Simulado: Lei 8.112/90
1.São formas de provimento de cargo público, de acordo com a Lei Federal no 8.112/90: A) Nomeação e indicação. B) Ascensão e reversão. C) Transferência e readaptação. D) Reintegração e readaptação. E) Recondução e ascensão.
Fonte: FCC - Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Eleitoral / Paraná - TRE PR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:52

2.Com a extinção do órgão público “X”, foi extinto o cargo público ocupado por João, que é servidor público federal estável. No entanto, com tal extinção, João foi colocado em disponibilidade. Nos termos da Lei no 8.112/1990, João A) deveria obrigatoriamente ter sido redistribuído, não sendo possível sua colocação em disponibilidade pela Administração Pública. B) será aproveitado em vaga que vier a ocorrer em órgãos ou entidades da Administração Pública Federal ou Estadual, mediante determinação do órgão Central do Sistema de Pessoal Civil. C) retornará à atividade mediante aproveitamento obrigatório em cargo de atribuições e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado. D) terá cassada sua disponibilidade e tornado sem efeito eventual aproveitamento, caso não entre em exercício no prazo legal, ainda que por motivo de doença comprovada por junta médica oficial. E) não poderá ser mantido sob responsabilidade do órgão central do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal ? SIPEC, até seu adequado aproveitamento.
Fonte: FCC - Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - TRT 11ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:35

3.De acordo com a Lei Federal nº 8.112/90, aos deficientes físicos é assegurado o direito A) subjetivo à nomeação para cargo efetivo na administração pública, ainda que não sejam nomeados os demais aprovados no concurso do qual participaram. B) a participar de concurso público para provimento de cargo efetivo, reservando-se às pessoas nessas condições prioridade em relação à aprovação de todos os

Porém.Área Administrativa / Questão:51 4. cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores.TRE PR / Técnico Judiciário . com indenização a critério da administração. foi reintegrada no cargo anteriormente ocupado. referido cargo estava provido por Francisco. com indenização de todo o período transcorrido desde sua demissão injustificada. Ajuizada ação judicial.Cecília. D) de se inscreverem em concurso público para provimento de cargo. obteve o servidor público decisão judicial que invalidou a demissão e determinou.Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Eleitoral / Paraná . D) removido ao cargo de origem ou para outro cargo. dentre outras obrigações. D) reintegração ao cargo anteriormente ocupado. sua A) recondução ao cargo. E) reintegração ao cargo anteriormente ocupado. Nesse caso. nomeando-o para cargo existente no quadro da Administração Pública.TRE PR / Técnico Judiciário . afastado o recebimento de indenização pelo período anterior em razão da natureza da infração disciplinar cometida. servidora pública federal. vedada qualquer indenização. independentemente da participação em concurso público de provas e títulos. servidor estável. E) redistribuído a outro cargo de provimento efetivo de maior remuneração. . C) posto em disponibilidade remunerada. A) reconduzido ao cargo de origem. sem direito à indenização. com fundamento na Lei Federal nº 8. dentre outras alternativas. C) à nomeação para emprego público. B) revertido ao cargo de origem.Área Administrativa / Questão:52 5.demais participantes. independentemente da nomeação dos demais aprovados e da deficiência apresentada. em percentual de 5% das vagas não ocupadas. que cometeu infração disciplinar de natureza grave. à Administração Pública. Francisco será. sem a observância de regular processo legal. Fonte: FCC . B) reintegração ao cargo.A Administração Pública demitiu. em percentual de 10% das vagas. C) recondução ao serviço público.Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Eleitoral / Paraná . ocupante de cargo público efetivo. com direito à indenização. mesmo que ocupado por outro servidor público. ainda que de nível superior ao anteriormente ocupado. E) à nomeação para 20% das vagas oferecidas no concurso público. este que poderá ser reconduzido ao cargo de origem. Fonte: FCC . devendo ser reservado para pessoas nessas condições 20% das vagas oferecidas no concurso. com ressarcimento de todas as vantagens desde a época da demissão. ainda que o cargo tenha sido extinto.112/90.

E) em ato do Diretor-Geral. encontrou no respectivo caderno a seguinte questão de múltipla escolha: a vacância em cargo público decorre. será observada a substituição automática regulamentar. ao participar do concurso público para provimento do cargo de agente de segurança de determinado órgão da administração direta da União. na falta deste. D) no regimento interno ou.Área Administrativa / Questão:73 Instruções: Para responder às questões de números 31 a 38. da A) aposentadoria e da transferência. 6. estando atualmente em gozo de férias. previamente designados pelo Presidente do Tribunal. não entrar em exercício no prazo legal. ou na falta desta. B) exoneração e da ascensão. considere a Lei nº 8. Para tanto. C) em ato do Presidente do Tribunal ou. Fonte: FCC .TRF 2 / Técnico Judiciário .112/1990.Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo .Área Apoio Especializado . E) recondução e da demissão.Tiago ocupa cargo de direção em Tribunal Regional Eleitoral. assumirão como substitutos os servidores mais antigos do órgão.TRE SP / Técnico Judiciário . D) posse em outro cargo inacumulável e da reversão. Fonte: FCC .Especialidade: Contabilidade / Questão:22 8. B) o servidor será exonerado de ofício quando não satisfeitas as condições do estágio probatório. C) o servidor que.TRE SP / Técnico Judiciário . B) no anexo da lei que dispõe sobre as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União ou designados pela diretoria competente.Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região . no caso de omissão.Área Artes Gráfica / Questão:31 7.Fonte: FCC . tendo tomado posse. seus substitutos devem ser indicados A) por deliberação do Plenário.Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo . C) promoção e da readaptação. previamente designados pela Corregedoria do Tribunal. dentre outras hipóteses.Aurélio Júnior. em caso de omissão.Em matéria de vacância é certo que A) a exoneração de cargo em comissão dar-se-á apenas a juízo da autoridade competente. e. será .

Fundação Carlos Chagas / 2012 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região .suspenso por quinze dias. C) o servidor. respectivamente. ficará afastado de ambos os cargos efetivos. às seguintes formas de provimento de cargo público: A) readaptação e aproveitamento.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Rio Grande do Norte . com prejuízo das atribuições do que atualmente ocupa. retorna à atividade. dos Territórios e dos Municípios. é correto afirmar: A) considera-se acumulação proibida a percepção de vencimento de cargo público efetivo com proventos da inatividade. D) recondução e reversão. C) reversão e readaptação. tendo em vista que a junta médica oficial declarou insubsistentes os motivos de sua aposentadoria. aposentada por invalidez. mas não forma de vacância. empresas públicas. Fonte: FCC . E) a exoneração de cargo público sempre decorre de pedido.Especialidade: Contabilidade / Questão:25 9. interinamente. enquanto que a dispensa de função de confiança sempre de ofício. Os exemplos narrados correspondem. fundações públicas. B) a proibição de acumular estende-se a cargos. devendo optar pela remuneração de um deles durante o período da interinidade.112/90. E) . retorna a cargo anteriormente ocupado em virtude de inabilitação em estágio probatório relativo a outro cargo. suas subsidiárias e controladas. servidora pública federal. do Distrito Federal. E) o servidor não poderá ser remunerado pela participação em conselhos de administração e fiscal de empresas públicas e sociedades de economia mista. quando investido em cargo de provimento em comissão.TRE RN / Analista Judiciário Área Judiciária / Questão:22 10.Sobre a acumulação de cargos públicos. bem como de quaisquer empresas ou entidades em que a União. mesmo que houver compatibilidade de horário e local com o exercício de um deles. ainda que os cargos de que decorram essas remunerações sejam acumuláveis na atividade. dos Estados.TRF 2 / Técnico Judiciário .Área Apoio Especializado . sociedades de economia mista da União. direta ou indiretamente. em outro cargo de confiança. empregos e funções em autarquias. D) o servidor ocupante de cargo em comissão ou de natureza especial poderá ser nomeado para ter exercício. prevista na Lei nº 8. que acumular licitamente dois cargos efetivos. D) a readaptação é forma de provimento de cargo público.João. Maria. B) reintegração e recondução. detenha participação no capital social. Fonte: FCC . estável. servidor público federal. não implicando em vacância.

Está hipótese é A) vedada pela Lei nº 8. contados da data da posse. C) permitida pela Lei nº 8. C) A posse não poderá dar-se mediante procuração. o cargo Y.aproveitamento e reintegração. a Administração Pública deve saber que. é de trinta dias. Fonte: FCC . A autoridade administrativa competente pretende nomeá-lo para ter exercício interinamente.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Federal / 1ª Região .112/90.Área Administrativa / Questão:26 12. Fonte: FCC . B) readaptação. em outro cargo de confiança.TRF 1ª / Analista Judiciário .112/90. sem prejuízo das atribuições do que atualmente ocupa.Área Administrativa / Questão:27 13. Nesse caso. exatamente pelo fato de Lupércio ser servidor ocupante de cargo em comissão. mas Lupércio receberá obrigatoriamente a remuneração do cargo X. a vacância do cargo público decorrerá de A) reintegração.Área Administrativa / Questão:40 11.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Federal / 1ª Região . o correto é: A) Só haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação. E) A posse em cargo público independe de prévia inspeção médica oficial.112/90.TRF 1ª / Técnico Judiciário .TRF 1ª / Técnico Judiciário . D) O prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício. B) A posse ocorrerá no prazo de quarenta e cinco dias contados da publicação do ato de provimento. D) aproveitamento. E) remoção. em matéria de posse e exercício. Fonte: FCC .Área Administrativa do TRF . D) permitida pela Lei nº 8.1a Região. B) permitida pela Lei nº 8.Ana Maria foi nomeada para o cargo de Técnico Judiciário .Dentre outras hipóteses.112/90. mas Lupércio deverá optar pela remuneração de um dos cargos durante o período da interinidade. ainda que específica. C) reversão.Lupércio é servidor ocupante do cargo em comissão X.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Federal / 1ª Região . E) . mas Lupércio receberá obrigatoriamente a remuneração do cargo Y.

TRE AP / Analista Judiciário .TRE AP / Analista Judiciário .Área Administrativa / Questão:60 14. O início. contados do primeiro dia útil posterior à data da posse. Fonte: FCC . II e III. B) terá o prazo de trinta dias para entrar em exercício. Fonte: FCC . C) .TRE AP / Analista Judiciário . exceto na condição de interino. E) II e III. uma junta médica oficial declarou insubsistentes os motivos de sua aposentadoria determinando o retorno de Clotilde à atividade.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá . ocorrerá no prazo de noventa dias contados da publicação do ato de provimento. IV.112/90.Considere as seguintes assertivas a respeito do provimento de cargo público: I. II. a interrupção e o reinício do exercício serão registrados no assentamento individual do servidor. mas Lupércio receberá 50% da remuneração do cargo X e 50% da remuneração do cargo Y.Área Analista de Sistemas / Questão:59 16. em regra.112/90. C) II.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá . Deocleciano A) terá o prazo de quinze dias para entrar em exercício. O concurso público terá validade de até 2 anos. De acordo com a Lei no 8. por igual período. III e IV. D) o aproveitamento.Clotilde. podendo ser prorrogado uma única vez. C) a recondução. contados da data da posse.112/90. III. A posse. ocorreu A) a transferência. está aposentada por invalidez.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá . servidora pública civil federal. B) I. De acordo com a Lei nº 8. B) a readaptação. D) I e IV. Neste caso. A nomeação far-se-á em comissão. E) a reversão.permitida pela Lei nº 8.Deocleciano foi empossado como servidor efetivo do cargo público “X”.Área Analista de Sistemas / Questão:58 15. Na última perícia realizada para avaliação das condições de sua saúde. Fonte: FCC . a suspensão. está correto o que se afirma SOMENTE em A) II e IV. para cargos de confiança vagos.

readaptação e falecimento. Fonte: FCC .Área Administrativa / Questão:51 17. dentre outra hipótese.TRE AP / Técnico Judiciário . readaptação e aposentadoria.TRE AP / Técnico Judiciário .entrará em exercício imediatamente. contados do primeiro dia útil posterior à data da posse. B) disponibilidade do anterior ocupante. demissão e nomeação. dentre outras hipóteses. independentemente da respectiva lotação.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá . promoção e exoneração. D) aproveitamento. exoneração e aproveitamento. contados da data da posse. B) exoneração. tendo em vista que a posse e o exercício são atos que devem ser realizados obrigatoriamente concomitantemente. C) aproveitamento do anterior ocupante. em virtude de processo seletivo promovido. para outra localidade.A Recondução que é o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado decorrerá.Área Administrativa / Questão:53 18. E) readaptação do anterior ocupante. C) superior ao número de vagas.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá .TRE AP / Técnico Judiciário . Fonte: FCC .Área Administrativa / Questão:54 19. a critério da autoridade competente. D) terá o prazo de dez dias para entrar em exercício. E) terá o prazo de dez dias prorrogáveis por mais dez.A Lei nº 8.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional Eleitoral / Amapá . a critério da autoridade competente.É cabível remoção a pedido. quando . em conformidade com normas estabelecidas pelo Poder Público em que aqueles estejam designados. a vacância do cargo público decorrerá de A) falecimento. C) promoção.112/90 estabelece que. Fonte: FCC . D) reintegração do anterior ocupante. na hipótese em que o número de interessados for A) superior ao número de vagas. de A) transferência do anterior ocupante. E) nomeação. B) inferior ao número de vagas. independentemente do interesse da Administração. D) inferior ao número de vagas. desde que presente o interesse público. de acordo com normas preestabelecidas pelo órgão ou entidade em que aqueles estejam lotados.

a remoção de servidor público A) não é cabível. com ou sem mudança de sede. Fonte: FCC . a pedido. impedimentos legais ou regulamentares do titular e na vacância do cargo.De acordo com a Lei nº 8. . também servidor público civil da União. é correto afirmar: A) Na substituição. ocupado ou vago no âmbito do quadro geral de pessoal.Especialidade: Medicina / Questão:25 21. C) ocorre somente no âmbito do mesmo quadro. o servidor não entrar em exercício no prazo estabelecido. que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União. nos afastamentos. para outra localidade. D) Remoção é o deslocamento do servidor. Fonte: FCC . sendo. sempre dependente do interesse da Administração Pública. o substituto assumirá automaticamente. de acordo com normas estabelecidas pelo órgão público independentemente do local da respectiva designação. que foi deslocado no interesse da Administração Pública. B) pode se dar de ofício ou a pedido.necessário ao atendimento de situações emergenciais do órgão ou entidade. C) Redistribuição é o deslocamento de cargo em comissão.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região .TRT 24ª / Analista Judiciário . o exercício do cargo ou função de direção ou chefia e os de Natureza Especial. tendo tomado posse. previsto na Lei nº 8. para outro órgão ou entidade do mesmo Poder.112/90. de acordo com normas preestabelecidas pelo órgão ou entidade em que aqueles estejam lotados.112/1990. para outra localidade. E) é cabível.Área Apoio Especializado . a pedido.Área Administrativa / Questão:21 20. no âmbito do mesmo quadro.No que diz respeito ao Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União.TRT 4ª / Analista Judiciário . a pedido ou de ofício. observados os preceitos legais. nesta segunda hipótese. em razão de processo seletivo promovido. E) igual ao número de vagas.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região . a fim de acompanhar companheiro. com prejuízo do cargo que ocupa. na hipótese em que o número de interessados for inferior ao número de vagas. D) pressupõe sempre mudança de sede ou função. B) A exoneração de ofício dar-se-á apenas quando. das autarquias e das fundações públicas federais. E) A redistribuição poderá ocorrer a pedido ou ex officio para ajustamento de lotação e da força de trabalho às necessidades dos serviços.

considere: I. II e IV. D) assinatura do termo de posse é de sessenta dias. IV e V. D) vinte e cinco anos.Área Administrativa / Questão:73 23.Área Judiciária / Questão:28 22. Fonte: FCC . a suspensão. E) III.Área Enfermagem / Questão:34 24.112/90. C) vinte e um anos. É de quinze dias o prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício. II.A idade mínima para a investidura em cargo público é de A) dezoito anos. contados da data da posse. Fonte: FCC .Nos termos da Lei nº 8. contados da data da A) proclamação dos aprovados no concurso é de trinta dias. relativamente à posse e ao exercício.TRE AM / Técnico Judiciário . III e V. C) publicação do resultado do concurso é de sessenta dias. C) I e IV.Fundação Carlos Chagas / 2011 / Tribunal Regional do Trabalho / 14ª Região . E) posse é de quinze dias. a interrupção e o reinício do exercício serão registrados no assentamento individual do servidor. IV. B) dezesseis anos. A posse em cargo público independerá de prévia inspeção médica oficial. O início.Fundação Carlos Chagas / 2010 / Tribunal Regional Eleitoral / Amazonas . V. Fonte: FCC .O prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício.O ato pelo qual o servidor público é investido no exercício do cargo e o ato pelo qual o servidor público inicia efetivamente o exercício de suas funções são denominados. D) II.Fonte: FCC . III.Área Enfermagem / Questão:37 25. B) nomeação é de trinta dias.TRE AM / Técnico Judiciário .Fundação Carlos Chagas / 2010 / Tribunal Regional Eleitoral / Amazonas . Só haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação.TRE AM / Técnico Judiciário .TRT 14ª / Analista Judiciário . Está correto o que se afirma APENAS em A) I. B) I e III. A posse ocorrerá no prazo de trinta dias contados da publicação do ato de aprovação em concurso público. E) quatorze anos. respectivamente. .Fundação Carlos Chagas / 2010 / Tribunal Regional Eleitoral / Amazonas .

quando invalidada a sua demissão por decisão judicial. III.TRE PI / Analista Judiciário .Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional Eleitoral / Piauí . III e IV. D) II e III. E) o previsto no edital. II. B) provimento e remoção. o prazo de validade do concurso público é A) de dois anos.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal de Contas Estadual . é considerada . prorrogável uma vez. improrrogáveis.Área Técnico Administrativo / Questão:47 27. por igual período. improrrogável. contados da data da posse. prorrogável por igual período.A reinvestidura do servidor estável no cargo anteriormente ocupado.112/90. Fonte: FCC .Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal de Contas Estadual .Área Judiciária / Questão:67 28. II e IV. de no máximo dois anos.TCE / Analista de Controle Externo . II e III. IV. D) o previsto no edital.TCE / Técnico de Controle Externo . A posse ocorrerá no prazo de trinta dias contados da publicação do ato de provimento. D) provimento e posse. Se o servidor estiver afastado por motivo legal o início do exercício de função de confiança recairá no primeiro dia útil após o término do impedimento. De acordo com a Lei nº 8. C) I e IV.A respeito da posse e do exercício. que não poderá exceder a trinta dias da publicação. Só haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação. E) II. sem limite máximo de validade. É de trinta dias o prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício.Jurídica / Questão:58 26. está correto o que se afirma APENAS em A) I. E) nomeação e posse.A) nomeação e provimento. Fonte: FCC . B) de. C) investidura e provimento. de no máximo dois anos. C) o previsto no edital. B) I.Segundo estabelece a Constituição. com ressarcimento de todas as vantagens. Fonte: FCC . considere: I. no máximo 1 ano.

foi aprovado em concurso público para o cargo de Analista Judiciário do mesmo Tribunal. 31. sendo vedada a procuração. C) será prorrogado por mais trinta dias.A) reversão. B) exonerado de ambos os cargos. Tício será A) reintegrado ao cargo de Técnico. Nesse caso. Fonte: FCC . B) recondução. E) transferência. C) revertido ao cargo de Técnico. servidor público estável do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí no cargo de Técnico Judiciário Área Administrativa.Área Administrativa / Questão:62 29. na qualidade de jurado. C) .Área Artes Gráfica / Questão:31 30. o prazo legal para sua posse A) continuará de dez dias.Área Administrativa / Questão:48 Atenção: Para responder às questões de números 21 a 29. B) não sofrerá qualquer alteração quanto ao seu início e término. Fonte: FCC . Entretanto na data de publicação do ato de provimento Victor encontrava-se afastado servindo no juri. Neste caso. C) reintegração.É elemento estranho aos requisitos básicos para investidura em cargo público A) o status de brasileiro nato.112/90. permitida a procuração com poderes gerais.TRE PI / Técnico Judiciário .Victor foi nomeado técnico judiciário junto ao Tribunal Regional do Trabalho.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional Eleitoral / Piauí .Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional do Trabalho / 16ª Região . E) demitido de ambos os cargos. D) reconduzido ao cargo de Técnico. considere o disposto na Lei nº 8. Fonte: FCC .Tício.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional Eleitoral / Piauí . E) será alterado para quinze dias contados da data do julgamento. Porém.TRE PI / Técnico Judiciário . B) a quitação com as obrigações militares e eleitorais. Tício foi inabilitado no estágio probatório relativo ao cargo de Analista. D) readaptação. D) será contado do término do impedimento.TRT 16ª / Técnico Judiciário .

Fonte: FCC . A validade original do concurso é de 2 anos. antes de encerrados esses outros 2 anos.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região . a validade do concurso é prorrogada por mais 2 anos. conforme previsto no edital. E) convocação de um concurso com validade prorrogável.A investidura do servidor em cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental verificada em inspeção médica diz-se A) readaptação.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região . B) nomeação de aprovados em número menor que o de vagas. D) recondução. C) abertura do novo concurso. D) a idade mínima de dezoito anos.NÃO é causa de vacância do cargo público a A) exoneração. B) reversão. E) afastamento. Passados esses 2 anos.Área Comunicação Social / Questão:21 32.Área Comunicação Social / Questão:23 34. São aprovados 40 candidatos e imediatamente 20 são nomeados.nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo.TRT 4ª / Analista Judiciário . Todavia. Nessa situação. C) reintegração. D) aprovação de candidatos em número maior que o de vagas.Um concurso público é realizado para o provimento de 30 vagas. é ilegal a A) convocação de um concurso com validade original de 2 anos. .TRT 4ª / Analista Judiciário . Fonte: FCC .TRT 4ª / Analista Judiciário .Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região . C) promoção. Fonte: FCC . E) nomeação. B) demissão.Área Comunicação Social / Questão:22 33. argumentando a Administração que o prazo de validade original do concurso já se expirara e que já está defasada a comprovação de capacitação dos candidatos anteriormente aprovados. D) aposentadoria. novo concurso é aberto para o preenchimento das vagas remanescentes. E) aptidão física e mental.

para outra localidade. vinculação entre os graus de responsabilidade e complexidade das atividades. e responsabilidade. C) 15 e 60 dias. afastado por motivo de férias. E) do quinto dia do mês subseqüente ao do término das férias.Fundação Carlos Chagas / 2009 / Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região .TRT 18ª / Técnico Judiciário . promoção.Área Administrativa / Questão:31 37. analise: I. equivalência de vencimentos.Fundação Carlos Chagas / 2008 / Tribunal Regional do Trabalho / 18ª Região . B) 30 e 15 dias.Área Comunicação Social / Questão:24 35. Fonte: FCC . Interesse da Administração. estabilidade.TRT 4ª / Analista Judiciário . respectivamente. C) substituição. Fonte: FCC . disciplina.112 de 11. C) do início das férias. que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União. D) 30 e 30 dias. capacidade de iniciativa. E) 30 e 60 dias. Retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado. e especialidade ou habilitação profissional. estabilidade. transferência. independentemente do interesse da Administração.Fundação Carlos Chagas / 2008 / Tribunal Regional do Trabalho / 18ª Região . Tais situações dizem respeito.TRT 18ª / Técnico Judiciário . produtividade. e remoção. porém reduzido pela metade.De acordo com a Lei que dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União. D) . de acordo com normas preestabelecidas pelo órgão ou entidade em que aqueles estejam lotados. descontado o tempo decorrido desta. B) do início das férias. aos institutos seguintes: A) investidura. respectivamente. IV. B) nomeação. decorrente de inabilitação em estágio probatório relativo a outro cargo ou reintegração do anterior ocupante.1990.Área Administrativa / Questão:30 36. reversão. mesmo nível de escolaridade. na hipótese em que o número de interessados for superior ao número de vagas. os prazos para o funcionário público nomeado para cargo efetivo tomar posse e entrar em exercício são. de A) 10 e 15 dias. III. em virtude de processo seletivo promovido.Para os fins da Lei no 8.Estando o servidor.Fonte: FCC . redistribuição.12. II. substituição. Assiduidade. D) do término das férias. o prazo para a posse será contado A) do término das férias. estágio probatório. na data da publicação do ato de provimento. Modalidade consistente em pedido de deslocamento do servidor.

no início de cada legislatura. aproveitamento e disponibilidade.redistribuição.Área Segurança Judiciário / Questão:52 40. B) recondução. Fonte: FCC . e remoção.É certo que. B) vencido o estagiário probatório. obrigatoriamente. não entrar em exercício no prazo estabelecido. a promoção A) do funcionário suspenso disciplinarmente ou do que esteja licenciado.112/90. aproveitamento e disponibilidade. E) tiver desempenho insatisfatório. C) reversão.Fundação Carlos Chagas / 2008 / Tribunal Regional Federal / 5ª Região .No caso de reintegração de um servidor público federal. e aproveitamento.Fundação Carlos Chagas / 2008 / Tribunal Regional Federal / 5ª Região . encontrando-se provido o cargo em relação ao seu eventual ocupante. .Área Taquigrafia / Questão:4 39. para tratar de assuntos de interesse particular. C) será realizada no semestre posterior àquele em que ocorrer a vaga. Fonte: FCC . D) remoção. obedecerá ao critério do merecimento. reintegração. independentemente de avaliação. Fonte: FCC . estágio probatório. disponibilidade e aproveitamento. a exoneração de servidor público efetivo é possível quando: A) for promovido para outro cargo hierarquicamente superior dentro da mesma carreira. C) incidir em falta disciplinar prevista na lei. E) provimento. em caráter efetivo. na época da promoção.Nos termos da Lei no 8. estágio probatório.TRF 5ª / Analista Judiciário . E) por merecimento do funcionário em exercício de mandato eletivo estadual ocorrerá. E) recondução. poderá ocorrer situações de A) redistribuição. recondução.TRF 5ª / Analista Judiciário . reversão e aproveitamento. D) tendo tomado posse.TRT 2ª / Técnico Judiciário . B) obedecerá alternadamente aos critérios do merecimento e disponibilidade do agente público.Fundação Carlos Chagas / 2008 / Tribunal Regional do Trabalho / 2ª Região . D) é a elevação do funcionário.Área Judiciária / Questão:26 38. à classe imediatamente superior à que pertence na respectiva série. readaptação e aproveitamento.

não dependerá de prévia inspeção médica oficial. as responsabilidades e os direitos inerentes ao cargo ocupado. por qualquer das partes.A posse dar-se-á pela assinatura do respectivo termo. que não poderão ser alterados unilateralmente. exoneração. exceto nos casos de extinção ou criação de órgão ou entidade. para . os deveres.TRF 2 / Analista Judiciário . ressalvados os atos de ofício previstos em lei.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal de Justiça .Área Medicina do Trabalho / Questão:23 43. ainda que o servidor mude de cargo ou de Município de exercício do cargo.Considere as seguintes assertivas a respeito da remoção e da redistribuição de servidor público: I. E) não será concedido por prazo superior a cinco anos dentro de cada período de oito anos. A redistribuição ocorrerá ex officio para ajustamento de lotação e da força de trabalho às necessidades dos serviços. D) é limitado a cinqüenta por cento do valor do cargo em comissão ocupado pelo servidor e não poderá ser superior a setenta por cento do valor do auxíliomoradia recebido por Ministro de Estado. inclusive na hipótese de cônjuge ou companheiro do servidor ocupar imóvel funcional. o auxílio-moradia A) continuará sendo pago por três meses no caso de falecimento.TJ / Analista Judiciário . Fonte: FCC . no qual deverão constar as atribuições.112/90. D) a posse e o exercício deverão ocorrer no prazo de cento e vinte dias contados da nomeação.TRF 2 / Analista Judiciário . B) só haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação.Segundo a Lei no 8. em regra.Área Medicina do Trabalho / Questão:21 42. Com relação à posse é correto afirmar que A) a posse ocorrerá no prazo de noventa dias contados da publicação do ato de provimento.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região . tratando-se esse ato de faculdade da administração pública. colocação de imóvel funcional à disposição do servidor ou aquisição de imóvel.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região .Fonte: FCC . no prazo de seis meses após a comprovação da despesa pelo servidor. E) a posse em cargo público. B) consiste no ressarcimento das despesas comprovadamente realizadas pelo servidor com aluguel de moradia. II.Área Analista de Sistemas / Suporte / Questão:20 41. O servidor poderá requerer a sua remoção. C) a posse não poderá ocorrer mediante qualquer tipo de procuração. C) será concedido ao servidor público federal estável que preencher os requisitos legais. Fonte: FCC . tratando-se de um ato personalíssimo envolvendo a Administração Pública.

com ou sem mudança de sede.TRF 2 / Analista Judiciário . Minerva assumirá A) automática e cumulativamente. a A) recondução de Maria e a reintegração de Mário. César teve autorizado o afastamento desse cargo. III. foi reinvestido no cargo que anteriormente ocupava.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região . Nessa caso. com ressarcimento de todas as vantagens. Minerva. Posteriormente. Remoção é o deslocamento do servidor. Fonte: FCC . por motivo de saúde de seu cônjuge.César.Área Execução de Mandados / Questão:34 As questões de números 1 a 10 referem-se à Lei no 8.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 2ª Região . C) II e III. IV. independentemente do interesse da Administração. II e IV. extinto o cargo ou declarada sua desnecessidade no órgão. o servidor estável que não for redistribuído será exonerado ex officio. condicionada à comprovação por junta médica oficial. foi previamente designada como sua substituta. Nesses casos ocorreram. B) I. Fonte: FCC . E) reversão de Maria e a recondução de Mário. respectivamente. Mário. D) II. 44. uma vez que uma junta médica oficial declarou insubsistentes os motivos de sua aposentadoria. servidor público federal. sem prejuízo do cargo que ocupa. B) .outra localidade. a pedido ou de ofício. o exercício do cargo de direção. B) reintegração de Maria e a reversão de Mário. também servidora pública.Área Taquigrafia / Questão:1 45. retornou à atividade. D) reversão de Maria e a reintegração de Mário. III e IV. foi investido em cargo de direção. servidora pública federal estável.112/90. servidor público federal estável. uma vez que foi invalidada a sua demissão por decisão judicial. E) III e IV. hipótese em que deverá optar pela remuneração de um deles durante o respectivo período. De acordo com a Lei no 8. Nos casos de reorganização de órgão. no âmbito do mesmo quadro.Maria. C) reintegração de Maria e a recondução de Mário.TRF 2 / Analista Judiciário . aposentada por invalidez.112/90 está correto o que consta APENAS em A) I e II.

e por nomeação. C) cumulativamente.De acordo com a Lei no 8.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Eleitoral / Paraíba .TRE PB / Analista Judiciário . hipótese em que receberá a remuneração do cargo em substituição durante o respectivo período. D) as instituições de pesquisa científica e tecnológica federais não poderão prover seus cargos com professores. B) A promoção interrompe o tempo de exercício do cargo.112/90. D) isoladamente. hipótese em que receberá a remuneração de seu cargo somada com a do cargo em substituição durante o respectivo período. por expressa vedação legal. E) A posse em cargo público. o exercício da função de direção.No que diz respeito à posse e ao exercício do servidor público federal. o exercício da função de direção. C) serão reservadas às pessoas portadoras de deficiência até trinta por cento das vagas oferecidas no concurso.Área Administrativa / Questão:48 46. hipótese em que receberá a remuneração do cargo em substituição durante o respectivo período. é correto afirmar: A) O exercício e a posse ocorrerão no prazo máximo de vinte dias da nomeação. exige inspeção médica. que deverá ocorrer no prazo máximo de vinte dias contados da publicação da data da posse. B) o gozo dos direitos políticos e a idade mínima de dezoito anos não são requisitos básicos para a investidura em cargo público. hipótese em que deverá optar pela remuneração de um deles durante o respectivo período. C) Não haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação. E) a investidura em cargo público ocorrerá com o efetivo exercício. o exercício do cargo de direção. com prejuízo do cargo que ocupa. com prejuízo do cargo que ocupa. em certos casos.automática e isoladamente.TRF 4ª / Analista Judiciário . E) automática e cumulativamente. e por nomeação.Área Execução de Mandados / Questão:25 47. técnicos e cientistas estrangeiros. Fonte: FCC . sem prejuízo do cargo que ocupa. com relação ao provimento de cargo público é certo que A) será tornado sem efeito o ato de provimento se a posse não ocorrer no prazo de trinta dias contados da publicação deste ato de provimento. D) A posse poderá dar-se mediante procuração específica. Fonte: FCC . o exercício da função de direção. sem prejuízo do cargo que ocupa. .Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 4ª Região .

C) revogada a sua exoneração por decisão judicial. IV.CD / Técnico legislativo . B) invalidada a sua exoneração por decisão da autoridade competente. Fonte: FCC .TRE SE / Técnico Judiciário . declarando-se.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Câmara dos Deputados . com ressarcimento parcial de algumas vantagens.Área Segurança Judiciário / Questão:23 50. Assim. De acordo com a Lei no 8. ou no cargo resultante de sua transformação quando A) revogada a sua demissão por decisão judicial. acrescida das vantagens pecuniárias permanentes estabelecidas em lei. teve anulado o ato de sua nomeação. Fonte: FCC . nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou provento. B) II e III. sem ressarcimento das vantagens pessoais. sem o ressarcimento das vantagens pecuniárias.Willian. II e IV.112/90.CD / Técnico legislativo .Fundação Carlos Chagas / 2007 / Câmara dos Deputados . inválidos todo e qualquer ato por ele praticado no desempenho de suas atribuições administrativas. D) I e III. O vencimento do cargo efetivo. Salvo algumas exceções. acrescido das vantagens de caráter permanente. está correto o que consta APENAS em A) I e IV. porém. com ressarcimento de todas as vantagens. Vencimento é a remuneração do cargo efetivo.Considere as seguintes assertivas a respeito do vencimento e da remuneração: I. E) II. B) . é certo que a reintegração é a reinvestidura do servidor público federal estável no cargo anteriormente ocupado. Remuneração é a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público. D) invalidada a sua demissão por decisão administrativa ou judicial.Fonte: FCC . com ressarcimento integral do seus vencimentos. III. II. E) invalidado o seu afastamento por decisão da autoridade competente.Área Agente de Polícia Legislativa / Questão:29 49.Área Agente de Polícia Legislativa / Questão:28 48. ficar isento da obrigação da devolução dos vencimentos percebidos ilegalmente. C) I. servidor público.Em matéria de provimento de cargo público. se estiver de A) má-fé. é irredutível. com valor fixado em lei. III e IV.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Eleitoral / Sergipe . deverá ele.

ficar isento da obrigação da devolução dos vencimentos percebidos ilegalmente. C) boa-fé. inválidos os atos por ele praticados no desempenho de suas atribuições funcionais. inválidos todo e qualquer ato por ele praticado no desempenho de suas atribuições administrativas.boa ou má-fé. declarando-se inválidos os atos por ele praticados no desempenho de suas atribuições funcionais. ficar isento da obrigação da devolução dos vencimentos percebidos ilegalmente. porém. ainda que os destinatários de tais atos sejam terceiros em relação ao ato nulo. ainda que os destinatários de tais atos sejam terceiros em relação ao ato nulo.se. . porém. declarando.Fundação Carlos Chagas / 2007 / Tribunal Regional Federal / 3ª Região TRF 3ª / Analista Judiciário . Só assim você conseguirá controlar as questões que já resolveu. e atualizar suas estatísticas. declarando-se.Área Judiciária / Questão:50 Gabarito 1-d 2-c 3-d 4-e 5-a 6-d 7-c 8-b 9-b 10-d 11-a 12-b 13-b 14-a 15-e 16-a 17-d 18-c 19-a 20-d 21-c 22-e 23-a 24-e 25-d 26-d 27-b 28-c 29-d 30-d 31-a 32-c 33-a 34-e 35-a 36-b 37-d 38-e 39-d 40-d 41-b 42-e 43-c 44-d 45-a 46-d 47-a 48-b 49-d 50-d Atenção: Não deixe de lançar suas resposta no sistema. D) má-fé. mas permanecem válidos os atos por ele praticados no desempenho de suas atribuições funcionais. repor parceladamente os vencimentos percebidos ilegalmente. mantendo o seu histórico. permitindo que você acompanhe sua evolução nos gráficos de desempenho. repor os vencimentos percebidos ilegalmente. Fonte: FCC . E) boa ou má-fé. porque os destinatários de tais atos são terceiros em relação ao ato nulo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful