Classes de Palavras

Nomes
Os nomes são palavras pertencentes a uma classe aberta, dotada de capacidade referencial que designa seres (pessoas, animais ou objectos) ou acção, qualidades e estados. Dentro dos nomes, podemos encontrar os nomes variáveis que admitem mudança em género, número e grau, como por exemplo gato: Mudança em género: gata ● Mudança em número: gatos ● Mudança em grau: gatinho ou gatarrão Existem, também, nomes invariáveis que não sofrem contrastes em género, podendo referir entidades animadas ou não animadas. Eis as suas propriedades:
● 1. Nomes não animados, sem conteúdo referencial definido.

Exemplos: mapa, pedra, copo, mesa. 2. Nomes animados a. Epicenos, nomes de animais que não sofrem contraste em género. Exemplos: a águia, a baleia, o polvo, o corvo. b. Sobrecomuns, nomes que não sofrem contraste em género qualquer que seja o sexo da entidade (ser humano) referida. Exemplos: a criança, a vítima, o indivíduo, o cônjuge. c. Comuns de dois, nomes ambíguos quanto ao sexo da entidade (ser humano) referida, desfazendo-se a ambiguidade através do contexto sintáctico. Exemplos: o/a artista, o/a estudante, o/a cliente. Pode-se distinguir os nomes quanto à sua classe:
1. Nome próprio.

Exemplo: Rafael, Daniel 2. Nomes comuns a. Contáveis ou não contáveis Exemplo: a árvore, a areia b. Colectivos Exemplo: o pelotão, a vara

Adjectivos
Os adjectivos são palavras que se juntam a um nome para o caracterizar, descrevendo qualidades, propriedades ou determinando circunstâncias. É, por isso, um modificador do nome. Os adjectivos podem ser biformes, caso admitam a mudança de género e flexão em número. Estes podem, também, ter uma variação em grau. Já os adjectivos uniformes ou invariáveis não admitem contraste de género e/ou número e alguns não aceitam, também, mudança de grau.

Classe dos Adjectivos

uma. pouco (alguém. todo. que expressam propriedades ligadas ao nome. e relacionais. onde) Quanto? Qual? (quê?. o subjectivo ou o abstracto. a. o superlativo absoluto sintético e analítico. Exemplos (invariáveis) O. Os adjectivos pospostos remetem mais para o físico.Os adjectivos podem ser classificados como qualificativos. o mesmo. umas Este. Indica qualidade. A adjectivação expressiva pode ser simples. então terá valor restritivo. os. Exemplos (invariáveis) Eu. que exprimem uma qualidade. tudo) O qual. nenhum. tal (isto. resultante da impressão que causou. mim. eles aceitam o grau normal. quem?. algo. ou a realidade subjectiva. esse. me. nosso Este. ninguém. Se um adjectivo ocorre à direita do nome que modifica. tripla ou múltipla. o comparativo de superioridade. as Um. Se um adjectivo surge anteposto ao nome é considerado não restritivo. ou seja. Quanto aos graus. Os adjectivos antepostos exprimem o psicológico. o material ou o concreto. quanto (que. numerais. que determinam uma posição numa sequência através de numerais ordinais. isso) Algum. Pronomes Pronomes são palavras que se empregam em vez do nome. teu. e o superlativo relativo. Valor dos Adjectivos A posição do adjectivo em relação ao grupo nominal permite que o mesmo adquira valores diferentes ou que a expressão nominal em que se integra possa ter interpretações diferentes. aquele. aquele. cada um pode traduzir a realidade objectiva e independente. comigo Meu. o mesmo. dupla. quem. Quando há mais do que um adjectivo aposto ao substantivo. esse. tal Determinante artigo definido Determinante artigo indefinido Determinante demonstrativo . porque?) Pronome pessoal Pronome possessivo Pronome demonstrativo Pronome indefinido Pronome relativo Pronome interrogativo Determinantes Os determinantes são palavras que se colocam antes do nome e que servem para fornecer informações individualizadas sobre os seres ou objectos referenciados. o outro. uns.

