ESCOLA SERAFIM DA SILVA SALGADO LÍNGUA PORTUGUESA ± 1º MÓDULO - ENSINO MÉDIO PROFESSOR: Adriano Sérgio GÊNEROS LITERÁRIOS ±ATIVIDADES

Alunos (as): ____________________________________________________________________________ 1. O gênero lírico na maioria das vezes é expresso pela ( ) Poesia. ( ) Jornal. ( ) Cinema. ( ) Novela. 2. O gênero dramático geralmente é composto de textos que foram escritos para serem encenados em forma de: ( ) Peça de teatro. ( ) Poesia. ( ) Novela. ( ) Cinema. 3. A sátira é um texto de caráter ridicularizador, podendo ser também uma crítica indireta a algum fato ou a alguém. Um bom exemplo pode ser: ( ) Canção. ( ) Piada. ( ) Filme. ( ) Teatro. 4. Geralmente a fábula tem por finalidade transmitir: ( ) Alguma lição de moral. ( ) Alguma crítica. ( ) Alguma estória. ( ) Algum elogio. 5. Segundo Aristóteles, os gêneros literários são geralmente divididos em: ( ) Real, ficção e comédia. ( ) Narrativo, lírico e dramático. ( ) Circo, Novela e teatro. ( ) Real, sonho e filme. 6. No gênero narrativo, as narrativas utilizam-se de diferentes linguagens. São elas ( ) Verbal, novela e crônica. ( ) Romance, epopeia e novela. ( ) Crônica, fábula e conto. ( ) Verbal, gestual e visual.

7. Leia abaixo um trecho de um poema de Gregório de Matos: Anjo Bento Do que passeia farfante, Muito prezado de amante, Por fora luvas, galões, Insígnias, armas, bastões, Por dentro pão bolorento: Anjo Bento!

de desencanto. ) Podemos afirmar que este gênero é conservador. ) O conservadorismo da sátira está no fato que pretende punir. Cabisbaixos. Eu faço versos como quem morre.. b) Como a sátira é uma crítica à sociedade e às instituições. Fecha o meu livro. encolhidos. ) ³Em terra de cegos quem tem um olho é rei´.. Dói-me nas veias. 8.. a sátira pretende moralizar a sociedade.. Meu verso é sangue. a) Assinale a alternativa INCORRETA: () A sátira é um gênero que pretende despertar o riso do público. Volúpia ardente. Deixando um acre sabor na boca.Destes beatos fingidos. do coração.. podemos compará-la a alguns provérbios populares empregados em nossa sociedade. Tristeza esparsa. Por dentro fatais maganos. Leia o poema abaixo para responder os exercícios 10 e 11: Desencanto (Manuel Bandeira) Eu faço versos como quem chora De desalento. Monarquia. ( ( ( ( ) Além do divertimento. ) ³Em casa de ferreiro o espeto é de pau´. E nestes versos de angústia rouca. remorso vão. através do ridículo. se por agora Não tens motivo nenhum de pranto. . Sendo nas caras uns Janos: Que fazem do vício alarde: Deus me guarde! Gregórios de Matos.. Cai.. Qual provérbio abaixo está de acordo com o poema acima? ( ( ( ( ) ³Diga com quem tu andas que te direi quem tu és´. aqueles que ) A sátira é um gênero revolucionário que pretende abolir as instituições estabelecidas como a Igreja e a transgridem as leis sociais. Amargo e quente. gota a gota.. Assim dos lábios a vida corre... ) ³Quem vê cara não vê coração´.

ZEUS: O que a defesa tem a nos dizer? . A que gênero pertence Desencanto. Leia o texto abaixo para responder às questões 4 e 5. Segundo o texto. Hermes fica ao lado Zeus. pai dos homens e dos deuses.9. encontrei um jegue. Você diria que a poesia de Manuel Bandeira é objetiva ou subjetiva? Justifique. ZEUS: Que acusação pesa sobre este homem? HOMERO: Ó Zeus Olímpico. de Manuel Bandeira? Porque se pode dizer que o poema é representante desse gênero? _______________________________________________________ ______________________________ 10. Hermes retira as algemas de Platão que se assenta no banco dos réus ao lado de Sócrates. Hermestraz Platão que também carrega um livro (A República). a) O fragmento é representante do gênero: ( ) lírico ( ) épico ( ) narrativo ( ) dramático 13. Tal homem é o assassino da religião grega. ______________________________________________________ _________________________________ 11. Mas quando me aproximei. percebi que era cego. Sob o pretexto de uma tal Filosofia. substituindo-os por mitos próprios. ³Na serra de Ibiapaba. qual é a condição fundamental para a condição poética? _______________________________________________________________________________________ 14. Leia o texto a seguir: ZEUS: Que entre o réu. ele nega os mitos tradicionais. Estava voltado para o lado e me pareceu que descortinava o panorama. em As Laranjas Iguais). estará pondo em risco a identidade de nossa cultura. se não o condenares. A um passarinho Para que vieste Na minha janela Meter o nariz? Se foi por um verso Não sou mais poeta Ando tão feliz! (Vinícius de Moraes) 13. A que gênero literário pertence o texto? _______________________________________________________________________________________ 15. numa de suas encostas mais altas. este homem é o culpado pela morte de divindades e de heróis.´ (Oswaldo França Júnior.

Hermes. Como todo julgamento deve iniciar pela acusação. mas como poderão os deuses imortais temer a limitada mente humana. a tragédia. esse corruptor está fazendo uso da maiêutica. a) Podemos classificar o texto acima como ( ) épico. Dos homens que a tudo temem posso entender a condenação. ZEUS: Licença concedida. Bom trabalho! . ( ) narrativo. peço licença para chamar a minha testemunha. tal função ficou reservada a Sófocles e sua esposa. não é justo que os aedosde toda a Atenas cantem a glória de tal homem? ZEUS: Assim parece. ( ) dramático. SÓCRATES: Hora. não há Rapsódia alguma que cante a história de uma condenação. ( ) lírico. Não parece claro a todos aqui o quão ilógico é esse julgamento? HOMERO: Protesto meritíssimo.SÓCRATES: Não faz muito tempo que passei por um julgamento parecido e acusações semelhantes. traga a testemunha de acusação. apenas porque essa deseja obter conhecimento? Acaso o desejo de conhecer não implica em uma Odisseia maior e com monstros mais aterrorizantes do que os enfrentados por Ulisses? ZEUS: Assim parece. a maior ³teocida´ que já existiu. SÓCRATES: Se assim o é.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful