Você está na página 1de 13

c  



à àà

Ao disponibilizar os modelos a seguir, nosso objetivo é apenas sugerir a Oficiais de Justiça maneiras de elaborar uma p ,
o que não significa que estes modelos sejam perfeitos ou dispensem uma atitude criativa de cada um que os utilizar. Quem se
aventura no cargo de Oficial de Justiça deve estar ciente de que cada diligência é única e exige uma p  específica,
capaz de retratar todos os fatos que tenham ou possam ter importância para o processo. Deste modo, é necessário que os
modelos a seguir sejam adotados com bom senso e cautela, tendo sempre em mente que tudo aquilo que for certificado pelo
Oficial de Justiça ficará registrado nos autos e estará, em regra, acessível a todo o público (ressalvadas as ações que tramitam
em segredo de justiça). Todos os textos abaixo podem ser copiados e modificados, ao gosto de quem os adotar. Seguem
algumas observações. Mãos à obra!

Œ   à   Œ  àŒ à

1. Deve-se estar atento às margens utilizadas na Certidão, para evitar que o seu texto seja prejudicado ou se torne
ilegível quando a mesma for juntada aos autos do processo. Se a Certidão for redigida no verso do manda do ou no
verso de uma das folhas de uma Carta Precatória, a margem esquerda poderá ter aproximadamente 2 cm, mas a
margem direita deverá ter, no mínimo, 3,5 cm. Se a Certidão for redigida no anverso (na frente) de uma nova folha
que será anexada ao mandado ou à Carta Precatória, as margens deverão ser invertidas, de modo que a margem
esquerda tenha, no mínimo, 3,5 cm, e a margem direira tenha aproximadamente 2 cm.
2. Nem todos utilizam o símbolo do respectivo Poder Judiciário no topo de sua Certidão, não sendo obrigatório.
Acreditamos, porém, que sua utilização trará uma imagem de profissionalismo e de trabalho bem feito.
3. Ainda que você escolha não utilizar o símbolo do Poder Judiciário ao qual está vinculado, é importante que o
cabeçalho de sua Certidão informe a qual instituição você pertence, como por exemplo   
  
 , p
  
4. É fundamental que o Oficial de Justiça se identifique no final da Certidão, mencionando seu nome, seu cargo e seu
número de matrícula na instituição à qual seja vinculado. Além de ser uma exigência legal, a completa identificação
é essencial para que o Magistrado e o Cartório saibam quem realizou a diligência que foi certificada, de modo a
obter esclarecimentos do Oficial (caso seja necessário), a reconhecer suas virtudes e seus defeitos. É possível
manter um bom relacionamento entre Magistrados, Cartorários e Oficiais de Justiça.
5. Nas Certidões Negativas - aquelas que o Oficial de Justiça utiliza quando não teve sucesso no cumprimento da
ordem do Juiz -, é comum que se utilize as expressões "DEIXEI DE CITAR", "DEIXEI DE INTIMAR", "DEIXEI DE
PENHORAR", etc. Sugerimos que se utilize expressões que indiquem que o insucesso no cumprimento da ordem
judicial se deveu a motivo alheio à vontade do Oficial, como, por exemplo, "FIQUEI IMPOSSIBILITADO DE CITAR",
"FIQUEI IMPOSSIBILITADO DE INTIMAR", "FIQUEI IMPOSSIBILITADO DE PENHORAR", etc.
6. Outras questões relacionadas à maneira de redigir a Certidão ficam ao gosto de cada Oficial. Se desejar suge rir
mudanças ou melhorias nos modelos apresentados a seguir, envie-nos um e-mail:
cotidianodeumoficialdejustica@yahoo.com.br

àŒ Œà  Œà
à    à 
 

YY
PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à   , RG/CPF nº 9999999999999, dando-lhe conhecimento de todo o conteúdo
do mandado e da petição inicial, que lhe li e dos quais ficou ciente, tendo recebido e aceitado contra -fé, pelo que exarou sua
assinatura no anverso do mandado. Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX
àŒ à Œà 
Œà à    à 
 

