Você está na página 1de 92

FÍSICA-ELETROMAGNETISMO

FOCO NO ENEM

ELETROMAGNETISMO

Msc. Julio Cesar Souza Almeida


CURSO DE FÍSICA- VOLUME 3 2017
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

FÍSICA
ELETROMAGNETISMO

DIVIRTA-SE FÍSICA É TUDO!!!

FÍSICA 3º ANO Lembre-se uma coisa é você entender as A física é dividida em diversos ramos:
by Julio Cesar Souza Almeida explicações do professor, outra coisa é você
ter seu próprio raciocínio para a resolução  Mêcanica
das questões.  Calorimetria
Olá caro aluno, esse material foi criado com
o intúito de auxiliá-lo durante as aulas.
 Óptica
Fica registrado que o uso do livro didático é
 Ondulatória
fundamental para o seu aprendizado.
 Eletricidade
No material encontraremos uma vasta
quantidade de questões que poderão ser  magnetismo
resolvidas durante as aulas ou em sua casa.

Os exercícios básicos são fundamentais


para seu desenvolvimento, neles vocês Eletricidade
poderão rever toda a teoria discutida em
sala com o professor, além de tornar sólido
o seu conhecimento.

Faça as questões básicas para avançar para


as questões complementares, nessa sessão
você encontrará exercícios de nível médio e
O que é Física?
um pouco mais difíceis.
A palavra física deriva de phisiké, em grego significa
natureza.
As questões do Exame Nacional do Ensino
Médio, foram diluidas ao longo do A física é o estudo dos fenômenos da natureza.
material. É de suma importância a solução
de todas essas questões para você se Podemos dizer que ela é a base de todas as
preparar para esse tipo de prova externa. Engenharias e de toda a tecnologia existente em Foi descoberta pelo camarada da pintura
nosso humilde planeta. ae em cima, um filósofo grego chamado
Tales de Mileto que, ao esfregar um

1
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

âmbar a um pedaço de pele de carneiro, FÓRMULA DO SUCESSO


observou que pedaços de palhas e
fragmentos de madeira começaram a ser
atraídas pelo próprio âmbar.

Do âmbar (gr. élektron) surgiu o nome


eletricidade. No século XVII foram
iniciados estudos sistemáticos sobre a
eletrificação por atrito, graças a Otto von
Guericke. Em 1672, Otto inventa uma
maquina geradora de cargas elétricas
onde uma esfera de enxofre gira
constantemente atritando-se em terra
seca. Meio século depois, Stephen Gray
faz a primeira distinção entre condutores
e isolantes elétricos. www.receitadevovo.com.br

Fonte: Queridos alunos do terceiro ano, se você chegou até aqui não tem
http://www.sofisica.com.br/conteudos/HistoriaDaFisi como correr, terá que fazer o Exame Nacional do Ensino Médio.
ca/historiadaeletricidade.php
Ao fim de cada secção separei as questões que caíram nas
avaliações do ENEM desde 1998 até o ano passado.

Proucure fazer essas questões, pois elas te darão base para fazer
uma boa prova.

O ENEM tem 15 questões de física, distribuída entre todos os


conteúdos que abordamos até hoje, cada vez mais eles levam em
consideração no exameo conhecimento residual do aluno, ou seja
aquilo que você reteve durante toda a sua vida escolar.

A avaliação é longa e como vocês já sabem, cada questão você


terá em média 3 minutos para resolvê-la. Então não perca tempo,
ao resolver os exercícios desse livro tente fazer cada exercício
dentro dos três minutos.

Dica:

Leia atentamente as questões.

Cuidado com o enunciado.

Destaque o que é importante para a solução da questão.

Destaque sua resposta.

Marque sempre o gabarito a lápis, ao ter certeza na resposta pinte


de caneta.

Sucesso a todos.

Lembre-se, o seu sucesso é o meu sucesso!!!!

JC...

2
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CARGA ELÉTRICA

A matéria é formada de pequenas partículas, os átomos.

Cada átomo, por sua vez, é constituído de partículas ainda

menores, no núcleo: os prótons e os nêutrons; na

eletrosfera: os elétrons.

Às partículas eletrizadas (elétrons e prótons) chamamos

"carga elétrica" .

ISOLANTES DE ELETRICIDADE
São os meios materiais nos quais não há facilidade de
movimento de cargas elétricas. Ex: vidro, borracha,
madeira seca, etc.

condutoores de eletricidade
São os meios materiais nos quais há facilidade de
movimento de cargas elétricas, devido a presença de
"elétrons livres". Ex: fio de cobre, alumínio, etc.

3
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CURIOSIDADE

A PARTÍCULA DE DEUS

O bóson de Higgs recebeu este nome em homenagem ao


físico britânico Peter Higgs, que propôs sua existência em um
artigo publicado em 1964 no periódico científico Physical Grande Colisor de Hádrons (LHC)
Review Letters . Higgs teve a ideia enquanto caminhava um
fim de semana pelas Montanhas Cairngorm, na Escócia. O bóson de Higgs seria a misteriosa 13 partículaque daria massa à
Quando retornou ao laboratório, ele disse aos seus colegas ter matéria e comprovaria definitivamente a teoria do BigBang, a grande
tido sua "grande ideia" e encontrado uma resposta para o explosão que teria dado origem ao Universo. No entanto,a existência
enigma de por que a matéria tem massa. desse bóson, também chamado de “partícula de Deus”, nuncafoi provada.
Se o LHC revelar a misteriosa partícula, Higgs, 79 anos,será
partícula que compoem todas as outras que forma a matéria. definitivamente encaminhado para o Prêmio Nobel, distinção a queaspira
também o seu rival, Stephen Hawking. Na semana passada,
DISPONÍVEL EM: Hawkingdisse que seria “mais interessante” se o bóson de Higgs não
https://noticias.terra.com.br/educacao/voce-sabia/qual-e-a- fossedescoberto, porque isso levaria a uma revisão profunda da física
origem-da-expressao-particula-de- atual.
deus,a44800beca2da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
Disponível em: http://www.mundovestibular.com.br/articles/4947/1/LHC-
testara-teorias-de-genios-da-fisica/Paacutegina1.html

4
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS
PRÍNCIPIOS DA ELETROSTÁTICA
1. Na eletrosfera de um átomo de magnésio temos 12
elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera?
"Cargas elétricas de mesmo sinal se repelem e de sinais
contrários se atraem."
2. Na eletrosfera de um átomo de nitrogênio temos 10
elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera?

3. Um corpo tem uma carga igual a -32. 10-6 C.


Quantos elétrons há em excesso nele?
“Lei de Du fay”
4. É dado um corpo eletrizado com carga + 6,4.10-6C.
Determine o número de elétrons em falta no corpo.

5. Quantos elétrons em excesso tem um corpo


eletrizado com carga de -16.10-9 C?
Questões
Num sistema eletricamente isolado, a soma das cargas
elétricas é constante." 6. Qual o erro na afirmação: "Uma caneta é considerada
neutra eletricamente, pois não possui nem cargas
positivas nem cargas negativas"?
Corpo neutro -> Nº prótons = Nº elétrons
7. O que acontece quando se acrescentam elétrons em
Corpo positivo -> O corpo perdeu elétrons
um ponto de um isolante? E de um condutor?
Corpo negativo -> O corpo ganhou elétrons
8. Que tipo de carga elétrica se movimenta em um fio
metálico?

QUANTIDADE DE CARGA ELÉTRICA 9. O que são elétrons livres? Eles existem nos materiais
condutores ou nos isolantes?

 Q = - n.e (se houver excesso de elétrons) 10. Quantos tipos de carga elétrica existem na natureza?
Como se denominam?
 Q = + n.e (se houver falta de elétrons)
11. Em que condições temos atração entre duas cargas
e=  1,6.10-19 C elétricas? E em que condições elas se repelem?
 q = quantidade de carga (C)
12. O que é ligação terra?
n = número de cargas
e = carga elementar (C)

Unidade de carga elétrica no SI é o coulomb (C)


É usual o emprego dos submúltiplos:
1 milecoulomb = 1mC = 10-3C
1 microcoulomb = 1  C = 10-6C

1 nanocoulomb = 1nC = 10-9C


5
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO ELETRIZAÇÃO POR CONTATO


Quando colocamos dois corpos condutores em contato,
um eletrizado e o outro neutro, pode ocorrer a passagem
ELETRIZAÇÃO POR ATRITO de elétrons de um para o outro, fazendo com que o corpo
neutro se eletrize.
Quando dois corpos são atritados, pode ocorrer a
passagem de elétrons de um corpo para outro.

Na figura abaixo temos a série triboelétrica, nela


identificamos quais corpos ficam carregado
positivamente ou negativamente, quando são
atritados.

ELETRIZAÇÃO POR INDUÇÃO


A eletrização de um condutor neutro pode ocorrer por
simples aproximação de um corpo eletrizado, sem que
haja contato entre eles.

6
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

PÊNDULO ELETROSTÁTICO EXERCÍCIOS BÁSICOS


O pêndulo eletrostático é constituído de uma esfera leve 1. Três esferas condutoras A, B e C têm o mesmo
e pequena. Aproximando-se um corpo eletrizado da diâmetro. A esfera A está inicialmente neutra, e as
esfera neutra, ocorrerá o fenômeno da indução outras duas carregadas respectivamente com cargas
eletrostática na esfera e ela será atraída pelo corpo de 4 µC e 8 µC. Com a esfera A toca-se
eletrizado. primeiramente B e depois C. Supondo o sistema
isolado, as cargas elétricas de A, B e C, depois dos
contatos, são, respectivamente:

2. Um corpo A, com carga QA = 8  C, é colocado em


contato com um corpo B, inicialmente neutro. Em
seguida, são afastados um do outro. Sabendo que a
carga do corpo B, após o contato, é de 5  C, calcule a
nova carga do corpo A.

3. Duas esferas metálicas idênticas, de cargas 4. 10-6C e


6.10-6C, foram colocadas em contato. Determine a
carga de cada uma após o contato.
ELETROSCÓPIO DE FOLHAS
Questões
Ele é formado de duas folhas de ouro, ou até mesmo de alumínio,
presas numa das extremidades de uma haste metálica, e na outra uma 4. Para evitar a formação de centelhas elétricas, os
esfera de material condutor. Todo esse sistema então, é colocado caminhões transportadores de gasolina costumam
dentro de um recipiente de vidro, fechado por um objeto de material andar com uma corrente metálica arrastando-se pelo
isolante, de preferência uma rolha.
chão. Explique.

5. Segurando na mão uma esfera eletrizada de metal, é


possível torná-la eletrizada? Por quê? Como se deve
proceder para eletrizar essa esfera?

6. Um pedaço de borracha é atritado em uma certa


região de sua superfície, adquirindo uma carga
negativa naquela região. Esta carga se distribuirá na
superfície de borracha? Por que?

7. Por que, em dias úmidos, um corpo eletrizado perde


Enfim, se aproximarmos um objeto eletrizado à esfera superior do sua carga com relativa rapidez?
eletroscópio, perceberemos que as folhas se afastarão devido a uma
semelhança de cargas. Já, se o eletroscópio estiver neutro, as folhas 8. Que partícula é transferida de um corpo para o outro
permanecerão paradas. Uma das vantagens desse sistema é no processo de eletrização por atrito?
identificação do valor da carga do objeto aproximado, tendendo as
folhas a se afastarem mais se o eletroscopio possuir carga positiva
igualmente a do objeto, e o oposto para quando esses apresentarem EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES
carga negativa.
01.(UFPE-PE) Considere os materiais:
Fonte: http://projetoeletroscopio.blogspot.com.br/2011/04/tipos-
de-eletroscopio.html 1. Borracha 5. Vidro
2. Porcelana 6. Ouro
3. Alumínio 7. Mercúrio

7
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

4. Nylon 8. Madeira Eles seriam formados de três partículas ainda menores,


os quarks. Admite-se a existência de 12 quarks na
Assinale a alternativa abaixo, na qual os três materiais natureza, mas só dois tipos formam os prótons e nêutrons,
citados são bons condutores: o quark up (u), de carga elétrica positiva, igual a 2/3 do
a) 5, 7 e 8 valor da carga do elétron, e o quark down (d), de carga
elétrica negativa, igual a 1/3 do valor da carga do elétron.
b) 3, 5 e 6 A partir dessas informações, assinale a alternativa que
apresenta corretamente a composição do próton e do
c) 3, 4 e 6 nêutron:
d) 3, 6 e 7 próton nêutron
e) 1, 3, 7 a) d, d, d u, u, u
b) d, d, u u, u, d
02. (UFMG-MG) Um isolante elétrico: c) d, u, u u, d, d
d) u, u, u d, d, d
e) d, d, d d, d, d

a) não pode ser carregado eletricamente; 05. (UFF-RJ) Um aluno tem 4 esferas idênticas,
pequenas e condutoras (A, B, C e D),carregadas com
b) não contém elétrons; cargas respectivamente iguais a –2Q, 4Q, 3Q e 6Q. A
c) tem de estar no estado sólido; esfera A é colocada em contacto com a esfera B e a seguir
com as esferas C e D. Ao final do processo a esfera A
d) tem, necessariamente, resistência elétrica estará carregada com carga equivalente a:
pequena;
a) 3Q
e) não pode ser metálico.
b) 4Q
c) Q/2
03. (UERJ-RJ) Em processos físicos que produzem
apenas elétrons, prótons e nêutrons, o número total de d) 8Q
prótons e elétrons é sempre par. e)5,5Q
Esta afirmação expressa a lei de conservação de:
a) massa 06. Um pêndulo elétrico é atraído por um bastão
b) energia carregado negativamente.

c) momento
d) carga
e)força

04. (UNESP-SP) De acordo com o modelo atômico


atual, os prótons e nêutrons não são mais considerados Pode-se concluir com certeza que o pêndulo:
partículas elementares.
8
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) Tem carga positiva d) I, II e III são corretas.


b) Não está carregado
c) Tem carga negativa 09. Um bastão é atritado com um pano. A seguir, repele
uma esfera eletrizada negativamente. Pode-se afirmar
d) Tem carga negativa ou não está carregado corretamente que o bastão foi eletrizado:
a) positivamente, por contato com o pano.
07. Na figura a seguir, um bastão carregado b) positivamente, por ter-se aproximado da esfera.
positivamente é aproximado de uma pequena esfera
metálica (M) que pende na extremidade de um fio de c) negativamente, por ter-se aproximado da esfera.
seda. Observa-se que a esfera se afasta do bastão.
d) negativamente, por atrito com o pano.

10. Uma partícula está eletrizada positivamente com uma


carga elétrica de 4,0x10-15 C. Como o módulo da carga do
elétrons é 1,6x10-19 C, essa partícula
a) ganhou 2,5x104 elétrons.
Nesta situação, pode-se afirmar que a esfera possui uma
carga elétrica total: b) perdeu 2,5x104 elétrons.
a) negativa c) ganhou 4,0x105 elétrons.
b) positiva d) perdeu 4,0x105 elétrons
c) positiva ou nula
d) negativa ou nula 11. Durante uma tempestade, um raio atinge um ônibus
que trafega por uma rodovia.

08. Os relâmpagos e os trovões são conseqüência de


descargas elétricas entre nuvens ou entre nuvens e o solo.
A respeito desses fenômenos, considere as afirmações
que seguem.
I - Nuvens eletricamente positivas podem induzir cargas
elétricas negativas no solo. Pode-se afirmar que os passageiros:
II - O trovão é uma conseqüência da expansão do ar a) não sofrerão dano físico em decorrência deste fato, pois
aquecido. os pneus de borracha asseguram o isolamento elétrico do
III- Numa descarga elétrica, a corrente elétrica é invisível ônibus.
sendo o relâmpago a emissão de luz, em conseqüência da b) serão atingidos pela descarga elétrica, em virtude da
ionização do ar. Dentre as afirmações: carroceria metálica ser boa condutora de eletricidade.
a) somente I é correta. c) serão parcialmente atingidos, pois a descarga será
b) somente II é correta. homogeneamente distribuída na superfície interna do
ônibus.
c) somente III é correta.
9
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

d) não sofrerão dano físico em decorrência deste fato, 15. Uma esfera metálica carregada M é aproximada de
pois a carroceria metálica do ônibus atua como um eletroscópio de folhas de alumínio, conforme o
blindagem. esquema abaixo. A carcaça metálica R está em contato
permanente com o solo (aterrada). Enquanto a esfera M
estava muito afastada do eletroscópio estabeleceu-se um
12. Um pedaço de papel higiênico e uma régua de plástico contato elétrico transitório entre T e R.
estão eletricamente neutros. A régua de plástico é, então,
friccionada no papel higiênico. Após o atrito deve-se
esperar que:
a) somente a régua fique eletrizada.
b) somente o papel fique eletrizado.
c) ambos fiquem eletrizados com cargas de mesmo sinal Qual é a afirmação CORRETA em relação à experiência?
e mesmo valor absoluto.
a) As folhas se abrirão à medida que M vai se
d) ambos fiquem eletrizados com cargas de sinais aproximando de T.
contrários e mesmo valor absoluto.
b) As folhas só abrirão quando M tocar em R
c) As folhas só abrirão se o contato entre T e R for
13. O corpos eletrizados por atrito, contato e indução mantido permanentemente.
ficam carregados respectivamente com cargas de sinais:
d) As folhas só abrirão quando M tocar em T.
a) iguais, iguais e iguais.
b) contrários, iguais e contrários.
16. Três esferas condutoras A, B e C têm o mesmo
c) iguais, iguais e contrários. diâmetro. A esfera A está inicialmente neutra, e as outras
duas carregadas respectivamente com cargas de 6 µC e 7
d) contrários, contrários e iguais µC. Com a esfera A toca-se primeiramente B e depois C.
14. A figura abaixo representa um condutor A, Supondo o sistema isolado, as cargas elétricas de A, B e
eletricamente neutro, ligado à Terra. Aproxima-se de A C, depois dos contatos, são, respectivamente:
um corpo B carregado positivamente. a) 5 µC, 3 µC e 5 µC
b) 7 µC, 3 µC e 5 µC
c) 6 µC, 3 µC e 5 µC
d) 5 µC, 3 µC e 7 µC
Lista de exercícios disponível em :
Pode-se afirmar que : http://www.supletivounicanto.com.br/docs/listas/medio/
fisica/Fisica_3o_Ano_eletrizacao_fim.pdf
a) os elétrons da Terra são atraídos para A.
b) os elétrons de A escoam para a Terra.. GABARITO

c) os prótons da Terra são atraídos para A. 1D 2E 3D 4C 5B 6A 7C 8D 9D 10B 11D 12D 13B 14A 15A 16A.

d) os prótons de A escoam para a Terra.

10
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!! 03. (MODELO ENEM) Em dias secos, em ambientes


carpetados, é comum as pessoas receberem pequenas
descargas elétricas ao tocarem em maçanetas e outros
objetos metálicos.

01. (MODELO ENEM) Observe a figura abaixo : Isso se deve ao fato de :


a) Os objetos metálicos, por serem bons condutores,
absorverem facilmente energia elétrica e se
descarregarem ao serem tocados.
b) O corpo da pessoa, eletrizado pelo atrito com o carpete,
se descarregar nesses objetos.
c) Os metais se carregaram negativamente e os isolantes
positivamente, gerando uma corrente elétrica ao se fechar
o circuito.
d) Os carpetes, em ambientes secos e quentes, emitirem
elétrons livres, carregando-se positivamente e
O processo de separação de cargas descrito no desenho ( descarregando-se através do contato.
nuvem – edifício) acima é:
04. (MODELO ENEM) Na antigüidade, acreditava-se
a) Eletrização por contato que os raios eram castigos enviados por deuses furiosos e
somente no século XVIII o fenômeno foi cientificamente
b) Indução eletromagnética explicado por Benjamin Franklin (1706 - 1790) que, além
de político, era também físico e filósofo. Franklin
c) Indução eletrostática enunciou o Barra metálica Terra A 1 C 2 Exercícios de
d) Eletrização por atrito Física – Eletrização princípio da conservação da carga,
descobriu a natureza elétrica dos raios e inventou o pára-
raios. Nos dois séculos que se seguiram, muitas pesquisas
foram feitas na área de meteorologia e o fenômeno da
02. (MODELO ENEM) “Geração Pontocom” – O geração de raios é atualmente bem conhecido. As nuvens
pessoal que não conheceu o mundo antes do computador de tempestade têm altura entre 1,5 e 15 km, apresentando
é imbatível na rapidez com que processam informações e temperaturas internas muito diferentes. Na parte inferior,
novidades. Sabemos que o uso do computador está cada a temperatura é próxima à do ambiente (em média 20 oC),
vez mais difundido no Brasil e no Mundo. Mas devemos enquanto que na parte mais alta pode atingir - 50 oC. Este
ter alguns cuidados técnicos com esta máquina poderosa, enorme gradiente de temperaturas gera ventos muito
porém frágil. Um dos maiores problemas para as intensos no interior das nuvens que por sua vez provocam
memórias de acesso do computador é a energia estática. a separação de cargas elétricas devido ao atrito com as
Sobre processos de eletrização, podemos afirmar: partículas de gelo existentes no topo. Assim, a parte
inferior das nuvens contém excesso de cargas negativas,
a) Na eletrização por atrito ambos os corpos adquirem
enquanto a parte superior, positivas. Por indução, no solo
cargas de mesmo valor e mesmo sinal
há surgimento de excesso de cargas positivas e se
b) Na eletrização por contato os corpos adquirem cargas estabelece uma enorme diferença de potencial entre a
de mesmo valor, porém de sinal contrário. nuvem e o solo, podendo atingir milhões de volts. Uma
vez vencida a capacidade isolante do ar, ocorrem de 30 a
c) Processos de eletrização são, nada mais do que 40 descargas elétricas sucessivas espaçadas por
escoamento de elétrons de um corpo para outro intervalos de aproximadamente 0,01 s, que constituem
um único raio.
d) Na eletrização por indução, após o processo, os corpos
adquirem cargas de mesmo valor e sinal.

