P. 1
COMPLEMENTO OBLIQUO - Ficha Informativa Exercicios Com Solucao

COMPLEMENTO OBLIQUO - Ficha Informativa Exercicios Com Solucao

3.0

|Views: 53.419|Likes:
Publicado porsendim

More info:

Published by: sendim on Dec 14, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2015

pdf

text

original

COMPLEMENTO OBLÍQUO

A - O QUE PRECISAS DE SABER MESMO PARA COMPREENDER O QUE É UM COMPLEMENTO OBLÍQUO: 1º Distinguir modificador do verbo de um complemento do verbo Repara nas seguintes frases: a) Eu moro n o P o r t o . b) Eu comprei uma casa no Porto.  No primeiro caso o elemento “no Porto” é seleccionado pelo verbo, isto é completa a ideia transmitida por este, é um elemento obrigatório para que a frase seja gramaticalmente correcta. Estamos por isso perante um complemento do verbo.  No segundo caso o elemento “no Porto” não é seleccionado pelo verbo, não é um elemento obrigatório para que a frase seja gramaticalmente correcta. Estamos por isso perante um modificador. A- Exercícios: Nas seguintes frases distingue complementos de modificadores: a) O Simplício partiu hoje para Lisboa.. b) Hermenegildo subiu rapidamente à árvore. c) Os meninos viram um papel num copo. d) Eles observaram um papel num copo. 2º Distinguir complemento directo de complemento indirecto e de outros complementos Repara nas seguintes frases: a) O Simplício viu uma garrafa. b) Atirei uma pedra a uma garrafa. c) Coloquei uma mensagem numa garrafa.  Em todos os casos o elemento “uma garrafa” é obrigatório, é seleccionado pelo verbo, isto é, completa a ideia transmitida por este, é um elemento obrigatório para que a frase seja gramaticalmente correcta. Estamos por isso perante um complemento.  No primeiro caso o elemento “uma garrafa” é substituível pelo pronome pessoal “a”. Estamos por isso perante um complemento directo.  No segundo caso o elemento “uma garrafa” é substituível pelo pronome pessoal “lhe”. Estamos por isso perante um complemento directo.

B . . c) O professor mora aqui durante todo o ano. junto ao Estádio das Antas. nem pelo pronome pessoal “a” . (> a isso) iii)Eu moro aqui. Estamos por isso perante um outro tipo de complemento. B – O COMPLEMENTO OBLÍQUO Definição: os verbos requerem elementos para completar o seu significado. (> disso) C . c) Eles convidaram as amigas para a festa. b) O Simplício gosta muito de bolos.Exercícios: Identifica o complemento directo e o complemento indirecto nas seguintes frases: a) Os miúdos deram ao Simplício um rebuçado. (> aí / lá. A título de exemplo. (> neste sítio / local) iv)Não gosto de esperar. são complementos oblíquos os segmentos em itálico propostos nas frases seguintes: i)Nas férias passadas. fui a B a r c e l o n a .Exercícios: Identifica o complemento oblíquo nas seguintes frases: a) Dominique Strauss-Khan foi um destes dias a Nova Iorque . d) Eles encontraram num copo de metal um papel amarrotado. b) Os alunos telefonaram aos pais. sendo que uns se fazem acompanhar de complementos directos (os transitivos directos). Concluindo são os complementos do verbo (elementos obrigatórios) que não podem ser substituídos pelo pronome “o” ou “lhe”. outros de complementos indirectos (os transitivos indirectos). a esse sítio/local) ii)O meu irmão adaptou-se à nova turma. No terceiro caso o elemento “uma garrafa” não é substituível pelo pronome pessoal “lhe”. e outros ainda de complementos oblíquos (os transitivos indirectos que admitem complementos que não cabem em nenhum dos casos anteriormente considerados).

c) Os meninos viram um papel (complemento) num copo(modificador). ( Complemento directo) Ca) Dominique Strauss-Khan foi um destes dias a Nova Iorque . c) Eles convidaram as amigas ( Complemento directo) para a festa. d) Eles encontraram num copo de metal um papel amarrotado. . b) Os alunos telefonaram aos pais( Complemento indirecto). b) O Simplício gosta muito de bolos. d) Eles observaram um papel (complemento) num copo(modificador). Ba) Os miúdos deram ao Simplício ( Complemento indirecto) um rebuçado( Complemento directo). c) O professor mora aqui durante todo o ano. b) Hermenegildo subiu rapidamente (modificador) à árvore(complemento).SOLUÇÕES: Aa) O Simplício partiu hoje (modificador)para Lisboa(complemento).

  nn¾   °€nfn¯½ ¯ ° °f¾¾ –° ¾€f¾ ¾  f% ¯° f¾¾ f°€¯ ¾ ¾ f¾f-f   %¯½n–¾f¯  ¾  n%½€ ¾¾¯ff f°  f°                 .

.:25.2./47     .2.2.8 4250203943/70.425020394  .7.2.  8203348.454 24/1.485.94  .7.  $25J.8. .454 24/1./4 425020394 /70.4 4250203943/70.79:40 24/1.50 . 8.7.94   .94 :270-:.50 .:348900143.7749.4$25J..7.7.5/.8 425020394/70.50.20390 24/1./47 E7.  /  0803.D    ./47  / 084-807.45.2:25.425020394  ./..7..1089.2:25./4  425020394/70.8-4.2./47 5.425020394 3:2.425020394 3:2..94 5.23:2.072030/48:-:7.43.7.  08.454/0209.94  .  82/48/07.4397..470 .

  f% ¯° f¾¾ f°€¯ ¾ ¾ f¾f-f   % ¯½n–¾f¯  ¾  n% ½€ ¾¾¯ff f°  f°    .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->