YY
PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então fui recebido pelo(a) Sr(a). XXXXXXXXXXXXX, porteiro(a) do edifício, que informou que o(a) Sr(a).
XXXXXXXXXXXX, ora citando, não mais reside naquele local, tendo se mudado dali há aproximadamente 1 (um) ano para
local que não soube precisar. Pelo exposto, à  Œ Œà    . Por ser
verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ Œà  Œà
à  Œ

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à à à !""#$% "#&' &$, através do Sr. XXXXXXXXXXX, RG/CPF nº 9999999999999, que se
apresentou como sendo pessoa com poderes para tanto, dando -lhe conhecimento de todo o conteúdo do mandado e da
petição inicial, que lhe li e dos quais ficou ciente, tendo recebido e aceitado contra-fé, pelo que exarou sua assinatura no
anverso do mandado. Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ Œà  Œà
à    à 
 

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à   , RG/CPF nº 9999999999999, dando-lhe conhecimento de todo o
conteúdo do mandado, que lhe li e do qual ficou ciente, tendo recebido e aceitado contra -fé, pelo que exarou sua assinatura no
anverso do mandado. Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.

XXXXXXXXXXXXXXXX
Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ Œà  Œà
à  Œ

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à à à !""#$% "#&' &$ , através do Sr. XXXXXXXXXXX, RG/CPF nº 9999999999999, que se
apresentou como sendo pessoa com poderes para tanto, dando -lhe conhecimento de todo o conteúdo do mandado, que lhe li e
do qual ficou ciente, tendo recebido e aceitado contra-fé, pelo que exarou sua assinatura no anverso do mandado. Por ser
verdade, dou fé. Guarapari, 1 1 de janeiro de 2015.

XXXXXXXXXXXXXXXX
Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ Œà  ( à) 


à  à àà Œà
 àŒ  
 àŒà 

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à   , RG/CPF nº 9999999999999, dando-lhe conhecimento de todo o conteúdo
do mandado e da petição inicial, que lhe li e dos quais ficou ciente, tendo recebido e aceitado contra -fé, pelo que exarou sua
assinatura no anverso do mandado. Devolvo a 1ª via do mandado ao Cartório de origem para a fixação do início do prazo de
embargos (art. 738 do CPC). Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ
Certifico que, decorrido o prazo legal sem que tenha sido feito o pagamento (art. 652 do CPC), novamente me dirigi ao
endereço indicado, lá chegando às 11:24 horas do dia 15 de janeiro, quando então à) à à Œà  àŒŒà Œ
ààŒ , conforme Auto anexo, os quais à nos termos do Laudo também anexo. Por fim, à  
 acerca da penhora e da nomeação de depositário. Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 15 de janeiro de
2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

àŒ  Œà à) 


à à Œà 
 *+,-( . /0( Π 

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

àŒ
Certifico que, em cumprimento ao presente , me dirigi ao endereço indicado, lá chegando às 15:34 horas do dia 10 de janeiro,
quando então à) à à Œà  àŒŒà Œ   , conforme Auto anexo. Todavia,
à  Œ Œà  à à) Œ , haja vista depender de conhecimentos especializados,
nos termos do art. 475 -J, § 2º, do CPC. Por ser verdade, dou fé. Guarapari, 11 de janeiro de 2015.


Oficial(a) de Justiça
Mat. XXXXXXXX

 Œà à)  Œà à Œà


à    à 
 

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

 Œà à) 

Em ( ____ ) _______________ de ___________________ de 2010, em cumprimento ao mandado expedido nos autos da


Execução nº 000.00.000.000-0, em trâmite na 5ª Vara Cível da Comarca de Guarapari, ES, proposta por MARCO AURÉLIO
MARCOLINO AURELIANO em face de MARCIANA DA SILVA LUNÁTICA,

 àŒ 1 à)  Œ   àà  à 

(Deve-se deixar aproximadamente 10 linhas para que os bens penh orados sejam relacionados)

Para constar, lavro o presente, que depois de lido e achado conforme, é assinado por mim, Oficial de Justiça incumbido da
diligência, e pelo(a) Sr.(a) ___________________________________________, CPF ______________________________,
Depositário(a) Particular, que neste ato foi informado das implicações legais do encargo.

