CONCEITO E OBJETIVOS DA CARTOGRAFIA - COM ÊNFASE PARA A CARTOGRAFIA TOPOGRÁFICA OU SISTEMÁTICA

técnicas e artísticas que. se voltam para a elaboração de mapas. elementos. deve respeitar determinados aspectos estéticos. Qualquer ciência ao longo do seu processo histórico conta com a renovação de seus conceitos. metodologia de trabalho.   CONCEITOS DE CARTOGRAFIA “Conjunto de estudos e operações cientificas. cartas e outras formas de expressão ou representações de objetos. planejamento destas operações. aplicação sistemática de operações de campo e de laboratório. pois se trata de um documento que quando usado precisa ser agradável às vistas. .  No que diz respeito à arte. Não se pode esquecer da clareza. da harmonia e da simplicidade. 1964). tendo como base os resultados de observações diretas ou de análise de documentação.  Ciência porque requer desenvolvimento de conhecimentos específicos. bem como a sua utilização” (Associação Cartográfica Internacional. fenômenos e ambientes físicos e socioeconômicos.

. apresentação. Aurélio Buarque de Holanda (1980)  “Organização. na de outros astros. no emprego e estudo de todo e qualquer tipo de mapa”. mas é.. por extensão. digital ou táctil. sem dúvida alguma. como a Lua. Marte. “Arte ou ciência de compor cartas geograficas”. comunicação e utilização da geoinformação nas formas visual. etc. através de simbologia própria” (OLIVEIRA 1988). um método científico que se destina a expressar fatos e fenômenos observados na superfície da Terra. 1989)  Cartografia “não é uma ciência nem uma arte. que inclui todos os processos de preparação de dados. (ACI. e.

  A CARTOGRAFIA NA TEORIA DA INFORMAÇÃO Transparências e texto de apoio. Percebe-se que a discussão sobre tal questão permite uma série infindável de argumentações. . Mas ser ou não ciência ou arte. definitivamente. onde tem especial importância os meios de expressão e o modo ou tratamento cartográfico dado. se considerarmos a grande utilidade da Cartografia.  “sendo um sistema de informações. incorporada à Teoria da informação e porque não à informática. em todas as suas tendências” (LEIVA apud SILVA (1991) / grifo nosso). parece irrelevante. a fim de representar e /ou expressar cada informação desejada. Com esta idéia a Cartografia passa a ser.

exigindo uma preparação profissional adequada. .  Tem métodos próprios destinados a encontrar a melhor maneira de expressar os fatos que se passam na superfície da Terra.  Instrumento indispensável à Geografia  Atende a um público profissional amplo e diversificado.  ESPECIFICIDADES Cartografia  Técnica que está a serviço de algumas ciências  Conjunto de operações que lhe dá um caráter científico indiscutível  Expressão artística . no céu e até mesmo nos astros.própria de todo trabalho cartográfico  Trabalho cartográfico  É bastante minucioso e técnico.

 No Brasil:percebe-se o uso indiscriminado dessas expressões. Confeccionados em escala escalas pequenas.      Carta Voltada para aspectos que envolvem maior precisão na localização das informações. Mais diagramáticos. Confeccionadas em escala grande. Mapa Expressão gráfica da superfície terrestre e de corpos celeste (total ou parcial). DEFINIÇÕES  MAPAS x CARTAS  Para alguns autores não existe uma diferença rígida entre os conceitos de mapa e carta  Em certos idiomas – não existe a palavra mapa. Documento mais simples. Documento mais complexo.     Textos de apoio . Contém registros de ordem topográfica.

 competência dos especialistas dos temas cartográficos. sobre um fundo básico. .  setor restringido da cartografia de competência dos engenheiros cartógrafos e dos serviços “geográficos”. relativa ao planejamento. ao qual serão anexadas informações através de simbologia adequada.  Cartografia Temática – “a cartografia temática é parte da cartografia que se ocupa do planejamento. visando atender às necessidades de um publico especifico”. DEFINIÇÕES  TOPOGRÁFICOS x TEMÁTICOS  Cartografia Topográfica – “a cartografia topográfica é parte da cartografia. execução e impressão de mapas topográficos”. que nem sempre são geógrafos. execução e impressão de mapas temáticos.

tem um significado vago e bastante polêmico. permitido a determinação de alturas. Inclui os acidentes naturais e artificiais. de acordo com as limitações impostas pela escala É elaborado mediante um levantamento original.  Exemplos  Topográfico – tem o sentido preciso de representação exata e detalhada de um lugar. Retrata a superfície da Terra.      Geralmente possui características lineares. Tem por objetivo servir de “mapa-base” ou “base topográfica” para os mapeamentos temáticos (Exemplo). . ou compilados de outros topográficos existentes. DIVISÃO DA CARTOGRAFIA  Transparência  Temático – termo de uso mais recente.

a hidrografia.  Desenvolve o mapeamento do país segundo uma abordagem sistemática em folhas de cartas em variadas escalas: a ocupação humana. IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e estatística e a Diretoria do Serviço Geográfico do Exército Brasileiro – órgãos integrantes do sistema cartográfico nacional  Atribuição principal: executar trabalhos cartográficos ou atividades correlatas. a vegetação. os aspectos altimétricos da paisagem. .

 As escalas definidas pelo Decreto Lei nº 243/ 67 que fixa as normas e diretrizes para a cartografia nacional :  1: 1.000.000  1: 25.000  1: 250.000 .000  1: 50.000  1: 100.