Você está na página 1de 16
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro Palestrantes: Daniel Costa e Equipe
Seminário:
Programa e Currículo Geração Futuro
Palestrantes: Daniel Costa e Equipe
©Todos os direitos reservados à Igreja Batista Central de Fortaleza. Reprodução permitida para uso exclusivo em
©Todos os direitos reservados à Igreja Batista Central de Fortaleza.
Reprodução permitida para uso exclusivo em sua igreja.
EPL 2012 - Encontro para Pastores e Líderes
Editorial: Raquel Neves e Daniel Costa
Projeto Gráfico: Criativa
Diagramação: Iago Alencar
Revisão: Mário Chaves
Igreja Batista Central de Fortaleza
www.ibc.org.br
epl@ibc.org.br
2
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
Por que investir em um ministério infantil? O Geração Futuro é uma história de amor: do
Por que investir em um ministério infantil?
O Geração Futuro é uma história de amor: do amor de Deus pelas crianças e do
compromisso da Igreja em levar este amor a sério.
Deus leva as crianças muito a sério no Seu Reino e o modelo que o Geração Fu-
turo tem adotado, confronta uma prática historicamente descomprometida da igreja com
seus pequenos e a desafia a olhar para estes, não como uma comunidade futura e, sim,
como uma realidade presente.
Muito mais que um modelo, o GF é um “novo olhar para as crianças”, enxergando
cada uma como sujeito da ação de Deus, onde criança é criança, mas também é alvo
do amor divino.
O Geração Futuro não existe para a conveniência dos pais, mas para que a criança
possa viver igreja na prática. Portanto, no centro deste ministério está a criança como
um ser único, que – da mesma forma que seus pais, na grande congregação – precisa
descobrir, de uma maneira prática e relevante, o que a fé tem a ver com sua vida diária.
Considerando que 83% dos cristãos chegaram à fé antes dos 18 anos de idade,
quem quiser impactar a família como um todo, precisa criar um ambiente no qual as
crianças se sintam à vontade.
Levar a sério as necessidades infantis e enxergar o mundo e as atividades da comu-
nidade por essa perspectiva, fazendo do domingo um dia marcante na vida da criança,
são os objetivos do Geração Futuro pelos quais vale investir em um ministério infantil.
Por que as crianças são imPortantes Para o desenvolvi-
mento da igreja?
As crianças podem ser Igreja hoje e serão a Igreja de amanhã!
Há mais uma importante observação a ser feita: os pais podem ser alcançados
através dos seus filhos e isto é evidenciado por um exame detalhado da membresia da
igreja.
Os pais aprendem com seus filhos e, através deles, reaproximam-se da fé. Para
muitos, o nascimento de um filho é um “evento espiritual” e dá margem a novos quest-
ionamentos sobre a vida. Isto também se confirma através de dados estatísticos.
Pessoas, entre 20 e 30 anos de idade, quando se tornam pais e não têm mais ne-
nhum contato com a igreja ou com a fé – um grande número – podem neste momento
das suas vidas serem novamente abordadas a respeito da fé.
No mundo atual, o nascimento do primeiro filho é um momento singular e muda bas-
tante o ponto de vista sobre determinadas coisas, até aquele momento, talvez mais até
do que o casamento. Esta transformação de vida está associada a muitas inseguranças
e a uma busca por orientação e as discussões sobre o significado da vida e a espiritu-
alidade são atualizadas. Dentro da imensa massa de diferentes ofertas de significado
ou orientações, muitos jovens pais ainda têm a tendência, originada em sua formação
3
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
cristã, de procurar uma igreja evangélica. Questionamentos dos filhos fazem com que os pais abram os
cristã, de procurar uma igreja evangélica.
Questionamentos dos filhos fazem com que os pais abram os olhos para perguntas
não respondidas sobre sua própria vida e fé. Estas questões e respostas infantis podem
abrir novas portas de entrada para a espiritualidade dos pais. Perguntas que eles já não
se faziam há muito tempo reaparecem “suplicando” por um novo significado:
Qual o sentido da minha vida, agora que não sou mais responsável só por mim
mesmo?
Onde posso buscar orientação?
• Quem garante proteção para meu filho que precisa de segurança neste mundo
obscuro e de futuro incerto?
Trabalhar com crianças não é um investimento apenas para o futuro, é também para o
presente!
será que Precisamos mudar?
Falar de mudanças é falar de algo que é incomodamente necessário para evoluir.
Ninguém é o que é porque sempre foi assim. Somos, hoje, o resultado de uma sé
rie de mudanças.
• Não basta apenas acreditar nas coisas, não basta apenas saber que dá certo.
É preciso atravessar as grades da conveniência e gerar os frutos destinados a este
tempo.
PARA ANDAR SOBRE AS ÁGUAS, É PRECISO SAIR DO BARCO – Há condição para
experiências surpreendentes.
• Como o seu ministério tem conduzido crianças a Cristo?
• Que características tem o seu ministério?
• Quais as expectativas que você tem para o ministério infantil?
Construir um Ministério Infantil que permaneça é uma atividade contínua onde a habili-
dade para aceitar mudanças é a tônica do sucesso.
o deus do geração futuro é:
Visão
Missão
DEUS
Valores
• O Deus que criou toda a humanidade para revelar Seu amor;
• Soberano no universo, mas, também, íntimo e pessoal com cada fi
lho;
• Interessado que Sua igreja seja ousada no resgate e transformação
de vidas;
a visão do geração futuro é:
“Sermos uma comunidade de cristãos fundamentados na Palavra de Deus, que ensine
e seja modelo para as crianças, de como se tornarem verdadeiros e frutíferos discípulos
de Jesus Cristo.”
4
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
a missão do geração futuro é: “Servir de apoio à família no propósito de estabelecer uma
a missão do geração futuro é:
“Servir de apoio à família no propósito de estabelecer uma base espiritual na vida da
criança, que, no tempo de Deus, será conduzida a um relacionamento com Deus através
de Jesus Cristo.”
valores do geração futuro:
1 Coríntios 9:22
• Para realizar a nossa missão precisamos focalizar a criança em todas
as coisas que fi zermos.
• Queremos alcançar a criança, no seu mundo e na sua linguagem,
respeitando suas características e preferências.
Marcos 10:13
• Queremos que o Geração Futuro seja um lugar seguro para
as crianças.
• Queremos proporcionar segurança emocional e física.
Salmos 119:11
• Nós valorizamos o ensino que tem aplicação ao dia de hoje da vida
de cada criança.
• Queremos ver a Palavra de Deus assumir um lugar de destaque em
suas vidas.
2 Timóteo 3:15,16
• A Palavra de Deus pode continuar genuína mesmo ensinada
com criatividade.
• Queremos estimular e desenvolver a criatividade em todas
as instâncias: crianças, vo-luntários e pais.
2 Timóteo 3:15,16
• Acreditamos que pequeno grupo é o lugar onde as mudanças
mais profundas e duradouras acontecem.
• O poder da Palavra combina perfeitamente com o poder do
relacionamento.
5
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
Salmos 122:1 • Queremos que o Geração Futuro seja um lugar divertido para crianças e voluntários.
Salmos 122:1
• Queremos que o Geração Futuro seja um lugar divertido para crianças
e voluntários.
• Essa alegria não é fruto de uma vida sem problemas, mas de uma
vida dependente de Deus.
• Valores são como fi ltros que retêm as impurezas das nossas decisões
e comportamentos.
voluntários
O voluntário precisa saber por que está lá e como isto se encaixa no todo da igreja.
• Encorajamento e investimento contínuo na vida dos voluntários faz que se sintam
valorizados.
• Deus se preocupa mais com o homem do ministério do que com o ministério do
homem.
Geração Futuro
6
Ekklesia: Edifi cando vidas e equipando a Igreja – É proibida a reprodução total ou
parcial desta página.
• Precisamos recrutar, mas para isso o ministério precisa se fazer conhecido.
• Os voluntários não precisam ser especialistas em crianças.
• O voluntário tem que ser a pessoa certa, no lugar certo, pela razão certa.
• O que você acha que os voluntários consideram responsabilidade prioritária?
• Quais as características das pessoas que procuramos para trabalhar no ministério
infantil?
• A falta de voluntários é um obstáculo comum para muitos ministérios infantis. Não
esqueça de que a ceifa e a colheita pertencem a Deus.
o que faZer Para construir uma comunidade de volun-
tários motivados?
Comunidade: “pessoas que estão juntas por terem o mesmo interesse, causa ou
preferência”.
No seio da comunidade os voluntários desenvolvem o senso de pertencer e poder
compartilhar os mesmos pensamentos e sentimentos, falar a verdade em amor e
celebrar juntos.
6
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
dicas de recrutamento • • • • • • Creia que Deus mandará os obreiros. Mateus
dicas de recrutamento
Creia que Deus mandará os obreiros. Mateus 9:37,38
Oração: coloque suas necessidades diante de Deus. Tiago 4:3
Recrutamento não é só responsabilidade da equipe de liderança.
Faça seu ministério crescer através dos relacionamentos.
Posições precisam ser ocupadas com dons e pessoas certas.
Um plano de recrutamento precisa estar preparado para evitar desgaste nos volun-
tários.
sugestões estratégicas
Coloque um plano em ação. Dê oportunidades para toda a igreja se envolver
Use avisos criativos
Desenvolva relacionamentos com outros ministérios
Defina com quais ministérios a parceria é interessante: louvor, teatro, artes gráficas,
dança, interseção.
Torne seu ministério conhecido.
Peça sabedoria a Deus.
Apresente variadas opções de serviço.
Esteja sempre disposto a receber um novo voluntário.
Acompanhe os voluntários através dos líderes de área.
Utilize diferentes meios de mantê-los informados (avisos, flanelógrafos, email, tele-
fone,
mensagem de celular, site, redes sociais, etc.).
Crie uma ferramenta de avaliação de serviço para os voluntários.
7
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
divisão do geração futuro 8 Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
divisão do geração futuro
8
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
divisão do geração futuro aPrendiZ de lÍder de Pequeno gruPo Auxiliar e aprender a pastorear intencionalmente
divisão do geração futuro
aPrendiZ de lÍder de Pequeno gruPo
Auxiliar e aprender a pastorear intencionalmente grupos de crianças e estar pronto
a substituir o líder em caso de ausência.
ator/atriZ
Encenar peças teatrais que transmitam verdades bíblicas, ensinando a Bíblia de
forma criativa e relevante e participando dos ensaios semanais.
auXiliares
Pastoreia os bebês de forma individual, ministrando atividades bíblicas.
currÍculo
Elaboração, adaptação e avaliação de um currículo relevante com base bíblica.
costureiro
Confecção de roupas e utensílios para o teatro e atividades decorativas.
comunicador
Produz e apresenta ensino bíblico criativo, através de teatro, fantoches, músicas e
danças.
criação e Produção
Criar e produzir materiais didáticos e cênicos utilizados pelo centro de atividades,
grande grupo e pequeno grupo, além de materiais decorativos para ambientação e
audiovisuais para comunicação interna e externa.
desenHista
Desenhar marcas, painéis e cenários para decorar ou divulgar o ministério.
dançarino
Criar e ensinar coreografas para as crianças; desenvolver o valor da expressão corporal
coreografando as músicas cantadas no grande grupo; preparar as crianças para apre-
sentações especiais.
