Você está na página 1de 454
1
1
1 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

2
2

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

3
3

Sumário

3 Sumário   1 Com a cruz ou contra a cruz 7 Getúlio Vargas: 59 anos
 

1

Com a cruz ou contra a cruz

7

Getúlio Vargas: 59 anos do suicídio do ex-presidente

13

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

4
4

Mulheres cultas e trabalhadoras ameaçadas por serem contra o feminismo e suas mentiras

20

Uma das leitoras da página do facebook "Metendo a Real" tirou essa foto e enviou junto com as palavras:

26

As Feministas odeiam os homens

27

7 Características do Homem Feminista

29

Jesus é Deus?

38

Fracasso total na Marcha das Vadias de Maceió

54

Ideologia de Gênero: Escolas de São Paulo começam “diversidade sexual” entre meninos e meninas

56

Blogueiros conservadores alvos de maldosos e perigosos trotes esquerdistas

57

Ativista gay afirma que está disposto a pegar em armas contra cristãos que defendem

a família natural

59

Feministas invadem e destroem catedral no Chile

61

Mulher ou Travesti?

63

Marcha das Vadias: Crime contra o sentimento Religioso. Denuncie!!!

79

Procuro Namorada

89

Boneca de Rachel Sheherazade é queimada durante Marcha das Vadias

89

O Feminismo e as doenças das mulheres

92

Por que as feministas odeiam Margareth Thatcher?

104

Feministas querem censurar o humor na internet

109

Monte Atos X OWK: Uma nação machista versus uma nação feminista

132

Governo

135

Feministas adoram se fazer de vítimas

138

Pedagogia do Sofrimento: as feministas precisam sofrer

152

As feministas merecem sofrer

162

Preparem-se para a próxima Marcha das Vadias

172

O Estupro e a queda da Estação Espacial Skylab

172

Indústria da pensão alimentícia

176

Feministas promovem suruba em protesto contra exploração sexual de mulheres

179

Ciência transcendente

180

JESUS CRISTO DIANTE DA CIÊNCIA

181

Respeito às religiões das pessoas

189

Feminista confessa quem é seu verdadeiro lider

193

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

5
5

Lésbica é presa por fingir ser vítima de campanha de ódio

194

A

Marcha das Vadias estava "Certa" segundo suas organizadoras

197

Preparem-se para a próxima Marcha das Vadias

210

Maioria das mulheres britânicas escolheria vida doméstica no lugar de carreira profissional

211

Mulheres praticam mais violência doméstica que homens

218

Mulheres praticam mais violência doméstica que homens

218

Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

219

Femen diz que feministas brasileiras são muito feias

219

A

pilula do dia seguinte tornou o aborto obsoleto

243

Pílula do dia seguinte

243

A

MARCHA DAS VADIAS E A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

247

Movimento em prol das mulheres ou contra as mulheres?

247

248

Estatuto do Nascituro, aborto, estatísticas feministas manipuladas e a falta do bom exemplo

266

Lista dos 9 tipos de mulheres que você deve evitar namorar/casar e se envolver

273

Defender o aborto: apologia ao crime?

287

Defender o aborto: apologia ao crime?

287

Outro crime da Feminista Lola

292

LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE

293

CAPÍTULO II

294

O

Feminismo só quer fugir do sofrimento

294

Marcha das Vadias contra o papa: a lógica “interna” do feminismo

298

Horóscopo Feminista

311

Viva as mulheres, abaixo o feminismo

321

Lógica Feminista

324

Feminista Lola acusa Masculinistas pelas putarias na Marcha das Vadias

333

Como desbaratar as Marchas das Vadias

337

Pároco da Catedral de Guarulhos apela às autoridades contra “Marcha das Vadias”

337

Fiéis protegem Igreja em Guarulhos contra Marcha das Vadias

339

Marcha das vadias em Guarulhos: o contra-protesto

341

Ativistas homossexuais que são defensores públicos da pedofilia:

349

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

6
6

Marcha das Vadias invade Missa com crianças

351

Como as bruxas feministas manipulam o significado das palavras

355

 

Ser livre

não é ser vadia

370

O

virus mutante do mal

371

Feminismo agora quer legalizar a Zoofilia

388

Vivemos o auge do Feminismo

390

Jogos de aborto entre Brasil e ONU

394

Jogos de aborto entre Brasil e ONU

396

A

intolerância vergonhosa do ativismo gay; Pr. Silas comenta

398

FEMEN Feministas Brasileiras São Muito Feias

401

Direitos Humanos e Universidades Federais

425

Revista Época critica homens que odeiam as feministas

426

A

Ditadura Feminista será implantada em breve

428

Crime de feminicídio poderá ser incluído no Código Penal

430

Santo Inácio de Loyola, Lutar varonilmente e lutar até o fim(*)

432

O

mito da educação como panacéia para os problemas brasileiros

440

Entendendo a "lingua" das mulheres

442

Entendendo a "lingua" das mulheres

442

"Vamos dar um tempo" - Dicionário Feminino

443

Mulher mata a filha de um ano a pedradas: "Ela atrapalhava a minha vida"

444

Qual é o verdadeiro objetivo da Marcha das Vadias?

445

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

7
7

Quando, no memorável crepúsculo do dia mais célebre de todos os tempos, os inimigos de Jesus abandonaram o Calvário, o Crucificado não ficou sozinho. Ali ficaram a Mãe de Jesus, as santas mulheres, João Evangelista, aos quais se foram reunindo todos os amigos da Vítima que pendia da Cruz. Era toda a Igreja. Sim. A

Igreja, que se constituía então de pouquíssimos elementos, ali estava. A humanidade se dividia assim em duas partes: a que se comprimia ao redor do Crucifixo e a que se afastara do Crucifixo. Aí estão os dois campos bem definidos. O grupo pequenino, centralizado pela cruz, é todo de almas escolhidas, tementes a Deus, dedicadas à boa causa, penetradas de reconhecimento pelo inestimável benefício da Redenção

O grupo dos que se distanciaram do Calvário, dos que fugiram do Crucificado - esse é a

grande legião dos filhos do século. São os gozadores da vida, são os que oprimem o justo e o inocente e depois tripudiam sobre a desdita de suas vítimas. São os que cantam vitória em suas detestáveis empresas. São os que atiram chufas e impropérios sobre quanto há de mais sagrado e são aplaudidos como espíritos fortes e libertos de preconceitos. São os que se envergonham de Jesus Cristo e temem ser acoimados de crédulos. Mas o pequenino grupo que se acha ao pé da Cruz vai crescendo, vai crescendo. Dentro de alguns séculos os amigos da Cruz se acham em todo o mundo. Não se querem afastar

da Cruz bendita. Perseguições de todo o gênero procurarão dispersá-los: não

conseguirão. Tentarão arrancar-lhes a Cruz, fazer desaparecer esse sinal sagrado da sociedade. Mas o que se dá é o inverso. Cresce o grupo dos adoradores do Crucificado.

A

Cruz se torna, cada vez mais, objeto de culto, estima e veneração. A área do Calvário

se

tornou pequenina para conter os adoradores da Divina Vítima. Nem a cidade de

Jerusalém poderia contê-los. Quem prometeu que haveria de reinar, e precisamente desse trono de dores, cumpriu a sua palavra. Continua a mesma distinção entre os dois grandes grupos em que se divide toda a humanidade - os que amam a cruz e os que odeiam a cruz. Não se acham mais separados em lugares diversos. Não. Hoje não existe mais separação local. Mas se distinguem muito bem. São às vezes dois irmãos que vivem sob o mesmo teto. Um é discípulo da Cruz. Tem-lhe grande amor. Não a traz arvorada como um estandarte, mas em sua alma. Pela mortificação cristã essa cruz se estampa nos seus atos, nos seus sentimentos, nas suas palavras. As lições da cruz são vividas por ele a todo instante. A

gratidão lhe faz a alma ajoelhar-se frequentemente ao pé desse monumento da Redenção. Tal não se dá com o outro filho da mesma casa, para quem a cruz continua a ser um instrumento infamante de suplicío. A cruz o apavora e lhe deixa n'alma uma sombra negra, que lhe é um estigma de ingratidão. Tudo faz por afastar do seu caminho a

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

8
8

lembrança dessa cruz salvadora que o recrimina de contínuo, que lhe desperta remorsos, que lhe lembra as figuras tristissimas dos Pilatos, dos Herodes, dos Judeus Da cruz ele não conhece os frutos salutares: dela apenas conhece o peso e a sombra negra que o persegue.

Retirado do livro Abraçando a Cruz de Dom Antônio de Almeida Lustosa.

P.S: Percebem aqui a verdadeira origem do feminismo? O

Feminismo nada mais é do que uma doutrina que prega

 

que as mulheres não podem e não devem sofrer. A cruz de

que nos fala o grande Lustosa é o sofrimento. A grande

 

mensagem de Jesus Cristo é que todos os seres humanos

precisam carregar seus sofrimentos, suas cruzes, assim

 

como ele carregou a Dele. A mulher moderna não quer

mais sofrer, não quer ser insultada, não quer vivenciar

nenhum incômodo, mas quer jogar todas as cargas e dores

da vida nas costas dos homens e das crianças. Para as

 

mulheres só o prazer, a alegria a felicidade; para os

 

homens só a dor, o sofrimento, a tristeza, a depressão, o

suicídio e a morte. Morte também para os próprios filhos,

através do aborto e do infanticidio que o feminismo

 

defende. Para as mulheres o dinheiro, o emprego, as

pensões alimenticias, o aborto, o sexo livre, a Marcha das

Vadias, o nudismo, o lesbianismo, o prazer, o orgasmo

 

múltiplo, o docinho e o gostoso da vida; mas para os

 

homens e para as crianças só sobrará o resto, o amargor, o

sofrimento, a dor que as mulheres não quiseram carregar e

jogaram nas costas dos homens. Daí o ódio mortal do

 

feminismo contra o Cristianismo. A inspiração diabólica

do feminismo é tão evidente, que é inacreditável que

 

tenhamos sempre que lembrar as pessoas de que

 

feminismo e satanismo são uma mesma coisa: apenas a

 

doutrina do mal.

 

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

9
9
9 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

10
10
10 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

11
11
11 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

12
12
12 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

13
13
13 Getúlio Vargas: 59 anos do suicídio do ex-presidente Governo Vargas - resumo, quem foi Vargas

Governo Vargas - resumo, quem foi Vargas

- Getúlio Dornelles Vargas (19/4/1882 - 24/8/1954) foi o do Brasil durante dois mandatos.: 1930 a 1945 e de 1951 a 1954.

- Entre 1937 e 1945 instalou um governo forte, o chamado Estado Novo.

- Vargas assumiu o poder em 1930, após liderar a Revolução de 1930

- Governo marcado pelo nacionalismo, industrialização, direitos trabalhistas,

crescimento econômico e prosperidade e felicidade geral para todas as classes sociais.

- Fechou o Corrupto Congresso Nacional no ano de 1937 e instalou o Estado Novo,

salvando o Brasil da revolução comunista e impedindo que os Integralistas simpatizantes dos nazistas subissem ao poder e governou de forma justa, beneficiando todo o povo brasileiro, de todas as classes sociais.

- Criou o Departamento de Imprensa e Propaganda para auxiliar na informação geral do

povo e impedir que a obscenidade e os atentados aos bons costumes fossem perpetrados

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

14
14

sob a alegação de "liberdade de expressão".

- Perdoou vários de seus inimigos politicos, inclusive o lider Integralista Plinio Salgado, que em 1937 tinha tentado assassinar o Presidente Vargas e assumir o poder através de um golpe de Estado. Foi magnânimo também com o perverso comunista Luis Carlos Prestes, que também tentou tomar o poder a força em 1935 e também tentou assassinar o Presidente Vargas nessa ocasião.

Realizações importantes de seu governo:

- Criou a Justiça do Trabalho em 1939;

- Criou e implantou vários direitos trabalhistas, entre eles, o salário mínimo, Consolidação das Leis do Trabalho, semana de trabalho de 48 horas, Carteira profissional e férias remuneradas.

- Vargas fez fortes investimentos nas áreas de infraestrutura: criação da Companhia Siderúrgica Nacional, Companhia Vale do Rio Doce e Hidrelétrica do Vale do São Francisco .

- Em 1938, criou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

- Após um golpe militar, Vargas deixou o governo em 1945.

- fundou empresas estatais como a Companhia Siderúrgica Nacional (1941), a

Companhia Vale do Rio Doce (1942), a Companhia Nacional de Álcalis (1943), a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (1945) e outras. Nesse espírito, o então coronel Antônio Guedes Muniz propôs a construção de uma fábrica de motores aeronáuticos que atenderia à aviação militar e à nascente produção nacional de aviões para uso civil.a FNM foi a primeira empresa a fabricar caminhões no

Brasil. Estreou com o D-7.300, um modelo bicudinho com motor a diesel e capacidade para 7,5 toneladas de carga. Em 1977, a fábrica foi vendida à Fiat que continuou a fazer o modelo 180 por mais dois anos e fechou as portas da pioneira FNM. 3 Ao longo de todas as suas fases, a empresa produziu aproximadamente 15.000 veículos. 4

O Segundo Mandato

- Vargas foi eleito presidente da República em 1950, através das vias democráticas, ou seja, pelo voto popular.

- Neste segundo mandato continuou com uma política nacionalista.

- Criou a campanha do "Petróleo é Nosso", para impedir que empresas estrangeiras pudessem explorar o petróleo em terras brasileiras. Esta campanha resultou, posteriormente, na criação da Petrobrás.

A crise do governo Vargas e o suicídio

- Em 1954, o clima político no Brasil era tenso e conflituoso. Havia fortes críticas por

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

15
15

parte da imprensa ao governo de Vargas. Os militares também estavam descontentes com medidas consideradas ―de esquerda‖ tomadas por Vargas. A população também estava muito descontente, pois a situação econômica do país era ruim.

-Existia, portanto, grande pressão para que ele renunciasse. Porém, em agosto de 1954, Vargas suicidou-se no Palácio do Catete com um tiro no peito.

A última reunião ministerial, o suicídio e a carta-testamento

reunião ministerial, o suicídio e a carta-testamento Palácio do Catete , cuja função corresponde atualmente
reunião ministerial, o suicídio e a carta-testamento Palácio do Catete , cuja função corresponde atualmente

Palácio do Catete, cuja função corresponde atualmente à do Palácio do Planalto, em Brasília, foi o local da morte de Getúlio Vargas.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

16
16
16 1954: Com um tiro no coração, Getúlio deixou a vida "para entrar na história". Na
16 1954: Com um tiro no coração, Getúlio deixou a vida "para entrar na história". Na

1954: Com um tiro no coração, Getúlio deixou a vida "para entrar na história". Na foto, o pijama e pistola usados na madrugada do suicídio e que estão expostos no Museu da República.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

17
17
17 Replica da Carta-Testamento de Getúlio Vargas. Por causa do crime da rua Tonelero Getúlio foi
17 Replica da Carta-Testamento de Getúlio Vargas. Por causa do crime da rua Tonelero Getúlio foi

Replica da Carta-Testamento de Getúlio Vargas.

Por causa do crime da rua Tonelero Getúlio foi pressionado, pela imprensa e por militares, a renunciar ou, ao menos, licenciar-se da presidência. O Manifesto dos

Generais, de 22 de agosto de 1954, pede a renúncia de Getúlio. Foi assinado por 19 generais de exército, entre eles, Castelo Branco, Juarez Távora e Henrique Lott e

dizia:216 "Os abaixo-assinados, oficiais generais do Exército

pensamento dos camaradas da Aeronáutica e da Marinha, declaram julgar, como melhor caminho para tranquilizar o povo e manter unidas as forças armadas, a renúncia do atual

presidente da República, processando sua substituição de acordo com os preceitos constitucionais".

solidarizando com o

Esta crise levou Getúlio Vargas ao suicídio na madrugada de 23 para 24 de agosto de 1954, logo depois de sua última reunião ministerial, na qual fora aconselhado, por ministros, a se licenciar da presidência.217 Getúlio registrou em sua agenda de compromissos, na página do dia 23 de agosto de 1954, segunda-feira: "Já que o ministério não chegou a uma conclusão, eu vou decidir: determino que os ministros militares mantenham a ordem pública. Se a ordem for mantida, entrarei com pedido de licença. Em caso contrário, os revoltosos encontrarão aqui o meu cadáver."