11
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

d) Ar em uma região onde existe um campo elétrico


uniforme de intensidade superior a 10.000V/cm é um
péssimo condutor de eletricidade.
06. (MODELO ENEM)-(UFTM-MG) A indução
eletrostática consiste no fenômeno da separação de cargas
em um corpo condutor (induzido), devido à proximidade
de outro corpo eletrizado (indutor).
Preparando-se para uma prova de física, um estudante
anota em seu resumo os passos a serem seguidos para
Observe a ilustração: Com base nas informações acima e eletrizar um corpo neutro por indução, e a conclusão a
nos conhecimentos em Eletrostática, assinale a respeito da carga adquirida por ele.
CORRETA:
Passos a serem seguidos:
a) Processo de eletrização que ocorre no interior das
nuvens, que possibilita a separação de cargas, é a indução I. Aproximar o indutor do induzido, sem tocá-lo.
eletrostática.
II. Conectar o induzido à Terra.
b) Um corpo neutro é aquele que não possui cargas
elétricas. III. Afastar o indutor.

c) Relâmpago ocorre porque há aquecimento do ar IV. Desconectar o induzido da Terra.


provocando uma expansão e propagação em forma de Conclusão:
onda sonora, com um estalo característico.
No final do processo, o induzido terá adquirido cargas de
d) Ar, em qualquer situação, é considerado um isolante sinais iguais às do indutor.
elétrico.
Ao mostrar o resumo para seu professor, ouviu dele que,
para ficar correto, ele deverá
05. (MODELO ENEM) Nos períodos de estiagem em a) inverter o passo III com IV, e que sua conclusão está
Brasília, é comum ocorrer o choque elétrico ao se tocar a correta.
carroceria de um carro ou a maçaneta de uma porta em
um local onde o piso é recoberto por carpete. Centelhas b) inverter o passo III com IV, e que sua conclusão está
ou faíscas elétricas de cerca de um centímetro de errada.
comprimento saltam entre os dedos das pessoas e esses
objetos. Uma faísca elétrica ocorre entre dois corpos c) inverter o passo I com II, e que sua conclusão está
isolados no ar, separados por uma distância de um errada.
centímetro, quando a diferença de potencial elétrico entre d) inverter o passo I com II, e que sua conclusão está
eles atinge, em média, 10.000V. correta.
Com o auxílio do texto, marque a alternativa CORRETA: e) inverter o passo II com III, e que sua conclusão está
a) Choque elétrico é sentido por uma pessoa devido à falta errada.
de corrente elétrica pelo seu corpo.
b) Os choques elétricos referidos no texto são perigosos
porque são provenientes de cargas estáticas que
acumulam grande quantidade de energia.
c) Processo de eletrização por indução é o principal
responsável pelo surgimento do fenômeno descrito no Gabarito
texto.
1C 2C 3B 4C 5C 6B

12
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

3. Duas cargas elétricas Q1 = 10.10-6C e Q2 = -2.10-6C


LEI DE COULOMB
estão situadas no vácuo e separadas por uma
"As cargas elétricas exercem forças entre si. Essas distância de 0,2 m. Qual é o valor da força de
forças obedecem ao princípio da ação e reação, ou seja, atração entre elas?
têm a mesma intensidade, a mesma direção e sentidos
opostos." 4. Uma carga de 10-12 C é colocada a uma distância de
10-5 m de uma carga Q. Entre as cargas aparece uma
força de atração igual a 27.10-4 N. Determine o valor
da carga Q. Considere Kvácuo = 9.109 N.m2/C2

5. Uma carga de 10-9 C é colocada a uma distância de


2.10-2 m de uma carga Q. Entre as cargas aparece
uma força de atração igual a 9.10-5 N. Determine o
valor da carga Q. Considere Kvácuo = 9.109 N.m2/C2

6. A que distância no vácuo devem ser colocadas duas


cargas positivas e iguais a 10-4C, para que a força
elétrica de repulsão entre elas tenha intensidade 10
N?

7. Colocam-se no vácuo duas cargas elétricas iguais a


uma distância de 2 m uma da outra. A intensidade
da força de repulsão entre elas é de 3,6.102 N.
Determine o valor das cargas.

8. Duas cargas elétricas puntiformes positivas e iguais


Fe= força de interação entre as cargas (N) a Q estão situadas no vácuo a 2 m de distância,
Sabendo que a força de repulsão mútua tem
Q = carga (C) intensidade 0,1 N, calcule Q.

d = distância entre as cargas (m)


K = constante eletrostática (N.m2/C2) QUESTÕES
9 2 2
Kvácuo = 9.10 N.m /C 9. É possível uma carga elétrica ser atraída por três
outras cargas fixas e permanecer em equilíbrio? Faça
um esquema justificando a resposta.

10. Descreva o método utilizado por Coulomb para medir


EXERCÍCIOS BÁSICOS a força elétrica.

1. Dois corpos foram eletrizados positivamente. Um


dos corpos ficou com uma carga de 10-5 C e o outro
com uma carga de 10-7C. Determine a força de 11. A força de interação elétrica obedece ao princípio da
repulsão que aparecerá entre eles, se forem ação e reação?
colocados a uma distância de 10-3 m um do outro.
Considere Kvácuo = 9.109 N.m2/C2 EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

2. Duas cargas de 8.10-4C e 2.10-3C estão separadas 1. Segundo o princípio da atração e repulsão, corpos
por 6 m, no vácuo. Calcule o valor da força de eletrizados com cargas de mesmo sinal se repelem e com
repulsão entre elas. sinais contrários se atraem. O módulo da força de atração

13
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

ou repulsão mencionado acima é calculado através da lei d) 23


de Coulomb.
e) 28
Sobre esta força é correto afirmar que ela é
a) inversamente proporcional ao produto das cargas.
5. As cargas elétricas puntiformes Q1 e Q2, posicionadas
b) proporcional ao quadrado da distância entre as cargas. em pontos fixos conforme o esquema a seguir, mantêm,
em equilíbrio, a carga elétrica puntiforme q alinhada com
c) uma força de contato. as duas primeiras.
d) uma força de campo.
e) fraca, comparada com a força da gravidade.

De acordo com as indicações do esquema, o módulo da


2. Duas cargas iguais e positivas de 2,0 · 10 -7 C estão razão Q1/Q2 é igual a
separadas por uma distância de 0,1m. Qual o valor da a) 36
força elétrica que age em cada uma delas?
b) 9
a) 3,6. 10-5
c) 2
b) 3,6. 10-4
d) 3/2
c) 3,6. 10-3
e) 2/3
d) 3,6. 10-2
e) 3,6. 10-1
6. Duas cargas elétrica puntiformes Q1 e Q2=4Q1 estão
fixas nos pontos A e B, distantes 30cm. Em que posição
3. Uma carga negativa de -8 · 10 -8 C está a uma distância (x) deve ser colocada uma carga Q3=2Q1para ficar em
de 2 · 10 -3 m de uma carga positiva cujo valor é 5 · 10 -10 equilíbrio sob ação somente de forças elétricas?
C. Qual o valor da força eletrostática que age em cada a) x = 5 cm
uma delas?
b) x = 10 cm
a) 9. 10-1
c) x =15 cm
b) 9. 10-2
d) x = 20 cm
c) 9. 10-3
e) x = 25 cm
d) 9. 10-4
e) 9. 10-5
7. Duas pequenas esferas idênticas estão eletrizadas com
cargas q e -5q e se atraem com uma força elétrica de
4. Dois prótons de uma molécula de hidrogênio distam intensidade F, quando estão separadas de uma distância
cerca de 1,0×10-10m. Qual o módulo da força elétrica que d. Colocando-as em contato e posicionando-as, em
um exerce sobre o outro, em unidades de 10-9N? seguida, a uma distância 2d uma da outra, a intensidade
de nova força de interação elétrica entre as esferas será
a) 13
a) f/2
b) 18
b) f/3
c) 20
14
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

c) f/4 microscópio. As placas P1 e P2 formam um capacitor.


Nesta região, pode-se aplicar um campo elétrico fechando
d) f/5 o interruptor que liga a bateria B às placas do capacitor,
e) f/10 tornando a placa P1 positiva e a placa P2 negativa.

8. Duas cargas positivas, separadas por uma certa


distância, sofrem uma força de repulsão. Se o valor de
uma das cargas for dobrada e a distância duplicada, então,
em relação ao valor antigo de repulsão, a nova força será:
a) o dobro
b) o quádruplo
c) a quarta parte Assim, com o interruptor fechado, para uma gota de óleo
situada no meio da câmara C, pode-se afirmar que:
d) a metade
a) é impossível equilibrar a gota. Seu peso
inevitavelmente fará a mesma cair.
9. O gráfico abaixo representa a força F entre duas cargas b) a gota poderá ficar equilibrada desde que tenha
pontuais positivas de mesmo valor, separadas pela carga negativa (excesso de elétrons).
distância r. Determine o valor das cargas, em unidades de
10-9C. c) a gota poderá ficar equilibrada desde que tenha
carga positiva (falta de elétrons).
a) 1,0
d) apenas gotas com carga positiva serão aceleradas
b) 2,0 para cima.
c) 3,0 e) apenas gotas neutras (sem carga elétrica) ficarão
d) 4,0 equilibradas.

e) 5,0
Gabarito 02. (CESGRANRIO-MODELO ENEM) A lei de
Coulomb afirma que a força de intensidade elétrica de
1- D 2- D 3- B 4- D 5- B 6- B
partículas carregadas é proporcional:
7- D 8- D 9- E
I. às cargas das partículas;
II. às massas das partículas;
SE LIGA NO ENEM!!!
III. ao quadrado da distância entre as partículas;
IV. à distância entre as partículas.
01. (UNIMES SP-MODELO ENEM) A figura abaixo
mostra um diagrama do aparelho utilizado pelo físico Das afirmações acima
americano Robert A. Millikan para medir a carga a) somente I é correta;
elementar e. Gotículas de óleo são introduzidas na câmara
A por meio de um atomizador e várias se tornam b) somente I e III são corretas;
eletricamente carregadas durante esse processo.
c) somente II e III são corretas;
Algumas caem e, passando pelo orifício da placa P1,
atingem a câmara C onde podem ser observadas pelo d) somente II é correta;
15
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

e) somente I e IV são corretas. 05. (MACK SP-MODELO ENEM) Com base no


modelo do átomo de hidrogênio, no qual se considera um
03. (UF - JUIZ DE FORA-MODELO ENEM) Duas elétron descrevendo uma órbita circunferencial ao redor
esferas igualmente carregadas, no vácuo, repelem-se do núcleo, temos um exemplo de M.C.U. O raio dessa
mutuamente quando separadas a uma certa distância. órbita é da ordem de 1.10–10 m. Sabe-se que a carga
Triplicando a distância entre as esferas, a força de elementar é e = 1,6.10–19 C, a constante eletrostática do
repulsão entre elas torna-se: meio é k = 9.10–10 N.m2/C2, a massa do elétron é
a) 3 vezes menor me = 9,0.10–31 kg e a massa do próton é
mp = 1,67.10–27kg. Nesse modelo atômico, a velocidade
b) 6 vezes menor escalar do elétron é, aproximadamente:

c) 9 vezes menor a) 1,6.104 m/s

d) 12 vezes menor b) 3,2.104 m/s

e) 9 vezes maior c) 1,6.106 m/s


d) 3,2.106 m/s

04. (UFG GO-MODELO ENEM) e) 1,6.109 m/s

A eletricidade 06. (UFMG – MODELO ENEM) Em um experimento, o


Professor Ladeira observa o movimento de uma gota de óleo,
eletricamente carregada, entre duas placas metálicas paralelas,
posicionadas horizontalmente. A placa superior tem carga
positiva e a inferior, negativa, como representado nesta figura:

Os materiais de uma forma geral são constituídos por


cargas elétricas, podendo estar neutros ou carregados Considere que o campo elétrico entre as placas é uniforme e
positiva ou negativamente. Em relação ao que a gota está apenas sob a ação desse campo e da gravidade.
comportamento desses materiais, do ponto de vista
eletrostático, é correto afirmar-se que: Para um certo valor do campo elétrico, o Professor Ladeira
observa que a gota cai com velocidade constante.
a) um corpo eletricamente neutro, suspenso por um fio
isolante, é repelido quando aproximamos um bastão Com base nessa situação, é CORRETO afirmar que a carga da
gota é:
carregado positivamente;
a) negativa e a resultante das forças sobre a gota não é
b) uma carga Q cria um campo elétrico no espaço em nula.
torno dela, e esse campo é o responsável pelo
aparecimento de força elétrica em outras cargas, b) positiva e a resultante das forças sobre a gota é nula.
colocadas no espaço ao seu redor;
c) negativa e a resultante das forças sobre a gota é nula.
c) a carga elétrica em uma casca condutora esférica se
d) positiva e a resultante das forças sobre a gota não é
distribui na superfície interna desta, anulando o campo nula.
elétrico nas vizinhanças da superfície externa;
d) a força eletrostática que uma carga q1, exerce sobre
uma carga q2 é diretamente proporcional à distância que
separa seus centros.
GABARITO
1B 2A 3C 4B 5C 6C

16
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS
CAMPO ELÉTRICO
1. Calcule o valor do campo elétrico num ponto do
espaço, sabendo que uma força de 8N atua sobre uma
"Existe uma região de influência da carga Q onde
carga de 2C situada nesse ponto.
qualquer carga de prova q, nela colocada, estará sob a
ação de uma força de origem elétrica. A essa região
2. Devido ao campo elétrico gerado por uma carga Q, a
chamamos de campo elétrico."
carga q = +2.10-5 fica submetida à força elétrica F =
4.10-2 N. Determine o valor desse campo elétrico.

3. O corpo eletrizado Q, positivo, produz num ponto P



o campo elétrico E , de intensidade 2.105 N/C.
Calcule a intensidade da força produzida numa carga
positiva q = 4.10-6 C colocada em P.

4. Em um ponto do espaço, o vetor campo elétrico tem


intensidade 3,6.103 N/C. Uma carga puntiforme de
1.10-5 C colocada nesse ponto sofre a ação de uma
força elétrica. Calcule a intensidade da força.

O campo elétrico E é uma grandeza vetorial.
A unidade de E no SI é N/C.
 5. Uma carga de prova q = -3.10-6 C, colocada na

 F presença de um campo elétrico E , fica sujeita a uma
E força elétrica de intensidade 9N, horizontal, da direita
q
para a esquerda. Determine a intensidade do vetor
campo elétrico e sua orientação.
E = Intensidade do campo elétrico (N/C)
F = Força (N) 6. Num ponto de um campo elétrico, o vetor campo
Q=Carga elétrica (C ) elétrico tem direção vertical, sentido para baixo e
intensidade 5.103 N/C. Coloca-se, neste ponto, uma
ORIENTAÇÃO pequena esfera de peso 2.10-3 N e eletrizada com
q = carga de prova (C)DO CAMPO ELÉTRICO
carga desconhecida. Sabendo que a pequena esfera
fica em equilíbrio, determine:
a) A intensidade, a direção e o sentido da força
elétrica que atua na carga;
b) O valor da carga.

7. Sobre uma carga de 2C, situada num ponto P, age


uma força de 6N. No mesmo ponto, se substituirmos
a carga de por uma outra de 3C, qual será o valor da
força sobre ela?

Questões
8. O que acontece com um corpo eletrizado quando
colocado numa região onde existe um campo
elétrico?

17
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

5. O diagrama representa a intensidade do campo


CAMPO ELÉTRICO DE UMA CARGA PUNTIFORME
elétrico, originado por uma carga Q, fixa, no vácuo,
em função da distância à carga. Determine:
a) o valor da carga Q, que origina o campo;
"O vetor campo elétrico em um ponto P independe da b) o valor do campo elétrico situado num ponto P, a
carga de prova nele colocada." 0,5 m da carga Q.

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES
Q
EK
d2 1-(Mackenzie ) Uma carga elétrica puntiforme com
4,0µC, que é colocada em um ponto P do vácuo, fica
Q = carga que gera o campo (C) sujeita a uma força elétrica de intensidade 1,2N. O campo
d = distância da carga ao ponto P elétrico nesse ponto P tem intensidade de:
K = constante eletrostática (N.m2/C2) a) 3,0.105 N/C
Kvácuo = 9.109 N.m2/C2 b) 2,4.105 N/C
c) 1,2.105 N/C
EXERCÍCIOS BÁSICOS d) 4,0.10-6 N/C
1. Calcule o campo elétrico criado por uma carga Q = e) 4,8.10-6 N/C
2.10-6 C, situada no vácuo, em um ponto distante
3.10-2 m de Q.

2. Calcule o campo elétrico gerado por uma carga Q = - 2-(Unesp ) A figura 1 representa uma carga elétrica
4.10-6 C, situada no vácuo, em um ponto distante pontual positiva no ponto P e o vetor campo elétrico no
0,6m de Q. Faça também um esquema representando ponto 1, devido a essa carga.
a carga Q e o vetor campo elétrico.
No ponto 2, a melhor representação para o vetor campo
elétrico, devido à mesma carga em P, será:

3. Uma carga Q, positiva, gera no espaço um campo


elétrico. Num ponto P, a 0,5m dela o campo elétrico
tem intensidade E = 14,4.106 N/C. Sendo o meio o
vácuo, determine Q.

4. Considere uma carga Q, fixa, de -5.10-6 C, no vácuo.


a) Determine o campo elétrico criado por essa carga
num ponto A localizado a 0,2 m da carga;
b) Determine a força elétrica que atua sobre uma
carga q = 4.10-6 C, colocada no ponto A.

18
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

3. (Unesp) Na figura adiante, o ponto P está eqüidistante d) 4,5.106 N/C


das cargas fixas +Q e -Q. Qual dos vetores indica a
direção e o sentido do campo elétrico em P, devido a essas e) 5,4.106 N/C
cargas? 6-(Fatec ) Uma partícula de massa 1,0×10-5kg e carga
elétrica 2,0µC fica em equilíbrio quando colocada em
certa região de um campo elétrico.
Adotando-se g=10m/s2, o campo elétrico naquela região
tem intensidade, em V/m, de:
a) 500
b) 0,050
c) 20
d) 50
4-(Faap ) Sabendo-se que o vetor campo-elétrico no
ponto A é nulo, a relação entre d1 e d2 é: e) 200

a) d1/d2 = 4 7.(Pucmg) No início do século XX (1910), o cientista


norte-americano ROBERT MILLIKAN conseguiu
b) d1/d2 = 2 determinar o valor da carga elétrica do ELÉTRON como
q = -1,6 × 10 -19C. Para isso colocou gotículas de óleo
c) d1/d2 = 1 eletrizadas dentro de um campo elétrico vertical, formado
por duas placas eletricamente carregadas, semelhantes a
d) d1/d2 = 1/2
um capacitor de placas planas e paralelas, ligadas a uma
e) d1/d2 = 1/4 fonte de tensão conforme ilustração a seguir.
g = 10 m/s2

5- (Mackenzie ) As cargas puntiformes q1 = 20µC e


q2 = 64µC estão fixas no vácuo (K0 = 9,0 × 109N.m2/c2),
respectivamente nos pontos A e B.

Admitindo que cada gotícula tenha uma massa de 1,6 ×


10-15 kg, assinale o valor do campo elétrico necessário
para equilibrar cada gota, considerando que ela tenha a
sobra de um único ELÉTRON (carga elementar).
a) 1,6 × 104 N/C
b) 1,0 × 105 N/C
O campo elétrico resultante no ponto P tem intensidade
de: c) 2,0 × 105N/C

a) 3,0.106 N/C d) 2,6 × 104 N/C


Gabarito:
b) 3,6.106 N/C
1- A 2- C 3- C 4- B 5- B 6- D 7- B
c) 4,0.106 N/C

19
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!!

01. (UDESC-MODELO ENEM) A primeira impressora


a jato de tinta surgiu em 1964, quando um certo Richard
G. Sweet registrou a patente do Fluid Droplet, capaz de Nessas condições, pode-se afirmar que
desviar a direção da tinta tanto para a página como para a) o campo elétrico entre as placas está dirigido de
um reservatório. Basicamente, durante a impressão, as 5
gotas são lançadas por um dispositivo gerador com uma baixo para cima e tem módulo igual a 8,3 x 10 N/C .
certa velocidade e eletrizadas com uma carga elétrica. Ao
passar por um campo elétrico, produzido por placas b) se a esfera não estiver carregada, o fenômeno da
defletoras, as gotas eletrizadas são desviadas, de forma indução elétrica garante a observação do mesmo
que atinjam exatamente um ponto pré-determinado na fenômeno.
folha de papel. No esquema abaixo, onde estão c) a diferença de potencial elétrico entre a placa
representadas as partes principais de uma impressora jato 3
de tinta, uma gota negativamente carregada é lançada inferior e a posição da esfera vale 5,0 x 10 V .

horizontalmente com uma velocidade v , atingindo o d) realizando-se o experimento num local muito
ponto P na folha de papel. afastado da Terra e de outros corpos celestes, o novo
5
valor do campo elétrico deverá ser de 1,2 x 10 V/m .
v
-
e) o campo elétrico entre as placas está dirigido de
Gerador Placas 5
de gotas defletoras P cima para baixo e tem módulo igual a 8,3 x 10 N/C .
Folha
de papel
03. (ENEM-2013) Um circuito em série é formado por
uma pilha, uma lâmpada incandescente e uma chave
Nessa situação, a orientação do vetor campo elétrico na interruptora. Ao se ligar a chave, a lâmpada acende quase
região das placas defletoras é: instantaneamente, irradiando calor e luz. Popularmente,
associa-se o fenômeno da irradiação de energia a um
a) desgaste da corrente elétrica, ao atravessar o filamento da
lâmpada, e à rapidez com que a lâmpada começa a brilhar.
Essa explicação está em desacordo com o modelo
b)
clássico de corrente.

c) De acordo com o modelo mencionado, o fato de a


lâmpada acender quase instantaneamente está
relacionado à rapidez com que e
d)
a) o fluido elétrico se desloca no circuito.
e)
b) as cargas negativas móveis atravessam o circuito
02. (UFCG PB-MODELO ENEM) Durante o processo
de produção de minúsculas esferas de metal desenvolvido c) a bateria libera cargas móveis para o filamento da
num laboratório da NASA, uma esfera de alumínio de 20 lâmpada.
mg, com carga positiva de 0,24 nC, é mantida em
d) o campo elétrico se estabelece em todos os pontos do
repouso, por levitação, entre duas grandes placas
circuito.
paralelas carregadas (comparadas às dimensões da
esfera) numa câmara de vácuo, a 3,0 mm da placa inferior e) as cargas positivas e negativas se chocam no filamento
(na figura, a esfera de AI aparece brilhante entre as da lâmpada.
placas).

Gabarito: 1C 2A 3D

20
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

RESPOSTAS DE ELETROSTÁTICA 7- Elétrons, lembre-se quem se movimenta são sempre os


elétrons.
Carga elétrica
Lei de Coulomb
1- Q= -19,2.10-19 C
1- F= 9.103 N
-18
2- Q= -1,6.10 C
2- F=4.102 N
3- n= 2.1014 é
3- 45.10-1 N
4- n= 4.1013 é
4- 3.10-11 N
10
5- n= 10.10 é
5- 4nC
6- Neutro  n° prótons = n° elétrons
6- d= 3m
7- Isolante: corpo fica negativo, mas as cargas não se
movimentam pelo material. 7- Q= 4.10-4 C

Condutor: corpo fica negativo, mas as cargas podem se 8- 2/3.10-5


movimentar pelo material. 9- Separa-se as duas cargas a uma certa distância, no vácuo,
8- Somente os elétrons. medindo o valor das duas cargas tem-se a força entre elas.

9- São elétrons da última camada dos átomos que estão 10- A força de uma carga sobre a outra são de mesma
fracamente ligadas ao núcleo, por isso eles podem se intensidade,mesma direção, porem tem sentidos opostos, de
movimentar livremente pelos materiais. Isso ocorre nos acordo com a Lei de ação e reação proposta por Newton.
condutores.
Campo elétrico
10- Positiva e Negativa, protons e elétrons respectivamente. 1- E= 4 N/C
11- Cargas de sinais iguais se repelem e cargas de sinais 2- E= 2.103 N/C
contrários se atraem.
3- F= 0,8 N
12- É a ligação pelo qual colocamos um fio conectando um
corpo a terra, afim de carregar ou descarregar o corpo. 4- F= 3,6.10-2 N

5- E= 3.106 N/C
Processos de eletrização 6- F=P= 2.10-3 N q= 0,4 Mc
1- QA = 5µC, QB= 2µC, QC= 5µC 7- E= 3 N/C F= 9 N
2- QB= 3µC 8- Ele será atraido ou repelido.
3- QA = 5µC e QB =5µC Campo elétrico de uma carga puntiforme
4- A corrente metálica serve como fio terra, descarregando a 1- E= 2.107 N/C
carcaça do caminhão, para não provocar centelhas e
conseguentemente uma explosão. 2- E= 1.105 N/C

5- segurando ela com a mão nunca vai conseguir eletrizá-la, 3- Q= 4.10-4 N/C
pois seu corpo serve como fio terra. Devemos colocar a esfera
sobre um material isolante, para que possamos eletrizá-la. 4- E= 1,125.106 N/C F= 4,5 N

6- Não se distribuirá, nos isolantes as cargas não conseguem se 5- Q= 6.10-6 C E= 2,16.10 5 N/C
movimentar, elas ficam acumuladas em uma região. Se fosse
um metal que é um condutor ela iria se distribuir por toda a
superfície do metal.

21
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CORRENTE ELÉTRICA

"As cargas elétricas em movimento ordenado


constituem a corrente elétrica. As cargas elétricas que
constituem a corrente elétrica são os elétrons livres, no
caso do sólido, e os íons, no caso dos fluídos."

TIPOS DE CORRENTE
- Corrente contínua
É aquela cujo sentido se mantém constante.
Ex: corrente de uma bateria de carro, pilha, etc.
- Corrente alternada
É aquela cujo sentido varia alternadamente.
Ex: corrente usada nas residências.
INTENSIDADE DA CORRENTE ELÉTRICA
Propriedade gráfica
"No gráfico da corrente em função do tempo, a área sob
a curva, é numericamente igual a quantidade de carga
que atravessa o condutor."

i (A)

i
A A= q

0 t1 t2 t (s)
q
i
t
EXERCÍCIOS BÁSICOS
 q = n.e
1. Por uma secção transversal de um fio de cobre
passam 20C de carga em 2 segundos. Qual é a
i = corrente elétrica (A) corrente elétrica?
 q = carga elétrica (C)
2. Em cada minuto, a secção transversal de um
 t = tempo (s) condutor metálico é atravessada por uma
n = número de cargas quantidade de carga elétrica de 12C. Qual a
e = carga elementar (C) corrente elétrica que percorre o condutor?

e = 1,6.10-19 C 3. O filamento de uma lâmpada é percorrido por


uma corrente de 2A. Calcule a carga elétrica
que passa pelo filamento em 20 segundos.
Unidade de corrente elétrica no SI é ampère (A)
22
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

4. Um condutor metálico é percorrido por uma tempo. Determine a carga que passa por uma
corrente de 10.10-3A. Qual o intervalo de tempo secção transversal do condutor em 8s.
necessário para que uma quantidade de carga
elétrica igual a 3C atravesse uma secção
transversal do condutor?

5. Pela secção transversal de um condutor


metálico passam 6.1020 elétrons durante 2s.
Qual a corrente elétrica que atravessa o
condutor? É dada a carga elétrica elementar:
Questões
e = 1,6.10-19 C.
11. Por que alguns elétrons recebem a denominação
de elétrons livres?
6. Um condutor metálico é percorrido por uma 12. O que diferencia a corrente elétrica produzida por
corrente elétrica contínua de 8A. Determine o uma pilha da corrente elétrica produzida numa
número de elétrons que atravessam uma secção usina hidrelétrica?
transversal do condutor em 5s. É dada a carga 13. Diga, com suas palavras, o que é uma corrente
elétrica elementar: e = 1,6.10-19 C. elétrica.
14. O que é necessário para ser estabelecida uma
7. Um condutor é percorrido por uma corrente de corrente elétrica num fio condutor?
intensidade 20A. Calcule o número de elétrons 15. Em que é usada a fita isolante? Por quê?
que passam por uma secção transversal do
condutor em 1s (e = 1,6.10-19 C). 16. A corrente elétrica de um aquecedor elétrico é
7,5 A. Qual a quantidade de carga elétrica que
passa pelo aquecedor em 30 segundos?
8. O gráfico abaixo ilustra a variação da corrente
elétrica em um fio condutor, em função do 17. Um fio é atravessado por 2.1020 elétrons em
tempo. Qual é a carga elétrica que passa por 20s. Qual a intensidade da corrente elétrica
uma secção transversal desse condutor, em 5s? nesse fio?

i (A) 18. Uma lâmpada de lanterna é atravessada por uma


30 carga de 90 C no intervalo de tempo de 1
minuto. Qual a intensidade da corrente, em
ampère?

0 5 t (s)

9. O gráfico abaixo representa a corrente elétrica EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES


em um fio condutor, em função do tempo. Qual 01.(UFOP MG) Em uma tarde de tempestade, numa
é a carga elétrica que passa por uma secção região desprovida de para-raios, a antena de uma casa
transversal desse condutor, em 3s? recebe uma carga que faz fluir uma corrente de
i (A) 1,2  104 A, em um intervalo de tempo de 25  10–6 s.
6 Qual a carga total transferida para a antena?
a) 0,15 C
0 1 2 3 t (s) b) 0,2 C
10. No gráfico tem-se a intensidade da corrente c) 0,48 C
elétrica através de um condutor em função do
d) 0,3 C

23
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

e) 30C
02. (FEPECS DF) Uma bateria completamente 05. (UECE) Uma corrente elétrica de 3,0 A percorre um
carregada pode liberar 2,16 × 105 C de carga. Uma fio de cobre. Sabendo-se que a carga de um elétron é igual
lâmpada que necessita de 2,0A para ficar acessa 19
a 1,6 x10 , o número de elétrons que atravessa, por
normalmente, ao ser ligada a essa bateria, funcionará por:
minuto, a seção reta deste fio é, aproximadamente:
a) 1,1x1021
a) 32h
b) 3,0x106
b) 30h
c) 2,0x1010
c) 28h
d) 1,8x1011
d) 26h
e) 24h
06.(UFAM) O diagrama a seguir representa a
03.(UPE) Uma corrente de 0,3 A que atravessa o peito intensidade da corrente I em um condutor em função do
pode produzir fibrilação (contrações excessivamente tempo t.
rápidas das fibrilas musculares) no coração de um ser
humano, perturbando o ritmo dos batimentos cardíacos
com efeitos possivelmente fatais. Considerando que a
corrente dure 2,0 min, o número de elétrons que
atravessam o peito do ser humano vale

Dado: carga do elétron = 1,610–19 C.

a) 5,35  102 Qual a quantidade de carga, em coulombs que passa por


uma seção do condutor nos 4 primeiros segundos.
b) 1,62  10–19
a) 36
c) 4,12  1018
b) 12
d) 2,45  1018
c) 18
e) 2,25  1020
d) 24
04. (FEPECS DF) Considere a figura:
e) 9
07.(FMTM MG) Em um condutor, a corrente
elétrica varia com o tempo de acordo com o gráfico.
Observe:

O gráfico fornece a intensidade da corrente elétrica em


um condutor metálico em função do tempo. Em 9s a
carga elétrica que atravessa uma seção do condutor é:
a) 26C
b) 27C
Admitindo que a carga de um elétron é 1,6 × 10–19 C,
c) 28C pode-se concluir que no intervalo de tempo dado, o
d) 29C
24
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

número de elétrons que fluiu através de uma secção b) AC, DC, AC, DC, DC, DC.
normal desse condutor foi de:
c) AC, DC, AC, DC, DC, AC.
a) 1,6 × 1019.
d) DC, AC, DC, AC, AC, AC.
b) 2,0 × 1019.
e) DC, AC, DC, AC, DC, DC.
20
c) 1,6 × 10 . Gabarito:

20
d) 2,0 × 10 . 1D 2B 3E 4B 5A 6A 7D 8D 9B

e) 3,2 × 1020.
SE LIGA NO ENEM!!!

08. (UNIFOR CE) Um circuito eletrônico foi submetido


a um pulso de corrente indicado no gráfico.
01. (UNIFESP SP-MODELO ENEM) Num livro de
eletricidade você encontra três informações:
a primeira afirma que isolantes são corpos que não
permitem a passagem da corrente elétrica; a segunda
afirma que o ar é isolante e a terceira afirma que, em
média, um raio se constitui de uma descarga elétrica
correspondente a uma corrente de 10000 ampères que
Durante esse pulso, a carga elétrica que fluiu no circuito, atravessa o ar e desloca, da nuvem à Terra, cerca de 20
em coulombs, foi igual a coulombs. Pode-se concluir que essas três informações
são:
a) 1,3 . 10-3
a) coerentes, e que o intervalo de tempo médio de
b) 2,6 . 10 -3 uma descarga elétrica é de 0,002 s.

c) 3,0 . 10-3 b) coerentes, e que o intervalo de tempo médio de


uma descarga elétrica é de 2,0 s.
d) 6,0 . 10-3
c) conflitantes, e que o intervalo de tempo médio de
e) 1,2 . 10-2 uma descarga elétrica é de 0,002 s.
d) conflitantes, e que o intervalo de tempo médio de
uma descarga elétrica é de 2,0 s.
9. (JC) Assinale com AC para corrente alternada e DC
Para corrente contínua. e) conflitantes, e que não é possível avaliar o
intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica.
1. Tv ( ).
02. (EFOA MG-MODELO ENEM) Normalmente, as
2. Celular ( ).
distâncias entre os fios (desencapados) da rede elétrica de
3. Microondas ( ). alta tensão são inferiores às distâncias entre as pontas das
asas de algumas aves quando em vôo. Argumentando que
4. GPS ( ). isso pode causar a morte de algumas aves, ecologistas da
região do Pantanal Mato-grossense têm criticado a
5. Carrinho de conntrole remoto ( ). empresa de energia elétrica da região. Em relação a esta
6. Tablet ( ). argumentação, pode-se afirmar que:

A sequência correta é? a) os ecologistas não têm razão, pois sabe-se que é


nula a resistência elétrica do corpo de uma ave.
a) AC, DC, AC, DC, AC, DC.

25
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

b) os ecologistas têm razão, pois a morte de uma ave da tensão e com a diminuição da corrente. Isso é possível
poderá se dar com sua colisão com um único fio e, por com a utilização de um
isto, a maior proximidade entre os fios aumenta a
probabilidade desta colisão. a) transformador.

c) os ecologistas não têm razão, uma vez que, ao b) galvanômetro.


encostar simultaneamente em dois fios, uma ave nunca c) alternador.
morrerá eletrocutada.
d) radiador.
d) os ecologistas não têm razão, pois sabe-se que o
corpo de uma ave é um isolante elétrico, não permitindo e) gerador.
a passagem de corrente elétrica.
05. (UFCG PB-MODELO ENEM) Como se pode ver
e) os ecologistas têm razão, uma vez que, ao na figura abaixo, uma lanterna comum é alimentada por
encostar simultaneamente em dois fios, uma ave duas pilhas secas de resistências internas não
provavelmente morrerá eletrocutada. desprezíveis. A chave superior fecha o circuito e acende
a lampadazinha. Nessa figura, ela está aberta.
03. (UFG GO-MODELO ENEM) A energia elétrica
que chega às residências, ao comércio e à indústria é
transportada por linhas de transmissão na forma de
corrente alternada. Sobre essa modalidade de transporte
de energia elétrica, julgue as afirmações que se seguem:
I. A transmissão por corrente alternada consolidou-
Adaptado de www.feiradeciencias.com.br
se ao longo dos anos, mas não é a forma mais conveniente
de transmissão devido às oscilações na voltagem e na Considerando-se as suposições abaixo sobre o circuito
corrente. elétrico que explica o funcionamento da lanterna, assinale
a alternativa CORRETA.
II. A transmissão por corrente alternada é
conveniente porque a voltagem pode ser facilmente a) A corrente que circula pelo filamento da lâmpada
modificada usando-se transformadores. é a mesma que circula pela pilha que se encontra apoiada
III. Usando corrente alternada pode-se realizar a no fundo da lanterna.
transmissão por longas distâncias em alta voltagem e b) A energia elétrica acumula-se no filamento e
baixa corrente, minimizando as perdas por efeito Joule. torna possível sua conversão em energia luminosa.
Está correto o que se afirma em: c) A corrente elétrica positiva chega à lâmpada pela
sua base e a corrente negativa chega a ela saindo do pólo
a) I, apenas.
negativo do conjunto, produzindo seu brilho.
b) II, apenas.
d) A diferença de potencial aplicada à lâmpada é
c) I e II, apenas. igual à soma das forças eletromotrizes de cada uma, uma
vez que as pilhas estão em série.
d) I e III, apenas.
e) As moléculas de energia passam pelas barras
e) II e III, apenas. condutoras e com a força que sai das pilhas acendem a
lâmpada.
04. (UEM PR-MODELO ENEM) Nas linhas de
transmissão de energia elétrica, há grande perda de
energia devido ao aquecimento dos fios causado pela
GABARITO: 1C 2E 3E 4A 5A
passagem da corrente elétrica.
Esse fenômeno é conhecido como efeito Joule. Para
diminuir essa perda, a transmissão é feita com a elevação

26
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

4. Compare as lâmpadas incandescentes e as lâmpadas


EFEITOS DA CORRENTE ELÉTRICA fluorescentes e estabeleça as vantagens e
desvantagens de cada um dos tipos.
Na passagem de uma corrente por um condutor
observam-se alguns efeitos, que veremos a seguir.

CIRCUITOS ELÉTRICOS
EFEITO TÉRMICO OU EFEITO JOULE Os circuitos elétricos fazem parte da vida de todos nós,
Qualquer condutor sofre um aquecimento ao ser nos celulares, tv, ar condicionado, ou na ligação de uma
atravessado por uma corrente elétrica. simples lâmpada dentro de nossas casas.

Esse efeito é a base de funcionamento dos aquecedores


elétricos, chuveiros elétricos, secadores de cabelo,
lâmpadas térmicas etc.
Abaixo temos o circuito de uma casa.

EFEITO LUMINOSO
Em determinadas condições, a passagem da corrente
elétrica através de um gás rarefeito faz com que ele emita
luz. As lâmpadas fluorescentes e os anúncios luminosos.
são aplicações desse efeito. Neles há a transformação
direta de energia elétrica em energia luminosa.

EFEITO MAGNÉTICO
Um condutor percorrido por uma corrente elétrica cria, na
região próxima a ele, um campo magnético. Este é um
dos efeitos mais importantes, constituindo a base do
funcionamento dos motores, transformadores, relés etc.

EFEITO QUÍMICO
Uma solução eletrolítica sofre decomposição, quando é
atravessada por uma corrente elétrica. É a eletrólise. Esse
efeito é utilizado, por exemplo, no revestimento de
metais: cromagem, niquelação etc. Nota!!!

Assunto que requer bastante atenção por você que


quer se dar bem no Enem.
QUESTÕES
1. Por meio de qual processo se obtém luz numa Fique atento as leis de ohm e a diferença entre os
circuitos série, paralelo e misto.
lâmpada de filamento?

2. Cite um exemplo onde o aquecimento de um fio


condutor é inconveniente. Cite um exemplo onde o
aquecimento é desejável.

3. Qual a propriedade da corrente elétrica que permitiu


a construção dos primeiros instrumentos de medida?

27
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

U
1ª LEI DE OHM R (constante)
i
RESISTORES
Resistor é um dispositivo elétrico muito utilizado em
"Resistores são elementos de circuito que consomem eletrônica, ora com a finalidade de transformar energia
energia elétrica, convertendo-a integralmente em elétrica em energia térmica por meio do efeito joule, ora
energia térmica." com a finalidade de limitar a corrente elétrica em um
circuito

Simbologia do resistor Nota!!!

A lei de Ohm, pode ser utilizada para encontrar a


resistênica de quarquer material, mesmo se o
resistor não for Ôhmico.

EXERCÍCIOS BÁSICOS
U = (ddp) diferença de potencial (V) 1. Um chuveiro elétrico é submetido a uma ddp de
R = resistência elétrica (  ) 220V, sendo percorrido por uma corrente elétrica de
i = corrente elétrica (A) 10A. Qual é a resistência elétrica do chuveiro?

No SI, a unidade de resistência elétrica é o ohm (  ) 2. Determine a ddp que deve ser aplicada a um resistor
de resistência 6  para ser atravessado por uma
corrente elétrica de 2A.
CURVA CARACTERÍSTICA DE UM RESISTOR
ÔHMICO 3. Uma lâmpada incandescente é submetida a uma ddp
de 110V, sendo percorrida por uma corrente elétrica
de 5,5A. Qual é, nessas condições, o valor da
resistência elétrica do filamento da lâmpada?

4. Nos extremos de um resistor de 200  , aplica-se


uma ddp de 100V. Qual a corrente elétrica que
percorre o resistor?

28
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

5. Um resistor ôhmico, quando submetido a uma ddp EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES


de 20V, é percorrido por uma corrente elétrica de 4
A. Para que o resistor seja percorrido por uma 1º LEI DE OHM
corrente elétrica de 3A, que ddp deve ser aplicada a 1-(G1) O que é um ohm?
ele?
2-(G1 - cftpr) O elemento de um chuveiro elétrico que
6. A curva característica de um resistor ôhmico é dada fornece calor, esquentando a água, é o:
abaixo. Determine sua resistência elétrica.
a) resistor.
U (V) b) capacitor.

25 c) gerador.
10
d) disjuntor.
e) amperímetro.
0 2 5 i (A)
3-(Pucmg) Uma tensão de 12 volts aplicada a uma
7. A curva característica de um resistor ôhmico é dada
abaixo. Determine sua resistência elétrica R e o resistência de 3,0 produzirá uma corrente de:
valor de i2. a) 36 A

U (V) b) 24 A
c) 4,0 A
100
40 d) 0,25 A

0 4 i2 i (A) 4-(Fei) No circuito a seguir, qual é a leitura do


amperímetro?
8. A curva característica de um resistor é dada abaixo.
Determine sua resistência elétrica R e o valor de U2 a) I = 0,2 A
e i2.
b) I = 10 A
U (V) c) I = 5 A
U2
d) I = 2 A
8 e) I = 500 A
3

5-(Pucmg) O gráfico representa a curva característica


0 i1 4 7 i (A) tensão-corrente para um determinado resistor.

29
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Em relação ao resistor, é CORRETO afirmar: 8-(Pucpr) Um estudante de Física mede com um


amperímetro a intensidade da corrente elétrica que passa
a) é ôhmico e sua resistência vale 4,5 x 102 . por um resistor e, usando um voltímetro, mede a tensão
elétrica entre as extremidades do resistor, obtendo o
b) é ôhmico e sua resistência vale 1,8 x 102 .
gráfico a seguir. Pode-se dizer que a resistência do
c) é ôhmico e sua resistência vale 2,5 x 102 . resistor vale:

d) não é ôhmico e sua resistência vale 0,40. a) 0,1

e) não é ôhmico e sua resistência vale 0,25 . b) 0,01 

c) 1 

6-(Ufmg) sUma lâmpada fluorescente contém em seu d) 10 


interior um gás que se ioniza após a aplicação de alta
tensão entre seus terminais. Após a ionização, uma e) 100 
corrente elétrica é estabelecida e os íons negativos
deslocam-se com uma taxa de 1,0x10-18 íons/segundo
para o pólo A. Os íons positivos se deslocam, com a
mesma taxa, para o pólo B. Gabarito

1- É a unidade sistema internacional para resistência elétrica.

2-A 3-C 4-A 5-C 6-B 7-A 8-D

SE LIGA NO ENEM!!!