Produção
Decorar os ambientes onde acontece o programa; manusear diversos tipos de
materiais para criação, de maneira prática, de forma de deixar todos os espaços
9
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
atraentes às crianças. eventos Desenvolver atividades extras fora e dentro da igreja, como piqueniques, confraternizações, acampamentos,
atraentes às crianças.
eventos
Desenvolver atividades extras fora e dentro da igreja, como piqueniques,
confraternizações, acampamentos, passeios, treinamentos, palestras para pais, etc.
figurinista
Criar, desenvolver ou decidir quais roupas usarão os atores nas suas apresentações;
antecipar as demandas e se responsabilizar pela boa comunicação através do figurino.
intercessão
Manter uma rotina de oração em favor de todos os envolvidos no programa, inclusive
pais e crianças.
instrumentista
Transmitir para as crianças, através de instrumentos, o valor da adoração; participar
de ensaios e estar pronto a aprender e/ou compor novas canções para o grande grupo.
lÍder de Pequeno gruPo
Pastorear intencionalmente pequenos grupos de crianças levando-as a internalizarem
as verdades bíblicas e entenderem como aplicá-las em suas vidas.
marceneiro
Produzir materiais para teatro e centro de atividades, como, por exemplo: brinquedos,
armários, bancos, Bíblias gigantes, etc.
ministro de louvor
Ministrar o louvor para as crianças; preparar as músicas apropriadas para o que vai
ser ensinado; conduzir o grupo de instrumentistas, desenvolvendo neles um coração
de adorador.
orientador
Acompanhar os líderes de pequenos grupos de cada turma.
PuBlicidade
Realizar uma cadeia constante de comunicação interna e externa sobre ações e
estratégias ministeriais; trabalhar visando atrair e atingir pais e voluntários, bem como
tornar o ministério conhecido na congregação.
recePção
Recepcionar, de forma calorosa, famílias, crianças e voluntários.
10
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
suPervisão Supervisionar pessoas e tarefas de uma determinada turma; conhecer, a fundo, tudo que envolve a
suPervisão
Supervisionar pessoas e tarefas de uma determinada turma; conhecer, a fundo,
tudo que envolve a sua turma, a fim de melhor assessorar na aplicação do programa.
secretaria
Organizar o banco de dados, emitir relatórios, atender ligações, ser o elo entre os
diretores.
segurança
Cuidar da segurança do programa em todas as suas instâncias.
tradutor
Traduzir e adaptar o currículo para as diversas faixas etárias.
logÍstica
Transportar, montar, operar e desmontar toda estrutura de som e materiais neces-
sários para o desenvolvimento completo do programa.
vocalista
Auxiliar o ministro de louvor durante as apresentações; participar dos ensaios e
aprender novas músicas para ensinar para as crianças.
registro
Registrar todas as programações através de fotos e filmagem.
geração futuro em ação
comunidade de voluntários (inÍcio: 16H45 / término: 17H)
Este momento é uma oportunidade para que o relacionamento entre os voluntários se-
jam firmados e construídos, visando à efetivação de uma comunidade conectada. Prior-
ize e invista pessoalmente na vida daqueles que Deus tem posto ao seu lado para servir
neste ministério. O Momento “Comunidade de Voluntários” acontece dominicalmente e
reúne as pessoas de uma mesma turma, no entanto é vital que possamos vivenciar esta
prática em outros momentos e com aqueles que servem em outras turmas.
recePção (inÍcio: 17H / término: 17H30)
A Recepção às crianças começa 15 minutos antes do início do culto e os recepcionstas
devem estar prontos para entrega dos crachás, pontualmente. Uma vez encerrado o
tempo de recepção, fica proibida a entrada de qualquer criança.