Getúlio concordou em se licenciar sob condições, que constavam da nota oficial da

presidência da república divulgada naquela madrugada: "Deliberou o Presidente Getúlio

Vargas

entrar em licença, desde que seja mantida a ordem e os poderes

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

18
18

, prerrogativas constitucionais, com sacrifício, se necessário, de sua própria vida".24

constituídos

em caso contrário, persistirá inabalável no propósito de defender suas

Getúlio, no final da reunião ministerial, assina um papel, que os ministros não sabiam o que era, nem ousaram perguntar.218 Encerrada a reunião ministerial, sobe as escadas para ir ao seu apartamento. Vira-se e despede-se do ministro da Justiça Tancredo Neves, dando a ele uma caneta Parker 21 de ouro e diz: "Para o amigo certo das horas

incertas"!218

A data não poderia ser mais emblemática: Getúlio, que se sentia massacrado pela

oposição, pela "República do Galeão" e pela imprensa, escolheu a noite de São Bartolomeu para sua morte. Getúlio Vargas cometeu suicídio com um tiro no coração em seus aposentos no Palácio do Catete, na madrugada de 24 de agosto de 1954. Tancredo contou a Carlos Heitor Cony em 3 de agosto de 1984, como foram os últimos minutos de Getúlio. O depoimento de Tancredo saiu na Revista Manchete de 1 de setembro de 1984:

"Por volta das sete e meia, oito horas da manhã, ouviu-se o estampido seco. Desceu o elevador, às pressas, o Coronel Dornelles, um dos oficiais de serviço na presidência. Nós subimos apressadamente para o quarto onde o presidente se achava. Os primeiros a entrar foram o General Caiado, Dona Darci, Alzira, Lutero e eu. Encontramos o presidente de pijama, como meio corpo para fora da cama, o coração ferido e dele saindo sangue aos borbotões. Alzira de um lado, eu do outro, ajeitamos o presidente no leito, procuramos estancar o sangue, sem conseguir. Ele ainda estava vivo. Havia mais pessoas no quarto219 quando ele lançou um olhar circunvagante e deteve os olhos na Alzira. Parou, deu a impressão de experimentar uma grande emoção. Neste momento, ele morre. Foi uma cena desoladora. Todos nós ficamos profundamente compungidos; esse desfecho não estava na nossa previsão. O presidente em momento nenhum demonstrou qualquer traço de emoção, nunca perdeu o seu autodomínio, jamais perdeu sua imperturbável dignidade, de maneira que foi um trágico desfecho, que surpreendeu

a todos e nos deixou arrasados."

que surpreendeu a todos e nos deixou arrasados." — Tancredo Neves Getúlio Vargas deixou dois documentos
que surpreendeu a todos e nos deixou arrasados." — Tancredo Neves Getúlio Vargas deixou dois documentos

Tancredo Neves

Getúlio Vargas deixou dois documentos de despedida. O primeiro, conhecido como Carta-testamento, foi divulgado pelo rádio para todo o país logo após o suicídio. Foi encomendado ao amigo de confiança José Soares Maciel Filho, por este redigido e assinado pelo presidente. O outro, escrito a lápis em papel oficial, que chamaremos de carta-despedida, foi encontrado depois. São dois textos muito diferentes.

A Carta-testamento é a despedida do político Getúlio Vargas. É desafiadora, agressiva,

quase triunfante. É um grito de guerra, uma conclamação ao povo para que leve adiante a luta de sua libertação iniciada por ele, Getúlio Vargas. A morte não é vista como derrota, mas como sacrifício redentor, como bandeira de luta. Maciel Filho refletiu o pensamento do presidente sem ter sobre os ombros o peso da tragédia. Nela, a morte do político Getúlio Vargas é uma vitória.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

19
19

A carta-despedida é o adeus do homem Getúlio Vargas. É a expressão de sentimentos

de amargura, desencanto, derrota. A traição dos amigos, a ingratidão de muitos, o ódio dos inimigos tinham quebrado a resistência do velho de 72 anos, tirando-lhe a capacidade de luta exibida em outras crises. Nela, a morte do homem Getúlio é uma derrota. Foi a morte trágica do homem Getúlio Vargas que deu à morte do político seu enorme poder de mobilização do sentimento popular. A junção das duas mortes garantiu a Getúlio Vargas a entrada na história após a saída da vida. A imensa multidão de cariocas e outros brasileiros que acompanharam seu féretro do Palácio do Catete até o Aeroporto Santos Dumont foi o testemunho de sua vitória e a garantia de seu lugar no coração do povo e na história do Brasil.

Carta-Testamento

Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se novamente e se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, me insultam; não me combatem, caluniam e não me dão o direito de

defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes. Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive que renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo. A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-

se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantia do trabalho. A lei de

lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra a Justiça da revisão do salário- mínimo se desencadearam os ódios. Quis criar a liberdade nacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobrás, mal começa esta a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente. Assumi o Governo dentro da espiral inflacionária que destruía os valores do trabalho. Os lucros das empresas estrangeiras alcançavam até 500% ao ano. Nas declarações de valores do que importávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares por ano. Veio a crise do café, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamos defender seu preço e a resposta foi uma violenta pressão sobre a nossa economia a ponto de sermos obrigados a ceder. Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma pressão constante, incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando a mim mesmo, para defender o povo que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar a não ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida. Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem sentireis minha alma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a

luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireis no meu pensamento a força para a reação. Meu sacrifício nos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chama imortal na vossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio respondo com o perdão. E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

20
20

escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue terá o preço do seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia, não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história.

Carta-Despedida

Deixo à sanha dos meus inimigos o legado da minha morte.

Levo o pesar de não haver podido fazer, por este bom e generoso povo brasileiro e principalmente pelos mais necessitados, todo o bem que pretendia.

A mentira, a calúnia, as mais torpes invencionices foram geradas pela malignidade de

rancorosos e gratuitos inimigos numa publicidade dirigida, sistemática e escandalosa. Acrescente-se a fraqueza de amigos que não me defenderam nas posições que ocupavam, a felonia de hipócritas e traidores a quem beneficiei com honras e mercês e a insensibilidade moral de sicários que entreguei à Justiça, contribuindo todos para criar um falso ambiente na opinião pública do país contra a minha pessoa. Se a simples renúncia ao posto a que fui elevado pelo sufrágio do povo me permitisse viver esquecido e tranqüilo no chão da Pátria, de bom grado renunciaria. Mas tal renúncia daria apenas ensejo para, com mais fúria, perseguirem-me e humilharem. Querem destruir-me a qualquer preço. Tornei-me perigoso aos poderosos do dia e às castas privilegiadas. Velho e cansado, preferi ir prestar contas ao Senhor, não de crimes que não cometi, mas de poderosos interesses que contrariei, ora porque se opunham aos próprios interesses nacionais, ora porque exploravam, impiedosamente, aos pobres e aos humildes. Só Deus sabe das minhas amarguras e sofrimentos. Que o sangue de um inocente sirva para aplacar a ira dos fariseus. Agradeço aos que de perto ou de longe trouxeram-me o conforto de sua amizade.

A resposta do povo virá mais tarde

Mulheres cultas e trabalhadoras ameaçadas por serem contra o feminismo e suas

mentiras

Tags

Esse artigo foi publicado no site MULHERES CONTRA O FEMINISMO, para ler o artigo original clique aqui.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

21
21

Algumas pessoas desconhecem que existem outras mulheres que lutam ativamente contra o feminismo. Sim, este raivoso movimento que mente nos representar possui outras mulheres contra ele. Existe esta falsa propaganda feminista na sociedade como se toda mulher deve ser ser feminista, pois de algum modo devemos algo a ele e isto é coisa de mulher ‖moderna‖ pois o feminismo ―promete o futuro‖. Esta pressão é muita usada por feministas que deixam a entender serem as ―verdadeiras defensoras‖ da verdade sobre serem mulheres e o papel da mulher na sociedade segundo as feministas. Tudo é propaganda feminista. Uma mentirosa propaganda. Este post tem o objetivo de enfatizar que existem MUITAS outras mulheres contra o feminismo e que nunca devemos nada a ele. Estas outras mulheres foram ameaçadas como também fomos e também foram censuradas pelos movimentos feministas. Liberdade, respeito, igualdade? Puras mentiras feministas da ditadura feminista hoje existente no Brasil. O movimento feminista é uma ditadura que censura e condena quem discorde delas. Todas as outras mulheres abaixo aqui sofreram com isso também.

as outras mulheres abaixo aqui sofreram com isso também. Erin Pizzey: trabalhadora social inglesa que possui

Erin Pizzey: trabalhadora social inglesa que possui um tradicional abrigo para homens e mulheres que sofrem de abusos domésticos. Erin é uma ex-feminista e decidiu abandonar as feministas por notar a verdade escondida embaixo dos movimentos feministas que usavam de falsa propaganda como ―amor, igualdade, paz, liberdade, etc‖ e outras mentiras do mito paz e amor para outros fins. Erin descobriu que mulheres abusam de homens e violentam homens fisicamente ou psicologicamente semelhante a homens que maltratam mulheres. Isto na época foi algo novo que fugia do conto feminista que homens sempre maltratam mulheres. Erin descobriu que ambos os sexos podem ser violentos e podem gerar crianças violentas em um ciclo vicioso o que é perigoso para todos. Erin quis falar a verdade mas foi censurada pelo movimento feminista que era feliz com a verdade oculta, pois neste ciclo vicioso a estrutura familiar

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

22
22

era arruinada, tendo o homem sempre como culpado. Além disso, o movimento feminista lucrava com esta mentira por desviar incentivos financeiros do governo para fins feministas, sempre tendo o homem como culpado. Casos de injustiça eram considerados justiça por politicamente correto. Por falar a verdade, Erin sofreu ameaças de morte por parte das feministas, teve o seu cachorro morto e precisou mudar de continente por motivos de segurança.

e precisou mudar de continente por motivos de segurança. Esther Margareta Katzen: Mais conhecida como Esther

Esther Margareta Katzen: Mais conhecida como Esther Vilar: escritora, mais conhecida pelo seu livro de 1971, O Homem Domado, e suas continuações, que argumentam, ao contrário da retórica feminista e dos direitos femininos, que as mulheres em culturas industrializadas não são oprimidas, e que ao invés disso exploram um sistema bem estabelecido de manipulação dos homens. Nele, ela alega que as mulheres não são oprimidas pelos homens, mas os controlam em um relacionamento que é vantajoso à elas mas no qual a maioria dos homens não tomam ciência. Debateu com gurus feministas que a ofenderam sem refutar os seus argumentos. Pelas as controvérsias em torno do livro sofreu ameaças de morte de grupos feministas. Algumas das estratégias descritas no livro e usadas pelas mulheres segundo a autora são: atrair homens com sexo, usando estratégias de sedução; usar o elogio para controlar homens administrando-o com cuidado; usar chantagem emocional como meio de controlar os homens; uso de amor e romance como um pretexto para disfarçar suas intenções e motivos reais.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

23
23
23 Michele Elliott: Mestre em psicologia, autora, professora e trabalhadora social especializada em crianças. Em 1992,

Michele Elliott: Mestre em psicologia, autora, professora e trabalhadora social especializada em crianças. Em 1992, Elliott publicou seu livro ―Abuso Sexual de Crianças Feminino, o último tabu ―, o primeiro livro a abordar a questão do abuso sexual por mulheres. O livro foi bem recebido pelos profissionais e organizações. Mike Lew descreveu como ‖um trabalho importante e desafiador―, ajudando a ‖forjar uma nova compreensão das questões―. Doody anual afirmou que era ‖um livro extremamente valioso para todos os profissionais, e isso aumenta muito o estado atual do conhecimento, ou a falta que conhecimento, que pode ter uma profunda influência sobre o desenvolvimento da sobrevivência e recuperação―.

Trabalho de Elliott em expor a questão da pedofilia feminina também resultou na hostilidade de feministas que quiserem censurar o livro como fizerem com outros casos de mulheres que falavam a verdade contra a ―verdade feminista‖. Ao divulgar Abuso Sexual de Crianças Feminino Elliott organizou uma conferência em Londres sobre o abuso sexual por mulheres e sofreu ameaças. Depois de publicar o livro Elliott foi sujeita a um ―dilúvio‖ de mensagens de ódio das feministas.

a um ―dilúvio‖ de mensagens de ódio das feministas. Christina Hoff: Christina Hoff Sommers é uma

Christina Hoff: Christina Hoff Sommers é uma autora americana e ex-professora de filosofia que é conhecida por sua crítica do feminismo do final do século 20, e seus escritos sobre o feminismo na cultura americana contemporânea. Seus livros mais discutidos são Who Stole Feminism?: How Women Have Betrayed Women e The War Against Boys: How Misguided Feminism Is Harming Our Young Men. Christina fala sobre a desinformação muitas vezes proposital sobre a violência doméstica contra a mulher, a raiva de feministas contra homens, violência doméstica contra os homens/meninos e sobre dados manipulados pela mídia feminista.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

24
24
24 Karen Straughan (Girl Writes That): Vlogueira e blogueira que desmascara as feministas e os dogmas

Karen Straughan (Girl Writes That): Vlogueira e blogueira que desmascara as feministas e os dogmas feministas como ―cultura do estupro‖, ―homens ganham mais‖, ―homens isso, aquilo‖, ―mulheres sempre foram vítimas do sistema‖, etc. Ela questiona o mundo visto pelas feministas e os reais motivos do movimento feminista. Também sofre ameças por partes das feministas que em geral sempre repetem a mesma conversa.

das feministas que em geral sempre repetem a mesma conversa. Suzanne Wenker é vice-presidente do Centro

Suzanne Wenker é vice-presidente do Centro de Política Casamento e autora de quatro livros, incluindo How to Choose a Husband (And Make Peace With Marriage) (February 2013), The War on Men (February 2013, eBook only), The Flipside of Feminism (2011), and 7 Myths of Working Mothers (2004).

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

25
25

Suzanne é uma colaboradora freqüente do Fox News.com e tem escrito extensivamente sobre política, educação de filhos, e a influência do feminismo na sociedade americana. Seu trabalho foi publicado no New York Post, St. Louis Post-Dispatch, Parents.com, Human Events, National Review Online, e CNSnews.com. Além disso, Suzanne apareceu no ABC, CNN, FOX, C-Span, e outros canais, bem como de programas de rádio de todo o país. Seu primeiro livro, 7 Myths of Working Mothers, argumenta que as crianças e carreiras exigentes são incompatíveis. O Flipside of feminism, lançado em 2011, é uma conta explosiva dos danos deixados na esteira do movimento feminista. Seu original de e- book, The war on men, é um olhar, concisa autoritária no mito da igualdade de gênero. E seu mais recente lançamento, How to Choose a Husband (And Make Peace With Marriage), lança um olhar duro para a revolução sexual e incentiva as mulheres a rejeitar o roteiro cultural têm sido vendidos sobre o amor, o sexo, os homens e o casamento.

sido vendidos sobre o amor, o sexo, os homens e o casamento. Ayn Rand.Nascida Alissa Zinovievna

Ayn Rand.Nascida Alissa Zinovievna Rosenbaum, de origem judaico-russa , em 1905, Ayn Rand deixou seu país, ao completar 21 anos de idade, rumo aos Estados Unidos,

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

26
26

supostamente para visitar parentes, mas, de fato, com a intenção de por lá ficar. Na terra natal, com a revolução russa e a vitória final dos comunistas, sua família de classe- média, que fugira para a Criméia, teve seus bens confiscados e ficou na miséria. Mesmo assim, de volta a Petrogrado, Alissa conseguiu se formar, em 1924, em Filosofia e História na universidade local e, no ano seguinte, 1925, logrou obter permissão para visitar parentes nos EUA, a terra da liberdade, como aprendera nas aulas de história ainda no secundário. Nunca mais retornou. Foi escritora, dramaturga, roteirista e controversa filósofa origem, mais conhecida por desenvolver um sistema filosófico chamado de Objetivismo, e por seus romances The Fountainhead (que foi lançado no Brasil com o título de ―A Nascente‖ e deu origem a um filme homónimo conhecido no Brasil por ―Vontade Indômita‖) e Atlas Shrugged (―A Revolta de Atlas‖ no Brasil). Nascida e educada na Rússia, Rand emigrou para os Estados Unidos em 1926. Ela trabalhou como roteirista em Hollywood e teve uma peça produzida na Broadway, em 1935-1936. Ela alcançou a fama com seu romance The Fountainhead, publicado em 1943, que em 1957 foi seguido por seu melhor e mais conhecido trabalho, o romance filosófico Atlas Shrugged.

Talyta Caravalho: Filósofa especialista em renascença e mestre em ciências da religião pela PUC-SP. Escreveu um texto interessante na Folha de SP (que publicamos aqui no nosso blog) sobre o feminismo no contexto atual e se transformou imediatamente em um alvo por parte das feministas. Feministas além de repetirem a mesma conversa marxista cultural e a atacarem pessoalmente com argumentos antigos fizeram campanhas contra Talyta. Uma amostra de censura ditatorial feminista.

Kelly Mac: Blogueira que é contra o feminismo por ele atualmente ser praticamente anti-homem. O blog dela é awomanagainstfeminism.blogspot.com

"Boa tarde. Estou aqui apenas para falar que admiro esta página. Vejo que são à favor da família tradicional, dos antigos costumes. Vejo também que muitas mulheres que comentam os posts, criticando o machismo e vangloriando o feminismo infelizmente não veem o que de fato tem maior valor na vida. Essas feministas espelham-se nos piores tipos de homens, querem ser livres para fazer sexo com quem bem entenderem e usarem as roupas que quiserem, falando como se isso fosse liberdade (o que é ridículo). Sou totalmente contra essa nova cultura dos dias de hoje, essa cultura que quebra o verdadeiro sentido das coisas. O que mais vemos são os chamados "manginas" vangloriando as "vadiazinhas" que postam fotos e exibem seu corpo para que meio mundo veja. O que mais me chama a atenção na página é o empenho de vocês em ajudar os homens a se tornarem HOMENS de verdade, honrados e que saibam dar valor à família e ao que realmente importa na vida. Deixo aqui meus parabéns e minha admiração pelo trabalho de vocês. Sucesso à todos. Força e honra!"

