Você está na página 1de 2

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DO LIVRO: A CONQUISTA DA MATEMÁTICA – FTD - Ed.

Renovada
Pág. 242 ( ex. 7 a 10)
Encontre mais no endereço: www.estudesozinho.blogspot.com

08. Preciso chamar sua atenção para um equívoco nessa questão. Uma falha de impressão deixou o problema sem
sentido, quando o enunciado afirma que o quadrilátero BCMP é um losango. Na verdade o quadrilátero é BNPM.
Observe que acrescentei o ponto N para que o problema possa ser resolvido. Feito o acerto precisamos lembrar que
o losango é o quadrilátero que tem os lados opostos paralelos e com medidas iguais. Sendo assim, o lado PN do
ΔPNC também mede x. Agora perceba os triângulos ABC e PNC são semelhantes, pois se os segmentos AB // PN
os ângulos  e P̂ são congruentes, bem como os ângulos Bˆ e Nˆ . Logo, se dois triângulos têm dois ângulos
congruentes ele são semelhantes. Triângulos semelhantes têm os lados homólogos ( correspondentes )
proporcionais.
Montando as proporções:
PN NC
=
Separando AB BC
os triângulos

Substituindo os valores:
x 5−x
=
20 5

Resolvendo a proporção:
x 5−x O problema pede para calcular
= ⇒ 5 x = 20 (5 – x) ⇒ 5 x = 20 . 5 - 20 . x ⇒ 5x = 100 – 20x o perímetro do losango.
20 5
Perímetro = 4. x = 4 . 4 = 16 cm
100
⇒ 5x + 20x = 100 ⇒ 25x = 100 ⇒ x = ⇒ x=4
25

RESPOSTA: b) 16 cm

08. Os triângulos ABC e EDC são semelhantes porque têm os três ângulos congruentes. Nos triângulos
semelhantes, lembremos, os lados homólogos ( correspondentes ) são proporcionais. Dessa forma, resta-nos
identificar os lados homólogos e montar as proporções. Lembrete: os lados homólogos são lados de triângulos
semelhantes que estão opostos a ângulos congruentes.

Montando as proporções:
AB BC AC
= =
ED DC EC

Substituindo os valores:
60 BC 36
= =
x DC 300

Trabalhando com as proporções que têm valores:


60 36
=
x 300

18000
36 x = 60 . 300 ⇒ 36 x = 18000 ⇒ x =
36
RESPOSTA : a) 500 m x= 500 m
09. Esse problema apresenta o mesmo raciocínio dos exercícios 03 e 06:
objetos projetando sombra. Esse tipo de problema está relacionado com
semelhança de triângulos. Basta identificarmos os lados homólogos e
montarmos as proporções.

1,60 m

2,50 m

10 m

Montando as proporções: Substituindo os valores: 2,50 H = 10 . 1,60 ⇒ 2,50 H = 16


AB BC AC H 10
= = =
1,60 2,50 16 1600
ED EC CD H= ⇒ H= ⇒ H = 6,4 m
2,50 250

RESPOSTA: c) 6,4 m Para operar com números decimais


basta igualar as quantidades de casas
decimais, e depois eliminar as vírgulas.
10. Os triângulos ABC e XYZ são
semelhantes porque, na verdade,
eles foram construídos por
homotetia, ou seja, a ampliação de
uma figura, a partir de um ponto
referencial. Observe que se for
dado continuidade às linhas AX, BY
e CZ elas se encontrarão em um
ponto mais adiante que seria o
ponto referencial. Como a figura foi
ampliada, suas características
foram mantidas, mudando apenas
as medias de seus lados,
mantendo-os proporcionais.
Portanto, os ângulos Â, B̂ e Ĉ são
congruentes aos ângulos X̂ , Yˆ e
Ẑ , respectivamente, quer dizer: Â
≡ X̂ , B̂ ≡ Yˆ , Ĉ ≡ Ẑ .

AB BC AC 15 18 27
Agora resta montar as proporções com os lados homólogos (correspondentes). = = = =
XY YZ XZ XY YZ XZ

Somente esses dados não nos permitem continuar a resolução, pois quando separarmos as razões, duas a duas,
sempre aparecerão dois valores desconhecidos.
Mas o enunciado fala que o perímetro do ΔXYC mede 20 cm. Em que essa informação pode nos ajudar? Ora,
quando dois triângulos são semelhantes os lados são proporcionais e os seus perímetros também, portanto,
podemos dizer que os lados de um Δ são proporcionais aos lados do outro, assim como o perímetro de um é
proporcional ao perímetro do outro, e montamos a proporção assim:
27 perímetro ∆ABC
=
XZ perímetro ∆XYZ
Sabendo que o 60 . XZ = 20 . 27
perímetro do ΔABC
é 15 + 18 + 27 = 60, ⇒ 60 . XZ = 540
montamos a RESPOSTA: e) 9 cm
proporção assim: 540
27 60 XZ =
= 60
XZ 20 XZ = 9 cm