Você está na página 1de 4
F ÍSICA E Q UÍMICA A - 10 º AN O

FÍSICA E QUÍMICA A - 10º ANO

Exercícios resolvidos e propostos

Módulo Inicial de Física

Exercícios resolvidos

1. De seguida, apresentam-se na coluna da esquerda diversos exemplos de sistemas e, na coluna da direita, a classificação dos sistemas. Estabelece a correspondência entre o sistema e a respectiva classificação.

a. Água de um lago

b. Líquido numa garrafa-termo

c. Planeta Terra

d. Frigorífico fechado

e. Refrigerante numa lata fechada

1. Sistema aberto

2. Sistema fechado

3. Sistema isolado

a. 1; b. 3; c. 1; d. 2; e. 2

2. Converte para unidades do Sistema Internacional.

a) 302 ºC

A unidade SI de temperatura é o Kelvin (K).

T(K) = T(ºC) + 273,15 T = 302 + 273,15 T = 575,15 K

b) 25 kW h

kW h é uma unidade de energia e, no Sistema Internacional, a unidade de energia é o Joule.

E = 25 kW h = 25 000 W h = 25 000 W × 1 h = 25 000 J/s × 3600 s = 9,0×10 7 J

c) 360 kcal

A caloria é uma unidade de energia, mas não é a unidade do Sistema Internacional, logo é preciso converter a Joule. Como 1 cal corresponde a 4,18 J:

E = 360 kcal = 360 000 cal = 360 000 × 4,18 = 1,50×10 6 J

3. Utilizou-se uma cafeteira eléctrica para aquecer uma determinada quantidade de água. Verificou-se que a cafeteira eléctrica consumiu 3,4×10 8 J de energia eléctrica e que, desta energia, 38% foi utilizada para aquecer a água, 33% para aquecer a cafeteira e 29% perdeu-se para o exterior. Calcula:

a)

a

energia útil;

O

objectivo da utilização da cafeteira é aquecer a água, logo como 38% da energia é utilizada

para este objectivo, esta será a percentagem da energia que é útil. E útil = 3,4×10 8 × 0,38 = 1,29×10 8 J

b)

a

quantidade de energia que não foi aproveitada;

A percentagem de energia não aproveitada é toda a energia “não útil”, isto é 100 – 38 = 62%. E não aproveitada = 3,4×10 8 × 0,62 = 2,11×10 8 J

c)

o

rendimento do processo;

O

rendimento é a percentagem de energia útil, logo será de 38%.

4. Fornece-se gasolina a um automóvel, durante 1 h, o que corresponde a 25,0 kW h de energia.

Verifica-se, no entanto, que 65% dessa energia não é utilizada directamente para movimentar o eixo das rodas.

a) Qual o rendimento do processo de funcionamento deste automóvel?

A percentagem de energia que é utilizada para movimentar o eixo das rodas, isto é, a energia

útil, é 100 65 = 35%.

1

Cristina Vieira da Silva

Sala de Estudo

Exercícios 7

b)

Calcula a energia útil, em unidades SI.

Eu = 25,0 × 0,35 = 8,75 kW h = 8750 W h = 8750 × 3600 J = 3,15×10 7 J

5. Um corpo de massa 2,5 kg recebe, durante 20 s, a energia de uma fonte com uma potência de 2500 W, absorvendo 70% da energia fornecida pela fonte. Sabendo que a temperatura inicial do corpo era de 15,5 ºC e que, com o fornecimento de energia, a sua temperatura subiu 5,5 ºC, calcula a capacidade térmica mássica do corpo em causa.

A capacidade térmica mássica é calculada a partir da expressão Q = m×c×T.

Primeiro, é preciso calcular a energia que é fornecida pela fonte e, depois, a que é absorvida pelo

corpo para variar a sua temperatura (calor), pois o rendimento é de 70%. Como se sabe a potência da fonte e o tempo que ela esteve a funcionar, pode-se calcular a energia fornecida pela fonte:

70% desta energia é absorvida sob a forma de calor:

Q = 0,70 × 5×10 7 = 3,5×10 4 J

Vamos, então, calcular o valor da capacidade térmica mássica do material de que é feito o corpo:

Q = m×c×T 3,5×10 4 = 2,5 × c × 5,5 c = 2545,4 J kg -1 ºC -1

Exercícios propostos

6. Considera as seguintes manifestações de energia:

(A)

Aquecimento da água de uma lagoa durante o dia.

(B)

Funcionamento de um carro a diesel.

(C)

Utilização de uma máquina de calcular com células fotovoltaicas.

(D)Cozinhar com fogão a lenha.

(E)

Aquecimento das habitações, com caldeira a gás.

(F)

Produção de electricidade numa central termonuclear.

a) Associa a cada uma das manifestações de energia o recurso energético utilizado.

b) Indica quais os recursos não renováveis.

7. Selecciona a opção que contém os termos que devem substituir as letras (a) e (b), respectivamente.

7.1. As marés são fontes de energia

(a)

(A)

… renovável … não renovável.

(B)

… renovável … renovável.

(C)

… não renovável … não renovável.

(D)… não renovável … não renovável.

de

acompanhada de libertação de

7.2. Numa

lâmpada

incandescência,

(b)

(A)

… transferência … temperatura.

(B)

… transferência … calor.

(C)

… transformação … calor.

enquanto o petróleo é uma fonte de energia

(b)

(a)

de

energia

eléctrica

em

energia

radiante

(D)… transformação … temperatura. 7.3. Desde a Antiguidade, os moinhos de vento transformam energia

(a)

em energia

(b)

para

moer cereais, como o trigo e o milho.

(A)

… eólica … térmica.

(B)

… eólica … mecânica.

(C)

… não renovável … mecânica.

(D)… renovável … térmica.

2

Cristina Vieira da Silva

Sala de Estudo

Exercícios 7

8. Classifica as afirmações seguintes em verdadeiras ou falsas.

(A)

Potência é a energia transferida ou transformada por unidade de tempo.

(B)

O trabalho mede a energia transferida entre corpos a temperaturas diferentes.

(C)

O quilowatt-hora é uma unidade prática de potência.

(D)A unidade SI de energia é o Joule.

(E) A unidade SI de potência é o watt.

9. Faz a correspondência correcta entre as colunas I e II.

Coluna I

Coluna II

(1) 1,5 MW

(A)

1,5×10 6 W

(2) 7,2×10 6 J

(B)

2×10 6 kW h

(3) 2 GW h

(C)

2 kW h

10. Em Portugal, consumiu-se 47947 GW h de energia eléctrica em 2005. Sabendo que esta quantidade de energia representa 90% da energia que foi produzida nas diferentes centrais eléctricas, calcula a quantidade total de energia eléctrica produzida.

11. Uma cafeteira eléctrica consome 6,0×10 5 J de energia eléctrica para aumentar a temperatura de uma certa quantidade de água. A repartição de energia, nesse processo, é a seguinte: 40% é utilizada para aumentar a temperatura da água, 30% para aumentar a temperatura da cafeteira e 30% para aumentar a temperatura do ar circundante.

a) Selecciona a expressão que permite calcular a quantidade de energia que é transferida para a água.

(A)

0,4×6,0×10 5 J

(B)

(0,3+0,3) ×6,0×10 5 J

(C)

(1-0,4) ×6,0×10 5 J

(D)0,3×6,0×10 5 J

b) Qual o rendimento do processo?

12. Indica se as seguintes afirmações são verdadeiras ou falsas. (A) O planeta Terra pode considerar-se isolado. (B) Um satélite artificial da Terra possui energia cinética mas não possui energia potencial gravítica. (C) Ao calcular o valor da energia cinética de um carro que se desloca com uma certa velocidade, não se contabiliza a energia cinética das partículas que o constituem. (D)A potência é uma grandeza que só se aplica a aparelhos cuja finalidade é transferir energia como trabalho. (E) Entre dois corpos à mesma temperatura, é possível transferir energia como trabalho. (F) A variação de temperatura de um corpo evidencia uma variação de energia interna.

13. Forneceram-se 6,0×10 4 J de energia a uma resistência de aquecimento quando esteve ligada

durante 5 min para aumentar a temperatura da água. A água recebeu 5,0×10 4 J de energia durante esse tempo. Calcula:

a) o rendimento do processo;

b) a potência fornecida à resistência de aquecimento;

c) a potência fornecida à água;

d) a potência, expressa em percentagem, que não foi utilizada para aumentar a temperatura da água.

3

Cristina Vieira da Silva

Sala de Estudo

Exercícios 7

14. Uma determinada bateria é capaz de fornecer, no máximo, um total de 280 kJ. Sabe-se que a bateria é utilizada diariamente durante 10 min para alimentar uma lâmpada com uma potência de 60 W. Tendo em conta que a bateria não é recarregável, calcula ao fim de quanto tempo será necessário proceder à sua substituição.

15. Um corpo com a massa de 0,20 kg é constituído por uma substância de capacidade térmica

mássica igual a 500 J kg -1 ºC -1 . A quantidade total de energia que o corpo deve receber para que a sua temperatura varie de 15 ºC para 55 ºC é:

(A)

4000 J

(B)

4,0×10 6 J

(C)

1500 J

(D)5500 J Selecciona a opção correcta.

16. Uma lâmina de cobre de 30,0 g de massa, à temperatura inicial de 28,0 ºC, cede 116,0 J de energia sob a forma de calor. Calcula a temperatura a que fica a referida lâmpada. c(Cu) = 385 J kg -1 ºC -1

17. Um automóvel a 75 km/h tem energia cinética de 4,48×10 5 J, enquanto um outro tem, à mesma velocidade, energia cinética de 3,65×10 5 J. Nos automóveis viaja apenas o condutor.

a) Por que razão as energias cinéticas dos dois automóveis são diferentes?

b) Calcula a energia cinética do segundo automóvel se este, para além do condutor, transportar mais três passageiros, à mesma velocidade de 75 km/h. Considera que a massa média de cada passageiro é de 70 kg.

c) Qual será a energia cinética do segundo automóvel se viajar a 150 km/h, transportando apenas o condutor?

18. Em média 5,0×10 6 kg de água caem, por segundo, nas cataratas do Niágara. Estas quedas de água têm uma altura média de 50 m. Se toda a energia da queda de água pudesse ser aproveitada, qual seria a potência disponível?

SOLUÇÕES

6. (A) Sol; (B) Gasóleo; (C) Sol; (D) Madeira; (E) Gás

7.1.) (A)

12) Falsas: (A), (B), (D); Verdadeiras: (C), (E), (F)

(butano ou propano, por exemplo); Combustível nuclear (urânio, por exemplo).

13a) 83,3% 13b) 200 W 13c) 166,7 W

7.2.) (C)

13c) 16,65%

7.3.) (B)

 

14) 77,8 dias

8) (A), (D), (E): Verdadeiras; (B): falsa (o calor mede a energia…”); (C): falsa (o quilowatt-hora é uma unidade de energia).

15) (A)

16) 18,0 ºC

9) (1) (A); (2) (C); (3) (B)

10) 53274,4 GW h

17a) a massa é diferente 17b) 4,07×10 5 J 17c) 1,59×10 6 J

11a) (A)

11b) 40%

18) 2,45×10 9 W

4

Cristina Vieira da Silva

Sala de Estudo

Exercícios 7