11
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
centro de atividades (inÍcio: 17H / término: 17H15) O Centro de Atividades é o lugar de
centro de atividades (inÍcio: 17H / término: 17H15)
O Centro de Atividades é o lugar de brincadeiras com propósito, onde a criança, uma
vez recepcionada, encontra um ambiente preparado para diversão e alegria junto com
seus líderes. O entretenimento é diversificado e alterna brinquedos, músicas, danças,
competições, etc.
grande gruPo (inÍcio: 17H25 / término: 18H10)
O grande grupo é o momento em que todas as crianças de uma mesma turma se reú-
nem para louvar e aprender mais sobre Deus através de teatro e ensino criativo da
Bíblia. Os líderes conduzem seus pequenos grupos e permanecem junto com eles du-
rante o grande grupo. Este não é um momento só para as crianças, pois as verdades
apresentadas se aplicam à vida de todo cristão, possibilitando que os voluntários tam-
bém sejam ministrados.
Pequeno gruPo (inÍcio: 18H10 / término: 18H40)
No intervalo entre o grande e o pequeno grupo, as crianças têm 5 minutos para beber
água, ir ao banheiro e deslocar-se até seu local de reunião, onde participam de ativi-
dades preparadas para sedimentar o conteúdo aprendido no grande grupo. O líder de
fazer a aplicação e desafiar suas crianças a praticarem o ponto de vista de Deus que
terminaram de aprender. O objetivo deste momento é o pastoreio intencional e contribui
não apenas para reunir crianças de uma mesma faixa etária mas pode se estender a
sedimentar relacionamentos saudáveis.
refleXão e avaliação
Se ...
Existem lideranças e estratégias diferentes.
Em alguns programas a maioria das freqüências são motivadas pela imposição dos
pais.
Não são proporcionados ambientes e conteúdos atraentes às crianças.
Faltam voluntários motivados.
São encarados como “depósito” de crianças.
6. Tem a mentalidade de “babá” e não de pastorear.
Então você precisa ...
Analisar o que está sendo feito e o que precisa ser mudado ou até mesmo excluído.
Ter ousadia para fazer as mudanças necessárias.
Reunir pessoas estratégicas e compartilhar planos e sonhos.
Contagiar os voluntários em atividade e atrair novos voluntários.
Estabelecer e passar visão, missão e valores de forma simples e clara para a equipe de
liderança e todos os voluntários.
12
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
• • Recrutar, selecionar, treinar e desenvolver uma equipe de voluntários para que sirva em harmonia
Recrutar, selecionar, treinar e desenvolver uma equipe de voluntários para que sirva
em harmonia com seus dons e talentos.
Isto lhe abrirá novas perspectivas:
Professor versus Pastor.
Liderança autêntica e presente.
Construir comunidade.
Flexibilidade é sinônimo de produtividade.
Crianças querem e precisam de excelência.
Deus não criou as crianças somente para entender e obedecer regras, mas para viver
• relacionamentos.
Fazer do domingo o melhor dia da semana para as crianças.
O ministério infantil não existe para a conveniência dos pais, mas para que a criança
possa viver igreja na prática.
contatos:
gf@ibc.org.br (institucional)
danielcosta@ibc.org.br (líder)
paulojunior@ibc.org.br
patriciaderkian@ibc.org.br
tatianacarvalho@ibc.org.br
wellingtonalbuquerque@ibc.org.br
Tel: (85) 3274-4342
(85) 8800-1204
endereço:
Rua do Cruzeiro, 401, Ancuri - Pedras
13
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
ANOTAÇÕES: 14 Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
ANOTAÇÕES:
14
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
ANOTAÇÕES: 15 Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
ANOTAÇÕES:
15
Seminário: Programa e Currículo Geração Futuro
EPL 2012 Marque na sua agenda: Dias 6 a 8 de junho de 2012. Antecipe sua
EPL 2012
Marque na sua agenda:
Dias 6 a 8 de junho de 2012.
Antecipe sua presença!
Rua Tibúrcio Frota, 1530
Dionísio Torres – Fortaleza-Ceará – 60.130-301
Fone: 85 3444.3644 – Fax: 85 3444.3631
epl@ibc.org.br – www.ibc.org.br