quarto Quantificador universal Quantificador existencial Quantificador relativo Quantificador interrogativo Quantificador numeral cardinal Quantificador numeral multiplicativo Quantificador numeral fraccionário Advérbios Classe gramatical de palavras que tem como principal função modificar outras palavras. dobro. quantas Quanto? Quanta? Quantos? Quantas? Um. cujos. antes. terço. aí. predicados ou frases. Ao contrário do determinante. quantos. com informações sobre o número. e contribuem para a construção do seu valor referencial. dois. quanta. o pronome não pode preceder a um nome. qualquer. Advérbios de Predicado Locativo (de lugar) Temporal (de tempo) Exemplos Aqui. Quantificadores Os quantificadores especificam um nome. Precede o nome no sintagma nominal e concorda com ele em género e número. breve. cujas Qual? Quais? (que?) Meu. nosso Diferença entre pronomes e determinantes Chama-se pronome à palavra que pode substituir um nome: o determinantes é a palavra ou unidade sintáctica que determina ou caracteriza uma relação entre quem fala e o ser ou objecto de que se fala. teu. triplo Meio. cuja. outro Cujo. amanhã. a quantidade ou a parte das entidades designadas. nenhum (tudo. Exemplos (invariáveis) Todo. metade. ali. cá. nada) Algum. muito Quanto. bastante. Advérbios de modificação sintáctica: Os advérbios de predicado modificam o grupo verbal (predicado). três Duplo. além Agora. ainda.Determinante indefinido Determinante relativo Determinante interrogativo Determinante possessivo Certo. cedo . precedendo-o.

enquanto complementa o sentido do verbo. contrariamente. possivelmente. também. com certeza Bastante. devagar. denotando envolvimento ou opinião do falante. Advérbios de Frase Modal (de modo) Avaliativo Enunciação Nocional (ponto de vista) Exemplos Certamente. nunca. Advérbios Conectivos Exemplos Assim. muito. finalmente Advérbios modificadores de constituintes: São internos a grupos de palavras. certamente. Conjunções e locuções conjuntivas de coordenação Conjunções (Locuções) . nada. valor metafórico. Os advérbios de valor modal podem ter função valorativa e. consequentemente. realmente. Advérbios Modificadores de Constituintes Negação Afirmação Quantidade ou Grau Exclusão/inclusão Interrogativo Relativo Exemplos Não. nem Sim. modificadores de constituinte. só Onde? Quando? Porquê? onde Valor do Advérbio Os advérbios. mais. pouco. têm uma função descritiva. em particular os de predicado ou os de frase com valor modal. Conjunções As conjunções introduzem orações subordinadas ou ligam orações coordenadas. felizmente Resumidamente Matematicamente. economicamente Os advérbios conectivos têm uma função primária de conexão de elementos frásicos. debalde. talvez Afortunadamente. depressa. menos Apenas. mal Os advérbios de frase modificam a frase inteira. senão.Modal (de modo) Bem.

nem (Não só…mas também) Mas. a fim de que. por isso) Que (para que.Copulativa Adversativa Disjuntivas Conclusivas Explicativas E. contudo (No entanto. que. portante Conjunções subordinativas e locuções conjuntivas de subordinação Integrantes (completivas) Causais Finais Temporais Concessivas Condicionais Comparativas Consecutivas Conjunções (Locuções) Que. por consequência) Pois. portanto (Por conseguinte. o que não acontece com as conjunções subordinativas. por Locuções prepositivas Abaixo de Acerca de A fim de Além de Antes de Ao lado de Ao pé de Ao redor de Apesar de A respeito de Atrás de Através de Defronte de . conquanto. a passo que) Que (antecedida de tal. contanto que. visto que. por que) Quando. já que. apenas (antes que. Preposições A Ante Após Até Com Contra De Desde Em Entre Para Perante Per. se Porque. de modo que) Preposições As preposições distinguem-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem ter um grupo nominal (nome) como seu complemento. ainda assim) Ou (ou…ou. assim que) Embora. mal. nem…nem) Logo. pois. seja…seja. assim como. porém. conforme. porquanto (pois que. mesmo que Se (a não ser que. pois. todavia. apesar de que. enquanto. já…já. uma vez que) Como. etc. que Ainda que. segundo (bem como. tanto. logo que. não obstante.) (de maneira que. depois que.