XXXXXXXXXXXXXXXX ______________________________
Oficial(a) de Justiça Depositário(a) Particular
Mat. 999.999
(No verso do Auto, pode-se inserir declaração a ser assinada pelo(a) executado(a), na qual afirma estar ciente da penhora, da
nomeação de depositário e do prazo para oferecimento de embargos/impugnação. Segue sugestão.)

Έ

Eu, _____________________________________________, CPF ____________________________, declaro-me ciente da


penhora, da nomeação de depositário e do prazo para oferecimento de embargos/impugn ação.

Guarapari (ES), _____ de __________________ de ________.

__________________________________

c       


à àà

O Oficial de Justiça deve sempre ter em mente que o principal objetivo da execução é satisfazer o direito do credor. Deste
modo, é fundamental que a penhora observe o procedimento previsto na lei e que a avaliação seja realizada de modo a
transmitir segurança a eventuais interessados em arrematar o bem. Além de garantir a execução e encontrar o valor do bem, a
penhora e a avaliação servem também para    aos possíveis arrematantes. Pode parecer que esta  
não é tarefa do Oficial de Justi ça, mas não podemos nos esquecer de que a realização da penhora e da avaliação exigem que
o bem tenha sido vistoriado e descrito pelo Oficial de Justiça. E o que é a   senão a descrição do bem? A
exemplo do que acontece com os modelos de Certidões e de Autos disponíveis em nosso blog, os modelos de Laudo a seguir
são apenas uma sugestão, não tendo a pretensão de serem perfeitos. Por esta razão, podem ser modificados ao gosto de
quem os utilizar. Por fim, é importante esclarecer que não pretendem os sugerir modelos de Laudos que se aproximem
daqueles elaborados por Engenheiros ou Corretores de Imóveis, profissionais treinados para realizar Avaliações conforme as
normas da ABNT, muitas vezes de grande complexidade. O nosso objetivo é apenas auxiliar colegas Oficiais de Justiça na
tarefa de realizar as avaliações de menor complexidade, determinadas pelos Magistrados no dia-a-dia e passíveis de serem
realizadas pelo ser humano de conhecimento médio. Bom trabalho!

Œ  à

ù É importante descrever o bem com a maior riqueza de detalhes possível, inclusive inserindo fotos, quando viável. É
o momento em que os arrematantes conhecerão o bem penhorado, sabendo se possui qualidades, se
tem pendências, qual o seu tempo de uso, quais os seus defeitos visíveis, onde está localizado, etc. Não se exige
que o Oficial de Justiça realize testes específicos ou que possua conhecimentos especializados sobre o bem, afinal
de contas não somos peritos.
ù Se o Oficial tiver conhecimento da existência de penhora, hi poteca, ou outra restrição sobre o bem, bem como da
existência de débitos de condomínio ou de tributos, deve mencionar isto no Laudo. Nem sempre, porém, será
possível ter acesso a estas informações.
ù Em relação à Metodologia a ser adotada, são inúmeras as possibilidades existentes. As mais conhecidas são
o Método de Custo, o Método de Renda e o Método Comparativo. Explicando:
1) c  p  é aquele que encontrará o valor do bem a partir da soma de todos os gastos necessários para
sua produção. No caso de imóveis, por exemplo, este Método exige que o Oficial de Justiça conheça sobre
materiais de construção, mão-de-obra, duração de atividades, burocracia de legalização,
etc, conhecimentos especializados que a maioria de nós não possuí, e não tem a obrigação de possuir, salvo os
Oficiais que sejam também engenheiros, arquitetos ou técnicos em edificações.
2) c   , por sua vez, é aquele que encontrará o valor do bem a partir da previsão de sua capacidade
de produção ou de aluguéis que o referido bem pode trazer para seu proprietário. É o caso de imóveis rurais
utilizados no cultivo de produtos agrícolas ou na criação de gado, ou de imóveis destinados a fins comerciais. Este
Método também exige dos Oficiais de Justiça conhecimentos especializados.
3) c p por fim, é aquele que encontrará o valor do bem a partir da pesquisa de preços praticados
no mercado na comercialização de bens semelhantes. É o Método mais aconselhado para as avaliações realizadas
pelos Oficiais de Justiça em razão de normalmente não exigir conhecimentos especializados. Em síntese, o Oficial
de Justiça deverá procurar anúncios de         ou informações sobre  
     
