Você está na página 1de 21

Dicas de Pesquisa:

http://undergoogle.com/tutoriais/guia_referencias.html

LINKS sobre Segurança e Saúde no Trabalho:


(Fontes de informações)

Ministério do Trabalho e Emprego


http://www.mte.gov.br/seg_sau/default.asp

Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança


http://www.segurancaetrabalho.com.br/

Segurança e Trabalho, legislação, normas


http://www.sobes.org.br/legislacao.htm

Revista Proteção
http://www.protecao.com.br/

ABRASEG
http://www.abraseg.com.br/

FENATEST - Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho


http://www.fenatest.org.br/

SAUDE E TRABALHO
http://www.saudeetrabalho.com.br/saude.html

SIPAT
http://www.novasipat.com.br/

AreaSeg.com
http://www.areaseg.com.br/

ABPA - Associação Brasileira Prevenção de Acidentes


http://www.abpa.org.br/
Siglas e links:

Segurança e Saúde do Trabalho


Sites sobre Segurança e Saúde do Trabalho e Ergonomia

Link/Descrição

Revista CIPA - Revista CIPA , traz varias informações como congressos sobre SST
Revista Proteção - Side da revista Proteção. Eventos, guia de produtos, artigos.
FENATEST - Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho
FUNDACENTRO - Fundacentro - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina no Trabalho
SOBES - Site da Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança
Ministério do Trabalho e Emprego - Site do Ministerio do Trablaho e Emprego. NRs, CAs, portarias, FAT,
FGTS
MSDS - SEARCH - Site com vasto banco de dados sobre fichas MSDS de produtos químicos
Delegacia Regional do Trabalho - Site da DRT. Traz endereços e fones das DRT, nome e email do
delegado regional do trabalho.
ADPO - Site da Academia de Desenvolvimento Profissional e Organizacional
LABORSTA - ILO - Site de estatísticas da Organização Internacional do trabalho
APPDORT - Site da Associação Paranaense dos Portadores de LER/DORT
ILOEX - Convenções OIT - Site da Organização Internacional do Trabalho com as convenções OIT, em
Ingles
UCLA Ergonomics - Site da UCLA - University of California at Los Angeles, sobre Ergonomia
Repetitive Strain Injury - Repetitive Strain Injury - Ler/Dort em Ingles
Nexprev - Nexprev Assessoria e Consutoria de Seguraça do Trabalho