ui! Alto!. hi! Oh!. animação Cumprimento. alegria. surpresa Desejo Encorajamento. admiração. oh! Ai!. evocação Silêncio Indignação. silêncio! Apre!. psiu!. Depois de Em cima de Em direcção a Em torno de Em vez de Graças a Junto de Para com Perto de Por causa de Interjeições Interjeições são palavras com que. estados ou . como preposições. salvo e segundo. de maneira espontânea. chamamento Chamamento. mediante. interrupção Aplauso Encorajamento. psch! Psiu!. eh! Ó!. oxalá! Eia!. excepto. ui! Ah.Sem Sob Sobre Trás Outras palavras como conforme. incitamento Verbos Os verbos são o elemento principal da oração que exprimem processos. psch!. sus!. hem! Uh!. acções. vamos! Olá!. durante. consoante. Interjeições Ah!. surpresa Espanto. impaciência Medo. exprimimos vivamente as nossas emoções. viva! Eia!. são utilizadas. força! Expressão dos estados emotivos de: Espanto. terror Suspensão. irra!. com frequência. dor Dor. basta! Bravo!. entusiasmo.

um desejo . dando aos acontecimentos vivacidade e actualidade. Exprime continuidade ou um facto em desenvolvimento Pode flexionar-se m número e sofrer contraste de género.uma exortação Indica um facto dependente de uma condição Exprime: .estados ou acções . o seu valor pode aproximar-se a um nome. indica a pessoa. Formas nominais do verbo Infinitivo impessoal Gerúndio Particípio passado Tempos Verbais Tempo Presente Características Indica um facto actual. num momento preciso.mobilidade Características É não flexionável. Modo verbal Indicativo Conjuntivo Características Exprime os factos como certos e reais Exprime: . Indica uma acção passada. pode ter um sentido de passado (presente narrativo ou histórico).uma eventualidade . por meio de uma ampla variedade de formas em que se apresenta.uma possibilidade . o tempo.fenómenos e. Pretérito perfeito Pretérito imperfeito Pretérito mais-que-perfeito Futuro . Oferece o aspecto durativo ou frequência.uma dúvida ou incerteza Exprime: .um pedido ou um conselho .continuidade . Pode ser simples ou composto. Indica uma acção anterior a outra já passada. o modo e a voz do discurso. uma acção habitual ou uma verdade universal. Indica um facto que se situa num tempo posterior ao acto da fala. indica que um facto passado durava ou era habitual e presente quando um outro se realizou. podendo apresentar flexão de pessoa e número).uma ordem . Imperativo Condicional Infinitivo pessoal (se pressupõe sujeito.

As preposições distinguem-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem ter um grupo nominal (nome) como seu complemento. . por meio de uma ampla variedade de formas em que se apresenta. Verbos . animais ou objectos) ou acção.Os nomes são palavras pertencentes a uma classe aberta. descrevendo qualidades. É. Quantificadores .As conjunções introduzem orações subordinadas ou ligam orações coordenadas.Os determinantes são palavras que se colocam antes do nome e que servem para fornecer informações individualizadas sobre os seres ou objectos referenciados. um modificador do nome. dotada de capacidade referencial que designa seres (pessoas. indica a pessoa. exprimimos vivamente as nossas emoções. precedendo-o. Pronomes . por isso.Interjeições são palavras com que. o tempo. qualidades e estados.Os quantificadores especificam um nome.Conceitos Nomes . Adjectivos . Advérbios . com informações sobre o número. acções. Preposições . o que não acontece com as conjunções subordinativas. Conjunções .Classe gramatical de palavras que tem como principal função modificar outras palavras. de maneira espontânea.Os adjectivos são palavras que se juntam a um nome para o caracterizar. estados ou fenómenos e.Os verbos são o elemento principal da oração que exprimem processos. Interjeições . o modo e a voz do discurso.Pronomes são palavras que se empregam em vez do nome. Determinantes . e contribuem para a construção do seu valor referencial. predicados ou frases. a quantidade ou a parte das entidades designadas. propriedades ou determinando circunstâncias.