 ! 
   , que chamaremos de   , e com base em tais   , realizar a sua avaliação.
ù Por se tratar de bem imóvel, esteja atento ao seguinte: se as   forem          , é
interessante que se faça a dedução de 5% sobre o valor de oferta, pois nesta espécie de negócio normalmente se
inclui esta margem de negociação entre vendedor e comprador. Por outro lado, se as   forem  
 
     !  
   , não é interessante que se faça qualquer dedução, pois vendedor e
comprador já adequaram a oferta à realidade do mercado durante a negociação.
ù Também esteja atento ao seguinte: a escolha das   não é uma atividade aleatória, sem qualquer
critério. Ao contrário, uma boa avaliação dependerá em grande parte de uma boa escolha das   . Perceba,
por exemplo, que as   devem ser localizadas na mesma região do bem a ser avaliado, no menor espaço
possível. Assim, deve-se preferir as   situadas no mesmo edifício; não sendo possível por falta de   ,
prefira as   localizadas na mesma quadra do bem a ser avaliado; se mesmo assim não for possível, prefira
as da mesma rua; se ainda assim não for possível, prefira as do mesmo bairro.
ù Outras questões são interessantes de observarmos: r se o bem for situado numa cidade litorânea, a
proximidade do mar é considerado motivo de valorização, motivo pelo qual devemos escolher amostras que tam bém
tenham esta característica;  em caso de edifício, aptos de andares superiores são mais valorizados do que os de
andares inferiores (com exceção de aptos de 1º andar que possuam área externa);  não se deve comparar valores
de um imóvel de destino comercial (um lote na beira de uma avenida onde só há lojas e empresas) com um imóvel
de destino residencial (um lote situado numa área predominantemente de casas e aptos), pois os imóveis de
destinação comercial são consideravelmente mais valorizados;  imóveis residenciais próximos a pontos de
comércio tendem a ser mais valorizados do que os que sejam distantes de padaria, supermercado, etc. São muitas
as questões que podem surgir no momento de uma avaliação, por isto sinta -se à vontade para enviar perguntas
para o e-mail 
 "#
Terei prazer em dar a minha opinião.
ù O mercado imobiliário de algumas cidades, como é o caso de Guarapari, ES, não realiza anúncios de ofertas de
imóveis informando sua área (51 m², como no modelo de Laudo apresentado abaixo). Nestes locais, os imóveis são
anunciados com base no número de dormitórios e de vagas de garagem, de modo que se torna inviável aos Oficiais
de Justiça realizar os cálculos mencionados nos parágrafos 2º, 3º e 4º do item c   contido
no modelo de Laudo sugerido abaixo. Se isto ocorrer na sua região, substitua os parágrafos mencionados acima
pelo seguinte: "De posse das   , realizou-se a    
 de seus respectivos valores, que é o
resultado desta avaliação."
ù Os guias elaborados para avaliação de imóveis afirmam que devemos buscar o maior número possível de   ,
advertindo-nos que jamais devemos nos limitar a um nº de   menor que 7 (sete). Entretant o, percebo que na
prática nem sempre isto é possível, muitas vezes pela dificuldade de encontrar bens semelhantes ao que se deseja
avaliar. Se isto acontecer, não se desespere: faça a sua avaliação com as   que conseguir e justifique esta
dificuldade no item $ 
    
