er Guiomar Barbosa da vila de Viana do Minho no ttº. de Macieis § 23 N 2 2 Luís Barbosa Rego 2 Manuel Barbosa Rego § 62 2 Francisco Bezerra 2 Maria Barbosa N 2 LUÍS BARBOSA REGO fº. de Belchior, ou Pedro do Rego N 1 casou com Isabel Quezado e moraram na freguesia de Perre 3 Francisco Bezerra Maciel morreu novo 3 D. Maria do Rego Barbosa 3 D. N. ..........................................., casada s.g. N 3 D. MARIA DO REGO BARBOSA filha de Luís Barbosa do Rego N 2 casou com Gregório Vaz de Palhares da vila de Monção da quinta ou lugar de Pumar o qual foi Cap.am de Infantaria 4 D. Joana Bezerra Rego casada com Manuel Pereira de Azevedo fº. de João de Barros Magalhães e sua m.er Mariana Pereira c.g. no ttº. de Costas § 17 N 10 4 O Padre Francisco Bezerra Rego 4 Juliana Bezerra.

§ 62
N 2 MANUEL BARBOSA REGO fº. de Belchior ou Pedro do Rego § N 1 do § 61 casou com Helena Pereira de Castro filha de António Pereira de Castro e sua m.er Marta de Resende no ttº. de Pitas § 8 N 5 onde vai esta descendência no § 40.

§ 63
(Este § está em branco no original)

§ 64
PADROEIROS E MORGADOS DE BRANDAR

N 1 GONÇALO BEZERRA DO REGO fº. de ...................................................., foi Sr. da Casa do Bom Jesus de Brandar (o Morgado do Bom Jesus sito em Brandar foi instituído pelo Abade de Labreujo Bartolomeu Lopes Cerqueira irmão de Bento Lopes e chamou sua sobrinha Margarida Lopes). Foi Padroeiro da Abadia de Brandar sobre que houve demanda com o Visconde de Vila Nova de Cerveira e Sr. do Morgado de Brandar (o Padroado foi dado pelos freg.es a Gonçalo Bezerra e sua m.er Margarida Lopes em 6 de Janeiro de 1618). Casou com Margarida Lopes Cerqueira filha de Bento Lopes Cerqueira e sua m.er D. Isabel Cerqueira moradores no arrabalde da vila de Ponte de Lima (Bento Lopes era mais irmão do Abade Estevão Lopes Cerqueira que com Branca Lopes instituíram outro vínculo e chamou sua neta D. Maria Fernandes filha de Pero Fernandes de Aldão, e sua m.er Maria da Costa filha de Aires da Costa, esta linha acabou, e a linha de Brandar) – (veja-se o § 21 deste ttº. e § 62 de Velhos Barretos sub N 8 e o ttº. de Barros § 2 N 7) 2 Bartolomeu Bezerra Rego casado com D. Ana de Lima filha de Belchior Barbosa Sr. do Paço de Baiamonde, e sua m.er Maria Martins c.g. no ttº. de Barbosas § 198 N 24 2 Bento do Rego Bezerra 2 Isabel Bezerra casada com João Rabelo Pereira fº. de Leonor Gomes Madriz e seu marido Lopo Rabelo c.g. no ttº. de Velhos Barretos de Viana § 120 N 6 N 2 BENTO DO REGO BEZERRA fº. de Gonçalo Bezerra Rego N 1 casou com Domingas Nunes natural de Refoios do Lima 3 D. Maria do Rego casada com Baltazar de Magalhães de Lancoins fº. de Ana da Costa e seu marido Baltazar de Magalhães c.g. no ttº. de Lancoins § 3 N 7

§ 65
MORGADO DAS NEVES

N 7 D. VITÓRIA DO REGO filha de Brites da Cunha e seu marido Pedro Annes Maciel N 6 do § 50. Casou com Simão Barbosa fº. de Heitor de Faria e sua m.er Inês Barbosa 48; esta Inês Barbosa era irmã de Isabel Barbosa que foi casada com Diogo Fernandes Cerqueira e instituiu a dita Isabel Barbosa o vínculo de Nossa Senhora das Neves a 13 de Outubro de 1588 que se acha lançado nos Livros da Provedoria de Viana a fls. 115, chama para 1º administrador ao dito seu sobrinho Simão Barbosa, e dá faculdade de nomear; eram a dita Instituidora, Isabel Barbosa, e sua irmã Inês Barbosa filhas de João Pires Ramalho como consta da Instituição que vi, o qual João Pires Ramalho diz a dita instituidora Isabel Barbosa tinha feito uma Capela 49 = declara a mesma instituidora Isabel Barbosa serem seus irmãos Catarina Barbosa – Gaspar Barbosa . António Ramalho – todos filhos do dito João Pires Ramalho o qual deixara a dita Isabel Barbosa por Administradora da Capela de Nossa Senhora das Neves: Simão Barbosa uniu mais bens à Capela, ou vínculo das Neves por seu tttº. 8 Luísa de Faria casada com Francisco da Rocha Barbosa; foi nomeada ao vínculo das Neves c.g. no ttº. de Rochas digo de Jacomes § 9 N 8. Consta do tttº. de seu pai Barbosa 8 Madalena da Cunha casada com Felipe Pereira de Miranda como consta do tttº. de seu pai que lhe nomeou o Prazo que tinha em Silveiros termo de Barcelos c.g. no ttº. de .................................. 8 Isabel Barbosa justa a casar com Baltazar Pires da Guarda s.m.n. João Pires Ramalho c.c. Ana Barbosa | | Isabel Barbosa c.c. Ana c.c. Diogo de Diogo Fernandes Matos Cerqueira, | vinculou a quinta, casas , Pomar, e Joana de Matos s.n. vinha excepto o Pombal e vinha que está ao redor que é da Capela de seu pai João Pires; chama seu sobrinho Simão Barbosa e declara seus irmãos e sobrinhos. | Gaspar Barbosa | Ana Barbosa s.n. Simão Barbosa c.c. D. Vitória do Rego neste § 65 N 7 supra | Catarina Barbosa esta fez doação em seu sobrinho Simão em 1599 | Inês Barbosa c.c. Heitor de Faria |

§ 66
(Este § está em branco no original)

§ 67
N .... GONÇALO VAZ DE MADUREIRA DO REGO fº. de .............................................. foi Alcaide Mor do Vimieiro. Casou com Isabel Mendes de Tavora filha de Estevão Mendes de Tavora c.g. no ttº. de Tavoras § 13 N 13.

48

Heitor de Faria e sua m.er Inês Barbosa, tiveram: 2 Simão Barbosa casado com D. Vitória do Rego aqui N 7. Consta da Instituição que digo no texto. 49 João Pires Ramalho no seu tttº. feito a 8 de Maio de 1554 que se achava nuns autos de contas que se achavam no Cartório da Provedoria de Viana de que passou certidão o Escrivão Pedro da Silva no qual declara ser casado com Ana Barbosa em cuja sepultura se mandava que estava na Misericórdia de Viana dentro do Adro, e cemitério e falecendo em S. Maria de Pedrouça que seu corpo fosse enterrado em Nossa Senhora das Neves ermida que ele fez, deixa para veneração da mesma ermida e uma missa todos os sábados sempre o seu campo da Lameira todo circundado sobre si, e mais a vinha, e casas que está à porta de Nossa Senhora das Neves, e chama para administradora sua filha Isabel Barbosa, e por morte dela irá a quem nomear que será o parente mais chegado, faz menção de suas filhas Catarina Barbosa, e Inês Barbosa e seu filho Diogo Barbosa.

RIBEIROS N 1 D. AFONSO fº. 1º de D. Pedro Sr. de Cantabria de que foi Duque e Governador o 1º que depois da perda de Espanha teve domínio sobre os Portugueses no tempo que foi eleito D. Palayo Rei de Espanha depois que seu primo o Rei D. Rodrigo a perdeu; depois dela perdida se retirou com mil cristãos na Covadonga na Serra do Monte Anseva, onde os povos depois daquela lamentável perda o foram eleger Rei para os defender dos Mouros. Casou com D. Ermezenda filha de D. Palayo Rei de Espanha pela perda de D. Rodrigo – Beneditina Lusitana Tomo 2 título 1º parte 1ª fl. 8, Conde D. Pedro ttº. 3 fl 2 N 1º. Concedeu o Papa Zacarias 1º o título de Rei de Espanha por este casamento a D. Afonso no ano de 745 por ser Católico e vencer aos Mouros 24 batalhas ver Monte Belo Notas ao Conde D. Pedro; Europa Portuguesa Tomo 1º parte 4ª fl. 390 e 391 – que falam largamente e por não fazer este título volumoso não transcrevo o que estes dizem, mas somente me limito a escrever esta linha sucintamente e quem quiser mais clarezas as pode ver. 2 D. Vimarano 2 D. Freula que matou a este D. Vimarano para reinar no § 5 2 D. Aurélio que diz Faria e Sousa matou D. Freula para Reinar talvez por castigo daquele matar D. Vimarano s.g. 2 D. Aduzinda c.c. D. Silo reinaram doze amos teve filhos s.g. 2 D. Mauregato que foi fº. de uma escrava que tirou injustamente o Reino a seu sobrinho D. Afonso filho de D. Fruela pelo que se ajustou com os mouros de lhe pagar todos os anos por Tributo 100 donzelas para ele o favorecerem alguns querem que este tributo principiasse no ano de 770, e Mauregato tirou o Reino em 783 por onde claramente se vê não foi ele o primeiro que estipulou este tributo só sim se presume que o aumentaria; Europa Portuguesa Tomo 1º parte 4ª, Cap. 4 fl. 395 e 396. N 2 D. VIMARANO fº. do Rei D. Afonso o Católico N 1 não reinou por seu irmão D. Fruela o matar só pela ambição de reinar; deste se presume tomar o nome a Vila de Guimarães, Europa Portuguesa Tomo 1 cap. 4 fls. 391 = casou 3 D. Bermudo N 3 D. BERMUDO fº. de D. Vimarano N 2 que Lavanha alegando a Mariana diz fora irmão de D. Afonso o Casto fº. de D., Fruela fº. 2º de D. Pedro de Cantabria que reinou dois anos, mas isto se encontra com a Coroa passar a sua irmã, porém Faria e Sousa segue como aqui vai; veja-se a Europa Portuguesa acima fl. 396 mas seja como for o certo é que o Conde D. Pedro diz reinara depois de Mauregato, e que livrara o Reino de tributo das 100 donzelas e elegendo-o os povos Rei por esta acção renunciara o Reino em seu sobrinho D. Afonso a quem o tinha tirado Mauregato, isto sem embargo deste D. Bermudo ter filhos. Casou com D. Uzenda filha de Sezibuto Flavio = como escreve Fr. Felipe de La Gandra no seu Nobiliário da Galiza (Conde D. Pedro ttº. 3 fls. 3 N.B. Lavanha plana 4 N.B. Vera pl. 3 N.A e B.) 4 D. Ramiro 4 D. Garcia que diz Faria e Sousa acima citado fora compº. de seu irmão naquela Coroa 4 D. Cristina de que vêm os Valdez 4 B. D. Nuno N 4 D. RAMIRO 1º. fº. de D. Bermudo N 3 sucedeu no Reino ao Rei D. Afonso o Casto no ano de 843 foi Rei de Leão, e das Asturias venceu grandes batalhas e a grande de Clavijo última da extinção do tributo das 100 donzelas que seu pai não tinha pago no tempo de seu governo; Vera Plana 3 N.A. e B. Beneditina Lusitana Tomo 1º fl. 82 Sandov. pag. 182; casou com D. Urraca 5 D. Ordonho 5 D. Garcia 5 D. Eldeniva s.g. 5 D. Ermezenda que casou com D. Gabande de quem a Ilustre família dos Gosmões N 5 D. ORDONHO fº. de D. Ramiro N 4 sucedeu no Reino de seu pai no ano de 862 governou 16 anos morreu em 904, venceu muitas batalhas aos Mouros avassalou os Reis de Toledo, Saragoça, Abarca, Sudela, Ponce de Leão, Astorga, Tui, Maia e outras; casou com D. Monia (Beneditina Lusitana acima fl. 82; Faria e Sousa Europa Portuguesa Tomo 1º parte 4ª Cap. 7 fl. 407) 6 D. Afonso 3º Rei das Asturias 6 D. Bermudo 6 D. Oderario

6 D. Nuno 6 D. Fruela Afonso por se conspirarem contra ele) 6 D. Aragonta m.er de D. Sancho Rei de Navarra

(os quatro, que mandou matar seu irmão D.

N 6 D. AFONSO 3º fº. de D. Ordonho N 5 foi chamado o Magno venceu muitas batalhas aos Mouros. Edificou o Mosteiro de Compostela ao Apóstolo S. Tiago, e a Igreja de S. Fagundo; casou com D. Amelina da Casa Real de França, sobrinha do Imperador Carlos 3º (Conde D. Pedro ttº. 3 N 12 fl. 3 N.B. Lav. N.T. e Vera N.A. António de Carvalho Corg. Port. Tomo 3 Cap. 22 fl. 422) 7 D. Garcia sucedeu no Reino jaz em Oviedo s.g. 7 D. Ordonho 2º que sucedeu no Reino de seu irmão e dele descenderam os Reis de Leão Tronco de Coelhos no § 1 N 1 7 D. Fruela 2º 7 D. Bermudo morreu de tenra idade 7 D. Ramiro que se levantou com parte das Asturias contra seu sobrinho o Rei D. Afonso 4º 7 D. Gonçalo, Arcediago de Oviedo N 7 D. FRUELA 2º filho de D. Afonso o Magno N 6 sucedeu a seu irmão D. Ordonho pelos anos de 924, reinou 14 anos, morreu de lepra, foi muito cruel pelo que os Castelhanos lhe negaram obediência e elegeram 2 Juízes que os governasse que foram Nuno Razaura e Laym Calvo que dizem não eram das primeiras qualidades ainda que outros dizem ser das primeiras qualidades que foram dos Reis de Espanha, e de muitas famílias Ilustres (Bened. Lusit. Tomo 2 ttº. 1 parte 2 fls. 115 Europa Portuguesa Tomo 1º parte 4ª Cap. 10 fls. 417 Corog. Port. Tomo 3 Cap. 22 fls. 422). Casou com D. Numilha filha de D. Sancho Garcez o reparador a que Salazar de Castro chama D. Sancho Garcia 4º Rei de Aragão, e Navarra, e da Rainha D. Toda Aznar (Corog. Portuguesa Tomo 3 acima Europ. Port. acima Salazar de Castro Tomo 1º Livro 2º Cap. 2 fl. 49) 8 D. Afonso 4º Rei de Leão 8 D. Ordonho infra N 9 8 D. Ramiro 8 D. Aznar Froilhes progenitor da família dos Silvas e Cunhas, Salazar Castro Tomo 1º Livro 2 Cap. 2 fl. 51 Lavanha Plana 5 N.C. dizem que estas famílias descendiam de D. Ordonho seu irmão N 8 D. RAMIRO fº. do Rei D. Fruela N 7 foi privado do Reino, e da vista como também seus irmãos por seu primo o Rei D. Ramiro 2º. Veja-se o Conde D. Pedro ttº. 58 fl. 325 N.A. Corog. Portuguesa Tomo 3 Cap. 22 fl. 423 9 D. Ordonho N 9 D. ORDONHO fº. de D. Ramiro N 8 foi chamado o Infante D. Ordonho o cego ou por que na verdade o foi, ou em memória da cegueira de seu pai. Gandara Livro 2 Cap. 15 diz que este Infante fora fº. do Rei D. Ramiro 2º e sua m.er D. Teresa; José Freire Monterroyo diz que D. Ordonho o cego fora fº. do Rei D. Ramiro 3º de Leão, e da Rainha D. Urraca, e que casara o dito Infante D. Ordonho com sua prima D. Cristina filha do Rei D. Bermudo 2º de Leão e da Rainha D. Valasquita como dizem Palaio Bispo de Orense e Lucas Tudence alegados pelo Padre António Carvalho na Corografia Portuguesa; outros seguem que este D. Ordonho era fº. de D. Fruela 2º acima N 7 e que casara com D. Cristina como acima se diz (Gandara Livro 2 cap. 15 fl. 202 e 205 e livro 3 cap. 5 fl. 328 Salazar de Castro acima dito fl. 50 e fl. 51) 10 O Conde D. Ordonho Ordonhes 10 D. Afonso Ordonhes que foi bom Erdº. das Asturias origem e solar dos Cevalos, e progenitor dos Pimenteis vai no ttº. de Avilezes § 1 N 1 10 D. Aldonça Ordonhes m.er de Palayo Fruela ttº. de Silvas conforme Gandara Livro 3 cap. 23 fl. 442 da 2º Impressão N 10 O CONDE D. ORDONHO ORDONHES fº. do Infante D. Ordonho o cego N 9 deste § 1 foi Conde de Cabreira e Ribeira e Sr. de Lemos e Sarria, e outras muitas terras na Galiza, serviu o Rei D. Fernando o Magno nas guerras do seu tempo pelos anos de 1037 (O Conde D. Pedro ttº. 5 fl. 21 N 2 Gand. Livro 3 cap. 5 fls. 325 da 2ª impressão Salazar de Castro Livro 2º cap. 2 fl. 47 N 1, todos a respeito da ascendência da m.er do Conde D. Ordonhes) casou com D. Urraca Garcia filha herdeira de D. Garcia Fernandes, ou Gonçalves Conde de Garanhon, e Sr. de Aza, e sua m.er D. Nuna filha de Nuno Guterres de Sobrado Conde de Cabreira, e Ribeira, e sua m.er D. Urraca Osório

11 D. Bermudo Ordonhes Conde e Duque de Lemos de que vêm as Casas de Lemos, e Sarria que fez o Mosteiro de Samora em 1074 11 D. Garcia Ordonhes 11 D. Helena Godins m.er de Audonio Ramires de Alboazar 11 D. Diogo Ordonhes Conde e Sr. Osma, Gand. Livro 2º cap. 15 fl. 209 parece que a era ou cifra está emendada N 11 D. GARCIA ORDONHES fº. do Conde D. Ordonho de Ordonhes N 10 foi chamado o de Cabreira, por Sr. Sr. da cidade de Cabreira, e de Aza em que foi sucessor a sua mãe no ano de 1040 como diz Gandara afirmando que fora Valoroso soldado, e um dos maiores Sr.es do seu tempo. Morreu no ano de 1083. Casou com a Infanta D. Elvira Srª. da cidade de Toro que morreu também em 1087 filha do Rei D. Fernando o Magno, e sua m.er a Rainha D. Sancha; Monterroyo diz casara D. Garcia com D. Urraca Infanta de Navarra filha de D. Garcia Sanches Rei de Navarra e da Rainha D. Estevainha de Barcelona; mas parece mais verosímil que este fosse o casamento de seu filho 12 D. Gracia Ordonhes 2º do nome de que vêm os Condes de Nexara e Sr.es da Aza a Casa de Vila Maior, Sarmentos, Marqueses de Languer, Duques de Vila Franca e Duques de Giar, os Senhores de Petão e Vale de Achas e outros muitos Fidalgos casado com a Infanta D. Urraca filha de D. Garcia de Navarra e da Rainha D. Estefânia cujo casamento querem alguns dar a seu pai 12 D. Diogo Ordonhes 12 D. Fernão Farcia de que vêm os Cevalos, Cisneiros e Girões 12 D. Gomes Garcia de que vêm for fêmea as Casa de Boa e Albernoz 12 D. Maria Ordonhes § 5 12 O Conde D. Osório de Cabreira N 12 O CONDE D. OSÓRIO DE CABRERA como diz Monterroyo fº. 1º de D. Garcia Ordonhes N 11 deste § em que o Conde D. Pedro principia o ttº. 53 dizendo era natural de Cabreira, e Ribeira donde são os Condes de Ribeira e Trastamara, que veio povoar Portugal; Lavanha lhe não nomeia pais, e seguindo Aponte o faz filho de D. Guterre Osório que vivia pelos anos de 756, reinando Mauregato, havendo mais de 300 anos entre um e outro; Álvaro Ferreira de Vera quer que D. Osório fosse irmão de D. Martim Osório Sr. de Vila Lobos Cabreira, e Ribeira, que conservam seus descendentes filhos ambos de D. Rodrigo Vela Osório Sr. das ditas terras e Cônsul de Leão, e da Condessa D. Rufa Moniz, netos do Conde D. Vela Osório que viveu no tempo do Rei D. Afonso V, e D. Bermudo 2º de Leão; o Marquês de Monte Belo no seu memorial acomodando-se a Gaspar Álvares Louzada faz este D. Osório fº. do Conde D. Rodrigo Veloso, e neto do Infante D. Veloso que foi fº. do Rei D. Ramiro 3º de Leão, e de sua meia irmã D. Ermezenda; porém os A.A. de melhor nota seguem como vai fº. o dito D. Osório de D. Garcia Ordonhes N 11; viveu D. Osório de Cabrera no tempo dos Reis D. Sancho 2º e D. Afonso 6 de Leão, e veio para Portugal com o Conde D. Henrique pelos anos de 1086 onde povoou alguns lugares; o Conde D. Pedro lhe não nomeia mulher; casou segundo D. José Pelicer com sua prima D. Sancha Moniz filha de D. Moninho Fernandes de Touro fº. B. do Rei D. Fernando o Magno, avô materno do dito Conde D. Osório; o Marquês de Monte Belo o faz casado com D. Teresa Afonso da família dos Fafes, mas a dita D. Teresa Afonso se acha casada com D. Martins Moniz que morreu às portas de Lisboa (Monarquia Lusitana parte 3 livro 10 cap. 29; Corografia Portuguesa Tomo 3 cap. 22 fls. 424) 13 o Conde D. Moninho Osório N 13 O CONDE D. MONINHO OSÓRIO fº. do Conde D. Osório N 12 passou com seu pai a Portugal e foi Rico Homem do Rei D. Afonso Henriques e como tal confirmou uma doação que o mesmo Rei fez ao Convento de Fonte Arcada no ano de 1132 (Conde D. Pedro ttº. 53 N 1 fl. 301 N.B. – D. Rodrigo Catalogo dos Bispos do Porto cap. 44 fl. 389 – Corog. Portuguesa assim dita). Casou com D. Maria Nunes filha de Nuno Soares Padroeiro do Mosteiro de Grijó, e sua m.er D. Urraca Mendes 14 D. Paio Moniz 14 D. Martim Moniz casado com D. Teresa Afonso de que vêm os Vasconcelos 14 D. Maria Moniz que não casou teve uma filha B. de que vêm os Machados N 14 D. PAIO MONIZ fº. do Conde D. Moninho Osório N 13 (Conde D. Pedro ttº. 38 fl. 206 N 6 e fl. 205 N 5) foi Rico Homem do Rei D. Sancho I de Portugal. Casou com D. Urraca Nunes de Bragança filha de D. Nuno Pais de Bragança, e sua m.er D. Froile Sanches filha de D. Sancho Nunes de Barbosa Rico Homem Sr. da Casa Solar dos Barbosas e sua m.er a Infanta D. Teresa filha do Rei D. Afonso Henriques (dizem se deduz o apelido de Ribeiro de dois irmãos que na Batalha do Salado se esconderam entre umas canas que estavam próximas a um Ribeiro do Salado e dai saiam e matavam muitos Mouros, mas por fim

sendo descobertos os investiram e mataram um, e o outro escapou vitorioso e se foi ao Rei de Castela que sendo inteirado dos factos lhe deu as armas com a alusão a eles) 15 D. Martim Pais Ribeiro § 4 15 D. Maria Pais Ribeiro manceba do Rei D. Sancho I de Portugal e por morte deste Rei o foi de Gomes Lourenço; depois casou com D. João Fernandes de Lima, Conde D. Pedro ttº. 53 fl. 95 N2 15 D. Aldonça Martins m.er de Fernão Lopes s.g. e depois freira em Lorvão com outra irmão, D. Elvira 15 D. Nuno Pais Ribeiro N 15 D. NUNO PAIS RIBEIRO fº. de D. Paio Moniz N 14 ainda o Conde D. Pedro o não nomeia, contudo os melhores Genealógicos seguem como vai a sua filiação; e que fora Padroeiro de S. André de Serradelo no concelho de Gaia onde viveu pelos tempos do Rei D. Afonso II, casou com D. Maior Pais Romeu que no Livro se chama D. Maria, que também foi casada com D. Egas Bafa, filha de D. Paio Pires Romeu, e sua m.er D. Goda Soares da Maia, filha de D. Soeiro Mendes da Maia (Conde D. Pedro N 40 fl. 241 N 97 N.D. e ttº. 21 fl. 118 N 7) 16 Pedro Nunes Ribeiro N 16 PEDRO NUNES RIBEIRO fº. de D. Nuno Pais Ribeiro N 15 foi chamado o Pestana de Cão, viveu pelo tempo dos Reis D. Sancho II e D. Afonso III. Casou com D. Maria Soares Velho filha de D. Soeiro Nunes Velho, e sua m.er D. Teresa Annes de Penela filha de João Arias de Penela, e sua m.er D. Gotinha; O Conde D. Pedro ttº. 40 fls. 229 N 45 N.B. e fls. 152 N 1º.; D. Maria Soares Velho era neta pela parte paterna de Nuno Soares, Nuno Velho o Postomeiro ttº. de Velhos § ... N ... 17 Afonso Pires Ribeiro 17 Pedro Pires Ribeiro 17 Soeiro Pires Ribeiro 17 D. Urraca Pires Ribeiro m.er de Afonso Annes da Câmara o 1º que se apelidou da Câmara de que vem a família dos Cambras de que trata o Conde D. Pedro ttº. 45 fls. 281 N 26 com Ilustre descendência 17 Gomes Pires 17 Álvaro Pires todos lhe dá o Conde D. Pedro ttº. 42 fls. 252 N 17 AFONSO PIRES RIBEIRO fº. de Pedro Nunes Ribeiro N 16; Lavanha alegando o Livro Antigo diz se achou na conquista de Sevilha no ano de 1242 este é em quem o Conde D. Pedro dá princípio à Família de Ribeiros sem lhe nomear pai; casou com D. Maria Raimundo Viegas de Sequeira filha de Raimundo Viegas de Sequeira que também se achou na conquista de Sevilha, e sua m.er D. Maria Annes (o Conde D. Pedro acima dito fls. 252 N 4, Duarte Nunes de Leão Crónica de D. Afonso III de Portugal, fls. 80) 18 Pedro Afonso Ribeiro 18 João Afonso Ribeiro § 2 18 Rodrigo Afonso Ribeiro § 3 N 18 PEDRO AFONSO RIBEIRO fº. de Afonso Pires Ribeiro N 17 foi válido do Rei D. Afonso III. Casou duas vezes, a 1ª com D. Alda Martins Curutelo filha de Vicente Martins Curutelo, e sua m.er D. Mor Viegas o mesmo Conde fls. 300 N 7 Conde D. Pedro ttº. 42 fls. 253 N 3 19 Afonso Pires Ribeiro de que vem alguns Ribeiros § 59 19 D. Margarida Pires Ribeiro casada com Martim Pires de Alvim no ttº. de Alvins abaixo 19 D. Maria Pires Ribeiro m.er de Martim Afonso Alcaforado c.g. no ttº. de Alcaforados § 1 N 4 de que foi 2ª m.er Casou 2ª vez na cidade do Porto com D. Maior Farpada que tinha sido casada com João Guterre do Porto, muito rico; e não diz o Conde se dela teve filhos só que D. Gracia, ou Teresa Abadessa do Lorvão filha de D. Mem Gracia de Sousa e D. Teresa de Lima 19 Gonçalo Pires Ribeiro, casado com D. Constança Lourenço s.g. N 19 D. MARGARIDA PIRES RIBEIRO filha de Pedro Afonso Ribeiro N 18 casou com Martim Pires de Alvim fº. de Pedro Soares Pousada progenitor do apelido de Alvim, por ser Sr. do Solar de Alvim em terra de Basto, o qual era filho de D. Soeiro Reimundo de Riba de Vizela no ttº. de Alvins § 1 N 4, Melos § 51 N 5 20 João Pires de Alvim

20 D. Joana Pires m.er de João Coelho Sr. de terras do Bouro no ttº. de Coelhos § 1 N 15 ou filha segundo outros de João Pires de Alvim infra mas é erro segundo o Conde D. Pedro ttº. 45 N 18 fls. 279 N 20 JOÃO PIRES DE ALVIM fº. de D. Margarida Pires Ribeiro N 19 casou com D. Branca Pires Coelho filha de Estevão Coelho, e sua m.er D. Maria Mendes no ttº. de Coelhos § 1 N 14 21 D. Leonor de Alvim 21 D. Joana de Alvim m.er de João Coelho Sr. de Terras do Bouro ttº. de Coelhos § 1 N 15 segundo outros = o que é erro 21 D. Isabel de Alvim m.er de Fradique Lopes Fradique Fidalgo Inglês c.g. no ttº. de Alvins § 1 N 6 N 21 D. LEONOR DE ALVIM filha de João Pires de Alvim N 20 casou 1ª vez com Vasco Gonçalves Barroso c.g. casou 2ª vez com D. Nuno Álvares Pereira fº. B. de D. Álvaro Gonçalves Pereira no ttº. de Pereiras § 1 N 14 D. Nuno Álvares Pereira Conde de Barcelos e 1º Condestável de Portugal c.g. no ttº. de Pereiras. §2
CASA DE TORRADOS

N 18 JOÃO AFONSO RIBEIRO fº. de Afonso Pires Ribeiro N 17 do § 1 ainda que o Conde D. Pedro o não dá contudo José Freire Monterroyo segue esta filiação; e dá doação que este João Afonso fez ao Mosteiro de Grijó da quinta de Marinhata junto ao Rio Vouga, e nos casais, e outras herdades por uma missa quotidiana, e no dia de sua morte uma cantada, consta ser irmão inteiro de Rodrigo Afonso e de Pedro Afonso Sub N 17 do § 1 50 a qual doação foi feita a 15 de Julho de 1321. Foi João Afonso Sr. da Casa e quinta de Torrados no concelho de Felgueiras, Comarca de Guimarães e da quinta de Marinhata que doou como acima dizemos, e do mesmo arquivo consta chamar-se o Cavaleiro da Ribeira, jaz enterrado no Mosteiro de S. Salvador de Grijó, foi do tempo dos Reis D. Afonso III e D. Diniz. Casou com D. Maria Aires Torrados filha de Aires Gomes de Torrados Abade da Igreja deste nome, que hoje é Reitoria da Comenda assim chamada; e Aires Gomes era da Família dos Cunhas 19 Luís Annes Ribeiro N 19 LUÍS ANNES RIBEIRO fº. de João Afonso Ribeiro N 18 foi Sr. da Casa de Torrados viveu na vila de Guimarães pelos Reinados de D. Afonso IV e D. Pedro I. Casou com Constança Annes filha de João Pires Coronel como escreve Manuel Álvares Pedrosa 20 João Afonso Ribeiro, o Golias N 20 JOÃO AFONSO RIBEIRO fº. de Luís Annes Ribeiro N 19 foi chamado o Golias pelo seu grande esforço e corpulência (vai no ttº. de Golias § 1 N 1), foi Vassalo do Rei D. João I por Alvará de 16 de Agosto era de César de 1446 ano de Cristo de 1401 (ou 1443 era de Cristo 1405 diz outro) e foi Sr. da quinta de Torrados e morou na vila de Guimarães; serviu com grande valor nas guerras contra Castela; o dito apelido de Golias lhe deu El Rei, e por isso usaram dele seus descendentes deixando o de Ribeiros como refere o Cardeal Lencastre num papel que deu ao Dezembargador Gaspar de Abreu em Fevereiro de 1683; viveu também no tempo do Rei D. Fernando. Casou com D. Isabel Vasques do Vale. Esta Isabel Vasques do Vale era irmã de Vasco Martins do Vale Cavº. da Ordem de Cristo casado com D. Isabel da Costa irmã do Cardeal D. Jorge da Costa filhos ambos de D. Diogo da Costa de que vêm os Costa Vales de Guimarães porém visto o ttº. de Costas parece isto erro porque além do pai do dito Cardeal ser António de Gusmão, a filha D. Isabel da Costa se vê casada ali com João de Sotomayor ver ttº. de Costas § 160 N 1 e 2; era mais irmã a dita D. Isabel Vasques do Vale de João do Vale que casou com Isabel Peixoto de que vêm os Vales Peixotos de Guimarães de que vem muita e ilustre nobreza n.e ttº. de Vales § 2 N 5; filhos e descendentes todos de Vasco Martins do Vale o Velho 2º do nome morador em Guimarães, e sua m.er Leonor Martins Avelar filha de Lourenço Martins de Sela, ou Rubal, e sua m.er D. Teresa Martins de Avelar Conde D. Pedro ttº. 72 fls. 379 N 7 e fls. 262 N 2; neta a dita D. Isabel Vasques do Vale pela parte paterna de Martim Pires do Vale e de D. Joana Rodrigues filha de Rodrigo Alvelo, e de Mafalda Afonso; 2ª neta de Pedro Fernandes do Vale, e sua m.er D. Maria Pires; ver o dito Conde D. Pedro acima dito. Lourenço Martins de Sela ou Rubal era fº. de D. Martim Rubal, e sua m.er D. Maria Lourenço Portocarreiro filha de Lourenço Annes Portocarreiro e de D. Guiomar Rodrigues o mesmo Conde D. Pedro fls. 262 e 261 N 13. Pedro Fernandes do Vale o 1º que tomou o apelido de Vale, e deixando o de
50

Conde D. Pedro ttº. 42 fls. 252 N 1.

Maia que lhe pertencia por ter sido fº. de Fernão Gonçalves da Maia e neto de Gonçalo Rodrigues da Maia o Velho Sr. do Couto de Palmerão no ttº. de Maias § ... N ... 21 Pedro Vaz Ribeiro Golias do Vale ou Pedro Vaz Golias que foi Sr. da Casa de Torrados, e Armado Cavaleiro pelo Rei D. Manuel na Praça de Ceuta, viveu em Guimarães no tempo dos Reis D. Afonso V e D. João II. Casou com Briolanja Álvares de Faria filha de João Álvares de Faria e sua m.er D. Joana Coelho c.g. que vai no ttº. de Farias § 11 N 7 21 Catarina Annes Golias m.er de Gomes Gonçalves de Abreu natural da vila Bobadela junto da cidade de Viseu de quem são descendentes por casamento Paulo de Melo Machado Sr. da Casa de Dunains em Guimarães e outros ver ttº. de Golias § 1 N 2 21 Margarida Annes Golias m.er de Vasco Martins Ferreira, Cavaleiro da Ordem de ..................... de quem são descendentes António de Vasconcelos Vieira Sr. da Casa de Briteiros; os Sr.es da Casa de Aborim; Gaspar Ribeiro de Vasconcelos Queirós Sr. dos Morgados dos Coimbras; Luís de Barros Gavião; Cristóvão de Almeida; José Lourenço Barbosa da Vila de Barcelos; André da Costa de Carvalho da mesma vila; e outros , etc. vai no ttº. de Golias § 5 N 21 MARGARIDA ANNES DO VALE GOLIAS filha de João Afonso Ribeiro o Golias N 20 casou com Vasco Martins Ferreira, Cavº. do Hábito de S. Tiago, e morador em Guimarães fº. de ......................... 22 Isabel Vasques do Vale que casou com Fernão Lourenço de Andrade no ttº. de Andrades Freires dizem truncados § 39 N 1º onde vai 22 e outros .......................................... c.g. § 3 51 N 18 RODRIGO AFONSO RIBEIRO fº. de Afonso Pires Ribeiro N 17 do § 1º casou com D. Urraca Godins filha de D. Godinho progenitor dos Godinhos no Conde D. Pedro fls. 155 etc.; no ttº. de Godinhos § .... (ainda não temos este ttº) 19 D. Teresa Rodrigues Ribeiro 19 D. Inês Rodrigues Ribeiro m.er de Paio Soares de Paiva no ttº. de Castelos Brancos § 1 N 8 Casou 2ª vez com D. Maria Pires filha de Pedro Esteves de Tavares ttº. de Tavares § 1 N 3 19 D. Leonor Rodrigues Ribeiro m.er de Vasco Annes de Soalhains 1º Administrador dos Morgados de Soalhains vai abaixo N 19 do § 3º. N 19 D. TERESA RODRIGUES RIBEIRO filha de Rodrigo Afonso Ribeiro casou com Vasco Martins de Resende 20 D. Gil Vasques Resende de que vêm os Resendes 20 D. Inês Vasques m.er de Martim Martins Barba c.g. no ttº. de Barbas Alardos § 1 N 1 Foi casada 1ª vez D. Teresa Rodrigues com Estevão Annes Tavares c.g. § 3 52
MORGADO DE SOALHAINS

N 19 D. LEONOR RODRIGUES RIBEIRO filha da 2ª m.er de Rodrigo Afonso Ribeiro N 18 do § 3 supra, casou com Vasco Annes de Soalhains fº. de D. João de Soalhains Arcebispo de Braga Instituidor do Morgado de Soalhains 20 Rui Vasques Ribeiro 20 Inês Vasques Ribeiro § 65 N 20 RUI VASQUES RIBEIRO fº. de D. Leonor Rodrigues Ribeiro N 19 sucedeu no Morgado de Soalhains. Casou 1ª vez com D. Marinha Gonçalves filha de Fernão Gonçalves Chacinho, e sua m.er D. Teresa Martins da Cunha filha de Martim Vasques da Cunha ttº. de Cunhas § .... N .... 21 D. Catarina Rodrigues m.er de Fernão Lopes Pacheco no ttº. de ............................... Casou 2ª vez Rui Vasques Ribeiro com D. Margarida Gonçalves filha de D. Gonçalo Annes de Briteiros 21 D. Teresa Rodrigues Ribeiro que foi H. do Morgado de Soalhains casada com Gonçalo Mendes de Vasconcelos Rico Homem c.g. no ttº. de Vasconcelos § 1 N 12 (seguem muitos Ribeiros no ttº. de Vasconcelos que usam deste apelido § 44 e seguintes).
51 52

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 3. Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 3.

§4 N 15 D. MARTIM PAIS RIBEIRO fº. de D. Paio Moniz N 14 do § 1 casou com D. Maria Pais filha de D. Paio Soares de Valadares, e sua m.er D. Elvira Vasques de Saborosa 16 D. Lourenço Martins que teve 17 D. Teresa Pires 16 D. Gil Martins a quem matou Aires de Freitas a quem também matou seu primo irmão João Pires de Vasconcelos no Mosteiro de Fonte Arcada 16 D. Teresa Martins m.er de João Pires da Veiga 16 Gracia Martins Cabral lhe dão outros N 16 GRACIA MARTINS CABRAL fº. de D. Martim Pais Ribeiro N 15 teve os Castelos de Azurara e Belmonte, e foi Alcaide Mor da Guarda no tempo do Rei D. Diniz, teve 17 Luís Álvares Cabral N 17 LUÍS ÁLVARES CABRAL fº. de Gracia Martins Cabral N 16, casou e teve 18 D. Diogo Cabral N 18 D. DIOGO CABRAL fº. de Luís Álvares Cabral N 17 casou na Ilha da Madeira com D. Brites filha do 1º Cap.am da dita ilha João Gonçalves 19 Álvaro Gil Cabral que no ttº. de Cabrais § 1 N 4 se lhe dá outra ascendência que nos parece mais certa e esta duvidosa, mas aqui a escrevemos para averiguar. §5 N 12 D. MARIA ORDONHES filha de D. Garcia Ordonhes N 11 do § 1 casou com D. Pedro Dias das Asturias 13 D. Gontrode Pires N 13 D. GONTRODE PIRES fº. de D. Maria Ordonhes N 12 fundou o Mosteiro da Veiga em Ouviedo, teve do Imperador Afonso 7º. 14 D. Urraca N 14 D. URRACA filha de D. Gontrode N 13 no ano de 1144 casou com D. Gracia Ramires Rei de Navarra. §5 N 2 D. FRUELA fº. do Rei D. Afonso N 1 do § 1 matou a seu irmão D. Vimarano para reinar, foi 4º Rei das Asturias, e pelos seus maus costumes foi morto depois de reinar 11 anos; foi casado com D. Maria filha de Eudon Duque de Guima em França 3 D. Afonso que sucedeu na Coroa que lhe tirou Mauregato 3 D. Ximena que por amores que teve com D. Sancho Dias de Saldanha Conde de Saldanha, teve 4 D. Bernardo del Carpio, progenitor de Queirozes. §6
MORGADO DAS ARCAS EM AVIZ, E PERESTRELOS

N 1 JOÃO RIBEIRO fº. de ...................................... foi Fidalgo da Casa Real, instituiu o Morgado das Arcas em 1541; casou com D. Antónia de Lemos 2 Francisco Ribeiro 1º Sr. do Morgado s.g. 2 Fernão Ribeiro s.g. 2 Gonçalo Ribeiro digo Gomes Ribeiro N 2 GOMES RIBEIRO fº. de João Ribeiro N 1 foi 2º Sr. do Morgado das Arcas casou com D. Antónia Pais Henriques 3 António Ribeiro de Brito e Vasconcelos, Cavaleiro de Malta 3 António Ribeiro de Vasconcelos foi para África com o Rei D. Sebastião s.g. 3 D. Maria Henriques 3 D. Isabel Henriques casou com Manuel Barreto Botelho fº. de ...................... de que teve

4 D. Joana Botelho c.c. João de Brito Godins c.g. no ttº. de Britos § 4 N 6 3 João Ribeiro de Vasconcelos 3º Sr. do Morgado casado com D. Maria de Brito de que teve 4 Francisco Ribeiro foi 4º Sr. do Morgado casou com D. Ana Pereira de Sousa e teve 5 João Ribeiro 5º Sr. do Morgado 5 Diogo Ribeiro de Brito 6º Sr., casado com D. Inês Taveira e teve 6 D. Catarina Ribeiro de Vasconcelos 2ª m.er de Gaspar de Lemos de Vargas ttº. de Sandes § ... N ... teve D. Maria s.g. passou o Morgado 4 Alexandre Ribeiro c.c. D. Catarina Severim s.g. N 3 D. MARIA HENRIQUES filha de Gomes Ribeiro N 2 casou com Paulo Dias da Fonseca 4 Manuel Ribeiro s.g. 4 André Ribeiro de Vasconcelos 4 D. Luísa de Vasconcelos N 4 D. LUÍSA DE VASCONCELOS filha de D. Maria Henriques N 3 casou com António Perestelo 5 Sebastião Perestelo N 5 SEBASTIÃO PERESTELO fº. de D. Luísa de Vasconcelos N 5 casou com D. Ana de Abreu 6 António Perestelo N 6 ANTÓNIO PERESTELO fº. de Sebastião Perestelo N 5 casou com Isabel Gonçalves 7 João Perestelo do Amaral N 7 JOÃO PERESTELO DO AMARAL fº. de António Perestelo N 6 casou à hora da morte com sua amiga Luísa Teresa 8 D. Josefa Perestelo que foi H. casou com o Dezembargador André de Sousa Pinheiro da Câmara fº. de D. Francisca Josefa da Câmara c.g. no ttº. de Pinheiros § 11 N 14. §7 (Ver § 38)
SR.ES DAS QUINTAS DA RIBEIRA, QUINTÃO E SANTA SENHORINHA

N 1 DIOGO ANNES RIBEIRO fº. de ...................................., que até hoje não sei a sua filiação foi Sr. da Casa da Ribeira; casou com Senhorinha Annes; era Diogo Annes Ribeiro Sr. do Prazo do Ribeiro em Varjacova, teve 2 Gaspar Ribeiro da Silva 2 Antónia Dias Ribeiro § 28 N 2 GASPAR RIBEIRO DA SILVA fº. de Diogo Annes Ribeiro N 1 (foi Gaspar Ribeiro Juíz dos Órfãos em Cabeceiras de Basto e Escudeiro Fidalgo), casou na quinta de S. Senhorinha no Concelho de Cabeceiras de Basto e foi Sr. do Prazo do Castanheiro, por outro nome do Ribeiro, e de outras propriedades na freguesia de Varzeacova. Casou com Felipa Machado filha de Catarina Rebelo Machado e seu marido António Pacheco de Andrade que com ela lhe deram a quinta de S. Senhorinha no ttº. de Machados § 72 N 21 ttº. de Meireles § 1 N 7 3 Dâmaso Ribeiro de Andrade 3 Francisco Machado Ribeiro R.or de S. Maria de Salto, concelho de Montalegre a quem sua sobrinha Felipa Machado filha de seu irmão Salvador Machado fez doação do prazo, e mais bens da freguesia de Varzeacova, e deste ficaram herdeiros seus sobrinhos filhos de seu irmão Dâmaso 3 Salvador Machado viveu na Vila de Amarante foi última vida no prazo do Castanheiro, ou Ribeiro, e mais bens que seu pai possuía naquela freguesia teve de sua m.er Maria de Magalhães 4 Felipa Machado que deixou os ditos bens a seu tio Francisco Machado e se fez freira 3 António Machado serviu e foi Cap.am na Índia, e por matar acaso a m.er de um Vice Rei se fez frade de S. Francisco 3 Ana Machado § 15 3 Jerónima Coelho c.c. António de Sousa fº. de António Vaz e de Maria de Sousa

N 3 DÂMASO RIBEIRO DE ANDRADE fº. de Gaspar Ribeiro da Silva N 2. Foi Sr. da Casa de seu pai, e viveu na quinta de S. Senhorinha. Casou com Leonor de Freitas de Sampaio filha H. de António de Freitas de Sampaio Sr. da quinta da Quintão na freguesia de Sendim concelho de Felgueiras e sua m.er Francisca Ribeiro no ttº. de Freitas § 17 N 11 4 António Machado Coelho 4 Gaspar Ribeiro de Andrade § 10 4 Gonçalo Coelho da Silva que não casou teve B. Manª. Machado c.g. no § 9 sub N 6 4 Senhorinha Machado § 52 4 Maria machado § 14 N 4 ANTÓNIO MACHADO COELHO fº. de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 3 deste § 7 herdou de sua mãe a quinta de Quintão. Casou contra vontade de seu pai na freguesia de Pedreira com Leonor Carvalho da Silveira filha de Manuel Carvalho 5 Dâmaso Ribeiro de Andrade 5 Manuel Machado de Andrade casou na Pedreira freguesia de Rande contra vontade de seus parentes com Catarina Osório 5 Jacinto Machado de Andrade § 8 5 D. Margarida machado m.er e João Teixeira Coelho Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo Sr. da quinta de Crasto na freguesia de Sendim concelho de Felgueiras c.g. neste ttº. § 51 5 Luísa Machado da Silveira m.er de Martim Teixeira Coelho N 5 DÂMASO RIBEIRO DE ANDRADE fº. de António Machado Coelho N 4 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Violante Coelho Teixeira irmã de seu cunhado João Teixeira filhos ambos B.B. de Martim Teixeira Coelho Sr. da Casa de Sergude e de Francisca da Rocha no ttº. de Teixeiras § 1 N 18; era Francisca da Rocha Carneiro de Vila do Conde que tirou o Convento a ttº. de casamento diz uma memória que vi 6 João Teixeira Clérigo de bastante graça, e juízo 6 António Machado, morreu moço 6 Martim Teixeira Coelho, segue 6 D. Inácia de Noronha casada com António Teixeira de Falperra s.g. 6 D. Antónia Josefa da Silveira Teixeira § 9 6 D. Rodrigo Cónego Regrante de S. Agostinho 6 José Teixeira Reitor de Toloins apresentação de seu tio Bernardo José Teixeira, de Sergude 6 ........................................... 6 ..........................................., as duas freiras na Conceição de Braga N 6 MARTIM TEIXEIRA COELHO fº. de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 5 casou com D. Isabel de Araújo em Abambres junto de Vila Real 7 João Teixeira Coelho, morreu sem estado 7 D. Ana Maria Leonor da Silveira, sem estado Casou 2ª vez Martim Teixeira ou Martinho Teixeira com D. Teresa Botelho do dito lugar de Abambres 7 Francisco Teixeira Coelho 7 Jerónimo Teixeira Coelho 7 D. Francisca 7 D. Teresa todos sem estado. §8
SR.ES DA QUINTA DO ESPORÃO

N 5 JACINTO MACHADO DE ANDRADE fº. de António Machado Coelho N 4 do § 7 foi Sr. da quinta do Esporão na dita freguesia de Sendim onde viveu casado com Maria de Andrade filha de Cristóvão Mendes e sua m.er Isabel de Lemos Andrade Sr.es da Casa, e quinta de Cabeça de Porca no ttº. de Lemos § 20 N 5 6 Joana solteira na Casa 6 O Padre António Machado Clérigo 6 Antónia na Casa solteira 6 Joana, o mesmo 6 Maria, já falecida 6 O Padre António, Loio 6 D. Teresa Machado de Andrade

N 6 D. TERESA MACHADO DE ANDRADE filha H. de Jacinto Machado N 5 casou com Francisco de Lemos Ribeiro Sargento Mor do Concelho de Felgueiras, Sr. da Casa e quinta de Oleiros, e foi sua 2ª m.er sua parente, fº. de Francisco de Lemos Coelho Ribeiro e sua m.er Mariana Coelho Ferreira, e neto de Matias Lemos também Sargento Mor do Concelho de Felgueiras ttº. de Lemos § 19 N 6 7 Gonçalo de Lemos Ribeiro de Andrade 7 Francisco de Lemos. §9
SR.ES DA QUINTA DA QUINTÃO

N 6 ANTÓNIA TEIXEIRA COELHO filha de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 5 do § 7 foi Srª. da Casa da Quintão onde viveu. Casou com seu primo Jacinto Machado Coelho, Brasileiro, cujo casamento fez por amores, fº. de Sebastião Marinho de Borba da Montanha, e Mariana Machado da Quintão filha B. de Gonçalo Coelho da Silva, e neto de Dâmaso Ribeiro no § 7 N 3 = o qual Jacinto Machado era Brasileiro 7 António Teixeira Coelho solteiro no ano de 1768 7 D. Violante que ficou nomeada na Casa da Quintão 7 D. Maria Teixeira Coelho m.er de José António Osório Teixeira fº. de Domingos Osório Teixeira Sr. da quinta de Sucarreira em Unhão, e sua m.er D. Maria Madalena de Queirós 7 José Teixeira Religioso Bernardo 7 D. Ana 7 D. Josefa 7 João Teixeira solteiro em 1768. § 10
MORGADO DO LAGO EM BRAGA E QUINTA DO PINHEIRO EM REFOIOS

N 4 GASPAR RIBEIRO DE ANDRADE fº. de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 3 do § 7 possuiu na freguesia de Varzeacova, o prazo, e mais bens que lá tinha seu avô Gaspar Ribeiro da Silva como consta do prazo do Mosteiro de Refoios. Casou com Mariana dos Guimarães filha H. de Pedro Ferraz de Barros, e sua m.er Joana Vaz de Campos Sr.es da quinta da Vinha nova na freguesia de Refoios de Basto no ttº. de Barros § 11 N 8 5 D. Luísa Machado 5 D. Joana de Barros § 13 N 5 D. LUÍSA MACHADO filha de Gaspar Ribeiro de Andrade N 4 casou com Luís de Moura Pacheco Sr. da quinta de Conselheiros contígua com a da Vinha Nova que se chama hoje a quinta de Pinheiro, fº. de Domingos Rebelo de Andrade e sua m.er Brígida de Moura no ttº. de Meireles § 10 N 8 6 Alexandre de Moura Ferraz 6 Manuel de Moura de Azevedo foi para Pernambuco por uma morte que fez em Braga casado s.g. 6 José de Moura, frade da Graça 6 D. Esperança de Moura dos Guimarães § 11 6 D. Rosa Maria de Moura § 12 6 D. Micaela 6 D. Benta 6 D. Páscoa, c.g. N 6 ALEXANDRE DE MOURA FERRAZ fº. de D. Luísa Machado N 5 viveu na sua quinta do Pinheiro. Casou em Braga (na freguesia de S. Victor em 1701 fls. 131) com D. Felipa de Barros Srª. do Morgado do Lago em Braga que é vinculado numa capela em S. Cruz na cidade de Braga filha H. de José de Barros da Silva Sr. do dito Morgado e sua m.er D. Ana Maria de Almeida ttº. de Barros § 46 N 12 7 Lourenço de Moura Leite 7 Manuel de Moura Sacerdote 7 D. Maria Caetana freira no Salvador em Braga N 7 LOURENÇO DE MOURA LEITE fº. de Alexandre de Moura Ferraz N 6 (morador na sua quinta do Pinheiro de S. Miguel de Refoios de Basto) foi Sr. da Casa de seus pais, e Morgado do Lago e Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou duas vezes a 1ª com D. Teresa de Almeida Lobo (recebidos em 18 de Outubro de 1737 em S. Miguel de Refoios), filha H. de Trocato de Almeida Lobo Rabelo Cap.am de Infantaria Sr. da quinta do Barbeito 8 D. Leonarda H. da Casa que deixou por ser freira Casou 2ª vez com D. Eugénia Maria da Cunha filha H. de Domingos Lopes da Cunha, e sua m.er Margarida Ribeiro com quem casou no Mosteiro de Refoios em 1737

8 D. Maria Antónia de Moura Leite 8 D. Francisca Rosa de Moura Leite casada no § 21 N 7 c.g. 8 D. Felipa 8 D. Josefa sem estado em 1768 8 B. José Caetano, de Ordens menores N 8 D. MARIA ANTÓNIA DE MOURA LEITE filha H. de Lourenço de Moura Leite N 7 casou com João Manuel Pereira da Costa Mourão (recebidos em S. Miguel de Refoios em 25 de Agosto de 1755 fls. 13) Sr. da quinta da Tojeira freguesia de S. Tiago da Faia concelho de Cabeceiras de Basto fº. de Manuel Pereira da Costa 53 e sua m.er D. Maria Teresa Mourão Sr.es da quinta da Tojeira; viviam em 1761 9 Lourenço 9 António 9 D. Maria 9 D. Bernarda N 9 LOURENÇO PEREIRA fº. de D. Maria Antónia N 8 é Sr. da Casa de seu pai casou em Basto, digo Melgaço com D. Ana de Castro filha de Miguel de Castro, Sr. da Casa de Reguengo em Melgaço e sua m.er D. Caetana Vitória Teixeira no ttº. de Castros § 95 N 28 neta paterna de Agostinho José Soares de Castro Sr. da quinta do Reguengo, e sua m.er D. Benta Antónia de Sá Sotomaior. Recebidos em S. Tiago da Faia em 20 de Outubro de 1790 fls. 4 10 João Pereira de Castro Leite de Barros nasceu a 4 de Junho de 1792. § 11
SR.ES DA QUINTA DOS CHAONS

N 6 D. ESPERANÇA DE MOURA DOS GUIMARÃES filha de D. Luísa Machado N 5 do § 10 casou com seu primo João Leite Lobo Sargento Mor de Cabeceiras de Basto Sr. da quinta dos Chãos da freguesia de S. Senhorinha fº. de Manuel Leite Lobo Sargento Mor de Cabeceiras de Basto, e sua m.er D. Maria de Moura Gouveia; neto paterno de António Leite de Magalhães e sua m.er Catarina Lobo de Sousa; e neta materna de Martim Afonso de Azevedo Sr. da quinta do Telhado, e sua m.er Senhorinha de Moura no ttº. de Coutinhos § 297 N 12 e § 300 7 D. Senhorinha Teresa casada em Braga com Manuel Pimentel de Araújo Sr. da quinta da Carreira s.g. 7 D. Maria religiosa em Braga. § 12
SR.ES DA QUINTA DA BOAVISTA

N 6 D. ROSA MARIA DE MOURA filha de D. Luísa Machado N 5 do § 10 casou com seu primo Gervásio Falcão de Magalhães Sr. da quinta da Boavista na freguesia de S. Miguel de Refoios fº. de António de Novais de Magalhães Sr. da quinta e Morgado da Boavista, e sua m.er Benta Pereira de Araújo 7 Bernardo Falcão de Magalhães 7 João Luís Falcão nos Estados do Brasil 7 D. Josefa Teresa sem estado N 7 BERNARDO FALCÃO DE MAGALHÃES fº. de D. Rosa Maria de Moura N 6 foi Sr. da Casa de seu pai e quinta da Boavista onde mora. Casou com D. Maria de Magalhães de Sousa filha H. de António de Magalhães e sua m.er Maria Josefa de Magalhães e Andrade Sr.es da quinta de Botilhao freguesia de S. Tiago de Gagos em Cerolico de Basto (ver § 19) 8 José Bento Falcão Cadete no Regimento de Valença vendeu tudo, deixou a terra e foi ser escrivão para Trás-os-Montes 8 João Falcão 8 Luís Falcão 8 D. Francisca 8 D. ........................ 8 D. .......................... § 13
SR.ES DA QUINTA DE CARREZEDO

Manuel Pereira da Costa era fº. de João da Costa Barroso e sua m.er Maria Magro e D. Maria Teresa Mourão era filha B. do Cónego Pedro Barroso Mourão e Serafina da Costa, de Guimarães o Cónego Pedro Barroso consta da Inquirição de génere do mesmo ser fº. de Francisco Jorge e Isabel Nogueira, neto paterno de André Jorge, e Catarina Brás e materno de Gonçalo Martins e Catarina Gonçalves ver o Costado da Casa do Telho no Tomo 3-181, João da Costa Barroso acima irmão do Dr. António da Costa que foi Vigário Geral, e Abade de S. Tomé de Estoraons.

53

N 5 D. JOANA DE BARROS filha de Gaspar Ribeiro de Andrade N 4 do § 10 casou a 1ª vez com Francisco Pacheco de Andrade Sr. da quinta de Carrezedo na freguesia de S. Miguel de Refoios de Basto, e foi sua 2ª m.er fº. de Francisco Pacheco de Andrade Sr. da quinta de Picanhol na freguesia de S. Salvador no concelho de Ribeira da Pena onde foi Cap.am Mor, e sua m.er Antónia de Andrade de Gouveia no ttº. .............................. na quinta do Picanhol fala a Corog. Port. Tomo 1º Cap. 42 fls. 176 (ver ttº. de Rochas § 5 sub N .....) 6 José Pacheco de Barros de Andrade 6 Alexandre Pacheco de Barros que foi Sr. da quinta de Picanhol em Ribeira da Pena onde viveu casado com ............................ 7 D. Senhorinha de Barros, sem estado 7 D. Violante de Machado, sem estado Casou 2ª vez com o Dr. Domingos Rodrigues Mozes 6 Manuel Machado de Andrade, Clérigo 6 Bento Machado s.g. N 6 JOSÉ PCHECO DE BARROS DE ANDRADE fº. do 1º marido de D. Joana de Barros N 5 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou em Ribeira da Pena com D. Catarina Pacheco de Andrade filha H. de António Pacheco de Andrade Sr. do Morgado de Friume em Ribeira da Pena e sua m.er D. Maria Tomás 7 José de S. Tiago Pacheco, morreu moço 7 Serafim dos Anjos Pacheco de Andrade N 7 SERAFIM DOS ANJOS PACHECO DE ANDRADE fº. de José Pacheco de Barros N 6 foi Sr. da Casa de seu pai, Cavº. da Ordem de Cristo, Juíz de Fora de Montalegre, e Portalegre Dezembargador da R.am do Rio de Janeiro neste ano de 1763 com posse no Porto; vivia na sua quinta de Carrezedo em Cabeceiras de Basto pouco distante do Mosteiro de Refoios. Casou com D. Rosa Maria Vitoria da Costa Carneiro de Oliveira filha de Eusébio Lopes de Oliveira Sr. da Casa e Morgado de Regadouro na freguesia de S. Miguel de Refoios, e sua m.er D. Felipa da Costa Vieira 8 Fr. Leopoldo Monge de S. Bento 8 Fr. José Monge de S. Bernardo 8 Serafim de Andrade Pacheco de Vasconcelos 8 D. Ana 8 D. Bernarda Rosa Joaquina 8 Bento António que foi Juíz de Fora de Viana do Minho e Dezembargador da Relação do Rio de Janeiro ou Bahia mor. na R.am s.g. N 8 SERAFIM PACHECO DE ANDRADE E VASCONCELOS fº. de Serafim dos Anjos N 7 é Sr. da Casa de seu pai, casou com D. Francisca Malheiro filha de D. Antónia Maria Pita e seu marido José António Malheiro de Magalhães no ttº. de Passos de Probem § 36 N 22 sub N 21 9 José Pacheco muito extravagante e cheio de crimes 9 D. Rosa 9 D. N. .................................. c. 1ª vez c. ........................................... da Veiga termo de Vila Real e a 2ª ......................................... c.c. ........................................... fº. de José Barata Cap.am Mor de Ranhados 9 D. ............................................ 9 D. Leonor N 9 D. LEONOR PACHECO filha mais nova de Serafim Pacheco N 8 ficou Srª. da Casa de seu pai. Casou com Bento de Abreu filho mais velho mas preterido por seu pai de Rosendo de Abreu neste ttº. § 29 N 7. § 14
S. ANTONINHO E CASA DO CAMPO

N 4 MARIA MACHADO filha de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 3 do § 7 foi Srª. da Casa de S. Senhorinha que fora de seu pai. Casou com Bento Rabelo Leite ou Rabelo Pereira da quinta de S. Antoninho em Cabeceiras de Basto seu primo fº. de Manuel Rabelo de Andrade e sua m.er 1ª D. Maria Leite Pereira, ttº. de Meireles § 8 N 9 (Livro 4 fl. 101) 5 D. Luísa Machado

N 5 D. LUÍSA MACHADO filha H. de D. Maria Machado N 4 (Srª. da Casa de S. Antoninho) casou com seu primo António de Meireles Pereira Cap.am de Infantaria Sr. da quinta do passo no concelho de Serva fº. de Catarina Leite e seu marido Fernão de Sequeira da Fonseca no ttº. de Meireles § 6 N 9 6 Manuel Pereira de Meireles Sr. da Casa de seus pais casou com ........................ filha de Domingos Gonçalves Leitão e sua m.er D. Maria Antunes de Oliveira irmã de Fr. José de Oliveira Bispo de Angola 6 Francisco Manuel de Meireles, Sacerdote 6 Fr. Miguel de Basto, Capucho 6 Bernardo José Pereira de Meireles 6 Isabel Machado c.c. Alexandre de Paiva s.g. 6 Fr. Manuel Monge de ......................... 6 Maria de Meireles § 18 6 Helena de Meireles 2ª m.er de Fernão da Costa de Mesquita fº. de Fernão da Costa de Mesquita e sua m.er D. Helena Machado N 6 BERNARDO JOSÉ PEREIRA DE MEIRELES fº. de D. Luísa Machado N 5 (Sr. da Casa de S. Antoninho) foi Sr. de toda a Casa de seu pai por morte de 3 irmãos e Cap.am do Concelho de Unhão onde casou com D. Madalena da Maia filha H. de António da Maia Machado Cap.am Mor de Unhão e Sr. da quinta da Valinhas e sua m.er D. Isabel Machado ttº. de Barros § 4 N 12 7 D. Luísa H. da Casa de seu pai casada com seu primo Simão Lobo de Sousa Machado Cavº. da Ordem de Cristo s.g. 7 D. Isabel Luísa Leite da Maia 7 D. Caetana de .......................... m.er de Manuel de Sousa Rebelo s.g. 7 D. Maria 7 D. Joana s. estado N 7 D. ISABEL LUÍSA LEITE DA MAIA filha que veio a ser herdeira de Bernardo José Pereira de Meireles N 6 casou com seu primo António Luís Álvares Pinto de Andrade e Carvalho fº. de Trocato Álvares de Carvalho de Molares, brasileiro rico, Sr. da quinta do Campo, e com acções muito honradas (Trocato Álvares de Carvalho era filho de Francisco Álvares de Carvalho que viveu em Molares, e sua m.er Teresa de Carvalho do Tretulhal freguesia de Gagos, e neto de Gonçalo de Carvalho) e sua m.er Maria Leite filha de Dâmaso Ribeiro de Andrade Sr. da Casa de S. Tomé de Estorãons concelho de Montelongo, e sua m.er Catarina de Paços 8 José Leite 8 Joaquim 8 ............................, frade Loio 8 D. Caetana ............................ c.c. Alexandre Lobo de Sousa irmão de Manuel Leite Sr. da quinta da Balouta na freguesia de S. Nicolau concelho de Cabeceiras, teve 9 António Leite Lobo c.c. D. Maria Rita filha de Rosendo de Abreu neste ttº. § 29 N 7 8 D. ........................................... 8 D. ........................................... 8 Francisco de Meireles de Sequeira Leite N 8 FRANCISCO DE MEIRELES DE SEQUEIRA LEITE fº. de D. Isabel Luísa Leite N 7 (Fidalgo Cavaleiro da Casa de Sua Majestade) vive na sua quinta e Casa do Campo em Molares, casou com D. Francisca Rangel de Quadros filha de Domingos Manuel de ................................. Cap.am Mor de Oliveira de Azeméis e sua 2ª m.er D. Joana Rangel de Quadros no ttº. de Quadros § 9 N 11 9 (( António Maria de Meireles Silva Leite 9 Joaquim Maria 9 Domingos Manuel Cadete de Cavalaria 9 9 D. Joana Leite c.c. João Agostinho de Aveiro 9 D. Isabel 9 D. Maria 9 D. Inês)) = 54

§ 15

54

Nota dos Editores – O texto dentro de parênteses duplo não é de letra de Felgueiras Gayo.

QUINTA DA BALOUTA, EM CELORICO N 3 ANA MACHADO DE GOUVEIA filha de Gaspar Ribeiro da Silva N 2 do § 7 casou com Fernão Martins de Azevedo Sr. da quinta da Balouta na freguesia de S. Tiago de Gagos em Celorico de Basto (diferente da outra de Baloutas da freguesia de S. Nicolau de Cabeceiras) 4 Catarina Gouveia 4 Maria de Andrade machado § 20 4 Jerónima Coelho de Andrade Machado § 27 N 4 CATARINA DE GOUVEIA MACHADO filha de Ana Machado de Gouveia N 3 foi H. da Casa de seu pai, viveu na quinta da Balouta. Casou com Prº. Francisco de Barros de Andrade fº. de Gaspar Francisco de Barros e Andrade seu cunhado que vai no § .. N ... ou fº. de Manuel Francisco Vaz Freire Sr. da quinta do Outeiro em Vale de Bouro e sua m.er Isabel Dias de Barros e neto de Francisco Vaz Freire Sr. da quinta do Outeiro (Tomo 3 de Costados N 152 vº. = no ttº. de Freires de Andrade § 95 N 10 e ttº. de Barros § 103 N 1) 5 Fernão Machado de Barros e Andrade 5 Manuel de Andrade de Meireles c.c. D. Mariana Cirne dos Cirnes do Porto s.g. 5 Maria de Andrade casada duas vezes s.g. 5 Serafina de Gouveia 5 Joana de Andrade, s. estado 5 Ana de Andrade § 19 Casou 2ª vez Catarina de Gouveia com ....................................... de Magalhães fº. de Francisco de Magalhães e Meneses, Cavaleiro Fidalgo fº. de Pedro de Magalhães de Vilela da Vila de Amarante c.g.s.n. N 5 FERNANDO MACHADO DE BARROS fº. H. de Catarina de Gouveia e seu 1º marido N 4 viveu na quinta de Balouta casou com Catarina Coelho Srª. da quinta de Britelo em Celorico de Basto filha de Paula Coelho e seu marido 6 Tomás Machado de Gouveia, morreu solteiro 6 Inácio Machado de Andrade de Barros 6 Fr. Manuel de Basto Guardião dos Capuchos de Guimarães 6 Dâmaso Ribeiro Machado Vigário de Ourilhe 6 D. Teresa Machado § 17 N 6 INÁCIO MACHADO DE ANDRADE E BARROS fº. de Fernando Machado N 5 foi Sr. da Casa de seu pai, Cavº. da Ordem de Cristo, viveu na quinta da Balouta casou com D. Maria de Abreu de Sousa Bacelar (recebidos em 22 de Julho de 1699) filha de António de Sousa Ferreira Sr. da quinta de Sousa da freguesia de S. Clemente de Basto e sua m.er D. Maria de Abreu Bacelar ttº. de Ferreiras § 36 N 3 7 António Machado Vigário de Ourilhe por renúncia de seu tio 7 Fernando Machado teve uma Capela no Rio de Janeiro e depois foi Vigário Geral de Mato Grosso e veio depois para o Reino 7 Bento Machado de Sousa e Abreu sem estado 7 Tomás Machado de Abreu e Sousa 7 Teresa Maria Machado de Abreu § 16 7 D. Vicência 7 D. Margarida sem estado 7 D. Guiomar Maria de Abreu Sousa m.er de seu primo Bernardo Machado c.g. no § 26 N 7 N 7 TOMÁS MACHADO DE SOUSA fº. de Inácio Machado N 6 foi Sr. da Casa de seu pai que dissipou muito. Casou com D. Sebastiana Teixeira Ribeiro filha H. de António Teixeira Álvares Rebelo e sua m.er Sebastiana Gomes Ribeiro Sr.es da quinta da Levada na freguesia de Veade 8 Inácio Machado, Padre Loio 8 Manuel Machado 8 D. Isidora Arcangela 8 D. Guiomar Joaquina 8 D. Maria Antónia N 8 MANUEL MACHADO fº. de Tomás Machado N 7 é Sr. da Casa de seu pai casou com D. Maria ........................... Srª. da Casa da Porta no concelho de Felgueiras irmã do Abade de Refontoura Gonçalo Vieira da Fonseca e filhos de ............................................ 9 Gervásio Machado. § 16

SR. DA CASA DO RIO DOURO

N 7 TERESA MARIA MACHADO DE ABREU E SOUSA filha de Inácio Machado N 6 do § 15 casou com seu primo Francisco Carneiro da Costa Vieira (em S. Tiago de Gagos a 6 de Julho de 1733) Sr. da Casa e Morgado de Rio Douro fº. de Manuel Vieira de Sousa e sua m.er D. Maria da Costa Carneiro ttº. de Vieiras § 151 N 15 8 Bernardo Carneiro Vieira de Sousa 8 Ricardo Vieira de Sousa 8 D. Genebra Clara 8 D. Eufrozina Maria N 8 BERNARDO CARNEIRO VIEIRA DE SOUSA fº. de Teresa Machado N 7 deste § 16 (é Dezembargador do Paço e Fidalgo da Casa Real) é Sr. da Casa de seu pai Lente na Universidade de Coimbra é muito bom genealógico, mas creio ter escrito pouco; casou com D. Sebastiana Joaquina de Sousa Srª. da Casa do Regadouro filha de Manuel Caetano Lopes Vieira e sua m.er D. Mariana Carneiro ttº. de Coutinhos § 300 N 15 (Tomo 3 fls. 152 vº.) 9 D. Maria Madalena ou Margarida 9 D. Joaquina Lauriana 9 Francisco Carneiro que mataram os filhos de um ferreiro por dar uma bofetada em seu pai 9 Bernardo Carneiro Vieira de Sousa Dezembargador do Porto 9 D. Mariana Teresa N 9 BERNARDO CARNEIRO VIEIRA DE SOUSA fº. de Bernardo Carneiro N 8 é Sr. da Casa de seu pai por morte de seu irmão, Dezembargador no Porto Fidalgo Cavaleiro da Casa Real casou na cidade do Porto com D. Carolina Sofia Braga filha de José Ribeiro Braga e sua m.er D. Isidora Rita Braga o qual José Ribeiro Braga era negociante opulento no Porto Cavaleiro da Ordem de Cristo e da Conceição, e fº. de António Ribeiro Braga negociante na cidade do Porto. § 17
SR.ES DA QUINTA DO PRADO

N 6 D. TERESA MACHADO filha de Fernando Machado N 5 do § 15 foi 2ª m.er de Miguel Pinto de Mesquita Sargento Mor de Celorico de Basto Sr. da quinta do Prado na freguesia de Britelo fº. de Roque Pinto de Mesquita Sr. da quinta do Prado em Britelo, e sua m.er D. Angela Ribeiro no ttº. de Coutinhos § 198 N 11 7 Luís Pinto de Mesquita N 7 LUÍS PINTO DE MESQUITA fº. de D. Teresa Machado N 6 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou (receberam-se em 1716) com D. Luísa Machado da vila de Amarante sua 2ª m.er, filha H. de João Pinheiro da Fonseca, e sua m.er Luísa da Fonseca Pereira Machado moradores na Rua do Covelo, concelho de Gouveia, e compraram a quinta de Pepim junto de Gatiains que deram em dote à dita sua filha = ttº. de Pinheiros § 66 N 12 8 Miguel Pinto de Mesquita, morreu moço 8 Gabriel Pinto de Mesquita 8 Luísa Clara freira em S. Clara de Amarante 8 Maria Inácia solteira N 8 GABRIEL PINTO DE MESQUITA DE QUEIRÓS fº. H. de Luís Pinto N 7 foi Sr. da Casa de seu pai (Sr. da quinta de Quintão). Casou com D. Maria Vitoria de Freitas Teixeira filha H. de João de Freitas Teixeira, Sr. da quinta da Quintão em Vila Verde. (Ver § 9) 9 José Pinto Machado de Mesquita e Lemos N 9 JOSÉ PINTO DE MESQUITA fº. de Gabriel Pinto N 8 foi Sr. da Casa de seu pai (Sr. da Casa de S. Romão em Basto e Cap. Mor de Gestaço). Casou 1ª vez com D. Isabel de Mesquita, da Casa de S. Romão, filha de Manuel António de Mesquita de Magalhães Lopes de Carvalho, Sr. da Casa de S. Romão, em Basto, (Manuel António de Magalhães era filho de António de Magalhães de Mesquita Sr. da Casa da Igreja de S. Romão, e D. Helena Teixeira), e sua m.er D. Rosa de Magalhães Ribeiro (D. Rosa de Magalhães era filha de Simão de Magalhães Rabelo Sr. da Casa da Torre em Ranhados em S. Clemente). 10 Luís Pinto de Mesquita, tenente Coronel de Milícias em Basto

Casou 2ª vez com D. Joaquina Rosa filha de Caetano José da Rocha Corregedor do Crime no Porto, e Dezembargador da R.am. N 10 LUÍS PINTO DE MESQUITA E LEMOS fº. da 1ª m.er de José Pinto de Mesquita N 9, foi Tenente Coronel de Milícias em Basto. Casou com D. Ana ou D. Ana Emília de Vasconcelos filha de Manuel José Baptista de Vasconcelos Dezembargador da Suplicação, e sua m.er D. Maria Marcelina 11 José Pinto de Mesquita Cadete de Cavalaria 9 11 D. Maria do Carmo 11 Ricardo 11 N. ........................................ § 18 N 6 MARIA DE MEIRELES filha de D. Luísa Machado N 5 do § 14 casou com Francisco Rabelo Peixoto 7 João Pinto de Mesquita, da Casa da Ribeira, morreu solteiro. § 19
SR.ES DA QUINTA DA CRUZ EM GAGOS

N 5 ANA DE ANDRADE filha de Catarina de Gouveia N 4 do § 15, casou com António de Meireles de Andrade Sr. da quinta da Cruz em Gagos na freguesia de S. Tiago de Gagos em Celorico de Basto, fº. de Gaspar de Carvalho da Cunha e sua m.er Ana Machado de Meireles filha de Gonçalo Gonçalves de Meireles Sr. da quinta do Botelhão, e neto paterno de Fernando de Carvalho da Cunha e sua m.er Ana Henriques herdeira da Casa da Cruz e 2º neto de André Gonçalves de Carvalhais, Sr. da Casa de Fremil, por sua m.er Lucrécia de Carvalho no ttº. de Cunhas § 77 N 4 6 Domingos de Andrade Machado 6 Manuel de Andrade Machado, Clérigo 6 D. Luísa de Andrade Machado (esta D. Luísa dão outros filha de seu tio Agostinho no ttº. de Cunhas § 161 e de Carvalhos § 77). Casou com Manuel de Magalhães Cirne Sr. do Morgado de Francide, e Vereador na cidade do Porto e teve 7 Inácio Martinho de Magalhães Cirne Sr. da Casa e Morgado de seu pai, vive em Fonte Arcada abaixo de Arrifana de Sousa casado em Bragadas com D. N. ............................ filha H. de ............................... 7 N. .................................., Clérigo 7 Fr. Fernando Monge de S. Bento Abade de Arnoia no ano de 1768 N 6 DOMINGOS DE ANDRADE MACHADO fº. de Ana de Andrade N 5 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou na freguesia de S. Pedro de Britelo com Ana Maria Álvares filha H. de Domingos Álvares, e sua m.er Ana Dias natural de Braga irmã de ............................... Abade de S. Tecla, e por este casamento lhe veio a quinta de Crespos, e o prazo do Passo na freguesia de Britelo 7 Francisco de Andrade Machado Juíz de Fora em Ponte de Lima e Torre de Moncorvo, Sr. da Casa de seu pai vivia solteiro em 1768 7 Manuel de Andrade Machado, Clérigo 7 Fr. António, Franciscano 7 Domingos de S. José Machado, Loio Geral da Congregação 7 José Machado de Andrade N 7 JOSÉ MACHADO DE ANDRADE fº. de Domingos de Andrade Machado N 6 foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, casou na freguesia de S. Maria de Canedo no mesmo Concelho com D. Ana da Cunha Teixeira H. da quinta do Bairro por morte de seu irmão Manuel da Cunha Juíz de Fora de Castelo Rodrigo e Lamego, e filhos de Domingos da Cunha Brasileiro, teve 8 José da Cunha Machado N 8 JOSÉ DA CUNHA MACHADO fº. de José da Cunha N 7 é Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Teresa filha H. do Dr. Francisco Xavier Coelho Sr. da quinta de Bruguete em Britelo e Josefa Maria da Mota neta paterna de Jacinto Álvares Coelho (Ver Costado no Tomo 3º fl. 190 vº.) 9 Domingos de Andrade Machado 9 D. Inácia m.er de Bernardo Teixeira Falcão actual Cap.am Mor de Basto Sr. da Casa de Barreiro em Canedo c.g. no ttº. de Silvas § 79 N 10 9 Narciso de Andrade Machado

9 D. Leonor. § 20
SR.ES DA QUINTA DO OUTEIRO E RIBEIRA

N 4 MARIA MACHADO DE ANDRADE filha de Ana Machado de Gouveia N 3 do § 15 casou com Gaspar Francisco de Barros familiar do S. Offº. e Sr. das quintas do Outeiro e Ribeira ambas na freguesia de Real de Bouro em Celorico de Basto, fº. de Manuel Francisco de Andrade Freire Sr. da quinta do Outeiro, e Ribeira, e sua m.er Isabel Dias de Barros, neto paterno de Francisco Vaz Freire e materno de Domingos Fernandes de Barros Sr. da quinta de Olela no ttº. de Barros § 103 N 1 e no ttº. de Freires de Andrade § 95 N 15 5 Manuel de Andrade Machado 5 José Machado de Andrade § 21 5 Lucas Machado de Barros e Andrade § 22 5 Dâmaso Ribeiro de Andrade Abade de S. Tiago da Faia em 1715 5 Luísa Machado de Andrade § 26 5 Miguel Rebelo de Andrade, Sacerdote 5 Mariana de Andrade casada em Ovelha junto ao Marão com Gonçalo de Sampaio fº. de outro Gonçalo de Sampaio Sr. do Morgado de Ovelha c.g. extinta 5 Senhorinha de Andrade Ribeiro casada em Ermelo em troco com seu irmão Manuel de Andrade com Paulo Rebelo de Meireles e Andrade, seu primo, Administrador da Capela da Srª. da Estrada e Sr. da quinta da Cale e teve 6 Duarte de Meireles de Andrade c.g. em Ermelo 6 D. Clara de Gouveia casada em Vila do Conde com Giraldo Pimenta Gayo s.g. no ttº. de Gayos 6 D. Joana de Azevedo de Gouveia m.er de António Dias Soares s.g. N 5 MANUEL DE ANDRADE MACHADO fº. de Maria Machado N 4 sucedeu na quinta da Ribeira (Sr. da quinta da Ribeira na freguesia de Real de Bouro), foi Governador da Fortaleza de Insoa e teve patente de Sargento Mor de Auxiliares. Casou com sua prima D. Maria de Andrade de Meireles por escritura de 19 de Novembro de 1661 feita em Celorico de Basto por Miguel Ferreira Sobrinho, filha de Paulo Rebelo de Andrade Sr. da quinta do Casal em Ermelo Administrador da Capela da Srª. da Estrada, e sua m.er Ursula Moreira de Meireles neta paterna de Manuel de Azevedo de Andrade e materna de Domingos Gaspar Moreira e D. Águeda Freire de Meireles Srª. da quinta do Rio (Costado fl. 100 do Tomo 4º) 6 António de Andrade Pacheco Vigário de S. Mamede em Vila Verde 6 Manuel de Andrade Vigário de Margaride concelho de Felgueiras 6 Rodrigo Leite de Azevedo 6 Caetano Machado de Gouveia morreu na América sem estado 6 D. Violante Clara de Andrade e Azevedo m.er de António de Mesquita de Magalhães s.g. N 6 RODRIGO LEITE DE AZEVEDO MACHADO DE ANDRADE fº. de Manuel Machado N 5 foi Sr. da Casa de seu pai e vivia no ano de 1768 na sua quinta da Ribeira casado com D. Rosa da Silva e Sousa filha H. de Simão de Sousa Macedo Sr. da quinta do Bouso na freguesia de Ribas em Celorico de Basto e sua 1ª m.er Jerónima da Silva, neta paterna de Diogo de Sousa de Macedo Sr. da quinta da Bouca (Diogo de Sousa de Macedo era filho de António Álvares de Macedo e Paula de Sousa), e sua m.er Maria de Sousa (Maria de Sousa era filha de António Gonçalves de Oliveira, e Isabel Gonçalves – ver Costado fl. 100 Tomo 4º) e neta materna de Manuel de Macedo de Andrade Sr. da quinta da Torre, e D. Maria da Silva filha H. de Jerónimo da Silva, Reitor de Ribas 7 Manuel António de Sousa Machado de Azevedo 7 Francisco Xavier Machado, sem estado 7 Maria Violante morreu solteira N 7 MANUEL ANTÓNIO DE SOUSA MACHADO DE AZEVEDO fº. de Rodrigo Leite N 6 foi Sr. da Casa da Ribeira, de seu pai, e Morgado de Ovelha (Sr. da Casa do Outeiro e Ribeira), Cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou em Ermelo com D. Ana Peixoto Moreira da Silva filha de Francisco Pinto Moreira Brandão de Pinho Cavº. da Ordem de Cristo, e sua m.er D. Maria Álvares da Silva no ttº. de Coutinhos § 294 N 15 8 Rodrigo Leite de Azevedo Machado de Andrade, Monteiro Mor de Celorico de Basto 8 João 8 Manuel de Andrade Machado Dezembargador da R.am de Braga 8 José Peixoto, Abade

8 André, frade Bento 8 D. Leonarda 8 D. Rosa 8 D. Luísa 8 D. Catarina N 8 RODRIGO LEITE DE AZEVEDO fº. de Manuel António de Sousa N 7 é Sr. da Casa de seu pai, Monteiro Mor de Celorico de Basto. Casou com D. Mariana Teixeira de Azevedo irmã de António de Azevedo Sr. da Casa de Gojim ao pé de Lamego, e filhos de António Teixeira de Carvalho, e D. Joaquina Leucádia de Azevedo da freguesia de S. Martinho de Chans, Comarca de Lamego 9 (( Manuel António de Sousa Machado 9 Francisco de Sousa Machado Juíz de Fora em Amarante 9 D. Joaquina 9 D. Maria Rita 9 D. Teresa 9 António de Azevedo Cadete de Cavalaria N 11 9 Fr. José de S. Rita, frade Bento )) - 55 § 21
SR. DA QUINTA DO QUINTÃO DO ARCO EM CABECEIRAS DE BASTO

N 5 JOSÉ MACHADO DE BARROS fº. de Maria de Andrade Machado N 4 do § 20 casou com Jerónima da Costa filha H. de Bartolomeu da Costa Sr. da quinta de Quintão do Arco na freguesia de Cabeceiras de Basto que era ferrador segundo uma cota que vi 6 Vicente Machado de Barros e Andrade 6 Felix Machado de Barros Reitor de Carrezedo de Montenegro 6 José de Barros que fez uma morte, e se fez frade Carmelita 6 D. Sebastiana freira na Conceição em Braga 6 Maria de Andrade m.er de Diogo Luís de Carvalho de que não há geração N 6 VICENTE MACHADO DE BARROS E ANDRADE fº. de José Machado de Barros N 6 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou em Braga com sua prima 3ª D. Luísa Peixoto da Silva irmã de Carlos Peixoto de Castelo Branco que morreu solteiro e por isso ela veio a ser herdeira da Casa de seu pai José de Araújo Castelo Branco Cavaleiro da Ordem de Cristo Sargento Mor de Infantaria com patente de M.e de Campo e sua m.er D. Vicência Peixoto da Silva ver ttº. de Cardosos § 40 (ver ttº. de Freires de Andrade § 59 N 11 e § 60 N 12 e neste ttº. § 29 N 5) 7 António José Peixoto Castelo Branco 7 José Machado casado na Ribeira do Homem com D. Clemência de ............................ da quinta da Pena na dita Ribeira c.g. 7 Francisco Xavier Machado sem estado 7 D. Maria Josefa 7 D. Margarida 7 D. Narcisa Quitéria N 7 ANTÓNIO JOSÉ PEIXOTO DE CASTELO BRANCO MACHADO DE ANDRADE fº. de Vicente Machado N 6 foi Sr. da Casa de seu pai (está esta Casa destruída pois se vendeu tudo por seu filho). Casou com sua prima D. Francisca Rosa de Moura Leite filha de Lourenço José de Moura Leite Cavº. da Ordem de Cristo, Sr. da quinta do Pinheiro e do Morgado do Lago e sua 2ª m.er D. Eugénia da Cunha neste ttº. § 10 N 7 8 D. Ana 8 Lourenço Peixoto Castelo Branco 8 António Peixoto 8 Fr. José, frade Bernardo 8 D. Ana. § 22
QUINTA DO OUTEIRO, E QUINTA DA CRUZ

55

Nota dos Editores – O texto dentro de parênteses duplo não é de letra de Felgueiras Gayo.

N 5 LUCAS MACHADO DE BARROS fº. de Maria de Andrade Machado N 4 do § 20 sucedeu a seu pai na quinta do Outeiro em que viveu. Casou com sua prima 2ª D. Mariana de Araújo Castelo Branco, filha de Miguel Borges da Cunha Sr. da quinta da Cruz na freguesia de S. Martinho de Valdebouro, e sua m.er Maria de Araújo Castelo Branco irmã de José de Araújo Castelo Branco Sargento Mor de Infantaria com patente de M.e de Campo no § 21 N 6 Andrades Freires § 59 N 11 (ver Costado no Livro 4 N 99) 6 Fr. Cristóvão Xavier, frade Bento 6 Fr. Miguel, o mesmo 6 Francisco de Araújo, Clérigo 6 Caetano Machado casou contra vontade de seu pai com Margarida de Magalhães filha de João de Magalhães Coelho de Amarante, s.g. 6 Manuel Carlos de Araújo Castelo Branco 6 Dâmaso Ribeiro Machado, Clérigo 6 D. Rosa Maria de Araújo § 23 6 D. Maria Margarida de Andrade Machado § 24 6 D. Vicência Felipa Machado § 25 N 6 MANUEL CARLOS DE ARAÚJO CASTELO BRANCO MACHADO fº. de Lucas Machado N 5 foi Sr. da Casa de seu pai e vivia na quinta do Outeiro casado com D. Luísa Teresa da Cunha de Carvalho Sr. da quinta de Matama que lhe veio em dote, filha de Gaspar João de Carvalho e sua m.er Serafina da Cunha 7 Francisco Vicente Machado 7 Fr. Manuel de S. Carlos, Domenico 7 José Machado N 7 FRANCISCO VICENTE MACHADO DE ANDRADE ARAÚJO CASTELO BRANCO fº. de Manuel Carlos N 6. Foi Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Teodósia Margarida Peixoto (recebeu-se Vicente do D. Teodósia em Ataens a 16 de Setembro de 1764 a fl. 21) filha de Diogo Manuel Lopes Peixoto e sua m.er D. Rosa de Moura Barbosa 56 Sr.es da quinta do Pinheiro em S. Maria de Atheaens em Guimarães neta paterna de Silvestre Lopes Ribeiro, e Ana Peixoto da freguesia de Srª. de Oliveira, em Guimarães 8 Francisco António 8 José de Barros Machado 8 D. Ana Margarida § 66 8 D. Maria José 8 D. Francisca Vitoria N 8 FRANCISCO MACHADO DE BARROS ARAÚJO CASTELO BRANCO fº. de Francisco Vicente Machado N 7 é Sr. da Casa do Outeiro da freguesia de S. Martinho do Vale de Bouro concelho de Celorico de Basto. Casou com D. Maria de Magalhães Pereira filha H. de Bernardo José de Magalhães Pereira Sr. da Casa de Covilhão da freguesia da Faia concelho de Cabeceiras de Basto, e sua m.er D. Maria da Cunha sua prima H. da Casa da Estrada concelho de Felgueiras s.g. desta Srª.; quer casar com ..................... casou 2ª vez com D. Maria Genoveva de Sousa da freguesia de Frades irmã de João de Sousa Reitor de Vilar em 1825 e filhos de Custódio Manuel proprietário do ofício de escrivão dos órfãos da Póvoa do Lanhoso, e sua m.er D. Antónia Quitéria Vieira de Brito ver Costados fl. 193 Tomo 4 (Costado a fl. 188 do Tomo 2) 9 D. Senhorinha da Conceição Machado Freire de Andrade de Sousa e Brito 9 D. Maria Cândida de S. Tiago Machado Freire de Andrade de Sousa e Brito. § 23
QUINTA DO BURGO

N 6 D. ROSA MARIA ARAÚJO DE CASTELO BRANCO filha de Lucas Machado N 5 do § 22 casou no concelho de Gouveia com Lourenço Ribeiro Pinheiro Sr. da quinta do Burgo Sargento Mor de Malta 7 António José Ribeiro, Clérigo 7 Dâmaso Machado casado na América no Picangui c.g. 7 D. Isabel Luísa m.er de Manuel Pinheiro da freguesia de S. João do Folhada, teve 8 Manuel 8 José
D. Rosa Maria de Moura era filha de Frutuoso Barbosa e D. Guiomar de Moura Coutinho da freguesia de S. Lourenço extra muros de Guimarães.
56

7 D. Rosa Maria 7 D. Josefa C. e mor. s.g. 7 D. Clara Joana N 7 D. CLARA JOANA filha de D. Rosa Maria Araújo N 6 casou em Vila Nova de Lufrei com José Ribeiro de Macedo 8 Manuel 8 D. Maria N 8 MANUEL CERQUEIRA DE ARAÚJO fº. de D. Clara Joana N 7 casou com .......................... filha herdeira c.g. § 24
MORGADO DE PENA GARFE

N 6 D. MARIA MARGARIDA filha de Lucas Machado N 5 do § 22 casou com Constantino da Fonseca de Barros Sr. do Morgado de Pena Garfe 7 Bernardo da Fonseca de Barros casado c.g. 7 D. Maria Quitéria sem estado 7 D. Francisca ................................... casou com ........................................ teve 8 D. ....................................., única 7 D. Mariana, sem estado. § 25
SR.ES DA QUINTA DA CARVALHADA

N 6 D. VICÊNCIA FELIPA MACHADO filha de Lucas Machado de Barros N 5 do § 22, casou com Manuel Soares da Maia Sr. da quinta da Carvalhada na freguesia de Armil no Couto de Sepoins fº. de Inácio Soares Coelho Sr. da dita quinta, e D. Antónia de Castro Peixoto sua prima no ttº. de Barros § 61 N 12 (Ver Costado Livro 4 fl. 99) 7 Fr. António Monge de S. Bernardo 7 Inácio Soares Coelho de Barros 7 José Peixoto Soares de Vasconcelos 7 D. Josefa 7 D. Clara 7 D. Gertrudes 7 D. Maria Josefa 7 D. Luísa N 7 INÁCIO SOARES COELHO DE BARROS fº. de D. Vicência Felipa N 6 Sr. da Casa de seu pai. Casou com D. Antónia da Cunha Rola (Srª. da quinta de Fejo, e S. Jorge) filha de José da Cunha Rola Pereira da Silva Sargento Mor de Felgueiras e sua m.er D. Mariana Josefa Carneiro de Vasconcelos neta paterna de António José da Cunha Rola Pereira de Sampaio, Sr. da quinta de S. Jorge Cavº. da Ordem de Cristo, Sargento Mor de Felgueiras, e sua m.er D. Isabel Natália de Sousa e neta materna de Jacinto Manuel da Maia Sr. da Casa de Feijó e D. Joana Jacinta Angélica Carneiro (ver Costado do Livro 4 fl. 99) 8 Manuel 8 José 8 António 8 Bento 8 D. Mariana c.c. Manuel Baltazar Mendes Leite 8 ........................................... § 26
SR.ES DA QUINTÃO DE AROENS (ACHA-SE REUNIDA A CASA DE CIMA DE VILA)

N 5 LUÍSA MACHADO DE ANDRADE filha de Maria Machado de Andrade N 4 do § 20 casou com Bernardo de Mesquita de Freitas Sr. da quinta do Quintam de Aroens 6 Miguel Mesquita Rebelo de Freitas N 6 MIGUEL MESQUITA REBELO DE FREITAS fº. de Luísa Machado N 5 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou duas vezes a 1ª com D. Mariana Cardoso Machado de Andrade filha H. de José Cardoso da Silva Sr. da quinta de Ponsos junto de Guimarães, e sua m.er D. Maria Machado de Miranda 7 Bernardo Machado de Mesquita Cardoso 7 mais s.g.

Casou 2ª vez com D. Maria Caetana dos Guimarães Peixoto filha H. de Bento Leite Guimarães, e sua m.er Madalena Ferreira de Azevedo Sr.es da quinta de entre ambas as vinhas no concelho de Felgueiras s.g. N 7 BERNARDO MACHADO DE MESQUITA CARDOSO fº. da 1ª m.er de Miguel de Mesquita N 6 foi Sr. da Casa de seu pai. Casou com sua prima 3ª D. Guiomar de Abreu Sousa Machado filha de Inácio Machado de Andrade e Barros Sr. da quinta da Balouta, e sua m.er D. Maria de Abreu Sousa Bacelar já ditos no § 15 N 6 8 Miguel 8 D. Maria Miquelina casou com Francisco José Leite Lobo da Casa de Cima da Vila (é hoje Sr. da quinta de Aroins teve) 9 Francisco Leite da Gama Lobo, e outros N 8 MIGUEL MACHADO DE MESQUITA fº. de Bernardo Machado N 7 casou com ................... da Casa da Brea s.g. § 27
CASA DA PORTELINHA

N 4 JERÓNIMA COELHO DE ANDRADE MACHADO filha de Ana Machado de Gouveia N 3 do § 15, casou com João da Silva Sr. da quinta de Francoim na freguesia de S. Tiago de Sendim concelho de Felgueiras, fº. de Bartolomeu Gonçalves da Silva e sua m.er D. Luísa Gonçalves Sr. da Casa de Francoim na freguesia de S. Tiago de Sendim no concelho de Felgueiras 5 Manuel de Andrade Coelho N 5 MANUEL DE ANDRADE COELHO fº. de Jerónimo Coelho de Andrade N 4 sucedeu na Casa de seus pais. casou na Casa de Portelinha junto ao Castelo de Basto com D. Mariana Machado da Mota 57 que lhe deram em dote a metade da Casa de Portelinha, filha de João Mendes da Mota Sr. da Casa de Portelinha na freguesia de Arnoia e sua m.er Angela Machado 6 D. Luísa Francisca 6 D. Francisca de Santo António, freiras em S. Clara de Amarante 6 António Machado de Andrade Abade de Perafita por renúncia de seu tio João Mendes da Mota 6 Fr. João Religioso de S. Francisco 6 D. Maria Josefa, morreu sem estado 6 D. Inácia Josefa Machado N 6 D. INÁCIA JOSEFA MACHADO DE ANDRADE filha de Manuel de Andrade Coelho N 5 foi Srª. da Casa de seu pai e seus irmãos lhe fizeram um grande dote e seus tios e Rodrigo António Machado lhe fez promessa além do mais dote que lhe fez de fazer um vínculo de dois mil cruzados de renda tudo para casar com António Peixoto de Queirós Sr. da Casa da Portela Cavº. da Ordem de Cristo, Familiar do Santo Ofício e Sr. do dito Morgado de Portela que institui Pedro Peixoto de Castro com obrigação de se apelidarem Peixotos fº. de Gonçalo Peixoto de Vasconcelos e sua m.er D. Joana de Lima de Vasconcelos c.g. no ttº. de Queirozes § 45 N 22. § 28 58 N 2 ANTÓNIA DIAS RIBEIRO filha de Diogo Annes Ribeiro N 1 do § 7 casou com Gonçalo Afonso filho de Afonso Gonçalves e sua m.er Senhorinha Afonso 3 Gonçalo Afonso Ribeiro, segue 3 Jorge Ribeiro Abade de S. Senhorinha concelho de Cabeceiras de Basto que fez testamento no ano de 1647 o qual vinculou parte do Paço em Morgado chamando para 1ª. Administradora a sua sobrinha Domingas Ribeiro. § 28 59
Neta paterna D. Mariana, de Santos Mendes da Mota e sua m.er Guiomar Gonçalves 2ª neta de Bastião Afonso Sr. da quinta de Mo ou Mota em Fregim e sua m.er Guiomar Mendes e pela materna neta de Damião da Rocha de Figueiredo e sua m.er D. Francisca Mendes de Vasconcelos 2ª neta de Damião Dias e sua m.er D. Isabel Figueiredo; D. Francisca Mendes era filha de António Coelho Macedo e sua m.er Paula Mendes de Vasconcelos. 58 Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 28. 59 Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 28.
57

N 2 ANTÓNIA DIAS RIBEIRO filha de Diogo Annes Ribeiro N 1 do § 7 casou com Gonçalo Afonso filho de Afonso Gonçalves e Senhorinha Afonso, irmão de João Afonso de que se fala abaixo 3 Gonçalo Afonso Ribeiro, segue N 3 GONÇALO AFONSO RIBEIRO (era fº. de Antónia Dias Ribeiro acima e seu marido Gonçalo Afonso e neto de Diogo Annes Ribeiro § 7 N 1) era dos mesmos Ribeiros de que até aqui tratamos, mas ainda não alcançamos a sua filiação era irmão de Jorge Ribeiro Abade de S. Senhorinha concelho de Cabeceiras de Basto o qual Abade fez seu testamento no ano de 1647 o qual vinculou parte do Paço em Morgado sito na mesma freguesia chamando para 1º Administrador a Giraldo Falcão casado com sua sobrinha Domingas Ribeiro abaixo N 4 e posto que se não sabe a filiação destes dois irmãos é certo que eram parentes dos Ribeiros de Gaspar Ribeiro da Silva no qual principiamos os Ribeiros de Basto no § 7 N 2 porque sempre se trataram por parentes uns dos outros (Gonçalo Afonso Ribeiro de uma memória que me veio à mão era fº. de Gonçalo Afonso e Antónia Dias irmã de Gaspar Ribeiro Sr. da Casa de S. Senhorinha Escudeiro Fidalgo neto paterno de Afonso Gonçalves e Senhorinha Afonso esta irmã de João Afonso de quem abaixo falamos e neto materno de Domingos Annes Ribeiro Sr. da Casa da Ribeira da Faia e sua m.er Senhorinha Annes ver § 7 N 38). Casou Gonçalo Afonso Ribeiro com Catarina Gonçalves e foram ambos moradores na quinta do Souto em S. Clemente de Basto; era Catarina Gonçalves filha de João Gonçalves Sr. da Casa Subrivas em Vale de Bouro e Margarida Martins sua m.er 4 Domingas Ribeiro 4 Pedro Afonso Ribeiro segundo alguns § 34 N 4 DOMINGAS RIBEIRO filha de Gonçalo Afonso Ribeiro N 3 foi Srª. da Casa de seu pai e quinta do Souto e Morgado do Paço que seu tio instituiu; casou com Giraldo Falcão de Magalhães e foi sua 2ª m.er Sr. da quinta do Souto e Morgado do Paço fº. de Gonçalo Gonçalves Falcão e Inês Gonçalves de Magalhães filha de João Afonso irmão de Catarina Afonso; Gonçalo Gonçalves Falcão era fº. de Bartolomeu Rodrigues Falcão Sr. da Casa de Barri Falcão e sua m.er Ana Gonçalves de Meireles filha de Gonçalo Gonçalves de Meireles da Casa de Botelhão 5 Gonçalo Ribeiro Falcão 5 Domingos Ribeiro Falcão § 30 5 Giraldo Falcão de Magalhães que se ausentou para o Brasil 5 Senhorinha Ribeiro Falcão § 31 N 5 GONÇALO RIBEIRO FALCÃO fº. de Domingas Ribeiro N 4 foi Sr. da quinta do Souto mas não do Morgado do Paço que passou a sua irmã Senhorinha Ribeiro Falcão; casou com Clara de Abreu Bacelar irmã de José de Abreu Bacelar do Conselho Geral do Santo Ofício de Lisboa, filha de Baltazar de Abreu Bacelar que em 1586 tirou Brasão dos Abreus e Bacelares e sua m.er Maria de Eça da Rocha neta paterna de Domingos Gonçalves Caminha e sua m.er Leonor Rodrigues Bacelar filha de Rui Vaz de Abreu Bacelar ttº. de Bacelares § 41 N 4 6 D. Maria de Abreu Bacelar 6 D. Leonor de Abreu Bacelar de Araújo § 29 N 6 D. MARIA DE ABREU BACELAR filha de Gonçalo Ribeiro Falcão N 5 foi Srª. da Casa de seu pai, casou com Gaspar Araújo de Azevedo fº. de Tristão de Araújo de Azevedo e sua m.er Isabel de Abreu Bacelar c.g. no ttº. de Araújos § 39 N 26 e lá vai. § 29
QUINTA DO OUTEIRO E ALVAÇÃO

N 6 D. LEONOR DE ABREU BACELAR filha de Gonçalo Ribeiro Falcão N 5 do § 28 casou com Bento Ferreira de Morais Sr. da quinta do Outeiro na freguesia de S. Pedro de Alvite em Cabeceiras de Basto 7 António Teixeira de Abreu Bacelar Abade de S. Pedro de Britelo em Celorico de Basto e Comissário do Santo Ofício 7 Rosendo de Abreu Leite Pereira 7 Teodósio José Pereira de Morais, morreu solteiro 7 José de Abreu Bacelar passou ao Brasil onde teve uma casa das mais ricas daquele estado que deixou a seu irmão Luís Carlos 7 Luís Carlos Pereira Bacelar passou ao Brasil onde casou com uma Fidalga muito distinta e ficou herdeiro de seu irmão José de Abreu

N 7 ROSENDO DE ABREU LEITE PEREIRA fº. de D. Leonor de Abreu Bacelar N 6 foi Cap.am de Infantaria nas guerras contra Castela Sargento Mor da Comarca de Guimarães Cavº. da Ordem de Cristo, casou com D. Josefa Leite de Tavora filha H. de José Leite de Tavora neste ttº. § 34 N 4 8 José de Abreu Leite Pereira N 8 JOSÉ DE ABREU LEITE PEREIRA fº. de Rosendo de Abreu Leite N 7 foi Sr. da Casa de seus pais, casou com D. Teresa Josefa Coelho da Silva Leite Pereira filha H. de Gervásio Ribeiro da Silva Falcão, Ouvidor de Valença e Sr. da quinta de Alvação neste ttº. § 30 N 4 (ver § 34 N 5 adiante) 9 Rosendo de Abreu 9 ............................................., Abade 9 D. ........................................ 9 D. ........................................ N 9 ROSENDO DE ABREU PEREIRA LEITE DA SILVA COELHO fº. de José de Abreu Leite N 8 é Sr. da Casa de Alvação em S. Pedro de Alvite, Cabeceiras de Basto. Casou com D. Angélica Rosa de Abreu Caldas Bacelar filha de Bento Bernardo de Magalhães de Andrade Sr. da Casa de Passinhos freguesia do Vale termo dos Arcos e sua m.er D. Maria Angélica de Salazar no ttº. de Rabelos § 59 N 28 10 Bento de Magalhães ou de Abreu c.c. D. Leonor Pacheco filha que veio a ser herdeira de Serafim Pacheco neste ttº. § 13 N 9 10 Francisco de Magalhães, Cónego em Guimarães 10 D. Maria Rita c.c. António Leite Lobo Sr. da Casa de Baloutas fº. de Alexandre Lobo Leite e D. Caetana neste ttº. § 14 Sub N 7 10 D. Joana Justiniana 10 António ..................................., Tenente de Milícias de Guimarães. § 30
QUINTA DE ALVAÇÃO

N 5 DOMINGOS RIBEIRO FALCÃO fº. de Domingas Ribeiro N 4 do § 28 casou com Jerónima da Silva Carneiro filha H. de Jorge Carneiro da Silva da quinta de Alvação na freguesia de S. Pedro de Alvite em Cabeceiras de Basto e sua m.er Margarida Rebelo no ttº. de Meireles N 9 § 9 6 Gervásio Ribeiro Falcão 6 António Coelho da Silva Vigário de Pedraça em Cabeceiras de Basto 6 João Carneiro da Silva teve B. 7 João Felix Moniz Falcão Coelho a quem seu pai deu a quinta de Rendufe, casou com D. .............................. filha B. de Manuel Álvares de Magalhães de Araújo Fidalgo da Casa Real e M.e de Campo de Auxiliares Sr. da Casa de Gandarela c.g. 6 D. Ana freira na Conceição em Braga 6 2 sem estado N 6 GERVÁSIO RIBEIRO FALCÃO fº. de Domingos Ribeiro Falcão N 5 foi Sr. da Casa de seu pai e Juíz de Esposende e Ouvidor de Valença e não quis seguir mais os lugares de letras, viveu na sua quinta de Alvação, casou com sua prima D. Josefa Leite de Andrade filha H. de Jorge Leite de Andrade e Srª. da quinta de Quintam das Pereiras e sua m.er Maria Portilho de Magalhães no ttº. de Meireles § 14 N 11 5 Manuel Joaquim Coelho da Silva Leite Pereira 5 José Coelho da Silva Abade de Chamoim 5 António Baptista Coelho 5 Felix 5 D. Ana 5 D. Teresa Josefa Coelho da Silva Leite Pereira Srª. da Casa de seus pais casada com seu primo José de Abreu Leite no § 29 N 6 5 B. Manuel Carlos tem ordens menores.

