P. 1
tatuagens de criminosos

tatuagens de criminosos

|Views: 9.367|Likes:
Publicado porPablo Plínio

More info:

Published by: Pablo Plínio on May 05, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/16/2013

pdf

text

original

Sections

Significados de algumas tatuagens pela
"BANDIDAGEM"

O significado de uma tatuagem de palhaço varia de acordo como ele se apresenta no
desenho. Normalmente a tattoo de palhaço é associada a malandragem e são
representados como figuras macabras ou armadas. Nos presídios as tatuagens de
palhaço identifica os assaltantes de bancos.

"A tatuagem, uma antiga forma de expressão corporal, é também utilizada por facções
criminosas como forma de comunicação, cuja mensagem estampada na pele, pode
revelar a personalidade ou atitudes de um marginal. O conhecimento do significado de
cada tatuagem nesse meio é de grande importância para a investigação policial,
auxiliando o profissional da área
de segurança pública no combate ao crime."

Tatuagens e Significados

Âncora – simboliza esperança, proteção e segurança. Indica a relação do usuário com o
mar, sendo feita nos braços.

Borboleta – denota o anseio pela liberdade. É feita por fugitivos, podendo também
indicar homossexualidade.

Cadeado e molho de chaves – exprimem que o apenado sofre martírios no mundo do
cárcere.

Caravela – significa liberdade. É feita, geralmente, na altura do coração.

• Caveira com punhal cravado – indica assassino de policiais.
• Coração cortado por flecha – indica um homossexual passivo.
• Coração cortado por flecha, com a inscrição ―amor de mãe‖ – indica que seus usuários
são homossexuais e cometeram crimes contra os costumes. Atualmente, não tem mais
esse significado. É feita nos braços e no peito.
• Cruz de carvalho – denota tratar-se de um indivíduo de alta periculosidade. É feita nos
ombros e nos braços.
• Espada – quando tem mais de 15 cm indica a valentia do apenado.
• Espada de São Jorge – é feita para exprimir que seu usuário é protegido por Ogum. É
desenhada invariavelmente na perna esquerda.
• Espadas cruzadas – também simboliza a proteção de Ogum e é impressa na perna
esquerda.
• Estrela (Rosa-dos-Ventos) – significa a liberdade e um amuleto para evitar novas
detenções prisões.
• Estrela de Salomão – indica que o usuário está livre de sortilégios.
• Letras – significa recordação do nome de alguma pessoa (mulher, família, amigo). É
aplicada nos braços.
• Mulher – representa mulheres ligadas ao detento (esposas, amantes, mães, filhas, etc.).
• Nomes, versos ou dizeres – simbolizam grande e sincera amizade.
• Nossa Senhora Aparecida – Quando aplicada nas costa ou no peito, em tamanho
pequeno, significa proteção e esperança. Em tamanho grande, acima da metade e no
centro das costas indica o detento que foi estuprado no cárcere. Pode simbolizar também
o estuprador, o homicida e o ladrão.
• Pintas na lateral do rosto – indicam a homossexualidade passiva do apenado.
• Pistola – indica o indivíduo praticante de assalto seguido de morte. É aplicada na
perna.

Pontos na mão entre o polegar e o indicador

• Um ponto – punguista (batedor de carteira).
• Dois pontos – estupro.
• Três pontos em forma de triângulo – viciado ou traficante de drogas.
• Quatro pontos em forma de quadrado – furto.
• Cinco pontos em forma de cruz – roubo; um ponto em cada ponta de uma estrela
(cinco pontas); homicídio.
• Cinco pontos dentro de um círculo e quatro pontos fora – chefe de quadrilha.
• Nove pontos em forma de cruz – homicida ou chefe de quadrilha.

Conheça o que cada tatuagem significa:

Ancora

Simboliza: Esperança, proteção, identifica o homem que pertence

à arte do mar.

Pomba

Simboliza: sorte, bons ganhos, evita ser visto ou pressentido.

