A EVOLUÇÃO DA CARTOGRAFIA

Elaborado por: Professora Erika Cerqueira Departamento de Geografia – UFBA Disciplina: Cartografia Sistemática 2010.2

A EVOLUÇÃO DA CARTOGRAFIA
O início do desenvolvimento da CARTOGRAFIA, ou seja, da ciência, da técnica e da arte de representação da superfície da Terra (ou parte dela), data dos primórdios da história humana.

“A confecção de mapas antecede a arte de escrever” Erwin Raisz, 1959

Desde o tempo em que o Homem começou a vagar pela Terra, procurou saber onde se encontrava e para onde estava indo (chineses, esquimós, índios, maias, astecas, babilônicos, etc.)

Antigos viajantes simplesmente marcavam seus caminhos com pedras. E o que acontecia quando a neve caia ou a chuva apagava as marcas? E quando o Homem começou a explorar os oceanos, sem marcos geográficos para se referenciar?

fez os primeiros esboços. Mesmo antes de saber escrever o Homem já fazia desenhos para representar o espaço em que vivia. . Na Antiguidade surgiram os primeiros indícios de uma preocupação com a distribuição dos fenômenos.  A história dos mapas confunde-se com a própria história da humanidade.ANTIGUIDADE  A história dos mapas é muito antiga. que vem a ser os primeiros mapas .utilizavam os MAPAS para registrar a vida cotidiana.  O homem era nômade e sentindo a necessidade de conservar informações sobre os caminhos percorridos e as suas direções.

 Cascas de árvore. Os mapas primitivos. Delimitar áreas de pesca.REGISTROS:  Pele de animais. caça. O mais antigo mapa que se tem conhecimento foi produzido na Babilônia (território onde hoje é o Iraque) e é denominado Mapa GA-SUR. COM QUAL OBJETIVO? Zonear o território em que viviam. não eram apenas instrumentos de uso prático. É por isso que os mapas primitivos e antigos constituem um patrimônio cultural de valor inestimável. Itinerários de guerra.  Madeiras. mas também foram um produto à serviço da dominação territorial. A CARTOGRAFIA foi também uma forma de expressão da cultura e das crenças dos povos. .  Barro. pastagem.  Pedras.

) Tablete de argila cozida / Tamanho da palma da mão / Rio Eufrates e cadeias de montanhas / delta de três braços que desemboca no lago ou mar.C. 4500 A.MAPAS GA SUR (APROX. .

Camônios.representa a organização social de uma aldeia camponesa. .Penhasco no norte da Itália 2400 anos a. povo de atividades agrícolas (aldeia neolítica) .C.

suas dimensões e projeções: noções de esfericidade da Terra.Quais povos da antiguidade contribuíram com o desenvolvimento da CARTOGRAFIA? EGÍPCIOS  (276 a 194 a. Tratado de Geografia – Atlas Mundi) . – A CARTOGRAFIA ANTIGA atinge o seu apogeu com a civilização Romana.  Fortaleceram os fundamentos de toda a CARTOGRAFIA futura.C) A civilização Grega é precursora da CARTOGRAFIA mais sistemática e planejada. estimulada pelas necessidades militares.C. Eratóstenes descobriu que a Terra era redonda e calcularam então. ROMANOS  Cartas militares  98 a 168 d. impulsionada por fins militares e administrativos (Claudio Ptolomeu.

C.Ptolomeu geógrafo 90 a 168 d. . Publicou vários volumes de livros sobre as Ciências da terra e Astronomia / Mapa divulgado em atlas 1400.

“congelamento” das ciências e os mapas passam a ser concebidos pela Igreja conforme as Escrituras Sagradas.IDADE MÉDIA  As concepções religiosas fundamentaram grande parte da CARTOGRAFIA produzida na Europa. As respostas passam a ser dadas a partir de interpretações bíblicas. No século III e IV. ocorre a queda da sociedade escravista romana e ascensão do sistema feudal. Regressão na ciência causada pelo contexto social.   A Igreja torna-se o maior poder. destacando-se mapas mais simbólicos do que representativos: T no O  . econômico e religioso.

.

novas técnicas impulsionaram a CARTOGRAFIA:  Século XV e XVI – retomada da esfericidade da terra.  As grandes navegações: cartas portulanas – cartas náuticas. As cruzadas e as grandes navegações:  .  As relações capitalistas. Produção maciça de mapas.SÉCULOS XIV. .    Os grandes descobrimentos: ampliam-se os espaços conhecidos (representação mais próxima da realidade). XV e XVI  A PARTIR DO RENASCIMENTO . necessidade de novas cartas.Século XIV – relato de exploradores e navegantes.

Introdução da bússola. Geraldo Mercator – (1512 – 1594) Pai da cartografia Holandesa – criação do sistema de projeção cilíndrica onde conservava os rumos certos (de grande utilidade para a navegação marítima).   .  A técnica de gravação: que permitiu a reprodução de mapas em grande número. XV e XVI  A invenção da imprensa: mapas manuscritos – progresso renascentista.SÉCULOS XIV.

Resgate da abordagem científica. com a presença de artistas na produção cartográfica .

AMÉRICA LATINA Influência da antiguidade. Objetivo de afastar outros aventureiros e colonizadores . Crença em figuras mitológicas.

ofereceram conhecimentos e técnicas para a formação da ciência cartográfica.SÉCULOS XVII. . com uma rede de coordenadas precisas. XVIII e XIX CARTOGRAFIA MODERNA: As Cartas Topográficas e Temáticas  Os progressos da ASTRONOMIA.  Século XVIII – Instituição das Academias científicas (início da ciência cartográfica moderna que se ramifica com a especialização e diversificação dos trabalhos científicos). baseada em cálculos complexos e rigorosos.  Grande desenvolvimento: aplicação das diversas projeções na elaboração dos mapas. AGRIMENSURA e GEOMETRIA.

AMPLA UTILIZAÇÃO DA PROJEÇÃO DE MERCATOR .

XVIII e XIX  Nações: efetuaram o “mapeamento sistemático oficial” dos seus territórios.  Predomínio dos mapas regionais sobre os Mapa-Mundi.SÉCULOS XVII.  Em fins do século XIX. com o avanço imperialista e a necessidade do inventário cartográfico para as novas incursões exploratórias (Dominação Territorial). prevalecia o pensamento positivista (tentativa de exclusão de todo o conteúdo crítico e político da ciência).  O modo eurocêntrico/ocidentalista valorizava o uso prático e científico e desprezava a visão ideológica do mundo nos mapas. .

Mapeamento militar de detalhe do século 18 .Utilização de métodos exatos .

000 (1891 – 1913).000. uso do computador para o tratamento da grande quantidade de informações coletadas.  1970 – lançamento do LANDSAT para análise da superfície terrestre. XX e XXI  1855 – primeiras fotografias aéreas a partir de um balão ( França espionagem). Década de 50 – nova era para a Cartografia – satélites artificiais para mensuração. utilidade na 1ª guerra mundial – 1914 – 1918.  Século XX – exigência de um mapa internacional na escala de 1:1. Segunda Guerra – confronto entre cidades (áreas urbanas) produção de mapas de grande escalas e o uso de fotografias aéreas.   Século XX:   Década de 40 – automação do processo cartográfico para a base sistemática (geodésia).SÉCULOS XIX. .

. Fatos geográficos escondidos sobre as selvas tropicais e sob estruturas geológicas subterrâneas são desvendados e mapeados.] obtém do campo a posição do ponto em coordenadas geográficas e UTM. programas de geoprocessamento). “[. além da altitude”.   SISTEMAS GPS (Global Positioning System).  SENSORIAMENTO REMOTO (fotografias aéreas.. imagens de satélites).  SISTEMAS DE COMPUTADOR (programas CAD..] banco de dados computadorizados com informações geográficas dos mais diferentes tipos e associados aos mapas e cartas”.. SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS (SIG).. “[.CARTOGRAFIA ATUAL: Tecnologia e uso prático A metodologia cartográfica atualmente incorpora uma tecnologia sofisticada que inclui os mapas interativos e uma nova forma de representação espacial.

Aerolevantamento .

ORTOFOTOS DIGITAIS .

000.Ortofoto digital.Luís Eduardo Magalhães . 1:25. 2001 .

MODELO DIGITAL DE TERRENO – MDT NOVOS ALAGADOS .

MODELO DIGITAL DE TERRENO – MDT ONDINA/SÃO LÁZARO .

Complementar com as transparências da pasta e os slides de mapas antigos. .

não deixa de ser estimulante olhar para o nosso planeta e avaliar a importância que tem suas imagens. representadas pelos mais diferentes processos e contemplar o desenvolvimento dessa arte/ciência: a CARTOGRAFIA.Nessa época em que são colocados satélites em órbita e tenta-se colonizar a Lua ou Marte. .

     Os dois textos devem ser utilizados obrigatoriamente. . períodos. 2 – Esboço Histórico.  Descrever a situação e o papel da cartografia naquele período.  Relacionar com eventos histórios importantes. Utilizar os textos de apoio que estarão na xerox: • Cêurio de Oliveira (Cap. pg.  Incluir datas. 11 a 59) Elaborar um quadro evolutivo da história da cartografia. 17 a 30) • Raisz (Primeira parte – História de los mapas. pg. A aula do dia 20/08 está sendo disponibilizada para a preparação deste material.1° PRÁTICA  Individual. Data de entrega: P2 (21/08) e P1 (26/08). digitado.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful