Avaliação de riscos nas atividades florestais

AVALIAÇÃO DE RISCOS NAS ATIVIDADES FLORESTAIS

REVISÃO: 04 GRUPO DE DATA: 31.08.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 1 de 11 GESTÃO FLORESTAL DA UNIMADEIRAS

Avaliação de riscos nas atividades florestais 1. OBJETIVO O objetivo do presente documento é analisar e avaliar os riscos e os perigos a que se expõem os trabalhadores e prestadores de serviços florestais. tendo-se verificado a existência de fatores de risco em todas as categorias de trabalho analisadas. propondo medidas preventivas que minimizem ou eliminem o risco. com especial destaque para o agente físico por ruído. REVISÃO: 04 DATA: 31. o agente ergonômico por trabalhos com cargas excessivas e o risco de acidentes pelo uso de máquinas perigosas. A análise foi realizada através de vistorias aos ambientes de trabalho.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 2 de 11 .08.

      Fornecimento e exigência do uso de equipamentos de proteção individual. sensibilização e como método intrínseco da organização do trabalho. Utilização de equipamentos de comunicação eficazes. Cumprimento dos requisitos para a segurança coletiva. condições climatéricas adversas. Para eliminar ou diminuir o risco associado à ocorrência dos acidentes é necessária a observância de várias condições que. o fundamento para a formação. terrenos acidentados. mas deve ser. longos períodos de trabalho.08. REVISÃO: 04 DATA: 31. a questão dos acidentes de trabalho não deve ser restrita à obediência da legislação aplicável. Uma probabilidade de risco de acidentes consideravelmente elevada aliada a elevado esforço físico. refletem-se na qualidade de vida dos trabalhadores florestais e na prestação do serviço executado. Não possibilidade de desvio da função sem uma formação inicial adequada e suficiente. ferramentas e equipamentos usados para que se tornem seguros. também. formação ineficiente ou inadequada e ferramentas e equipamentos mal concebidos. às normas de segurança e ao fornecimento de equipamentos de proteção individual. conjuntamente. INTRODUÇÃO A preocupação com os impactes ambientais e os riscos a que se expõem os trabalhadores florestais são temas fulcrais na gestão do Grupo de Gestão Florestal da Unimadeiras e encontram-se claramente espelhados ao longo de toda a documentação do Grupo.Avaliação de riscos nas atividades florestais 2. entre outras:  Manutenção e adaptação de máquinas. Consciencialização dos riscos da profissão e capacidade para identificar os riscos. resultam na minimização dos riscos.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 3 de 11 . Formação profissional adequada. Não obstante.

temporárias e não incapacitantes. problemas respiratórios. dermatoses. morte. lesões ou esmagamentos menores ou superficiais. lesões múltiplas e graves. de acordo com a gravidade e a probabilidade da sua ocorrência: Gravidade da ocorrência (G) Baixa Cortes.08. torções ou luxações. lesões musculo-esqueléticas. foram identificados os níveis de risco e as principais ações a serem implementadas pelos trabalhadores. desconforto. Média Fraturas menores.2 Determinação do risco De seguida. de forma a prevenir ou reduzir eventuais danos: Nivel da Probabilidade Nivel da Gravidade 1 2 3 1 RISCO MINIMO RISCO ADMISSIVEL RISCO MÉDIO 2 RISCO MÉDIO RISCO ALTO RISCO ALTO 3 RISCO ALTO RISCO ELEVADO RISCO ELEVADO REVISÃO: 04 DATA: 31. Nivel de Risco (NR) Probabilidade da ocorrência (P) Frequente NIVEL 1 Ocorre muito frequentemente.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 4 de 11 . Ocasional NIVEL 2 Verifica-se a ocorrência não muito frequente. queimaduras de 3º grau. incapacitantes ou não. NIVEIS DE RISCO 3. cortes ou esmagamentos maiores não incapacitantes. Lesões graves. surdez. Rara NIVEL 3 Ocorre raramente durante uma operação 3. queimaduras 2º grau. Lesões ligeiras. permanentes ou não. incapacitantes ou morte. cortes ou esmagamentos graves e incapacitantes.Avaliação de riscos nas atividades florestais 3. Lesões importantes. amputações de membros. irritações menores da pele ou outros membros. dores musculares passageiras. queimaduras de 1º grau. dores musculares não incapacitantes. intoxicações graves. Alta Fraturas graves. dores de cabeça.1 Identificação do nível de risco Para esta avaliação foram identificados os perigos associados a cada atividade.

Suspensão imediata dos trabalhos. Avaliação/ monitorização regular dos riscos.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 5 de 11 . num curto espaço de tempo. em caso de exploração de madeira. Consciencialização dos trabalhadores. Consciencialização dos trabalhadores. Antes de se verificar a redução dos riscos. no caso de ainda não se ter iniciado o trabalho. Análise da eficácia das ações definidas para a redução dos riscos. todos os trabalhos a decorrer na situação de risco alto ou elevado. Avaliação/monitorização dos riscos existentes. Se o risco não for reduzido. se necessário. sem que tenham sido tomadas as medidas necessárias para a redução dos riscos existentes. não permitir o início dos mesmos. definição de medidas subsequentes com o objetivo de reforçar as medidas implementadas. Consciencialização dos trabalhadores. Consciencialização dos trabalhadores.3 Medidas de controlo do risco Em função do nível de risco presente.Avaliação de riscos nas atividades florestais 3. Consciencialização dos trabalhadores. Avaliação da existência de riscos maiores e. Retirada de todos os trabalhadores da área. Implementação imediata de um plano para a redução dos riscos. podem originar uma não conformidade grave e. REVISÃO: 04 DATA: 31. Admissível Médio Alto Elevado Em caso de vistoria. Avaliação/monitorização regular dos riscos. Avaliação/monitorização dos riscos existentes. Suspensão dos trabalhos ou. a suspensão da entrega de guias de remessa para a entrega de madeira certificada. Avaliação/monitorização regular dos riscos. podendo ser necessário implementar novas ações: RISCO Mínimo MEDIDAS A IMPLEMENTAR Sem medidas necessárias. os trabalhos não devem ser retomados.08. Consciencialização dos trabalhadores. Análise e implementação de um plano para a redução dos riscos. imediatas ou não. devem ser tomadas ações. o plano para a redução dos riscos deve ser revisto e tomadas novas ações. Avaliação/monitorização regular dos riscos. Implementação de um plano para a redução e controlo dos riscos presentes.

devem estar suficientemente consciencializados e capacitados para. por seu lado. verificamos um conjunto de atividades – algumas não aplicáveis ao Grupo – que se desenrolam paralelamente e que acarretam níveis de risco consideráveis.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 6 de 11 . as medidas preventivas adequadas à eliminação ou redução do risco. em paralelo.Avaliação de riscos nas atividades florestais 4. identificar e avaliar os riscos e implementar. REVISÃO: 04 DATA: 31. em tempo útil. como a reparação de máquinas e equipamentos. APLICAÇÃO As medidas de prevenção dos riscos aqui descritas devem ser desenvolvidas num quadro de cumprimento integrado das questões legais e das boas práticas de higiene e segurança nos trabalhos florestais. no campo. a apanha de lenhas e de sobrantes. a apanha de pinhas etc. A política de prevenção deve ser transmitida ativamente a todos os trabalhadores que.08. As especificidades do trabalho florestal estendem-se para além da atividade dos trabalhadores no terreno. A adaptação deve ser considerada na fase de planeamento dos trabalhos e todos os trabalhadores devem estar cientes da necessidade de adaptação das medidas sempre que o nível de risco o obrigue.

▪ Utilização dos EPI adequados. circular devagar e ter atenção a buracos e solos irregulares. Utilização de máquinas para preparação do terreno e construção de infraestruturas Emissão de ruídos Exposição ao ruído 2→3→Alto Destroçamento de toiças/ utilização de enxó Destroçamento de cepos Projeção/queda de destroços 1→3→Médio Trabalho Descargas (plantas. ▪ A aproximação de pessoas a máquinas em funcionamento só deve ser feita após estabelecer contacto visual com o operador da mesma. ▪ Garantir a boa visibilidade das máquinas. ▪ Respeitar as distâncias de segurança. ▪ Utilização dos EPI adequados. RISCOS Foram definidas as seguintes ações de prevenção e de redução do nível de risco para as principais atividades da gestão florestal.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 7 de 11 . ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Assegurar a utilização de equipamentos em bom estado de conservação. ▪ Respeitar as inclinações máximas. adubos. ▪ Aplicação de adubos a favor do vento.Avaliação de riscos nas atividades florestais 5. ▪ Cumprimento das instruções de segurança dos rótulos das embalagens. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Utilizar protetores auriculares. Trabalho Atividade: preparação de terreno/utilização de máquinas para outros fins Perigo Riscos Medidas de prevenção P→G→NR Condução de máquinas em terrenos irregulares e acidentados Circulação de pessoas e máquinas em simultâneo Capotamentos 1→3→Médio Quedas em altura e outras Atropelamentos 1→3→Médio ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Lavar as mãos após manuseamento dos produtos. ▪ Utilização dos EPI adequados. etc.08. ▪ Não circular com máquinas em bermas ou valetas . ▪ Cumprimento das distâncias de segurança. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Manter os produtos nas embalagens originais. ▪ A aproximação de pessoas a máquinas em funcionamento só deve ser feita após estabelecer contacto visual com o operador da mesma.) Deslocação no terreno florestal com cargas Perigo Movimentação manual de cargas em terrenos irregulares Posturas incorretas/ esforço físico Atividade: plantação Riscos P→G→NR 1→3→Médio Medidas de prevenção ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. Riscos ergonómicos 2→2→Alto 2→2→Alto Plantação e adubação Utilização de produtos químicos Contacto com produtos químicos 2→2→Alto REVISÃO: 04 DATA: 31. ▪ Trabalhadores com formação adequada.

▪ Evitar manuseamento de cargas em desnível. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. beber ou fumar antes de lavar as mãos.Avaliação de riscos nas atividades florestais Trabalho Atividade: controlo de vegetação Perigo Riscos P→G→NR Projeção de partículas Medidas de prevenção ▪ Trabalhadores com formação adequada. beber ou fumar antes de lavar as mãos. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. beber ou fumar antes de lavar as mãos.08. ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Cumprimento das distâncias de segurança. ▪ Não comer. ▪ Trabalhadores com formação adequada.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 8 de 11 . ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Cumprir com as instruções de segurança dos rótulos. ▪ Não comer. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Utilização dos EPI adequados. beber ou fumar antes de lavar as mãos. ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Não comer. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Cumprir com as instruções de segurança e quantidades dos rótulos. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Aplicar os produtos a favor do vento. em situação de vento muito forte deve-se interromper o trabalho. ▪ Não comer. 2→2→Alto Controlo manual Utilização de motorroçadora Operações de corte de vegetação em espaços florestais Riscos ergonómicos 1→3→Médio Movimentação manual de cargas Transporte Descarga e transporte manual para o terreno Transporte produtos químicos Manuseamento de embalagens com produtos químicos Riscos ergonómicos Contacto com o produto ▪ Riscos ergonómicos ▪ Contacto com o produto 1→3→Médio 1→3→Médio 1→3→Médio Preparação dos produtos no terreno Controlo químico Produtos químicos Contacto com o produto 2→2→Alto Aplicação dos produtos Posturas incorretas/ esforço físico Riscos ergonómicos Manutenção/ reparação dos equipamentos REVISÃO: 04 DATA: 31.

Abastecimento dos equipamentos Produtos químicos (óleo. ▪ Utilização dos EPI adequados.08. ▪ Manter o equipamento desligado até chegar ao local do corte. REVISÃO: 04 DATA: 31. extintores e telemóvel. etc) 1→3→ Médio ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Respeitar as distâncias de segurança.Avaliação de riscos nas atividades florestais Trabalho Perigo Movimentação manual de cargas (incluindo a motosserra) Atividade: abate manual de árvores Riscos P→G→NR Medidas de prevenção Riscos ergonómicos 1→3→ Médio ▪ Utilização de técnicas e posturas adequadas. ▪ Trabalhadores com formação adequada. as árvores enganchadas devem ser libertadas o mais rapidamente possível. ▪ Não abandonar uma árvore sem concluir o corte. gasóleo) 1→3→ Médio ▪ Cumprimento das Boas Práticas. toragem e desrama Abate manual Motosserra em funcionamento Vento forte ▪ Ressalto da motosserra ▪ Projeção de partículas ▪ Corte membros superiores e inferiores ▪ Ressalto de árvores ▪ Queda de árvore enganchada ▪ Queda de árvores por vento ▪ Exposição ao ruído 3→3→ Elevado 1→3→ Médio 3→3→ Elevado 1→3→ Médio 3→3→ Elevado 2→2→ Alto 3→3→ Elevado 3→3→ Elevado Sobreaquecime nto de equipamentos ▪ Exposição a vibrações ▪ Incêndio (linhas elétricas. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Verificar com regularidade o estado do equipamento e garantir a sua manutenção adequada. ▪ Suspender os trabalhos se ocorrerem ventos fortes. Utilização da motosserra em trabalhos de corte. ▪ Assegurar a existência de caixa de primeiros socorros. equipamentos. Interromper os trabalhos até conclusão do corte das árvores enganchadas. Caso não seja possível. ▪ Garantir a utilização de equipamentos em bom estado de conservação. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Utilização dos EPI adequados. assinalar a área e avisar todos os trabalhadores.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 9 de 11 .

▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Assegurar a execução dos trabalhos a uma distância suficientemente longe das linhas. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Verificar com regularidade o estado do equipamento e garantir a sua manutenção adequada. ▪ Realizar pilhas com altura inferior a 4 metros. ▪ Verificar o estado do terreno – não realizar pilhas em terreno instável. ▪ Verificar com regularidade o estado do equipamento e garantir a sua manutenção adequada.08. circular devagar e ter atenção a buracos e solos irregulares. Linhas elétricas ▪ Choques 1→3→ Médio Rechega das árvores com guincho ▪ Esmagamento/ Entalamento 3→3→ Elevado Empilhamento da madeira ▪ Queda/deslizamento da pilha 1→3→ Médio ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Trabalhar com a porta da máquina fechada. REVISÃO: 04 DATA: 31. Emissão de ruídos pelos equipamentos em funcionamento ▪ Exposição ao ruído 3→3→ Elevado ▪ Utilizar protetores auriculares.Avaliação de riscos nas atividades florestais Trabalho Perigo Atividade: abate mecânico de árvores Riscos P→G→NR Medidas de prevenção Movimentação de máquinas ▪ Capotamentos ▪ Quedas de diferentes níveis 1→3→ Médio ▪ Garantir a utilização de equipamentos em bom estado de conservação. ▪ Trabalhadores com formação adequada. ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Não circular com máquinas em bermas ou valetas. ▪ Garantir a boa visibilidade das máquinas. ▪ Garantir a boa visibilidade das máquinas e circular devagar. Abate com máquinas florestais Circulação de maquinas e pessoas em simultâneo ▪ Atropelamentos 1→3→ Médio ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Assegurar a utilização de equipamentos em bom estado de conservação.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 10 de 11 . ▪ Trabalhadores com formação adequada. substituição imediata dos equipamentos em mau estado.

▪ Respeitar as distâncias de segurança. ▪ Durante a movimentação da grua.2012 ELABORADO POR: SF APROVADO POR: AD Página 11 de 11 .08. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Trabalhadores com formação adequada. Movimentação da grua Grua com madeira suspensa 1→3→ Médio Condicionamento da carga no camião Manuseamento de madeira ▪ Queda da rolaria ▪ Queda em altura 3→3→Elevado Transporte da madeira Condução de viaturas pesadas com madeira ▪ Queda da madeira/resíduos ▪ Capotamento 1→3→ Médio REVISÃO: 04 DATA: 31. apenas deve permanecer no local o operador da mesma.Avaliação de riscos nas atividades florestais Atividade: rechega da madeira para camião e transporte Trabalho Perigo Riscos ▪ Queda de madeira ▪ Choque da grua P→G→NR Medidas de prevenção ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Respeitar declives máximos. ▪ Utilização dos EPI adequados. ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Realizar carga de madeira de forma equilibrada e bem fixa. ▪ Verificar a existência de resíduos lenhosos ou terrosos após a descarga e limpar o reboque antes de iniciar viagem. ▪ Cumprimento das Boas Práticas. ▪ Respeitar as distâncias de segurança.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful