Você está na página 1de 9

Amanhã

(Guilherme Arantes)
Amanhã será um lindo dia, da mais louca alegria
Que se possa imaginar, amanhã redobrada a força
Pra cima que não cessa, há de vingar
Amanhã mais nenhum mistério, acima do ilusório
O astro rei vai brilhar, amanhã a luminosidade
Alheia a qualquer vontade, há de imperar, há de imperar
Amanhã está toda a esperança por menor que pareça
O que existe é pra festejar, amanhã apesar de hoje
Ser a estrada que surge, pra de trilhar
Amanhã mesmo que uns não queiram será de outros que esperam
Ver o dia raiar, amanhã ódios aplacados temores abrandados
Será pleno, será pleno...

nem sempre perdendo Mas aprendendo a jogar Água mole em pedra dura Mais vale que dois voando Se eu nascesse assim pra lua Não estaria trabalhando Mas em casa de ferreiro Quem com ferro se fere é bobo Cria fama.Aprendendo a jogar (Guilherme Arantes) Vivendo e aprendendo a jogar Vivendo e aprendendo a jogar Nem sempre ganhando. deita na cama Quero ver o berreiro na hora do lobo Quem tem amigo cachorro Quer sarna pra se coçar Boca fechada não entra besouro Quem muito pula quer dançar .

sei lá . logo ali tão perto Tão ao meu alcance. um desejo enorme De revolucionar Me perdi entre os seus cabelos Pela sua pele. nos seus lábios tão macios Tão bom perfume.Cheia de charme (Guilherme Arantes) Quando a vi. tão real Tão bom perfume. sei lá Investi tudo naquele olhar Tantas palavras num breve sussurar Paixão assim não acontece todo dia Cheia de charme. um desejo enorme De se aventurar Cheia de charme. tão distante.

feliz com a mesma alegria de novo mis uma vez. amor te abraçar de verdade há sempre um novo amor uma nova saudade coisa do Brasil coisa do amor luzes da cidade acendendo o fogo das paixões num bar à beira-mar no verde-azul do Rio de Janeiro .Coisas do Brasil (Guilherme Arantes e Nelson Motta) Foi tão bom te conhecer tão fácil te querer triste não te ver por tanto tempo é bom te encontrar quem sabe.

Labirinto (Guilherme Arantes) Quero a sua mão no meu cabelo Que é pra desembaraçar meu pensamento Quero respirar o seu perfume Que é pra descongestionar meu peito O amor é um sentimento tão difícil de explicar É um labirinto Só pode a cada dia complicar Cada dia melhorar É um labirinto Seu código é a freqüência do olhar .

venha que será um barato Pegar carona nessa cauda de cometa Ver a Via Láctea. estrada tão bonita Brincar de esconde-esconde numa nebulosa Voltar pra casa no nosso lindo balão azul .Lindo balão azul (Guilherme Arantes) Eu vivo sempre no mundo da lua Porque sou um cientista O meu papo é futurista e lunático Eu vivo sempre no mundo da lua Tenho alma de artista Sou um gênio sonhador e romântico Eu vivo sempre no mundo da lua Porque sou aventureiro Desde o meu primeiro passo pro infinito Eu vivo sempre no mundo da lua Porque sou inteligente Se você quer vir com a gente.

pode trazer outra desilusão Coração que não descansa Eu preciso de você Do jeito que é Sem te aprisionar Eu quero inteira Quando a gente gosta mesmo Não quer mudar pessoa Quantos vivem de mentiras Dando a impressão Que a sua certeza É verdadeira Quando a gente enxerga as coisas Não tapa o sol Então entenda Esse é o meu jeito .Mania de possuir (Guilherme Arantes) Essa mania de possuir Mata em nome do amor Fere o espaço mágico da criação Sentimento à flor da pele Essa vontade de engolir o mundo Ter tudo nas mãos Logo.

como ser capaz De enfrentar um novo dia . sonhando Daria tudo por meu mundo e nada mais Não estou bem certo se ainda vou sorrir Sem um traço de amargura Como ser mais livre. pensando Daria tudo por um modo de esquecer Eu queria tanto estar no escuro do meu quarto À meia-noite. à meia luz.Meu mundo e nada mais (Guilherme Arantes) Quando eu fui ferido vi tudo mudar Das verdades que eu sabia Só sobraram restos que eu não esqueci Toda aquela paz que eu tinha Eu que tinha tudo hoje estou mudo. estou mudado À meia-noite. à meia luz.

Interesses relacionados