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

27
27
27 As Feministas odeiam os homens Vejam abaixo alguns relatos retirados do site: http://odeiohomens.tumblr.com/ Alguns

Vejam abaixo alguns relatos retirados do site: http://odeiohomens.tumblr.com/

Alguns relatos e confissões anônimas de ódio aos homens

―Eu confesso que odeio essa raça maldita que são os homens. E não, não é por traição é porque vocês são uns bostas mesmo. Vocês se acham melhores que as mulheres, são machistas… e são ridículos! Os moleques da minha sala zoam as namoradas deles pelas costas, o maior índice de crime são de homens, vocês querem sempre por a culpa nas mulheres sendo que vocês que sempre têm a culpa! Não importa do que seja. Odeio tanto homem que se um dia eu tiver algum filho (vai saber) e for homem, eu dou ele pra alguém, me recuso a cuidar dele. Só não viro lésbica porque não sinto atração por mulheres. Tive 2 namorados, e eles eram até legais comigo, mas só de imaginar o que eles poderiam ser, eu terminei com eles. Talvez eu precise de um psicólogo pra tirar essa imagem que faço dos homens, mas se eu cheguei nesse ponto foi por culpa dos homens, como sempre, os errados na história. Sou muito feliz com as minhas amigas e família. Não preciso de vocês.‖ — Anônima A

―Isso tudo é verdade, querida, você está certíssima. Também só não sou lésbica porque não sinto atração por mulheres. Agora virão inúmeros comentários trogloditas, mas somente comprovam tudo o que disse. Ignore, mulher é um milhão de vezes superior.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

28
28

Leve a vida como quiser, seja feliz, com certeza merece. Esqueça desses vermes. As mulheres deveriam comandar o mundo, o grande mal da humanidade é o machismo, trata-se de um sistema frívolo, desumano, e, principalmente, violento. Você é esperta, concordo plenamente.‖ — Anônima B

―Concordo plenamente. Lógico que também existem mulheres que não prestam. Mas os homens conseguem ser tão ridículos que superam de longe qualquer ponto negativo feminino. O mundo é tão machista e por isso está nesta merda. Se os homens soubessem valorizar mais as mulheres eles mesmos seriam mais felizes. Mas não. Vocês (homens idiotas e imbecis) são tão bostas que conseguem destruir qualquer relacionamento. O

casal no início de namoro é super feliz. Tudo é alegria. São muitos os sonhos, desejos e

se compartilha tudo. Mas depois de um tempo ele diz que o amor acabou e que não era

tudo aquilo que ele queria. Assim, vai correndo atrás de qualquer rabo de saia. O pior é

se já tiverem se casado (ou não) e se ela tiver engravidado e tido filho(s). Eu mesma já vi várias vezes casal com criança no carrinho, aí passa uma mulher ―popozuda‖ e VOCÊS HOMENS olham descaradamente com segundas intenções enquanto a tonta da mulher só tem olhos para o bebê no carrinho. As mulheres que aceitam esse tipo de coisa são muito fracas e não têm amor próprio. Certas são Xuxa, Madonna e outras do mesmo nível. Usa, abusa e joga fora e ainda SÃO AS PODEROSAS. HOMENS, VÃO TODOS PARA O INFERNO!!! ODEIO TODOS VOCÊS. NÃO PRECISAMOS DE VOCÊS PARA NADA!!!!!!!!!!‖ — Anônima C

―Nem todos são assim, mas acredito que naturalmete os homens são ridículos, não fazem falta pra ninguém. É uma raça maldita que deveria ser extinta da terra, nós mulheres deveriamos ter reprodução assexuada para não depender desses merdas. O pior é que eles não percebem que ELES é quem provocam o ódio na gente, com a imposição de ideologias machistas que fazem crescer o ódio no coração das mulheres (e com razão) porque durante toda a história da humanidade eles nunca fizeram NADA por nós, sempre fomos subjugadas, maltratadas, sempre se refiriram a nós como inferiores, querem mandar na gente, querem nos possuir e ainda acham que mulheres que detestam homens assim são infelizes consigo mesmas? Poupem-me. Quando se fala em ―homem‖ pra uma mulher, ela logo já pensa num traste pra ficar incomodando a vida dela, mijando na tampa do vaso e dependendo dela pra comer porque nem fritar um ovo sabe. Já quando se fala em ―mulher‖ para um homem, ele pensa em alguém que vai acolher, cuidar, dar carinho, não possuir, bater, matar. Porque mulher é isso, é um ser naturalmente bom.‖ — Anônima D

―Falou tudo!! Os homens são tão ridículos que a ciência já descobriu que se pode fazer uma vida a partir de dois óvulos, ou seja, os protagonistas da vida são as mulheres mesmo. Não dá pra fazer vida de dois espermatozóides, mas de dois óvulos é possível.

A natureza é sábia. Portanto se acontece algum problema no mundo, se houver guerras e

aniquilar muitas pessoas, principalmente os homens que são os que geram as guerras,

estaremos aqui aptas a dar continuidade e aí sim, dar continuidade a um mundo bem mais calmo, sem guerras, e melhor, mais coeso.‖ — Anônima E

―Eu odeio essa raça maldita, desgraçada. Quanto mais o tempo passa, mais confirmo que essa raça é ridícula, desprezível, maldita… mataria um homem com prazer. Vocês são machistas, traiçoeiros, preconceituosos, golpistas, têm um ponto de vista unilateral e

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

29
29

se defendem mesmo estando errados, não sabem assumir os erros, tomara que todos vocês morram, bando de malditos, desgraçados. Odeio vocês!‖ — Anônima F

―Legais as confissões, concordo com todas, realmente os homens são uns canalhas, seres desprezíveis. Eu também odeio os homens e eu confesso que meu sonho é sair com uma espingarda calibre 12 e atirar na cabeça dos homens pelas ruas!! kkkkkkkkkkkkkk‖ — Anônima G

―Homens são uns bostas mesmo. Que eles se ferrem!! São uns malditos que só sabem encher o nosso saco e não servem pra nada!!‖ — Anônima H

―Os homens são uma aberração da natureza! Só pensam neles mesmos e só querem sexo.‖ — Anônima I

―Não disse nenhuma mentira. Homem é uma bosta mal cagada.‖ — Anônima J

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

30
30
30 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

31
31
31 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
31 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

32
32
32 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
32 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

33
33
33 7 Características do Homem Feminista Um dos motivos que levou a que o feminismo radical

7 Características do Homem Feminista

Um dos motivos que levou a que o feminismo radical obtivesse uma posição tão influente e "mainstream" na sociedade Ocidental é o facto deste movimento receber reforços vitais providenciados pelos traidores sexuais que deliberadamente canibalizam os outros homens como forma de apaziguar as suas donas. Este é o homem feminista. Este é o tipo de homem cujo totalidade da personalidade se centra em impedir que os outros homens ofendam as suas chefes feministas. Estes homens envergonham o natural comportamento masculino e disseminam a desilusão intelectualizada que hoje recebe o nome de "pontos de vista feministas". Eles auto-castram-se em público, mentido a eles mesmos em torno dos seus próprios desejos sexuais e imperativos. A grande ironia - e segredo - é que eles buscam os mesmos objectivos que os homens normais: obter sucesso sexual junto das mulheres (por muito que eles não queiram admitir), excepto que eles tentam fazer isso através da submissão irracional. Não há nada de especial no espécimen exibido em cima, excepto a sua exibição excepcional de comportamentos reveladores.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

34
34

7 Características do Homem Feminista

1. Voz efeminada

Existem diversas evidências científicas que revelam que os homens estão a ser expostos

a quantidades superiores de hormonas femininos. Entre as causas encontra-se o facto de existirem reservas de água ligeiramente contaminadas com compostos da pílula provenientes do corpo da mulher. O consumo em massa de produtos que são fontes de estrogénio pode ser outro motivo. Qualquer que seja a causa, hoje em dia há uma epidemia de homens heterossexuais que uma ostensiva "voz gay", e em nenhum outro homem isso é mais vincado do que nos homens feministas. Aparentemente, eles falam sem a voz grave como forma de não ofender as feministas.

2. Tom de voz efeminado e condescendente, tendência para revirar os olhos.

Para além das características da sua voz, o homem feminista usa um tom de voz condescendente e paternalista (muitas vezes com frases "não-ditas), algo comum nas meninas adolescentes e nos homens homossexuais. Em vez de discordar de um argumento com base nos seus méritos, o homem feminista suspira longamente, qual Al Gore num debate presidencial. Para pior as coisas, eles associa o seu discurso com profanidades, que em vez de revelar firmeza, soa mais como uma adolescente emocionalmente instável a insultar o namorado.

3.

Aparência desleixada, podendo ter uma barba usada pelos vegetarianos

O

uniforme do homem feminista é um cocktail não-ameaçador de roupa hipster

castradora, com uma barba pouco cuidade - o distintivo do homem fraco actual - e qualquer outra coisa que tornam absurdamente aparente que ele não frequenta ginásio algum. e não é uma ameaça para ninguém.

ginásio algum. e não é uma ameaça para ninguém. 4. Repete uma salada de palavras que

4. Repete uma salada de palavras que mais não são que os pontos de vista das

feministas.

O homem feminista repete todos os chavões inventados e usados pelas feministas

histéricas (palavras com a aparência de terem sido retiradas de livros de ficção científica

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

35
35

como "cis-género" e "sex-positive"). Eles participam também na má-representação e no abuso de palavras outrora úteis e com um significado positivo, tais como "consentimento", "patriarcado", e "privilégio".

5. Alarmista da violação sexual. Seguindo o exemplo da feminista mais militante, o homem feminista usa o Cartão- Violação várias vezes em qualquer discussão, independentemente do assunto que está a ser discutido. Tal como a palavra "smurf" dos desenhos animados dos anos 80, a palavra "violação" [=estupro] está lentamente a perder o seu real significado devido ao seu uso alargado. O propósito desta invocação repetitiva é aumentar ainda mais a histeria exagerada em torno da violação, fazer toda a gente acreditar que há um violador em cada esquina, e passar a ideia de que, quando as mulheres não estão por perto, todas as pessoas fazem piadas em torno do abuso sexual. Posso contar numa mão o número total

de piadas em torno da violação que eu ouvi em toda a minha vida (

).

em torno da violação que eu ouvi em toda a minha vida ( ). Copyright ©

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

36
36
36 6. Fomentar o histerismo feminista ao oferecer desculpas para o comportamento fanático e ao exigir

6. Fomentar o histerismo feminista ao oferecer desculpas para o comportamento fanático e ao exigir que os outros homens meçam cuidadosamente os seus actos e as suas palavras. Segundo este homem - e segundo todas as feministas - é perfeitamente justificável ficar com um medo permanente dos homens se por acaso foste vítima de um deles (por mais real ou imaginária que essa vitimização tenha sido). Segundo esta forma de pensar, eu posso permanecer "apreensivo" e "ter medo" dos negros como "categoria" uma vez que eu já fui roubado por um negro. Para além disso, ele desculpa o discurso de ódio das feministas, qualificando-o de "brincadeira" que "não é para ser levada a sério", ao mesmo tempo que qualifica de 100% discurso sério e discurso de ódio tudo o que os inimigos ideológicos afirmam.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

37
37
37 7. Falsa aparência de intelectualismo e fundamento académico . Para conferir algum tipo de legitimidade

7. Falsa aparência de intelectualismo e fundamento académico. Para conferir algum tipo de legitimidade à sua ilusória e problemática lógica, ele cita referências enviesadas supostamente académicas dentro dum argumento-espantalho em torno do que os "defensores dos direitos dos homens" usam como forma de provar a existência da misandria. Para além disso, ele aplica no seu discurso as acrobacias mentais das feministas que - essencialmente - transformaram a noite no dia, o topo na base, e transformaram os homens em mulheres.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

38
38
38 Jesus é Deus? Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

39
39
39 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

40
40
40 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

41
41
41 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

42
42
42 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

43
43
43 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

44
44
44 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

45
45
45 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

46
46
46 Jesus é Deus? Você já encontrou uma pessoa que é o centro das atenções onde

Jesus é Deus?

Você já encontrou uma pessoa que é o centro das atenções onde quer que vá? Alguma característica misteriosa e indefinível o distingue de todas as outras pessoas. Pois foi isso que aconteceu dois mil anos atrás com Jesus Cristo. Porém não foi simplesmente a

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

47
47

personalidade de Jesus que cativou aqueles que o ouviam. Aqueles que puderem ouvir

suas palavras e observar sua vida nos dizem que existia algo em Jesus de Nazaré que era diferente de todas as outras pessoas.

A única credencial de Jesus era ele mesmo. Ele nunca escreveu um livro, comandou um

exército, ocupou um cargo político ou teve uma propriedade. Normalmente ele viajava

se afastando somente alguns quilômetros do seu vilarejo, atraindo multidões

impressionadas com suas palavras provocativas e seus feitos impressionantes.

Ainda assim, a magnitude de Jesus era óbvia para todos aqueles que o viram e ouviram.

E enquanto a maioria das grandes personalidades históricas desaparece nos livros, Jesus

ainda é o foco de milhares de livros e controvérsias sem paralelos na mídia. Grande parte dessas controvérsias envolvem as afirmações radicais que Jesus fez sobre si mesmo, afirmações que espantaram tanto seus seguidores quanto seus adversários. Foram principalmente as afirmações únicas de Jesus que fizeram com que ele fosse considerado uma ameaça pelas autoridades romanas e pela hierarquia judaica. Embora fosse um estranho sem credenciais ou força política, em apenas três anos Jesus foi capaz de mudar a história dos mais de 20 séculos seguintes. Outros líderes morais e religiosos influenciaram a história, mas não como o filho de um carpinteiro desconhecido de Nazaré. Qual era a diferença de Jesus Cristo? Ele era apenas um homem de grande valor ou era algo mais? Essas perguntas nos levam ao cerne do que Jesus realmente era. Alguns acreditam que ele era simplesmente um grande professor de moral, já outros pensam que ele foi simplesmente o líder da maior religião do mundo. Porém muitos acreditam em algo muito maior. Os cristãos acreditam que Deus nos visitou em forma humana, e acreditam que há evidências que provam isso. Após analisar com cuidado a vida e as palavras de Jesus, C.S. Lewis, antigo cético e professor de Cambridge, chegou a uma espantosa conclusão, que alterou o rumo de sua vida. Então quem é Jesus de verdade? Muitos dirão que Jesus foi um grande professor de moral. Ao analisarmos mais cuidadosamente a história do homem que causa mais controvérsias em todo o mundo, primeiramente devemos perguntar: será que Jesus foi simplesmente um grande professor de moral?

Jesus é Deus? Grande professor de moral?

Mesmo os membros de outras religiões acreditam que Jesus foi um grande professor de moral. O líder indiano Mahatma Gandhi falava muito bem sobre a integridade e as palavras sábias de Jesus.[1] Da mesma forma, o estudioso judeu Joseph Klausner escreveu, ―Admite-se mundialmente… que Cristo ensinou a ética mais pura e sublime… que joga nas sombras

os

preceitos e as máximas morais dos mais sábios homens da antiguidade.[2]

O

Sermão do Monte de Jesus foi considerado o maior de todos os ensinamentos sobre

ética humana já feito por uma pessoa. De fato, muito do que conhecemos atualmente como ―direitos iguais‖ é resultado dos ensinamentos de Jesus. O historicista Will Durant, que não é cristão, disse a respeito de Jesus: ―Ele viveu e lutou persistentemente por ‗direitos iguais‘, e nos tempos modernos teria sido mandado para a Sibéria. ‗O maior dentre vós será vosso servo‘ é a inversão de toda a sabedoria política, de toda a

sanidade.[3]

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

48
48

Muitos, como Gandhi, tentaram separar os ensinamentos de Jesus sobre ética de suas afirmações a respeito de si mesmo, acreditando que ele era simplesmente um grande homem que ensinava grandes princípios morais. Essa foi a abordagem de um dos Pais Fundadores dos Estados Unidos, o presidente Thomas Jefferson, que editou uma cópia

do Novo Testamento retirando as partes que considerava que se referiam à divindade de Jesus e deixando as partes a respeito do ensinamento morais e éticos.[4] Jefferson carregava consigo essa versão editada do Novo Testamento, reverenciando Jesus como

o maior professor de moral de todos os tempos.

De fato, as memoráveis palavras de Jefferson na Declaração de Independência tiveram como base os ensinamentos de Jesus de que toda pessoa é de imensa e igual importância perante Deus, independente de sexo, raça ou status social. O famoso documento diz:

―Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens são criados iguais, dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis…‖. Mas Jefferson não respondeu uma pergunta: Se Jesus afirmou incorretamente ser Deus, ele não poderia ter sido um bom professor de moral. No entanto, Jesus de fato afirmou

sua divindade? Antes de observarmos o que Jesus afirmou, precisamos analisar a possibilidade de ele ter sido simplesmente um grande líder religioso.

Jesus é Deus? Grande líder religioso? Surpreendentemente, Jesus jamais afirmou ser um líder religioso. Ele nunca se envolveu com políticas religiosas ou promoveu agressivamente suas causas, além de atuar quase sempre fora de locais religiosos. Ao comparar Jesus com outros grandes líderes religiosos, uma notável distinção aparece. Ravi Zacharias, que cresceu na cultura hindu, estudou religiões do mundo todo

e notou uma diferença fundamental entre Jesus Cristo e os criadores de outras grandes

religiões. ―Em todos esses, existe uma instrução, um modo de viver. Não é Zaratustra quem você consulta, é Zaratustra quem você escuta. Não é Buda que o liberta, são as Nobres Verdades que o instruem. Não é Maomé que o transforma, é a beleza do Corão que o lisonjeia. No entanto, Jesus são somente ensinou ou expôs sua mensagem. Ele era a sua própria mensagem‖.[5] A verdade na afirmação de Zacharias é ressaltada pelas diversas vezes nos Evangelhos em que os ensinamentos de Jesus foram simplesmente ―Venha a mim‖, ―Siga-me‖ ou ―Obedeça-me‖. Além disso, Jesus deixou claro que sua principal missão era perdoar os pecados, algo que somente Deus poderia fazer. Em As maiores religiões do mundo, Huston Smith apontou: ―Somente duas pessoas surpreenderam tanto seus contemporâneos a ponto de provocarem a pergunta ‗O que é ele?‘ em vez de ‗Quem é ele?‘. Essas duas pessoas foram Jesus e Buda. As respostas de Jesus e Buda para essa pergunta foram exatamente opostas. Buda disse claramente que ele era um simples mortal, e não um deus, quase que como se estivesse prevendo futuras tentativas de adoração. Jesus, por outro lado, afirmou… ser divino.[6]

E isso nos leva à questão do que Jesus realmente afirmou sobre si mesmo: Jesus afirmou

ser divino?

Jesus é Deus? Jesus afirmou ser Deus?

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

49
49

Então o que convence muitos estudiosos de que Jesus afirmou ser Deus? O autor John Piper explica que Jesus reivindicou poderes que pertenciam exclusivamente a Deus. ―… os amigos e inimigos de Jesus ficavam espantados constantemente com suas palavras e ações. Ao andar pelas estradas, aparentando ser uma pessoa qualquer, ele virava e dizia coisas como ―Antes de Abraão nascer, Eu Sou‖ ou ―Quem me vê, vê o Pai‖. Ou, com muita calma, depois de ser acusado de blasfêmia, ele dizia: ‗O Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados‘. Para os mortos ele simplesmente dizia ‗Apareçam‘ ou ‗Ergam-se‘. E eles obedeciam. Para as tempestades ele dizia ‗Acalmem-se‘. E para um pedaço de pão ele dizia ‗Transforme-se em mil refeições‘. E tudo acontecia imediatamente‖.[7] Mas o que Jesus realmente queria dizer com tais afirmações? É possível que Jesus tenha sido meramente um profeta como Moisés, Elias ou Daniel? Mesmo uma leitura superficial dos Evangelhos nos mostra que Jesus afirmou ser mais do que um profeta. Nenhum outro profeta fez afirmações desse tipo sobre si mesmo, de fato nenhum outro profeta jamais se colocou no lugar de Deus. Alguns dizem que Jesus jamais disse explicitamente ―Eu sou Deus‖. É verdade que ele jamais disse exatamente as palavras ―Eu sou Deus‖. No entanto, Jesus também nunca disse explicitamente ―Eu sou um homem‖ ou ―Eu sou um profeta‖. Ainda assim, Jesus foi sem dúvida humano, e seus seguidores o consideravam um profeta como Moisés ou Elias. Assim, não podemos rejeitar o fato de que Jesus era uma divindade somente pelo fato dele não ter dito exatamente essas palavras, assim como não podemos dizer que ele não era um profeta. De fato, as afirmações de Jesus sobre si mesmo contradizem a noção de que ele era simplesmente um grande homem ou um profeta. Em mais de uma ocasião, Jesus chamou a si mesmo de Filho de Deus. Quando questionado se acreditava na possibilidade de Jesus ter sido o Filho de Deus, o vocalista da banda U2, Bono, respondeu:

―Não, não é improvável para mim. Veja bem, a resposta secular para a história de Cristo é sempre esta: ele era um grande profeta, claramente uma pessoa muito interessante e com muitas coisas a dizer, assim como outros grandes profetas como Elias, Maomé, Buda ou Confúcio. Porém na verdade Cristo não deixava você fazer isso. Ele não o isentava das responsabilidades. Cristo dizia: ‗Não, não estou dizendo que sou um professor, não me chame de professor. Não estou dizendo que sou um profeta. … Estou dizendo que sou a encarnação de Deus‘. E as pessoas dizem: Não, não, por favor, seja apenas um profeta. Um profeta nós podemos aceitar.[8] Antes de analisarmos as afirmações de Jesus, é importante entendermos que essas afirmações foram feitas no contexto da crença judaica em um único Deus (monoteísmo). Nenhum Judeu fiel acreditaria em mais de um único Deus. E Jesus acreditava no Deus único, orando para seu Pai como ―o único Deus verdadeiro‖.[9] Mas na mesma oração, Jesus falou sobre ter sempre existido com seu Pai. E quando Filipe pediu a Jesus para que ele lhe mostrasse o Pai, Jesus disse: ―Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê o Pai.‖[10] Assim a pergunta é: ―Jesus afirmava ser o Deus hebraico que criou o universo? Jesus afirmou ser o Deus de Abraão e Moisés? Jesus continuamente fazia referência a si mesmo de formas que confundiam seus

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

50
50

ouvintes. Como aponta Piper, Jesus fez uma afirmação audaciosa, ―Antes de Abraão nascer, EU SOU.[11] Ele falou a Marta e a outros ao seu redor: ―EU SOU a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá.[12] Da mesma forma, Jesus fazia afirmações como, ―EU SOU a luz do mundo[13], ―EU SOU o único caminho para Deus[14] ou ―EU SOU a ‗verdade[15]. Essas e muitas outras de suas afirmações começavam coma as palavras sagradas para Deus, ―EU SOU‖ (ego eimi).[16] O que Jesus quis dizer com tais afirmações e qual é a importância do termo ―EU SOU‖? Mais uma vez, precisamos voltar ao contexto. Nas Escrituras Hebraicas, quando Moisés perguntou a Deus Seu nome na sarça ardente, Deus respondeu: ―EU SOU‖. Ele estava revelando a Moisés que Ele era o único Deus atemporal e que sempre existiu. Incrivelmente, Jesus estava usando essas palavras sagradas para descrever a si mesmo. A questão é: ―Por que‖? Desde os tempos de Moisés, nenhum praticante do judaísmo jamais se referiria a si mesmo ou a qualquer outra pessoa usando ―EU SOU‖. Com resultado, as afirmações de ―EU SOU‖ de Jesus enfurecerem os líderes judaicos. Certa vez, por exemplo, alguns líderes explicaram a Jesus por que estavam tentando matá-lo: ―Porque você é um simples homem e se apresenta como Deus‖.[17] O uso do nome de Deus por parte de Jesus deixou os líderes religiosos muito enfurecidos. A questão é que esses estudiosos do Antigo Testamento sabiam exatamente o que ele estava dizendo: ele afirmava ser Deus, o Criador do universo. Somente essa afirmação poderia ter resultado na acusação de blasfêmia. Ao ler o texto, é claro entender que Jesus afirmava ser Deus, não simplesmente por suas palavras, mas também pelas reações a essas palavras. C.S. Lewis inicialmente considerava Jesus um mito. Porém esse gênio da literatura, que conheci os mitos muito bem, chegou à conclusão de que Jesus tinha de ter sido uma pessoa real. Além disso, conforme Lewis investigava as evidências sobre Jesus, ele se convenceu que Jesus não somente era real, mas também era diferente de qualquer outro homem da história. Lewis escreveu:

―E aí que vem o verdadeiro choque. Entre esses judeus, de repente surge um homem que começa a falar como se Ele fosse Deus. Ele diz perdoar os pecados. Ele diz que Ele sempre existiu. Ele diz que Ele está vindo para julgar o mundo no final dos

tempos‖.[18]

Para Lewis, as afirmações de Jesus eram simplesmente muito radicais e profundas para terem sido feitas por um simples professor ou líder religioso. Que tipo de Deus? Alguns dizem que Jesus afirmava ser apenas uma parte de Deus. Porém a ideia de que todos nós fazemos parte de Deus e de que dentro de nós está a semente da divindade simplesmente não é um sentido possível para as palavras e ações de Jesus. Tais pensamentos são revisionistas e não condizem com seus ensinamentos, suas crenças e com o entendimento de seus ensinamentos por parte de seus discípulos. Jesus ensinou que ele era Deus do modo que os judeus entendiam Deus e que as Escrituras Hebraicas retratavam Deus, e não do modo que o movimento da Nova Era entendia Deus. Nem Jesus nem seu público conheciam Star Wars, então quando falavam de Deus, eles não estavam falando de forças cósmicas. Trata-se simplesmente de uma má história para redefinir o que Jesus queria dizer com o conceito de Deus.

Lewis explica:

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

51
51

Vamos esclarecer isso. Entre panteístas, como os indianos, qualquer pessoa poderia dizer que é parte de Deus, ou um com Deus… Porém este homem, por ser judeu, não poderia dizer que era esse tipo de Deus. Deus, em seu idioma, significava Estar fora do mundo, aquele que criou o mundo e era infinitamente diferente de qualquer outra coisa. Ao entender isso, você verá que o que esse homem disse, de forma muito simples, foi a coisa mais chocante jamais dita por um homem.[19] Com certeza existem aqueles que aceitam Jesus como um grande professor, porém ainda recusam chamá-lo de Deus. Como deísta, sabemos que Thomas Jefferson não tinha problemas para aceitar os ensinamentos morais e éticos de Jesus e ao mesmo tempo rejeitar sua divindade.[20] Porém como já dito, se Jesus não era quem afirmava ser, então é preciso analisar outras possibilidades, nenhuma das quais faria dele um grande professor moral. Lewis disse: ―Estou tentando impedir que qualquer um diga a coisa mais insensata, que as pessoas dizem frequentemente, sobre Ele: ‗Aceito Jesus como um grande professor moral, porém não aceito as afirmações de que ele era Deus‘. É exatamente isso que não podemos dizer‖.[21] Em sua missão em busca da verdade, Lewis sabia que não era possível aceitar as duas identidades de Jesus. Ou Jesus era quem ele afirmava ser, a encarnação de Deus, ou suas afirmações eram falas. Se fossem falsas, Jesus não poderia ter sido um grande professor moral. Ele estaria mentindo de propósito ou teria sido um lunático com um complexo de Deus. Jesus poderia estar mentindo? Mesmos os maiores críticos de Jesus raramente o chamaram de mentiroso. Essa classificação não é compatível com os grandes ensinamentos sobre moral e ética de Jesus. Mas se Jesus não era quem afirmava ser, devemos pensar na possibilidade de que ele estava intencionalmente enganando a todos.

Uma das mais conhecidas e influentes obras políticas de todos os tempos foi escrita por Nicolau Maquiavel em 1532. Eu seu clássico, O príncipe, Maquiavel exalta o poder, o sucesso, a imagem e a eficiência acima da lealdade, da fé e da honestidade. De acordo com Maquiavel, não há problemas em mentir quando isso visa um fim político.

Poderia Jesus Cristo ter construído todo seu império com base em uma mentira simplesmente para obter poder, fama ou sucesso? De fato, os inimigos judeus de Jesus constantemente tentavam o expor como uma fraude ou um mentiroso. Eles o bombardeavam de perguntas, tentando fazer com que ele cometesse erros ou se contradissesse. Ainda assim, as respostas de Jesus eram de uma incrível consistência.

Assim, a questão que temos que fazer é: o que poderia motivar Jesus a tornar toda sua vida uma mentira? Ele ensinava que Deus não aceitava mentiras e hipocrisia, assim ele não poderia estar fazendo isso para agradar ao seu Pai. Ele certamente não mentiu em benefício de seus seguidores, uma vez todos, com exceção de um, foram martirizados em vez de renunciar seu Senhor (consulte Os apóstolos acreditavam que Jesus era Deus?Assim, nos restam apenas duas possíveis explicações, ambas as quais são problemáticas. Benefício Muitas pessoas mentiram em prol de ganhos pessoais. De fato, a motivação da maioria das mentiras é o benefício que as pessoas veem nelas. O que Jesus poderia querer

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

52
52

ganhar ao mentir sobre sua identidade? A resposta mais óbvia seria o poder. Se as

pessoas acreditassem que ele era Deus, ele teria um poder imenso (é por isso que muitos líderes antigos, como os imperadores romanos, afirmavam ser de origem divina).

O problema dessa explicação é que Jesus evitava qualquer tentativa de ser colocado no

poder, em vez de castigar aqueles que abusam de tal poder e vivem suas vidas em busca dele. Além disso, ele estendia suas mãos para os rejeitados (prostitutas e leprosos), aqueles sem poder, criando uma rede de pessoas cuja influência era menor do que zero.

De uma maneira que só pode ser descrita como bizarra, tudo aquilo que Jesus fez e disse

ia em direção complemente oposta ao poder.

Se a motivação de Jesus era o poder, ele aparentemente teria evitado a cruz a todo custo. Ainda assim, em diversas ocasiões, ele disse a seus discípulos que a cruz era seu destino e sua missão. Como morrer em uma cruz romana poderia conceder poder a alguém?

A morte, obviamente, trás a devida atenção a qualquer coisa. E enquanto muitos

mártires morreram em prol das causas que acreditavam, poucos estiverem dispostos a morrer por mentiras conhecidas. Com certeza todas as esperanças de ganhos pessoais de Jesus teriam acabado na cruz. Ainda assim, até seu último suspiro, ele não abriu mão de afirmar que era o único Filho de Deus. O estudioso do Novo Testamente, J. I. Packer, aponta que este título expressa a divindade pessoal de Jesus.[22] Um legado Então se Jesus não mentia em benefício próprio, talvez suas afirmações radicais fossem falsas a fim de deixar um legado. Porém a possibilidade de ser espancado e pregado em uma cruz teria rapidamente acabado com o entusiasmo da grande maioria das pessoas. Aqui está outro fato assombroso. Se Jesus tivesse simplesmente rejeitado a afirmação de ser Filho de Deus, ele jamais teria sido condenado. Foi sua afirmação de ser Deus e sua relutância a rejeitá-la que fizeram com que ele fosse crucificado. Se aumentar sua credibilidade e reputação histórica foi o que motivou Jesus a mentir, é preciso explicar como um filho de carpinteiro, proveniente de um pobre vilarejo da Judéia, pode ter previsto os eventos futuros que tornariam seu nome tão conhecido e importante no mundo todo. Como ele poderia saber que sua mensagem sobreviveria? Os discípulos de Jesus tinham fugido e Pedro o negou, o que não é exatamente a melhor ideia para deixar um legado religioso. Os historicistas acreditam que Jesus mentiu? Estudiosos analisaram a vida e as palavras de Jesus para descobrir se há qualquer evidência de falhas em sua personalidade moral. De fato, mesmo os maiores céticos ficam espantados com a pureza ética e moral de Jesus. De acordo com o historicista Philip Schaff, não há evidências, tanto na história da igreja quanto na história secular, de que Jesus tenha mentido sobre qualquer coisa. Schaff argumentou: ―Como, em nome da lógica, senso comum e experiência, um homem enganador, egoísta e depravado poderia ter inventado e mantido de forma consistente, do início ao fim, a personalidade mais pura e nobre da história, com o mais perfeito ar

de verdade e realidade?[23] Aceitar a possibilidade de que Jesus era um mentiroso iria em direção oposta a tudo aquilo em prol de que Jesus ensinou, viveu e morreu. Para a maioria dos estudiosos, essa opção simplesmente não faz sentido. Ainda assim, para negar as afirmações de Jesus, é preciso uma explicação. E se as afirmações de Jesus não são verdadeiras, e ele não estava mentindo, a única opção restante é de que ele estava enganando a si mesmo.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

53
53

Jesus poderia estar enganando a si mesmo?

Albert Schweitzer, ganhador do Prêmio Nobel em 1952 por seus trabalhos humanitários, tinha suas próprias ideias sobre Jesus. Schweitzer chegou à conclusão de que a insanidade era a base das afirmações de Jesus de ser Deus. Em outras palavras, Jesus estava errado em suas afirmações, porém ele não mentiu intencionalmente. De acordo a teoria de Schweitzer, Jesus estava iludido de forma a acreditar que ele era o Messias. Lewis avaliou cuidadosamente essa possibilidade. Ele deduziu que se as afirmações de Jesus não fossem verdadeiras, então ele era louco. Lewis argumenta que alguém que afirmou ser Deus não seria um grande professor moral. ―Ou ele seria um lunático do mesmo nível de uma pessoa que diz ser um ovo cozido ou seria o Diabo do

Inferno‖.[24]

A maioria das pessoas que estudou a vida e as palavras de Jesus o reconhece como uma

pessoa extremamente racional. Embora sua vida tenha sido permeada de imoralidade e ceticismo pessoal, o renomado filósofo francês Jean-Jacques Rousseau (171278) reconheceu a personalidade elevada e a presença de espírito de Jesus, declarando:

―Quando Platão descreveu seu homem justo imaginário… ele descrever exatamente a personalidade de Cristo. … Se a vida e a morte de Sócrates são as de um filósofo, a vida e a morte de Jesus Cristo são as de um Deus‖.[25]

Bono conclui que ―louco‖ é a última coisa que alguém pode pensar de Jesus.

―Assim o que lhe resta é que Cristo era quem Ele dizia ser ou era totalmente louco. E quando digo louco, digo louco como Charles Manson… Eu não estou brincando. A ideia de que toda a história da civilização em mais da metade do planeta foi completamente alterada por um lunático, para mim isso não pode ser verdade…[26]

Então, Jesus era um mentiroso ou um lunático, ou era o Filho de Deus? Será que Jefferson estava certo ao classificar Jesus como ―somente um professor moral‖, negando sua divindade? É interessante que o público de Jesus, tanto crentes como inimigos, nunca o consideraram como um simples professor moral. Jesus causou três reações principais nas pessoas com que teve contato: ódio, terror ou adoração.

As afirmações de Jesus Cristo nos forçam a escolher. Como disse Lewis, nós não podemos categorizar Jesus simplesmente como um grande líder religioso ou um grande professor moral. O ex-cético nos desafia a nos decidir a respeito de Jesus, dizendo:

―Você precisa se decidir. Ou esse homem era, e é, o Filho de Deus, ou é um louco ao

algo ainda pior. Você pode calá-lo por Ele ser um louco, você pode cuspir Nele e matá-

lo como um demônio ou ajoelhar-se perante Ele e chamá-lo de Senhor e Deus. Mas não

vamos considerar besteiras arrogantes dizendo que Ele era um grande professor moral. Ele não nos deu essa possibilidade. Não era esse seu objetivo‖.[27] Em Cristianismo Puro e Simples, Lewis explora diversas possibilidades a respeito da identidade de Jesus, concluindo que ele é exatamente quem ele afirmava ser. Sua análise cuidadosa da vida e das palavras de Jesus levou esse grande gênio da literatura a renunciar seu o ateísmo e se tornar um Cristão comprometido.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

54
54

A grande questão da história da humanidade é ―quem é o verdadeiro Jesus Cristo‖? Bono, Lewis e muitos outros chegaram à conclusão de que Deus visitou a terra em forma humana. Mas se isso é verdade, nos esperaríamos que ele estivesse vivo atualmente. E é exatamente isso seus seguidores acreditam. Jesus voltou mesmo dos mortos? As testemunhas de Jesus Cristo realmente falaram e agiram como se acreditassem que ele fisicamente se ergueu dentre os mortos após sua crucificação. Se eles estivessem errados, o cristianismo teria se baseado em uma mentira. Mas se estivessem certos, tal milagre confirmaria tudo o que Jesus disse sobre Deus, sobre si mesmo e sobre nós. Devemos então aceitar a ressurreição de Jesus Cristo somente pela fé ou existe uma evidência histórica sólida? Muitos céticos começaram investigações sobre os registros históricos para provar que os registros da ressurreição são falsos. O que eles descobriram?

Clique aqui e deixe-nos saber como este artigo o ajudou. Jesus disse o que acontece após a morte?

Se Jesus realmente voltou dos mortos, ele deve saber o que está do outro lado. O que Jesus disse sobre o significado da vida e sobre nosso futuro? Existem vários caminhos para Deus ou Jesus afirmou ser o único? Leia as respostas iniciais em ―Por que Jesus?‖

Jesus pode responder as grandes questões da vida: ―Quem sou eu?‖ ―Por que estou aqui?‖ E, ―Para onde estou indo?‖ Jesus fez declarações sobre a vida e o nosso propósito aqui na Terra que precisam ser analisadas antes de o ignorarmos como indiferente ou impotente. Este artigo, ―Por que Jesus‖, analisa o mistério de por que Jesus veio para a Terra e o que isso significa para nós.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

55
55

Fracasso total na Marcha das Vadias de Maceió

55 Fracasso total na Marcha das Vadias de Maceió Ontem, domingo, dia 18 de agosto de

Ontem, domingo, dia 18 de agosto de 2013, meia dúzia de biscates chegou a reunir-se no ponto de concentração no Posto 7, na Jatiúca , mas a falta de adesão das putas locais, somado à fubeca que as vadias do Rio de Janeiro levaram, com processos

judiciais e problemas com a policia; mas segundo as feministas "foi culpa da chuva" o fracasso da Marcha das Vadias de Maceió. Tá, me engana que eu gosto.

A nova data ainda não foi definida, mas sugerimos que seja em 31 de fevereiro de 2014.

Em sua página na rede social Facebook, o grupo organizador pediu desculpa pelo adiamento da caminhada.

A 2º edição da marcha pretendia convencer os estupradores a não estuprar as mulheres,

usando para isso mulheres peladas para persuadir os estupradores a não estuprá-las. ??? Se esse método funcionar, a próxima Marcha das Vadias vai reunir milhares de

mulheres peladas para pedir para os traficantes de drogas pararem de vender cocaína e crack. Depois elas vão fazer outra Marcha das Vadias para convencer o resto dos criminosos a serem bonzinhos e tornarão com isso, os presídios, a policia e o sistema judicial apenas instituições patriarcais obsoletas.

O objetivo do ato é perpetuar o vitimismo feminismo e extorquir o governo e os homens

para darem mais verba para o saco sem fundo das feministas. Elas defendem também o infanticidio, e o direito de ferrar com os homens e exigir que eles não reclamem. Elas querem também fazer tudo o que der na veneta e jamais serem responsabilizadas por nada, afinal, pra que existe homem trouxa para levar a culpa, né miga?

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

56
56

Ideologia de Gênero: Escolas de São Paulo começam ―diversidade sexual‖ entre meninos e meninas

15 de agosto de 201328 comentários Júlio Severo (*)

15 de agosto de 201 3 28 comentários Júlio Severo (*) Por que os chamados educadores

Por que os chamados educadores e pedagogos estão tão interessados em que crianças de 3 e 4 anos estejam longe dos pais e perto deles nas escolas? Por que o governo está tão ansioso de obrigar crianças de 4 anos a ir para a escola? Essa e outras perguntas são respondidas por uma matéria do jornal Estado de S. Paulo, que teve todo o cuidado de não criticar o intervencionismo abusivo de professores infantis que se julgam deuses. A matéria diz:

No salão de cabeleireiro de mentirinha, João Pontes, de quatro anos, penteia a professora, usa o secador no cabelo de uma coleguinha e maquia a outra, concentradíssimo na função. Menos de cinco minutos depois, João está do outro lado da sala, em um round de luta com o colega Artur Bomfim, de cinco anos, que há pouco brincava de casinha. Nos cantos da brincadeira do Colégio Equipe, na zona oeste de São Paulo, não há brinquedo de menino ou de menina. Todos os alunos da educação infantil com idade entre três e cinco anos transitam da boneca ao carrinho sem nenhuma cerimônia. A coordenadora pedagógica de Educação Infantil do Equipe, Luciana Gamero, explica:

―Acreditamos que, ao não fazer essa distinção de gênero, ajudamos a derrubar essa dicotomia entre o que é tarefa de mulher e o que é atividade de homem.‖ Essa atividade curricular da educação infantil é adotada por um grupo de escolas que acredita que a escola é o espaço apropriado para quebrar os papéis tradicionais de

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

57
57

homem e mulher. Eles promovem uma infância sem o que eles chamam de ―estereótipos de gênero‖ — masculino e feminino , a fim de construir uma nova sociedade onde é fundamental a total desconstrução do papel tradicional do homem.

A diretora pedagógica do Colégio Sidarta, Claudia Cristina Siqueira Silva, afirma:

Temos uma civilização ainda muito firmada na questão do gênero e isso se manifesta de forma sutil. Quando uma mulher está grávida, se ela não sabe o sexo da criança, compra tudo amarelinho ou verde. Nesse contexto, a tendência é de que a criança, desde pequena, reproduza a visão de que menino não usa cor-de-rosa e menina não gosta de azul. No Colégio Santa Maria, num jogo de futebol, os meninos estavam brincando apenas entre eles. Nesse momento, os pedagogos interviram, para introduzir as meninas no jogo. Orientadora da pré-escola da instituição, Cássia Aparecida José Oliveira, conta:

―Explicamos que não deveria ser assim e começamos a propor, por exemplo, que os meninos fossem os cozinheiros de uma das brincadeiras.‖ Na oficina de pintura, todos foram convidados a usar só lápis cor-de-rosa convite

recusado por alguns. A pedagoga afirmou que nesse ponto muitos meninos dizem: ―Eu não vou brincar disso porque meu pai diz que não é coisa de menino.‖

A medida da pedagoga é convocar os pais para mostrar que eles não devem ficar

chocados, mas aceitar meninos no balé e meninas no futebol. Se eles não aceitam, a pedagoga explica que se todos não combatemos os preconceitos, ―criamos uma

sociedade machista e homofóbica.‖

O Estado de S. Paulo, sem criticar em nenhum momento o abuso psicológico contra as

crianças, diz que essas escolas enfrentam um embate árduo e precisam de ―perseverança.‖ Sua matéria termina mencionando o Colégio Equipe, onde meninos e meninas brincam todos de cabeleireiro e o escritório tudo para desconstruir um mundo chamado pelos pedagogos de ―machista‖ e ―homofóbico.‖ Anos atrás, vi fotos de um menino vestido de menina e brincando de boneca. A mãe, provavelmente ansiando muito ter uma menina, colocou o garoto contra a natureza. Ele

acabou se tornando o principal ativista homossexual do Brasil e se gaba de ter tido relações sexuais com mais de 500 homens.

É isso o que os pedagogos e novas escolas querem para os meninos do Brasil?

Com informações do Estado de S. Paulo.

(*) Fonte:

Blogueiros conservadores alvos de maldosos e perigosos trotes esquerdistas Julio Severo Quem disse que as ameaças dos esquerdistas se limitam a palavrões e ameaças escritas? De acordo com a Fox News, blogueiros conservadores dos Estados Unidos estão dizendo que estão sendo vítimas de um trote terrorista potencialmente mortal. Ligações são feitas para a polícia, em retaliação a artigos conservadores, trazendo como consequência policiais armados na porta dos blogueiros.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

58
58
58 Pelo menos, dois importantes blogueiros conservadores já foram vítimas. Num dos casos, um esquerdista anônimo

Pelo menos, dois importantes blogueiros conservadores já foram vítimas. Num dos casos, um esquerdista anônimo ligou para a polícia se fazendo do blogueiro conservador e dizendo que havia acabado de dar um tiro na esposa. Membros da SWAT, a elite da polícia americana fortemente armada, foram até a casa, mas tudo se resolveu sem confusão. A vítima, o Dr. Patrick Frey, vice- promotor público do Ministério Público de Los Angeles, escreveu sobre o incidente em seu blog Patterico‘s Pontifications.

O incidente mais recente envolveu o blogueiro Erick Erickson. Policiais chegaram ao

seu lar domingo de noite, enquanto ele e sua família estavam jantando.

O caso de Frey foi mais perigoso. Ele foi acordado depois da meia-noite por policiais

que haviam recebido uma ligação que disse: ―Quero fazer a denúncia de um tiro… Atirei nela, na minha esposa‖. A polícia ordenou, com armas apontadas para ele, que ele saísse para fora da casa. Ele foi algemado até que uma busca completa registrasse que sua esposa e filhos estavam a salvo.

registrasse que sua esposa e filhos estavam a salvo. Especialistas nos EUA suspeitam que o autor

Especialistas nos EUA suspeitam que o autor desses trotes perigosos é Brett Kimberlin, que tem recebido financiamento de George Soros e Barbara Streisand entre outros esquerdistas. O histórico de Kimberlin inclui tráfico de drogas, abuso sexual de crianças, perjúrio e falsificação. Ele passou 17 anos na prisão. Hoje, suas atividades contam com vários seguidores, que se ocupam em provocar danos em blogueiros conservadores. Além disso, outros estão imitando os trotes. WND noticiou esta semana que um blogueiro cristão, Brian Camenker, foi vítima de um ativista gay, que acionou a SWAT contra ele, como se ele fosse um terrorista da mais elevada periculosidade. WND também disse: ―Ataques da SWAT contra ministérios cristãos pró-família estão aumentando recentemente, e envolvem alguém usando um programa de telefone e ligando para as autoridades fingindo ser do ministério ou da localidade do líder do

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

59
59

ministério. Eles denunciam um assassinato, tiroteio ou evento semelhante. As equipes da SWAT das jurisdições policiais locais então caem em cima do inocente líder de ministério e sua família com armas em punho, criando elevados níveis de perigo para pessoas inocentes‖. Blogueiros do Brasil, preparem-se: militantes esquerdistas brasileiros adoram copiar os comportamentos mais podres de seus camaradas americanos. A agenda gay que existe hoje no Brasil, por exemplo, é um produto quase 100% importado dos Estados Unidos. Olhando para o que ocorre nos EUA, você sempre terá uma ideia do que os radicais farão no Brasil. Fique de olho: cedo ou tarde eles ficarão sabendo das denúncias falsas à polícia em nome dos conservadores e começarão a dar o mesmo golpe baixo e sujo nos blogueiros conservadores do Brasil.

Em plena Câmara dos Deputados, ativista gay chama cristãos de ―desgraçados‖ Julio Severo Num vídeo (http://youtu.be/8MbJgw6OaEw) divulgado pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), um ativista gay declarou que, na meta de avançar sua ideologia, ele está disposto a pegar em armas contra os cristãos que defendem a família natural. O vídeo foi gravado num seminário promovido pelo deputado federal, Jean Wyllys (PSOL-RJ), em plena Câmara dos Deputados. No vídeo, um raivoso ativista do movimento homossexual, Márcio Retamero, que gosta de usar o título de ―reverendo‖, chama de ―desgraçados‖ e de ―fundamentalistas religiosos‖ os cristãos que defendem a família e a fé cristã. Essa não é a primeira vez que o ―Rev.‖ Retamero, que afirma ser pastor da Igreja Presbiteriana da Praia de Botafogo e da Igreja da Comunidade Metropolitana do Rio de Janeiro (Comunidade Betel), debocha dos cristãos. Em 2009, ele publicou um artigo intitulado Carta Aberta a Júlio Severo - Homofóbico e Fundamentalista Religioso, que segue a linha da sabotagem teológica pró-homossexualismo.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

60
60
60 ―Rev.‖ Márcio Retamero Mas o ―Rev.‖ Retamero não é universalmente anti -evangélico. Sua militância gay

―Rev.‖ Márcio Retamero Mas o ―Rev.‖ Retamero não é universalmente anti-evangélico. Sua militância gay mostra respeito e admiração por evangélicos que, como ele, desprezam o conservadorismo evangélico. Duas mensagens de Retamero demonstram sua grande alegria com o tabloide progressista Genizah:

―Parabéns, mil vezes, parabéns! Gostaria de ler um texto lúcido como o assinado por você em outros blogs na web. O Estado é Laico e a Igreja (no sentido calvinista do conceito) deve, para seu próprio bem, ser separada do Estado. Nós, LGBTs brasileiros e brasileiras, não queremos amordaçar ninguém… O problema é o desiquilíbrio de certos púlpitos e a falta de amor destes para com seres humanos e o elevado amor ao dinheiro como vocês aqui no Genizah denunciam sem piedade, no que fazem muito bem! Mais uma vez, parabéns! Oxalá os protestantes deste país pensassem como você! Rev. Márcio Retamero‖. (Publicado em 9 de maio de 2011 às 00:31 no Genizah.) ―Graça e Paz! Gostei muito do seu artigo, ele me dá muita esperança no futuro, quando leio reflexões como essa que o sr. agora traz. Sou Pastor da Igreja Presbiteriana da Praia de Botafogo e da Igreja da Comunidade Metropolitana do Rio de Janeiro (Comunidade Betel) e sou gay assumido desde que não tive como mais permanecer na IPB por conta da minha orientação sexual e não OPÇÃO sexual, posto que eu e creio que nenhum outro LGBT OPTARIA por ser gay, caso isso lhe fosse oferecido como opção. Seu artigo me trouxe alegria não apenas enquanto pastor gay e de gays, mas enquanto ser humano gay, que não tem medo, nem vergonha de sê-lo, posto que não optei por isso, mas desde que me entendo como gente, sou assim. Homofobia é pecado sim! E obrigado por dizer isso com todas as letras! Saudações em Jesus Cristo nosso Rei, Salvador e Senhor, Rev. Márcio Retamero‖. (Publicado em 19 de janeiro de 2012 às 14:10 no Genizah.) O pastor ―presbiteriano‖ gay tem razões de sobra para se desmanchar em elogios pelo Genizah: os dois se identificam com um calvinismo progressista e têm fobia, ódio, aversão, nojo e difamações para os cristãos conservadores que defendem a família. Para o Genizah e sua quadrilha, o ―Rev.‖ Retamero tem mil e um parabéns, abraços e beijos. Para os cristãos ―homofóbicos‖, ―fundamentalistas‖ e defensores da família natural, sua disposição é outra: uma arma para dar um jeito nos ―desgraçados‖.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

61
61

Atualização em 11 de outubro de 2012: Depois da publicação deste artigo, Retamero imediatamente removeu seu texto ―Carta Aberta a Júlio Severo - Homofóbico e Fundamentalista Religioso‖ do site de sua igreja. Mas uma cópia do mesmo texto está agora disponível aqui:

Feministas assaltam e profanam Catedral de Santiago de Chile 37 comentarios

477

e profanam Catedral de Santiago de Chile 37 comentarios 477 Seguido Manifestante chegou a colocar um

Seguido Manifestante chegou a colocar um sinal de imagem ofensiva na Bem-Aventurada Virgem Maria em

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

62
62
62 SANTIAGO, 26 de julho 13 / 12:50 ( CNA ) -. Centenas de feministas abortistas

SANTIAGO, 26 de julho 13 / 12:50 ( CNA ) -. Centenas de feministas abortistas quebraram na quinta-feira na Catedral de Santiago (Chile) no meio da missa , confessionários destruídos, altares foram pintadoss e imagens, jogadas no lixo e gritaram blasfêmias . Os fiéis presentes, entre os quais estava o prefeito da capital, Carolina Toha, impediram que a profanação chegasse ao altar. Dentro de horas da noite, os fiéis foram celebrar a festa de St. James, em uma missa presidida pelo arcebispo local, Dom Ricardo Ezzati, quando abortistas inesperadamente entrou no templo para completar a sua marcha "Eu aborto em 25 de julho ". Entre os participantes estavam os membros da Articulação Feminista Freedom of Choice, que Isabel Carcamo representante disse à CNN Chile não compartilhar o ataque, mas entendeu "a ira do povo" contra a Igreja , porque o aborto não é legal no país . Hazteoir.org Conforme relatado na marcha não faltam "as provocações de mulheres seminuas ou fetos banners com silhuetas em um fundo de sangue." Uma vez dentro do templo, cerca de 300 abortistas atacaram bancos móveis puxando para a rua, com a intenção de queimar, destruindo um confessionário, e realizando várias pintado no interior do local de culto, pintando "blasfêmia contra Deus e à Virgem e obter ofensiva e ódio contra os católicos ou spray de enchimento do altar de São Miguel Arcanjo ". O Bispo Auxiliar de Santiago, Dom Pedro Ossandón, disse que "estávamos comemorando a missa da festa de São Tiago, é claro, com a presença do Prefeito (Carolina Toha), e também agradecer a muitos católicos que fazem o serviço público uma atmosfera de paz e privacidade, e de repente entraram os manifestantes, ea verdade é que estamos sempre em diálogo, o debate de altura, acredita na razão pela qual Deus nos deu. " "Então, convidou a todos para se manifestar como quiser, mas a fazê-lo no ambiente de um estado de direito, a democracia, respeitando plenamente a dignidade das pessoas", disse ele. Bispo Auxiliar lamentou o que aconteceu e chamou as pessoas que demonstraram "a um clima, especialmente neste momento em que o Chile é escolher candidatos a presidente e parlamento, por favor, cuidado com o Estado de Direito". Finalmente, as feministas abortistas foram expulsos pelos guardas da Catedral e os fiéis, enquanto a polícia dispersou os manifestantes que estavam no exterior, tendo alguns prisioneiros.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

63
63

De acordo com o comandante da Terceira Delegacia de Santiago, Alex Moreno Farfán, vários envolvidos foram presos na rua, como o arcebispo pediu para não operar dentro da catedral, a fim de evitar que a situação se agrave. Funcionários da polícia afirmou que era o crime de dano qualificado monumento nacional. A Igreja vai apresentar uma queixa contra os responsáveis.

