Você está na página 1de 2

Um dos temas mais delicados da dogmtica criminal o Erro.

. Vejamos, a propsito, o seguinte exemplo da nossa jurisprudncia: Inspetor de quartero que, supondo injusta agresso de multido que fugindo da policia corria em sua direo, saca revlver e atira para o alto projetil que vem acertar menor que se encontrava postado na sacada de apartamento, provocando a sua morte. A hiptese ventilada merece ser equacionada no mbito da figura: I - Do erro de tipo invencvel. II - Do erro de tipo vencvel. III - Das descriminantes putativas fticas. IV - Do erro de proibio indireto. V - Do erro de proibio evitvel. a) Apenas a alternativa I verdadeira. b) Apenas a alternativa II verdadeira. c) Apenas a alternativa III verdadeira. d) Apenas a alternativa V verdadeira. e) Apenas as alternativas II III so verdadeiras.

H algum ponto de semelhana entre condutas praticadas com culpa consciente e dolo eventual? Aponte a alternativa correta a Sim. Tanto na culpa consciente quanto no dolo eventual h a aceitao do resultado b. Sim. Tanto na culpa consciente quanto no dolo eventual o agente prev o resultado. c. No. No h nenhum ponto de semelhana nas condutas em

Analise as afirmativas.

I. Na desistncia voluntria, o processo de execuo do delito ainda est em curso; no arrependimento eficaz a execuo j foi encerrada. II. O instituto do arrependimento posterior incompatvel com os crimes cometidos com violncia ou grave ameaa pessoa. III. H que se falar em crime impossvel quando uma gestante, querendo por termo sua gravidez, no obtm o resultado pretendido por fazer uso de medicao abortiva com o prazo de validade expirado. correto afirmar que (A) somente uma das afirmativas est correta. (B) somente duas das afirmativas esto corretas. (C) todas as afirmativas esto incorretas. (D) todas as afirmativas esto corretas.

certo que no crime progressivo h (a) pluralidade de condutas delitivas encadeadas por uma seqncia causal e certa unidade de contexto, sendo a posterior mais grave que a anterior, com desdobramento do elemento subjetivo em momentos distintos. (b) um tipo penal, abstratamente considerado, que contm implicitamente outro, o qual deve necessariamente ser realizado para se alcanar o resultado. (c) o cometimento de duas infraes penais, sendo a primeira menos grave que a segunda, a qual, por isso, considera-se ps-fato no punvel.

(d) o cometimento de duas ou mais infraes penais, num mesmo contexto e contra a mesma vtima, com unidade de desgnios.