01. (UFG GO-MODELO ENEM) Nos choques


Sabendo-se que a carga de cada íon positivo é de 1,6x10- elétricos, as correntes que fluem através do corpo humano
19
C, pode-se dizer que a corrente elétrica na lâmpada será podem causar danos biológicos que, de acordo com a
intensidade da corrente, são classificados segundo a
a) 0,16 A . tabela abaixo.
b) 0,32 A .
c) 1,0 x 1018 A .
d) nula .
7-(Uerj) Num detector de mentiras, uma tensão de 6V é
aplicada entre os dedos de uma pessoa. Ao responder a
uma pergunta, a resistência entre os seus dedos caiu de
400k para 300k. Nesse caso, a corrente no detector
apresentou variação, em A, de:
a) 5
b) 10
c) 15 Considerando que a resistência do corpo em situação
normal é da ordem de 1500, em qual das faixas acima
d) 20
30
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

se enquadra uma pessoa sujeita a uma tensão elétrica de d) O corpo do passarinho é um bom condutor de
220 V? corrente elétrica.
a) V e) A corrente elétrica que circula nos fios de alta
tensão é muito baixa.
b) IV
04. (PUC SP - MODELO ENEM) Na tira, Garfield,
c) III muito maldosamente, reproduz o famoso experimento de
d) II Benjamin Franklin, com a diferença de que o cientista, na
época, teve o cuidado de isolar a si mesmo de seu
e) I aparelho e de manter-se protegido da chuva de modo que
não fosse eletrocutado como tantos outros que tentaram
reproduzir o seu experimento.
02. (FMTM MG-MODELO ENEM) Uma nuvem de
tempestade está a um potencial elétrico de 107 V em
relação ao solo e descarrega-se emitindo um raio que dura
0,2s, com uma corrente de 103 A. Se toda energia do raio
for convertida em energia térmica, a quantidade de calor
liberada para a atmosfera e para o solo será, em joules, Franklin descobriu que os raios são descargas elétricas
igual a: produzidas geralmente entre uma nuvem e o solo ou entre
partes de uma mesma nuvem que estão eletrizadas com
a) 1,6109.
cargas opostas. Hoje sabe-se que uma descarga elétrica
b) 2,0109. na atmosfera pode gerar correntes elétricas da ordem de
105 ampères e que as tempestades que ocorrem no nosso
c) 3,2109. planeta originam, em média, 100 raios por segundo.

d) 4,0109. Isso significa que a ordem de grandeza do número de


elétrons que são transferidos, por segundo, por meio das
e) 5,0109. descargas elétricas, é, aproximadamente,
03. (PUC SP-MODELO ENEM) Os passarinhos, Use para a carga de 1 elétron: 1,6 ·10–19C
mesmo pousando sobre fios condutores desencapados de
alta tensão, não estão sujeitos a choques elétricos que a) 1022
possam causar-lhes algum dano. Qual das alternativas
b) 1024
indica uma explicação correta para o fato?
c) 1026
d) 1028
e) 1030

a) A diferença de potencial elétrico entre os dois


pontos de apoio do pássaro no fio (pontos A e B) é quase
nula.
b) A diferença de potencial elétrico entre os dois
pontos de apoio do pássaro no fio (pontos A e B) é muito
elevada.
GABARITO:

c) A resistência elétrica do corpo do pássaro é 1B 2B 3A 4C


praticamente nula.
31
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

2º LEI DE OHM 4-(Mackenzie)


2ª LEI DE OHM

1. (Uel) Deseja-se construir uma resistência elétrica de


1,0 com um fio de constantan de 1,0mm de diâmetro.
A resistividade do material é 4,8.10−7.m e  pode ser
adotado 3,1. O comprimento do fio utilizado deve ser, em
metros,
a) 0,40
b) 0,80 A figura acima representa um pedaço de fio de cobre, de
resistividade 1,7.10-2.mm2/m, percorrido por uma
c) 1,6 corrente elétrica de sentido convencional de B para A. A
diferença de passagem de 1,0.1022 elétrons (e=-1,6.10-
d) 2,4 19
C) a cada segundo, por uma secção transversal do fio,
é:
e) 3,2
a) 12,0 V
2-(Fei) O filamento de tungstênio de uma lâmpada tem
resistência de 20 a 20°C. Sabendo-se que sua secção b) 4,0 V
transversal mede 1,1.10-4 mm2 e que a resistividade do
tungstênio a 20°C é 5,5.10-2  mm2.m-1, determine o c) -1,6 V
comprimento do filamento.
d) -4,0 V
a) 4 m
e) 8,0 V
b) 4 mm
c) 0,4 m
5-(Unifesp) A linha de transmissão que leva energia
d) 40 mm elétrica da caixa de relógio até uma residência consiste de
dois fios de cobre com 10,0 m de comprimento e secção
e) 5.10-2 m reta com área 4,0 mm2 cada um. Considerando que a
resistividade elétrica do cobre é  = 1,6.10-8 m,
Calcule a resistência elétrica r de cada fio desse trecho do
circuito.
3-(Uel) Deseja-se construir uma resistência elétrica de
1,0 com um fio de constantan de 1,0mm de diâmetro. A
resistividade do material é 4,8.10-7.m e  pode ser
adotado 3,1. O comprimento do fio utilizado deve ser, em
metros, 6-(Unitau) Um condutor de secção transversal constante
e comprimento L tem resistência elétrica R. Cortando-se
a) 0,40 o fio pela metade, sua resistência elétrica será igual a:
b) 0,80 a) 2R.
c) 1,6 b) R/2.
d) 2,4 c) R/4.
e) 3,2 d) 4R.
e) R/3.

32
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

7-(Unicamp) Uma cidade consome 1,0.108 W de 03. (UFPR-MODELO ENEM) Um engenheiro


potência e é alimentada por uma linha de transmissão de eletricista, ao projetar a instalação elétrica de uma
1000km de extensão, cuja voltagem, na entrada da edificação, deve levar em conta vários fatores, de modo a
cidade, é 100000 volts. Esta linha é constituída de cabos garantir principalmente a segurança dos futuros usuários.
de alumínio cuja área da seção reta total vale A = 5,26.10- Considerando um trecho da fiação, com determinado
m . A resistividade do alumínio é  =2,63.10-8  m.
3 2 comprimento, que irá alimentar um conjunto de
lâmpadas, avalie as seguintes afirmativas:
a) Qual a resistência dessa linha de transmissão?
1. Quanto mais fino for o fio condutor, menor será
b) Qual a corrente total que passa pela linha de a sua resistência elétrica.
transmissão?
2. Quanto mais fino for o fio condutor, maior será a
perda de energia em forma de calor.
Gabarito
3. Quanto mais fino for o fio condutor, maior será a
1- C 2-D 3-C 4-E
sua resistividade.
5-R= 0,04 6-B 7- a) 5,0  b) 1,0 . 103A
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira.

SE LIGA NO ENEM!!! b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.


c) Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.

01.(MACK SP-MODELO ENEM) Um fio metálico e) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.


tem resistência elétrica igual a 10 Ω. A resistência elétrica
de outro fio de mesmo material, com o dobro do
comprimento e dobro do raio da secção transversal, é: 04. (UDESC-MODELO ENEM) A tabela a seguir
a) 20 Ω fornece os comprimentos, as áreas da seção transversal e
as resistividades para fios de cinco materiais diferentes.
b) 15 Ω A resistência desses fios não depende da tensão aplicada.

c) 10 Ω
d) 5Ω
e) 2Ω A partir desses dados, indique a alternativa que contém o
fio referente ao material que transforma mais energia por
02. (UFRRJ-MODELO ENEM) Um fio metálico tem unidade de tempo quando todos estão individualmente
resistência (R) e diâmetro (d). Considerando sempre o submetidos à mesma diferença de potencial em suas
mesmo comprimento (L) deste fio. Se o diâmetro fosse extremidades.
(2d) sua resistência seria:
a) C
a) R/3
b) B
b) R/4
c) A
c) 2R
d) D
d) R
e) E GABARITO
e) R/2
1B 2B 3B 4C

33
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Questões
POTÊNCIA DISSIPADA NO RESISTOR
7. Uma lâmpada de filamento apresenta o valor escrito
Quando a corrente elétrica passa pelo resistor ela sobre o vidro (40W, 60W, 100W). Qual o
transforma essa energia elétrica em energia térmica, significado desse valor?
através do efeito Joule.
A potência dissipada é a energia que foi transformada 8. O que acontecerá se ligarmos uma lâmpada com as
em calor em um determinado tempo. inscrições (60W-110V) na tensão 220V. Por quê?
U2
P = U.i P = R.i 2 P
R
9. O que seria um condutor elétrico ideal? Você acha
Unidade de potência no SI: W (watt) que os fios da instalação de sua casa podem ser
considerados condutores ideais?
EXERCÍCIOS BÁSICOS
10. Como você explica o aquecimento de fios metálicos,
quando uma corrente elétrica passa por eles?
1. Quando uma lâmpada é ligada a uma tensão de
120V, a corrente que flui pelo filamento da lâmpada
vale 1A. Qual a potência da lâmpada?
11. Indique a principal transformação de energia que
2. Calcule a corrente que percorre o filamento de uma ocorre com o funcionamento de:
lâmpada de 120V e 60W. A) um chuveiro;
B) um liquidificador;
C) uma lâmpada incandescente.

3. Em um resistor, de resistência igual a 10  , passa EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES


uma corrente com intensidade de 2A. Calcule a
potência dissipada no resistor. 01.(G1) Um ferro de solda tem potência de 120W,
dimensionado para trabalhar ligado a um gerador elétrico
4. De acordo com o fabricante, um determinado de 240V. Se desejamos ligar um fusível de proteção de
resistor de 100  pode dissipar, no máximo, ferro de solda, qual dos valores a seguir deverá ser o do
potência de 1 W. Qual é a corrente máxima que nosso fusível? Lembre-se se a corrente do equipamento
pode atravessar esse resistor? for igual ou maior que a do fusivél ele queima.
a) 0,1 A
5. Num certo carro, o acendedor de cigarros tem b) 0,5 A
potência de 48W. A ddp no sistema elétrico desse
carro é 12V. Qual é a resistência elétrica do c) 1,0 A
acendedor de cigarros?
d) 2,0 A
e) 5,0 A
6. Sob tensão de 10V, um determinado resistor dissipa 02. (PUC RS) Na entrada de rede elétrica de 120 V,
5W de potência. Qual é a resistência desse resistor? contendo aparelhos puramente resistivos, existe um único
disjuntor de 50 A. Por segurança, o disjuntor deve
desarmar na condição em que a resistência equivalente de
todos os aparelhos ligados é menor que:

a) 0,42 
b) 0,80 

34
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

c) 2,40  05. (ACAFE SC) Ao adquirir um eletrodoméstico,


d) 3,50  estando preocupado com o consumo de energia, deve-se
e) 5,60  observar o aparelho, considerando:
a) a voltagem.
03. (PUC RS) Em relação à rede elétrica e aos aparelhos b) a corrente.
resistivos de uma casa são feitas as seguintes afirmativas: c) a potência.
I. Exceto algumas lâmpadas de Natal, todos os d) a freqüência.
aparelhos são ligados em paralelo. e) o tamanho.
II. O aparelho de maior potência é o que tem mais
resistência. 06. (UEPB) Um estudante comprou um rádio portátil,
III. O disjuntor (ou fusível- está ligado em série com com potência de seu interesse, baseado nas informações
os aparelhos protegidos por ele. do vendedor de que o aparelho consumia uma energia de
14400 Joules, durante 20 minutos de funcionamento.
Analisando-se as afirmativas, conclui-se que Após ter comprado o aparelho, o estudante tratou de ler o
a) somente I é correta. manual do rádio e, aplicando seus conhecimentos de
b) somente II é correta. eletricidade, descobriu que o rádio funcionava com uma
c) somente III é correta. corrente elétrica de 600 mA e apresentava uma resistência
d) I e II são corretas. elétrica de 20 . Com base nas informações acima, pode-
e) I e III são corretas. se afirmar que a diferença de potências nos dois casos
corresponde a,
a) 2,4w
04. (UNICAMP SP) O gráfico abaixo mostra a potência b) 4,8w
elétrica (em kW) consumida em uma certa residência ao c) 7,2w
longo do dia. A residência é alimentada com a voltagem d) 12w
d e120V. essa residência tem um fusível que queima se a e) 14,4w
corrente ultrapassar um certo valor, para evitar danos na
instalação elétrica. Por outro lado, esse fusível deve 07. (UEM PR) Em que consiste o efeito Joule?
suportar a corrente utilizada na operação normal dos a) Na transformação da energia nuclear em energia
aparelhos da residência. eólica.
b) Na transformação da energia eólica em energia
elétrica.
c) Na transformação da energia elétrica em energia
térmica.
d) Na transformação da energia solar em energia
elétrica.
e) Na transformação da energia advinda do
processo de fusão em energia térmica.

Qual o valor mínimo da corrente que fusível deve


suportar?
a) 10A
b) 20A
c) 30A
d) 40A GABARITO
1C 2C 3E 4E 5C 6B 7C
e) 50A

35
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!! Um farol usa uma lâmpada de gás halogênio de 55 W de


potência que opera com 36 V. Os dois faróis são ligados
separadamente, com um fusível para cada um, mas, após
um mau funcionamento, o motorista passou a conectá-los
em paralelo, usando apenas um fusível. Dessa forma,
01. (Enem-2001) A distribuição média, por tipo de admitindo-se que a fiação suporte a carga dos dois faróis,
equipamento, do consumo de energia elétrica nas o menor valor de fusível adequado para proteção desse
residências no Brasil é apresentada no gráfico. novo circuito é o
a) azul.
b) preto.
c) laranja.
d) amarelo.
e) vermelho.

03. (ENEM - 2013) O chuveiro elétrico é um dispositivo


capaz de transformar energia elétrica em energia térmica,
o que possibilita a elevação da temperatura da água. Um
chuveiro projetado para funcionar em 110V pode ser
adaptado para funcionar em 220V, de modo a manter
Em associação com os dados do gráfico, considere as inalterada sua potência.
variáveis:
I. Potência do equipamento. Uma das maneiras de fazer essa adaptação é trocar a
II. Horas de funcionamento. resistência do chuveiro por outra, de mesmo material e
III. Número de equipamentos. com o(a)

O valor das frações percentuais do consumo de energia a) dobro do comprimento do fio.


depende de
b) metade do comprimento do fio.
(A) I, apenas.
(B) II, apenas. c) metade da área da seção reta do fio.
(C) I e II, apenas.
(D) II e III, apenas. d) quádruplo da área da seção reta do fio.
(E) I, II e III.
e) quarta parte da área da seção reta do fio.
02. (ENEM/2010) Todo carro possui uma caixa de
fusíveis, que são utilizados para proteção dos circuitos
elétricos. Os fusíveis são constituídos de um material de 04. (ENEM/2011) Em um manual de um chuveiro
baixo ponto de fusão, como o estanho, por exemplo, e se elétrico são encontradas informações sobre algumas
fundem quando percorridos por uma corrente elétrica características técnicas, ilustradas no quadro, como a
igual ou maior do que aquela que são capazes de suportar. tensão de alimentação, a pontência dissipada, o
O quadro a seguir mostra uma série de fusíveis e os dimensionamento do disjuntor ou fusível, e a àrea da
valores de corrente por eles suportados. seção transversal dos condutores utlizados.

36
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Uma pessoa adquiriu um chuveiro do modelo A e, ao ler (B) mesma potência, maior intensidade de luz e menor
o manual, verificou que precisava ligá-lo a um disjuntor durabilidade.
de 50 amperes. No entanto, intrigou-se com o fato de que
o disjuntor ao ser utilizado para uma correta instalação de (C) maior potência, maior intensidade de luz e maior
um chuveiro do modelo B devia possuir amperagem 40% durabilidade.
menor.
(D) maior potência, maior intensidade de luz e menor
Considerando-se os chuveiros de modelos A e B,
funcionando à mesma potência de 4 400 W, a razão entre durabilidade.
as suas respectivas resistências elétricas, RA e RB, que
(E) menor potência, menor intensidade de luz e menor
justifica a diferença de dimensionamento dos disjuntores,
é mais próxima de: durabilidade.

a) 0,3 06. (ENEM/2002) Entre as inúmeras recomendações


dadas para a economia de energia elétrica em uma
b) 0,6 residência, destacamos as seguintes:
c) 0,8 ● Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes
compactas.
d) 1,7
● Evite usar o chuveiro elétrico com a chave na posição
e) 3,0
“inverno” ou “quente”.
05. (ENEM/1999) Lâmpadas incandescentes são
● Acumule uma quantidade de roupa para ser passada a
normalmente projetadas para trabalhar com a tensão da ferro elétrico de uma só vez.
rede elétrica em que serão ligadas. Em 1997, contudo,
lâmpadas projetadas para funcionar com 127V foram ● Evite o uso de tomadas múltiplas para ligar vários
retiradas do mercado e, em seu lugar, colocaram-se aparelhos simultaneamente.
lâmpadas concebidas para uma tensão de 120V. Segundo ● Utilize, na instalação elétrica, fios de diâmetros
dados recentes, essa substituição representou uma recomendados às suas finalidades.
mudança significativa no consumo de energia elétrica
A característica comum a todas essas recomendações é a
para cerca de 80 milhões de brasileiros que residem nas
proposta de economizar energia através da tentativa de,
regiões em que a tensão da rede é de 127V. no dia-a-dia, reduzir
A tabela abaixo apresenta algumas características de (A) a potência dos aparelhos e dispositivos elétricos.
duas lâmpadas de 60W, projetadas respectivamente para
(B) o tempo de utilização dos aparelhos e dispositivos.
127V (antiga) e 120V (nova), quando ambas encontram-
se ligadas numa rede de 127V. (C) o consumo de energia elétrica convertida em energia
térmica.
(D) o consumo de energia térmica convertida em energia
elétrica.
(E) o consumo de energia elétrica através de correntes de
Acender uma lâmpada de 60W e 120V em um local onde fuga.
a tensão na tomada é de 127V, comparativamente a uma
lâmpada de 60W e 127V no mesmo local tem como
resultado:
07. (ENEM/2010) Observe a tabela seguinte. Ela traz
(A) mesma potência, maior intensidade de luz e maior especificações técnicas constantes no manual de
durabilidade. instruções fornecido pelo fabricante de uma torneira
elétrica.
37
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

uso de elevadores quando o objetivo é o transporte de


pessoas pelos andares de prédios elevados. Nesse caso,
um dimensionamento preciso da potência dos motores
utilizados nos elevadores é muito importante e deve levar
em consideração fatores como economia de energia e
segurança. Considere que um elevador de 800kg, quando
lotado com oito pessoas ou 600kg, precisa ser projetado.
Para tanto, alguns parâmetros deverão ser
dimensionados. O motor será ligado àrede elétrica que
fornece 220 volts de tensão. O elevador deve subir 10
Considerando que o modelo de maior potência da versão andares, em torno de 30 metros, a uma velocidade
220 V da torneira suprema foi inadvertidamente constante de 4 metros por segundo. Para fazer uma
conectada a uma rede com tensão nominal de 127 V, e estimativa simples da potência necessária e da corrente
que o aparelho está configurado para trabalhar em sua que deve ser fornecida ao motor do elevador para ele
máxima potência. Qual o valor aproximado da potência operar com lotação máxima, considere que a tensão seja
ao ligar a torneira? contínua, que a aceleração da gravidade vale 10m/s² e que
a) 1.830 W o atrito pode ser desprezado. Nesse caso, para um
b) 2.800 W elevador lotado, a potência média de saída do motor do
c) 3.200 W elevador e a corrente elétrica máxima que passa no motor
d) 4.030 W serão respectivamente de:
e) 5.500 W a) 24kW e 109 A.
b) 32kW e 145 A.
c) 56kW e 255 A.
08. (ENEM-MODELO) Um circuito elétrico doméstico d) 180kW e 818 A.
simples está ligado à rede de 110 V e protegido por um e) 240kW e 1090A.
fusível F de 10 A, como o esquema da figura abaixo:

10. (ENEM-2016). Uma lâmpada LED (diodo emissor de


luz), que funciona com 12V e corrente contínua de 0,45A,
produz a mesma quantidade de luz que uma lâmpada
incandescente de 60W de potência. Qual é o valor da
redução da potência consumida ao se substituir a lâmpada
incandescente pela de LED?
a) 54,6W
b) 27,0W
Uma dona de casa deseja passar roupa com a luz acesa. A c) 26,6W
potência máxima de um ferro de passar roupa que pode d) 5,4W
ser ligado, simultaneamente, a uma lámpada de 100 W, e) 5,0W
sem que o fusível interrompa o circuito, é
aproximadamente: 11.(ENEM-2016). Um eletricista deve instalar um
a) 1.000 W. chuveiro que tem as especificações 220 V — 4 400 W a
b) 1.200 W. 6 800 W. Para a instalação de chuveiros, recomenda-se
c) 1.350 W. uma rede própria, com fios de diâmetro adequado e um
d) 250 W. disjuntor dimensionado à potência e à corrente elétrica
e) 500 W. previstas, com uma margem de tolerância próxima de
10%. Os disjuntores são dispositivos de segurança
utilizados para proteger as instalações elétricas de curtos-
09. (ENEM/2009/VAZADO) Os motores elétricos são circuitos e sobrecargas elétricas e devem desarmar
dispositivos com diversas aplicações, dentre elas, sempre que houver passagem de corrente elétrica superior
destacam-se aquelas que proporcionam conforto e à permitida no dispositivo. Para fazer uma instalação
praticidade para as pessoas. É inegável a preferência pelo

38
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

segura desse chuveiro, o valor da corrente máxima do


disjuntor deve ser
a) 20A.
b) 25A.
c) 30A.
d) 35A.
e) 40A.

Gabarito:

1E 2C 3E 4A 5C 6C 7A 8A 9C 10A 11D

39
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

ENERGIA CONSUMIDA 7. Um fio de resistência elétrica igual a 50  é


submetido a uma ddp de 20V. Qual a energia
dissipada no fio em 1 minuto?
E = P.  t
EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES
E = energia (J, KWh)
P = potência (W)
 t = tempo (s) 1-(Ufjf) Um estudante de ensino médio, que costuma usar
o computador para fazer pesquisas na internet, esquece o
No SI a unidade de energia é o joule (J), mas também é computador ligado durante 60 horas num final de semana.
muito utilizado o kWh. Sabendo-se que, nessa situação, a potência elétrica
dissipada pelo computador é de 240 W, a energia
1kWh é a energia consumida, com potência de 1kW,
desnecessariamente gasta enquanto o computador esteve
durante 1 hora.
ligado foi de:
EXERCÍCIOS BÁSICOS a) 4 kWh.

1. Qual é o consumo de energia, durante um mês, em b) 14,4 W/h.


kWh, de um chuveiro de 4000W, que é utilizado c) 4 J.
meia hora por dia?
d) 14,4 kJ.
2. Qual é o consumo de energia, em kWh de uma
lâmpada de 60W que fica acesa 5h por dia durante e) 14,4 kWh.
os 30 dias do mês?

3. Em um ferro elétrico, lê-se a inscrição 600W-120V. 3-(Faap) Uma casa possui 10 lâmpadas que permanecem
Isso significa que, quando o ferro elétrico estiver acesas 6 horas por dia. Sendo de 100 watts a potência
ligado a uma tensão de 120V, a potência elétrica de cada lâmpada, a energia gasta num mês, em
desenvolvida será de 600W. Calcule a energia quilowatt-hora, é de:
elétrica (em kWh) consumida em 2h.
a) 10
4. Uma torradeira dissipa uma potência de 3000W. Ela b) 30
é utilizada durante 0,5h. Pede-se:
a) a energia elétrica consumida em kWh; c) 60
b) o custo da operação, considerando o preço do d) 120
kWh igual a R$ 0,12.
e) 180
5. Uma lâmpada de 100W permanece acesa durante
20h. 4-(Fuvest) Ganhei um chuveiro elétrico de 6050W -
a) Determine a energia elétrica consumida em 220V. Para que esse chuveiro forneça a mesma potência
kWh; na minha instalação, de 110V, devo mudar a sua
resistência para o seguinte valor, em ohms:
b) Determine o custo que essa lâmpada representa
considerando o preço do kWh igual a R$ 0,12. a) 0,5

6. Um ferro elétrico consome uma potência de 1100W b) 1,0


quando ligado a uma tensão de 110V.
c) 2,0
a) Qual a energia consumida (em kWh) em 2
horas; d) 4,0
b) Qual é o custo da operação para 2 horas, sabendo
que o preço do kWh é de R$ 0,12? e) 8,0

40
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

5-(G1) Um chuveiro elétrico com especificações 220V - c) 23


2.000W é ligado , diariamente, durante quinze minutos.
d) 21
Sabendo-se que cada kWh custa R$ 0,60, calcule o total
a ser pago durante 1 mês. e) 19

6-(Ufv) O filamento de uma lâmpada incandescente,


ligada a uma tomada de 120 V, possui uma resistência de
200. Sendo R$ 0,20 o custo do quilowatt-hora, quando SE LIGA NO ENEM!!!
a lâmpada permanecer acesa durante 100 horas, o valor
gasto em reais será de:
01. (ENEM/2001 ) “...O Brasil tem potencial para
a) 1,60.
produzir pelo menos 15 mil megawatts por hora de
b) 2,40. energia apartir de fontes alternativas. Somente nos
Estados da região Sul, o potencial de geração de energia
c) 4,00.
por intermédio das sobras agrícolas e florestais é de 5.000
d) 1,44. megawatts por hora. Para se ter uma idéia do que isso
representa, a usina hidrelétrica de Ita, uma das maiores do
e) 4,80.
país, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa
Catarina, gera 1.450 megawatts de energia por hora.”

7-(Pucsp) Uma das alternativas usadas pelas companhias Esse texto, transcrito de um jornal de grande circulação,
de eletricidade para reduzir o consumo de energia elétrica contém, pelo menos, um erro conceitual ao apresentar
nos períodos de grande demanda é reduzir os valores da
valores de produção e de potencial de geração de energia.
tensão estabelecida nas residências. Suponha uma
torradeira cujos dados nominais são 120V-1200W e que Esse erro consiste em
será utilizada em determinado mês (30 dias) na tensão de
108V. (A) apresentar valores muito altos para a grandeza
energia.
Sabendo-se que a torradeira é utilizada diariamente por
10 minutos, a sua economia será de (B) usar unidade megawatt para expressar os valores de
potência.
a) 1,14 kWh
b) 6 kWh (C) usar unidades elétricas para biomassa.

c) 0,6 kWh (D) fazer uso da unidade incorreta megawatt por hora.

d) 1,2 kWh (E) apresentar valores numéricos incompatíveis com as


unidades.
e) 1,08 kWh
02. (ENEM/2010) A energia elétrica consumida nas
residências é medida, em quilowatt-hora, por meio de um
8-(Ufpe) Um chuveiro elétrico funciona a uma potência relógio medidor de consumo. Nesse relógio, da direita
de 3600W. Qual o consumo mensal de energia, em kWh, para esquerda, tem-se o ponteiro da unidade, da dezena,
se ele é usado durante 15 minutos diariamente? Considere da centena e do milhar, Se um ponteiro estiver entre dois
o mês com 30 dias. números, considera-se o último número ultrapassado pelo
ponteiro. Suponha que as medidas indicadas nos
a) 27 esquemas seguintes tenham sido feitas em uma cidade em
b) 25 que o preço do quilowatt-hora fosse de R$ 0,20.

41
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

04. (ENEM/2009/VAZADO) Uma estudante que


ingressou na universidade e, pela primeira vez, está
morando longe da sua família, recebe a sua primeira conta
de luz:

O valor a ser pago pelo consumo de energia elétrica


registrado seria de
a) R$ 41,80.
b) R$ 42.00. Se essa estudante comprar um secador de cabelos que
c) R$ 43.00. consome 1000W de potência e considerando-se que ela e
d) R$ 43,80. suas 3 amigas utilizem esse aparelho por 15 minutos cada
e) R$ 44,00. uma durante 20 dias no mês, o acréscimo em reais na sua
conta mensal será de:
03. (ENEM/2005) Podemos estimar o consumo de
energia elétrica de uma casa considerando as principais a) R$10,00.
fontes desse consumo. Pense na situação em que apenas b) R$12,50.
os aparelhos que constam da tabela abaixo fossem
utilizados diariamente da mesma forma. c) R$13,00.
d) R$13,50.
e) R$14,00.

Tabela: A tabela fornece a potência e o tempo efetivo de


uso diário de cada aparelho doméstico. Supondo que o
mês tenha 30 dias e que o custo de 1 KWh é de R$ 0,40,
o consumo de energia elétrica mensal dessa casa, é de
aproximadamente

(A) R$ 135.

(B) R$ 165.

(C) R$ 190.

(D) R$ 210. Gabarito:

1D 2E 3E 4B
(E) R$ 230.
42
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS
ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES
01. Determine a resistência equivalente os extremos A e
B da associação esquematizadas.
Em nosso dia-a-dia utilizamos vários aparelhos elétricos onde
são empregados circuitos com dois ou mais resistores. Em
muitos destes circuitos utiliza-se uma associação de
resistores. A associação de resistores pode ocorrer
basicamente de três maneiras diferentes: Associação em
série, associação em paralelo e associação mista.

CIRCUITO SÉRIE
Na associação em série todos os resistores são percorridos 02. Associam-se em série dois resistores, sendo R1 =
pela mesma corrente elétrica. 10 e R2 = 15. A ddp entre os extremos da associação
é de 100V.
Determine:

Nesse tipo de circuito, se uma lampada queimar todas


apagam, isso ocorre porquê a corrente eletrica só tem um a) A resistência equivalente da associação
caminho para passer.
b) A intensidade de corrente que atravessa cada resistor;
PROPRIEDADES DO CIRCUITO EM SÉRIE.
c) A ddp em cada resistor.

03. Dois resistores de resistências, R1 = 4  e R2 = 6 .


Estão associados em série. A ddp medida entre as
extremidades do resistor R1 é U1 = 24 V.
Determine:

RESISTÊNCIA
RT = R1 + R2 + R3+…Rn
TENSÃO OU DDP
UT = U1 +U2 + U3 +…Un
INTENSIDADE DE CORRENTE ELÉTRICA
i T = i1 = i2 = i3 = in

43
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) A intensidade de corrente que atravessa R2; RESISTÊNCIA


b)A ddp U2, entre os terminais de R2, e a ddp U, entre os Para um conjunto de n resistores, teremos:
extremos A e B da associação.
1 1 1 1 1
c) A resistência equivalente da associação     ...
RT R1 R 2 R3 Rn
Para dois resistors em paralelo vale a pena saber que:
04. Considere a associação em série de resistores
R1.R2
esquematizadas abaixo. RT 
R1  R2

TENSÃO OU DDP
UT = U1 = U2 = U3 =…Un
INTENSIDADE DE CORRENTE ELÉTRICA

Sejam R1 = 2  e R2 = 4  e R3 = 6. A ddp U, entre iT = i1 + i2 + i3 + in


os extremos A e B da associação é de 36 V.
Determine:
a) A resistência equivalente da associação Nota!!!

b) A ddp entre os terminais de R2. Como todos sabemos que o ENEM nos cobra
conhecimentos cotidianos, então peça a seu professor
CIRCUITO PARALELO para ligar algumas lâmpadas com você pode ser em uma
pilha mesmo…
A associação de resistores em paralelo é um conjunto de
resistores ligados de maneira a todos receberem a
mesma diferença de potencial (ddp).

Note que os contatos para a lâmpada acender, estão


indicados na figura acima.

https://sites.google.com/site/seligafisicaparatodos/associacao-de-resistores

PROPRIEDADES DO CIRCUITO PARALELO.

44
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS b) A ddp U, entre os extremos A e B;


01. No circuito esquematizado determine: c) As intensidades de correntes (i2 e i);

04. No circuito esquematizado abaixo, determine a


resistência equivalente da associação e a intensidade de
cada uma das correntes assinaladas.

a) A resistência equivalente da associação;


b) A intensidade de corrente em cada resistor (i1 e i2);
c) A intensidade de corrente que atravessa a associação
(i).

02. Para o circuito esquematizado determine:


05. (UFMA) No circuito esquematizado abaixo,
determine os valores de i2 e R2 respectivamente.

a) A resistência elétrica R3.


b) A intensidade de corrente elétrica i1;
c) A resistência equivalente da associação; CIRCUITO MISTO
01. Determine a resistência equivalente os extremos A e
03. Para o circuito esquematizado determine: B da associação esquematizadas.

a) A resistência equivalente entre os extremos A e B;


45
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) Determine a intensidade de corrente i.


b) A ddp entre os extremos C e D;
c) As intensidades de correntes i1 e i2.

03. Na associação ao abaixo, a intensidade da corrente


elétrica é igual a 4A.

a) Determine as intensidades de correntes i1 e i;


b) A ddp entre os extremos C e D;

02. Na associação abaixo, a ddp entre os extremos A e B


é de 24 V. 04. Calcule a intensidade de corrente no resistor de 10
no circuito indicado .

Determine as intensidades de correntes i, i1, i2,

05. Considerando a associação a seguir, aplicando uma


ddp de 60V entre os pontos A e B. Determine as
03. Na associação ao abaixo, a intensidade da corrente intensidades de correntes i, i1 e i2.
elétrica é igual a 4A.

46
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Curto Circuito 03. Determine a resistência equivalente os extremos A e


C, B e C, A e B da associação esquematizadas.
Como o próprio nome diz, o circuito misto, é uma mistura
do série como o circuito paralelo.
Importante!!!
Você deve dominar a teoria dos circuitos série e paralelo,
caso não saiba essa teoria reveja os dois circuitos em casa,
novamente.
EXERCÍCIOS BÁSICOS
01. Determine a resistência equivalente os extremos A e 04. Determine os valores de i1, i2, i3, no circuito abaixo:
B da associação esquematizadas.

02. Determine a resistência equivalente os extremos A e


B da associação esquematizadas.

47
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS
APARELHOS DE MEDIDAS ELÉTRICAS
DICA!!!

Resolva o circuito normalmente, como se não existisse o


AMPERÍMETROS E VOLTÍMETROS:
aparelho, o amperímetro registra-ra a corrente que passa no
resistor que está em série com ele. Já o voltímetro vai registrar
a ddp do resistor que for ligado em paralelo com ele.

No ENEM esse assunto tem sido cobrado com uma certa


frequência.

01. Para o trecho de circuito esquematizado abaixo,


determine as leituras dos amperímetros e voltímetros,
supostos ideais.
VOLTÍMETRO

http://www.switchfan.com.pt/6-1-1-analog-ammerer.html 02. Qual a leitura do voltímetro ideal no circuito


esquematizado abaixo?
Aparelho utilizado para medir a diferença de potencial entre dois
pontos; por esse motivo deve ser ligado sempre em paralelo com o
trecho do circuito do qual se deseja obter a tensão elétrica.

Se sua resistência interna for muito alta, comparada às resistências


do circuito, consideramos o aparelho como sendo ideal.
Disponível em: http://www.infoescola.com/eletricidade/voltimetro-e-amperimetro/

AMPERÍMETRO

03. Determine a leitura do amperímetro ideal nos


circuitos.

http://www.switchfan.com.pt/6-1-1-analog-ammerer.html

Aparelho utilizado para medir a intensidade de corrente elétrica que


passa por um fio. Pode medir tanto corrente
contínua como corrente alternada. A unidade utilizada é o àmpere.

O amperímetro deve ser ligado sempre em série, para aferir a


corrente que passa por determinada região do circuito. Para isso o
amperímetro deve ter sua resistência interna muito pequena, a
menor possível.
Disponível em: http://www.infoescola.com/eletricidade/voltimetro-e-amperimetro/

48
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 03 - (PUC RJ) Três resistores idênticos de R  30


estão ligados em paralelo com uma bateria de 12 V.
01- (UFMG) Um professor pediu a seus alunos que Pode-se afirmar que a resistência equivalente do circuito
ligassem uma lâmpada a uma pilha com um pedaço de é de
fio de cobre.
Nestas figuras, estão representadas as montagens feitas a) Req  10, e a corrente é 1,2A .
por quatro estudantes:
b) Req  20, e a corrente é 0,6A .

c) Req  30, e a corrente é 0,4A .

d) Req  40, e a corrente é 0,3A .

e) Req  60, e a corrente é 0,2A .

04 - (UFMA) No circuito abaixo, os valores de R2 e i2


são, respectivamente:
Considerando-se essas quatro ligações, é CORRETO
afirmar que a lâmpada vai acender apenas a) 20; 20 A

a) na montagem de Mateus. b) 20 ; 10 A

b) na montagem de Pedro. c) 10; 20 A


c) nas montagens de João e Pedro. d) 10; 10 A
d) nas montagens de Carlos, João e Pedro.
e) 30; 20 A

05- Dois resistores idênticos de R  20 estão ligados


02 - (FEPECS DF) Considere a figura: a uma bateria conforme o esquema abaixo. Pode-se
afirmar que a resistência equivalente do circuito e a
corrente elétrica total vale:

Entre os terminais A e B, aplica-se uma diferença de


potencial de 20V. A intensidade da corrente na
associação é:
a) 1A
b) 2A
c) 3A
a) Req  5, e a corrente é 10A .
d) 4A
e) 5A b) Req  10, e a corrente é 10A .

49
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

c) Req  20, e a corrente é 5A . 8. (Fei) Dois resistores R1=20  e R2=30  são


associados em paralelo. À associação é aplicada uma ddp
de 120V. Qual é a intensidade da corrente na associação?
d) Req  40, e a corrente é 10A .
a) 3,0 A
e) Req  60, e a corrente é 10A . b) 2,4 A
c) 0,41 A

06-(PUC RS)Uma força eletromotriz contínua e d) 0,1 A


constante é aplicada sobre dois resistores conforme
representa o esquema abaixo. e) 10,0 A

9. Qual o valor da corrente elétrica que passa pelo


resistor de 6?

a) 3,0 A
b) 2,0 A
A diferença de potencial, em volts, entre os pontos A e B
do circuito, vale: c) 0,41 A

a) 20 d) 0,1 A

b) 15 e) 10,0 A

c) 10
d) 8
e) 6 10. Qual a ddp entre os pontos A e B do circuito?

7. (Pucpr) Considere o circuito elétrico: a) 12 V

O valor da corrente do circuito é de: b) 10 V

a) 1,2 A c) 8 V

b) 12 A d) 4 V

c) 6,0 A e) 2 V

d) 10 A
e) 1,0 A

50
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CIRCUITOS MISTO: 14. (UFAM) No circuito elétrico mostrado na figura


11. (Mackenzie) No circuito elétrico anterior, o abaixo, R1  R2  2 e R3  4 . A corrente passa
amperímetro A, o voltímetro V e o gerador são ideais. A pelo resistor R1 vale:
leitura do amperímetro é 2,0 A, qual a ddp total é,
a) 6,0 V
b) 42 V
a) 4A
c) 10 V
b) 2A
d) 10,5 V
c) 3A
e) 20 V
d) 1A
e) 5A

12. (Uel) No circuito esquematizado, três resistores


iguais, de 6,0 cada, são ligados a uma fonte de tensão
de 18V.
A corrente elétrica i no circuito, em amperes, vale:
a) 3,0
b) 2,0
c) 2,5
d) 1,0
e) 0,50

13. (Fei) Qual é a resistência equivalente da associação a


seguir?

a) Req = 20 

b) Req = 30 

c) Req = 20/3 

d) Req = 10 

e) Req = 15 
Gabarito:

1C 2B 3A 4A 5B 6B

7A 8E 9B 10C 11E 12B

13E 14C

51
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!! c) (1), (3), (5)


d) (1), (3), (7)
01. (ENEM-2013) Um circuito em série é formado por e) (1), (2), (5)
uma pilha, uma lâmpada incandescente e uma chave
interruptora. Ao se ligar a chave, a lâmpada acende quase 03. (ENEM-2015) Um estudante, precisando instalar um
instantaneamente, irradiando calor e luz. Popularmente, computador, um monitor e uma lâmpada em seu quarto,
associa-se o fenômeno da irradiação de energia a um verificou que precisaria fazer a instalação de duas
desgaste da corrente elétrica, ao atravessar o filamento tomadas e um interruptor na rede elétrica. Decidiu
da lâmpada, e à rapidez com que a lâmpada começa a esboçar com antecedência o esquema elétrico. “O
brilhar. Essa explicação está em desacordo com o circuito deve ser tal que as tomadas e a lâmpada devem
modelo clássico de corrente. estar submetidas à tensão nominal da rede elétrica e a
lâmpada deve poder ser ligada ou desligada por um
De acordo com o modelo mencionado, o fato de a interruptor sem afetar os outros dispositivos” — pensou.
lâmpada acender quase instantaneamente está
relacionado à rapidez com que e
a) o fluido elétrico se desloca no circuito.
b) as cargas negativas móveis atravessam o circuito.
c) a bateria libera cargas móveis para o filamento da
lâmpada.
d) o campo elétrico se estabelece em todos os pontos do
circuito.
e) as cargas positivas e negativas se chocam no filamento
da lâmpada.

02. (ENEM/2011) Um curioso estudante, empolgado


com a aula de circuito elétrico que assistiu na escola,
resolve desmontar sua lanterna. Utilizando-se da
lâmpada e da pilha, retiradas do equipamento, e de um
fio com as extremidades descascadas, faz as seguintes
ligações com a intenção de acender a lâmpada:
04. (ENEM-2013) Um eletricista analisa o diagrama de
uma instalação elétrica residencial para planejar
medições de tensão e corrente em uma cozinha. Nesse
ambiente existem uma geladeira (G), uma tomada (T) e
uma lâmpada (L), conforme a figura. O eletricista deseja
medir a tensão elétrica aplicada à geladeira, a corrente
total e a corrente na lâmpada.
Para isso, ele dispõe de um voltímetro (V) e dois
amperímetros (A).
Tendo por base os esquemas mostrados, em quais casos
a lâmpada acendeu?
a) (1), (3), (6)
b) (3), (4), (5)

52
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Para realizar essas medidas, o esquema da ligação dessas Considerando o funcionamento do circuito dado, a
instrumentos está representado em: lâmpada 1 brilhará mais quando a chave estiver na
posição
a) B, pois a corrente será maior nesse caso.
b) B, pois a potência total será maior nesse caso.
c) A, pois a resistência equivalente será menor nesse
caso.
d) B, pois o gerador fornecerá uma maior tensão nesse
caso.
e) A, pois a potência dissipada pelo gerador será menor
nesse caso.
06. (ENEM-2016) Por apresentar significativa
resistividade elétrica, o grafite pode ser utilizado para
simular resistores elétricos em circuitos desenhados no
papel, com o uso de lápis e lapiseiras. Dependendo da
espessura e do comprimento das linhas desenhadas, é
possível determinar a resistência elétrica de cada traçado
produzido. No esquema foram utilizados três tipos de
lápis diferentes (2H, HB e 6B) para efetuar três traçados
distintos.

Munido dessas informações, um estudante pegou uma


folha de papel e fez o desenho de um sorvete de casquinha
utilizando-se desses traçados. Os valores encontrados
nesse experimento, para as resistências elétricas (R),
medidas com o auxílio de um ohmímetro ligado nas
extremidades das resistências, são mostrados na figura.
Verificou-se que os resistores obedeciam à Lei de Ohm.

05. (ENEM-2014) Um sistema de iluminação foi


construído com um circuito de três lâmpadas iguais
conectadas a um gerador (G) de tensão constante. Esse
gerador possui uma chave que pode ser ligada nas
posições A ou B.

Na sequência, conectou o ohmímetro nos terminais A e B


do desenho e, em seguida, conectou-o nos terminais B e
C, anotando as leituras RAB e RBC, respectivamente. Ao
estabelecer a razão RAB/RBC , qual resultado o
estudante obteve?
53
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) 1
b) 7/4
c) 27/10
d) 81/14
e) 81/4

GABARITO:

1D 2D 3E 4E 5C 6B

54
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

 Divisor de frequência em sistemas de áudio;


CAPACITORES
 Armazenamento de carga e sistemas de flash em
câmeras fotográficas;
 Em conjuntos de transistores em memórias DRAM;
O que são capacitores?  Como baterias temporárias e som automotivo (mega
São dispositivos elétricos, que tem como finalidade capacitor);
acumular carga elétrica, de forma que ele possa liberar  Laser de alta potencia (banco de capacitores);
essa carga para ser usado por um outro dispositivo do  Radares (banco de capacitores);
circuito.  Aceleradores de partículas (banco de capacitores);
 Sintonizadores de rádio (capacitor variável);
 No start de motores de portão eletrônico (capacitor
de partida);
 Em fontes de alimentação;

FONTE: https://www.mundodaeletrica.com.br/como-funcionam-
os-capacitores/

DENTRO DO CAPACITOR

Outra forma de se encontrar a capacitância é:


A capacitância
Está ligado a quantidade de carga que o capacitor
acumula por volt.

Q
C
U
C = capacitância, medida em Farad (F). Duas placas de metal ligadas a uma fonte de
Q = caragas elétricas, medida em Coloumb (C). alimentação, e um material dielétrico entre as placas.

V = tensão, medida em Volt (V).


 0 .A
C
d
Aplicação dos capacitores Onde:

Existem variações nos modelos dos capacitores, para se C = capacitância, medida em Farad (F).
adequarem a diferentes utilizações. Como dito A= área
anteriormente, o material dielétrico influencia na situação
a qual o capacitor será usado. São dispositivos 0 = é a permissividade eletrostática do meio (vácuo ou
encontrados facilmente em circuitos eletrônicos, e outros espaço livre);
lugares como, por exemplo:
A= área das placas;
 Sensores; d = distância entre as placas do capacitor.
 Absorver picos e preencher vales em sinais
elétricos;
55
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Representação: a) W = 1 mJ

b) W = 50 J

c) W = 100 J
Quando estudamos um circuito, por exemplo, d) W = 500 J
precisamos de uma forma simples de representar os
elementos que o constituem. Para capacitores a e) W=0J
representação é a seguinte:
04 - (UFLA MG) A energia armazenada num capacitor
Disponível:http://www.licoesdeexatas.com.br/associacao-de-capacitores/
de 10.000 F, submetido a uma diferença de potencial de
Exercícios complementares 16V, se descarrega num motor sem atrito, arranjado para
erguer um bloco de 0,10 kg de massa. Qual é a altura
01. (PUC MG) Você dispõe de um capacitor de placas máxima atingida pelo bloco, em metros? (Adote g = 10
planas e paralelas. Se dobrar a área das placas e dobrar a m/s2)
separação entre elas, a capacitância original ficará:
a) 0,24 m
a) inalterada
b) 1,56 m
b) multiplicada por dois
c) 1,28 m
c) multiplicada por quatro
d) 2,15 m
d) dividida por dois
e) 3,21 m
e) dividida por quatro GABARITO

1A 2C 3B 4C

02. (PUC MG) Se dobrarmos a carga acumulada nas ASSOCIAÇÃO DE CAPACITORES


placas de um capacitor, a diferença de potencial entre
suas placas ficará: Muitos equipamentos, que utilizam de capacitor,
precisam de mais de um capacitor em sua estrutura. Por
a) inalterada. esse motivo utilizam de um arranjo constituído de
alguns capacitores em série ou em paralelo.
b) multiplicada por quatro.
c) multiplicada por dois.
SÉRIE
d) dividida por quatro.
e) dividida por dois.
03. (UFLA MG) Considerando o gráfico abaixo,
determine o trabalho necessário para carregar um
capacitor, inicialmente descarregado, até uma carga
Propriedades:
q = 10 C

QT = Q1 = Q2 = Q3 ...Qn
UT = U1 + U2 + U3…Un

56
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

PARALELO c) 3,0 10–10 C


d) 6,0 10–9 C
e) 12 10–9 C
03. (OSEC SP) Dois capacitores de mesma capacidade
C = 2 . 10–6F são associados em série e aos terminais da
Propriedades: associação é aplicada a diferença de potencial U = 20V.
Qual é a carga, em Coulomb, de cada capacitor?
QT = Q1 + Q2 + Q3…Qn a) 2 . 10–6
UT = U1 = U2 = U3…Un b) 1 . 10–6
c) 2 . 10–5
Exercícios complementares d) 1 . 10–5
01. (OSEC SP) Três capacitores C1 = 3,0 F, C2 = 5,0 e) 4 . 10–5
F e C3 = 8,0 F quando associados produzem um
capacitor de 4,0 F. 04. (OSEC SP) Dois capacitores estão ligados em série a
uma bateria de 40V.

A associação que produz este resultado é:

As tensões nos capacitores de 2,0F e 6,0F são,


respectivamente:
a) 30V e 10V
b) 10V e 30V
c) 30V e 30V
d) 20V e 20V
e) 5V e 35V

05. (MACK SP) A carga elétrica que a associação de


capacitores abaixo armazena, quando estabelecemos
entre A e B a d.d.p. de 22 V, é:
02. (MACK SP) Dois capacitores, de capacidades
C1 = 3 nF e C2 = 2 nF, são associados em série e o
conjunto é submetido à d.d.p. de 5 V. A carga elétrica
armazenada por essa associação é:
a) 2,4 10–10 C
b) 6,0 10–10 C a) 22 C
57
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

b) 33 C a) 0,12C

c) 44 C b) 0,24C

d) 66 C c) 0,48C

e) 88 C d) 0,96C
e) 1,24C

Gararito

1C 2 3C 4A 5E 03. (MODELO ENEM) Numa fábrica, trabalha-se com


um pó inflamável que entra em combustão quando
atingido por uma faísca elétrica de energia igual ou su-
SE LIGA NO ENEM!!! perior a 0,1 mJ = 10−4 J. É comum que um operário
adquira carga elétrica por eletrização ao caminhar, por
exemplo, sobre uma superfície rugosa. Considere que o
operário tenha uma capacitância equivalente a
2 · 10−10 F. Sendo a energia acumulada no capacitor dada
01. (ENEM-2016). Um cosmonauta russo estava a bordo por:
C.U 2
da estação espacial MIR quando um de seus rádios de E
comunicação quebrou. Ele constatou que dois 2
capacitores do rádio de 3μF e 7μF ligados em série Qual o máximo valor de diferença de potencial em
estavam queimados. Em função da disponibilidade, foi relação ao ambiente que o operário pode carregar a fim
preciso substituir os capacitores defeituosos por um de evitar que uma faísca incendeie o pó inflamável?
único capacitor que cumpria a mesma função. Qual foi a
capacitância, medida em μF, do capacitor utilizado pelo a. 10 V
cosmonauta?
b. 20 V
a) 0,10
c. 100 V
b) 0,50
d. 200 V
c) 2,1
e. 1000 V
d) 10
e) 21 Gabarito

1C 2C

02. (UERJ- MODELO ENEM) Para a segurança dos


clientes, o supermercado utiliza lâmpadas de emergência
e rádios transmissores que trabalham com corrente
contínua. Para carregar suas baterias, no entanto, esses
dispositivos utilizam corrente alternada. Isso é possível
graças a seus retificadores que possuem, cada um, dois
capacitores de 1.400 F , associados em paralelo. Os
capacitores, descarregados e ligados a uma rede elétrica
de tensão máxima igual a 170 V, estarão com carga plena
após um certo intervalo de tempo t.
Considerando t, a carga elétrica total acumulada é de,

58
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

GERADOR ELÉTRICO a) 0,25


"Levando-se em conta a resistência interna do gerador, b) 0,50
percebemos que a ddp U entre os terminais é menor do
que a força eletromotriz (fem), devido à perda de ddp na c) 1,0
resistência interna." d) 3,0
U =  - r.i e) 4,0

03-(UEPR)- Um gerador funcionara em regime de


potencia útil máxima, quando sua resistência interna for
igual :
a) Á resistência equivalente do circuito que ele alimenta;
b) Á metade de sua resistência equivalente do circuito
U = ddp ( tensão ou diferença de potencial) (V) que ele alimenta ;
c) Ao dobro da resistência equivalente do circuito que
 = Força eletromotriz (V) ele alimenta;
d) Ao quádruplo da resistência equivalente do circuito
r = Resistência interna da bateria (Ω)
que ele alimenta
I = Corrente elétrica (A) e) Á quarta parte da resistência equivalente do circuito
que ele alimenta.
04-(CFT-MG) Observe o gráfico característico de um
EXERCÍCIOS BÁSICOS gerador.
01-(FGV-SP) A unidade de medida de potencial elétrico
do Sistema Internacional é o volt (V), que também é
unidade da grandeza física chamada
a) força elétrica.
b) carga elétrica.
c) corrente elétrica.
d) força eletromotriz.
e) campo magnético. Se uma lâmpada de resistência 3,5 Ω for ligada em série
com esse gerador, a corrente elétrica na lâmpada, em
02-(UC-MG) Uma bateria de automóvel apresenta esta ampères, será:
curva característica. A resistência interna da bateria vale,
em ohms: a) 2,5
b) 3,0
c) 7,5
d) 10
e) 15

59
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

05 - (FFFCMPA RS) A figura abaixo representa uma c) da carga elétrica no interior do campo elétrico.
bateria, com força eletromotriz de 3V e resistência interna
de 1  , alimentando um receptor com resistência de 2  d) do campo elétrico criado por um corpo eletrizado.
. A intensidade da corrente elétrica na resistência interna e) de corrente elétrica que ela deve fornecer a um circuito.
da bateria e a energia elétrica dissipada em 1min em todo
o circuito são, respectivamente,

02. (FUVEST-SP-MODELO ENEM) Com quatro


pilhas ideais de 1,5V e fios de ligação, podem-se montar
os circuitos esquematizados abaixo. Em qual deles a
lâmpada brilhará mais intensamente?

a) 1 A e 1 J.
b) 1 A e 3 J.
c) 1 A e 180 J.
d) 3 A e 3 J.
e) 3 A e 180 J.

Gabarito

1D 2D 3A 4A 5C

SE LIGA NO ENEM!!! 03. (CFT-MG- MODELO ENEM) A figura representa


o modo como um estudante colocou quatro pilhas novas
em sua lanterna.
01. (CPS-SP - MODELO ENEM) As pilhas e baterias
são classificadas pela Associação Brasileira de Normas
Técnicas – ABNT – como lixo perigoso. Agressivas ao
meio ambiente e de difícil reciclagem, apresentam em
suas composições substâncias tóxicas como chumbo,
cádmio e mercúrio, que podem contaminar o solo e a Nessa situação, é correto afirmar que:
água. Você já deve ter observado a existência de pilhas e
baterias de diversos tamanhos que fornecem a mesma a) a lâmpada irá queimar.
voltagem.
b) a lanterna não irá acender.
O tamanho da pilha ou da bateria está diretamente
relacionado com a intensidade c) as pilhas durarão pouco tempo.

a) da força elétrica no processo de indução. d) a luz emitida terá um brilho forte.

b) da força de interação entre cargas elétricas.

60
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

04. (PUC MG-MODELO ENEM) Um pequeno motor a) 0,1 Ω


elétrico utilizado em veículos automotivos (por exemplo,
o motor do limpador de para-brisas) é ligado à bateria do b) 0,2 Ω
veículo que lhe aplica uma voltagem VAB = 12V, c) 0,3 Ω
fornecendo-lhe uma corrente de 5,0 A . O motor possui
uma resistência interna r = 0,2  e, devido a essa d) 0,4 Ω
resistência, parte da energia fornecida ao motor pela
bateria transforma-se em calor (efeito Joule), fazendo e) 0,5 Ω
com que o motor se aqueça. A energia restante é
07.(Fuvest-MODELO ENEM) Seis pilhas iguais, cada
convertida em energia mecânica de rotação do motor. É
uma com diferença de potencial V, estão ligadas a um
CORRETO afirmar:
aparelho, com resistência elétrica R, na forma
esquematizada na figura.

a) A potência útil desse motor é de 55 w.


b) O calor gerado por esse motor, em 1 minuto de
funcionamento, é de 60J.
c) A potência fornecida pela bateria ao motor é de 5
W.
d) A potência dissipada por efeito joule é de 50% da
potência fornecida pela bateria ao motor. Nessas condições, a corrente medida pelo amperímetro
A, colocado na posição indicada, é igual a
a) V/ R
05. (UFPE-MODELO ENEM) Uma bateria elétrica
possui uma força eletromotriz de 1,5 V e resistência b) 2V/ R
interna 0,1 . Qual a diferença de potencial, em V, entre
os pólos desta bateria se ela estiver fornecendo 1,0 A a c) 2V/ 3R
uma lâmpada?
d) 3V/ R
a) 1,5
e) 6V/ R
b) 1,4
c) 1,3
d) 1,2
e) 1,0
06. (UFRJ-MODELO ENEM) Uma bateria comercial
de 1,5V é utilizada no circuito esquematizado abaixo, no
qual o amperímetro e o voltímetro são considerados
ideais.
Varia-se a resistência R, e as correspondentes indicações
do amperímetro e do voltímetro são usadas para construir
o seguinte gráfico de voltagem (V) versus intensidade de
corrente (I). GABARITO

Usando as informações do gráfico, o valor da resistência 1E 2C 3B 4A 5B 6C 7B


interna da bateria é de,

61
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

RESPOSTAS DE ELETRODINÂMICA 5- E= 2 kwh X= 0,24 $

Corrente Elétrica 6- E= 2,2 kwh X= 0,26 $

1- i= 10 A 2- i= 0,2 A 3- Q= 40 C 7- P= 0,008 kwh E= 0,00013 kw

Circuito Série
4- T= 300 s 5- Q= 96 C 6- Q= 40 C n= 2,5.1020
1- a- 30Ω b- 15Ω 2- a- 25Ω; 100V b- 4A c- 40V;60V
7- Q= 20 C n= 1,25.10-19 8- Q= 75 C
3- a- 6A b- 36V c- 10Ω
9- Q= 18 C 10- Q= 36 C
4- a- 12Ω b- 12V
11- Na ligação metalica, os elétrons podem se movimentar livremente
pelo metal. Circuito Paralelo
12- A corrente elétrica produzida em pilhas ou baterias, provém de processos 1- a- 2Ω b- 2A;4A c- 6A
químicos, essa corrente é conhecida como corrente contínua (CC), já a corrente
elétrica produzida nas usinas alterna a sua polaridade, hora é positiva e hora é 2- a- 6Ω b- 15A c- 3Ω
negative, por isso é chamada de corrente alternada (AC) do inglês alternating
current. 3- a- 4Ω b- 60V c- 10A;15A
13- É o movimento ordenados dos elétrons. 4- 6Ω; 20A 5- I2=20A; R2=20Ω
14- Nas extremidades do conductor deve existir uma ddp, ou seja uma Circuito Misto
diferença de potencial, é a “força que impulsiona os elétróns”.
1- a- 14Ω b- 2Ω c- 2,4Ω d- 10Ω e- 10Ω
15- Usamos fita isolantes nas emendas dos circuitos, afim de evitar curto-
circuito. 2- 2A; 1A; 1A 3- 52V; 13Ω; 4A 4-0,4A
16- Q= 225C 17- i = 1,6A 18- i = 1,5A. 5-i=5A, i1=2,5A, i2=2,5A
Resistores Curto circuito
1- R= 22 Ω 2- U= 12 V 3- R= 20 Ω 1- A)30,0 Ω B)6,0 Ω C)5,0 Ω D)1,0 Ω
4- i= 0,5 A 5- R= 5 Ω U= 15 V 2- 1,0 Ω 3-Rac=2,0 Ω; Rbc =0; RaB=2,0 Ω.
6- R= 5 Ω 7- R= 10 Ω i= 10 A 4- i1 = 12A, i1 = 0, i1 = 0.
8- R= 2 Ω i= 1,5 A U= 14 V Amperímetro e Voltímetros
Potência elétrica 1- V= 32V; A= 4A
01- P= 120 W 02- i= 0,5 A 03- P= 40 W 2- V=8V
04- i= 0,1 A 05- R= 3 Ω 06- R= 20 Ω 3- A= 6A; A= 2A; A= 4,2A
07- 40W= 40J/s; 60W= 60J/s; 100W=100J/s

08- Ela irá queimar maior tensão, maior corrente.

09- Condutor ideal R=0; Não consome.

10- Ao se movimentar pelo metal, os elétrons colidem com a malha de


ligações entre os elétrons fixos no metal, essa colisão gera calor,
conhecido como efeito Joule.

11-

a) Elétrica em Térmica.

b) Elétrica em mecânica.

c) Elétrica em luminosa e térmica.

Energia consumida

1- E= 60 kwh/mês 2- E= 9 kwh/mês 3- E= 1,2 kwh/mês

4- E= 1,5 kwh X= 0,18 $

62
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

A TERRA É UM IMÃ GIGANTE


MAGNETISMO

IMÃ
A figura abaixo nos mostra uma ilustração
do campo magnético em forma de barra. Se
acrescentarmos limalhas de ferro em volta do ímã,
veremos que elas passam a se orientar de forma
análoga a de uma bússola, formando linhas que,
como já dito, são chamadas de linhas de indução
ou linhas de campo de indução magnético.

CURIOSIDADE
Nota!!! A magnetosfera é a região do espaço em torno da Terra, onde
o campo magnético dominante é o campo magnético da terra,
As limalias de ferro, se orientam exatamente em vez do campo magnético do espaço interplanetário.
sobre as linhas de campo magnético. A magnetosfera é formado pela interação do vento solar com
o campo magnético da Terra.
As linhas não se tocam, e partem sempre do pólo
norte para o pólo sul.

Observe a bússola na figura abaixo, como ela


também segue a orientação das linhas

Magnetosfera funciona como um colchão protetor, existente


entre os ventos solares e a própria Terra, nos protegendo de
várias anomalias do espaço, principalmente os ventos solares,
a radiação solar e outros raios cósmicos.

FONTE:http://www.infoescola.com/astronomia/magnetosfera

63
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS 04. (PUC MG) Uma bússola pode ajudar uma pessoa a
se orientar devido à existência, no planeta Terra, de:
01. (FMTM MG) A histerese magnética é o
comportamento que certos materiais possuem nos a) um mineral chamado magnetita.
períodos de imantação e desimantação, ou seja,
resistência à modificação do campo magnético. b) ondas eletromagnéticas.

Assim, os ciclos da histerese caracterizam materiais: c) um campo polar.

a) ferromagnéticos. d) um campo magnético.

b) diamagnéticos.
c) paramagnéticos. 05. (UNIFENAS MG) O desenho representa um ímã X
dividido em três partes.
d) ferromagnéticos e paramagnéticos.
e) diamagnéticos e ferromagnéticos.

02. (Fac. Santa Marcelina SP) Pesquisadores verificaram


a alta incidência de leucemia em crianças que moram
perto de cabos de alta-tensão e também de linfomas e Considere as afirmativas:
outros tipos de neoplasias malignas em adultos que
trabalham com transformadores, fios de alta-tensão e em I. As pontas A e C se repelem.
estações de radar.
II. As pontas B e D se atraem.
Nesses casos, é correto concluir que essas doenças são
provocadas devido à intensa exposição de pessoas a III. As pontas A e D se repelem.
campos de origem
a) a afirmativa I é verdadeira.
b) a afirmativa II é verdadeira.
a) eletromagnética.
c) a afirmativa III é verdadeira.
b) mecânica.
d) todas as afirmativas são falsas
c) termodinâmica.
e) todas as afirmativas são verdadeiras.
d) inercial.
e) gravitacional.
06. (UERJ) Uma agulha magnética atravessada numa
rolha de cortiça flutua num recipiente que contém água,
na posição mostrada na figura 1, sob a ação do campo
03. (UNIFOR CE) Um ímã, com certeza, NÃO atrai: magnético terrestre.
a) uma arruela de ferro. Coloca-se, envolvendo o recipiente, um outro imã com
seus pólos posicionados como indicado na figura 2:
b) um prego.
c) uma lâmina de barbear.
d) uma panela de ferro.
e) uma caneca de alumínio.

64
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

A nova posição da agulha, sob a ação dos dois campos 08. (PUC RS) Num determinado local, observa-se que
magnéticos, será: uma bússola está desviada de sua orientação habitual,
conforme representa a figura abaixo:
a.

b.

c. Conclui-se que, no local, além do campo magnético da


Terra, atua outro campo, cuja orientação está
representada em:

a) 
d. b) 

c) 

d) 
e.
e) 

09. (PUC PR) Uma esfera de ferro é colocada próxima


07. (UFF RJ) Assinale a opção em que as linhas de a um ímã, conforme figura. É correto afirmar:
indução do campo magnético de um ímã estão mais bem
representadas.

a) Somente a esfera atrai o ímã.


b) Somente o ímã atrai a esfera.
c) A atração do ímã pela esfera é maior que atração
da esfera pelo ímã.
d) A atração da esfera pelo ímã é maior que a
atração do ímã pela esfera.
e) A atração da esfera pelo ímã é igual à atração do
ímã pela esfera.

65
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

10. (UFPA) Na figura abaixo, um ímã natural, cujos a) A Terra, ao girar, provocar uma distorção do
pólos magnéticos norte N e sul S estão representados, campo gravitacional na direção norte-sul, dando origem
equilibra dois pregos 1 e 2. Os pontos A e B pertencem a ao campo magnético.
1 e os pontos C e D pertencem a 2. Nesta situação
b) Existem cargas em movimento no interior da
Terra que fazem com que a Terra se comporte como um
enorme ímã.
c) A Terra, ao girar, cria uma aceleração centrípeta
em sua superfície que faz com que a agulha de uma
bússola alinhe-se ao longo do sei eixo de rotação, como
se a Terra fosse um enorme ímã em movimento.
d) Porque os pólos terrestres estão repletos de gelo,
que cria um excesso de carga elétrica nessas regiões,
fazendo com que a Terra se comporte como um enorme
ímã.
e) As correntes marítimas transportam cargas
elétricas que polarizam os continentes no sentido norte-
a) B e C são pólos norte
sul, fazendo com que a Terra se comporte como um
b) A é um pólo norte e D um pólo sul enorme ímã.

c) A e D são pólos sul


d) A é um pólo sul e B um pólo norte 02. (UFF RJ-MODELO ENEM) O disco rígido de um
computador é um meio magnético utilizado para
e) B é um pólo sul e D um pólo norte armazenar informação em forma digital. Sua superfície é
dividida em trechos retangulares, muito pequenos, que
funcionam como ímãs microscópicos e podem ser
GABARITO orientados em dois sentidos opostos
1A 2A 3E 4D 5A 6C 7E 8D 9E 10A.
 , respectivamente.
Um modelo simplificado do processo de leitura da
SE LIGA NO ENEM!!! informação gravada no disco rígido envolve um conjunto
de bússolas I, II e III representado na figura. Se o pólo
norte da bússola aponta para cima, sua orientação é
representada pelo dígito 1, se aponta para baixo, é
representada pelo dígito 0.
01. (UEL PR-MODELO ENEM) Não há registro de
quando o ímã foi utilizado pela primeira vez na
navegação. Há referências de que por volta do ano 1150 Assinale a opção que representa a orientação das bússolas
era obrigatória, para os viajantes chineses, em suas na situação da figura.
viagens tanto terrestres como marítimas, a atualização de
uma caixa contendo uma agulha, uma pedra de magnetita
(ímã) e uma linha. Pode-se considerar este simples
aparato como sendo o embrião das atuais bússolas, que
são úteis à navegação pois orientam-se na direção norte-
sul terrestre. Em relação ao campo magnético terrestre, é
correto afirmar:

a) 1 0 1

66
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

b) 0 1 0
c) 1 0 0 04. (ENEM/2001 ) . A figura mostra o tubo de imagens
dos aparelhos de televisão usado para produzir as
d) 0 1 1 imagens sobre a tela. Os elétrons do feixe emitido pelo
e) 0 0 1 canhão eletrônico são acelerados por uma tensão de
milhares de volts e passam por um espaço entre bobinas
03. (ENEM2011) O manual de funcionamento de um onde são defletidos por campos magnéticos variáveis, de
captador de guitarra elétrica apresenta o seguinte texto: forma a fazerem a varredura da tela.
Nos manuais que acompanham os televisores é comum
encontrar, entre outras, as seguintes recomendações:

I. Nunca abra o gabinete ou toque as peças no interior do


televisor.
Esse captador comum consiste de uma bobina, fios II. Não coloque seu televisor próximo de aparelhos
condutores enrolados em torno de um ímã permanente. O domésticos com motores elétricos ou ímãs.
campo magnético do ímã induz o ordenamento dos pólos
magnéticos na corda da guitarra, que está próxima a ele. Estas recomendações estão associadas, respectivamente,
Assim, quando a corda é tocada, as oscilações produzem aos aspectos de
variações, com o mesmo padrão, no fluxo magnético que (A) riscos pessoais por alta tensão / perturbação ou
atravessa a bobina. Isso induz uma corrente elétrica na deformação de imagem por campos externos.
bobina, que é transmitida até o amplificador, e daí, para o
alto-falante. (B) proteção dos circuitos contra manipulação indevida /
perturbação ou deformação de imagem por campos
Um guitarrista trocou as cordas originais de sua guitarra, externos.
que eram feitas de aço, por outras feitas de náilon. Com o
uso dessas cordas, o amplificador ligado ao instrumento (C) riscos pessoais por alta tensão / sobrecarga dos
não emitia mais som, porque a corda de náilon, circuitos internos por ações externas.
a) isola a passagem de corrente elétrica da bobina para o (D) proteção dos circuitos contra a manipulação indevida
alto-falante / sobrecarga da rede por fuga de
b) varia seu comprimento mais intensamente do que corrente.
ocorre com o aço.
(E) proteção dos circuitos contra manipulação indevida /
c) apresenta uma magnetização desprezível sob a ação do sobrecarga dos circuitos internos por ação externa.
ímã permanente.
d) induz correntes elétricas na bobina mais intensas que a
capacidade do captador.
GABARITO
1B 2A 3C 4A
e) oscila com uma frequência menor do que a que pode
ser percebida pelo captador.

67
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CAMPO MAGNÉTICO CRIADO POR UM 3. A 0,4 m de um fio longo e retilíneo o campo


CONDUTOR RETILÍNEO magnético tem intensidade 4.10-6 T. Qual é a corrente
"Segure o condutor com a mão direita de modo que o
que percorre o fio? Adote  0 = 4  .10-7 T.m/A.
polegar aponte no sentido da corrente. Os demais dedos
dobrados fornecem o sentido do vetor campo magnético,
no ponto considerado. (Regra da mão direita) "
4. Dada a figura, determine a intensidade do campo
magnético resultante no ponto P.

Dados:

 0 = 4  .10-7 T.m/A.
i1 = 4 A

.i i2 = 10 A
B
2 .R

5. Dada a figura, determine a intensidade do campo


B = intensidade do vetor campo magnético em um ponto magnético resultante no ponto P.
(T)
 = permeabilidade magnética do meio (T.m/A)

 0 = 4  .10-7 T.m/A (no vácuo)


R = distância do ponto ao fio (m)

A unidade de B no SI é o tesla (T).

EXERCÍCIOS BÁSICOS Dados:


1. Um fio retilíneo e longo é percorrido por uma
corrente elétrica contínua i = 2A. Determine o campo  0 = 4  .10-7 T.m/A.
magnético num ponto distante 0,5m do fio. Adote
 0 = 4  .10-7 T.m/A i1 = 3A
i2 = 5 A
2. Um condutor reto e extenso é percorrido por uma
corrente de intensidade 2A. Calcular a intensidade do
vetor campo magnético num ponto P localizado a 0,1 QUESTÕES
m do condutor. O meio é o vácuo.
19. Como podemos verificar experimentalmente se
existe um campo magnético em um certo ponto
do espaço?

68
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

20. O que acontece se colocarmos um imã sobre uma c) circulares e espira circular.
fita magnética?
d) circulares e bobina
21. Sabe-se que a Lua, ao contrário da Terra, não e) circulares e condutor retilíneo.
possui um campo magnético. Sendo assim,
poderia um astronauta se orientar em nosso
satélite usando uma bússola comum? Explique.
04. (Ufrs) A histórica experiência de Oersted, que
unificou a eletricidade e o magnetismo, pode ser realizada
EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES por qualquer pessoa, bastando para tal que ela disponha
de uma pilha comum de lanterna, de um fio elétrico e de
01. (PUC–MG) A figura mostra o nascer do Sol. Dos
pontos A, B, C e D, qual deles indica o Sul geográfico? a) um reostato.
b) um eletroscópio.
c) um capacitor.
a) A
d) uma lâmpada.
b) B
e) uma bússola.
c) C
d) D

05. (Fei) A figura representa um condutor reto e infinito


02. (Unirio–RJ) Assinale a opção que apresenta a
percorrido por uma corrente elétrica constante e igual a I
afirmativa correta, a respeito de fenômenos
de A para B. O sentido do campo magnético originado
eletromagnéticos:
pela corrente no ponto 1 é corretamente representado por:
a) é possível isolar os pólos de um imã.
b) imantar um corpo é fornecer elétrons a um de seus
pólos e prótons ao outro.
c) ao redor de qualquer carga elétrica, existe um campo
elétrico e um campo magnético.
d) cargas elétricas em movimento geram um campo
magnético.
e) as propriedades magnéticas de um ímã de aço
aumentam com a temperatura.

03. (Uel) Considere a afirmativa a seguir.


06. (Fei) Um fio de cobre, reto e extenso é percorrido por
"As linhas de força de um campo magnético são .....I..... uma corrente i =1,5A. Qual é a intensidade do vetor
Então esse campo pode ter sido gerado por .....II....., onde campo magnético originado em um ponto à distanciar
flui uma corrente elétrica". r=0,25m do fio.

Dados: 0 = 4..10-7 T.m/A


Para completá-la corretamente, os espaços I e II devem a) B= 10-6 T
ser preenchidos, respectivamente, por
b) B= 0,6.10-6 T
a) retilíneas, condutor retilíneo
c) B= 1,2.10-6 T
b) retilíneas e espira circular.
69
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

d) B= 2,4.10-6 T d) I com S, II com U e III com T.


e) B= 2,4.10-6 T e) I com T, II com U e III com R.
07. (Unirio) Assinale a opção que apresenta a afirmativa 09. (Ufes ) A figura a seguir representa dois fios muito
correta, a respeito de fenômenos eletromagnéticos. longos, paralelos e perpendiculares ao plano da página.
Os fios são percorridos por correntes iguais e no mesmo
a) É possível isolar os pólos de um imã. sentido, saindo do plano da página. O vetor campo
b) Imantar um corpo é fornecer elétrons a um de seus magnético no ponto P, indicado na figura, é representado
pólos e prótons ao outro. por:

c) Ao redor de qualquer carga elétrica, existe um campo


elétrico e um campo magnético.
d) Cargas elétricas em movimento geram um campo
magnético.
e) As propriedades magnéticas de um imã de aço
aumentam com a temperatura.

Gabarito:
08. (Unesp) Considere os três fenômenos seguintes.
01D 02D 3E 4E 5E 6C 7D 8C 9A
I) Um raio de luz passou de um meio transparente para
outro, mudando a direção de sua trajetória.
II) Duas cargas elétricas pontuais em repouso interagem SE LIGA NO ENEM!!!
com uma força inversamente proporcional ao quadrado
das distâncias entre elas.
III) Um fio, no vácuo, percorrido por uma corrente
elétrica constante, cria um campo magnético cujas as 01. (Ufmg - MODELO ENEM) A figura a seguir mostra
linhas formam círculos que têm fio como eixo. uma pequena chapa metálica imantada que flutua sobre a
água de um recipiente. Um fio elétrico está colocado
sobre esse recipiente. O fio passa, então, a conduzir uma
Considere agora as quatro leis da física seguintes. intensa corrente elétrica contínua, no sentido da esquerda
para a direita.
R: Lei de Coulomb.
A alternativa que melhor representa a posição da chapa
S: Lei de Lenz. metálica imantada, após um certo tempo, é
T: Lei de Snell.
U: Lei de Ampére.

Assinale a alternativa que contém a associação correta


entre os fenômenos descritos e as leis citadas.
a) I com R, II com S e III com T.
b) I com T, II com R e III com S.
c) I com T, II com R e III com U.
70
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

02. (Uel -MODELO ENEM) Dois fios longos e direção perpendicular ao condutor. Pedro acha estranho
retilíneos são dispostos perpendicularmente entre si e que uma corrente elétrica possa influenciar a orientação
percorridos por correntes elétricas de intensidades i1 e i2 de um ímã. Para ajudá-lo a compreender o que está
como mostra a figura a seguir. acontecendo, você explica que as cargas elétricas em
movimento no fio

O módulo do campo magnético resultante, gerado pelas


correntes nos dois fios, pode ser nulo SOMENTE em
pontos dos quadrantes
a) geram um campo magnético cujas oscilações desvios
a) I e II em todos os ímãs nas proximidades do fio.
b) I e III b) geram um campo elétrico uniforme que tende a anular
o efeito do campo magnético terrestre.
c) I e IV
c) geram um campo elétrico que interfere com o campo
d) II e III magnético da agulha, ocasionando desvio.
e) II e IV d) geram um campo magnético uniforme, de forma que a
agulha tende a orientar-se perpendicularmente a ele.

03. (Fei-MODELO ENEM) Um fio condutor retilíneo e) geram um campo magnético que se soma ao campo
muito longo, imerso em um meio cuja permeabilidade terrestre, provocando o desvio da agulha.
magnética é 0 = 6..10-7 T.m/A, é percorrido por uma
corrente I. A uma distância r=1m do fio sabe-se que o
módulo do campo magnético é 10-6T. Qual é a corrente 05. (Uece-MODELO ENEM) Um fio metálico,
elétrica I que percorre o fio? retilíneo, vertical e muito longo, atravessa a superfície de
uma mesa, sobre a qual há uma bússola, próxima ao fio,
a) 3,333 A conforme a figura a seguir.
b) 6 A Fazendo passar uma corrente elétrica contínua i no
sentido indicado, a posição de equilíbrio estável da
c) 10 A
agulha imantada, desprezando o campo magnético
d) 1 A terrestre, é:

e) 6 A

04. (Ufpel - MODELO ENEM) Pedro realiza


experiências no Laboratório de Física de sua escola,
utilizando a montagem mostrada na figura ao lado. Com
o circuito aberto, ele verifica que a agulha magnética
orienta-se na direção Norte-Sul. Fechando o circuito, de
forma que uma corrente elétrica percorra o fio, a agulha
movimenta-se e orienta-se, aproximadamente, numa
71
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

06. (Pucsp - MODELO ENEM) Na experiência de


Oersted, o fio de um circuito passa sobre a agulha de uma
bússola. Com a chave C aberta, a agulha alinha-se como
mostra a figura 1. Fechando-se a chave C, a agulha da
bússola assume nova posição ( figura 2).

A partir desse experimento, Oersted concluiu que a


corrente elétrica estabelecida no circuito
a) gerou um campo elétrico numa direção perpendicular
à da corrente.
b) gerou um campo magnético numa direção
perpendicular à da corrente.
c) gerou um campo elétrico numa direção paralela à da
corrente.
d) gerou um campo magnético numa direção paralela à da
corrente.
e) não interfere na nova posição assumida pela agulha da
bússola que foi causada pela energia térmica produzida
pela lâmpada.

GABARITO

01. C 02.B 03.A 04.D 05.B 06.B

72
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

FORÇA MAGNÉTICA d)
e)
2. (UPE) Um condutor retilíneo de comprimento l,
FORÇA MAGNÉTICA EM UM CONDUTOR percorrido por uma corrente elétrica i, é imerso em um
RETILÍNEO, SUBMETIDO A UM CAMPO campo magnético uniforme B. Na figura a seguir, estão
MAGNÉTICO EXTERNO. disponibilizadas as seguintes situações I, II, III, IV e V:

Nota!!!

É importante ressaltar que o sentido real da


corrente elétrica são os elétrons se deslocando
do polo negativo para o positivo.

Porém nesses problemas usamos o sentido


convencional, onde a corrente elétrica parte
sempre do polo positivo para o negativo.

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES
Nessas condições, o conjunto que melhor representa o
1. (MACK-SP) Um condutor retilíneo de comprimento l sentido da força magnética que atua sobre o condutor nos
é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade i e itens I, II, III, IV e V, respectivamente, é
sentido de M para N. Esse condutor, quando se encontra
numa região onde existe um campo magnético uniforme
de vetor indução B, perpendicular a ele, fica sob a ação
da força F, de intensidade F = Bil. Considerando as
situações abaixo, assinale a alternativa que indica a)
corretamente a direção orientada da força F.

b)

b)

c)

d)
a)
b)
c)

73
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) Nula
b) 3,0 x 10-5
e) c) 4,0 x 10-5
d) 5,0 x 10-4
e) 6,0 x 10-6

3. Um condutor retilíneo, percorrido por uma corrente


elétrica de intensidade i igual a 2,0 A, está imerso em 6. (MACKENZIE) Um fio condutor elétrico retilíneo, de
um campo magnético uniforme de intensidade B, igual a comprimento 25,00 cm e massa 20,00 g, está disposto
2,0 · 10–4 T. Determine a força magnética num trecho paralelamente ao solo (horizontal) e perpendicularmente
desse condutor igual a 0,20 m. às linhas de indução de um campo magnético uniforme,
conforme a figura abaixo.

a) Nula
b) 1,0 x 10-1
c) 2,0 x 10-1 O vetor indução magnética tem direção horizontal e
d) 4,0 x 10-1 intensidade B = 8,00 . 10–2 T. Quando o amperímetro
e) 8,0 x 10-1 ideal A indica a intensidade de corrente 10,0 A, o fio
condutor fica sujeito à ação de uma força magnética de
intensidade:
4. Um condutor retilíneo, percorrido por uma corrente
elétrica de intensidade i igual a 2,0 A, está imerso em a) Nula
um campo magnético uniforme de intensidade B, igual a b) 1,0 x 10-1
2,0 · 10–4 T. Determine a força magnética num trecho c) 2,0 x 10-1
desse condutor igual a 0,20 m. d) 4,0 x 10-1
e) 8,0 x 10-1
a) Nula
b) 2,0 x 10-5
c) 3,0 x 10-6
d) 8,0 x 10-5
e) 8,0 x 10-6

5. Um condutor retilíneo, percorrido por uma corrente


elétrica de intensidade i igual a 2,0 A, está imerso
em um campo magnético uniforme de intensidade B,
igual a 2,0 · 10–4 T. Determine a força magnética
num trecho desse condutor igual a 0,20 m.

GABARITO

1E 2D 3A 4D 5C 6D

74
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!!

01. Na figura a seguir, as hastes I, II e III são condutoras,


mas apenas a haste I submete-se ao campo do ímã.
Determine se o condutor I é empurrado para dentro ou
para fora do ímã, fechando-se a chave;

3. A barra, disposta horizontalmente, é percorrida por


uma corrente elétrica de intensidade i igual a 100 A no
sentido indicado e encontra-se num campo magnético
uniforme e horizontal de intensidade constante e igual a
2 T, perpendicular à barra.
a) 1 · 102 N
b) 2 · 102 N
a) em repouso.
c) 3· 102 N
b) para dentro do imã.
d) 4 · 102 N
c) para fora do imã.
e) 5 · 102 N
d) para o norte.
04. calcule a intensidade da tração em cada fio de
e) para o sul. suspensão;
02. No rotor de um motor elétrico, os fios conduzem uma a) 0,5 · 102 N
corrente de 5 A e dispõem-se perpendicularmente a um
campo de indução magnética, suposto uniforme, de b) 1,0 · 102 N
módulo constante e igual a 1 T. Determine o módulo da
força magnética atuante em cada centímetro de fio. c) 1,5· 102 N

a) Nula d) 2,0 · 102 N


b) 1,0 x 10-2 e) 2,5 · 102 N
c) 2,0 x 10-2
d) 4,0 x 10-2
e) 5,0 x 10-2

05. (ENEM-2013) Desenvolve-se um dispositivo para


UTILIZE AS INFORMAÇÕES A SEGUIR PARA abrir automaticamente uma porta no qual um botão,
RESPONDER AS QUESTÕES 3 E 4. quando acionado, faz com que uma corrente elétrica
i = 6A percorra uma barra condutora de comprimento
Supondo que apenas a barra se submeta ao citado campo, L = 5 cm, cujo ponto médio está preso a uma mola de
calcule a intensidade da força magnética atuante na barra; constante elástica k = 5 x 10–2 N/cm. O sistema mola-
A barra condutora MN, cilíndrica e homogênea, de 300 condutor está imerso em um campo magnético uniforme
N de peso e 1 m de comprimento, é suspensa por fios perpendicular ao plano. Quando acionado o botão, a barra
condutores leves e flexíveis aos pontos P e Q. sairá da posição do equilíbrio a uma velocidade média de

75
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

5m/s e atingirá a catraca em 6 milisegundos, abrindo a


porta.

A intensidade do campo magnético, para que o dispostivo


funcione corretamente, é de
a) 5 x 10–1T.
b) 5 x 10–2T.
c) 5 x 101T.
d) 2 x 10–2T.
e) 2 x 100T.

Gabarito
01. B 02.E 03.B 04.E 05.A

76
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

FORÇA MAGNÉTICA SOBRE UMA CARGA


Nota!!!
ELÉTRICA SUBMETIDA A UM CAMPO
MAGNÉTICO. Se a velocidade e o campo são perpendiculars, a
"Uma carga elétrica q lançada dentro de um campo força magnética se reduz a, F= q.v.B.
magnético B, com uma velocidade v, sofre a ação de uma
força F.

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES
1. Nas situações esquematizadas nas figuras, uma
partícula eletrizada penetra, com velocidade v,
perpendicularmente a um campo de indução magnética
B. O sinal da carga elétrica está indicado na própria
partícula. Determine, em cada caso, a orientação do vetor
representativo da força magnética atuante:

A determinação da direção e sentido da força magnética


que vai atuar na carga é dada pela regra do tapa.

F= Força magnética
B= Vetor Indução magnética (campo magnético)
V= Velocidade

 = ângulo entre o campo e a velocidade.

F = qvB sen 

Note que as três grandezas, força, velocidade e Indução


magnética são vetores.
Logo elas terão:
Módulo
Direção
Sentido.

77
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

magnético uniforme B com velocidades perpendiculares


às linhas de campo magnético e descrevem trajetórias
2. Represente a força magnética que age sobre a carga conforme ilustradas na figura.
elétrica q lançada no campo magnético de indução B, nos
casos:

Considerando a ação de forças magnéticas sobre cargas


3. (UFRN) Considerada como futura alternativa para elétricas em movimento uniforme, e as trajetórias de cada
geração de energia elétrica a partir da queima de partícula ilustradas na figura, pode-se concluir com
biomassa, a geração magneto-hidrodinâmica utiliza um certeza que
fluxo de gás ionizado (íons positivos e elétrons), que
passa com velocidade, v, através de um campo magnético a) as partículas 1 e 2, independentemente de suas massas
intenso, B. e velocidades, possuem necessariamente cargas com
A ação da força magnética desvia essas partículas para sinais contrários e a partícula 3 é eletricamente neutra
eletrodos metálicos distintos, gerando, entre eles, uma (carga zero).
diferença de potencial elétrico capaz de alimentar um b) as partículas 1 e 2, independentemente de suas massas
circuito externo. e velocidades, possuem necessariamente cargas com
O esquema abaixo mostra um gerador magneto- sinais contrários e a partícula 3 tem massa zero.
hidrodinâmico no qual estão identificados a direção do c) as partículas 1 e 2, independentemente de suas massas
fluxo do gás, os pólos do imã gerador do campo e velocidades, possuem necessariamente cargas de
magnético e quatro eletrodos coletores dos íons e dos mesmo sinal e a partícula 3 tem carga e massa zero.
elétrons. d) as partículas 1 e 2 saíram do recipiente com a mesma
velocidade.
Nessas condições, pode-se afirmar que os íons e os e) as partículas 1 e 2 possuem massas iguais, e a partícula
elétrons são desviados, respectivamente, para os 3 não possui massa.
eletrodos

5. Na figura, temos um sistema cartesiano triortogonal


Oxyz. Na região existe um campo magnético uniforme B,
de intensidade B = 0,25 T. Uma partícula eletrizada com
carga q = 4,0 · 10–9 C é lançada perpendicularmente ao
campo, com velocidade v, de módulo 5,0 · 106 m/s, como
representado na figura.
a) IV e II
b) III e I
c) II e IV
d) I e III

4. (UNESP) Uma mistura de substâncias radiativas


encontra-se confinada em um recipiente de chumbo, com
uma pequena abertura por onde pode sair um feixe
paralelo de partículas emitidas. Ao saírem, três tipos de
partícula, 1, 2 e 3, adentram uma região de campo
78
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Qual das opções abaixo representa as características da


força magnética Fm atuante na partícula, ao ser lançada.
Gabarito
1.
a) direção do eixo Ox, e módulo de 1,0 x 10-3N.
b) direção do eixo Ox, e módulo de 5,0 x 10-3N.
c) direção do eixo Oy, e módulo de 2,0 x 10-3N.
d) direção do eixo Oz, e módulo de 5,0 x 10-3N.
e) direção do eixo Oy, e módulo de 4,0 x 10-3N.

6. Calcule o módulo da força magnética atuante na


partícula abaixo.

2.

a) Nula
b) 1,0 x 10-15
c) 2,0 x 10-15
d) 3,0 x 10-15
e) 4,0 x 10-15

3.D
7. Calcule o módulo da força magnética atuante na
partícula abaixo. 4.A
5.B
6.D

a) Nula 7.E
b) 1,0 x 10-15
c) 2,0 x 10-15
d) 3,0 x 10-15
e) 4,0 x 10-15

79
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EXERCÍCIOS BÁSICOS
LEI DE LENZ E FARADAY
01. (UNESP) Considere uma bobina, suspensa por dois
A lei proposta pelo físico russo Heinrich Lenz, a partir de barbantes, e um ímã que pode se deslocar ao longo do
resultados experimentais, a corrente induzida tem sentido eixo da bobina, como mostra a figura.
oposto ao sentido da variação do campo magnético que a
gera.
- Se houver diminuição do fluxo magnético, a corrente
induzida irá criar um campo magnético com o mesmo
sentido do fluxo;
- Se houver aumento do fluxo magnético, a corrente
induzida irá criar um campo magnético com sentido
oposto ao sentido do fluxo.

Ao se aproximar dessa bobina qualquer um dos pólos do


ímã, verifica-se que a bobina é repelida pelo ímã. Se pr
outro lado, o ímã já estiver próximo da bobina e for
afastado rapidamente, a bobina será atraída pelo ímã. Os
resultados descritos são explicados, fundamentalmente,
pela
a) Lei de Ampère
b) Lei de Coulomb
Nota!!! c) 1ª Lei de Kirchhoff
Na aproximação, a bobina vira um imã com força
d) Lei de Lenz
de repulsão.

No afastamento, a bobina vira um imã com força e) Lei de Ohm


de atração.

Os motores, tranformadores e geradores


funcionam com base nas lei de Lenz e Faraday.
02. Um gerador e um motor elétrico são aparelhos
semelhantes no tocante à transformação de energia. O
gerador converte energia cinética em elétrica e o motor
faz literalmente o contrário: converte energia elétrica em
cinética. Observe a imagem de um grande gerador. Sobre
a geração de eletricidade, é correto afirmar que:

80
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

a) a corrente elétrica gerada neste processo é contínua. d) regulador de voltagem.


b) a corrente elétrica gerada neste processo é alternada. e) alternador.
c) a geração de eletricidade é baseada na Lei de Boyle. 05. (UNIFESP SP) A foto mostra uma lanterna sem
pilhas, recentemente lançada no mercado. Ela funciona
d) a geração de eletricidade é baseada nas Leis de transformando em energia elétrica a energia cinética que
Newton. lhe é fornecida pelo usuário – para isso ele deve agitá-la
e) Lei a geração de eletricidade é baseada na Lei de fortemente na direção do seu comprimento.
Ampere. Como o interior dessa lanterna é visível, pode-se ver
como funciona: ao agitá-la, o usuário faz um ímã
cilíndrico atravessar uma bobina para frente e para trás.
03. (UFVJM) Observe as figuras 1 e 2 abaixo. Na figura O movimento do ímã através da bobina faz aparecer nela
1 o ímã representado está em repouso logo acima de uma uma corrente induzida que percorre e acende a lâmpada.
espira condutora circular I. Na figura 2 o ímã
representado está oscilando verticalmente.

O princípio físico em que se baseia essa lanterna e a


corrente induzida na bobina são, respectivamente:
a) indução eletromagnética; corrente alternada.
b) indução eletromagnética; corrente contínua.
c) lei de Coulomb; corrente contínua.
d) lei de Coulomb; corrente alternada.
e) lei de Ampère; correntes alternada ou contínua
podem ser induzidas.

Com relação às correntes elétricas induzidas nas espiras I


e II, respectivamente, é CORRETO afirmar que elas são
06. Uma espira circular move-se de baixo para cima na
A) nula e alternada. direção de um imã permanente, assim como na figura
abaixo. Vista de cima a corrente no fio será
B) contínua e alternada.
C) contínua e nula.
D) alternada e nula.

04. (PUC RS) O dispositivo do automóvel que


transforma energia mecânica em energia elétrica
denomina-se:
a) bateria.
b) bobina.
a) no sentido horário e a força na espira será para cima
c) motor de partida.
81
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

b) no sentido anti-horário e a força na espira será para d) Se deslocarmos a espira em torno do ímã, agora
cima. parado, uma corrente elétrica induzida circulará sobre a
espira de cobre no sentido horário e fará surgir uma força
c) no sentido horário e a força na espira será para baixo de resistência ao movimento da espira.
d) no sentido anti-horário e a força na espira será para e) Independentemente do sentido, a corrente
induzida será sempre horária enquanto o ímã estiver em
movimento através da espira.

GABARITO:
02. (FURG RS) Praticamente toda a energia elétrica
que consumimos é gerada pela utilização do fenômeno da
01.D 02.B 03.A 04.E 05.A 06C indução eletromagnética. Este fenômeno consiste no
aparecimento de uma força eletromotriz entre os
extremos de um fio condutor submetido a um:
a) campo elétrico.
b) campo eletromagnético constante.
SE LIGA NO ENEM!!!
c) campo magnético variável.
d) fluxo magnético constante.
e) fluxo magnético variável.
01. (UEL PR) Uma maneira de produzir corrente
elétrica a partir de um campo magnético é, por exemplo,
movimentando um imã dentro de uma bobina ou 03. (UFG GO) Um ímã permanente realiza um
selenóide, princípio dos geradores elétricos e dínamos. movimento periódico para frente e para trás, ao longo do
Considere a figura, que mostra um ímã sendo empurrado eixo de um solenóide, como mostra a figura abaixo.
perpendicularmente ao centro de uma espira de cobre
fechada. Sobre essa situação, indique a afirmativa
correta:

Esse movimento produz:


a) uma corrente induzida no fio que tem sentido
a) Será gerada na espira uma corrente elétrica no anti-horário para um observador no ímã.
sentido anti-horário, somente se o movimento do ímã for
acelerado. b) um fluxo estacionário de campo magnético
através das espiras.
b) O ímã sofrerá uma força de resistência ao seu
movimento devido a uma corrente elétrica induzida na c) uma força eletromotriz que independe da
espira no sentido anti-horário. freqüência de oscilação do imã.

c) Se o ímã for empurrado com os pólos invertidos d) uma corrente contínua no fio que causa
em relação à figura, ele não sofrerá uma força de dissipação de energia por efeito Joule.
resistência ao seu movimento e surgirá na espira uma e) uma repulsão entre o solenóide e o imã, quando
corrente elétrica induzida no sentido horário. eles se aproximam, e atração, quando eles se afastam.

82
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

04. (UFMG) Considere a situação descrita a seguir. A fim de se obter uma corrente com o mesmo sentido da
apresentada na figura, utilizando os mesmos materiais,
outra possibilidade é mover a espira para a

a) a esquerda e o ímã para a direita com polaridade


invertida.
b) direita e o ímã para a esquerda com polaridade
invertida.
c) esquerda e o ímã para a esquerda com mesma
polaridade.
d) direita e manter o ímã em repouso com polaridade
invertida.
Em uma aula, o Prof. Antônio apresenta uma montagem e) esquerda e manter o ímã em repouso com mesma
com dois anéis dependurados, como representado na polaridade.
figura ao lado.
Um dos anéis é de plástico – mate
rial isolante – e o outro é de cobre – material condutor.
Em seguida, o Prof. Antônio mostra que o anel de plástico
e o de cobre não são atraídos nem repelidos por um ímã
que está parado em relação a eles.
Ele, então, aproxima rapidamente o ímã, primeiro, do
anel de plástico e, depois, do anel de cobre.
Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que:
a) os dois anéis se aproximam do ímã.
b) o anel de plástico não se movimenta e o de
cobre se afasta do ímã.
c) nenhum dos anéis se movimenta.
d) o anel de plástico não se movimenta e o de
cobre se aproxima do ímã.

05. (ENEM-2014) Do funcionamento dos geradores de


usinas elétricas baseia-se no fenômeno da indução
eletromagnética, descoberto por Michael Faraday no
século XIX. Pode-se observar esse fenômeno ao se
movimentar um ímã e uma espira em sentidos opostos
com módulo da velocidade igual a v, induzindo uma
corrente elétrica de intensidade i, como ilustrado na
figura.

GABARITO:.

01.B 02.E 03.E 04.B 05.A

83
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

SE LIGA NO ENEM!!! 2. (ENEM/1998) No processo de obtenção de


eletricidade, ocorrem várias transformações de energia.
Considere duas delas:
I. cinética em elétrica

Nota!!! II. potencial gravitacional em cinética Analisando o


esquema, é possível identificar que elas se encontram,
Vale a pena rever os conceitos de transformação de respectivamente, entre:
energia, principalmente o conceito de energia
mecânica, e as usinas geradoras de eletricidade, esse (A) I- a água no nível h e a turbina, II- o gerador e a torre
é um assunto presente no ENEM. de distribuição.
(B) I- a água no nível h e a turbina, II- a turbina e o
gerador.
(C) I- a turbina e o gerador, II- a turbina e o gerador. (D)
TRANSFORMAÇÕES DE ENERGIA I- a turbina e o gerador, II- a água no nível h e a turbina.
(E) I- o gerador e a torre de distribuição, II- a água no
nível h e a turbina.
3. (ENEM/2005) Observe a situação descrita na tirinha
1- (ENEM-1998) Na figura abaixo está esquematizado
abaixo.
um tipo de usina utilizada na geração de eletricidade.

Analisando o esquema, é possível identificar que se trata


de uma usina:
(A) hidrelétrica, porque a água corrente baixa a
temperatura da turbina.
(B) hidrelétrica, porque a usina faz uso da energia cinética
da água.
(C) termoelétrica, porque no movimento das turbinas
ocorre aquecimento.
(Francisco Caruso & Luisa Daou, Tirinhas de Física, vol. 2,
(D) eólica, porque a turbina é movida pelo movimento da CBPF, Rio de Janeiro, 2000.)
água. Assim que o menino lança a flecha, há transformação
de um tipo de energia em outra. A transformação,
(E) nuclear, porque a energia é obtida do núcleo das nesse caso, é de energia
moléculas de água. a) potencial elástica em energia gravitacional.
b) gravitacional em energia potencial.
c) potencial elástica em energia cinética.
d) cinética em energia potencial elástica.
e) gravitacional em energia cinética.
84
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

4. (ENEM/2002) Em usinas hidrelétricas, a queda 6. (ENEM/2007)


d’água move turbinas que acionam geradores. Em usinas
eólicas, os geradores são acionados por hélices movidas
pelo vento. Na conversão direta solarelétrica são células
fotovoltaicas que produzem tensão elétrica. Além de
todos produzirem eletricidade, esses processos têm em
comum o fato de
(A) não provocarem impacto ambiental.
(B) independerem de condições climáticas.
(C) a energia gerada poder ser armazenada.
(D) utilizarem fontes de energia renováveis.
(E) dependerem das reservas de combustíveis fósseis.
Com o projeto de mochila ilustrado acima, pretende-se
aproveitar, na geração de energia elétrica para acionar
dispositivos eletrônicos portáteis, parte da energia
5.(ENEM/2006) A figura ao lado ilustra uma gangorra desperdiçada no ato de caminhar. As transformações de
de brinquedo feita com uma vela. A vela e acesa nas duas energia envolvidas na produção de eletricidade enquanto
extremidades e, inicialmente, deixa-se uma das uma pessoa caminha com essa mochila podem ser assim
extremidades mais baixa que a outra. A combustão da esquematizadas: As energias I e II, representadas no
parafina da extremidade mais baixa provoca a fusão. A esquema acima, podem ser identificadas,
parafina da extremidade mais baixa da vela pinga mais respectivamente, como
rapidamente que na outra extremidade.
(A) cinética e elétrica.
(B) térmica e cinética.
(C) térmica e elétrica.
(D) sonora e térmica.
(E) radiante e elétrica.

O pingar da parafina fundida resulta na diminuição da


massa da vela na extremidade mais baixa, o que ocasiona 7. (ENEM/2007) Qual das seguintes fontes de produção
a inversão das posições. Assim, enquanto a vela queima, de energia é a mais recomendável para a diminuição dos
oscilam as duas extremidades. Nesse brinquedo, observa- gases causadores do aquecimento global?
se a seguinte seqüência de transformações de energia:
(A) Óleo diesel.
(A) energia resultante de processo químico → energia
potencial gravitacional → energia cinética (B) energia (B) Gasolina.
potencial gravitacional → energia elástica → energia
(C) Carvão mineral.
cinética
(D) Gás natural.
(C) energia cinética → energia resultante de processo
químico → energia potencial gravitacional (D) energia (E) Vento.
mecânica → energia luminosa → energia potencial
gravitacional
(E) energia resultante do processo químico → energia
luminosa → energia cinética
85
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

8. (ENEM/2011) Uma das modalidades presentes na 9.(ENEM/2012) Os carrinhos de brinquedos podem ser
olimpíadas é o salto com vara. As etapas de um dos saltos de vários tipos. Dentre eles, há os movidos a corda, em
de um atleta estão representadas na figura: que uma mola em seu interior é comprimida quando a
criança puxa o carrinho para trás. Ao ser solto, o carrinho
entra em movimento enquanto a mola volta à sua forma
inicial. O processo de conversão de energia que ocorre no
carrinho descrito também é verificado em
a) um dínamo.
b) um freio de automóvel.
c) um motor a combustão.
d) uma usina hidroelétrica.
e) uma atiradeira (estilingue)
10. (ENEM 2010 ANULADA)

Desprezando-se as forças dissipativas (resistência do ar e


atrito), para que o salto atinja a maior altura possível, ou
seja, o máximo de energia conservada, é necessário que
a) energia cinética, representada na etapa I, seja
totalmente convertida em energia potencial elástica,
representada na etapa IV.
b) energia cinética, representada na etapa I, seja Ziegler, M.F. Energia Sustentável. Revista Isto É. 28 abr. 2010.
totalmente convertida em energia potencial A fonte de energia representada na figura, considerada
gravitacional, representada na etapa IV. uma das mais limpas e sustentáveis do mundo, é
c) energia cinética, representada na etapa I, seja extraída do calor gerado
totalmente convertida em energia potencial A) pela circulação do magma no subsolo.
gravitacional, representada na etapa III.
B) pelas erupções constantes dos vulcões.
d) energia potencial gravitacional, representada na etapa
II, seja totalmente convertida em energia potencial C) pelo sol que aquece as águas com radiação
elástica, representada na etapa IV. ultravioleta.
D) pela queima do carvão e combustíveis fósseis.
e) energia potencial gravitacional, representada na etapa E) pelos detritos e cinzas vulcânicas.
I, seja totalmente convertida em energia potencial
Gabarito:
elástica, representada na etapa III.
1C 2C 3B 4B 5E 6A 7C 8C 9E 10A

86
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

EMENTA ENEM CALORIMETRIA

FÍSICA • O calor e os fenômenos térmicos – Conceitos de calor e de


temperatura. Escalas termométricas. Transferência de calor e
MECÂNICA equilíbrio térmico. Capacidade calorífica e calor específico.
Condução do calor. Dilatação térmica. Mudanças de estado
• Conhecimentos básicos e fundamentais – Noções de ordem
físico e calor latente de transformação. Comportamento de
de grandeza. Notação Científica. Sistema Internacional de
gases ideais. Máquinas térmicas. Ciclo de Carnot. Leis da
Unidades. Metodologia de investigação: a procura de
Termodinâmica. Aplicações e fenômenos térmicos de uso
regularidades e de sinais na interpretação física do mundo.
cotidiano. Compreensão de fenômenos climáticos
Observações e mensurações: representação de grandezas
relacionados ao ciclo da água.
físicas como grandezas mensuráveis. Ferramentas básicas:
gráficos e vetores. Conceituação de grandezas vetoriais e
escalares. Operações básicas com vetores.

• O movimento, o equilíbrio e a descoberta de leis físicas –


Grandezas fundamentais da mecânica: tempo, espaço, ÓPTICA E ONDAS
velocidade e aceleração. Relação histórica entre força e
movimento. Descrições do movimento e sua interpretação: • Oscilações, ondas, óptica e radiação – Feixes e frentes de
quantificação do movimento e sua descrição matemática e ondas. Reflexão e refração.
gráfica. Casos especiais de movimentos e suas regularidades
Óptica geométrica: lentes e espelhos. Formação de imagens.
observáveis. Conceito de inércia. Noção de sistemas de
Instrumentos ópticos simples. Fenômenos ondulatórios.
referência inerciais e não inerciais. Noção dinâmica de massa
Pulsos e ondas. Período, frequência, ciclo. Propagação:
e quantidade de movimento (momento linear). Força e
relação entre velocidade, frequência e comprimento de onda.
variação da quantidade de movimento. Leis de Newton.
Ondas em diferentes meios de propagação.
Centro de massa e a idéia de ponto material. Conceito de
forças externas e internas. Lei da conservação da quantidade
de movimento (momento linear) e teorema do impulso.
Momento de uma força (torque). Condições de equilíbrio ELETRICIDADE
estático de ponto material e de corpos rígidos. Força de atrito,
força peso, força normal de contato e tração. Diagramas de • Fenômenos elétricos e magnéticos – Carga elétrica e
forças. Identificação das forças que atuam nos movimentos corrente elétrica. Lei de Coulomb. Campo elétrico e potencial
circulares. Noção de força centrípeta e sua quantificação. A elétrico. Linhas de campo. Superfícies equipotenciais. Poder
hidrostática: aspectos históricos e variáveis relevantes. das pontas. Blindagem. Capacitores. Efeito Joule. Lei de
Empuxo. Princípios de Pascal, Arquimedes e Stevin: Ohm. Resistência elétrica e resistividade. Relações entre
condições de flutuação, relação entre diferença de nível e grandezas elétricas: tensão, corrente, potência e energia.
pressão hidrostática. Circuitos elétricos simples. Correntes contínua e alternada.
Medidores elétricos. Representação gráfica de circuitos.
• Energia, trabalho e potência – Conceituação de trabalho, Símbolos convencionais. Potência e consumo de energia em
energia e potência. Conceito de energia potencial e de dispositivos elétricos.
energia cinética. Conservação de energia mecânica e
dissipação de energia. Trabalho da força gravitacional e
energia potencial gravitacional. Forças conservativas e
dissipativas.

• A mecânica e o funcionamento do universo – Força peso.


Aceleração gravitacional. Lei da Gravitação Universal. Leis de MAGNETISMO
Kepler. Movimentos de corpos celestes. Influência na Terra:
marés e variações climáticas. Concepções históricas sobre a Campo magnético. Imãs permanentes. Linhas de campo
origem do universo e sua evolução. magnético. Campo magnético terrestre.

87
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

GRAFIA:
BIBLIOGRAFIA
BONJORNO, J. R., BONJORNO, R. A.,
BONJORNO, V., RAMOS, C. M. Física
Fundamental. Volume Único. São Paulo.
Ed. FTD. 1999.

HALLIDAY, RESNICK, WALKER;


Fundamentos da Física, Vol. 3, 8ª Edição,
LTC, 2009.

GREF: Grupo de Reelaboração do Ensino de


Física. Física. São Paulo:USP, 1990.

HALLIDAY, RESNICK, WALKER;


Fundamentos da Física, Vol. 4, 8ª Edição,
LTC, 2009.

Hewitt, Paul, G. “Fundamentos da Física


Conceitual”; Ed. Bookman. RG. 1ª 2008.

PARANÁ, D. N. S., Física. Volume Único.


Série Novo Ensino Médio. São Paulo. Ed.
Ática. 2000.

RAMALHO, F. J.; FERRARO, N. G.;


SOARES, P. A. T. Os Fundamentos da
Física . São Paulo: Moderna, 2003.

1
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Julio Cesar Souza Almeida


Minha carreira profissional começa por
meados de 1998, quando entrei na UFES, ao
mesmo tempo dava aulas a noite em uma

FÍSICA escola da rede estadual do Espírito Santo


chamada Silvio Egito Sobrinho, nela
permaneci por dois anos. No ano de 2000
comecei a trabalhar em outra escola da rede
pública chamada Sizenando Pechinha Filho
ELETROMAGNETISMO localizada em Barcelona, Serra, nessa
permaneci até 2004.
Em 2002 me graduei em Licenciatura plena em
física pela UFES, logo após ingressei em
escolas da rede privada, Ministrei aulas nas
escolas de Ensino Médio Centro Batista de
Cultura (Serra), Crescer PHD (Vitória), Colégio
Faesa (Vitória), Escola São Geraldo (Cariacica),
Escola Múltipla (Serra), Colégio Contec
(Vitória e Vila Velha), COC (Vitória), Colégio
UP (Vitória e Vila Velha),Colégio Castro Alves
(Cariacica), Colégio Nacional (São Mateus) .
Entre os anos de 2004 e 2012 também
trabalhei com ensino preparatório em pré-
IFES (UNIPRÓ) e pré-UFES. Em 2008 fui
aprovado em concurso público para o cargo de
professor de física, escolhi então a escola
Clóvis Borges Miguel, localizada na Serra
Sede, onde trabalho até hoje.
Tenho duas pós-graduações latu-senso, a
primeira finalizada no ano de 2008, em ensino
de física pela FIJ Faculdades Integradas Jacaré
Paguá RJ, a segunda em 2010 pelo IFES
(Instituto federal do Espírito Santo), em Ensino
Médio integrado ao profissional tecnológico.

Fui professor universitário entre 2007 e 2014,


onde ministrei as disciplinas de Física Aplicada
ao petróleo e gás, Termodinâmica, Métodos
Matemáticos, Probabilidade e Estatistica, no
Centro Tecnológico da Faesa (CET-FAESA).

Atualmente continuo ministrando aulas, na


Escola Múltipla e no colégio Clovis Borges
Miguel, onde sou Efetivo.

1
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

Sumário
CARGA ELÉTRICA ......................................................................................................................................................................................... 3
CONDUTORES DE ELETRICIDADE .......................................................................................................................................................................... 3
ISOLANTES DE ELETRICIDADE ............................................................................................................................................................................... 3
PRINCÍPIOS DA ELETROSTÁTICA ......................................................................................................................................................... 5
QUANTIDADE DE CARGA ELÉTRICA ....................................................................................................................................................................... 5
PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO ............................................................................................................................................................. 6
ELETRIZAÇÃO POR ATRITO ....................................................................................................................................................................................6
ELETRIZAÇÃO POR CONTATO ................................................................................................................................................................................6

ELETRIZAÇÃO POR INDUÇÃO .................................................................................................................................................................................6

PÊNDULO ELETROSTÁTICO .................................................................................................................................................................................... 7

ELETROSCÓPIO DE FOLHAS ................................................................................................................................................................................... 7

LEI DE COULOMB ......................................................................................................................................................................................... 13


CAMPO ELÉTRICO ....................................................................................................................................................................................... 17
CORRENTE ELÉTRICA .............................................................................................................................................................................. 22
INTENSIDADE DE CORRENTE ELÉTRICA .............................................................................................................................................................. 22
TIPOS DE CORRENTE ELÉTRICA ........................................................................................................................................................................... 22
EFEITOS DA CORRENTE ELÉTRICA ....................................................................................................................................................................... 27
LEI DE OHM .....................................................................................................................................................................................................28
1ª LEI DE OHM ....................................................................................................................................................................................................... 28
2ª LEI DE OHM ....................................................................................................................................................................................................... 32
POTÊNCIA ELÉTRICA ................................................................................................................................................................................ 34
POTÊNCIA DISSIPADA NO RESISTOR ................................................................................................................................................................... 22
ENERGIA ELÉTRICA ...................................................................................................................................................................................40
ENERGIA CONSUMIDA ......................................................................................................................................................................................... 40
ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES............................................................................................................................................................... 43
CIRCUITO SÉRIE .................................................................................................................................................................................................... 43
CIRCUITO PARALELO ............................................................................................................................................................................................ 44
CIRCUITO MISTO................................................................................................................................................................................................... 45
CURTO CIRCUITO ................................................................................................................................................................................................. 47
APARELHOS DE MEDIDAS ELÉTRICAS ........................................................................................................................................... 48
VOLTÍMETRO ........................................................................................................................................................................................................ 48
AMPERÍMETRO ..................................................................................................................................................................................................... 48
ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES............................................................................................................................................................... 43
CIRCUITO SÉRIE .................................................................................................................................................................................................... 43
CIRCUITO PARALELO ............................................................................................................................................................................................ 44
CAPACITORES ................................................................................................................................................................................................. 55
2
FÍSICA ELETROMAGNETISMO

CAPACITÂNCIA ..................................................................................................................................................................................................... 55
ASSOCIAÇÃO DE CAPACITORES EM SÉRIE .......................................................................................................................................................... 56
ASSOCIAÇÃO DE CAPACITORES EM PARALELO .................................................................................................................................................. 57
GERADORES ELÉTRICOS..........................................................................................................................................................................59
MAGNETISMO ..................................................................................................................................................................................................59
IMÃ ........................................................................................................................................................................................................................ 63
CAMPO MAGNÉTICO EM CONDUTOR RETILÍNEO ...............................................................................................................................................68
FORÇA MAGNETICA .................................................................................................................................................................................... 73
FORÇA MAGNÉTICA EM UM CONDUTOR RETILÍNEO, SUBMETIDO A UM CAMPO MAGNÉTICO EXTERNO. ...................................................... 73
FORÇA MAGNÉTICA SOBRE UMA CARGA ELÉTRICA SUBMETIDA A UM CAMPO MAGNÉTICO. ......................................................................... 77

LEI DE LENZ E FARADAY .........................................................................................................................................................................80


TRANSFORMAÇÕES DE ENERGIA ...................................................................................................................................................... 84
EMENTA ENEM................................................................................................................................................................................................87