. Lembre-se: você não é um perito; se sua avaliação não for
satisfatória, o Magistrado nomeará um perito para realizar uma avaliação técnica.
ù Os estudiosos da área afirmam que as avaliações devem ser realizadas com um olhar objetivo, de modo a garantir
que um bem receba o mesmo valor independente de quem o avalia. Na prática, porém, não podemos nos esquecer
que os valores dados aos bens, seja por nós Oficiais de Justiça, seja por qualquer outra pessoa, é reflexo de nossa
maneira de ver o mundo e do que consideramos bom ou ruim. Portanto, ao buscar   , ao escolher algumas
dentre as várias encontradas, e ao analisar as que foram escolhidas, lembre-se que os valores encontrados não são
absolutos, que muitos vendedores tendem a supervalorizar o seu imóvel, e que uma determinada característica de
um imóvel pode ser compensada por outra característica de outro imóvel.
ù Não tenha medo de errar, mas elabore seu Laudo com bom senso e honestidade, pois tudo o que você escrever se
tornará um registro do seu trabalho nos autos do processo, disponível para que todos leiam (salvo nas ações que
tramitam sob segredo de justiça).
ù E por fim, não tenha medo do Magistrado. O Oficial de Justiça é o braço direito do Juiz e ele confiará no seu
trabalho desde que você demonstre que se esforçou para realizar o que foi ordenado, ainda que não obtenha um
ótimo resultado no final (todos nós sabemos que o sucesso de cada diligência depende de vários fatores alheios à
vontade do Oficial). Não se iluda: comportamentos do tipo   ou !  % % & 
      são facilmente perceptíveis pela simples leitura da Certidão. Seja detalhista, mas
impessoal; correto, mas flexível. Como se diz na iniciativa privada,  
 ' Mas atenção: não seja puxa-saco!

 Έ Έ ΠΈ
 Œà à 2à
    à Œà à àà)à 

Œà Œ  Œ à Œ Œ à  


  Έ  

ΠΈ 

Œ"'3%45 $ 6"  '" 78%$

O bem a ser avaliado é o apto 203 do Edifício Vila Real, composto de 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala e cozinha
conjugada com área de serviço, totalizando área de 51 (cinquenta e um) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Seguem fotos
do imóvel.

O Edifício Vila Real possui portaria 24 horas, interfone e elevador. Está localizado na Av. Beira Mar, nº 215, bairro Santo
Antônio, Guarapari, ES. A via pública é calçada, atendida pelos serviços de iluminação pública, coleta de lixo e transporte
público. A região possui padaria, supermercado, casa lotérica e bares.
Este Oficial desconhece a existência de registro de ônus sobre o imóvel (penhora, hipoteca, etc), bem como desconhece a
existência de débitos de taxa condominial ou junto aos órgãos públicos. Eventuais interessados devem verificar a existência de
tais débitos.

"&$89% $&$

Adotou-se aqui o Método Comparativo, através do qual se avaliará o bem a partir de           , adiante
denominados    As   foram obtidas na região do bem a ser avaliado.

Por se tratarem de negócios ainda não realizados - são apenas anúncios de venda -, optou-se por deduzir 5% (cinco
porcento) do    
     , eliminando desta maneira a margem de negocição que o vendedor
insere no valor anunciado, e encontrando o     
  
      

Dividindo o     
  
      por sua respectiva área, encontrou -se o   (  
 
   .

Para homogeneizar as amostras, realizou-se a   


dos valores de m² de todas e las, encontrando então o 
(    .

Por fim, multiplicou-se o (  pela área do bem a ser avaliado, encontrando o valor de mercado do bem a ser
avaliado.
Œ$' 38:%$' # "3$

Amostra 1:

ù Apto 201 do Edifício Marie Juan, com 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha e área de serviço,
totalizando 60 (sessenta) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado na Av. Beira Mar, nº 450, bairro
Santo Antônio, Guarapari, ES, a uma quadra do bem a ser avaliado. Anunciado em dezembro de 2010 por
R$150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).

Amostra 2:

ù Apto 204 do Edifício Monroe, com 2 (dois) quartos, dos quais 1 (um) é suíte, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha e
área de serviço, totalizando 61 (sessenta e um) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado na Av. Beira
Mar, nº 531, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, a duas quadra do bem a ser avaliado. Anunciado em outubro de
2010 por R$158.000,00 (cento e cinquenta e oito mil reais).