Borboleta

Simboliza: Desejo de liberdade, homossexualidade.

Usuários: Fugitivos e homossexuais.

Pinta

Simboliza: Homossexualidade.

Usuarios: Homossexuais passivos.
Local: Lateral do rosto

Caravela

Simboliza: Liberdade.

Local: Coração.

Caveira com punhal

Simboliza: Latrocinio e/ou advertência, matador de policiais.

Usuários: Assaltantes e homicidas.

Cobra e espada

Simboliza: Traição, dedo duro ou alcaguete e informante de policiais.
Usuários: Detentos que não possuem a confiança do grupo. São feitas a força, contra a
vontade do detento.

Cobra

Simboliza: Acredita-se, serve para livrar de prisões e

traições; traz vitórias.

Coração

Simboliza: A revelação da homossexualidade.
Usuários: Apenas por detentos homossexuais.

Nota: Coração com os dizeres "Amor de Mãe",
indicava homossexualidade, hoje é usado normalmente porém
sem o mesmo significado, enquanto o coração sem os dizeres, mantém o significado de
homossexualismo.

Cruz com cranio

Simboliza: ponta firme.
Usuarios: Detentos que tem a confiança do grupo.
Local: Meio das costas.

Cruz com as duas velas acesas

Simboliza: Alta periculosidade.
Local: tamanho grande no meio das costas.

Cruz de carvalho

Simboliza: Advertência, periculosidade do usuário e associação ao latrocinio.
Usuários: Detentos com penas pesadas, homicidas e ladrões.

Cruz em par

Simboliza: Tatuadas sempre em tamanho pequeno (10 cm), dizem

servir para "livrar do diabo e do mau olhado", forma de estar
Protegido, pedido constante de proteção (corpo fechado).

Diabo

Simboliza: Usada por quem traz o doce prazer e sorriso da morte nos lábios.
Uma variação é o diabo trazendo uma caveira nas mãos.
Usuários: Detentos de alta periculosidade.

Espada

Simboliza: Tatuagem de aproximadamente 15cm indica que o detento é destemido,

valente.

Estrela de Salomão

Simboliza: Acredita-se que quem a tem tatuada está livre da

bruxaria.

Estrela rosa dos ventos

Simboliza: Liberdade, amuleto para

evitar prisões.

Jesus Cristo

Simboliza: Latrocínio e assalto a mão armada.

Usuários: Homicidas e assaltantes

Letras

Simboliza: Qualquer que seja, grande, tatuadas nos braços, significa
recordação do nome de alguma pessoa (mulheres, família);
Nomes por extenso, versos ou dizeres significam grande amizade.

Nossa Senhora

Simboliza: Em tamanho pequeno, significa desejo de esperança, proteção e
segurança, além de demonstrar que o usuário é de alta periculosidade.
Em tamanho grande, acima da metade e bem ao centro das costas, significa que o detente é
estuprador ou foi violado durante o cárcere.
Usuários: Detentos com penas pesadas, homicidas, ladrões, estupradores, detentos
estuprados e matadores de aluguel.
Local: Peito ou costas

Pistola

Simboliza: Latrocínio.
Usuários: Presos por assalto com morte.
Local: Geralmente na perna.

Saci

Simboliza: Tráfico de drogas.
Usuários: Traficantes de drogas.
Local: Geralmente na perna direita.

Sereia

Simboliza: Estupro ou atentado violento ao pudor, homossexualidade.
Usuários: Detentos homossexuais, estupradores ou maníacos sexuais. São feitas a força, contra
a vontade do detento.
Local: Perna direita.

Amuletos

Simboliza: Símbolos como Sol, Lua, Suástica ou o uso de colar de contas,
medalhinhas de santos, guias espíritas e fitinhas representam tentativa de se livrar de
delitos/acusações mais graves (das que já constam nos processos).

Terror

Simboliza: Pessoa que esparrama terror.

Usuários: Assaltantes de bancos.

Recursos utilizados para tatuar nos presídios:

A maioria das tatuagens feitas em presídios são obtidas por técnicas improvisadas. O
instrumento utilizado como agulha pode ser obtido com clipes, corda de violão,
grampo, prego, dentre outros. A agulha é anexada a um pequeno motor, simulando o
aparato profissional para tatuagem. Para dar cor aos traços, tinta de caneta, nanquim,
plástico derretido, cinzas de cigarro misturadas a saliva. A cor da tatuagem, assim feita,
usualmente é monocromática, azul ou preta, salvo casos de contrabando de tintas
específicas para tatuagem.O resultado da falta de antissepsia das técnicas resulta
comumente em infecções graves, tanto bacterianas, quanto a disseminação de hepatite e
aids entre os detentos, enquanto que a toxicidade das tintas inadequadas para implante
hipodérmico também provoca quadros de intoxicação nos presos, especialmente
naqueles que possuem o corpo extensamente tatuado.A precariedade do equipamento
usado na prisão nem sempre permite a precisão de uma tatuagem profissional e o
trabalho pode ser feito por alguém sem muita experiência. A tinta pode ser depositada
em região profunda da pele, o que pode provocar cicatrizes. As linhas costumam ser
tortuosas e o design, cru.

Entretanto, na década de 70, tatuadores detentos criaram um novo estilo para tatuar,
denominado "fineline", permitindo um resultado quase realista, o que foi adotado de
forma mais ampla, inclusive em lojas de tatuagem, com subsequente popularização do
estilo até os dias atuais.

Simbologia das tatuagens de detentos:

Representam grupos ideológicos, gangues, os quais estão inseridos, tornando a
tatuagem um meio de forçá-los a não abandonar esses grupos e serem
reconhecidos por outros, tanto por integrantes dos grupos, quanto por policiais.

Expressão de brutalidade, racismo e negação à autoridade.zodificação para
comunicar com outros criminosos.
Submissão às leis impostas pelos prisioneiros.
Presentes por façanhas criminosas praticadas.

As imagens delatam traços da personalidade do criminoso.

Souvenir resultante do encarceramento, demonstrando tempo passado na prisão,
crimes praticados.

Três sepulturas significam que o proprietário desta marca tem o corpo fechado e guarda segredos como
um túmulo.

Punição sofrida na prisão. Os crimes de estupro são punidos com tatuagens
feitas à força. Pintas no rosto, tatuadas num processo forçado e doloroso. Desta
forma, por onde estiver, o tatuado é reconhecido, passando a ser tratado pelos
outros como homossexual passivo. Um pênis desenhado nas costas é outra
punição aos estupradores. Isso facilita sua identificação por todos no presídio.
Ter uma tatuagem dessas significa longos e terríveis anos de servidão sexual na
cadeia.

Tatuagens de prisoneiros russos possuem simbologia complexa, que
representariam especialmente sinais de orgulho. A Rússia possui a maior
população encarcerada do mundo.

Codificação:

Raios duplos, ou número 88: Ideologia nazista."H" é a oitava letra do alfabeto.
88 codifica "Heil Hitler."
Estrela de cinco pontas: Homicida.

Cruz com velas e tridente ao meio: Integrante do CNC, Comando Nazista da
Criminalidade, facção contrária ao PCC.
Serpente: Traidores e delatores.
Santa: Latrocínio ou, ainda, arrependimento pelo crime praticado.

Pistola na perna, Jesus Cristo no peito: Latrocínio.

Cruz nas costas: Vingança.
Caveira trespassada por um punhal: Assassinos de policiais, normalmente
disfarçada entre outros signos.
Borboleta: Busca pela liberdade, planos de fuga, ou homossexualidade.
Cadeado, molho de chaves: Perseguido constantemente no interior da
penitenciária, uma forma usada para pedir apoio.
Cruz com duas velas acesas na base, nas costas, em tamanho grande: Alta
periculosidade.
Diabo: Matador, prazer de conviver com a morte.
Carpa: Chefes do crime.
Escorpião: Integrante do PCC.
Morte: Morte de policiais, latrocínio, homicídio.
Mago: Especialistas em sequestro e em resgate de presos.
Gnomos e duendes: Dependentes químicos.