§ 31
MORGADO DO PAÇO E SR.ES DA QUINTA DE SESTELO

N 5 SENHORINHA RIBEIRO FALCÃO filha de Domingos Ribeiro N 4 do § 28 é em quem seu pai nomeou o Morgado do Paço. Casou duas vezes, a 1ª com Pedro de Sousa Rabelo, de Sestelo na freguesia de S. Senhorinha fº. de .................................... de Sousa e Magalhães e sua m.er Maria Rabelo Leite 6 Pedro de Sousa Falcão Casou 2ª vez Senhorinha Ribeiro com António de Andrade de Gouveia Sr. da quinta da Costa na freguesia de S. Senhorinha que era natural de Pinhel ou de Castelo Rodrigo 6 Teodósio de Andrade de Gouveia § 32 N 6 PEDRO DE SOUSA FALCÃO fº. do 1º marido de Senhorinha Ribeiro N 5 foi Sr. da quinta de Cestelo e Morgado do Paço Cavaleiro de S. Tiago; casou com D. Mariana de Sousa Pereira filha de João da Silva Barbosa Sr. da quinta de Surribas na freguesia de S. Martinho de Vale de Bouro em Celorico de Basto, e sua m.er Maria de Sousa Pereira de Amarante ttº. de Cerqueiras § 99 N 11 e § 98 N 10 7 Manuel Felix de Sousa Pereira Sr. do Morgado do Paço a quem o tirou por demanda seu primo Domingos de Abreu Bacelar no ttº. de Araújos § 39 7 Fernando de Sousa foi para o Brasil onde casou c.g.s.n. 7 Rodrigo de Sousa Pereira da Silva 7 Pedro José de Sousa, Clérigo N 7 RODRIGO DE SOUSA PEREIRA DA SILVA fº. de Pedro de Sousa Falcão N 6 foi Sr. da quinta de Cestelo e da quinta de Surribas por sua mãe, serviu nas guerras de Carlos 3º em que foi Alferes de Infantaria; casou com D. Angélica Quitéria de Paiva Leite Brandão da cidade de Braga filha de Alexandre de Paiva Brandão e sua m.er D. Joana Pereira da Costa ttº. de Barros § 43 N 12 8 D. Ana Joaquina de Sousa Pereira de Paiva 8 D. Mariana 8 D. Mariana de Sousa e Paiva m.er de Miguel de Azevedo e Ataíde e Meneses c.g. no ttº. de Azevedos § 142 N 26 8 B. D. ......................................... m.er de Francisco de Moura Coutinho s.g. N 8 D. ANA JOAQUINA DE SOUSA PEREIRA E PAIVA filha H. de Rodrigo de Sousa Pereira N 7 casou com Rodrigo Guedes de Meneses e Carvalho, Fidalgo da Casa Real, fº. de Francisco Guedes de Carvalho, Fidalgo da Casa Real, Sr. da Casa da Costa no Couto de Mancelos ttº. de Magalhães § 37 N 14 9 Francisco Guedes 9 José Guedes 9 D. Angélica 9 D. Maria 9 D. Joana 9 D. Tomásia 9 Joaquim Guedes. § 32
SR.ES DA QUINTA EYROENS E QUINTA DA COSTA

N 6 TEODÓSIO DE ANDRADE DE GOUVEIA fº. do 2º marido de Senhorinha Ribeiro N 5 do § 31, casou com ..................................... filha H. de José de Magalhães Sr. da quinta de Eyroins na mesma freguesia de S. Senhorinha e sua m.er e prima Isabel Portilho de Magalhães; foi Teodósio de Andrade Sr. da quinta da Costa de seu pai 7 Manuel António de Gouveia e Andrade 7 D. Angélica Maria de Gouveia § 33 7 D. Clara de Gouveia m.er de António Leite de Miranda Lobo Sargento Mor de Cabeceiras de Basto s.g. N 7 MANUEL ANTÓNIO DE GOUVEIA DE ANDRADE fº. de Teodósio de Andrade de Gouveia N 6 sucedeu a seu pai no Morgado de Pinhel. Casou 1ª vez com ............................. filha H. de Domingos Esteves da Costa Sr. da quinta de ............... no lugar de Chacim freguesia de S. Miguel de Refoios de Basto 8 Fernando de Gouveia 8 .................................................., freiras Casou 2ª vez com D. ..........................................., Srª. da quinta de Bornes perto do Mosteiro de Bouro, filha H. de ....................................... § 33

REFALCÃO

N 7 D. ANGÉLICA MARIA DE GOUVEIA DE ANDRADE MAGALHÃES PORTILHO filha de Teodósio de Andrade de Gouveia N 6 do § 32 foi Srª. da quinta da Costa e Eyroins; casou com Paulo Pinto de Mesquita e Magalhães Cavaleiro da Ordem de Cristo, Sr. da quinta de Refalcão na dita freguesia de S. Senhorinha e seu primo, fº. de Manuel Pinto de Mesquita e sua m.er D. Maria de Sousa e neto paterno de Luís de Magalhães de Araújo, Sr. da Casa de Refalcão e D. Fabiana Pinto filha esta de D. Angela Ribeiro e Roque Pinto Sr. da quinta do Prado no ttº. de Coutinhos § 298 N 11 – 12 e N 13 Vasconcelos § 150 N 24 8 Manuel Pinto 8 Luís 8 D. Matilde 8 D. Maria N 8 LUÍS PINTO FALCÃO fº. de D. Angela Maria de Gouveia N 7 é Sr. da Casa de seus pais, casou com ......................................., sobrinha de Marcelino Pereira Cleto e filha de .............................................. 9 D. .................................. H. justa a casar com João Machado da Guerra Sr. da Casa de Pindela no ttº. de Felgueiras § 17 e de Pinheiros § 44 N 14 e de Barretos Velhos. § 34
SR.ES DA QUINTA DO SOUTO

N 4 PEDRO AFONSO RIBEIRO fº. B., dizem de Gonçalo Afonso Ribeiro N 3 do § 28 numa justificação que fez Pedro Varela de Mariz N 4 infra se chamava Pedro Afonso de Morais e procedia da quinta do Souto de S. Clemente outros na dita justificação lhe chamam Pedro Afonso de Mariz; outra justificação que fez Manuel Álvares Pombeiro em 1604 se diz que dela consta Maria Rodrigues Pinheiro irmã do dito Manuel Álvares Pombeiro casara com Pedro Afonso de Mariz da cidade de Bragança chefe do seu apelido; o mais certo é como aqui vai, parece foi Pedro Afonso Ribeiro ou Morais ou Mariz Tenente da Fortaleza de Ormuz na Índia segundo consta de algumas memórias genealógicas donde veio para o Reino e comprou a quinta de S. Senhorinha em Cabeceiras de Basto a quinta de Morais e a de Vila de Lobos, viveu na de Morais em que fez a sua Casa; casou com Maria Rodrigues Pinheiro natural de Vila do Conde que consta da justificação que fez o dito Pedro Varela ser da família dos Marizes filha de Brás Esteves e sua m.er N. ........................... Campos, netos paternos de Nicolau Esteves Juíz Ordinário de Vila Pouca e maternos de Álvaro Pires Pombeiro fº. de Álvaro de Almeida de Alvarenga o Pombeiro Velho, e sua m.er Ana Álvares de Campos (não acho em Pinheiros) 5 João Rodrigues Lobo de Mariz 5 D. Catarina Pinheiro M.er de Álvaro Felgueiras de Valadares escudeiro Fidalgo natural de Vila do Conde morador na quinta de Vila de Lobos que levou em dote no ttº. de Felgueiras § 23 N 4 5 D. Isabel Pinheiro de Mariz m.er de Álvaro Pinto Freire Sr. da Honra de Paramos c.g. no ttº. de Pinheiros § 78 N 28 N 5 JOÃO RODRIGUES LOBO DE MARIZ fº. de Pedro Afonso Ribeiro N 4 foi Sr. da Casa de seu pai e quinta de Mozes. Casou com D. Catarina Pereira de Tavora filha de Miguel Leite Ferreira Fidalgo da Casa Real Sr. da quinta da Cainhos na freguesia de S. Senhorinha e sua m.er Leonor de Tavora no ttº. de Ferreiras § 28 N 3 e 3 N 4 6 Pedro Varela de Mariz Sr. da quinta de Vila Lobos onde foi morador mas achamos uma notícia que diz não foi Sr. desta quinta posto que nela foi morador 6 João Leite de Tavora 6 Fr. Alexandre frade Jerónimo e Prior da Costa 6 D. Maria dos Anjos freira no Salvador em Braga 6 D. Isabel Rodrigues Pereira de Tavora § 35 N 6 JOÃO LEITE PEREIRA DE TAVORA fº. de João Rodrigues Lobo N 5 foi Sr. da Casa de seu pai e viveu na de Mozes e por esta razão parece seria o 1º; casou com .................................. s.g. mas B. em Domingas Pereira 7 B. D. Josefa Leite de Tavora N 7 D. JOSEFA LEITE DE TAVORA filha H. de João Leite Pereira de Tavora N 6 B. foi Srª. da Casa de Mozes. Casou com Rosendo de Abreu Leite Pereira, seu primo, Cap.am de Infantaria nas guerras contra

Castela e depois Sargento Mor da Comarca de Guimarães, Cavº. da Ordem de Cristo fº. de D. Leonor de Abreu Bacelar e seu marido Bento Ferreira de Morais neste ttº. § 29 N 5 c.g. § 35 N 6 D. ISABEL RODRIGUES PEREIRA DE TAVORA filha de João Rodrigues Lobo de Mariz N 5 do § 34 casou com José Álvares Pereira do lugar de Chacim freguesia de Refoios de Basto, com a qual casou estando prenhe ou tendo já o filho abaixo, e depois o mataram seus cunhados Pedro Varela e José Leite dizendo que com o casamento satisfizera a sua irmã e com a morte a eles; consta da justificação que fez Pedro Varela ser legítima a dita D. Isabel porém os actuais Sr.es da quinta de Mozes dizem que era B. 7 Domingos Rodrigues de Tavora N 7 DOMINGOS RODRIGUES DE TAVORA fº. de Isabel Rodrigues Pereira N 6 foi Tenente Coronel no Rio de Janeiro, casou com D. Francisca Maurícia de Valasco filha H. de José Pinto da Fonseca e Sousa Sargento Mor de Infantaria na Corte e sua m.er D. Catarina Valasco filha de D. Fernando de Molina Valasco 8 António Valasco de Tavora que casou com ................................. e teve 9 Salvador António de Valasco Leite Pereira 9 Estevão Maurício Valasco de Molina 8 Francisco Xavier Leite de Tavora viveu na América 8 Fr. José Peregrino Religioso do Carmo 8 João Pinto de Tavora ajudante de Infantaria na cidade do Rio de Janeiro 8 .................................................. N 8 .......................................... filha de Domingos de Tavora N 7 casou com o Coronel ................. Araújo Lanhoso 9 António Joaquim .................... Cap.am de Cavalos de Dragões do Regimento do Príncipe Mecklemburgo 9 ................................ 9 ................................ Casou 2ª vez a dita filha de Domingos Rodrigues com Francisco António Berco da Silveira Dezembargador da R.am do Porto, no ano de 1768. § 36 N 1 QNTÓNIO DIAS RIBEIRO parece ser destes Ribeiros de Basto casou com Helena de Freitas 2 O L.do Gonçalo Ribeiro N 2 O L.DO GONÇALO RIBEIRO fº. de António Dias Ribeiro N 1 foi Juíz dos Órfãos de Basto, casou com Camila de Macedo filha de António de Macedo e sua m.er Helena Esteves Rebelo ttº. de Esteves de Figueiredo § 1 N 5 de Macedos § 40 N 13 3 Simão de Macedo 3 Lourenço de Macedo, Clérigo 3 Eugénia de Macedo 3 Angela dos Serafins, freira em Amarante N 3 SIMÃO DE MACEDO fº. do L.do Gonçalo Ribeiro N 2 casou em Amarante com D. Maria de Queirós Veloso filha de Sebastião Navarro e sua m.er D. Maria de Queirós Veloso no ttº. de Queirozes § 2 N 19 4 Gonçalo Veloso esteve casado com D. Maria de Queirós filha de Manuel de Queirós e desfazendo-se o casamento o matou seu cunhado que havia de ser António de Queirós 4 D. Sebastiana 4 D. Maria 4 B. Maria a Fareluda havida em Francisca Pereira da Ordem 4 B. Felícita havida em ............................... m.er de Manuel Marinho da Ordem

§ 37
N 1 JORGE DIAS RIBEIRO ignoramos a sua filiação mas é certo ser dos mesmos Ribeiros de Gaspar Ribeiro da Silva § 7 N 2; foi morador na quinta da Ribeira na freguesia de S. Tiago de Faia em

Cabeceiras de Basto; casou com Maria do Rego filha de Gonçalo do Rego Cap.am de uma nau da Índia, Fidalgo da Casa Real, e sua m.er Antónia de Carvalho da Cunha filha de Fernando de Carvalho da Cunha, Fidalgo da Casa Real Cap.am Mor das naus da Índia 2 João da Cunha 2 Gaspar da Cunha Vigário de S. Martinho do Arco de Baulhe 2 Fr. Bento dos Reis, frade Bento 2 Ana da Conceição freira na Conceição em Braga 2 Catarina dos Serafins, freira no mesmo 2 Maria do Rego N 2 MARIA DO REGO filha de Jorge Dias N 1 foi Srª. da Casa de seu pai, casou com Cristóvão de Moura do concelho de Atei 3 Luísa de S. Bento freira na Conceição em Braga 3 Catarina do Rego s. estado 3 Senhorinha do Rego Srª. da Casa, m.er de Bento Leite Pereira s.g. e a quinta da Ribeira passou a quinta dos Chaons donde era o dito Bento Leite.

§ 38
SR.ES DA QUINTA DA RIBEIRA

(Ver § 7) N 1 DIOGO ANNES RIBEIRO cuja filiação se ignora mas supomos ser destes mesmos Ribeiros, e parente chegado de Jorge Dias Ribeiro § 37 N 1, foi Sr. da quinta da Ribeira próxima a outra do mesmo nome, e talvez seriam partilhas; casou com .................................................... 2 Sebastião Ribeiro de Andrade 2 ............................................. educanda em Vairão que casou com ...................... teve 3 Joana Ribeiro m.er de João de Magalhães Sr. da quinta das Tersas, teve 4 José de Magalhães casado com sua prima Maria de Magalhães filha H. de António Ribeiro e de Maria de Magalhães e teve 5 José de Magalhães Cavaleiro da Ordem de Cristo N 2 SEBASTIÃO RIBEIRO DE ANDRADE fº. de Diogo Annes Ribeiro N 1 foi formado na Universidade de Coimbra, sucedeu na Casa de seu pai, e viveu na quinta da Ribeira; foi Ouvidor dos quatro concelhos de Mondim, Atei, Serva e Ermelo; casou com Maria de Oliveira Srª. da quinta das Prezas filha H. 3 Francisco Ribeiro de Andrade 3 Fr. António Carmelita calçado no Brasil 3 Fr. Leonardo o mesmo 3 Margarida Ribeiro m.er de seu primo Pedro do Souto Terrível Sr. da quinta do Souto s.g. o qual era irmão de António Gonçalves, pai de Luís Afonso Terrível casado com D. Maria filha B. de Domingos de Araújo Barroso, Cap.am de Cabeceiras de Basto de que vêm os filhos de Barnabé Veloso Fidalgo da Casa Real 3 Maria Ribeiro casada na freguesia de Revelhe concelho de Monte Longo com Pedro Mendes de quem não há descendentes. N 3 FRANCISCO RIBEIRO DE ANDRADE fº. de Sebastião Ribeiro N 2 foi Sr. da Casa de seu pai viveu na quinta da Ribeira; casou com D. Teodósia de Andrade de Macedo filha de Teodósio Machado de Macedo Sr. das quintas de Abadia, e Passo na freguesia de Salvador de Ribas em Celorico de Basto, e sua m.er Senhorinha Gomes da Silva de Gouveia 4 Constantino Machado de Tavora casado no Rio de Janeiro com Clara Correia da Silva filha de um Sr. de Engenho; lá morreu com duas filhas 4 António de Macedo Machado 4 Leonardo Machado de Macedo, Clérigo 4 duas filhas N 4 LEONARDO MACHADO DE MACEDO fº. de Francisco Ribeiro de Andrade N 3. Foi Sr. da Casa de seu pai, vivia na sua quinta da Ribeira, e comprou outra, foi Familiar do Santo Ofício, Cavº. da Ordem de Cristo ou S. Tiago serviu nas guerras de Carlos 3 em que foi Alferes de Infantaria, foi prisioneiro na de Almança; casou com .................................. filha de João Carneiro da Silva c.g.

5 Leonardo Machado 5 O Padre Baltazar Machado 5 D. .......................................... casada em Cerva c.g.

§ 39
RIBEIROS DA CASA DE S. EULÁLIA

N 1 FERNÃO ANNES natural de Fornos de Algodres e Cap.am Mor da dita vila em cuja Igreja está sepultado, foi filho do Alcaide Mor da Vila de Balhelhas; casou com Eufémia Ribeiro filha de Pedro Ribeiro, e sua m.er Joana Fernandes 2 Belchior Ribeiro Furtado N 2 BELCHIOR RIBEIRO FURTADO fº. de Fernão Annes N 1 veio viver a Navainhos onde casou com Maria Fernandes a que chamavam a Morgada por ser Srª. de um vínculo 3 Miguel Ribeiro Furtado N 3 MIGUEL RIBEIRO FURTADO fº. de Belchior Ribeiro Furtado N 2 casou em Celorico da Beira com D. Leonor da Fonseca do Amaral filha de Francisco Fernandes Vaz, e sua m.er D. Maria do Amaral da Fonseca no ttº. de Coutinhos § 46 N 9 4 Brás Ribeiro da Fonseca N 4 BRÁS RIBEIRO DA FONSECA fº. de Miguel Ribeiro Furtado N 3. Foi Lente de Prima de Leis na Universidade de Coimbra, Dezembargador do Paço Moço Fidalgo da Casa Real. Casou com sua prima D. Serafina Antónia Artiga Sotomayor filha de Manuel Pinheiro Furtado Cavº. da Ordem de Cristo, Sr. da Casa do Outeiro na vila de Gouveia e sua m.er D. Antónia Artiga de Sotomayor natural de Viseu no ttº. de Costas § 70 N 5 5 Luís Ribeiro de Sotomayor da Fonseca N 5 LUÍS RIBEIRO SOTOMAYOR DA FONSECA fº. de Brás Ribeiro N 4. Foi Sr. da Casa de seu pai, Moço Fidalgo da Casa Real Cavº. da Ordem de Cristo, Cap.am Mor das vilas de Ceia e Casal, e Sr. do Morgado de S. Eulália por sua m.er D. Helena Maria de Vasconcelos e Almeida filha H. de Matias de Andrade, o Crivelo, Familiar do Santo Ofício, Sr. do Morgado de S. Eulália, Fidalgo muito honrado das Ilhas, e sua 4ª m.er D. Margarida de Almeida e Vasconcelos filha de Manuel Pereira de Vasconcelos 7º Sr. de Moçamedes, e Honra de Lamaçais no ttº. de Almeidas § 20 N ... 6 Manuel Pinheiro Sotomayor e Vasconcelos 6 D. Margarida Fonseca de Vasconcelos § 40 N 6 MANUEL PINHEIRO DE SOTOMAYOR E VASCONCELOS fº. de Luís Ribeiro N 5. Foi Sr. da Casa de seu pai, e do Morgado de S. Eulália, Cavº. da Ordem de Cristo Moço Fidalgo da Casa Real, Cap.am Mor da vila de Ceia. Casou em Vila Real com D. Teresa Bernarda de Queirós Pimentel filha de Manuel Pinto de Carvalho Cavaleiro da Ordem de Cristo e sua m.er D. Leonor Pimentel de Queirós neta paterna de Bartolomeu Pinto Gramacho e sua m.er D. Francisca de Almeida Coutinho filha esta de António Rodrigues de Carvalho e D. Leonor Pimentel filha de Manuel de Queirós Mesquita Padroeiro de S. João da Pesqueira e D. Paula Pimentel fº. de Diogo Botelho Pimentel ttº. de Queirozes § 37 N 18 7 Luís Ribeiro de Sotomayor e Vasconcelos 7 D. Leonor Angélica de Artiga Sotomayor m.er de João Inácio Teixeira de Vasconcelos Queirós Magalhães, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa de Pascoais que recebeu em 10 de Novembro de 1728 7 Manuel Pinheiro Sotomayor formado Cónego na Basílica de S. Maria Maior de Lisboa 7 Tomás José de Vasconcelos formado, morreu solteiro 7 José Caetano morreu estando aceite para Maltez 7 Brás Ribeiro frade de S. João de Deus 7 Francisco Pinheiro frade da ordem de Cristo 7 António de Vasconcelos Estribeiro de S.A. o Sr. D. Gaspar, Cavº. da Ordem de Cristo, Tesoureiro Mor da Colegiada de Valença que lhe deu Sua A. 7 Jacinto faleceu s.g. 7 Luísa, o mesmo 7 Ana Maurícia 7 D. Margarida freira no Convento do Couto 7 D. Teresa morreu s.g.

7 D. Joana Inácia de Vasconcelos e Almeida m.er de José de Sousa e Vasconcelos e Almeida seu primo § 67 N 18 (Costado fls. 131 vº. do Tomo 4) e teve 8 Jacinto 8 João 8 Josefa, todos morreram N 7 LUÍS RIBEIRO SOTOMAYOR E VASCONCELOS fº. de Manuel Pinheiro Sotomayor N 6 deste § 39 foi Sr. da Casa de seu pai, Cavº. da Ordem de Cristo, Fidalgo da Casa Real. Casou na Sertã com D. Ana Joaquina de Brito Caldeira filha de Gonçalo Rodrigues Caldeira Leitão de Brito Manso e sua m.er D. Crisóstoma Clara Maria Manso no ttº. de Leitões N 13 § 41 8 Gaspar Ribeiro de Vasconcelos Sotomayor, Fidalgo da C. 8 ................................................. 8 D. Teresa Leonor de Vasconcelos § 64 N 8 GASPAR RIBEIRO DE VASCONCELOS SOTOMAYOR fº. de Luís Ribeiro N 7 é Fidalgo da Casa Real. Casou em Vila Real com D. Mariana Claúdia do Loreto Guedes filha de Miguel António de Vaz Guedes Sr. do Morgado do Arco em Vila Real Fidalgo da Casa Real; e sua m.er e prima D. Francisca Margarida Leucádia Pereira Pinto no ttº. de Pintos § 9 N 17.

§ 40
CASAS DE INSUA E HORTA

N 6 D. MARGARIDA FRANCISCA DE VASCONCELOS filha de Luís Ribeiro Sotomayor e Almeida N 5 do § 39 casou com João Rodrigo Pereira de Albuquerque e Castro Comendador da Ordem de Cristo, Fidalgo da Casa Real Cap.am Mor do concelho de Penalva, fº. de Francisco de Albuquerque e Castro, Fidalgo da Casa Real Comendador da Ordem de Cristo Moço de Guarda Roupa do Rei D. Pedro II que serviu nas guerras da Aclamação com especialíssimas atenções derramando muitas vezes sangue, ocupando os postos de Cap.am de Cavalos, Comissário Geral da Cavalaria e Sr. da Casa de Horta nas vizinhanças de Coimbra, casado com D. Luísa Pereira Srª. H. da Casa da Insua 7 Francisco de Albuquerque e Castro, segue 7 D. Eufémia Francisca de Albuquerque casada na Casa de S. Eulália com José de Melo de Abreu, Fidalgo da Casa Real 7 D. Luísa, freira em S. Clara de Coimbra 7 D. Jacinta, freira no Convento 7 D. Helena 7 Manuel Pinheiro.

§ 41
MORGADO DA TORRE

N 1 TRISTÃO RIBEIRO não se sabe de certo a sua filiação, uns o quiseram fazer descendente de D. Maria Pais Ribeiro a quem o Rei D. Sancho I fez mercê de Vila do Conde, outros que era fº. de José Sampaio Ribeiro Cavº. nomeado de Murça; outros que era fº. 2º do Sr. de Murça, e de sua prima filha do Conde de La Ribeira em Galiza o que mostram por instrumentos; outros, enfim, dizem ser fº. de Álvaro Guedes Sr. de Murça e outros que era filho de Afonso de Abreu Fidalgo Ilustre de Murça, Contador, e Provedor dos Rezidos de Trás-os-Montes, e sua m.er Maria Afonso Ribeiro natural da vila de Guimarães o que sobretudo parece o mais certo. Foi Tristão Ribeiro Cavº. Fidalgo e viveu na quinta do Castanheiro de Idains. Casou com Branca Álvares filha de João Formoso Sargento Mor de Felgueiras e sua m.er Madalena Álvares da quinta do Castanheiro Grande na freguesia de Idaens, concelho de Felgueiras 2 Marcos Ribeiro 2 Catarina Ribeiro § 46 2 Branca Gil Ribeiro m.er de João de Freitas Peixoto c.g. 2 Maria Ribeiro § 49 2 Branca Ribeiro m.er de Duarte Álvares de Sampaio c.g. no § 58 N 2 MARCOS RIBEIRO fº. de Tristão Ribeiro N 1 casou em Guimarães com Inês dos Guimarães filha de Lourenço dos Guimarães Comendador de Garfe, e sua m.er Catarina Annes no ttº. de Guimarães § 1 N 2 3 Tristão Ribeiro c.c. Isabel Gomes s.g. 3 Lourenço Ribeiro c.c. Leonor Correia em Amarante, s.g. 3 Francisco Ribeiro dos Guimarães 3 Inês dos Guimarães § 43

3 Margarida Ribeiro § 50 N 3 FRANCISCO RIBEIRO DOS GUIMARÃES fº. de Marcos Ribeiro N 2 (Fidalgo da Casa Real diz um Costado de Guimarães) foi o 1º Administrador do Morgado da Torre e Cap.am do Castelo de S. João da Foz, Cavº. da Ordem de Cristo que lhe deu Felipe 1º pela Capitania que lhe tirou. Casou com Joana Varela de Saldanha filha de Estevão Camelo, Morgado de Vilar do Paraíso, no Porto 4 Marcos Ribeiro de Saldanha 4 Gonçalo Tristão Ribeiro § 42 4 Mariana Ribeiro c.c. António Vieira Osório da cidade do Porto 5 N. ........................................., m.er de António Osório seu primo em Cima do Douro 5 .............................................., freiras em Guimarães 4 António Ribeiro dos Guimarães B. casado em Lisboa com Margarida de Barros c.g. 4 Francisca Ribeiro dos Guimarães B. m.er de António Martins c.g. N 4 MARCOS RIBEIRO DE SALDANHA fº. de Francisco Ribeiro dos Guimarães N 3 casou com Ana Barbosa filha de Inácio Machado e sua m.er Maria Barbosa no ttº. de Machados § 7 N 22 onde corre.

§ 42
N 4 GONÇALO TRISTÃO RIBEIRO fº. de Francisco Ribeiro N 2 do § 41 casou no Porto em troco com Mariana Ribeiro digo com Helena Osório Pereira 5 Francisco Ribeiro Osório, Vigário de Sande 5 Lourenço Ribeiro Osório 5 Catarina Ribeiro Osório N 5 LOURENÇO RIBEIRO OSÓRIO fº. de Gonçalo Tristão Ribeiro N 4. Casou com Maria de Seixas filha de Paulo da Cunha Osório, e sua m.er Antónia Pinto da Fonseca, de Unhão 6 Francisco Ribeiro Osório 6 Inês Osório 6 Mariana 6 Manuel Pereira Osório.

§ 43
N 3 INÊS DOS GUIMARÃES filha de Marcos Ribeiro N 2 do § 42. Casou em S. Romão de Arõens com Gaspar de Freitas Peixoto fº. de Isabel de Freitas Peixoto e seu marido Pedro Gonçalves de Basto no ttº. de Freitas § 8 N 7 4 Miguel de Freitas casado com Jerónima de Miranda filha de Pedro de Freitas Peixoto, teve filhos s.g. 4 Marcos de Freitas § 53 4 Inês dos Guimarães 4 Marta dos Guimarães § 54 N 4 INÊS DOS GUIMARÃES filha de Inês dos Guimarães N 3 casou em Pedroso, concelho de Felgueiras, com Bento ou Baltazar de Freitas Sampaio fº. de Gonçalo de Freitas de Lisboa, e sua m.er Leonor de Sampaio Coelho no ttº. de Freitas § 9 N 10 5 António dos Guimarães de Sampaio 5 Marta dos Guimarães § 45 e no ttº. de Magalhães § 84 5 Isabel dos Guimarães m.er de Amaro Martins de Azevedo § 56, teve 6 D. Maria dos Guimarães que casou à sua vontade 5 Inês dos Guimarães § 57 N 5 ANTÓNIO DOS GUIMARÃES SAMPAIO fº. de Inês dos Guimarães N 4 casou com Maria Ribeiro filha de Jorge Ribeiro Miranda 6 Fr. Luís Peixoto Monge de S. Bernardo 6 António de Guimarães, Clérigo 6 Lourenço Ribeiro dos Guimarães 6 Martinho dos Guimarães § 14 6 Ana dos Guimarães m.er de João Freitas Sampaio § 55 6 Mariana Peixoto

6 Leonor Peixoto 6 B. António dos Guimarães serviu com crédito na Aclamação e foi Tenente de Cavalos e Governador da Praça de .......................... N 6 LOURENÇO RIBEIRO DOS GUIMARÃES fº. de António dos Guimarães N 5 casou com D. Luísa Coelho filha de Belchior Coelho da Silva no ttº. de Coelhos 7 Belchior Coelho da Silva, ou Baltazar 7 D. Leonor 7 D. Maria 7 D. Ana.

§ 44
CASA DAS BOCAS, EM MARGARIDE

N 6 MARTINHO DOS GUIMARÃES fº. de António dos Guimarães N 5 do § 43 casou com Maria Teixeira, filha de António Teixeira de Freitas e sua m.er Luísa da Silva 7 Baltazar da Silva Peixoto Sr. da quinta de Bocas junto de Margaride casado em Braga 7 Fr. António Peixoto, frade Bento 7 D. Aires Cónego de S. Agostinho 7 D. Maria 7 D. Leonor 7 D. Gertrudes N 7 BALTAZAR DA SILVA PEIXOTO fº. de Martinho dos Guimarães N 6 foi Sr. da Casa das Bocas junto de Margaride que por dívidas vendeu a Jacinto Teixeira do pé do Monte. Casou em Braga com .................................., filha de ............................ chamado o manga que morava em S. Cruz, e dizem fazia vestimentas 8 António dos Guimarães Peixoto que também casou em Braga e presume-se o faria como seu pai.

§ 45
N 5 MARTA DOS GUIMARÃES filha de Inês dos Guimarães N 4 do § 43 casou com António de Azevedo Magalhães fº. de Gregório de Magalhães e sua m.er Ana Coelho c.g. no ttº. de Magalhães § 84 N 14 6 António de Azevedo dos Guimarães no ttº. de Magalhães § 84 6 Baltazar de Freitas c.g. no ttº. de Magalhães § 112 6 outros s.g. no ttº. de Magalhães N 6 ANTÓNIO DE AZEVEDO DOS GUIMARÃES fº. de Marta dos Guimarães N 5 casou com D. Isabel de Macedo 7 Manuel de Azevedo dos Guimarães e outros.

§ 46
SR. DA QUINTA ALEMTIM

N 2 CATARINA RIBEIRO filha de Tristão Ribeiro N 1 do § 41 casou com João de Freitas Vieira, Sr. da quinta de Alemtim fº. de Gonçalo Teixeira, e sua m.er Brites Vieira de Seixas ttº. de Teixeiras § 6 N 13 3 D. Juliana 3 D. Maria Vieira m.er de Belchior Pinto da Fonseca Sr. da Casa de Vila Gracia c.g. N 3 D. JULIANA TEIXEIRA filha de Catarina Ribeiro N 2 casou com Gonçalo Pinto da Fonseca irmão de seu cunhado fº. de Pedro de Seixas e sua m.er Joana Pinto da Fonseca Senhores da Casa de Vila Gracia ttº. de Seixas § 1 N 2 4 Manuel Pinto da Fonseca s.m.n. 4 Joana Teixeira s.m.n. 4 João da Fonseca Ribeiro 4 Catarina Pinto Teixeira § 60 4 Inês de Seixas § 47 4 Maria da Fonseca m.er de Manuel da Silva Teles fº. B. do Conde de Unhão e teve 5 Manuel da Silva Teles casado com D. Bernarda Salgado filha de Diogo Bravo, e sua m.er Brites Salgado no ttº. de Pinheiros § 32 N 12 4 Antónia Pinto da Fonseca § 48

4 Inês de Seixas m.er de Gregório de Magalhães o novo c.g. N 4 JOÃO DA FONSECA fº. de D. Juliana Teixeira N 3 casou com Jerónima de Miranda filha de Giraldo Machado no ttº. de Machados § 12 N 22 onde vai.

§ 47
N 4 INÊS DE SEIXAS filha de D. Juliana Teixeira N 3 do § 46 casou com Gregório de Magalhães de S. Fins do Forno 5 João Pinto de Magalhães N 5 JOÃO PINTO DE MAGALHÃES fº. de Inês de Seixas N 4 casou com Luísa, ou Brites de Miranda 6 D. Jerónima casada com João de Magalhães de Canavezes 6 D. Luísa de Miranda m.er de Diogo Álvares Botelho.

§ 48
(Ver § 60 que é o que seguimos) N 4 ANTÓNIA PINTO DA FONSECA filha de D. Juliana Teixeira N 3 do § 46 casou com Gonçalo Borges 5 Antónia Pinto 5 Maria de Seixas m.er de Lourenço Ribeiro Osório da Silva c.g. N 5 ANTÓNIA PINTO filha de Antónia Pinto N 4 casou com Paulo da Cunha Osório 6 Paulo da Cunha casado com Ana Teixeira de Vila Verde c.g.

§ 49
SR. DA QUINTA DE OLEIROS

N 2 MARIA RIBEIRO filha de Tristão Ribeiro N 1 do § 41. Casou na quinta de Oleiros com Pedro Vaz 3 Francisco Vaz Ribeiro 3 Luís Ribeiro 3 Brites Bruchado m.er de seu primo António Bruchado Soares c.g. N 3 FRANCISCO VAZ RIBEIRO fº. de Maria Ribeiro N 2 casou com Margarida Bruchado filha de ......................... 4 Francisco Vaz Ribeiro 4 Brites Bruchado m.er de seu primo António Bruchado Soares que parece mais certo.

§ 50
N 3 MARGARIDA RIBEIRO filha de Marcos Ribeiro N 2 do § 41. Casou na Casa de Portas na Ribeira de Vizela com Diogo Vaz fº. de Pedro Vaz Sr. da Casa das Portas chamado a Grande, e do dito Diogo Vaz Sr. da quinta de Oleiros 4 Francisca Ribeiro m.er de Pedro de Lemos Ferreira ou de Andrade fº. de Jorge de Lemos de Andrade e sua m.er Helena Ferreira c.g. no ttº. de Lemos § 19 N 2 4 ............................................, casada com Henrique de Lemos fº. de Jorge de Lemos acima no ttº. de Lemos § 24 N 2.

§ 51
QUINTA DO CRASTO

N 5 D. MARGARIDA MACHADO filha de António Machado Coelho N 4 do § 7 casou na quinta de Crasto com João Teixeira Coelho fº. B. de Martim Teixeira Coelho Sr. da Casa de Sergude e sua manceba Francisca da Rocha ttº. de Teixeiras § 1 N 18, era Francisca da Rocha Carneiro de Vila do Conde que tirou de um Convento a ttº. de casamento que se não efectuou (de Vila do Conde diz uma memória que me veio à mão e lhe dá o apelido de Carneiro) 6 António Teixeira Coelho Vigário de Vale de Bouro 6 Luís Teixeira Coelho, Reitor de Vieira

6 Francisco José Teixeira Coelho 6 D. Rosa, solteira 6 D. Luísa, solteira N 6 FRANCISCO JOSÉ TEIXEIRA COELHO fº. de D. Margarida Machado N 5 foi Fidalgo da Casa Real como seu pai, que por sua habilidade tirou o foro como se fora legítimo. Casou em Vila Real com D. Josefa de ................................. a quem Bernardo José dotou 800 medidas de foros sabidos 7 José Bernardo Teixeira Coelho casado com D. Ana da Silveira filha B. de Bernardo José Teixeira Coelho Sr. de Sergude s.g. ele esteve preso com seu primo Gonçalo Cristóvão pelo mesmo delito 7 António Teixeira Coelho que foi degredado por não casar com ......................... foi para Mato Grosso donde a mandou receber, e depois tornou para o Reino s.g.

