Você está na página 1de 7

É

S

A

R

A

M

A

G

O

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos

Física e Química

Ficha de preparação para o teste Módulo F6

Nome:

Nº:

11º T2

A J I O R Á S Maf r a D N U C E
A
J
I
O
R
Á
S
Maf r a
D
N
U
C
E
S
A
L
O
C
S
E

400580

Ano lectivo: 2010/2011

Formulário

Velocidade de propagação da onda ……………………………………

v

d

; v f

t

; v

T

d

distância percorrida pela onda

t

tempo de propagação da onda

λ comprimento da onda

 
 

T

período da onda

f

frequência da onda

 

1

Frequência …………………………………………………………………………

f

T

T período da onda

Força Elástica ………………… …………………………………………………

k

constante de elasticidade da mola

x

posição da mola

F  kx

Energia Potencial Elástica ………………………………

k

constante de elasticidade da mola

x

posição da mola

(

p el

)

1

2

…………………

E

kx

2

Grupo I

1. A força exercida por uma mola para voltar à posição inicial designa-se por:

A. Restauradora ou elástica.

B. Compressora.

C. Distensora.

D. Deformadora.

2. O deslocamento máximo de uma partícula em relação à posição de repouso é:

A. A frequência.

B. O comprimento de onda.

C. A velocidade da onda.

D. A amplitude.

3. Numa onda, a distância mínima entre dois pontos na mesma fase de vibração chama- se:

A. Amplitude.

B. Comprimento de onda.

C. Frequência.

D. Período.

4.

Em relação ao som pode-se afirmar que:

A.

É

uma substância capaz de preencher os espaços vazios intermoleculares dos

componentes do ar.

B.

O ar é um meio indispensável para a produção e transmissão do som.

C.

É uma onda mecânica que transfere energia entre as partículas de um meio

material elástico, sem que exista transporte desta.

D.

Propaga-se no ar como se fosse constituído por pequenas esferas que se espalham em todas as direcções.

5. O Som propaga-se:

A. Apenas nos gases.

B. Nos gases e no vazio.

C. Nos sólidos, líquidos e gases.

D. Em todos os meios materiais e no vazio.

6. O som propaga-se mais rapidamente num líquido do que:

A. num gás.

B. num sólido.

C. noutro meio qualquer, incluindo o vácuo.

D. num sólido ou num gás.

7. Relativamente às ondas representadas na figura 1, pode dizer-se que:

A. A onda 1 tem menor amplitude e menor frequência do que a onda 2.

B. A onda 1 tem maior amplitude mas menor frequência do que a onda 2.

C. A onda 1 tem maior amplitude e maior frequência que

a onda 2.

D. A onda 1 tem menor amplitude mas maior frequência do que a onda 2.

1 tem menor amplitude mas maior frequência do que a onda 2. Figura 1 8. Considerando

Figura 1

8. Considerando as ondas A e B, representadas na figura 2, como sons, pode dizer-se que:

A. À onda A corresponde um som mais grave e mais fraco do que à onda B.

B. À onda A corresponde um som mais grave e mais forte do que à onda B.

C. À onda A corresponde um som mais agudo e mais forte do que à onda B.

corresponde um som mais agudo e mais forte do que à onda B. Figura 2 D.

Figura 2

D. À onda A corresponde um som mais agudo e mais fraco do que à onda B.

9. Ocorre

ondas

determinado meio encontram uma superfície e:

A. Passam a propagar-se noutro meio.

B. Voltam para trás.

C. Deixam de se propagar.

D. Diminuem a sua intensidade.

a

reflexão

do

som

quando

as

sonoras

10. O espectro sonoro é o conjunto de

que

se

propagam

num

A. todos os sons audíveis pelo ser humano.

B. todos os sons e ultra-sons.

C. todos os sons e infra-sons.

D. todos os sons audíveis e não audíveis pelo ser humano.

Grupo II
Grupo II

1. Observe a figura 3 que representa um oscilador que foi sujeito à acção de uma força exterior.

oscilador que foi sujeito à acção de uma força exterior. Figura 3 1.1. Indique a posição

Figura 3

1.1. Indique a posição do corpo nos pontos A e B.

1.2. Sabendo que a oscilação desta mola (quando se solta a esfera da posição B) possui um período de 2,5 s, calcule a frequência das suas oscilações.

1.3. Determine a intensidade da força exercida pela mola quando o corpo se encontra na posição x = -20 cm. Considere que a constante de elasticidade da mola é de 1,80 N/m.

1.4. Calcule o valor da energia potencial elástica da mola quando x = 10 cm.

1.5. Indique o tipo de movimento que a partícula descreve quando se estica a mola e de seguida se larga (Considere desprezável a força de atrito.)

1.6. Indique a amplitude do movimento descrito pela partícula.

2. Considere a onda da figura 4. Indique, pela(s) respectiva(s) letra(s):

a) um ponto correspondente a uma crista;

b) um ponto que passa pela posição de equilíbrio;

c) dois pontos correspondentes à amplitude máxima;

d) dois pontos separados de um comprimento de

equilíbrio; c) dois pontos correspondentes à amplitude máxima; d) dois pontos separados de um comprimento de

Figura 4

3.