Nossa Senhora Aparecida no peito ou nas costas em tamanho maior:
Estuprador.
Bolas de bilhar: Há casos em que contêm números que possam identificá-los
dentro das facções (conhecido como matrícula).
Palhaços: Quando aparecem com um dos olhos na mão, olheiro ou gerente da
boca; podem aparecer lágrimas de sangue em preto ou vermelho, lágrimas em
preto significam parceiros mortos pela polícia e lágrimas em vermelho, parceiro
morto por facção rival.
Barco ou caravela, ao lado do coração: Anseio por liberdade.
Grades: Privação da liberdade, por vários anos.
Cruz com o crânio humano, no meio das costas: Lealdade aos colegas de cela.

13: "M" é a 13ª letra do alfabeto, maconha, ou nos EUA também referencia a
uma gangue de rua denominada MS13.

Codificação nas mãos:

Observa-se que nas próprias mãos são usados símbolos que se comunicam indicando
não só o tipo de crime, mas também datas que não desejam esquecer como, por
exemplo, a data em que morreram os companheiros de cela. Uma teia de aranha informa
que seus cúmplices foram mortos; uma cruz com duas velas acesas, é um aviso aos
colegas do cárcere, que o dono desta marca é um indivíduo de alta periculosidade; já um
minúsculo número 12 na mão esquerda, ou ainda, uma folha de maconha estilizada, no
dorso da mesma mão, refere-se estar ligado ao tráfico de drogas; uma sereia na perna
direita, é o estigma dos condenados por crimes contra os costumes.

Como se fossem insígnias de militares, quanto maior o número de pontos, mais alta a
―patente‖ do criminoso, sendo assim: um ponto, normalmente, na mão direita, indica ser
o indivíduo um batedor de carteira; dois pontos na mão indicam ser um estuprador; três
pontos, em forma de triângulo, significam estar envolvido com o crime de tóxicos;
quatro pontos formando um quadrado, informam que o indivíduo pratica o crime de
furto; já cinco pontos identificam um praticante do crime de roubo com violência; um

ponto em cada extremidade de uma estrela significa que o possuidor desta tatuagem
pratica crimes de homicídio, e ainda, vários pontos formando um ―x‖, indicam que o
possuidor é chefe de quadrilha ou líder de determinada facção criminosa.

Gang Tattoo Removal Program:

Os Estados Unidos possuem um programa, desde 1991, intitulado Gang Tattoo Removal
Program que auxilia os presidiários a removerem suas tatuagens de gangues, em troca
de bom comportamento e redenção. Além disso, representa uma chance de removerem
seu passado das suas peles, um renascimento. Uma tatuagem removida pode auxiliar em
uma busca por emprego, por outro lado, se alguém tiver a tatuagem de uma gangue
removida, pode ser tratado como traidor do grupo e ser punido, caso retorne à prisão.

Mapa de tatuagens de prisoneiro, documentado pela penitenciária de Idaho, EUA, década de 60.

A caravela no coração faz referência à liberdade. O Satanás sobre o umbigo refere-se a detentos de alta
periculosidade.

Preso brasileiro da década de 20, com cinco pontos tatuados entre o polegar e o indicador, o que
demonstra que ele era de uma quadrilha de assalto.

Preso brasileiro por homicídio. A cruz é uma forma de apresentar um bandido de alta periculosidade.

Lágrima tatuada aos 15 anos de idade que significa ―a mãe de alguém perdeu o filho‖. O dragão e o

demônio tatuados de cada lado do peito geralmente representam alta periculosidade.

Raios duplos de um lado do pescoço desse preso, associados à mensagem do outro lado ―Thank God I’m
White‖ claramente anunciam sua ideologia racista. Outras tatuagens incluem nomes dos filhos, papoulas,
os anos de suas três condenações, grades de celas e sua tatuagem favorita — ―In Memory of Mac and
Annie,‖ seus avós. Nas prisões californianas, este preso costumava trocar maconha por tatuagem e

subornava guardas para adquirir tintas para tatuagem.

Raios duplos, simbolizando ―white power‖. A cruz na mão e a grade no pulso foram adquiridas quando

preso em 1973, e a mesma imagem foi utilizada por todos os membros da cela.

Viking é outro símbolo racista.

Fotografado ao cumprir prisão perpétua, o número ―13‖ refere-se a "M", 13ª letra do alfabeto, usuário de
maconha. Presos da California também usam o ―13‖ para indicar sua filiação ao sul da California,
enquanto que os residentes do norte utilizam o ―14‖.

Mó visu

Muitos presos se tatuam por razões estéticas mesmo, evitando as ligadas ao crime. Mas

malandro escolado não entra em modinha. ―A descrição que a polícia tem de quem é
fichado inclui tatuagens. Fica fácil ser reconhecido se usar as marcas típicas da cadeia‖,
diz um detento de 24 anos que não tem tatuagem.

Cruz com velas no chão

Elemento de alta periculosidade, do tipo que manda seus desafetos pro cemitério.

Cobra

Esta o cara é obrigado a fazer, para que todos saibam que o dono é dedo-duro e traíra.

São Sebastião

Gays e ―mulheres de cadeia‖ (travestis) exibem sua opção sexual com a imagem do
santo, borboletas coloridas ou um coração trespassado por uma flecha (que indica
homossexual passivo).

Datas

Muitos presos costumam tatuar na pele datas consideradas importantes para eles, como
as de fugas, rebeliões e mortes de companheiros e inimigos.

Tatuadora

Improvisada com tubo de esferográfica, agulha de costura e motor de gravador, a
máquina de tatuar da prisão é movida a pilha ou gato da fiação elétrica. A tinta muitas
vezes é profissional, conseguida a muito custo, assim como as revistas de tatuagem, que
valem até R$ 300 atrás das grades.

X Pontilhado

Tatuado nas costas ou no peito, indica que seu dono é chefe de quadrilha. Como a
polícia hoje identifica os ―fichados‖ também por suas tatuagens, esta tatuagem caiu em
desuso: dá muita bandeira.

Saci com cachimbo

Foi um símbolo criado para identificar traficantes de drogas, muito poderosos do lado
de fora e muito requisitados do lado de dentro.

Nossa Senhora Aparecida

Tem dois significados: pequena, é um símbolo de proteção e esperança. Grande, no alto
das costas, quer dizer que o preso foi condenado por estupro e violentado na cadeia –
um castigo marcado para sempre.

Sepultura

Significa que o tatuado guarda segredo, tem a boca ―fechada como um túmulo‖,

qualidade valorizada na prisão e em liberdade. Outro significado é ter o corpo fechado.

Admiradas por alguns , condenadas por outros, as tatuagens existem desde o século 14
antes de Cristo onde eram usadas pelos egípcios, hoje se tornou uma cultura mundial e é
usada de varias maneiras, que podem ser com intuito de seduçao, rebeldia ou até mesmo
uma forma de identificaçao. Assim como significados possitivos e misticos, elas
tambem podem ser usadas para diferenciar criminosos.A seguir algumas tatuagens e
seus significados no crime.

Nossa Senhora Aparecida

Tatuada em tamanho pequeno no peito, significa desejo de esperança, proteção e
segurança, além de demonstrar que o usuário é de alta periculosidade.
Tatuada nas mãos, braços ou coxas identifica elemento praticante de homicídio.
Em tamanho grande, acima da metade e bem ao centro das costas, significa que o
detente é estuprador ou foi violado durante o cárcere.
Usuários: Detentos com penas pesadas, homicidas, ladrões, estupradores, detentos
estuprados e matadores de aluguel.

Teia de Aranha

Tatuada nas mãos, antebraços, cotovelos e pernas significa lembrança do comparsa ou
morte de cumplice.

Caveira Apunhalada

Símbolo das tropas de operações especiais de algumas Policias Militares do Brasil. Na
linguagem criminal significa latrocínio e/ou advertencia, matador de policiais.
Usuarios: Assaltantes e Homicidas

Caveira

Significa morte, é usada por presos que a cometeram homicidio.

Cruz

Cruz de Carvalho, indica um indivíduo de alta periculosidade. É feita nos ombros e nos
braços. Ou no meio das costas.

Cruz com 2 velas acessas

Tambem identifica um individuo de alta periculosidade.

Cruz em Par

Tatuadas sempre em tamanho pequeno (10 cm), dizem servir para "livrar do diabo e do
mau olhado", forma de estar
Protegido, pedido constante de proteção (corpo fechado).

Águia

Simboliza liberdade. Geralmente é desenhada quando esta terminando de cumprir a
pena, gerlamente tatuada no peito.

Pomba

Significa sorte e bons ganhos e evita ser visto ou pressentido. Geralmente usadas por
ladrões de residencia (caxungueiros).

Folha de Maconha

Utilizadas por pessoas ligadas ao tráfico de drogas. Usada por viciados em drogas.

Saci Perêrê

Usada por pessoas ligadas ao tráfico. Foi muito usada nos anos 80 por traficantes. Local
: geralmente na perna direita.

Mulher Nua

Com a genitália a mostra, significa que o detendo é viciado em drogas injetáveis.

Índia

Bastante comum em traficantes das decadas de 80e 90 entre os traficantes cariocas.

Morte com foice

Representa os presos ligados aos grupos de extermínio chamdos tambem de
"justiceiros"

Tatuagens usadas por homossexuais

Beija-flôr / Flôr / Coraçao transpassado por flexa / Pintas na lateral do rosto / Borboleta
/ Imagem de São Sebastião - Homossexual passivo

Coraçao flexado com escrita: "Amor de Mãe" - indica que seus usuários são
homossexuais e cometeram crimes contra os costumes. Atualmente, não tem mais esse
significado. É feita nos braços e no peito.

Serpente

Utilizada por assaltantes (pessoa traiçoeira, covarde e perigosa).

Sereia

Simboliza: Estupro ou atentado violento ao pudor, homossexualidade.
Usuários: Detentos homossexuais, estupradores ou maníacos sexuais. São feitas a força,

contra a vontade do detento.
Local: Perna direita.

Serpente e punhal/espada

Simboliza: Traição, dedo duro ou alcaguete e informante de policiais.
Usuários: Detentos que não possuem a confiança do grupo. São feitas a força, contra a
vontade do detento.

Espada/Punhal

Indica um elemento perigoso e destemido e/ou que ja cometeu homicídio usando arma
branca.

Demônio

Aquele que mata por gosto. Cautela ao tratar com este tipo de pessoa, pois, são
homicidas e assassinos. Uma variação é o diabo trazendo uma caveira nas mãos.
Utilizado por elementos psicopatas. Não sentem remorso ou arrependimentos de seus
atos. O boneco Chucky é marca do assassino violento.

Pistola e Revolver

Simboliza: Latrocínio.
Usuários: Presos por assalto com morte.
Local: Geralmente na perna

Palhaço ou Coringa

Tatuada geralmente nas costas, mas podendo ser em qualquer lugar do corpo. Utilizada

por pessoa que pratica furto e pequenos roubos. Na cadeia é visto como ―comédia‖ e
―sangue bom‖, quando assume crime que outros cometeram.

Pontos nas mãos

UM : punguista – batedor de carteira em ônibus e locais movimentados.

DOIS : estuprador.

TRÊS : em forma de triângulo – traficante.

QUATRO: roubo.

CINCO : furto.

DEZ : formando uma cruz, homicidas e chefes de quadrilhas.

―X‖ COM BOLAS NAS EXTREMIDADES: símbolo de assaltante de bancos e carros-
fortes (encontrada em presídios paulista).

