Você está na página 1de 1

Sujeito Oracional e Orao sem sujeito SUJEITO ORACIONAL As bancas apenas alteraram o nome, pois se trata da orao subordinada

substantiva subjetiva, ou seja, h verbo no sujeito (por isso o sujeito uma orao = oracional). Exemplo: Entendeu-se como criaram a lei. V.T.D. + SE sujeito oracional

- Aps verbo transitivo direto ou verbo transitivo direto e indireto + se, h o sujeito. Fixe: V.T.D. + SE = V.P. (no pode esquecer) V.P. = voz passiva Na orao citada acima devemos observar alguns detalhes muito pedidos em concursos: 1. Entendeu-se isto : descobrimos que o vocbulo como uma conjuno integrante; 2. Quem entende, entende algo = verbo transitivo direto seguido do pronome apassivador se (pronome apassivador porque faz parte da voz passiva analtica); 3. Faamos a transposio para a voz passiva analtica (ser + particpio) = Como criaram a lei foi entendido. Pronto! - O sujeito oracional (possui verbo); - O se pronome apassivador; Exemplo mais fcil: Costuma acontecer que os trechos sejam retirados de jornais. O que costuma acontecer? Sujeito oracional: que os trechos sejam retirados de jornais. ORAO SEM SUJEITO 1. Verbo haver no sentido de existir ou ocorrer; 2. Verbos ser, estar e fazer indicando tempo ou fenmeno meteorolgico; 3. Verbos que indicam fenmeno da natureza 4. NOVIDADE exigida em provas recentes: Verbo BASTAR seguido da preposio de Basta de dvidas = orao sem sujeito. Peguinhas em concursos Haviam escrito o texto = escreveram o texto: O TEXTO SUJEITO. Choveram elogios = elogios no caem do cu (claro!): ELOGIOS SUJEITO. Passaram 10 anos = o verbo passar e no fazer, portanto admite plural e possui sujeito. Duda Nogueira