Os gráficos da figura 5 representam, cada um deles, uma onda. Considere que cada

quadrícula equivale a 1 cm.

3

2

1

0

-1

-2

-3

4. 0 5 10 15 20 25 30
4.
0
5
10
15
20
25
30

3

2

1

0

-1

-2

-3

2 1 0 -1 -2 -3 4. 0 5 10 15 20 25 30 3 2

0

5

10

15

20

25

30

A

B

Figura 5

3.1.

Complete os espaços em branco com os símbolos de maior, >, menor,<, ou igual, =.

 

a) O comprimento de onda A é

que o comprimento da onda B.

b) A frequência da onda A é

que a frequência da onda B.

c) O período da onda A é

que o período da onda B.

3.2.

Sabendo que a frequência da onda A é 0,5 Hz, determine a sua velocidade de propagação.

4. O funcionamento do sonar baseia-se na emissão de ultra-sons e posterior recepção do

respectivo eco.

4.1. Indique um possível valor de frequência para as ondas emitidas pelo sonar.

4.2. Calcule a profundidade do mar, num determinado local, sabendo que o eco das ondas

emitidas pelo sonar foi recebido 0,6 segundo após a sua emissão. Considere que o som

se propaga na água do mar à velocidade de 1480 m/s.

5.

Uma criança emitiu um som que embateu num obstáculo situado a 25 m de distância,

voltando este a ser ouvido pela criança.

5.1.

Calcule ao fim de quanto tempo a criança voltou a ouvir o seu eco, admitindo que

a velocidade de propagação do som no ar é de 340 m/s.

5.2. Indique a distância mínima poderá a criança localizar-se para continuar a ouvir o

eco do som que produz. Justifique a sua resposta.

5.3.

Indique o fenómeno que ocorre se a criança se aproximar do obstáculo, até ficar a uma distância inferior à referida na alínea anterior.

6. Considere a frase que se segue:

“Os apitos para cães parecem apitos a fingir: sopra-se e não se ouve nada, mas o cão reage imediatamente.”

6.1. Comente a frase, relacionando as propriedades do som com a audição humana.

6.2. Classifique o som emitido pelo apito em infra-som, som ou ultra-som, sabendo que a

sua frequência é de 35 000 Hz.

7. Considere o diagrama de audibilidade humana representado na figura 6:

o diagrama de audibilidade humana representado na figura 6: Figura 6 7.1. Indique os factores de

Figura 6

7.1. Indique os factores de que depende a audibilidade humana.

7.2. Para nível sonoro de 40 dB, é possível ouvir um som cujas ondas são emitidas com a

frequência de 50 Hz? Justifique a sua resposta.

7.3. Para sons emitidos, com uma frequência 5 000 Hz, indique um nível sonoro que

provoque danos no tímpano.

Bom trabalho !!!!

Grupo I

1. A

2. D

3. B

4. C

5. C

6. A

7. D

8. B

9. B

10. D

Grupo II

CORRECÇÃO

1.1.

X

A = -20 cm

X

B = 20 cm

1.2.

T=2,5 s f=1/T = 1/2,5 = 0,4 Hz

 

1.3.

F=-kx = 0,20 x 1,8 =0,36 N

1.4.

E

p(el) = ½ K x 2 = ½ x 1,8 x (0,10) 2 = 0,009 J

1.5.

Movimento harmónico simples

 

1.6.

A = 20 cm

 

2.

a) B;

b) C;

c) A, B;

d) D e E

3.1.

a) menor (as alíneas b e c não podem fazer porque não têm a velocidade da onda)

3.2.

v

= f x λ = 0,5 x 0,12 = 0,06 m/s

 

4.1.

f > 20 000 Hz

 

4.2.

t = 0,6/2 = 0,3 s (intervalo de tempo que o som demorou desde que saiu do sonar até

chegar ao fundo do mar

d = v x Δt = 1480 x 0,3 = 444 m

5.1. d = 25 x 2 = 50 m (distância percorrida pelo som ida e volta)

Δt = d/v = 50/340 = 0,15 s

5.2. 17 m, pois o ouvido humano só consegue distinguir sons emitidos com a diferença de

0,1 s e considerando a velocidade do som no ar igual a 340 m/s:

d = v x Δt = 340 x 0,1 = 34 m (ida e volta), logo a distância ao obstáculo será 34/2 = 17 m 5.4. Reverberação.

6.1.

Estes apitos emitem sons com frequências diferentes das audíveis pelo Homem, ou seja, são ultra-sons ou infra-sons. No entanto, os cães conseugem ouvi-los pois têm um espectro sonoro diferente do dos humanos.

6.2.

Ultra-som

7.1.

Nível sonoro e frequência

7.2.

Não, pois encontra-se abaixo do limiar de audição humana.

7.3.

Nível sonoro superior a 110 dB.