P. 1
Turismo Espacial espacial

Turismo Espacial espacial

|Views: 275|Likes:
Publicado porProfCéliaPereira

More info:

Published by: ProfCéliaPereira on Jun 30, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/08/2014

pdf

text

original

Os Vaivéns espaciais e as Viagens de turismo espacialspacial

Introdução
Actualmente , os astrónomos dispõem de instrumentos sofisticados para estudar o Universo. Com todos estes avanços técnicos, muitas dúvidas foram desfeitas e muitos conhecimentos foram adquiridos sobre a estrutura e a evolução do Universo. Mas muito há ainda para descobrir O Universo mantem-se uma fonte de grandes mistérios!...

Ciência
A Ciência é a procura constante do conhecimento acerca de tudo o que nos rodeia, estando condicionada pela tecnologia e pelas ideias sociais e religiosas de cada época.

Cientistas
Cientistas ligados aos vaivéns espaciais
‡ ‡ Robert Hutchings Goddard ( 1882/ 1945) foi um engenheiro e físico experimental dos Estados Unidos da América. Foi o pai dos modernos foguetes. Goddard foi um dos pioneiros na tecnologia dos foguetes, tendo antevisto o posterior desenvolvimento da tecnologia espacial. Estudou no Worcester Polytechnic Institute e na Clark University, onde se especializou em Física. Entre 1909 e 1943 deu aulas em diversos estabelecimentos de ensino, nomeadamente nestes dois onde estudou. Testou os primeiros motores de foguetões a usar combustíveis líquidos. A 16 de Março de 1926, lançou o primeiro foguetão com combustível líquido, que utilizava uma mistura de petróleo e oxigénio líquido. O aparelho atingiu uma altura de 12,5 metros, depois de ter sido lançado perto da quinta de uma tia de Robert. No total, o voo durou 2,5 segundos e o foguetão percorreu 56 metros até cair em cima de uma barraca abandonada. Três anos mais tarde, Goddard lançou pela primeira vez um foguetão equipado com instrumentos, concretamente um barómetro, um termómetro e uma pequena câmara de filmar.

‡

‡

‡

‡ Entre 1930 e 1942, o engenheiro construiu foguetões que atingiram os 885 quilómetros por hora e uma altura de dois quilómetros. Durante este período de tempo, Goddard também registou cerca de 200 patentes relacionadas com a engenharia de foguetões. ‡ Apesar de nos EUA o seu trabalho não ter sido, na época, verdadeiramente reconhecido, os alemães aproveitaram as suas pesquisas para desenvolver armas baseadas na engenharia de foguetões: os foguetões V-2, que ajudaram na destruição de Londres em 1944 e 1945, foram o exemplo mais flagrante. De qualquer forma, o trabalho de Goddard acabou por estar na base da conquista do espaço que se desenvolveu mais tarde. ‡ Quando morreu, em 1945, já tinha registado 214 patentes. Após a sua morte, cientistas norte-americanos tiveram acesso aos mísseis V-2 alemães e a partir deles, e com algumas inovações entretanto desenvolvidas por Goddard, desenvolveram foguetões Redstone . Estes viriam a pôr os primeiros norte-americanos no Espaço.

Instrumentos utilizados
Vaivéns espaciais Ao contrário dos foguetões utilizados só uma vez, o vaivém é um veículo espacial reutilizável. Faz missões, tais como levar satélites, ou transportar pessoas e equipamentos para a Estação Espacial Internacional. Em 1981 foi lançado o primeiro vaivém espacial Colúmbia

Guerra Fria e a conquista do espaço
‡ ‡ Durante a guerra fria, havia uma disputa entre a ex- União Soviética e os Estados Unidos que procuravam ter a supremacia do espaço. Nesta corrida é a União Soviética que, com o programa Sputnik, conseguiu os primeiros avanços. O Sputnik 1, lançado a 4 de Outubro de 1957, foi o primeiro satélite artificial a orbitar a Terra com sucesso; o segundo satélite Sputnik , lançado a 3 de Novembro de 1957, levou o primeiro ser vivo ao espaço( uma cadela chamada Laika). Os Estados Unidos reagem no ano seguinte com a criação da Nasa, responsável pelo programa espacial norte-americano, e com o lançamento de seu primeiro satélite artificial, o Explorer 1. Os dois países então se emparelham em projectos de exploração da Lua e de reconhecimento dos planetas Vénus, Marte e Mercúrio. Na década de 60, o objectivo maior da disputa é levar o homem ao espaço. Novamente a União Soviética sai na frente, enviando ao espaço o cosmonauta Yuri Gagarin, a bordo da nave Vostok I, em 1961. Os Estados Unidos rapidamente seguiram o exemplo da União Soviética ,com o programa Mercury, enviando Alan Shepard para o espaço, mas não conseguiu atingir a órbita terrestre ,mas em Fevereiro de 1962 Jonh Glenn tornou-se o primeiro americano a percorrer a órbita da terra por três vezes.

‡

‡

‡

‡ Mas a tão desejada conquista da lua é realizada pelos Estados Unidos, oito anos depois, com o astronauta Neil Armstrong, a bordo da Apollo 11, em 1969. Após a conquista da Lua, a prioridade da exploração do espaço passa a ser a pesquisa científica e tecnológica, viabilizada com a construção de estações espaciais e com o lançamento de sondas espaciais.

Reflexão sobre a importância da Tecnologia na Sociedade e na Ciência
O desenvolvimento das tecnologias e da ciência permitem melhorar a qualidade de vida do ser humano. Com a construção dos vaivéns foi possível transportar os satélites destinados à exploração espacial, permitindo ao ser humano alargar a sua utilização para outros fins: satélites de telecomunicações para sinais de televisão e telefones, por exemplo; satélites meteorológicos que estudam e prevêem o clima; satélites científicos para o desenvolvimento de observações e medições relativas à geofísica, à astronomia e ao ambiente da Terra, como, por exemplo, para o estudo da evolução da camada de ozono; satélites de teledetecção que permitem o reconhecimento de recursos terrestres, tais como, a previsão de colheitas, a localização de minerais, os tipos de solo, etc. Alguns satélites são usados para fornecer dados aos instrumentos de orientação usados em aviões, em barcos e em alguns automóveis; outros são satélites militares usados na detecção e lançamento de mísseis e no auxílio à navegação, por exemplo. Deste modo, cada nova descoberta científica contribui para um maior desenvolvimento tecnológico, e tem repercussões quase imediatas na sociedade em que vivemos.

Os vaivéns espaciais e as viagens do turismo espacial
‡ Turismo espacial é uma actividade recente a que só tem acesso pessoas extremamente ricas. Consiste em aproveitar o interesse despertado pelas viagens espaciais. Realizadas por indivíduos, com propósitos não científicos; mas, de puro lazer. Atualmente o turismo espacial está aberto apenas a indivíduos excepcionalmente saudáveis, sendo o transporte assegurado pelo programa espacial russo através da empresa Space Adventures. ‡ As principais atracções no turismo espacial é a própria experiência em si, a fantástica sensação de observar a Terra desde o espaço (descrito pelos astronautas como extremamente intenso e impressionante), a elevação do status quo (poder dizer eu estive no espaço), e as vantagens da ausência de gravidade potencial para desportos extremos, e benefícios na saúde especialmente para pessoas idosas.

WEBGRAFIA
‡file:///D:/Robert%20H_%20Goddard%20%20Wikipédia,%20a%20enciclopédia%20livre.htm ‡http://pt.wikipedia.org/wiki/Turismo_espacial ‡http://www.portaldoastronomo.org/cronica.php?id=47 ‡http://praticandofisica.com.br/fases-da-fisica_5.htm

BIBLIOGRAFIA
Henriques, João Azevedo; Rebelo, Paula Santana. Eureka! CN, 3º Ciclo. Ed texto editora

Trabalho realizado por: Inês Oliveira Nº12/ 7º1

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->