1. AAF -análise de árvore de falhas


2. ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas
3. ABPA- Associação Brasileira de Prevenção de Acidentes
4. ABP-EX - associação brasileira para a prevenção de explosões
5. ABPI- associação brasileira de prevenção de incêndios
6. ACGIH - American Conference of Governametal Industrial Higienists
7. ADC - árvore de causas
8. AET - análise ergonômica do trabalho
9. AET - auditor fiscal do trabalho
10. AFRA - abertura de frente de radiografia industrial
11. AI - agente de inspeção
12. AIDS - acquirite imuno-deficience syndrom
13. ALAEST - Associação Latino-americana de Engenharia de Segurança do
Trabalho
14. ALAIST - Associación Latinoamericana de Ingeniaría de Seguridad del
Trabajo
15. ALARA - As Low As Reasonably Achievable
16. AMFC - análise de modo de falhas e efeitos
17. ANA - Agência Nacional de Águas
18. ANAMT - associação nacional de medicina do trabalho
19. ANDEF - Associação nacional dos fabricantes de defensivos agrícolas
20. ANPT - Associação nacional dos procuradores do trabalho
21. ANSI - american national standards institute
22. ANVS - Associação Nacional de Vigilância Santária
23. APF - alto ponto de fluidez
24. APES - Associação Paranaense de Engenheiros de Segurança do
Trabalho
25. APP - análise de problemas potenciais
26. ART - anotação de responsabilidade técnica
27. ASME - American Society of Mechanical Engineers
28. ASO - atestado de saúde ocupacional
29. AT - acidente de trabalho
30. ATEX - (ATmosphere EXplosibles) - atmosfera potencialmente explosiva
31. ATPE - atmosfera potencialmente explosiva
32. ATR - autorização para trabalho de risco
33. AVCB - Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros
34. BAL - British Anti-Lewisite (Dimercaprol); Bronchoalveolar Lavage
35. BHC - Benzene Hexachloride (hexacloro benzeno)
36. BO - boletim de ocorrência
37. BPF - baixo ponto de fluidez
38. BS 8800 - british standard 8800 (norma britânica sobre saúde e
segurança ocupacional)
39. BSI - British Standards Institute
40. BTU - British Thermal Unit
41. C - código do EPI. Por exemplo: C = 118.211-0/I=3
42. CA - certificado de aprovação
43. CAI - Certificado de Aprovação de Instalação
44. CAT - comunicado de acidente de trabalho
45. CBO - Classificação Brasileira de Ocupações
46. CCIH - Comissão de Controle de Infecções Hospitalares
47. CCOHS -Canadian Centre for Occupational Health & Safety
48. CCT - convenção coletiva do trabalho
49. CDC - control desease center (centro para controle de doenças)
50. CEI - cadastro específico do INSS
51. CEO - Chief Executive Officer, Chairman and Executive Officer
52. CEREST - centro de referência em saúde do trabalhador
53. CESAT - centro de estudos de saúde do trabalhador (Bahia)
54. CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental
55. CFM - conselho federal de medicina
56. CGC - cadastro geral de pessoa física
57. CGT - central geral dos trabalhadores
58. CID - código identificador de doença; classificação internacional de
doenças
59. CIF - carteira de identidade fiscal
60. CIN - centro de informações nucleares
61. CIPA - Centro Informativo de Prevenção de Acidentes (nome próprio -
Grupo CIPA)
62. CIPA - comissão interna de prevenção de acidentes
63. CIPAMIN - comissão interna para prevenção de acidentes na mineração
64. CIPATR - comissão interna para prevenção de acidentes no trabalho
rural
65. CLT - consolidação das leis do trabalho
66. CMSO - Controle Médico de Saúde Ocupacional
67. CNA - confederação nacional da agricultura
68. CNAE - código nacional de atividades econômicas
69. CNC - comando numérico computadorizado (ex. torno CNC)
70. CND - certidão negativa de débito
71. CNEN - comissão nacional de energia nuclear
72. CNH - carteira nacional de habilitação
73. CNI - confederação nacional das indústrias
74. CNPJ - cadastro nacional de pessoas jurídicas
75. COEGP - Cursos para Operador de Empilhadeira de Grande Porte
76. COEPP - Cursos para Operador de Empilhadeira de Pequeno Porte
77. CONAMA - Comissão Nacional de Meio Ambiente
78. CONASEMS - Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde
79. CONASS - Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde
80. CONFEA - Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia
81. CONTAG - confederação nacional dos trabalhadores na agricultura
82. CORETEST - Conselho Regional dos Técnicos de Segurança do
Trabalho
83. COS - composto orgânico volátil
84. COS-V - composto orgânico semi-volátil
85. CPATP - Comissão de Prevenção de Acidentes no Trabalho Portuário
86. CPF - cadastro de pessoa física
87. CPI - comissão parlamentar de inquérito
88. CPN - comitê permanente nacional (sobre condições e meio ambiente de
trabalho)
89. CPR - comitê permanente regional (sobre condições e meio ambiente de
trabalho)
90. CREA - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia
91. CRF - certificado de registro de fabricante
92. CRI - certificado de registro de importador
93. CRJF - certidão de regularidade jurídico fiscal
94. CRM - conselho regional de medicina
95. CRP - centro de reabilitação profissional
96. CTN - centro tecnológico nacional (da Fundacentro)
97. CTPAT- comissão tripartite de alimentação do trabalhador
98. CTPP - comissão tripartite fretaria permanente
99. CTPS - carteira de trabalho previdência social
100. CUT - central única dos trabalhadores
101. DATAPREV - empresa de processamento de dados da previdência
social
102. dB - decibel
103. DDS - Diálogo de Segurança
104. DDT - dicloro, difenil tricloroetano
105. DECEX - departamento de comércio exterior
106. DEQP - departamento de qualificação profissional
107. DIN - Deutsche Industrien Normen, Deutsches Institut für Normung
108. DNSST - departamento nacional de segurança e saúde do trabalho
109. DNV - Det Norske Veritas
110. DORT - doença(s) osteomuscular(es) relacionado(s) ao trabalho
111. DORT - distúrbio(s) osteomuscular(es) relacionado(s) ao trabalho
112. DOU - diário oficial da união
113. DRT - delegacia regional do trabalho
114. DRTE - delegacia regional do trabalho e emprego
115. DSST - departamento de saúde e segurança do trabalho
116. DST - doença sexualmente transmissível
117. EA - emissão acustica
118. EAR - equipamento autônomo de respiração
119. ECPI - equipamento conjugado de proteção individual
120. ECSST - educação continuada em Saúde e Segurança do Trabalho
121. EIA - estudo de impacto ambiental
122. EMATER - empresa de assistência técnica e extensão rural
123. EMBRAPA -empresa brasileira de pesquisas agropecuárias
124. END - ensaio não-destrutivo (radiações)
125. EPC - equipamento de proteção coletiva
126. EPI - equipamento de proteção individual
127. EST - engenheiro de Segurança do Trabalho; Engenharia de
Segurança do Trabalho
128. FAT - fundo de amparo ao trabalhador
129. FDA - Failure-Data Analysis
130. FEEMA - Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Rio
de Janeiro)
131. FENATEST - federação nacional dos técnicos de Segurança do
Trabalho
132. FEPI - ficha de entrega de EPI
133. FGTS - fundo de garantia do tempo de serviço
134. FIOCRUZ - Fundação Osvaldo Cruz
135. FISP - Feira Internacional de Segurança e Proteção (nome próprio)
136. FISP - Folha de Informação Sobre o Produto
137. FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico
138. FISPQ - ficha de informação de Segurançado produto químico
139. FISST - Feira Internacional de Saúde e Segurança no Trabalho
140. FMEA - failure method of effect analysis
141. FOR - free oxigen radicals (radicais livres de oxigênio)
142. FSDP - ficha de segurança de produto
143. FISPQ - Ficha de Informações de Segurança do Produto Químico
144. FTA - fault tree analysis (análise de árvore de falhas)
145. FUNDACENTRO - fundação Jorge Duprat Figueiredo de Seg. e Med.
do trabalho
146. GA - gases ácidos
147. GES - grupo de exposição similar
148. GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de
Serviço e Informações à Previdência Social.
149. GHE - Grupo Homogêneo de Exposição
150. GHR - Grupo Homogêneo de Risco
151. GLP - Gás Liquefeito de Petróleo
152. GNV - Gás Natural Veicular
153. GOI-PNES - grupo operativo institucional (do PNES)
154. GQT - Gerenciamento pela Qualidade Total
155. GR - grau de risco
156. GST - gerenciamento pela segurança total
157. GSTB - grupo de segurança do trabalho a bordo de navios
mercantes
158. GT - grupo técnico
159. GT - 10 - grupo técnico para revisão da NR-10
160. GT/SST - grupo tripartite de saúde e segurança do trabalho
161. GTT - grupo técnico tripartite
162. HACCP - Hazard Analysis and Critical Control Point
163. HAZOP - hazard and operability
164. HIV - Human Immunodeficiency Virus
165. HMIS - Hazardous Material Information System, Hazardous Materials
Identification System
166. HSTA - Higiene e Segurança no Trabalho e Ambiente
167. I - grau de infração. Por exemplo: C = 118.211-0/I=3
168. IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos
Naturais Renováveis
169. IBUTG - índice de bulbo úmido-termômetro de globo
170. IEF - Instituto Estadual de Florestas (Minas Gerais)
171. IKAP - índice Kwitko de atenuação pessoal
172. ILO - International Labour Organization (OIT, em Inglês)
173. IML - Instituto Médico Legal
174. IN - Instrução Normativa. Sucede-se ao IN um número. Por exemplo
IN-84
175. INSS - instituto nacional de seguridade social
176. INST - instituto nacional de segurança do trânsito
177. IPVS - imediatamente perigoso à vida e à saúde
178. IRA - Índice relativo de acidentes
179. ISO - International Organization for Standardization
180. LEM - Laudo de exame médico
181. LEO - limite de exposição ocupacional
182. LER - lesão por esforço repetitivo
183. LER/DORT - lesão por esforço repetitivo/distúrbios osteomusculares
relacionados ao trabalho
184. LGE - líquido gerador de espuma
185. LP - Líquido penetrante
186. LT - limite de tolerância
187. LTCA - Laudo Técnico de Condições Ambientais
188. LTCAT - Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho.
189. MAG - Metal Ative Gas - tipo de solda
190. MBA - Master of Business Administration
191. MIG - Metal Inert Gas - tipo de solda
192. MMA - Ministério do Meio Ambiente
193. MOPE - movimentações de cargas perigosas
194. MRA - mapa de risco ambiental
195. MSDF - Material Safety Data Sheet
196. MTb - Ministério do Trabalho
197. MTE - Ministério do Trabalho e Emprego
198. MTR - manifesto para transporte de resíduos
199. NBR - norma brasileira
200. NFPA - National Fire Protection Association
201. NHO - norma de higiene ocupacional
202. NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health
203. NIT - Número de Identificação do Trabalhador
204. NOB - norma operacional básica
205. NOSA - National Occupational Safety Association (Africa do Sul)
206. NPS - nível de pressão sonora
207. NR - norma regulamentadora
208. NRR - nível de redução de ruído
209. NRR - norma regulamentadora rural
210. NRR-SF - Noise Reduction Rating - Subject Fit
211. OGMO - orgão gestor de mão-de-obra
212. OHSAS - Ocupational Health Safety Assessment Series
213. OIT - organização internacional do trabalho ( em Inglês, ILO)
214. OMS - Organização Mundia da Saúde
215. ONG - organização não-governamental
216. ONL - organização não-lucrativa
217. OS - ordem de serviço
218. OSHA - Occupational Safety and Health Administration
219. PAE - Plano de Ação Emergencial
220. PAIR - perda auditiva induzida por ruído
221. PAIRO - perda auditiva induzida por ruído ocupacional
222. PAM -Plano de Ajuda Mútua
223. PAT - programa de alimentação do trabalhador
224. PBA - Plano Básico Ambiental
225. PCA - plano de controle ambiental
226. PCA - programa de conservação auditiva
227. PCE - plano de controle de emergência
228. PCE - Plano de Controle de Emergência
229. PCIH - Programa de Controle de Infecções Hospitalares
230. PCMAT - programa de condições e meio ambiente de trabalho na
construção civil
231. PCMSO - programa de controle médico de saúde ocupacional
232. PCTP - programa de controle total de perdas
233. PDCA - plan, do, check, act
234. PGR - programa de gerenciamento de risco
235. PGRSS - Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Saúde
236. PH - profissional habilitado
237. pH - potencial hidrogenionico
238. PM - particulas magnéticas
239. PMOC - Plano de Manutenção, Operação e Controle
240. PMTA - Pressão Máxima de Trabalho Admissível
241. PNES - Programa nacional de Eliminação da Silicose
242. PPACAP - Programa de Prevenção de Acidented Com Animais
Peçonhentos
243. PPEOB - Programa de Prevenção de Exposição Ocupacional ao
Benzeno
244. PPD - Pessoa Portadora de Deficiência
245. PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário
246. PPR - Programa de Proteção Respiratória
247. PPRA - programa de prevenção de riscos ambientais
248. PPRAG - programa de prevenção de riscos ambientais para
indústrias Galvânicas
249. PPRPS - Programa de Prevenção de Riscos em Prensas e Similares.
250. PPS - Procedimento Padrão de Segurança
251. PRAT - pedido de reconsideração de acidente de trabalho
252. PRODAT - Programa Nacional de Melhoria de Informações
Estatísticas Sobre Doenças e Acidentes do Trabalho
253. PROESIC - Programa de Engenharia de Segurança na Indústria da
Construção
254. PROVERSA - programa de vigilância epidemiológica e sanitária em
agrotóxicos
255. PSS - programa de saúde e segurança
256. PSSTR - programa saúde e segurança do trabalhador rural
257. PT - Permissão de Trabalho
258. PTR - Permissão de Trabalho de Risco)
259. RAA - relatório de auditoria ambiental
260. RAP - relatório ambiental prévio
261. RE - risco elevado (normas de combate à incêndio)
262. REM - roetgen equivalent man (unidade de dose de radiação)
263. RG - registro geral (cédula identidade)
264. RIA - responsável pela instalação aberta (técnico habilitado em
trabalho com radiação)
265. RIMA - relatório de impacto de meio ambiente
266. RIT - regulamento de inspeção ao trabalho
267. RL - risco elevado (normas de combate à incêndio)
268. RM - risco médio (normas de combate à incêndio)
269. RNC - relatório de não-conformidade
270. RSI - repetitive strain injuri (Lesão por Esforço Repetitivo - LER, em
Inglês)
271. RT - responsável técnico
272. RTP - recomendação técnica de procedimentos
273. RTR - requireimento para transferência de fonte radioativa
274. SARS - severe acute respiratory syndrom
275. SASSMAQ - Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio
Ambiente e Qualidade
276. SAT - seguro de acidente de trabalho
277. SECONCI - Serviço Social da Indústria da Construção
278. SEESMT - serviço especializado em engenharia de segurança e
medicina do trabalho
279. SEFIT - sistema federal de inspeção do trabalho
280. SENAC - serviço nacional de aprendizado do comercio
281. SENAI - Serviço Nacional de Aprendizado Industrial
282. SENAR - serviço nacional de aprendizado rural
283. SERLA - Fundação Superintendência Estadual de Rios e Lagoas
284. SERT - secretaria do emprego e relações do trabalho
285. SESC - serviço social do comércio
286. SESI - serviço social da indústria
287. SESMT - serviço especializado em engenharia de segurança e
medicina do trabalho
288. SESST - Serviço Especializado em Segurança e Saúde do
Trabalhador Portuário
289. SEST - serviço especializado em Segurança do Trabalo
290. SETAS - secretaria do trabalho e da ação social
291. SGSST - Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho
292. SIASUS - serviço de informação ambulatorial do SUS
293. SICAF - Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores
294. SINDUSCON - sindicato da industria da construção civil
295. SINITOX - sistema nacional de informação tóxico-farmacológica
296. SIPAT- semana interna de prevenção de acidentes do trabalho
297. SIT - secretaria de inspeção do trabalho
298. SOBES - Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança
299. SOL - Segurança Ordem e Limpeza
300. SSSSS ou 5S - Seiri, Seiton, Seison, Seiketsu e Shitsuke
301. SSST - secretaria de segurança e saúde do trabalho
302. SST - Saúde e Segurança do Trabalho
303. SUS - sistema único de saúde
304. Sv - Sievert (unidade de dose de radiação)
305. TDS - Treinamento de Segurança
306. TE - Temperatura Efetiva
307. Temperatura Efetiva Corrigida
308. TIG - Tungsten Inert Gas - tipo de solda
309. TLV - Threshold Limit Value, Threshold Level Value
310. TPM - Técnicas de parasitologia e manejo de pragas
311. TRT - tribunal regional do trabalho
312. TST - técnico de Segurança do Trabalho
313. TST - Tribunal Superior do Trabalho
314. TWA - time weight average (nível médio ponderado)
315. TWI - Training With Industry
316. UE- unidade extintora (normas de combate à incêndio)
317. US - ultrassom
318. UFIR - unidade fiscal de referência
319. UNESCO - United Nations Education, Science and Culture
Organization
320. UNICEF - United Nations Children`s Found
321. VGD - ventilação geral diluidora
322. VLE - ventilação local exaustiva
323. VO - volateis orgânicos
324. VRT - valor de referência tecnológico
325. WHO - World Health Organization