ESTRELA DE CINCO PONTAS: diz que seu portador é chefe de quadrilha.

NOMES e DATAS: muitos presidiários costumam tatuar nos dedos ou em qualquer
parte do corpo.

A Imagem de São José Mandalas/São Jorge

Tatuadas por presos simpatizantes ou praticantes de religiões afro-brasileiras. Significa
pedido de proteção aos orixás. Os presos portadores deste tipo de tatuagem acreditam
que tem o corpo fechado.

Caravela

Significa liberdade.Gerlamente feita na altura do coraçao.

Letras

Simboliza: Qualquer que seja, grande, tatuadas nos braços, significa recordação do
nome de alguma pessoa (mulheres, família);
Nomes por extenso, versos ou dizeres significam grande amizade.

As fotografias foram tiradas e divulgadas pela Polícia Civil de São Paulo na sexta-feira,
quando Guilherme foi preso suspeito de matar Johni Raoni Falcão Galanciak, de 25
anos. O crime foi cometido no dia 3 de setembro após uma briga entre grupos skinheads
e punks em frente a um bar na rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, zona oeste de São
Paulo. Outro jovem ficou ferido e continua em estado grave.

Entenda o significados das tatuagens:

1. Nos braços

Foto: AE/Divulgação Ampliar

David Vega: "As runas nórdicas SS (das tropas de proteção nazistas) utilizadas pelas
gangues neonazistas, a bola 8 de bilhar, juntas, 88 representa a 8ª letra do alfabeto, HH
(Heil Hitler)".

2. Nas mãos

Foto: AE/Divulgação

David Vega: "Teias de aranha utilizada em diversas gangues (unidos todos na mesma
teia), soco inglês é bem cultuado também, uma vez que todos usam mais as armas
brancas. Caveiras com moicanos e a palavra ―punk‖ – Típico dos anarcopunks".

3. No antebraço direito

Foto: AE/Divulgação

David Vega: "Tatuagens de Skinheads e Punks nervosos e cachorros raivosos. Típico
dos Carecas do Subúrbio." (Carecas do Subúrbio são um grupo de skinheads)

4. Na cabeça

Foto: AE/Divulgação

David Vega: "Tatuagens na cabeça, comuns entre puks e skinheads, os grupos de
extrema direita ostentam desenhos de armas, o fuzil AK 47."

5. Na perna

Foto: AE

David Vegas: "Rostos sombreados de soldados e bandeiras também são comuns entre
skinheads e punks"

6.

Foto: AE/Divulgação

No antebraço esquerdo

David Vegas: "Oi! Saudação do dialeto cockney escocês que simboliza a união de
skinheads e punks (nacionalistas e apolíticos). No Brasil utilizado pelos Carecas do
Subúrbio".

Skinhead (em inglês: Cabeça raspada) é uma subcultura originária dos jovens da
classe operária no Reino Unido no final dos anos 60, e mais tarde espalhada para o resto
do mundo. Chamados desta forma devido ao corte de cabelo, os primeiros skinheads se
originaram dos mods britânicos, e foram fortemente influenciados pelos rude boys
jamaicanos que imigraram para a Inglaterra nessa época, em termos de moda, música e
estilo de vida.[1]

A subcultura skinhead era originalmente baseada nestes elementos, e não na política
nem em questões raciais. No final dos anos 70, entretanto, a raça e a política viraram
fatores determinantes, gerando divergências e divisões entre os skinheads. O espectro
político dentro da cena skinhead abrange da extrema-direita a extrema-esquerda, apesar
de que muitos skinheads sejam apolíticos.

A moda skinhead apresenta um estilo particular de se vestir (que costuma incluir botas
e/ou suspensórios), o culto à virilidade, ao futebol e ao hábito de beber cerveja. A

cultura skinhead é também ligada à música, especialmente ska, skinhead reggae e
streetpunk/oi!, mas também punk rock e hardcore punk.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->