Você consegue distinguir das beldades abaixo, qual é mulher e qual é travesti?

das beldades abaixo, qual é mulher e qual é travesti? A Copyright © Todos os direitos

A

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

64
64
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
65
65

B

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

66
66
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
67
67

C

67 C D Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A

D

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

68
68
68 E Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução

E

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

69
69
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
70
70

F

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

71
71
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
72
72

G

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

73
73
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
74
74

H

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

75
75
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja
citado.
Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br
www.antifeminismo.com.br
76
76

I

76 I J Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A

J

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

77
77
77 K Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução

K

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

78
78
78 L RESPOSTAS: A = Travesti B = Travesti C = Travesti D = Mulher Copyright

L

RESPOSTAS:

A = Travesti

B = Travesti

C = Travesti

D = Mulher

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

79
79

E = Mulher

F = Mulher

G = Travesti

H = Travesti

I = Travesti

J = Travesti

K = Travesti

L = Travesti

das Vadias: Crime contra o sentimento Religioso. Denuncie!!! Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

80
80
80 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

81
81
81 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

82
82
82 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

83
83
83 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

84
84
84 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

85
85
85 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

86
86
86 DOS CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO E CONTRA O RESPEITO AOS MORTOS Direito Penal Capitulo

DOS CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO E CONTRA O RESPEITO AOS MORTOS

Direito Penal

Capitulo I

DOS CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO E CONTRA O RESPEITO AOS MORTOS

Considerações gerais

A tutela do sentimento religioso e do respeito aos mortos, abrange-se, de modo geral, a

proteção aos valores ético-social de uma sociedade, ao qual a liberdade é sua força- motriz, pois que esta abrange a liberdade de crença, de culto e de organização religiosa,

em que nossa Constituição Federal, coube tratar, ao passo que o Código Penal, ainda que anterior a Carta Maior, os tutelou em caso de violabilidade, tipificando-os como crime. Assim, numa visão Constitucional, trata-se da dignidade da pessoa humana e seus valores perante a sociedade em ter sua liberdade protegida, deixando a livre escolha de o cidadão optar em seu prospecto filosófico-religioso.

A liberdade de crença trata-se da simples liberdade de consciência, ou seja, do cidadão

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

87
87

optar e manifestar-se de sua religião, como prevê o estatuto Constitucional ―é inviolável

a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos

religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias‖ assim como ―ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de

convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a

todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei‖; (art.5°, VI e

VIII)

A liberdade de culto exterioriza-se com a prática do corpo doutrinário e de seus ritos,

com suas cerimônias, manifestações, hábitos, tradições, na forma que indicada para a

religião escolhida. (art. 5°, VI, CF).

A liberdade de organização religiosa tem dois primados, um refere-se a organização da

igreja em seu espaço físico como também a profanação de sua crença, separando aos ditames ideológicos com o Estado, devido seu laicismo declarado (art.19, CF) Por fim, pujante as breves considerações gerais acima colocadas quanto aos delineios

endo-constitucionais a temática, cumpre-se promover o Capitulo I do Código Penal.

DOS CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO

ULTRAJE A CULTO E IMPEDIMENTO OU PERTUBAÇÃO DE ATO A ELE

RELATIVO

Art. 208. Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso;

Pena detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.

Parágrafo único. Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente violência.

Bem jurídico: Tutela-se a liberdade individual de ter a crença e culto, seu sentimento religioso, independentemente da religião professada.

Sujeitos do delito: O sujeito ativo pode ser qualquer pessoa, pois trata-se de crime comum. O sujeito passivo é a pessoa que sofre com o escarnecimento, assim como a perturbação, impedimento de cerimônia ou prática de culto religioso, como também o vilipendio. Portanto, são pessoas determinadas que são vítimas, pois tanto pode ser um sacerdote, crente, rabino, padre, freira, pastor, ministro, assim como a toda a coletividade praticante da atividade religiosa.

Tipo objetivo: há três condutas diversas previstas no artigo 208 que configuram o delito,

vejamos:

a) Escarnecer alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa: O

legislador na sua feitura de promover seu domínio com a língua pátria utilizou a palavra escarnecer ou mesmo dizer: zombar, achincalhar, troçar, mofar, ridicularizar, fazer pouco, ofender alguém publicamente em virtude de crença ou função religiosa, ao qual

a crença é a fé religiosa e a função é sinônimo de cargo, exercida por pessoas

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

88
88

determinadas como já dito anteriormente. A publicidade da ofensa entende-se, na presença de varias pessoas ou de maneira que a chegue ao conhecimento delas.

b) Impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso: Impedir é paralisar,

impossibilitar, evitar que se comece cerimônia ou pratica de culto religioso; Perturbar é atrapalhar, estorvar, tumultuar, desorganizar, atrapalhar, embaraçar culto ou cerimônia religiosa. Vem a convir que cerimônia é o ato solene e exterior do culto (ex. missa, procissão, batismo, casamento) e quanto a pratica de culto religioso é o ato religioso não solene (ex. reza, ensino de catecismo, novena, oração coletiva, sessão espírita). Portanto, a exemplos fáticos são: efetuar disparo com arma de fogo, provocando barulho para que os demais fiéis não possam ouvir o sermão do padre (RT, 419/293); palavrões proferidos por pessoa embriagada e de shorts que irrompe na igreja durante a missa (RT, 491/318); altos brandos durante casamento que provocam a abreviação da cerimônia (RT, 533/394). Cabe aqui ressaltar, que se configura o delito se houver uma alteração material capaz de impedir ou perturbar cerimônia ou culto religioso,

porquanto, em sua substancia não configura como tal um simples desvio de atenção.

c) Vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: A palavra vilipêndio

consiste em desprezar, menoscabar, aviltar, desdenhar, injuriar, ultrajar, portanto, pode ser praticada em ato de culto religioso por palavras, escritos ou gestos e que seja cometido na presença de várias pessoas ou de maneira que chegue ao conhecimento

delas, ou mesmo pode ser praticado contra objeto de culto religioso a que prestam como

o altar, púlpito (tribuna), cálice, crucifixo, livros litúrgicos, turíbulos (Vaso suspenso por pequenas correntes, usado nas igrejas para nele queimar-se o incenso; incensório), aspersório (Instrumento de metal ou madeira que se mergulha em água-benta para aspergi-la sobre os fiéis na igreja).

Elemento subjetivo: Em todas as condutas acima é representado pelo dolo (vontade livre e consciente) de modo especifico, já que inexiste modalidade culposa.

Consumação: Trata-se de delito material, com o escarnecimento, independentemente do resultado; com o efetivo impedimento ou perturbação; com o vilipêndio, sendo este material ou de simples conduta.

Tentativa: É admissível, em todas as condutas moldadas nos eixos do art.208, CP.

Causa de aumento de pena: Será aumentada de um terço se houver violência, seja contra

a pessoa como o objeto, mas além dessa causa de aumento de pena, o agente

responderá, em concurso material de crimes, delito correspondente à sua conduta violenta como lesão corporal, dano, etc; sendo assim será forma majorada dos crimes contra o sentimento religioso devido ao emprego de violência.

Pena: Trata-se de crime de menor potencial ofensivo, conforme dispõe a Leis 9.099/95 e

a 10.259/01, aos quais a pena máxima não importe a ser superior a dois anos, ainda que esteja a majorante de um terço presente.

Suspensão condicional do processo: é cabível no caput e no parágrafo único (art.89 da Lei 9.099/95)

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

89
89

Ação penal: publica incondicionada, promovida e movimentada pelo Ministério Publico; órgão incumbido pela persecutio criminis in judicio

Procuro Namorada

Tenho casa, carro, bom ordenado, ou seja, tenho tudo. Tu não é necessário que tenhas nada. Mas isso sabes fazer muito bem. Tu dedica-te a queixares-te de tudo, a fazer-te de vítima, a gastar dinheiro e a viver bem. Tenho a certeza de que concordarás comigo de que é um bom plano para o casamento ou convivência. Bem ao fim de um ano de termos casado, por exemplo, pedes o divórcio. Por essa altura já serás mãe mesmo que

eu não seja pai. Tu entendes. O passo seguinte é acusares-me de abuso sexual infantil e de te maltratar física e psicologicamente. Depois ficas com a minha casa, com o meu ordenado e com quem de certeza não será o meu filho. Enfim, procuro uma mulher a sério: uma feminista. Uma mulher que saiba quais são os

seus direitos e que não esteja disposta a que nenhum homem se resista a cedê-los. Uma "mulher" que defenda e imponha o seu direito a apropriar-se da propriedade dos homens, do suor de sua testa. É que o trabalhador não é convosco. Nunca acharam piada. Nunca foi o vosso gênero. Agora, graças à colaboração da maioria dos partidos políticos podem exercer o vosso legítimo direito ao roubo porque no fim de tudo, sempre se tratou disso, não é assim? Vocês sabiam-lo, nós sabiamo-lo e agora toda a gente o sabe.

O casamento e a convivência passou de ser um negócio por norma a ser uma simples

questão de abordagem, saqueio, pilhagem e de fazer prisioneiros e escravos. Aproveita a circunstância. Será grátis porque gozam de toda a proteção e cobertura política-jurídica- mediática possível. Aproveita até que a revolução comece a revogar as leis feministas, ou seja escravagistas. Aproveita porque então as delinquentes e criminosas começarão a

ser consideradas delinquentes e criminosas.

Revolução Antifeminista!

www.revolucionantifeminista.org

13/08/2013 - 8:39 - Atualizado em 13/08/2013 - 8:40 Boneca de Rachel Sheherazade é queimada durante Marcha das Vadias

Os manifestantes são contra as opiniões conservadoras da jornalista do SBT.

por Leiliane Roberta Lopes

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

90
90
90 Boneca de Rachel Sheherazade é queimada durante Marcha das Vadias A jornalista Rachel Sheheraze foi

Boneca de Rachel Sheherazade é queimada durante Marcha das Vadias A jornalista Rachel Sheheraze foi alvo de críticas das participantes da ―Marcha das Vadias‖ que aconteceu no último sábado (10) em Campina Grande, Paraíba, estado onde a âncora do SBT nasceu. Mais de 200 pessoas participaram do evento que tinha como objetivo chamar a atenção da sociedade para os direitos da mulher. Com faixas, cartazes e corpos pintados os manifestantes pediam entre outras coisas a liberação do aborto e o fim da violência contra a mulher. Sheherazade teve uma foto sua colocada no rosto de uma boneca que foi queimada para mostrar a insatisfação das mulheres paraibanas com as posições consideradas como conservadoras da jornalista. As posições sobre política e religião que Rachel emite durante o programa SBT Brasil são bastante criticadas por movimentos liberais como é o caso das organizadoras da ―Marcha das Vadias‖. Na segunda maior cidade paraibana o evento feminista é organizado por Evellyn Lima que explicou o posicionamento da Marcha, mas não sobre o protesto contra a jornalista. ―A principal luta é pelo fim da violência contra a mulher, mas todas as pautas do movimento feminista estão incluídas e vários movimentos sociais estão aqui reunidos, para juntar toda a população em torno dessa luta‖, disse ela de acordo com o site Pragmatismo Político.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

91
91

P.S: Na Marcha das Vadias de

 

Guarulhos as feministas ameaçaram

 

invadir e depredar a catedral,

 

vandalismo esse que só não aconteceu

 

porque o Pároco pediu reforço policial

dias antes. Na Marcha das Vadias do Rio

de Janeiro as feministas vilipendiaram e

 

destruiram símbolos católicos. E agora

elas queimaram uma boneca

 

representando uma jornalista MULHER

 

do SBT? É assim que o feminismo

 

protesta contra a violência contra a

 

MULHER? Desejando queimar viva

 

uma MULHER INOCENTE? A

 

Inquisição católica acabou há séculos;

 

mas agora estamos vivendo a Inquisição

 

feminista, que queima na fogueira quem

discorda delas. Só idiota para apoiar

 

essas feministas. Quando é que as

 

autoridades vão tomar uma providência

 

e prender essas feministas

 

CRIMINOSAS e incitadoras do ÓDIO E

 

DA VIOLÊNCIA?

 

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

92
92
92 O Feminismo e as doenças das mulheres Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

93
93
93 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

94
94
94 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
94 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

95
95

Eu estou elaborando uma teoria, baseada no Distúrbio de Déficit de Atenção, ou Disfunção Cerebral Mínima, que pode dar uma explicação cientifica para o fenômeno das mulheres só se atraírem por bandidos e cafajestes. Eu acredito que as mulheres sofrem de algo parecido com o DDA. As pessoas com esse distúrbio só conseguem ligar e ativar os seus córtex cerebral, quando estão submetidas a altas doses de emoções negativas (medo, raiva, ansiedade), então, tais pessoas inconscientemente se metem em problemas porque a tensão emocional faz com que elas ativem seus córtex cerebrais. Quem sofre desse distúrbio, precisa tomar para o resto da vida um medicamento chamado Ritalina, porque senão, elas sempre dependerão das emoções negativas para ativar seus córtex. Vejam bem, que eu não tenho certeza se a explicação é isso mesmo, isso é só uma hipótese, uma teoria, que precisaria ser testada pelo método científico para ser comprovada ou invalidada. Mas pelo que eu já pesquisei em diversos livros, eu acredito que essa minha hipótese é bem razoável e tem chances de ser verdadeira. Nesse caso, para curar as mulheres, bastaria darmos a ela dois comprimidos de Ritalina por dia, um de manhã e outro à tarde e elas iriam parar com tantas putarias irracionais. Antes que as feministas venham me criticar aqui, eu quero dizer que eu mesmo tenho Déficit de Atenção. Uma das características de pessoas com DDA, é que elas conseguem se concentrar facilmente nos assuntos que naturalmente interessam a elas. No entanto, quando elas precisam se concentrar em outros tipos de assunto, que não interessam naturalmente a elas, tais como as matérias da escola, física, matemática, ou geometria ou então os problemas do cônjuge, simplesmente o córtex pré-frontal permanece desligado e a informação é incapaz de ser processada. Por isso foi muito dificil para mim descobrir que eu tinha Distúrbio de Déficit de Atenção, porque eu sempre li muitos livros, sempre comprava dezenas e centenas de livros e devorava-os. Mas as matérias da escola e Universidade eu não conseguia me ligar e estudá-las. Naquela época eu só conseguia estudar quando eu ficava totalmente apavorado. Portanto, para mim, estudar era como caminhar num calvário. Doía, era desagradável. Mas mesmo assim, aos trancos e barrancos eu consegui me formar. E cerca de uns dois anos depois de estar formado, eu estava lendo uma revista de musculação que tinha um artigo sobre o neurotransmissor dopamina e numa parte do artigo estavam falando de algo que acontecia comigo: Quem tem deficiência de dopamina no cérebro, não consegue estudar por vontade própria, mas consegue ler facilmente assuntos que naturalmente a interessem. Então, eu fui pesquisar sobre dopamina, achei a Ritalina e o Déficit de Atenção. Comprei um livro do Dr. Daniel G. Amen: "Transforme seu cérebro, transforme sua vida" e eu percebi desde as primeiras páginas que o meu caso era um caso clássico de pessoa que sofre de DDA, ou Distúrbio de Déficit de Atenção. Então eu tentei comprar a Ritalina em uma farmácia e me informaram que só poderiam vender se eu apresentasse uma receita amarela. Daí eu liguei para todos os consultórios médicos da minha cidade perguntando se o médico tinha receita amarela e descobri um psiquiatra que tinha, então marquei consulta com ele, e ele também concordou que o meu caso era de DDA e me receitou três caixas de Ritalina. Quando eu tomei o primeiro comprimido de Ritalina, eu peguei uma apostila de Direito Constitucional e comecei a ler, então depois de um certo tempo eu fui olhar para o relógio e tinha passado 4 horas!!!! E eu nem tinha percebido. Eu nunca havia conseguido estudar antes mais do que 15 minutos seguidos, sem me distrair e dessa vez, eu havia estudado 4 horas seguidas, sem parar, sem me cansar e depois eu ME LEMBRAVA DE TUDO QUE HAVIA ESTUDADO. Me deu vontade de chorar, porque eu só fui descobrir a Ritalina

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

96
96

dois anos DEPOIS de estar formado na faculdade. Ou seja, durante toda a minha vida escolar eu tive que conviver com uma doença incurável: o DDA, que impedia o meu cérebro de funcionar corretamente e durante toda aquela época eu só culpava a mim mesmo pelos meus fracassos acadêmicos. No ano passado, eu usei duas caixas de Ritalina e estudei por cerca de um mês para um concurso publico na Universidade onde trabalho e passei em 2º lugar. Mesmo sem eu ter títulos para contar pontos na prova de títulos, eu passei em 2º lugar, e estudei só por um mês, mas eu estudei tomando Ritalina. Mas o que a Ritalina faz? O cérebro humano tem três partes: o córtex pré-frontal, o sistema límbico e o cérebro reptiliano. Este último, o reptiliano é a parte central do cérebro e também a mais primitiva. Essa parte do nosso cérebro é igual à que tem em répteis e anfibios, tais como jacarés, crocodilos, cobras e é responsável pelas funções básicas de funcionamento do organismo: visão, olfato, instintos, fome, digestão, etc. Cobrindo essa parte, se encontra o sistema límbico, que é comum aos seres humanos e aos mamíferos e é responsável pelas emoções e sentimentos desses animais. Por essa razão nós conseguimos fazer amizade com um cachorro; mas não conseguimos cativar uma cobra ou um crocodilo, mesmo que os criemos desde pequenos. As cobras não têm sistema límbico e, portanto, não possuem emoções. Já os cachorros e outros mamíferos, possuem um pequeno sistema límbico, o que permite a eles se conectarem a outros seres, emocionalmente. Por fim, na parte mais externa do cérebro se encontra o córtex cerebral, ou córtex pré-frontal, e que é responsável pela razão nos seres humanos. Apenas a raça humana possui córtex pré-frontal. Mas uma pessoa como eu, e como as feministas, que tem Déficit de Atenção, conseguem usar o córtex pré-frontal apenas se sentir uma forte emoção oriunda do sistema límbico, ou então, se tomar Ritalina. Mas a pessoa normal ativa o córtex quando ela quer, sem ter que recorrer a esses truques de emoção ou de medicamento. Então, muitas pessoas, homens e mulheres, que sofrem de Distúrbio de Déficit de Atenção, passam a dedicar as suas vidas a atividades extremamente perigosas, pois elas precisam da emoção do perigo, para ativarem os seus córtex. Elas fazem isso inconscientemente. Muitos criminosos se dedicam ao crime por causa disso, porque precisam das fortes emoções de medo e fuga da policia para ativarem seus córtex.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

97
97
97 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

98
98
98 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

99
99
99 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

100
100
100 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

101
101
101 Vejam só os casos dos traficantes de drogas e consumidores de cocaína. Muitos dos que

Vejam só os casos dos traficantes de drogas e consumidores de cocaína. Muitos dos que usam cocaína são pessoas que sofrem de Déficit de Atenção e o uso da cocaína ativa os córtex cerebrais daquelas pessoas e é só por isso que existem tantos viciados em cocaína hoje em dia. O problema é que a cocaína é uma molécula degenerativa, além de ser fabricada em condições de pouca higiêne, misturada a pó-de-vidro e outras substãncias letais. Então, os viciados em cocaína jamais vão abandonar a droga, porque eles sentem que o cérebro deles funciona melhor quando eles usam a cocaína e é verdade; mas como a cocaína é uma droga clandestina, mal feita, ela ativa o cérebro ao mesmo tempo que o estraga. É como colocar nitroglicerina misturado na gasolina do carro. Nós vamos conseguir correr o dobro do que normalmente correríamos com o carro; mas o motor vai estragar totalmente e arrebentar todo. Já a Ritalina, ela ativa o córtex cerebral sem causar os maleficios da cocaína. Além de ser muito mais barata, é um medicamento seguro, pois ele existe no mercado desde 1950 e já foi amplamente testada e estudada. O Déficit de Atenção também explica a existência de tantos alpinistas, exploradores que buscam perigo, corredores de automóveis que vivem de adrenalina, e até mesmo criminosos, que só se sentem bem, quando se sentem mal, quando sentem que a policia está perseguindo eles e que suas vidas serão arruinadas se forem capturados. Mas nem sempre a busca por confusão nas pessoas com DDA é tão dramática a ponto de ter que chamarmos a policia. Na grande maioria dos casos, essas pessoas se contentam em

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

102
102

provocar um inferno emocional nos seus amigos e familiares, através de constantes

discussões, birras, para receberem deles respostas igualmente emocionais, que vai agitar seus cérebros e dar a eles a estimulação mental que tanto precisam. Por isso que mulheres com DDA se metem em confusão o tempo todo, brigam com o marido, arranjam amantes e fazem questão de serem descuidadas, porque inconscientemente elas querem ser pegas pelo marido, porque as broncas e brigas do marido a farão ter um medo tão grande que vai ativar o córtex pré-frontal dela e mesmo que ela não admita, é

só isso que ela quer ao ter um amante.

Para muitas mulheres, é necessário também combinar outro medicamento para reprimir

as emoções negativas do sistema límbico: algum antidepressivo pode resolver esse

problema. Também é importante para a mulher ir no ginecologista e no endocrinologista e fazer um exame de sangue para verificar o equilibrio hormonal do seu organismo, porque o desequilibrio desses sistemas também são os responsáveis pela instabilidade emocional de muitas mulheres e são os culpados de muitos divórcios e separações, que poderiam ter sido facilmente evitados, se a mulher tivesse apenas tomado um simples comprimido por semana. Vejam abaixo uma descrição da TPM das mulheres:

―Todos os meses, tenho os piores dias da minha vida. Minhas pernas incham e minhas costas doem, mas o pior é a sensação de tristeza extrema como se nada fizesse sentido. Ninguém entende minha irritação nem tem a obrigação de entender. Porém, isso está além das minhas forças e só passa depois da menstruação‖. Esse é o desabafo da leitora Ana Cristina, 35 anos, profissional liberal. Se você se reconhece nessa declaração e está na TPM, antes de comer o último bombom da caixa, saiba que existe tratamento para esse mal, que atinge 80% das mulheres do planeta.

Principais sintomas

Tristeza, choro fácil (até assistindo comercial de margarina), irritabilidade, compulsão por doces, diminuição do desejo sexual, distúrbios do sono, dor nas mamas e retenção de líquidos. Esses sintomas começam na segunda fase do ciclo menstrual, de 15 a 10 dias antes da menstruação, e terminam logo que ela chega. Carolina Ambrogini, ginecologista, obstetra e sexóloga da Unifesp, ouve frequentemente relatos de mulheres que sofrem com a TPM. ―Este desequilíbrio é muito individual, de acordo com a sensibilidade de cada mulher, por isso umas têm TPM e outras nem sabem o que é isso‖, avalia. A especialista afirma que os tratamentos também variam. A mulher pode escolher não menstruar usando métodos contínuos, como a pílula, o implante ou DIU hormonal, sem prejuízos à saúde. ‖Para quem quer continuar menstruando, é possível adotar medidas simples, como a prática de atividade física e evitar a ingestão de alimentos excitantes‖, complementa.

Tratamentos

A ginecologista informa que os casos leves podem ser tratados com fórmulas com

cálcio, magnésio e vitamina E, além dos ácidos gamalinoleicos. Os quadros mais graves, que comprometem a qualidade de vida da mulher, podem exigir o uso de

antidepressivos no período da tensão, que vão equilibrar os neurotransmissores que estão oscilando.

A médica garante que a visão da medicina em relação à TPM mudou bastante, assim

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

103
103

como houve avanços no tratamento. ―Hoje, a TPM não é mais encarada como uma ‗frescura‘. Há muita pesquisa e produtos desenvolvidos pensando nisso, como certas pílulas anticoncepcionais e antidepressivos de tomada única (sete doses em um único comprimido de liberação lenta)‖, destaca.

Afinal, o que é a TPM?

- É um desequilíbrio em alguns neurotransmissores, como a serotonina, que regulam o humor.

- Isso acontece da seguinte forma: quando a mulher ovula, produz um hormônio que se chama progesterona, preparando o corpo para uma possível gravidez.

- Quando isso não ocorre, por volta de uns sete dias antes da menstruação, a

progesterona e o estrogênio começam a diminuir, o que gera o desequilíbrio nos neurotransmissores, prejudicando o humor e a sensação de bem-estar. E isso são apenas os problemas orgânicos e hormonais. Agora somem a esses os incontáveis distúrbios psicológicos que as mulheres têm: complexo de inferioridade, complexo de superioridade, depressão, fobia, paranóia, sindrome de tourette, possessão diabólica e jogue a culpa de todas essas doenças no homem (objetivo do feminismo) e continue sofrendo em paz, com a certeza de que você estragou o dia e a vida de um homem inocente que não tinha nada a ver com os seus problemas. Some-se ainda as numerosas falhas morais que as mulheres possuem: de sempre mentir, distorcer a realidade, discutir por coisas bobas, serem atraídas por cafajestes, nunca admitirem a própria culpa em nada, infernizar a vida psicológica dos homens, enfim, se eu fosse continuar aqui falando dos defeitos psicológicos das mulheres, esse post não teria fim nunca. Agora, nem vou falar dos defeitos físicos, menstruação, fraqueza muscular, celulites, gorduras localizadas etc, etc. As mulheres são naturalmente e biologicamente complicadas e contraditórias. Temos que ter paciência com elas; mas haja o que houver, não podemos deixar elas terem as decisões finais, pois é quase certo que elas vão decidir pelo absurdo e pelo irracional.

As mulheres são complicadas não é? Mas calma, que nós homens aguentariamos todas as putarias acima de bom grado, afinal, tudo o que eu descrevi acima já faz parte da constituição inerente a TODAS AS MULHERES. Então, no fundo, não é culpa delas serem tão malucas desse jeito. O problema surge, quando aparece um movimento ideológico de fanatismo, chamado de feminismo, que vem e quer colocar toda a responsabilidade pelas loucuras e insanidades femininas em cima dos homens. Toda a responsabilidade para os homens; mas todos os direitos para as mulheres. Todos os deveres para os homens; mas todos os privilégios para as mulheres. Todo o sofrimento para os homens; mas todo prazer para as mulheres. É como se um homem e uma mulher concordassem em pedir uma pizza e rachassem em meio a meio o pagamento. Ai, quando chega a pizza, a mulher fala: Agora, vamos dividir a pizza por dois: eu fico com a pizza e você fica com a embalagem. Isso é o feminismo, esses são os "direitos iguais"

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

104
104

que as feministas querem. Todo prazer para elas; e todo sofrimento para os homens. As feministas têm usado essa tolerância que os homens têm para com as mulheres, para se aproveitarem e conseguirem direitos que não são devidos a elas. Ora, as mulheres feministas atuais não merecem mais privilégio nenhum, porque primeiro, elas renegaram seu papel de mães, fazem abortos, infanticidio, se esterilizam antes de terem tido qualquer filho, então, por que razão a sociedade moderna ainda teima em proteger as mulheres? Na próxima guerra que houver, as mulheres deverão ser convocadas para as batalhas na mesma proporção em que os homens são convocados, porque a mulher moderna não quer mais ser mãe, então, não há mais lógica em querer proteger uma lésbica seja na guerra ou na paz, ela nunca será mãe, nunca contribuirá para a perpetuação da espécie. Então, que contribua dando a própria vida em defesa da pátria, se houver uma guerra, assim como é exigido dos homens e sempre foi exigido dos homens em todos os países. As mulheres sofrem com as flutuações hormonais mensais, provocando variações tremendas de humor; mas nós homens não temos mais a obrigação de sermos compreensivos e tolerantes com os defeitos e as TPMs das mulheres. Olho por olho, dente por dente. O sofrimento físico, amoroso, sentimental e psiquico dos homens são constantemente ridicularizados e minimizados pelas mulheres feministas e agora elas querem que nós tenhamos compreensão pelo sofrimento das feministas?

feministas? Por que as feministas odeiam Margareth Thatcher? Por que as feministas odeiam Margareth Thatcher? De

Por que as feministas odeiam Margareth Thatcher?

De acordo com as Feministas, Margareth Thatcher era uma "Reaça":

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

105
105
105 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

106
106
106 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
106 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

107
107
107 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

108
108
108 Porque é que as feministas odeiam a Margaret Thatcher? Quando se fala da versão feminista

Porque é que as feministas odeiam a Margaret Thatcher?

108 Porque é que as feministas odeiam a Margaret Thatcher? Quando se fala da versão feminista

Quando se fala da versão feminista da história (desculpem: herstory), louvor seja dado à Gloria Steinem. Ela fundou uma revista que ninguém lê. Grande aplauso à Billie Jean King, a tenista que provou que uma jovem profissional poderia vencer um homem de 55 anos. Que tal uma salva de palmas para Indira Gandhi e Hillary Clinton? Elas provaram que

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

109
109

se pode chegar ao poder agarradas às abas do papá ou do marido.

Celebremos também a Oprah Winfrey, que provou que se pode contorcer conversa de chacha mística, conversa de "poder" vazia de conteúdo e um perpétuo complexo de vítima até se chegar a um negócio de milhões de dólares.

Mas

filme com o nome de "The Iron Lady"? Quando se fala na Margaret Thatcher, as feministas ficam silenciosas. Recatadas até. Elas geralmente deixam que os homens tomem conta da conversa enquanto elas se mudam para o quarto ao lado.

e a mulher mais importante do século 20, Margaret Thatcher, alvo dum do

Ou pior, elas atacam-na.

Durante a sua campanha para liderar a Grã-Bretanha, em 1979, um slogan popular emitido pelas feministas dizia:

Nós queremos o direito das mulheres e não mulheres da direita.Isto demonstra que o feminismo é uma ideologia que trabalha para a esquerda política e não um movimento que tem em vista o bem da mulher em si. Mas em 1983 as coisas ficaram piores quando os esquerdistas apenas diziam ―Ditch the bitch.‖ Uma colunista afirmou a visão feminista em torno da Dama de Ferro:

Ela pode ser uma mulher mas ela não é uma irmã.Ou seja, como ela não sacrifica no altar do feminismo, ela não faz parte da irmandade feminista. No parlamento inglês os oponentes qualificavam-na de ―Attila the Hen‖ (hen = galinha em inglês). Mas Margaret Thatcher respondeu às feministas bem ao seu estilo:

Não devo nada ao movimento de libertação das mulheres. As feministas odeiam-me, não é? Não as posso culpar uma vez que odeio o feminismo.

É puro veneno. Fonte

.

.

.

.

.

Ou seja, uma das mulheres mais bem sucedidas da história da humanidade é rejeitada pelas horríveis feministas pelo simples facto dela ser uma mulher que não alinha com a esquerda política. Isto suporta a tese de que o feminismo é um produto político elitista da esquerda e não algo que genuinamente nasceu duma necessidade real e fundamental das mulheres.

Depois que eu vi a Marcha das Vadias, eu achei que não havia jeito do feminismo descer mais baixo. Eu pensei: O que mais as feministas poderiam fazer para se degradar mais ainda? Então eu descobri uma tal "Marcha da Vagina" que as feministas fizeram na Espanha. Eu sou um homem sensato, reconheço quando eu estou errado e eu estava errado ao imaginar que não havia como o Feminismo descer mais baixo. As feministas deveriam ganhar o Prêmio Ignobel da Ciência da Baixaria. Mas não é sobre isso que eu quero falar hoje. As feministas estão percebendo que alguns

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

110
110

homens e muitas, mas muitas mulheres mesmo, estão começando a questionar as falácias do feminismo, estão surgindo alguns sites que criticam o feminismo e Páginas do facebook e outras redes sociais que ridicularizam o feminismo, e as feministas estão furiosas com isso. Ou seja, nós homens não podemos criticar as mulheres feministas nem de brincadeira; embora elas critiquem os homens em livros, revistas, jornais, TV e internet há várias décadas. Um dos humoristas mais criticados pelos temas que aborda é Rafinha Bastos, na minha opinião um dos maiores ícones do Stand-Up Comedy brasileiro. Isso porque ele, de fato, trata de assuntos ainda mais polêmicos do que as loiras, os gaúchos ou os portugueses. Muitos veículos de imprensa criticaram números nos quais Rafinha fez humor com assuntos como o estupro que é, sem dúvida, um dos crimes mais reprováveis previstos na legislação penal do país.

Entendo ser importante a consciência de que o humor,

inevitavelmente, afetará algum grupo de pessoas. Não se

pode fazer graça sem um alvo, como eu já havia dito.

Há alguns meses atrás, logo depois da demissão do ator Charlie Sheen da série Two and Half Men, eu assisti um Roast do Charlie Sheen, onde apareciam vários atores, esportistas e pessoas famosas convidadas e cada uma delas detonava com os outros presentes e com o próprio Charlie Sheen. Mas o Charlie não estava contrariado e nem zangado com as inúmeras piadinhas sobre ele; ao contrário, quanto mais os convidados ofendiam o Charlie, mais gargalhadas ele dava. Depois, no final, foi a vez do Charlie dar o troco e ele detonou com cada uma das pessoas que fizeram as piadinhas sobre ele. Tudo dentro do humor. Ai está o que deve ser feito se uma feminista se sentir ofendida com alguma piadinha. Retribua fazendo uma outra piadinha contra o cara que debochou de você. Agora, querer censurar a internet, proibindo os homens de debocharem do feminismo e das feministas é uma sandice que só poderia ter saído do cérebro de uma feminista mesmo. Primeiro, porque não adianta tentar censurar a internet. Se duvida, pergunte para a Xuxa e a cruzada dela contra a playboy em que ela apareceu pelada nos anos 80. A internet é como mijar na piscina. Depois que você mijou na piscina, não tem mais como tirar o mijo de lá. Depois que você colocou uma coisa na internet, não tem mais como você tirar de lá. É a mesma coisa que eu vi há alguns dias atrás que algumas feministas estavam querendo censurar os livros do Nessahan Alita. Basta analisarmos os precedentes: a Xuxa tentou censurar a playboy em que ela apareceu nua; mas não conseguiu até hoje. Os judeus tentaram censurar o livro: "Os Protocolos dos Sábios do Sião" na internet; mas até hoje não conseguiram. Quer dizer, se nem os judeus, que possuem o controle da internet (os donos do google são judeus), que são os donos das agências de noticias e dos principais jornais, emissoras de TV, estúdios de cinema, que são os governantes do Estado de Israel, que são os que comandam o Mossad, o serviço secreto de Israel, que mata desafetos em qualquer país do mundo, se nem os judeus conseguiram censurar os Protocolos dos Sábios do Sião, será que alguma feminista acha que vai conseguir censurar na internet os livros do Nessahan Alita? Ou mesmo os meus livros sobre como combater o feminismo? Para quem não sabe, os Protocolos dos Sábios do Sião é um livro apócrifo que descreve um plano dos judeus para dominar o mundo. Adolf Hitler leu os Protocolos dos Sábios do Sião na sua juventude e passou a dedicar a sua vida para impedir que o Plano descrito nos Protocolos se

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

111
111

realizasse. É por causa dos Protocolos dos Sábios do Sião que Hitler odiava os judeus e quis exterminá-los da face da Terra. E justamente por ter servido de inspiração para os nazistas perseguirem os judeus, a comunidade judaica mundial conseguiu censurar esse livro durante todo o resto do século XX e conseguiram impedir a divulgação do mesmo e até a publicação dos Protocolos. No entanto, com o advento da internet, os Protocolos dos Sábios do Sião estão disponíveis integralmente para qualquer um que faça uma simples busca no Google. O site da Radio Islam é um dos sites que disponibilizam o texto completo dos Protocolos dos Sábios do Sião. Mas e por que eu falei dos Protocolos e da Playboy da Xuxa? Ora, se nem eles, que são muito mais poderosos, ricos, inteligentes, articulados, do que as feministas, se nem eles, conseguiram censurar um livro que os critica, o que faz uma feministazinha barrela acreditar que será capaz de censurar os livros do Nessahan Alita? O que faz as feministas acreditarem que vão impedir os homens de debocharem delas, e de usarem o humor contra o totalitarismo nazifeminista delas? Vejam abaixo o Roast do Charlie Sheen e vejam o tanto que ele foi humilhado e ridicularizado:

Mais de The Roast: Charlie Sheen

Embed

o a s t : C h a r l i e S h e e

Assistir videos de

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

112
112
112 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

113
113
113 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

114
114
114 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

115
115
115 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
115 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

116
116
116 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

117
117
117 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

118
118
118 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

119
119
119 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

120
120
120 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

121
121
121 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

122
122
122 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

123
123
123 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

124
124
124 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

125
125
125 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

126
126
126 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

127
127
127 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

128
128
128 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

129
129
129 As Feministas debocharem dos homens tudo bem; mas quando os homens debocham das feministas, ai

As Feministas debocharem dos homens tudo bem; mas quando os homens debocham das feministas, ai não pode?

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

130
130
130 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

131
131
131 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta
131 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

132
132

Monte Atos: Um Micropaís Machista

uma nação feminista Monte Atos: Um Micropaís Machista Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

133
133
133 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

134
134
134 Imaginem um país onde o movimento feminista não existe. Esse país existe e ele se

Imaginem um país onde o movimento feminista não existe. Esse país existe e ele se chama Monte Atos. É uma micronação, um estado Teocrático da Igreja Ortodoxa, que fica no meio da Grécia, assim como o Vaticano fica no meio da Itália.

Monte Atos é um país habitado exclusivamente por monges ortodoxos. Não existe nenhuma mulher no território inteiro do país. Até as fêmeas de animais são proibidas de habitar Monte Atos. A restrição contra as mulheres é tão grande, que lá até as mulheres turistas são proibidas de visitar o país. Este Estado Teocrático têm cerca de 371 quilômetros quadrados e cerca de 1500 habitantes, todos homens e todos monges ortodoxos.

A idéia de impedir a entrada de mulheres no território "santo" é relacionada com o pecado

original. Os monges não perdoam Eva, por esta ter induzido Adão a comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Os monges continuam a ver na mulher a perpetuação do pecado e da desobediência. Karyai é a capital administrativa, sede do governo civil e eclesiástico da república. O porto é a pequena cidade de Daphni. Para poder visitar os mosteiros, os turistas (todos homens, é claro) têm que tirar um passaporte especial que é chamado de "Diamonitírion". Nos mosteiros não se come carne, somente peixe, legumes e frutas. Os monges são autosuficientes na produção de alimentos. Já o vinho é permitido a todos. Monte Atos chegou

a ser habitado por cerca de 7 mil monges, mas hoje em dia, graças à crise financeira, vivem lá cerca de 1500 pessoas.

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

135
135

OWK: Um micropaís Feminista:

OWK foi fundada oficialmente em 01 de junho de 1996 [2] e era aberta aos visitantes até à Primavera de 1997, após dois anos de construção custando £ 2 milhões. [3] The Other Kingdom Mundo forneceu uma D / s ambiente de um tamanho e consistência não disponíveis em qualquer outro serviço no mundo. [4] A terra e os edifícios foram colocados à venda em 2008, com um preço inicial de € 8.000.000. [5] Os dados de venda sugeriam que a propriedade era adequado para uso como um hotel, restaurante, residência ou casa de pessoas de idade. [6]

Governo

O OWK é um matriarcado , onde as mulheres governam. O estado também tem forte BDSM e

A meta do estado "é conseguir o

máximo de criaturas masculinas sob o domínio ilimitado

da Mulher Superior em um território tanto quanto

possível".

[2]

O

leis e outras questões legais. Seus outros papéis incluem "Administrador Sublime Supreme" ("supervisão sobre todas as atividades dentro da área e do Gabinete do Administrador do Supremo"), "Administrador Sublime do Tesouro" (As questões financeiras) e do tribunal da Rainha e guarda da rainha. [ 2], [7] Abaixo da Rainha existem uma série de classes diferentes. O primeiro é o "Ladies Sublime" ou "cidadãos Ladies", que formam a nobreza do Reino. Para se tornar uma cidadã, uma mulher deve cumprir determinados critérios. Estes são os seguintes:

OWK é governado por Rainha Patricia I , uma monarca absoluto . [4] Ela é capaz de alterar as

A mulher deve ter atingido a idade de consentimento .

A posse de pelo menos um escravo homem.

Obedecendo aos princípios e leis do OWK.

O envio de um pedido de cidadania.

Passar pelo menos cinco noites na área do Palácio da Rainha. [2] [8]

A próxima turma são temas da Rainha. Estes são os homens que seguem a lei OWK, obedecer

a rainha e pagar seus impostos, mas têm alguns direitos, tais como, "liberdade de viajar,

propriedade e lidar com tal propriedade, ter filhos, mudar de emprego, empresa e Estado a

sua opinião."

A classe mais baixa é a classe "Slave" "Escravo".

Esta é uma classe do sexo masculino que perderam todos

os direitos, são de propriedade da Rainha ou Sublime

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

136
136

Senhoras e são considerados "no nível de um animal

normal fazenda"

. [2]

"no nível de um animal normal fazenda" . [2] Situação na República Checa O local era

Situação na República Checa

O local era uma área de 3 hectares (7,4 hectares) de área, com vários edifícios e de uma pista oval 250m, pequeno lago e gramados. O edifício principal foi o Palácio da Rainha, que foi a residência da monarca, e continha uma sala de banquetes, biblioteca, sala do trono, câmara de tortura, sala de aula, ginásio e prisão caverna ampla, as células que poderiam ser contratados. Acomodação adicional visitante foi fornecido no Long House, inclusive os Condessa Elizabeth Bathory Chambers completo com duas câmaras de tortura. Este edifício também continha uma piscina, bar, restaurante, e Wanda Nightclub. As instalações ao ar livre foram complementadas por um picadeiro interior coberto de serragem e estábulos. [4]

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

137
137
137 Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

138
138
138 Feministas adoram se fazer de vítimas Porque as mulheres adoram se fazer de vítimas Existem

Porque as mulheres adoram se fazer de vítimas Existem basicamente 2 características psicológicas que nascem com uma mulher: a dissimulação e o vitimismo. Ambos estão intrinsecamente ligados.

O vitimismo, é uma extensão da dissimulação.

Se você parar para observar, vai notar que as pessoas que mais se utilizam do vitimismo, são também as mais dissimuladas e manipuladoras. Ninguém pode negar que as mulheres adoram fazer o papel de vitimas!

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

139
139
139 Durante milhares de anos, os homens sempre levaram a pior em tudo: desde morrer em

Durante milhares de anos, os homens sempre levaram a pior em tudo: desde morrer em

guerras e assassinados, porque a quantidade de homens que são assassinados é 12 vezes maior do que o de mulheres, passando por trabalhar como escravos em jornadas de trabalho que chegavam a 16 horas por dia para levar o sustento para a família, até serem os últimos a abandonarem o navio em nome do “mulheres e crianças primeiro”. Resumi muito, mas existem milhares de exemplos de como os homens são muito mais oprimidos do que as mulheres. Nesse livro, o historiador prova que os homens cometem um erro colossal ao tratar a mulher como mera vítima de uma suposta sociedade machista e opressora.

A mulher atual, que se diz tão ou mais capaz do que o homem, nunca abrirá mão do papel de

vítima, porque isso é extremamente conveniente para ela.

O vitimismo que as mulheres com mentalidade feminista fazem questão de alimentar pode ser

visto nos mínimos detalhes, é só ficar mais atento e observar.

Quando a mulher atual consegue alcançar algum êxito, a sociedade concede a essa mulher todo o mérito, mas se a mesma estiver sofrendo, sempre será encontrada alguma forma de culpar os homens.

O vitimismo, é usado pela mulher da mesma forma que a cultura da pegada, mas para obter

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

140
140

outros tipos de vantagens.

A mídia sempre retrata a mulher como um ser mais inocente, honesto, indefeso, uma vítima

de uma sociedade machista e opressora.

Quando a mulher comete algum crime, a mídia sempre

tenta fazer alguma conexão com alguma suposta

influência maligna dos homens sobre ela.

Como por exemplo no caso em que a assassina

esquartejou o corpo do marido, e a mídia com total apoio

das feministas, inverteu os papéis, e de psicopata a

mulher passou a ser a vítima!

Mas será que se fosse o contrário, a sociedade teria aceitado essa inversão com tanta

facilidade?

Nas conversas, elas culpam os homens por tudo, principalmente pelo sofrimento amoroso delas e até quando são demitidas, a culpa é do machismo!

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

141
141
141 Não pode sequer tentar expor a realidade porque será execrado por todos, até pelos próprios

Não pode sequer tentar expor a realidade porque será execrado por todos, até pelos próprios homens.

Devido ao fortíssimo complexo de superioridade da

mulher atual, elas acreditam que é injusto elas sofrerem

por qualquer motivo.

Se ela trabalha em uma empresa, e tem um nível de produtividade 20 ou 30% inferior aos homens, e recebe menos, ela vai taxar isso de opressão machista da sociedade, e jamais vai parar para enxergar os fatos de forma madura e realista. Mas se ela ganha o mesmo que eles, mesmo com menor produtividade, ai ela se cala e ainda

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

142
142

acredita que não estão fazendo nada além da obrigação deles de tratá-la de forma privilegiada pelo fato de ela ser mulher.

A covardia da mulher moderna e o uso do vitimismo como escudo

A mulher atual está obsessiva em exibir uma suposta felicidade baseada em ideais feministas. Mas existe um grande problema nisso tudo, os homens também possuem vontade própria.

E quando elas se deparam com homens que não aceitam fazer parte da megalomania delas,

elas taxam todos os homens de machistas e retrógrados. Em nome de uma suposta liberdade de escolha, muitas preferem a solidão a ficar com um

homem que não aceite as imensas exigências e os caprichos da mulher atual.

No passado, os homens precisavam fazer a maior parte das escolhas, e a história provou que

 

Mas com o pós feminismo, a família foi destruída, e isso prova que a mulher não optou pela

 

família.

 
 

filhos muito mais do que as mulheres.

Claro que os homens não são perfeitos, mas não tem

como negar que os homens tomam a maioria de suas decisões com a razão ao invés da emoção. Conforme o feminismo avança, os padrões de decisão deixam de ser masculinos, para se tornarem femininos. Isso significa que ao invés da razão, o critério passa ser a emoção.

Os homens estão cometendo um erro terrível ao começar a seguir o padrão de escolha

 

feminino, porque as mulheres escolhem muito mal!

 

Elas dão sexo selvagem e sem limites para os alfas, bandidos e cafajestes, e só quando não tem

mais alternativa, aceitam, a contragosto ficar com algum “bonzinho”.

 

Quanto mais livre e “independente” a mulher for, mais ela tomará atitudes erradas, porque são emocionais. Elas nunca vão mudar, e é preciso que os homens entendam e aceitem esse fato. Portanto quem deve mudar são os homens, porque somente assim elas mudarão. Infelizmente os homens atuais são incapazes de se impor, não através da força óbvio, mas através da razão. Acredito que somente esses poucos exemplos de como a mulher atual alimenta o mal na sociedade, já é o bastante para se ter uma idéia do quanto são ilógicas e incapazes de fazer as melhores escolhas.

A megalomania e o ego guiam a mulher com mentalidade feminista

Nem é preciso ir ao shopping para notar que as mulheres possuem fortes tendências a futilidade.

A falta de interesse por tudo que é lógico aliado a complacência da sociedade, faz com que a

mulher não sinta necessidade de raciocinar sobre as conseqüências de suas próprias decisões. Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

143
143

O resultado disso é elas se deixam levar pelo narcisismo e competição sexual entre elas, e com

isso não amadurecem nunca. Amadurecer, não significa fazer tripla penetração aos 14 anos, mas sim ser capaz de admitir e aprender com os próprios erros e até com os erros alheios. Amadurecer, significa entender que os filmes e novelas, são ficção e que a vida real exige humildade, coragem e maturidade.

A megalomania e a imaturidade, faz as mulheres exigirem dos homens a vida das mulheres

Elas exigem que os homens financiem uma vida de luxo e futilidade, e se o homem se recusar,

é imediatamente taxado de machista opressor!

Quanto mais elas se baseiam na vida das celebridades como parâmetro de comparação com a

própria vida, mais exigentes e irrealistas elas se tornam.

E a tendência é piorar, porque quanto mais os homens continuarem submissos, e aceitando pagar por sexo, mais elas vão acreditar que estão certas em levar uma vida baseada no egoísmo e promiscuidade!

em levar uma vida baseada no egoísmo e promiscuidade! Mas até quando esse truque feminista dará

Mas até quando esse truque feminista dará certo? Na minha opinião, elas usaram tanto o vitimismo, que agora essa trapaça está perdendo o efeito. Basta vermos o exemplo da Marcha das Vadias. Basicamente, o que foi essas Marchas das Vadias que as feministas fizeram? Tudo começou no Canadá, quando um chefe de policia disse em uma palestra em uma universidade

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues

A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja

citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

144
144

que se as mulheres não quisessem ser estupradas, elas não deveriam se vestir como vadias. As feministas enlouqueceram quando souberam disso e organizaram "Marchas das Vadias" no Canadá e em vários países do mundo, para intimidar os homens a não seguir o exemplo do chefe de policia do Canadá e criticarem qualquer aspecto que seja do sagrado e infalivel movimento feminista. No entanto, essas Marchas das Vadias acabaram se tornando o

proverbial "tiro que saiu pela culatra", porque

o principal objetivo dessa

Marcha das Vadias era fazer com que a mulher feminista

continuasse sendo vista como uma eterna "vítima" e

nunca tendo a mínima parcela de responsabilidade pelo

mal que acontece a elas. Mas me digam se vocês

conseguem sentir "dó", ou "piedade" ou se você

consegue ver as mulheres abaixo como vítimas do que

quer que seja:

ver as mulheres abaixo como vítimas do que quer que seja: O desafio do feminismo é

O desafio do feminismo é fazer a sociedade continuar a

Copyright © Todos os direitos reservados para Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues A Reprodução desta obra é livre e gratuita, desde que ela não seja modificada e o autor seja citado. Visitem os nossos sites: feminismodiabolico.blogspot.com.br www.antifeminismo.com.br

145
145

sentir dó das mulheres

145 sentir dó das mulheres Você consegue sentir "dó" das feministas que fizeram o ato acima

Você consegue sentir "dó" das feministas que fizeram o ato acima na Marcha das Vadias?