PCMSO
NR7 - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (107.000-2)

7.1. Do objeto:

7.1.1. Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece a obrigatoriedade de elaboração


e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam
trabalhadores como empregados, do Programa de Controle Médico de Saúde
Ocupacional - PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do
conjunto dos seus trabalhadores.

7.1.2. Esta NR estabelece os parâmetros mínimos e diretrizes gerais a serem


observados na execução do PCMSO, podendo os mesmos ser ampliados mediante
negociação coletiva de trabalho.
PPRA
NR 9 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (109.000-3)

9.1. Do objeto e campo de aplicação:

9.1.1. Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece a obrigatoriedade da elaboração


e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam
trabalhadores como empregados, do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais -
PPRA, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da
antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüente controle da ocorrência de riscos
ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em
consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais. (109.001-1 / I2)

9.1.2. As ações do PPRA devem ser desenvolvidas no âmbito de cada estabelecimento


da empresa, sob a responsabilidade do empregador, com a participação dos
trabalhadores, sendo sua abrangência e profundidade dependentes das características
dos riscos e das necessidades de controle. (109.002-0 / I2)

9.1.2.1. Quando não forem identificados riscos ambientais nas fases de antecipação ou
reconhecimento, descritas no itens 9.3.2 e 9.3.3, o PPRA poderá resumir-se às etapas
previstas nas alíneas "a" e "f" do subitem 9.3.1.

Centro de Saúde do Trabalho - Programas de prevenção e assistência médica, PCMSO, PPRA,


clínica, CIPA, PCMAT, DRT, CESMT.Localizado em Belo Horizonte, MG.

Acusticus Núcleo Clínico Ocupacional - Empresa voltada para a realização de


exames audiológicos clínicos e ocupacionais.
Alcamed - Empresa voltada à prestação de serviços na área médica em diversos setores da medicina,
higiene e segurança do trabalho. Rio de Janeiro, RJ.
Amedinal - Administração médica e segurança do trabalho. Assessoria em PPRA, CIPA, NR-5, PCMSO,
SIPAT, laudos técnicos, PCMAT, exames médicos, clínicos e complementares. São Paulo, SP.
Angiovasc Higiene e Saúde do Trabalho - Empresa especializada em Medicina e
Segurança de Trabalho, tendo a finalidade de atuar junto às empresas no sentido de orientar e regularizar a
situação das empresas no cumprimento das Normas Regulamentares (NR-7 e NR-9), que tratam da Medicina
e Segurança de Trabalho.
Arga Empreendimentos - Especializada em segurança e medicina do trabalho. PPRA, PCMSO,
SIPAT, CIPA, consultorias, terceirização, terceirização e exames médicos. São Paulo, SP.
Asemedit - Prestação de serviços de segurança e medicina do trabalho. PPRA, PCMSO, PCMAT,
CIPA/SIPAT, LER, laudos técnicos de insalubridade e periculosidade. Assessoria e consultoria técnica. Rio
de Janeiro, RJ.
Asmetro - Empresa especializada em Assessoria em Segurança e Medicina do Trabalho. Serviços,
horários etc... Goiânia, GO.
Assessormed - Empresa especializada em saúde e segurança do trabalho. Atestados admissionais,
periódicos, demissionais, PCMSO, PPRA, CIPA, PCMAT, laudos técnicos, audiometria, ASO, aposentadoria
especial, ergonomia, perfil profissiográfico e laudos de insalubridade. Rio de Janeiro, RJ.
Bioqualynet - Empresa de saúde ocupacional que atua nas áreas de medicina do trabalho e qualidade de
vida. São Paulo, SP.
Biotech - Empresa dedicada a medicina e engenharia do trabalho. Localizada em Belo Horizonte, MG.
CAT - Consultoria e assessoria em medicina do trabalho. Oferece serviços que atendem às necessidades no
cumprimento das NR-7 e NR-9 (PCMSO e PPRA). São Paulo, SP.
Centro de Saúde do Trabalho - Programas de prevenção e assistência médica, PCMSO, PPRA,
clínica, CIPA, PCMAT, DRT, CESMT.Localizado em Belo Horizonte, MG.
Cimetra - Centro Integrado em Medicina e Segurança do Trabalho. PCMSO, PPRA, exames médicos,
PCMAT, laudos DSS 8030, perícias, ergonomia, CIPA, SIPAT, brigada de incêndio, audiometrias etc...
Parcerias em todoo Brasil.
CIPA Online - Curso online de CIPA (segurança do trabalho). O curso contém estudo da NR-5, EPIs,
EPCs, riscos ambientais, legislações trabalhistas, previdenciárias e penais, inspeção de segurança.
CMT - Centro de Medicina do Trabalho - Centro que atua nas áreas médicas, segurança do
trabalho e jurídica. Realiza treinamento das CIPAs, LER/DORT, NR 7, NR 9, ASO, EPI, PCMSO,
ergononomia, insalubridade, fiscalização, pára-raios, brigada de incêndio e primeiros socorros. São Paulo, SP.
Conservare - Serviços de medicina e segurança no trabalho para regularizar as empresas no
cumprimento da legislação obrigatória (normas NR-7, NR-9 e NR-5). São Paulo, SP.
DBConsult - Desenvolve e comercializa sistemas na área de saúde ocupacional:
PCMSO, PPRA, mapa de risco, sistemas multi-empresa e multi-usuário integrados em
um mesmo banco de dados que registra a saúde do trabalhador. Atende a NR-7 e a NR-
9 do Ministério do Trabalho. Florianópolis, SC.
Delta&Ambientec - Implementação e desenvolvimento do PPRA, PCMSO, PCMAT,
análise ergonômica; realização de treinamentos, perícias de insalubridade e
periculosidade, perícias técnicas e aposentadoria especial.
DisBrasil - Destinada a segurança do trabalhador. Trabalha com produtos como
respiradores, óculos, protetors auditivos, luvas, roupas, máscaras de solda, lanternas,
equipamentos para altura, filtros central de água, antiderrapantes etc... Londrina,
Paraná.
EBESCAP - Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho - Laudo
pericial de riscos ocupacionais. Insalubridade ou periculosidade em processos
trabalhistas, jurisperícias, mapeamento, PPRA, PCMAT, PCMSO, audiometria e cursos
específicos. Fortaleza, CE.
Esame Medicina do Trabalho - Esame Medicina do Trabalho
ERGONET – ergonomia online - Portal temático para Ergonomia. Textos, revistas,
bibliotecas, bancos de dados, legislação, softwares, assessorias, consultorias,
equipamentos e produtos ergonômicos. Tudo sobre Lesões por Esforços Repetitivos
(LER/DORT) e riscos ergonômicos presentes nos locais de trabalho.
Ética Medicina do Trabalho - PCMSO/PPRA. Riscos, organização de CIPA,
assessoriajurídica, segurança, medicina do trabalho, laudos, insalubridade,
periculosidade, laudos para aposentadoria especial, exames admissionais,
audiometrias, levantamentos, levantamentos ergonômicos, etc... Belo Horizonte, MG.
Fisiotec - Ginástica laboral em empresas e em condomínios, projetos esportivos e
recreativos, personal training, palestras, cursos, nutrição, ergonomia etc... Porto
Alegre, RS.
HO – Higiene Ocupacional - Portal temático para higiene do trabalho. Textos,
revistas, bibliotecas, bancos de dados, legislação, softwares, consultorias, laboratórios
e equipamentos para avaliações ambientais. Tudo sobre riscos químicos, físicos,
biológicos e de acidentes presentes nos locais de trabalho.
I.S.O. - Instituto de Saúde Ocupacional - Medicina do trabalho, engenharia de
segurança, normas regulamentadoras, audiometria, saúde e assessoria ocupacional,
atendimento a empresas, atestados de saúde, NR7, NR9, NR18, NR15 etc... Porto
Alegre, RS.
IMTEP - Instituto de Medicina e Segurança do Trabalho do Estado do Paraná. Unidade
móvel, normas regulamentadoras, CIPA, SESMT, quantitativos, ETI, médicos, operações
insalubres, ergonomia, socorros, treinamento, vacinas e negócios. Curitiba, PR.
Labore Medicina do Trabalho - Atendimento de medicina do trabalho. PCMSO,
legislação trabalhista e cuidados ergonômicos. Belo Horizonte, MG.
SL - Engenharia e Consultoria - ações dirigidas a Condições e Meio Ambiente no
Trabalho, englobando as Condições de Segurança, Medicina e Saude do trabalhador, a
maior garantia que Empregador e Empregado podem dispor durante sua relação
Capital/Trabalho.
A uma - unidade medica assistencial, saude ocupacional, medicina do trabalho,
medicina ocupacional, medicina trabalhista, medicina laboral, pcmso, ppra, atestado
de saude, nr7, nr9, controle medico, programa de proteção de riscos ambientais,
controle de saude, drt, laudos.
Medical & Work - Assess. e Cons. em Saude Ocupacional - Prestadora de
serviços em segurança e medicina do trabalho, PCMSO, PPRA, audiometrias, exames
laboratoriais, treinamentos, CIPA, laudos periciais ( ambientais, insalubridade,
periculosidade, aposentadoria )
Saude e Trabalho Online - Portal Temático para Segurança e Saude no Trabalho
(Higiene, Segurança, Enfermagem, Engenharia e Medicina do Trabalho, Epidemiologia,
Ergonomia, Toxicologia). Textos, legislação e estatísticas sobre doenças profissionais,
acidentes do trabalho e aposentadoria especial
JHM Saude - Saude ocupacional, Segurança no Trabalho, Qualidade de Vida, PCMSO,
PPRA, CIPA, gestão de ambulatorios e assessoria em saude, aposentadoria especial e
laudos tecnicos.
MEDISA Medicina do Trabalho - Referencia no mercado de serviços em Saude
Ocupacional com criação, gestão e avaliação de sistemas, em regime de parcerias,
com o objetico de proporcionar ao cliente competitividade, legitimação institucional e
qualidade
Cidamed - Medicina e Segurança do Trabalho - Empresa especializada em
Medicina, Segurança e Psicologia do Trabalho, NR7, NR9, NR15 e outros...
workfate.com.br - saude ocupacional e ambiental - toxicologia
MEDSCIENCE - PCMSO,PPRA,CIPA,saude ocupacional, medicina do trabalho, pericias
judiciais, audiometria, insalubridade, segurança do trabalho, terceirização de
ambulatorio, laudos judiciais, ergonomia, prova função pulmonar, periculosidade
Saúde e Trabalho - Mercado eletrônico para produtos e serviços da área de
segurança e saúde no trabalho. Disponibiliza gratuitamente catálogo virtual, sistema
de cotação de preços e banco de currículos. Tudo sobre assessorias/consultorias,
equipamentos de proteção, avaliação ambiental, laboratórios, treinamentos, softwares
e livrarias.
Segurança e Trabalho Online - Portal temático para segurança do trabalho.
Textos, revistas, bibliotecas, bancos de dados, legislação, estatísticas, softwares,
assessorias, consultorias, produtos e equipamentos de proteção coletiva-EPC e
individual-EPI. Tudo sobre prevenção de riscos e de acidentes de trabalho.
TOXNET – Tosicologia Ocupacional - Portal temático para toxicologia
ocupacional. Textos, revistas, bibliotecas, bancos de dados, legislação, softwares,
assessorias, consultorias, laboratórios, equipamentos e produtos utilizados em
toxicologia. Tudo sobre exposição às substâncias tóxicas presentes nos locais de
trabalho.
Clinica Monsenhor Ciro - medicina e segurança ocupacional, PCMSO-NR7,PPRA-
NR9,Todas as demais NRs,Laudos,Cursos,Pericias,Ergonomia
medico do trabalho - Medico do Trabalho
MACAS - Almedical Transformações Ltda / Transformações de ambulancias e
construção de macas retateis.
Medicina do Trabalho - CALIPSO- Capacitação e Ligação para saude ocupacional.
Site que traz materias sobre a aplicação da medicina no ambiente de trabalho. Pelo Dr.
Fernando Puperi. Alem de materias, voce encontrara aqui informações sobre palestras
oferecidas pelo Dr. Fernando.
Empresarial Fitness - Programa de atividade fisica, ginastica laboral,
condicionamento fisico e palestras em empresas. Atua tambem em condominios
residenciais com atividades esportivas, fitness e organização de torneios e eventos
LIVROS SOFTWARES E SLIDES SOBRE CONTROLE DE INFECÇÃO
HOSPITALAR - NETSUL - LIDER BRASILEIRO DESDE 94 - Solicite catalogo (41)
354-6839 354-9397 netsulz@softone.com.br - LIDER BRASILEIRO NO Controle de
infecção hospitalar - rotinas em ccih,manual de zeladoria,livros,slides, artigos -
lançamentos - Encartes sobre a Tecnica Basica da Lavagem das maos
Esame Medicina do Trabalho - Esame Medicina do Trabalho
Segurança on-line - Pagina dedicada a demonstrar a importancia e abordar os
principais pontos de Segurança. Aqui voçe vai encontrar tudo para ter uma boa base
de conhecimento em Segurança Patrimonial e Segurança do Trabalho.
Segurança do Trabalho - Pagina criada pelo Tecnico de Segurança do Trabalho
Rômulo Assmann. A importancia da Segurança do Trabalho para a organização e sua
relação com a Administração de Empresas.
Esame - Assessoria em Medicina do Trabalho - Esame- Assessoria em Medicina
do Trabalho medicina do trabalho medicina ocupacional saude do trabalho saude
ocupacional nr7 nr9 pcmso ppra segurança do trabalho laudo ambiental laudo
eletronico laudo ergonomico terceirização de ambulatorios ambulatorios vacinações
aso
Teste de drogas - Venda de testes para deteccao do consumo de entorpecentes tais
como: maconha, cocaina, crack, opiacios, metanfetaminas e PCP . Testes instantaneos
de urina ou baseados na analise de cabelos. Programas de testes corporativos.
Representante Leibo, Riah, Psychemedics.
Segurança e Saude no Trabalho - O Endereço da Prevenção - Um guia de
navegação para as areas de segurança e saude do trabalho.

TPM
O que é TPM?
TPM significa "Total Productive Maintenance" (Manutenção Produtiva Total). A
Manutenção Produtiva compreende um abrangente conjunto de atividades de
manutenção que visam melhorar a performance e a produtividade dos equipamentos de
uma fábrica. A Palavra "Total" significa que toda a fábrica está envolvida na cultura e
nas atividades do TPM, desde a Gerência, até os operários.
Em sua definição atual, TPM torna-se agora "Gerenciamento
Produtivo Total". O método foi tão bem-sucedido nas fábricas em
Manuntenção que foi iniciado que os critérios do TPM passaram a ser aplicados a
Produtiva Total todos
os processos da empresa, incluindo as atividades de melhoramento
da Qualidade, segurança e cuidados ambientais, desenhos de
Gerenciamento máquinas, trabalho de escritório e muitos outros. TPM na Pirelli não
Produtivo Total é mais apenas um projeto local: na verdade, é uma forma de
trabalho, um sistema de gerenciamento global que
transforma os modelos tradicionais de administração.
Os 5 Pontos-Chaves da Filosofia TPM:
1. Buscar a criação de uma cultura coletiva ligada à obtenção de máxima eficiência em
todo o processo produtivo.
2. Ativar o sistema para a prevenção de perdas para atingir o objetivo de "nível zero de
acidentes", "nível zero de defeitos" e "nível zero de quebras" no processo produtivo.
3. Envolver toda a força de trabalho da empresa. A gerência cria um compromisso e
uma visão clara do TPM: os objetivos são então colocados em todos os níveis
intermediários, até os operários da linha de produção.
4. Obter "zero" perdas através dos resultados das atividades de pequenos grupos de
trabalho, integrados ao sistema produtivo.
5. Estar presente em todos os aspectos do desenvolvimento, produção, vendas e
administração.
INTRODUÇÃO A SEGURANÇA NO TRABALHO / FUNÇÕES.

1. Que é Segurança do Trabalho ?


Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas
visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a
integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.

A Segurança do Trabalho estuda diversas disciplinas como Introdução à


Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho, Prevenção e Controle de
Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações, Psicologia na
Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento, Administração
aplicada à Engenharia de Segurança, O Ambiente e as Doenças do
Trabalho, Higiene do Trabalho, Metodologia de Pesquisa, Legislação,
Normas Técnicas, Responsabilidade Civil e Criminal, Perícias, Proteção do
Meio Ambiente, Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios e
Explosões e Gerência de Riscos.

O quadro de Segurança do Trabalho de uma empresa compõe-


se de uma equipe multidisciplinar composta por Técnico de
Segurança do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho,
Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho. Estes
profissionais formam o que chamamos de SESMT - Serviço
Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do
Trabalho. Também os empregados da empresa constituem a
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, que tem
como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes
do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o
trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do
trabalhador.

A Segurança do Trabalho é definida por normas e leis. No Brasil a


Legislação de Segurança do Trabalho compõe-se de Normas
Regulamentadoras, Normas Regulamentadoras Rurais, outras leis
complementares, como portarias e decretos e também as convenções
Internacionais da Organização Internacional do Trabalho, ratificadas pelo
Brasil.

2. Porque minha empresa precisa contituir equipe de


Segurança do Trabalho?
Porque é exigido por lei. Por outro lado, a Segurança do Trabalho faz
com que a empresa se organize, aumentando a produtividade e a
qualidade dos produtos, melhorando as relações humanas no
trabalho.
3. Que é acidente de trabalho?
Acidente de trabalho é aquele que acontece no exercício do trabalho
a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação
funcional podendo causar morte, perda ou redução permanente ou
temporária, da capacidade para o trabalho.
Equiparam-se aos acidentes de trabalho:

1. o acidente que acontece quando você está prestando serviços por ordem da empresa
fora do local de trabalho
2. o acidente que acontece quando você estiver em viagem a serviço da empresa
3. o acidente que ocorre no trajeto entre a casa e o trabalho ou do trabalho para casa.
4. doença profissional (as doenças provocadas pelo tipo de trabalho.
5. doença do trabalho (as doenças causadas pelas condiçoes do trabalho.

O acidente de trabalho deve-se principalmente a duas causas:

I. ato inseguro
é o ato praticado pelo homem, em geral consciente do que está
fazendo, que está contra as normas de segurança. São exemplos de
atos inseguros: subir em telhado sem cinto de segurança contra
quedas, ligar tomadas de aparelhos elétricos com as mãos molhadas
e dirigir a altas velocidades.

II. Condição Insegura


é a condição do ambiente de trabalho que oferece perigo e ou risco ao
trabalhador. São exemplos de condições inseguras: instalação elétrica
com fios desencapados, máquinas em estado precário de
manutenção, andaime de obras de construção civil feitos com
materiais inadequados.

Eliminando-se as condições inseguras e os atos inseguros é possível reduzir os acidentes e as


doenças ocupacionais. Esse é o papel da Segurança do Trabalho.
4. Onde atua o profissional de Segurança do Trabalho?
O profissional de Segurança do Trabalho tem uma área de atuação
bastante ampla. Ele atua em todas as esferas da sociedade onde
houver trabalhadores. Em geral ele atua em fábricas de alimentos,
construção civil, hospitais, empresas comerciais e industriais, grandes
empresas estatais, mineradoras e de extração. Também pode atuar
na área rural em empresas agro-industriais.
5. O que faz o profissional de Segurança do Trabalho?
O profissional de Segurança do Trabalho atua conforme sua formação,
quer seja ele médico, técnico, enfermeiro ou engenheiro.O campo de
atuação é muito vasto. Em geral o engenheiro e o técnico de segurança
atuam em empresas organizando programas de prevenção de acidentes,
orientando a CIPA, os trabalhadores quanto ao uso de equipamentos de
proteção individual, elaborando planos de prevenção de riscos
ambientais, fazendo inspeção de segurança, laudos técnicos e ainda
organizando e dando palestras e treinamento. Muitas vezes esse
profissional também é responsável pela implementação de programas de
meio ambiente e ecologia na empresa.
O médico e o enfermeiro do trabalho dedicam-se a parte de saúde
ocupacional, prevenindo doenças, fazendo consultas, tratando
ferimentos, ministrando vacinas, fazendo exames de admissão e
periódicos nos empregados.

6. O que exatamente faz cada um dos profissionais de


Segurança do Trabalho?
A seguir a descrição das atividades dos profissinais de Saúde e
Segurança do Trabalho, de acordo com a Classificação Brasileira de
Ocupações - CBO.

Engenheiro de Segurança do Trabalho - CBO 0-28.40

• assessora empresas industriais e de outro gênero em assuntos


relativos à segurança e higiene do trabalho, examinando locais e
condições de trabalho, instalações em geral e material, métodos
e processos de fabricação adotados pelo trabalhador, para
determinar as necessidades dessas empresas no campo da
prevenção de acidentes;
• inspeciona estabelecimentos fabris, comerciais e de outro gênero, verificando se existem
riscos de incêndios, desmoronamentos ou outros perigos, para fornecer indicações
quanto às precauções a serem tomadas;
• promove a aplicação de dispositivos especiais de segurança, como óculos de proteção,
cintos de segurança, vestuário especial, máscara e outros, determinando aspectos
técnicos funcionais e demais características, para prevenir ou diminuir a possibilidade de
acidentes;
• adapta os recursos técnicos e humanos, estudando a adequação da máquina ao homem
e do homem à máquina, para proporcionar maior segurança ao trabalhador;
• executa campanhas educativas sobre prevenção de acidentes, organizando palestras e
divulgações nos meios de comunicação, distribuindo publicações e outro material
informativo, para conscientizar os trabalhadores e o público, em geral;
• estuda as ocupações encontradas num estabelecimento fabril, comercial ou de outro
gênero, analisando suas características, para avaliar a insalubridade ou periculosidade
de tarefas ou operações ligadas à execução do trabalho;
• realiza estudos sobre acidentes de trabalho e doenças profissionais, consultando
técnicos de diversos campos, bibliografia especializada, visitando fábricas e outros
estabelecimentos, para determinar as causas desses acidentes e elaborar
recomendações de segurança.

Técnico de Segurança do Trabalho - CBO 0-39.45

• inspeciona locais, instalações e equipamentos da empresa,


observando as condições de trabalho, para determinar fatores e
riscos de acidentes; estabelece normas e dispositivos de
segurança, sugerindo eventuais modificações nos equipamentos
e instalações e verificando sua observância, para prevenir
acidentes;
• inspeciona os postos de combate a incêndios, examinando as mangueiras, hidrantes,
extintores e equipamentos de proteção contra incêndios, para certificar-se de suas
perfeitas condições de funcionamento;
• comunica os resultados de suas inspeções, elaborando relatórios, para propor a
reparação ou renovação do equipamento de extinção de incêndios e outras medidas de
segurança;
• investiga acidentes ocorridos, examinando as condições da ocorrência, para identificar
suas causas e propor as providências cabíveis;
• mantém contatos com os serviços médico e social da empresa ou de outra instituição,
utilizando os meios de comunicação oficiais, para facilitar o atendimento necessário aos
acidentados;
• registra irregularidades ocorridas, anotando-as em formulários próprios e elaborando
estatísticas de acidentes, para obter subsídios destinados à melhoria das medidas de
segurança;
• instrui os funcionários da empresa sobre normas de segurança, combate a incêndios e
demais medidas de prevenção de acidentes, ministrando palestras e treinamento, para
que possam agir acertadamente em casos de emergência;
• coordena a publicação de matéria sobre segurança no trabalho, preparando instruções e
orientando a confecção de cartazes e avisos, para divulgar e desenvolver hábitos de
prevenção de acidentes;
• participa de reuniões sobre segurança no trabalho, fornecendo dados relativos ao
assunto, apresentando sugestões e analisando a viabilidade de medidas de segurança
propostas, para aperfeiçoar o sistema existente.

Médico do Trabalho - CBO - 0-61.22

• executa exames periódicos de todos os empregados ou em


especial daqueles expostos a maior risco de acidentes do
trabalho ou de doenças profissionais, fazendo o exame clínico
e/ou interpretando os resultados de exames complementares,
para controlar as condições de saúde dos mesmos a assegurar a
continuidade operacional e a produtividade;
• executa exames médicos especiais em trabalhadores do sexo feminino, menores, idosos
ou portadores de subnormalidades, fazendo anamnese, exame clínico e/ou
interpretando os resultados de exames complementares, para detectar prováveis danos
à saúde em decorrência do trabalho que executam e instruir a administração da
empresa para possíveis mudanças de atividades;
• faz tratamento de urgência em casos de acidentes de trabalho ou alterações agudas da
saúde, orientando e/ou executando a terapêutica adequada, para prevenir
conseqüências mais graves ao trabalhador;
• avalia, juntamente com outros profissionais, condições de insegurança, visitando
periodicamente os locais de trabalho, para sugerir à direção da empresa medidas
destinadas a remover ou atenuar os riscos existentes;
• participa, juntamente com outros profissionais, da elaboração e execução de programas
de proteção à saúde dos trabalhadores, analisando em conjunto os riscos, as condições
de trabalho, os fatores de insalubridade, de fadiga e outros, para obter a redução de
absenteísmo e a renovação da mão-de-obra;
• participa do planejamento e execução dos programas de treinamento das equipes de
atendimento de emergências, avaliando as necessidades e ministrando aulas, para
capacitar o pessoal incumbido de prestar primeiros socorros em casos de acidentes
graves e catástrofes;
• participa de inquéritos sanitários, levantamentos de doenças profissionais, lesões
traumáticas e estudos epidemiológicos, elaborando e/ou preenchendo formulários
próprios e estudando os dados estatísticos, para estabelecer medidas destinadas a
reduzir a morbidade e mortalidade decorrentes de acidentes do trabalho, doenças
profissionais e doenças de natureza não-ocupacional;
• participa de atividades de prevenção de acidentes, comparecendo a reuniões e
assessorando em estudos e programas, para reduzir as ocorrências de acidentes do
trabalho;
• participa dos programas de vacinação, orientando a seleção da população trabalhadora
e o tipo de vacina a ser aplicada, para prevenir moléstias transmissíveis;
• participa de estudos das atividades realizadas pela empresa, analisando as exigências
psicossomáticas de cada atividade, para elaboração das análises profissiográficas;
• procede aos exames médicos destinados à seleção ou orientação de candidatos a
emprego em ocupações definidas, baseando-se nas exigências psicossomáticas das
mesmas, para possibilitar o aproveitamento dos mais aptos;
• participa da inspeção das instalações destinadas ao bem-estar dos trabalhadores,
visitando, juntamente com o nutricionista, em geral (0-68.10), e o enfermeiro de higiene
do trabalho (0-71.40) e/ou outros profissionais indicados, o restaurante, a cozinha, a
creche e as instalações sanitárias, para observar as condições de higiene e orientar a
correção das possíveis falhas existentes. Pode participar do planejamento, instalação e
funcionamento dos serviços médicos da empresa. Pode elaborar laudos periciais sobre
acidentes do trabalho, doenças profissionais e condições de insalubridade. Pode
participar de reuniões de órgãos comunitários governamentais ou privados, interessados
na saúde e bem-estar dos trabalhadores. Pode participar de congressos médicos ou de
prevenção de acidentes e divulgar pesquisas sobre saúde ocupacional.
Enfermeiro do Trabalho CBO - 0-71.40

• Estuda as condições de segurança e periculosidade da empresa, efetuando


observações nos locais de trabalho e discutindo-as em equipe, para identificar as
necessidades no campo da segurança, higiene e melhoria do trabalho;
• Elabora e executa planos e programas de proteção à saúde dos empregados,
participando de grupos que realizam inquéritos sanitários, estudam as causas de
absenteísmo, fazem levantamentos de doenças profissionais e lesões traumáticas,
procedem a estudos epidemiológicos, coletam dados estatísticos de morbidade e
mortalidade de trabalhadores, investigando possíveis relações com as atividades
funcionais, para obter a continuidade operacional e aumento da produtividade;
• Executa e avalia programas de prevenções de acidentes e de doenças profissionais ou
não-profissionais, fazendo análise da fadiga, dos fatores de insalubridade, dos riscos e
das condições de trabalho do menor e da mulher, para propiciar a preservação de
integridade física e mental do trabalhador;
• Presta primeiros socorros no local de trabalho, em caso de acidente ou doença, fazendo
curativos ou imobilizações especiais, administrando medicamentos e tratamentos e
providenciando o posterior atendimento médico adequado, para atenuar consequências
e proporcionar apoio e conforto ao paciente;
• Elabora e executa ou supervisiona e avalia as atividades de assistência de enfermagem
aos trabalhadores, proporcionando-lhes atendimento ambulatorial, no local de trabalho,
controlando sinais vitais, aplicando medicamentos prescritos, curativos, instalações e
teses, coletando material para exame laboratorial, vacinações e outros tratamentos, para
reduzir o absenteísmo profissional; organiza e administra o setor de enfermagem da
empresa, provendo pessoal e material necessários, treinando e supervisionando
auxiliares de enfermagem do trabalho, atendentes e outros, para promover o
atendimento adequado às necessidades de saúde do trabalhador;
• Treina trabalhadores, instruindo-os sobre o uso de roupas e material adequado ao tipo
de trabalho, para reduzir a incidência de acidentes;
• Planeja e executa programas de educação sanitária, divulgando conhecimentos e
estimulando a aquisição de hábitos sadios, para prevenir doenças profissionais,
mantendo cadastros atualizados, a fim de preparar informes para subsídios processuais
nos pedidos de indenização e orientar em problemas de prevenção de doenças
profissionais.

Auxiliar de Enfermagem do trabalho

• desempenha tarefas similares às que realiza o auxiliar de enfermagem, em geral (5-


72.10), porém atua em dependências de fábricas, indústrias ou outros estabelecimentos
que justifiquem sua presença.

Fonte: Código Brasileiro de Ocupação - CBO


7. Como minimizar os custos com a Segurança do
Trabalho?
A melhor maneira de minimizar os custos da empresa é investir
na prevenção de acidentes. Muitos empresários tem a idéia
errônea que devem diminuir seus investimentos em
equipamentos de proteção individual, contratação de pessoal de
segurança do trabalho e medidas de segurança. O custo de um
acidente pode trazer inúmeros prejuízos à empresa.
O acidente leva a encargos com advogados, perdas de tempo e materiais e na produção.
Sabem-se casos de empresas que tiveram que fechar suas portas devido à indenização por
acidentes de trabalho. Com certeza seria muito mais simples investir em prevenção e em
regularização da segurança nesta empresa, evitando futuras complicações legais.

8. Na minha empresa nunca teve acidente de trabalho. Acho que investir em


Segurança atualmente é perda de tempo.
Isso não é correto. Investir em segurança também vai aumentar o grau de
conscientização dos empregados. Fazer treinamento de segurança vai melhorar o
relacionamento entre eles. Se nunca aconteceu acidente não quer dizer que
nunca vai acontecer. Já diz a Bíblia, "Vigiai e orai, pois não sabeis o dia nem a
hora" . Nunca sabermos a hora que um acidente pode acontecer, por isso
devemos estar sempre prevenidos.

9. Acho que meu dever como administrador de empresas e ou dono da empresa é


contratar o serviço de segurança do trabalho da empresa e ponto final.
Errado. Em uma campanha de segurança da empresa toda a diretoria deve estar envolvida. De
nada adianta treinar os funcionários, fazer campanhas, se a diretoria, a maior responsável pela
empresa, não estiver envolvida e engajada com a Segurança do Trabalho. Se isso acontecer a
empresa fica sendo acéfala, isto é, sem cabeça, sem coordenação, perdendo-se tudo o que foi
feito, caindo a Segurança do Trabalho no esquecimento em poucos meses.

10. O que fazer então se, sendo da diretoria da empresa, não


sou profissional da área de segurança?
A primeira coisa a fazer é manter a mente aberta, conversar com
os empregados, com o pessoal da área de segurança, participar
do processo. Também é de muita valia assistir palestras e
seminários, fazer cursos de atualização sobre gerenciamento,
qualidade e meio ambiente. Em muitos desses cursos são
ministradas tópicos envolvendo Segurança do Trabalho, que vem
somar-se ao conhecimento necessário para fazer a empresa mais
eficiente, segura, organizada e produtiva.