Você está na página 1de 42

Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 1 of 42

 Blog
 Culpados

Busca
Procurar por: Google Search

Jesus, o ídolo dos Ateus


26 fev 2008 | por Marcelo del Debbio em Teoria da Conspiração às 11:52 • editar

Olá crianças,

O termo atheos surgiu durante a Grécia Antiga, em aproximadamente 500 AC, onde o termo
significava “sem Deus”, ou “aquele que cortou seus laços com os deuses” e designava um sacerdote
que estava rompendo seus laços com seu antigo templo. O termo foi muito usado nos primeiros
séculos após as pregações do Avatar Yeshua, em debates entre helenistas (os sacerdotes gregos),
essênios e outras facções de cristãos primitivos (antes do Vaticano) onde cada um dos lados usava o
termo para designar pejorativamente o outro. Este termo nunca era designado para um membro do
povão e seria impensável alguém se auto-proclamar “ateu”. Era o equivalente a um xingamento.
E Jesus, para os helenistas, era o exemplo máximo dos ateus.

Uma das primeiras coisas que eu aprendi quando estudava Religiões e Mitologias comparadas é a de
nunca julgar um movimento religioso ou filosófico com os olhos do presente. Para entender o que
realmente estava se passando, é necessário nos colocarmos no tempo e no espaço onde cada
movimento religioso ou filosófico ocorreu.
E o mesmo vejo acontecer com o dito “movimento ateu” aqui no Brasil. Sempre que leio em algum lugar um alegado ateu que diz “Eu não
acredito em Deus” eu penso “Não acredita em Deus ou não acredita no Deus psicopata, vingativo e ao mesmo tempo amoroso e magnânimo
(dupla personalidade?) que a Igreja Católica inventou e empurrou goela abaixo durante toda a sua vida?”.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 2 of 42

Deus não é um velho sentado na montanha


Entendendo a Kabbalah, podemos perceber que o Jeová (YHVH) bíblico, em suas duas faces, nada mais é do que a representação dual das
esferas Geburah (Força, representando a grande restrição e molde das formas) e Chesed (Misericórdia, representando o grande provedor
universal) atuando sobre as esferas mais baixas da Árvore da Vida (que é um mapa dos estados de consciência do ser humano). Não há nada
que já não estivesse DENTRO do ser humano o tempo todo. Yeshua sabia disso, e o Deus (Keter) que ele pregava é um deus simbólico das
arestas que devemos aparar em nós mesmos para atingir o nível de consciência divino. Em outras palavras, Jesus ensinou aos homens como se
tornarem deuses (Yeshua era chamado de “O Portador da Luz” em algumas ordens cristãs primitivas… este nome… “Portador da Luz”, lembra
alguma coisa para vocês?)..

Outra coisa que precisamos deixar claro é que, hoje em dia, a maioria das pessoas acha que Deuses
eram algo como os x-men: criaturas fantásticas cheias de poderes que lançavam raios e trovões,
voavam, acertavam flechas a quilômetros de distância e podiam transformar chumbo em ouro. Na
verdade, fora dos círculos do povão, os Iniciados sempre souberam que os deuses nada mais são do
que grandes egrégoras voltadas para a personificação de forças naturais. São Iniciações nas quais você
aprende no Plano físico (Malkuth) a lapidar sua forma de pensar (Hod), sentir (Netzach) e intuir
(Yesod) de modo a dominar os seus 4 elementos interiores para permitir o contato com o ser Crístico
(e tem cético que acha até hoje que os quatro elementos da alquimia são literais… terra, ar, água e
fogo).

Alegorias
Muitos dos ensinamentos da kabbalah são passados adiante através de alegorias, cujas chaves,
imagens e desenhos são necessárias para se entender (e principalmente SENTIR) a mensagem que se
quer passar. Para os obtusos que não conseguem enxergar nada além do Plano Material, estas
alegorias nada mais são do que “contos de fadas”.
Tomemos um exemplo clássico: Todo mundo sabe que os alquimistas são capazes de “transformar
chumbo em ouro“. Mas transformamos o chumbo do ego no ouro da essência. Vocês acreditam que
outro dia no orkut um dos líderes de comunidades céticas estava em uma discussão exigindo “provas
laboratoriais” da transformação de chumbo em ouro? Tem como ser mais patético do que isso?

Vamos pegar um outro exemplo, um conto de fadas


clássico: “A princesa está aprisionada em um castelo ou
masmorra, protegida por um dragão. Um cavaleiro de
armadura reluzente vai até ela, derrota o dragão e salva a
princesa, casando-se com ela e, como Rei e Rainha, são
felizes para sempre”.
Isto nada mais é do que uma alegoria dentro da Kabbalah
para demonstrar o caminho de um iniciado até estar
purificado para receber o ser Crístico e tornar-se um
boddisathva (ou iluminado, ou christos, ou mestre
ascencionado ou qualquer outro nome que queiram dar para
isso).
Dentro da simbologia, a princesa representa Yesod, nossa
intuição, aprisionado na Pedra Bruta (que é o castelo ou
masmorra, representando o plano material de Malkuth).
Através do cavaleiro, que SEMPRE tem uma armadura
brilhante e representa todas as sete virtudes, personifica o
SOL crístico (Tiferet) da beleza que vai trabalhar esta
reforma íntima.
O Dragão representa os 4 elementos (além de ser uma
serpente de asas, ele cospe fogo, voa pelo ar, nada na água e caminha sobre a terra) que, por sua vez, representa o caminho de evolução da
consciência através das esferas de Hod (razão), Netzach (emoção) e Malkuth (físico), chegando até Tiferet (espiritual). A luta entre o dragão e
o cavaleiro representa a essência divina sendo despertada e dominando cada etapa dos 4 elementos (material, intelectual, emocional e espiritual)
até que a fagulha divina (princesa) é libertada e se casa com o cavaleiro (no chamado Casamento Alquímico – ver poema de William Blake e
música do Bruce Dickinson de mesmo nome) e tornam-se Rei (Hochma) e Rainha (Binah), ultrapassando o Véu de Paroketh e escalando a
Árvore da Vida. Falaremos mais sobre isso quando começarem os posts sobre Kabbalah.
Podemos lembrar também da história Perseu e Andrômeda, ou mesmo da alegoria católica para “São Jorge derrotando o dragão” e muitas,
muitas outras.

Então, a moral da história é: enquanto as pessoas ficarem procurando por deuses fora de si mesmos, sempre existirá algum pilantra disposto a
vendê-los e a dizer o que vocês podem e o que não podem fazer. O Oráculo de Delfos dizia “Conhece a ti mesmo, e conhecerá os deuses e as
maravilhas do Universo”. E é disso que se trata a alquimia, astrologia e a kabbalah. Tornar-se você mesmo um deus.

Mas tio Marcelo, e os deuses?


Use os outros Deuses para obter sabedoria. Não os Venere (do latim Venerationem, ou “curvar-se à”),
mas os Admire (do latim Admirationem, ou seja “exalte seus sentimentos”). Todos os deuses de todas
as mitologias possuem histórias por trás deles e todas estas histórias trazem grandes ensinamentos.
Por outro lado, os deuses formam grandes e poderosas Egrégoras , cheias de energia para serem usadas
por aqueles que sabem como acessá-las. Você acha mesmo que pessoas muito mais inteligentes que
você iriam venerar um “deus de cabeça de elefante”? A alegoria de Ganesha (meu deus favorito, aliás)
é uma das mais lindas e completas lições de vida que já encontrei nas mitologias. Um dia farei um
posto apenas sobre ele.
Mas voltando ao assunto: então surge a grande questão “Se todos os deuses estão dentro de seus
pensamentos apenas, mas todo pensamento é projetado no astral, então os deuses estão ao mesmo
tempo no Universo e dentro de você”, o que nos remete ao Oráculo de Delfos novamente. Parece uma
serpente mordendo a própria cauda…

Entendendo os ateus e céticos


Muitas pessoas, lendo esta coluna, devem achar que eu odeio os ateus e céticos ou sou o nêmesis deles,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 3 of 42

mas nada está mais afastado da verdade. Eu compreendo perfeitamente a posição na Árvore da Vida em
que eles estão (da mesma maneira como também compreendo os fanáticos religiosos ou os místicos hippies ou os ateus materialistas).
Tem gente que deve imaginar até que eu e o Kentaro Mori somos inimigos mortais, mas a verdade é que às vezes passamos madrugadas inteiras
batendo papo no msn e eu o acho um cara muito inteligente e muito gente boa. Ele tem me ajudado a bolar alguns parâmetros científicos
rigorosos para experimentos em alguns laboratórios rosacruzes e eu tenho passado pra ele imagens, fotos e idéias que não tive tempo de
pesquisar para ele me ajudar a descobrir se são hoaxs ou não.

Como o ocultista William Blake disse, “Sem opostos não há progresso“.


Todo ocultista é, obrigatoriamente, um cético. Se não for, vai virar um esquisotérico comprador de revistas de horóscopo, amigo dos gnomos de
Além da Lenda, abraçador de árvores, entoador de mantras hippies, leitor de revistas de pink wicca e outras modinhas toscas, o que não os
tornaria nem um pouco diferentes de um fanático religioso ou de um cético tapado.

Dentro da kabbalah, todos estes casos são desvios do Caminho do Equilíbrio (a título de curiosidade, caminho 25, Arcano XIV, a Temperança):
Os materialistas puros (Malkuth), os misticóides (Yesod), os fanáticos céticos (Hod) e os fanáticos religiosos (Netzach). Todos os excessos
dos 4 elementos que precisam ser equilibrados na alquimia!

Para entender um ateu, precisamos nos colocar no lugar dele, e acompanhar o desenvolvimento do termo ao longo da história: A partir de
Constantino, a religião “oficial” de Roma passou a ser aquele “cristianismo frankenstein” que ainda vamos estudar, mas qualquer pessoa que
não estivesse de acordo com a doutrina romana seria considerado um pagão (vindo do latim pagani, ou “pessoa do campo”) ou ateu (“que não
possui deuses”).
Esta classificação era meramente filosófica, pois ambos deveriam converter-se ou iriam para a fogueira e nenhum dos dois tipos realmente
acabava se convertendo.
No caso dos Pagani, a Igreja bolou formas de absorver, converter seus deuses em diabos e transformar datas festivas em datas católicas (vide 25
de Dezembro). No caso dos ateus, não havia muito o que se fazer a respeito. Uma das curiosidades é que, ironicamente, a imensa maioria das
pessoas consideradas atheos pela Igreja encontrava-se dentro das fraternidades rosacruzes (os filósofos iluminados).

Por que “Iluminados”?


Porque dentro destas escolas de pensamento, considera-se que quem está no começo de sua trilha espiritual está “nas trevas da ignorância” e,
conforme vai galgando os degraus do autoconhecimento e se lapidando, adquirindo cada vez mais “luz da sabedoria”, até que passa a irradiar
esta luz para outras pessoas, ou seja, tornar-se iluminado.
Note que esta “luz” só aparece com muito esforço. Ficar sentado de cabeça baixa esperando alguém te iluminar vai te transformar apenas em
uma pedra que recebe luz, mas o brilho precisa vir de dentro para fora, através da lapidação dos defeitos capitais (os tais “7 pecados” que eu vou
esmiuçar em colunas futuras). A pessoa precisa “buscar” esta luz através do ceticismo e do ocultismo e, nesta jornada, torna-se um buscador.
Note novamente a semelhança com a história de Prometeu/Lúcifer.

Voltando aos Ateus


Posso imaginar um ateu brasileiro como uma pessoa com inteligência acima da média, que tem entre 16 e 40 anos e morou no Brasil por quase
toda a sua vida. Esta pessoa foi alimentada com bizarrices durante toda a sua vida: falaram para ele na escola que um sujeito colocou dois
animais de cada espécie em um barquinho durante 40 dias para escapar da chuva, falaram que Deus criou o mundo em 7 dias, que a Terra tem
6000 anos de idade, que uma torre desmoronando era a responsável pelas línguas da Terra e por ai vai… e que tudo isso era “a palavra de
Deus”. Mais tarde, jogam na nossa cara um Jesus-Apolo com uma história toda picotada e incompreensível e dizem que “ele morreu pelos
nossos pecados” ou “morreu para nos salvar”. E pior, que se não acreditarmos nele, este deus bondoso e magnânimo nos lançará nas
profundezas do inferno para sermos torturados pela ETERNIDADE.
Qualquer pessoa que tenha um mínimo de inteligência e cultura vai começar a questionar tudo isso.

As pessoas mais velhas, por terem passado 30… 40 anos ouvindo estas histórias em um período sem troca de informações (não havia internet) e
onde a dominação educacional, moral e dogmática era MUITO mais pesada do que a nossa certamente terão muito mais dificuldades em
largarem este pensamento. Temos de ter paciência e compreender a posição deles: eles nunca tiveram acesso ao conhecimento “oculto”.

Os mais jovens passam pelo estágio da negação: tendo uma inteligência acima da média, escutam essas coisas e assistem ao show de horrores e
injustiças que é a cultura do dízimo e pensam “que merda é essa? Isso não pode ser sério!” e passam a se considerar ateus.
É o que eu considero um “ateu estágio 1”. A criação do não-Deus como resposta aos absurdos das Igrejas caça-níqueis. A imensa maioria do
pessoal que eu conheço que se denomina “ateu” começa nesta posição.

A partir deste estágio, a pessoa pode se dividir em três categorias: as que adquirem uma revolta interior tão grande com isso que assumem uma
forma mais agressiva de contestar esta religião, abraçando qualquer outra coisa que lhe apresentem apenas como resposta direta aos ataques dos
crentes… O problema com isso é que estas pessoas geralmente são manipuladas por iniciados em NOX e Goetia para servirem de gado
energético com seus “rituais satânicos” disponíveis na internet (um dia eu falo mais sobre satanismo sério) ou montam a sua “religião do não-
deus católico” e saem por ai pregando. Esse pessoal, que costumamos chamar de “satanistas de orkut“, leram meia dúzia de livros do Aleister
Crowley, não têm a menor idéia de como a ritualística funciona e geralmente são vampirizados e usados como baterias energéticas para
iniciados de verdade das Fraternidades Negras.

A segunda categoria é a dos preguiçosos mentais, que decidem parar seu ceticismo por ai. Decidem que “todas as religiões são iguais, não
preciso estudar nenhuma, ninguém presta, são todos picaretas e são todas iguais” e normalmente pensam o mesmo das ciências ocultas,
fazendo uma mistureba com os charlatões, videntes e afins (e eu também nem vou culpá-los por isso, porque a coisa é realmente suína no ramo
misticóide). Eles normalmente consideram efeitos espirituais como fraudes (e também não podemos julgá-los, já que a maioria das coisas que
aparecem na TV é mesmo uma palhaçada), mas nunca se deram ao trabalho de buscar pessoalmente qualquer tipo de comprovação, seja para
sim, seja para não. Desta categoria surgem os fanáticos-céticos.

Falar “Deus não existe” é, na melhor das hipóteses, uma demonstração de ignorância, arrogância e prepotência, que assumiria que o indivíduo
estudou tudo o que há para ser estudado no planeta e, do alto do conhecimento total, poderia tecer algum comentário semelhante. Por outro lado,
falar “Deus existe” quando esse “Deus” é aquela aberração fabricada pela Igreja Católica também é um contrasenso… Oh, a ironia.

E percebemos que o comportamento destes céticos é EXATAMENTE IGUAL ao dos fanáticos religiosos. Ambos são “donos totais da
verdade suprema e absoluta incontestável”. Discutir com eles é tão ou mais perda de tempo do que discutir com um pastor evangélico.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 4 of 42

A terceira categoria é a que eu respeito. Estes buscadores céticos estudam as outras religiões e filosofias (e por estudar não quero dizer
“fuçaram na wikipedia”) e entendem os princípios de suas filosofias e doutrinas, chegando até mesmo a absorver e comparar seus ensinamentos
sem se deter nos dogmas impostos (Não mentir, não roubar, não matar, ter ética…). Eles podem chegar à conclusão que “nenhuma das religiões
que conheci até agora me serve” (esta resposta eu respeito) mas isso não os impede de continuar estudando e respeitando quem ainda não
chegou neste estágio.
Eventualmente ele pode encontrar uma filosofia que lhe sirva, OU continuará uma eterna busca. O mesmo vale para os tais “fenômenos
sobrenaturais” (e também pode ser estendido para as informações que eu coloco nesta coluna).

Eu, pessoalmente, acredito que não existe nada “sobrenatural”; existem apenas coisas “naturais” que a ciência ortodoxa não teve capacidade
para explicar ainda. Incluindo os espíritos e a magia.

Alguns buscadores acabam chegando a um deus-pessoal, ou seja, o chamado EU SOU. Se basta ter um adorador para qualificar um Deus, se
você adorar (do latim Adore, ou “conversar, conhecer”) a si mesmo, isto não configuraria o suficiente para classificá-lo como um Deus? Neste
estágio, eles deixam de se tornar um “sem-deus” e se tornam a própria divindade, sem necessidade de procurar nada externo (olha o Oráculo de
Delfos novamente, crianças).

O Deus-Ciência
Posso afirmar que o universo que conhecemos foi criado no Big Bang (sopro divino), que formou as
galáxias, estrelas e planetas, todos compostos dos mesmos átomos originais, apenas combinados de
maneira diferente. Os seres humanos são um amontoado de átomos provenientes desta poeira cósmica,
que um dia morrerão e serão recombinados em outros átomos para formar outros seres humanos; assim
“reencarnando”. Um dia, quando o universo parar de se expandir e passar a se comprimir, ele acabará no
Big Crush e todos os átomos retornarão à origem (embora esta teoria ainda esteja sendo intensamente
debatida entre os físicos).
Chame o Big Bang de “Deus” e temos: “O ser humano foi criado à imagem e semelhança de Deus, e um
dia retornará ao criador. O homem é Deus”. E a Kabbalah se prova certa mais uma vez, mesmo no
maior dos materialismos.

Semana que vem passo a bibliografia sobre Yeshua e este ciclo de matérias, embora eu já tenha passado em uma coluna anterior. Vocês é que
não procuraram.

Non nobis, Domine, Domine, non nobis, Domine


Sed nomini, sed nomini, tuo da gloriam.

Marcelo Del Debbio


————————————-
Textos novos no blog Teoria da Conspiração e a estréia do Blog de RPG da Daemon:

- Pato Donald Nazista


- O poder dos Sons
- 13 perguntas céticas sobre Astrologia
- Mapas e Sigilos Pessoais no TdC
- O que são Sigilos Pessoais?
- O Tarot, a Kabbalah e a Alquimia
- Os Illuminati
- A História de Gilgamesh
- História da Umbanda
- O Círculo Mágico
- Raul Seixas, Paulo Coelho e a Sociedade Alternativa
- Pai Nosso em Aramaico

 159 Protestos
 Compartilhe

Comentários

1. Arthur
26 de fevereiro • Editar

Mais um ótimo post.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 5 of 42

Valew tio!

2. Mauro
26 de fevereiro • Editar

Bem interessante, um trecho desta coluna explica o porquê de que raios Hitler se interessava tanto pela Branca de Neves, como divulgado
no apontador abaixo:

http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/02/23/hitler_fanatico_pelos_desenhos_da_disney_copiava_branca_de_neve_pinoquio-
425827939.asp

Nada é como parece …

3. renato
26 de fevereiro • Editar

Pena que nao posso ler agora pois estou começando a ler os seus (ótimos) textos desde o começo.
Tio,quando vai começar a falar mais da maçonaria e de outras sociedades secretas?

4. Dromar
26 de fevereiro • Editar

Boaaaaaaaa

Maiamais mais

demolay.. fala da demolay!

5. Alex
26 de fevereiro • Editar

Acho interessante esta abordagem de tentar compreender o período histórico dos fatos narrados em determinadas mitologias, penso que
deste modo é mais fácil entendê-las. Eu tinha muita dificuldade em entender Jesus, porquê simplesmente só conhecia o que estava nas
Escrituras, então era impossível não acreditar que ele era o \”Filho de Deus\”. Comecei a estudar o Espiritismo e muita coisa se tornou
clara (Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará rs), porém ainda tinha uma série de dúvidas em relação à Yeshua, já que nos faltam
relatos históricos aprofundados. Porém a explicação ocultista é bastante plausível, excetuando-se a questão da crucificação, meu passado
católico não digere muito bem a fuga dele rs. Este é outro ponto interessante, penso que muito de nós tivemos várias encarnações
católicas, então muita coisa está arraigada em nossos espíritos que nos impedem de entender certas coisas, eu tinha enormes dificuldades
em compreender o Deus de Amor, já que meu passado sempre o associou à um Deus vingativo, que castiga os que \”não fazem a vontade
de Deus\”. Concordo com a classificação dos ateus, creio que muitos não acreditam neste Deus vingativo por causa dessa mistificação
católica, sem contar os que conhecem muito a Ciência e pensam consigo \”Não tem como, não dá pra acreditar nisso\”. Creio que o
problema destes últimos é que a tentação do orgulho é muito grande, penso ser fácil cair no erro da auto-suficiência. Quanto ao resto do
texto está muito bacana, um grande abraço Marcelo!

6. The Owen
26 de fevereiro • Editar

Estava esperando este post, muito bom e completo. Não pare nunca.

7. MGF
26 de fevereiro • Editar

DD, simplesmente perfeito.


Só aguardo as respostas dos posts anteriores.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 6 of 42

8. Moreno Lennertz
26 de fevereiro • Editar

Textos sempre muito bons!


Parabéns.
Seria legal também em todos os posts, indicar literaturas comparativas e auxiliares.

9. raphaeltnm
26 de fevereiro • Editar

Olá, Marcelo, poderia indicar alguns sites para leitura de assuntos relacionados aos assuntos abordados aqui na sua coluna, pode ser dos
mais variados assuntos. Valeu e parabéns pelas colunas! Abs!

10. Marcos Ribas


26 de fevereiro • Editar

Ola Tio

Tenho algumas perguntas que surgiram deste a primeira leitura das suas colunas.

1- Depois de ver a explicacao sobre a Camara dos Reis me veio a imagem de Meca seguindo o padrao do teorema de Pitagoras, estou
certo ?

2- Qual a relacao oculta do numero 40 ? Noe ficou no barquinho 40 dias, Moises passou 40 anos no deserto, Yeshua foi tentado 40 dias
no deserto ….

Um fraterno abraco

Marcos

11. Bruno
26 de fevereiro • Editar

Muito boa essa sua perspectiva de visão com relação ao “ateísmo”.


mas o que me faz ateu é simplesmente tentar entender a necessidade de um “Deus” para minha vida. Aplico minha fé antropocentrica para
viver da melhor forma.
*obs: você poderia colocar algumas fontes de onde tirou parte dos textos.
mesmo assim, parabéns! S&H sempre com boas coisas.

12. Zambo
26 de fevereiro • Editar

Recentemente, procurando uns materiais antigos, achei um caderno em meio às minhas coisas que deve ter, pelo menos, uns quinze anos.

Estou utilizando-o para fazer algumas anotações importantes, referentes aos meus estudos. E, no final do caderno, encontrei uma frase que
me fez lembrar muito de suas colunas:

Duvidar de tudo ou crer em tudo são duas soluções igualmente cômodas, que nos dispensam, ambas, de refletir.

Henri Poincaré
1854 -1912
Matemático francês

Parabéns pela coluna.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 7 of 42

13. Marcos Ganine


26 de fevereiro • Editar

poxa, muito bom o post..

não sei se eu to com um palpite errado, mas teria sido a figura de Lucifer tambem distorcida tambem pela Igreja?

¬¬

14. Fabrício
26 de fevereiro • Editar

Grande ir:.

Eu sempre gosto de acompanhar a coluna nas entrelinha, porque já te conheço de longa data e sei que tu sempre esconde Easter eggs no
meio das colunas.

Normalmente não escrevo nada, para não estragar a surpresa do pessoal que gosta de procurar, mas desta vez queria dar os parabéns, pois
a sacada das duas imagens (Deus criando o Universo sem o homem) e (o homem sem o deus nos céus) dizem mais do que todo o texto
que você postou.

“Conhece a ti mesmo e conhecerás todos os deuses do Universo” e “Nada em demasia”.


Grandes frases do Oráculo de Delfos.

TFA

15. Ricardo
26 de fevereiro • Editar

Marcelo, boa coluna.

Mas me responda uam coisa que tenho certeza que grande parte aqui está com isso na cabeça também. Primeiro deixa eu passar os 3
pontos chaves:

1) Jesus, ou Yeshua, foi um avatar certo? Certo. Suas colunas (sempre muito explicativas) passam que Jesus realmente foi um ser
iluminado que pisou na Terra.

2) No Zeitgeist, a imagem que se passa é que Jesus (assim como todas figuras importantes nas outras mitologias, como Osiris) é apena
mais uma alegoria em relação ao solstício de inverno.

3) Nesse mesmo filme, mostra a as passagens zodiacais das eras. E que Jesus \\\\\\\\\\\\\\\’representaria\\\\\\\\\\\\\\\’ a era de Peixes, que é a
qual estamos vivendo

Mas o que se pode concluir desses 3 pontos tão \\\\\\\\\\\\\\\”contraditórios\\\\\\\\\\\\\\\”? Antes de Jesus, quem representava as outras Eras?
E todos os outros deuses de outras mitologias que nasceram dia 25 de dezembro com 3 reis magos, etc?

Vou pegar o Egito pra tentar simplificar minhas duvidas (que é a época que eu mais conheço, admiro e tenho curiosidades). Eu já li que os
sacerdotes passavam por rituais secretos realmente exaustivos de iluminação. Então a grande cúpula, inclusive o faraó, creio que era BEM
evoluido espirtualmente.

Mas como entender a relação Osiris – solstício-inverno – era zodiacal? Afinal, os egitos vieram milhares de anos antes de Yeshua não?

Seguindo a mesma lógica da história de Jesus/Yeshua, um certo \\\\\\\\\\\\\\\’Osiris\\\\\\\\\\\\\\\’ (um avatar, ou alguns avatares?) teria
existido, representou alguma Era e fora isso, foi considerado o \\\\\\\\\\\\\\\”filho da luz\\\\\\\\\\\\\\\” pelo gado. É mais ou menos isso?

Desculpe o post gigante, é que suas colunas são sempre tão bem escritas e explitivas, e aquele filme chegou meio
\\\\\\\\\\\\\\\”atravessando\\\\\\\\\\\\\\\” certos idéias, rs

Abraços!

16. Bananeira
26 de fevereiro • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 8 of 42

Marcelão, muito bacana este post.


Pelo menos no meu entendimento serve para colocar de vez as pessoas que leen o Teoria da Conspiraçao em seu devido lugar.
Abração.

17. vimerson
26 de fevereiro • Editar

Oooooo DD

eu sou de uberaba-mg

fica dificil , emboira eu tenha muita vontade, de fazer vossos cursos… vc tem alguma sugestão para que eu possa fazer o curso de cabala e
tarô? seria via online?

abraços e mais um ótimo post.

aliás.. vc tem que terminar o do rei artur antes da cabala acho… sei lá.. a ordem sua… mas valeu de coração

18. Fabiano
26 de fevereiro • Editar

Rapaz, visito o sedentário a muito tempo e este foi o seu melhor post.
Permita-me dizer que eu creio que há um 4º tipo de ateu.
O ateu que acha que não viemos a terra descobrir se Deus existe. Einstein dizia que o conceito de bem e de mal independe de religião.
Acredito nisso.
Acredito ainda que não faz a menor diferença se Deus existe ou não. Vamos ficar sabendo mais cedo ou mais tarde, afinal morreremos
todos.
A procura é válida e provavelmente recompensadora, mas viver o “bem” independente de religião ou crença em um, ou qualquer Deus
também é bem legal, acredite.
Grande abraço.

19. Pozzo
26 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo,

Gostaria de por alguns pontos em consideração aqui, creio ser errada essa generalização de céticos e ateus, por quê por incrível que pareça
todo lugar que vejo um dos nomes, vejo o outro logo em seguida, e convenhamos, são ideologias diferentes…

Eu me considero cético, pois tenho uma capacidade de contestação que vez ou outra considero ser maior que a de no mínimo 90% dos
brasileiros, possuo orientações que podem ser chamadas de atéias, não creio em nada que não possa ser provado, pode-se chamar isso de
materialismo mas não é, pois mesmo sendo um cético ainda seleciono partes de filosofias que podem ser boas para mim, como por
exemplo a do zen-budismo, que, resumindo bem porcamente, diz algo em torno “vou viver agora, do lado de lá eu me resolvo com os
meus superiores”.

Não sou ateu, por que a existência de algo maior ainda é presente, eu sou um socrático, além de cético, mas queria deixar uma diferença,
os céticos, ao contrario de ateus, sabem a ignorância que os assola, enquanto os ateus, apesar de dizer serem sozinhos, creêm em sua
sabedoria de tudo…

Tenho uma idéia do que é Deus, uma explicação aplicável à qualquer desconhecido, curas já foram obras de deuses, doenças, raios,
chuvas, ventos, e não falo das alegorias cristãs, mas de todo o simbolismo greco-romano e anterior…

Hoje Deus não se atribui à estes feitos, mas continuam o colocando em toda lacuna de desconhecido ao intelecto humano, e enquanto não
houverem pedaços sem ser preenchidos não, irei cred na existência ou na ausência de tal entidade…

Muito obrigado pela atenção…


E perdão caso o texto esteja confuso…
Rafael Pozzo

20. betopow
26 de fevereiro • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 9 of 42

Grande Marcelo! Muito boa esta coluna.


Com ela, voltei a ter vontade de ler as suas outras. Pra ser sincero, a série de Yeshua histórico me desanimou um pouco, especialmente
pelos detalhes históricos… bom, mas vamos às seguintes!

Uma curiosidade, apenas: vc já teve oportunidade de estudar cientologia? O que acha desse pensamento religioso?

Até Mais!

21. Marcus
26 de fevereiro • Editar

Muito interessante estes post´s. Saindo do assunto. se puder me esclarecer onde entra as profecias de Maria.
continue assim….

22. Gil
26 de fevereiro • Editar

Discordo enormemente de quase tudo que vc escreveu. Como não tenho muito tempo nesse momento vou me ater ao final da sua
postagem, onde vc diz que basta trocar o termo \”Big Bang\” pelo termo \”Deus\”. São coisas totalmente distintas. Primeiramente, os bons
e verdadeiros cientistas não \”acreditam\” no Big Bang e não \”podemos afirmar\”, porque é ciência. A ciência, como vc bem sabe,
Marcelo, não abre espaço para crenças, o que a diferencia totalmente da religião.

O Big Bang é fruto de muitos estudos, evidências e teorias científicas, culminando numa idéia que faz sentido e é altamente provável.
MAS, caso surja evidências de que o Big Bang nunca ocorreu, os cientistas que o estudam serão os primeiros a investigar profundamente,
colocando-a em prova e, caso a evidência se torne prova, serão os primeiros a descartá-la.

Já os crentes não, qualquer evidência, crítica, dúvida etc é imediatamente rejeitada e não se pode nem mais falar ao respeito, e nem se
pode questionar sobre esses assuntos a um crente, pois é considerado \”desrespeitoso\”, outra coisa que eu discordo totalmente.

Bom, por enquanto é só. Com discussões com pessoas de idéias contrárias que adquirimos conhecimento e experiência para evoluirmos.

Abraço

23. GTB
26 de fevereiro • Editar

Oi Tio Marcelo…

Quando era mais novo, tipo uns 12/13 anos, eu tinha sonhos que acabavam tornando-se realidade, às vezes até anos após o sonho, e dando
aquela sensação de Deja-vu. Hoje eu tenho 22 anos, e faz tempo que isso parou de acontecer.
Acredito que eu tenha recebido esse “dom” de minha mãe, que já teve diversas experiências de clarividência, mas que ultimamente
também não tem relatado nada novo.
Você me aconselha a tentar recuperar essas visões, ou devo deixar que elas voltem naturalmente?
Tem algum exercício específico que eu possa fazer, ou devo primeiro treinar os que você já passou?

Tio, também tenho uma dúvida sobre tatuagens… Existe algum problema ou alguma restrição ao fazê-las?

Se um dia vier a Campos do Jordão avise…


Abraços, e continue com a coluna…

24. André
26 de fevereiro • Editar

Uma pequena mas significativa correção:a música Chemical Wedding não é do Iron Maiden, é sim do Bruce Dickinson.

@MDD – Verdade… Grande Bruce! Valeu pelo toque, já corrigi no texto.

25. Cláudio

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 10 of 42

26 de fevereiro • Editar

Marcos Ganine, se você tivesse acompanhado as colunas anteriores não estaria sustentando ainda um mero palpite.

Abraços.

26. Krauser
26 de fevereiro • Editar

“Não há nada que já não estivesse DENTRO do ser humano o tempo todo. Yeshua sabia disso, e o Deus (Keter) que ele pregava é um
deus simbólico das arestas que devemos aparar em nós mesmos para atingir o nível de consciência divino. Em outras palavras, Jesus
ensinou aos homens como se tornarem deuses.”
Algo que sempre me confundiu na Bíblia são as passagens em que se misturam as figuras de Deus e seu “filho” Jesus ( o que, diga-se de
passagem, já é contrário à idéia de que somos todos filhos de Deus, pois, isso não seria exclusividade de Jesus). Por exemplo: “ Eu e o Pai
somos um” (embora atribua-se vários significados a essa frase como: Eu e o Pai estamos de acordo, temos a mesma opinião, ou até que
Deus e Jesus são figuras distintas, mas são um em espírito)
ou a afirmação de que “Jesus é o senhor” que se confunde com “Deus é o senhor”, ou a de que Jesus é Deus em carne ou a Trindade em
que Jesus, Deus e o Espírito Santo são unos ou ainda “Quem me vê, vê o Pai” ( talvez outra metáfora sobre Jesus estar de acordo com seu
Pai) dentre outros trocentos exemplos.
Quem sabe, não foi o tal empilhamento da Igreja, o qual compôs uma bíblia de textos e passagens tão contraditórias, em uma tentativa
falha de apagar um Jesus cuja fonte de divindade provia dele mesmo?

27. Evandro Henrique


26 de fevereiro • Editar

Sou ateu e não creio que me encaixo em um destes grupos que você citou.

Venho de família católica não-praticante e nunca fui forçado ir a igreja. No meu ponto de vista é uma coisa bem simples: não acredito
porque não vi motivos para acreditar em qualquer Deus de qualquer religião.

Ninguém tem que ficar procurando provas para se decidir se existe ou não algum Deus, porque não vai encontrar. O fato de não
conseguirem provar que ele existe não prova que ele não existe e o fato de não provarem que ele não existe não prova que ele existe.

Pelos motivos acima se conclui: “Teístas” acreditam até que se prove o contrário e “Ateístas” não acreditam até que se prove o contrário.
E uma discussão dessas dificilmente vai terminar com um lado cedendo.

28. Thiago Habib


26 de fevereiro • Editar

Você disse:
“Os materialistas puros (Malkuth), os misticóides (Yesod), os fanáticos céticos (Hod) e os fanáticos religiosos (Netzach).”
Não seria:

“Os materialistas puros (Malkuth – físico, terra), os misticóides ***(Netzach – emoção, fogo)***, os fanáticos céticos (Hod – razão,
água) e os fanáticos religiosos ***(Tiferet – espiritual, ar)***.” ?

Não conheço nada de kabalah, mas só analisei o que você disse em:
“O Dragão representa os 4 elementos (além de ser uma serpente de asas, ele cospe fogo, voa pelo ar, nada na água e caminha sobre a
terra) que, por sua vez, representa o caminho de evolução da consciência através das esferas de Hod (razão), Netzach (emoção) e Malkuth
(físico), chegando até Tiferet (espiritual).”

Sobre a história do cavaleiro que resgata a princesa do dragão, poderia citar também o Apocalupsis de Yehokanan:

E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para
vencer. (6:2)
E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e
os seus anjos foram lançados com ele. (12:9)
E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e
tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. (12:14)
E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar. (12:15)
Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. (20:2)
Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as BODAS do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. (19:7)

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 11 of 42

29. TH13
26 de fevereiro • Editar

Tem umas coisas que o Marcelo coloca como dogma católico que não são.Quem normalmente usa isso são as evangélicas e as correntes
radicais protestantes americanas.

Por exemplo: eu acho que eu já comentei isso aqui antes – fui solenemente ignorado, claro – mas os dogmas católicos dos 7 dias da
criação se restringe a três: 1) Deus criou tudo a partir de nada; 2)Deus deu ao homem o sopro divino, seu espirito; 3)o homem foi criado a
partir de algo pré-existente. Esse é o dogma católico da criação. Todo o resto é considerado alegórico, inclusive os 7 dias, etc e tal.

A idade do mundo como 6.000 anos (na verdade, 5768) é estabelecida pelo Judaísmo, não pelo Catolicismo.

O conceito de Deus punitivo e vingativo (e guerreiro) é de origem Judaica (pragas egípcias, sacrifícios, dilúvio, por mais alegórico que
seja). Deus só vira amor com a paternidade, em Jesus. Daí sim vira uma esquizofrenia só, pois admite a mutabilidade do pensamento
divino.

Eu já havia comentado aqui antes, mas fui ignorado.

30. tiago
26 de fevereiro • Editar

Sinceramente não gostei da forma como você colocou os 3 tipos de ateus.


Na minha concepção (para voce eu sou um não-iniciado), a primeira classe não é um ateu, é um crente em sentido oposto. Crente é aquele
que crê, neste caso em alguma entidade divina, se o cara acha que é mais divertido crer em deus ou no diabo, é apenas uma questao de
sentido, não de direção.
O terceiro não classifica um ateu, mas sim um teólogo, claro, no sentido do que teólogo deveria ser, e não do que de fato é.
O segundo tipo, que você faz questão de frisar que não respeita, é o que melhor se encaixa com o meu pensamento. Entenda-se melhor
como o menos pior, pois não concordo com metade das coisa que você diz.
Deixemos de lado toda a história que você conta, com seus nomes, momentos históricos e etimologias. Veja bem, não ignoro seu
conhecimento e nem o desrespeito, apenas não faz sentido considerá-lo nessa discussão. Proponho que veja as coisas por um ponto de
vista mais simples.
Por que um deus?
Se você, por exemplo, aceitar que não consegue responder a todas as perguntas de uma forma lógica (o certo seria dizer científica, mas
tenho aversão a essas discussões ciência x fé), você precisaria de um deus?

31. Daniel Poltronieri


26 de fevereiro • Editar

Ótimo post, gostei da maneira que voce colocou os tipos de ateus, acho que atualmente estou entre os buscadores ceticos, pois não
encontrei nenhuma doutrina que me sirva…. mas quando voce falo que cada tipo de pessoa (Os materialistas puros, os misticóides, os
fanáticos céticos e os fanáticos religiosos) está em um lugar da arvore da vida, isso quer dizer que elas tem um ou mais de seus chakras
abertos?

32. Thiag Habib


26 de fevereiro • Editar

Gil diz:
“Já os crentes não, qualquer evidência, crítica, dúvida etc é imediatamente rejeitada e não se pode nem mais falar ao respeito, e nem se
pode questionar sobre esses assuntos a um crente, pois é considerado \”desrespeitoso\”, outra coisa que eu discordo totalmente.”

Sinceramente, Gil… você generaliza muito quando fala dos “crentes”. A sua afirmativa poderia sim ser direcionada a um crente
‘FANÁTICO ‘, ‘CEGO’, aquele que não sabe nem se icomoda em saber qual o fundamento e origem de sua fé.
O termo CRENTE é um substantivo, enquanto os termos FANÁTICO e CEGO, no caso, aplicam-se como adjetivos que qualificam o
substantivo crente. E é nesses adjetivos que implicam a essência da ignorância do crente em questão.
Mas, se fanatismo e cegueira são algumas das características negativas que encontramos em indivíduos que não questionam nem buscam
a lógica ou origem daquilo que crêem, não vejo o porque de se utilizar de forma tão perjorativa o substantivo CRENTE, já que você assim
ataca a pessoa e não ao que lhe aprisiona.

Parafraseando Gil, gostaria de fazer essa releitura do que ele disse e concordo plenamente com o sentido da frase abaixo:
“Já os fanáticos e cegos não: qualquer evidência, crítica, dúvida etc é imediatamente rejeitada e não se pode nem mais falar ao respeito, e
nem se pode questionar sobre esses assuntos a um FANÁTICO, pois é considerado desrespeitoso.”
VIDE MITO DA CAVERNA

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 12 of 42

33. Petch
26 de fevereiro • Editar

Cara, onde eu acho livros bons sobre ocultismo?


em TODAS as livrarias que eu vou só tem livros Esotéricos sem sentido…

34. anteria
26 de fevereiro • Editar

bom é meu primeiro comentário nesta coluna, venho lendo e gostando bastante. gostei muito do documentário postado anteriormente o
“zeitgeist”(ñ sei se esta certo) pois vinha desenvolvendo essa compreensão há algum tempo.
gostei também do termo “cristianismo-frankenstein”

bom quando era pequeno( a crença sempre usa as mentes ainda em desenvolvimento) tentaram me encucar esse cristianismo-frankenstein,
que eh bem fácil de compreender sua farsas ou pelo lado histórico ou pelos mecanismos utilizados pela crença. tive uma fase de ateu
revotado, mas passei a compreender que existe um criador universal observando a natureza. hoje busco deus através do conhecimento,
conhecimento esse que tende ao meu aperfeiçoamento psicoespiritual. e descobri a pouco que existe uma ciência chamada logosofia que
busca isso tambem

35. Sávio
26 de fevereiro • Editar

Excelente.
Me lembrei de uma carta do filósofo estóico romano Sêneca:

“God is near you, he is with you, he is within you. This is what I mean, Lucilius: a holy spirit indwells within us, one who marks our good
and bad deeds, and is our guardian. As we treat this spirit, so are we treated by it. Indeed, no man can be good without the help of God.
Can one rise superior to fortune unless God helps him to rise?”
(Cartas a Lucílio, XLI)

36. Sérgio
26 de fevereiro • Editar

“Tomemos um exemplo clássico: Todo mundo sabe que os alquimistas são capazes de “transformar chumbo em ouro“. Mas
transformamos o chumbo do ego no ouro da essência. Vocês acreditam que outro dia no orkut um dos líderes de comunidades céticas
estava em uma discussão exigindo “provas laboratoriais” da transformação de chumbo em ouro? Tem como ser mais patético do que
isso?”

Aqui sou obrigado a comentar: na verdade a culpa é dos próprios alquimistas (e afins) que continuam escondendo as coisas com fumaça e
espelhos, confundindo qualquer pessoa. Por que não ser claro? Hoje em dia não há mais caça às bruxas, chega de alegorias bizarras para
círculos fechados.

37. Gustavo Fernandes


26 de fevereiro • Editar

Marcelão me tira uma duvida… Jesus acreditava na chama violeta?

38. arzzak
26 de fevereiro • Editar

A parte que fala sobre o mito do cavaleiro contra a serpente me fez lembrar o apocalipse.
interessante…

Sou ateu desde ciancinha.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 13 of 42

39. Otávio Dias


26 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo, seu texto estava legal até me deparar com a frase:

“Um dia, quando o universo parar de se expandir e passar a se comprimir, ele acabará no Big Crunch e todos os átomos retornarão à
origem.”

O Big Crunch é uma teoria OBSOLETA! Desde o inicio do nosso seculo observaçoes cientificas do universo concluiram que ele esta se
expandido cada vez mais rapido. Essa situação é IRREVERSIVEL! Existe uma energia, chamanda de “energia escura”, que ninguem sabe
de onde vem que esta acelerando a expansão do universo e de acordo com os modelos atuais, o universo vai se expandir tanto, que daqui a
alguns zilhoes de anos todos os atomos existentes serao literalmente rasgados. No final de tudo só existirá um mar de energia, nao vai
acontecer nada de “voltar a fonte”…

O legal da ciencia é que ela esta SEMPRE se corrindo e EVOLUINDO! ao contrario de dogmas, leis e escritos “divinos”, que foram
escritos por pessoas que entendiam de ciencia tanto quanto uma crianca de hoje em dia com 10 anos de idade…

Tive a oportunidade de ler materiais espiritas, rosa-cruzes e afins. Todos foram baseados no modelo cientifico da epoca em que foram
escritos. Cansei de escutar e ler ensinos com os antiquados conceitos de “etér” por exemplo… algo que a ciencia de hoje em dia
desconsidera.

Voce devia estudar um pouco sobre a ciencia ATUAL, além dos seus estudos de religioes ANTIGAS…Voce vai se impressionar com os
conceitos da teoria-M, e das supercordas. Por exemplo, os infinitos universos-membranas, que ao se chocarem criam novos universos é
muito mais interessante que ler a sorte em cartas de tarot…

Abraços
Otávio Dias
otaviod@gmail.com

@MDD – Salve. Acabei de fuçar nos sites científicos com palavras chaves como “Big Crunch” e “Universe Expansion” e até onde
a ciência ortodoxa diz, não há absolutamente nada comprovando o que você falou. Há muitos cientistas que defendem o modelo
tradicional e há ainda outros modelos diferentes sendo discutidos (Buracos negros, anti-buracos negros e por ai vai…), ou seja, é
apenas UMA teoria como qualquer outra (e como as que coloco aqui, nem melhor nem pior), com defensores de todos os lados.
Não está nem um pouco “obsoleta” como você colocou, muito pelo contrário, já que não se sabe se, no futuro, a tal da “dark
energy” (que ninguém sabe o que é) que acarreta a tal aceleração da expansão do universo não vai reagir de uma maneira
diferente ao atingir um tamanho crítico e causar um retrocesso… A verdade é que ninguém faz a menor idéia do que vai
acontecer… nem cientistas, nem religiosos, nem ocultistas.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Crunch (em portugues)


http://en.wikipedia.org/wiki/Big_Crunch (em inglês, mais completo)

40. guilherme louro


26 de fevereiro • Editar

muito interessante esse assunto!!


da pra ficar horas debantendo sobre eles
ja encontrei algo a respeite na internet

mudando um pouco de assunto


ja viu a novo video do ipas???
http://www.youtube.com/watch?v=bKVZtWjhj2c

as vezes encaixa no seu blog, eh bem polemico

grande abraço e sucesso

41. Ricardo
26 de fevereiro • Editar

Quando é que vem dar algum curso em Maringá – PR?


Prestigiar os amigos do sul.

Abraço.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 14 of 42

42. Legend (J)


26 de fevereiro • Editar

Havia lido, faz pouco tempo, outras alegorias semelhantes: sobre o cavalo, a carruagem, o cocheiro e o amo. E a alegoria que Nietzsche
apresenta em “Assim Falou Zaratustra”, sobre as três transformações: o camelo,o leão, e a criança, e o dragão dourado com escamas
inscritas “tu deves”.

43. Rafazildo
26 de fevereiro • Editar

Oi Marcelo!

Continuo achando tudo muito interessante que você escreve aqui, a minha dúvida está um pouco defasada no quesito tempo, mas é porque
sempre esqueço e só agora lembrei…

È sobre a astrologia e suas alegorias com o deus-sol e tudo mais. Pelo que eu li nas colunas anteriores e vi no documentário Zeitgeist.
Sinto que isso se adequa mais ao hemisfério norte e o sul fica um pouco de lado.

Acho que fica tudo meio invertido, com as estações trocadas e tudo..

Você poderia esclarecer um pouco esse ponto?

obg!

44. bruna
26 de fevereiro • Editar

Oi Marcelo! Eu naum sei se vc vai ler ou muito menos responder meu comenterio! mais gostaria que vc respondesse pro meu email!
Tenho muitas duvidas relação a tudo q eu li nos seus posts ate hoje…
Desde quando comecei a ler suas explicaçoes, fiquei mais esclarecida sobre muitas coias. Algumas das quais sempre busquei respostas!
mais tambem me senti um pouco vazia em relação a tudo iso, é muita informação e algumas eu naum tenho o menor intendimento, são
coisas q falam de energia, elementos da natureza, magia e outras coisas q me confundem muito, depois q comecei a ler suas colunas
tambem comecei a me sentir um pouco vazia, e minha cabeça deu tipo um nó! comentei isso com algumas pessoas e essas diceram q vc
eh satanista e naum acredita em DEUS! mais que DEus? se DEus naum existe?!!! naum é mesmo? pelo menos foi isso q eu conclui
depois de ler tudo oq vc escreve ate agora!
As vezes tenho medo de certas coisas q passam pela minha cabeça, eh como se eu atraisse energias negativas, algumas pessoas com qem
eu comentei pediram para mim parar de ler essas coisas porq eu vo pirar….q ocutismo deixa a pessoa depressiva e leva ao suicidio, q eh
satanismo! Eh isso?
Eu adoro ler as coisas q vc escreve, eh muito importante pra mim, mais tem criado um comflito interno dentro de mim, comigo mesmo,
sobre oq eu acredito, sobre oq eu to lendo e sobre oq eu to aprendendo! VC poderia me ajudar? as vezes eu acho q vou enlouquecer com
tanta informação, Sera to fikando loka? ou apenas estou despertanto pra algo q eu naum conheço q eu tenho medo? me ajuda Marcelo?
porfavor!!!!

ABraços!

45. Kelly
26 de fevereiro • Editar

Ow! Eu gosto de abraçar árvore, qual o problema? =P

Senti que essa coluna foi escrita com um espírito mais sério.. sua ironia das colunas anteriores foi sensivelmente diminuída.

Foi uma coluna bem mastigadinha.. direcionada a um público que não costuma frequentar sua coluna. =P
Mas gostei! Material bacana, as usual né!

Até sábado, DD!

46. thahy
26 de fevereiro • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 15 of 42

agora sim …

psiu…

fan tás ti co!

47. Rodrigo
26 de fevereiro • Editar

Na verdade não tem nada de incrível nesse binomio Deus vingador/Deus de amor, antes da vinda de Jesus a humanidade era vista assim
como ela é, ou seja pecadora, e inaceitável para Deus, uma vez que o primeiro Adão entregou este mundo nas mãos de autoridades
espirituais malignas, era necessário que outro homem retomasse, este foi Jesus que se sacrificou para que todo que nele crê não pereça
mas tenha vida eterna. Ele carregou o pecado do mundo todo e com isso retomou o mundo das mãos de satanás, fazendo isso jogou sobre
o mundo um manto translucido, para o qual Deus olha através antes de nos olhar vê o sangue de seu filho amado, e com isso é
infinitamente piedoso e amoroso para os que nele creem, isso é a escritura pura e simples e no meu modo de ver é perfeitamente plausível
é lógica, pois trabalha no mesmo sistema de regência espiritual/teológica de genesis a apocalipse, sem nunca cair em contradição.
Outra coisa triste é a generalização do autor ao dizer que é inútil discutir isso com um pastor evangélico. Existe muita diferença entre
discutir e querer se provar certo acerca de teorias conspiratórias que antes de serem conspiratórias são teorias, com certeza muitos vão
querer discutir e debater, mas não espere convencer ninguém porque além da razão e do conhecimento eles tem algo que para você é
estranho e obviamente inexplicavel: Fé!
Ademas eu tenho que elogiar seu trabalho, embora eu considere o conteúdo absurdo sou obrigado a admitir que você sabe embasar seus
argumentos e inferir seu ponto de vista, mostrando conhecimento em diversas áreas. Só não é melhor porque precisa criticar outras
religiões para tentar parecer seu próprio credo melhor. Não são ridiculas nem a igreja católica nem a evangélica, nem qualquer outra.
Muito menos o Jesus que cada uma delas adora e acredita.

48. Macaco de Tres Cabeças


26 de fevereiro • Editar

“Por que não ser claro? Hoje em dia não há mais caça às bruxas, chega de alegorias bizarras para círculos fechados.”

Porque as alegorias bizarras são a unica forma de manter o conhecimento intacto e longe daqueles que não estão prontos ou dispostos a
entende-los…

Não aos curiosos !!!!!

Sim aos interessados e buscadores !!!

10 9 6 5 3 1 !!!

Os escravos servirão !

49. Márcio
26 de fevereiro • Editar

Fala Marcelo,

tenho muitas curiosidades sobre esses assuntos, nao acredito nas coisas como as vemos, assim como procuro entao as respostas para
minhas duvidas. Mais é dificil encontra-las. Material para isso é que falta, me indica alguns livros ai para ajudar. Atualmente estou lendo
e estudando as ideias de Erich von Daniken, comente algo sobre isso…e voce disse que iria falar algo sobre o Mel Gibson..to curioso…
Abraço…(Sempre achei que todas as pessoas tem uma centelha divina dentro de si…o problema é: -como despertá-la?)…

50. FiliPêra
26 de fevereiro • Editar

Infelizmente o restante dos PDF´s não ficou pronto para hoje (na verdade Eu achei que a coluna só saíria na quinta, mas tudo bem). Vou
entrar madrugada adentro fazendo e lá pelas 2:00 da manhã deve estar pronto…
E não se preocupe que Eu deixo um comentário aqui avisando!!!

Pra quem ainda não baixou, o link é esse:

http://nerdssomosnozes.blogspot.com/2008/02/teoria-da-conspirao.html

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 16 of 42

Boa leitura!!!

51. Rodrigo Dias


26 de fevereiro • Editar

Acho que agora entendi o porquê do Wagner Costa terminar seus posts sempre com “Eu Sou”.
Na verdade, entendi um significado.
Como você explicou anteriormente, TUDO tem mais de um significado…
E lá vamos nos tocar a reler uns posts aqui e acolá, e procurar mais textos.
Aloha Marcelo!

52. edujanu
26 de fevereiro • Editar

o Marcelo, assim questionamentos.


se Arthur é filho de JC , ele é negro tb, escuro né, e o João tb deve ser, no caso Merlin é negro tá tudo bem ele é bruxo e já num era bem
visto por ser bruxo e pra onde ele foi os 2 no caso,como eles tiveram o devido tratamento, pq preconceito sempre existiu, o povo ao redor
deve ter pensando mil fitas, se puder dá uma explicação mais detalhada.

sobre carne de porco ter larvas astrais, esse processo de dá como, se vc vier fala que comem lavagem esse argumento num vale mt, pois
agora consomem mais é carne de porco direto da granja.
e mais uma, no orkut vc vai responder alguma pergunta ou nada, pq se não responder eu paro de encher desde já.
t+ cara

53. Rafael Dourado


26 de fevereiro • Editar

Muito bacana este artigo. Não leio sua coluna com freqüência, mas dessa vez li e confesso que gostei muito de saber a origem do meu
pensamento. Me considero ateu, também não me identifico com nenhuma religião e apesar de achar o tema intrigante nunca o estudei de
fato. Devo estar entre o 1º e o 3º tipo de ateu, mas depois do seu artigo me aventurarei mais pelo assunto.

Abraços e parabéns.

54. edujanu
26 de fevereiro • Editar

é José, escrevi errado ai acima

55. PH
26 de fevereiro • Editar

Parabens pela coluna!!!!E fiquei muito feliz de ver a minha pergunta respondida.
Abraços

56. Leonardo
26 de fevereiro • Editar

Tio Marcelo,

Porque todos nós, como “renascidos” não temos acesso aos nossos “arquivos” anteriores? Porque cada renascimento é uma volta a estaca
zero onde tudo deve ser redescoberto? É muito estranho porque por mais elevada que seja a oitava do indivíduo se ele nascer na miséria
da áfrica poderá permanecer na ignorancia pro resto de sua vida. Será que esta experiência terá valido??

Minha dúvida é porque quando reencarnamos porque não o fazemos já sabendo da “verdade”…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 17 of 42

57. PH
26 de fevereiro • Editar

Marcelo, me responda essa duvida:

A carne de porco não é bem vista por algumas religiões pela sua semelhança com a carne humana?

Abraços

58. Danielle Silvani


26 de fevereiro • Editar

Mais um post maravilhoso!


Muito bem escrito e explicado!

Tenho sede de conhecimento e medo que um dia vc páre por falta de tempo e nos deixe sem o acesso a esse tipo de conhecimento.

Parabéns novamente pelas colunas!

Um abraço !

59. Pety
26 de fevereiro • Editar

Belíssimo post, como sempre tio! Coluna repassada para a minha família…

60. Guilherme Losilla


26 de fevereiro • Editar

Cara, eu sou de Brasilia, e semana passada fui no templo da LBV.. tenho umas dúvidas, primeiro, o Paiva Neto é maçon? ou rosa-cruz?
num encontrei nada, mas la tem até uma sala egipicia para meditação…
outra coisa, eu participei de uma cerimonia la, e uma senhora passou um cristal no meu terceiro olho, quando fui andar na espiral eu fiz
aquele exercicio dos chakras q vc passou a muito tempo atras (eu ja havia feito algumas vezes em casa)… e quando cheguei no centro
minha testa começou a se contrarir involuntariamente e eu não conseguia parar de sorrir, vc sabe me dizer do q se trata?? só mais uma
coisa, vc sabe algum coisa sobre runas? e sobre os anéis de atlantis, é algo sério, ou picaretagem…
abraço e cara, e obrigado por tudo isso!!
ps: sabe se o centro AMORC daqui é bom??

61. Forbidden
26 de fevereiro • Editar

Muito bom o texto… um dos melhore que li, pois reflete exatamente o desenvolvimento do meu ateísmo até como sou hoje. Muito bom
mesmo, parabéns.

Vc algum dia pretende fazer um post sobre Oculstimo na música, tipo essa do Bruce Dickinson, Black Sabbath, Led Zeppelin, etc?

Parabéns!

62. Luís Renato


26 de fevereiro • Editar

Tio Marcelo. Você citou o Bruce Dickinson e faixa-título do álbum The Chemical Wedding. E lembrei que ele escreveu o roteiro de um
filme, também com o mesmo nome, a ser lançado ainda este ano. Aí vai o link:

http://www.imdb.com/title/tt0974536/

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 18 of 42

Talvez você possa emitir alguma opinião sobre o que esperar disso (tá, eu sei que isso não é base suficiente pra formar uma opinião, mas
quem sabe já ouviu falar disso em algum outro lugar, sei lá…)…

Abraço!

63. Doo
26 de fevereiro • Editar

Finalmente estou acompanhando em tempo real a coluna! Descobri ela um pouco atrazado e só agora puz a leitura em dia…

Hey, DD, em primeiro lugar agradeço a disposição em gastar seu tempo escrevendo estes textos pro pessoal que, como eu, não engole
todo aquele blablabla dogmático e moralista…

Sem me extender demais, tenho dois nomes específicos que gostaria de saber se faz parte de alguma ordem (o primeiro principalmente) e
qual sua opinião (se é que conhece) do segundo:
1- Andrei Tarkovski
2- Alejandro Jodorowsky

(é possível que poste a mesma pergunta na comunidade, se tiver um tempinho sobrando hehe) Um abraço

64. Jkns
26 de fevereiro • Editar

Fala do Hermes Trismegisto e sua celeste tábua de esmeralda…

65. dan
26 de fevereiro • Editar

Ae Marcelo, axei dois sites interessantes (eu falei interessantes) na net.


to meio sem parametros, o primeiro eu sei q eh legal, mas o segundo nao sei td eh confiavel.

http://www.ocultura.org.br/index.php/P%C3%A1gina_principal

http://mortesubita.org/

66. Ricardo Vidar


26 de fevereiro • Editar

Olá tio Marcelo,

Acho que eu fui (sou) um preguiçoso mental…

Desde cedo questionei as religiões e achei que elas traziam mais maleficios pra humanidade do que beneficios.

Então comecei a ter contato com religiões do oriente (hinduismo, budismo, etc) e achei que o problema eram as religiões ocidentais que
queriam “dominar” as pessoas e ganhar mais poder e criar fanaticos dispostos a tudo por “seu Deus”.

Mas ainda assim nunca me interessei realmente por nenhuma religião, até ja tentei frequentar algumas, mas nunca me senti confortavel. E
alem disso via o ocultismo como algo bobo, tão caça-niquel quanto as igrejas protestantes brasileiras. Justamente por conhecer o
ocultismo das revistas sensacionalistas/engana trouxas.

Comecei a compreender algumas coisas lendo gibis de escritores ingleses (Neil Gaiman, Grant Morrisson e Alan Moore) e quando
conheci um livro de RPG (jogo que pratico a 14 anos) chamado Anjos: A Cidade de Prata (é… esse mesmo…).

A partir daí passei a procurar mais coisas pra estudar, mas é dificil saber o que é serio e o que é enganação.

Fiquei muito curioso quando vi que você estaria publicando uma coluna sobre conspirações e misticismo no Sedentario & Hiperativo (já
que eu nunca li sua coluna no Sobrecarga).

Obrigado pelas materias e pela indicaçlão de livros, tem sido muito bons para mim e tem me ajudado a encontrar minha religiosidade (não
uma religião) e a compreender melhor como o universo funciona fora da visão totalmente cientifica ou fantasiosa das religiões.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 19 of 42

Espero com a sua ajuda poder dizer um dia que EU SOU

67. Vpchara
26 de fevereiro • Editar

Não compreendo como em sã pensamento vc pode catalogar depravar e alienar a idéia de ateu. Só porque vc estuda a religião não acredite
que a mesma ciencia que lhe foi necessária para poder ESTUDAR o que vc acabou absorvendo para escrever este texto, apresenta
diversas teorias, estas teorias como a sua também passam por aprovação cientifica para serem aceitas no mundo academico. Então
qualquer um que tentar exemplificar uma situação pessoal sem embasamento teorico não possui menor criterio cientifico. Não de sua
opinião diretamente quando está escrevendo um texto de relevancia, faze parecer um jornalista sem ética, tendencioso que gera opinião
em favor próprio ou a terceiros.

68. Gil
26 de fevereiro • Editar

Tiag Habib,

Cara, eu não usei termo pejorativo nenhum. Quando digo crente eu me refiro a todos aqueles que não sã nem ateus nem agnósticos, ou
seja, todos aqueles que crêem. TODOS

69. Kiko
26 de fevereiro • Editar

A parte a partir de “Voltando aos Ateus” foi muito boa e coerente, gostei de ler e bate de acordo com coisas que acredito, mas o resto
sobre astrologia hermética, Yesod, sociedades ocultas e alquimia é dificil de engolir.

70. Kiko
26 de fevereiro • Editar

Ah, e a partir de “E Jesus, para os helenistas, era o exemplo máximo dos ateus.” Esse tema foi esquecido e o titulo num tem nada a ver
com o resto da coluna.

71. Guilherme
26 de fevereiro • Editar

“Falar “Deus não existe” é, na melhor das hipóteses, uma demonstração de ignorância, arrogância e prepotência, que assumiria que o
indivíduo estudou tudo o que há para ser estudado no planeta e, do alto do conhecimento total, poderia tecer algum comentário
semelhante”

E por acaso falar “Deus Existe” não é uma demonstração de ignorância, arrogância e prepotência, que assumiria que o indivíduo estudou
tudo o que há para ser estudado no planeta e, do alto do conhecimento total, poderia tecer algum comentário semelhante???

72. Nico
26 de fevereiro • Editar

Grande texto, Del Debbio!


Está cada dia melhor!
Agora uma dúvida…estava refletindo sobre aquele clichê do ano de 2012 (algo muito sério irá ocorrer) e cheguei a esta encruzilhada: de
acordo com os dados do filme Zeitgeist, a era será alterada em 2150, quando entraremos na casa de Aquário. Porém, falam que 2012 será
um ano diferente. Não existe uma possibilidade de 2012 e 2150 serem a mesma coisa?
Porque, para mim, 138 anos na história é pouco tempo para duas mudanças tão bruscas. Me corrija se estiver errado quanto a isso.
Não pode ser um erro de cálculo do filme Zeitgeist ou dos maias? Ou até então uma forma diferente de contar os dias?
Sem mais,
Abraços!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 20 of 42

73. Otávio Dias


26 de fevereiro • Editar

A manupulaçao das respostas foi ótima… Pra que editar a resposta lá em cima, ao inves de responder no meu segundo post (que vc fez
questao de nao publicar)…

@MDD – pelo simples motivo que você começou a me ofender e aos leitores. E quando você colocou que estamos “vendendo
mentiras como se fossem verdades” e que eu estava “manipulando o gado na frente da TV para que virassem budas na frente da
TV” meio que foi a gota d água com minha pequena paciência zen. Debate é uma coisa, educação é outra. Eu normalmente deixo
passar as alfinetadas, mas você me pegou em um dia ruim.
Eu preferi corrigir o que estava errado na minha resposta (Crunch) e editá-la para deixar claro que a Teoria do Crunch não é
minha, é do Stephen Hawkins (aliás, NENHUMA das teorias que posto nas colunas são minhas, sou apenas um mensageiro!!) e
finalizar a discussão, já que a essência do post não é astronomia.
Se você quiser, poste os links dos sites que defendem a teoria da expansão infinita do Universo que eu coloco aqui. Não tenho
absolutamente NENHUM problema nas pessoas verem 10, 20 pontos de vista diferentes sobre a mesma questão.
Abraços.

74. JEfiz
26 de fevereiro • Editar

Olá Marcelãooo aconpanho suas colunas, admiro a maneira que vem conduzindo os temas e o destrinchar dos acontecimentos para que
todo o pessoal possa acompanhar o \\\\\\\”pensamento.\\\\\\\”

Cara, carrego comigo algumas duvidas:

1 – Qual era a posição do ateu, na epóca de Yeshua, Jesus, Portador da luz, iluminado etc…. ?

2 – Cara essa historinha de ateu, tu nao acha que isso se deve a forte influencia cultural e regional do pais?Ou seja o cara ser ateu ou não
foi porque ele foi influenciado ou nao teve toda informação possivel para tirar suas proprias conclusões para se encontrar
espiritualmente?.

3 – Tu tira essas historias de livros se ordens como:rosacruz, maçonaria e afins?Se não, poderia dar rferencias para podermos estudar os
assuntos a fundo?.

Abraçãoo
JEfiZZ

75. Ico
26 de fevereiro • Editar

Bravo, DD!!

Excelente a explicação direta e objetiva da cabala relacionada às alegorias. Pena que não deu pra identificar os Arcanos de cada caminho.
Mas vou pesquisar.

[]\’s Fraternais,

Ico.

76. Ico
26 de fevereiro • Editar

TH13 disse:

“O conceito de Deus punitivo e vingativo (e guerreiro) é de origem Judaica (pragas egípcias, sacrifícios, dilúvio, por mais alegórico que
seja).”

- Ué, você acabou de arrancar o antigo testamento da bíblia católica.

;^)

Ico.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 21 of 42

77. asd
26 de fevereiro • Editar

ae… n são TODOS q crêem…


EU n creio… então, kiko, n afirme com tanta certeza assim
pq q eu tenho q acreditar em uma força q “guia” todas as pessoas??

78. tz
26 de fevereiro • Editar

Com a primeira imagem do post você quis indicar que esse senhor (da metade esquerda) seria a reencarnação de Yeshua ben Yossef? Se
sim, poderia explicar mais a respeito (tipo: quem é este homem; o que ele faz atualmente, etc)?

Abraços e parabéns por mais este texto!

79. DaSh
26 de fevereiro • Editar

Humm é isso ae Del Debbio!


não tenho oque criticar, porque eu não sou nehum especialista no assunto, só tenho a elogiar seu trabalho e me identifico com grande
parte do que voce diz:
tem coisas que eu ainda tenho que pesquisar.

mas eu queria faze uma “Pregunta”


Porque voce não tenta voltar a fazer os post 1/2?
eram bem instrutivos
e eu os lia!

Flw Tio tio Del Debbio


OU seria melhor DD = demolidor rsrsrs!

80. Élder
26 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo.

Parabéns. O texto desta semana mostrou um respeito e seriedade que nem sempre se vô por aí. Quanto ao Deus-ciência, sempre achei que
ciência e religião falam da mesma coisa, porém por alegorias diferentes. Li o livro do Capra (O Tao da Física) e tive mais certeza disso.
Aliás, sabe de alguma iniciação deste autor?

Única dúvida: li outro dia num site sobre magia que a Goetia era um simbolismo das personalidades humanas ou como se fosse o nosso
“dark side of the moon” que com experiência podemos “domar” esses demônios (nosso lado obscuro). Daí vem a dúvida: Esses demônios
são entidades ou são alegorias?

Fiquei curioso, pq se for uma alegoria, pode-se dizer que é a primeira técnica de psicanálise do mundo hehe.

Abraço.
Obrigado.

81. terugo
26 de fevereiro • Editar

o/

muito bom

e o tarô?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 22 of 42

abraços

82. Avaf
26 de fevereiro • Editar

“Se todos os deuses estão dentro de seus pensamentos apenas, mas todo pensamento é projetado no astral, então os deuses estão ao
mesmo tempo no Universo e dentro de você”,

se os deuses estão detro de meu pensamento, no universo e dentro de mim, ao mesmo tempo, seria certo então, que de alguma forma , eu
sou o universo e o que ue penso?

83. Élder
26 de fevereiro • Editar

Ah, faltou o site de onde vi: http://altreligion.about.com/library/grimoires/bl_goetia.htm

Feito!

84. lb
26 de fevereiro • Editar

VALEU TIO !!!!!

85. Allan
26 de fevereiro • Editar

Ae Del Debbio, curto muito seus rpgs.

eu tinha o livro ANJOS..

ja joguei mto..

mas mudando de assunto….

eu queria q vc falasse sobre a orden demolay.. já me xamaram 5x para essa orden..

fala sobre ela..

e outra..

MUITO BOM O POST

eu sou AGNÓSTICO TEÍSTA.

86. Filosofia de verdade « Filosofias de Calçada


26 de fevereiro • Editar

[...] de Sêneca, Epistulæ Morales, XLI. Isso sim é filosofia. Aproveite e leia: Jesus, o ídolo dos Ateus. Posted by Sávio Filed in citações
Tags: deus, esoiticismo, filosofia, [...]

87. Fabrício
26 de fevereiro • Editar

Bem… acho q vou me alongar nesse comentario, mas foi pq quis acumular algumas duvidas antes de as fazer e pq quis esperar vc tocar
em determinados assuntos… se possivel me responda =]
-
Eu fui criado numa familia catolica, fui batisado, fiz 1ºcomunhao e fui crismado qse q a força…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 23 of 42

Mas desde os meus 12-13 anos eu pensei algo +- igual ao q vc disse “q merda eh essa?? isso nao pode tar certo” e comecei a me declarar
ateu…

A partir dessa epoca comecei a desenvolver algumas ideias pra darem base ao meu “ateismo”… Me interessei de ler a biblia, pq achava o
modo como as coisas eram ditas na igreja estupidamente dissimulados (e sao), pra procurar minhas proprias interpretaçoes (infelizmente
so li genesis e alguns outros capitulos separados e me desinteressei). E esse desinteresse surgiu em mim por achar um lugar mais facil de
edificar a base q eu procurava… Entao passei a ser um ateu-cientifico e acreditava fortemente no q a ciencia moderna dizia.

Nao fui ignorante a ponto de acreditar cegamente nela pq qq pessoa sabe com bom senso e um pingo de conhecimento historico sabe q ela
vive em desenvolvimento em “expansao de horizontes”… por isso sempre me mantive aberto a outras “possibilidades”…

Nao vou alongar mais essa historia e vou parar de me descrever e ir as perguntas… so escrevi isso pra terem uma ideia de como eu penso
e nao ter dores de cabeça por nao ser tratado do jeito certo… acho q vc sabe bem o q eh esse tipo de preconceito ideologico q as pessoas
tem (de todos os lados [religiosos e ceticos]) em q so citar um ponto de vista te faz qse ser linchado do meio… isso ja me deu mto
“desgosto” entao sempre q vou começar uma conversa nesse tema eu procuro falar sobre meus “antecedentes” pra evitar algumas
desavenças…

Agora sim, minhas perguntas (vou lista-las pra ficar mais facil uma possivel resposta [elas vao de niveis complexo ate niveis pateticos...
como eu disse antes, esperei varias acumularem pra entao postar tudo junto]):
-
1º Em certa coluna sua voce falando sobre nossa evoluçao espiritual e q com o tempo nossa ‘alma’ se desenvolveria e entao partiria pra
outros ‘planetas’ mais evoluidos… É realmente isso? (pq eu senti uma certa alegoria nisso, nao sei se to certo ou se vc disse isso
literalmente msm…)
-
2º Seguindo a linha de raciocionio da primeira pergunta (pelo q voce ja disse sobre dimensoes e td mais acho q vc nao considera como
real a teoria dos “universos paralelos”), como seriam esses outros planetas? e mais especifcamente… ja q as constelaçoes, planetas e luas
influenciam nossa vida (eu ja fiz um mapa astral e recentemente achei um link bem legal q faz uma versao meia boca online pra qm
quiser: http://www.astro.com/horoscopo/pt) como elas influenciam la? ja q tecnicamente todas elas devem ser totalmente diferentes daki
-
3º Hoje voce comentou sobre atomos, big bang e tal (ah nao ser q eu tenha divagado mto nakela parte do texto vc me pareceu acreditar
nisso)
entao voltando aos posts q vc fala sobre “jesus” e sobre seus milagres… dizendo q pra uma pessoa q recebeu os treinos dele transformar
agua em vinho eh moleza… voce ate argumentou numa resposta sobre isso q vc q qse nao tem treino faz coisas incriveis imagina entao
ele…
mas mesmo assim… nao consigo imaginar isso… modificar ate as estruturas dos atomos (nao so das moleculas) pra transformar agua em
vinho eh mto pra minha cabeça… tem como vc falar mais disso? eu, desde antes dessa coluna, ja acreditava q existia algumas energias
poderosas q a ciencia nao chega nem perto de conhecer… tanto q nao acho um absurdo nem uma mentira alguem fazer o q vc faz
entortando barras de ferro na garganta… mas entre conseguir acumular essa energia pra esse tipo de pratica e acumular a mesma energia a
ponto de transformar agua em vinho nao faz sentido algum pra mim… recomenta algum link confiavel q possao me esclarecer mais sobre
esse problema?
-
4º Sobre “jesus” tb… gostaria de entender mais sobre o sentido de “avatares”… porque eles nascem? existe alguma logica no
“computador celeste” q define o aparecimento deles? (pelo q eu li suponho q sua resposta seja sim) entao, se sim, o q define qndo ele deve
nascer? filho de qm? e pq essas decisoes e nao outras?
digamos q se minha mae fosse uma ocultista altamente treinada e qndo eu nascesse eu tb fosse altamente treinado, eu seria um avatar?
(pensando tb no q vc diz creio q a resposta seja sim, ja q cada um pode atingir sua iluminaçao.. seu estado de “deus”). Nao criticando
ainda mas me pareceu uma certa incoerencia, mas acho q vc tem alguma resposta pra me esclarecer sobre isso entao nao direi q eh
contradiçao (ate pq ta bem longe disso, eu acho). Mas continuando… se “qq um” puder ser um avatar pq toda essa adoraçao encima
dessas figuras ate msm dentro do ocultismo?
-
5º Dando uma aliviada nas perguntas… voce disse q nao come carne de porco pq ela eh “suja espiritualmente” (nao foi esse termo q vc
usou mas acho q deu pra entender)… na hora imaginei q seria pq porcos sao criados a base de lavagem, comendo as fezes um dos outros e
td mais… (se nao for essa a razao queria saber ql a razao disso) mas me veio uma pergunta… e digamos os porcos criados numa granja
em q eles so comecem raçao (nao sei se essa seria a melhor comida pra nao os deixar “sujos espiritualmente”, mas enfim… comecem algo
q fosse bom) e vivessem em condiçoes “mto boas” de higiene… a carne deles deixaria de ser “suja”?
-
6º Quando voce começou a falar sobre chakras me animei bastante pq tenho uma tia com qm converso direto sobre esses assuntos (ela
gosta mto do trigueirinho… q ‘coincidentemente’ vc falou sobre ele algum tempo atras tb)… enfim… chegou um ponto em q vc deu
alguns exercicios pra fazermos… achei mto legal isso pq eu so conhecia dois “exercicios” simples q minha tia tinha me dito… um de ficar
respirando… so respirando… por 5 minutos e um outro em q devia esvaziar a mente nao pensando em absolutamente nda
quanto aos seus exercicios, sinceramente, tentei fazer apenas uma vez… imaginando os chakras e td mais… depois de um tempo q tinha
feito a primeira vez pensei em tentar fazer dnvo e me veio uma questao…
se no mundo existe tantos vampiros espirituais eu “brincar” disso nao seria arriscado? talvez o exercicio seja mto basico pra isso… mas
nao existe algum tipo de contra indicaçao? hehehehe… nenhum cuidado q devo tomar fazendo seus exercicios?
-
7º Quanto as instituiçoes ocultistas atuais… ao q me parece antigamente elas era bem mais ativas… (claro q enfrentendo grandes pepinos)
mas pelo jeito q vc conta elas me parecem bem mais evoluidas… em espeical, seus membros… bem mais treinados e capacitados… pq q
tenho a impressao de q atualmente nao eh assim? q praticamente ngm consegue ter um grande dominio como antigamente?
As instituiçoes estao se corroendo com o tempo ou eh pq estao atingindo mais pessoas e consequentemente nem todos evoluem qnto
antigamente evoluiam por ser menos pessoas dentro dessas intituiçoes?
-
Eu comecei a anotar as perguntas q queria te fazer a pouco tempo entao ainda nao lembrei de todas q ja me fiz qnto aos asuntos q vc ja
tratou aki… qndo eu lembrar de mais alguma meia duzia de perguntas eu volto a perguntar, ou entao se algo disso q perguntei continuar
sem ficar claro pra mim…
Desculpa pelo tamanho do comentario… eu tento ser conciso na maior parte do tempo… mas queria deixar bem explicado aonde entram
minhas duvidas
valeu desde ja tio marcelo =D

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 24 of 42

88. Renan
26 de fevereiro • Editar

Caro DD,
Muito bom o Post. Foi um dos melhores até agora!!!!!
Os “céticos” devem estar bufando do outro lado da tela!!! :p

Abrazzzz

89. Hugo Lima"


26 de fevereiro • Editar

Recolocando minhas dúvidas:

“Olá Tio Marcelo,

O problema de pegar a série de artigos no meio do caminho [apesar da insistência constante de um amigo meu, Tarcizo, aka
tarcizoferreira, que acompanha a coluna desde o primeiro dos artigos] é que acumulam-se as perguntas e a memória nos trai, impedindo
de lembrar de todas. Vamos ao pouco que eu me lembro:

1º Música e chakras – Existe uma música clássica da qual sempre gostei e que aparentemente todas as pessoas que conhecem reconhecem
como boa – chama-se “Bolero de Ravel”. Belissima, mas a questão é que essa música estimula a “energia”, seja ela qual for e qual nome
ela tome, dentro de nós?

2º Viagens astrais – É possível viajar [ou se projetar, melhor dizendo] conscientemente todas as noites? Isso traz algum efeito colateral,
benéfico ou não, para o momento em que se acorda? E, uma dúvida razoável da minha parte, você “vive” a projeção astral ou você se
lembra dela apenas? Isto é, você tem consciência de todo o processo, inclusive da saída e do retorno ao corpo, e acordo logo depois ou
apenas ao acordar se lembra do que fez?

3º Evangelhos apócrifos – Nem todos os apócrifos são confiáveis, correto? Pelo que eu ouvi dizer, existe um em que Jesus diz que
transformará Maria Madalena em homem para que ela seja digna de entrar no Reino dos Céus…

4º Cidades importantes e Linhas de Ley – A velha questão de se vende mais porque é quentinho ou é quentinho porque vende mais – as
cidades importantes são importantes por terem sido construídas nos nodos, por acidente, ou elas foram construídas ali para serem
importantes?

5º Cidades culturais – Existem cidades que concentram mais espíritos iluminados ou sábios do que outras?

6º Virgem – Li em um livro, “Astrologia na Maçonaria”, que o signo de Virgem é regido por… Lilith? A primeira esposa de Adão? Tem
nesse livro, inclusive, uma história muito curiosa sobre Virgem e Escorpião, que eram um signo só no passado, mas se desentenderam e
surgiu Libra entre eles, para equilibrar o jogo, digamos.

7º Sonhos – Sonhar com uma pessoa, de maneira forte o suficiente para gerar grande impressão, é indicativo de alguma coisa? As ações
tomadas nos sonhos também?

8° Projeção Astral – É possível ajudar alguém a se projetar na forma astral – isto é, em hipótese, um casal deitado, lado a lado, onde a
mulher que consegue se projetar puxe o marido? O cordão de prata é feito de que material? Ele é facilmente rompido? É seguro projetar-
se e vagar por aí?

Muitas dúvidas, claro, pois a sede pela real verdade guia a todos nós. Espero boas respostas, Tio. Uma boa semana.”

E só um comentário final: eu não sei do quê eu gosto menos, se é conversar com religiosos fanáticos ou ateus fanáticos. O diálogo é
simplesmente impossível. Se você consegue, Tio Marcelo, parabéns, porque eu… Ah, uma nova dúvida:

9º “Os seres humanos são um amontoado de átomos provenientes desta poeira cósmica, que um dia morrerão e serão recombinados em
outros átomos para formar outros seres humanos; assim “reencarnando”.” Quando você fala de átomos, está se referindo ao nosso corpo
denso, material, físico, claro. Mas, usando o termo reencarnação você está querendo dizer que a ‘reencarnação’ dos espíritas não existe?
Eu agradeceria, embora ache improvável, uma explicação completa – mas, se não der por causa de tempo e espaço, tudo bem, aceito uma
sucinta.

Aliás, falando em tempo e espaço, eu diria pra você se preparar… quanto mais tempo você expôr suas idéias, mais dúvidas e comentários
e e-mails e mensagens e tudo o mais você vai receber.

90. Alexandre
26 de fevereiro • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 25 of 42

Você falou que tudo no universo é composto pelos mesmos átomos originais, pensando assim é compreensível que a água poderia ser
transformada em vinho por alguem que teria poder suficiente para recombinar os átomos. Seguindo a mesma lógica, não seria possível
transformar chumbo em ouro(por alguem com poder suficiente também)?

91. scott
26 de fevereiro • Editar

ahhhh meu comentario deu bugg ki coco


vo escreve de novo inton neh =x

putz hoje vc falo tudo q eu sempre pensei(sozinho)


tipow so contra igreja(catolica,evangelica e otras do tipo)
mas nunca deixei de acredita em deus
mas n esse pregado pela igreja, como se fosse um deus meu
falava com ele mas falando cumigo, tendeu? -.^
blz
bom tinha mandado um comment a uma cara
q o senhor n respondeu, seu fanfarrão =P
ai vai
“daew
ow DD
foi eu q perguntei sobre a ordem demolay e talz
mas vc n respondeu sobre a igreja messianica…
vc conhece?o q acha?
mas entre essa semana q passou surgiu-me duvidas
vi nos comments sobre indigo boys e fui da uma olhada pra ver o q q era
bom achei esse texto http://www.joacir.com/as-criancas-indigo-comecam-aparecer
nele tem algumas caracteristicas q eu achei interessantes
visto q eu sempre achei q eu n vim pra esse mundo para n fazer nad x)(talvez seja só mania de grandeza
:unsure:poeakeapo, mas sei la)

puorezempro “Eles farão uma revolução no status quo porque curarão com a imposição de mãos sem nunca ter ouvido falar no assunto,
terão dificuldade de se enquadrar em estruturas familiares rígidas, autoritárias, e ocuparão posições de liderança desde o jardim da
infância. ”

sei la mas tinha muitas dessas caracteristicas quando era menor…=/


minha mae eh messianica, n sei se vc sabe mas eh de origem japonesa
e tem por base a cura por imposição da mão ( sem custos logico, n eh igual algumas ai)
nisso quando devia ter por volta de 2,3 ou 4 anos, nigm sabia esplicar direito o q era o johrei(nome dado a cura pela imposição DA mão)
eu por uma inspiração divina (acho q to me empolgando hehe) dei uma explicação digamos q desconcertante pra todo mundo, algo do
tipo “o johrei eh uma luz(ou energia n lembro direito) q vem de deus (putz minha memoria ta falhando, mas acho q eh isso) vem pela
cabeça,vai pro coração, q vai pra mão…” e ai n lembro mais=/
mas sempre achei q tinha algo de diferente, desde pequeno,
so q quando pequeno uma trave de futebol caiu na minha cabeça(opkeapokaeopa) bem no topo da cabeça, onde seria o chakra(seila como
escreve) divino, n eh?

sera q isso pode ter afetado algo?

sei la pq me sinto meio adormecido( de verdade),digamos q em tudo.


talvez seja a idade, 16 anos eh idade de preguiça, n?
=P
mas por favor responda,vlw?

abs”

por favor respondaaa


se deh me add no msn, tenho mts duvidas
n so sobre a coluna mas sobre varios assuntos
acho q vc poderia me ajudar

abs

92. Kruger
26 de fevereiro • Editar

muito bom, tio DD. permita-me tentar resumir o que consegui captar:

1º) o nascimento:
o nascimento de Yeshua é simbólico e ritualístico, conforme os templos solares e lunares. Nele sabemos que a existência dos 4 elementos
remonta a cabala, e que o Yeshua nascia com a missão de trazer a luz à este mundo. de sua infância sabemos que a fuga para o egito é

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 26 of 42

motivada principalmente pelos ritos iniciáticos. desde pequeno ele sabia de sua função no mundo.

2º)Maria Madalena:

Jesus, para se tornar o líder religioso que viria a ser, precisava, mesmo sendo o avatar, seguir as tradições da época. para tal feito, ele se
casa com uma sacerdotisa do templo lunar, a virgem vestal Maria Madalena, conforme nos conta Dan. O tio DD, então, nos explica o
simbolismo por trás do casamento citado na bíblia. quem casava não era um parente, mas o próprio cristo.

3º)Jesus Iniciado:

Jesus começa suas pregações, escolhendo simbológicamente 12 discípolos, tendo cada um deles uma função. Tendo passado quase 30
anos desenvolvendo suas energias corporais, Yeshua utiliza suas habilidades para o bem do próximo, realizando variadas curas. As
habilidades do avatar não se limitavam apenas à cura, mas também a alteração da matéria. segue a lição de que, se seguirmos suas
orientações, chegaremos bastante próximo dele, adicionando um quinto elemento à nossa “rosa dos ventos”.

4º) a morte:

A morte de Yeshua fora um rito. caçado pelos “poderosos” da época, cristo é “traído” por seu guarda-costas e cruxificado
ritualísticamente, de maneira que difere de uma cruxificação tradicional romana. tendo revivido alguns dias depois, ele, sua esposa e
filhos partem para a frança, onde seus descendentes darão origem, uns 500 anos depois, à dinastia merovíngia.

5º) a deturpação:

A igreja mostrou-se a maior e mais antiga conspiração existente. contraditória consigo mesma, ela criou uma imagen a ser vendida,
baseada em uma colcha de retalhos crística, helenística e judaica, apenas para fazer a manutenção do poder.

não posso deixar de dar-te os créditos por mais este conhecimento. que minha dívida para comsigo seja paga não neste, mas em outro
plano.

93. Rodrigo
26 de fevereiro • Editar

Não acredita em Deus ou não acredita no Deus psicopata, vingativo e ao mesmo tempo amoroso e magnânimo (dupla personalidade?) que
a Igreja Católica inventou e empurrou goela abaixo durante toda a sua vida?”.

é essa a sua visão do catolicismo? não sei como você consegue se diferenciar dos tipos que você ridiculariza nos trechos abaixo.
Lamentável.

94. Arsandrius
26 de fevereiro • Editar

Marcelo,interessant esse seu ponto d vista sobre Deus…


vc poderia detalhar mais sua compreensão da criação(ou simplismente surgimento do universo,como keira…)?

aproveitando,sua coluna eh fantastica!!

95. cassio conti


26 de fevereiro • Editar

quando você disse “Parece uma serpente mordendo a própria cauda…” estava se referindo ao ouroboros?

o que é o 93,93/93 (ou 93/93,93 , não lembro) que você colocava no final das primeiras colunas?

96. Alex
26 de fevereiro • Editar

Acredito que existem inumeros outros assuntos muitíssimo interessantes, que trariam muitos comentários, da mesma maneira deste
assunto tão polêmico e tão ofensivo as minhas crenças.
Sem querer ser chato nem nada.. é soh minha opnião..
Visito esse site diariamente.. acho muita coisa interessante aki.. mas creio que esse lance de “avatar” já cansou..
Afinal.. Jesus fez [e ainda faz] grandes maravilhas na minha vida.. e estou certo que pode fazer muito na vida de todos aki.. basta
estarmos dispostos..

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 27 of 42

Abraços!

97. Julio
26 de fevereiro • Editar

Caro Marcelo, esta foi para mim sua melhor coluna. Me identifiquei muito com ela. Concordo plenamente que todas a religiões tem seu
valor em algum momento de sua história. O protestantismo(religião ou seita?) por exemplo, teve um inicio maravilhoso, cheio de
virtudes, apesar dos dias de hoje, mas nunca devemos negar o seu valor. Maravilhosa coluna, muito generosa.

98. yukio
26 de fevereiro • Editar

Kabbalah! Kabbalah! Kabbalah!

99. ricardo
26 de fevereiro • Editar

Se Deus criou o homem à imagem e semelhança Dele e o homem evoluiu apartir do macaco então Deus é um macaco?

100. filipe
26 de fevereiro • Editar

Seilá, o mundo é muito grande e muito pequeno pra gente acreditar em muita coisa ao mesmo tempo…

101. Musashi
27 de fevereiro • Editar

Ola

poderia dar apenas uma explicacao sobre o simbolo oroboro e sua historia
jah q o citou por ai ?? ^^

vlw

(haeiuheaiuaehiuaeh, curti a ultima pergunta pra liberar o post =PPP)

abracos

102. PV
27 de fevereiro • Editar

Olha a chama violetaaaa!!! hahahahaha

Mto legal a coluna, bateu exatamente com o q falávamos no fds…

Agora fiquei na dúvida se to dando uma de gado??? Me ajuda????

Abração!

PS: Foi um prazer te conhecer e espero q possamos nos ver outras vezes e conversar mto mais!!!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 28 of 42

103. Alexandre Pádua


27 de fevereiro • Editar

Muito bom Marcelo

104. Renan
27 de fevereiro • Editar

Muito legal :]

me identifiquei demais com o texto, é exatamente por isso que nao sou mais catolico ….

vou confessar , tenho preguiça de pesquisar sobre todos esses assuntos , mas só pela leitura da sua coluna eu já vejo as coisas com outra
perspectiva.

poderia por favor fazer um post sobre matrix? >.<” eh meu filme favorito e eu me identifico muito com ele …. e tambem me ensinou
muito

não é claro que agora acho que maquinas nos dominam heuiaehuia mas , me ensinou que nem tudo é o que aparenta ser …..

ate mais :]

105. Andre
27 de fevereiro • Editar

O pots sobre JESUS MITO


na parte de cristianismo do http://www.saindodamatrix.com.br complementa MUITO bem esse post… se alguem nao leu la… leia
(tem um continuar escondido la no final do post…sao 2 paginas)

106. Marcelo Gonçalves


27 de fevereiro • Editar

Li toda a coluna por causa da foto e nada de Dawkins?

107. tiago
27 de fevereiro • Editar

Ah, e outra coisa, voce trata o big bang como verdade absoluta, sendo que esta teoria ja foi parcialmente contestada nos anos 90 (no que
diz respeito a ser o inicio de tudo)
A pior coisa que tem é ouvir gente contando historinhas dogmaticas, que mesmo quando confrontados com fatos e teorias racionais,
procuram adaptar suas verdades pra manter a validade das teorias
Em vez de ler sobre kabbalah, tarot e outras crendices congeres, leia Carl Sagan e Richard Dawkins, é mais instrutivo

108. FiliPêra
27 de fevereiro • Editar

Como prometido, continuo aqui com a publicação dos PDF’s das Colunas, agora com todas que tiveram Yeshua como tema. Na quinta Eu
coloco disponível para download as colunas extras; como as do Superpop e do ano novo!!!
É só passar no Blog e baixar

http://nerdssomosnozes.blogspot.com/

Boa Leitura

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 29 of 42

109. Cláudio
27 de fevereiro • Editar

Tio Marcelo!
é impressão minha ou na primeira foto em que sugere Deus apontando para o universo sem a presença do homem como foi citado por um
amigo aqui nos comentários mesmo, No universo em que “Deus” está apontando existe uma espécie de “faraó” ou as luzes formando uma
espécie de pessoa.
As vezes pode ser mera ilusão de ótica mas toda dúvida é uma dúvida

Abraços

110. Cláudio
27 de fevereiro • Editar

…Continuando

e na foto que a imagem do encontro do homem com Deus a moldura que foi recortada a foto de Deus não condiz com a imagem que
preenche ( novameante pode ser mera ilusão de ótica ) porém se reparar bem o cabelo do “contorno” que ficou na imagem é enroladinho,
o que lembra bem a “cabeleira” das estatuas romanas da antiga grécia!

Abraços !

111. Cláudio
27 de fevereiro • Editar

Tio marcelo ( acho que ja é o 3º seguido , mas é que surgem dúvidas a todo momento hehe )
Você poderia falar dessa “chama violeta” que o povo ta falando aqui nos comentários? dei uma pesquisada superficial e achei varios sites
com nomes sugestivos como “mistico.com” “naveluz.arq.br” ( arq ? mais um site sobre o assunto que o dono(a) é um arquiteto que por
sinal também é sua formação, onde há fumaça, há fogo! espero que possa falar também sobre essas coicidencias e profissões numa breve
coluna !
Achei até alguns exercícios de concentração com repetição de uma especie de “verso” enfim espero que não deixe passar batidos os meus
comentários em

Abraços !

112. Otávio
27 de fevereiro • Editar

Saudações, Marcelo.

Eu também conheço uma boa alegoria sobre herói, castelo, dragão e princesa e acredito que muitos aqui também a conhecem.

Ele precisa salvar a princesa que está aprisionada em um castelo, mas para isso precisa derrotar um dragão.

Essa é fácil!

Ele é bigodudo e se chama Mario, a princesa é a Peach e está aprisionada no castelo do dragão Bowser.

Obrigado pelo espaço e continua escrevendo, irmão.

113. Felipe B
27 de fevereiro • Editar

Melhor post da serie Teoria da Conspiração sem duvida…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 30 of 42

114. Agnato
27 de fevereiro • Editar

O que deve ser feito quando você desperta de um pesadelo envolvendo figuras monstruosas, ou alusão ao próprio “Diabo” e a sensação
ruim, de opressão e constante vigília perdura (até mesmo enquanto escrevo este e-mail)?

Sonhei com alguma coisa relacionada ao Vaticano e a Basílica de São Pedro, não me recordo bem. Sonhei que eles sepultavam os restos
mortais de alguns homens proeminetentes para a sociedade e para a própria igreja, e estranhamente, que também sepultavam o cadáver de
Jesus…mas tudo isso, sob uma montanha de pedra. No alto de uma espécie de construção lembrando uma torre, habia algo como um bate-
estacas, fazendo pressão sobre as pedras, com a finalizadade de soterrar em definitvo, tudo ali sepultado. Eu assistia a essa cerimônia,
impassível, assim como outras pessoas, mas quando questionado por conhecidos sobre tudo que ali acontecera, nossas opiniões
discordavam e começavá-mos a manifestar um estado de histeria. Eis que vejo imagens monstruosas, eis que até eu sou um ser
monstruoso, e então, acordo de súbito e em pânico.

115. TH13
27 de fevereiro • Editar

Ricardo,
Deus criou Adão e Eva, que tiveram Cain e Abel. Cain matou Abel. Pegou a macaca, e por isso a humanidade descende do macaco…

Mas, considerando que a humanidade na verdade descende de Seth (ninguém dá muita bola para ele no senso comum, mas enfim), pros
místicos, “à imagem e semelhança” é interpretada como uma metáfora para a possibilidade do Homem alcançar o status divino (ignorando
o aspecto “imagem” do trecho citado).

116. Oxto
27 de fevereiro • Editar

Muito interessante o que colocaste como Deus pessoal. Usando de uma nova leitura de Jesus como “modelo” para chegar ao ser crístico,
pode se ter um novo entendimento para João 14.6 : “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”

117. Emerson
27 de fevereiro • Editar

Minhas perguntas não foram respondidas das ultimas 3 vezes, então, vou repeti-lá : Voce acredita nas teorias propagadas nos quadrinhos
dos INVISIVEIS, do Grant Morrison ? Se acredita, em quais acredita ? Poderia dar alguns exemplos ?

118. João Paulo


27 de fevereiro • Editar

Oi , li sua coluna ontém e estava em casa pensando algumas coisa e tive uma viagem hauhaua… ENERGIA , td gira em torno de energia,
a humanidade busca maneiras de obter formas diferentes de energia e de como manipulá-la.
Seria essa a mesma coisa q temos q fazer individualmente?
controlar nossas energias e saber como manipular elas de acordo com nossas necessidades?
desculpa se errei muito feio.. rsrs

119. TheV3n0m
27 de fevereiro • Editar

Salve DD,

+ uma vez parabéns pela coluna, as vezes você escreve muita coisa que penso, mas nunca tive a oportunidade de “agrupar” assim.

Tenho a certeza que ninguém é dono da verdade e como você colocou, um dependemos do outro, e a verdade vai se moldando ao passar
do tempo, a ciência vai se fundindo com a religião e ciência vai derrubando a religião…. em tempos remotos não tínhamos tanta ciência e
somente sobrava muita religião…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 31 of 42

Hoje é diferente muitos mitos são facilmente “derrubados” pela ciência atual, outros continuam intactos e uma pequena porção são
confirmados.

Agora vai minha pergunta que gostaria que fosse respondida pois é uma grande duvida:

Você já presenciou uma pessoa “possuída” pelo “espírito santo” ou outras entidades ? Aquele tipo de coisa que a pessoa fala línguas
impronunciáveis estilo o que aconteceu com os apóstolos em pentecostes ? Qual é a sua posição sobre isso ?

Do ponto de vista cético é uma “dupla-personalidade” Ahahahahahahahahaahha

Um abraço Fraternal,

The V3N0M .’.

120. Fábio
27 de fevereiro • Editar

A Coluna parece ter sido fita especialmente para os céticos de plantão,mas mesmo assim muito interessante.O DD escreve de um modo
que assuntos complexos ficam de facil entedimento por pra nós leigos no assunto.

Tem muita gente aqui fazendo pergunta que ou já foi respondida ou o tema dela já foi abordado,recomendaria que só lessem as colunas
atuais se já tiverem lidas todas.

121. August
27 de fevereiro • Editar

Marcelo,
ok, respeito sua crença em “magia” e “espíritos” (que vc reputa serem fenômenos naturais apenas ainda não explicados pela ciência
convencional) e seu texto está bom, mas faltou algo essencial ao pensamento da 3ª CATEGORIA DE ATEUS descita; permita-me
acrescentar:

3ª CATEGORIA DE ATEUS (composta, em sua maioria, pelos chamados “ateus fracos”): considera muitíssimo pouco provável que
exista um ser criador (e mantenedor) de todas as coisas e, por isso, não vê motivos, dentre de uma relação custo x benefício, para venerá-
lo ou nele acreditar. O mesmo raciocínio é feito com relação a QUALQUER manifestação considerada “sobrenatural” pela ciência
formalmente aceita.
(Obs.: a outra parte dessa categoria, minoritária, é composta pelos “ateus fortes”, que se esforça em NEGAR a existência do ser divino)

122. Cristiano
27 de fevereiro • Editar

Sr. Marcelo, acompanho sua coluna desde o início e a considero o ponto mais forte do site sedentario.org.

Gostaria que o Sr. dedicasse um post a mostrar as diversas definições de Deus nas mais diversas religiões, o que cada crença acredita ser
Deus.

Eu particularmente acompanho o pensamento do João Paulo aqui do comentário acima.


Tudo é energia. Somos os deuses de nós mesmos e somos guiados pelo nosso próprio livre arbítrio. Tudo que somos escolhemos para nós
mesmos e tudo depende de uma maneira melhor de encarar seus próprios atos ou pensamentos. Não temos que colocar nossas vidas numa
“segunda pessoa” sendo que tudo que precisamos está dentro de nós mesmos.

Abraços!

Cristiano

123. Ivan Chicoski


27 de fevereiro • Editar

Ola Del Debbio. Ja li todas as suas colunas, nem sempre concordo com o q vc escreve, mas mesmo assim acho mto boa. Mas sempre
achei um problema d nomenclatura q é grave, e q é o tema desta coluna. O ceticismo. Pq na verdade não existe um, mas dois. O 1o, q é no
qual me enquadro, é baseado na doutrina de Phyrron, q nega apossibilidade de conhecimento das coisas. Desta posição um cético jamais
poderia dizer “Deus não existe”, assim como não pode dizer “Deus existe”, ja q seria a afirmação d um conhecimento. Como nos 3
dialogos entre Hylas e Phylonous, do Berkeley ele explica. Da até pra fazer a ligação com a intangibilidade da coisa em si pra teoricos

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 32 of 42

como Kant, por exemplo. A propria incerteza da afirmação de nada saber acaba levando esse cético a ser o q vc chama d “buscador”.
O outro ceticismo é o de Hume, no qual so podemos falar daquilo q a experiência nos tras, q a idéia é o obscuro. O q acaba caindo nesse
ceticismo chato e radical do “se eu não vejo, não existe”.
Pra terminar, algumas perguntas.
Como vi q vc é um rato d biblioteca, vc acha q da pra ligar essas teorias de “eu-Deus” com o eu absoluto d teoricos como Hegel e
Schelling?
E a mais importante, se o Universo é Deus, d onde vem o q vc chamou d sopro q criaria o Universo? Uma espécie de pré-Deus??
Não havendo um Deus julgador, d onde viriam os critérios d bem e mal? Não cairiamos num relativismo ou amoralidade? Uma magia
negra e outra “branca” não pressuporia essa existência absoluta d bem e mal?
Valeu. Desculpa o post gigante.

124. Oxto
27 de fevereiro • Editar

@Cláudio

Para saber mais sobre a chama violeta e as demais eu achei um site muito interessante.

http://www.grandefraternidadebranca.com.br/

125. Cristiano
27 de fevereiro • Editar

Sr. Marcelo, esqueci de pedir no meu ultimo comentário. O Sr. teria como nos passar uma bibliografia, dos livros que o Sr. recomenda
para leitura sobre os assuntos abordados na sua coluna?

Leio muito, é um vício, já li alguns livros sobre o assunto mas gostaria de me aprofundar mais. Mandando o nome de alguns titulos já fica
mais facil de começar.

Se isso não merecer post, pelo menos mande-me por e-mail:


ocatupiry@gmail.com

Grande abraço!!!

Cristiano

126. andre juvencio


27 de fevereiro • Editar

Olá.

“Ah, e a partir de “E Jesus, para os helenistas, era o exemplo máximo dos ateus.” Esse tema foi esquecido e o titulo num tem nada a ver
com o resto da coluna.” (2)

O título me chamou atenção, mas infelizmente não houve um desenvolvimento nem conclusão disso… seria porque Jesus rompeu com o
Deus Hebraico???

Del Debio, eu concordo contigo que um Ateu fechado em sí é tão “gado” qto um evangélico fervoroso.

Mas veja bem:

1- como as ritos de mistério são “fechados”, as pessoas em geral não sabem que o que se passa dentro deles é um caminho de
autoconhecimento. Por não entenderem o simbolismo e psicologia contidos neles, só resta a eles imaginarem o que acontece lá… e vc há
de convir comigo que, pra qq pessoa comum, o selo de baphomet é algo assustador.

2-Quando vc, em sua coluna, tenta desmistificar, um pouco que seja, isso tudo, eu acho ótimo. Acho que já está na hora de as pessoas
saberem o que realmente é a magia. Ninguém vai mais pra fogueira por isso; há preconceito? Sim, sem dúvida. Mas as pessoas costumam
ter preconceito do que NÃO CONHECEM ou do que TEMEM. Acho válido sua iniciativa.

3- O MEU PROBLEMA (e dos livres pensadores em geral…)COM VOCÊ DEL DEBIO É O SEGUINTE:

Quando vc envereda a falar sobre HISTÓRIA vc peca. Porque poucas afirmações suas podem ser comprovadas. E qualquer discussão
séria sobre HISTÓRIA tem que ter um lastro documental ou forte evidencia, senão é achismo. Com achismo não se faz ciencia nem
magia. (imaginação é diferente de achismo… imaginação é fundamental pra ambos, na minha opinião).

Por isso que os cético, ateus e livre pensadores não o levam a sério, pq vc não embasa suas opiniões em PROVAS (nem documentais,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 33 of 42

nem evidenciais…).

*-*-*-*-*-*

Enquanto as pessoas não souberem o que realmente significa “a transformação do chumbo em ouro”, os céticos continuarão a pedir
provas (e com razão na minha opinião).

LOUVO a sua iniciativa em tentar explicar.

REJEITO tudo o que você disser no campo histórico sem qualquer embasamento.

*-*-*-*-*-*

Apenas uma última observação: sou CASADO com uma strega e nem ela mesma me conta como são os ritos. Pra que tanto mistério
HOJE EM DIA?

Espero que você entenda o ponto em questão. Se não quiser comentar aqui, tudo bem, percebi que vc comenta pouco por aqui, deve ter
mais o que fazer… mas se quiser, meu e-mail está ai, obrigado e pense no que eu disse. Eu sempre penso no que vc diz, mesmo sendo
ateu.

Desculpem pelo overkill.

127. thibas
27 de fevereiro • Editar

ricardo disse:
“Se Deus criou o homem à imagem e semelhança Dele e o homem evoluiu apartir do macaco então Deus é um macaco?”

não…deus é stevie wonder..huauhau

128. Gustavo Dourado


27 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo,

Show de bola essa coluna, mas porque na quarta feira? Não to conseguindo baixar a compactação em pdf das colunas anteriores, tem
como colocar um link ja para baixar aqui no site S&H?
Marcelo tô em um peqeno embate, muitas das pessoas que conheço e comento não entendem muito esse \”novo conhecimento\” e se
negam, as vezes tento explicar algumas coisas, nem tão polemicas assim e essas pessoas logo vem querer discutir e chegam a um ponto de
ignorancia que nem escutar pra dizer algo fazer. E tipo qual dica pra evitar ou tipo pra esclarecer essas pessoas? ou chega ao ponto de não
valer a pena? Marcelo sem querer ser chato tem alguma maneira alem da vontade propria de buscar o conhecimento alem dos ja expostos,
assim como os leitores dessa coluna fazem? tem uma pessoa evangelica, não teria como essa pessoa deixar de ser um gado alem de ser
por si proprio?

forte abraço!!!

129. thibas
27 de fevereiro • Editar

pode não ser um avatar, mas que é um x-men isso é:


http://z003.ig.com.br/ig/30/36/518052/blig/obutecodanet/2008_02.html#post_19075480

huauhauh

abraços a todos

130. Márcio
27 de fevereiro • Editar

Obrigado. Ganhei meu dia.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 34 of 42

131. gbicalho
27 de fevereiro • Editar

Sou ateu e cético. Mas, eu gosto de estudar sobre religião, entender suas origens e suas crenças o que, ao meu ver as torna cada vez mais
estúpidas. Não acredito em nada que não seja provado e por isso sou cético e ateu (alguma prova da existência de Deus?). Realemnte
comecei como “anti-dizimo” e “anti-iurd” e, só depois me tornei ateu . O ceticismo não se baseia em ignorância, se baseia na busca pelas
verdades pela ciência, pela comprovação.
De fato, é ridículo essa história de satanismo e bla bla bla, e isso não tem relação nenhuma com o ateísmo

132. gbicalho
27 de fevereiro • Editar

Sou ateu e cético. Me pareço mais com a terceira categoria que você citou, mas não tiro minha moral de nenhuma religião. A moral que
tenho é comum a maioria dos seres humanos, e uma moral darwiniana. A moral faz parte da evolução, uma vez que indivíduos
moralmente desenvolvidos tinham mais condições de viver eu grupo, o que os selecionou. a moral é inconsciente e quase igual em todo os
seres humanos, o problema e que alguns crentes acham que tiram a sua moral da sua crença.

O ceticismo se baseia na busca das verdades, e na não crença no que ainda não foi provado.

133. Wilson
27 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo !

Venho acompanhando os seus artigos há cerca de 2 ou 3 semanas, cheguei aqui por acaso, procurando no google pelos “9
desconhecidos”, devido à uma mensagem que estava lendo em um grupo que eu assino, a_luz_de_lucifer, do yahoo(antes que alguém se
assuste, não é nenhum grupo satanista ou algo assim, diz respeito àquela luz do Portador da Luz mencionada pelo Marcelo neste artigo).
Estou achando fantástica a forma como você está ordenando as informações, já tinha visto algumas das coisas aqui relatadas mas, nunca
relacionadas entre si da forma como você está fazendo. Faz tempo que venho pesquisando “outras verdades”, fora do senso comum, e do
que é dito pelas “otoridades”. Fui católico, nasci em família católica, comecei a minha busca conhecendo um pouco do espiritismo, que
achei muito bacana. Posteriormente, me associei a alguns grupos na Web envolvendo ocultismo, projeção astral, espiritualismo
universalista, tais como os grupos Voadores, Malkhut, o próprio a_luz_de_lucifer já citado, e o site do IPPB, além de livros e filmes. No
início, principalmente quando tive contato com algumas informações sobre o Jesus histórico, eu me senti como algumas pessoas tem
mencionado em relatos nestes artigos, simplesmente perdí minhas referências, rs. Afinal, uma série de crenças e referências que eu tinha
como base, foram desconstruídas. Inicialmente eu neguei, depois isso foi sedimentando, eu fui meditando sobre o assunto e acabei
chegando à conclusão de que a realidade nova fazia mais sentido.
Bem, só para finalizar, gostaria de lhe dar os parabéns por este trabalho que está fazendo, o qual acredito ser muito importante para ajudar
no despertar dos buscadores sinceros, me incluo nesse grupo, e torço para que você não desanime nesta empreitada, por mais difícil ou
ingrata que possa parecer. Sei que você não pretende ser o mestre de ninguém aqui, e muito menos quer que alguém siga cegamente o que
tem sido dito, e sim que estes “toques”, sejam a semente para o questionamento sadio, que deve ser exercitado na busca da verdade.
Um forte abraço,
NAMASTÊ !(O Deus que habita em mim, saúda o Deus que habita em você !)

Wilson

134. Marcel
27 de fevereiro • Editar

Fera o Post , como sermpre DD , quando vc entrará em post sobre tecnologia atual e extraterrestre, sei que assunto eé recheado de
Conspirações também , vlw Marcelo

135. Kalki
27 de fevereiro • Editar

“Esses meninos… brincando de satanistas de novo…”

huhaauhauhaauh

é DD, pior q tem esse tipo de gente q faz isso. Já vi muita coisa desse tipo na internet. agente acaba ser deparando com essas coisas

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 35 of 42

quando vai procurar uma informação mais seria.


Por isso q eu falo pras pessoas não brincarem com essas coisas. pode acabar prejudicando elas.

Mas foi um belo post, como sempre.


Mas eu acho q o povo ta tão informado q isso ta começando a ser ficar monotono. xDDDD

136. Renis
27 de fevereiro • Editar

Bem corrido esse poste sobre “Jesus o idolo dos atesu”, bem no post passado, você cita várias vezes o nome da filha de Jesus e de sua
esposa na fulga e bla bla bla… mais o nome do filho nao é divulgado, somente citado O FILHO DE JESUS, porque?
Orobos – nome da serpente mordendo sua propria calda, certo?
E, me diz por que com tantas pessoas cultas e abertas a castração mental/religiosa das igrejas, essas não conseguem atingir um nivel alto
na busca espiritual. Mesmo sabendo que O Caminho não é facil de ser trilhado.

Abraços.

137. thibas
27 de fevereiro • Editar

antes de falarem que vcs não se encaixam em nehum dos tipos sem nem mesmo pensar no assunto, parem um pouco, respirem fundo e
meditem sobre o que é deus e de onde surgiu essa definição de deus pra vcs
o DD não quis criticar ninguém com esse post…muito pelo contrário…alguns perceberam isso, outros não…
agora mesmo depois de meditar você chegou à conclusão de que não se encaixa em nenhum dos 3, perfeito! pelo menos foi um ato
consciente, e não pra ser do contra…

abraços a todos

138. thibas
27 de fevereiro • Editar

@TH13

sim, o principal alvo do DD nessa coluna é a Igreja Católica, mas nesses trechos que vc citou, em nenhum momento o DD disse que eram
dogmas católicos. ele só disse ‘Esta pessoa foi alimentada com bizarrices durante toda a sua vida:’…nada de ‘dogmas católicos’…só
‘bizarrices’ rs

abraços

139. Luís
27 de fevereiro • Editar

Marcelo…..estou com muita curiosidade a respeito da lenda do rei artur…voc6e tem uma data aproximada?

obrigado.

140. Rafael
27 de fevereiro • Editar

Poxa…nunca me respondem quando mando mensagem para este e-mail (daemon@…).

Marcelo, onde posso encontrar informações sobre crianças índigo?

E tb, dá pra falar sobre esporte na sua coluna? muitas coisas abordadas nas suas colunas tem relação ou influência sobre este fenômeno
(sabe q este muitas vezes foi utilizado como ferramenta de manipulação de massas, por exemplo).

Obrigado.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 36 of 42

141. Fabiones
27 de fevereiro • Editar

Thibas,
como ateu e cético que não se encaixa em nenhum dos 3 tipos citados, posso te dizer que as tais “bizarrices” me levaram a não ter
religião, e isso nada tem a ver com acreditar em deus ou não..

De qualquer forma, por mim vc poderia incluir nestas ‘bizarrices’ as coisas que são escritas nesta coluna.

142. Arthur C. de Almeida


27 de fevereiro • Editar

Olá Marcelo! Mais uma vez gostaria de parabenizá-lo por dividir conosco tanta coisa que você lutou para adquirir! Muito grato!
Oha, longe de mim esperar que numa rotina tão atarefada você venha a se lembrar, mas eu sou o autodidata que está estudando o tarôt, e
que acordava com queimaduras e tal. Na época você pediu que eu escrevesse pro Eightbits pedindo seu e-mail, mas ele não respondeu os
meus e-mails. Alguma outra forma de entrarmos em contato sem te incomodar?
Um grande abraço!

143. André Mendes


27 de fevereiro • Editar

Mais uma vez está de parabéns DD

Abraços.

144. Eduardo
27 de fevereiro • Editar

Eu agradeço…

145. Ricardo
27 de fevereiro • Editar

Me desculpem se ofendi alguém com a pergunta:“Deus é um macaco?´´Minha intenção era só descontarir pq o clima aqui tá meio pesado
(céticosXreligiosos,místicos,etc..)
Já fui um cético ateu de extrema direita(não sei se era por causa do curso de Física da facul ou da minha adolescência)mas um dia resolvi
ler por curiosidade sobre as diversas correntes místicas (incluindo as religiões).E qual a minha surpresa?!!O que eu fazia comigo mesmo
(em termos de desenvolvimento humano) era exatamente igual aos processos místicos descritos.
Para mim TODAS as religiões hoje fazem o mesmo papel de uma clínica de psicanalise.Mas se você quer saber o que é Deus ninguém
poderá lhe dizer como Ele é , só você mesmo poderá chegar a Ele(independentemente do caminho que escolher).
Por experiência própria posso dizer que quando você estiver em qualquer lugar e ver que mesmo em situações tão cotidianas elas parecem
um milagre é aí que as coisas começam a fazer Sentido.
Leiam Carl Sagan e Richard Dawkins para não serem enganados por qualquer um.Não tenham preconceitos a nenhum tipo de
informação.Se jesus existiu ou não ninguém sabe.Vejam com os próprios olhos o que ha anos está escrito, antes de decidirem se tudo isso
é uma grande besteira.

Aliás alguém aí que pratica yoga pode me dizer se essa minha experiência é um Samádhi?

Marcelo DD muito obrigado

146. Lii Xandri


28 de fevereiro • Editar

Fala tio… o q vc acha das plantas/aliados q podem ajudar no auto conhecimento?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 37 of 42

147. fyb
28 de fevereiro • Editar

oroboros…

148. calvin almeida barreto


28 de fevereiro • Editar

nenhum curso pelo rj a vista?

149. ever
29 de fevereiro • Editar

MDD, você tá atingindo o resultado esperado em termos de ritualística escrevendo no S&H?

E os índigos?

Evidente que não sei exatamente o que você está querendo com tudo isso mas faço uma idéia…

Abraços!

150. Michel
29 de fevereiro • Editar

Gosto sempre dos posts do Marcelo, já tive oportunidade de ouvir um punhado dessas coisas pessoalmente e sempre curti discutir
assuntos como o deste post hj só não posso concordar com essa divisão entre as pessoas com relação a religião acho q a bem mais
ramificações do que o exposto.

151. Rabbony Santos


01 de março • Editar

Parabens pelo post…

152. REGINATO
02 de março • Editar

OLAS!

BOM TEXTO, SUCIENTO E OBJETIVO. VOCÊ PODERIA FALAR UM POUCO SOBRE AS TAIS “HIERARQUIAS
CRIADORAS” ? TIPO AQUELA HISTÓRIA DE MÔNADAS E TAL… AH, E TAMBÉM SOBRE OS CORPOS SUPERIORES, JÁ
QUE NESTE TEXTO VOCÊ TRATA DOS INFERIORES… GRANDE ABS!

REGINATO
SBC-SP-BR

153. Tainã
02 de março • Editar

porra ñ sei nem o q falar.oh tio marcelo se vc ler isso entra em contato comigo no orkut pois temos muito o q discutir.me considero
cristão,creio num Criador q enviou seu filho para ensinar os humanos a se aproximarem dele(ou se tornarem deuses,segundo vc to pouco
me fudendo)e um espírito maligno(sem chifres é lógico)q domina e engana para desvirtuar os homens.quanto ao inferno ele realmente ñ

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 38 of 42

existe e a própria Bília diz isso basta ler

154. Serephael
04 de março • Editar

Amigo Tainã:

O bíblia foi escrita por humanos…


e os humanos falham…

Só isso que tenho a dizer.

155. ateismo…ceticismo…religião [msn] « i η t e η s i d α d e


10 de março • Editar

[...] [amei aquele post sobre ateismo…definitivamente!] [...]

156. ATALIBA TEIXEIRA


16 de março • Editar

OPINIÕES RESPEITÁVEIS SOBRE O ATEÍSMO/CETICISMO…

Sempre havia ouvido falar sobre o site Sedentário e Hiperativo, mas com toda sinceridade, nunca havia parado para ler algo lá.
Sinceridade, não sei porque. Há blogs que não nos forçam a cair lá, até que em alguma busca você acaba sendo direc…

157. Charles Souto


20 de março • Editar

Comecei a ler seus textos a pouco tempo, confesso que acho todos interessantes, porém sinto falta da fonte, de onde vem suas colocações,
é muito importante quando se trata de assuntos tão relevantes….. Mais parabens

158. Impacto
12 de setembro • Editar

CURSOS NO RIO!!!!!!!!!!!!!!!

159. Paulo Craici


24 de setembro • Editar

Jesus era o cara ,D


não tem ninguém do mesmo desenvolvimento dele hj em dia não?
e pelo que eu entendi, os antigos(atlantis) eram mais desenvolvidos ainda..
involução humana?! rsrs.. estamos indo bem então -_-”

Participe

Faça seu protesto

1. Deixe seu comentário (obrigatório)

Enviar

cforms contact form by delicious:days

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 39 of 42

Colunas

Ocioso

Cúmplices

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 40 of 42

Orkut

info

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 41 of 42

BlogBlogs.Com.Br

Adicione o S&H:
<a
href="http://ww
w.sedentario.or
g"
target="_blank"

alt="Sedentário

total de visitantes

Contato

 Comercial
 Parcerias
 Dicas de Post

feed

Blogs Hiperativos

 Preguiza
 Wiki Doido
 Curto e Grosso
 Siriloko
 Jogos
 Kibe Loco
 Copi-Cola
 Recebi por e-mail
 Procurando Vagas
 Megabalaio
 Smelly Cat
 Dormiu
 Degraça é mais gostoso
 OMEdi
 Jogos Gratis
 Interney

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009
Jesus, o ídolo dos Ateus | Sedentário & Hiperativo Page 42 of 42

 Acidez Mental
 Buscar Jogos
 Sac Divino
 Pilândia
 Asttro

Categorias

 animações
 Arte/Design
 artigos
 Cinema/séries/TV
 colunas
 comics addicted
 Dúvida Razoável
 delicinhas
 Dicionário das Marcas
 diversos
 Galeria
 games
 HQ
 humor
 imagens
 Informe Publicitário
 Internet
 inutíl
 lógica mente
 músicas
 O Comedor de Lixo
 publicidade
 Sarjeta dos Quadrinhos
 tecnologia
 Teoria da Conspiração
 Tosco / Bizarro
 toys
 utilitários
 vídeos

Tema por Tropus Comunicação na Internet • Design por Evel Ryu


Monetização otimizada por Gestão Ativa WebDesign

Monetize o seu blog com HOTWords utilizando o plugin WP-HOTWords 4.4.1.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/jesus-o-idolo-dos-ateus-4004 06/08/2009