§ 52
N 4 SENHORINHA MACHADO filha de Dâmaso Ribeiro de Andrade N 3 do § 7 casou com António Ribeiro do Canto da vila de Guimarães 5 Maria Machado N 5 MARIA MACHADO filha de Senhorinha Machado N 4. Casou na quinta da Rola com Bento de Azevedo 6 Constantino Teles de Azevedo 6 Francisco de Azevedo Teles.

§ 53
N 4 MARCOS DE FREITAS fº. de Inês dos Guimarães N 3 do § 43. Casou com Helena de Arrochela filha de Heitor de Arrochela e sua 2ª m.er Marta da Silva 5 Gaspar de Freitas Abade de Rebelhe 5 Catarina de Freitas 5 Angela da Silva de Freitas 5 Angélica dos Guimarães, todas sem estado.

§ 54
N 4 MARTA DOS GUIMARÃES filha de Inês dos Guimarães N 3 do § 43. Casou no concelho de Felgueiras na quinta da Nogueira com Martim .................. Ferreira de Torrados 5 Martim Ferreira dos Guimarães 5 Antónia dos Guimarães N 5 ANTÓNIA DOS GUIMARÃES filha de Marta dos Guimarães N 4 casou na Casa de Oleiros com Francisco Vaz Ribeiro fº. de Gaspar de Freitas de Sampaio, e sua m.er Margarida Bruchado s.g. no ttº. de Freitas § 16 N 11 o qual Francisco Vaz Ribeiro deixou a quinta de Oleiros a sua m.er Antónia dos Guimarães, a qual sua m.er deixou a Mariana Coelho m.er de Francisco de Lemos Ribeiro.

§ 55
RIBEIROS – CASA DE GOZENDE

N 6 ANA DOS GUIMARÃES filha de António dos Guimarães Sampaio N 5 do § 43 casou com seu primo João de Freitas Sampaio da Casa de Gozende na freguesia de S. Veríssimo concelho de Felgueiras, e Sr. da quinta de Barzelinha, fº. de Leonor de Freitas Sampaio e seu marido Belchior Pereira no ttº. de Freitas § 9 N 12 7 João Peixoto de Sampaio casado com sua prima D. Catarina Teresa Soares filha de D. Clara Coelho de Barros, e seu 2º marido Francisco de Sampaio Ribeiro c.g. no ttº. de Barros § 68 N 12 7 António dos Guimarães Peixoto Vigário de S. Miguel de Barziela 7 Luís Peixoto de Sampaio 7 Marta 7 Leonor, ambas sem estado.

§ 56

N 5 ISABEL DOS GUIMARÃES filha de Inês dos Guimarães N 4 do § 43. Casou com Amaro Martins de Azevedo 6 D. Anados Guimarães Peixoto casada com Inácio da Fonseca Cap.am de Cavalos morreu logo 6 Doroteia dos Guimarães N 6 DOROTEIA DOS GUIMARÃES filha de Isabel dos Guimarães N 5. Casou com Francisco Ferreira Leite 7 Bento Leite dos Guimarães 7 Baltazar Peixoto dos Guimarães que foi para a Índia 7 João Leite dos Guimarães 7 Sebastião dos Guimarães Peixoto 7 Isabel dos Guimarães N 7 BENTO LEITE DOS GUIMARÃES fº. de Doroteia dos Guimarães N 6. Casou com Madalena Ferreira de Azevedo 8 Manuel Leite dos Guimarães 8 Fr. Bento frade de S. Francisco 8 Maria Caetana dos Guimarães casada com Miguel de Mesquita Rabelo s.g. 8 Mariana dos Guimarães casada com António Ribeiro, Brasileiro, s.g. 8 Caetana de Freitas Peixoto.

§ 57
N 5 INÊS DOS GUIMARÃES filha de Inês dos Guimarães N 4 do § 43. Casou com Francisco da Cunha filho de Gaspar da Cunha, e Maria Teixeira no ttº. de Vasconcelos § 107 N 20 6 Maria dos Guimarães Peixoto N 6 MARIA DOS GUIMARÃES PEIXOTO filha de Inês dos Guimarães N 5. Casou com Jacinto da Cunha fº. natural de Diogo de Moura Coutinho de Borba, e de uma m.er nobre de Amarante 7 Angela da Cunha 7 Inês dos Guimarães Peixoto casada com Pedro de Magalhães Vilela Sr. da quinta do Reguengo que depois seus filhos venderam a Rodrigo Guedes fº. de José de Magalhães, e sua m.er Helena de Sequeira c.g. no ttº. de Magalhães § 45 N 12.

§ 58
N 2 BRANCA RIBEIRO filha de Tristão Ribeiro de Sousa N 1 do § 41. Casou com Duarte Álvares de Sampaio fº. de Pedro Álvares, e sua m.er Francisca de Sampaio Coelho que viveram na quinta de Fijo, neto de Duarte de Sampaio Coelho 2º neto de Pedro Vaz Pinto de Vasconcelos e sua m.er Leonor de Sampaio Coelho irmã de Martim Coelho Sr. de Sergude ttº. de Coelhos § 65 N 20 3 António de Sampaio Ribeiro N 3 ANTÓNIO DE SAMPAIO RIBEIRO fº. de Branca Ribeiro N 2. Casou na quinta de Sucarreira na freguesia de Idains com António Sudre do Rego fº. de João Afonso do Rego e sua m.er Domingas Sudre 4 Pedro Sudre de Sampaio 4 António Sudre de Sampaio 4 Domingas Sudre de Sampaio 4 Marta Sudre de Sampaio N 4 DOMINGAS SUDRE DE SAMPAIO filha de António de Sampaio Ribeiro N 4 casou na quinta da Nogueira freguesia de Sarnande com Baltazar Gonçalves da dita quinta da Nogueira 5 Maria Sudre de Sampaio s.g. 5 Domingas Sudre de Sampaio N 5 DOMINGAS SUDRE DE SAMPAIO filha de Domingas Sudre de Sampaio N 4 casou na quinta das Quintains freguesia de Braziela com Manuel Dias Malheiro fº. de Francisco Dias Malheiro e sua m.er Cecília Dias 6 Francisco Dias Sudre 6 Domingos Gonçalves Sudre

6 Maria Sudre de Sampaio 6 Manuel

6 Marcos, frades de S. Francisco

N 6 FRANCISCO DIAS SUDRE fº. de Domingos Sudre de Sampaio N 5. Casou com Maria Pinto Cardoso que veio de Fornos de Paiva da quinta de Sub Igreja, filha de João Francisco Cardoso, e sua m.er Catarina Dias de Azevedo, e ficou sucedendo na quinta da Nogueira e na das Quintaens o dito Francisco Dias Sudre 7 Francisco Pinto Cardoso 7 O Padre André Pereira Cardoso Sacerdote 7 Manuel Pinto Cardoso Malheiro 7 Maria Pinto N 7 MANUEL PINTO CARDOSO MALHEIRO fº. de Francisco Dias Sudre N 6 sucedeu na Casa de seu pai. Casou com Benta Camelo de Brito filha de Manuel Soares Coutinho Sr. da quinta do Ribeiro em Pombeiro, e sua m.er Isabel Camelo de Brito filha de João Ribeiro de Faria que era fº. de Matias Francisco, e sua m.er Felipa Gil de Faria filha de Estácio de Faria que parece no ttº. de Farias § 163 N 8 e sua 2ª m.er; Manuel Soares era fº. de Jerónimo Soares, e sua m.er Angela Francisca e neto de Manuel Soares de Barros Cap.am Mor de Monte Longo no ttº. .............................. 8 Felix José, morreu novo 8 Bento Pinto Camelo Soares que sucedeu na Casa de seu pai, casado com Antónia Quitéria Carneiro de Moura sua prima filha de Cosme Camelo de Moura, e sua m.er D. Bernarda Carneiro de Figueiredo com geração no ttº. de Cerqueiras § 49 N 10; era Bento Pinto Sr. da quinta de Nogueirinha na freguesia de Sarnande concelho de Felgueiras.

§ 59
N 19 AFONSO PIRES RIBEIRO fº. de Pedro Afonso Ribeiro N 18 do § 1. Casou duas vezes, a 1ª com D. Maria Pires filha de Domingos Martins, cidadão do Algarve 20 D. Alda Afonso m.er de Gonçalo Esteves Tavares s.g. Casou 2ª vez com D. Clara, ou Urraca Annes filha de João Soares de Paiva no Conde D. Pedro fls. 243 N 106 e no ttº. de ........................... 20 Pedro Afonso Ribeiro 20 Afonso Pires Ribeiro casado com .................................. filha de Martim Velho, e sua m.er Guiomar Lourenço Taveira filha de Lourenço Gomes Taveira, este fº. B. de Gomes Lourenço Taveira 20 D. Inês Afonso 20 D. Senhorinha Afonso m.er de Estevão Coelho fº. de Estevão Coelho no ttº. ........................ N 20 PEDRO AFONSO RIBEIRO fº. da 2ª m.er de Afonso Pires N 19 casou com D. Maria Rodrigues ou D. Inês como diz o Conde D. Pedro filha de João Rodrigues da Azambuja, no Conde D. Pedro fls. 374 N 5 21 Gonçalo Ribeiro N 21 GONÇALO RIBEIRO fº. de Pedro Afonso Ribeiro N 20 morou entre Douro e Minho 22 Isabel Ribeiro m.er de Rui de Sousa c.g. 22 Maria Ribeiro m.er de Lopo Dias de Sousa ttº. de Sousas § 1 N 17 22 .................................... Gonçalves, casada com Gil Pires irmão da Comendadeira de Santos mãe do 1º Duque de Bragança no ttº. de Pinheiros § ... N...

§ 60
(Ver § 48) N 4 CATARINA PINTO TEIXEIRA filha de Juliana Teixeira N 3 do § 46. Casou com Heitor Borges Barreto fº. de João Borges Barreto Sr. da quinta de S. João de Macieira 5 Paulo da Fonseca c.g. 5 Gonçalo Borges Barreto s.g. 5 Antónia Pinto da Fonseca

N 5 ANTÓNIA PINTO DA FONSECA filha de Catarina Pinto N 4 casou com Paulo da Cunha Coutinho Osório, fº. de outro Paulo da Cunha Osório (Paulo da Cunha era fº. de Pedro da Cunha Coutinho Fidalgo da Casa Real e sua m.er ......................... da Cunha Coutinho neto paterno de D. Gonçalo Osório Fidalgo Galego) Sr. da quinta de Juste e sua m.er D. Vicência Borges de Sequeira da quinta de Juste em S. Fins de Torno filha H. de Gonçalo Coelho de Sequeira Sr. da quinta de Juste que morreu na de Alcácer 6 Paulo da Cunha Coutinho casado com D. Catarina Teixeira filha de Manuel Teixeira Sampaio c.g. no ttº. de Teixeiras § 3 N 25 digo Coelhos 6 D. Maria de Seixas da Fonseca N 6 D. MARIA DE SEIXAS DA FONSECA filha de Antónia Pinto N 5 casou com Lourenço Ribeiro Osório Sr. da quinta do Castanheiro em Idains 7 Francisco Ribeiro que por não ter geração deixou a quinta a seu parente Bartolomeu de Faria com obrigação de lhe pagar as suas dívidas 7 Fr. André, frade de S. Francisco 7 Fr. Paulo , frade de S. Agostinho 7 Fr. João, frade Bento.

§ 61 60
N 5 ANDRÉ RIBEIRO DE VASCONCELOS fº. de D. Maria Henriques N 4 do § 6 casou com D. Maria da Rocha 6 D. Felipa Maria de Vasconcelos N 6 D. FELIPA MARIA DE VASCONCELOS filha de André Ribeiro de Vasconcelos N 5 casou com António de Mendonça 7 Diogo Remualdo de Vasconcelos N 7 DIOGO REMULADO DE VASCONCELOS fº. de D. Felipa Maria de Vasconcelos N 6 casou com D. Maria Josefa Lobo 8 Duarte Pacheco Pereira N 8 DUARTE PACHECO PEREIRA fº. de Diogo Remualdo N 7 casou com D. Leonor Gomes de Abreu 9 D. Teresa Henriques de Vasconcelos N 9 D. TERESA HENRIQUES DE VASCONCELOS filha de Duarte Pacheco Pereira N 8 casou com Francisco António de Barros 10 António de Barros de Figueiredo Dr. Canonista 10 Manuel de Barros 10 Duarte de Barros 10 D. Leonor 10 D. Teresa 10 D. Luísa 10 D. Ana 10 D. Clara 10 D. Rita.

§ 61 61
(Vai nos Pachecos § 4) N 1 LUÍS RIBEIRO fº. de .................................................. casou com Isabel Pacheco filha do Dr. Diogo Pacheco e sua m.er D. Guiomar Cardoso no ttº. de Pachecos § 4 N 13 2 Bernardim Ribeiro Pacheco 2 Dr. Domingos Pacheco 2 Fr. Diogo, Domenicos N 2 BERNARDIM RIBEIRO PACHECO fº. de Luís Ribeiro N 1 foi Cap.am Mor das Naus da Índia, e foi Herdeiro de seu tio Álvaro Pires Pacheco casou com D. Maria de Vilhena filha de D. Manuel de Meneses de Almada 3 Luís Ribeiro Pacheco
60 61

Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 61. Nota dos Editores – No original há dois §§ com o nº. 61.

3 Álvaro Pires. Jesuíta 3 Manuel Pacheco morreu solteiro em Tânger 3 Fr. Duarte Pacheco, Graciano 3 D. Joana de Vilhena m.er de Luís da Cunha N 3 LUÍS RIBEIRO PACHECO fº. de Bernardim Ribeiro N 2 casou com D. Catarina de Ataíde filha de D. Francisco de Portugal 4 Bernardim Ribeiro Pacheco, morreu novo.

§ 62
N 1 ANDRÉ GONÇALVES RIBEIRO irmão inteiro de Gaspar Gonçalves Ribeiro Alcaide Mor de Sintra. Casou com Ana Ribeiro 2 Jorge Gonçalves Ribeiro, Inquisidor 2 António Gonçalves Ribeiro 2 Ana Ribeiro § 63 2 Felipa Ribeiro que casou com Gaspar de Valadares fº. de Pedro de Valadares, Dezembargador da Raínha D. Leonor m.er do Rei D. Manuel, e sua m.er D. Maria Faleira filha de Pedro Faleiro Dezembargador e Chanceler da Suplicação, fº. de Egas Faleiro Alcaide Mor de Moura, e Monsaraz, teve 3 D. Maria Sotomayor 2ª m.er de Felipe Antunes de Aguiar fº. de António Dias de Aguiar c.g. no ttº. de Aguiares § 5 N 2 2 Brites Ribeiro 1ª m.er do dito Felipe Antunes de Aguiar N 2 ANTÓNIO GONÇALVES RIBEIRO fº. de André Gonçalves N 1 foi Almoxarife dos Paços de Sintra, casou com ................................. 3 Vicente Gonçalves Ribeiro N 3 VICENTE GONÇALVES RIBEIRO fº. de António Gonçalves N 2 casou e teve 4 António Ribeiro Almoxarife dos Paços de Sintra e morreu desterrado em Moçambique, casou e teve o hábito de Cristo.

§ 63
N 2 ANA RIBEIRO filha de André Gonçalves Ribeiro N 1 do § 62. Casou com Lourenço Correia 3 Brites Correia N 3 BRITES CORREIA filha de Ana Ribeiro N 2. Casou com Fernão Neto já viúvo de Isabel de Valadares 4 Inês Correia N 4 INÊS CORREIA filha de Brites Correia N 3 casou com Simão Dias de Brito 5 Ana Ribeiro N 5 ANA RIBEIRO filha de Inês Correia N 4 casou com o L.do Jerónimo Ribeiro 6 Maria Ribeiro N 6 MARIA RIBEIRO filha de Ana Ribeiro N 5 casou com Simão Cabral 7 D. Ana N 7 D. ANA filha de Maria Ribeiro N 6 casou com Sebastião Gonçalves de Alvelos Cavº. do Hábito de Cristo 8 D. Maria Brites de Alvelos m.er de António de Lima Sotomayor.

§ 64
RIBEIROS, ABRANCHES, DE MIDOINS

N 8 D. TERESA LEONOR DE VASCONCELOS SOTOMAYOR filha de Luís Ribeiro de Sotomayor N 7 do § 39. Casou com Luís Ribeiro de Abreu Castelo Branco Fidalgo da Casa Real, Cavº. da Ordem de Cristo, fº. de Roque Ribeiro de Abreu Castelo Branco Fidalgo da Casa Real, Cavº. da Ordem de Cristo Cap.am Mor de Midoens, e sua m.er D. Josefa Luísa Caldeira de Lemos; neto paterno de João de Abreu Castelo Branco, Sr. dos Morgados de Nossa Senhora da Piedade de S. Tomé, e sua m.er D. Brites Monteiro. João de Abreu era fº. de Manuel de Figueiredo Castelo Branco, e sua m.er D. Leonor de Abranches, neto paterno de Manuel Fernandes de Figueiredo, e D. Antónia de Almeida Castelo Branco, e materno de António de Abranches, e Luísa Gomes; e D. Brites Monteiro era filha de Manuel Roque de Abreu, e D. Brites Monteiro, neta paterna de Roque Fernandes de Abreu e Ana Afonso da Costa, e materna de Pedro Ribeiro Furtado, e D. Isabel Godinho, o dito Roque Fernandes de Abreu era fº. de Bartolomeu Dias, e Ana Fernandes de Abreu esta filha de António Fernandes de Abreu ver ttº. de Abreus de Regalados § 78 N 7 (Abreus § 126 Tomo 4 Arvore 88 vº) D. Josefa Luísa Caldeira acima era filha de Domingos Marques Ouvidor de Arganil digo era filha de Manuel Caldeira Cavº. da Ordem de Cristo, e D. Maria da Silva, neta paterna de Domingos Marques Ouvidor de Arganil, e D. Maria Caldeira esta filha de João Agostinho e Maria de Lemos, e Domingos Marques fº. de Domingos Jorge, e Ana Marques, e D. Maria da Silva acima era filha de João Mendes e D. Maria Nunes da Silva filha esta de Francisco Nunes da Silva e Joana Lourença ver Tomo 2 de Costados Arvore N 174 e N 65 vº. e Tomo 3 Arvore N 100 9 Roque Ribeiro de Abranches de Abreu Castelo Branco Fidalgo da Casa Real 9 António de Vasconcelos 9 D. .................................. N 9 ROQUE RIBEIRO DE ABRANCHES DE ABREU CASTELO BRANCO fº. de D. Teresa Leonor de Vasconcelos N 8 é Sr. da Casa de seu pai. Fidalgo da Casa Real. Casou por escritura feita na vila de Barcelos aos 8 de Setembro de 1806, e se recebeu no mesmo dia na mesma vila com D. Rosa Inácia de Azevedo filha de António Pereira Pinto de Azevedo, e sua m.er D. Marquesa de Araújo no ttº. de Costas § 47 N 10 fez a escritura o Tab.am Martins Ribeiro. § 65 N 20 INÊS VASQUES RIBEIRO filha de Leonor Rodrigues Ribeiro e seu marido Vasco Annes de Soalhaens e neta materna de Rodrigo Afonso Ribeiro e sua 2ª m.er D. Maria Pires no § 3 N 18 e N 19. Casou com Álvaro Fernandes fº. de Fernão Esteves Vedor da Fazenda do Rei D. Pedro de Portugal, Instituidor de um Morgado que tem seu descendente António de Tavora Castelo Branco 21 Álvaro Fernandes Ribeiro 21 Diogo Fernandes Ribeiro Cavaleiro em Arzila foi escrivão dos Contos de Arzila e teve 22 Maria Ribeiro m.er de Pedro Lopes de Azevedo Sr. de S. João de Rei no ttº. de Azevedos § 19 N 20 21 Inês Vaz Ribeiro morou na Rua dos Mercadores da cidade do Porto era Srª. de uma Capela em S. Francisco da dita cidade, foi casada 1ª vez com Álvaro Afonso Diniz s.g. casou 2ª vez com Gonçalo de Sá s.g. N 21 ÁLVARO FERNANDES RIBEIRO fº. de Inês Vasques Ribeiro N 20 teve 22 João Álvares Ribeiro casado com Brites ou Leonor Pinto filha de Aires Pinto c.g. no ttº. de Pintos § 47 N 11 sucedeu João Álvares Ribeiro na Capela de sua tia Inês Vaz Ribeiro. § 66
CASA DA GRANJA EM RIBAS DE BASTO

N 8 D. ANA MARGARIDA ........................................ filha de Francisco Vicente Machado no § 22 N 7 casou com Martinho da Cunha Mourão Carvalho Sotomayor Sr. da Casa da Granja de Ribas de Basto fº. de Manuel José da Cunha Mourão e sua m.er 9 Francisco da Cunha 9 Paulo da Cunha 9 D. Luísa 9 António da Cunha 9 D. Maria 9 D. Antónia. § 67 N 1 D. JOÃO RIBEIRO Prior Mor de Palmela e M.e do Príncipe D. João, não sabemos de quem será filho só que teve

2 Maria Ribeiro m.er de Pedro Cardoso c.g. no ttº. de Cardosos § 8 N 7. § 68 N 1 GONÇALO PIRES RIBEIRO fº. de ......................................... dizem ser filho de Álvaro Dias de Sousa irmão do M.e da Ordem de Cristo Lopo Dias de Sousa. Casou com D. Joana Mence filha de .................................... (ver ttº. de Sousas § 4 N 16 mas não sei por onde lhe vem o Ribeiro) 2 Gonçalo Rodrigues Ribeiro N 2 GONÇALO RODRIGUES RIBEIRO fº. de Gonçalo Pires N 1 chamavam-lhe o justador por ser insigne no jogo das justas; casou com D. maior Teles filha de D. Afonso Teles e D. Joana Henriques 3 Gonçalo Dias de Sousa N 3 GONÇALO DIAS DE SOUSA fº. de Gonçalo Rodrigues Ribeiro N 2. Casou com sua parente D. Constança Nunes de Lara filha de Rui Vaz Ribeiro Alcaide Mor de Penamacor, e sua m.er D. Aldonça de Sousa filha de Álvaro de Sousa 4 Rui Vaz Ribeiro 4 Jacome Ribeiro 4 D. Maria Vaz Ribeiro N 4 RUI VAZ RIBEIRO fº. de Gonçalo Dias de Sousa N 3 casou com D. Violante Borges filha de Luís Borges Ribeiro seu parente e D. Joana Henriques 5 Álvaro Vaz Ribeiro que casou com Brites Annes Escapa S. Miguel filha de João de S. Miguel da cidade do Porto, e Brites Afonso Escapa no ttº. de Mogueimas § 1 e teve 6 Gaspar de S. Miguel casou em Ponte de Lima com Catarina Mogueimas Sanches filha herdeira de Gonçalo Dias Mogueimas e sua m.er Beatriz Trigo ttº. de Mogueimas § 1 N 6 c.g. 6 Jacome Ribeiro de S. Miguel 6 Paula de S. Miguel 6 Baltazar de S. Miguel 6 António de S. Miguel 6 João de S. Miguel 6 Dionísia de S. Miguel 6 António de S. Miguel 6 Beatriz 6 Maria.

ROCHAS A Família de Rochas é uma das mais antigas de que temos notícia; há entre os Genealógicos variedade na sua origem; uns querem venham de um Cavalheiro das Montanhas da Galiza que veio ganhar honra no serviço de um Rei de Leão, e que acontecendo uma ocasião de peleja com os Mouros estes perseguidos dos Cristãos se retiraram para um rochedo áspero tentando escapar naquele sítio, que era de si defensível; mas este Cavalheiro os acometeu nele com tal valor que os obrigou a lançarem-se do rochedo abaixo e matou outros, a outros cativou, cujo sucesso sendo à vista do Rei dizem lhe fizera a mercê de o armar Cavaleiro por sua mão dando-lhe o apelido de Rocha, por alusão da briga que teve no Rochedo. Outros dizem que este Cavaleiro era Napolitano e natural de um lugar chamado Roca Seca de que foi Sr. Sondulpho pai de S. Tomás de Aquino e que daqui se apelidara Rocha e servira ao Rei de Leão contra os Mouros; e ao Rei D. Afonso 1º de Castela (que morreu em 1109) e que pela opinião que tinha do seu grande esforço mandara por ele socorrer a cidade de Compostela, e que nesta jornada alcançara dos Mouros uma grande Batalha no dia de S. André por cujo bom sucesso o Rei dera por Armas sobre o escudo branco que trazia uma Aspa vermelha com cinco conchas de ouro, a Aspa em honra de S. André e as conchas em memória de S. Tiago cuja terra libertara. Disto mesmo se persuade a antiguidade desta Família, ou sejam Napolitanos ou Galegos; em Portugal se acha este apelido em 1126 no qual ano aparece D. Arnaldo da Rocha Cavalheiro Templário fazendo um contrato com D. Gualdim Pais acerca da Vila de Ferreira que diz Fr. António Brandão na Monarquia Lusitana parte 3 livro 9 cap. 11 que está na Torre do Tombo no Livro de Forais da leitura nova junto ao Foral de Ferreira. Outros afirmam que os Rochas descendem de um Cavalheiro francês, que acompanhou a Guilherme Duque de Normandia na conquista de Inglaterra que começou no ano de 1066 como escreve nos Anais de Inglaterra, ou Crónica principiada por João Ito e continuada por Celmundo Houves até ao fim do ano de 1614 Impressa em Londres, o qual Cavalheiro ficando em Inglaterra tivera lá descendência com apelido de Rocha que se conserva hoje em casas Ilustres e Titulares sendo a principal delas a do Conde de Antona, e acrescentam que os Duques de Salisbery no Palácio que tem em Londres trazem um dos quartéis das suas Armas dos Rochas por serem desta família e outras muitas Casas Ilustres de Inglaterra. (De Inglaterra passaram à Irlanda à Província de Mamonia nas quais fundaram a Casa dos Sr.es da Quinzalle dos quais procedem os dos Viscondes de Varoins e de Monsieur Visconde de Fermes Barão de Castelo Novo as quais possuía D. Jordão da Rocha Sr. de Lucandnm, e da cidade de Lamreique D. Guilherme da Rocha Sr. da Cidade de Vallei da mesma Província o que tudo mostra o dito João Ito na Crónica de Inglaterra continuada por Haimundo de Houves até ao ano de 1614 Impressa em Londres). – No Costado Tomo 1º fls. 150 se vê D. Pedro de La Rocha Sr. da Casa de La Rocha em França - ). Destes Rochas Ingleses se dizem passara um Cavalheiro à Irlanda onde foi bem herdado e teve sucessão, e títulos de Viscondes e Barões e o maior Sr. dos Quaes era Visconde de Fernoy na Província de memória, Barão de Castelo Novo Sr. do Forte da Rocha e outros lugares e vivia no tempo que se fez a memória que copio D. João da Rocha Sr. de Lucedum de Castelo Novo e da cidade de Lamerici e de outros lugares de grande consideração de que a Casa mais antiga da Irlanda dos Rochas é dos Sr.es de Quinzelana da mesma Província de Mamonia no Condado de Carcaria, em que também é Sr. de outros lugares um Cavalheiro do apelido Rocha e na dita Província há o Condado de Lameric que é destes Rochas; e destes Rochas de Irlanda se deduzem os de Portugal como logo dizemos. São suas Armas em campo branco uma aspa de vermelho com cinco vieiras de ouro guarnecidas de azul; Timbre uma aspa das Armas com uma vieira no meio. §1 N 1 MONSIEUR DE LA ROCHA é o primeiro de que temos notícia e em quem o Abade de Ancora Jacome de Vilas Boas Quezado e João Salgado de Araújo principiam este ttº. dizendo ser fº. 2º da Casa de Quinzale na Irlanda o qual passando à Terra Santa se achara no Algarve na tomada de Silves no tempo do Rei D. Afonso III de Portugal que lhe fez mercê de Torres Novas, e outros lugares; outros dizem viera ajudar ao dito Rei D. Afonso III ou D. João I. Casou com ................................................... 2 Luís da Rocha Sr. de Torres Novas que por não ter geração tornou para a Coroa 2 D. Gomes da Rocha 2 D. Raimundo da Rocha c.g. no Alentejo, e Badajoz como escreve João do Campo no livro que imprimiu em Lisboa da descendência dos Paços de Probem em 1602 e deixou descendência em Serpa

N 2 D. GOMES DA ROCHA fº. de Monsieur de La Rocha N 1 foi casado como consta de uma justificação feita em Lisboa perante Diogo Soares a 16 de Janeiro de 1602 não se diz com quem só que depois de viúvo fora Comendatário de Pombeiro, e outros Mosteiros, de que se acham memórias pelos anos de 1482; e depois foi Bispo de Tripoli, e teve grossa renda por ser Sr. de alguns lugares entre Douro e Minho, foi grande benfeitor dos Mosteiros como escreve a Beneditina Lusitana Tomo 2 Trat. 1 parte 1ª pag. 73 cap. 1º pag. 72, dizem teve vinte filhos só temos notícia dos abaixo; dizia uma memória que vi destes Rochas ser casado com D. Inês de Meneses 3 Martim da Rocha chamado o Cavaleiro casado com Maria Dias Jacome filha de Diogo Jacome que veio de Tomar para Braga no ttº. de Jacomes § 2 N 2 bem que no ttº. de Jacomes se diz ser fº. de Afonso da Rocha 3 Afonso da Rocha 3 D. Joana da Rocha m.er de João Rodrigues Pimentel no ttº. de Pimenteis § 1 N 6 – e neste § 2 = (vai no ttº. de Pimenteis) 3 D. Leonor da Rocha m.er de Heitor de Magalhães no ttº. de Queirozes § 4 N 19 ttº. de Magalhães § 83 N 11 3 Gonçalo da Rocha 3 Maria da Rocha 3 Margarida da Rocha m.er de ............................... Beliagoa 3 João da Rocha 3 Lopo Fernandes da Rocha de que vêm os de Guimarães segundo o Nobiliário de Toriz § 4 N 3 D. AFONSO DA ROCHA fº. de D. Gomes da Rocha N 2 foi Comendatário de S. Salvador da Torre da Ordem de S. bento junto de Viana, e outros Mosteiros, e de sua manceba; dizia uma memória que me veio à mão fora casado com D. Francisca filha de Francisco de Salazar, e teve 4 D. Gomes da Rocha Abade de Pombeiro 4 D. Afonso da Rocha 4 D. João da Rocha Comendatário de S. Salvador da Torre § 17, e teve 5 Gonçalo da Rocha casado com D. Brites Pita filha de João Pita no ttº. de Pitas § 28 N 2 5 Fernando da Rocha segundo outros § 12 4 Violante Afonso da Rocha c.c. João da Lagoa Ferreira Sr. da Feitoza no tempo do Arcebispo D. Diogo de Sousa, vai no § 23 4 Martim da Rocha o Cavaleiro, que aqui pomos fº. de seu avô D. Gomes da Rocha, mas no ttº. de Jacomes se dá por fº. deste (Martim da Rocha criado do Duque de Bragança consta da Inquirição que fez Bento da Rocha Pais em Viana em 1541 ser irmão deste Martim mais Gomes da Rocha Abade de Pombeiro 4 João da Rocha Comendatário de S. Salvador da Torre e 4 Diogo da Rocha Cavº.) casou com Maria Dias Jacome filha de Diogo Jacome no ttº. de Jacomes § 5 N 2 4 Margarida Afonso da Rocha c.c. ................................. Barros c.g.s.n. 4 Valentim da Rocha § 11 4 Beatriz Afonso da Rocha c.c. Gonçalo Lopes Calheiros c.g. nos Calheiros § 3 N 10 4 Isabel Afonso da Rocha c.c. Fernão de Magalhães Fidalgo que vivia na Ponte das Tábuas N 4 D. AFONSO DA ROCHA fº. B. de D. Afonso da Rocha N 3 foi Abade de Meixedo junto a Viana e de outras Igrejas, e Benefícios e teve grande Casa 5 Fernão da Rocha de que vêm os Sr.es do Morgado de Meixedo ver ttº. de Barretos § 1 N 4 aqui § 12 5 D. Inês da Rocha m.er de Duarte Álvares Vilarinho escrivão da Fazenda, e direitos Reais da Alfândega de Viana, fº. de Álvaro Annes Vilarinho c.g. no ttº. de Vilarinhos § N 3 5 Felipa da Rocha m.er de Pedro Annes Caminha c.g. ver ttº. de Caminhas § 2 sub N 4 seg. N 5 D. FELIPA DA ROCHA filha de D. Afonso da Rocha N 4 casou com Pedro Annes Caminha, e viveram em Viana do Minho 6 Francisco da Rocha Caminha casado com Maria Jacome s.n. 6 O Dr. António da Rocha Caminha Dezembargador em Lisboa c.g. § 24 6 Tristão da Rocha Caminha 6 Brites da Rocha Caminha, § 15 6 Catarina da Rocha m.er de Diogo Jacome Bezerra Morgado de Paredes fº. de João Jacome o Moço, e sua m.er Brites Bezerra c.g. no ttº. de Bezerras § 2 N 4 6 D. Pedro da Rocha Caminha Deão da Sé de Braga

N 6 TRISTÃO DA ROCHA CAMINHA fº. de Felipa da Rocha N 5 foi Cap.am da Fortaleza de Viana por nomeação da Câmara antes de ter Castelo o qual mandou fazer Felipe Rei de Castela sendo-o deste Reino, e por negligência perdeu a Câmara a nomeação; casou com Constança Malheiro filha de Gregório Álvares Vilarinho e sua m.er Constança Malheiro no ttº. de Vilarinhos § 2 N 4 7 Francisco da Rocha Malheiro não caso teve filhos B.B. s.g. §2 N 3 D. JOANA DA ROCHA filha de D. Gomes da Rocha N 2 do § 1 casou com João Rodrigues Pimentel fº. de Diogo Gonçalves Pimentel e sua m.er D. Briolanja Leitão (vai tudo no ttº. de Pimenteis § 1 N 6) 4 António Pimentel Pereira N 4 ANTÓNIO PIMENTEL PEREIRA fº. de D. Joana da Rocha N 3 casou com D. Branca de Paiva 5 Sebastião da Rocha Pimentel N 5 SEBASTIÃO DA ROCHA PIMENTEL fº. de António Pimentel N 4 casou com Maria da Costa de Macedo 6 Sebastião da Rocha Pimentel N 6 SEBASTIÃO DA ROCHA PIMENTEL fº. de Sebastião da Rocha N 5 casou com D. Maria Rebelo de Macedo filha de Manuel Cerqueira Cavº. Fidalgo, e sua m.er Maria Rebelo de Macedo c.g. no ttº. de Rebelos § 9 N 14. §3
OUTROS

N 1 NUNO DA ROCHA ignoro filho de que era, foi Reposteiro Mor de El Rei. Casou com D. Brites de Araújo (casaram por ordem de El Rei), filha de Paio Rodrigues de Araújo o Cavaleiro e sua m.er no ttº. de Araújos § 1 N 19 2 Francisco da Rocha Barbudo N 2 FRANCISCO DA ROCHA BARBUDO fº. de Nuno da Rocha N 1 casou com Mécia Velho Barreto 3 Gonçalo da Rocha 3 Genebra da Rocha c.c. Gaspar Martins Maciel no ttº. de Macieis § 37 N 2 o que não seguimos N 3 GONÇALO DA ROCHA fº. de Francisco da Rocha N 2 (isto é erro segundo o que se diz no ttº. de Jacomes e este Gonçalo é fº. dos pais que ali se dizem). Casou com Isabel Barbosa filha de Rui Dias de Aguião Sr. da quinta de Guilhafonce e sua m.er Maria Barbosa no ttº. de Jacomes § 5 N 4 4 Francisco da Rocha Barbosa e os mais que se vem no ttº. de Jacomes § 5 sub N 4 mas creio que esta ascendência é erro, e certa a que vai no ttº. de Jacomes por assim o verem todos. §4 N 1 LOPO FERNANDES DA ROCHA ou SALVADOR LOPES DA ROCHA era fº. de D. Gomes da Rocha, Comendatário de Pombeiro § 1 N 2 segundo o Nobiliário de Toriz 62 é o mais antigo que se acha na vila de Guimarães alguns o fizeram fº. de Afonso da Rocha Morgado de Deucrites no ttº. de Jacomes § 14 N 3 mas Jacome de Vilas Boas Quezado dizia que estes Rochas eram de outra linha; era fº. como acima digo de D. Gomes da Rocha Comendatário de Pombeiro; casou com Ana Gonçalves no § 1 N 2 2 O Dr. Gaspar Lopes da Rocha que foi Corregedor de Miranda casado com Felipa de Carvalho filha de Ana de Carvalho e seu marido João Afonso dos Quintos no ttº. de Carvalhos § 51 N 12 § 30 N 11 c.g. 2 João Lopes da Rocha N 2 JOÃO LOPES DA ROCHA fº. de Lopo Fernandes da Rocha N 1 (João Lopes da Rocha era João Lopes da Ramada apelido que deixou pelo de Rocha). Instituiu uma Capela na Igreja da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira de Guimarães, de Santa Catarina hoje da Invocação de S. Ana; Casou duas vezes a 1ª com Inês Pires (ttº. de Peixotos § 9 sub N 6)
62

Lopo Fernandes era Lopo Fernandes da Ramada assim chamado por viver na Rua da Ramada em Guimarães cujo apelido deixaram pelo de Rochas; foi Lopo Fernandes escudeiro do Rei D. João II como consta de um Prazo de casas em que viveu, e sua m.er; Ramada ver ttº. de Cunhas § 6 N 20 a nota.