Amostra 3:

ù Apto 302 do Edifício Giovana Lopes, com 2 (dois) quartos, varanda em um dos quartos, 1 (um)banheiro social, sala,
cozinha e área de serviço, totalizando 55 (cinquenta e cinco) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado
na Av. Beira Mar, nº 190, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, na mesma quadra do bem a ser avaliado. Anunciado
em agosto de 2010 por R$143.000,00 (cento e qu arenta e três mil reais).

Amostra 4:

ù Apto 406 do Edifício Bella Roma, com 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha, área de serviço e
banheiro de empregada, totalizando 56 (cinquenta e seis) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situ ado na
Av. Beira Mar, nº 216, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, na mesma quadra do bem a ser avaliado. Anunciado em
janeiro de 2011 por R$147.000,00 (cento e quarenta e sete mil reais).

;83<8'

1º passo: deduzir 5% (cinco porcento) do    


    , encontrando o   
 

     

Amostra 1: 150.000 X 0,95 = R$142.500,00

Amostra 2: 158.000 X 0,95 = R$150.100,00

Amostra 3: 143.000 X 0,95 = R$135.850,00

Amostra 4: 147.000 X 0,95 = R$139.650,00

2º passo: dividir o   


  por sua área, encontrando-se o (  

Amostra 1: 142.500 / 60 = R$2.375,00/m²


Amostra 2: 150.100 / 61 = R$2.461,00/m²

 Amostra 3: 135.850 / 55 = R$2.470,00/m²

 Amostra 4: 139.650 / 56 = R$2.494,00/m²

3º passo: realizar a   


   (     , encontrando-se o (  
 )

2.375 + 2.461 + 2.470 + 2.494 = R$2.450,00/m² na região


4

4º passo: multiplicar o (  pela área do bem a ser avaliado, encontrando o   
  
%    

2.450 X 51 = R$124.950,00

"'<8&$ $ 78%45

Avalia-se o  


* 
  + %  r+    
  
!
& 

   !   ,r+
%    (

 r+     

R$124.950,00
(cento e vinte e quatro mil, novecentos
e cinquenta reais)
Guarapari (ES), 21 de janeiro de 2011.

XXXXXXXXXXXXXX
Oficial de Justiça
Mat. 99999999

 Έ Έ ΠΈ
 Œà à 2à
    à2 àààà à=Œ ààààà

Œà Œ  Œ à Œ Œ à  


  Έ  

ΠΈ 

Œ"'3%45 $ 6"  '" 78%$

O bem a ser avaliado é o apto 203 do Edifício Vila Real, composto de 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala e cozinha
conjugada com área de serviço, totalizando área de 51 (cinquenta e um) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Seguem fotos
do imóvel.

O Edifício Vila Real possui portaria 24 horas, interfone e elevador. Está localizado na Av. Beira Mar, nº 215, bairro Santo
Antônio, Guarapari, ES. A via pública é calçada, atendida pelos serviços de iluminação pública, coleta de lixo e transporte
público. A região possui padaria, supermercado, casa lotérica e bares.

Este Oficial desconhece a existência de registro de ônus sobre o imóvel (penhora, hipoteca, etc), bem como desconhece a
existência de débitos de taxa condominial ou junto aos órgãos públicos. Eventuais interessados devem verificar a existência de
tais débitos.

"&$89% $&$
Adotou-se aqui o Método Comparativo, através do qual se avaliará o bem a partir de  
       ! 

   , adiante denominados   As   foram obtidas na região do bem a ser avaliado.

Dividindo o     
  
      por sua respectiva área, encontrou -se o   (  
 
   .

Para homogeneizar as amostras, realizou-se a   


dos valores de m² de todas elas, encontrando então o 
(   .

Por fim, multiplicou-se o (  pela área do bem a ser avaliado, encontrando o valor de mercado do bem a ser
avaliado.
Œ$' 38:%$' # "3$

Amostra 1:

ù Apto 201 do Edifício Marie Juan, com 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha e área de serviço,
totalizando 60 (sessenta) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado na Av. Beira Mar, nº 450, bairro
Santo Antônio, Guarapari, ES, a uma quadra do bem a ser avaliado. Vendido em dezembro de 2010 por
R$150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).

Amostra 2:

ù Apto 204 do Edifício Monroe, com 2 (dois) quartos, dos quais 1 (um) é suíte, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha e
área de serviço, totalizando 61 (sessenta e um) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado na Av. Beira
Mar, nº 531, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, a duas quadra do bem a ser avaliado. Vendido em outubro de
2010 por R$158.000,00 (cento e cinquenta e oito mil reais).

Amostra 3:

ù Apto 302 do Edifício Giovana Lopes, com 2 (dois) quartos, varanda em um dos quartos, 1 (um)banheiro social, sala,
cozinha e área de serviço, totalizando 55 (cinquenta e cinco) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado
na Av. Beira Mar, nº 190, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, na mesma quadra do bem a ser avaliado. Vendido
em agosto de 2010 por R$143.000,00 (cento e quarenta e três mil reais).

Amostra 4:

ù Apto 406 do Edifício Bella Roma, com 2 (dois) quartos, 1 (um) banheiro social, sala, cozinha, área de serviço e
banheiro de empregada, totalizando 56 (cinquenta e seis) m². Possui 1 (uma) vaga de garagem. Edifício situado na
Av. Beira Mar, nº 216, bairro Santo Antônio, Guarapari, ES, na mesma quadra do bem a ser avaliado. Vendido em
janeiro de 2011 por R$147.000,00 (cento e quarenta e sete mil reais).

;83<8'

1º passo: dividir o   


  por sua área, encontrando-se o (  

Amostra 1: 150.000 / 60 = R$2.500,00/m²

Amostra 2: 158.000 / 61 = R$2.590,00/m²

 Amostra 3: 143.000 / 55 = R$2.600,00/m²

 Amostra 4: 147.000 / 56 = R$2.625,00/m²

2º passo: realizar a   


   (     , encontrando-se o (  
 )

2500 + 2590 + 2600 + 2625 = R$2.579,00/m² na região


4

3º passo: multiplicar o (  pela área do bem a ser avaliado, encontrando o   
  
%    

2.579 X 51 = R$131.529,00
"'<8&$ $ 78%45

Avalia-se o  


* 
  + %  r+    
  
!
& 

   !   ,r+
%    (

 r+     

R$131.500,00
(cento e trinta e um mil e quinhentos
reais)
Guarapari (ES), 21 de janeiro de 2011.

XXXXXXXXXXXXXX
Oficial de Justiça
Mat. 99999999

c         


 

 Œà   Œà à
 à   

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

 Œà   Œà à

Em ( ____ ) _______________ de ___________________ de 2010, em cumprimento ao mandado expedido nos autos da


Ação nº 000.00.000.000-0, em trâmite na 5ª Vara Cível da Comarca de Guarapari, ES, proposta por ANTÔNIO EXPULSO DE
CASA em face de MARIANO INVASOR,

 àŒ 1   Œ àààà  à Œ 2à  à Œà 

(Deve-se descrever o imóvel conforme consta no mandado)

Para constar, lavro o presente, que depois de lido e achado conforme, é assinado por mim, Oficial de Justiça incumbido da
diligência, e pelo(a) Sr.(a) ___________________________________________, CPF ______________________________,
imitido na posse do imóvel..

XXXXXXXXXXXXXXXX ______________________________
Oficial(a) de Justiça Imitido na Posse
Mat. 999.999

 Œà   Œà à
 à  Œ

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


COMARCA DE GUARAPARI

 Œà   Œà à

Em ( ____ ) _______________ de ___________________ de 2010, em cumprimento ao mandado expedido nos autos da


Ação nº 000.00.000.000-0, em trâmite na 5ª Vara Cível da Comarca de Guarapari, ES, proposta por FRIGORÍFICO SEM
SEDE em face de MARIANO INVASOR,

 àŒ 1   Œ àààà  à Œ 2à  à Œà 

(Deve-se descrever o imóvel conforme consta no mandado)

Para constar, lavro o presente, que depois de lido e achado conforme, é assinado por mim, Oficial de Justiça incumbido da
diligência, e pelo(a) Sr.(a) ___________________________________________, CPF ______________________________,
representante legal do Requerente.

XXXXXXXXXXXXXXXX ______________________________
Oficial(a) de Justiça Representante legal do Requerente
Mat. 999.999

8 CUMPRIMENTO DOS MANDADOS NA PRÁTICAY


Y
8.1 Critérios Y
Y

YY Y
YYY
 Y
Y Y Y Y
Y Y
YYY
Y
Y
Y 
YY
Y Y Y Y Y
Y Y Y 
Y 
 Y 
Y Y 
Y Y  Y  
Y
Y
Y 
Y 
  Y Y Y Y  Y !Y
Y Y Y  Y
Y Y
   Y"Y
Y
Y Y
YY
Y 
YYY
   Y

YY Y Y 

Y 
 Y 
Y  
Y Y Y  
Y


Y
Y
Y
YYYY
Y

Y
Y#$
% Y

ù ÷ 
&Y

ù  Y
Y 
&Y

ù p
YYYY
Y 
&Y

ù  
Y 
&Y

ù p Y
Y 
Y
Y 
YY
Y Y & Y

ù a Y
Y 
&Y

ù à$
&Y
ù #&Y

ù àY Y
!&Y

ù  Y
Y 
Y

8.2 Obtenção de Informações sobre o Destinatário Y


Y

YY Y 
Y ' Y
Y Y Y  Y Y !Y 
Y 
Y Y


Y 
Y  
Y 
Y Y   Y Y Y p

Y Y  
Y
Y
Y  Y Y

Y Y 
(Y Y Y Y  Y

YY  YY Y  Y ' Y 
Y Y  Y Y

 %Y

÷  

    Y
Y

 Y
Y 
& Y
 Y
YY

& Y
)

YY' Y
YY

&Y
* 
YYY
&Y
 Y
Y
Y
& Y

YY Y+

YYYY
Y &Y

Y
÷  

     Y
 Y
Y 
& Y
à 
Y' Y
YY

&Y
$
Y Y
 & Y
* 
Y
Y
& Y
a
Y Y +
&Y
÷
Y
& Y
 Y
Y

&Y
 Y
Y
Y
YYY!Y&Y

Y
÷  

      Y
 Y
Y 
& Y
,YY
Y! Y!Y
+
&Y
p
YY  Y
Y
&Y
)Y' 
Y
Y
Y
Y & Y
 Y
Y
Y
& Y
 YY!Y&Y
 Y
Y

&Y
÷
Y
(Y
Y+
Y' Y Y+YY
 Y

8.3 Cuidados com o Mandado Y


Y

YY Y Y Y  Y' Y


Y 
YYY
Y
Y 
YY
Y 
Y
YY
YYY Y-!
Y. 
YY
!Y / 
Y Y  Y 
Y 

Y Y 
Y  Y
  
%Y

ù u
Y Y
YY
Y
Y
Y Y+ Y
Y Y
YY

(Y & Y

ù 
Y Y  Y 
(Y Y  +
Y 
Y
YY Y Y
Y
(YY YY
Y 
& Y

ù
Y YY '  YY
 

Y
Y 
 Y

8.4 Atitudes em Relação aos Endereços Y


Y

Ô   


 
 
    Y
 Y
Y
Y 
YY#Y #Y
Y 
Y
&Y

Y
Y.
Y
YYY
Y
Y Y
Y
  & Y
p
Y
Y! YY 
+
Y Y
 Y
u
   Y
 Y
Y
Y 
YY#Y #Y
Y 
Y
&Y

Y Y '0#Y
Y .
Y
 Y Y Y Y  #Y Y
Y 
Y Y

Y
  & Y

Y
Y+Y

Y
Y.
Y
Y
Y$ Y
Y
YYY
 Y
1 Y$Y

 YY Y Y YY2YY
 YY YY
Y