3 Salvador Lopes da Rocha 3 Gonçalo da Rocha c.c. Felipa de Araújo filha de Diogo de Araújo no ttº. de Araújos § 278 N 23 c.g. 3 Outros, na Índia Casou 2ª vez com .................................................. 3 João Fernandes da Rocha § 5 N 3 SALVADOR LOPES DA ROCHA fº. da 1ª m.er de João Lopes da Rocha N 2 casou com Margarida Machado filha de ................................... alguns duvidam desta casamento e que o filho fora de Maria Gonçalves Couto que julgamos seria 2ª m.er sendo certo o 1º casamento de que ignoramos a descendência, e desta Maria Gonçalves Couto teve 4 João Lopes da Rocha N 4 JOÃO LOPES DA ROCHA fº. de Salvador Lopes da Rocha N 3 casou com Ana de Carvalho Peixoto filha de Francisco de Guimarães e sua m.er Beatriz Peixoto no ttº. de Guimarães § 2 N 2 5 Manuel Peixoto da Rocha 5 Salvador Lopes de Carvalho que foi Camareiro do Sr. D. Duarte fº. do Duque de Bragança, morreu em 1610 5 Paulo da Rocha Peixoto Moço das Chaves do Duque de Bragança D. Teodósio morreu em 1589 5 Pedro da Rocha Peixoto morreu estudante 5 Brites Lopes de Carvalho m.er de Jerónimo Pinheiro da Silveira s.g. 5 Margarida do Rosário freira em Guimarães, e depois Abadessa em S. Clara de Vila Real onde foi reformar N 5 MANUEL PEIXOTO DA ROCHA fº. de João Lopes da Rocha N 4 sucedeu na Casa de seu pai serviu na de Bragança e teve o hábito de Cristo. Casou com D. Maria da Silveira filha de Rui ou Luís Martins da Silveira, e sua m.er D. Ana de Moura 6 Diogo Lopes de Carvalho 6 Luís Peixoto morreu em 1630 com 13 anos 6 Constantino Peixoto da Rocha 6 D Ana 6 D. Leonor, freiras em Vila Viçosa N 6 DIOGO LOPES DE CARVALHO fº. de Manuel Peixoto da Rocha N 5 foi Sr. da Casa de seu pai, casou em Borba com ........................................... §5
DE BRAGA

N 3 JOÃO FERNANDES DA ROCHA fº. da 2ª m.er de João Lopes da Rocha N 2 do § 4 casou com Isabel Vieira filha de Gonçalo Martins Vieira, e sua m.er Maria Vasques do Vale ttº. de Vales § 2 N 5 ttº. de Vieiras § 4 N 8 4 Antónia Vieira § 10 4 Isabel Vieira s.m.n. 4 O Dr. Lourenço Vieira da Rocha 4 Paula Vieira s.m.n. 4 António Vieira da Rocha § 6 4 Francisca Vieira m.er de Álvaro Machado s.g. 4 Catarina Vieira da Rocha m.er de Henrique de Novais Sr. da quinta de Carrazedo N 4 O DR. LOURENÇO VIEIRA DA ROCHA fº. de João Fernandes da Rocha N 3 (Lourenço Vieira foi médico em Guimarães) sucedeu na Casa de seu pai. Casou em Braga com Cecília de Andrade filha de Fernão Lourenço de Andrade e sua m.er Isabel Vaz do Vale no ttº. de Freires de Andrade § 39 N 1 5 O Dr. Jorge Vieira da Rocha Dezembargador da R.am de Braga e Abade de S. Paio de Vilela o qual de Simoa de Abreu teve quatro filhos que foram para a Índia, que foram 6 Damião ..................................... 6 Tomás ....................................... 6 António ..................................... 6 Constantino este c.g. na Índia 5 Francisco Vieira de Andrade 5 Isabel Vieira m.er de Felipa de Coimbra Sr. da Casa dos Coimbras em Braga ttº. de Coimbras § 1 N3 N 5 FRANCISCO VIEIRA DE ANDRADE fº. do Dr. Lourenço Vieira N 4 (Francisco Vieira foi escrivão da Câmara de Braga e viveu na sua quinta de Briteiros que é vinculada, e é Sr. do Couto de

Pedraido e foi Procurador de Cortes pela cidade de Braga, comprou a dita quinta de Briteiros e Coutos aos Abreus), sucedeu na Casa de seu pai. Casou na vila de Canavezes com D. Antónia de Vasconcelos filha de Ana Vieira e seu marido Baltazar Borges ttº. de Vasconcelos § 29 N 19 6 Cristóvão Vieira 6 Lourenço Mendes Cónego na Colegiada de Guimarães 6 ............................................., freiras nos Remédios em Braga N 6 BALTAZAR VIEIRA fº. de Francisco Vieira N 5 casou com Helena Tavora filha de Pedro Ribeiro cidadão de Braga cuja geração corre no ttº. de Vasconcelos § 29 N 20. §6 N 4 ANTÓNIO VIEIRA DA ROCHA fº. de João Fernandes da Rocha N 3 do § 5 casou em Guimarães com Maria Jorge Furtado, ou Violante Furtado 5 Cecília da Rocha Vieira que foi H. m.er de Brás de Meira Peixoto c.g. no ttº. de Meiras § 2 N 10, teve 6 António de Meira Peixoto Arcipreste 6 Francisco de Meira Peixoto Cavaleiro da Ordem de Cristo 6 D. Damásia Peixoto m.er de Luís Machado de Miranda Sr. da quinta da Breia s.g. §7 (Ver o § 17) N 1 INÊS DIAS DA ROCHA que era filha de Genebra Gomes da Rocha no § 17 N 6 casou com Afonso Martins da Ribeira (Inês Dias da Rocha era filha de Gonçalo Gil Briteiro no § 17 N 6 e sua m.er Genebra Gomes da Rocha) 2 Martim da Rocha N 2 MARTIM DA ROCHA filha de Inês Dias da Rocha N 1 casou com Aldonça de Antas filha de Álvaro de Passos Figueiro no ttº. de Passos § 19 N 14 e sua m.er Maria Fernandes de Antas 3 Lourenço da Rocha frade de S. Francisco 3 Álvaro da Rocha frade de S. Francisco 3 Francisco da Rocha casado em Viana com Leonor Felgueira irmã de João Rodrigues Felgueira Cavº. do hábito de S. Tiago s.g. no ttº. de Felgueiras § 11 3 Diogo da Rocha de Paços 3 Gracia da Rocha § 8 3 Inês de Passos freira em S. Bento de Viana N 3 DIOGO DA ROCHA DE PAÇOS fº. de Martim da Rocha N 2 (foi P.or em Cortes por Caminha a Tomar para jurar a Felipe 2º e foi Contador da Fazenda de Viana e Guimarães) serviu no Brasil achouse com Estevão Soares na conquista do Rio de Janeiro por Cap.am de Bargantim S. Tiago; casou em Viana com Brites Maciel filha de Simão Maciel, e sua m.er Ana Garcia ttº. de Macieis § 4 N 5 4 Francisco de Paços da Rocha 4 Bento Paços de Antas, s.g. 4 Mécia de Antas, s.g. N 4 FRANCISCO DE PAÇOS DA ROCHA FIGUEIROA fº. de Diogo da Rocha N 3 (foi Cavaleiro Fidalgo). Serviu em Angola com João Furtado de Mendonça. Casou com Maria Correia Barbosa natural de Lisboa filha de Francisco Rodrigues Barbosa (fº. B. de Francisco Quezado Maciel) e sua m.er Maria Barbosa; era Francisco Quezado Maciel irmão de Inês Quezado casada com Manuel Álvares de Carvalho; e o dito Francisco Quezado indo para a Ilha de S. Miguel teve na cidade de Ponta Delgada este filho de uma m.er nobre a ttº. de casamento ttº. Quezados § 9 N 7. §8
SR.ES DA QUINTA DE VENADE

N 3 GRACIA DA ROCHA filha de Martim da Rocha N 2 do § 7 casou-se com Vasco Lourenço fº. de Gonçalo Álvares e sua m.er Maria Vasques moradores em Caminha

4 Gaspar da Rocha de Paços que casou em Barcelos com Maria de Azambuja Pereira filha de Bartolomeu Pereira de Azambuja e sua m.er Isabel Moutinho no ttº. de Pereiras § 5 N 18 c.g.s.m.n. 4 Margarida de Paços de Antas, ou Madalena 4 Apolónia de Paços da Rocha m.er de Domingos Teixeira de Mesquita natural de Vila Real ouvidor em Braga e Cap.am Mor de Caminha fº. do Dr. Martim Teixeira e sua m.er Felipa de Mesquita de Vila Real, teve 5 Angela Teixeira de Mesquita s.m.n. Casou 2ª vez Gracia da Rocha com seu parente Diogo de Abreu Teixeira Alcaide Mor de Lapela e Fidalgo da Casa Real fº. de Tomás de Abreu Correia (fº. de Lourenço Correia Sr. de Gaião e Leonor de Lemos foi sua 1ª m.er ver Correias § 109 e ttº. de Antas § 13 N 10), de Ponte de Lima, Corregedor de Viana e sua m.er Leonor de Lemos e Mendonça Pereira irmã de D. André de Noronha Bispo de Placencia e este primo irmão do Marquês de Vila Real ttº. de Correias § 126 N 7 4 Tomás de Abreu Teixeira que herdou o vínculo da Lapela s.m.n. 4 Francisco de Mendonça e Antas s.m.n. 4 António de Meireles Figueiroa o mesmo 4 Leonor de Lemos de Mendonça § 16 4 António de Mendonça Furtado c.g. extinta N 4 MARGARIDA DE PAÇOS ou MADALENA DE ANTAS filha do 1º marido de Gracia da Rocha N 3 casou com Gaspar da Rocha e Antas (casou por dispensa) seu parente fº. de Afonso da Rocha e sua m.er Catarina Afonso de Passos Figueiroa no ttº. de Passos § 37 N 15 (Sr.es da quinta de Venade) 5 Francisco da Rocha de Paços 5 Catarina de Antas Figueiroa moradores em Caminha §9
DAS ILHAS

N 1 PEDRO ESTEVES DA ROCHA MACHADO natural de Viana diz o Dr. Gaspar Frutuoso Vigário da Igreja de Nossa Senhora da Estrela da Vila da Ribeira Grande na Ilha de S. Miguel no seu livro das famílias das Ilhas e de seus povoadores, que veio ter à Ilha de S. Miguel depois de ter estado na da Madeira homiziado por uma morte e fez seu assento na Praia junto a vila Franca, onde viveu rico, e abastado, e sustentou muita família 2 Afonso Annes da Rocha 2 .................................................. da Rocha que foi para a Ilha Terceira; pai de ........................... 3 Gaspar Gonçalves o grande Machado avô de Fr. Manuel Cardoso, e de Gaspar Gonçalves de Utera Machado e de outros 2 ................................................... que foi para a Ilha da Madeira de que vêm os do apelido de Fontes N 2 AFONSO ANNES DA ROCHA fº. de Pedro Esteves da Rocha N 1 foi Sr. da Casa de seu pai não se nos diz se casou mas só ..................................... teve 3 ............................................ N 3 ................................................. filho de Afonso Annes da Rocha N 2 sucedeu na Casa de seu pai igualmente se nos não diz se casara só que ................................. teve 4 Jerónimo da Rocha Ferraz N 4 JERÓNIMO DA ROCHA FERRAZ fº. de ........................................ N 3 sucedeu na Casa de seu pai casou com Isabel Antónia Ferraz filha de Jorge Barbosa Ferraz homem honrado, e principal da cidade do Porto, e sua m.er Guiomar Barbosa filha de Sebastião Barbosa da Silva e sua m.er Isabel Nunes Botelho como diz o Dr. Gaspar Frutuoso 5 Bartolomeu da Rocha Ferraz N 5 BARTOLOMEU DA ROCHA FERRAZ fº. de Jerónimo da Rocha Ferraz N 4 viveu na Ilha Terceira casado com Catarina Gonçalves Chaves 6 O Dr. António da Rocha Ferraz Deão da Ilha Terceira Visitador Geral, e Vigário Geral, e Juíz dos Resíduos e Presidente do Cabido 6 D. Maria de Chaves Ferraz m.er de Martim de Azevedo Coutinho Cavaleiro da Ordem de Cristo, Provedor dos Defuntos e ausentes nas Ilhas, fº. de Francisco Caldeira Coutinho Cavaleiro da

Ordem de Cristo Cap.am de Mazagão e sua m.er D. Maria Manuel de Campos no ttº. de Azevedos § 92 N 23 c.g.s.n.

§ 10
N 4 ANTÓNIA VIEIRA filha de João Fernandes da Rocha N 3 do § 5 casou com António Machado 3º neto de Lopo Machado de Goes, e sua m.er Brites Esteves de Maia (deve ir tudo nos Machados § 141 N 21) 5 Pedro Vieira da Maia que serviu na Índia muitos anos, Instituiu um Morgado com Capela no Claustro de S. Francisco de Guimarães e nomeou a um seu sobrinho fº. de uma sua irmã, chamado Pedro Vieira da Maia casado com D. Bernarda Machado sobrinha do Bispo de Fez, D. Gabriel 5 António Vieira na Índia, s.g. 5 Cristóvão Vieira Abade de S. Maria de Arcuzelo e Fidalgo da Casa Real que teve B. em Inês Barbosa a geração que vai no ttº. de Machados § 148 N 21 e seg. 5 Francisco Machado casado com Ana da Costa s.g. 5 André Machado da Maia casado na freguesia de Gominhains na quinta do Arrabalde c.g. sem descendência 5 Catarina Machado 5 Lourenço Vieira na Índia s.g. 5 Ana Machado c.c. Luís de Miranda s.g. N 5 CATARINA MACHADO filha de Antónia Vieira N 4 casou na Sobreira freguesia de S. Pedro de Freitas com Gonçalo Mendes da Maia 6 Pedro Vieira da Maia 6 Francisco Machado Abade de Negrelos 6 Paulo Machado 6 ...................................., freira em Guimarães N 6 PEDRO VIEIRA DA MAIA fº. de Catarina Machado N 5 foi chamado ao vínculo de seu tio; casou com Bernarda Machado da Maia filha de Trocato Machado da Maia, e Isabel de Sampaio sobrinha de D. Gabriel Bispo de Fez era parente em 3º grau ttº. de Machados § 142 N 22 7 Pedro Vieira Cónego em Guimarães 7 Paulo Vieira casado com Simão Froes Leite fº. de Jorge Froes, e Policena Leite de que teve 8 Maria Vieira c.c. Gaspar de Matos de que teve 9 António de Matos Vieira 7 Paulo Vieira da Maia casado com D. Maria Pimentel de Araújo filha de Manuel Pimentel de Araújo e sua m.er D. Isabel da Costa c.g. no ttº. de Pimenteis § 21 N 12.

§ 11
N 4 VALENTIM DA ROCHA fº. de D. Afonso da Rocha N 3 do § 1 (este Valentim da Rocha fazem outros filho de João da Rocha no § 17 N 4 e neto do que leva por pai), casou com D. Gracia Nunes Boto filha de Gonçalo Esteves Boto Comendador de Carreço que veio de Évora ver ttº. de Barretos § 4 N 3 e § 2 N 1 de Botos ver ttº. de Pontes Ledos § 25 N 11 5 João da Rocha Boto 5 Maria da Rocha Boto m.er de António de Vilas Boas Reimondo no ttº. de Vilas Boas § 2 N 11 c.g. N 5 JOÃO DA ROCHA BOTO fº. de Valentim da Rocha N 4 casou com Inês Quezado Peixoto filha de Gonçalo Annes Quezado, e sua m.er Inês Vaz Peixoto no ttº. de Quezados § 14 N 6 6 D. Gracia da Rocha Boto casada com seu primo Felipe Barreto Fidalgo da Casa Real fº. de Pedro Velho Barreto, e D. Isabel Barbosa no ttº. de Barretos § 4 N 4 c.g., vai no dito § 4.

§ 12
N 5 FERNANDO DA ROCHA LOBO fº. B. de D. Afonso da Rocha Abade de Meixedo N 4 do § 1 (este Fernando da Rocha se fazia numa memória que me veio à mão fº. de D. João da Rocha e D. Ana Lobo de Castro da cidade de Lisboa e neto de D. Afonso da Rocha neste ttº. § 1 N 3 e bisneto de D. Gomes da Rocha do dito § 1 N 2). Foi chamado o Pequenino, foi Juíz das Cizas da vila de Viana. Casou com D.

Maria Lobo filha de D. Catarina Lobo Barbosa de Mesquita e seu marido Manuel Gonçalves de Araújo natural de Fifa e neta materna de Gonçalo Lobo de Mesquita e sua m.er Damiana Barbosa no ttº. de Barbosas § 77 N 24 e § 165 6 Fernando da Rocha Lobo casado com sua prima D. Ana Lobo de Mesquita filha de D. Catarina Lobo Barreto e seu marido Gomes de Zeta c.g. no ttº. de Barretos § 1 N 4 6 D. Catarina Lobo § 13 6 D. Isabel da Rocha Lobo § 14 6 Francisco da Rocha Lobo 6 D. Leonarda 6 D. Maria Lobo, freira N 6 FRANCISCO DA ROCHA LOBO fº. de Fernando da Rocha N 5 foi Abade de Meixedo, e Orovacem, fez vínculo na quinta de Portela de Cima, adquiriu a metade de votos na Igreja de Meixedo; teve amizade ilícita com Maria Antunes da freguesia de Meixedo filha de Fr. António, Frade Bento que ficou em S. Salvador da Torre, e .................................... Antunes 7 Francisco da Rocha Mesquita 7 Leonor da Rocha, solteira N 7 FRANCISCO DA ROCHA DE MESQUITA fº. B. de Francisco da Rocha Lobo N 6 sucedeu na Casa de Meixedo, e da Portela de Cima, e no vínculo que instituiu seu pai. Casou duas vezes, a 1ª com D. Inês Quezado s.g. casou 2ª vez em Viana com Luísa Maciel 8 D. Ana Lobo 8 Francisco da Rocha, Clérigo 8 Manuel Lobo, Vigário de Lara N 8 D. ANA LOBO DE MESQUITA filha de Francisco da Rocha de Mesquita N 7 sucedeu na Casa de seu pai. Casou com António de Sequeiros de Abreu Sargento Mor de um terso de Auxiliares, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Juíz da Alfândega de Monção fº. de Pedro de Sequeiros de Abreu da vila dos Arcos 9 Francisco de Sequeiros Cavº. da Ordem de Cristo s. estado 9 D. Maria Luísa de Sequeiros 9 D. Maria das Neves freira em Monção 9 D. Teresa educanda no mesmo Convento N 9 D. MARIA LUÍSA DE SEQUEIROS filha de D. Ana Lobo de Mesquita N 8 sucedeu no Morgado de Meixedo, casou com seu primo Francisco da Rocha Lobo fº. de Pedro da Rocha Barbosa, e sua m.er D. Maria de Azevedo Moreira neste ttº. § 13 N 8 10 Francisco da Rocha Lobo de Sequeiros 10 D. Antónia 10 D. Ana 10 D. Rosa 10 D. Francisca da Rocha Lobo de Mesquita fez tttº. no qual instituiu dois vínculos um chamado o pequeno no qual nomeia por Administrador a seu parente e amigo António Lobo da Cunha no ttº. de Regos § 56 N 7 e sua descendência; e outro vínculo de todos os mais bens do qual nomeia para 1º Administrador seu irmão Francisco da Rocha Lobo, e sua irmãs sucessivamente, e sua descendência, e não a tendo passaria por morte da última ao dito seu parente António Lobo, e na sua falta a seu filho António, e faltando este a seu fº. 2º Gaspar, e uniria ao vincoluzinho de que o fez 1º Administrador e depois desta união continuava num só vínculo que sempre andaria na descendência dos Lobos de Regedoura N 10 FRANCISCO DA ROCHA LOBO fº. de D. Maria Luísa N 9 casou duas vezes s.g. foi o 1º Administrador do vínculo da Corredoura em S. Estevão, e como não teve filhos passou por morte da última a suas irmãs passou a unir-se ao vínculo que sua irmã deixou a António Lobo da Cunha na formada Instituição acima dita.

§ 13
N 6 CATARINA LOBO filha de Fernando da Rocha o Pequenino N 5 do § 12 casou com Gaspar Barbosa Aranha fº. de Pedro Barbosa e Inês Pinto ttº. de Aranhas § 1 N 9 do qual Gaspar Barbosa foi 1º ou 2º marido 7 Francisco da Rocha Barbosa

N 7 FRANCISCO DA ROCHA BARBOSA fº. de Catarina Lobo N 6 casou em Viana com Catarina Fidalga, ou Maria Fidalga filha de Brites Fidalga 8 Pedro da Rocha Barbosa N 8 PEDRO DA ROCHA BARBOSA fº. de Francisco da Rocha N 7 casou com D. Maria de Azevedo Moreira filha de Francisco de Azevedo e D. Maria de Moreira 9 Francisco da Rocha Lobo casado com sua prima D. Maria Luísa de Sequeiros filha de D. Ana Lobo de Mesquita e seu marido António de Sequeiros N 9 do § 12 c.g. 9 António Lobo de Mesquita Clérigo Sr. da quinta de Terlamas.

§ 14
N 6 D. ISABEL DA ROCHA LOBO filha de Fernão da Rocha o Pequenino N 5 do § 12 casou em Caminha com João de Ceia Marinho e foi sua 2ª m.er, fº. de Feleciano de Ceia Marinho Sr. da Casa de Corujo Solar dos Marinhos e Ceias cita entre Baiona e Vigo e sua m.er D. Maria Gracia Maciel da Vila de Viana no ttº. de Macieis § 2 N 5 7 Mateus Lobo c.c. geração extinta 7 D. Maria Lobo de Mesquita m.er de Diogo da Costa de Prado c.g. no ttº. de Prados § 5 N 4, casou 2ª vez 7 Francisco da Rocha Lobo Abade de Orovacem 7 João Lobo de Mesquita, solteiro 7 Tomás de Ceia, solteiro N 7 MATEUS LOBO DE MESQUITA fº. de D. Isabel Lobo N 6 casou com D. Ana Fagundes filha de Manuel Gonçalves e Catarina Nunes Fagundes natural de Ponte de Lima, foram tendeiros numas casas, diante da cadeia e lhe chamavam a tendeira da praça 8 Francisco da Rocha Lobo casado na Bahia 8 Mateus Lobo Abade de Soutelo morreu em 1695 8 D. Maria Lobo c.c. Gregório Pereira de Faria em Viana fº. de Manuel de Faria 9 André Pereira Lobo, Sacerdote 8 Luís de Ceia Marinho 8 D. Maria Lobo de Mesquita casada com geração extinta 8 João de Lobo de Mesquita casado na Bahia com Inês de Barros c.g. extinta N 8 LUÍS DE CEIA MARINHO fº. de Mateus Lobo N 7 (foi escrivão proprietário de escrivão dos Direitos Reais e de Meirinho ofício que lhe deu em dote seu sogro Diogo de Abreu Teixeira). Casou em Caminha com D. Luísa Pereira de Mendonça filha de Diogo de Abreu Teixeira, e sua 2ª m.er D. Serafina de Abreu Bezerra filha de Francisco Dias Bezerra e sua m.er D. Justa de Abreu do Vale; Francisco Dias Bezerra era fº. de Gaspar Fernandes Soutelo e sua m.er D. Ana Fernandes Bezerra natural de Viana; e D. Justa de Abreu era filha de Francisco de Abreu do Vale e sua m.er D. Polónia de Ceia da Rocha filha de Jacome Fienis da Rocha, e sua m.er Constança de Ceia natural da vila da Guarda em Galiza; Diogo de Abreu Teixeira era fº. de Francisco Varaes Pereira e sua m.er D. Leonor de Lemos de Mendonça filha de Diogo de Abreu Teixeira Alcaide Mor de Lapela, e sua m.er D. Gracia da Rocha de Paços filha de Martim da Rocha e sua m.er Aldonça de Antas de Paços neste ttº. § 16 N 6 ver ttº. de Passos § 35 e ttº. de Pitas § 25 9 Mateus Lobo de Mesquita 9 Diogo de Ceia Marinho s.g. 9 Nicolau Barbosa s.g. 9 D. Maria das Neves s.g. 9 D. Paula s.g. 9 António Barbosa Lobo foi para o Brasil 9 Nicolau de Abreu Bezerra, Clérigo N 9 ANTÓNIO BARBOSA LOBO fº. de Luís Marinho de Ceia N 8 casou com D. Antónia (ou D. Ana) Maria Lins de Castro e Vasconcelos natural da vila do Porto Calvo em Pernambuco, filha de Belchior Brandão de Castro Sr. da Casa da Costa em Coura e sua m.er D. Jerónima Lins de Vasconcelos Srª. do Engenho de Maranhão filha de Sebaldo Lins de Vasconcelos e sua m.er D. Cosma de Barros Pimentel Sr.es do dito Engenho distrito de Vila do Porto Calvo, Bispado de Olinda 10 Jacinto Luís Barbosa Lobo 10 José António Lobo habilitado para os lugares de letras

10 D. Maria freira em S. Ana de Viana N 10 JACINTO LUÍS BARBOSA LOBO fº. de António Barbosa Lobo N 9 foi Sr. da quinta de Orovacem. Nasceu a 16 de Agosto de 1736, casou a 8 de Maio de 1781 com D. Maria Inácia de Vasconcelos e Meneses que nasceu a 13 de Dezembro de 1747 Srª. dos Prazos de Monte Redondo no termo dos Arcos filha de Valentim Brandão de Abreu Soares e sua m.er D. Luísa Maria Xavier de Vasconcelos Sotomaior no ttº. de Araújos § 49 N 28 11 D. Maria Rita nasceu a 3 de Fevereiro de 1782 c.c. Gaspar Berneque c.g. nos Araújos § 82 N 29 11 D. Luísa Antónia Brandão.

§ 15
N 6 BRITES DA ROCHA filha de Felipe da Rocha N 3 do § 1 casou com Diogo da Cunha Pais 7 Vitória da Cunha m.er de Francisco Quezado Maciel fº. de João Quezado Maciel e sua m.er Inês Vicente c.g. no ttº. de Quezados § 9 N 7 7 Paula da Cunha m.er de Simão Velho Barreto fº. de Simão Velho Barreto e sua m.er Catarina Quezado c.g. no ttº. de Barretos § 100 N 4 7 Gracia da Cunha m.er de Rui Vaz Aranha fº. de Rui Vaz Aranha e sua m.er Isabel Barbosa c.g. no ttº. de Aranhas § 34 N 8 7 Francisco da Cunha da Rocha N 7 FRANCISCO DA CUNHA DA ROCHA fº. de Brites da Rocha N 6 casou com D. Isabel ou Francisca Fagundes 8 Guiomar da Rocha c.c. Baltazar Fagundes Peixoto seu primo fº. de Baltazar Ledo Peixoto c.g. no ttº. de Vilarinhos § 23 N 8.

§ 16
N 4 LEONOR DE LEMOS E MENDONÇA filha de Gracia da Rocha N 3 do § 8 casou com Francisco Varaes Pereira 5 Diogo de Abreu Teixeira N 5 DIOGO DE ABREU TEIXEIRA fº. de Leonor de Lemos N 4 (foi casado a 1ª vez este Diogo com Catarina Lobato Pereira filha do L.do Gaspar Gonçalves Fagundes c.g. nos Fagundes § 7 N 3) casou e foi sua 2ª m.er D. Serafina de Abreu Bezerra filha de Francisco Dias Bezerra, e sua m.er D. Justa de Abreu do Vale, neta paterna de Gaspar Fernandes Soutelo e D. Ana Fernandes Bezerra natural de Viana, e neta materna de Francisco de Abreu do Vale e D. Apolónia de Ceia da Rocha filha de Jacome Fienes da Rocha e D. Constança de Ceia naturais da vila da Guarda em Galiza; o qual Jacome Fienes era filho de António Fienes natural de Flandres descendente da Casa de Fienes de S. Tomé de Flandres e morador na Vila da Guarda e sua m.er D. Gracia da Rocha no ttº. de Passos de Probem § 35 N 18 6 O Reverendo Luís de Abreu Vigário da vila de Punhe 6 Fr. Cipriano frade Bento 6 D. Luísa Pereira de Mendonça c.c. Luís de Ceia Marinho fº. de Mateus Lobo neste ttº. § 14 N 8 c.g. 6 D. Benta de Abreu de Ceia N 6 D. BENTA DE ABREU DE CEIA filha de Diogo de Abreu Teixeira N 5 casou em Vila Nova de Cerveira com Trocato Pita da Silva fº. de Leonardo de Araújo de Magalhães e sua m.er D. Inês Pita da Rocha filha de Baltazar da Rocha Pita e D. Paula Fajardo da Silva – Leonardo de Araújo de Magalhães era fº. de Domingos Araújo de Magalhães e D. Maria Ayala da freguesia de Oeiras junto a Lisboa, e Domingos de Araújo de Magalhães de S. João das Caldas junto a Guimarães 7 Diogo de Abreu Teixeira 7 D. Luísa 7 D. Caetana 7 D. Joana

§ 17
N 4 JOÃO DA ROCHA fº. de D. Afonso da Rocha N 3 do § 1 foi chamado o Cavaleiro e foi Comendatário de S. Salvador da Torre, e Paderne, e teve de D. Ana Lobo de Castro da cidade de Lisboa

5 João da Rocha 5 Valentim da Rocha segundo outros no § 11 N 4 5 Afonso da Rocha c.c. Catarina Afonso de Passos filha de Álvaro de Passos Figueiroa ttº. de Passos § 39 5 Gonçalo da Rocha c.c. D. Brites Pita filha de João Pita nos Pitas § 28 N 2 5 Afonso da Rocha c.c. Catarina de Antas 5 Fernando da Rocha segundo alguns que não sigo no § 12 retro N 5 N 5 JOÃO DA ROCHA fº. de João da Rocha o Cavaleiro N 4 casou em Caminha com D. Helena Gomes 6 Genebra Gomes da Rocha N 6 GENEBRA GOMES DA ROCHA filha de João da Rocha N 5 casou com Gracia Gil Briteiros natural de Caminha; estes mandaram fazer o Hospital de S. Margarida em suas Casas, e deixaram rendas para nele se hospedarem pobres peregrinos que ainda hoje se pagam à Santa Casa da Misericórdia 7 Briolanja Gracia da Rocha c.c. Vasco Afonso de Passos fº. de Gomes Aires de Probem, e Leonor Álvares nos Passos § 6 N 13 7 Diogo da Rocha 7 Gastão da Rocha § 18 7 Gracia da Rocha § 20 7 Maria da Rocha 7 Inês Dias da Rocha § 19 N 7 DIOGO DA ROCHA fº. de Genebra Gomes da Rocha N 6 casou com Isabel de Morais de Vila Real filha de António de Morais 8 António da Rocha Morais N 8 ANTÓNIO DA ROCHA MORAIS fº. de Diogo da Rocha N 7 foi Juíz das Cizas que teve em Caminha. Casou com Catarina de Azevedo de Macedo filha de Gonçalo de Azevedo natural de Caminha e sua m.er Brites de Macedo 9 Gonçalo da Rocha de Morais 9 Maria de Morais 1ª m.er de João Vaz de Antas fº. de Vasco Fernandes de Antas no ttº. de Antas § 18 N 9 s.g. N 9 GONÇALO DA ROCHA DE MORAIS fº. de António da Rocha de Morais N 8 foi Juíz das Cizas e Alfândega de Caminha. Casou com D. Branca Rodrigues de Sequeira, outros dizem D. Maria Araújo de Sousa 10 Fr. João da Rocha Provincial dos Ermitas de Santo Agostinho 10 Fr. Francisco Carmelita descalço 10 Ana da Rocha Morais 10 Juliana da Rocha de Morais c.c. António Felgueira do Vale c.g. nos Felgueiras § 39 N 3 10 Gonçalo da Rocha de Morais que sucedeu na Casa c.c. Isabel Lobato filha de Gracia Rodrigues Pita e António Pereira Lobato c.g. nos Pitas § 12 N 5 10 Catarina da Rocha de Morais c.c. Gonçalo Mendes de Antas filho de Francisco Mendes de Mesquita c.g. nos Passos § 20 N 17 N 10 ANA DA ROCHA DE MORAIS filha de Gonçalo da Rocha N 9 casou em Vila Nova de Cerveira com Sebastião Mendes de Carvalho (irmão de Gonçalo Mendes Cavº. da Ordem de Cristo e de Maria Mendes m.er de Sebastião de Amorim pais estes de Rita Amorim c.c. Diogo Passos Figueiroa no ttº. de Passos de Probem § 6 N 16), fº. parece de Mem Vaz de Carvalho e N ........................ Mendes 11 Francisco da Rocha Morais Abade de Campos 11 Ana da Rocha de Morais 11 Branca Mendes de Morais casada em Braga com João de Sousa Jacome e tiveram 12 Branca Mendes de Sousa s.g. N 11 ANA DA ROCHA DE MORAIS filha de Ana da Rocha N 10 casou com Fernando de Brito Pinto, de Braga fº. de Diogo de Brito e sua m.er Isabel Pinto de Araújo 12 Francisco de Brito, Sacerdote 12 António de Brito, morreu solteiro 12 Branca Mendes de Carvalho 12 Isabel Pinto, morreu solteira

N 12 BRANCA MENDES DE CARVALHO filha de Ana da Rocha N 11 c.c. Manuel de Carvalho Mendes fº. de Domingos Mendes de Carvalho havido em Domingas Fernandes 13 Mariana Mendes de carvalho 13 Francisca Mendes Pinto.

§ 18
N 7 GASTÃO DA ROCHA fº. de Genebra Gomes da Rocha, e seu marido Gracia Gil Briteiros N 6 do § 17 casou com Inês Dias 8 Violante Dias da Rocha casada com Gaspar Rodrigues Pita fº. de Álvaro Rodrigues Pita e sua m.er Gracia Afonso Maciel, nos Pitas § 7 N 4.

§ 19
N 7 INÊS DIAS DA ROCHA filha de Genebra Gomes da Rocha N 6 do § 16 casou com Afonso Martins da Ribeira (vai no § 7 retro) 8 Martim da Rocha que corre no § 7 N 3 deste ttº retro.

§ 20
FIENES

N 7 GRACIA DA ROCHA filha de Genebra Gomes da Rocha e seu marido Gracia Gil Briteiros N 6 do § 17 casou com António Fienes Flamengo Ilustre descendente da Casa de Fienes em S. Tomé de Flandres 8 Jacome Fienes da Rocha casado na Guarda 8 Apolónia da Rocha Fienes § 21 8 Gracia Fienes c.c. Belchior de Antas N 8 JACOME FIENES DA ROCHA fº. de Gracia da Rocha N 7 casou na Guarda com Constança de Ceia filha de Sebastião de Ceia 9 Apolónia Ceia da Rocha N 9 APOLÓNIA DE CEIA DA ROCHA filha de Jacome Fienes da Rocha N 8 do § 20 casou com Francisco Abreu do Vale fº. de João de Abreu do vale, e de Leonor Domingues no ttº. de Passos de Probem § 33 N 17.

§ 21
N 8 APÓLONA DA ROCHA FIENES filha de Gracia da Rocha e António Fienes N 7 do § 20 morou na Guarda Reino de Galiza. Casou com Gaspar de Azevedo de Macedo fº. de Gonçalo de Azevedo natural de Caminha, e Brites de Macedo natural da freguesia de Agrelo termo de Monção 9 Gonçalo de Azevedo da Rocha N 9 GONÇALO DE AZEVEDO DA ROCHA fº. de Apolónia da Rocha N 8 casou em Caminha com Isabel Lopes 10 Pedro da Rocha Fienes s.g. 10 Maria da Rocha Fienes N 10 MARIA DA ROCHA FIENES filha de Gonçalo de Azevedo da Rocha N 9 casou com António Gonçalves irmão do Abade de Arão Gaspar Gonçalves o qual Abade fez a Capela de Nossa Senhora da Graça, foi o dito António Gonçalves irmã também de Baltazar Gonçalves pai de Ana Rodrigues de Soto casada com António Pita Pedroso digo de João Pita do Vale ttº. de Felgueiras § 44 N 2 11 Bartolomeu da Rocha Fienes Sacerdote 11 Gracia da Rocha Fienes 11 Isabel da Rocha Fienes c.c. João Lopes Calheiros no ttº. de Passos § 30 N 16 11 Hipólita da Rocha Fienes § 22 N 11 GRACIA DA ROCHA FIENES filha de Maria da Rocha Fienes N 10 casou com António de Azevedo o Picorro o qual foi escrivão da Câmara e Almotacaria que lhe deu o Rei D. João IV pelos serviços que lhe fez no tempo da guerra, e foi Cap.am da Companhia de Seixas e Lanhelas fº. de António Martins de Azevedo Picorro que é alcunha e sua m.er Madalena Rodrigues irmã de António Gonçalves

Roda, e de Tomé Martins Velho, e filhos de Gaspar Afonso e sua m.er Gracia Afonso – António Martins de Azevedo era filho de Pedro Annes Pimarinho natural de Azevedo – Alfaate e sua m.er Madalena Rodrigues 63; e Pedro Annes Pimarinho era filho de Diogo da Rocha Fienes 12 Diogo da Rocha de Azevedo Bº. em 22 de Novembro de 1625 12 José da Rocha morreu novo 12 António de Azevedo, o mesmo N 12 DIOGO DA ROCHA DE AZEVEDO fº. de Gracia da Rocha Fienes N 11 (Cavaleiro da Ordem de Cristo) casou com Brites Barbosa Pita filha do L.do Frutuoso Pereira do Lago e sua m.er Maria Barbosa Pita no ttº. de Araújos § 473 N 29.

§ 22
N 11 HIPÓLITA DA ROCHA FIENES filha de Maria da Rocha Fienes § 21 N 10 casou com Francisco de Almeida Leitão criado do último Duque de Caminha fº. de Gaspar de Almeida Leitão, e sua m.er Isabel Silvestre Brandão naturais de Ribeira de Pena 12 Francisco de Almeida Leitão Bº. em 2 de Outubro de 1631 12 Anástacia da Rocha Fienes N 12 FRANCISCO DE ALMEIDA LEITÃO fº. de Hipólita da Rocha N 11 casou em Lisboa com Catarina Soares de Moura filha de Francisco Furtado de Mendonça, e sua m.er Ana de Moura Lobo; foi Francisco de Almeida Escrivão, e Tab.am e Monteiro Mor por morte de seu pai 13 Manuel de Almeida Leitão baptizado em Abril de 1650 13 Francisco de Almeida mora na cidade de Sevilha nasceu em 1654 N 13 MANUEL DE ALMEIDA LEITÃO fº. de Francisco de Almeida N 12 casou com Maria de Castro da Rocha filha de João Galvão boticário natural da cidade de Leiria, e sua 2ª m.er Águeda Brandão de Castro filha de Diogo Brandão Mogueimas de Ponte de Lima, e sua m.er Maria de Castro da Rocha natural de Caminha filha de Simão da Rocha Calheiros e sua m.er Brites Felgueiras de Carvalho natural de Vila Nova de Cerveira filha de Gregório de Castro e Maria Mendes ou Mécia; Diogo Brandão era filho de Mateus Soares Coelho e Guiomar de Oliveira Botelho no ttº. de Castos § 143 N 4 14 Francisco de Almeida Leitão 14 Vicente Brandão 14 Agostinho 14 Manuel, morreram novos N 14 FRANCISCO DE ALMEIDA LEITÃO fº. de Manuel de Almeida N 13 casou com D. Ana de Caldas de Araújo filha de António de Caldas de Araújo e D. Maria Palhares Pereira no ttº. de Araújos § 356 N 7 c.g.

§ 23
ROCHA PARIS

N 4 VIOLANTE AFONSO DA ROCHA filha de D. Afonso da Rocha N 3 do § 1 casou com João da Lagoa Ferreira Sr. de Feitoza no tempo do Arcebispo D. Diogo de Sousa 5 Brites da Rocha N 5 BRITES DA ROCHA filha de Violante Afonso da Rocha N 4 casou 1ª vez com Aires Gonçalves da Costa ver Costas § 167 Escrivão da Misericórdia em Viana no ano de 1539 6 Leonor da Costa c.g.s.m.n. Casou 2ª vez Brites da Rocha com João Afonso Homem 6 Violante da Rocha N 6 VIOLANTE DA ROCHA filha de Brites da Rocha N 5 (ver Barretos § 111) 7 O Cap.am Francisco da Rocha Paris Cavalão Cavº. Fidalgo.

Este António Martins o Picorro era filho de Pedro Annes Pimarinho natural de Azevedo Alfaate e sua m.er Madalena Rodrigues, tiveram 2 António de Azevedo c.c. Gracia da Rocha aqui N 11 2 Francisco de Azevedo solteiro mas teve B. de uma mulata chamada Maria Caramuja filha, dizem, de Jerónimo de Andrade Pereira, teve 3 B. Simão de Azevedo que casou com Maria da Cruz irmã do gaiteiro de Viravelho c.g.

63

§ 24
N 6 O DR. ANTÓNIO DA ROCHA fº. de Felipa da Rocha N 5 do § 1 casou com Joana Figueira filha de Fernão Figueira Dezembargador em Braga e sua m.er Leonor Tomé Ronquilho 7 D. Pedro da Rocha Figueira Deão em Braga 7 Belchior Figueira de Novais 7 Isabel da Rocha m.er de Jerónimo Pires Peixoto fº. de Francisco Pires, e sua m.er Maria Peixoto c.g. N 7 BELCHIOR FIGUEIRA DE NOVAIS fº. do Dr. António da Rocha N 6 foi Comendador de Cosourado na Ordem de Cristo casou em Lisboa com D. Margarida Sotomaior filha do Dr. Sebastião Antunes Sotomaior Dezembargador da Sup.am, e sua m.er D. Maria de Mariz 8 Diogo Felgueira Carneiro 8 D. Mariana m.er de seu tio António de Mariz Carneiro 8 D. Joana m.er de Valentim Soares de Lima em Ceuta N 8 DIOGO FIGUEIRA CARNEIRO fº. de Belchior Figueira N 7 casou em Coura com D. Inês de Lima filha de Diogo Soares Tangil e sua 1ª m.er Maria de Lima e Melo 9 Belchior da Rocha Sotomaior Carneiro.

SAMPAIOS §1 N 1 Procedem os de S. Payo dos Antigos Reis de Leão e Astúrias e o 1º que se nomeia foi Osório Guterres; várias opiniões há sobre a origem desta família porém todos assentam ser a sua origem Ilustríssima e antiga em Espanha; o Conde D. Pedro no fl. 301 Vera plana 93 fl. 631 a principia no dito Osório Guterres que dizem ser fº. de D. Osório, teve 2 D. Rodrigo Vila Osório N 2 D. RODRIGO VILA OSÓRIO fº. de Osório Guterres N 1 casou com D. Marinha Forjaz 3 D. Rodrigo Vila Osório N 3 D. RODRIGO VILA OSÓRIO fº. de D. Rodrigo Vila N 2 foi Sr. de Trastamara Ribeira e Carabeira foi Cônsul em Leão casou com D. Rufa Moniz – Vera Plana 301 fl. 652 4 D. Álvaro Nunes Osório N 4 D. ÁLVARO NUNES OSÓRIO fº. de D. Rodrigo Vila N 3 foi Conde de Trastamara, Lemos e Soria e o 1º que fez o Rei D. Afonso 12 com a cerimónia das sopas no ano de 1328, foi seu Mordomo Mor Adiantado e Portegueiro das terras de S. Tiago não se diz se casou só que teve (Lavanha Let. C. plan, 106 fl. 444-445) 5 D. Pedro Álvares Osório N 5 D. PEDRO ÁLVARES OSÓRIO fº. de D. Álvaro Nunes N 4 foi Conde de Trastamara Sr. da Casa de Vila Lobos em Galiza foi o 1º Marquês de Trastamara casou com D. Brites de Castro filha de D. Fernando Rodrigues de Castro Sr. de Monforte e Lemos 6 Vasco Pires Osório N 6 VASCO PIRES OSÓRIO fº. de D. Pedro Álvares Osório N 5, pela morte que deu a um Fidalgo em Galiza se passou a Portugal e fez seu assento na terra de Moncorvo num lugar chamado Sampaio e deixando o apelido de seus ascendentes se principiou a apelidar Sampaio que passou a seus descendentes. Foi Fidalgo muito conhecido no tempo dos Reis D. Fernando e D. João I de quem logrou o título de Vassalo e pelas muitas mercês que lhe fizeram se vê o quanto eles o estimavam e a sua grande qualidade; El Rei D. Fernando lhe fez mercê da Alcaidaria Mor da Torre de Moncorvo e foi Sr. de muitas vilas seguiu o Rei D. João I a quem fez grandes serviços contra Castela com seus amigos, parentes, criados ganhando muitos lugares na Província de Trás-os-Montes aos Castelhanos que venceu em Batalha Campal no lugar de Vale de Vioza meia légua de Anciaens sendo seu Cap.am Geral João Rodrigues Porto Carreiro; foi Sr. de Vila Flor, Chacim, Torre de D. Chama, Anciaens, Vilarinho, Castanheira, concelho de Linhares, Vilas Boas, Parada, Frures, Moz e Sampaio que se conservaram em seus descendentes por mercê do Rei D. João II; teve este Fidalgo diferença com seus Vassalos da vila de Moz 40 Escudeiros matou e outros homens de pé, crime que lhe perdoou o Rei D. João II assim pela razão que teve para aquele excesso como pela necessidade que tinha da sua pessoa dividiu este Fidalgo a Casa entre seus filhos; casou com D. Maria Pereira filha de D. Álvaro Pereira 2º Mariscal de Portugal no ttº. de Pereiras § 18 N 17 outros dizem casara com D. Domingas Pais; e neste damos princípio a esta família e pomos no § 1 N 1 por dele não haver tanta dúvida na descendência; outros dão a este Vasco Pires de Sampaio esta ascendência que dizem ser tirada da Torre do Tombo em 1746 2ª. Ascendência de Sampaios tiradas da Torre do Tombo em 1746 N 1 O CONDE D. ERMEGILDO descendente de Egica Rui Godo casou com ............................ irmão d S. Payo Mártir que foi em Córdova a 26 de Junho de 926 natural de Coimbra e foi seu descendente 2 Martim de Sampaio N 2 MARTIM DE SAMPAIO fº. de ......................................... e descendente de D. Ermegildo N 1 foi Sr. de Sampaio no tempo do Rei D. Diniz casou ....................................................... 3 Gomes Lourenço de Sampaio

N 3 GOMES LOURENÇO DE SAMPAIO fº. de Martim de Sampaio N 2 foi Sr. do Lugar de Sampaio casou com ................................................................... 4 Paio Gomes de Sampaio N 4 PAIO GOMES DE SAMPAIO fº. de Gomes Lourenço de Sampaio N 3 foi Sr. do Lugar de Sampaio 5 Domingas Pais de Sampaio N 5 DOMINGAS PAIS DE SAMPAIO filha de Paio Gomes N 4 casou com Pedro de Sotomaior morador na Vila de Provezende e Sr. do Lugar de Fiolhal e da Barca do Tua e outros lugares 6 Vasco Pires de Sampaio que é o que fica na primeira ascendência desta família acima N 6 como fº. de D. Pedro Álvares Osório e é o que corre no § 1 N 1 adiante em que principiamos esta Família. §1 N 1 VASCO PIRES DE SAMPAIO fº. de D. Domingas Pais de Sampaio e seu marido Pedro Sotomaior no princípio deste ttº N 5 foi Sr. da Honra de Sampaio, Vila Flor, Chasim, Anciaens Vilarinho etc., etc., como deixamos dito no princípio deste ttº. de que fez dois vínculos um para o filho primeiro e outro para o segundo com o Senhorio das Vilas de Anciaens, Vilarinho Castanheiro cuja varonia acabou deixando só descendência por fémeas casou com D. Isabel de Gouveia filha de Vasco Fernandes de Gouveia, Sr. de Gouveia, Castelo Bom, etc. no ttº. de Gouveias § 2 N 7 outros dizem casara com D. Maria Pereira filha de D. Álvaro Pereira 2º Mariscal deste Reino no ttº. de Pereiras § 2 N 13 da 1ª m.er teve 2 Fernão Vaz de Sampaio 2 Lopo Vaz de Sampaio § 3 2 D. Maria Vasques de Sampaio se lhe dá no ttº. de Borges casada com Diogo Gonçalves Borges filho de Gonçalo Borges no ttº. de Borges § 19 Dão-lhe da 2ª m.er 2 D. Mécia Vaz de Sampaio c.c. Martins Fernandes de Freitas Anadel Mor de Besteiros fº. de Nuno Fernandes de Freitas c.g. no ttº. de Freitas § 26 N 9 2 Genebra Pereira m.er de Aires Ferreira Alcaide Mor de Trancoso irmão de Gomes Ferreira Porteiro Mor ttº. de Ferreiras § 1 N 10 c.g. N 2 FERNÃO VAZ DE SAMPAIO fº. de Vasco Pires de Sampaio N 1 foi Fidalgo da Casa Real Sr. de Vila Flor, Chasim e Moz e outras terras casou duas vezes a 1ª com D. Senhorinha Pereira (Corografia Portuguesa Tomo 1º cap. 22 fl. 470) 3 Vasco Fernandes de Sampaio 3 Luís Vaz de Sampaio c.c. Senhorinha Pereira filha B. de D. Henrique Pereira c.g. no ttº. de Pereiras § 48 N 14 cuja filiação diz o A destas memórias consta por documentos autênticos da casa de Vila Flor Casou 2ª vez com D. Joana de Alvim filha de Pedro de Sousa Alcaide Mor de Bragança, s.g. N 3 VASCO FERNANDES DE SAMPAIO fº. de Fernão Vaz de Sampaio N 2 foi Sr. de Vila Flor e mais casa de seu pai, Alcaide Mor de Torre de Moncorvo casou com D. Mécia de Melo filha de Vasco Martins de Melo Alcaide Mor de Évora e Castelo de Vide e sua 1ª m.er D. Isabel de Azevedo no ttº. de Melos § 8 N 10 4 Fernão Vaz de Sampaio 4 Francisco de Sampaio c.c. Felipa da Silva s.g. 4 D. João de Melo § 2 4 D. Brites da Silva Pereira m.er de D. Jorge de Eça Alcaide Mor de Muge ....................... § 14 4 D. Felipa de Melo m.er de D. João de Mendonça Cação c.g. 4 D. Joana de Melo m.er de Duarte Peixoto de Azevedo c.g. 4 B. Diogo de Sampaio § 11 N 4 FERNÃO VAZ DE SAMPAIO fº. de Vasco Fernandes de Sampaio N 3 foi 4º Sr. de Vila Flor e mais casa de seu pai. Casou com D. Leonor de Tavora filha de Pedro Lourenço de Tavora Sr. de Mogadouro e sua m.er D. Isabel ou Inês de Sousa no ttº. de Tavoras § 1 N 14 e este Fernão Vaz de Sampaio confirmou as terras o Rei D. Manuel em 1528 5 Manuel de Sampaio casado s.g. 5 António de Melo 5 D. Mécia de Tavora m.er de António da Silva Alcaide Mor de Alpalhão c.g. no ttº. de Silvas § 27 N 11

5 D. Inês de Tavora c.c. Pedro Beticel Fidalgo honrado de Lombardia teve 6 D. Arcangela de Tavora 1ª m.er de Luís da Cunha Sr. de Assentar 5 D. Beatriz de Tavora Donzela da Imperatriz m.er do Imperador Carlos 5 N 5 ANTÓNIO DE MELO SAMPAIO fº. de Fernão Vaz de Sampaio N 4 foi Sr. da Casa de seu pai por morte de seu irmão foi 6º Sr. de Vila Flor Comendador da Ordem de Cristo na Comenda do Rio Torto casou com D. Maria de Noronha filha de D. Bernardim de Almeida e sua m.er D. Guiomar Freire 6 Fernão Vaz s.g. 6 Cristóvão de Melo s.g. 6 Francisco de Melo 6 Manuel de Melo 6 D. Leonor ou D. Maria de Noronha casada a 1ª vez com D. Diogo Osório s.g. e 2ª vez com D. Alonso de Borja fº. do Duque de Gandia N 6 ANTÓNIO DE MELO DE SAMPAIO fº. de António de Melo N 5 sucedeu por morte de seus irmãos na Casa e foi 7º Sr. de Vila Flor. Casou 1ª vez com D. Antónia da Silva Donzela da Rainha D. Catarina filha de Febos Moniz de Luzinhano e D. Felipa Coutinho filha de André Gonçalves Riba Fria e sua m.er D. Luísa de Albuquerque no ttº. de Febos Moniz § 2 N 5 7 Manuel de Sampaio 7 D. Maria da Silva 7 Febos Moniz de Sampaio Comendador da Ordem de Cristo teve B. 8 Jerónimo Moniz Clérigo s.m.n. Casou 2ª vez Francisco de Sampaio com D. Felipa de Meneses viúva de António de Moura filha de D. Francisco de Sousa da Silva Cap.am da Guarda e sua m.er D. Luísa de Sousa 7 Manuel de Sampaio morreu em Alcácer casou com D. ................. filha de Fernão de Mendonça N 7 MANUEL DE SAMPAIO fº. de Francisco de Melo Sampaio N 6 foi 8º Sr. de Vila Flor e das mais Vilas do seu Estado, Comendador da Ordem de Cristo casou com D. Felipa de Castro filha de Cristóvão Juzarte no ttº. de Juzartes § 3 N 8 e sua m.er Joana de Castro (outros dizem casara Manuel de Sampaio com D. Maria Rosa de Portugal filha de D. Luís de Almeida 1º Conde de Avintes e a Condessa D. Isabel de Castro c.g.) 8 Francisco de Sampaio e outros 8 António de Sampaio que se perdeu na Costa de França na Armada com D. Manuel de Meneses N 8 FRANCISCO DE SAMPAIO fº. de Manuel de Sampaio N 7 foi 9º Sr. de Vila Flor e das mais Vilas de seu Estado, Fronteiro em Trás-os-Montes e Governador das Armas da mesma Província casou com D. Luísa ou Leonor Moniz filha de Febo Moniz e por ela herdou a Capela de Nossa Senhora da Piedade do Convento do Carmo de Lisboa e o Morgado a ela anexo e sua m.er D. Felipa Coutinho no ttº. de Febos Monizes § 2 N 7 9 Manuel de Sampaio Melo e Castro N 9 MANUEL DE SAMPAIO MELO E CASTRO fº. de Francisco de Sampaio N 8 foi Sr. de Vila Flor e das mais Vilas de seu Estado casou 2ª vez com D. Joana Luísa de Tavora filha de João de Saldanha e Sousa Sr. do Morgado de Oliveira e sua m.er D. Inês Antónia de Tavora no ttº. de Saldanhas § 3 N 22 10 Francisco de Sampaio Melo e Castro N 10 FRANCISCO DE SAMPAIO MELO E CASTRO fº. de Manuel Sampaio N 9 do § 1 (veja-se a Memória dos Grandes de Portugal 2ª impressão pag. 337) é undécimo Sr. de Vila Flor e das mais Vilas de seu Estado casou com D. Jerónima de Borbon filha de Antónia de Almeida 2º Conde de Avintes e sua m.er D. Maria Antónia de Bourbon no ttº. de Almeidas § 4 N 16 11 Manuel António de Sampaio Luzignano N 11 MANUEL ANTÓNIO DE SAMPAIO fº. de Francisco José de Sampaio N 10 foi 12º Sr. de Vila Flor e mais Casa de seu pai casou a 8 de Junho de 1713 com D. Vitória de Borbon filha dos 3ºs. Condes de Avintes no ttº. de Almeidas § 4 N 17 12 Francisco José de Sampaio nasceu em 1714 faleceu em 1726 12 D. Joana Antónia de Sampaio e Lima nasceu a 31 de Maio de 1716 casou com António de Sousa e Macedo 3º Barão da Ilha Grande de Joane sita na boca do Rio Amazonas de que El Rei D. Afonso VI tinha feito mercê a seu avô Barão de Juro e Herdade fora da Lei mental por sessão do que lhe El Rei D. José mercê de Senhorio de Vila de Mesquitela pag. 337 e 338 ttº. de Macedos § 8 N 18 c.g. (ver ttº. de Juzartes 2ª parte § 8 N 3)

12 Luís António de Sampaio 12 D. Jerónima de Sampaio, morreu nova 12 António de Sampaio nasceu em 1720 12 D. Maria Isabel de Sampaio e Lima nasceu em 1721 12 João de Sampaio que teve B. vai § 17 13 D. Maria da Piedade de Sampaio casada com João Tomás Peixoto da Silva Sr. da Casa da Calçada c.g. N 12 ANTÓNIO DE SAMPAIO fº. de Manuel de Sampaio N 11 foi 13º Sr. de Vila Flor por mercê do Rei D. José, 1º Conde de Sampaio casou com D. Teresa Xavier Daun filha do Conde de Oeiras e Marquês de Pombal Sebastião José de Carvalho e Melo ttº. de Carvalhos § 72 N 13 13 Manuel António de Sampaio 13 Sebastião José de Sampaio 13 Francisco José de Sampaio 13 D. Joana Xavier de Sampaio 13 António de Sampaio N 13 MANUEL DE SAMPAIO E MELO fº. de António de Sampaio N 12 casou com D. Maria de Mendonça H. sua prima filha de João de Sampaio e Melo Porteiro Mor e D. Violante de Mendonça H. 14 D. Violante de Sampaio N 14 D. VIOLANTE DE SAMPAIO filha H. de Manuel de Sampaio N 13 casou com seu tio António de Sampaio (foi Conde de Sampaio) fº. de António de Sampaio e Melo e D. Teresa Daun 15 Manuel Maria de Sampaio Melo Castro Torres Lusignano H.

§2
MELOS SAMPAIOS DE POMBEIRO

N 4 D. JOÃO DE MELO fº. de Vasco Fernandes de Sampaio N 3 do § 1 (ver Beneditin. Lusitana Tomo 2 pag. 73 Cap. 10) foi Comendatário de Pombeiro no tempo do Rei D. Manuel pelos anos de 1508 e 1525 teve de Guiomar Borges, filha de Jorge Vieira e D. Catarina Borges pessoas nobres, a maior parte dos filhos abaixo outros dizem fora casado antes de ser Comendatário em Salamanca onde tinha ido estudar com D. Maria Maldonado Fidalga Castelhana filha de João Maldonado cujo casamento negam outros porém o mais seguido é que teve desta sua m.er a maior parte dos filhos abaixo e como a mulher que se lhe dá é antes de ser Comendador parece cessa a dúvida de ser casado. (Num título de Melos que vi feito por António Peixoto de Amarante se dizia que D. João de Melo fora casado com D. Maria Maldonado como dizemos no texto e depois de viúvo Comendador e dela tivera os filhos seguintes 5 Diogo 5 Tomás 5 Luís de Melo que segue N 5 5 Tristão 5 Gaspar e os mais se reputavam B.B.) 5 Diogo de Melo Sampaio na Índia 5 Tomás, o mesmo 5 Tomás de Melo s.g. 5 Tristão de Melo § 7 5 Luís de Melo segue 5 António de Melo § 9 5 Jorge de Melo c.c. D. Isabel Macedo s.g. 5 D. Felipa 1ª m.er de Francisco de Magalhães Barreto s.g. 5 Gaspar de Melo Sampaio § 15 – s.g. diz outro 5 Cristóvão de Melo § 16 – s.g. diz outros (este Cristóvão de Melo casou com D. Joana da Fonseca irmã de Maria da Fonseca manceba de seu irmão D. António de Melo 6 D. Felipa m.er de Jerónimo de Albuquerque no Brasil no ttº. de Melos § 97 N 14 c.g. 6 D. Maria de Melo m.er de Manuel de Albuquerque fº. B. de seu cunhado Jerónimo de Albuquerque 6 D. Catarina de Melo 6 D. Isabel de Melo) 5 Francisco de Melo foi Comendador da Pena havido por fº. legítimo de seu pai vai no § 16

N 5 LUÍS DE MELO SAMPAIO fº. de D. João de Melo N 4 foi Moço Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa do Paço dos Melos de Pombeiro no tempo do Rei D. João III casou com D. Ana Borges Pacheco filha B. de Diogo Borges Pacheco Abade do Geraz e da Facha e Secretário do Arcebispo D. Diogo de Sousa Fidalgo Capelão da Casa Real e D. Leonor Pereira do Lago sua amiga (aliás D. Leonor Pereira do Lago filha de Paio Gomes do Lago e D. Leonor de Barredo e neta de João Gomes do Lago ver ttº. de Araújos § 177 na margem) filha legítima de João Gomes do Lago Sr. da Honra do Lago e sua m.er Germineza Pereira no ttº. de Araújos § 177 N 20 6 Felipe de Melo Sampaio 6 António Borges § 10 N 6 FELIPE DE MELO SAMPAIO fº. de Luís de Melo N 5 foi Fidalgo da Casa Real Sr. do Paço de Pombeiro; consta a sua filiação do Tombo da Misericórdia de Barcelos reconhecendo um prazo de que sua m.er D. Isabel de Castro era 3ª vida e tinha sido 1ª vida Catarina Gonçalves filha de Gonçalo Durains a fl. 408 e 409; nós não lhe achamos esta m.er só que casara com D. Mécia Pereira filha de Fernão Pereira Soares Fidalgo da Casa Real e sua m.er Isabel Barbosa filha esta de Diogo Dias Rodrigues e sua m.er Brites Barbosa filha esta de Álvaro Barbosa instituidor do Morgado de Aborim no ttº. de Barbosas § 1 N 21 § 56 N 22 7 João de Melo Pereira 7 Fernão Pereira de Melo foi para a Índia 7 Luís de Melo casou em Barcelos s.n. 7 D. Luísa de Melo m.er de Francisco de Sousa da Lage s.g. 7 D. Maria de Melo m.er de Jerónimo de Sousa s.g. 7 D. Brites de Melo m.er de Bento da Rocha de Viana s.g. 7 D. Ana freira em Vale de Pereiras N 7 JOÃO DE MELO PEREIRA fº. de Felipe de Melo N 6 foi Fidalgo da Casa Real Sr. do Paço de Pombeiro e da quinta de Sebedão em Ponte de Lima que era de sua mãe casou com D. Antónia da Fonseca de Brito filha de João da Fonseca de Brito natural de Lisboa, Abade de Rende e legitimada o qual era Fidalgo da Casa Real e fº. de Pedro da Fonseca de Brito Cavº. Fidalgo da Casa Real e sua m.er D. Maria Álvares; recebeu-se João de Melo em 1606 8 Felipe de Melo Sampaio 8 João de Melo 8 Luís de Melo § 8 8 António de Melo teve B. sendo beneficiado s.m.n. 8 D. Ana, freira no Vale de Pereiras 8 D. Mécia, o mesmo 8 D. Maria, morreu moça N 8 FELIPE DE MELO DE SAMPAIO fº. de João de Melo N 7 foi Sr. do Morgado em Pombeiro e Sebedão e Fidalgo da Casa Real. Casou com D. Catarina de Alvim Pinto de Melo filha de Pedro de Melo de Alvim Fidalgo da Casa Real Sr. da Casa da Carreira em Viana e sua m.er e prima D. Catarina de Melo no ttº. de Melos § 43 N 16 9 Paulo de Melo Sampaio 9 D. Maria de Melo casada em Viana com Martim da Rocha de Almeida fº. de Diogo Rodrigues de Almeida e sua m.er D. Leonor da Rocha Jacome c.g. no ttº. de Vilarinhos § 20 N 8 N 9 PAULO DE MELO SAMPAIO fº. de Felipe de Melo N 8 foi Sr. de toda a Casa de seu pai Fidalgo da Casa Real por alvará de 20 de Fevereiro de 1654, casou com D. Francisca de Almeida filha de Diogo Rodrigues de Almeida Cap.am de Infantaria na Província do Minho e sua m.er D. Leonor da Rocha Jacome. Receberam-se a 21 de Outubro de 1655 ttº. de Vilarinhos § 20 N 7 10 João de Melo Pereira casado no ttº. de Costas § 10 N 9 com D. Ana Maria de Sousa e Castro filha de Gaspar de Goes e Castro e D. Ventura da Costa 10 D. Antónia Pereira de Melo casada com António de Abreu Lima c.g. no ttº. de Abreus § 28 N 10 10 D. Leonor de Melo m.er de João Gomes de Abreu s.g. 10 D. Catarina de Melo m.er de António Ferreira da Maia Fidalgo da Casa Real c.g. no ttº. de Machados § 1 N 24 10 D. Josefa de Melo m.er de José de Freitas do Amaral Fidalgo da Casa Real c.g. no ttº. de Machados § 15 N 25 fº. de Dionísio de Freitas

10 D. Arcangela Micaela de Melo m.er de Fernando de Magalhães e Meneses Sr. da Casa de Alvelos c.g. no ttº. de Magalhães § 34 N 13 10 D. Francisca Luísa de Melo casada em Coimbra com Belchior Carneiro Sotomaior Sr. do Morgado de Albergues em Coimbra c.g. no ttº. de Coelhos § 37 N 27 ver Tomo 2 de Costados § 58 e Tomo 4 fl. 166

§3
N 2 LOPO VAZ DE SAMPAIO fº. de Vasco Pires de Sampaio N 1 do § 1 foi Sr. de Anciaens, Vilarinho e outras terras que lhe deu seu pai por consentimento do Rei D. João I casou com D. Inês Dias ou Rodrigues Pereira viúva de Rodrigo Annes de Araújo e filha de Rui Vaz Pereira ou como vi noutro D. Inês Dias do Rego filha de Nuno Viegas do Rego o Moço no ttº. de Regos § 1 N 5 (veja a 4 Decada de Couto) 3 Rui Lopes de Sampaio § 4 3 Pedro Lopes de Sampaio 3 D. Isabel Pereira m.er de João Pereira Comendador do Torrão 3 João Martins de Sampaio 3 D. Genebra Pereira de Sampaio c.c. Aires Ferreira fº. de Gomes Ferreira c.g. no ttº. de Ferreiras § 1 N 10 3 Gaspar de Sampaio c.c. D. Antónia Henriques filha de Henrique Henriques de Miranda s.g. N 3 PEDRO LOPES DE SAMPAIO fº. de Lopo Vaz de Sampaio N 2 foi Fidalgo da Casa Real (s Sr. do Paço e Quinta de Arnal) e teve amizade ilícita com Margarida Lourenço que dizem ser m.er Fidalga 4 B. Rui Pereira de Sampaio 4 B. Heitor de Sampaio § 12 4 B. D. Isabel Pereira § 13 (Este Pedro Lopes de Sampaio foi casado com D. Maria Pereira filha de Henrique de Sousa de que teve 4 D. Maria Pereira casada com Nuno Álvares Pereira Pinto fº. de Gonçalo Vaz Pinto Sr. de Ferreiros de Tendaes mas isto é erro ver o § 4 adiante) Outros dizem ser casado Pedro Lopes a 1ª vez com D. Antónia de Sousa s.g. e a 2ª vez com D. Maria Pereira de que teve 4 D. Isabel Pereira m.er de Vasco Saraiva c.g. no ttº. de Coutinhos § 98 N 9 que nos parece duvidoso N 4 RUI PEREIRA DE SAMPAIO fº. B. de Pedro Lopes de Sampaio N 3 casou com D. Isabel Nogueira filha de Gonçalo Vaz 5 Pedro Lopes de Sampaio casado em Santarém 5 D. Genebra Pereira m.er de Afonso Botelho Alcaide Mor de Vila Real c.g. no ttº. de Botelhos § 11 N 11 5 Vasco Pereira, segue N 5 VASCO PEREIRA fº. de Rui Pereira de Sampaio N 4 casou com D. Joana de Azevedo filha de Diogo de Azevedo de Saboroza 6 António de Sampaio que se perdeu com Manuel de Sousa Sepulveda 6 D. Isabel m.er de António Mendes de Vasconcelos fº. de António Mendes Cónego de Lamego e teve 7 Custódio Mendes 7 Mateus Pereira casado na Índia 6 D. Catarina de Sampaio casada com João de Miranda 6 D. Joana de Azevedo 2ª m.er de Diogo de Mesquita no ttº. de Mesquitas § 1 N 3

§4
N 3 RUI LOPES DE SAMPAIO fº. de Lopo Vaz de Sampaio N 2 do § 3 foi Sr. de Anciaens e Vilarinho e mais terras de seu pai casou com D. Constança Pereira de Melo filha de António de Melo Pereira no ttº. ................................ 4 Diogo de Sampaio 4 Rui de Sampaio 4 Afonso de Sampaio § 5 4 D. Isabel Pereira m.er de Nuno Álvares Pereira c.g. nos Pintos § 6 N 8

N 4 DIOGO DE SAMPAIO fº. de Rui Lopes de Sampaio N 3 foi Sr. dos Senhorios de seu pai casou com D. Briolanja de Melo filha de João de Melo Alcaide Mor de Serpa 5 Rui Dias de Sampaio Sr. da Casa de seus pais c.c. D. Felipa Pinheiro filha de Álvaro Pires Pinheiro Sr. do Morgado de Pouve c.g. no ttº. de Pinheiros § 114 N 24 5 Lopo Vaz de Sampaio 5 Manuel de Sampaio edropico s.g. 5 D. Isabel de Sousa m.er de Pedro de Magalhães fº. de Fernão de Magalhães s.g. no ttº. de Magalhães § 20 N 7 N 5 LOPO VAZ DE SAMPAIO fº. de Diogo de Sampaio N 4 foi Cap.am em África e na Índia casou com D. Mécia ou Guiomar de Eça viúva de António da Silveira Cap.am de Diu e filha de D. João de Eça Alcaide Mor de Vila Vilosa ou filha de D. Gracia de Eça Alcaide Mor de Muge 6 Diogo de Sampaio morreu novo 6 Gaspar de Sampaio casado com D. Antónia Henriques filha de Henrique Henriques de Miranda Comendador de Alcaçovas, s.g. 6 D. Mécia 1ª m.er de António da Silveira de Meneses fº. de Nuno Fernandes da Silveira Sr. de Goes c.g. no ttº. de ................................

§5
N 4 AFONSO RODRIGUES DE SAMPAIO fº. de Rui Lopes de Sampaio N 3 do § 4 viveu com o Infante D. Fernando pai do Rei D. Manuel, casou com Catarina Lourenço de Gouveia 5 Lopo de Sampaio s.g. 5 D. Isabel de Sampaio N 5 D. ISABEL DE SAMPAIO filha de Afonso Rodrigues N 4 casou com João de Moura Gavião sobrinho do Bispo da Guarda D. Pedro Gavião Capelão Mor do Rei D. Manuel Prior de S. Cruz de Coimbra 6 Manuel de Moura Sampaio 6 D. Catarina de Sampaio no § 6 6 Lopo Vaz de Sampaio s.g.

N 6 MANUEL DE MOURA SAMPAIO fº. de D. Isabel Sampaio N 5 casou com D. Brites Gomes Teixeira filha de Pedro Gomes Teixeira .................................. foi Manuel de Moura Embaixador em França e Capam de Azamor 7 Manuel de Moura Escrivão da Puridade.

§6
N 6 D. CATARINA DE SAMPAIO filha de D. Isabel de Sampaio § 5 N 5. Casou com João de Valadares Sotomaior Alcaide Mor de Castelo Branco fº. de Aires Gomes Sotomaior Alcaide Mor de Castelo Branco 7 João de Valadares Sotomaior 7 Manuel de Moura Sampaio na Índia 7 Nuno Viegas o Moço de Rendufe e teve 8 Pedro Lopes de Sampaio 8 Rui Lopes de Sampaio 8 João Rodrigues Sampaio

§7
N 5 TRISTÃO DE MELO fº. de D. João de Melo Comendatário de Pombeiro N 4 do § 2 casou com D. Maria de Azevedo filha de João Coelho de Felgueiras 6 João de Melo morreu na Índia s.g. 6 Francisco de Melo 6 António de Melo 6 Rui de Melo 6 D. Isabel de Melo s.g. 6 D. Luísa, freira 6 Manuel Sampaio s.g.

6 D. Margarida, freira 6 D. Joana, morreu menina.

§8
N 8 LUÍS DE MELO fº. de João de Melo N 7 do § 2 teve de sua amiga Ana Ribeiro 9 Fernando de Melo Clérigo 9 O Cap.am António de Melo 9 Felipe de Melo casou c.g. Teve de outra mulher 9 Felipe de Melo.

§9
N 5 D. ANTÓNIO DE MELO fº. de D. João de Melo N 4 do § 2 foi também Comendatário de Pombeiro como seu pai teve de sua amiga Maria da Fonseca natural de Pombeiro filha de João da Fonseca 6 Luís de Melo de Sampaio 6 Martim Afonso de Melo casou na Índia com D. Violante filha de Simão da Costa e teve 7 D. Branca m.er de Francisco Ozelo 7 D. Maria m.er de Francisco Mascarenhas 6 D. Maria de Melo m.er de Gonçalo Coelho Sr. de Felgueiras c.g. no ttº. de Coelhos § 2 N 21 6 D. Joana de Melo m.er de Martim Teixeira de Azevedo Sr. de Sergude 6 D. Branca de Melo 6 D. Luísa de Melo 6 Gaspar de Melo 6 Duarte de Melo casou na Índia c. ............................................. fº. de António Dias Gantafe.

§ 10
N 6 ANTÓNIO BORGES fº. de Luís de Melo N 5 do § 2 casou com D. Felipa de Magalhães Teixeira filha de António de Magalhães e sua m.er D. Genebra Teixeira moradores na sua quinta de Porta na freguesia de S. Miguel de Louzada, era António Borges Fidalgo da Casa Real e Sr. da quinta do Paço e de um grande Prazo de nomeação que tudo lhe deu D. António de Melo do § 9 retro de quem alguns dizem fora fº. o dito António Borges no ttº. de Magalhães § 34 7 Francisco de Magalhães 7 Gaspar de Magalhães, Clérigo 7 D. Antónia de Magalhães s.g. N 7 FRANCISCO DE MAGALHÃES fº. de António Borges N 6, casou com D. Ana de Sousa filha H. de Ambrósio Vieira e sua m.er D. Ana de Sousa 8 Fr. António da Madre de Deus, Domenico 8 Nicolau de Magalhães e Meneses 8 D. Catarina de Magalhães e Meneses casada em Lisboa com Salvador Coelho de Andrade Fidalgo da Casa Real, teve 9 Francisco de Magalhães 9 Brás Coelho de Magalhães N 8 NICOLAU DE MAGALHÃES fº. de Francisco de Magalhães N 7 casou em Lisboa com D. Damásia Chama do Amaral filha H. 9 Nicolau de Magalhães s.m.n.

§ 11
N 4 DIOGO DE SAMPAIO fº. B. de Vasco Fernandes Sampaio N 3 do § 1 foi Contador de Trás-osMontes, casou com D. Inês de Mesquita Pimentel filha de Martim Gonçalves Pimentel e sua m.er D. Inês de Mesquita no ttº. de Mesquitas § 1 N 1 5 António de Sampaio

5 D. Violante Pereira m.er de Diogo de Magalhães filha de Gil de Magalhães ou Fernão de Magalhães no ttº. de Magalhães § 9 N 8 Casou 2ª vez Diogo de Sampaio com D. Genebra Pereira bem que todos os filhos se dizem ser da 1ª m.er 5 João de Sampaio casou em Coimbra com .................. filha de Gonçalo Velho 5 D. Genebra Pereira m.er de Jorge Barreto de Magalhães fº. de Gil de Magalhães no ttº. de Magalhães § 10 N 8 N 5 ANTÓNIO DE SAMPAIO fº. de Diogo de Sampaio N 4 foi Sr. de Ranhados e outras terras que vendeu ao Marquês de Vila Real casou com D. Mécia de melo filha de Martim Afonso de Melo e sua m.er D. Brites de Sousa no ttº. de Melos § 1 N 10 6 Diogo de Sampaio 6 Miguel de Sampaio casado em Lisboa com D. Luísa Cardoso, teve 7 António de Sampaio casado na Índia 7 Gaspar de Sousa casado em Bacaim 7 Fr. Miguel frade Graciano 6 António de Melo c.c. D. Isabel Brandão que ele matou, bisneta de Fernão Brandão c.g. 6 D. Inês Sampaio m.er de Fernão Brandão fº. de Jorge Brandão ttº. de Brandões § 22 N 3 6 D. .............................. Sampaio casada em Lisboa teve 7 D. Isabel de Melo m.er de João de Ornelas N 6 DIOGO DE SAMPAIO fº. de António de Sampaio N 5 casou em Gouveia onde viveu com Guiomar Cerqueira 7 Germão de Sousa Sampaio N 7 GERMÃO SOUSA SAMPAIO fº. de Diogo Sampaio N 6 do § 11. Por fazer um crime passou ao Reino de Valência onde casou com D. Rafaela Falada filha de D. José Falada Barão de Barchita 8 Martim de Sousa Sampaio N 8 MARTIM DE SOUSA SAMPAIO fº. de Germão de Sousa N 7 El Rei Felipe de Castela lhe fez mercê do Governo de Pernambuco e vindo a Lisboa com este despacho vendeu a fazenda e casas de seu avô Diogo de Sampaio e indo para o Governo foi cativo numa peleja com os Holandeses onde esteve 3 anos com sua m.er e filhos e quando veio a Portugal lhe fez o dito Rei mercê de duas Comendas uma Vila Franca de Xira e outra na Ilha da Madeira e dois moios de trigo de tença e 3 capelas e que pudesse dar as comendas aos que cassassem com suas filhas e deu a de Vila Franca e Martim Leite e dois moios de trigo casou com D. Angélica Benefa Recaniera filha de Gines Martins e Dursula Benefa Recamera 9 D. Inácia de Melo m.er de Martim Leite fº. de João Dias Leite c.g. no ttº. de Leites § 2 N 11 9 D. Catarina de Sousa, casada com Luís Rodrigues de Sá.

§ 12
N 4 HEITOR DE SAMPAIO fº. de Pedro Lopes Sampaio N 3 do § 3 casou em S. João da Pesqueira com D. Felipa de Almeida filha de João do Outeiro 5 Baltazar de Sampaio 5 Diogo Pereira, morreu na Índia N 5 BALTAZAR DE SAMPAIO fº. de Heitor de Sampaio N 4 casou duas vezes a 1ª em Vila Real com D. Felipa Borges filha de Diogo de Mesquita e sua m.er Joana Borges ttº. de Moutinhos § 10 N 5 6 Rodrigo de Sampaio 6 João Rodrigues de Sampaio § 30 6 D. Guiomar casada com Damião da Silva fº. de Julião da Silva no § 13 N 3 6 D. Brites de Almeida casada com Luís de Mesquita s.g. Casou 2ª vez Baltazar de Sampaio com D. Leonor da Silva filha de Gonçalo de Magalhães de Guimarães e sua m.er D. Briolanja de Azevedo no ttº. de Magalhães § 22 N 7 6 Manuel de Sampaio morreu em Mangalor 6 Fr. Pedro de Sampaio frade Franciscano 6 Rui Pereira de Sampaio casado com D. Isabel Pereira filha de Julião da Silva no § 13 N 5 6 Heitor de Sampaio a quem seus inimigos mataram na Índia casou com D. Pelagia Teixeira e teve 7 Manuel de Sampaio casado na Índia 7 Salvador de Sampaio casado na Índia

N 6 RUI DE SAMPAIO fº. da 1ª m.er de Baltazar de Sampaio N 5 foi Alcaide Mor de Trancoso casado com ................................................. 7 D. Brites Rodrigues de Sampaio N 7 D. BRITES RODRIGUES DE SAMPAIO fº. de Rui de Sampaio N 6 casou em Trancoso com Fernando Cardoso fº. de Gonçalo Vaz Cardoso e Leonor de Almeida que depois de ser sua amiga muito tempo recebeu por mulher 8 Tristão Cardoso Sampaio que casou 9 Bernardo Cardoso

§ 13
N 4 D. ISABEL PEREIRA filha B. de Pedro Lopes Sampaio N 3 do § 3 foi legitimada no ano de 1490 como se vê no livro das legitimações a fl. 207 foi Srª. do Paço e quinta do Arenal . Casou em Vila Real com Manuel de Azevedo ou Manuel Vaz de Azevedo fº. de Gonçalo de Azevedo digo fº. do Dr. Gonçalo Vaz de Azevedo de Vila Real e Catarina Martins 5 D. Catarina Pereira Sampaio N 5 D. CATARINA PEREIRA DE SAMPAIO filha de D. Isabel Pereira N 4 foi Srª. da quinta e Paço do Arenal casou com João da Silva Fidalgo da Casa Real por alvará de 1511 fº. de João da Silva chamado o Velho Cavaleiro Fidalgo que veio da Chamusca casar a quinta da Lavandeira arrabalde da vila de Anciaens com Catarina de Castro 6 Cipriano de Silva § 18 6 D. Guiomar da Silva casada com Bartolomeu de Almendra no ttº. de Pintos § 323 N 4 6 Fernão Pereira § 29 6 Julião da Silva N 6 JULIÃO DA SILVA fº. de D. Catarina Pereira de Sampaio N 5 casou com D. Sabina Ribeiro filha de António Pires de Carvalho irmão de sua cunhada, Provedor e Contador dos Resíduos e sua m.er D. Maria Ribeiro ttº. de Carvalhos § 19 N 11 7 João da Silva 7 Francisco da Silva 7 D. Isabel Pereira m.er de Rui Pereira de Sampaio neste ttº. § 12 N 5 7 D. Policena, solteira 7 D. Luísa, solteira 7 Damião da Silva c.c. D. Guiomar Pereira filha de Baltazar de Sampaio no § 12 N 6

§ 14
N 4 D. BRITES DA SILVA PEREIRA filha de Vasco Fernandes Sampaio N 3 do § 1 casou com D. Jorge de Eça Alcaide Mor de Muge 5 D. Gracia de Eça Alcaide Mor de Muge c.c. D. Antónia de Melo fº. de Jorge de Melo o Bochechas c.g. no ttº. de Pais § 2 N 5 e ttº. de Eças § 5 N 5.

§ 15
N 5 GASPAR DE MELO fº. de D. João de Melo N 4 do § 2 foi Dezembargador dos Agravos casou com D. Francisca de Morais de Pombeiro 6 António de Melo c.c. D. Margarida filha de João Coelho 6 Simão de Melo 6 Cristóvão de Melo 6 D. Maria de Melo m.er de Nuno Fernandes de Magalhães escrivão da Câmara de Lisboa no ttº. de Magalhães 6 D. Antónia 6 D. Bárbara 6 D. Ambrósia 6 D. Ana

§ 16

N 5 FRANCISCO DE MELO fº. B. de João de Melo N 4 do § 2 foi havido por legítimo casou com D. Brites de Barredo filha de Rui Pereira de Barredo; foi Francisco de Melo Comendador de Pena na Ordem de Cristo 6 Rui de Melo Pereira 6 Jorge de Melo 6 D. Luísa m.er de Simão de Miranda Henriques Dezembargador do Paço 6 Simão de Melo 6 D. Maria 6 D. Maria, freiras em S. Clara do Porto 6 D. Helena 6 D. Lucrécia Casou 2ª vez com D. Maria Brito filha de João Afonso de Beja 6 João de Melo N 6 RUI DE MELO fº. de Francisco de Melo N 5 foi Comendador de Ribas casou com D. Felipa Pestrelo filha de António Pestrelo e sua m.er Violante Nunes no ttº. de Perestrelos § 8 N 5 7 Francisco de Melo morreu na de Alcácer 7 António de Melo, solteiro 7 D. Felipa de Melo m.er de André Pereira de Miranda c.g. nos Provedores da Casa da Índia Casou 2ª vez com D. Briolanja Gentil filha de Pedro Gonçalves Gentil um cidadão honrado de Lisboa que teve o trato de Guine s.g. casou 3ª vez com D. Margarida da Gama filha de João Lopes Ferreira Moço da Guarda Roupa do Infante D. Luís 7 Bernardo de Melo que mataram os Mouros em Mazagão 7 D. Luísa freira em S. Clara de Coimbra 7 D. Francisca em Chelas

§ 17
N 12 JOÃO DE SAMPAIO fº. de Manuel de Sampaio N 11 do § 1 foi Tenente Coronel do Regimento de seu irmão casou com D. Violante Carcome filha H. de Luís de Mendonça Furtado G.al do Minho 13 Luís Maria de Albuquerque Furtado Casou 2ª vez com D. Vitória Xavier de Sousa neta do Conde de Unhão 13 B. D. Maria da Piedade Sampaio c.c. João Tomás Peixoto da Silva Sr. da Casa da Calçada c.g.

§ 18
SR. DA QUINTA E PAÇO DO ARENAL

N 6 CIPRIANO DA SILVA SAMPAIO fº. de D. Catarina Pereira N 5 do § 13 foi Sr. da quinta e Paço do Arenal, casou com Angela de Carvalho natural de Murça filha de António Pires de Carvalho, Provedor, Contador e Juíz de Resíduos da Província de Trás-os-Montes e sua m.er D. Maria Ribeiro natural de Chaves no ttº. de Carvalhos § 19 N 11 cedeu António Pires de Carvalho estes ofícios com sua filha para casar com este Cipriano da Silva 7 Pedro Lopes de Sampaio § 31 7 Miguel de Sampaio 7 João da Silva Sampaio § 19 7 Fernando Pereira da Silva Sampaio N 7 MIGUEL DA SILVA DE SAMPAIO fº. de Cipriano da Silva N 6 foi Sr. do Paço e quinta do Arenal, casou com Inês de Magalhães filha de Diogo de Carvalho e D. Ana de Magalhães no ttº. de Mesquitas § 34 N 6 8 Cipriano da Silva Sampaio 8 D. Catarina de Sampaio § 24 8 D. Ana de Sampaio § 25 8 D. Maria de Sampaio § 22 levou o vínculo de Mazagão 8 O Padre Diogo de Sampaio instituiu um vínculo no Amedo de que foi Administradora sus sobrinha c.c. Francisco Álvares Pereira no § 23 8 Sebastião 8 António na Índia s.g. 8 Francisco s. estado 8 D. Gracia de Magalhães c.c. André de Seixas instituiu um vínculo s.g. chama para 1ª Administradora sua sobrinha m.er de Francisco Álvares Pereira no § 23 N 8 CIPRIANO DA SILVA SAMPAIO fº. de Miguel da Silva N 7 casou com D. Luísa Pereira Pinto filha de Jorge Pinto e sua m.er no ttº. de Pintos § 319 N 2

9 D. Maria de Sampaio chamada aos vínculos de seus tios c.c. Francisco Martins Pereira no § 23 c.g.

§ 19
N 7 JOÃO DA SIVA DE SAMPAIO fº. de Cipriano da Silva N 6 do § 18 casou com D. Maria de Magalhães filha de Diogo de Carvalho Fidalgo da Casa Real natural de Linhares e sua m.er D. Ana de Magalhães esta filha de Rui Tristão de Magalhães e D. Bárbara de Mesquita no ttº. de Mesquitas § 34; Diogo de Carvalho era filho de Francisco de Carvalho e de Felipa Dias de Azevedo neta, dizem, de Diogo de Azevedo Sr. do Solar de Azevedo dizem seus descendentes, mas não se verifica e supomos apócrifa esta ascendência Francisco de Carvalho era irmão inteiro de Paulo de Carvalho Colegial de S. Paulo no ttº. de Carvalhos § 72 sub N 9 que veio de Cernancelhe por causa de um crime viver a Amedo 8 António da Silva Sampaio § 20 8 João da Silva Sampaio N 8 JOÃO DA SILVA SAMPAIO fº. de João da Silva N 7 assistiu em Linhares casou com Helena de Sousa filha de Catarina de Morais e seu marido Amador Pinto no ttº. de Mesquitas § 24 N 9 9 João da Silva Sampaio 9 Amador Pinto Sampaio § 21 N 9 JOÃO DA SILVA SAMPAIO fº. de João da Silva Sampaio N 8 foi natural de Linhares casou com D. Maria Mendes da Veiga Veloso natural de S. João da Pesqueira 10 D. Helena da Silva Sampaio 10 D. Maria da Silva Sampaio § 27 N 10 D. HELENA DA SILVA SAMPAIO filha de João da Silva N 9 casou com Manuel Tavares de Vilas Boas fº. de Gonçalo Tavares e D. Ana Rosa no ttº. de Tavares § 29 N 6 11 Luís Manuel Sampaio N 11 LUÍS MANUEL SAMPAIO fº. de D. Helena da Silva N 10 foi Cap.am Mor de Anciaens casou com D. Feleciana de Morais de Almeida filha de André de Morais de Mesquita e sua m.er D. Rosa Maria de Almeida no ttº. de Tavares § 30 N 7 a qual D. Feleciana era já viúva de João Manuel Sampaio no § 20 N 10 12 Dr. Luís António Sampaio vai no § 28.

§ 20
N 8 ANTÓNIO DA SILVA SAMPAIO fº. de João da Silva Sampaio N 7 do § 19 casou com D. Ana Pereira Pinto filha de D. Catarina Pereira Pinto e António Teixeira Castro vai nos Castros § 139 9 João da Silva Sampaio 9 D. Domingas de Morais Pinto c.g. (ver Tavares § 3) N 9 JOÃO DA SILVA SAMPAIO fº. de António da Silva N 8 casou com D. Madalena de Vasconcelos 10 João Manuel de Sampaio N 10 JOÃO MANUEL DE SAMPAIO fº. de João da Silva N 9 casou com D. Feleciana de Morais de Almeida filha de André Morais e Mesquita e sua m.er D. Rosa Maria de Almeida no ttº. de Tavares § 30 D. Feleciana depois de viúva casou 2ª vez com Luís Manuel de Sampaio no § 19 N 11 11 D. Maria de Sampaio c.c. Carlos José de Sampaio s.g. 11 D. Teresa vive em Linhares

§ 21
N 9 AMADOR PINTO DE SAMPAIO fº. de João da Silva Sampaio N 8 do § 19 casou com .................. filha de António Borges chamado por alcunha o Largateiro Cap.am Mor de Mirandela 10 D. Maria Felícia Pinto N 10 D. MARIA FELÍCIA PINTO DE SAMPAIO filha de Amador Pinto N 9 casou com Vicente de Bandos Pegado fº. de Manuel de bandos de Alfândega da Fé e D. Bárbara Pegado ver ttº. de Ferreiras § 13 N 22 e 15 N 21

11 Amador de Bandos 11 D. Catarina de Bandos § 32 N 11 AMADOR DE BANDOS fº. de D. Maria Felícia N 10 casou com sua prima D. Bárbara de Bandos filha de António Pegado de Bandos e D. Rosa de Sá Machado 12 D. Rosa de Bandos H. casada com José de Frias de Morais Sarmento Sr. do Morgado de Carrazedo c.g. nos Ferreiras § 14 N 23.

§ 22
MORGADO DE MAZAGÃO

N 8 D. MARIA DE SAMPAIO filha de Miguel de Sampaio N 7 do § 18 foi 1ª Administradora do Morgado de Mazagão casou com António Guedes Sotomaior fº. de Gaspar Teixeira Gil e D. Maria ........... ttº. de Teixeiras § 74 N 19 9 D. Maria de Sampaio N 9 D. MARIA DE SAMPAIO filha de D. Maria de Sampaio N 8 foi Srª. do Morgado de Mazagão casou com Francisco de Morais de Mesquita fº. B. de António de Morais de Mesquita Morgado de Selores ttº. de Mesquitas § 8 N 9 vão nos Mesquitas § 32 10 D. ....................................

§ 23
SR. DO PAÇO E QUINTA DO ARENAL

N 9 D. MARIA DA SILVA SAMPAIO filha de Cipriano da Silva N 8 do § 18 foi chamado ao vínculo que instituiu seu tio o Padre Diogo da Silva Sampaio no Amadeu e ao do Arnal instituído por sua tia D. Gracia casada com André de Seixas no § 18 sub N 7; casou com Francisco Álvares Pereira Fidalgo da Casa Real 10 Cipriano da Silva Sampaio N 10 CIPRIANO DA SILVA SAMPAIO fº. de D. Maria Sampaio N 9 foi Fidalgo da Casa Real Sr. do Paço e quinta do Arnal casou com Isabel Gomes filha de António Francisco de Morais Pinto e sua m.er Catarina Gomes Srª. da Casa da Portela em Pereiras neta paterna de Salvador Pinto e neta de Jorge Pinto Cap.am Mor de Freixiel no ttº. de Pintos § 331 N 3 (era Catarina Gomes descendente de João Gomes o sete cabeças Sr. da quinta de Lobazim) 11 D. Doroteia da Silva Sampaio N 11 D. DOROTEIA DA SILVA SAMPAIO filha de Cipriano da Silva N 10 foi Srª. do paço e quinta de Arnal casou com João Almeida de Sousa e Mesquita filha de João de Almeida e Mesquita e Isabel de Figueiredo no ttº. de Castros § 134 N 9 (ver Cost. a fls. 211 vº. do Tomo 3) 12 D. Maria Benedita da Silva Sampaio N 12 D. MARIA BENEDITA DA SILVA SAMPAIO filha de D. Doroteia N 11 foi Srª. da quinta e Paço do Arna. Casou com Manuel Teixeira de Barros no ttº. de Teixeiras § 91 N 7 13 D. Lucrécia Margarida de Sampaio N 13 D. LUCRÉCIA MARGARIDA DE SAMPAIO filha de D. Maria Benedita N 12 casou com Joaquim de Azevedo da Veiga ttº. de Azevedos.

§ 24
N 8 CATARINA DE SAMPAIO filha de Miguel da Silva N 7 do § 18 casou com Tomás da Silva Sampaio c.g. fº. de Bartolomeu Lopes de Almendra e D. Guiomar da Silva Sampaio no ttº. de Pintos § 323 N 4 9 D. Isabel da Silva m.er de Sebastião Teixeira de Matos e foi 1ª m.er 9 António da Silva Sampaio solteiro c.g. 9 D. Maria da Silva c.c. Bernardo Tavares em Arouca 9 D. Maria Diniz casada no Porto s.g.

§ 25

N 8 ANA PEREIRA DE SAMPAIO fº. de Miguel da Sª. N 7 do § 18 casou com João do Prado Pinto ................................ c.g. 9 João do Prado da Silveira N 9 JOÃO DO PRADO DA SILVEIRA fº. de Ana Pereira de Sampaio N 8 casou 1ª vez com D. Alda de Mesquita filha de D. Mécia de Mesquita e seu parente João de Almendra no ttº. de Mesquitas § 36.

§ 26
N 8 MARIA PEREIRA que não sabemos se é a mesma do § 22 filha de Miguel da Sª. do N 7 § 18, casou com Domingos Cid Ferreira c.g.

§ 27
N 11 D. MARIA DA SILVA SAMPAIO filha de João da Silva Sampaio N 10 do § 19 casou com António de Melo Morgado de Marzagão com ampla geração fº. de António de Carvalho Sampaio e D. Luísa Taveira no ttº. de Mesquitas § 32 N 12 (ver Sampaios § 32).

§ 28
N 13 LUÍS ANTÓNIO DE SAMPAIO fº. de Luís Manuel de Sampaio N 12 do § 19 foi Dr. em ciências naturais pela Universidade de Coimbra e foi Lente demonstrador de física e lente de hidráulica na Academia Militar de Lisboa Cap.am de Cavalaria do Regimento de Miranda e Governador de Freixo de Espada à Cinta; não casou teve de duas mulheres solteiras que legitimou seis de uma, e um de outra, que deixou por herdeiros 14 D. Flora Marcelina de Sampaio 14 Luís Joaquim de Sampaio a quem seu pai deixou de mais seu terso 14 Carlos Augusto de Sampaio havido em Joaquina e os mais na outra 14 D. Feleciana justa a casar com António de Frias fº. de Francisco António de Frias no ttº. de Ferreiras § 71 N 23 14 Luís Manuel 14 Carlos 14 Julião N 14 D. FLORA MARCELINA DE MESQUITA filha de Luís António de Sampaio N 13 foi legitimada por seu pai, casou com Miguel Francisco Soares Borges Maciel sobrinho do Arcebispo de Braga D. Miguel Fidalgo da Casa Real pelos serviços de seu tio e Comendador na Ordem de Cristo fº. de António Soares da Cruz e sua m.er Maria Isabel Borges Maciel; António Soares da Cruz foi escrivão público de Moncorvo (tinha um irmão ferrador em Moncorvo) e sua m.er Maria Isabel dizem ser de Prado 15 Miguel

§ 29
N 7 FERNANDO PEREIRA DA SILVA SAMPAIO fº. de D. Catarina Pereira da Silva Sampaio N 6 do § 13 casou com D. Angela Ferreira ou Teixeira filha do Comendador Aires Pinto ttº. de Pimenteis § 32 N 12 e ttº. de Pintos § 317 N 8 8 D. Guiomar da Silva 8 D. ............................, na Índia 8 D. Isabel Pereira m.er de António de Morais de Mirandela Sr. do Morgado da Ponte 8 N. .................................. casada com Jorge Pinto Cap.am Mor de Freixiel c.g. nos Pintos § 319 N 2 e ttº. de Pimenteis § 27 N 10 N 8 D. GUIOMAR DA SILVA filha de Fernando Pereira da Silva N 7 casou com seu primo Manuel Machado Pinto de Vila Flor 9 Lopo Machado Pereira de Sampaio N 9 LOPO MACHADO PEREIRA DE SAMPAIO fº. de D. Guiomar da Silva N 8 casou com D. Angela de Lobão 10 Jacinto Machado Pereira

§ 30
N 6 JOÃO RODRIGUES DE SAMPAIO fº. de Baltazar de Sampaio N 5 do § 12 foi Alcaide Mor de Trancozo, casou com ....................................... 7 Brites Rodrigues de Sampaio N 7 BRITES RODRIGUES DE SAMPAIO filha de João Rodrigues de Sampaio N 6 casou com Fernão Cardoso fº. de Gonçalo Vaz Cardoso e de Leonor de Almeida com quem andava amancebado, e recebeu por mulher 8 Tristão Cardoso de Sampaio N 8 TRISTÃO CARDOSO DE SAMPAIO fº. de Brites Rodrigues N 7 viveu em Trancoso casou com ............................................. 9 Bernardo Cardoso sem estado em 1699.

§ 31
N 7 PEDRO LOPES DE SAMPAIO fº. de Cipriano da Silva de Sampaio N 6 do § 18 casou com D. Faustina de Azevedo 8 Amador Pinto Pereira de Sampaio casado com D. Catarina de Morais filha de D. Helena de Sousa e seu marido Domingos Morais Pinto no ttº. de Mesquitas § 24 N 9.

§ 32
N 11 D. CATARINA DE BANDOS filha de D. Maria Felícia Pinto de Sampaio no § 21 N 10 casou com Domingos Pires Pavão 12 Amaro Vicente Pavão Coronel de Cavalaria c.g. Depois de viúva esta Srª. de Domingos Pires Pavão teve de um Cónego de Miranda irmão do Dezembargador Paradinha que foi Intendente Geral da Polícia 12 B. Martinho Carlos que foi Cap.am Mor de Outeiro Fidalgo da Casa Real pelos serviços de seu tio, c.g.

SÁS §1
MARQUESES DE FONTES E ABRANTES

N 1 RODRIGO ANNES DE SÁ que descendia de Mem de Sá, ou Gonçalo Martins de Sá que viveram no tempo dos Reis D. Diniz e D. Afonso IV, é o primeiro que principia Fr. Bernardo Brandão na sua Monarquia Lusitana Livro 17 Cap. 20; acham-se notícias de Gonçalo de Sá primeiro povoador da vila de Melo, que se dizia ser natural da freguesia de Santa Maria de Sá no julgado de Ceia, e por ser três léguas da vila de Melo se dispôs a ir povoar a dita vila, mas não achamos até hoje notícias para entroncar este Rodrigo Annes com aqueles. Casou Rodrigo Annes de Sá com D. Maria Rodrigues do Avelar. 2 Paio Rodrigues de Sá N 2 PAIO RODRIGUES DE SÁ fº. de Rodrigo Annes de Sá N 1 era muito herdado no concelho de Lafões onde tinha muita fazenda e teve 3 João Afonso de Sá N 1 JOÃO AFONSO DE SÁ fº. de Paio Rodrigues de Sá N 2 é o primeiro em que a maior parte dos Genealógicos principiam esta família, e por isso o pomos no número 1º foi Sr. da quinta de Sá no termo de Guimarães a que talvez daria o nome como supomos. Casou com D. Teresa Rodrigues de Barredo, bem que numa memória que me veio à mão da Casa de Fervença se diz casara com Maria Martins o que não seguimos 2 Rodrigo Annes de Sá 2 Senhorinha Annes de Sá que levou em dote, e partilha a quinta de Sá casou com Aires do Vale e teve 3 Brites Aires do Vale freira em Arouca que largou a quinta de Sá a seu tio Rodrigo Annes N 2 RODRIGO ANNES DE SÁ fº. de João Afonso de Sá N 1 foi Rico Homem, Alcaide Mor do Castelo de Gaia junto à cidade do Porto que lhe deu o Rei D. Pedro, e foi Sr. de Vila Nova de Gaia que lhe deu o Rei D. Fernando, foi Embaixador ao Papa Gregório undécimo, e casou em Roma com Cecília Colona filha de Diogo Colona que foi duas vezes Senador em Roma e bisneta de Jacobo Colona comumente chamado Jacomo Sarra, e de outros Sarra Colona, irmã do grande Estevão Colona Senador em Roma Sr. da Palestina por cujos feitos mereceu o nome de Magno, e pai da Pátria, e ambos coroaram o Imperador Ludovico na Igreja de S. Pedro e por isso puseram uma Coroa de ouro sobre a coluna de prata insigne da Casa de Colona deste Caio Mário, 3ª neta de João Colona Senador em Roma Sr. de Galicano, e de Colona tronco imediato das 3 Casas principais desta família em Roma, e por abreviar foi Cecília Colona 23ª neta do grande Caio Mário esplendor da Milícia Romana sete vezes Cônsul em Roma a quem o Senado concedeu cinco vezes Triunfo no Capitólio, outros fazem a dita Cecília Colona Juliana Colona e dizem ser filha de Eduardo Colona 3 João Rodrigues de Sá o das Galés 3 Constança de Sá que conforme alguns casou com João Gonçalves o Zarco descobridor da Ilha da madeira em que principia o ttº. de Câmaras 3 Aldonça Rodrigues Abadessa de Rio Tinto em quem fez filhos B. Martim Afonso de Sousa 3 Paio Rodrigues de Sá N 3 JOÃO RODRIGUES DE SÁ fº. de Rodrigo Annes de Sá N 2 chamou-se o das Galés pelo combate que com elas deu à Armada de Castela, vindo do Porto socorrer Lisboa sitiada pelo Rei D. João I de Castela, foi Camareiro Mor do Rei D. João I, Alcaide Mor da cidade do Porto Sr. de Sever e Matosinhos, e toda a mais Casa de seu pai; casou com D. Joana ou Isabel Rodrigues Pacheco filha de Diogo Lopes Pacheco, Sr. de Ferreira de Aves, e de Penela no ttº. de Pachecos § 1 N 8 4 Gonçalo de Sá. § 40 4 Fernão de Sá 4 Rodrigo Annes de Sá § 2 ou João Rodrigues de Sá 4 D. Felipa de Sá, § 57 4 B. Gomes de Sá § 25 4 B. João de Sá § 27 4 B. Violante de Sá segundo alguns c.c. Lopo Ferreira c.g. no ttº. de Ferreiras § 4 N 13

N 4 FERNÃO DE SÁ fº. de João Rodrigues de Sá N 3 foi Alcaide Mor do Porto, Sr. de Sever e mais terras de seu pai Camareiro Mor do Sr. D. Duarte e D. Afonso V de cuja p.te morreu na Batalha da Alfarrobeira. Casou com D. Felipa da Cunha filha de Gilvaz da Cunha, Sr. de Basto, e Montelongo no ttº. de Cunhas § 1 N 2. 5 João Rodrigues de Sá 5 Gil Vaz da Cunha § 38 5 Diogo da Cunha § 39 5 D. Isabel da Cunha m.er de Luís de Brito Sr. do Morgado de S. Estevão de Beja e de S. Lourenço de Lisboa c.g. no ttº. 5 D. Mécia da Cunha m.er de Luís Freire de Andrade Sr. de Bobadela c.g. no ttº. de Freires de Andrade § 1 N 5 5 D. Felipa m.er de António da Cunha Sr. de Sequeiros N 5 JOÃO RODRIGUES DE SÁ fº. de Fernão de Sá N 4 outros dizem ser fº. 2º foi Sr. de Sever e mais terras de seu pai foi Alcaide Mor, e Vedor da Fazenda do Porto, e Fronteiro de Entre Douro e Minho; casou 3 vezes a 1ª com D. Catarina de Meneses que ele matou sem causa filha de Luís de Azevedo Veador da Fazenda do Rei D. Afonso V e sua H. no ttº. de Azevedos § 20 N 17 6 Henrique de Sá de Meneses 6 Fernão de Sá casado com D. Brites de Miranda filha B. de Martim Afonso de Miranda c.g. no ttº. de Mirandas § 23 N 4 Casou 2ª vez com D. Margarida de Vilhena filha de Martim Afonso de Melo Guarda Mor do Rei D. Duarte no ttº. de Melos § 4